Vous êtes sur la page 1sur 231

(8 B a

SISTEMA Ao.

CHINES
DE CURAS
ALIMENTARES
,..
PREVENÇAO
,
&REMEDIOS

Henry C. Lu
ROCA
Sobre o Livro
o que os Chineses sabem há séculos, o resto do mundo está quase por
descobrir: que alimentos comuns contêm propriedades poderosas de curas.
Este livro explica, por exemplo, por que
• mastigar cerejas frescas aliviará laringite (pág. 60);
• suco de aipo com mel pode diminuir o nível de colesterol (pág. 88);
• rim de boi melhora a capacidade sexual (pág. 121);
• folhas de chá e gengibre aliviam gastroenterite crônica (pág. 155).
Estes e literalmente milhares de outros reméclios tradicionais têm sido
confirmados pelas modernas experiências Chinesas.
O Sistema Chinêsde CurasAlinlentares revela ummodo fascinanteecomprovado de
usar as propriedades de cura alimentares através do entenclimento de seus sa-
bores, energias, ações e movimentos. Também explica por que os alimentos
freqüentemente afetam as pessoas de forma diferente. A chave é o "número de
pontos Y", uma escala baseada no princípio tradicional do Yin e Yang que apli-
ca-se para alimentos e tipos de organismos.
Uma vez que você sabe o seu número de ponto Y (e este livro mostra
um modo simples de determiná-lo), você pode seguir as tabelas de ali-
mento e tipo de organismo especialmente preparadas para desenvolver
sua prôpria abordagem para prevenção de doença e saúde.
Este livro é cheio de idéias esclarecedoras para selecionar e preparar
centenas de vegetais, frutas, carnes, grãos e legumes a fim de aliviar e cu-
rar uma série surpreendente de problemas de saúde: excesso de peso, fumo,
insônia, asma, úlceras, diabetes, hipertensão, nefrite, hepatite, disenteria,
anemia, distúrbios menstruais e muito mais.
Comece agora a introduzir maior harmonia e saúde na sua vida, com o
mais efetivo e mais natural sistema preventivo de doença de todos - os
alimentos que você come a cada dia'
"Em resumo, este é o livro mais novo, mais informativo e mais útil
sobre curas alimentares publicado na lingua Inglesa."

Willel11 H. Khoe, M.D., Ph.D., D.Ac., D.Ht., D.Sc.; presidente,


Acupuncture Research Institute (do prefácio)
SISTEMA A

CHINES
DE CURAS
ALIMENT S
~

PREVENÇAO
>'

&REMEDIOS

11
"f
(1.
.~
li. g'
I~I
l · I

Henry C. Lu

ROCA
Traduzido do Original
Chinese System of Food Cures
Prevention & Remedies

Copyrtght © 1986 by Henry C. Lu


Published by Sterling Publishing Co., Inc.
ISBN: 0-8069-6308-5

Copyrtght © 1997 da I " Ediçã o pela Editora Roca LIda.


ISBN: 85-7241-192-5

Nenhuma parte desta publicação poderá ser reproduzida, guardada pelo sistema
"retrieval" ou transmitida de qualquer modo ou por qualquer outro meio, seja este
eletrônico, mecânico, de fotocópia , de gravação, ou outros. sem prévia autoriZação
escrita da Editora,

Tradução
Adriana Favano

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)


(Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil)

Lu, Henry C.
Sistema chinês de curas alimentares : prevenção & remédios I Henry
C. Lu; I tradução Adriana Favano I. - São Paulo: Roca, 1997.

Título original: Chinese srstem of food cures.


Bibliografia
ISBN 85-7241-192-5

1. Culinária chinesa 2. Dietoterapia 3. Medicina chinesa I. TítuJo.

97-0291 COD-615.854

Índices para catálogo sistemático:


1. Curas alimentares: Sistema chinês: Dietoterapia 615.854

Todos os direitos para a língua portuguesa são reservados pela

ED ITORA ROCA L TOA.


Rua Dr. Cesário Mota Jr., 73
CEP 01221-020 - São Paulo - SP
Te!.: (11) 3331-4478 - Fax: (lI) 3331-8653
E-maU: vendas@editoraroca.com.br - www.editoraroca.com.br

Impresso no Brasil
Printed in Brazil
Sobre o Autor
HENRY C. Lu recebeu seu grau de Ph.D. da Universidade de Alberta,
Edmonton, Canadá. Lecionou na Universidade de Alberta e de Calgary
entre 1968 e 1971 e pratica Medicina Chinesa desde 1972. Hoje, o Dr. Lu
leciona Medicina Chinesa por correspondência. Seus alunos moram em
muitos países, incluindo os EUA, Canadá, Inglaterra, Austrália, Suécia,
Itália, Alemanha, França, Nova Zelândia, Suíça, México e Japão.
O autor é mais conhecido por sua tradução do "Yellow Emperor's Classic
of Internai Medicine" do Chinês para o Inglês. Esta tradução e os outros sete
livros do Dr. Lu são listados pela Mesa Examinadora de Acupuntura nos
EUA como referência para as pessoas que inscrevem-se para o exame de
licenciamento em Acupuntura .
O Dr. Lu profere conferências nos EUA e mantém-se em contato com
os desenvolvimentos da Medicina Chinesa na China, Japão, Taiwan e Hong
Kong. Ele leva grupos de médicos Ocidentais para estudar Medicina Chi-
nesa na China e Taiwan, ajudando muitos médicos Ocidentais notáveis a
se estabelecerem como profissionais importantes da Medicina Chinesa,
incluindo herbalismo, acupuntura e terapia manipulativa. Em março de
1982, como líder de um grupo de acupunturistas Ocidentais, foi lhe confe-
rido honras pelo seu conhecimento de filosofia médica Chinesa pelo Pro-
fessor ZHAO na Faculdade de Medicina Tradicional Chinesa de Cantão.
Recebeu muitos prêmios das organizações de Acupuntura nos EUA e
Europa. Hoje, o Df. Lu também é patrono da Faculdade Brisbane de Acu-
puntura Tradicional e Medicina Oriental em Queensland, Austrália, e professor
honorário da Academia de Ciência para Medicina Tradicional Chinesa em
Victoria, Colúmbia Britânica, Canadá, e membro honorário da Associação
de Acupwltura da Colúmbia Britânica.
Df. Lu mora em Surrey, Colúmbia Britânica, com sua esposa Janet,
seu filho Albert e filha Magnus. Correspondências para o Df. Lu de-
vem ser enviada para: Academy of Oriental Heritage, P.O. Box 8066,
U

Blaine, WA 98230 USA ou P.O. Box 35057, Station E, Vancouver, B.C.


V6M 4Gl, Canadá.
AGRADECIMENTOS
Eu sou grato aos meus professores da Medicina Tradicional Chinesa
na China que me perrrtitiram ler os seus relatórios clinicas não publicados
e também en trevistar seus pacientes, aos muitos de meus alunos que me
assistiram na preparação deste manuscrito, e também aos militas pacien-
tes que discutiram comigo os resultados dos tratamentos das fórmulas
neste livro. Suas contribuições valiosas para este manuscrito permanece-
rão sempre no meu coração.
Conteúdo
PREFÁCIO .................................. ............................................................... IX
INTRODUÇÃO ...................................................................................... XI
ANTES DE VOCÊ COMEÇAR ......................................................... XVII
GUIAS DE CONVERSÃO ...................................................................... xx
1 Energias e Sabores dos Alimentos ............................................... 1
2 Ações dos Alimentos e a Dieta Balanceada .......... ...................... 13
3 Tipos de Organismos e os Princípios Yil1-Yang ......................... 27
4 Especiarias e Ervas ......................................................................... 41
5 Frutas e Nozes ......... ....................... ....... .......................... ..... ........... 59
6 Verd uras, Raizes e Cabaças......... ....... .......................... ... ........ ..... 87
7 Legumes, Grãos, Óleos e Sementes ....................... ........... ........... 107
8 Carnes, Leite, Frutos do Mar, Aves Domésticas e Ovos ........... 121
9 Alimentos Variados................ ...... ....... ................. ......... ................ 137
10 Prevenindo e Curando Doenças ................................................... 147
11 Dieta Chinesa para Perda de Peso .................... .......... ........... ...... 177
APÊNDICE A ...... ...................................................................................... 193
APÊNDICE B ............................................................................................. 201
BIBLIOGRAFIA ................ ......... ........................... ........... .... ..... ................ 208
ÍNDICE REMISSIVO ................................................................................ 209
Prefácio
Eu estou encantado que o Dr. Lu tenha escrito este excelente livro so-
bre o SISTEMA cHlNeS DE CURAS ALIMENTAltioS. Isso reflete não apenas a
sua extensa experiência clínica, mas também fornece informações de mui-
tas dietas clássicas Chinesas tanto como reportagens clínicas e experimen-
tos conduzidos na China.
O SISTEMA CHIN~S DE CURAS AUMENTARES: PREVENÇÃO & REM ÉDIOS
apresenta para os leitores Ocidentais um acesso completamente novo para
o assunto, ainda que a população Chinesa tenha praticado isso na China
desde tempos imemoráveis. Os capítulos iniciais, ENERGIAS E SABORES DOS
ALIMENTOS e AÇÕES OOS AUMENTOS E A DIETA BALANCEADA, são verda-
deiramente extraordinários; eles introduzem para o leitor um conceito in-
teiramente novo de alimento e nutrição. TIPOS DE ORGANlSMOS E OS PRIN-
CÍPIOS Y/J'.:- YANG, o terceiro capítulo, oferece discemirnento dentro dos príncipios
do Yin e do Yang e como são tradicionalmente aplicados para classificar
alimentos em relação aos tipos de organismos, mau humor e as estações.
DIETA CHINESA PARA PERDA DE PESO é um capítulo particularmente fasci-
nante: Ele mostra ao leitor como perder peso efetivamente enquanto apre-
cia os alimentos e acentua a energia orgânica.
Todos os aspectos importantes dos alimentos são discutidos neste li-
vro. Além disso, para suas energias, sabores e ações, o autor ínclui aplica-
ções alimentares práticas, reportagens clínicas e experimentos, e adiciona
muitas observações úteis em aspectos variados dos alimentos. Você deve
encontrar PREVENLNOO E CURANDO DOENÇAS, o capítulo que lida com tra-
tamentos de sintomas comuns, muito esclarecedor e benéfico. Ele abrange
uma ampla série de enfermidades comuns, tais como tosse, hipertensão,
soluço, vômito, diarréia, dor de estômago e outras. Fórmulas e alimentos
numerosos para aplicações práticas são listados sob cada sintoma. Qual-
quer um com boa saúde mental desfrutará da leitura deste capítulo e be-
neficiar-se-á disto.
Em resumo, este é o livro mais novo, mais informativo e o lnais vanta-
joso sobre curas alimentares publicado na lúlgua inglesa.

WILLEM H. KHOE, M.D., D.Ac., D.Ht., D.Se., Ph.D.


Introdução
o clássico chinês pioneiro de dieta foi publicado em 652d.C. por SUN SHU
MAo (581--Q82), um médico chinês. Ele viajou com um saco de ervas e boas
agulhas de acupW1tura, sendo bem lembrado pela população Chinesa como
um herbalista e acupW1turista ambulante. Ele acreditava que uma vida hu-
mana é mais preciosa do que uma centena de onças de ouro, e por esta razão,
o seu livro é entitulado, UMA CENTENA DE ONÇAS DO CLÁSSICO DE OURO.
Neste clássico, que contém trinta capítulos, os tratamentos dietéticos
de doenças variadas são discutidos. Aqueles para bócio, cegueira noturna,
e beribéri destacam-se como os sucessos mais notáveis que ele concluiu.
SUN SHU MAo explicou a teoria de que o bócio era causado pelo consumo
contínuo de água da montanha pelos pacientes por um período prolonga-
do de tempo. Ele então desenvolveu um tratamento dietético de bóciousando
uma fórmula de quatro ingredientes essenciais - "kelp"(tipo de alga mari-
nha da qual se extrai iodo), alga marinha e glândula tireóide de cordeiro e
de porco. Também introduziu um tratamento de cegueira noturna pelo
uso de fígados de boi, de porco e de cordeiro. De acordo com a sua teoria,
"o fígado está associado com os olhos, e o fígado de animal pode melhorar
as condições do fígado humano, O qual, por sua vez, contribui para a me-
lhora da visão". Este fundamento lógico é ainda atualmente aplicado no
herbalismo Chinês. Como para O tratamento dietético de beribéri, sua fór-
mula consistia em sementes de damasco, leite de vaca e farelo de arroz.
Como essas três fórmulas dietéticas clássicas podem ser avaliadas pelo
nosso conhecimento médico moderno? No século XX nós sabemos que o
bócio ocorre devido à falta de iodo na dieta e também sabemos que todos
os ingredientes na fórmula de SUN SHU MAO para tratamento de bócio são
excelentes fontes de iodo. E sobre a fórmula para tratamento de cegueira
noturna? Nosso conhecimento médico atual indica que a cegueira notur-
na resulta da deficiência de vitamina A e que os fígados d e muitos animais
são excelentes fontes de vitamina A. Como para beribéri, os ingredientes
na fórmula de SUN SHU MAO são excelentes fontes de vitamina 8 , (tiami-
na), e beribéri ocorre, de acordo com a ciência médica moderna, devido à
falta de vitamina 8 , na dieta, usualmente um resultado ao comer arroz
polido com o farelo do arroz removido.
XII Sistema Chillés de Curas Alimelltares

Nós ainda não sabemos tudo sobre as causas e tratamentos do bócio,


cegueira noturna e beribéri. Apenas olhe, por exemplo, nas citações do
bem conhecido DICIONÁRIO MEDICO ENCICLOPÉDICO DE T ABER para com-
preender que as causas e tratamentos das três doenças permanecem sem
resolução. O bócio, este dicionário indica, "pode ser devido à falta de iodo
na dieta", e cegueira noturna "pode resultar da deficiência de vitamina A
ou de fatores hereditários" . A expressão pode ser é instrutiva aqui, porque
indica que ainda carecemos de uma compreensão das causas e tratamento
de tais doenças, como bócio e cegueira noturna.
Três questões importantes devem ser perguntadas: É verdade que o
bócio é causado exclusivamente por falta de iodo, que a cegueira noturna
é causada exclusivamente por deficiência de vitamina A, e que beribéri é
causado exclusivamente por deficiência de vitamina B1? As respostas dos
médicos chineses para estas questões são todas negativas, parcialmente
porque os conceitos do iodo e das vitaminas não formam parte da Teoria
Tradicional Chinesa, e parcialmente porque muitas ervas Chinesas usa-
das para tratar bócio, cegueira noturna e beribéri não contêm iodo ou vita-
mina A ou vitamina B1. Acredita-se que poucos exemplos devem ilustrar
adequadamente este ponto .
• De acordo com uma reportagem clínica escrita pelo Instituto Chinês
de Pesquisa Farmacológica da Provúlcia de Jilin na China e publicada
no R ELAT6RIO DE ERVAS C HINESAS, Volume N° 6 (1972), três prescri-
ções herbais na forma de tablete foram usadas para tratar o bócio: A
primeira prescrição continha apenas folhas de salgueiro (salix bamjlol1ica
L.), com cada tablete pesando 0,5g, o que equivalia a 2g de folhas de
salgueiro secas; a segunda prescrição continha folhas de salgueiro e
alga marinha com cada tablete pesando 0,5g, o que equivalia a 2g de
folhas de salgueiro secas e O,sg de algas marinhas secas; a terceira prescrição
continha folhas de salgueiro e duas outras ervas, sementes amarelas
(dioscol'ea blllbifera L.) e sementes brancas (stephl1ia cepharantlw Hayata),
com cada tablete pesando 0,5g, o que equivalia a 0,6g de folhas de
salgueiro secas, 0,65g de sementes amarelas secas e O,lg de sementes
brancas secas. No curso do tratamen to, os adultos tomaram 8 alO tabletes
ou tantos quanto 15 tabletes cada dia, dividiram em três dosagens por
2 meses como um curso de tratamento; as dosagens foram reduzidas
para as crianças. De acordo com esta reportagem, a terceira prescrição
produziu os melhores resultados: uma taxa de cura de 44,8% e uma
taxa efetiva de 100%. De acordo com a pesquisa moderna Chinesa,
100g de folhas de salgueiro secas contêm 1.500 a 2.500mg de iodo; na
segunda prescrição, a alga marinha contém abundância de iodo, como
comumente reconhecido na dieta moderna. Mas na terceira prescri-
ção, as sementes amarelas contêm diosgenina e as sementes brancas
contêm trilobina, mas nenhum contém algum iodo.
l"trodu~ XIII
• Em julho de 1984, recebi uma carta do meu irmão em Taiwan indicando
que minha sobrinha estava sofrendo de bócio severo e tinha que ser sub-
metida a uma operação, a menos que eu pudesse sugerir algum remédio
herbal para ela. Já que a situação era muito urgente, eu imediatamente
enviei a terceira prescrição precedente para ela por correio. Tive prazer
em receber a carta de meu irmão 3 meses depois, descobrindo que minha
sobrinha tinha se recuperado do bócio. Se minha sobrinha tivesse apenas
necessidade de iodo, ela teria isso localmente ao invés de escrever para
que eu ajudasse, o que significa que o iodo por si mesmo não é tão efetivo
quanto a fórmula herbal tradicional Chinesa.
• Virtualmente todas as fórmulas herbais tradicionalmente usadas para
tratar o bócio na Medicina Chinesa incluem alguns ingredientes com
iodo em abundância, alga marinha notavelmente, "sea grass" e "kelp";
isto é um fato. Mas ao mesmo tempo, as fórmulas também incluem
outros ingredientes com nenhum iodo nelas. Estas fórmulas, que têm
sido desenvolvidas nas bases da Teoria Tradicional da Medicina Chi-
nesa, são ininteligíveis do ponto de vista da Medicina Ocidental. E o
mesmo princípio aplica-se no tratamento de tumores de tireóide. Por
exemplo, de acordo com um relatório clínico escrito por dois médicos
Chineses e publicado no JORNAL MÉDICO DE FUJIAN, Volume N° 2 (1964),
as sementes amarelas foram usadas para tratar 25 casos de tumor de
tireóide, o que produziu uma taxa efetiva de 80% (20 casos) e uma taxa
não efetiva de 20% (5 casos), comparado com os 10 casos no grupo de
controle tratados com iodo, que produziu uma taxa efetiva de 20% (2
casos) e uma taxa não efetiva de 80% (8 casos).
• Uma erva Chinesa, rizoma cinza (atraety/odes la/leea Thunb. D.C.), tem
sido tradicionalmente usada para tra tar cegueira noturna. De acordo
com um relatório escrito pelo Dr. REN-DE YEH publicado no JORNAL
MÉDICO CHINtS DE CANTON, Volume N° 1 (1960), cinco casos de ce-
gueira noturna foram tratados com esta erva por 2 a 3 dias e todos
foram curados. Observações subseqüentes confirmaram que os efeitos
foram permanentes. O rizoma cinza contém atractylol e hinesol, mas
não contém vitamina A, que é hoje considerada benéfica na cura de
cegueira noturna.
• De acordo com um relato clinico preparado pelo Primeiro Hospital na
cidade de Fuzhou, China, publicado no RELATÓRIO DE ERVAS CHINE-
SAS, Volume N° 3 (1971), dos 5.000 casos de beribéri tratados por uma
fórmula herbal 10 anos atrás, uma taxa efetiva mais alta que 90% foi
estabelecida. Em casos leves, levou apenas cinco a sete tratamentos, e
em casos mais severos dois a três cursos de tratamentos. Esta fórmula
foi descoberta ser igualmente efetiva para ambos beribéri seco e beribéri
úmido; a fórmula continha apenas dois ingredientes, "wild monkey
persimmon" (rosa braetenta Wendl.) e caule de alho. Cada dosagem consistia
XIV Sistema Chinês de Curas Alime/ltares

em lOg de "wild monkey persimmons" secos e 15g de caules de alho


frescos Gá que os caules de alho não estavam disponíveis, 7g de dentes
de alho foram usados). Os ingredientes foram fervidos em duas XÍca-
ras de água sobre fogo baixo até que a água fosse reduzida em uma
xícara, que foi divida em duas dosagens, uma para de manhã e uma
para ao anoitecer. Cada curso de tratamento durou de 5 a 7 dias, com
dois cursos de tratam ento ou mais prolongado como um programa.
Vale mencionar que o "wild m onkey persimmon"não contém vitaminas
e o dente de alho contém aproxímadamente O,24mg de vitamina B1 por l00g,
que é comparati\·amente menos do que rim de porco ou gema de ovo de
galinha. A mesma obsel"\"ação é dara como no tratamento do bócio: um ingre-
diente contém \;tamina BI (hoje considerada benéfica para beribéri), mas o
outro ingrediente não contém \-itamina B1. Conseqüentemente, do ponto de
vista da Medicina Ocidental, existe um fator conhecido e ainda um fator des-
conhecido en\"ohido nas fórmulas Tradicionais Chinesas para bócio e beribéri.
Tah"ez o fato mais revelador é que os tratamentos dietéticos descober-
tos na China no século XVII são válidos ainda hoje. Os médicos Ocidentais
no século XVII teriam sido grandemente confundidos pelos métodos Chi-
neses de tratar O bócio, cegueira noturna, beribéri e outras doenças, por-
que, por um lado, não estavam preparados para aceitar a Teoria Tradicio-
nal Chinesa, e por outro, careciam de conhecimento sobre vitaminas que
explica o tratamento obviamente bem-sucedido dessas doenças pelos mé-
todos Chineses. Certamente, existiu uma brecha entre a Medicina Chinesa
e a Ocidental. Infelizmente, a mesma brecha continua a existir. Eu escrevi
este livro primeiramente para ligar a brecha entre Oriente e Ocidente no
interesse da saúde humana.
Incontestavelmente, na China moderna, a dieta e as ervas Chinesas
têm sido usadas com grande sucesso para tratar muitas doenças aparente-
mente incuráveis, incluindo doenças de pele, hepatite, reumatismo e até
cãnceres. Mas esses tratamentos têm sido ignorados pelos profissionais
médicos Ocidentais. O fato de que a dieta e as ervas Chinesas trabalham
efetivamente melhor, sigrúfica muito para o avanço da Medicina Mundial,
apesar da relutãncia dos cientistas médicos Ocidentais em investigar a teoria
médica tradicional Chinesa. Na medicina, tanto quanto em outros campos
de pesquisa, certamente existem sempre fatores desconhecidos. No século
XVII, os cientistas médicos Ocidentais não sabiam que a "kelp"e a alga
marinha podiam ser usadas para tratar O bócio por causa do conteúdo de
iodo, ou que o fígado de animais podia ser usado para tratar cegueira no-
turna por causa do conteúdo de vitarnlna A, ou que o farelo de arroz po-
dia ser usado para tratar beribéri por causa do conteúdo de vitamina BI'
mas hoje estão cientes desses fatos .
Em outras palavras, os fatores desconhecidos no século XVII sobre o
tratamento Chinês do bócio pelo "kelp"e pela alga marinha, da cegueira
lntrtXiufJo X\ ·

noturna pelo fígado, ou do beribéri pelo farelo de arroz têm se tornado


fatores conhecidos. Ao passar dos anos, inúmeros clássicos têm sido publi-
cados, nos quais médicos Chineses continuaram a desenvolver métodos
mais efetivos de tratamento médico. Os fatores desconhecidos devem ser
proporcionalmente aumentados para os cientistas médicos Ocidentais. E
é certamente não científico desprezar quaisquer tratamentos médicos
bem-sucedidos por causa de fatores desconhecidos. Podemos dizer que
um paciente não está realmente doente apenas porque não podemos diag-
nosticar a doença? Podemos desprezar um tratamento obviamente bem-
sucedido porque não sabemos como ele hmciona?
Eu acredito que os cientistas médicos Ocidentais modernos deveri-
am tentar explorar os fatores desconhecidos em lugar de evitá-los na tentativa
de aproximação da Medicina Chinesa para a saúde humana. Então os
fatores desconhecidos podem tornar-se os fatores conhecidos - uma ver-
dadeira medida do progresso humano. Este livro é dedicado para esse
objetivo.
HENRYC. Lu
Vancouver, Colúmbia Britânica, Canadá
Antes de Você Começar
Você pode imaginar como preparar e armazenar curas alimentares e o
que supor quando você começa a tomá-los. A coisa importante é ser per-
sistente. As curas alimentares mostram resultados apenas após um perío-
do relativamente longo, percorrendo de uma semana a poucos meses ou
até mais tempo. Você pode querer continuar uma cura durante toda sua
vida se esta provar ter sido benéfica para a saúde. Por exemplo, se você
sofre de constipação crônica, você pode beber um a dois copos de leite de
estômago vazio toda manhã por meses ou anos, ou tomar uma ou duas
colheres de chá cheias de mel dissolvidas em água quente (também de
estômago vazio) por tanto tempo quanto lhe agradar.
Algumas vezes, você pode ter que deixar por um tempo. Suponha que
você esteja tratando de hemorróidas, mas no meio do uso de curas alimenta-
res, você pega um resfriado e desenvolve uma febre. Você pode ter que inter-
romper suas curas alimentares de hemorróidas e começar a beber um a dois
copos de caldo de gengibre fresco para lutar e vencer o seu resfriado comum.
Depois de ter se recuperado do resfriado, você pode começar o programa de
curas alimentares para hemorróidas tudo novamente. Um outro exemplo é
que os seus sintomas podem, muito freqüentemente, mas sem significados
continuos, ser consistentes com seu tipo fisico. Suponha que você tenha um
tipo fisico Yal1g; os alimentos Yil1 são normalmente bons para você. Mas se
você de repente desenvolve dores de estômago frias (um sintoma Yin), então
os alimentos Yal1g são melhores para você do que os alimentos YiJ1 porque
eles podem ajudá-lo a eliminar os seus sintomas. Geralmente falando, entre-
tanto, a doença que você sofre será consistente com seu tipo físico.

