Vous êtes sur la page 1sur 11

TRATAMENTO CONTÁBIL SOBRE FRETES Page 1 of 11

Faça sua busca Assine E-mail SAC Canais

TRATAMENTO CONTÁBIL SOBRE FRETES

FRETE SOBRE MERCADORIAS COMPRADAS

Já vimos que o valor do frete sobre mercadorias compradas deve ser incorporado ao custo das
mesmas e não ser considerado como uma despesa.

FRETE SOBRE MERCADORIAS VENDIDAS

No caso de frete sobre mercadorias vendidas, este poderá ser de responsabilidade do comprador
ou do vendedor, dependendo das condições contratadas.
Sendo, o comprador quem pagará o frete, a companhia não fará qualquer registro contábil, desde
que sua parte foi apenas a venda das mercadorias. Se o frete, porém, for de responsabilidade da
companhia vendedora, o valor do mesmo deverá ser registrado como uma despesa, fazendo-se os
lançamentos abaixo.

Pelo recebimento da fatura do frete a pagar:

Desp. c/ Frete Fretes a Pagar


100 100

Pelo pagamento do frete:

Caixa Fretes a Pagar


100 100

Se o frete fosse pago no ato do recebimento da fatura, ao invés dos lançamentos acima, far-se-ia:

Débito: Despesas de frete


Crédito: Banco c/ movimento

DESCONTOS OBTIDOS E CONCEDIDOS

Nas transações comerciais existem dois tipos de descontos: obtidos e concedidos.

- DESCONTOS OBTIDOS

Os descontos obtidos são aqueles que a companhia recebe de terceiros, em suas transações
comerciais, existindo dois tipos deles: comerciais e financeiros.

http://www.covesa.hpg.com.br/CG1_Aula7_Transacoes_Comerciais3.htm 4/8/2010
TRATAMENTO CONTÁBIL SOBRE FRETES Page 2 of 11

DESCONTOS COMERCIAIS

São aqueles que a companhia consegue obter sobre o preço de compra (em virtude de grande
quantidade comprada ou por outro motivo qualquer), já constando da nota fiscal. Utilizando os
dados do exemplo abaixo, vejamos como seria contabilizada uma compra com desconto:

$
Valor bruto da compra 1.000
Desconto obtido (da nota fiscal) 150
Valor líquido da compra 850

O lançamento seria:

Estoque Duplicatas a pagar


850 850

DESCONTOS FINANCEIROS

São aqueles que a companhia consegue através da antecipação do pagamento das compras para
uma data anterior à do vencimento, a qual é fixada pelo vendedor. Para melhor compreensão,
vejamos o exemplo abaixo:

- Uma companhia compra mercadorias a prazo no valor de $ 9.000, que será pago em três
prestações iguais e sucessivas, como abaixo:
$
Em 30/09/19XA 3.000
Em 31/10/19XA 3.000
Em 30/11/19XA 3.000
9.000

Entretanto, o vendedor estipula que, se a duplicata com vencimento para 31/10/19XA for paga
em 30/09/19XA, o comprador obterá um desconto de 2,5% sobre o valor da mesma. Da mesma
forma, se a última duplicata (vencimento em 30/11/19XA) for paga com antecedência de 30 dias,
gozará do mesmo desconto e, se a antecipação for de 60 dias, o desconto aumentará para 5%.

Os lançamentos contábeis seriam:

http://www.covesa.hpg.com.br/CG1_Aula7_Transacoes_Comerciais3.htm 4/8/2010
TRATAMENTO CONTÁBIL SOBRE FRETES Page 3 of 11

Estoque de mercadorias Duplicatas a pagar


(1) 9.000 (2) 3.000 9.000 (1)
(3) 3.000
(4) 3.000
9.000 9.000

Banco c/ movimento Descontos financeiros obtidos


3.000 (2) 75 (3)
2.295 (3) 150 (4)
2.850 (4)

8.775 (*) 225

(*) Não considerado o saldo devedor anterior.

