Vous êtes sur la page 1sur 4

T.U.A.

LUZ
EXUS
PONTOS GERAIS 8. QUEM TEM FÉ RESPEITA A EXÚ

1. O TEMPO VAI VIRAR Fé não é pra qualquer um,


Quem tem fé, (Bis)
E olha o tempo, Respeita Exu.
E olha o tempo,
E olha o tempo, Não adianta,
E olha o tempo vai virar. Bater no peito,
Saudar a encruza,
------------------------------------------------ E não agir direito.
2. E OLHA A FACA QUE CORTA E ABANA
Viver,
E olha a faca que corta e abana, Só de traição,
E olha a faca que corta e abana, Fazendo inimigos,
E olha a faca que corta e abana, Maltratando seu irmão.
E olha a faca que corta e abana.
Fé não é pra qualquer um,
------------------------------------------------ Quem tem fé, (Bis)
3. SANTO ANTÔNIO DE BATALHA Respeita Exu.

Santo Antônio de batalha, Ninguém engana,


Faz de mim batalhador. A nenhuma entidade, (Bis )
Por que Exu,
Corre gira, Pombo-Gira, É a própria verdade.
Tranca-Rua e Marabô.
Fé não é pra qualquer um,
------------------------------------------------ Quem tem fé, (Bis)
4. NA PORTEIRA TEM VIGIA Respeita Exu.

Oi, na beirada do caminho, Por isso venho,


Este conga tem segurança. Com amor e humildade,
Saudar as comadres e os compadres,
Oi, na porteira tem vigia,
Meia-Noite o galo canta. Lembrando que Exu é guardião,
Exu é caminho, (Bis)
------------------------------------------------ Exu é evolução.
5. EXU QUE TEM DUAS CABEÇAS
-----------------------------------------------
Exu que tem duas cabeças,
Ele faz sua gira com fé. 9. SUBIDA DE EXU
Exu bebeu, exu curiou.
Ah uma é Exu na encruzilhada, Exu, vai embora, que Oxalá mandou.
A outra é Jesus de Nazaré.
-----------------------------------------------
------------------------------------------------
6. EXU NÃO BAMBEIA PONTOS DE SEU TRANCA-RUA

O garfo de Exu é firme. 1. EXU, EXU TRANCA-RUA


A capa de Exu me rodeia.
Exu, Exu Tranca-Rua
Passei pela encruzilhada (3x) Que abre o Terreiro e fecha a Rua.
Exu não bambeia
-----------------------------------------------
------------------------------------------------
7. CASA DE EXU 2. O SINO DA IGREJINHA

A sua casa não tem parede, O sino da igrejinha faz Belém-blém-blom.


Não tem janela e não tem nada. O sino da igrejinha faz Belém-blém-blom.

Aonde é, aonde é que Exu mora? Deu meia-noite e o galo já cantou.


Exu mora na Encruzilhada. Seu Tranca-Rua que é o dono da gira.
Oi, corre gira que Ogum mandou.
3. SEU TRANCA-RUA QUE NASCEU NA RUA 9. TRANCA-RUA, MORADOR DA ENCRUZILHADA.

Seu tranca rua que nasceu na rua, Seu Tranca-Rua,


Se criou na rua e na rua morreu. Morador da encruzilhada,

Seu Tranca-Rua, seu Tranca-Rua, Toma conta e presta conta


Seu Tranca-Rua, ele é o dono da Rua. No romper da madrugada.

----------------------------------------------- ------------------------------------------------

4. DEU MEIA-NOITE PONTOS DE EXU CAVEIRA

Deu meia-noite 1. PORTÃO DE FERRO, CADEADO DE MADEIRA


A lua se escondeu
Portão de ferro, cadeado de madeira.
Lá naquela encruzilhada
Dando a sua gargalhada Quem manda nesta gira (casa) é seu Exu Caveira.
Tranca-Rua apareceu
-----------------------------------------------
É laroiê! É laroiê! É laroiê!
É mojubá! É mojubá! É mojubá 2. Ê CAVEIRA

Ele é odara dando a sua gargalhada Ê caveira


Quem tem fé em Tranca-Rua é só pedir, que ele dá Firma seu ponto na folha da bananeira
Ê caveira
------------------------------------------------
É ele quem comanda o cemitério
5. SEU TRANCA-RUA, DÊ UMA VOLTA LÁ FORA catacumba tem mistério
seu feitiço tem axé
Seu Tranca-Rua, dê uma volta lá fora. (2x)
Ê caveira
Quem for bom bota pra dentro,
Quem não for, deixa lá fora. (2x) ------------------------------------------------

------------------------------------------------

6. Ô LUAR, Ô LUAR

Ô luar, ô luar (ô luar),


Mas ele é dono da rua (ô luar)

Quem cometeu as suas faltas,


Peça perdão a Tranca-Rua.