PREPARANDO E ARMAZENANDO AS CURAS


ALIMENTARES

A preparação das curas alimentares Chinesas não é a mesma como a


arte culinária Chinesa comum. A menos que seja especificado, quando fi-
zer curas alimentares e remédios neste livro, óleo nenhum é usado. Na
arte culinária diária, "fritar" geralmente significa fritar numa grande quantidade
XVfll Sistema Cflhlês de Curas Alimentares

de óleo, e frito na manteiga ou m exer fritando significa usar uma pequena


quantidade de óleo ou gord ura . l\este livro, o verbo "fritar" significa fri-
tar sem óleo. Parece mais tostar um alimento numa frigideira , deixando o
calor penetrar no alimento para tostar a superfície.
Um meio muito importante de fritar os alimentos para curas é fritá-los
sem óleo até que a superfície se tome marrom, amarelada, ou próxima do
preto, enquanto o interior pem1anece o mesmo como estava. Este método é
usado na maioria das vezes para moer os alimentos até tomarem-se pó; exis-
tem muitas variações de se preparar alimentos para este propósito. Tradicio-
nalmente, os Chineses embrulhavam os alimentos em um pano úmido e os
colocavam embrulhados em meio de carvões vegetais queimados; mas hoje
podemos usar folha de papel alumínio para embrulhar os alimentos. Tam-
bém podemos secar os alimentos sobre fogo baixo, assar ou tostá-los; mas
sempre estar certos de que os alimentos estão igualmente ou quase igualmen-
te secos dentro e fora, o que é chamado de "secando os alimentos pelo fogo
enquanto ,·ão retendo sua natureza original" no sistema Chinês de curas ali-
mentares.
Outros termos culinários e métodos são mais familiares para ambos os
leitores Chineses e Ocidentais: quando um alimento é fervido, é fervido em
água, a menos que outra maneira seja especificada. Freqüentemente, o ali-
men to ou a erva é coada e apenas o caldo ou líquido é conswnido como uma
sopa ou chá. Para outros remédios, depois de cozinhar o alimento em água,
você pode comer o alimento e beber o líquido como a receita sugere.
Os alimentos usados para curas alimentares não são guardados geral-
mente por muito tempo, exceto em forma de pó. Mas até o pó deveria ser
armazenado no refrigerador. Esteja certo de que o pó está realmente seco
quando você moê-lo.
Como para as quantidades, use o senso comum quando seguir as su-
gestões nos capítulos subseqüentes. É importante enfatizar que as quanti-
dades fornecidas com cada alimento são a penas aproximadas. Você pode
fa zer ajustes para encontrar suas próprias necessidades. Uma pessoa pode
comer uma banana por dia ou três bananas por dia para curas de hemor-
róidas ou de constipação, o que não deveria fazer uma diferença signifi-
cante quando alimentos são recomendados, não ervas ou drogas.
Quando colheradas são sugeridas neste livro, sempre sigrüficam colheres
de chá cheias, a menos que outra maneira seja especificada. Outras medidas e
equivalentes podem ser ajustados referindo-se ao GUlA DE CONVERSÃO.

PREPARAÇÕES ESPECIAIS
Vinho de arroz, vinagre de arroz, suco de gengibre fresco, sal e mel são
os cinco ingredientes que você pode usar para preparar alimentos para
suas especificações.
Antes de Voce Com~ar XIX

o Vinho de arroz - Neste livro, sempre use vinho de arroz quando a


receita pede por vinho. Existem três modos que você pode usar o "i-
nho de arroz para preparar alimentos: 1. enquanto você está fritando
alimentos, adicione vinho no processo até estar seco; a quantidade de
vinho pode ser individualmente ajustada; 2. embeba os alimentos no
vinho por poucas horas antes de fritar; 3. quando ferver os alimentos,
adicione um pouco de vinho antes de remover do fogo. O propósito de
usar vinho para preparar alimentos é de fazê-los subir, O que é bom
para os sintomas na região corpórea superior, tais como dor de cabeça
com resfriado comum.
o Vinagre de arroz - Use vinagre de arroz do mesmo modo que o vinho
de arroz, mas para um propósito diferente. O vinagre de arroz é usado
normalmente para aumentar os efeitos constritivos dos alimentos, o
que é particularmente útil na cura da diarréia e parada de sangramento.
o Suco de gengibre fresco - 1. O suco de gengibre fresco pode ser adicio-
nado à sopa antes de ser removida do fogo . 2. Os alimentos podem ser
cozidos com uma quantidade apropriada de caldo de gengibre fresco.
O propósito de preparar os alimentos com caldo de gengibre fresco é
de aumentar a sua natureza Ynng, de modo que os alimentos mover-
se-ão para fora e tornar-se-ão mais efetivos para sintomas de frio.
o Sal - Coloque uma quantidade adequada de sal num copo de água e
mexa até que esteja completamente dissolvido; então derrame a água
salgada numa panela enquanto estiver cozinhando o alimento; conti-
nue cozinhando até que a água evapore e o alimento torne-se amarela-
do. O propósito de usar sal para preparar alimentos é de fazê-los mo-
verem-se para baixo - é bom para dor abdominal e constipação.
o Mel - Coloque uma colher de sobremesa cheia de mel na panela e
aqueça-a sobre fogo baixo até que o mel torne-se amarelado; adicione
água e mexa. Então adicione o alimento e cozinhe junto até que seque
um pouco e seja muito difícil de separar com a mão. O propósito de
preparar alimento com mel é de aumentar o grau de lubrificação do
alimento, o que é desejável para curar uma tosse.
XX Sistema Cllillês de Cllms Alimentares

GUIAS DE CONVERSÃO
TERMOS USUAIS SÍMBOLOS MÉTRICOS
t. colher de chá ml ou rnL mililitro
T. colher de sopa L litro
<- xíca ra mg miligrama
pkg. fardo g grama
pt. quartilho kg quilograma
qt. quarta mm milímetro
oz. onça cm centímetro
Ib. libra °c graus Celsius
°F graus Fahrenheit
in. polegada
Guia para Aproximar Equivalentes
USUAIS MÉTRICOS
Onças Colheres Co lheres Alililitros Gramas (g)
Libras Xicaras de sopa de dlá (/1111 Quilogra/llas (kgl
VI 1 19
'h 2
1 5
2 lO
'hoz 1 3 15 15g
10z 2 6 30 28g
20z y, 4 12 60 60g
40z Y, 8 24 125 120g
80z 1 16 48 250 225g
lIb 450g
4 1.000
2,21b lkg
Mantenha em mente que isto não é uma conversão exata, mas geralmente pode ser usada
para medida de alimento.

Alimento Equivalente e Termos Culinários


Americano Britânico Americano Britânico
Farinha de trigo para Farinha de trigo Carne moída Picadinho de carne
todas as finalidades comum Moída (tempera- Pó (tempero)
Toucinho defumado Fatias finas de da)
toucinho defumado Creme denso Creme duplo
Carne grelhada Grelhado Creme suave Creme simples
Açúcar mascavo Açucar dernerara Melaço Melado
Doce Doces; confeitos Doce em pedra Açúcar em pedra
Açúcar de confeiteiro Açúcar glacê Cebolinha verde Cebola de primave-
Biscoito Biscoito ra ou cebola verde
Maisena Farinha de milho Camarão Camarões grandes
Berinjela Aubergina comestíveis
Filtro Coador Lula (calamar) "lnkfish"
Açúcar branco de "Caster sugar" "Zucchini " Med ula pequena ou
gra nulação fina (castor) "courgette"
1
Energias e Sabores
dos Alimentos

DIETA CHINESA: DIFERENÇAS DA DIETA


OCIDENTAL
Existem duas diferenças básicas entre as dietas Chinesa e Ocidental.
Em primeiro lugar, a dieta Ocidental enfoca quase exclusivamente a dieta
para perda de peso. A dieta Chinesa é designada não apenas para ajudar
você a perder peso, mas também para tratar muitas outras enfermidades,
incluindo hipertensão, diabetes, resfriado comum, gastrite, diarréia,
constipação, tosse, hepatite, psoríase, acne comum, eczema, e assim por
diante.
Na dieta Chinesa, por exemplo, considera-se ruim beber chá para al-
guém com constipação; é bom para alguém com tosse comer maçã com
mel. Quando tenho uma dor de cabeça, quero saber quais alimentos devo
comer para curá-la e quais devo evitar para preveni-la e não piorá-la. Quando
tenho diarréia ou estou sofrendo de diabetes, quero saber quais alimentos
devo comer para tratar meus sintomas, e quais evitar para preveni-los e
não piorar meus problemas. Quando estou acima do peso, quero saber
quais alimentos devo comer para reduzir meu peso e quais não devo co-
mer para evitar ganhar mais peso.
Perder peso, sem dúvida, é parte da dieta Chinesa, mas existem mui-
tas outras considerações tão importantes quanto a perda de peso nas men-
tes dos dietistas Chineses. Recentemente, li um livro de dieta escrito por
um médico Ocidental bem conhecido, e para meu grande espanto, não
encontrei informação no tratamento dietético de tais sintomas como gar-
ganta irritada, hemorróidas, soluço, vômito, febre, dor de dente, psoríase,
dor de estômago e outras enfermidades - todos tratamentos importantes
quando usados na dieta Chinesa.
2 Sistema Chálés de Curas Alimelltares

A segunda diferença entre as dietas Chinesa e Ocidental: na dieta Oci-


dental, os alimentos são considerados pela sua proteína, caloria, carboi-
drato, vitarnína e outros conteúdos nutritivos, mas na dieta Chinesa, os
alimentos são considerados pelos seus sabores, energias, movimentos e
ações orgânicas e comuns. Funciona assim : se sinto frio no meu corpo e
membros, naturalmente gosto de comer algo que me aquecerá; se sinto
calor, algo para me re&escar. Se tenho um estômago fraco, naturalmente
prefiro comer algo que fará meu estômago ficar mais forte; se sinto que
meus rins estão enfraquecendo, algo que fará meus rins m ais fortes. O
gengibre aquecer-me-á, porque possui uma energia quente; os "mung beans"
res&iar-me-ão, porque possuem wna energia fria; o açúcar pode tornar
meu estômago mais forte, porque possui um gosto doce e age no estôma-
go; o inhame tornará meus rins mais fortes, porque age nos rins de um
modo especial.
Para ter certeza, podemos encontrar informação nutricional nos ali-
mentos na dieta Ocidental. Por exemplo, sabemos que a pimenta-malagueta
contém vitaminas A e C, mas não nos diz que ela pode nos aquecer; sabe-
mos que os "mung beans" contêm alguma proteína e carboidratos, mas
não que os "m ung beans" podem nos res&escar; sabemos que a pimenta-
do-reino contém alguma proteína, mas não que ela pode tornar nossos
estômagos mais fortes; sabemos que o inhame contém proteína, carboi-
drato, cálcio e muitas vitaminas, mas não que ele possa tornar nossos rins
mais fortes. Conseqüentemente, é fácil ver como a dieta Chinesa difere da
dieta Ocidental.
Os aspectos essenciais da dieta Chinesa com referência aos alimentos
são: os cinco sabores dos alimentos, as cinco energias dos alimentos, os
movimentos dos alimentos e as ações orgânicas e comuns dos alimentos.

CINCO SABORES DOS ALIMENTOS

Os cinco sabores dos alimentos incluem pungente (picante), doce, aze-


do, amargo e salgado. Os alimentos pungentes incluem cebola verde, cebolinho,
cravo-da-índia, salsa e coentro. Os alimentos doces incluem açúcar, cereja,
castanha e banana.
Os alimentos azedos incluem limão, pêra, ameixa e manga.
Os alimentos amargos incluem o fruto do lúpulo, alface, folha do raba-
nete e vinagre (lista-se o vinagre como amargo porque os Chineses cha-
mam o vinagre de "vinho amargo" . O vinagre tem gosto ambos azedo e
amargo; é comum para alguns alimentos possuir dois sabores simultâ-
neos).
Os alimentos salgados incluem sal, "kelp" (tipo de alga marinha) e
alga marinha.
Energias e Sabores Jo.s . ;
Os sabores dos alimentos são importantes na dieta Chinesa, porque
sabores diferentes possuem seus respectivos efeitos importantes sobre os
órgãos internos. Os alimentos que possuem um sabor pungente podem
agir nos pulmões e no intestino grosso; os alimentos com um sabor doce
no estômago e baço; com sabor azedo no fígado e vesícula biliar; com um
sabor amargo no coração e intestino delgado; os alimentos que possuem
um sabor salgado podem agir nos rins e na bexiga.
Vamos pegar o sabor doce como um exemplo, que age no estômago
e baço. É um conhecimento comum entre os dietistas Chineses e Oci-
dentais, que comer alimentos doces aumentará o peso, mas os dietistas
Chineses e Ocidentais dão diferentes explicações. De acordo com os
dietistas Ocidentais, comer alimentos doces aumenta o peso porque estes
contêm um número grande de calorias; de acordo com os dietistas Chi-
neses, comer alimentos doces aumentará O peso porque estes podem
agir no estômago e no baço, os quais estão encarregados de funções
digestivas. Em outras palavras, na dieta Chinesa, os alimentos doces
são considerados capazes de melhorar as funções digestivas, esse é o
porquê deles serem bons para pessoas com um sistema digestivo fraco.
Ao falar para um público Ocidental sobre dieta Chinesa, uma questão
freqüentemente surge: como nós determinamos os sabores de tais ali-
mentos como carne de boi, carne de porco e aipo que não possuem gos-
tos distintos? Na dieta Chinesa, a carne de boi possui um sabor doce, a
carne de porco possui um sabor doce e salgado e o aipo um sabor doce.
Alguns alimentos possuem um sabor, mas outros podem possuir dois
ou três. Incontestavelmente, os sabores de muitos alimentos são muito
difíceis de determinar precisamente, mas os Chineses têm feito isso através
de muitos séculos de experiência.
O processo pode parecer assim: no começo, alguns alimentos com sa-
bores óbvios são descobertos por agir em alguns órgãos internos e realizar
ações específicas no organismo humano. As relações básicas entre os sa-
bores e os órgãos internos e as ações são estudadas e analisadas por um
processo na ciência chamado de método indutivo. Com o passar do tem-
po, outros alimentos cujos sabores são mais difíceis para determinar po-
dem ser capazes de agir sobre alguns órgãos internos e realizar algumas
ações específicas. Os sabores de tais alimentos são determinados nas bases
de seus efeitos orgânicos e ações específicas. Este processo na ciência é
chamado de método dedutivo.
Em geral, as ações comuns dos alimentos com referência aos seus sa-
bores são como se segue:
Os alimentos pungentes (gengibre, cebola verde e hortelã-pimenta) podem
ind uzir a transpiração e promover a circulação energética.
Os alimentos doces (mel, açúcar e melancia) podem retardar os sinto-
mas agudos e neutralizar os efeitos tóxicos dos outros alimentos.
4 Sistema CllÍllês de Cura s Alimen tares

Os alimentos azedos (limão e ameixa) podem obstruir os movimentos,


e são úteis, portanto, em diarréia controlada e transpiração excessiva.
Os alimentos amargos, tais como vesícula biliar de animal e fruto do
lúpulo, podem reduzir o calor do organismo, secar os líquidos do organis-
mo e induzir a diarréia (esse é o porquê de muitas ervas Chinesas reco-
mendadas para reduzir a febre e induzir a diarréia terem gosto amargo).
Os alimentos salgados ("kelp" e alga marinha) podem suavizar a du-
reza, o que explica a sua utilidade no tratamento de tuberculose de nódu-
los linfáticos e outros sintomas envolvendo o endurecimento dos mús-
culos ou glând ulas.
Além disso, alguns alimentos possuem um sabor suave ou pouco gosto.
Estes alimentos normalmente possuem dois sabores de classificação. O pepi-
no, por exemplo, possui sabores doce e suave. Os alimentos com um sabor
suave promovem a urinação e podem ser usados como diméticos. Lágrimas-
de-jó é um dos exemplos destacados.
A seguir os alimentos estão organizados por diferentes sabores:
• Amargo - Semente de damasco, aspargo, abóbora amarga, pepino sil-
vestre, aipo, semente de cereja, café, casca de toranja, fruto do lúpulo,
couve-rábano, alface, plúmula do lótus, folha de rabanete, "sea grass",
vinagre, vinho.
• Levemente ama1'go - Ginsém, abóbora-moranga.
• Suave - Lágrimas-de-jó, feijão comum, semente de girassol, cogumelo
branco, cera de cabaça Chinesa.
• Pl/ngente - Pimenta-da-reino, mamona, semente de cereja, cebolinha,
raiz de cebolinha, semente de cebolinha, casca de canela, galhinho de
canela, cravo-da-índia, salsa Chinesa, caroço de algodão, sementes de
endro, erva-doce, alho, gengibre seco ou fresco, casca de toranja, cebo-
la verde, folha e cabeça branca, pinlenta verde, couve-rábano, "kumquat",
mostarda folhosa, alho-porro, manjerona, noz-mascada, hortelã-pimenta,
rabanete e folha de rabanete, pimenta-ma lagueta, farelo de arroz, ale-
crim, óleo de soja, hortelã, "star anise", manjericão doce, taro, tabaco,
pimenta branca, vinho.
• Levemente pU1lgel!te - Aspargo, alearavia.
• Salgado - Haliote, cevada, sementes de cebolinha, molusculo bivalve
(marinllo, de água doce, concha de molusco bivalve de rio, concha de
molusco bivalve marinho), caranguejo, pó de osso de siba, siba, pato,
sangue de enguia, presunto, "kelp", leite (humano), ostra, carapaça de
ostra, carne de porco, sal, "sea grass", alga marinha. (Todas as carapa-
ças recomendadas são esmagadas até tomarem-se pó antes de usá-las.)
• Azedo - Maçã, damasco, maçã silvestre ácida, uva, toranja, "hawthom
fruits" , "kumquat", lechia, loquat, tangerina, manga, azeitona, pêsse-
go, abacaxi, ameixa, framboesa , feijão azuki ou vermelho pequeno,
fruta estrelar ou carambola, morango, tangerina, tomate, vinagre.
Energias e Sabores dQ5 AIl!1ICl!l."" 5

o Extremamente azedo - Limão, pêra, ameixa azeda.


o Doce - Haliote, maçã, damasco, sementes de damasco (doce), brotos de
bambu, banana, cevada, coalhada de feijão, carne de boi, raízes de beter-
rabas, cogumelo preto, sementes de gergelim pretas, feijão-de-soja pre-
to, açúcar mascavo, repolho (Chinês), carpa (carpa comum, carpa dou-
rada, "grass carp"), cenoura, mamona, aipo, cereja, castanha, galinha.
ovo de galinha, gema e clara, cera da cabaça Chinesa, casca de canela,
galhinho de canela, molusco bivalve (de água doce), coco, café, gomo de
cogumelo comum, milho, barbas de milho, maçã silvestre ácida, pepino,
tâmara vermelha e preta, casca de tangerina seca, pato, enguia, sangue
de enguia, berinjela, figo, ginsém, uva, toranja, casca de toranja, goiaba,
folha de goiabeira, "hawthorn fruits", mel, "horse beans", "hyacinth
bean", lágrimas-de-jó, feijão comum, couve-rábano, "kumquat", alface,
alcaçuz, flor-de-lis, lechia, "longan", fruta da longevidade, loquat, lótus
(fruta e semente), malte, maltose, tangerina, manga, leite (de vaca e hu-
mano), "mung bean", melão almiscarado, carne de carneiro, azeitona,
ostra, mamão, pêssego, amendoim, pêra, caqui, abacaxi, ameixa, carne
de porco, batata, abóbora-moranga, rabanete, framboesa, feijão verme-
lho pequeno ou feijão azuki, farelo de arroz, arroz (polido), açafrão, óleo
de gergelim, cogumelo shiitake, camarão, óleo de feijão-de-soja, hortelã,
espinafre, abóbora, listar anise", fruta estrelar, morango, vagem, cana-
de-açúcar, semente de girassol, arroz doce, batata-doce, "sword bean",
tangerina, taro, tomate, noz, castanha d'água, melancia, trigo, farelo de
trigo, cogumelo branco, açúcar branco, vinho, feijão-de-soja amarelo.

CINCO ENERGIAS DOS ALIMENTOS


As energias dos alimentos referem-se às suas capacidades de gerar
sensações - ou de calor ou de frio - no organismo humano. Como um
exemplo, comer alimentos com uma energia quente nos fará experimentar
sensações de calor no organismo, e alimentos com uma energia fria, sensa-
ções de frio. Na vida diária, cada um de nós sabe que consumindo gelo
nos faz sentir frios e bebendo água quente nos faz sentir quentes. Isto ocorre
porque o gelo possui uma energia fria e a água quente, uma energia quente.
:vias o gelo ou a água quente produzem apenas efeitos temporários. Para
produzir efeitos prolongados, as ervas são usadas como substitutas para
alimentos que fornecem apenas auxilio temporário. Em outras palavras,
para produzir sensações de frio ou de calor, as ervas são m ais efetivas que
os alimentos, e estes são mais efetivos que o gelo ou a água quente.
As cinco energias dos alimentos são frio, quente, mom o, fresco e neu-
ll
tro. Mas os adjetivos /lfrio", "quente", "momo", "fresco e "ne utro" não
referem-se ao estado presente dos alimentos. Por exemplo, o chá possui
6 Sistema Cllinês de Curas Alimentares

uma energia fria, ainda que você possa bebê-lo quente, você está de fato
bebendo uma bebida fria. Em poucas palavras depois que o chá entra no
seu organismo, o seu calor (um fenômeno temporário) será perdido e as-
sim que ele começa a gerar energia fria, o seu organismo começa a se re-
frescar. Um outro exemplo, a pimenta-malagueta possui uma energia quente.
Mesmo que você possa comer pimenta-malaguetafria do refrigerador, você
ainda consome um alimento quente. Em poucas palavras, depois que ela
entra no seu organismo, sua frieza temporária é perdida e seu organismo
começa a sentir calor.
Quando eu comento sobre a energia dos alimentos, portanto, eu me
refiro ao que os alimentos fazem nos nossos organismos - quer eles gerem
sensações de ardor ou de frieza, morna 011 de frescor, ou nelltra. O ardor é oposto
à frieza; o morno é oposto ao frescor; o neutro está mais ou menos entre o
morno e o frescor. Os alimentos frios e os frescos diferem um do outro,
como diferem os alimentos mornos e quentes. Os brotos de bambu possu-
em uma energia fria, a pimenta-do-reino uma energia quente; o pepino
possui uma energia fresca, a galinha uma energia morna e o milho uma
energia neu tra.
É importante para nós conhecermos as energias dos alimentos, porque
energias diferentes agem sobre o organismo humano de maneiras diferen-
tes. Isto possui efeitos importantes na boa saúde. Como um exemplo, quando
uma pessoa sofre de reumatismo frio e a dor é particularmente severa nos
dias frios de inverno, então é bom para esta pessoa comer alimentos com
um energia morna ou quente, o que deve aliviar consideravelmente a dor.
Ou se você sofre de erupções de pele que pioram quando expostas ao ca-
lor, é bom comer alimentos com uma energia fria ou fresca para aliviar os
seus sintomas.
Enquanto as energias dos alimentos desempenham um importante papel
na dieta Chinesa, os Chineses também classificam o organismo humano
em tipos frios e quentes. Uma pessoa pode ter uma constituição física quente,
outra uma constituição fria. A pessoa com uma constituição física quente
deve consumir mais alimentos com uma energia fria ou fresca ; a pessoa
com uma constituição física fria, mais alimentos com uma energia quente
ou morna - um projeto que os Chineses chamam de "uma dieta balancea-
da". Tal dieta é sempre relatada para cada constituição física individual e
pode diferir de uma pessoa para outra.
Durante minhas conferências e na minha prá tica clínica, as pessoas
freqüentemente me perguntam: O chá é bom? O café é melhor que o chá?
A bebida alcoólica é boa para você? Não existem respostas absolutas. De
fato, estas são as perguntas erradas. Seria mais sensato perguntar: O chá é
bom para mim? O que é melhor para mim, café ou chá? É bom para mim
beber bebida alcoólica? Essas perguntas podem ser respondidas correta-
mente. O chá é bom para você se você possui uma constituição física quen-
Energias e Sabores das Alinumtas 7

te, porque o chá possui uma energia fria; se você possui uma constituição
física fria, o café é melhor para você do que o chá, porque o café possui
uma energia morna. Se você tem uma constituição física fria, a bebida al-
coólica pode aquecer você, mas se você possui uma constituição física
quente, isso pode criar muitos sintomas de certas doenças por calor, tais
como problemas de pele. Por esta razão, na dieta Chinesa, os alimentos
com uma energia fria são usados para agir contra a intoxicação e o alcoo-
lismo.
O processo de aprendizado das energias dos alimentos é basicamente
a mesma daquela de descobrir os sabores dos alimentos. Em primeiro lu-
gar, os alimentos que obviamente fazem nos sentir quentes podem ser con-
siderados como possuindo uma energia quente; os alimentos que fazem
nos sentir frios, uma energia fria. Por exemplo, obviamente o gelo nos faz
sentir frios, deste modo acredita-se que ele possua uma energia fria; e já
que a pimenta-malagueta nos faz sentir quentes, é pensado possuir uma
energia quente. Ao passar do tempo, qualquer alimento que possa nos fa-
zer quentes é considerado como possuindo uma energia quente; qualquer
alimento que possa nos fazer frios, uma energia fria.
É interessante ver o quão importantes e relevantes podem ser as ener-
gias dos alimentos na dieta Chinesa. Suponha um dia chuvoso e frio, no
seu caminho de casa do trabalho, o seu carro quebra. Você caminha para
uma estação de serviço para alugar um caminhão de reboque e ir para casa,
você está encharcado e tremendo de frio. Você suspeita de que pegou um
resfriado. Se você tem algum conhecimento da dieta Chinesa, você prepa-
ra uma tigela de caldo de gengibre envelhecido fresco e bebe quente. Você
se sente bem melhor porque o gengibre envelhecido fresco possui uma
energia morna que aquece você, e um sabor pungente que faz com que
você transpire.
Vamos usar um outro exemplo. Suponha que você desenvolveu urti-
cária com coceira severa. Você não pode cozinhar as suas refeições, por-
que o calor na cozinha faz suas coceiras se tornarem intoleráveis. Se você
possui um conhecimento moderado sobre a dieta Chinesa, então cozinha
u ma tigela de caldo de "mung bean" e mistura um pouco de açúcar. De-
pois de beber o caldo algumas vezes, os seus sintomas desaparecem, por-
que a energia fria em ambos os "mung beans" e o açúcar saram os seus
sintomas de calor. É claro, muitos outros fatores necessitam ser considera-
dos igualmente, mas a energia dos alimentos é importante.
Suponha que você sofra de hemorróidas e conhece sobre a dieta Chi-
nesa. Você come duas (mal-passadas) bananas inteiras cozidas (com as cas-
cas) todos os dias. As bananas devem melhorar os sintomas, porque a ba-
nana possui uma energia fria .
Pelo lado negativo, vamos supor que você não tenha nenhum conheci-
mento sobre a dieta Chinesa e acontece de você cometer um erro. No pri-
8 Sistema Chin ês de Curas Alimentares

