Vous êtes sur la page 1sur 58

TORKOM SARAYDARIAN

IRRITAÇÃO

O FOGO DESTRUIDOR

Tradução Simone R. Rodrigues

TORKOM SARAYDARIAN IRRITAÇÃO O FOGO DESTRUIDOR Tradução Simone R. Rodrigues AQUARIANA 1991 - 2 Edição Brasileira

AQUARIANA

1991 - 2 a Edição Brasileira

"Existem muitas causas de doenças, mas há uma que não é suficientemente enfatizada, explicada e trazida a público. Esta fonte de doença está por toda parte, se esconde sob muitas formas e invade nosso sistema com várias desculpas lógicas. Essa causa é chamada irritação."

"O resultado da irritação é a produção de um veneno que é chamado de

‘imperil’ pelo Mestre Morya. ‘Imperil’ é um veneno expansivo que se

espalha vagarosamente pelo nosso sistema nervoso sempre que queimamos

nossos corpos etérico e astral através da irritação. O ‘imperil’ interrompe

os canais de eletricidade que fluem através da cadeia do nosso sistema nervoso. Este veneno se espalha continuamente cada vez que é alimentado. Uma Vez que o sistema elétrico do corpo é bloqueado em vários lugares, e a eletricidade é impedida ou cortada, sérios problemas físicos e

psicológicos expandem suas raízes em nossa natureza."

SOBRE O AUTOR

Torkom Saraydarian nasceu na Ásia Menor. Desde sua infância ele tem tentado compreender o mistério chamado homem.

Visitou mosteiros, templos antigos e escolas de mistério, procurando as respostas para suas veementes perguntas.

Morou com sufis, dervixes, místicos cristãos e com mestres do conhecimento oculto. Levou longos anos em disciplina e sacrifício para absorver a Sabedoria Antiga de suas verdadeiras fontes. A meditação tornou-se parte da sua vida diária, e o serviço, uma expressão natural da sua alma.

É violonista, professor, conferencista, engenheiro mecânico, meteorologista, escritor e filósofo. A vida de Torkom Saraydarian tem sido um zeloso esforço em ajudar as

pessoas a viverem vidas saudáveis, felizes e triunfantes. Tem difundido incansavelmente uma mensagem de amor e visão verdadeira ao longo de sua vida.

Seus livros têm sido usados em todo o mundo como fontes de ajuda e inspiração para o verdadeiro vivenciar da Nova Era baseado nos ensinamentos da Sabedoria Antiga. Cobrindo um largo espectro da existência humana, são escritos de uma maneira direta, despretensiosa, clara e, às vezes, humorística. Seus trabalhos trazem experiências pessoais, variadas e ricas. Ele oferece visões e explicações para a tão necessária ligação entre o mundo espiritual e o da vida diária. Falam para os corações e mentes de uma humanidade ansiosa por uma mudança.

Esse livro faz um alerta sobre o problema da irritação na vida agitada do homem, mostrando todo o dano que é causado ao seu mecanismo interno e externo, e ensinando as várias maneiras de evitá-lo.

IRRITAÇÃO O FOGO DESTRUIDOR

Existem muitas causas de doenças, mas há uma que não é suficientemente enfatizada, explicada e trazida a público. Esta fonte de doença está por toda parte, se esconde sob muitas formas e invade nosso sistema com várias desculpas lógicas.

Essa causa é chamada irritação. Vejamos quais são as causas de irritação:

1.

agitação do corpo astral;

2.

stress de temperamento;

3.

ódio, desamor, preconceito, contínua rejeição de uma pessoa, grupo

ou ideia;

4.

a sensação de se estar sendo vítima de abuso, estar sendo enganado

ou explorado;

5.

reação a coisas que não se ajustam à própria maneira de agir -

ressentimento;

6.

pensamentos de vingança ou planos de destruição;

  • 7. queixas;

  • 8. egoísmo, autossuficiência e autossatisfação;

  • 9. crítica, bisbilhotice, discussões;

    • 10. ingratidão;

    • 11. exigência, coação, intolerância;

    • 12. complexo de inferioridade;

    • 13. impaciência e ansiedade;

    • 14. distorção consciente dos fatos;

    • 15. intensificação do corpo astral;

    • 16. barulho.

O resultado da irritação é a produção de um veneno que é chamado de "imperil" pelo Mestre Morya. "Imperil" é um veneno expansivo que se espalha vagarosamente pelo nosso sistema nervoso sempre que queimamos nossos corpos etérico e astral através da irritação. O "imperil" interrompe os canais de eletricidade que fluem através da cadeia do nosso sistema nervoso. Este veneno se espalha continuamente cada vez que é alimentado. Uma vez que o sistema elétrico do corpo é bloqueado em vários lugares, e a eletricidade é impedida ou cortada, sérios problemas físicos e psicológicos expandem suas raízes em nossa natureza.

Se a eletricidade vinda do corpo etérico, dos centros astral e mental, e do centro transpessoal para o interior do homem for impedida, aqueles órgãos que não recebem energia suficiente, desenvolvem disfunções. Tornam-se lerdos, suas funções diminuem e eventualmente uma pesada apatia se instala, transformando assim as glândulas e os órgãos em um campo propício para a proliferação de germes e micróbios.

Em outros casos, quando as células têm excesso de energia para combater, tornam-se atemorizadas e hiperativas, e desenvolvem tumores e câncer. O

"imperil" pode se espalhar ou vir a existir em qualquer um dos veículos da personalidade, eventualmente manifestando-se como doenças psicológicas e físicas. O veneno se acumula, mais frequentemente, em volta da área do plexo solar, e causa complicações e problemas no aparelho digestivo. Daí se espalha para todo o sistema nervoso e contamina a aura da pessoa.

Irritação e "imperil" não atacam aqueles cuja consciência está focalizada no centro do seu coração e da sua mente. Antes que o ataque os acometa, podem dissolvê-lo através de amorosa compreensão. Mas se o foco da consciência está na natureza emocional, ocupada com os interesses dos centros mais baixos, então o "imperil" se acumula em volta do plexo solar e diminui a vitalidade do homem, a tal ponto que, eventualmente, a resistência do corpo diminui e sucumbe aos vários ataques de germes e doenças. A irritação ocasiona inflamação em vários órgãos do corpo: no nariz, nos ouvidos, ou nos órgãos reprodutores.

Vamos explicar as causas da irritação:

  • 1. Agitação do corpo astral. Pode ser causada de várias maneiras. Por

exemplo: assistindo um filme de crime, lendo um livro sobre desastres, crimes ou assuntos que o deixem preocupado, assustado ou deprimido. A agitação do corpo astral pode ser o resultado da raiva intensa de alguém que esteja por perto, ou o resultado de ataques verbais. Muitas vezes nosso corpo astral agita-se quando perdemos o apoio no qual estamos nos escorando ou usando egoisticamente.

  • 2. Stress de temperamento. Este é o fenômeno no qual você usa a força

da sua vontade para atingir seus desejos ou para levar as pessoas a fazerem o que você quer. Se elas não fazem o que você deseja, você perde a calma e produz abundância de "imperil" em seu sistema.

  • 3. Ódio, desamor, contínua rejeição de uma pessoa, grupo ou ideia

produz irritação e "imperil". Eles criam agitação em sua natureza astral

pela introdução de ideias e sentimentos negativos. O ódio obscurece continuamente sua visão e provoca curto-circuito no seu sistema vital de energia.

Desamor e rejeição aumentam o veneno da irritação a tal ponto que a pessoa perde seu magnetismo nos três níveis da personalidade e se transforma num instrumento de ataque ou isolamento.

O preconceito cria certos padrões de substância mental e emocional que causam irritação quando confrontados com horizontes mais amplos ou com novos conceitos.

Diz o Mestre Morya: "Uma pessoa não pode se libertar da irritação sem desenraizar o preconceito." (1)

O preconceito pode ser superado através da contínua expansão da consciência e do sincero empenho.

  • 4. Aqueles que pensam que as pessoas estão sempre tirando vantagem

deles, que estão sempre sendo enganados pelas pessoas ou explorados por

elas, criam irritação em seu sistema, com o resultante "imperil". Pessoas com tal psicologia tentam se vingar naqueles que elas pensam estar tirando vantagem delas. Ações resultantes de tal causa criam fontes adicionais de irritação e "imperil".

  • 5. Aqueles que sempre querem ver as coisas feitas a sua maneira não

podem escapar da irritação quando as coisas são feitas de outra maneira. Tais pessoas não respeitam a liberdade dos outros de agirem de seu próprio modo. Estão tão presas às suas próprias formas-pensamento, a seus hábitos e meios de atividades, que o menor desvio, por parte de outros, de seus próprios modos, lhes causa sentimento de perda e dor.

  • 6. Pensamentos de vingança ou planos de destruição são uma fonte

contínua de irritação. Gerações de pessoas são envenenadas por tal rumo de vida. Sua alegria e felicidade lhes são arrebatadas e elas não conseguem se adaptar às exigências das situações presentes da vida. O passado as controla no presente, e o presente não as deixa ver o futuro claramente devido a seu envolvimento com o passado e devido ao sentimento de

1 Agni Yoga Society, Agni Yoga, § 382.

vingança e da reação esperada as suas ações.

  • 7. Queixar-se cria "imperil". Queixar-se é um atrito emocional e mental.

Afasta o magnetismo do homem e inunda sua natureza com "imperil". Observe pessoas que estão sempre se queixando. Elas desenvolvem várias disfunções e eventualmente são vítimas de sérios problemas de saúde. Um

coração alegre e feliz não permite a formação de "imperil".

  • 8. Egoísmo, autossuficiência e autossatisfação são as doenças mais

disseminadas no nosso planeta e são fontes de abundante irritação. O verdadeiro curso da evolução, a trilha do coração e a sabedoria da alma são contrários ao egoísmo, contrários à autossuficiência, contrários à auto- satisfação, mas a favor da inclusividade, a favor da generosidade, a favor da valorização do grupo. Uma vez que a personalidade está carregada de negatividade, ela cria atritos com as irradiações da natureza mais alta, e o resultado é a irritação.

  • 9. Crítica e bisbilhotice são maneiras muito comuns de produzir

irritação em si mesmo e nos outros. A crítica agita o corpo emocional,

enquanto a bisbilhotice carrega o corpo astral com polarização negativa, criando irritação e "imperil". Pode-se facilmente observar como alguém se sente mais fraco física e mentalmente após um período de crítica ou bisbilhotice. Na verdade, o "imperil" é um dos maiores consumidores de energia física: praticamente a devora completamente e exaure todo o mecanismo humano.

Por outro lado, estima, gratidão, compreensão amorosa e espírito de encorajamento elevam as pessoas e as proveem de energias doadoras de saúde.

  • 10. Ingratidão cria irritação. É também um sinal de estar sendo atacado

pelo "imperil". É por esta razão que os sábios nos aconselham a mantermo-

nos afastados das pessoas ingratas, porque o veneno delas pode nos atingir e contaminar nossa aura.

  • 11. Um espírito exigente, coercitivo e intolerante pagará alto preço para

recuperar a saúde. Uma exigência é uma força de propulsão que, quando

não satisfeita, bate e retorna atingindo a fonte de onde partiu. Coação é a imposição da vontade de alguém sobre outros. Os outros têm sua vontade própria. O entrechoque produz irritação, especialmente quando alguém pretende subjugar outros. A intolerância é um constante exercício de pressão de sua vontade sobre outros, para interromper a maneira de eles viverem, sentirem, pensarem e praticarem sua devoção. A intolerância sempre gera forte resistência e provoca pesada taxação através da irritação.

  • 12. Um complexo de inferioridade é outra fonte de irritação. A pessoa se

identifica com seus fracassos e deficiências, e passa a achar que os outros são mais bonitos, têm mais sucesso, são mais hábeis e melhores do que ela. Sente-se frustrada. Passa a sentir-se rejeitada, criticada e tenta afastar-se das pessoas para não sentir sua inferioridade ou reconhecer a superioridade dos outros. Esta situação eventualmente a leva à irritação.

  • 13. Impaciência e ansiedade causam mais doenças no mundo do que se

pode imaginar. Na impaciência, nossa aura distende-se e se torna disforme. Por esse motivo, o corpo emocional se agita, causando irritação. A ansiedade ocasiona pressão sobre os corpos astral e etérico e sobre o sistema nervoso, irritando-os violentamente e produzindo “imperil”.

  • 14. Distorção consciente dos fatos causa grande tensão sobre os corpos

astral e etérico. Com a distorção consciente, você está quebrando a harmonia natural do sistema energético nos seus corpos mental e emocional. Isso cria uma pressão que cresce lentamente, se torna medo e dúvida e depois se transforma em irritação.