------------------------------------------------

7. SEU TRANCA-RUA É UMA BELEZA

Seu Tranca-Rua é uma beleza.


Eu nunca vi um Exu assim.

Seu Tranca-Rua é uma beleza.


Ele é madeira que não dá cupim.

-----------------------------------------------

8. EU AMEI SEU TRANCA-RUA

Eu amei alguém.
E esse alguém não ama ninguém.

Eu amei o sol, eu amei a lua


Na encruzilhada, eu amei seu Tranca-Rua.
PEDRA DE SAL
PEDRA DE SAL É SALGUEIRO

EU DEIXEI EXU-MIRIM
TOMANDO CONTA DO TERREIRO
SE A SUA CATACUMBA TEM MISTÉEEEERIO Joguei no rei, parei no ás
MAS ELA ÉEEE A DONA DO CEMITÉRIO EU QUERO ver você fazer
o que a Padilha faz"
MAS ELA É LOIRAAAA
DE OLHO AZUUUUUUL
MARIA MULAMBO É FILHA DE PAI OMULU
A SUA CASA NÃO TEM PORTA NEM JANELA ELA É MARIA, MARIÁÁÁ
É LÁ QUE O VENTO VAI
É LÁ QUE O VENTO LEVA

OO, OOO
A DONA DA CASA CHEGOU
Ê PUERÊ, Ê PUERÁ 2X EU ENTREI LÁ NA CALUNGA
OLHA A MOSCA VAREJEIRA (SALVE EXU CAVEIRA) E PAREI LÁ NO CRUZEIRO
VEIO UM VENTO FORTE
E LEVANTOU POEIRA

ZUÁ ZUÊ ZUÁ ZOEIRA


AQUELE VENTO ERA EXU CAVEIRA
QUEM QUISER LHE VER
SUBA NO BARRANCO
A MEIA NOITE POMBOGIRA DESCE
COM SEU SAIOTE BRANCO
SETE SAIAS MARIA PADILHA ESTOU CANTANDO EM SEU
LOUVOR
A NOITE TRAZ UM MISTERIO
AO SAIR DA AURORA NA BARRA DA SUA SAIA
CORRE ÁGUA É NASCE FLOR
E A QUALQUER HORA CHEGA MINHA SENHORA

TRAZENDO ALEGRIA
E AXÉ PRO MEU TERREIRO

A SUA SAIA RODADA TEM MISTERIO

Ô GIRA MINHA POMBA GIRA DAS SETE SAIAS


Ô GIRA QUE A SUA GIRA TRAZ ESPERANÇA

GIRANDO, MINHA POMBA GIRA DAS SETE SAIAS,


MOSTRANDO A SUA BELEZA QUANDO ELA DANÇA.

Ô GIRA MINHA POMBA GIRA DAS SETE SAIAS

EXUUUU, MARIA PADILHA EU AMEI ALGUÉM


TRABALHA NA ENCRUZILHADA MAS ESSE ALGUÉM
TOMA CONTA NÃO AMA NINGUÉM
PRESTA CONTA
NO ROMPEEEER DA MADRUGADA EU AMEI O SOL
EU AMEI A LUA

NA ENCRUZILHADA
EU AMEI SEU TRANCA RUA

ELE É FILHO DO SOOOOOL DEU MEIA NOITE


ELE É NETO DA LUA A LUA SE ESCONDEU...
QUEM COMETEU AS SUAS FALTAS
PEÇA PERDÃO A TRANCA-RUAS
EXU MARABÔ
Marabô, ieê, Marabô ia, (bis)
Cadê Marabô, (3x)
Marabô ia

MULAMBO, 7 SAIAS, MARIA NAVALHA, ROSA CAVEIRA, CIGANA SARA

São Miguel

EU VI BRILHAAAAR UMA ESTRELA NO CÉEEEU


EU VI BRILHAAAAAR UMA ESTRELA NO CÉU

UMA ESPAAADA TAMBÉM EU VI BRILHAAAR


ERA A ESPAAAADA DE MEU SÃO MIGUEL (2x)

Centres d'intérêt liés