Vous êtes sur la page 1sur 1

Nome: Lus Thiago Freire Dantas

Ttulo: A humanidade dos no-histricos: Heidegger e os cafres.

Resumo:

Na leitura da preleo Lgica: a pergunta pela essncia da linguagem de 1934 encontra-


se a seguinte passagem: Nomeadamente que a histria aquilo que distingue o ser do
humano. Por outro lado, poder-se-ia objetar que h humanos e grupos humanos (negros,
como por exemplo, os cafres) que no tm histria, dos quais ns dizemos que so a-
histricos (HEIDEGGER, 2008, p141). Tal passagem propicia que esta comunicao
problematize a determinao do histrico na filosofia de Heidegger para avaliar o
carter de humanidade dos povos. Levando em conta o contexto poltico em que
Heidegger ministrou a preleo essa passagem no gratuita, apesar da invisibilidade
da maior parte dos leitores, pois interroga acerca da posio poltica heideggeriana em
sua relao com aqueles no pertencentes identidade ontolgica do si-mesmo.

Mini Currculo:

Mestre em Filosofia pela UFPR e atualmente cursa o doutorado em Filosofia pela


mesma instituio, onde desenvolve a tese: Identidade Ontolgica ou Identidade
Cultural: o conceito de Povo entre Heidegger e Towa, sob orientao do prof. Dr.
Marco Antnio Valentim. Essa pesquisa procura contrapor as tradies filosficas
europeias e africanas acerca do conceito de Povo atravs da filosofia de Martin
Heidegger e da filosofia do camarons Marcien Towa. Tambm tem interesse em
pesquisas sobre Biopoltica, Hermenutica, Afrocentrismo e Educao tnico-Racial.