Vous êtes sur la page 1sur 27

Equilbrio dos Corpos Rgidos

IFRN Campus Natal Central www.ifrn.edu.br


Estabilidade Curso Tcnico Integrado
Um corpo qualquer submetido a um sistema de foras est em
equilbrio esttico quando no h qualquer tendncia de
modificar a posio desse corpo.
Equilbrio Translacional Equilbrio Rotacional

Equaes escalares:
Seis possibilidades
de movimento.
Trs possibilidades
de movimento.
Reviso:
Equilbrio de um Ponto
material

IFRN Campus Natal Central www.ifrn.edu.br


Estabilidade Curso Tcnico Subsequente
Exerccios: Determine as foras Fx e Fy para que as estruturas abaixo
estejam e equilbrio.
Exerccios: Determine o valor da fora F para que as estruturas abaixo
estejam e equilbrio.
Exerccios: Determine a fora nos cabos
Tipos de carregamentos e de
apoio

IFRN Campus Natal Central www.ifrn.edu.br


Estabilidade Curso Tcnico Integrado
Uma forma aproximada de tratar cargas distribudas
segundo reas muito reduzidas (em presena das dimenses da
estrutura). So representadas por cargas aplicadas pontualmente.
Carga uniformemente distribuda

Carga triangular

Carga trapezoidal
q
So cargas do tipo momento fletor (ou torsor) aplicadas em um
ponto qualquer da estrutura.
Restringe o grau de liberdade das estruturas;

Provoca reaes nas direes dos movimentos;

Liga elementos que compes a estrutura;

Funo esttica de transmitir as cargas ou foras.


Os vnculos ou apoios so classificados em funo de nmero de
movimentos impedidos.

Apoio do 1 gnero (apoio simples);

Apoio do 2 gnero (rtula);

Apoio do 3 gnero (engaste).


So aqueles que impedem deslocamento somente em uma
direo.

SIMBOLOGIA:
Ponte rainha d. Amlia
So aqueles que restringem a translao de um corpo livre em
todas as direes.

SIMBOLOGIA:
Estao ferroviria em Londres
So aqueles que impedem qualquer movimento de corpo livre,
imobilizando-o completamente.

SIMBOLOGIA: H
De acordo com o que foi visto anteriormente, calcule as
reaes de apoio das vigas abaixo:
6N

2,0 m 3,0 m