meiro exemplo, quando você teve o resfriado, ao invés de você beber o


caldo de gengibre quente, você bebeu uma tigela de ca ldo de "mung bean",
que deve ter piorado os seus sintomas. Com as urticárias, você tinha to-
mado molho quente no jantar no lugar de caldo de "mung bean", a sua
coceira provavelmente teria se tornado muito pior. Com as hemorróidas,
se no lugar de comer bananas, você bebesse whiskey todo dia, também
poderia tornar seus sintomas deteriorados.
A seguir os alimentos estão classificados pelas suas diferentes ener-
gias:
• Frio - Broto de bambu, banana, abóbora amarga, molusco bivalve (mari-
nho e de água doce), concha de molusco bivalve, caranguejo, toranja, "kelp",
alface, plúmula de lótus, melão almiscarado, caqui, sal, "sea grass," alga
marinha, fruta estrelar, cana-de-açúcar, castanha d'água, melancia.
• Levemente frio - Fruto do lúpulo, tomate.
• Fresca - Maçã, cevada, coalhada de feijão, clara de ovo de galinha,
cera da cabaça Chinesa, gomo de cogumelo comum, pepino, berinjela,
lágrimas-de-jó, alface, flor-de-lis, fruta da longevidade, loquat, tange-
rina, manga, manjerona, "mung bean", concha de ostra, pêra, hortelã-
pimenta, rabanete, óleo de gergelim, espinafre, morango, tangerina,
trigo, farelo de trigo.
• Qllente - Pimenta-da-reino, casca de canela, caroço de algodão, gengi-
bre (gengibre seco), pimenta verde, pin1.enta-malagueta, óleo de fei-
jão-de-soja, pimenta branca.
• Nelltro - Haliote, damasco, carne de boi, raiz de beterraba, cogumelos
pretos, semente de gergelim preta, feijão-de-soja preto, repolho (CIú-
nês), carpa (carpa comum, carpa dourada), cenoura, mamona, aipo,
semente de cereja, ovo de galinha, gema de ovo de galinha, milho,
barbas de milho, maçã silvestre ácida, siba, casca de tangerina seca,
pato, sangue de enguia, figo, uva, folha de goiabeira, mel, "horse bean",
"hyacinth bean", feijão comum, cOllve-rábano, alcaçuz, semente e fru-
ta de lótus, leite (de vaca e humano), azeitona, ostra, mamão, amen-
doins, abacaxi, ameixa, arroz polido, carne de porco, batata, abóbora-
moranga, folha de rabanete, feijão vermelho pequeno ou azuki, farelo
de arroz, açafrão, cogumelo slúitake, ameixa azeda, vagem, semente
de girassol, arroz doce, batata-doce, taro, flor de taro, cogumelo bran-
co, açúcar branco, feijão-de-soja amarelo.
• Morno-Sementededamasco(damascoamargoedoce),açúcarmascavo,
alcaravia, carpa (" grass carp"), cereja, castanha, galinha, cebolinho, se-
mentes de cebolinho, raízes de cebolinho, galhinho de canela, cravo-
da-índia, coco, café, coentro (salsa Clúnesa), tâmara (ambas vermelha
e preta), sementes de endro, enguia, erva-doce, alho, gengibre (gengi-
bre fresco), ginsém, casca de toranja, folha de cebola verde, cabeça branca
de cebola verde, goiaba, presunto, "kumquat", mostarda folhosa, alho-
Energias e Sabores dos Alimen tos 9

porro, lechia, "longan", maltose, carne de carneiro, noz-moscada, pês-


sego, framboesa, alecrim, camarão, hortelã, abóbora, listar anise", se-
mente de girassol, manjericão doce, "sword bean", tabaco, vinagre,
noz, vinho .
• Levemente morno - Aspargos, pó de osso de siba, "hawthorn fruits",
malte.

MOVIMENTOS DOS ALIMENTOS


Os alimentos possuem uma tendência de mudar em diferentes di-
reções no organismo. Alguns alimentos movem-se para fora, outros para
dentro; alguns alimentos possuem uma tendência a moverem-se para
cima; outros para baixo. Para ver como isso funciona, pense no corpo
humano como diviclido em quatro regiões: interior (região interna); exterior
(pele e superfície corpórea); superior (acima da cintura); inferior (abai-
xo da cintura).
Mover-se para fora significa mover-se de dentro para fora; deste modo
os alimentos com movimentos para fora podem induzir a transpiração e
reduzir a febre.
Mover-se para dentro significa mover-se de fora para dentro; deste
modo os alimentos com movimentos internos podem facilitar os movi-
mentos intestinais e a inchação abdominal.
Mover-se para cima significa mover-se da região inferior para a supe-
rior; deste modo os alimentos com movimentos superiores podem aliviar
a diarréia, prolapso do ânus, prolapso do útero e prostração do estômago.
Mover-se para baixo significa mover-se da região superior para a infe-
rior; deste modo os alimentos com movimentos inferiores podem aliviar o
vômito, soluço e asma.
Em geral, as folhas e flores possuem uma tendência a moverem-se
para cima. As raízes, sementes e frutas possuem uma tendência a mo-
ve rem-se para baixo. Mas este é apenas um princípio geral. Existem
muitas exceções.
Entre os alimentos que comemos todos os dias, o hortelã-pimenta pos-
sui uma tendência a mover-se para fora; a banana possui uma tendência a
mover-se para dentro; o vinho possui uma tendência a mover-se para cima;
o sal possui uma tendência a mover-se para baixo. Alguns alimentos po-
dem mover-se em duas direções.
Duas características adicionais dos alimentos estão associadas com os
movimentos, isto é, acetinado (correcliço) e obstrutivo. Os alimentos acetinados,
tais como mel e espinafre, facilitam os movimentos. Os alimentos obstru-
tivos, tais como goiaba e azeitona, retardam os movimentos. Os alimentos
acetinados são bons para constipação e secura interna, mas ruins para diarréia
10 Sistema Cllinés de Curas Alimentares

e emissão seminal. Inversamente, os alimentos obstrutivos são bons para


diarréia e emissão seminal, mas ruins para constipação e secura interna.
Os movimentos dos alimentos são importantes na dieta Chinesa, porque o
movimento dos alimentos em direções diferentes possui aplicações dife-
rentes para enfrentar os problemas da saúde humana.
Os sintomas tratados pelos movimentos diferentes dos alimentos são
classificados em quatro categorias: primeiro, sintomas superiores, tais como
vômito, soluço, tosse, etc., devem ser tratados pelos alimentos que podem
mover-se para baixo; segundo, os sintomas inferiores, tais como diarréia,
prostração do estômago e prolapso do útero e do ânus, devem ser tratados
pelos alimentos que podem mover-se para cima; terceiro, os sintomas ex-
ternos, tais como transpiração excessiva, ejaculação precoce, emissão se-
minal, urinação freqüente, devem ser tratados pelos alimentos que podem
obstruir. Os sintomas internos, tais como constipação e inchação abdomi-
nal, devem ser tratados pelos alimentos que podem mover-se para fora
em combinação com outros alimentos que limpam as regiões internas.
Os movimentos dos alimentos mudam depois deles serem preparados
de um certo modo. Os alimentos preparados com vinho desenvolvem uma
tendência a moverem-se para cima. Essa é a razão em tratar sintomas de
prostração como o prolapso do útero e do ânus, as ervas são muito fre-
qüentemente processadas com O vinho. Os alimentos preparados com suco
de gengibre desenvolvem uma tendência a moverem-se para fora. Quan-
do os alimentos são preparados com vinagre, eles possuem uma tendên-
cia a tornarem-se obstrutivos. Os alimentos processados com sal (como ao
fritar) desenvolvem uma tendência a moverem-se para baixo.
Na prática clínica, freqüentemente vemos pacientes com prostração
do estômago, que é chamado de gastroptose na Medicina Ocidental.
Quando um paciente com este sintoma consulta um médico, ele ou ela é
freqüentemente informado para permanecer de cabeça para baixo, então
o estômago é restaurado à sua posição original. Isto soa como um trata-
mento sensível, porque quando uma pessoa está de cabeça para baixo, o
estômago cairá com certeza na direção oposta - mas isso é impraticável.
Uma pessoa nasce para apoiar-se nos seus pés e não na sua cabeça. E é
também ineficaz, porque quando a pessoa se levanta, o estômago cairá
novamente.
Do ponto de vista Chinês, um tratamento muito mais efetivo desse
sintoma inferior é comer abmentos que possam se mover para baixo, des-
se modo empurrarão a energia para cima. Apesar de nenhum dos alimen-
tos comuns que comemos todos os dias empurrarem para cima eficaz-
mente, ervas em abundância realizam o trabalho muito efetivamente. Por
exemplo, o rhizoma cimicifugae é chamado de "erva de elevação" por causa
do seu poder de empurrar para cima. O rad ix bupleuri também é usado
para o mesmo propósito.
Energias e Sabores dos Alimentos 11

Os movimentos dos alimentos também estão relacionados aos sabores e


energias dos alimentos. Geralmente, os alimentos momos e quentes que pos-
suem um sabor plUlgente e doce tendem a moverem-se para cima ou para
fora; os alimentos frios e frescos que possuem um sabor azedo ou salgado ou
amargo tendem a moverem-se para baixo ou para dentro. Além disso, os mo-
vimentos dos alimentos também se relacionam com as quatro estações climá-
ticas: os alimentos que se movem para cima são bons para se consumir na
primavera, o momento em que as coisas vivas começam a se desenvolver; o
desenvolvimento significa mover-se para cima. Os alimentos que se movem
para fora são bons no verão, quando tudo está saindo (como na transpiração
e na expansão). Os alimentos que se movem para baixo são bons no outono,
quando as coisas começam a cair (como as folhas). Os alimentos que se mo-
vem para dentro são bons no inverno, quando as coisas se movem para den-
tro (e permanecem no interior). Os alimentos seguintes são classificados pelas
suas combinações de energias e sabores adequados para as quatro estações.
o Alimentos com movimento para cima são bons para se comer na primave-
ra. Tais alimentos possuem uma energia neutra e três sabores - pungente
ou doce ou amargo. Estes incluem haliote, damasco, carne de boi, raízes
de beterraba, cogumelos pretos, semente de gergelim preta, feijão-de-soja
preto, repolho (Cltinês), carpa (comum e dourada), cenoura, aipo, semen-
te de cereja, ovo de galinha, gema de ovo de galinha, barbas de milho,
maçã silvestre ácida, casca de tangerina seca, pato, sangue de enguia, figo,
uva, folha de goiabeira, mel, "horse bean", "hyacinth bean", feijão co-
mum, couve-rábano, alcaçuz, semente e fruta de lótus, leite (de vaca e
hwnano), azeitona, ostra, amendoins, abacaxi, ameixa, canle de porco,
batata, abóbora-moranga, folha de rabanete, feijão vermelho pequeno ou
azuki, farelo de arroz, açafrão, cogumelo shiitake, vagem, semente de gi-
rassol, arroz doce, batata-doce, taro, cogumelo branco, açúcar branco, fei-
jão-de-soja amarelo.
o Alimentos com movimento para fora são bons no verão. Estes alimen-
tos possuem uma energia quente e dois diferentes sabores - pungente
ou doce. Entre esses estão a pimenta-do-reino, casca de canela, caroço
de algodão, gengibre (seco), pimenta verde; pimenta-malagueta; óleo
de feijão-de-soja; pimenta branca.
o Alimentos com movimento para baixo são bons nooutol10. Tais alimentos
possuem três energias - fria ou fresca ou morna - e dois sabores - doce ou
azedo. Esta lista inclui maçã, brotos de bambu, banana, cevada, coalhada
de feijão, clara de ovo de galinha, cera da cabaça Cltinesa, molusco bivalve
(de água doce), gomo de cogumelo comum, pepino, berinjela, toranjas,
"hawthorn fruits" , "kumquat", lágrimas-de-jó, alface, flor-de-lis, lechia,
fruta da longevidade, loquat, manga, "mlUlg bean", melão almiscarado,
pêssego, caqui, espinafre, fruta estrelar, morango, suco de cana-de-açú-
car, tangerina, castanha d'água, melancia, trigo, farelo de trigo.
12 Sistema Chinês de C/lras Alimellta res

• Alimentos com movimento para dentro são bons no il1verno. Eles pos-
suem uma energia fria e dois sabores diferentes - amargo ou salgado.
A abóbora amarga, molusco bivalve (marinho e de água doce), caran-
guejo, fru to do lúpulo, "kelp", alface, plúmula de lótus, sal, "sea grass"
e alga marinha estão entre estes alimentos.
2
Ações dos Alimentos
e a Dieta Balanceada

AÇÕES ORGÂNICAS DOS ALIMENTOS


As ações orgânicas dos alimentos referem-se a órgãos internos es-
pecíficos, nos quais os alimentos podem agir. A população Chinesa enfoca
os dez órgãos internos para o tratamento dietético: pulmões, intestino
grosso, intestino delgado, vesícula biliar, bexiga, fígado, rins, baço, co-
ração e estômago. Cada alimento age em um ou mais órgãos internos-
as ações orgânicas daquele alimento em particular. Por exemplo, aipo°
age no estômago e no fígado, a cenoura nos pulmões e no baço, a berin-
°
jela no baço, estômago e intestino grosso, trigo no coração, baço e
rins.
Os sabores e as energias dos alimentos são fatores importantes na
determinação das ações orgânicas dos alimentos. Geralmente, quando
a energia e o sabor de um alimento específico são relativamente sim-
ples, este alimento pode apenas agir em um órgão. Por exemplo, a amêndoa
é neutra e doce, deste modo ela apenas age nos pulmões; o farelo de
trigo é fresco e doce, deste modo ele age apenas no estômago; o "kelp"
é frio e salgado, deste modo ele age apenas no estômago. Mas quando
um alimento possui mais que uma energia ou mais que um sabor, ele
pode agir em dois ou mais órgãos ao mesmo tempo. Por exemplo, chá °
é fresco (ou levemente frio) e agridoce, ele age sobre três órgãos inter-
nos - o coração, pulmões e estômago; a cevada é fresca, doce e salgada;
ela age no baço e no estômago. Mas este é apenas um princípio geral,
porque muitos alimentos que possuem uma energia e um sabor ainda
agem sobre dois ou mais órgãos internos simultaneamente; e de modo
oposto, muitos alimentos que possuem duas ou mais ene rgias e sabo-
res agem apenas em um órgão.
14 Sistema Chinês de Curas Alimentares

As ações orgânicas dos alimentos, como os sabores e as energias des-


tes, têm sido descobertas pelos métodos indutivo e dedutivo através da
história Chinesa. Em primeiro lugar, certos alimentos podem ser efetivos
no tratamento de algumas doenças orgânicas. Conseqüentemente, tais ali-
mentos são considerados bons para ações específicas nos órgãos doentes.
Isto foi alcançado pelo método indutivo. Após muitos exemplos isolados
terem sido observados, gradualmente, os resultados são usados para esta-
belecer associações entre alimentos e órgãos internos. Os médicos Chine-
ses têm sempre dado grande ênfase no relacionamento entre os órgãos
internos e a superfície corpórea, incluindo a pele, os cinco sentidos e os
sintomas visíveis. As doenças na superfície corpórea são então originadas
dos órgãos internos relacionados.
Na crença Chinesa, os olhos estão associados com o fígado; as doenças
oculares podem estar ligadas ao fígado. Os ouvidos estão associados com os
rins; o ensurdecimento e a perda da audíção podem estar ligados aos rins. O
nariz está associado com os pulmões; a doença do nariz pode estar ligada aos
pulmões. A boca e os lábios estão associados com o baço; as doenças da boca
e do lábio podem estar ligadas ao baço. E já que a lingua está associada com o
coração, as doenças da lingua podem estar ligadas ao coração.
Depois das associações en tre os órgãos internos e a superfície corpó-
rea estarem estabelecidas, alguns alimentos podem ser descobertos muito
efetivos quando se tratar de sintomas na superfície corpórea. Gradualmente,
esses alimentos são usados para estabelecer as associações entre alimentos
e órgãos internos. Isto é alcançado através do método dedutivo. Fígado de
galinha, por exemplo, é efetivo para visão embaçada; já que os olhos estão
associados com o fígado, isso resulta que o relacionamento entre o fígado
de galinha e o nosso fígado pode ser estabelecido. Um outro exemplo, o
mel é efetivo para o alívio da constipação - um sintoma relacionado ao
intestino grosso - então a associação entre o mel e o intestino grosso é
estabelecida. Os alimentos de ações orgânicas diferentes são listados a se-
guir com o órgão no qual eles agem.
• Bexiga - Cera da cabaça Chinesa, casca de canela, galhinho de canela,
erva-doce, casca de toranja, melancia.
• Vesícula biliar - Chicória, barbas de milho.
• Coração - Abóbora amarga, gema de ovo de galinha, galhinho de ca-
nela, maçã silvestre ácida, pimenta verde, "longan", fruta e semente
de lótus, plúmula de lótus, leite (de vaca e humano), "mung bean",
melão almiscarado, caqui, pimenta-malagueta, feijão vermelho pequeno
ou azuki, açafrão, melancia, trigo, vinho.
• Rins - Semente de gergelim preta, feijão-de-soja preto, alcaravia, car-
pa (comum), castanha, gema de ovo de galinha, cebolinho, sementes
de cebolinho, casca de canela, molusco bivalve (de água doce), cravo-
da-índia, pó de osso de siba, siba, semente de endro, pato, enguia, san-
Ações dos Alimelltos e a Diela Balanceada 15

gue de enguia, erva-doce, uva, casca de toranja, lágrimas-de-jó, semente


e fruta de lótus, plúmula de lótus, carne de carneiro, concha de ostra,
ameixa, carne de porco, sal, listar anise", vagem, tangerina, noz, trigo.
o Intestino grosso - Coalhada de feijão, cogumelo preto, pimenta-do-
reino, repolho (Chinês), carpa (dourada), mamona, cera da cabaça Chinesa,
milho, pepino, berinjela, figo, mel, alface, noz-moscada, caqui, farelo
de arroz, sal, espinafre, manjericão doce, "sword bean", taro, pimenta
branca, feijão-de-soja amarelo.
o Fígado - Semente de gergelim preta, açúcar mascavo, aipo, chicória,
cebolinho, semente de cebolinho, molusco bivalve (de água doce), concha
de molusco bivalve (de rio), barbas de milho, caranguejo, maçã silves-
tre ácida, siba, enguia, sangue de enguia, "hawthorn fruits", alho-porro,
lechia, loquat, concha de ostra, hortelã-pimenta, ameixa, açafrão, ameixa
azeda, listar anise"t vinagre, vinho.
o Pulmões - Cenoura, mamona, cera da cabaça Chinesa, galhinho de
canela, concha de molusco bivalve (de rio), gomo de cogumelo comum,
coentro, maçã silvestre ácida, pato, alho, gengibre (fresco e seco), ginsém,
uva, cabeça branca de cebola verde, mel, lágrimas-de-jó, mostarda folhosa,
alho-porro, alcaçuz, flor-de-lis, loquat, plúmula de lótus, maltose, leite
(de vaca e humano), azeitona, amendoim, pêra, hortelã-pimenta, caqui,
rabanete, cana-de-açúcar, manjericão doce, tangerina, noz, castanha
d'água, vinho.
o Intestino delgado - Cera da cabaça Chinesa, feijão vermelho pequeno
ou azuki, sal, espinafre.
o Baço - Cevada, coalhada de feijão, carne de boi, abóbora amarga, fei-
jão-de-soja preto, açúcar mascavo, carpa (comum, dourada e "grass"),
cenoura, castanha, galinha, casca de canela, cravo-da-índia, coentro,
pepino, tãmara (vermelha e preta), semente de endro, enguia, berinje-
la, figo, alho, gengibre (fresco e seco), ginsém, uva, casca de toranja,
pimenta verde, "hawthorn fruit", mel, "horse bean", "hyacinth bean",
lágrimas-de-jó, alcaçuz, lechia, "longan", loquat, semente e fruta de
lótus, malte, mal tose, carne de carneiro, noz-moscada, amendoins, carne
de porco, folha de rabanete, pimenta-malagueta, arroz (polido), abó-
bora, listar anise", vagem, manjericão doce, arroz doce, trigo, açúcar
branco, feijão-de-soja amarelo.
o Estômago - Cevada, coalhada de feijão, carne de boi, abóbora amarga,
cogumelo preto, pimenta-do-reino, açúcar mascavo, repolho (Chinês),
alcaravia, carpa (dourada e "grass"), aipo, castanha, galinha, cebolinho,
molusco bivalve (de água do mar e de água doce), concha de molusco
bivalve (de rio e marinho), cravo-da-índia, gomo de cogumelo comum,
milho, caranguejo, pepino, tãmara (vermelha e preta), berinjela, erva-doce,
alho, gengibre (fresco e seco), cabeça branca de cebola verde, "hawthorn
fruit", "horse bean", "hyacinth bean", "kelp", alface, alcaçuz, malte, maltose,
16 Sistema Chinês de Curas Alimentares

leite (de vaca e hwnano), "mung bean", melão almiscarado, azeitona, pêra,
carne de porco, rabanete, folha de rabanete, farelo de arroz, arroz (poli-
do), sal, cogumelo shiitalce, abóbora, cana-de-açúcar, manjericão doce, ar-
roz doce, "sword bean", tangerina, taro, vinagre, castanha d'água, melan-
cia, farelo de trigo, pimenta branca, vinho.

