Vous êtes sur la page 1sur 8

Rugosidade

Nesta seção...

Características

Avaliação da rugosidade

6
Desenho Técnico Mecânico - Rugosidade

74 SENAI-RJ
Desenho Técnico Mecânico - Rugosidade

Características
O desenho de uma peça define uma superfície geométrica sem defeitos de forma ou
rugosidade. Entretanto, a peça tem uma superfície que nunca é idêntica àquela definida no
desenho. O conjunto das pequenas irregularidades de uma superfície que se deseja caracterizar
define a rugosidade da superfície.
A rugosidade influi no comportamento das superfícies em várias de suas utilizações, como,
por exemplo: atrito, ajuste, desgaste, corrosão, aparência, resistência à fadiga, propriedades
óticas, escoamento de fluidos (paredes de tubos e dutos), superfície de medição (blocos-padrão,
micrômetros, paquímetros) e aderência de pintura.
Características do perfil:
a) Superfície real – superfície que limita um corpo, o qual resulta da fabricação.
b) Superfície geométrica – superfície ideal, prescrita no projeto, na qual não existem erros
de forma e acabamento. Exemplos: superfície plana; superfície cilíndrica; superfície
esférica.
c) Superfície efetiva – superfície obtida através de instrumentos analisadores de superfície.
d) Perfil da superfície – interseção da superfície real com um plano a ela perpendicular.
e) Irregularidades das superfícies – saliências e reentrâncias na superfície real.
f) Passo das irregularidades – média das distâncias entre as saliências mais pronunciadas
do perfil situadas num comprimento de amostragem.
g) Comprimento de amostragem (L) – comprimento, medido na direção geral do perfil,
suficiente para a avaliação dos parâmetros da rugosidade.
h) Linha média – linha paralela à direção geral do perfil, no comprimento de amostragem,
colocada de tal modo que a soma das áreas superiores, compreendidas entre ela e o perfil,
seja igual à soma das áreas inferiores.
i) Desvio aritmético (Ra) – média dos valores absolutos das áreas compreendidas acima
da linha média, num comprimento de amostragem.

SENAI-RJ 75
Desenho Técnico Mecânico - Rugosidade

Superfície efetiva

Superfície
geométrica

Avaliação da rugosidade
De acordo com a ABNT, a rugosidade é avaliada pelo desvio médio aritmético (Ra), ou seja:
a rugosidade de uma superfície é a média das áreas compreendidas acima da linha média, num
comprimento de amostragem.

y3
y2 y4 y5 y8 y9
y1 y10 y11 y 12 y13
y6 y7
dx

y1dx + y2dx + y3dx + y4dx + ...................yndx


Ra =
L

76 SENAI-RJ
Desenho Técnico Mecânico - Rugosidade

Simbologia
Para a indicação, nos desenhos, da rugosidade da superfície, sempre expressa em micro,
deve ser usado o símbolo da figura abaixo, com as proporções aproximadamente iguais à
indicada.

10

3 10

600
600

2,5

A indicação da rugosidade da superfície,


sempre expressa em micro, deve ser colocada
no interior do símbolo.

Para as indicações complementares, deve FRESAR

ser ampliada a linha do traço maior do símbolo. 2,5


Sobre essa linha será indicado o tipo de usina-
gem ou acabamento (exemplos: tornear,
retificar, jato de areia, polir, etc.). Abaixo da linha
horizontal será indicada a orientação prefe-
rencial dos sulcos, conforme mostra a tabela a
seguir.

SENAI-RJ 77
Desenho Técnico Mecânico - Rugosidade

Tabela de rugosidade das superfícies

RUGOSIDADE DAS SUPERFÍCIES


Normas de orientação TA B E L A 3
RELAÇÕES ENTRE TIPO DE TRABALHO E RUGOSIDADE
Rugosidade Ra µ m
Trabalhos
0 , 0 2 5 0,05 0,1 0,2 0,4 0,8 1,6 3 6 12 16 20 25

Rebarba - Corte com serra - Corte com chama


1234567890123456789012
1234567890123456789012
1234567890123456
1234567890123456
Torneamento - Fresa - Limadura
1234567890123456
Furação
1234567890123
1234567890123
1234567890123
1234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678
Alisadura 1234567890123456789012345678
Alesadura
1234567890123
1234567890123
12345678901
12345678901
Limadura 12345678901
Retífica
1234567890123456789
1234567890123456789
1234567890123456789
1234567890123456
1234567890123456
Polimento 1234567890123456
12345678901234567890
12345678901234567890
Superacabamento (espelhamento)
12345678901234
12345678901234
Lustragem 12345678901234
12345678901234567
12345678901234567
Palhetagem
12345678901234567
12345678901234567890
12345678901234567890
Laminação a quente 12345678901234567890
1234567890123456789012
1234567890123456789012
Filtragem com areia
1234567890123456789012
123456789
123456789
Forjadura 123456789
1234567890
1234567890
Coagem em coquilha
1234567890
12345678901
12345678901
Coagem sob pressão 12345678901
123456789012
123456789012
Laminação, aplainamento e trefilagem a frio
123456789012
123456789012
123456789012
Extrusão 123456789012

123456789
123456789 Rugosidade
Rugosidade mais freqüente
123456789 menos freqüente

78 SENAI-RJ
Desenho Técnico Mecânico - Rugosidade

Rugosímetro para medição de rugosidade

Rugosímetro digital com registro


gráfico incorporado

Exemplos de impressões

Gráfico de curvas simples

Gráfico com áreas sombreadas

SENAI-RJ 79

Centres d'intérêt liés