Vous êtes sur la page 1sur 6

Língua Portuguesa 3

Centro de Recursos Pedagógicos e Psicomotores

O Jardineiro

Na cidade
há um jardim
e no jardim um canteiro
e no meio do canteiro
está cavando um jardineiro.

A terra suja-lhe os pés,


Rasgam-lhe as rosas, as mãos,
as dálias tapam-lhe a cara
quando se dobre para o chão.

Há um jardim na cidade
E no jardim um canteiro;
quem vê as flores que lá estão
não pensa no jardineiro.

Luísa Ducla Soares

1. A profissão de que fala o texto é a de _________________________.

jardim
2. Completo com as palavras ao lado.
jardineiro
Na cidade há um ____________ e no jardim um ____________ e no
chão
canteiro um ____________ que cuida carinhosamente das
____________ que lhe rasgam as mãos e das ____________ que lhe dálias
tapam a cara quando se dobra para o ____________ rosas

canteiro

3. As palavras jardim e jardineiro pertencem à mesma ____________

4. No texto, procuro uma palavra que rime com jardineiro.


_________________________

Ana Rita Matias


Licenciada em Educação Especial e Reabilitação
Língua Portuguesa 3
Centro de Recursos Pedagógicos e Psicomotores

5. Com estas sílabas, formo nomes de flores.

mar ri da ga

mé ca a li

vo cra

sa ro

vi o ta le

or de a quí

lás li

ri o lí

6. Ligo as profissões aos nomes.

Jardineiro   sola

Livreiro   regador

Carpinteiro   arma

Sapateiro   livro

Armeiro   farinha

Padeiro   martelo

7. As palavras terminadas em –eiro indicam:

Profissão – pasteleiro, ____________, ____________, ____________


Recipiente – tinteiro, mealheiro, ____________, ____________, ___________

8. As palavras terminadas em –aria indicam nomes de estabelecimentos


comerciais (ex.: pastelaria, padaria,...)
____________, ____________, ____________
____________, ____________, ____________

Ana Rita Matias


Licenciada em Educação Especial e Reabilitação
Língua Portuguesa 3
Centro de Recursos Pedagógicos e Psicomotores

Frutos

Pêssegos, pêras e laranjas,


morangos, cerejas, figos,
maçãs, melão, melancia,
ó música dos meus sentidos,
pura delícia da língua;
deixai-me agora falar
do fruto que me fascina,
pelo sabor, pela cor,
pelo aroma das sílabas:
tangerina, tangerina.

Eugénio de Andrade

1. Escrevo o nome do fruto que mais fascina1 o poeta e, a seguir, o fruto que
mais me fascina.
_______________ _______________

2. “Ó música do meus sentidos...”. Esta expressão faz-me lembrar...


_______________________________________________________________

3. Escrevo, por ordem alfabética, os nomes dos dez frutos de que fala o
poema.

____________ ____________ ____________ ____________


____________ ____________ ____________ ____________
____________ ____________

4. Copio dois nomes que começam pela letra p.


________________ _______________

1
Se não sabes o que significa “fascinar”, procura no teu dicionário.

Ana Rita Matias


Licenciada em Educação Especial e Reabilitação
Língua Portuguesa 3
Centro de Recursos Pedagógicos e Psicomotores

O nome que tem o maior número de sílabas é _____________.

5. Completo com s ou ss.

O gato pa____a e ____alta o muro. Vai de man____inho atrás de uma


pa___arinho. Este vai ____eguro, coitadinho! Não ____abe que, de um
____alto, o no____o gato o pode papar. Coitadinho do pá____aro! Não
pen____a e não ____abe que o maroto do gato é ____eu fal____o amigo.

6. Nesta página, quantas palavras há?


Começadas por s ________________________________________________
Com ss ________________________________________________________
Com s no meio __________________________________________________

ADIVINHA

Uma senhorinha
Muito assenhorada;
Nunca sai de casa,
Está sempre molhada.

Solução: ________________________________________________________

Ana Rita Matias


Licenciada em Educação Especial e Reabilitação
Língua Portuguesa 3
Centro de Recursos Pedagógicos e Psicomotores

PROVÉRBIOS

 Em Novembro, põe tudo a secar, pode o sol não voltar.


 Dia de S. Martinho, lume castanhas e vinho.
 Doa Santos ao Natal vai um saltinho de pardal.
 Em Janeiro sete casacos e um sombreiro.
 Não deites foguetes antes de tempo.
 Dezembro molhado, Janeiro geado.

1. Sublinho os provérbios relacionados com o clima.

ADIVINHAS

Não tem pernas; mesmo assim Alto foi meu nascimento


Não há maior andarilho. de senhora recolhida
Não tem braços e, onde mexe, Caí abaixo, tamanha queda dei,
deixa tudo num sarilho. que a minha casa não voltei.

Solução: _____________________ Solução: ________________________

 um conselho 
Um provérbio é?
uma ordem

 um ditado popular

Ana Rita Matias


Licenciada em Educação Especial e Reabilitação
Língua Portuguesa 3
Centro de Recursos Pedagógicos e Psicomotores

2. Leio os provérbios e completo:


Os nomes dos meses referidos ______________________________________
As duas estações do ano a que correspondem __________________________
As festas tradicionais a que se referem ________________________________

3. Ligo os nomes das Festas às acções seguintes:

 provar o vinho
Dia de Todos-os-Santos 
 pedir bolinhos
 comer castanhas
Dia de S. Martinho 
 receber presentes

Natal   comer rabanadas


 fazer o presépio

4. Escrevo como costumo festejar o dia de S. Martinho.


_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________

5. Leio o quadro ao lado e escrevo por ordem, os restantes meses do ano.

_____________________ Janeiro geoso


_____________________ Fevereiro nevoso
_____________________ Março molinhoso
_____________________ Abril chuvoso
_____________________ Maio ventoso
_____________________ - fazem o ano muito formoso.
_____________________

Ana Rita Matias


Licenciada em Educação Especial e Reabilitação

Centres d'intérêt liés