Vous êtes sur la page 1sur 70
“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br LÍNGUA PORTUGUESA Conteúdo Programático 1- Interpretação de textos. 2-

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

LÍNGUA PORTUGUESA

Conteúdo Programático

1- Interpretação de textos. 2- Fonologia: acentuação, divisão silábica, ortografia. 3- Estrutura e formação das palavras.

4- Semântica: sinônimos e antônimos, conotação e denotação.

I. Classifique os trechos abaixo. Marque:

(A)Narração (B)Descrição (C)Dissertação

1- Durante patrulhamento ostensivo no Centro da cidade, próximo a praça Regis Bitencourt, foi avistado dois cidadãos suspeitos próximo a uma moto Honda CG preta. Realizamos uma abordagem seguida de busca pessoal onde foi encontrado um revolver

Tauros calibre 38 e munições com o cidadão

identificado posteriormente como “Bacobaco”.

5- Morfologia: classes de palavras, plurais e femininos de substantivos e adjetivos (simples e compostos),

6-Flexões verbais, conjunção, principais verbos irregulares, emprego dos tempos e modos verbais. 7 Sintaxe: período simples e período composto. 8-Regência nominal e verbal, crase 9- Concordância verbal e nominal 10- Pontuação.

2- Política no Brasil é motivo de chacota. As pessoas estão cada vez menos acreditadas. Constantemente assistimos nos noticiários reportagens de corrupção, desvios e todo tipo de desonestidade. Será que somos escravos do sistema?

3- Um carro fantástico! Melhor motor da categoria, bancos de couro, econômico. O melhor de tudo é que ele está com taxas zero para financiamento em até 48 vezes. Você vai se apaixonar.

ENCONTRO 1

INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS

Tipologia textual Descrição = foto textual

Exploração dos sentidos Predomínio semântico dos adjetivos

Narração = filme textual

Apresenta dinamismo e ação Predomínio verbal

Dissertação = tratado sobre a suposição de uma verdade

Explora a argumentação e a retórica Predomínio dos substantivos

4- Um homem que sabia o que era amar, todas manhas ele leva o pão quentinho para sua família tomar o café. Possuía uma honestidade fantástica e sabia muito bem onde iria chegar. Este era o Sr. Joaquim alguém que sempre lembraremos com muitas saudades.

Erros clássicos de interpretação de textos Extrapolação

Apresenta informação que não pode ser comprovada pelo texto; nem por dedução lógica, coerente.

Redução

A informação, neste caso, está no texto, mas o item não apresentará a ideia solicitada na sua totalidade, como aparece no texto ou na questão.

Contradição

O item apresentará informação contrária à do texto.

Vamos praticar!

1

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br Já sobre a fronte vã se me acinzenta O

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

Já sobre a fronte vã se me acinzenta O cabelo do jovem que perdi. Meus olhos brilham menos. Já não tem jus a beijos minha boca. Se me ainda amas por amor, não ames:

Trairias-me comigo.

(Ricardo Reis/ Fernando Pessoa)

Responda à questão, assinalando:

(RC) resposta correta

  • (R) erro de redução

Texto:

É universalmente aceito o fato de que sai mais cara a reparação das perdas por acidentes de trabalho que o investimento em sua prevenção. Mas, então, por que eles ocorrem com tanta frequência?

Falta, evidentemente, fiscalização. Constatar tal fato exige apenas o trabalho de observar obras de engenharia civil, ao longo de qualquer trajeto por ônibus ou por carro na cidade. E quem poderia suprir as deficiências da fiscalização oficial os sindicatos patronais ou de empregados não o faz; se não for por um conformismo cruel, a tomar por fatalidade o que é perfeitamente possível de prevenir, terá sido por nosso baixo nível de organização e escasso interesse pela filiação a entidades de classe, ou por desvio dessas de seus interesses primordiais.

E) erro de extrapolação

  • (C) erro de contradição

1. O texto nos mostra:

a- (

) um amante que encontra uma antiga

paixão, dos seus tempos de mocidade.

b- (

) um amante que fica lembrando as emoções

no papel e confessa que nunca a esqueceu.

c- (

) um amante que já está com os cabelos

grisalhos em sua fronte.

d- (

) um amante pedindo que o amor continue,

como antes, senão ele vai ser traído.

e-(

) a auto-descrição do amante, revelando o seu

envelhecimento e sua perda de vitalidade.

Falta também a educação básica, prévia a qualquer treinamento: com a baixíssima escolaridade do trabalhador brasileiro, não há compreensão suficiente da necessidade e benefício dos equipamentos de segurança, assim como da mais simples mensagem ou de um manual de instruções.

E há, enfim, o fenômeno recente da terceirização, que pode estar funcionando às avessas, ao propiciar o surgimento e a multiplicação de empresas fantasmas de serviços, que contratam a primeira mão-de- obra disponível, em vez de selecionar e de oferecer mão- de- obra especializada.

Assinale a opção que apresenta as palavras- chave do texto.

  • a) Aceitação universal

constatação

benefício escolaridade.

  • b) Investimento em prevenção deficiências entidades equipamentos.

PALAVRA-CHAVE E IDEIA-CHAVE

PALAVRA-CHAVE: são as palavras de maior

destaque de cada parágrafo de um texto e

estabelecem referência nesse momento.

central à ideia desenvolvida

IDEIA-CHAVE: é uma síntese do parágrafo em que se concentram as ideias dominantes nele expressas.

Praticando em questão de concurso:

  • c) falta de fiscalização organização benefício mão-de- obra.

  • d) Prevenção de acidentes fiscalização educação terceirização.

  • e) crescimento conformismo treinamento empresas.

QUESTÕES ANTERIORES DE CONCURSOS

2

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br 1) Ano: 2012Banca: UEG, Órgão: PC-GO, Prova: Delegado de

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

1) Ano: 2012Banca: UEG, Órgão: PC-GO, Prova:

Delegado de Polícia

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br 1) Ano: 2012Banca: UEG, Órgão: PC-GO, Prova: Delegado de

No trecho “de modo análogo intervém a fortuna, a qual manifesta seu poder onde não há forças organizadas que lhe resistam” (linhas 16-17), as palavras em destaque apresentam, respectivamente, referentes

  • a) anafórico e anafórico.

do policial, justamente pela incerteza do cenário e do

resultado do seu trabalho. [

...

]”

Assinale a alternativa INCORRETA quanto ao que se afirma a respeito dos elementos empregados no fragmento acima.

  • a) A expressão “isso” retoma “a vida das pessoas (ou

de uma pessoa) está em risco, em situações diversas.”

  • b) As expressões “nesse momento” e “nessas

ocasiões” só possuem sentido se inseridas nesses

contextos.

  • c) A expressão “lá” funciona como pronome anafórico

e retoma a expressão “A residência das pessoas”.

  • d) A expressão “porém” se encontra intercalada, mas

poderia também estar no início da oração.

  • b) anafórico e catafórico.

  • c) catafórico e anafórico.

  • e) A expressão “justamente” focaliza as expressões

“incerteza do cenário” e “resultado do seu trabalho”.

  • d) catafórico e catafórico.

(Texto para as questões 4 a 6)

2) Ano: 2014-Banca: CESPE, Órgão: Polícia Federal, Prova: Agente de Polícia Federal

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br 1) Ano: 2012Banca: UEG, Órgão: PC-GO, Prova: Delegado de

O pronome possessivo “Suas” (L.4) refere-se a “de todos os Estados e sociedades” (L. 3 e 4).

Certo (

)

Errado (

)

3) Ano: 2013-Banca: FAFIPA, Órgão: PM-PR, Prova:

Soldado Bombeiro Militar

“Por exemplo, a residência das pessoas, a

priori, é inviolável, só se podendo nela adentrar com mandado judicial ou com a autorização de quem lá reside. O PM aprende, porém, com sua técnica policial, que existem outros casos em que isso poderá acontecer, por exemplo, quando a vida das pessoas (ou de uma pessoa) está em risco, em situações diversas, de grave ameaça à integridade de alguém, casos de incêndio. Geralmente, nessas ocasiões, quem faz a seleção são os vizinhos, interessados e preocupados com a vida de quem está na residência. E é nesse momento, na incerteza e na surpresa, que o risco dos outros passa a ser assumido como o risco

O Dedo

Inclinara-me para ver o estranho objeto quando notei o pequeno feixe de fibras emergindo na areia banhada pela espuma. Quando recorri aos óculos é que vi: não era algodão mas uma vértebra meio descarnada a coluna vertebral de um grande peixe? Fiquei olhando. Espera, mas o que seria aquilo? Um aro de ouro? Agora que a água se retraíra eu podia ver um aro de ouro brilhando em torno da vértebra, enfeixando as fibras que tentavam se libertar, dissolutas. Com a ponta do cipó, revolvi a areia. Era um dedo anular com um anel de pedra verde preso ainda à raiz intumescida. Como lhe faltasse a última falange, faltava o que poderia me fazer recuar; a unha. Unha pintada de vermelho, o esmalte descascando, acessório fiel ao principal até no processo de desintegração. Unha de mulher burguesa, à altura do anel do joalheiro que se esmerou na cravação da esmeralda. Penso que se restasse a unha certamente eu teria fugido, mas naquele estado de despelamento o fragmento do dedo trabalhado pela água acabara por adquirir a feição de um simples fruto do mar. Mas havia o anel.

A dona do dedo? Mulher rica e de meia idade que as jovens não usam joias, só as outras. Afogada no mar? A onda começou inocente lá longe e foi se cavando cada vez mais alta, mais alta, Deus meu! A fuga na água e a praia tão longe, ah! mas o que é isso? ... Explosão de espuma e sal. Sal.

(Lygia Fagundes Telles, Um coração ardente)

3

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br 4) Ano: 2015-Banca: VUNESP, Órgão: PM-SP, Prova: Sargento Ao

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

4) Ano: 2015-Banca: VUNESP, Órgão: PM-SP, Prova:

Sargento

Ao tomar consciência de que encontrou um dedo na praia, o narrador

  • a) pensa em um joalheiro ao qual possa vender o anel

de ouro com uma esmeralda incrustada.

  • b) passa a fazer conjecturas a respeito da pessoa e

das circunstâncias em que ela pode ter morrido.

  • c) foge rapidamente do local, pois a unha pintada de

vermelho o surpreende, despertando-lhe o medo.

  • d) começa a recuar, mas é tentado pela curiosidade

de mexer no achado para encontrar pistas do incidente.

200 anos no próximo 18 de junho. Em 1815, Waterloo pôs fim às ambições do incansável Napoleão Bonaparte. O conflito desde então costuma ser

lembrado como a mais emblemática das derrotas a prova de que há limites mesmo para a ambição de um

estrategista brilhante.”

7) Ano: 2015-Banca: VUNESP, Órgão: PM-SP, Prova:

Sargento

De acordo com o texto, a Batalha de Waterloo

  • a) pôs termo ao avanço do poder de Napoleão sobre

os rivais europeus.

  • b) comprova que não existem limites para uma

ambição guerreira.

5) Ano: 2015-Banca: VUNESP, Órgão: PM-SP, Prova:

Sargento

A frase final do primeiro parágrafo Mas havia o anel. permite concluir que a presença do adorno no achado

  • a) fazia-o parecer um simples fruto do mar.

  • b) era insignificante na situação vivida.