  • 15. Intensificação do corpo astral. É conseguida primordialmente

através de exercícios de Hatha Yoga, exercícios respiratórios, cântico de mantras, prática de Tai Chi e, muito curiosamente, pela prática excessiva da atividade sexual. Algumas drogas alucinógenas também causam essa intensificação. Ademais, uma forte intensificação do corpo astral é causada pela música das discotecas, música de rock, música alucinógena e

similares. Elas produzem forte “imperil”. Acompanhadas pela dança, elas praticamente paralisam o sistema mental e levam a pessoa a um

esgotamento moral e físico. Mestre Morya, falando sobre a irritação, diz:

“As emanações de irritação impedem a entrada dos pensamentos que Nós enviamos, assim como um toque não pode ser sentido pelo ouriço. (2)

16. Barulho é outro fator importante para a causa da irritação. O barulho dos aeroplanos ou qualquer outro barulho mecânico, que causa tensão e

irritação nos nervos, produz “imperil” em abundância. É bem sabido que

entre pessoas que vivem em áreas muito barulhentas, é que se encontra a maioria dos problemas psicológicos, crimes, divórcios e suicídios.

O barulho tanto pode ser audível como inaudível. O barulho audível é o som caótico, som que não tem qualquer significado, esquema ou finalidade. O som inaudível vem de formas feias, cores desarmônicas, ondas de rádio e tormentas eletromagnéticas. Muito curiosamente, sons inaudíveis também são gerados pelo pensar caótico das pessoas.

O barulho, em ambas as formas, penetra não apenas nos ouvidos mas também nos nossos corpos sutis, e cria pesados distúrbios que se manifestam como doenças mentais, emocionais, etéricas e físicas.

A proteção dos barulhos naturais é possível até um certo grau se a compreensão humana anular a cobiça humana. Por exemplo, o barulho dos aeroplanos terá um efeito nocivo sobre os genes das pessoas e elas gerarão crianças retardadas com muitas turbulências psicológicas. Tudo isso é um grande ônus para o resto da humanidade.

Muitas máquinas elétricas em nossas casas bombardeiam, constantemente, nossos centros sutis com barulho e nós pagamos uma grande quantidade de dinheiro por seu estrago.

O barulho gera curto-circuito na linha de influência ou inspiração espiritual. Grandes ideias não podem alcançar o homem quando ele está repleto de irritação e "imperil".

O Ensinamento aconselha aqueles que estão liderando grupos, estados ou

2 Agni Yoga Society, Leaves of Morya’s Garden, Vol. I, § 249.

nações, que morem em lugares onde haja um mínimo de barulho. A diminuição da poluição sonora melhorará a saúde das nações e trará maior clareza de mente àqueles que estão, de várias maneiras, servindo às pessoas.

Os antigos profetas, que guiaram a evolução das raças, eram habitantes dos desertos, cavernas e montanhas.

Nossas decisões e planos terão uma maior inspiração divina se forem realizados no silêncio da natureza. Foi-nos dito que um dos objetivos do Plano dos Grandes Seres é diminuir o barulho.

O barulho tem um efeito desintegrador sobre a mente.

A irritação emana de nosso corpo físico como ondas de força distorcida, cheiro, odor e transpiração. Cria uma esfera estagnada a nossa volta impedindo que as ondas de luz e sabedoria nos alcancem e sejam registradas por nosso coração e mente. Muitas vezes, um plexo solar excessivamente ativado e aberto capta essas ondas de luz e, devido às pesadas camadas de "imperil" e irritação, as distorce e as traduz conforme sua fantasia em mensagens pessoais enviadas pelos Grandes Seres. Porém, como essas ondas de mensagens estão acumuladas no plexo solar, este se amplia anormalmente e transmite mais energia do que os órgãos abaixo do diafragma podem assimilar. Associada ao "imperil", essa energia produz todos os problemas que um ser humano tem em seus órgãos abaixo do diafragma.

Foi-nos dito que o "imperil" se acumula nas paredes dos canais nervosos e lentamente se espalha através de todo o organismo. As correntes astrais, ao passarem através dos canais nervosos que estão repletos de "imperil", se decompõem e deixam substância astral decomposta nesses mesmos canais.

Há ainda um outro veneno que é produzido pela:

"

ocorrência

de ruptura de elementos (que) produzem um poderoso gás

... venenoso. Normalmente esse gás é facilmente diluído no espaço, mas os raios químicos do sol estão conduzindo estas ondas gasosas para o interior

das camadas próximas ao planeta. A irritação e seu resultado, o ‘imperil’,

combinam facilmente com o veneno do espaço, que é chamado ‘aeroperil’." (3)

Esse "aeroperil" não teria efeito sobre os nossos mecanismos se não estivesse contaminado com "imperil". A única maneira de escapar ao perigo do "aeroperil" é purificar nossos canais nervosos do "imperil".

"Quando a irritação tem um caráter cósmico impessoal, seu veneno pode ser removido por uma corrente de prana. Mas, se a presunção ou a autopiedade intensificam a irritação, o sedimento do veneno precipitar-se- á sobre os centros. Então não haverá maneira de expulsá-lo; só poderá ser consumido pela percepção cósmica.

A qualidade do pensamento deve ser empregada como fator de cura A

qualidade da

gratidão

é

também

a

purificação

mais refinada do

organismo

...

Grande é o poder curativo da emissão da gratidão. (4)

 

O "imperil" não apenas causa desastres ao nosso organismo como também

"

difunde-se

pelo

espaço,

por

cujo

estado

de

pureza

somos

todos

responsáveis." 5

Pessoas que estão continuamente irritadas, devem ser evitadas. Elas contaminam não só o espaço, mas podem contaminar o lugar onde você vive, o lugar onde você dorme, onde você trabalha. Essa é a razão porque o contato com certas pessoas nos deixa em um estado de confusão e exaustão.

O "imperil" pode penetrar no seu corpo etérico e na sua aura e enfraquecer sua vitalidade; muitos resfriados são o resultado do enfraquecimento de sua vitalidade através do "imperil".

Nos tempos antigos, as pessoas costumavam ter santuários em suas casas onde se comunicavam com o mais Alto. Ninguém podia entrar ali. Tal

  • 3 Agni Yoga Society, Agni Yoga, § 23.

  • 4 Agni Yoga Society, Agni Yoga, § 31.

santuário, ou quarto em sua casa, pode ser um refúgio para você ir e se sintonizar com as forças superiores, vitalizando todo o seu ser.

Algumas vezes, o "imperil" é transmitido através do assim chamado "mau olhado" nas frutas, água e objetos. As frutas ficam sem sabor, a água fica amarga e os objetos quebram. É possível sentir o "imperil" das frutas parcialmente comidas por alguém que está repleto de "imperil". O mesmo pode acontecer ao beber a água deixada em um copo que outra pessoa já usou. O "imperil" também pode ser transmitido através do tato. Objetos usados ou tocados por uma pessoa com irritação ou repleta de "imperil" irão, até, transmitir "imperil" para outros objetos que, por sua vez, transmitirão o "imperil" àqueles que os usarem. O mesmo se aplica aos alimentos. Tem muita importância quem prepara os alimentos e quem os serve. Os alimentos podem ser contaminados pelo "imperil" se a pessoa está repleta de irritação. Esta é a razão pela qual famílias abastadas costumavam empregar apenas serventes e cozinheiras que eram naturalmente alegres, contentes e felizes.

"Imperil" é mais diretamente transmitido através do ato sexual ou do beijo na boca. A energia do desejo canaliza "imperil" para o outro parceiro, que passa a partilhar do "imperil".

Aperto de mão faz o mesmo. Sapatos, meias, toalhas e camisas podem facilmente ser contaminados pelo "imperil". Cada pessoa, deve usar apenas seus próprios objetos e desfazer-se' deles periodicamente, mesmo que ainda não estejam gastos pelo uso. Lápis, canetas e livros ficam carregados de pesado "imperil" se forem usados por uma pessoa irritada. Nossas bibliotecas estão carregadas de "imperil".

E interessante que a água não transmita "imperil", embora o absorva. Pensamentos e emoções carregadas de "imperil" viajam pela terra mas não pela água, exceto através dos objetos. Lagos, mares, oceanos e rios interrompem transmissões coletivas de "imperil". Ilhas são muito apropriadas para o trabalho espiritual avançado em esferas superiores, e para um trabalho criativo mais profundo.

Bem-aventurança pode ser transmitida pela água. Se um homem santo nada numa lagoa, esta lagoa fica carregada de bem-aventurança, e quem entrar nela compartilha dessa bem-aventurança. Já o "imperil" fica aprisionado na água e não pode ser transmitido através de sua pele. Pode ser transmitido para alguém que beba desta água, e que fica, então, contaminado.

A água batismal e a energia da bem-aventurança lavam o "imperil" acumulado dos planos físico e astral. O choque da iluminação elimina o "imperil" do plano mental.

O homem contemporâneo sofre frequentes problemas por ter contato íntimo com muitas pessoas que emanam "imperil" através dos seus sistemas. Rostos bonitos, roupas bonitas, alta posição social e títulos não são garantias de que alguém não possui "imperil". Pesadas camadas de "imperil" são encontradas em funcionários públicos porque esses estão constantemente sob ataques de irritação. Salas de júri e prisões emanam pesadas camadas de "imperil".

As pessoas de alguns países do Oriente não gostam de comprar casas que tenham sido ocupadas previamente por pessoas que tenham tido tensões, brigas, disputas ou irritação contínua. Elas procuram conhecer as pessoas que antes ocuparam a casa. Se são pessoas criativas, harmônicas, dedicadas ao bem comum e a altos ideais, existe a preferência para comprar suas casas, mesmo que, estruturalmente, não sejam tão satisfatórias. No Ocidente, ninguém pergunta quem viveu na casa, desde que a casa satisfaça suas necessidades físicas.

Em determinado lugar, havia uma casa onde tinha vivido um homem santo. Muitas pessoas estavam ansiosas para comprar aquela casa "porque", pensavam elas, "as emanações de um homem santo serão transmissoras de bênçãos."

Às vezes notamos que nossos problemas psicológicos e de saúde começam a aparecer no dia em que nos mudamos para outra casa, ou compramos um móvel antigo, um tapete, ou um quadro que pertenceu a outra pessoa. A investigação mostrará que esses objetos estão carregados de "imperil"

provenientes dos seus antigos donos e que contaminamos nosso lar introduzindo-os ali. Isto teria sido considerado uma superstição há 50 anos atrás, mas agora sabemos que emanações físicas fixam-se aos objetos e influenciam as pessoas que têm contato direto com eles.

Lembro-me do dia em que meu tio trouxe um sofá para casa. Um de seus amigos estava deixando o país e tinha dado a ele. Ele o trouxe para casa achando que minha mãe ficaria feliz em usá-lo. Uns dias mais tarde, numa conversa, meu tio mencionou a quem o sofá pertencera. O rosto de minha mãe mudou e ela se retirou para a cozinha e fingiu que estava cozinhando algo até que meu tio saiu.

Imediatamente após a saída dele, ela me chamou para ajudá-la. Para minha surpresa, ela me disse para abrir a grande janela do segundo andar. Levamos o sofá e o atiramos pela janela ao jardim onde se quebrou em pedaços.

"Mamãe", exclamei, "era um sofá muito bonito."

Sim", respondeu ela, "mas boa aparência não significa que ele não estivesse poluído pelas emanações de um homem que expulsou sua mulher e filhos e passou sua vida jogando, bebendo e praguejando em casa. Nós não precisamos daquela influência em nossa casa." No dia seguinte, meu pai o queimou na lareira.

Pensamentos são forças. Sentimentos são forças. "Imperil" no espaço é uma força contagiante que penetra nos objetos. Por outro lado, pensamentos carregados de alta espiritualidade podem purificar o espaço. Nossos discursos ou palavras podem carregar tanto luz e bem- aventurança, quanto veneno e escuridão. Lugares onde pensamentos e palavras criminosas são constantemente usados, podem contaminar nossa aura, enfraquecer-nos e impedir-nos de contatar forças superiores. "As palavras insensatas elevam- se como rodamoinhos. É perigoso poluir o espaço." (6)

Disseram-nos que o Ensinamento deve ser transmitido sem irritação.

6 Agni Yoga Society, Agni Yoga, § 367

Glamour e ilusões pessoais, ou defeitos de caráter, devem ser discutidos sem implicação pessoal, sem expectativas ou imposições de ideias.