Observe que os descontos financeiros divergem, em sua natureza, dos descontos comerciais, pois
se originam de pagamentos antecipados, podendo a companhia gozar ou não dos mesmos,
dependendo da data em que liquidar as duplicatas. Assim, a companhia poderia escolher pagar as
duplicatas apenas no vencimento e utilizar esse dinheiro no período até o vencimento para fazer
aplicações financeiras, obtendo uma receita financeira. Se preferir antecipar o pagamento das
duplicatas, entretanto, deverá pagar um valor menor pela mesma mercadoria. Mas essa redução
no preço representa uma vantagem financeira e não um desconto comercial. Em vista desse fato,
os descontos financeiros são contabilizados como receita, não podendo as mercadorias serem
registradas pelo valor efetivamente pago, como no caso dos descontos comerciais.
Observe também que, no caso de descontos financeiros obtidos, o valor debitado a duplicatas a
pagar é o mesmo anteriormente creditado, não podendo ser debitado o valor líquido do
pagamento. Supondo que no pagamento das duplicatas fosse debitado o valor líquido
efetivamente pago, teríamos a seguinte situação:

Duplicatas a pagar

Total de débitos 8.775 9.000

Verifique que, se fosse esse o procedimento adotado, a conta apresentaria saldo credor, indicando
uma obrigação a pagar, enquanto na realidade a dívida estava liquidada e o valor do saldo
representaria o desconto obtido pelos pagamentos antecipados.

- DESCONTOS CONCEDIDOS

Da mesma maneira que uma companhia obtém descontos em suas transações comerciais, também
concede descontos, que podem ser comerciais ou financeiros.

DESCONTOS COMERCIAIS

http://www.covesa.hpg.com.br/CG1_Aula7_Transacoes_Comerciais3.htm 4/8/2010
TRATAMENTO CONTÁBIL SOBRE FRETES Page 4 of 11

São aqueles concedidos por uma companhia sobre os preços de venda de suas mercadorias (em
função de grande quantidade vendida, para atender pedidos de clientes especiais, ou por outro
motivo qualquer), fazendo constar os mesmos na nota fiscal de venda.
Existem dois tratamentos contábeis distintos para registrar vendas, quando existem descontos
comerciais concedidos, demonstrados a seguir utilizando os dados abaixo:

$
Valor bruto da venda 2.000
Desconto concedido na nota fiscal 300
Valor líquido da venda 1.700

Tratamento A - pelo valor bruto de venda (1)

Duplicatas a receber Descontos comerciais concedidos Vendas


1.700 300 2.000

(1) Para simplificar, não está sendo apresentado o lançamento de baixa do custo da mercadoria
vendida da conta de estoques.

Tratamento B - pelo valor líquido

Duplicatas a receber Vendas

1.700 1.700

Comentários

Observe que em ambos os procedimentos o valor de duplicatas a receber e o de vendas líquidas


permaneceram os mesmos (no tratamento A, temos uma receita de $ 2.000 e um desconto de $
300, resultando em uma receita líquida de $ 1.700).
Como não há diferença final resultante da aplicação de qualquer dos tratamentos expostos, é
recomendável a adoção do tratamento A, desde que o mesmo acumula o total de descontos
comerciais que a empresa vem concedendo, estatística que poderá servir para verificar se a
companhia vem conseguindo vender sem conceder descontos exagerados etc.

al>DESCONTOS FINANCEIROS

São aqueles concedidos como incentivo para que os clientes paguem as duplicatas provenientes
de vendas a prazo antes da data estabelecida. Suponhamos que uma companhia efetue uma venda
de $ 5.000, emitindo uma duplicata com vencimento dentro de 60 dias, porém oferecendo um

http://www.covesa.hpg.com.br/CG1_Aula7_Transacoes_Comerciais3.htm 4/8/2010
TRATAMENTO CONTÁBIL SOBRE FRETES Page 5 of 11

desconto de 3% se o pagamento for efetuado dentro de 30 dias. Os lançamentos contábeis seriam:

PARA SIMPLIFICAR, NÃO ESTÁ SENDO CONSIDERADO O LANÇAMENTO DE BAIXA DO CUSTO


DA MERCADORIA VENDIDA DA CONTA DE ESTOQUE.