  • c) causava medo extremo ao narrador.

  • d) indicava a sua condição de dedo.

6) Ano: 2015-Banca: VUNESP, Órgão: PM-SP, Prova:

Sargento

Assinale a alternativa em que o enunciado expressa uma situação hipotética.

  • a) Inclinara-me para ver o estranho objeto ...

  • c) dá novo fôlego para os intentos militares de

Napoleão Bonaparte.

  • d) representa o momento em que os rivais de

Napoleão sucumbem.

8) Ano: 2015-Banca: VUNESP, Órgão: PM-SP, Prova:

Sargento

As informações do texto permitem afirmar que

  • a) Napoleão era um comandante com parcos

conhecimentos militares.

  • b) a Batalha de Waterloo é considerada a mais

simbólica das derrotas.

  • c) poucos soldados tiveram um fim trágico na batalha

de Waterloo.

  • d) Napoleão estava cansado das batalhas, quando

lutou com seus rivais.

  • b) ...

eu podia ver um aro de ouro brilhando em torno

da vértebra ...

  • c) Com a ponta do cipó, revolvi a areia.

  • d) ...

se restasse a unha certamente eu teria fugido ...

(Texto para as questões de 7 a 9)

“Em um campo enlameado 16 quilômetros ao

sul de Bruxelas, cerca de 200 000 soldados enfrentaram-se por oito horas. Homens e cavalos foram decapitados e estripados por baionetas, espadas e balas de canhão. À noite, 12 000 cadáveres espalhavam-se pelo chão. A Batalha de Waterloo, a terceira entre o exército francês e rivais europeus ao longo de três dias seguidos, completa

9) Ano: 2015-Banca: VUNESP, Órgão: PM-SP, Prova:

Sargento

Mantendo-se o sentido original do texto e atendendo- se à norma-padrão da língua portuguesa, a passagem O conflito desde então costuma ser lembrado como a mais emblemática das derrotas a prova de que há limites mesmo para a ambição de um estrategista brilhante. está adequadamente reescrita em:

  • a) Desde então, costuma-se lembrar o conflito como a

emblemática derrota da qual se pode provar que a

ambição de um estrategista brilhante têm limites.

  • b) O conflito, costuma ser lembrado desde então,

como a mais emblemática derrota a prova mesmo que a ambição de um brilhante estrategista é limitada.

4

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br c) O conflito costuma ser lembrado, desde então, como

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

  • c) O conflito costuma ser lembrado, desde então,

como o emblema das derrotas provando de que se

impõe limites à ambição de um estrategista brilhante.

  • d) Desde então, o conflito costuma ser lembrado como

a derrota mais emblemática a prova de que mesmo

a ambição de um estrategista brilhante tem limites.

Exército, sobrinha de um coronel, E FILHA DE UM GENERAL! Morou? Estarrecido, o delegado só teve forças para engolir em seco e balbuciar humildemente:

- Da ativa, minha senhora? E ante a confirmação, voltou-se para o escrivão, erguendo os braços desalentado:

- Da ativa, Motinha! Sai dessa ...

(Texto para as questões seguintes)

A mulher do vizinho

(Texto extraído do livro "Fernando Sabino - Obra Reunida - Vol.01")

Contaram-me que na rua onde mora (ou morava) um conhecido e antipático general de nosso Exército morava (ou mora) também um sueco cujos filhos passavam o dia jogando futebol com bola de meia. Ora, às vezes acontecia cair a bola no carro do general e um dia o general acabou perdendo a paciência, pediu ao delegado do bairro para dar um jeito nos filhos do sueco. O delegado resolveu passar uma chamada no homem, e intimou-o a comparecer à delegacia. O sueco era tímido, meio descuidado no vestir e pelo aspecto não parecia ser um importante industrial, dono de grande fábrica de papel (ou coisa parecida), que realmente ele era. Obedecendo a ordem recebida, compareceu em companhia da mulher à delegacia e ouviu calado tudo o que o delegado tinha a dizer-lhe. O delegado tinha a dizer- lhe o seguinte:

  • - O senhor pensa que só porque o deixaram

morar neste país pode logo ir fazendo o que quer? Nunca ouviu falar numa coisa chamada AUTORIDADES CONSTITUÍDAS? Não sabe que tem de conhecer as leis do país? Não sabe que existe uma coisa chamada EXÉRCITO BRASILEIRO que o senhor tem de respeitar? Que negócio é este? Então é ir chegando assim sem mais nem menos e fazendo o que bem entende, como se isso aqui fosse casa da sogra? Eu ensino o senhor a cumprir a lei, ali no duro:

dura lex! Seus filhos são uns moleques e outra vez que eu souber que andaram incomodando o general, vai tudo em cana. Morou? Sei como tratar gringos feito o senhor. Tudo isso com voz pausada, reclinado para trás, sob o olhar de aprovação do escrivão a um canto. O sueco pediu (com delicadeza) licença para se retirar. Foi então que a mulher do sueco interveio:

-Era tudo que o senhor tinha a dizer a meu

marido? O delegado apenas olhou-a espantado com o

atrevimento.

  • - Pois então fique sabendo que eu também sei

tratar tipos como o senhor. Meu marido não e gringo nem meus filhos são moleques. Se por acaso incomodaram o general ele que viesse falar comigo, pois o senhor também está nos incomodando. E fique sabendo que sou brasileira, sou prima de um major do

10) Ano: 2013-Banca: CRSP PMMG, Órgão: PM- MG, Prova: Soldado da Polícia Militar - Músico

No quarto parágrafo, é CORRETO afirmar que a

expressão utilizada pelo autor, “(

...

)

só porque o

deixaram morar neste país pode logo ir fazendo o que

quer?", demonstra:

a)

O sentimento de patriotismo do Delegado.

b)

O sentimento de xenofobia do Delegado.

c)

A extrema dedicação do Delegado no cumprimento

às leis.

d)

A aceitação do imigrante estrangeiro em nosso

país.

11) Ano: 2013-Banca: CRSP PMMG, Órgão: PM- MG, Prova: Soldado da Polícia Militar - Músico

Com relação ao modo de agir do delegado no trecho

“Tudo isso com voz pausada, reclinado para trás, sob

o olhar de aprovação do escrivão a um canto." é

CORRETO afirmar:

a)

A voz pausada do delegado e sua postura relaxada,

reclinado para trás, foi apenas uma estratégia utilizada para descontrair o ambiente da entrevista com o sueco.

b)

Demonstra a maneira polida do autor se referir aos

bons serviços prestados pelas autoridades da época.

c)

A voz pausada do delegado e sua postura relaxada,

reclinado para trás, foi apenas uma estratégia utilizada

para recepcionar bem o sueco.

d)

Demonstra a maneira irônica do autor referir-se aos

desmandos das autoridades da época.

12) Ano: 2013-Banca: CRSP PMMG, Órgão: PM- MG, Prova: Soldado da Polícia Militar - Músico

Sobre a expressão: “E fique sabendo que sou

brasileira, sou prima de um major do Exército, sobrinha de um coronel, E FILHA DE UM GENERAL!

5

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br Morou?", é CORRETO afirmar que ela reflete a um

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

Morou?", é CORRETO afirmar que ela reflete a um antigo hábito brasileiro utilizado para:

Ditongo decrescente: Vogal + semivogal. Ex: jaula, meu.

  • a) Mostrar-se imputável e influente.

  • b) Demonstrar a decepção em ser brasileira.

  • c) Demonstrar o orgulho de ser brasileiro.

  • d) Mostrar-se inimputável e influente.

 

GABARITO

 

1-a

2-E

3-a

4-b

5-d

6-d

7-a

8-b

9-d

10-b

11-d

12-d

Tritongo: é o encontro de uma semivolgal+vogal+semivogal na mesma sílaba. Ex: Uruguai, Paraguai.

Hiato: é o encontro de vogais na palavra que se separam nas sílabas. Ex: saúde, juiz, país.

Encontros consonantais

ENCONTRO 2

FONOLOGIA

Parte da gramática que estudas o som das palavras.

LETRAS: Representação gráfica do som:

Ex: Margarida =

9 L

Filhote =

7 L

FONEMAS: Unidade de som emitida ao falar.

Nem sempre a quantidade de letra é igual a quantidade de fonemas.

Ex: Margarida =

9 F

Filhote =

6

F

ilha =

3 F

Encontros de consoantes nas palavras que podem ou não se separar silabicamente.

Encontros Perfeitos: são os encontros dentro da mesma sílaba.

Encontros Imperfeitos: são encontros que se separam nas sílabas.

Dígrafos Consonantais: São aquele formados pela

união de consoantes que representem uma unidade sonora.

São eles: nh, lh, ch,

ss, rr, sc, sç, xc, gu, qu.

Dígragrafos Vocálicos: a(m,n) tampa, tango e (m,n) tempero, tentativa i (m,n) timbre, tinta o (m,n) bomba, tonto u (m,n) tumba, untar

Algumas palavras podem ter letras que representam

dois fonemas. Ex: sexo = 4 L e 5 F

(sekso)

Encontros Vocálicos

Divisão silábica

A divisão silábica deve ser feita a partir da soletração, ou seja, dando o som total das letras que formam cada sílaba, cada uma de uma vez.

São os encontros de vogais na palavra que podem ou não ficar juntas nas sílabas sendo assim classificadas:

Ditongo: é o encontro de uma vogal e uma semivogal na mesma sílaba. Sendo Nomeadas como crescente e decrescente. Ditongo crescente: Semivogal + Vogal. Ex: água, memória.

Separam-se as vogais dos hiatos: sa-ú-de, ju-iz

Separam-se os dígrafos rr, ss, sc, sç, xc e xs: ser-ro- te, nas-cer, pas-sar

Ligados a palavras iniciadas por vogal: su-ben-ten-der, hi-pe-ra-mi-go

6

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br Separo consoante interna não seguida de vogal, ficando esta

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

Separo consoante interna não seguida de vogal, ficando esta ligada a vogal da silaba anterior: cac-to, rep-til

Separam-se as vogais idênticas: le-em, vo-ou

Numere a 2ª coluna de acordo com a 1ª em relação à razão do acento gráfico.

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br Separo consoante interna não seguida de vogal, ficando esta

Não se separam os ditongos e tritongos: jau-la, lou-var

A sequência está correta em

Não se separam os dígrafos ch, lh, nh, qu, gu: i-lha, mi-nho-ca

QUESTÕES ANTERIORES DE CONCURSOS

1) Ano: 2013-Banca: EXATUS, Órgão: PM-ES, Prova:

Soldado Combatente da Polícia Militar

Assinale a alternativa em que a divisão silábica das palavras retiradas do texto está correta:

  • a) es-po-ra-di-ca-mente.

  • b) ne-ce-ssi-da-de.

  • c) des-a-bo-to-an-do.

  • d) par-tu-ri-en-te.

  • e) co-lé-gi-o.

2) Ano: 2013-Banca: EPCAR, Órgão: EPCAR, Prova:

Cadete

Observando os trechos, numerados ordinariamente, marque a opção que traz uma afirmativa correta.

1º- “Primeiro, como laço afetivo.”

2º - " ...

pode-se pôr sentimento numa mensagem

eletrônica.”

3º- “Além do lado afetivo, há outro: a carta como

documento histórico

...

4º- “Mas o tom é absolutamente íntimo.”