Às vezes é melhor que alguém se abstenha de discussões, brigas e relacionamentos que causam irritação. Disseram-nos que muitas vezes os Seres Santos guardam silêncio e indiferença em ocasiões nas quais a possibilidade de irritação e "imperil" existe. É bom sabermos também que "uma pessoa não precisa ser um gigante do pensamento para poder ferir. Mesmo um pensamento medíocre, mas envenenado pelo cristal do ‘imperil’, pode ser muito eficaz." (7)

Os pensamentos carregam "imperil", o que é uma das razões de alguns grandes Iniciados e discípulos preferirem trabalhar nos bastidores, de maneira a não atrair pensamentos negativos de pessoas poluídas com "imperil".

Isso também se aplica a nós. Toda vez que ficamos irritados e dirigimos nossos pensamentos negativos a outra pessoa, nós literalmente lhe enviamos veneno ou "imperil" através de nossos pensamentos. Assim, as pessoas deveriam ser cautelosas com seus pensamentos, especialmente quando seus corpos estiverem cheios de "imperil".

Pensamentos com carga positiva, pensamentos que veiculam grandes ideias, visões e revelações, podem eliminar uma parte, ou todo o veneno de nosso sistema. É por esta razão que a meditação é, em si própria, um processo curativo que também enche o espaço com beleza.

Fomos aconselhados a mantermo-nos afastados das pessoas cujo corpo mental está poluído com "imperil". Muitas vezes é melhor fugir do que lutar com nossos pensamentos. A irritação e o "imperil" ativam os germens. Os germens ficam mais ativos e contagiosos quando o seu portador está com irritação. Uma pessoa não é suscetível aos germes até que sua aura é enfraquecida pela irritação e pelo "imperil".

É melhor não comer ou comunicar-se com outras pessoas quando as chamas

7 Agni Yoga Society, Hierarchy, § 125.

da irritação já estão consumindo nossa aura. Comer aumentará o "imperil". Não se deve ir dormir neste estado. Deve-se, primeiro, se acalmar com

oração. Há muito tempo atrás, Cristo nos advertiu: "Não deixe o sol se pôr sobre sua cólera." A cólera é uma violenta forma de irritação. Nos Ensinamentos, é-nos dito que "os chineses algumas vezes alimentavam o

inimigo com o fígado de um galo

irritado..."

(8)

Os antigos nos preveniram para não comermos quando zangados ou irritados porque o alimento, assim ingerido, se transformará em veneno por causa da irritação e do "imperil", e causará maior perturbação em nosso sistema.

Somos sempre aconselhados a orar antes de comer, ou ficar em silêncio por alguns minutos a invocar a alegria e as bênçãos do mundo celestial. Tal ato prevenirá a possibilidade de irritação e o alimento proporcionará a energia ao sistema.

Verificamos que as más notícias muitas vezes são transmitidas à mesa de refeições, ou que pesadas e raivosas conversas têm lugar no momento das refeições. Tais hábitos logo custarão muito caro, não apenas para nossa saúde, mas também para nossas contas bancárias. Eu estava morando com um falia por três meses. Eles tinham três crianças, e o pai trabalhava para a companhia ferroviária. Às cinco horas, ele costumava voltar para casa, tomar banho e sentar-se à mesa para comer. Depois que o jantar estava na mesa e eles começavam a comer, a mãe costumava contar a ele o que as crianças haviam feito durante o dia. "Seu filho mais velho quebrou a vidraça da casa do vizinho hoje." "Sim ?" "Sua filha quebrou o violino." "Sim?" E isto continuou até que um dia notei que o pobre homem nunca terminava

8 Agni Yoga Society, Heart, § 534.

seu jantar, mas, dando uma desculpa, saía da mesa. Durante vários dias, ele não veio jantar e se desculpava dizendo que tinha jantado com seus amigos. Um dia, perguntei porque não estava mais jantando com a família. Ele respondeu: "Não consigo digerir quando como em casa. Minha mulher envenena meu humor." Este homem morreu de uma estranha doença aos quarenta e cinco anos de idade.

"O ‘imperil’ precisa não apenas ser reconhecido como a calamidade da raça que está partindo, mas o contágio do ‘imperil’ também deve ser estudado. Será então possível verificar que o ‘imperil’ age desde grandes distâncias e pode afetar o corpo sutil." (9)

Ocasionalmente pode-se sentir o efeito de pensamentos carregados de "imperil". Pessoas sensitivas são atacadas por tais pensamentos. É por esta razão que o Ensinamento nos aconselha a guardar nossos pensamentos, porque eles viajam e podem espalhar veneno no espaço e contaminar pessoas.

É também muito interessante saber que:

"

...

As

pessoas que morrem com uma carga grande de ‘imperil’ criam para

si próprias uma existência torturante; o fogo do espaço se abate sobre

elas ...

Cada oposição ao fundamental atrai a reação do fogo do espaço.

Assim sendo, deve-se admitir que a irritação pessoal é a imperfeição dos

que estão

partindo..."

(10)

Forças astrais e obscuras do plano mental podem penetrar na aura das pessoas e até envenená-las, se seus corpos astral e mental estiverem contaminados com o "imperil". Muitos médiuns, escritores psicográficos e psíquicos inferiores são as moradias de tais entidades. Essas pessoas frequentemente demonstram grande irritação, o que prova que suas mensagens estão vindo de fontes duvidosas.

"

...

Após

uma obsessão, os portões permanecem abertos a visitantes por um

9 Agni Yoga Society, Hierarchy, § 335.

longo tempo. É necessária uma intensa observação para proteger uma pessoa que tenha admitido um obsessor através da irritação, a qual abre as portas amplamente. O coração é a melhor proteção contra obsessão, mas a pessoa deve vigiar para que o coração não adormeça." (11)

"Só a grandeza do coração preservará alguém do veneno da

irritação..."

(12)

"

..

A

irritação cheia de imperil’ permite a entrada das forças negativas.

Onde existe irritação, vários recém-chegados se alojam para aproveitar-

se disso e aumentar a ação do veneno

"

...

(13)

À medida que a irritação continua, o "imperil" cresce

dia

a

dia,

gradualmente rasgando o tecido etérico e penetrando nos corpos mais elevados. É através de tais fendas que as forças negativas se alojam nas auras do ser humano e aumentam o efeito destruidor do veneno.

"Principalmente, aprenda a pensar em solidão. E tome consciência da responsabilidade do pensamento. Na realidade, os pensamentos constroem as paredes mais fortes. A dúvida, a irritação e a autopiedade podem ser expulsas conscientemente. Eu aconselho que as pessoas se observem e se lembrem de que ninguém mais, além do Instrutor, pode ajudar. Eu aconselho que se considere o Instrutor como o único sustentáculo." 14

O "Instrutor" pode ser nosso "Self" (*) Superior ou nosso Mestre que tenha conquistado o tempo, o espaço e a matéria, e que nos ajudará a vencer a dúvida, irritação e autopiedade. É belo notar que "apenas o Instrutor poderá ajudar", porque é apenas o Instrutor que está interessado no mais alto bem. Existe uma forte ligação entre o Instrutor e o discípulo.

A solidão aqui mencionada é um estado isolado de consciência. Tal consciência pode absorver os pensamentos do "Self" Superior e inundar a mente com luz e beleza. Em um estado de não isolamento, as ondas de

  • 11 Agni Yoga Society, Hierarchy, § 169

  • 12 Agni Yoga Society, Hierarchy, § 277

  • 13 Agni Yoga Society, Hierarchy, § 93

  • 14 Agni Yoga Society, Agni Yoga, § 340

(*) O "Self é a Essência Divina em manifestação no homem. (N. da T.)

pensamento de outras pessoas nos atingem e distorcem nossos pensamentos, ou mesmo substituem nossos pensamentos.

Dúvidas, irritação e autopiedade podem ser conscientemente expulsas. Naturalmente isto requer uma disciplina da mente que está sob o controle do "Self' e está apta a expulsar esses ataques de dúvida, irritação e autopiedade. Dúvida é confusão mental na qual a mente, estando identificada com um acontecimento ou fenômeno, perde a fé na Essência, no "Self', também em si própria ou no universo.

Irritação é um estado no qual você permite que seu sistema nervoso responda à penetração de influências, energias ou impressões desagradáveis ou destrutivas. Autopiedade é um estado no qual você está identificado com o seu ser inferior. É um estado de negação do "Self'. Por um certo tempo, você se esquece do "Self real. Neste estado, sente que foi abandonado, que ninguém está realmente interessado em você. Todos estes três inimigos do "Self' podem ser conscientemente expulsos, não deixando que eles obtenham controle sobre você.

No Novo Testamento, você pode observar um grande exemplo da habilidade de expulsar a irritação, dúvida e autopiedade quando, em meio ao intenso sofrimento da cruz, Cristo disse: "Perdoai-os, Pai, pois eles não sabem o que estão fazendo." Que maneira magnífica de expulsar a dúvida, irritação e autopiedade. Temos um exemplo similar na vida de Sócrates, que bebeu veneno com a maior serenidade. Ambos sabiam que a última hora de suas vidas não deveria ser contaminada pelo "imperil".

Irritação é a resistência automática de nosso sistema nervoso, ou dos corpos etérico, astral e mental à chegada de impressões, sejam positivas ou negativas. Nosso sistema nervoso e nossos corpos sutis têm uma resistência natural a todas as impressões negativas que lhes causam mal. Quando tais impressões nocivas atingem esses mecanismos, eles emanam um elemento vaporoso que cria uma esfera de proteção a sua volta. É algo similar ao que as células brancas do sangue fazem com os intrusos.

Quando essas impressões nocivas continuam a bombardear além dos

limites de energia desses mecanismos, eles se rendem e se sentem cansados, e as emanações gasosas se queimam e se transformam em cinzas- nervosas, em sedimentos. Isto é que é o "imperil".

Existem três espécies de resistências:

  • 1. a resistência automática;

  • 2. a resistência consciente negativa;

  • 3. a resistência consciente positiva, ou rejeição discriminativa.

A resistência automática é um mecanismo natural de proteção. Por exemplo, você sofre mudanças fisiológicas nos olhos e ouvidos quando recebe as impressões de excesso de luz ou som. O sistema nervoso e os corpos sutis reagem igualmente às impressões negativas que os atingem.

A resistência consciente negativa começa quando a pessoa registra as impressões que chegam e as detesta, amaldiçoa-as, aborrece-se com elas mas não toma nenhuma ação positiva para eliminar suas causas.

A resistência consciente positiva ou rejeição discriminada ocorre quando você registra as impressões e toma iniciativas físicas e psicológicas para eliminá-las, afastá-las ou usá-las de uma maneira criativa, se for possível. Por exemplo, você está viajando de trem e se irrita continuamente com o barulho das rodas passando pela junção dos trilhos. Agora, se você tem talento para música, você pode usar esta situação como um ritmo e compor uma música, como fez Beethoven quando estava viajando numa carruagem, sem ficar irritado.

Outro exemplo: você convive com uma pessoa que constantemente age de uma maneira tola e sem consideração, e você se julga com todo o direito de ficar irritado. Na resistência consciente positiva, você procurará encontrar uma maneira de reagir a esta pessoa de tal forma que o comportamento dela tome-se uma ajuda efetiva para você desenvolver paciência, compreensão e compaixão.

A maioria das fontes de irritação podem ser manipuladas através da

resistência consciente positiva. Isto pode ser aprendido como uma arte, se a pessoa tiver o espírito de um esportista. Por exemplo, todas as jogadas perigosas de um tenista podem ser consideradas como um impulso para obter melhor retomo. Ou as atividades organizacionais das forças densas podem suscitar uma maior solenidade, sabedoria e destemor de sua parte.

É assim que a maioria das condições desfavoráveis da vida, em lugar de criar irritação, suscitam coragem, bom senso, estabilidade, equilíbrio, ousadia e sabedoria de sua parte.

Devemos estar aptos a dizer no futuro que se poderá aniquilar a possibilidade de envenenamento com "imperil" ao se assumir a resistência consciente positiva aos desafios da vida. Devemos lembrar que a resistência consciente positiva só pode ser exercida nos planos onde nosso foco de consciência se encontra.

Existe irritação induzindo ondas sutis que chegam de fontes solares ou galácticas. A maioria de nós se encontra desprotegida contra tais ondas porque elas são gravadas nos nossos planos mentais superiores ou nos planos intuitivos, e nossa consciência geralmente funciona nos planos mentais inferiores, ou mesmo no plano físico.

