Vous êtes sur la page 1sur 1

APOSTILA ARTES E LITERATURA

PROFESSORA: NDIA AMARAL

Captulo 1. PANORAMA DA MODERNIDADE

A modernidade costuma ser entendida como um iderio ou viso de mundo que est relacionada ao projeto
de mundo moderno, empreendido em diversos momentos ao longo da Idade Moderna e consolidada com
a Revoluo Industrial. Est normalmente relacionada com o desenvolvimento do Capitalismo. No que diz
sobre a arte, a primeira tentativa de caracterizao da modernidade pode descrev-la como um estilo, um
costume de vida ou organizao social, surgido na Europa a partir do sculo XVII e que devido a sua
influncia veio a se tornar mundial.

Nosso curso parte do estudo trs nomes fundamentais para a construo do pensamento moderno:
Sigmund Freud, Karl Marx e Friedrich Nietszche.

FREUD

Sigismund Schlomo Freud ( , 6 de maio de 1856 - Londres, 23 de setembro de 1939), mais conhecido
como Sigmund Freud, foi um mdico neurologista judeu-austraco, fundador da psicanlise.

Temas: Pensamento e linguagem, Psicanlise, Inconsciente e subconsciente.

Freud iniciou seus estudos pela utilizao da hipnose como mtodo de tratamento para pacientes
com histeria. Ao observar a melhoria de pacientes de Charcot, elaborou a hiptese de que a causa da
doena era psicolgica, no orgnica. Essa hiptese serviu de base para seus outros conceitos, como o
do inconsciente. Freud tambm conhecido por suas teorias dos mecanismos de defesa, represso
psicolgica e por criar a utilizao clnica da psicanlise como tratamento da psicopatologia, atravs do
dilogo entre o paciente e o psicanalista. Freud acreditava que o desejo sexual era a energia motivacional
primria da vida humana, assim como suas tcnicas teraputicas. Ele abandonou o uso de hipnose em
pacientes com histeria, em favor da interpretao de sonhos e da livre associao, como fontes dos desejos
do inconsciente.