  • a) Há dígrafos nos dois primeiros trechos

  • b) Não há encontro consonantal no quarto trecho.

  • c) Não se observa a ocorrência de hiato em nenhum

dos quatro trechos.

  • d) Há ditongo somente no primeiro trecho.

3) Ano: 2013-Banca: CONSULPLAN, Órgão: PM-TO,

Prova: Soldado da Polícia Militar

a)

2, 3, 2, 1

b)

3, 2, 1, 2

c)

1, 2, 3, 1

d)

3, 1, 2, 3

4) Ano: 2013-Banca: FUNCAB, Órgão: PM-ES, Prova:

Soldado Combatente da Polícia Militar

A divisão silábica está correta em:

a)

o-bser-var

b)

har-mo-nio-sa

c)

er-ro-ne-a-men-te

d)

es-tran-ha-mos

e)

au-xi-lia-mos

5) Ano: 2012-Banca: EB, Órgão: EsSA, Prova:

 

Sargento

Qual das alternativas abaixo é formada por ditongos decrescentes?

a)

pouco, loteria, contrário, estratégia.

b)

inquietação, pouco, aumenta, grau.

c)

cair, compreensível, beijar, treino.

d)

imponderáveis, atuar, psicologia, seu

e)

colégio, não, imediatamente, história

6) Ano: 2012-Banca: EB, Órgão: EsSA, Prova:

 

Sargento

Assinale a opção em que o vocábulo difere dos demais pelo número de sílabas.

a)

vadios

b)

índios

c)

matéria

7

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br d) europeus e) Bahia 7) Ano: 2011-Banca: CESPE, Órgão:

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

d)

europeus

e)

Bahia

7) Ano: 2011-Banca: CESPE, Órgão: CBM-ES, Prova:

Oficial Bombeiro Militar Combatente

Tendo como referência o texto acima, julgue os itens a seguir.

Atende ao rigor gramatical a seguinte divisão silábica do vocábulo “ansiolíticos”: an-si-o-lí-ti-cos.

 

Certo

Errado

8) Ano: 2011-Banca: EsFCEx, Órgão: EsFCEx, Prova:

Aluno - EsFCEx

As palavras abaixo se diferenciam apenas por um único fonema. Assinale a alternativa que destaca adequadamente o traço distintivo de cada par:

a)

“casa” / “caça” – distinguem-se apenas com relação

à zona de articulação.

b)

“chato” / “jato” – distinguem-se apenas com relação

ao modo de articulação.

c)

“beijo” / “queijo” – distinguem-se apenas com

relação ao modo de articulação.

d)

“foto” / “voto” – distinguem-se apenas com relação

ao papel das cavidades bucal e nasal.

e)

“bastava” / “pastava” – distinguem-se apenas com

relação ao papel das cordas vocais.

9) Ano: 2009-Banca: MB, Órgão: EAM, Prova:

Aprendiz - Marinheiro

Assinale a opção em que todas as palavras apresentam o mesmo número de fonemas.

a)

preto - chefe - limpou

b)

quebrou - cozinha - atingia

c)

caminho - vergonha - orgulho

d)

composição - redimisse - Renascença

e)

estrangeiro - científico literárias

10) Ano: 2005-Banca: Marinha, Órgão: CFN, Prova:

Fuzileiro Naval

As palavras “viagem” e “levou” possuem,

respectivamente:

 

a)

hiato e hiato.

b)

ditongo e hiato.

c)

hiato e ditongo.

d)

ditongo e ditongo.

e)

dois ditongos e ditongo.

 

11) Ano: 2014-Banca: UPENET, Órgão: PM-PE, Prova: Oficial da Polícia Militar

Observe os termos abaixo sublinhados. Em seguida, assinale a alternativa que apresenta a justificativa CORRETA para o acento existente no termo sublinhado.

a)

"A importância da participação da família no

desenvolvimento da criança em hiato.

"

- paroxítona terminada

b)

"

a

criança tem dificuldade em processar

mentalmente

 

- a tonicidade recai na

penúltima sílaba.

 

c)

"Numa viagem de férias, uma mãe estará

mediando o aprendizado

"

- proparoxítona terminada

em ditongo.

 

d)

"A importância da participação da família no

desenvolvimento da criança é

 

-

paroxítona terminada em “l”.

 

e)

"

mas

neste século, os pais deixaram de lado a

educação dos filhos penúltima sílaba.

"

- a tonicidade recai na

12) Ano: 2014-Banca: FUNCAB, Órgão: PM-RO, Prova: Primeiro Tenente - Psiquiatra

As palavras saíra e possuía, retiradas do texto, recebem acento porque, de acordo com a norma culta, deve-se acentuar:

a)

o ditongo, sempre que houver pronúncia aberta em

palavras paroxítonas.

 

b)

o “i” tônico quando forma hiato com a vogal anterior.

c)

toda proparoxítona terminada em “a”, seguida ou

não de “s”.

 

d)

a paroxítona formada por ditongo crescente.

e)

a maioria das paroxítonas terminadas em -a, -e, -o,

-em.

8

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br 13) Ano: 2013-Banca: MS CONCURSOS, Órgão: CBM-SC, Prova: Soldado

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

13) Ano: 2013-Banca: MS CONCURSOS, Órgão:

CBM-SC, Prova: Soldado 3° Classe

Ex: Preciso de uma pedra de granito.

Releia: “Fico no regalo por nossa interlocução

Conotação: sentido figurado, não literal.

verdadeira, pois além do sentido dado pela fisiologia, a palavra sinapse indica, do latim synapsis, e do grego

Ex: O policial parecia ter coração de pedra.

súnapsis, a ação de juntar, ligação, união".

Polissemia: Variedade de sentidos, todos literais.

A maioria das palavras não acentuadas dessa frase são

Ex: manga da camisa e manga rosa, ponto de bordado e ponto de ônibus.

  • a) oxítonas.

 

Curiosidades:

  • b) paroxítonas.

  • c) proparoxítonas.

Homônimas

  • d) monossílabos tônicos.

14) Ano: 2014, Banca: CESPE, Órgão: CBM-CE

Prova: Soldado Bombeiro Militar

Ainda em relação a aspectos linguísticos do texto de Machado de Assis, julgue os itens seguintes.

No fragmento “Não lhe chamo a atenção para os padres e os sacristães, nem para o sermão” (L.5-6), todos os substantivos terminados em ditongos nasais apresentam as mesmas possibilidades de formação de plural.

Certo

Errado

 
 

GABARITO

 

1-d

2-c

3-a

4-c

5-b

6-b

7-Certo

8-e

9-b

10-c

11-d

12-b

13-b

14-Errado

 

ENCONTRO 3

SEMÂNTICA

Sinônimas: são palavras ou locuções que tem a mesma ou quase a mesma significação que outra. Ex: Apagar e abolir, deferir e concordar, lutar e combater.

Antônimas: são palavras ou locuções de significação oposta. Ex: Bem e mal, perto e longe.

Denotação: sentido literal (lembrar de Dicionário).

Existem palavras que são idênticas na escrita

e pronuncia ou apenas em umas das duas; com significados diferentes, são chamadas de

homônimas.

Homônimas Perfeitas: são idênticas tanto na escrita quanto na pronuncia. Ex: cedo (verbo) e cedo (adverbio); mato (relva), mato (verbo).

Homógrafas: idênticas na escrita e diferente na pronúncia. Ex: almoço (verbo) e almoço (substantivo); sede (necessidade); sede (matriz).

Homófonas: idênticas na pronúncia e diferente na escrita. Ex: sela (arreio), cela (compartimento).

Parônimas

São palavras semelhantes com significados diferentes. Ex: arrear (por arreios) e arriar (abaixar); comprimento (medida) e cumprimento (saudação).

QUESTÕES ANTERIORES DE CONCURSOS

1) Ano: 2013-Banca: FUMARC, Órgão: CBM-MG, Prova: Soldado Bombeiro Militar

A autora faz uso das palavras em sentido figurado em

a) O velho vislumbra o caminho que o bebê irá seguir.

Não é um reviver nem um renascer: é uma memória.”

9

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br b) O conteúdo que, em primeiro lugar, mergulha nas

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

b)

O conteúdo que, em primeiro lugar, mergulha nas

sombras do esquecimento são os nomes próprios; mais uns anos e substantivos comuns também se

 
 

embaralham.”

c)

Assim como é natural o ser humano se transformar

ininterruptamente, em boa velocidade, do nascimento à puberdade, é natural envelhecer, com lentas perdas

no início e mais rápidas depois.”

 

d)

“Sentimos a presença das mudanças. Se causam

amargura, é pela não aceitação. E, se não aceitarmos

que já não somos o que éramos, o nosso contato com

o mundo aqui e agora fica prejudicado.”

 

2) Ano: 2013Banca: FUNCAB, Órgão: PM-ES, Prova:

Soldado Combatente da Polícia Militar

 

A palavra em destaque que está empregada em sentido conotativo ocorre em:

a)

“A segurança pública começa na FAMÍLIA [

...

]”

 

(parágrafo 1)

b)

“[

...

]

ao deixar de usar o CINTO de segurança [

...

]”

 

(parágrafo 2)

c)

“Aceitamos quando eles não arrumam o QUARTO

[

]”

(parágrafo 2)

 

d)

“[

...

]

quando pronunciam um PALAVRÃO [

...

]”

 

(parágrafo 1)

e)

“[

...

]

de nossas crianças na idade TENRA [

...

]”

 

(parágrafo 3)

3) Ano: 2010-Banca: CESPE, Órgão: PM-ES, Prova:

Soldado da Polícia Militar

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br b) O conteúdo que, em primeiro lugar, mergulha nas

a)

“Afinal, esses novatos carregarão um fardo e tanto:

ser o embrião de uma Polícia Militar honrada, que

inspire e orgulhe o cidadão carioca.”

b)

“Muitos falam outros idiomas, moram na Zona Sul

da cidade e já tiveram, em maior ou menor grau,

experiência internacional.”

c)

“Bruno Drummond Andrade, 24 anos, cursa o 8º

período de pedagogia na Uerj, é fluente em espanhol e se orgulha de ser parente distante do poeta Carlos

Drummond de Andrade.”

d)

“Para surpresa de parentes e amigos, no entanto, o

trio contrariou todas as expectativas e escolheu ser ....

policial militar.”

e)

“Em teoria, os novos soldados terão passado pelo

mais exaustivo e completo treinamento na história da

 

PM.”

5) Ano: 2007-Banca: CESPE, Órgão: CBM-DF, Prova:

 

Advogado

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br b) O conteúdo que, em primeiro lugar, mergulha nas

Com base no texto acima, julgue os itens seguintes.

A expressão “jogar no caminho” (L.16-17) tem sentido figurado e pode ser substituída por lançar, sem prejuízo para a coerência do texto.

Certo (

)

Errado (

)

6) Ano: 2007-Banca: CESPE, Órgão: CBM-DF, Prova:

Advogado

Com relação a aspectos estruturais do texto, julgue os itens subsequentes.

O vocábulo “confusa” (L.26) foi empregado no texto

com sentido denotativo.

Julgue os itens que se seguem com base na leitura do texto acima.

O texto, constituído com linguagem denotativa, apresenta a tese de que, em algumas situações, o mínimo é o máximo.