Essa espécie de irritação indutora de ondas pode ser rejeitada, usual e inconscientemente, se a aura da pessoa está carregada da essência de amor, alegria e bem-aventurança, e a tonalidade global está em harmonia com as diretrizes Cósmicas.

Há também uma fonte misteriosa de irritação que pode ser chamada de "indigestão" do Ensinamento e a inabilidade de aplicá-Lo à vida. As raízes de tal irritação são muito profundas.

A sabedoria e a beleza controladas criam um conjunto de padrões no âmago da pessoa, mas se ela não consegue vivenciar esses padrões no seu dia a dia, ou aplicá-los ao mundo, ela cria um atrito interior que, muitas vezes, é chamado de frustração e sensação de fracasso. Esta situação interior gera irritação e o resultante "imperil".

Se o "imperil" alcança um certo estágio de densidade, não só gera grande mal para os mecanismos físico e sutil do homem, como também destrói os padrões estabelecidos e faz com que ele se sinta insignificante, miserável e vazio. Esta é a razão de algumas mudanças misteriosas que às vezes presenciamos em outros que, de repente, renunciam a seus princípios e passam a seguir o caminho de seus anseios e instintos mais baixos.

Há também uma condição na qual o fluxo positivo de impressões gera irritação em certas pessoas. A primeira razão é que aquelas pessoas reagem através de seus ganchos, mágoas, sugestões pós-hipnóticas e através do registro de suas experiências dolorosas. Não importa quanto amor e carinho você demonstre, elas sempre se sentirão irritadas. Por exemplo, o formato do seu nariz lembra alguém que lhes infligiu sofrimento no passado. Ou porque elas estão carregadas de tal quantidade de "imperil", que qualquer impressão positiva é absorvida por ele, tornando-o ainda mais ativo, inflamável e destrutivo.

Geralmente, o "imperil" de tais pessoas é encontrado nos canais de sua rede mental e astral.

É muito difícil influenciar tais pessoas com impressões positivas, porque a maioria dos seus centros de captação estão bloqueados pelo "imperil" e apenas uns poucos permanecem abertos.

Deve-se ser muito preciso ao procurar através de qual porta se pode encontrar a alma aprisionada, ultrapassando medos, sugestões pós- hipnóticas e os cães de guarda da associação.

O hipnotismo é uma maneira errada de alcançar a "alma", porque afasta a alma e a substitui por um comando hipnótico. Nestes casos, o atrito inconsciente entre a sugestão pós-hipnótica e a alma se transforma numa fonte de irritação e "imperil".

As pessoas têm noções muito estranhas sobre dor e sofrimento. Elas pensam que a dor e o sofrimento aumentam o seu grau de conscientização e as tornam mais humanas. Mas as coisas que elas aprendem durante o período de dor e sofrimento tornam-se sugestões hipnóticas em suas

mentes. Posteriormente, elas passam a agir sob essas sugestões pós- hipnóticas e criam seus filhos sob suas influências. A maioria dos pais fanáticos, que impõem sua vontade aos filhos ou a outras pessoas, agem sob tal hipnose.

Por exemplo, suponha que você está batendo e insultando seu filho porque esse se recusa a aceitar sua religião ou tradição e, enquanto está batendo nele, você está dizendo: "Você deve seguir a fé de seus antepassados, caso contrário não haverá salvação para você."

Essa criança assimilará a sua ordem como uma sugestão pós-hipnótica e, talvez, alguns anos mais tarde, venha a estudar sua religião e ensinará outros da mesma maneira que você lhe ensinou, fazendo com que sigam sua fé da mesma forma que você desejou que ele a seguisse.

Dessa maneira, a dor e o sofrimento bloquearão a capacidade de questionamento de seu filho, e ele perderá a visão das novas condições, as condições de mudança no mundo que exigem novas atitudes e livre arbítrio.

Mas o maior dano acontecerá quando, na hora de transmitir a tradição a outras pessoas, ele se identificar com sua imagem e com a imagem dele no passado, e reeditar o mesmo estado de irritação que existiu entre você e ele naquela ocasião.

As antigas superstições são perpetuadas de geração em geração porque são ensinadas através da dor e sofrimento.

Assim sendo, tanto quanto possível, deve-se evitar a irritação para si próprio como para os outros. Qualquer coisa que tenha valor, quando se mistura com irritação, se transforma numa fonte de problema e num fator de perpetuação da irritação e do "imperil".

Um dos meus Mestres costumava dizer: "Coisas que são ensinadas com espírito de alegria, beleza e liberdade permanecem para sempre e se adaptam às condições de transformação do mundo."

Alguém pode perguntar: "Como devemos lidar com as impressões que vêm de fontes externas, sobre as quais, como indivíduos, não temos controle,

tais como as impressões de vários crimes, notícias, televisão e rádio?" A resposta será: por intermédio da prática do desprendimento, observação e análise.

Qualquer impressão negativa deixará de criar irritação se for abordada por uma pessoa que sabe como exercitar o desprendimento, como observar as coisas de uma maneira impessoal, e como analisá-las a fim de encontrar suas causas e o processo de sua origem.

Dessa maneira, uma atitude consciente, com relação à impressão negativa, interrompe sua carga e mesmo a rejeita por completo.

Desprendimento nos ajuda a não nos envolvermos e identificarmos com impressões negativas. A observação cria uma distância entre o objeto e o observador. O observador vem a existir unicamente através de um processo de observação.

A análise é a capacidade de desintegrar a impressão, enfraquecê-la através da dissecação, encontrando a causa de sua agregação e as características das partes que a agregam.

Irritação faz uma pessoa cometer ações erradas e tomar decisões erradas. Cria uma imaginação errada, resultando em emoções negativas e ações não inteligentes.

Irritação é a causa primordial da depressão. Na depressão, o sistema nervoso fica saturado de "imperil". Variadas formas de depressões são causadas pelo acúmulo de "imperil" nos vários planos.

Existe a depressão física, emocional, assim como a mental. Em cada plano, o "imperil" retarda a função dos centros e corta o fluxo de energia que ativa o veículo onde se encontram esses centros. Quando a depressão se espalha por todos os planos simultaneamente, a alma se retira da aura e o homem entra em coma, o que dura dias ou semanas. É a alma humana retraída que dispersa o "imperil" com energia psíquica e, quando a purificação necessária é atingida, ela reocupa seus veículos.

O corpo físico tem seu sistema nervoso. Existe um sistema correspondente nos corpos etérico, astral e mental, e também existe um sistema de comunicação análogo ao sistema nervoso, entre os corpos físico e sutil.

Este sistema nervoso, ou o sistema dos "nadis" etéricos (canais nervosos etéricos) e dos mecanismos sutis correspondentes nos planos astral e mental, podem ser a meta, individualmente ou como um todo, do "imperil".

Sempre que o "imperil" se manifesta, ele se espalha lentamente para os mecanismos superiores ou inferiores correspondentes.

O "imperil" cria quatro condições perigosas:

  • 1. um bloqueio da eletricidade vital na rede do mecanismo;

  • 2. mal funcionamento dos centros e das glândulas que existem nos

corpos mental, astral, etérico e físico;

  • 3. crescimento excessivo das células para obter energia;

  • 4. inanição das células e degeneração do corpo.

No plano astral, o "imperil" cria vórtices de força ou fendilhamentos que concentram energia em certas partes do corpo astral; ou faz a energia flamejante da intuição fluir no corpo astral e danificar certos centros; ou abre as portas a entidades astrais para que elas ocupem o corpo astral do homem. Esses vórtices de força se manifestam no plano físico como várias espécies de tumores. Os fendilhamentos produzem desequilíbrio, distanciamento e turbulências emocionais, e estimulam o sistema nervoso acima de seus limites, causando com isso insônia e esgotamento nervoso.

No plano mental, o "imperil" causa muitos transtornos que podem ser simbolizados pelas palavras:

insanidade; negatividade; ânsia pelo crime; depressão; impulsos suicidas;

isolamento.

A entidade espiritual contida no corpo humano não pode irradiar sua beleza, amor e luz quando as redes de comunicação deste corpo estão bloqueadas pelo "imperil".

Quando a orientação

espiritual

é

sustada,

o

homem

perde

seu

direcionamento e vaga atrás de valores falsos. Não importa quais sejam suas descobertas, elas são usadas para satisfazer seus impulsos cegos e julgamentos insanos, emoções instáveis e um corpo carente.

A aura global está repleta de "imperil". Pode-se indagar se a humanidade estará apta a curar nosso planeta doente, nossa aura global doente e, uma vez mais, encontrar a direção para uma vida global e planetária saudáveis.

Para nos protegermos da irritação e do "imperil", as seguintes coisas são de grande ajuda:

  • 1. rosas;

  • 2. frésias;

  • 3. óleo ou chá de absinto;

  • 4. cevada;

  • 5. almíscar;

  • 6. alegria;

  • 7. amor;

  • 8. aprovação;

  • 9. reconhecimento da divindade nos outros;

    • 10. autossacrifício;

    • 11. desprendimento;

    • 12. inocuidade;

    • 13. energia psíquica;

    • 14. conversa sobre o Ensinamento;

16.

esforço em direção à Hierarquia;

  • 17. irradiação do coração;

  • 18. orar antes de dormir;

  • 19. orar antes de começar qualquer atividade;

  • 20. alheamento da mente;

  • 21. absorção no Self;

  • 22. trabalho pesado;

  • 23. mudança periódica de residência;

  • 24. contentamento;

  • 25. felicidade;

  • 26. nutrição correta;

  • 27. sono apropriado e completo repouso quando necessário;

  • 28. economia de energia;

  • 29. ordem;

  • 30. paciência;

  • 31. expansão da consciência - expansão dos próprios horizontes;

  • 32. humildade;

  • 33. dormir sob as estrelas;

  • 34. coragem;

  • 35. dignidade.

    • 1. O Ensinamento diz que a rosa impede o "imperil". Os antigos reis

cercavam seus palácios com jardins de rosas. Alguns grupos religiosos da Ásia usam o óleo de rosa em suas cerimônias de confirmação. Também eram usadas para ungir guerreiros do espírito. A ausência de "imperil" torna a pessoa altamente criativa, de mente clara, entusiasta e radioativa.

É possível usar o óleo de rosa em pequenas quantidades. Pode-se colocar umas poucas gotas de óleo puro de rosa na água do banho, após limpar seu corpo no chuveiro, ou pode-se usá-lo como perfume.

2.

A frésia fortalece o sistema nervoso, permitindo que este possa lutar

contra a acumulação do veneno do "imperil". Frésias podem ser plantadas em volta da casa. Aqueles que necessitam fortalecer seus nervos após passarem por alguma crise ou noites sombrias da alma, encontram grande ajuda em colocar frésias em seus quartos e dormir aspirando sua fragrância. Isso acalmará e regulará os nervos.

3.

O

óleo

de

absinto

dissolve as pesadas camadas de "imperil",

especialmente nas glândulas. Uma leve aplicação externa é altamente

recomendada por M.M.

  • 4. Cevada é excelente para os pulmões; fortifica e purifica os pulmões

que tenham sido envenenados com o "imperil". Pode-se usar a cevada em

sopas e outros.

5.

Almíscar,

se

for

genuíno

(isto

é,

se

for tirado

do cervo),

é

um

poderoso desinfetador. Purifica o sangue e expulsa os resíduos remanescentes do "imperil". Foi-nos dito que deve ser usado internamente em grânulos muito pequenos e em certos intervalos.

  • 6. Alegria é um grande purificador. Quando a alma humana está em

processo de liberação, ela irradia alegria.

Sua irradiação afasta os pensamentos e as correntes emocionais que contêm "imperil". Ao procurar mantermo-nos alegres, não apenas impedimos os ataques de "imperil", como também prevenimos a possibilidade de enviar aos outros pensamentos contaminados de "imperil". Alegria é um tipo especial de Fogo Solar que queima muitas correntes poluídas que tentam chegar até nós. Também purifica a poeira de "imperil" que procura pousar na aura.

Também é possível direcionar sua alegria para qualquer parte de seu corpo que esteja contaminada com "imperil". Você pode até mesmo enviar sua alegria para aqueles que representam fontes de irritação para você. Dessa maneira, você previne, em grande escala, a emanação de "imperil" dessas pessoas.

7.

Amor fundido com alegria gera milagres. Se você ama realmente uma

pessoa, ela não pode irritá-lo. Se você não a ama, mesmo que esta pessoa lhe faça boas coisas, você se irrita com ela e com sua presença. O amor constrói um escudo a sua volta e faz com que você compreenda as outras pessoas.

