Vous êtes sur la page 1sur 4

Adio e Subtraco de nmeros inteiros relativos

Para adicionar nmeros inteiros relativos basta teres em conta


que quando somas um nmero qualquer com um negativo tens
que recuar o nmero correspondente, e vice versa.
(+1) + (-2) = 1-2 = -1
(+5) + (-2) = 5-2 = +3=3
(-4) + (+5) = -4+5=+1=1
(-3) + (+5) =-3+5= +2=2
(-3) + (+3) =-3-3=0

Exemplo 1 na reta numrica : (-2) +


(+4)=?

Sabemos que (-2) + (+4) = -2 + 4 = +2


= 2.

vejamos ento na reta numrica

Exemplo 2 na reta numrica : (-2) + (-4)=?

Sabemos que (-2) + (-4) = -2 - 4 = -6.

vejamos ento na reta numerica

Tcnica: Imagina-te caminhando na reta numerada da origem (0) para a esquerda (nmeros
negativos).

-A partir da origem (0) contas 2 passos para a esquerda (-2) e paras;


-A partir de onde paraste (no nmero -2) contas mais 4 passos para a esquerda (-4) e paras.

Quantos passos deste desde a origem at onde paraste pela segunda vez?

(-2 passos) + (-4 passos) = -6 passos, ou seja, seis passos para a esquerda.

Se subtrares deves seguir a mesma forma que a adio.


Subtrair a um nmero inteiro um outro equivalente a adicionar ao primeiro o simtrico do
segundo.
Exemplos:
-(+3)= o simtrico de +3= -3 ou seja -(+3)=-3
-(-3)= o simtrico de -3= +3 ou seja -(-3)=+3

-(+10)= o simtrico de +10= -10 ou seja -(+10)=-10


-(-10)= o simtrico de -10= +10 ou seja -(-10)=+10

Exemplos:
a) (+9) (+3) = +9 - 3 = +6 = 6
b) (-5) (-3) = -5 + 2 = -3
c) (-5) (-7) =-5 + 7 = +2 = 2
d) 5 (-7) = 5 + 7 = +12 = 12
e) 5 (+7) = 5 - 7 = -2

Ento vejamos, a adio e


a subtrao de nmeros
inteiros envolvem algumas regras
bsicas, essenciais para a obteno do
resultado correto. Para uma melhor fixao dessas regras e como utiliz-las, vamos
demonstrar os clculos seguidos da respectiva regra matemtica.

1 caso:

Quando no ocorrer a presena de parnteses nas operaes, devemos proceder da seguinte


maneira:

Quando os sinais dos nmeros so iguais, devemos adicionar mantendo o sinal dos nmeros.

+ 9 + 9 = + 18
1 1 = 2
+ 4 + 6 = +10
7 8 = 15
9 10 = 19
+ 15 + 16 = + 31
+ 64 + 6 = + 70
54 34 = 88

Quando os sinais so diferentes, devemos subtrair os nmeros mantendo o sinal do nmero


de maior mdulo.

4+6=+2
10 + 5 = 5
20 + 36 = + 16
60 + 80 = + 20
21 + 5 = 16
91 + 10 = 81
100 + 12 = 88
+ 15 30 = 15
2 caso:

Caso ocorra a presena de parnteses nas operaes entre os nmeros inteiros,


devemos elimin-los e substitui-los , apenas por um sinal.

(8) + (2) + (7)


= 8 2 4
= 14

(+81) + (12) (+ 7)
= + 81 12 7
= + 81 19
= + 62

3 caso:

Resolver as operaes indicadas nos parnteses, nos colchetes e nas chaves, e logo em
seguida, elimin-los e substitui-los , apenas por um sinal.

(+ 8 + 9) (+ 5 6) (9 + 1)

= +17 ( 1) (+ 10)

= +17 + 1 10

= + 18 10

= + 8[(2 + 4) ( 4 13)]

=[ (6) ( 17)]

=[ 6 + 17]

= [11]

= 11

{([(2 + 3) (7 8) + (6 4)]}

= {[(5) (1) + (10)]}

= {[5 + 1 10]}

= {[4]}

=4
Ao eliminar parnteses, utiliza-se o seguinte quadro de sinais:
+(+)=+
(-)= +
+()=

(+)=

OBS: Um pouco de histria sobre a origem dos sinais:


Os sinais de + e foram criados em Leipzig em 1489 para
representar os excessos e os dficits de negcios e somente
em 1557 representavam a adio e a subtrao como sinais
gerais. O primeiro matemtico a usar estes sinais
representando a adio e a subtrao foi Robert Recorde.