Certo (

)

Errado (

)

 

Certo (

)

Errado (

)

4) Ano: 2010-Banca: FUNCAB, Órgão: PM-GO, Prova:

 

Soldado da Polícia Militar

 

7) Ano: 2015-Banca: VUNESP, Órgão: PM-SP, Prova:

 

Sargento

Uma das frases abaixo foi utilizada em sentido conotativo. Indique-a:

Nas passagens

quando notei o pequeno feixe de

enfeixando as fibras que tentavam se libertar,

... dissolutas. e Com a ponta do cipó, revolvi a

10

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br areia. – , os termos em destaque são sinônimos,

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

areia. , os termos em destaque são sinônimos,

Não haveria alteração de sentido do texto, caso o

respectivamente, de

trecho “todos reconhecem, porque (

)

d’O Capital,

a)

subindo … desfeitas … remexi

b)

escondendo-se … dissolvidas … ajeitei

c)

submergindo … decompostas … espalhei

d)

vindo à tona … amarradas … baguncei

8) Ano: 2015-Banca: VUNESP, Órgão: PM-SP, Prova:

Sargento

Nas passagens O panorama é parágrafo)

(1º

e ...

15

804 mortos por violência intencional nas

...

(2o parágrafo) , os termos em destaque

capitais

têm como antônimos, respectivamente:

a)

auspicioso … deliberado

b)

desconsolador … impremeditado

c)

animador … involuntário

d)

infeliz … proposital

9) Ano: 2015-Banca: VUNESP, Órgão: PC-CE, Prova:

Escrivão de Polícia Civil de 1ª Classe

Assinale a alternativa em que a expressão destacada é empregada em sentido figurado.

a)

universidades que fazem pesquisa tendem a

reunir a nata dos especialistas ...

b)

Os dados do Ranking Universitário publicados em

setembro de 2013 ...

c)

Não é preciso ser um gênio da aritmética para

perceber que o país não dispõe de recursos ...

d)

das 20 universidades mais bem avaliadas em

termos de ensino ...

e)

todas as despesas que contribuem direta e

indiretamente para a boa pesquisa ...

10) Ano: 2014-Banca: CESPE, Órgão: Polícia Federal, Prova: Agente de Polícia Federal

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br areia. – , os termos em destaque são sinônimos,

que não há produção” (L. 1 e 2) fosse reescrito da

seguinte forma: todos reconhecem a razão pela qual Marx impôs esta demonstração no Livro II d’O Capital que não há produção.

Certo (

)

Errado (

)

11) Ano: 2014-Banca: CESPE, Órgão: Polícia Federal, Prova: Agente de Polícia Federal

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br areia. – , os termos em destaque são sinônimos,

A forma verbal “infligem” (L.4) está empregada no

texto com o mesmo sentido que está empregada na seguinte frase: Os agentes de trânsito infligem multas

aos infratores.

 

Certo (

)

Errado (

)

12) Ano: 2014-Banca: IBFC, Órgão: PC-RJ, Prova:

Papiloscopista Policial de 3ª Classe

No fragmento “Não é da alçada do comissário, nem

do hospital, nem da radiopatrulha, (

...

) “(6º §), o termo

em destaque poderia ser substituído, mantendo a equivalência de sentido, por todas as palavras abaixo, com EXCEÇÃO de:

a)

Foro

b)

Jurisdição

 

c)

Domínio

d)

Atribuição

 

e)

Representação

 

GABARITO

 

1-b

2-d

3-C

4-a

5-C

6-C

7-a

8-c

9-a

10-E

11-E

12-e

 

11

“Ensino de qualidade focado em concursos” ENCONTRO 4 www.preparatoriojc.com.br Ortografia Uso dos porquês Por quê =

“Ensino de qualidade focado em concursos”

ENCONTRO 4

www.preparatoriojc.com.br

Ortografia

“Ensino de qualidade focado em concursos” ENCONTRO 4 www.preparatoriojc.com.br Ortografia Uso dos porquês Por quê =
“Ensino de qualidade focado em concursos” ENCONTRO 4 www.preparatoriojc.com.br Ortografia Uso dos porquês Por quê =
“Ensino de qualidade focado em concursos” ENCONTRO 4 www.preparatoriojc.com.br Ortografia Uso dos porquês Por quê =
“Ensino de qualidade focado em concursos” ENCONTRO 4 www.preparatoriojc.com.br Ortografia Uso dos porquês Por quê =
“Ensino de qualidade focado em concursos” ENCONTRO 4 www.preparatoriojc.com.br Ortografia Uso dos porquês Por quê =
“Ensino de qualidade focado em concursos” ENCONTRO 4 www.preparatoriojc.com.br Ortografia Uso dos porquês Por quê =
“Ensino de qualidade focado em concursos” ENCONTRO 4 www.preparatoriojc.com.br Ortografia Uso dos porquês Por quê =
“Ensino de qualidade focado em concursos” ENCONTRO 4 www.preparatoriojc.com.br Ortografia Uso dos porquês Por quê =
“Ensino de qualidade focado em concursos” ENCONTRO 4 www.preparatoriojc.com.br Ortografia Uso dos porquês Por quê =
“Ensino de qualidade focado em concursos” ENCONTRO 4 www.preparatoriojc.com.br Ortografia Uso dos porquês Por quê =
“Ensino de qualidade focado em concursos” ENCONTRO 4 www.preparatoriojc.com.br Ortografia Uso dos porquês Por quê =

Uso dos porquês

Por quê = final de orações. Ex: Ela não veio por quê?

12

Como é feliz o homem que acha a sabedoria, o homem que obtém entendimento, Provérbios 3:13

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br Porquê (substantivo MOTIVO): vem acompanhado de artigo, numeral, pronome.

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

Porquê (substantivo MOTIVO): vem acompanhado de artigo, numeral, pronome. Pode ser substituída pelo substantivo MOTIVO. Ex: Diga o porquê de sua falta. Os porquês da vida.

Porque (conjunção POIS): geralmente utilizado para explicar, dar respostas. Pode ser substituído pela conjunção POIS. Ex: Porque eu adoeci. Nós amamos concurso porque passaremos.

Por que: chamo este por que de resto. Pois faço os testes anteriores já que são apenas 4, se não for nem um dos 3 anteriores só me resta este! Utilizados em perguntas diretas e indiretas. Equivale: a qual, pelo qual motivo e por qual razão. Ex: Esta é a estrada por que passei. Por que que estudamos tanto?

QUESTÕES ANTERIORES DE CONCURSOS

1) Ano: 2015-Banca: VUNESP, Órgão: APMBB, Prova: Quadro Auxiliar de Oficiais da Polícia Militar

Leia a tira

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br Porquê (substantivo MOTIVO): vem acompanhado de artigo, numeral, pronome.

Considerando as relações de sentido e de coesão no contexto, complete, correta e respectivamente, as lacunas, de acordo com a norma-padrão da língua portuguesa, em uma situação formal de comunicação.

a)

os inspira … mau

b)

lhes inspiram … mau

c)

lhes inspira … mau

d)

os inspiram … mal

e)

lhes inspira … mal

2) Ano: 2014-Banca: PM-RO, Órgão: PM-RO, Prova:

 

Sargento

“A ortografia da língua portuguesa considera incorreta a grafia percentagem no lugar de "porcentagem".

 

Certo

Errado

3) Ano: 2014, Banca: PM-RO, Órgão: PM-RO, Prova:

 

Sargento

“Seria ingênuo pensar que esse mito desapareceu

com a recente crise, mas, que ele está mal das

pernas, está.” (ANEEL, 2010) O sentido da expressão “mal das pernas”, característica da oralidade, seria prejudicado caso se substituísse “mal” por mau.

 

Certo

Errado

4) Ano: 2014-Banca: FUNCAB, Órgão: PM-MT, Prova:

Soldado da Polícia Militar

Assinale a opção em que a palavra destacada foi corretamente empregada.

a)

As mulheres estavam meio nervosas por terem O

desmembramento entre os estados de Mato que falar em público.

b)

Naquele dia, mas ninguém apareceu no

departamento.

c)

porque você não concorda com esse

procedimento?

d)

As palavras foram mau empregadas naquela

situação.

e)

Ele estava com medo, mais não demonstrava.

5) Ano: 2013-Banca: CRSP PMMG, Órgão: PM-MG, Prova: Oficial da Polícia Militar

13

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br Leia atentamente o texto e escreva as palavras corretas.

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

Leia atentamente o texto e escreva as palavras corretas. Após, marque a alternativa CORRETA que corresponde à sequência em que elas aparecem no texto.

No ano de 2012, no Congresso Nacional, houve

 

(sessão, seção, cessão) para debater

sobre

(a, à) nova lei ambiental. Naquela

oportunidade, discutiu-se também sobre a (sessão, seção, cessão) de terras por

__________ parte da União para determinadas ONGs. Muitos jornalistas fizeram perguntas a respeito do documento

de mais de 400 páginas, onde cada __________ (sessão, seção, cessão) do projeto foi amplamente discutida. Um deputado levantou a polêmica sobre o

__________

(porque, porquê, por que, por quê) de tal

projeto ser levado a plenário em ano eleitoral. A resposta foi no sentido de que a sociedade está

(afim, a fim) de uma solução para a

__________ questão ambiental e que

(há, a) muito tempo a

______ discussão se arrasta e ainda ressaltou que daqui

(há, a) alguns anos colheremos os benefícios.

______ Em decorrência do calor que fazia em Brasília (DF),

algumas pessoas passaram

ambientalistas assistiam

____

(mau, mal). Os

______ (a, à) cena em silêncio.

  • a) (seção); (a); (sessão); (cessão); (porque); (a fim);

(a); (há); (mal); (a).

  • b) (sessão); (a); (cessão); (seção); (porquê); (a fim);

(há); (a); (mal); (à).

  • c) (seção); (à); (cessão); (sessão); (por quê); (a fim);

(há); (a); (mau); (à).

  • d) (cessão); (a); (seção); (sessão); (por que); (afim);

(a); (há); (mau); (a).

6) Ano: 2008-Banca: PC-RJ, Órgão: PC-RJ, Prova:

Inspetor de Polícia

“Concluída a fusão dos mercados, em vez de rumar para a integração política e consolidar seu protagonismo na cena mundial, a Europa faz da integração um utensílio da exclusão. Claro está que Bruxelas não pode evitar a deriva à direita de certos Estados, mas tampouco necessita servir à regionalização da xenofobia.” (L.49-54)

A respeito do trecho acima, analise os itens a seguir:

I. A expressão em vez de não poderia ser substituída, no trecho, por ao invés de.

II. Ocorre alteração gramatical ou semântica ao se substituir “Claro está” por “Está claro”.

III. Não ocorre alteração gramatical ou semântica ao

se substituir “certos Estados” por “Estados certos”.

Assinale:

a)

se somente o item III estiver correto.

b)

se somente o item I estiver correto.

c)

se nenhum item estiver correto.

d)

se todos os itens estiverem corretos.

e)

se somente o item II estiver correto.

7) Ano: 2008-Banca: COMVEST-UEPB, Órgão: PM- PB, Prova: Soldado da Polícia Militar

Observe as proposições a seguir e preencha adequadamente, fazendo a correspondência numérica.

(1) Estamos aguardando o resultado da prova ______ duas semanas.

(2) Fiquei sabendo

da festa.

(3)

30 pessoas ficaram doentes.

(4)

do quintal foi feita de pau a pique.