  • 8. Muitas pessoas são irritadas por falta de aprovação pelo que fazem

ou pelo que são. A aprovação alivia as tensões, previne a irritação e libera a energia do amor nos outros e em nós mesmos. A aprovação permite que a pessoa sinta a sua dignidade, seu valor, e se relacione em um nível mais elevado de consciência. A aprovação evita que o "imperil" se multiplique ou espalhe. A aprovação é a habilidade de ver a divindade e suas expressões. Onde quer que a divindade e os altos valores estejam enfatizados, o "imperil" tem pouca chance de êxito.

  • 9. Reconhecimento da divindade nos outros. Esta é uma qualidade maior

do que a da aprovação. Em todas as condições e circunstâncias, se vê a presença do divino, a mão da divindade. Em todos os homens, mesmo o mais corrupto, pode-se reconhecer a divindade e tentar trazê-la à tona por meio do reconhecimento. Seu reconhecimento ajuda-os a ajustar a

expressão de suas personalidades à Divindade Interior.

Muitas vezes a Mão Divina o toca de uma maneira que não lhe agrada e então você desenvolve irritação em alta voltagem. Mas se você reconhecer a Mão Divina, você aprecia Seus golpes, porque sabe que tudo é para seus próprios interesses mais elevados.

  • 10. Autossacrifício é um constante fluxo de Beleza, Bondade e Verdade:

Todas as vezes que sofrer um ataque, você pode contrabalançá-lo com autossacrifício, o que pode ser expresso como atos sacrificais.

Por exemplo, se alguém lhe rouba um anel, ao invés de se irritar, pense que você pode sacrificá-lo por alguém que estava ansioso o suficiente para ousar roubá-lo. Ou se alguém tenta magoá-lo ou irritá-lo, imagine que você não existe. É o nosso orgulho pelo falso ego que cria resistência e, daí, a irritação.

11.

Desprendimento é a habilidade de eliminar seu próprio interesse de

qualquer relacionamento com os amigos e inimigos e olhar as coisas como elas são. Por exemplo, se você está discutindo sobre alguma coisa e está se identificando com o assunto e o resultado da discussão, você não conseguirá ver as saídas, você não conseguirá debater pelo bem dos fatos e realidades. Assim que ambos os parceiros retirarem seus próprios egos

do debate ou discussão, os fatos emergirão com toda clareza.

Em todos os nossos relacionamentos, o ego deve ser esquecido, se não quisermos que a irritação se estabeleça entre nós.

  • 12. Inocuidade é a capacidade de se relacionar com as pessoas de tal

maneira que o progresso delas no caminho não seja impedido por seus atos, palavras, emoções, pensamentos e planos. Quando você irrita uma pessoa ou é irritado por alguém, você está magoando, não apenas aos outros, mas também a você mesmo. A inocuidade é a habilidade de não ser afetado pela irritação dos outros e de não irritar os outros. Um homem inofensivo constrói um escudo em sua aura que repele as flechas do "imperil".

Um dia, meu Instrutor me disse para correr e abrir a grande janela do hall e voltar para ele imediatamente. Eu me apressei, abri a janela e voltei rápido até ele, sentando-me atrás de uma árvore. Ele apontou para um menino revoltado que estava andando muito cautelosamente, olhando em volta de si. Então o vimos parar em frente ao hall, atirar uma grande pedra através da janela aberta e rapidamente fugir, desaparecendo atrás das moitas.

Quando a pedra voou dentro do hall, o Instrutor disse muito calmamente:

"Muitas vezes, abra a janela quando atacado." Isto é um exemplo de indiferença e inocuidade.

Mais tarde, o menino estava andando pelo jardim, agindo como se não tivesse atirado a pedra através da janela aberta. O Instrutor aproximou-se dele e disse: "As pedras atiradas nas janelas abertas irão cair dentro do seu Ser, e será muito difícil achá-las e tirá-las de lá." Ele estava se referindo ao "imperil".

13.

A energia psíquica, se invocada ou aplicada, não só dissipa o

"imperil" como também faz com que todos os dardos venenosos das forças

densas sejam rebatidos. A energia psíquica galvaniza o sistema nervoso e intensifica o fogo purificador nos centros energéticos e nas glândulas. A energia psíquica é prana para os nervos.

  • 14. Conversa sobre o Ensinamento. O Instrutor nos aconselha a não nos

rendermos a pensamentos ociosos, bisbilhotices, crítica ou usar nossa língua para blasfêmias comuns ou expressões odiosas. Tudo isso é fonte de irritação. Ao conversarmos sobre o Ensinamento, elevamos a vibração do local e atraímos energia psíquica e devas benévolos que amam as cores das ideias, visões e pensamentos mais elevados.

Tal conversa canaliza a energia dos Grandes Seres. Em tal atmosfera, a irritação e o "imperil" não podem residir, assim como a neve não pode existir num local aquecido.

  • 15. Intensificação da aura espiritual. Uma aura assim é construída ou

criada por nossa vivência espiritual, pelo expressar das virtudes da Alma,

das ideias divinas e da beleza em nossa vida cotidiana.

Nossa aura é o receptáculo de todas as emanações de nossos veículos e de nosso "Self". Se é radiosa com luzes e cores puras, tornar-se-á um forte escudo que impedirá o "imperil" de penetrar em nossos corpos, ou que dissolverá o "imperil" produzido dentro de nossos sistemas. É por esse motivo que os Grandes Seres querem que vivenciemos o Ensinamento e criemos uma nova frequência em nossas vidas, expressando o que há de mais elevado dentro de nós através de todas as nossas ações, sentimentos e pensamentos.

  • 16. Esforço em direção à Hierarquia. Esforço produz energia psíquica.

Orienta todo o mecanismo em direção à Alma. Atrai a energia da Hierarquia. A energia da Hierarquia é alegria, bem-aventurança e paz. Cada vez que um homem caminha em direção à Hierarquia, ele liberta uma nova carga elétrica do seu âmago, do seu "Self' que renova os velhos tecidos e lhes dá vitalidade e ímpeto para que se esforcem. Esforço remove o

"imperil" e não permite que a irritação fique depositada no sistema nervoso. A energia da Hierarquia é a maior proteção quando seu fluxo circulatório não é impedido em nosso sistema.

  • 17. Irradiação do coração. Esta irradiação é compaixão. É também a luz

da vida, a luz da vida Una. O coração é uma fonte de vida da Existência

Cósmica. Quando o nosso centro cardíaco está aberto, quando o centro do coração na cabeça está desperto, transmitimos a eletricidade da vida desta Grande Existência. Ela queima e purifica tudo que não se harmoniza com o pulsar do Coração Cósmico.

Precisamos aprender, praticamente, a irradiar essa compaixão, essa eletricidade de vida em todos os nossos relacionamentos. Essa irradiação é que irá repelir qualquer possibilidade de irritação e "imperil".

  • 18. Orar antes de dormir. Orar antes de dormir é recomendado pelos

Grandes Seres. Eleva o coração a uma dimensão mais alta, de maneira que quando o homem adormece não caia nos níveis inferiores dos planos etérico, astral ou mental, mas que contate os alvos de suas orações o mais alto possível, escapando do perigo das frequências mais baixas. Um sono assim protegido revigora os corpos etérico e físico, que então combatem melhor o "imperil".

Algumas vezes, quando a oração é realmente profunda e se sintoniza com os grandes centros, seres espirituais o acompanham enquanto seu corpo está adormecido, protegendo não somente a você, mas também seu corpo físico.

  • 19. Orar antes de começar qualquer atividade. Os hindus cantam OM

sempre que vão começar um novo trabalho. Os muçulmanos têm seu mantra que diz: "Não existe Ninguém mais, exceto Deus." Alguns cristãos dizem "Em nome de Cristo", e outros usam diferentes expressões, mas a essência é a mesma. O propósito de tal comportamento é proteger-se, através da invocação do poder do Todo Poderoso, para ir ao encontro de qualquer situação, condição e reação com a indiferença do poder espiritual. Quando esse estado de espírito cresce em você, pode-se enfrentar quase qualquer

situação na vida sem ficar chocado ou confuso.

Suas orações os unem, não somente com o mais Alto que habita em seu íntimo, mas também com o mais Alto do universo. As orações os protegem de envolvimento com a irritação e o "imperil".

  • 20. Alheamento da mente. Esta é uma técnica que os grandes discípulos

usam para desviar sua atenção de tudo que é inferior, negativo, hostil ou destrutivo. Com esse alheamento, eles estão atentos a tudo que está acontecendo nos planos inferiores, mas não estão envolvidos neles. Isso pode ser cultivado através de exercícios de concentração.

  • 21. Absorção no SelfEste é um estágio mais avançado, quando sua

consciência está absorvida na Tríade Espiritual, ou mesmo no "Self', e você

observa os acontecimentos externos sem o mínimo traço de irritação. Algumas vezes, esse estado de espírito é chamado de êxtase, nirvana ou bem-aventurança, no qual nenhuma flecha hostil lhe alcança e você irradia serenidade e bem-aventurança, apesar das tempestades que estão acontecendo nos níveis inferiores. Este estado pode ser alcançado através da meditação e da contemplação.

  • 22. Trabalho pesado é uma maneira de quebrar e dissolver o "imperil",

fortalecendo a rede do seu sistema nervoso. O trabalho pesado, eventualmente, libera secreções benéficas de suas glândulas que limpam o "imperil" e reparam seus danos nos tecidos e órgãos. O trabalho pesado também extrai energia dos compartimentos secretos dos centros de energia que, como reservatórios secretos, contêm energia que só se libera sob alta pressão. Essas energias têm um grande efeito purificador sobre o seu sistema.

  • 23. Mudança periódica de residência. Algumas vezes é muito sábio

abandonar um lugar onde existiram discussões, irritações e estados negativos de mente, emoções e corpo. É muito interessante notar que, à proporção que aumenta a altitude de um lugar, o "imperil" diminui. Altas montanhas e ar puro contêm mais prana e energia psíquica, que são vitaminas benéficas para reabilitar a saúde daqueles que sofrem com

irritação e "imperil". Desertos inclementes e, curiosamente, o ar e a água do oceano, possuem a mesma qualidade curativa.

Não se trata apenas de mudar de casa mas, também algumas vezes, de cidade, de estado e até de país, se necessário. Uma mudança, se feita com plena consciência, ajuda a eliminar muitos perigos futuros à saúde física e mental, e aumenta a criatividade. Mas não se deve criar a ilusão de que só mudando de lugar você se beneficia. Os novos lugares devem ser escolhidos com grande discernimento.

  • 24. Contentamento. Isto não é satisfação com o que você é ou tem.

Contentamento é uma serenidade espiritual na qual as condições de sua personalidade e de seu ambiente não conseguem perturbar seu contato com a paz e o espírito. Você é feliz e contente na bem-aventurança do seu espírito, apesar das condições adversas no mundo inferior. Contentamento

lhe proporciona uma maneira muito desprendida de trabalhar para mudar as condições da vida, sem ser contaminado por elas.

  • 25. Felicidade. Uma pessoa feliz repele irritação. A irritação não

consegue construir seu ninho em um homem feliz. É por essa razão que se

deve ser não apenas alegre, mas também feliz. As pessoas têm dificuldade de discriminar entre esses dois estados. Alegria é o estado da alma humana que não está identificada com a personalidade. Felicidade é o estado de alma de quem está identificado com a personalidade e aprecia a vida na personalidade. Seres humanos felizes e ambientes felizes ajudam as pessoas a não caírem nas armadilhas da irritação.

"Nem o descontentamento, nem a irritação, mas a sensação de felicidade é necessária, porque é verdadeira felicidade criar as obras do Instrutor." (15)

A verdadeira felicidade é o resultado de saúde, emoções positivas, pensamento claro e um coração generoso.

  • 26. Alimento e nutrição corretos são essenciais para o corpo, porque um

corpo fraco é um ninho para germes e alimenta o "imperil". Os sedimentos do "imperil" são alimentados pelo enfraquecimento do nosso corpo, emoções e mente. Substâncias mentais e emocionais enfraquecidas servem de alimento ao "imperil".

Um corpo forte e saudável também ajudará a saúde dos corpos astral e mental, pois não dá oportunidade ao "imperil" de se multiplicar ou causar irritação adicional. Um homem no caminho cuidará bem do seu corpo através de uma dieta correta, exercícios apropriados e sono suficiente. Pessoas mal nutridas produzem "imperil". Uma das tarefas dos discípulos é ensinar à humanidade a dieta correta, e ajudar a distribuir alimento àqueles que estão sofrendo de má nutrição.