Duplicatas a receber Vendas

(1) 5.000 5.000 (2) 5.000 (1)

Banco c/ movimento Descontos financeiros concedidos

(2) 4.850 (2) 150

Comentários

É interessante notar que, no caso de descontos comerciais concedidos, a companhia tem a opção
de contabilizar ou não o desconto (tratamentos A, pelo valor; ou B, pelo valor líquido). No caso
de descontos financeiros, entretanto, a decisão do cliente da empresa de aproveitar ou não o
desconto é de ordem financeira (ver tópico sobre descontos financeiros obtidos), não podendo
modificar o valor líquido da venda realizada. Por isso, o desconto é considerado uma despesa
financeira e não uma redução do valor da venda.

DEVOLUÇÃO DE MERCADORIAS

Além dos descontos obtidos e concedidos, nas transações comerciais são também muito
freqüentes as devoluções de mercadorias. Estas podem ocorrer por diversos motivos, sendo os
mais comuns:

- a mercadoria não atende às especificações do comprador;


- a mercadoria chega danificada, deteriorada etc.

A seguir demonstramos quais os procedimentos contábeis quando ocorrem casos de devolução de


vendas ou de compras em uma companhia.

DEVOLUÇÃO DE COMPRAS

Existem dois tratamentos contábeis distintos para registro de devolução de compras. Vejamos
quais são eles, supondo um caso em que uma companhia efetua uma compra, à vista, no valor de
$ 20.000, porém devolve as mercadorias por não atenderem às especificações exigidas.

Tratamento A

http://www.covesa.hpg.com.br/CG1_Aula7_Transacoes_Comerciais3.htm 4/8/2010
TRATAMENTO CONTÁBIL SOBRE FRETES Page 6 of 11

Estoque de mercadorias Banco c/ movimento


(1) 20.000 20.000 (2) (3) 20.000 20.000 (1)

Contas a receber

(2) 20.000 20.000 (3)

Tratamento B

Compras de Mercadorias Banco c/ Movimento


(1) (3)
20.000 (3) 20.000 32.000

Contas a Receber Devolução de


Compras
(2) 20.000 (3) 20.000 (2)
20.000

Comentários

Pelo tratamento B, a companhia utiliza uma conta a mais que pelo tratamento A. Esse tipo de
tratamento (B) é utilizado apenas por algumas poucas empresas, para efeito de estudos
estatísticos (a companhia tem informações para conhecer o desempenho de seus fornecedores e
de seu departamento de compras), pois, no final, a conta de devolução de compras é anulada pela
transferência de seu saldo para crédito da conta de estoques).

DEVOLUÇÃO DE VENDAS

Também para as devoluções de vendas existem dois tratamentos contábeis. Utilizando os dados a
seguir expostos, vejamos quais são estes.

Uma companhia efetua uma venda a prazo, no valor de $ 30.000, de mercadorias que lhe
custaram $ 18.000. O comprador, porém, devolve 50% ($ 15.000) das mercadorias, por não
atenderem às especificações solicitadas. As mercadorias devolvidas retornam ao estoque do
vendedor, pelo seu preço de custo ($ 9.000).

Tratamento A

http://www.covesa.hpg.com.br/CG1_Aula7_Transacoes_Comerciais3.htm 4/8/2010
TRATAMENTO CONTÁBIL SOBRE FRETES Page 7 of 11

Duplicatas a receber Vendas

(1) 30.000 15.000 (2) (2) 15.000 30.000 (1)

Custo das
Estoque de mercadorias (*) mercadorias vendidas

(2a) 9.000 18.000 (1a) (1a) 18.000 9.000 (2a)

(*) Não considerado o saldo anterior da conta, a qual não pode apresentar saldo credor (estoque
negativo).

Tratamento B

Esse tratamento difere do anterior apenas quando do registro da anulação da venda, debitando-se
uma conta de devolução de vendas ao invés de debitar a própria conta de vendas.

Em conta T, teríamos (utilizando o mesmo exemplo do tratamento A):

Duplicatas a receber Vendas

(1) 30.000 15.000 (2) 30.000 (1)

Custo das
Estoque de mercadorias (*) mercadorias vendidas

(2a) 9.000 18.000 (1a) (1a) 18.000 9.000 (2a)

Devolução de Vendas
(2) 15.000

Comentários

A aplicação de qualquer dos tratamentos leva exatamente aos mesmos resultados. Verifique que,
aparentemente, o tratamento B apresenta um saldo da conta de vendas ($ 30.000) maior que

http://www.covesa.hpg.com.br/CG1_Aula7_Transacoes_Comerciais3.htm 4/8/2010
TRATAMENTO CONTÁBIL SOBRE FRETES Page 8 of 11

aquele apresentado no tratamento A ($ 15.000). Entretanto, se diminuirmos, no tratamento B, o


saldo da conta de devolução de vendas (inexistente no tratamento A) do saldo da conta de
vendas, obteremos o valor das vendas líquidas igual em ambos os procedimentos.