(

) A CERCA

(

) CERCA DE

(

) HÁ CERCA DE

( ) ACERCA

 

Marque a alternativa CORRETA.

a)

1 3 4 2

b)

3 4 2 1

c)

2 1 3 4

d)

4 3 1 2

e)

2 1 4 3

8) Ano: 2009-Banca: FUNCAB, Órgão: PC-RO, Prova:

Delegado de Polícia

Assinale a opção em que a modificação feita na frase abaixo corresponde ao que preceitua a gramática quanto à grafia da palavra grifada.

“Essa definição explica por que a felicidade é tão efêmera.”

a)

A felicidade é tão efêmera por quê?

b)

Por quê a felicidade é tão efêmera?

14

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br c) Não sei porque a felicidade é tão efêmera.

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

c)

Não sei porque a felicidade é tão efêmera.

d)

Esta é a razão porque a felicidade é tão efêmera.

e)

A felicidade é tão efêmera por que?

9) Ano: 2008-Banca: ACAFE, Órgão: PC-SC, Prova:

Escrivão de Polícia Civil

Considerando os termos destacados em negrito, assinale a alternativa correta.

a)

O salário ainda não foi pago porquê?

b)

Pergunte à secretária por que não há expediente

hoje.

c)

Ninguém conseguiu entender o porque de tamanha

confusão.

d)

Duvido que alguém consiga explicar por quê se

cobram tantos impostos.

10) Ano: 2013-Banca: CRSP PMMG, Órgão: PM- MG, Prova: Soldado da Polícia Militar - Músico

Marque a alternativa CORRETA em relação ao uso dos advérbios onde e aonde:

a)

Estou na escola aonde estudei, ao sair daqui, onde

irei?

b)

Estou na escola onde estudei, ao sair daqui, aonde

irei?

c)

Estou na escola onde estudei, ao sair daqui, onde

irei?

d)

Estou na escola aonde estudei, ao sair daqui,

aonde irei?

11) Ano: 2007-Banca: FUMARC, Órgão: MPE-MG, Prova: Técnico do MP - Direito

I. Depois de expor seu ponto de vista, concluiu

dizendo que apenas

todo casamento é bom.

______

II. Suspeitou-se,

que se tratava de um OVNI,

, mas depois se constatou que a imagem era apenas o

______

planeta Vênus.

Assinale a alternativa que preencha CORRETAMENTE, na ordem em que ocorrem, as lacunas das frases acima.

a)

Em princípio a princípio A princípio A princípio

b)

A princípio a princípio Em princípio A princípio

c)

A princípio em princípio A princípio Em

 

princípio

 

d)

Em princípio em princípio Em princípio Em

princípio

 

12) Ano: 2013-Banca: IBFC, Órgão: EBSERH, Prova:

Advogado

 

Assinale a alternativa que completa, correta e respectivamente, as lacunas.

 

I. Há um conflito, pois as ideias dele vão __________ minhas.

II. O doutor não estava

 

do caso.

 

a)

de encontro às a par

 

b)

de encontro às ao par

c)

ao encontro das a par

d)

ao encontro das ao par

 
 

GABARITO

 

1-a

2-E

3-C

4-a

5-b

6-c

7-d

8-a

9-b

10-b

11-b

12-a

 

ENCONTRO 5

ESTRUTURA E FORMAÇÃO DAS PALAVRAS

As palavras não surgem do acaso elas possuem um processo de formação. Observe:

III. ______

não estou interessado em mudar de

, emprego, mas, na hipótese de uma oferta melhor,

posso pensar.

IV. ______

eles detestaram o Brasil; entretanto,

, passadas poucas semanas, não queriam mais voltar

para a Europa.

Primitivas

Palavras que não originam de nenhuma outra. Ex: Pedra, Pão, pau.

Derivadas

São palavras originadas a partir de outras já existentes.

15

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br Ex: Pedrada, padeiro, paulada. Mais podemos observar em português.

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

Ex: Pedrada, padeiro, paulada.

Mais podemos observar em português. Que as maiorias das palavras se originam basicamente de dois processos: Derivação e Composição.

Derivação

Abreviação: palavras que são reduzidas e subentende-se um todo. Ex: moto, foto, pneu.

Onomatopeia: imitam som de coisas ou animais. Ex: toc-toc; blin-blon, miau.

Prefixal: formada pelo acréscimo do prefixo na palavra. Ex: INfeliz

Sufixal: formada pelo acréscimo do sufixo na palavra. Ex: felizmente.

Prefixal e Sufixal: Quando existe tanto prefixo como sufixo, e caso eu tire algum destes afixos continua existindo uma palavra, mesmo que com significado diferente. Ex: InfelizMENTE.

Parassintética: possui tanto prefixo quanto sufixo, porém, se tirarmos um destes afixos não restará palavra alguma.

Regressiva: formadas pela retirada da parte de um verbo transformando em substantivo. Ex: luta, abrigo.

Imprópria: á a troca de classe da palavra por motivos contextuais e gramaticais. Ex: O bonitão chegou atrasado. O cantar faz bem a alma.

Composição

QUESTÕES ANTERIORES DE CONCURSOS

1) Ano: 2013-Banca: EsPCEx, Órgão: EsPCEx, Prova:

Aluno - EsPCEx

Ao se alistar, não imaginava que o combate pudesse se realizar em tão curto prazo, embora o ribombar dos canhões já se fizesse ouvir ao longe.

Quanto ao processo de formação das palavras sublinhadas, é correto afirmar que sejam, respectivamente, casos de

  • a) prefixação, sufixação, prefixação, aglutinação e

onomatopeia.

  • b) parassíntese, derivação regressiva, sufixação,

aglutinação e onomatopeia.

  • c) parassíntese, prefixação, prefixação, sufixação e

derivação imprópria.

  • d) derivação regressiva, derivação imprópria,

sufixação, justaposição e onomatopeia.

  • e) parassíntese, aglutinação, derivação regressiva,

justaposição e onomatopeia.

2) Ano: 2013-Banca: Aeronáutica, Órgão: EEAR Prova: Sargento

Leia:

Justaposição: unem-se dois ou mais radicais sem perca alguma na formação de nova palavra. Ex: pontapé, passatempo.

Aglutinação: unem-se dois ou mais radicais com a perca da parte. Ex: planalto, embora, aguardente.

Outras formas de formação de palavras.

Hibridismo: palavras formadas pela composição de radicais estrangeiros. Ex: biologia, teologia, fisioterapia.

“A vida é combate,

Que os fracos abate,

Que os fortes, os bravos,

Só pode exaltar.” (Gonçalves Dias – I Juca-Pirama)

O mesmo processo de formação da palavra em destaque no texto ocorre em qual palavra também destacada abaixo?

  • a) “Oh! Que doce era aquele sonhar!”

  • b) “Os bons vi sempre passar/ No mundo graves

tormentos.”

16

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br c) “Não sei o que há de vago/ No

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

  • c) “Não sei o que há de vago/ No voo em que divago/

à tua busca, amor!”

Assinale a alternativa em que o vocábulo destacado resulta de derivação parassintética.

  • d) “Já é noite em teu bairro/ e as mocinhas de calças

compridas desceram para a porta/ após o jantar.”

3) Ano: 2011-Banca: EB, Órgão: EsSA, Prova:

Sargento

Há um caso típico de palavra formada por composição em

  • a) aguardente.

  • a) “O inebriado engano.”

  • b) “Voando o mais em ímpeto.”

  • c) “Esperar é reconhecer-se incompleto.”

  • d) “Jó Joaquim, além disso, existindo só retraído,

minuciosamente.”

  • e) “tendo-a por justa e averiguada, com convicção

manifesta.”

  • b) pesca.

  • c) amanhecer.

7) Ano: 2013-Banca: EXATUS, Órgão: PM-ES Prova:

Soldado Combatente da Polícia Militar

  • d) perigosamente.

  • e) repatriar.

4) Ano: 2011-Banca: EsFCEx, Órgão: EsFCEx, Prova:

Aluno - EsFCEx

Assinale a alternativa em que todos os itens lexicais tenham passado pelo processo de composição, de acordo com a gramática normativa.

  • a) cavalaria arvoredo boiada

  • b) bisneto aguardente celeste

  • c) felizardo humano bondoso

  • d) amplitude beleza dignidade

  • e) passatempo boquiaberto malcriado

Em todas as alternativas as palavras são formadas por derivação sufixal, exceto:

  • a) cozinheira e vitoriosa.

  • b) selvagem e caçador.

  • c) recortara e abotoando.

  • d) telhado e cauteloso.

  • e) dificuldade e terraço.

8) Ano: 2013-Banca: CRSP PMMG, Órgão: PM-MG, Prova: Assistente Administrativo

Assinale a alternativa CORRETA com relação à formação de palavras por derivação regressiva:

  • a) Abalar.

5) Ano: 2011-Banca: EsPCEx,Órgão: EsPCEx, Prova:

Aluno - EsPCEx

Quanto à estrutura e formação de palavras, assinale a alternativa correta.

  • a) Perfeição e percurso são palavras cognatas.

  • b) Em combatente, ocorre derivação parassintética.

  • b) Alistamento.

  • c) Alistar.

  • d) Abalo.

9) Ano: 2013-Banca: FUNCAB, Órgão: PM-ES Prova:

Soldado Combatente da Polícia Militar

  • c) A palavra pontiagudo é formada por justaposição.

Assinale a alternativa em que a palavra foi formada por derivação parassintética.

  • d) Em exportar e êxodo, os prefixos têm sentido

  • a) possibilidade

correspondente.

 
  • b) injustiças

  • e) Em hipótese, o prefixo indica “antes, anterioridade”.

 
  • c) suspeito

6) Ano: 2015-Banca: FUNCAB, Órgão: PC-AC, Prova:

  • d) campeonato

Perito Criminal Contabilidade

 
  • e) encaminhamento

17

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br 10) Ano: 2009-Banca: FUNCAB, Órgão: CBM-RO Prova: Bombeiro d)

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

10) Ano: 2009-Banca: FUNCAB, Órgão: CBM-RO Prova: Bombeiro

  • d) Redução, composição por justaposição e derivação

por sufixação.

  • e) Aglutinação, derivação por sufixação e redução.

 

...

No fragmento “ anormalidade,

se vir acontecer alguma a palavra sublinhada valeu-se do

mesmo processo de formação que:

a)

encadernar;

b)

amolecer;

c)

deslealdade;

d)

desalmado;

e)

maldade.

11) Ano: 2008-Banca: CIAAR, Órgão: CIAAR, Prova:

Oficial Engenheiro - Engenharia de Telecomunicações

Julgue as afirmativas abaixo:

I. “Se quiser trilhar a história de sucesso dos países asiáticos, o Brasil terá de poupar mais” – A oração grifada indica condição.

II. A palavra engordar é formada pelo processo de derivação parassintética.

III. Subdesenvolvimento é palavra formada pelo processo de derivação sufixal.

Estão corretas apenas as afirmativas:

a)

I, II e III

b)

II e III

c)

I e II

d)

I e III

12) Ano: 2013-Banca: FUNCAB, Órgão: PM-ES, Prova: Soldado Combatente da Polícia Militar

Assinale a alternativa que indica, correta e respectivamente, os processos de formação das palavras guarda-sol, felizmente e quilo.

a)

Derivação por sufixação, composição por

justaposição e redução.