  • 27. Sono apropriado e repouso completo quando necessários. O sono

apropriado é aquele compreendido entre o período de 22:00 e 5:00 horas da manhã. Em altitudes mais altas, pode-se reduzir as horas de sono. O sono não só repara as partes danificadas do corpo, mas também fortalece os nervos para lutar contra o "imperil" e a resultante irritação. Uma criança que não dorme o suficiente fica irritada. Uma mãe que está amamentando e que não descansou o suficiente fica irritável, e amamenta seu filho com "imperil" através de seu leite. É por essa razão que nos tempos antigos a mulher era proibida de amamentar seu filho quando estava irritada, ou

constantemente irritada.

Repouso é a ausência de conflito no interior da mente, no interior dos corpos emocional e físico. É um estado de contentamento e alegria. É um estado de harmonia e equilíbrio. Você pode até estar em repouso no momento de seu maior esforço em direção à realização. Repouso é um estado de afastamento das situações de conflito e desarmonia e a entrada em um estado em que existe equilíbrio, solução, compreensão e esforço em direção ao Infinito.

Repouso é a habilidade de ser honesto consigo mesmo e com os outros. Repouso é pureza de coração. Repouso é inocuidade. Repouso é fundir-se com a realidade imutável que existe no interior do seu Âmago.

Quando os Grandes Seres nos sugerem repouso, Eles não querem dizer que nos deitemos e mergulhemos na inércia. Eles nos sugerem harmonizar todas as nossas ações e expressões com o ritmo do nosso Âmago Espiritual. O verdadeiro repouso é a ausência de atividades, emoções e pensamentos contraditórios; é quando você penetra na esfera de beleza, harmonia, amor, verdade e bondade do seu interior e relaxa todos os centros de energia conflitantes do seu sistema.

A tensão do esforço abre os portões do repouso e dissipa o "imperil". Irritação é a ausência do repouso.

"Imperil" não se forma quando a pessoa está em harmonia com seu interior e com o universo. Harmonia é repouso.

  • 28. Economia de energia. A maior parte do "imperil" se multiplica e

cristaliza nos canais nervosos devido à falta de energia, que é desperdiçada pela excessiva atividade sexual nos planos físico, emocional e mental. As reações e hábitos sexuais são uma fonte de irritação para as pessoas. Frequentemente elas tentam se libertar da irritação e frustração exaurindo suas energias, mas acontece que caem numa armadilha ainda maior porque, quanto mais dispersam suas energias, mais se tornam propensas à irritação.

A maneira de dominar a irritação que resulta da licenciosidade sexual é através da economia e autocontrole, direcionando nossa atenção para visões e planos de serviços mais elevados. Mestre Morya uma vez sugeriu que não se deveria nem mesmo fazer gestos desnecessários, porque representam um desperdício de energia. A economia é imperativa para aqueles que estão se preparando para escalar níveis de realização mais elevados.

  • 29. Ordem. A ordem é uma grande prevenção contra a irritação. Muitas

pessoas ficam irritadas quando perdem alguma coisa, quando trocam o lugar de alguma coisa, ou quando não há mais ordem e harmonia no ambiente que as cerca. Uma secretária que não sabe onde está uma determinada carta ficará irritada ao procurá-la. Um homem ordeiro ficará irritado ao ver uma mesa de trabalho ou um escritório onde reina o caos.

Tais condições exercem muito peso sobre nosso sistema nervoso e causam irritação.

Também pode-se notar que as pessoas usualmente desordeiras são aquelas facilmente atingidas pela irritação e acumulam uma grande quantidade de "imperil". "Imperil" toma as pessoas letárgicas e as conduz à apatia.

  • 30. Paciência. Paciência é um forte escudo contra a irritação. Quando

alguém aprende a ser paciente, corta em noventa por cento as fontes de

irritação. A paciência é uma habilidade que nos conduz aos domínios do futuro e do Infinito.

"É um consolo saber que a paciência vence qualquer irritação. Na intensificação da paciência, cria-se uma substância especial que, como um poderoso antídoto, neutraliza até o ‘imperil’. Mas, por certo, a paciência não significa insensibilidade. Na indiferença criminosa, não se manifestam as reações benévolas. A paciência é uma tensão consciente e uma oposição às trevas." (16)

Nos ensinamentos esotéricos, grande ênfase era posta na paciência, e condições especiais eram criadas para cultivar a paciência. Numa das escolas no Oriente, era usado o seguinte esquema para o treinamento da paciência:

  • a. andar três km por dia com alegria, amor e um sorriso;

b.

começar

andando

três

km

por

dia;

depois

cinco;

depois

sete;

continuar assim durante seis meses sem se queixar ou ficar aborrecido;

  • c. abster-se alegremente de comer à mesa enquanto os outros comem;

  • d. adiar qualquer tipo de prazer;

  • e. tentar ficar silencioso e indiferente em condições tentadoras;

  • f. exercitar a reserva interna e externa;

  • g. adiar suas reações para com as pessoas e coisas em determinadas

ocasiões excitantes e manter sua serenidade;

  • h. permanecer em sua casa por

solitário ou deprimido;

uns poucos dias

e evitar sentir-se

  • i. assumir um trabalho difícil e terminá-lo com toda a atenção. Por

exemplo: misturar quinze mil contas de todas as cores e enfiá-las num fio

seguindo uma determinada sequência numérica: uma vermelha, três amarelas, duas verdes, cinco cor de laranja, e assim por diante. Assegurar- se de que existe um padrão harmonioso. Quando terminar, desmanche e comece de novo;

  • j. tomar conta de uma criança hiperativa após decidir que, não importa o que ela faça, você permanecerá totalmente indiferente;

  • k. exercitar a paciência em suas reações para com toda sua família e

amigos;

  • l. tentar manter-se calmo e alegre sempre que as pessoas se atrasam em seus compromissos pessoais ou em cumprir suas promessas.

Como um todo, ensine paciência a sua personalidade. Paciência se desenvolve em você à medida que você expande seu sentido do Infinito.

Irritação está intimamente ligada com impaciência, que acelera o dano do "imperil" em nosso sistema.

Curiosamente, a impaciência direciona o "imperil" da área do plexo solar para os órgãos sexuais e as extremidades do corpo.

  • 31. Expansão da consciência permite que raios maiores penetrem em

nosso sistema e nos impede de sermos afetados pelas ondulações do oceano

da vida. Ao expandirmos nossa consciência, prevenimos os ataques da irritação causados pelos pontos de vista e interesses separatistas. Irritação é um parente muito próximo do espírito de separação. A expansão da consciência constrói pontes sobre as brechas do isolamento e, dessa maneira, bloqueia a fonte de irritação.

Alguém fica irritado porque existe uma outra religião, ou existe outra

interpretação da mesma religião, ou porque outra nação ou outro interesse existe. A expansão da consciência limpa essas fontes de irritação e encaminha o ser para a unidade. É raríssimo existir irritação em alguém que tenha um campo de consciência unificado.

Um dia a história revelará que os sofrimentos humanos surgiram através daqueles que, por sua atitude separatista, desenvolveram irritação e "imperil", e produziram planos para destruição.

  • 32. Humildade é a habilidade espiritual pela qual você pode permanecer

ileso apesar das várias formas de ataque que chegam a você vindas de fontes variadas. A humildade não resiste ao mal, embora extermine a raiz dele, a causa dele. As pessoas pensam que humildade é um sinal de fraqueza. Não é assim. A verdadeira humildade é o resultado da conquista de um grande poder e sabedoria que não contra-ataca. Ao invés disso, segura a mão do agressor até esta ficar entorpecida e, então, sorri e deixa- o ir para digerir a lição.

Ser humilde é ser uma grande montanha que não é movida por ventos ou ataques. Um homem é humilde porque sabe que o grande "Self" é a fonte de toda sabedoria e poder. Através da humildade, a irritação é rechaçada.

  • 33. Dormir sob as estrelas quando não há luar, ou quando se está

protegido do luar, é muito benéfico para o sistema nervoso. Ajuda a minimizar a irritação. Os raios das estrelas e galáxias são as irradiações dos Grandes Espíritos, das Grandes Entidades. É possível acumulá-los em nossos planos superiores por intermédio da meditação ou contemplação, e expulsar o "imperil" do nosso sistema. Pode- se conseguir o mesmo resultado pela concentração de todo o seu ser em visões do futuro.

  • 34. Coragem. A energia psíquica pode ser aumentada através de atos de

coragem. Quando uma pessoa libera o foco concentrado de energia existente no seu Ser mais íntimo, para atingir novos níveis de criatividade e serviço sacrificial, a energia psíquica flui na aura da pessoa com chamas azuis e vermelhas. É esta energia que constrói um escudo a nossa volta e queima todos os

ataques de irritação, "imperil" e medo. Um grande Sábio diz :

"Em tempos de confusão, sem dúvida, a energia psíquica não pode ser condensada para começar a agir. Mas através da coragem, a energia psíquica pode explodir como uma poderosa chama, formando, como se realmente o fosse, um escudo contra o mal invasor." (17)

  • 35. Dignidade é a habilidade de habitar e permanecer na presença do

Guia Interior e na presença do Mestre. Tal atitude lhe permite olhar para a vida sob o ponto de vista e medidas da Alma e do Mestre. Dignidade é a

capacidade de permanecer dentro do seu "Self' essencial e ter uma visão desprendida dos interesses triviais da vida.

"Deve-se preservar a dignidade, porque este sentimento não permitirá irritações pequenas e fúteis, nem decadência." (18)

"Não é sem razão que eu insisto sobre dignidade, porque ela é o alimento do coração. Não é pela condenação ou irritação, mas pela dignidade, que nos preparamos para a grande marcha para a frente." (19)

Através da dignidade irradiamos nossas conquistas espirituais e inspiramos e encorajamos as pessoas a fazerem o mesmo esforço. A reprovação e a irritação prendem as pessoas à imagem do passado, e impedem-nas de olhar em direção ao futuro.

Dignidade alimenta o coração. E é no coração que o espírito está ancorado. O espírito brilha como uma chama pura quando é alimentado pela dignidade. Na realidade, o espírito é uma chama com a forma de um coração. Seu reflexo é o que chamamos de "o coração".

Dignidade é o momento do nascer do sol no nosso interior.

"Deve-se ser capaz de passar pelo menos um dia sem a menor irritação. O ‘imperil’ corrói os mais significativos reflexos da energia. Os efeitos mais significativos são obscurecidos por um cristal de ‘imperil’. Não se deve

  • 17 Agni Yoga Society, Fiery World, Vol. m, § 413.

  • 18 Agni Yoga Society, Heart, § 435.

considerar que o 'imperil' seja somente uma planta caseira; seu odor se espalha amplamente e empesteia todas as correntes. Assim, quando Eu falo contra irritação, não me refiro ao dogma, mas sim a uma recomendação médica. Como sempre, esta consideração deve ser cumprida a partir de agora." (20)

A energia psíquica se irradia para fora dos nossos corpos. Pode mesmo ser captada em um filme se a irritação e o "imperil" não interferirem.

A maioria dos esforços empreendidos em fotografar emanações sutis falham porque o fotógrafo e a pessoa a ser fotografada não conseguem ficar sem irritação.

O Mestre Morya diz: "O ‘imperil’ corrói os mais significativos reflexos da energia." É por esse motivo que muitos experimentos psíquicos fracassam, por causa da irritação e do "imperil".

Também é verdade que algumas pessoas muito cultas e capazes não conseguem impressionar e guiar outras em direção ao caminho do esclarecimento e da beleza. A irritação e o "imperil" que existem em suas naturezas, impedem essas correntes de alcançá-los, ou poluem as correntes de tal maneira que criam resultados inversos: rejeição, indiferença, até traição.

É possível ter-se grandes visões e grandes inspirações e, apesar disso, viver uma vida estéril por causa do "imperil" existente em nosso corpo.

A criatividade aumenta à medida que a irritação diminui. A ausência da irritação é o momento da criatividade. Criatividade é manifestação de Beleza, de Bondade e de Verdade. Muitos artistas promissores falham em seu caminho para o sucesso quando permitem que a irritação se instale e envenene todo o seu ser.

Também existe a imitação da arte, como a música das discotecas, a música alucinógena e a do rock, que transmitem pesadas dosagens de "imperil".

As vítimas de tais músicas sentem uma enorme necessidade de usar drogas e fumar maconha para tranquilizar suas irritações. Isso é ainda pior do que a música porque, combinadas com irritação, as. drogas e a maconha produzem mais "imperil".