AÇÕES COMUNS DOS ALIMENTOS


As ações comuns dos alimentos referem-se às ações gerais dos alimentos
sem referirem-se a algum órgão interno especifico. Muitas ações são familia-
res aos leitores Ocidentais. Como wn exemplo, a ação chamada "aliviar a
asma" significa que é benéfica para os pacientes asmáticos; a ação chamada
"controlar a transpiração" significa que pode reduzir a transpiração.
Outras ações familiares incluem: interromper o sangramento, promo-
ver a circulação sangüínea, induzir movimentos intestinais, controlar a
urinação, e assim por diante.
Existem também algwnas ações que são totalmente não familiares para
os leitores Ocidentais que não possuem formação na Medicina Chinesa.
Por exemplo, o que se quer dizer pelos termos, "resfriar o sangue" ou "to-
nificar Yang"? Depois de ler este livro, entretanto, você deverá ter um en-
tendinlento claro de tais ações. Do amplo número de ações conhecidas na
Medicina Chinesa, menos de 100 são comumente usadas na dieta Chinesa.
Aqui estão ações e alimentos efetivos:
o Interromper o sangramento - Cogwnelo preto, castanha, casca de ovo de
galinha, caroço de algodão, pó de osso de siba, goiaba, plúmula de lótus,
espinafre, vinagre.
o Acalmar o espírito - Alcaçuz, f1or-de-lis.
o Controlar a acidez - Casca de ovo de galinha, pó de osso de siba.
o Controlar a transpiração - Concha de ostra, pêssego.
o Controlar a urinação - Framboesa.
o Controlar a ejaculação seminal- Plúmula de lótus, concha de ostra,
noz, cogumelo preto.
o Agir contra os efeitos tóxicos - Haliote, banana, coalhada de feijão,
feijão-de-soja preto, mamona, semente de cereja, clara de ovo de galinha,
cera da cabaça Chinesa, molusco bivalve (de água doce), pepino, tãmara
(vermelha e preta), figo, mel, lágrimas-de-jó, couve-rábano, rabanete, sal,
óleo de gergelim, feijão vermelho pequeno, fruta estrelar, vinagre.
o Dispersar a coagulação sangiiínea - Açúcar mascavo, cebolinha, raiz
de cebolinha, caranguejo, "hawthorn fruit", açafrão, vinagre.
o Dispersar o frio - Gengibre (fresco), vinho.
o Eliminar o catarro - Cera da cabaça Chinesa, molusco bivalve (de água
salgada), fruta da longevidade, pêra, rabanete, "sea grass", alga marinha.
Ações dos Alimentos e a Dieta &L1n(~.id.l z;
o Facilitar a erupção do sarampo - Semente de cereja, coentro, semente
de girassol.
o Melhorar o apetite - Pimenta verde, presunto, pimenta-malagueta.
o Induzir movimentos intestinais - Mamona, óleo de gergelim.
o Induzir a transpiração - Galhinho de canela, coentro, gengibre fres-
co), folha de cebola verde, cabeça branca de cebola verde, manjerona .
alecrim.
o Lubrificar a secura - Coalhada de feijão, ovo de galinha, gema de m·o
de galinha, mel, maltose, leite (humano), pêra, carne de porco, óleo de
gergelim, espinafre, suco de cana-de-açúcar, feijão-de-soja amarelo.
o Lubrificar os intestinos - Semente de damasco (amargo e doce), bana-
na, leite (de vaca), pêssego, óleo de feijão-de-soja, noz, melancia.
o Lubrificar os pulmões - Maçã, damasco, clara de ovo de galinha, ginsém,
flor-de-lis, fruta da longevidade, loquat, tangerina, amendoins, caqui,
morango, cogumelo branco, açúcar branco.
o Produzir líquidos - Maçã, damasco, coalhada de feijão, coco, tâmara
(vermelha e preta), presunto, limão, alcaçuz, lechia, maltose, leite (de
vaca), pêssego, pêra, ameixa, ameixa azeda, fruta estrelar, morango,
suco de cana-de-açúcar, tomate, cogumelo branco, açúcar branco.
o Promover a circulação sangüínea- Feijão-de-soja preto, açúcar mascavo,
castanha, sangue de enguia, pêssego, açafrão, manjericão doce, vinho.
o Promover a digestão - Maçã, coentro, ginsém, pimenta verde, fruto do
lúpulo, malte, noz-mosca da, mamão, abacaxi, ameixa, rabanete, folha
de rabanete, pimenta-malagueta, manjericão doce, tomate.
o Promover a cirCltlação energética - Alcaravia, cebolinho, raízes de cebolinho,
sementes de endro, casca de tangerina seca, erva-doce, alho, "kumquat",
lechia, manjerona, folha de rabanete, hortelã-pimenta, "star anise",
manjericão doce, tangerina, tabaco.
o Promover a secreção de leite - Carpa comum, alface.
o Promover a urinação - Aspargos, cevada, repolho Chinês, cenoura,
cera da cabaça Chinesa, coco, café, milho, barbas de milho, pepino,
uva, fruto do lúpulo, lágrimas-de-jó, feijão comum, alface, tangerina,
manga, "mung bean", melão almiscarado, cebola, abacaxi, ameixa, fruta
estrelar, suco de cana-de-açúcar, castanha d'água, melancia.
o Saciar a sede - Maçã silvestre ácida, pepino, loquat, manga, melão
almiscarado, caqui, abacaxi.
o Reduzir a febre - Melão almiscarado, fruta estrelar, castanha d 'água.
o Aliviar a asma - Semente de damasco (amargo).
o Aliviar a tosse - Semente de damasco (doce e amargo), " kumquat",
fruta da longevidade, tangerina, mexerica, timo.
o Aliviar a diarréia - Goiaba, semente de girassoL
o Aliviar sensações de calor no corpo - Clara de ovo de galinha, caran-
guejo, "mlffig bean", "sea grass".
18 Sistema Chinês de Curas Alimentares

o Aliviar a dor - Mel, lechia, hortelã-pimenta, abóbora, tabaco.


o Aguçar a visão - Haliote, abóbora amarga, pepino silvestre, molusco
bivalve de água doce, siba.
o Suavizar a tensão - Molusco bivalve (do mar), "kelp", concha de os-
tra, "sea grass", alga marinha.
o Tonificar a deficiência sangüínea - Carne de boi, ovo de galinha, gema
de ovo de galinha, siba, leite (humano), ostra, espinafre.
o Tonificar a deficiência energética - Semente de damasco (doce), coa-
lhada de feijão, carne de boi, açúcar mascavo, galinha, enguia, alcaçuz,
maltose, carne de carneiro, arroz polido, batata, arroz doce, batata doce.
o Tonificar o coração - Café, trigo.
o Tonificar os rins - Semente de gergelim preta, vagem, "sword bean",
trigo, rins.
o Tonificar o fígado - Semente de gergelim preta, fígado.
o Tonificar os pulmões - Lágrimas-de-jó, leite (de vaca).
o Tonificar o baço - Carne de boi, carpa (dourada), presunto, "horse
bean", "hyacinth bean", lágrimas-de-jó, arroz polido, batata, vagem,
batata-doce, feijão-de-soja amarelo.
o Tonificar o estômago - Carne de boi, fruto do lúpulo, leite (de vaca),
alecrim.
o Aliviar a embriaguez - Maçã, ginsém, morango.
o Aquecer os órgãos internos - Pimenta-do-reino, galinha, raizes decebolinho,
cravo-da-india, erva-doce, gengibre (seco), pimenta verde, carne de car-
neiro, noz-moscada, pimenta-malagueta, "sword bean", pimenta branca.

DIETA BALANCEADA NA TEORIA CHINESA


Basicamente, uma dieta balanceada significa duas coisas diferentes:
Primeiro, significa que você deve comer alimentos de vários sabores, energias
e ações orgânicas, em vez de concentrar-se somente num sabor, energia
ou ação orgânica. Segundo, uma dieta balanceada também significa que
os a Limentos são selecionados de acordo com as suas necessidades e cons-
tituição física . A dieta balanceada no primeiro sentido pode ser chamada
de dieta balanceada comum, e no segundo, dieta balanceada individual.
Não é fácil comer alimentos de várias energias, sabores e ações orgâni-
cas, porque estamos inclinados a comer o que gostamos. Os alimentos que
gostamos são determinados pelo nosso paladar, que é julgado pela nossa
boca e língua. A boca e a língua representam apenas os órgãos internos do
sistema digestivo. Isto implica que os alimentos que mais gostamos são
agradáveis para os órgãos do sistema digestivo sem considerar os órgãos
internos de outros sistemas orgânicos (bexiga, fígado, rins, coração e ou-
tros). De acordo com a teoria Chinesa, os alimentos doces são agradáveis
Ações dos Alimentos e a Dieta Balanceada 19

para o estômago e baço, os alimentos pungentes para os pulmões e intesti-


no grosso, os alimentos salgados para os rins e bexiga, os alimentos amar-
gos para o coração e intestino delgado, os alimentos azedos para o fígado
e vesícula biliar.
Os alimentos que mais gostamos e comemos mais freqüentemente são os
alimentos doces, seguidos pelos alimentos salgados; entretanto, para ter uma
cliela balanceada, necessitamos comer mais alimentos pungentes, azedos e
amargos. Este sentido de clieta balanceada é muito diferente da dieta balan-
ceada no sentido Oàdental. Tem-se compilado uma dieta balanceada no sen-
tido Ocidental para salientar as diferenças entre as clietas balanceadas Chine-
sa e Oàdental. A lista seguinte de alimentos representa os nutrientes essenci-
ais na dieta Ocidental e uma comparação do ponto de vista Chinês.
Alimentos Ocidentais - Carne de boi para fósforo; alga marinha para
iodo; banana para potássio; milho para proteína e gordura; arroz doce para
carboidrato; aipo para cálcio; espinafre para ferro; tomate para vitamina
A; batata e fígado de galinha para vitamina B; limão para vitamina C; manteiga
para vitamina D; alface para vitamina E; mel para vitamina K.
De acordo com a dieta Chinesa, a carne de boi é neutra em energia, é
doce no sabor e age no baço e estômago.
A alga marinha é fria em energia e salgada no sabor, com ações orgáni-
cas indeterminadas.
A banana é fria em energia e doce no sabor, com ações orgânicas inde-
terminadas.
O milho é neu tro em energia e doce no sabor, e age no estômago e
intestino grosso.
O arroz doce é morno em energia e doce no sabor, e age no baço, estô-
mago e pulmões.
O aipo é neutro em energia e doce no sabor, e age no estômago e fígado.
O espinafre é frio em energia e doce no sabor, e age no estômago e
intestino grosso.
O tomate é levemente frio em energia e doce e azedo no sabor, com
ações orgânicas indeterminadas.
A batata é neutra em energia e doce no sabor, com ações orgânicas
indeterminadas. O fígado de galinha é levemente morno em energia e doce
no sabor, e age sobre o fígado e rins.
O limão é extremamente azedo no sabor, com ações orgânicas e ener-
gia indeterminadas.
A manteiga é morna em energia e doce no sabor com ações orgânicas
indeterminadas.
A alface é fria em energia e amarga e doce no sabor, e age no estômago
e intestino grosso.
O mel é neutro em energia e doce no sabor, e age nos pulmões, baço e
intestino grosso.
20 Sisfema Chinês de Curas Alimentares

Podemos classificar todos os alimentos anteriores em grupos de acor-


do com as suas energias, sabores e ações orgânicas, ignorando todos os
itens ind eterminados.
• Energia fria - Alga marinha, banana, tomate.
• Energia quente - Nenhum.
• Energia fresca - Espinafre, alface.
• Energia monta - Arroz doce, fígado de galinha, manteiga.
• Energia neutra - Carne de boi, milho, aipo, batata, mel.
• Sabor punge11te - Nenhum.
• Sabor doce - Carne de boi, banana, milho, arroz doce, aipo, espinafre,
tomate, batata, fígado de galinha, manteiga, alface, mel.
• Sabor azedo - Tomate, limão.
• Sabor salgado - Alga marinha.
• Sabor amargo - Alface.
• Age no baço - Carne de boi, arroz doce, mel.
• Age no estômago - Carne de boi, milho, arroz doce, aipo, espinafre,
alface.
• Age no intestino grosso - Milho, espinafre, alface, mel.
• Age no intestino delgado - Nenhum.
• Age no fígado - Aipo, fígado de galinha.
• Age na vesícula biliar - Nenhum.
• Age na bexiga - Nenhum.
• Age nos rins - Fígado de galinha.
• Age 1/0 coração - Nenhum.
• Age tIOS pulmões - Arroz doce, mel.
Você pode ver que acima não existe nenhum alimento com uma energia
quente ou com um sabor pungente, e nenhum alimento age no intestino delga-
do, vesícula biliar, bexiga ou coração. Especialmente, a maioria dos alimentos
são doces e agem no baço, estômago e intestino grosso, que são relacionados
com o sistema digestivo. Se bem que os alimentos listados acima são seleciona-
dos ao acaso com apenas o equilibrio nutricional Ocidental em mente, eles
refletem como a população Ocidental come. Especificamente, os Ocidentais
comem mais alimentos doces, os quais possuem um gosto bom e agem predo-
minantemente nos órgãos do sistema digestivo. Uma pequena preocupação
de que existe mais pessoas com excesso de peso no Ocidente do que no Oriente!

DIETA BALANCEADA INDIVIDUAL


A dieta balanceada individual deve considerar a constituição física de
cada pessoa. Na dieta Chinesa, existem seis tipos diferentes de constitui-
ção física: quente, fria , seca, úmida, deficiente e excessiva. Indivíduos com
tipos diferentes de constituição física devem seguir uma dieta balanceada
Ações dos Alimentos ea Dieta Balanceadil
"
diferente. Isto significa que se você possui uma constituição física quente,
você deve comer mais alimentos frios e frescos; se você possui uma cons-
tituição física fria, você deve comer mais alimentos quentes e momos a
fim de atingir um equilíbrio no seu organismo. É muito importante, entre-
tanto, saber que tipo de constituição física você possui a fím de designar
uma dieta balanceada para si próprio.
A constituição física de uma pessoa pode ser determinada em termos
de um número de fatores-chave, incluindo sensações subjetivas, urina, fe-
zes, língua e outros fatores. Se você freqüentemente sente calor, sede, e se
você normalmente prefere bebidas frias e possui uma aparência averme-
lhada, você provavelmente possui uma constituição física quente. Uma pessoa
com uma constituição física quente pode eliminar uma urina escassa (amarelo
avermelhado na cor) e fezes duras. A língua pode parecer vermelha com
um revestimento amarelado, mas às vezes, a língua pode também parecer
vermelha com nenhum revestimento no todo.
Se você freqüentemente sente frio e não sente sede, e normalmente prefe-
re bebidas quentes ou mornas e possui uma aparência pálida e esbranquiça-
da, você provavelmente possui uma constituição física fria. Uma pessoa com
uma constituição física fria pode eliminar urina clara (que parece branca) e
fezes moles. A língua de uma pessoa com uma constituição física fria normal-
mente parece leve na cor com um fino revestimento esbranquiçado.
Se você sente sede facilmente, e seus lábios, nariz, garganta e pele são
todos secos, e quando você tosse (quando você tem um resfriado) é na
maioria das vezes tosse seca sem muco, então você provavelmente possui
uma constituição física seca. Uma pessoa com uma constituição física seca
pode facilmente ter uma coceira - na pele ou no nariz ou nos olhos. E a
pessoa também pode apresentar sintomas de constipação, devido às con-
dições de secura dos intestinos. Uma pessoa com uma constituição física
seca normalmente é magra e não pode ganhar peso facilmente.
Se você sente peso no corpo e muito freqüentemente cansado, e se sua
língua parece brilhante e lisa, então você provavelmente possui uma cons-
tituição física úmida. Uma pessoa com uma constituição física úmida facil-
mente se toma acima do peso devido à retenção de água, chamada edema.
Este tipo de pessoa pode parecer gorda, porém é mais precisamente fraca
em energia. Os Chineses acreditam que para remover água do organismo,
é necessário para este tipo de pessoa promover a urinação e induzir a
transpiração e comer alimentos aromáticos, que acredita-se possuírem os
efeitos de secagem na região interna.
Um outro tipo de constituição física é chamada de deficiente. Uma pes-
soa com uma constituição física deficiente é fraca em energia e normal-
mente em estado de espírito. Este tipo de pessoa pode ter uma aparência
pálida, sentir-se cansada muito freqüentemente, transpirar excessivamen-
te, ter palpitações ou falta de fôlego . A língua pode parecer limpa e bri-
22 Sistema Chinês de Curas Alimentares

lhante sem revestimento. Uma pessoa com uma constituição física defi-
ciente está abaixo do peso ou magra, e freqüentemente sofre de sintomas
de prostração (prostração do estômago, prolapso do útero, prolapso do
ãnus), que são causados pela deficiência energética. O organismo não pos-
sui energia suficiente para suportar os órgãos internos, desta maneira os
órgãos começam a prostrarem-se.
O último tipo de constituição física é chamada de excessiva. Uma pessoa
com urna constituição física excessiva é forte e energética e freqüentemente
está em elevado estado de espírito, e fala em uma voz aguda. Este tipo de
pessoa normalmente possui uma aparência avermelhada e pode sofrer de
constipação, hipertensão ou doença coronária. Devido ao fato do organismo
ter acumulado muita energia, congestionamentos são criados levando a blo-
queios de vários tipos. Deve ser enfatizado aqui, entretanto, que as pessoas
usualmente possuem uma mistura de constituições físicas - fria e seca, úmida
e quente, fria e deficiente, ou um outro tipo de combinação.
A dieta balanceada individual, portanto, é sempre uma mistura de ali-
mentos com sabores diferentes e energias combinadas às necessidades da
constituição física individual. Para designar uma dieta balanceada para si
próprio, existem alguns princípios gerais que você pode seguir: Se você
possui uma constituição física fria, coma mais alimentos com uma energia
quente ou morna e menos alimentos com uma energia fria ou fresca. Quanto
aos sabores dos alimentos, coma mais alimentos doces e pungentes e re-
duza os alimentos amargos.
Se você possui uma constituição física quente, coma mais alimentos
com uma energia fria ou fresca; considerando os sabores dos alimentos,
coma mais alimentos amargos e menos alimentos pungentes. Se você pos-
sui uma constituição física seca, coma mais alimentos que lubrifiquem a
secura (mel, por exemplo) e evite alimentos que sequem a umidade no
organismo (tais como feijões vermelhos pequenos).
Se você possui uma constituição física úmida, coma mais alimentos
que sequem a umidade e promovam a passagem de água; evite alimentos
que possam produzir líquidos. Se você possui uma constituição física de-
ficiente, você deve comer mais alimentos que possam movê-lo para o lado
excessivo da energia. Tais alimentos são chamados de tônicos (inhame e
tâmara vermelha, por exemplo); coma menos alimentos que possam torná-
lo deficiente (estes normalmente têm sabor amargo). Se você possui urna
constituição física excessiva, escolha mais alimentos que possam promo-
ver a circulação energética e sangüínea; evite os alimentos que possam
aumentar a sua energia.
Tem-se discutido como a dieta balanceada individual pode ser desig-
nada de acordo com os seis tipos de constituição física individual. Além
disso, cada pessoa deve prestar atenção a uma dieta que mantenha o equi-
líbrio dos órgãos internos. Esta é chamada de dieta orgânica balanceada.
Ações dos Alimetltos e Q Dieta &r - c~ ~.i

DIETA ORGÂNICA BALANCEADA


A dieta orgânica balanceada refere-se à dieta que mantém o equilibrio
dos órgãos internos. Já que cada pessoa possui condições orgânicas dife-
rentes, a dieta orgânica balanceada também varia com estas condições.
Cada indivíduo possui resistências e fraquezas orgânicas. Por exemplo_
uma pessoa pode ser forte nas funções digestivas, mas fraca nas funções
reprodutivas. O fato de que uma pessoa possui um apetite excelente não
significa necessariamente que seu coração também esteja em boa forma ou
que suas capacidades sexuais estejam à altura do padrão.
Teoricamente, a dieta para equilíbrio orgânico garante que todos os
órgãos internos são mantidos em boas condições. Isto é importante, não
apenas porque todos os órgãos internos devem estar em boa forma, mas
também porque quando um órgão está excessivamente forte, ele tende a
enfraquecer um outro órgão, criando um desequilíbrio orgânico. Aqui está
um exemplo simples: quando uma pessoa ganha 20 ou 30 libras dentro
de 2 ou 3 meses, ela pode se tomar sexualmente fraca ou até impotente.
Por que? Porque a resistência excessiva do seu estômago está exercendo
pressão nos seus rins, os quais, de acordo com a teoria Chinesa, são res-
ponsáveis pelas capacidades sexuais.
É muito difícil para um leigo determinar as resistências e fraquezas
orgânicas pessoais que exigem conhecimento sobre a Medicina Chinesa.
Suponha como um exemplo, uma pessoa que sofre de azia consulta o seu
médico que o aconselha a fazer um exame geral físico que pode diagnosti-
car nenhuma anormalidade - nenhuma gastrite, úlcera gástrica, ou ácido
gástrico excessivo. O seu estômago também pode parecer normal, desta
maneira, o médico lhe diz que está em bom estado de saúde. Mas então a
pessoa sofrendo de azia começa a pensar consigo mesma se realmente ela
está em bom estado de saúde. Uma questão emerge em sua mente: "Se eu
estou em bom estado de saúde, por que eu tenho azia?"
Vamos admitir que esta pessoa esteja inteiramente curiosa e um dia deci-
da consultar um herbaJista Chinês. O herbalista Chinês pergwlta a ela como o
seu estômago está e ela responde que sente sensações de queimação no seu
estômago. O herbalista Chinês pergunta a ela se gosta de beber bebida alcoó-
lica, e ela responde que beber whiskey produz sensações de queimação até
mais severas no seu estômago. O herbalista Chinês pergunta a ela se alimen-
tos condin1entados se harmonizam com ela, e esta responde que os alimentos
condimentados tomam as suas sensações de ardor piores. O herbaJista Chi-
nês então diagnostica que o estômago do paciente é muito quente. Mas o
paciente insiste que o seu médico verificou o seu estômago muito meticulosa-
mente e não descobriu nada de errado.
Como o herbalista Chinês sabe que o estômago da pessoa é muito quente?
De fato, a resposta não é tão difícil quanto parece. O fato de que o paciente
24 Sislema GIi"ês de Cu ras Alimelllares

sente sensações de queimação no estômago indica que esta é uma doença


quente que piora quando se consome bebida alcoólica e alimentos condi-
mentados. Ambos, a bebida alcoólica e os alimentos condimentados, são
ou muito mornos ou quentes - ruins para um estômago quente. Um estô-
mago quente deve ser resfriado ao comer alimentos que possuam uma
energia fresca ou fria. Se tais alimentos não podem aliviar os sintomas,
então as ervas frias devem ser usadas; as ervas são mais fortes do que os
alimentos. Isto revela um outro importante aspecto da dieta balanceada,
isto é, a dieta para restaurar o equiltbrio do organismo.

RESTAURANDO O EQUILÍBRIO ORGÂNICO


Quando uma pessoa fica doente, o equiltbrio do seu organismo é per-
dido - pelo menos temporariamente. Se você tem uma dor de cabeça, por
exemplo, significa que o equilíbrio do seu organismo está perdido; é ne-
cessário criar uma dieta para restaurar o equilibrio, ou em outras palavras,
aliviar os seus sintomas. Normaltnente, os sintomas que você desenvolve
são consistentes com a sua constituição física: se você possui uma consti-
tuição física quente, provavelmente desenvolverá sintomas quentes (tais
como erupções de pele e reumatismo quente); uma constituição física fria,
sintomas frios (tais como vômito frio e reumatismo frio). Por esta razão, é
importante conhecer a sua própria constituição física para lidar com sinto-
mas ocasionais. Inversamente, também é fácil para você identificar a sua
constituição física através dos sintomas. Se você tem uma tendência a so-
frer de constipação, você muito provaveltnente possui uma constituição
física seca ou quente; se você sofre de dor reumática que piora nos dias
frios ou em exposição a meios ambientes frios, então você muito provavel-
mente possui uma constituição física fria. Pessoas que sofrem de dor reu-
mática nas mesmas juntas - com aumento de dor em dias chuvosos - pos-
suem reumatismo úmido. Estas pessoas provavelmente possuem uma
constituição física úmida .
Os sintomas podem, algumas vezes, ser opostos à constituição física,
entretanto, o que significa que uma pessoa com uma constituição física
quente pode desenvolver sintomas frios de vez em quando, e uma pessoa
com uma constituição física fria também pode desenvolver sintomas quentes.
Como um exemplo, ainda que você tenha uma constituição física quente,
você ainda pode sofrer de vômito frio (um sintoma frio); e mesmo que
você possua uma constituição física fria, às vezes você pode ter febre (um
sintoma quente). Por esta razão, o tratam ento de sintomas pode envolver
alimentos que não são normalmente bons para a pessoa que desenvolve
os sintomas temporários. Quando uma pessoa com constituição física fria
desenvolve febre (um sintoma quente), ela pode ter que comer alimentos
Ações dos Alimentos e a Dieta Balanceada 25

com uma energia fria, se bem que tais alimentos podem ser normalmente
ruins para esta pessoa.
Quanto mais você aprende sobre a dieta Chinesa, mais capaz você será
de aplicar isso com flexibilidade. Já com um conhecimento médio das crenças
Chinesas, você beneficiar-se-á disso. Como você se sentiria ao se recupe-
rar de eczema simplesmente bebendo caldo de "mung bean" por algumas
semanas? Como você se sentiria ao se recuperar de dor neurálgica sim-
plesmente bebendo caldo de gengibre quente? Como você se sentiria ao se
recuperar de enxaqueca simplesmente bebendo chá de hortelã-pimenta?
Eu tinha nariz pingante ontem e meus olhos estavam prurientes. Eu
sabia que tinha pego um resfriado - mas não tinha sensações de frio nem
febre . Os únicos sintomas eram nariz pingante e olhos prurientes. Desta
maneira, fervi água quente, piquei um limão, espremi o suco na água quente
e adicionei uma colherada de açúcar. Bebi o suco de limão morno. Nesta
profissão de escritor eu me sinto bem. Por que eu bebi o suco de limão?
Todo mundo sabe que o limão possui muita vitamina C. Mas ontem, não
estava interessado na vitamina C, apenas queria interromper meu corri-
mento nasal. Sabia que o limão é extremamente azedo e os alimentos que
possuem um sabor azedo são obstrutivos. Por isso é que usei o suco de
limão - a sua natureza obstrutiva pode interromper meu nariz pingante.
Além do mais, o limão pode produzir líquidos que são bons para mim,
não apenas porque meus olhos estavam prurientes (devido à secura), mas
também porque tenho uma constituição física seca. Por que eu adicionei
açúcar? Existem duas razões: primeiro, o suco de limão é tão azedo que
não é muito agradável para mim; segundo, o açúcar também pode produ-
zir líquidos que são bons para meu sintoma de secura. Podia ter cometido
um erro por adicionar mel em lugar do açúcar; o mel é muito acetinado, o
que podia piorar meu corrimento nasal e cancelar a natureza obstrutiva
do limão. Por que eu bebi o suco de limão muito morno no lugar de esfriar
no refrigerador e beber frio? Porque meu nariz pingante foi causado pela
frieza e eu sabia que o suco de limão morno me tornaria quente.
3
Tipos de Organismos
e os Princípios
Yin-Yang
Nos capítulos anteriores, comentamos sobre as energias e os sabores
dos alimentos. Agora você pode pôr esse conhecimento em prática. Mas
antes de começar a aplicar nossas sugestôes para beneficiar sua saúde,
existe um importante conceito que você deve saber sobre - Yin e Yang. A
teoria do Yin e Yang é fundamental na Medicina Chinesa e deve ser consi-
derada como tal quando comentar as curas alimentares. De fato, tudo no
universo pode ser classificado em Yin e Yang: o homem é Yang, a mulher é
Yin; o sol é Yang, a lua é Yin; o dia é Yang, a noite é Yin; as funções do
organismo humano são Yang, a sua forma é Yin; o céu é Yang, a terra é Yin;
a pele e os músculos são Yang, os órgãos internos são Yin; as costas é Yang,
o abdômen é Yin.
As energias e os sabores dos alimentos também são classificados
em Yin e Yang. As energias quente e morna são Yang; as energias fria e
fresca são Yil1. Os sabores pungente e doce são Yang; os sabores azedo,
amargo e salgado são Yin. Quando tentamos classificar os alimentos
em Yin e Yang, devemos considerar ambos, as suas energias e sabores.
Às vezes, a energia de um alimento pode ser Yang e seu sabor Yin, o
que parece contraditório, mas não é.