 

b)

Composição por justaposição, redução e derivação

por sufixação.

 

c)

Composição por justaposição, derivação por

sufixação e redução.

 

GABARITO

 

1-b

2-c

3-a

4-e

5-e

6-a

7-c

8-d

9-e

10-c

11-c

12-c

ENCONTRO 6

ACENTUAÇÃO GRÁFICA

Proparoxítonas: todas!

Oxítonas terminadas em A-EM-E-O e os monossílabos tônicos terminados por A-E-O. Devem ser acentuados. Ex: paletó, pó, orixá, pá, parabéns, chulé, pé.

Paroxítonas terminadas em: ditongo, Ã, ÃO, X, L, R, PS, I, N, US, deverão ser acentuadas. Ex: farmácia, órfã, órfão, tórax, amável, revólver, fórceps, táxi, pólen, vênus.

Hiatos: acentuo o U e I dos hiatos quando sós ou seguidos de S, com exceção dos precedidos por NH. Ex: País, saúde, saída, juízes.

Ditongos abertos: ÉI, ÓI, ÉU nas palavras OXÍTONAS. Pois nas palavras paroxítonas perderam seus acentos. Ex: O ato heroico do herói. Meus anéis de formatura. Vamos todos para o Céu.

QUESTÕES ANTERIORES DE CONCURSOS

1) Ano: 2014-Banca: UPENET, Órgão: PM-PE, Prova:

Oficial da Polícia Militar

Observe os termos abaixo sublinhados. Em seguida, assinale a alternativa que apresenta a justificativa CORRETA para o acento existente no termo sublinhado.

18

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br a) "A importância da participação da família no desenvolvimento

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

a)

"A importância da participação da família no

 

desenvolvimento da criança

"

- paroxítona terminada

em hiato.

 

b)

"

a

criança tem dificuldade em processar

 

mentalmente estímulos penúltima sílaba.

"

- a tonicidade recai na

c)

"Numa viagem de férias, uma mãe estará mediando

o aprendizado

"

- proparoxítona terminada em

ditongo.

d)

"A importância da participação da família no

 

desenvolvimento da criança é indiscutível

"

-

paroxítona terminada em “l”.

 

e)

"

mas

neste século, os pais deixaram de lado a

 

"

- a tonicidade recai na

 

penúltima sílaba.

 

2) Ano: 2014-Banca: IBFC, Órgão: PM-PB, Prova:

Soldado da Polícia Militar Combatente

 

Acentuado pelo mesmo motivo que o vocábulo “invejáveis", tem-se a palavra:

 

a)

“comentários"

 

b)

“Convém"

c)

“excluído"

d)

“mínimas"

3) Ano: 2014-Banca: UESPI, Órgão: CBM-PI, Prova:

Oficial Bombeiro Militar - Engenheiro Civil

 

No trecho: “material altamente inflamável e tóxico(2º §), as palavras destacadas recebem acento gráfico. Também devem receber esse acento as palavras:

a)

tórax e rúbrica.

 

b)

revólver e púdico.

c)

alí e cadáver.

 

d)

cajú e cálice.

e)

bíceps e fétido.

 

4) Ano: 2014, Banca: CESPE, Órgão: PM-CE, Prova:

Oficial da Polícia Militar

Com relação às ideias e às suas estruturas linguísticas do texto apresentado, julgue os itens a seguir.

O emprego do acento gráfico na palavra “atrás”

justifica-se com base na mesma regra que justifica o

emprego do acento gráfico em “fiéis”.

Certo

Errado

5) Ano: 2014, Banca: CESPE, Órgão: CBM-CE, Prova:

Primeiro-Tenente

Em relação às ideias e aspectos linguísticos do texto, julgue os itens a seguir.

As palavras “meteorológica”, “científico” e “contêineres” são acentuadas segundo diferentes regras de acentuação gráfica.

Certo

Errado

6) Ano: 2014, Banca: CESPE, Órgão: CBM-CE, Prova:

Soldado Bombeiro Militar

No que diz respeito às ideias e estruturas linguísticas do texto acima, julgue os itens subsecutivos.

As palavras “idiomática”, “construída” e “língua” são acentuadas em razão da mesma regra ortográfica.

Certo (

)

Errado (

)

7) Ano: 2013-Banca: EXATUS, Órgão: PM-ES, Prova:

Soldado Combatente da Polícia Militar

As palavras retiradas do texto que recebem acento gráfico pela mesma norma gramatical estão reunidas em:

  • a) trêmula violência através.

  • b) itinerário fêmeas resquícios.

  • c) chaminé espécie séculos.

  • d) auxílio ninguém íntima.

  • e) colégio traísse vibrátil.

8) Ano: 2013-Banca: Aeronáutica, Órgão: EEAR, Prova: Sargento

Atentando para a acentuação gráfica, assinale a alternativa que completa corretamente os espaços do texto abaixo.

Dias vão, dias

____

,

19

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br E nada consegue apagar A dor que deles _____.

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

E nada consegue apagar A dor que deles _____.

  • c) também, prevalecerá, país

E vou seguindo meu caminho Buscando em vago _________

Driblar as mágoas que a contêm.

  • a) vêm advém redemoinho

  • b) vem advém redemoínho

  • c) vem advêm redemoínho

  • d) vêm advêm redemoinho

  • d) confiável, açúcar, incrível

12) Ano: 2015-Banca: PM-SC, Órgão: PM-SC, Prova:

Agente Temporário

Abaixo estão quatro grupos de palavras. Analise-os quanto à acentuação gráfica e marque, depois, a opção que possui as cinco palavras acentuadas corretamente.

  • a) Urubú, café, sabiá, sofá, taxí

9) Ano: 2012-Banca: EB, Órgão: EsSA, Prova:

Sargento

Assinale a alternativa cujos vocábulos exigem acento gráfico pelo mesmo motivo dos existentes, respectivamente, nas palavras cosméticos, laboratórios e países (Os acentos gráficos das palavras abaixo estão omitidos.).

  • a) ilusorio, melancia, raiz

  • b) parafrase, arrogancia, saude

  • c) rubrica, barbarie,

  • d) catastrofe, metonimia, gratuito

  • e) misantropo, cranio, ruim

10) Ano: 2012-Banca: EsFCEx, Órgão: EsFCEx, Prova: Todos os Cargos

Assinale a alternativa em que as palavras estão corretamente acentuadas.

  • b) Assembléia, platéia, história, taínha

  • c) Saúde, lâmpada, herói, infância, saída

  • d) Vinténs, embriaguêz, pontapés, palidez

13) Ano: 2013, Banca: CESPE, Órgão: PRF, Prova:

Policial Rodoviário Federal

O emprego do acento nas palavras “ciência” e “transitório” justifica-se com base na mesma regra de acentuação.

Certo (

)

Errado (

)

 

GABARITO

 

1-d

2-a

3-e

4-E

5-E

6-E

7-b

8-a

9-b

10-a

11-c

12-c

13-C

 

ENCONTRO 7

  • a) ímã / órgão / bênção

  • b) abdomen / hífen / freguêses

  • c) tótem / elixir / inexequível

  • d) polen / cicatriz / dóns

  • e) albuns / abênçoe / exíguo

11) Ano: 2008-Banca: CIAAR, Órgão: CIAAR, Prova:

Oficial Engenheiro - Engenharia de Telecomunicações

Com referência à grafia e à acentuação das palavras, assinale a alternativa em que uma das três palavras NÃO obedece à mesma regra que as outras duas:

  • a) próprio, coexistência, distância

  • b) econômicos, penúltima, típicas

CLASSE GRAMATICAL DAS PALAVRAS

SUBSTANTIVO:

Nomeia os objetos ou seres. Atrai para si o Pronome, Numeral, Artigo e Adjetivo.

Classificação

Comuns: designa todos os seres de uma espécie.

Próprio: Designa um ser único dos demais. Sempre escrito com letra maiúscula.

Concreto: pode ser apalpado ou desenhado, podemos dar uma forma e descrevê-lo.

20

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br Ex: fada, copo, caneta, anjo. Abstrado: depende de outros

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

Ex: fada, copo, caneta, anjo.

Abstrado: depende de outros seres para existir, geralmente sentimentos ou verbos substantivados. Ex: Saúde, Necessidade, felicidade.

Primitivo: original, não deriva de nem um outro. Ex: pedra, anjo.

Derivado: origina-se a partir de outro já existente. Ex: pedreira, angelical.

Simples: Composto por único radical Ex: Flor, beijo.

Composto: composto por dois ou mais radicais. Ex: Beija-flor, Girassol.

Ex: O jacaré (macho ou fêmea)/ a cobra (macho ou fêmea).

Certos substantivos têm significados completamente diferentes quando mudamos o seu gênero. São chamados de heterossêmicos, também conhecidos como substantivos de gênero aparente. Ex: O cabeça (líder) e a cabeça (parte) / o águia (esperto) a águia (ave).

Plural dos Substantivos

É a possibilidade de entendermos pela terminação do substantivo mais de um ser. Geralmente é feita de maneira simples pelo acréscimo do s. Ex: Vida e vidas / casa e casas.

Coletivos: Indicam um conjunto de seres. Ex: colmeia (de abelhas) Caderno (folhas)

Gêneros do Substantivo:

Em geral o masculino é indicado pela desinência o e o feminino pela desinência a.

Ex: garoto/garota

aluno/aluna

Outros substantivos possuem outras terminações e são chamados de biformes. Ex: ator/atriz abade/abadeza cavalo/égua Heterôniomos: São estes que mudam

completamente o radical para formar o feminino ou masculino.

Ex: boi/vaca

homem/mulher

Também temos aqueles que possuem uma única forma de grafia podendo variar ou não os gêneros. São os uniformes. Podem ser:

Comum de dois: o oposto entre masculino ou feminino é feita por uma determinante (artigo, pronome, adjetivo, numeral) Ex: duas estudantes e dois estudantes / bom cliente e boa cliente / o mártir e a mártir.

Sobrecomuns: Possui apenas um gênero não variando sequer a determinante. Ex: a vítima (ele ou ela) / a criança (ele ou ela).

Epicenos: Designam certos animais com a proposição dos adjetivos macho e fêmea. Porém, não varia a determinante que acompanha o adjetivo.

Outros casos de formação de plural podem ocorrer conforme a terminação do substantivo.

1- Terminados em al, -el, ol, e ul trocam o L por IS. Ex: casal e casais / papel e papeis

2- terminados em il trocam o L por S nas oxítonas e nas demais por o il por eis. Ex: barril e barris / fóssil e fósseis.

3-terminados em r ou z recebem o es. Ex: mar e mares / giz e gizes

4- terminados e -x são invariáveis. Ex: o tórax e os tórax.

5- terminados em ão fazem o plural de três maneiras:

a- trocam o ão por ões. Ex: barão e barões / porão e porões.

b- trocam o ão por ães. Ex: pão e pães / capitão e capitães.

c- acrescenta-se o s. ex: cidadão e cidadãos / irmão e irmãos.

Alguns substantivos no plural trocam o o tônico fechado pelo o o tônico aberto sendo chamados de plurais metafônicos. Ex: miolo e miolos / fogo e fogos.

Plural dos diminutivos

Retira-se o s do substantivo pluralizado e acrescenta- se o izinhos(as).