EXERCÍCIOS – 2:

1) PENINHA e CIA LTDA

1. A Cia. acima foi organizada em 01.08.19XA, com o capital de $ 200.000, composto de 200
cotas de $ 1.000 cada. O dinheiro proveniente da integralização foi depositado no Banco Preto
S.A. A companhia tem por objetivo a compra e venda de mercadorias.

2. A Cia. comprou mercadorias no valor de $ 50.000, à vista, obtendo um desconto de 5% na nota


fiscal.

3. O frete sobre a mercadoria comprada custou $ 1.200, e será pago quando a companhia de
transportes apresentar a fatura.

4. Foi paga a quantia de $ 300 como prêmio de seguro para o transporte das mercadorias.

5. Vendeu mercadorias no valor (preço de venda) de $ 30.000, a prazo. As mercadorias haviam


custado à companhia $ 15.400 (CMV).

6. Pagou o aluguel (referente ao mês vencido) do armazém de mercadorias e da sala do escritório:


$ 2.500.

7. Efetuou uma venda de $ 45.000, recebendo $ 25.000 no ato, faturando o valor restante. A
mercadoria vendida custou $ 23.000.

8. Comprou mercadorias no valor de $ 35.000 (inclusive frete e seguro), pagando $ 15.000 no ato
e o restante à prestação.

9. Pagou os salários do mês vencido: $ 3.000.

10. Pagou comissão dos vendedores: $ 1.500.

11. Por não corresponder às especificações, parte das mercadorias compradas em 8 acima foi
devolvida. A companhia mandou abater o valor ($ 7.000) do saldo que estava devendo ao
fornecedor.

Pede-se: a) Registrar todas as transações em conta T.


b) Extrair um balancete de verificação para 31.08.19XA.

EXERCÍCIOS – 3:

http://www.covesa.hpg.com.br/CG1_Aula7_Transacoes_Comerciais3.htm 4/8/2010
TRATAMENTO CONTÁBIL SOBRE FRETES Page 9 of 11

1) CIA. ALBATROZ
A Cia. acima apresentava o seguinte balancete de verificação em 30.06.19XA:

Balancete de verificação em 30.06.19XA

Contas Saldos devedores Saldos credores

$ $

Caixa 5.000
Banco Azul S.A 25.000
Duplicatas a receber 300.500
Estoque 500.000
Imóveis 50.000
Móveis e utensílios 10.000
Veículos 12.000
Marcas e patentes 2.000
Investimentos em sociedades coligadas
100.000

Fornecedores 250.000
Títulos a pagar 75.000
Contas a pagar 25.000
Financiamentos bancários

pan style="mso-spacerun: yes"> 400.000

Capital social 250.000


Custo das mercadorias vendidas 750.000
Despesas de salários 83.000
Despesas de comissões 55.000
Despesas de aluguel 12.000
Despesas de material de expediente 3.500
Despesas diversas 5.000
Vendas 899.500
Receita de serviços 13.500
1.913.000 1.913.000

Durante os seis meses findos entre 31.12.19XA, ocorreram as seguintes transações, pela ordem
de data.

http://www.covesa.hpg.com.br/CG1_Aula7_Transacoes_Comerciais3.htm 4/8/2010
TRATAMENTO CONTÁBIL SOBRE FRETES Page 10 of 11

1. Julho, 7 - Cobrou duplicatas no valor de $ 87.000, recebidas em caixa.

2. Julho, 15 - Depositou $ 80.000 no Banco Azul S.A.

3. Agosto, 5 - Comprou $ 110.000 de mercadorias, sendo 50% à vista e o restante a prazo.

4. Agosto, 20 - Pagou ordenados de $ 3.000, em dinheiro.

5. Agosto, 30 - Vendeu mercadorias no valor de $ 150.000, sendo 80% a prazo e o restante à


vista, depositando em banco a quantia recebida. A mercadoria vendida custou $ 105.000, e foi
baixada do estoque.