NÚMEROS DE PONTOS Y
Eu tenho esquematizado uma tabela ampla de números de pontos Y
(TABELA 3.1) pelos quais tipos de alimentos e de organismos, doenças, mau
humor e quatro estações climáticas podem ser classificados em Yin e Yang.
Os números de pontos Y representam os pontos Yin e Yang de um item
dado. Esta tabela não é apenas simples no esquema, mas também precisa
28 Sistema Chinês de Cllras Alimentares

TABELA 3.1 - NÚMEROS DE PONTOS Y COMPLETOS


Yaug Yin
Energias dos quente momo neutro fresco frio
alimentos
NU de pontos Y +8 +4 o -4 -8
Sabores dos pungente doce leve azedo sa [gado amargo
alimentos
NU de pontos Y +8 +4 o -4 -6 -8
Movimentos para fora para cima neutro para baixo para dentro
dos alimentos
NU de pontos Y +8 +4 o -4 -8
Quente-frio quente morno neutro fresco frio
N 2J de
pontos Y +8 o -4 -8
Seco-úmido seco (abaixo do peso) neutro úmido (acima do peso)
.~ N!1.I de

"'ª pontos Y +8 +7 +S +4 +3 +2 +1 o - 1 -2 -3 -4 -5 -6 -7 -8
:ê r-~------------------------------------------------------------
~ Excessivo- normalmente normalmente neutro normalmente normalmente

·
..:; deficiente energético não cansado preguiçoso cansado
•:Q N2Ide
.5 pontos Y +8 +4 O -4 -8
~~----------------------------------------------------
e.o Tempera- inquieto ou completamente neutro completamente complacente ou
O mentos impaciente ativo relaxado paciente
~ Nº'de
~ pontos Y +8 +4 O -4 -8
t ~------------------------------------------------
Vida sexual vigor sexua l sexo> neutro alimentos> vigor sexual
muito alto alimentos sexo muito baixo
N 2i de
pontos Y +8 +4 o -4 -8
Modos de ser cord ial ou esperançoso pensativo deprim.ido medroso ou
prazeroso ou cômodo ou racional ou triste tímido
NQ! de pontos Y +8 +4 O -4 -8
Quatro estações verão primavera verão- outono inverno
ou tono
NU de pontos Y +8 +4 O -4 -8

para aplicar. Depois d e ter aprendido como usar a tabela através da leitura
deste capítulo, você achará muito conveniente usá-Ia ao decidir quais ali-
mentos comer e sob quais circunstâncias comê-los.
Os números de pontos Y podem ser usados para determinar em que
extensão um d ado alimento, doença, tipo d e organismo ou estação é Yin
ou Yang devido ser uma quantificação de Yin e de Yang. Se um dado item
é precedido por +, é Yan g; se é precedido por -, é Yin. O Yin e Yang podem
ser melhor entendidos como dois adjetivos, no lugar de nomes, porque
como adjetivos, podemos dizer que uma coisa é mais Yang ou mais Yin
que outra. Por exemplo, se a energia de um alimento é quente, possui um
Tipos de Organismos e os Princípios Vin-Yang 29

número de ponto Y de +8, e se a energia de um outro alimento é morna,


possui um número de ponto Y de +4, significando que o primeiro alimen-
to é mais Yang que o segundo. Novamente, se a energia de um alimento é
fresca, possui um número de ponto Y de -4, e se a energia de um outro
alimento é fria, possui um número de ponto Y de -8, significando que o
segundo àlimento é mais Yil1 que o primeiro.
Ao determinar o número de ponto Y de um dado alimento (TABELA
3.2), ambos o número de ponto Y de sua energia e aquele do seu sabor
devem ser levados em conta. Para computar isso, os números de pontos Y
do sabor e aqueles da energia de um dado alimento devem ser calculados
separadamente; então adicione-os e di vida por 2 para chegar ao número
de ponto Y. Como um exemplo, o alho possui uma energia morna e um
sabor pungente. Ele possui um número de ponto Y de +4 em energia e +8
em sabor com um total de número de pontos de +12 (4 + 8), o que significa
que o alho possui um número de ponto Y de +6. Pegue a melancia como
outro exemplo, ela possui uma energia fria e um sabor doce. Isto significa
que a melancia possui um número de ponto Y de -8 em energia e +4 em
sabor com um total de número de pontos de -4, o que significa que a me-
lancia possui um número de ponto Y de - 2.
Se um dado alimento possui dois ou mais sabores ou energias, seus
números de pontos Y devem ser a média do número de pontos médio.
Como um exemplo, o "kumquat" possui três sabores, isto é, pungente (+8),
doce (+4) e azedo (-4), com um total de número de pontos de +8, que é a
média de +3 como seu sabor; e já que o "kwnquat" é morno (+4), você
adiciona isso a +3 (média do sabor) e divide por 2. O número de pontos Y
d o "kumquat" é de +3 ou +4.
Após determinar o número de pontos Y de um dado alimento, você
pode conhecer os seus movimentos simplesmente pela leitura da TABE-
LA 3.3.
Se um alimento possui um número de pontos Y de +8, pode mover-
se para fora; se possui um número de pon tos Y de +4, pode mover-se
para cima; se possui um número de pontos Y de -4, pode mover-se
para baixo; se possui um número de pontos Y de -8, pode mover-se
pa ra dentro; se possui um número de pontos Y de 0, é neutro. E se um

TABELA 3.2 - NÚMEROS DE PONTOS Y DOS ALIMENTOS


Yallg Yi"
Energia dos quente momo neutro fresco frio
alimentos
S2t: de pontos Y +8 +4 O -4 -8
5.abor dos pungente doce leve azedo salgado amargo
alimentos
'til de pontos Y +8 +4 O -4 -6 -8
30 Sistema Chinês de Curas Alimen tares

TABELA 3.3 - NÚMEROS DE PONTOS Y DOS MOVIMENTOS DOS


ALIMENTOS
Yal1g Yi"
Movimentos para fora para cima neutro para baixo para dentro
dos alimentos
N~ de pontos Y +8 +4 O -4 -8

alimento possui um número de pontos Y de +6? Ele move-se para cima


ou para fora? Para responder esta pergunta, é importante lembrar que
existe uma continuidade entre o Yin e Yang que, por sua vez, significa
que existe também uma continuidade entre os movimentos para cima e
para fora. Se um alimento possui um número de pontos Y de +6, pode
mover-se para cima e para fora simultaneamente, ou pode mover-se
mais para cima que para fora ou vice-versa. Como já temos visto, o
alho possui um número de pontos Y de +6 e a melancia possui um nú-
mero de pontos Y d e -2. Com esta informação, sabemos que o alho
move-se para cima ou para fora, mas que a melancia move-se para bai-
xo. Este é o princípio geral que governa os relacionamentos entre a energia
e o sabor dos alimentos por um lado, e os movimentos dos alimentos
por outro. Existem exceções p ara este princípio geral, que são usual-
mente relatadas neste livro sob cada alimento envolvido. Uma tal exce-
ção é o "sword bean" . De acordo com o princípio geral, o "sword bean"
deve se mover para cima já que é morno e doce. Todavia, o "sword
bean" move-se para baixo no lugar de se mover para cima de acordo
com a teoria estabelecida.
Como já foi comentado no capítulo anterior, muitos problemas de
saúde são classificados em doenças, sintomas ou enfermidades exter-
nas, ascendentes, descendentes, internas. Vômito, palpitação e solu ço
são enfermidades ascendentes; prolapso do ânus e prostração do estô-
mago são problemas descendentes; febre, transpiração excessiva e su-
dorese noturna são sintomas externos; diarréia e inchação abdominal
são enfermidades internas. Certamente, existem exceções, mas como
uma regra geral, os alimentos que possuem um número de pontos Y de
+4 (movimento para cima) podem ser usados para tratar doenças des-
cendentes; os alimentos que possuem um número de pontos Y de -4
(movimento para bai xo) podem ser usados para tratar d oenças ascen-
dentes; os alimentos que possuem um número de pontos Y de +8 (mo-
vimento para fora) podem ser usados para tratar doenças internas; e os
alimentos que possuem um número de pontos Y de -8 (movimento para
dentro) podem ser usados para tratar doenças externas.
Suponha que você esteja com soluço neste momento e tenta decidir se
come alho ou melancia para interrompê-lo. É óbvio que a melancia deve
Tipos de Organismos e os Princípios Yin-Yang 31

ser sua escolha lógica: Ela possui um número de pontos Y de -2, o que
significa que pode se mover para baixo; que é bom para soluço.vamos,
além disso, admitir que você tenha um resfriado brando e tenta decidir se
come alho ou melancia a fim de acelerar sua recuperação. É óbvio que o
alho deve ser a sua escolha lógica, porque possui um número de pontos Y
de +6, o que sigrúfica que pode se mover para cima e para fora a fim de
induzir a transpiração; conseqüentemente é bom para resfriado comum.
Os movimentos dos alimentos também podem ser aplicados para tra-
tar doenças que não estão em movimento, isto é, não estão movendo-se
para cima ou para baixo ou para fora ou para dentro, mas permanecem na
mesma região. Por exemplo, se você possui uma dor de cabeça, a dor pode
permanecer na sua cabeça sem se mover para nenhuma direção; se você
tem uma dor de estômago, a dor pode permanecer no estômago sem se
mover em nenhuma direção; se você sofre de artrite, a dor pode permane-
cer na junta do joelho sem se mover em nenhuma direção. Tais sintomas
são chamados de sintomas nas regiões fixas, e podem ser tratados por ali-
mentos com diferentes números de pontos Y: Quando ocorre uma doença
na região superior, como a dor de cabeça ou a dor de estômago, deve ser
tratada por alimentos com um número de pontos Y de +4 (movimento
para cima), então os efeitos dos alimentos podem alcançar a cabeça; quan-
do urna doença ocorre na região inferior, como artrite envolvendo as jun-
tas do joelho, deve ser tratada por alimentos com um número de pontos Y
de -4 (movimento para baixo), então os alimentos podem alcançar as jun-
tas do joelho; quando uma doença ocorre na região externa, como dor nos
músculos, deve ser tratada por alimentos com um número de pontos Y de
+8 (movimento para fora), então os alimentos podem alcançar os mús-
culos; quando uma doença ocorre na região interna, como a constipação
ou inchação abdominal, deve ser tratada por alimentos com um número
de pontos Y de -8 (movimento para dentro), então os alimentos podem
alcançar as regiões afetadas.

SEU TIPO DE ORGANISMO


E se você não está sofrendo de nenhuma doença? Quais alimentos
deve comer? Para escolher os alimentos sabiamente, é necessário ter
um conhecimento adequado do seu tipo de organismo. Os tipos de or-
ganismos, como os alimentos, também podem ser classificados em Yin
e Yang para serem determinados pelo conceito de número de pontos Y.
Se o seu tipo de organismo possui um número de pontos Y de +8, é
sensato para você comer mais alimentos com um número de pontos Y
de -8 para atingir um equilíbrio; se você possui um número de pontos
Y de -8, por exemplo, é sensato comer mais alimentos com um número
32 Sistema CFlillês de Curas Alimentares

de pontos Y de +8 para atingir um equilíbrio. Em outras palavras, uma


pessoa Yin sabiamente deve comer mais alimentos Yang e uma pessoa
Yal1g mais alimentos Yin para criar um equilíbrio entre Yin e Yal1g no
orgamsmo.
Mas como você pode determinar o seu tipo de organismo, se é Yin ou
Yang? Existem quatro fatores básicos que devem ser levados em considera-
ção: quente/frio, seco/úmido, temperamentos e vida sexual (TABELA 3.4).
A dicotomia quente/ fria pode ser determinada pelas respostas das quatro
questões seguintes:
Primeiro, você normalmente tem mãos ou pés frios? Se você respon-
der que sim, então o seu número de pontos Y é de -8.
Segundo, você normalmente tem mãos ou pés mornos? Se você res-
ponder que sim, então o seu número de pontos Y é de +8.
Terceiro, você geralmente prefere o inverno frio que o verão quente?
Se você responder que sim, então o seu número de pontos Y é de-4.
Quarto, você geralmente prefere verão quente que inverno frio? Se você
responder que sim, então o seu número de pontos Y é de +4.
Se você não pode decidir a resposta de nenhuma das questões acima,
então o seu número de pontos é O (neutro). Vamos admitir que as suas
respostas para a primeira e a terceira questões sejam positivas, então o seu
número de pontos Y, a adição de -8 e -4 dividida por 2, é de -6.
A dicotomia seca/úmida pode ser determinada pelo seu peso corpó-
reo, com cada 5 libras acima ou abaixo do peso a ser contadas como +1 ou
-1, faz-se um número máximo de pontos de +8 ou -8. Aqui está como isto
funciona: Se você está 5 libras acima do peso, o seu número de pontos Y é
-1; se você está 5 libras abaixo do peso, o seu número de pontos Y é +1; se
você está 10 libras acima do peso, o seu número de pontos Y é -2; se você

TABELA 3.4 - TIPOS DE ORGANISMOS YIN e YANG


Tipos de organismos Yaug Yill
Quente-frio quente momo neutro fresco frio
N!!1 de pontos Y +8 +4 O -4 -8
Seco·úmido seco (abaixo do peso) neutro úmido (acima do peso)
N!!1de pontos Y +8 +7 +6 +5 +4 +3 +2 +1 O - 1 - 2 - 3 -4 -5 -6 - 7 -8
Excessivo· normalmente normalmente neutro normalmente normalmente
deficiente energético não cansado preguiçoso cansado
NU de pontos Y +8 +4 O -4 -8
Temperamentos inquieto ou completamente neutro completamente complacente ou
impaciente ativo relaxado paciente
NllI de pontos Y +8 +4 O -4 -8
Vida sexual vigor sexual sexo> neutro alimentos > vigor sexual
muito alto alimentos sexo muito baixo
N2I. de pontos Y +8 +4 O -4 -8
Tipos de Organismos e os Prillcípios Yin-Yang 33

está 40 libras (ou mais) acima do peso, o seu número de pontos Y é -8.
Como você pode ver, acima do peso é Yin, abaixo do peso é Yang. Os ho-
mens são Yang e as mulheres são Yin (para pequeno espanto existem
mais mulheres acima do peso do que homens); um galo é uma criatura
muito Yang (espanta-se de que cada galo está abaixo do peso); a galinha é
uma criatura muito Yin (espanta-se de que cada galinha está acima do
peso). Um homem pode estar mais acima do peso que outro, porque o
primeiro é mais Yang que o último; pelo mesmo indício, uma mulher pode
estar mais acima do peso que outra, porque a primeira é mais Yin que a
última.
A dicotomia do excesso e deficiência pode ser determinada pelas con-
dições da energia corpórea. Se você normalmente se sente vigoroso, o seu
número de pontos Y é +8; se você raramente se sente cansado, mas apenas
de vez em quando, O seu número de pontos Y é +4; se você normalmente
se sente preguiçoso, mas não cansado, o seu número de pontos Y é -4; se
você normalmente se sente cansado, o seu número de pontos Y é -8; se
você não sabe a respota, o seu número de pontos Y é O. Se ambos +8 e +4
são aplicáveis para você, selecione +8 como o seu número de pontos Y; se
ambos -8 e -4 são aplicáveis para você, selecione -8 como o seu número de
pontos Y; se mais que dois números de pontos são aplicáveis para você,
faça a média deles para alcançar o número de pontos Y.
A dicotomia dos temperamentos pode ser determinada pela natureza
de sua resposta para esta pergunta: Você cai no sono enquanto está a bor-
do de um avião ou sentado numa cadeira ou no carro como um passagei-
ro? Se a sua resposta é "muito freqüentemente ou facilmente", o seu nú-
mero de pontos Y é - 8; se a sua resposta é "nunca ou apenas quando extre-
mamente cansado", o seu número de pontos Y é +8; se a sua resposta é
"facilmente quando um pouco cansado", o seu número de pontos Y é +4;
se a sua resposta é "ocasionalmente mesmo que não esteja cansado", o seu
número de pontos Y é -4. Se ambos +4 e +8 são aplicáveis para você, sele-
cione +8; se ambos -4 e - 8 são aplicáveis para você, selecione -8.
A dicotomia da vida sexual é auto-evidente, requerendo não mais que
explanações com a exceção do maior senão o simbolo (», que é usado
aqui para denotar preferência. Sexo> alimentos denota prazer do sexo
maior que de alimentos, que possui um número de pontos Y de +4; e ali-
mentos > sexo denota prazer de alimentos maior que de sexo, que possui
um número de pontos Y de -4. No caso de dois números de pontos serem
igualmente aplicáveis para você, selecione o mais alto número de pontos
como o seu número de pontos Y. Como um exemplo, se ambos +4 e +8 são
aplicáveis para você, o seu número de pontos Y deve ser +8; se ambos -4 e
-8 são aplicáveis para você, o seu número de pontos Y deve ser -8. Se você
não pode decidir a qual categoria você pertence, o seu número de pontos
Y é O, o que significa neutro ou indeciso.
34 Sistema Chinês de Curas Alimentares

Após ter chegado no número de pontos Yem cada wna das cinco dicotomias
anteriores, adicione os cinco números de pontos Y e então divida por 5
para chegar no seu número de pontos Y - uma descrição do seu tipo de
organismo. Por exemplo, se o seu número de pontos Y na dicotomia quen-
te / fria é +4, na dicotomia seca/úmida é +8, na dicotomia excessiva/defi-
ciente é +8, na dicotomia de temperamentos é O e na dicotomia da vida
sexual é +4, então O seu número de pontos Y deve ser a média de +5. Este
é o número de pontos Y do seu tipo de organismo.
Você está pronto para escolher os alimentos para suas necessidades
neste princípio básico: uma pessoa com um tipo de organismo Yang deve
comer mais alimentos Yin, e uma pessoa com um tipo de organismo Yin
deve comer mais alimentos Yang a fim de criar um equilIbrio Yil1-Yang no
organismo.

ALERGIAS E TIPOS DE ORGANISMOS


Todos nós temos ouvido sobre a palalvra "alergia" na medicina mo-
derna, mas o que isto significa? Algumas pessoas não podem suportar
certos alimentos, e são freqüentemente informadas por seus médicos que
não podem suportar tais alimentos porque são alérgicas a eles. Conse-
qüentemente, a palavra alergia, de fato, é nada mais que um círculo vicio-
so em disfarce, nem melhor nem pior que uma explanação por inteiro.
O conceito de alergias na m edicina moderna pode ser melhor ex-
planado, entretanto, em termos da interação entre alimentos e tipos de
organismos. Um indivíduo com um tipo de organismo de número de
pontos Y de -8, por exemplo, pode não tolerar alimentos com um nú-
mero de pontos Y de -8, porqu e lhe conduzirão para o limite Yin; um
indivíduo com um número de pontos Y de +8 no tipo de organismo
pode não tolerar a limentos com um número de pontos Y de +8, porque
lhe conduzirão para o limite Yang, particularmente quando tais alimentos
são consumidos por um longo período de tempo. Se o seu tipo de orga-
nismo possui um número de pontos Y de +8, é melhor você comer mais
alga marinha, por exemplo, que possui um número de pontos Y de -6,
do que gengibre fresco, que possui um número de pontos Y de +6; gen-
gibre fresco acrescenta +6 para o seu organismo e faz um total de nú-
mero de pontos Y de +14; ao comer alga marinha, -6 é acrescentado
para o seu organismo, que faz apenas um total de +2. Conseqüente-
mente, a escolha de comer alga marinha e gengibre fresco iguala a dife-
rença entre +14 e +2, na verdade, uma diferença muito significante. É
importante, portanto, selecionar os alimentos de acordo com o seu tipo
de organismo, então um equilíbrio entre Yil1 e Yang pode ser criado
para manter um bom estado de saúde e prevenir doenças.
Tipos de Organismos e os Prillcípios Yin-Yang 35

DOENÇASENÚMEROSDEPONTOSY

o conceito da dicotomia quente/fria pode ser aplicado também para


doença, porque algumas doenças são quentes, enquanto outras são frias.
Aqui estão os critérios para ajudá-lo a distinguir entre os dois: Se a doença
piora à exposição ao ambiente frio ou se melhora à exposição ao ambiente
morno ou quente, então é tuna doença fria e deve ser atribuído tun número
de pontos Y de -8; se a doença deteriora à exposição ao ambiente morno ou
quente ou se melhora à exposição ao ambiente frio ou fresco, então é uma
doença quente e deve ser atribuído tun número de pontos Y de +8. Se o
paciente prefere ambientes frios ou frescos, é tuna doença morna, que deve
ser atribuído um número de pontos Y de +4; se o paciente prefere ambientes
mornos ou quentes, é tuna doença fria e deve ser atribuído um número de
pontos Y de -4. No caso de ambos +4 e +8 serem aplicáveis para tun pacien-
te, +8 deve ser escolhido como o seu número de pontos Y; no caso de ambos
-4 e -8 serem aplicáveis para tun paciente, -8 deve ser escolhido como O seu
número de pontos Y. No caso de tun paciente não poder decidir a resposta
certa, o número de pontos Y é O.
Os números de pontos Y de doenças podem ser aplicados para esco-
lher alimentos para pacientes do mesmo modo que os números de pontos
Y de tipos de organismos são aplicados para escolher alimentos para pes-
soas diferentes. Quando uma pessoa tem uma febre alta (obviamente uma
doença quente), é apenas lógico para ela comer mais alimentos Yin; inver-
samente, se uma pessoa está tremendo de frio, é apenas lógico para ela
comer mais alimentos Yang. Alguns pacientes com artrite pioram no in-
verno, o que significa que é uma doença fria; portanto, devem comer mais
alimentos Yang. Se alguma pessoa possui tuna doença de pele que piora
no verão, à exposição dos raios solares ou calor na cozinha, é uma doença
quente; deve comer mais alimentos Yin para melhorar as condições. Na
minha prática clínica, tenho visto pacientes com prurido cutâneo (como
urticária) que começa logo que chegam perto da cozinha como se fossem
alérgicos à cozinha. De fato, não são alérgicos à cozinha; é o calor da cozi-
nha que provoca a coceira neles. Inversamente, alguns pacientes com pru-
rido cutâneo se sentem muito melhor quando estão na cozinha; mas assim
que são expostos ao ar frio, a coceira começa, porque estão sofrendo de
uma doença fria.

MODOS DE SER E NÚMEROS DE PONTOS Y


Além disso, nosso conhecimento de número de pontos Y dos alimentos
também nos permite controlar nossos modos de ser - ou adquirir os hábitos
que desejamos. Como você pode ver na tabela, os modos de ser cordial e
36 Sistema Chitlês de Curas Alimelltares

prazeroso possuem um número de pontos Y de +8, esperançoso e cômodo


um número de pontos Y de +4, e os temperamentos racional e pensativo um
número de pontos Y de 0, enquanto os modos de ser deprimido e triste pos-
suem um número de pontos Y de -4, medroso e timido um número de pontos
Y de --8. Admita que você se sente deprimido e triste, por uma razão ou outra,
e começa a pensar: "Que alimento mudará meu temperamento deprimido ou
triste - alho ou melancia?" A resposta da tabela parece dara: O alho deve ser
a sua escolha lógica, porque pode aumentar os seus números de pontos Yang
e mudar os seus modos de ser para o lado Yang.
Existe um outro exemplo demonstrando como criar hábitos comendo
alimentos adequados. Freqüentemente, as pessoas dizem: "Eu não posso
pensar corretamente." Para pensar corretamente, o número de pontos Y
dos modos de ser deve ser 0, como indicado na tabela; os alimentos com
lllna energia neutra e sabor suave são os mais adequados.
É importante lembrar, entretanto, que os exemplos anteriores são da-
dos meramente do ponto de vista dos números de pontos Y dos alimen-
tos. Na prática, devemos também considerar os números de pontos Y dos
nossos tipos de organismos. Por exemplo, se o seu tipo de organismo pos-
sui um número de pontos Y de +8 e você come os alimentos com um nú-
mero de pontos Y de +8, as condições do seu organismo permanecerão na
mesma posição, isto é, um número de pontos Y de +8 para adquirir hábi-
tos cordiais e prazerosos em lugar de atitudes pensativas e racionais. Por
outro lado, se você come os alimentos com um número de pontos Y de -8,
este mudará as condições do seu organismo de +8 para Opara adquirir um
modo de ser pensa tivo e racional.
A fórmula que cria os modos de ser desejáveis pode estar expressa
como segue: o número de pontos Y dos modos de ser iguala a adição de
número de pontos Y do tipo de organismo e de número de pontos Y de
alimentos dividido por 2. Ao usar esta fórmula, uma pessoa com um nú-
mero de pontos Y de tipo de organismo de +4 deve comer alimentos com
um número de pontos Y de +4 para adquirir os modos de ser esperançoso
e cômodo; uma pessoa com um número de pontos Y de tipo de organismo
de -4 deve comer alimentos com um número de pontos Y de +4 para ad-
quirir os modos de ser proveitoso a pensativo e racional.
De acordo com o número de pontos Y da TABELA 3.5, parece impossí-
vel para uma pessoa com um número de pontos Y de tipo de organismo

TABELA 3.5 - NÚMEROS DE PONTOS Y DE MODOS DE SER


Yallg Yin
Modos de ser cord ial! esperançoso! pensativo / deprimido! medroso/
prazeroso cômodo racional triste tímido
NQJ de pontos Y +8 +4 O -4 -8
Tipos de Organismos e os Priucípios Yin-Yang 37

de --8 possuir um modo de ser cordial e prazeroso sem nenhum problema


com alimentos que come. Esta conclusão é errada. O "tipo de organismo"
refere-se apenas a um "estado" relativamente constante de condições físi-
cas que podem mudar-se ocasionalmente para criar um modo de ser dife-
rente. Quando dizemos: "Ele é uma pessoa cordial", estamos falando sobre
o temperamento constante consistente com o seu tipo de organismo; mas
quando dizemos: "Ele é cordial", queremos dizer um modo de ser tempo-
rário (que pode não ser consistente com O seu tipo de organismo) criado
por uma combinação de tipo de organismo e alimentos ou uma mudança
temporária nas condições corpóreas devido a outros fatores ambientais.