21

“Ensino de qualidade focado em concursos” Ex: colares e colarezinhos / flores e florezinhas. ADJETIVOS www.preparatoriojc.com.br

“Ensino de qualidade focado em concursos”

Ex: colares e colarezinhos / flores e florezinhas.

ADJETIVOS

www.preparatoriojc.com.br

Substantivos que só apresentam a forma plural, obviamente permanece inalterável. Ex: a férias / a núpcias

Plural dos substantivos compostos

1-Variam os dois elementos: quando são palavras variáveis. Ex: primeira-dama e primeiras-damas / amor-perfeito e amores-perfeitos.

2-varia o primeiro elemento:

a- quando entre os dois elementos há preposição. Ex: pés-de-moleque / perobas-do-campo

b-quando o segundo elemento indica a finalidade, forma ou semelhança do primeiro. Porém, admite-se

o plural dos dois elementos nestes casos.

Ex: canetas-tinteiro e canetas-tinteiros / pombos- correio e pombos-correios / homens-aranha e homens-aranhas.

Refere-se ao substantivo, qualificando, especificando, dando origem ou estado.

Quanto a estrutura e formação possui a mesma classificação que o substantivo: simples, composto, primitivo e derivado.

Simples: apenas um radical Ex: alto, belo, real.

Composto: possui dois ou mais radicais. Ex: azul-claro, afro-brasileiro.

Primitivo: não deriva de outra palavra. Ex: fácil, pobre

Derivado: deriva de outra palavra. Ex: Enlatado, famoso.

Gênero

3-Variação do último elemento:

a- quando o primeiro elemento é verbo ou palavra invariável. Ex: beija-flores / sempre-vivas.

b-Palavras repetidas ou onomatopeicas. Palavras repetidas aceitam plural nos dois elementos.

Ex: corre-corres e corres-corres / mata-matas e matas- matas. c-quando o primeiro elemento é formados por grão, grã e bel. Ex: grão-duques / bel-prazeres

4- ficam invariáveis:

a-composta de verbos de significados opostos. Ex: Os perde-ganha

b-verbo seguido de palavra invariável. Ex: Os come-quieto / Os bota-fora c- verbos seguidos de palavras no plural. Ex: os saca-rolhas / os quebra-nozes.

5- admitem-se mais de um plural Frutas-pães e frutas-pães / terra-novas e terras-novas / guardas-marinha e guardas-marinhas/ padre-nossos e padres-nossos.

Pode ser uniforme ou biforme.

Uniforme: possui a mesma forma para os dois gêneros. Ex: aluno(a) feliz / amigo(a) fiel

Biforme: possui única forma variando a terminação. Ex: aluno(a) estudioso ou estudiosa.

Número

No plural do adjetivo simples segue a mesma regra do substantivo simples. Ex: delicadas, valentes, vorazes.

No adjetivo composto somente o segundo vai para o plural. Ex: mesas médico-cirúrgicas / ritmos afro-brasileiros.

Cuidado!

1-Os adjetivos azul-marinho, azul-celeste e verde-gaio não recebem flexão. Ex: saias azul-marinho.

2-Invariáveis os adjetivos compostos indicativos de cor comparada. Ex: tecidos verde-limão.

22

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br 3- O adjetivo surdo-mudo recebe flexões nos dois elementos.

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

3- O adjetivo surdo-mudo recebe flexões nos dois elementos. Ex: meninas surdas-mudas.

4-Permanecem invariáveis os substantivos empregados como adjetivos. Ex: Camisas Palha / cortinas cinza.

Grau

Indica maior ou menor intensidade de uma qualidade ou característica atribuída a um substantivo. Assim o grau do adjetivo pode ser comparativo ou superlativo.

Grau comparativo

Estabelece comparação de características a seres de maneira direta. Poderá ser duas características a um único ser ou uma única característica a dois seres. Pode ser:

De igualdade: Esse homem é tão rico quanto o irmão / Ele é tão forte quanto inteligente.

Alguns comparativos e superlativos apresentam formas especiais. Observe:

Adjetivo

Comparativo

Superlativo

Bom

melhor

ótimo

Mau

pior

péssimo

Grande

maior

máximo

Pequeno

menor

mínimo

Alto

superior

supremo

Baixo

inferior

ínfimo

Comparando características do mesmo ser podemos utilizar as formas mais bom, mais mau, mais grande e mais pequeno.

Locução adjetiva

Grupo de palavra formada de preposição+adjetivo. Ex: dor de abdômen = abdominal Agua de chuva = pluvial.

Adjetivo pátrio

Indica origem e procedência de um ser.

Ex: vinho português / navio italiano.

QUESTÕES ANTERIORES DE CONCURSOS

De inferioridade: Esse homem é menos rico que o irmão. / Ele é menos forte do que inteligente.

De superioridade: Esse homem é mais rico que o irmão / Ele é mais forte do que inteligente.

Grau superlativo

Relativo: uma forma de comparar porém de maneira indireta, ou seja, um em relação a outros. Poder ser:

Inferioridade: Esse homem é o menos rico dos irmãos.

Superioridade: Esse homem é o mais ricos dos irmãos.

Absoluto: intensificação da características de maneira individual, ou seja sem relacionar a outros seres. Podendo ser:

Analítico: intensificação feita com auxílio de um adverbio de intensidade. Ex: Esse homem é muito rico.

Sintético: intensificação é feita com auxílio de um sufixo. Ex: Esse homem é riquíssimo.

1) Ano: 2014, Banca: CESPE, Órgão: PM-CE, Prova:

Oficial da Polícia Militar

Com relação às ideias e às suas estruturas linguísticas do texto apresentado, julgue os itens a seguir.

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br 3- O adjetivo surdo-mudo recebe flexões nos dois elementos.

No trecho “De vez em quando, trazia a senhora para ajudar no ninho” (l.13), o substantivo “senhora” pode

ser substituído, sem prejuízo para as informações veiculadas no texto, pelo termo fêmea.

Certo (

)

Errado (

)

2) Ano: 2013-Banca: CRSP PMMG, Órgão: PM-MG, Prova: Soldado da Polícia Militar

um hominho de outro

”.

A palavra sublinhada é a

... forma popular do diminutivo do vocábulo “homem”.

...

23

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br Assinale a forma erudita, culta, adequada a esse texto:

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

Assinale a forma erudita, culta, adequada a esse texto:

  • d) corrigir (l.33): correção

a)

homenzico

b)

homenzarrão

c)

homenzito

d)

homúnculo

3) Ano: 2013-Banca: Aeronáutica, Órgão: EEAR, Prova: Sargento

Em qual alternativa não é possível identificar se o ser ao qual o substantivo em destaque se refere é masculino ou feminino?

a)

A agente de turismo me garantiu que o hotel é

excelente.

b)

A cliente reclamou do péssimo atendimento ao

gerente do banco.

c)

O público aplaudiu muito a intérprete quando o

espetáculo terminou.

d)

Depois de várias ameaças anônimas, a testemunha

passou a receber proteção policial.

4) Ano: 2013-Banca: Aeronáutica, Órgão: EEAR, Prova: Sargento

Em qual alternativa o substantivo em destaque classifica-se como composto?

a)

Na floreira, havia muitas rosas brancas e

vermelhas.

b)

A florista vendia lírios e crisântemos na avenida

central.

c)

Florada é o nome de um doce de ovos com a forma

de flores.

d)

No dia dos namorados, a floricultura exibia cores e

aromas que alegravam os olhos das pessoas.

5) Ano: 2010-Banca: CRSP PMRJ, Órgão: PM-RJ, Prova: Soldado da Polícia Militar

Assinale a opção em que o substantivo derivado do verbo NÃO está grafado corretamente.

a)

diferenciar (l.7): diferenciação

b)

observar (l. 8): observação

c)

admitir (l. 33): admição

6) Ano: 2013-Banca: FUNCAB, Órgão: PC-ES, Prova:

Escrivão de Polícia

No que respeita ao gênero, comportam-se como

“comandante” (§ 1) todos os substantivos relacionados

em:

  • a) vítima artista atendente

  • b) camarada testemunha dentista

  • c) pianista cliente colegial

  • d) estudante colega indivíduo

  • e) cônjuge criança pessoa

7) Ano: 2013-Banca: VUNESP, Órgão: PC-SP, Prova:

Investigador de Polícia

No período Quase igual ao horror pelos cães conhecidos, ou de conhecidos, cuja lambida fria, na intimidade que lhes tenho sido obrigado a conceder, tantas vezes, me provoca uma incontrolável repugnância. , os termos em destaque, conforme o contexto que determina seus usos, classificam-se, respectivamente, como

  • a) adjetivo, adjetivo e substantivo.

  • b) substantivo, adjetivo e substantivo.

  • c) adjetivo, substantivo e substantivo

  • d) adjetivo, adjetivo e adjetivo.

  • e) substantivo, substantivo e adjetivo.

8) Ano: 2013-Banca: EXATUS, Órgão: PM-ES, Prova:

Soldado Combatente da Polícia Militar

Assinale a alternativa em que a expressão destacada não é locução adjetiva:

  • a) galinha de domingo (1º parágrafo)

  • b) calção de banho

  • c) grito de conquista

  • d) correram de novo

  • e) cabeça de galinha

9) Ano: 2013-Banca: EXATUS, Órgão: PM-ES, Prova:

Soldado Combatente da Polícia Militar

24

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br Assinale a alternativa em que o segmento retirado do

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

Assinale a alternativa em que o segmento retirado do texto apresenta adjetivo sem variação de grau:

  • a) A perseguição tornou-se mais intensa (3°

parágrafo).

  • b) Às vezes, na fuga, pairava ofegante num beiral de

telhado (4º parágrafo).

  • c) E então parecia tão livre (4º parágrafo).

  • d) Seu coração tão pequeno num prato solevava (7º

parágrafo).

  • e) E então parecia tão livre (4º parágrafo).

Na aula de Português, o professor escreveu no

quadro uma frase cheia de adjetivos: “A vizinha foi

amável e simpática, deixando nossa mãe feliz e contente com sua forma fácil de tratar.” Em seguida, pediu ao Joãozinho que colocasse os adjetivos no grau superlativo absoluto sintético, pois queria mostrar como a frase ficaria certa, porém estranha. Ocorre que Joãozinho não sabia a forma correta de um dos adjetivos, errando o seguinte superlativo:

  • a) facilíssima.

  • b) amabilíssima.

  • c) simpaticíssima.

10) Ano: 2013-Banca: Aeronáutica, Órgão: EEAR, Prova: Sargento

Em qual alternativa o termo destacado não é locução adjetiva?

  • a) “A excelente dona Inácia era mestra na arte de

judiar de crianças. Vinha da escravidão, fora senhora

de escravos – e daquelas ferozes.”

  • d) felicíssima.

  • e) contentíssima.