6. Setembro, 3 - Os diretores decidiram não mais manter dinheiro em caixa, fazendo todos os
pagamentos por banco. O saldo de caixa foi depositado no banco.

7. Setembro, 10 - Vendeu mercadorias à vista no valor de $ 200.000, concedendo o desconto de


10 % na nota fiscal. A mercadoria vendida custou $ 140.000 para a companhia.

8. Setembro, 18 - Pagou uma nota promissória que estava devendo, no valor de $ 50.000.

9. Setembro, 30 - Pagou ordenados no valor de $ 10.000 referentes a agosto, e o aluguel de


agosto e setembro ($ 2.000 por mês).

10. Outubro, 1 - Parte das vendas de 30 de agosto foi devolvida, no valor de $ 30.000. Esse valor
foi baixado de duplicatas a receber. A mercadoria entrou novamente em estoque pelo seu valor de
custo, $ 21.000.

11. Outubro, 15 - Comprou à vista material de expediente no valor de $ 4.000.

12. Outubro, 23 - A companhia registrou o valor dos salários a pagar referentes a setembro, no
valor de $ 11.000, e também o valor do aluguel a pagar ref. a outubro, no montante de $ 2.000.

13. Outubro, 30 - Pagou os salários e o aluguel que foram registrados como a pagar em 23 de
outubro.

14. Novembro, 4 - Pagou aos fornecedores duplicatas no montante de $ 130.000.

15.Novembro, 13 - Comprou mercadorias a prazo, no valor de $ 130.000, obtendo um desconto


de 2% na nota fiscal.

16. Novembro, 20 - Por não estarem em perfeito estado, as mercadorias compradas em 13 de


novembro foram devolvidas.

17. Novembro, 21 - Comprou mercadorias à vista no valor de $ 120.000, obtendo um desconto de


$ 6.000 na nota fiscal.

18. Novembro, 30 - Vendeu mercadorias no valor de $ 180.000, sendo 20% à vista e o restante a

http://www.covesa.hpg.com.br/CG1_Aula7_Transacoes_Comerciais3.htm 4/8/2010
TRATAMENTO CONTÁBIL SOBRE FRETES Page 11 of 11

prazo. A mercadoria foi baixada do estoque pelo seu preço de custo, $ 126.000.

19. Dezembro, 6 - Recebeu duplicatas no montante de $ 150.000.

20. Dezembro, 18 - Mandou publicar uma propaganda no Jornal da Cidade, que custou $ 30.000,
pagos à vista.

21. Dezembro, 20 - Comprou mercadorias à vista no valor de $ 45.000, obtendo um desconto de


$ 1.300 na nota fiscal. Ao mesmo tempo, registrou o frete a pagar sobre a mercadoria comprada,
no valor de $ 2.000.

22. Dezembro, 22 - Pagou uma fatura de frete, sobre as mercadorias vendidas no dia 30 de
novembro, a qual não havia sido registrada anteriormente, no valor de $ 5.000.

23. Dezembro, 27 - Efetuou os seguintes pagamentos, através de cheques:


a) fornecedores: $ 49.000
b) contas a pagar: $ 15.000
c) títulos a pagar: $ 5.000

24. Dezembro, 31 - Os acionistas decidiram aumentar o capital para $ 300.000, integralizando o


valor do aumento ($ 50.000) no ato da subscrição das novas ações.

25. Dezembro, 31 - Pagou $ 2.500 de despesas diversas.

Pede-se: a) Registrar todas as transações em conta T.


b) Extrair um balancete de verificação para 31.12.19XA.

OBS.: A RESOLUÇÃO DOS EXERCÍCIOS ACIMA DEVE SER FEITA EM EQUIPE DE 04


(QUATRO) ALUNOS. TODOS DEVEM PARTICIPAR, POIS A CORREÇÃO SERÁ FEITA EM
FORMA DE JOGO, COM A CORRIDA DO AUTÓDROMO.

http://www.covesa.hpg.com.br/CG1_Aula7_Transacoes_Comerciais3.htm 4/8/2010