NÚMEROS DE PONTOS Y E AS QUATRO


ESTAÇÕES
É verdade que uma pessoa com um número de pontos Y de tipo de
organismo de +4, por exemplo, sempre ou freqüentemente permanece es-
perançosa e cômoda e que uma pessoa com um número de pontos Y de
-4 está sempre ou freqüentemente com um modo de ser deprimido e tris-
te? A resposta depende, na maioria das vezes, tanto do que ela come quanto
como de outros fatores ambientais. Temos que comer e viver em algum
ambiente. Nosso organismo começa a interagir com os alimentos e ambi-
entes que combinam para criar atitudes diferentes.
As quatro estações são fatores ambientais que podem significantemente
afetar nossas atitudes. Como os alimentos, as quatro estações também são
classificadas em Yin e Yang com números de pontos Y diferentes designa-
dos a elas: verão, +8; primavera, +4; outono, -4; inverno, --8 (TABELA 3.6).
No verão, as pessoas de todos os tipos de organismos se movem para o
lado Yang, no inverno, para o lado Yin, portanto criando modos de ser sazo-
nais. Então, no verão é mais fácil adquirir-se os modos de ser cordial e prazeroso,
e no inverno tomar-se deprimido e triste ou até medroso e timido.
É importante lembrar, que qualquer que seja o seu tipo de organismo,
você deve comer mais alimentos quentes e pungentes no verão, mais ali-
mentos momos e doces na primavera, mais alimentos neutros e leves en-
tre o verão e o outono, mais alimentos frescos e azedos no outono, e mais
alimentos frios e amargos no inverno. Isto pode parecer contradizer o princípio

TABELA 3.6 - NÚMEROS DE PONTOS Y DAS QUATRO ESTAÇÕES


Yang Yill

Estações verâo primavera verào- outono inverno


outono
NU. de pontos Y +8 +4 O -4 -8
38 Sistema Chillês de Cllras Alimentares

exposto anteriormente, que para criar o equilíbrio Yin- Yang, as pessoas


com um tipo de organismo quente devem comer mais alimentos frios, e as
pessoas com um tipo de organismo frio mais alimentos quentes, o que
implica que se deve comer mais alimentos frios no verão e mais alimentos
quentes no inverno para criar um equilíbrio Yin- Yang. Contudo, os dois
princípios contraditórios semelhantes são decididos pelo fato de que os
alimentos e as estações do ano possuem uma diferença no seu impacto no
corpo humano: Os alimentos, quando consumidos, tornam-se parte do corpo
humano; as quatro estações (como fatores ambientais) são externas ao cor-
po humano. Quando uma pessoa com um tipo de organismo quente come
alimentos frios, por exemplo, a energia fria dos alimentos é absorvida para
tornar-se parte do seu organismo, então o calor deste é reduzido e o equi-
ltbrio Yin- Yang dentro do organismo é alcançado; por outro lado, o calor
do verão é sempre externo ao organismo e nesta estação, a superfície cor-
pórea está constantemente sob o impacto do calor do verão, que cria um
desequilibrio entre a região orgânica interna e a superfície corpórea; por
esta razão, no verão, é necessário comer mais alimentos quentes e mornos
para aumentar o calor orgânico interno, então o equilíbrio Yin- Yang entre
a região interna e a superfície corpórea pode ser alcançado. Além disso, no
inverno, a superfície corpórea está constantemente sob o impacto do frio
do inverno que cria um desequiltbrio entre a região interna e a superficie
corpórea, e é necessário comer mais alimentos frios e frescos para resfriar
a região interna a fim de alcançar um equilíbrio Yin-Yang entre a região
interna e a superfície corpórea.
Os herbalistas Chineses acreditam que na primavera, deve-se comer
mais alimentos que movam para cima (alimentos mornos e doces) a fim
de permanecer em harmonia com a estação em crescimento (coisas vivas
começam a crescer, um movimento ascendente); no verão, coma mais ali-
mentos que movam para fora (alimentos quentes e pungentes) a fim de
permanecer em harmonia com a estação (coisas vivas começam a expan-
dir, um movimento para fora); no outono, coma mais alimentos que mo-
vam para baixo (alimentos frescos e azedos) (coisa vivas começam a cair,
um movimento para baixo); no inverno, coma mais alimentos que movam
para dentro (alimentos frios, salgados e amargos) (coisas vivas começam a
diminuir, um movimento para dentro). Esta teoria é consistente com a prática
comum de aplicação de fertilizantes para plantas na primavera, quando
as coisas vivas começam a crescer, mas inútil fazer no inverno quando as
plantas estão prontas para se moverem para baixo.
Tomo este princípio de harmonia entre os alimentos e as quatro es-
tações muito seriamente, não apenas porque pratico a Medicina Chine-
sa, mas também por ca usa de uma experiência p essoal dolorosa. Cos-
tumava desenvolver inchação e dor no pé todo o inverno. Cada recaída
desenvolvia dor severa, e a inchação durou por um mês ou mais, virtu-
Tipos de Organismos e os Principios Yin~ Yang 39

almente me prevenindo de andar e trabalhar. Em primeiro lugar, me


pergwllava por que isto apenas acontece no inverno, e não no verão.
Imaginei que deveria fazer algo com o frio do inverno. Deste modo,
comecei a aquecer meus pés em água quente todos os dias, que parecia
ajudar um pouco, mas não o baslante para curar a dor ou sarar a incha-
ção para qualquer grau significante. Este problema durou por 3 anos.
Um dia de repente comecei a compreender este princípio de harmonia
entre a região interna e a superfície corpórea. Comecei a supeitar que a
inchação e a dor podiam ter se desenvolvido da desigualdade entre
minha região interna e a superfície corpórea já que estava constante-
mente exposta ao frio do inverno severo enquanto que minha região
interna permanecia quente . Quando uma desigualdade entre a região
interna e a superfície corpórea se desenvolveu, o calor na região inter-
na entrou em erupção como um vulcão, eliminando a causa da dor e da
inchação. Quando tentei aquecer meus pés na água quente, tentei agir
contra o impacto do frio do inverno na minha superfície corpórea no
lugar de permanecer em harmonia com o inverno pelo resfriamento da
minha região interna. Deste modo, comecei a comer alimentos e ervas
Yin e finalmente me despedi daquelas angústias anuais, agradeço ao
mestre herbalista Chinês SHI-CHEN LI (1518 - 1593). Ele afirmou, no
seu livro mais célebre na terapia herbal Chinesa, "An Outline of Maleria
Medica, publicado em 1578: "Na primavera, deve-se comer mais ali-
mentos pungentes e mornos para permanecer em harmonia com o mo-
vimento ascendente da estação; no verão, deve-se comer mais alimen-
tos pungentes e quentes para permanecer em harmonia com o movi-
mento externo da estação; no outono, deve-se comer mais alimentos
azedos e mornos para permanecer em harmonia com o movimento
descendente da estação; no inverno, deve-se comer mais alimentos amargos
e frios para permanecer em harmonia com o movimento interno da es-
tação. "
4
Especiarias e Ervas

Neste e nos cinco capítulos seguintes, cada alimento inclui Indica-


ções (abaixo do tópico), Descrição, Aplicações, Relatórios clínicos, Ex-
periências (quando existir alguma) e Comentários. A informação é
compreensível, exceto para a Descrição, que inclui energia, sabor, ações
dos alimentos e órgãos internos vitais afetados. Se, por exemplo, as palavras
"baço e estômago" são listadas, significa que este alimento afetará o
baço e o estômago. Quando um alimento possui mais que um sabor, é
listado como "doce e azedo" ou "pungente e doce", ou uma outra com-
binação. As ações dos alimentos são usualmente declaradas como "es-
quentar o estômago", "esfriar o sangue" e outros termos. As dosagens
prescritas abaixo das Aplicações são aproximadas. Você deve aplicá-
las com flexibilidade, dependendo do seu tamanho de corpo e altura.
Se você é mais pesado ou mais alto, por exemplo, as dosagens podem
ser aumentadas concordantemente, e vice-versa. Se em dúvida, ou em
caso de sintomas mais sérios, é sempre sensato e necessário consultar o
seu próprio médico.

"Star Anise" (Erva-doce Estrelar)


Hérnia, dor abdominal, lumbago, beribéri, vômito
Descrição - Morna; pungente e doce; aquece a energia Ya ng (energia
que percorre na pele e nos músculos como oposto da energia Yil1 que per-
corre através dos órgãos internos) e promove a circulação energética; afeta
o baço, rins e fígado.
Aplicações - Esmague 7 "star anises" e 7 cabeças brancas de cebolas
frescas, e ferva-as em 3 xícaras de água sobre fogo baixo até que o liquido
42 Sistema Chinês de Curas Alimen tares

seja reduzido a 1 xícara. Beba isto como chá, duas vezes ao dia, para curar
constipação, dificuldade de urinação e inchação abdominal.
• Asse 40g de "star anise" e moa até tornar-se pó; beba 5g de cada vez do
pó dissol vido em vinho de arroz morno, duas vezes ao dia, para ali-
viar hérnia do intestino delgado.
• Frite "star anise" e moa até tornar-se pó; dissolva 7g do pó com um
pouco de sal em água morna antes das refeições, duas vezes ao dia,
para curar ltunbago.
Comentários - De acordo com a Teoria Tradicional Chinesa, o "star
anise" cura todos os tipos de sintomas de frio, tanto como hérnia, es-
croto inflamado, lumbago e beribéri. É sensato tomar "star anise" com
um pouco de sal, vinho de arroz e canela para melhores resultados. Se
você tem doença ocular ou doença de pele, você deve evitar o "star
. ".
amse

Semente de Erva-doce
Hérnia, dor fria no abdômen inferior, lumbago, dor de
estômago, vômito, beribéri seca e úmida
Descrição - Morna; pungente; aquece as regiões internas e promove a
circulação energética; afeta os rins, bexiga e estômago.
Aplicações - Prepare 40g de sementes de damasco; esmague 20g de
cabeças brancas de cebolas frescas com raízes e asse até secar; prepare 40g
de semente de erva-doce; moa todos os ingredientes até tornarem-se pó.
Beba 10g de cada vez do pó dissolvido em vinho de arroz, duas vezes ao
dia, para aliviar a dor na hérnia do intestino delgado.
• Frite quantidades iguais de sementes de erva-doce e de lechia e moa
até tornarem-se pó; dissolva lOg do pó em vinho de arroz e beba de
cada vez, duas vezes ao dia, para aliviar a dor na hérnia do intestino
delgado.
• Meça quantidades iguais de erva-doce e de pimenta-da-reino e moa-
os até tornarem-se pó; dissolva 10g de cada vez do pó em vinho de
arroz, duas vezes ao dia, para aliviar a dor no intestino delgado.
• Para lumbago, quando estiver incapaz de virar-se para os lados e fadi-
ga extrema, cozinhe fatias de rins de porco com erva-doce frita e coma
nas refeições.
• Para curar dor de estômago fria e dor abdominal, use erva-doce e gen-
gibre como temperos quando preparar as refeições.
Relatórios clínicos - Para o tratamento de hérnia encarcerada do
intestino delgado, use 10 a 20g de erva-doce (menos para as crianças)
para fazer chá; beba quente; se nenhum efeito for mostrado dentro de
Especiarias e Emas 43

15 a 30min, repita mais uma vez. Ou, use água quente para fazer caldo
de erva-doce (4 a 8g de semente de erva-doce para adultos e 2g para
crianças), e beba-o; 10min depois, repita e beba mais uma vez, então
deite-se de costas com suas pernas juntas e os joelhos meio curvados
por 40min. Em geral, a hérnia encarcerada deve restaurar-se dentro de
meia hora, e a dor deve desaparecer ou melhorar, de outro modo, a
cirurgia é indicada, de acordo com o seu relatório clinico. Entre os 26
casos tratados de 2h a 3 dias, 22 casos se recuperaram e 4 casos mostra-
ram nenhum efeito (3 casos de omento maior encarcerado e 1 caso de
necrose parietal). O relatório também indica que os resultados do tra-
tamento são melhores nos casos com uma história mais curta da doen-
ça; se os sintomas possuem uma longa história, necrose e perfurações
já podem ter ocorrido e não devem ser tratados por este método. Em
caso de omento maior encarcerado, a cirurgia deve ser considerada, de
acordo com este relatório .
• Para o tratamento de hidrocele de túnica vaginal e elefantíase es-
crotal: frite 16g de erva-doce e 5g de sal até enegrecerem; moa-os
até tornarem-se pó para fazer bolos com 2 ovos de pata crus; coma
os bolos enquanto bebe vinho de arroz na hora de dormir. Cada
programa de tratamento continua por 4 dias; o segundo programa
de tratamento começa 2 a 5 dias depois de completar o primeiro. O
tratamento pode continuar, se necessá rio. Entre os 64 casos de hi-
drocele d e túnica vaginal tratados por 1 a 6 programas, 59 casos
recuperaram-se, 1 caso mostrou progresso, 4 não mostraram resul-
tados. A maioria dos pacientes que sofre de elefantíase escrotal mostrou
resultados apenas depois de 4 programas de tratamento; os resul-
tados são preferivelmente satisfatórios com nenhum efeito colate-
ral (exceto os casos nos quais o escroto era tão duro quanto uma
pedra).
Comentários - Os herbalistas Chineses acreditam que a erva-doce percorre
muito rápido no organismo e pode rapidamente aquecer a região interna.
Por isso, a erva-doce pode tratar dor fria no organismo; mas já que ela é
morna por natureza, não deve ser usada para tratar nenhuma doença quente,
tais como diarréia ardente ou dor que ocorre à exposição a ambientes quentes
(queimadura de sol, queimadura ou temperaturas mornas) . A erva-doce
não é recomendada para homens com ereção excessivamente forte e eja-
culação precoce. A erva-doce deve ser a de melhor qualidade, fresca e aro-
mática; é considerada um digestivo aromático e carminativo, boa para re-
gulação dos intestinos, expulsão de gás intestinal, aquecimento da região
interna e excitação do sistema nervoso. A raiz da erva-doce é morna, e tem
sabor pungente e doce, pode aquecer os rins e promover a circu lação ener-
gética para aliviar a dor; é boa para dor fria na hérnia, vômito frio, dor
abdominal e artrite.
44 Sistema Chinês de Curas Alimentares

Manjericão Doce
Dor de cabeça em resfriado comum, diarréia, indigestão, dor de
estômago, menstruação irregular
Descrição - Momo; pungente; promove energia, circulação sangüínea
e digestão; afeta os pulmões, baço, estõmago e intestino grosso.
Aplicações - Use folhas de manjericão doce como um tempero para
substituir por salsa ou cebola verde para alívio de dor de cabeça em res-
friado COmum .
• Existem dois modos que o manjericão doce pode ser usado para ali-
viar a dor menstrual: cozinhe poucas folhas com ovo de galinha e con-
suma corno um caldo com um pouco de vinho de arroz (é bom para
mulheres com dor pré-menstrual); um outro modo é cozinhar algu-
mas folhas de manjericão doce com gengibre, cebola verde e algumas
carnes ou peixe (é bom para dor menstrual devido ao frio) .
• O manjericão doce, gengibre fresco e alcaçuz podem ser fervidos em
água; beba como chá para curar gastroenterite aguda, inchação abdo-
minal e dor.

Semente de Endro
Dor abdominal, apetite pobre, deficiência de secreção de leite
após o parto
Descrição - Morna; pungente; aquece o organismo, promove a circulação
energética e age contra intoxicação por peixe e carne; afeta o baço e os rins.
Aplicações - Frite sementes de endro até ficarem cheirosas e moa até
tomarem-se pó; dissolva 5g do pó em vinho de arroz momo e beba de
cada vez para curar lumbago devido a músculos contorcidos.
Comentários - A folha de endro é morna, pungente e opressiva. De acor-
do com uma experiência, a folha de endro é descoberta por ter o efeito de
abaixar a pressão sangiiinea e expandir os vasos sangüineos em animais.

Casca de Canela
Membros frios, dor abdominal, diarréia, sensações quentes na
região superior com sensações frias na região inferior
Descrição - Quente; pungente e doce; afeta os rins, baço e bexiga.
Aplicações - Moa a casca de canela seca até tornar-se pó; dissolva 5g
do pó em água morna, e beba de cada vez, três vezes ao dia, para curar
Especiarias e Ervas 45

vários tipos de sintomas frios (incluindo dor abdominal fria, inchação


abdominal fria e dor de estômago fria) .
o Dissolva 5g do pó em vinho de arroz, e beba de cada vez, três vezes ao
dia, para aliviar dor abdominal nas mulheres após o parto.
o Dissolva 3g de pó de casca de canela em água morna para corrigir
ácido gástrico em excesso e vômito de ácido.
o Use casca de canela como um tempero na culinária para aquecer o
orgamsmo.
Experiências - Os efeitos da casca de canela em animais indicam que
ela acalma o sistema nervoso central em ratos e também reduz as suas
pressôes sangüíneas.
Comentários - Como a canela possui urna energia quente, ela pode
tratar quase qualquer tipo de sintomas de resfriado e tornar a região infe-
rior aquecida (o que é bom para membros frios). Algumas pessoas gostam
de bebidas frias e saladas frias. Ao passar do tempo, elas podem sofrer de
distúrbios digestivos devido a energias frias em excesso no organismo,
que podem ser tratadas pela casca de canela.
o Se urna mulher sofre de períodos irregulares com dor periódica poste-
rior e corrimento vaginal esbranquiçado, estes são sintomas frios mui-
to prováveis e podem ser tratados pela casca de canela.
o Pessoas em idade avançada (65 a 90 anos) são usualmente fracas em
energia e sangue. Possuem uma tendência a desenvolver entorpeci-
mento na pele e artrite fria, o que significa que a dor piora no tempo
frio . Se isto acontecer, a casca de canela pode ser usada para corrigir as
condições.
o A casca de canela é uma erva tão poderosa, que os herbalistas Chi-
neses têm listado mais de 30 condições como contra-indicações da
casca de canela. Pessoas com qualquer uma dessas condições de-
vem evitar esta erva. As condições listadas como contra-indicações
da casca de canela incluem: condições quentes (incluindo fluxo
menstrual excessivo), eliminação de urina contendo sangue, hemorragia
nasal, dificuldade de urinação, eliminação de fezes secas, tosse de-
vido a pulmões quentes, febre, perda de voz, hemorróidas e outras
enfermidades. E qualquer um que sofra de resfriado comum deve
evitar a casca de canela. Esta especiaria também deve ser evitada
por mulheres grávidas.
o "Cinnamon Forests", uma cidade na China conhecida por suas ár-
vores de canela ubíquas, também possui a mais bonita vista paisagística
do país. Quando recentemente visitei "CiImamon Forests" pude sentir
o aroma das caneleiras por todos os lugares, incluindo a área do
centro comercial, e fiquei tão satisfeito pela abundância de árvores
de canela na cidade quanto pela sua bela paisagem.
46 Sistema Chinês de Cllras A limentares

Galhinho de Canela (Pau)


Dor nas cosias e no ombro, dor no peito, menopausa
Descrição - Morno; pungente e doce; induz a transpiração, aquece as
regiões superiores do organismo; afeta a bexiga, coração e pulmões.
Aplicações - Ferva 20g de galhinhos de canela com 30g de gengibre
fresco em água suficiente para cobrir as especiarias; ferva até que a água
seja reduzida à metade. Beba uma xícara cheia por vez, três vezes ao dia,
para curar artrite.
• Cozinhe 10g de galhinho de canela com 100g de carne de porco magra
em água como um caldo; beba para aliviar a menopausa e gás intesti-
nal em excesso. (Beba o caldo tão lentamente como se estivesse inge-
rindo uma bebida alcoólica.) Não há necessidade de induzir a transpi-
ração porque o galhinho de canela é capaz de induzi-la.
• Ferva 3g de galhinhos de canela em água sobre fogo baixo. Beba como
chá apenas na hora de dormir para curar entorpecimento da pele, de-
dos e músculos.
Comelltários - Os galhinhos de canela são ramagens da árvore de
canela. Por esta razão, os galhinhos são mais efetivos para artrites en-
volvendo as juntas dos 4 membros, porque as ramagens das árvores
são comparáveis aos 4 membros de uma pessoa. Muitos herbalistas Chineses
descrevem as funções dos galhinhos de canela como ruas de uma cida-
de em ampliação, com os efeitos alcançando todas as partes do orga-
nismo. Os galhinhos de canela são particularmente efetivos para os sintomas
dos membros e dedos, porque as pontas dos dedos são consideradas as
áreas mais remotas no organismo humano, além do alcance de muitas
outras ervas.
• O galhinho de canela é basicamente uma erva morna. Pode reduzir a
transpiração, eliminar o frio, promover a circulação sangüinea, facili-
tar o fluxo menstrual e promover a urinação. Obviamente, esta erva é
boa para dor reumática que piora à exposição ao frio e para dor abdo-
minal fria. Mas por outro lado, esta erva é ruim para sintomas e enfer-
midades quentes, incluindo lábios secos, sede, garganta irritada, vô-
mito de sangue, febre, úlceras e alcoolismo.

Alho
Dor abdominal fria, edema, diarréia, disenteria, coqueluche
Descrição - Morno; pungente; promove a circulação energética, aque-
ce o estômago e o baço, destrói verminose; afeta o baço, estômago e pul-
mões.
Especiarias e Ervas 47

Aplicações - Ferva 3 dentes de alho em água e coma com mollio de


soja nas refeições para aliviar a tosse e a dor abdominal e também para
promover circulação sangüínea e urinação.
• Para aliviar coceira na região genital nas mulheres, ferva alguns den-
tes de allio e use o líquido para lavar a região genital.
• Esmague alguns dentes de allio para misturar com mostarda (pó ou
pasta) e coma com vinho de arroz. Ou, ferva alguns dentes de alho em
água e beba como um chá para corrigir sensações frias crônicas, parti-
cularmente nas mullieres. Se o vinho é desejado, faça vinho de allio:
simplesmente pique um dente de alho em pedaços grandes, deixe cair
numa pequena garrafa de vinho; guarde por 1 mês e está pronto para
beber como um tônico de vinho.
• Coma 1 a 3 dentes de allio frescos diariamente dividindo-os em 3 do-
sagens; continue o tratamento por 5 a 10 dias consecutivos para curar
disenteria amebiana.
• Tome 2 colheradas da solução de 10 a 20% de alho a cada 2h (mistura-
da com xarope ou tintura de laranja para tomá-lo mais apetitoso) para
aliviar a coqueluche nas crianças.
• Coma dentes de allio regularmente para prevenir disenteria bacilar
quando estiver muito difundida.
• Pique um dente de alho e use as fatias suculentas para friccionar na
pele para aliviar a dor causada por mordida de inseto (tal como ferroada
de abellia) como uma medida de emergência.
• O alho pode ser cozido com feijões-de-soja: embeba os feijões-de-soja
por toda a noite; cozinhe os feijões-de-soja com 5 a 10 dentes de allio.
Coma como um tônico e também é útil para promover urinação, ali-
viar edema e nefrite crônica.
• Um outro modo de usar o alho: frite dentes de alho em óleo vegetal com
pimenta-do-reino, gengibre fresco fatiado e sal; aclicione camarões secos,
então polvillie com açúcar, vinagre e cebola verde. Adicione um pouco de
mollio de tomate e farinha para engrossar, se desejar. Esta receita contém
quase todos os sabores necessários - doce, azedo, pungente e salgado.
Relatório clínico - Para tratamento de pneumonia lobar: 1 collier de
sopa de xarope de allio a cada 4h (em geral 10%, mas às vezes 100%). Entre
as 9 pessoas tratadas, 6 casos mostraram recuperação completa, 3 não
mostraram resultado satisfatório.
Comentários - Tem existido menos casos de tuberculose pulmonar
em Sandong, uma província da China aonde a população consome mais
alho que em qualquer outra província. Como um resultado desses acha-
dos, o allio tem sido preparado em tabletes e usado com bons resultados.
Nas províncias do norte da China, a população Chinesa carrega com
eles um pouco de allio durante uma longa jornada, apenas no caso em que
eles tenham que beber água de montanhas ou rios. Para prevenir efeitos
48 Sistema Chinês de Cllras Alimelltares

ruins, eles mastigam um dente de alho como se estivessem mascando uma


goma e cospem antes de beber água.
o Muitas pessoas não querem comer alho por medo de adquirir mal há-
lito. De acordo com algumas pessoas, o bafo de "alho" pode ser elimi-
nado comendo algumas tâmaras vermelhas ou caqui. Quando dentes
de alho são vaporizados (sobre água fervendo), o cheiro forte desapa-
recerá antes de comer o alho.
o Na culinária diária, algumas fatias de alho podem ser adicionadas para
eliminar o cheiro forte de carnes ou peixe. Acredita-se que uma peque-
na quantidade de alho pode agir contra o câncer, mas uma quantidade
excessiva de aUlo pode causar câncer (baseado na teoria Chinesa de
que o alho em excesso é ruim para O estômago e fígado).
o A população Chinesa come grandes quantidades de alho apenas sob
circunstãncias especiais, tais como desnutrição severa ou edema.
o Nos últimos anos, O alho tem emergido como um importante ingredi-
ente na Medicina Chinesa, principalmente devido aos seus poderosos
efeitos no tratamento de disenteria e destruição de germes. De fato,
muitos medicamentos modernos contêm alho como um importante
ingrediente. Para disenteria no seu estágio inicial, mastigue um dente
de alho cinco ou seis vezes ao dia a cada 4h.
o As contra-indicações do alho incluem doenças oculares e garganta ir-
ritada.

Cravo-da-índia
Vômito, soluço, estômago desarranjado, diarréia, dor
abdominal, hérnia
Descrição - Morno; pungente; empurra para baixo, aquece a região
interna em geral e rins em particular; afeta o estômago, baço e rins.
Aplicações - Mastigue 1 ou 2 cravos-da-india para livrar-se do mal hálito.
o Aplique cravos-da-índia moídos nos mamilos para curar mamilos ra-
chados.
o Moa cravos-da-india e cálice de caqui até tornarem-se pó; tome 2g de
cada vez em água, duas vezes ao dia, para aliviar O soluço.
o Ferva 4g de cravo com 6g de cálice de caqui, e 4g de gengibre fresco em 2
xícaras de água sobre fogo baixo até que esta seja reduzida a 1 xícara; beba
meia xícara de cada vez, duas vezes ao dia, para interromper o vômito.
o Uma fórmula tradicional Chinesa para aliviar soluço: combine 2g de
cravos, 3g de cálice de caqui (disponível na maioria das lojas de ervas
Chinesas), 3g de ginsém e 2g de gengibre fresco e ferva; divida em 2
dosagens e beba em 1 dia. Na minha experiência, isto nunca desapon-
tou para produzir resultados urgentes.
Especiarias e Ervas 49

• Ferva 20 cravos com folhas de chá vermelhas e água o suficien te para


cobri-los; beba como chá para corrigir apetite pobre e desconforto no
estômago por indigestão e também para corrigir ácido gástrico em ex-
cesso.
Comentários - O cravo é uma especiaria muito morna, e como tal pode
aquecer o estômago e aliviar o vômito, soluço e dor de hérnia. Mas algu-
mas vezes o vômito e o soluço são devido à energia quente e o cravo não
deve ser usado. Se você desenvolve soluço e toma cravo para alívio, nor-
malmente terá efeito em poucos minutos, ou no máximo, em poucas ho-
ras. Mas se o cravo não aliviar os sintomas, então muito provavelmente
são sintomas quentes. Muitos sintomas de vômito e soluço são sintomas
frios, entretanto, o cravo pode ser usado para alívio.