13) Ano: 2014-Banca: Quadrix, Órgão: COBRA Tecnologia S/A (BB), Prova: Analista de Operações - Negócios

b) “( ) o trem maior do mundo, tomem nota – foge minha serra, vai deixando
b)
“(
)
o trem maior do mundo, tomem nota – foge
minha serra, vai deixando no meu corpo e na
paisagem mísero pó de ferro, e este não passa.”
c)
“(
...
)
Vão chegando as burguezinhas pobres, E as
criadas das burguezinhas ricas, E mulheres do povo,
e as lavadeiras da redondeza. (
...
)”
d)
“(
...
)
Os dois apenas, entre céu e terra, Sentimos o
espetáculo do mundo (
...
)”
11) Ano: 2013-Banca: UEG, Órgão: PC-GO, Prova:
Escrivão de Polícia Civil
Exerce função adjetiva o termo destacado em:
a)
“Tudo no universo é movimento” (linha 4)
b)
“As coisas mantêm-se em movimento, por isso
evoluem” (linha 19)
c)
“A vida, as sociedades humanas e as biografias
das pessoas se caracterizam pelo movimento” (linha
13)
d)
“Desde a antiguidade encontramos muitas
definições” (linha 1)

12) Ano: 2013-Banca: Aeronáutica, Órgão: EEAR, Prova: Sargento

Sobre a palavra "enorme", no texto da tira, pode-se afirmar que:

  • a) é um adjetivo uniforme em relação à flexão de

gênero.

25

“Ensino de qualidade focado em concursos” b) é um advérbio de intensidade. www.preparatoriojc.com.br c) é um

“Ensino de qualidade focado em concursos”

  • b) é um advérbio de intensidade.

www.preparatoriojc.com.br

  • c) é um adjetivo que se encontra no superlativo

GABARITO

 

absoluto sintético.

1-C

2-d

3-d

4-d

5-c

6-c

7-c

8-d

9-b

10-a

11-c

12-a

13-a

14-c

15-a

16-a

  • d) é um advérbio de exclusão,

  • e) é um adjetivo em modo superlativo analítico de

inferioridade.

14) Ano: 2014-Banca: IOBV, Órgão: PM-SC, Prova:

Soldado da Polícia Militar

No que se refere ao grau do adjetivo, há dois tipos de superlativos: o absoluto sintético e o absoluto analítico. Assinale a alternativa em que aparecem só superlativos absolutos analíticos.

  • a) bela, estranha, fria.

  • b) belíssima, estranhíssima, friíssima.

  • c) muito bela, muito estranha, muito fria.

  • d) muito bela, estranhíssima, fria.

15) Ano: 2013-Banca: Aeronáutica, Órgão: EEAR, Prova: 1º Tenente

Da mesma forma que temos o adjetivo composto “judaico- cristã”, poderíamos ter outro adjetivo composto formado com os adjetivos “técnica e científica”, no segundo parágrafo.

Nesse caso, assinale a opção que indica a forma correta desse adjetivo.

  • a) Técnico-científica.

  • b) Científica-técnica.

  • c) Científica-técnico.

  • d) Técnica-científica.

  • e) Técnico-cientifico.

16) Ano: 2015-Banca: IOBV, Órgão: PM-SC, Prova:

Soldado da Polícia Militar

Indique o plural INCORRETO:

  • a) camisa azul-celeste/ camisas azul-celestes

  • b) menino surdo-mudo/ meninos surdos-mudos

  • c) olho verde-claro/ olhos verde-claros

  • d) blusa cor-de-rosa/ blusas cor-de-rosa

ENCONTRO 8

FLEXÕES VERBAIS, CONJUNÇÃO, PRINCIPAIS VERBOS IRREGULARES, EMPREGO DOS TEMPOS E MODOS VERBAIS.

VERBO: É a palavra variável que exprime uma ação, um estado, uma mudança de estado ou um fenômeno da natureza.

CLASSIFICAÇÃO

Regulares: São aqueles que seguem o mesmo padrão de conjugação não sofrendo alteração em seu radical. Ex: Amar, bater, existir.

Irregulares: Sofrem alterações em seu radical ou em seu radical afastando-se do padrão verbal a que pertencem. Ex: Mediar, ansiar, remediar, incendiar.

Anômalos: sofrem profundas mudanças em seu radical. Ex: Ser, ir e vir.

Abundantes: possui mais de uma forma para uma mesma flexão. Mais frequente no particípio. Ex: aceito/aceitado, acendido/aceso, aceitado/aceito.

Defectivos: Não são conjugados em determinadas pessoas, tempos ou modo. Ex: adequar, falir, colorir, explodir, extorquir

Auxiliares: juntam-se ao verbo principal ampliando sua significação. Ex: ter, estar, ser, haver.

Pronominais: possuem pronomes pessoais átonos que se tornam parte integrantes deles. Ex: suicidar-se, apiedar-se, queixar-se.

Ligação: atribuir o predicativo (ajetivo) ao sujeito da oração. Ex: ser, estar, permanecer, ficar, continuar, andar.

26

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br Os verbos possuem três formas de conjugação: 1ª terminação

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

Os verbos possuem três formas de conjugação:

1ª terminação AR: falar, cantar

2ª terminação ER: atender, vender

3ª terminação IR: partir, sorrir

Os verbos possuem também três modos verbais:

Imperativo Afirmativo

TU e VÓS vêm do presente do indicativo menos o S final.

Ex: tu falas -- fala tu

/ vós falais -- falai vós.

VOCÊ, NÓS E VOCÊS vêm do presente do subjuntivo. Ex: fale você / falemos nós / fales vocês.

Indicativo, indica certeza: ex: Eu falo.

Subjuntivo, indica hipótese: ex: Se eu falasse ...

Imperativo, indica ordem: ex: Fale!

Imperativo Negativo

Todas suas formas vêm do presente do subjuntivo. Ex: não fales, não fale, não falemos, não faleis, não falem.

TEMPOS VERBAIS

Simples do indicativo

Atenção: Verbo SER Imperativo Afimativo

Sê tu

sejamos nós

Sede vós

sejam vocês

Seja você

Presente: acontece no momento em que se fala ou escreve. Ex: Eu falo . Pretérito Perfeito: fatos concluídos. Ex: Eu Falei.

Pretérito Imperfeito: Iniciados e sem certeza de conclusão. Ex: Eu falava.

Pretérito Mais que Perfeito: fatos concluídos, porém têm relação com outro fato também concluído. Ex: Eu falara.

Futuro do Presente: acontecem depois do momenta da fala. Ex: Eu falarei

Futuro do Pretérito: Fato futuro mais ligado ao passado, ideia que não irá acontecer. Ex: Eu falaria.

Simples do Subjuntivo

Não existe imperativo na primeira pessoa!

VOZES VERBAIS

Vozes Verbais são as flexões do verbo que indica se o sujeito pratica ou sofre a ação do verbo, ou pratica e sofre simultaneamente.

Voz Ativa: sujeito é quem pratica, podendo ser considerado como sujeito agente. Ex: O soldado prendeu o bandido.

Voz passiva analítica: é formada por sujeito paciente, locução verbal, preposição e agente da passiva. Ex: O bandido foi preso pelo soldado.

Voz passiva sintética: é formada por verbo, pronome SE apassivador e sujeito paciente. (sem preposição) Ex: Procuram-se Paraquitiu e Zé Pequeno.

Voz reflexiva: o sujeito pratica e sofre ao mesmo tempo a ação do verbo. Ex: O ladrão machucou-se.

Podemos fazer a transformação da voz passiva para voz ativa e também transformar a voz ativa em voz passiva desde que tenhamos sujeito, verbo transitivo direto e objeto direto ou sujeito, verbo intransitivo e adjunto adverbial.

Presente: pode ocorrer. Ex: que eu fale

Pretérito Imperfeito: Poderia ocorrer Ex: se eu falasse

Futuro: Poderá ocorrer. Ex: quando eu falar.

FORMAÇÃO DO IMPERATIVO

27
27

Como é feliz o homem que acha a sabedoria, o homem que obtém entendimento, Provérbios 3:13

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br QUESTÕES DE CONCURSOS ANTERIORES justo escrúpulo, um sentimento de

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

QUESTÕES DE CONCURSOS ANTERIORES

justo escrúpulo, um sentimento de alma delicada. Era o que me dizia minha dama, elogiando-me.” (Machado de Assis, adaptado)

1) Ano: 2014-Banca: FUNCAB, Órgão: PM-RO, Prova:

Primeiro Tenente - Psiquiatra

Assinale a alternativa em que está devidamente classificada a forma verbal composta destacada em “O local já havia sido isolado pelos policiais.”

  • a) Pretérito perfeito.

  • b) Pretérito imperfeito.

  • c) Pretérito mais-que-perfeito.

  • d) Particípio passado.

  • e) Futuro do pretérito.

2) Ano: 2014-Banca: FUMARC, Órgão: CBM-MG, Prova: Oficial Bombeiro Militar

Assinale a alternativa que não é uma opção correta para a conjugação dos verbos entre parênteses nos tempos do indicativo.

  • a) presente

  • b) pretérito perfeito

  • c) futuro do pretérito

  • d) pretérito imperfeito

5) Ano: 2013-Banca: FUNCAB, Órgão: PM-ES, Prova:

Soldado Combatente da Polícia Militar

Em: “Não nos preocupamos em observar o que

fazemos na frente dos nossos filhos [

...

]”, passando o

primeiro verbo para o pretérito mais-que-perfeito do

indicativo, tem-se a seguinte flexão:

Em “Talvez seja necessário que famílias e escolas revejam a parte que lhes cabe nesse processo.”, os verbos destacados estão flexionados no

  • a) preocupávamos.

  • b) preocuparíamos.

  • a) imperativo afirmativo imperativo afirmativo

  • b) presente do indicativo presente do subjuntivo

  • c) presente do subjuntivo imperativo afirmativo

  • c) preocupáramos.

  • d) preocupássemos.

  • e) preocuparemos.

  • d) presente do subjuntivo presente do subjuntivo

3) Ano: 2013, Banca: EXATUS, Órgão: PM-ES, Prova:

Soldado Combatente da Polícia Militar

“Às vezes, na fuga pairava ofegante

...

”. Assinale a

alternativa em que o verbo está flexionado no mesmo

tempo e modo que o do grifado acima:

6) Ano: 2013-Banca: FUNCAB, Órgão: PM-ES, Prova:

Soldado Combatente da Polícia Militar

O verbo em destaque em “Impedir que uma pessoa embriagada cometa um acidente no trânsito.”, flexionado corretamente no pretérito imperfeito do subjuntivo, assume a seguinte forma:

 
  • a) cometera.

  • a) trêmula escolhia com urgência outro rumo.

 
  • b) cometai.

  • b) nunca mais comerei galinha.

 
  • c) cometesse.

  • c) a galinha passou a morar com a família.

 
  • d) cometerá.

  • d) e a galinha tornara-se a rainha da casa

  • e) cometece.

  • e) embora sua cabeça a traísse

4) Ano: 2013-Banca: Aeronáutica, Órgão: EEAR, Prova: Sargento

Leia:

“Todavia, despido de quaisquer outras circunstâncias,

a minha decisão (ser) bonita, porque (exprimir) um

7) Ano: 2012-Banca: FCC, Órgão: PM-BA, Prova:

Soldado da Polícia Militar

...

navios que faziam transporte de passageiros ...

O verbo flexionado nos mesmos tempo e modo que o grifado acima está em:

28

“Ensino de qualidade focado em concursos” www.preparatoriojc.com.br a) ... que esperam seus maridos ... b) Esse

“Ensino de qualidade focado em concursos”

www.preparatoriojc.com.br

  • a) ...

que esperam seus maridos ...

  • b) Esse pontapé inicial foi o estímulo necessário ...

  • c) quando, ainda menino, cantava no coro da

...

igreja ...

<