Certos filmes são transmissores de irritação e "impe- ril". É por esta razão que Mestre Mórya, referindo-se à irritação, diz: "É imperativo expulsar esta besta de casa." (21)

O "imperil" não só impede a radiotividade do "Self' Interior na realização de um real trabalho e vivência criativos, como também impede ou deforma o fluxo de energia das "Forças de Luz". Quando a humanidade está obscurecida por uma camada de "imperil", as forças da Hierarquia não conseguem criar as condições para uma resposta consciente da humanidade. É por esta razão que muitas raças se degeneraram durante o caminho da história humana.

Grandes Seres e Existências, expressando a Si Próprios através dos grandes sóis e constelações, podem nos impressionar e esperar um registro consciente de Suas mensagens, apenas quando nossos aparelhos receptores estiverem limpos dos sedimentos do "imperil".

Em muitas irmandades, há uma regra especial de que a irritação deve ser mantida afastada dos grupos e das reuniões. O líder aconselha a todos os membros, sugerindo o não comparecimento no caso de haver rancor em seus corações contra qualquer um dos outros membros. Eles achavam que, se tais pessoas estivessem presentes ao grupo, ou aos encontros, elas estariam constantemente produzindo "imperil" e poluiriam o grupo, a reunião e toda a comunidade em geral.

Os membros mais adiantados são instruídos para permanecerem fora de qualquer comitê, ou de qualquer trabalho sério do grupo, e de se isolarem por um certo período até que o ataque de irritação seja dissolvido. A mesma instrução era dada às famílias dos líderes. Eles deveriam praticamente

21 Agni Yoga Society, Community, § 78.

isolar os membros irritados de suas famílias nos quartos de hóspedes até que, por uma abordagem correta e um tratamento apropriado, o ataque se dissipasse.

No Ensinamento, nós lemos: "Quando há poeira de pimenta no ar, todos começam a espirrar. Da mesma maneira pode o ‘imperil’ se espalhar." (22)

Em reuniões adiantadas, nas quais ações decisivas deveriam ser tomadas, os líderes costumavam manter a reunião tanto quanto possível nos níveis da Alma ou transpessoais e, se em raras ocasiões a irritação se infiltrava, costumavam adiar a reunião até uma outra oportunidade. Costumavam pensar que qualquer decisão tomada num clima de irritação poderia levar a resultados destrutivos ou ao fracasso. Numa atmosfera de irritação, as forças negras exercem suas influências. Por esta razão é que nos aconselham que decisões devem ser tomadas em silêncio e serenidade.

O Ensinamento diz: "Nada irrita tanto o elemento ígneo quanto um pensamento desordenado." (23) Um homem pode ser vítima de pensamento desordenado por vários motivos:

  • a. falta de integração da personalidade;

  • b. um processo de desintegração acontecendo em sua personalidade

devido ao "imperil", medo, ódio ou dúvida;

  • c. danos causados ao seu cérebro por intermédio de pensamentos negativos e maldosos;

  • d. confusão devido a um fraco preparo;

  • e. manter-se contra o Plano e a Hierarquia;

  • f. consciência dos fatos e vivência contrária a seu conhecimento e crenças;

  • g. domínio do corpo emocional agitado;

  • 22 Agni Yoga Society, Fiery World, Vol. I, § 161.

h.

drogas, métodos errôneos de meditação, fumo e desperdício de

energia sexual;

i.

alguns exercícios psicológicos e descobertas prematuras de vidas

pregressas etc.;

j.

liberação de muita luz interior sem estar preparado para tal.

O pensamento desordenado é como música tocada por um instrumento desafinado. Quando os centros da cabeça não estão coordenados e afinados com o expansivo Lótus de doze pétalas, não há ordem no pensamento. Ele não tem semente, nem desenvolvimento, nem propósito. Tal pensamento irrita o elemento ígneo no espaço e na esfera etérica do homem, suscitando reações violentas.

É muito importante não levar as pessoas a práticas prematuras. Por exemplo, a meditação praticada por pessoas jovens poderá ter efeitos desastrosos em suas vidas se elas tiverem menos de quinze anos. É aconselhável que elas desenvolvam primeiro uma forte base física, emocional, moral e de aspiração, antes de se envolverem com técnicas sérias de desenvolvimento espiritual.

Muitas pessoas, mesmo entre os vinte e trinta anos, não estão preparadas para a meditação, se seu desenvolvimento físico e emocionai não estiver orientado para o viver correto. Pressão prematura sobre o cérebro ou mente resultará em pensamento desordenado que poderá eventualmente causar irritação e "imperil".

O Ensinamento nunca deve ser imposto. Ao contrário, aqueles que estiverem prontos, virão e conquistarão "o Reino de Deus pela violência".

No Ensinamento, tensão é diferenciada de irritação. Existe uma diferença muito sutil entre elas. Tensão é o acúmulo de energia para se realizar uma tarefa ou atingir vibrações mais elevadas. Irritação é o processo de desconexão de um sistema alinhado e integrado. Tensão é um processo de entrosamento. Irritação é o fracasso do alinhamento e a criação de atrito. Pode-se conseguir seus objetivos através da tensão, mas fracassar através

da irritação.

Autoexercício é o resultado de crescimento da tensão espiritual, mas irritação é um ato de autodestruição. Uma pessoa irritada começa a perder o controle de seu mecanismo. Ela perde o controle de seu julgamento e vê as coisas em suas formas distorcidas.

Irritação interrompe a eletricidade do coração e impede a corrente de atingir certas partes do corpo. Irritação impede a expansão do calor do coração.

Um dos meios de proteção contra a irritação é repetir o nome de Cristo. É também muito proveitoso aprender alguns versos do Bhagavad Gita ou do Agni Yoga, e repeti-los nas ocasiões certas.

Por exemplo, quando morre um ente querido, você se consola repetindo o seguinte verso do Bhagavad Gita:

"Na verdade, nunca houve um tempo em que eu não existia, nem você, nem estes dirigentes de homens; tão pouco virá um tempo em que nós deixaremos de existir." (24)

A cura à distância é possível se o paciente não está irritado.

nervosos, transmissão de Agni." (25)

"Os

centros

como

vasos

ígneos,

prontamente

aceitam

a

Mas se o paciente está em irritação, seus centros nervosos rejeitarão a corrente de energia benéfica. Irritação bloqueia os canais nervosos com "imperil".

Observa-se que a irritação prejudica a vista e bloqueia a corrente de energia que flui através dos olhos e que cria contatos. O "imperil" tira a vivacidade dos olhos.

"Por que deveria o mal às vezes parecer vitorioso? Somente devido à instabilidade do bem. Por um método puramente fisiológico, pode-se

  • 24 The Bhagavad Gita, traduzido por T. Saraydarian, Cap. 2, Verso 12.

provar que o domínio do mal tem vida curta. O mal emerge com o ‘imperil’, mas pode a princípio produzir somente um forte clarão; posteriormente começa a deteriorar e gradualmente destrói seu próprio criador. Isso significa que, se Agni também está parcialmente manifestado, não cessará de crescer. Consequentemente, quando o ‘imperil’ começa a decompor-se, Agni, ao contrário, adquire sua força total. Portanto, eu aconselho que o primeiro ataque do mal seja suportado, para deixar o mal à sua própria destruição. Além disso, durante o duelo entre o bem e o mal - em outras palavras, entre ‘imperil’ e Agni - o último crescerá à medida que o ‘imperil’ deteriora o seu possuidor. Assim, dever-se-ia observar o duelo entre baixo e alto, mas somente uma consciência madura pode encorajar alguém a suportar o mal. É proveitoso lembrar-se disso e juntar não só a força, mas também a paciência, a fim de vencer aquilo que em si está condenado ao aniquilamento. Eu afirmo que a verdade ‘Luz vence escuridão’ tem até uma base fisiológica" (26)

O "imperil" é autodestrutivo, e aqueles que produzem este veneno serão derrotados pelo veneno. A coisa mais importante a fazer na hora de algum ataque é suportar o mal e neutralizar-se pela dignidade, magnanimidade e outros meios. Imediatamente quando alguém encontra seu equilíbrio e evoca a energia psíquica ou Agni, sua posição se fortalecerá sobre a pessoa carregada de "imperil". O mal é mantido vivo somente pela aceitação da entrada do "imperil" e pela resistência a ele. Esta é uma das lições nunca aprendida pela humanidade como um todo. A anulação do "imperil" é o crescimento do fogo espiritual.

O "imperil" é como o ácido que queima seu recipiente. A pessoa deveria proteger-se e ter paciência para não ver o recipiente queimar-se. Muitos grupos e muitas nações que produziram "imperil" desapareceram para sempre. Aqueles que estão seguindo estes caminhos, terão o mesmo destino. Mas "Agni" crescerá e os possuidores de "Agni" florescerão.

"As pessoas sabem há muito tempo que o ritmo acende fogos coletivos e

ajuda no impedimento da irritação e

desunião..."

(27)

Movimentos rítmicos, dança rítmica, canto e música são ensinados em todas as escolas secretas. Ritmo é um grande agente de integração. Também libera energia dos centros nos vários corpos e regula seus entrosamentos.

Ritmo físico é diferente do ritmo emocional. Ritmo emocional é diferente dos ritmos mental, intuitivo, átmico, monádico e divino. Movimento rítmico expressa a energia correspondente ao plano com o qual está relacionado o ritmo. Assim, alguns movimentos rítmicos transmitem energia etérica, astral ou mental. Também podem transmitir energias mais elevadas. É ainda possível que, através de determinados ritmos, um grupo possa transmitir energias zodiacais. Diferentes ritmos transmitem energia para cada signo.

O canto rítmico tem efeitos similares. A energia transmitida se espalha não só no físico, mas também nos planos astral e mental, enquanto que, no movimento rítmico, a energia se espalha mais nos planos etérico e físico.

A dança e a canção rítmica são o melhor caminho para transmitir energia aos planos físico, etérico, astral e mental. É esta energia psíquica transmitida que purifica o sistema nervoso, glândulas e centros, protegendo o homem da irritação e "imperil". Quando o homem é rítmico, ele brilha com vários fogos. O ritmo desenvolve o elemento "sattva" nos veículos da personalidade.

Há também o chamado "ritmo-caótico" que, combinado com notas dissonantes, multiplica o "imperil". Alguns pássaros estimulam a irritação e o "imperil" através de seus cantos, enquanto que outros carregam a atmosfera com grande alegria.

Repolho, aspargos, aipo, álcool, drogas e carne alimentam o "imperil". Estes alimentos devem ser evitados quando um grupo pretende praticar cantos, movimentos ou dança rítmica.

"Aborrecimento é a praga do Mundo. Ele reage sobre o fígado e produz certo bacilo, o qual espalha uma ação altamente contagiosa. O Imperador Abkar, sentindo o aborrecimento em alguém, reunia músicos para que um novo ritmo interrompesse a infecção. Esse ato, embora físico, trazia resultados benéficos." (28)

O aborrecimento tem uma grande afinidade

com

a

irritação. O

aborrecimento é a porta para a irritação. Começa no corpo emocional, se

espalha pelo corpo mental, desce para os nervos irritação.

e

se

transforma em

Nos países orientais, para prevenir aborrecimentos em pessoas que foram feridas ou passaram por cirurgias leves, e deveriam permanecer acamadas por alguns dias, músicas e danças eram usadas, ou grandes contadores de histórias eram convidados para distraí-los. Desta maneira, mantinha-se a alegria e o aborrecimento era repelido.

O aborrecimento também traz amargura, irritação e "imperil". O "imperil" combinado com o bacilo do aborrecimento cria doenças degenerativas em vários órgãos, afetando especialmente o fígado.

"Imperil" também é tratado por meio de certos choques. Se alguém é clarividente e pode ver ou sentir a área de maior acúmulo de "imperil", pode provocar um choque na pessoa, golpeando repentinamente a área, de tal maneira que todo seu fogo elétrico se focalize por um instante no ponto de contato. Tal foco de fogo destrói e limpa o "imperil".

Existem outros métodos perigosos de choque para as pessoas recuperarem a visão ou eliminarem a paralisia, mas tais métodos só devem ser usados por aqueles que sabem como aplicá-los de maneira correta e com experiência suficiente.

"Muitas vezes choques restauram a visão, audição ou outros sentidos afetados. Isso não faz crer que o cristal do ‘imperil’ e outros sedimentos tenham sido subitamente expelidos pelo organismo? Assim, esforce-se

28 Agni Yoga Society, Fiery World, Vol. II, § 165.

para entender porque, antigamente, o choque era aplicado às vezes no tratamento de algumas doenças e paralisias." (29)

Temos conhecimento sobre as úlceras, mas há também úlceras que aparecem em nosso corpo astral. Estas úlceras são produzidas pelo "imperil" e desejos baixos. A natureza tenta curar essas úlceras dos corpos sutis expelindo-as pelo corpo físico. A maioria das doenças físicas são a purificação dos corpos sutis. As doenças dos corpos sutis podem se manifestar através do corpo físico com a finalidade de serem curadas nos corpos sutis.