Gengibre Fresco
Resfriado comum, vômito, tosse, asma, diarréia
Descrição - Morno; pungente; induz a transpiração, dispersa o frio e
alivia o vômito; afeta os pulmôes, estômago e baço.
Aplicações - Rale gengibre envelhecido fresco (ver Comentários adiante)
e ferva em água por lOmin; beba como chá para curar edema, vômito ou
tosse e também para aquecer o organismo.
• Esmague 100g de gengibre envelhecido fresco e ferva; use o líquido
quente para lavar o corpo e estimular a pele a induzir a transpiração
para alívio de febre em resfriado comum.
• Rale gengibre envelhecido fresco e extraia o suco; misture o suco com
açúcar ou mel em 1 a 2 xícaras de água fervendo; beba uma xícara de
cada vez, três vezes ao dia, para aliviar a tosse.
• Coma alguns pedaços macios de gengibre fresco para aliviar a indi-
gestão.
• Extraia suco de gengibre fresco e beba como suco de laranja para curar
"doença em movimento", soluço ou vômito; também é efetivo contra
intoxicação por alimentos.
• Ferva 2g de gengibre seco ou 7g de gengibre fresco com um pouco de
açúcar mascavo; beba quente para aliviar desconforto de frio e febre
com dor abdominal fria devido a resfriado comum.
• Ferva 4g de gengibre fresco com 8g de casca de laranja seca e beba
como chá para curar vômito e tosse devido a resfriado comum.
• Os médicos Ocidentais normalmente usam gengibre como um diges-
tivo e carminativo.
Relatórios clínicos - Injeção de suco de gengibre fresco de 5 a 10% nas
áreas afetadas é efetivo para aliviar a dor reumática.
50 Sistema Cllinês de Curas Alimenta res

• Misture 50g de gengibre fresco com 30g de açúcar mascavo; para tra-
tar disenteria bacilar aguda, coma três vezes ao dia, por 7 dias como
um programa de tratamento. Entre os 50 casos tratados, 70% recupe-
raram-se da doença e 30% mostraram melhoras. Depois de comer a
mistura de gengibre, a dor abdominal e o tenesmo desaparecem den-
tro de uma média de 1 a 5 dias, respectivamente. As fezes e os movi-
mentos intestinais retornam ao normal dentro de uma média de 4 a 5
dias, respectivamente.
Comeutários - Na culinária diária, o gengibre tenro fresco é usado;
mas quando usado para propósitos terapêuticos, o gengibre envelheci-
do fresco fornece melhores efeitos. (O gengibre fresco, também chama-
do de gengibre "bebê", está disponível nas lojas Chinesas sazonalmen-
te, em geral em junho e julho, podendo ser usado para fazer picles de
gengibre; o gengibre envelhecido, conhecido como gengibre "mãe", é
difícil de ser mastigado e usualmente está disponível em mercados
Chineses.)
• Como o alho, o gengibre é amplamente usado na culinária; algu-
mas fatias adicionadas ao cozinhar irão agir contra o cheiro forte
das carnes, peixe ou marisco, e pode também agir contra os efeitos
tóxicos.

Gengibre Seco
Dor abdominal fria, vômito e diarréia, membros frios,
reumatismo
Descrição - Quente; pungente; aquece a região interna; afeta o baço,
estômago e pulmões.
Aplicação - Dissolva 7g de gengibre moído em água morna e beba de
cada vez, uma vez ao dia, para aliviar a diarréia com eliminação de fezes
muito aguadas.
Comentários - O gengibre seco, disponível em lojas de ervas, é nor-
malmente usado como erva; quando o gengibre envelhecido fresco é
descascado e colocado sob o sol para secar, torna-se gengibre seco com
uma energia quente no lugar de uma energia morna.

Noz-moscada
Dor e inchação abdominal, diarréia, vômito, indigestão
Descrição - Morna; pungente; empurra para baixo; aquece a região
interna; promove a digestão; afeta o baço e o intestino grosso.
Especiarias e Ervas 51

Comentários - A noz-moscada é ruim para hemorróidas, diarréia quente,


e dor de dente. O macis, uma especiaria moída da camada entre a casca da
noz-mascada e as suas cascas secas, é usado como um carminativo, tônico
estomacal e estimulante.

Manjerona
Resfriados comuns, febre, vômito, diarréia, icterícia,
desnutrição nas crianças, erupção cutânea
Descrição - Fresca; plmgente; induz a transpiração; promove a circu-
lação energética; alivia a retenção de água.
Aplicações - Ferva a manjerona em água e beba como chá para induzir
a transpiração.
o Ferva a manjerona em água e use o líquido para lavar a boca para agir
contra o mal hálito.
o Para aliviar a coceira, ferva 150g de manjerona fresca e use o líquido
para lavar as regiões afetadas.
Experiências - As experiências mostram que a manjerona promove a
urinação, induz a transpiração, aumenta o apetite e também alivia a elimi-
nação de muco.
Comentários - Na medicina popular Chinesa, acredita-se que a manjerona
regula a temperatura corpórea e previne as doenças quentes; é amplamen-
te usada no verão como substituta do chá.

Salsa Chinesa (Coentro)


Indigestão, sarampo previamente à erupção
Descrição - Morna; pungente; induz a transpiração, promove a di-
gestão, acelera a erupção do exantema do sarampo; afeta os pulmões e
o baço.
Aplicações - Ferva a salsa Chinesa com castanha d'água e cenoura
para fazer sopa para facilitar as erupções do sarampo; ou, pique um pouco
de uma salsa inteira (incluindo folhas e raízes) e cozinhe em água; lave o
paciente com sarampo enquanto o líquido está momo para facilitar as erupções
do sarampo.
o O consumo regular de salsa Chinesa reduzirá o mal cheiro da urina
devido ao calor interno.
o Cozinhe a salsa Chinesa inteira (incluindo folhas e raízes) com peixe,
carne de porco ou carne de boi para remover cheiros ofensivos (in-
cluindo odores vaginais e mal hálito).
52 Sistema ClJinês de Curas Alimelltares

• Use a salsa Chinesa como um tempero na culinária para aliviar o ácido


gástrico em excesso e a dor de estômago fria .
Comentários - A população Chinesa usa a salsa Chinesa como um
tempero quando cozinham camarões, caranguejos, ostras, várias espécies
de moluscos bivalves e outros peixes por três propósitos: para fazer com
que o alimento pareça melhor, para aumentar a fragrância aromática e
para aumentar a energia morna.
• Quando a salsa Chinesa é usada para facilitar as erupções no sarampo,
um número de coisas deve ser mantido em mente: a salsa Chinesa não é
projetada para consumo prolongado; quando existem sinais de erupçôes
no segundo ou terceiro dia de febre no sarampo, é a melhor hora para
administrar a salsa Chinesa. Mas se as erupções já ocorreram, a salsa Chi-
nesa não deve ser usada, porque pode aumentar o calor interno.
• Pessoas com. sede constante, lábios rachados ou constipação não de-
vem comer salsa Chinesa.

Pimenta-da-reino e Pimenta Branca


Dor abdominal fria, estômago desarranjado, vômito de água
clara, diarréia, intoxicação alimentar
Descrição - Quentes; pungentes; empurram para baixo; aquecem as
regiões internas; afetam o estômago e o intestino grosso.
Aplicações - Ferva 30g de gengibre fresco fatiado com 19 de pimenta-
do-reino moída em 3 xícaras de água até que esta seja reduzida a 1 xícara.
Beba esta quantidade três vezes ao dia por 1 dia para interromper o vômi-
to devido ao estômago desarranjado.
Moa 10 grãos de pimenta-da-reino até tornarem-se pó e aqueça até a
ebulição em 8 % de xícaras de água; use o líquido para lavar a região afe-
tada duas vezes ao dia para curar eczema do escroto.
Comentários - Para 24 adultos normais foi dado 19 de pimenta-do-
reino para colocá-la na boca sem engoli-la para determinar os efeitos
da pimenta-do-reino na pressão sangüúlea e velocidade de pulsação.
Foi descoberto que a pimenta-da-reino pode elevar a pressão sangüí-
nea: na média, a pressão sistólica aumenta 13,lmmHg; e a pressão di-
astólica aumenta 18,lmmHg; ambas as pressões retornam ao normal
em 10 a lSmin; nenhum efeito foi descoberto na velocidade de pulsa-
ção. Durante a experiência, a maioria dos pacientes sentiu sensações de
calor no corpo inteiro ou nas suas cabeças, além das sensações quentes
e pungentes na ponta de suas línguas. Os efeitos da pimenta-do-reino
foram descobertos serem similares àqueles da pimenta-malagueta, apenas
em grau menor.
Especiarias e Ervas 53

Relatórios clínicos - Um relatório sobre diarréia indigestiva simples:


moa 19 de pimenta branca até tornar-se pó e misture com 9g de pó de
glicose em água; crianças menores de 1 ano devem tomar 0,3 a 0,5g de
cada vez; crianças menores de 3 anos de idade devem tomar 0,5 a 1,5g,
normalmente não excedendo 2g, três vezes ao dia, por 1 a 3 dias como um
programa de tratamento; em caso de desidratação, a terapia de retenção
de líquido deve ser aplicada. Entre os 20 casos de diarréia indigestiva sim-
ples tratada, 18 casos recuperaram-se e 2 casos mostraram melhoras.
• Um relatório sobre nefrite: faça um buraco no ovo de galinha e es-
prema 7 grãos de pimenta branca nele; sele o buraco com farinha.
Embrulhe o ovo com uma folha úmida de papel; vaporize o ovo até
cozinhar. Descasque o ovo e coma-o com os grãos de pimenta. Como
um programa de tratamento, os adultos comem 2 ovos ao dia e as
crianças comem 1 ovo ao dia por 10 dias. O segundo programa co-
meça 3 dias depois de completar o primeiro. Geralmente, três pro-
gramas de tratamento são administrados. Entre os 6 casos de nefrite
tratados, todos se recuperaram exceto um caso de nefrite crônica
com uma história de 10 anos.
Comentários - Tradicionalmente, as pimentas-do-reino e a branca são
consideradas úteis no aquecimento do organismo e na eliminação de chei-
ros fortes de carnes e peixe. Mas um consumo excessivo dessas especiarias
é considerado nocivo e não recomendado para pessoas com doenças ocu-
lares e garganta irritada.

Pimenta-malagueta ou Pimenta Verde


Dor abdominal, vômito, diarréia
Descrição - Quente; pungente; aquece a região interna, aumenta o apetite,
promove a digestão; afeta o coração e o baço.
Aplicações - A pimenta-malagueta pode ser usada na culinária para
excitar o estado de espírito, induzir a transpiração, promover a urinação,
aumentar o apetite e amolecer os vasos sangüíneos. Algmnas pessoas acreditam
que a pimenta-malagueta pode prevenir a doença cardíaca.
• Cozinhe folhas de pimenta-malagueta com ovo de galinha e gengibre
fresco como um caldo para aquecer o estômago.
• Use pimenta-malagueta como um tempero na culinária para promo-
ver a circulação sangüinea e também amolecer os vasos sangüíneos (é
boa para auxílio da arteriosclerose e para prevenção de hipertensão).
Comentários - O consumo de pimenta-malagueta em quantidades ex-
cessivas causará dor abdominal e constipação: a pimenta-malagueta não é
recomendada para pessoas com doenças oculares, tosse, gastrite ou nefrite.
54 Sis tema Cllinês de Curas Alimentares

o Além da cor das pimentas (que pode ser vermelha ou verde), existem
também graus diferentes de intensidade: as pimentas com um forma-
to redondo não são tão quentes quanto as pimentas que são longas e
pontudas.
o Diz-se que existem quatro estágios na psicologia de comer pimenta-
malagueta ou verde: no começo, antes de começar a comê-la, fica-se
com medo da sua natureza quente; gradualmente, pode-se tolerar a
sua natureza quente; e então, é usada para isso e não mais com medo
dela; e finalmente, começa a lamentar-se de que não é todavia quente
o suficiente.

Semente de Alcaravia
Dor de estômago, dor abdominal, hérnia, lumbago
Descrição - Morna; levemente pungente; promove a circulação ener-
gética; é boa para o estômago; afeta os rins e o estômago.
Aplicações - Ferva lOg de semente de alcaravia com 5g de canela e 5g
de gengibre seco; beba corno um caldo para tratar vômito e soluço.
o Ferva lOg de semente de erva-doce em 3 xícaras de água sobre fogo
baixo até que esta seja reduzida a 1 xícara. Beba urna xícara cheia de
cada vez, duas vezes ao dia, para aliviar a tosse.
Experiência - A alcaravia tem sido descoberta por aliviar a asma em ratos.
Comentários - Basicamente, as ações da alcaravia são similares às da
erva-doce.

Hortelã-pimenta
Resfriado comum, dor de cabeça, garganta irritada, indigestão,
câncer, dor de dente, erupções cutâneas
Descrição - Fria; pungente; afeta os pulmões e o fígado.
Aplicações - Ferva 5g de hortelã-pimenta em 1 xícara de água por um
curto tempo. Beba como um chá para tratar eliminação de fezes contendo
sangue (como na disenteria) .
o Extraia O suco de hortelã-pimenta fresca para pingar nos ouvidos a fim de
aliviar dor de ouvido. (Para extrair o suco, use um pilão para triturar leve-
mente a hortelã-pimenta, então embrulhe em um pano limpo e extraia o
suco; ou embrulhe a hortelã-pimenta, triture e esmague.)
o Ferva 5g de hortelã-pimenta fresca em 1 xícara de água e adicione um
pouco de sal. Beba como chá para aliviar todos os tipos de dores en-
volvendo a cabeça e o pescoço, tais como dor de cabeça, garganta irri-
Especiarias e ETNS 55

tada, dor na boca, dor na língua, dor de dente, e também hemorragia


nasal, preferivelmente no estágio ínicial.
• Cozinhe 70g de hortelã-pimenta fresco com 150g de fígado de porco;
coma nas refeições para aliviar dor nos olhos, visão embaçada e irriga-
ção nos olhos.
• Ferva hortelã-pimenta fresca com coalhada de feijão e gengibre fresco
em água. Beba o caldo e coma a coalhada de feijão para curar conges-
tão e corrimento nasais, espirro freqüente e resfriado comum.
Experiência - Aplicações locais de mental (um tipo de óleo de hortelã-
pimenta) são efetivas para dor de cabeça, nevralgia e prurido. Quando o
mental é usado, a pele sente sensações frescas seguidas por sensações le-
ves de queimação. As sensações frescas induzidas pelo mental não são
causadas por uma baixa de temperatura de pele, mas preferivelmente por
um receptor frio das terminações nervosas.
Comentários - Se o prurido de pele é devido à pele fria, o mental pio-
rará isso; normalmente, quando o prurido de pele ocorre no inverno ou à
exposição ao tempo frio, significa que a pessoa possui uma pele fria.
• A hortelã-pimenta pode curar nevralgia trigêmea e possuo uma expe-
riência pessoal a este respeito. Aproximadamente 10 anos atrás, desen-
volvi nevralgia trigêmea, que foi muito dolorosa, e usei a hortelã-pimen-
ta, por exemplo, para alivio da dor. Foi mais efetivo do que qualquer re-
médio para dor. Mas o tratamento de nevralgia trigêmea deve ser basea-
do em cada constituição física pessoal.

Hortelã
Resfriado comum, tosse, dor de cabeça, dor abdominal, dor
menstrual
Descrição - Morna; pungente e doce; promove a circulação energética,
alivia a dor.
Aplicações - Cozinhe folhas de hortelã-pimenta fresca e macia em água
com ovo de galinha e tome como sopa para tratar dor de cabeça.
• A hortelã acalma o estado de espírito e alivia o resfriado comum ao
mesmo tempo. Tem sido usada na medicina popular Chinesa para tra-
tar dor de cabeça e tontura. É relatado que uma mulher esteve sofren-
do de dor de cabeça crôruca por uma década, particularmente quando
estava sob tensão, com ataques de dor de cabeça, até muitas vezes ao
dia. Sua doença foi diagnosticada pelos médicos Ocidentais como um
caso de anerrria cerebral e pelos médicos tradicionais Chineses como
algo mais, mas nenhum alívio foi oferecido. Ela eventualmente curou-
se bebendo caldo de hortelã por menos de 1 mês.
56 Sistema Chinês de Cltr/ls Alimellta res

• Acredita-se que as mulheres Vietnamitas consideram a hortelã como


uma erva importante para alívio da dor de cabeça; elas apenas bebem
como chá.
Comeutários - A hortelã pode ser efetiva para alívio da dor de cabeça
porque pode agir sobre o fígado, e na Medicina Chinesa o fígado é respon-
sável pela dor de cabeça devido à tensão.

Ginsém
Apetite pobre, fadiga, estômago desarranjado, diarréia, tosse,
transpiração excessiva, esquecimento, impotência, urinação
freqüente, diabetes, corrimento vaginal
Descrição - Morno; doce; e levemente amargo; tonifica a energia; pro-
duz líquidos; acalma O estado de espírito; afeta o baço e os pulmões.
Aplicações - O ginsém é uma das poucas ervas Chinesas que é fre-
qüentemente aplicado sozinho. Uma fórmula herbal tradicional Chinesa-
caldo de ginsém solitário - é feita pela vaporização ou pela ebulição do
ginsém para consumo: ferva 5g de ginsém em 1 1;2 xícaras de água sobre
fogo baixo até que esta seja reduzida à metade. Beba tudo dentro de 1 dia
para curar prolapso e insuficiência cardíaca.
• O ginsém Fode ser usado com gengibre seco para tratar náusea mati-
nal e dor abdominal.
Comentários - O ginsém é considerado como um importante ingre-
diente para representar os seguintes grupos de funções:
• Para excitar O sistema nervoso, melhorar a eficiência de trabalho e re-
duzir a fadiga.
• Para estimular órgãos formadores de sangue e auxiliar a produção de
sangue.
• Para aumentar a capacidade de contração cardíaca e tonificar o cora-
ção (útil no tratamento de insuficiência cardíaca e choque).
• Para melhorar as funções das glândulas sexuais nos homens e mulhe-
res no tratamento de hipogonadismo.
• Para melhorar as funções da digestão, absorção e metabolismo.
• Para agir como um antidiurético.
• Para abaixar o açúcar no sangue; esta função é atribuída à presença de
ginsenina no ginsém.
Enquanto o ginsém possui suas importantes funções, também existem
circunstâncias sob as quais o ginsém não deve ser usado. Tais circunstân-
cias podem incluir o seguinte:
• Tosse e tossir expelindo sangue. Vômito de sangue devido à tolerância
excessiva na relação sexual.
Especiarias e En'fls 5;-

• O ginsém poderia causar encefalemia ou acidentes cerebrovasculares


em pessoas que sofrem de hipertensão.
• Edema e funções incompletas dos rins com urinação diminuída, porque o
ginsém é um antidiurético que pode causar edema para deteriorar.
• Tipo excessivo de insônia, porque o ginsém pode produzir uma condi-
ção excessiva até mais excessiva.
• Resfriado comum com febre, porque o ginsém pode aumentar a pro-
dução de calor extremo no organismo, que pode intensificar a febre.
Existem três tipos básicos de ginsém com funções diferentes: ginsém
Chinês; ginsém Coreano ou vermelho e ginsém Americano. O ginsém Chinês,
mais benéfico para os pulmões e sistema digestivo, é mais freqüentemente
usado para beneficiar os pulmões, produzir liquidos e curar outros sinto-
mas críticos. O ginsém Coreano ou vermelho é mais morno; é mais fre-
qüentemente usado para tonificar a energia e o sangue para melhorar as
funções das glândulas sexuais e é menos efetivo para outros sintomas. O
ginsém Americano possui uma energia fresca. Tem sabor doce e levemen-
te amargo, agindo no coração, pulmões e rins, e é mais usado para tosse,
sede e alcoolismo.

Alecrim
Dor de cabeça
Descrição - Morno; pungente; induz a transpiração; é usado como um
medicamento estomacal.
Comentários - Uma fonte indica que a preparação do alecrim pode ser
usada como um emenagogo para acelerar o fluxo menstrual na síndrome
da menopausa. Uma outra fonte indica que o óleo de alecrim e raiz de
malva-rosa misturados podem promover crescimento de cabelo na cabe-
ça. Uma outra fonte ainda indica que infusões de alecrim e bórax podem
prevenir a calvície.

Açafrão
Peito congestionado, vômito de sangue, supressão da
menstruação, dor abdominal após o parto devido a coagulações
sangüíneas, lesões decorrentes de quedas
Descrição - Neutro; doce; promove energia e circulação sangüinea,
elimina coagulações sangüineas; afeta o coração e o figado.
Experiências - Nos animais, uma experiência mostra que o açafrão pode
induzir tensões e contrações do útero com sinais de excitação. Uma outra
58 Sistema Chinês de C llras Alimentares

experiência em gatos mostra o efeito do açafrão na diminuição da pressão


sangüínea. Uma terceira experiência em ratos mostra o efeito do açafrão
em prolongar O ciclo de estro de 1 ou 2 para 3 ou 4 dias.
Comentários - Os estiletes, estigmas e flores do açafrão são usados
pela população Chinesa para terapias.

Timo
Coqueluche, bronquite aguda, laringite
Descrição - Suprime a tosse; também é usado como um calmante aro-
mático.
Experiências - O timo pode ser usado como um agente antibacteri-
ano e como um anti-helmíntico. A folha do timo pode ser usada corno
um expectorante, de acordo com as experiências.

Alcaçuz
Dor abdominal, apetite pobre, fadiga, febre, tosse, palpitações,
convulsões, garganta irritada, úlceras digestivas, intoxicação
por droga, intoxicação alimentar
Descrição - Neutro; doce; retarda as doenças agudas, lubrifica os pul-
mões, age contra os efeitos tóxicos, coordena os efeitos de outras ervas;
afeta o baço, estômago e pulmões.
Aplicações - Prepare 150g de alcaçuz processado e 80g de gengibre
seco; ferva em água suficiente apenas para cobrir os dois ingredientes;
ferva até que a água seja reduzida à metade; coe e beba 1 xícara de cada
vez do caldo morno, duas vezes ao dia, para curar pulmôes com absces-
sos, pneumonia supurativa e bronquite sem tosse .
• Ferva 10g de alcaçuz com 20g de grãos de trigo inteiros e 5 tàmaras
vermelhas Chinesas. Beba como caldo para tratar histeria nas mulhe-
res, ansiedade e tensão. Esta é urna fórmula herbal tradicional na Me-
dicina Chinesa.
Comentários - O alcaçuz é uma erva muito importante na Medicina
Chinesa. Existem dois tipos: alcaçuz cru e alcaçuz processado com mel. O
alcaçuz cru é levemente fresco e tem sabor doce, que pode aliviar os sinto-
mas quentes e agir contra os efeitos tóxicos. O alcaçuz processado é leve-
mente morno e tem sabor doce, que pode tonificar O baço e aumentar a
energia.
5
Frutas e Nozes

Maçã
Indigestão, açúcar baixo no sangue, náusea matinal, enterite
crônica
Descrição - Fresca; doce e azeda; produz líquidos; lubrifica os pul-
mões; promove a digestão; alivia a intoxicação.
Aplicações - Descasque e tire a parte central de algumas maçãs meio
maduras e pressione-as ou esmague-as para extrair o suco. Beba meia xí-
cara de suco de cada vez, três vezes ao dia por 3 dias consecutivos, para
curar indigestão.
o Coma duas maçãs descascadas de cada vez, duas vezes ao dia, por 3
dias consecutivos como um programa de tratamento para tratar açú-
car baixo no sangue.
o Prepare 6 maçãs frescas: descasque, retire a parte central e remova as
sementes; esmague as maçãs e vaporize-as com 500g de mel até que
fiquem tão macias quanto uma geléia. Tome duas colheradas de cada
vez, três vezes ao dia, para tratar tosse devido a pulmões quentes e
sensações secas na boca e na língua. Este remédio também é bom para
neutralizar os efeitos do fumo.
o Prepare 30 a 60g de casca de maçã fresca. Frite 30g de arroz até ficar
amarelado; misture o arroz com a casca de maçã para fazer chá para
aliviar náusea matinal.
o Corte algumas maçãs verdes em quatro fatias; seque-as ao sol; moa
até tornarem-se pó. Tome 15g de pó de maçã com 1 xícara de água
morna, duas vezes ao dia, para curar enterite crônica, dor abdominal
e diarréia.
60 Sistema Chinês de Curas Alime/Ita res

Banana
Constipação, hemorróidas, hipertensão, alcoolismo
Descrição - Fria; doce; lubrifica os intestinos; desintoxica.
Aplicações - Coma uma a duas bananas bem macias, duas vezes ao
dia, antes de dormir e logo pela manhã de estômago vazio para aliviar a
constipação.
• Coma uma a duas bananas frescas, três vezes ao dia, para aliviar a
sede na doença quente.
• Vaporize duas bananas meio maduras com as suas cascas até fica-
rem bem macias. Coma duas vezes ao dia, logo pela manhã de es-
tômago vazio e antes de dormir, para curar hemorróidas e elimi-
nação de sangue pelo ânus depois dos movimentos intestinais.
• Ferva uma casca de banana ou vaporize em água, e beba como chá,
uma xícara cheia por vez, três vezes ao dia, para tratar e prevenir a
hipertensão.
• Coloque SOOg de banana e 15g de gergelim preto num liquidificador
e misture-os. Coma em um dia para tratar hipertensão com consti-
pação.
• Vaporize duas bananas bem macias com suas cascas. Coma a banana e
a casca, duas vezes ao dia, logo pela manhã de estômago vazio e antes
de dormir, para curar asma e tosse devido a pulmões quentes.
• Ferva 60g de casca de banana em água e beba o líquido para auxílio do
alcoolismo e ressaca.
Experiência - Uma experiência em animais mostra que a banana verde
é efetiva no tratamento e prevenção de úlceras gástricas.

