Vous êtes sur la page 1sur 8

REDE DAT

Definição, Espaçamentos e Afastamentos

O objetivo deste tópico é mostrar o padrão de estruturas de média e


baixa tensão, para rede de distribuição aérea transversal e seus
espaçamentos estabelecidos pelas Normas Brasileiras.
Definição da Rede DAT

O padrão de rede de Distribuição Aérea Transversal – Rede DAT, utiliza


uma topologia de rede inovadora que tem por objetivo inibir a ação de
conexão clandestina de clientes e reconexão de clientes desligados por
falta de pagamento, e se aplica em áreas onde a utilização dos padrões
de rede DAE e DAC não foram eficazes para reduzir elevados níveis de
perdas de energia.
Este padrão, também pode ser adotado em áreas novas, desde que se
caracterize como área com o perfil descrito anteriormente.

www.atenew.com.br 2
de 8
Espaçamentos e
Afastamentos
A topologia da rede DAT se caracteriza pela instalação da rede de baixa
tensão no mesmo nível de cruzeta da rede de média tensão (hoje
considerada alta tensão baseado nos termos determinados pela NR-10
onde é considerado alta tensão aquela igual ou superior a 1 kV), ou seja
na extremidade da cruzeta de sustentação da mesma, respeitando,
entretanto, os afastamentos mínimos estabelecidos pela norma NBR
3434 da ABNT.
Para obter afastamentos mínimos entre a rede de alta e a rede de baixa
tensão exigidos pela norma supracitada, são utilizadas cruzetas de 2,40
metros de comprimento.

www.atenew.com.br 3
de 8
Vemos a partir de agora, as diversas situações de afastamentos
mínimos que deverão ser obedecidos, de acordo com as normas em
vigor (NBR 5434).
Se os afastamentos verticais das figuras 1 e 2 não puderem ser
mantidos, recomenda-se os afastamentos horizontais das figuras 4 ou 5.

Se o afastamento vertical entre os dois condutores e as sacadas


exceder as dimensões das figuras 1 e 2 não é obrigatório o afastamento
horizontal da borda da sacada figuras 4 e 5, porém o afastamento da
figura 3 deverá ser mantido.

Se não for possível manter os afastamentos especificados neste


desenho, todos os condutores cuja tensão exceda 300V fase e terra,
deverão ser protegidos de modo a evitar contato acidental por pessoas
em janelas e sacadas telhados ou cimalhas.

www.atenew.com.br 4
de 8
Os valores indicados pelas cotas são para condição de flexa máxima.

www.atenew.com.br 5
de 8
Em ferrovias eletrificadas ou eletrificáveis, a distância mínima do
condutor ao boleto dos trilhos é de 12m para 13.8 kV ou 34,5 kV.

Os valores indicados pelas cotas são para condições de flexa mínima


(50ºC).

Cotas em milímetros.

www.atenew.com.br 6
de 8
www.atenew.com.br 7
de 8
Referências:

NBR 5434(Redes de distribuição aérea urbana de energia elétrica),


NBR 14039 (Instalações Elétricas em Média Tensão)
NR-10 (Segurança em Instalações e serviços em Eletricidade),
PTR 033 (Procedimento para construção de redes aéreas de baixa e alta tensão
desenergizadas)
PTR 002 (Procedimento básico para segurança no trabalho).

www.atenew.com.br 8
de 8