As úlceras dos corpos sutis

"

são

levadas

para

o Mundo

Sutil se não forem sanadas na terra.

A

liberação

do

veículo

físico

não

significa

libertação

das

úlceras

espirituais." (30)

"Manchas percebidas na aura devem ser estudadas como indícios de várias úlceras espirituais." (31)

"Preocupação é um abismo de miséria. Aquele que se rende à preocupação é como um homem em uma casa incendiando. Nuvens de fumaça quase o consomem. Ele está ansioso para sair da casa Fragmentos de pensamentos estão se agitando e o enchem de irritação. No caos, nasce o medo e a vontade fica paralisada Por isso deve-se evitar a preocupação. Todavia, calma não é ausência de sentimento nem inércia" (32)

Havia uma linda canção que o povo no Extremo Oriente usava cantar no tempo de crise, para encontrar conforto. Era:

"Eu não encho meu coração com preocupação. Eu não me preocupo com coisas do passado, porque não posso mudá-las.

  • 29 Agni Yoga Society, Fieiy World, Vol. II, § 165.

  • 30 Agni Yoga Society, Fieiy World, Vol. III, § 103.

  • 31 Agni Yoga Society, Fieiy World, Vol. III, § 588.

Não me preocupo com coisas do presente, porque posso lidar com elas.

Eu não me preocupo sobre coisas no futuro, porque eu sei que o futuro será sempre belo, se eu andar no caminho reto em direção à minha visão."

A preocupação é dispersada pela análise e planejamento na direção correta, e daí pela elevação da nossa consciência para um nível mais alto. Foi-nos dito que a preocupação habita o plano mental inferior e cria vórtices nos quais um homem é aprisionado. A expansão da consciência em direção às estrelas e para o infinito quebra o feitiço da preocupação e libera a pessoa.

Algumas pessoas invocam a luz de suas Almas. Algumas invocam a luz do Cristo. Algumas entram em profunda meditação e contatam a Essência do seu ser. Estas são técnicas para serem usadas ao menor sinal de preocupação.

Na Segunda Guerra Mundial, quando os tempos eram negros, o Mestre Tibetano constantemente repetia: "A Hierarquia permanece e Cristo está mais perto do que nunca da Humanidade."

"A derrota da falsidade deve acontecer pela elevação da Espada Ardente, mas não pela irritação." (33)

A

espada ardente é sempre o símbolo

da ação decisiva

vontade

e

visão

clara. Irritação leva

à

ação

errada, a

com força de envolvimentos

emocionais e egoísticos. A elevação da espada ardente é a ação de um

guerreiro poderoso, quando o clarão do espírito está operando em sua total

intensidade.

"

...

Irritação

"

...

Luz

não

se

se

aglutina

é um pobre condutor." (35)

com

irritação

e

medo." ( 34 )

"Se as precipitações do espaço sobre as cidades fossem investigadas, algo

parecido com o ‘imperil’ seria encontrado entre as substâncias venenosas.

Observando atentamente este veneno, chega-se à conclusão de que é

‘imperil’ exalado pela respiração do mal. Indubitavelmente, uma

  • 33 Agni Yoga Society, Aum, § 66.

  • 34 Ibid., § 144.

respiração impregnada pelo mal é portadora de efeitos prejudiciais. Se um veneno pode ser depositado no organismo, devido à irritação, se a saliva pode ser venenosa, então a respiração também pode ser um portador de veneno. É necessário julgar quanto mal está sendo exalado e quão multiformes são os aspectos do mal comprimido nas novas combinações de venenos presentes nas enormes multidões de pessoas. Isso é acrescido pela variada eflúvia dos alimentos em decomposição e toda a espécie de refugo que sujam as ruas, até nas metrópoles. É tempo de cuidar da limpeza dos quintais. A limpeza é necessária fora das casas e na respiração humana. O ‘imperil’ exalado pela pessoa irritada é idêntico ao lixo sujo e vergonhoso. É imperativo despertar a consciência das pessoas para o fato de que cada pedaço de sujeira infecta os que estão à volta. A sujeira da dissolução moral é pior que todas as excreções." (36)

"Nada pode vindicar a autogeração de veneno, isto é o equivalente a assassínio e suicídio. Mesmo a pessoa mais subdesenvolvida sente a aproximação de tal portador de veneno. Sofrimento, ansiedade e medo estão com ela. Muitas doenças físicas se manifestam pela infiltração do ‘imperil’ - exatamente como se um agitador tivesse se introduzido." (37)

Lembro-me de um dia quando meu pai, falando sobre genocídio, disse:

"Nós sabíamos sobre seus planos. Seus seres estavam inteiramente mergulhados em irritação. Alguém poderia até sentir o veneno que guardavam em suas entranhas. A cascavel não poderia mais suportar a pressão do veneno acumulado: uma vítima tinha de ser encontrada."

Quando eu estava estudando a psicologia do genocídio, vi claramente o que meu pai queria dizer. Havia um planejado e sistemático sistema de injetar irritação nas veias dos líderes, que produzia abundância de "imperil". Este "imperil" não só os impelia ao genocídio, mas também obscurecia a luz de suas consciências e de suas Almas. Notava-se que, quando chegavam ao fim de suas ações destrutivas, o governo e a nação entravam em colapso.

36 Agni Yoga Society, Aum, § 293. 37 Agni Society, Aum, § 294.

Quando os líderes perdiam a serenidade e o senso comum, eram apanhados na chama do ódio, raiva, vingança e irritação, e podia-se ver claramente a decadência da nação ou de um grupo delas.

É bem possível que, antes de um criminoso ser produzido, a irritação seja injetada nele pelas forças negras. Depois que ele é tomado pela irritação, raiva e vingança, o "imperil" crescerá abundantemente e ele não hesitará em cometer crimes.

Na cidade onde cresci, havia um juiz digno, cheio de sabedoria e coragem. Um dia, falando com meu pai, disse:

"Eu não sei sair do meu escritório sem me livrar de tudo aquilo que seja irritável ou tenha irritação. Eu mesmo posso sentir a negatividade e a emanação do seu odor no meu escritório."

Mais tarde, perguntei a papai o que era irritação. Ele respondeu: "Irritação é como cupim. Mata a vida e impede o pensamento claro ou observação clara."

"Na raiva e irritação, o homem se considera forte - isto de acordo com as considerações terrestres. Mas do ponto de vista do Mundo Sutil, o homem irritado é especialmente fraco. Ele atrai para si um grande número de pequenas entidades que se alimentam das emanações da raiva. Além disso, ele deixa cair suas barreiras e permite aos seres inferiores até lerem seus pensamentos. Por isso, o estado de irritação é inadmissível, não só como produtor de ‘imperil’, mas também como um portão aberto para entidades inferiores."

"Certamente, cada pessoa irritada prontamente concorda com essa explicação mas, imediatamente, sucumbe a uma maior irritação - tal é a natureza do ser humano comum. É espantoso quão facilmente eles concordam, só para ceder mais facilmente outra vez. Para isso, inventam justificativas singulares. O Mundo Superior pode até parecer culpado na consciência desordenada do habitante terrestre superficial! É incrível observar pessoas pondo a culpa de todos os seus males no Mundo Superior!"

"Assim, pode-se notar que as verdades mais simples devem ser repetidas constantemente." (38)

Foi-nos dito que muitas emoções ou sentimentos não podem ser identificados por nomes ou palavras. Eles são similares, tais como a indignação e irritação, choque e medo, e assim por diante, mas eles podem ser diferenciados por seus sedimentos.

Mestre Morya diz que "

tempo

virá, quando a ciência descobrirá os meios

emoção..."

(39)

... de analisar a substância segregada durante cada

"Um investigador não deve estar irritado ou agitado durante observações. A manifestação de calma será um sinal de Serviço. É impossível ser devotado ao Serviço se a essência de alguém está encapelada como as ondas sob ventos cruzados." (40)

Ninguém pode atingir o alvo se suas mãos estão tremendo. Irritação perturba o foco de consciência e o olho observador vacila. Impede o fluxo de amor que faz a pessoa compreender. Irritação cria repulsa e obscurece a radiação do serviço. Nosso serviço social evoluirá grandemente quando agirmos sob o impulso de servir sem o "imperil" da irritação, repulsa, opressão e ódio.

"A sinfonia das qualidades é como a sinfonia das esferas. Se uma qualidade se desenvolve belamente enquanto outras estão em conflito, o resultado é uma dissonância destrutiva A dissonância pode ser débil ou irritante, ou mesmo destrutiva O equilíbrio das qualidades é alcançado através de grande tensão da consciência. O pastor deve cuidar de seu rebanho atentamente, e da mesma maneira o homem deve curar uma qualidade enferma" (41)

Crianças atraem irritação rapidamente e, se ela é contínua, cria destruirão em suas vidas. É por isso que os professores são selecionados com muito

  • 38 Agni Yoga Society, Aum, § 331.

  • 39 Agni Yoga Society, Aum., § 333.

  • 40 Agni Yoga Society, Brotherhood, § 30.

cuidado em suas comunidades. O futuro de uma criança está nas mãos do professor. Se o professor é irritável e cheio de "imperil", seus alunos terão dificuldades de se limpar dos efeitos da irritação e "imperil".

"A hora ameaçadora está muito próxima. Já não estão os relâmpagos reluzindo, e não estão os mensageiros sinistros do fogo subterrâneo abrindo caminho? Nós, que sabemos disso, devemos urgentemente transmutar nossas energias interiores, a fim de assimilarmos a aproximação da tempestade energética, pois só isto dará uma estabilidade à batalha, e nos aproximará da Hierarquia de Luz, ajudando a encher o cálice. Então vamos transmutar todas nossas energias. Devíamos começar pela energia mais persistente que é o egoísmo (aquele dragão furioso de egoísmo, com sua longa cauda); vaidade; amor ao poder; presunção; suscetibilidade; irritabilidade; medo; dúvida e outros adornos similares. Deveríamos substituí-los com as asas da união reafirmada; completa solidariedade com todos os colaboradores; conhecimento da Hierarquia; alegre fortalecimento dos serviços prestados; tolerância e gratidão pelas direções certas. Nós poderíamos concluir com - confiar até o fim. Toda esta transmutação é tão simplificada quando corações ardem com devoção e amor ao Uno que chama para a construção e que aponta o caminho para a Torre." (42)

"Pela última vez, falarei de irritação. Distinga seu dano - não só pessoal como também espacial. Este verme, encoberto por um sorriso e polidez, não cessa de devorar a aura. Seu dano se infiltra em todos os trabalhos."

"Pelo bem da criação, esteja impregnado de certeza contra irritação. Quando, como um coágulo de sangue, ela fecha o ouvido, pode um homem ouvir? Quando o olho está nublado, pode o homem ver? Quando a cortina cai sobre consciência, onde está então a aquisição?' (43)

  • 42 Agni Yoga Society, Letters of Helena Roerich, Vol. I, pp. 24-25.

A GRANDE INVOCAÇAO

Do ponto de Luz na Mente de Deus Que flua Luz às mentes dos homens. Que a Luz desça à Terra.

Do ponto de Amor no coração de Deus Que flua Amor aos corações dos homens. Que Cristo retorne à Terra.

Do centro onde a Vontade de Deus é conhecida Que o propósito guie as pequenas vontades dos homens. O propósito que os Mestres conhecem e servem.

Do centro a que chamamos a raça dos homens Que se realize o Plano de Amor e de Luz. E feche a porta onde se encontra o mal.

Que a Luz, o Amor e o Poder restabeleçam o Plano Divino sobre a Terra.

MANTRAM DA UNIFICAÇÃO

Os filhos dos homens são um e eu sou um com eles. Cuido de amar, não de odiar, Cuido de servir, não de exigir serviço; Cuido de curar, nunca de ferir.

Que a dor traga a devida recompensa de Luz e Amor, Que a alma controle a forma externa, A vida e todos os acontecimentos E traga à Luz o Amor Subjacente a tudo quanto ocorre nessa época.

Que venham visão e percepção internas, Que o porvir seja revelado. Que a união interna seja demonstrada E que cessem as divisões externas. Que prevaleça o Amor. Que todos os homens amem.

Centres d'intérêt liés