Cereja
Paralisia, entorpecimento dos braços e pernas, reumatismo,
lumbago, ulceração produzida pelo frio
Descrição - Morna; doce.
Aplicações - Mastigue 8 a 12 cerejas frescas lentamente como se esti-
vesse mascando um chiclete, duas vezes ao dia, para aliviar faringolaringite
no seu estágio inicial.
• Ferva lkg de cerejas frescas até ficarem bem macias; remova e descarte
as sementes. Adicione SOOg de açúcar e ferva para fazer geléia. Tome
uma colherada de geléia de cereja por vez, duas vezes ao dia, para
aliviar fadiga e melhorar sua aparência.
• Num jarro grande, combine 500g de cerejas frescas e 4 V2 xícaras de
vinho de arroz; cubra e conserve por 10 dias. Beba 30 a 60g por vez de
Frutas e Nozes 61

vinho de cereja, duas vezes ao dia, para aliviar entorpecimento das


juntas e paralisia decorrente de reumatismo.
Comentários - As cerejas não são recomendadas para pessoas com
calor interno porque geram calor no organismo. Portanto, as cerejas são
recomendadas para O tipo frio de artrite e reumatismo.

Semente de Cereja
Sarampo, terçol na pálpebra, cicatriz
Descrição - Neutra; amarga e pungente; ajuda a promover o estouro
da erupção no sarampo; age contra os efeitos tóxicos.
Aplicações - Moa sementes de cereja a té tornarem-se pó e misture com
água para aplicação externa na região afetada para curar terço!.
• Ferva sementes de cereja em água; use o líquido para lavar a pele afe-
tada para eliminar cicatriz.
• Ferva 9g de sementes de cereja em 1 xícara de água e beba o líquido
para promover estouro da erupção no sarampo. Além disso, ferva
150g de sementes de cereja em 4 xícaras de água; lave o corpo com
o líquido.
• Esmague 90 a 150g de sementes de cereja com um pilão ou marte-
lo e ferva em água. Lave a pele afetada com o líquido para curar
carbúnculo.

Coco
Tênia e fasciolopsíase, edema, vômito, constipação,
envelhecimento prematuro
Descrição - Morno (casca e líquido dentro do coco); neutro e obstruti-
vo (casca); levemente doce e aromático (líquido); doce (parte comestível
do coco); o líquido e a parte comestível do coco produzem líquidos, pro-
movem urinação e destroem vermes intestinais; a casca constringe e des-
trói vermes intestinais e alivia o prurido.
Aplicações - Beba o líquido do coco para aliviar a sede, insolação, fe-
bre, diabetes e edema.
• Beba um copo de líquido de coco com 30g de açúcar e um pouco de
sal, três vezes ao dia, por 3 dias consecu tivos, e então uma vez ao dia
posteriormente, paTa aliviar vômito e fraqueza após sangramento se-
vero e desidratação depois de diarréia severa.
• Consuma a parte comestível do coco e o líquido do coco, uma vez ao
dia, logo pela manhã de estômago vazio por 3 dias consecu tivos, para
aliviar tênias e fasciolopsíase.
62 Sistema Chinês de Curas Afimelltares

o Coma a parte comestível de um coco por vez, pela manhã e ao anoite-


cer, para corrigir constipação.
o Corte a parte comestível de um coco em cubos pequenos e misture
com açúcar. Coloque os cubos de coco num jarro; cubra com açúcar e
conserve por 2 semanas. Coma 2 a 3 cubos açucarados de coco por vez,
duas vezes ao dia, para tonificar fraqueza nos idosos e prevenir enve-
lhecimento prematuro.

Figo
Enterite, disenteria, constipação, hemorróidas, garganta
irritada, diarréia
Descrição - Neutro; doce; desintoxica; é usado como um tônico esto-
macal; afeta baço e o intestino grosso.
O
Aplicações - Coma um a dois figos frescos por vez, pela manhã e ao
entardecer, para melhorar o apetite e corrigir a indigestão.
o Coma 1 a 2 figos frescos na hora de dormir para aliviar constipação,
particularmente nos idosos.
o Vaporize 1 a 2 figos frescos e 2 tâmaras de mel (processadas em mel)
até ficarem bem macios. Coma 1 a 2 figos por dia para aliviar tosse
seca e garganta irritada.
o Ferva lkg de figos secos em água sobre fogo baixo até que fiquem ma-
cios como geléia. Adicione 750g de açúcar e aqueça até dissolvê-lo.
Então misture todos os ingredientes; tome 1 colherada de geléia de
figo por vez, pela manhã e ao entardecer, para corrigir fraqueza após
doença. A geléia de figo também é usada como terapia adjuvante para
tuberculose pulmonar e hepatite.
o Ferva 1 a 3 figos frescos até ficarem bem macios ou 30g de figos secos com
60g de carne de porco magra e 2 tâmaras vermelhas; coma uma vez ao dia
para aumentar a secreção de leite em mulheres após o parto.
o Ferva 60g de figos frescos com 60g de carne de porco ou com lavo de
galinha e 15g de vinho de arroz. Coma uma vez ao dia para aliviar dor
nos músculos e ossos e entorpecimento devido ao reumatismo.
o Frite 30g de figos secos até ficarem aromáticos; separadamente, frite
9g de gengibre seco até parecer com carvão. Ferva junto os figos e o
gengibre. Coma três vezes ao dia para curar diarréia crônica.
o Coma 2 figos frescos não maduros pela manhã e ao anoitecer para ali-
viar dor e sangramento nas hemorróidas.
Comentários - A folha da figueira é neutra em energia e tem sabor
doce e levemente pungente; pode curar hemorróidas e dor e inchação
cardíacas.
Frutas e No=es 63

Raiz de Figueira
Dor nos músculos e ossos, hemorróidas, tuberculose de nódulos
linfáticos
Aplicações - Ferva figo fresco ou seco ou raízes de figueira em água
com carne de porco ou ovos para dor nos músculos e ossos.
• Esmague raízes de figueira (com as superfícies ásperas removidas);
ferva em água para fazer chá para curar prurido na garganta.
• Ferva 30g de figos e raízes de figueiras para aliviar tuberculose de nó-
dulos linfáticos.

Uva
Deficiência sangüínea e energética, tosse, palpitações, suor
noturno, reumatismo, dificuldade ao urinar, edema
Descrição - Neutra; doce e azeda; fortalece os tendões e os ossos; pro-
move a urinação; também é usada como tônico sangüíneo e energético;
afeta os pulmões, baço e rins.
Aplicações - Esmague 500g de uvas frescas; adicione 500g de vinho de
arroz e misture cuidadosamente. Coe para fazer vinho de uva. Coma 30g
de passas encharcadas ou beba 30g de vinho de uva pela manhã e ao anoi-
tecer, para tonificar energia depois da doença.
• Coma um cacho grande de uvas frescas pela manhã e ao anoitecer,
para aliviar a garganta seca e a sede.
• Ferva 30g de passas com 15g de casca de gengibre fresco. Beba duas
vezes ao dia para curar edema nutricional.
• Extraia suco de 250g de uvas frescas e misture com uma quantidade
igual de água morna. Beba tudo de lUna vez, uma vez ao dia, para
aliviar dor e dificuldade na urinação, e eliminação de fluxo avermelliado
e curto de urina.
• Esmague 120g de uvas frescas e 250g de raízes de lótus frescas. Extraia
o suco, beba tudo de uma vez, três vezes ao dia, para curar ou prevenir
eliminação de urina contendo sangue.
• Ferva 30g de passas em água e beba como caldo. Além disso, ferva
folhas de videira e salsa e use o líquido para lavar o corpo para promo-
ver estouro da erupção no sarampo.
• Ferva 30g de passas com 15g de tâmaras vermelhas em água; beba
como caldo para aliviar ansiedade durante agitação.
Comentários - Comer quantidades excessivas de uvas pode diminuir
o apetite.
64 Sistema Chinês de Curas Alimentares

Folha de Goiabeira
Diarréia, disenteria crônica, eczema, inchação devido a lesões
Descrição - Neutra; doce; obstrutiva.
Aplicações - Ferva aproximadamente 50g de folhas de goiaba fres-
ca em água; beba o suco para curar ou prevenir enterite, disenteria e
diarréia.
• Aplique o suco de folha de goiaba fresca em lesões para interromper o
sangramento.

Toranja
Indigestão, mal hálito devido à intoxicação, apetite pobre em
mulheres grávidas
Descrição - Fria; doce e azeda.
Aplicações - Vaporize 90g de toranja descascada com meia xícara de
vinho de arroz e 1 xícara de mel. Beba tudo em 1 dia para aliviar tosse com
eliminação mucosa.
• Coma 1 toranja média por vez, três vezes ao dia, para aliviar indiges-
tão, arroto e boca cheia d'água em mulheres grávidas.
• Lentamente coma 1 toranja pequena para aliviar intoxicação.

Casca de Toranja
Congestão 110 peito, eliminação mucosa, tosse, intoxicação
Descrição - Morna; pungente, doce e ama rga; empurra para baixo;
afeta o baço, rins e bexiga.
Aplicações - Junte as cascas de toranja; corte fora apenas a casca exter-
na. Coloque as cascas ao sol para secar e fazer cascas de toranja secas. Ou,
no lugar de secar as cascas ao sol, ferva-as em água por algum tempo.
Drene e coloque as cascas ao sol para secá-la mais ou menos; então adicio-
ne açúcar para fazer cascas de toranja cristalizadas.
• Mastigue lentamente 30 a 60g de cascas de toranja cristalizadas, como
se mascasse chiclete, para aliviar doença de movimento e vômito.
• Ferva 15g de cascas de toranja cristalizadas ou 3g de cascas de
toranjas secas em água e beba como caldo, três vezes ao dia, para
aliviar inchação e dor abdominais e diarréia causadas por indi-
gestão nas crianças.
Frutas e Nozes 65

Goiaba
Diarréia, diabetes, hemorróidas
Descrição - Morna; doce; obstrutiva e construtiva; lnterrompe diar-
réia e sangramento.
Aplicações - Esmague 2S0g de goiabas frescas e aqueça até a ebulição.
Beba tudo de uma vez, três vezes ao dia, para aliviar diarréia em gastroenterite
aguda e disenteria.
• Frite 30g de goiabas frescas; ferva-as em água e divida em 3 dosagens
para beber em 1 dia para aliviar a diarréia nas crianças.
• Esmague 90g de goiabas frescas; extraia o suco para beber antes das
refeições, três vezes ao dia, para aliviar os sintomas associados com
diabetes.
• Ferva 90g de goiabas frescas e beba como chá, para aliviar farlngolaringite
aguda e crônica e rouquidão.
• Ferva SOOg de goiabas frescas ou 2S0g de goiabas secas até que o líqui-
do se torne bem concentrado; use o Líquido da goiaba para lavar a re-
gião afetada, duas a três vezes ao dia, para curar hemorróidas, sangra-
mento, eczema, prurido e exantema quente.

"Hawthorn Fruit" (Fruta do Espinheiro


Branco)
Indigestão por carne, inchação abdominal, eliminação mucosa,
eliminação de sangue pelo ânus, lumbago, hérnia, dor no
pescoço após o parto
Descrição - Levemente morna; doce e azeda; promove a digestão;
corrige coagulações sangúineas; expulsa tênias; afeta o baço, estômago
e fígado.
Aplicações - Embeba a "hawthorn frui!" em água fervendo por menos
de lmin; fatie as frutas e coloque-as ao sol para secar. (As fatias de "hawthorn
fruit" estão disponiveis na maioria das lojas de ervas Chinesas.)
• Frite as fatias de "hawthorn" até que elas pareçam carvão vegetal a
fim de fazer carvão de "hawthorn fruit" .
• Misture os seguintes ingredientes e ponha em escabeche por 10 dias
para preparar vinho de "hawthorn fruit": 2S0g de fatias de "hawthorn
fruit", 2S0g de "longans" frescos, 30g de tâmaras vermelhas, 30g de
açúcar mascavo e 4 Ih xícaras de vinho de arroz.
• Beba 30 a 60g de vinho de "hawthorn fruit" toda vez antes de dormir
para aliviar dor causada por fadiga excessiva, dor muscular e dor de
66 Sistema Chhlês de Curas Alimentares

artrite, manchas móveis na frente dos olhos, lumbago e dor na coxa


dos idosos.
• Ferva 60g de fatias de "hawthorn fruit" em água com uma quanti-
dade igual de castanhas frescas ou secas até ficarem bem macias;
adicione 30g de açúcar e mexa cuidadosamente. Beba o suco uma
vez por dia, logo pela manhã de estômago vazio, para curar escor-
buto.
• Ferva 31g de fatias de "hawthorn fruits" com água; misture em 1,5g de
pó de erva-doce. Beba o suco pela manhã e ao anoitecer para aliviar
hérnia do intestino delgado.
• Ferva 15g de fatias de "hawthorn fruit" em água e beba como chá a
longo prazo, para aliviar hipertensão, alto nível de gordura no sangue
e coronariopatia.
• Moa 6 a 9g de carvão de "hawthorn frui!" até tornar-se pó. Tome o pó
com água morna, uma vez ao dia, para aliviar dor abdominal causada
por gastrite aguda e crônica, enterite e disenteria.
• Ferva 3g de carvão de "hawthorn fruit" com 6g de fatias de "hawthorn
fruit" ; beba o suco para aliviar a diarréia nas crianças; ou esmague 5
"hawthorn fruits" e extraia o suco para misturar com uma pitada de
carvão de "hawthorn fruit" e administrar oralmente para interromper
a diarréia nas crianças.
• Esmague 2 a 3 "hawthorn fruits" frescas e extraia o suco para beber;
ou ferva 2 a 3 "hawthorn fruits" com 6g de cascas de laranja secas;
beba o suco para corrigir indigestão, inchação e dor abdominais.
Experiêllcias - Uma experiência em coelhos mostra os efeitos da "hawthom
fruit" na diminuição da pressão sangüinea.
• Uma experiência em sapos mostra os efeitos da "hawthorn fruit" na
expansão dos vasos sangüíneos.
• As "hawthorn fruits" são relatadas por ter os efeitos de contração do
útero e redução de antibiose.
Comelltários - As "hawthorn fruits" não são recomendadas para pes-
soas que estão sofrendo de constipação devido ao calor interno ou àquelas
que possuem ácido gástrico em excesso.
• As "hawthorn fruits" podem efetivamente digerir gorduras e pre-
veni-las d e entrar nos vasos sangüíneos removendo-as através de
movimentos intestinais. Realmente, as frutas são tão efetivas no
amolecimento da substâncias duras, que a população Chinesa as usa
para cozinhar galinhas velhas duras e persistentes! Quando as
"hawthorn fruits" são usadas na água de cozinhar, as galinhas du-
ras tornam-se macias e tenras - uma indicação do poder de amaciamento
desta fruta. Um outro exemplo, quando as "hawthorn fruits" são
usadas para cozinhar peixe, até a cartilagem do peixe tornar-se-á
tenra.
Frutas e Nozes 67

Limão
Tosse com eliminação mucosa, indigestão, diabetes,
faringolaringite
Descrição - Extremamente azedo; produz líquidos; protege o feto na
agitação, é considerado bom para mulheres grávidas.
Aplicações - Para fazer limões em conserva, coloque 500g de limões fres-
cos num recipiente de cerâmica grande; adicione 250g de sal e deixe o reci-
piente ao sol para secar até que as cascas se tornem enrugadas e macias com
os sucos brotando. Os limões mais velhos em conserva são os melhores. Coma
limões em conserva nas refeições para aliviar a indigestão.
• Descasque um limão e esprema-o para fazer limonada para alívio do
calor de verão, diabetes e faringolaringite.
• Vaporize um limão fresco com uma quantidade adequada de açúcar
em pedra. Coma pela manhã e ao anoitecer para aliviar a tosse com
eliminação mucosa abundante e coqueluche nas crianças.
Comentários - O limão não é recomendado para pessoas com úlceras
gástricas ou duodenais e ácido gástrico em excesso.
• A semente do limão é neutra e amarga e boa para usar na estimulação
de energia e alívio da dor.
• Esmague 15g de sementes de limão e moa até tornarem-se pó. Dissol-
va 3g de pó de semente de limão em água, uma vez ao dia, por 5 dias
consecutivos, para aliviar visão embaçada.
• Moa sementes de limão até tornarem-se pó. Dissolva 3g do pó de se-
mente de limão em um pouco de vinho de arroz. Beba na hora de dor-
mir para aliviar dor no corpo devido à fadiga excessiva.

Manga
Tosse, indigestão, sangramento da gengiva
Descrição - Fresca; doce e azeda; sacia a sede; fortalece o estômago;
alivia o vômito; promove a urinação.
Aplicações - Coma uma manga fresca com casca por vez, três vezes ao
dia, para aliviar tosse com eliminação mucosa e asma.
• Coma uma manga fresca com casca pela manhã e ao anoitecer para
aliviar indigestão, peito congestionado e inchação abdominal.
• Coma 2 mangas todos os dias para aliviar sangramento da gengiva.
Comentários - Um consumo excessivo de manga é relatado por ter
causado nefrite.
• Comer manga após uma refeição completa causará inchação do estô-
mago.
68 Sistema Chillês de Cifras Alimenta res

o A manga não deve ser comida com alimentos que possuem um sabor
pungente, tais como alho ou cebola verde, pois causarão prurido de
pele e icterícia. Um dia intencionalmente comi 5 mangas grandes com
uma pequena quantidade de cebola verde, em parte para determinar a
validade desta crença de centenas de anos e em parte para desfrutar
do gosto da manga. Desenvolvi prurido de pele severo dentro de Sh,
mas nenhum sinal de icterícia, porque leva muito tempo para uma
pessoa desenvolver tal doença.
o O caroço da manga é neutro, tem sabor doce e amargo e estimula ener-
gia e alivia a dor. Para usar o caroço da manga, seque-o completamen-
te, alise primeiro a semente e quebre-a.
o Esmague lSg de caroços de manga e lSg de sementes de "longan";
adicione 5 tâmaras vermelhas e ferva junto em 3 xícaras de água até
que esta seja reduzida a 1 xícara. Beba 1 xícara de suco por vez, pela
manhã e ao anoitecer, para aliviar dor de hérnia e orquite.
o Ferva lSg de casca de manga com 30g de caroço de manga em quanti-
dade suficiente de água para cobrir os dois ingredientes; beba duas
xícaras de suco por vez, uma vez ao dia, para aliviar edema de pele.

Azeitona
Garganta irritada, tosse com expulsão de sangue, alcoolismo,
diarréia
Descrição - Neutra; doce e azeda; obstrutiva; afeta os pulmões e o es-
tômago.
Aplicações - Seque azeitonas frescas à sombra por 1 a 2 dias. Coloque
as azeitonas em um recipiente de cerântica grande, adicione sal e armaze-
ne por 2 semanas para fazer azeitonas em conserva.
o Remova a semente da azeitona fresca ou em conserva e mantenha a
azeitona em sua boca para aliviar a garganta irritada. Repita com 1
azeitona por vez, poucas vezes ao dia.
o Ferva 5 azeitonas frescas sem caroço e um pedaço de gengibre cris-
talizado em água . Beba o suco três vezes ao dia para curar disente-
ria e enterite.
o Ferva 5 azeitonas frescas sem caroço em água; adicione 100g de raiz
de lótus fresca e carne de porco magra e um pouco de sal. Beba
apenas o suco, uma vez ao dia, para interromper sangramento das
hemorróidas e sangramento do estômago.
o Misture 5 azeitonas frescas sem caroço e um pouco de açúcar em pe-
dra; vaporize-as por meia hora. Coma as azeitonas para aliviar tosse
crônica.
Fru tas e Nozes 69

• Esmague 5 a 10 azeitonas frescas sem caroço; adicione 35g de açúcar e


4 xícaras de água; ferva por 10min. Beba o suco, uma vez ao dia, para
aliviar o alcoolismo.
Relatórios clínicos - Para tratamento de disenteria bacilar aguda: use
100g de azeitonas frescas com sementes e ferva em uma xícara de água
sobre fogo bem baixo por 2 a 3h até ser reduzida a meia xícara; coe. Adul-
tos bebem de V2 a 1 colherada de cada vez. Repita 3 a 4 vezes até que os
movimentos intestinais voltem ao normal. O tratamento é interrompido
assim que o paciente tenha um a dois movimentos intestinais diariamen-
te . Em geral, cada programa de tratamento leva 5 dias.

Tangerina
Congestão no peito, vômito, soluço
Descrição - Fresca; doce e azeda; promove a circulação de energia;
fortalece o baço; alivia a tosse; afeta os pulmões, estômago e rins.
Aplicações - Coma uma tangerina meio madura para aliviar indiges-
tão e manter sua digestão.
• Beba suco de tangerina fresca para aliviar a sede 'de febre e garganta
seca, e para aliviar uma ressaca.
• Vaporize 2 tangerinas com casca com 30g de açúcar em pedra; coma as
tangerinas na hora de dormir para aliviar a tosse com eliminação mu-
cosa amarelada.
Comentários - As cascas de tangerina secas podem ser preparadas
colocando-as ao sol para secar. As cascas de tangerina secas possuem uma
energia morna e um sabor pungente-amargo.
• Ferva 6g de cascas de tangerina secas com 3g de gengibre fresco em água;
beba uma xícara de suco por vez, duas vezes ao dia, para aliviar o vômito.
• Espalhe as tangerinas frescas ao sol até ficarem meio secas. Pressione
para achatá-las; embeba as tangerinas achatadas em xarope para fazer
bolos de tangerina,
• Mastigue lentamente 1 bolo de tangerina pequeno, como se mastigas-
se um chiclete, para aliviar vômito e diarréia; repita 4h mais tarde,
• As sementes da tangerina possuem uma energia neutra e um sabor
amargo.
• Para aliviar dor e inchação em mastite, ferva 15g de sementes de tan-
gerina numa mistura de metade água e metade vinho, Beba uma xíca-
ra do suco por vez, três vezes ao dia.
• Frite 30g de sementes de tangerina até ficarem amareladas e moa-as;
misture o pó com um quarto de xícara de vinho de arroz. Beba o suco
duas vezes ao dia para aliviar dor de hérnia, inchação e dor nos testí-
culos e lumbago.
70 Sistema Chinês de Curas Alimelltares

• Tangerinas frescas não são recomendadas para pessoas com uma tosse de
resfriado comum e edema. A casca da tangerina não é recomendada para
ninguém com uma tosse seca ou alguém vomitando sangue.

Tangerina ("Mandarim Orange")


Sede, intoxicação, dificuldade de urinação, enfisema
Descrição - Fresca; doce e azeda; promove a urinação; lubrifica os pul-
mões; alivia a tosse; elimina o muco.
Aplicações - Coma algumas tangerinas frescas para aliviar a sede de-
vido a febre ou urinação dolorosa. Repita 4h mais tarde.
• Vaporize uma tangerina fresca com casca com 15g de açúcar em pedra
e 2 fatias de gengibre fresco por Ih. Coma a tangerina com casca para
tratar tosse senil e crônica.
• Beba suco de tangerina para aliviar uma ressaca.
• Vaporize uma tangerina fresca com casca com 5 tâmaras vermelhas
por meia hora. Coma as tangerinas e as tâmaras para aliviar sintomas
de enfisema.
• Lentamente mastigue a casca de uma tangerina fresca para aliviar
congestão no peito e inchação abdominal devido à indigestão.
• As sementes de tangerina podem ser deixadas ao sol para secar e se-
rem usadas em remédios.
• Frite 30g de sementes de tangerina; ferva as sementes em 3 xícaras de
água com 9g de sementes de alcaravia até que a água seja reduzida a 2
xícaras. Beba 1 xícara do suco por vez, pela manhã e ao anoitecer, para
curar hérnia e inchação dolorosa nos testículos.
• Esmague 15g de sementes de tangerina e ferva-as em 30g de vinho de
arroz. Beba o suco duas vezes ao dia para promover secreção de leite e
suavizar inchaço no seio.
• Junte cascas de tangerina e seque-as ao sol para fazer cascas de tange-
rina secas.

Casca de Tangerina ("Mandarin Orange") Seca


Congestão no peito, inchação abdominal,falta de apetite,
vômito, soluço, tosse com eliminação mucosa, intoxicação por
peixe e caranguejo
Descrição - Morna; pungente e amarga; empurra para baixo; estimula
a energia; alivia a retenção de água; elimina muco; afeta o baço e os pul-
mões.
Frutas e Nozes 71

Aplicações - A casca de tangerina seca é uma importante erva Chine-


sa. É amplamente usada nos remédios.
• Dissolva 1,5g de pó de casca de tangerina seca em água morna. Beba
de cada vez, três vezes ao dia, para aliviar congestão no peito, incha-
ção abdominal e dor devido à indigestão.
• Misture 40g de pó de casca de tangerina seca com 100g de pó de osso
de siba. Tome 3g por vez dissolvidas em água morna, três vezes ao
dia, para tratar dor e inchação de estómago, arroto e ácido gástrico em
excesso.
Relatórios clinicos - Para tratamento de mastite aguda: misture 40g de
cascas de tangerina secas e 7g de alcaçuz em água. Aqueça até a ebulição e
então ferva novamente por um segundo de tempo. Divida em 2 dosagens
para tomar em um dia. Dobre a dosagem em casos severos. Observações clí-
nicas mostram que o tratamento inicial (dentro de 1 a 2 dias do início) produz
bons resultados com uma taxa de sucesso de 70% em 2 a 3 dias. Este tratamen-
to é menos efetivo quando a mastite aguda possui uma duração mais longa.
Nenhum resultado foi obtido depois da supuração ter ocorrido.

"Kumquat"
Congestão no peito, sede, indigestão, tosse, coqueluche, dor de
estômago, dor de hérnia, apetite pobre
Descrição - Morno; pungente, doce e azedo; alivia a tosse; elimina o
muco; promove a circulação energética.
Aplicações - Vaporize 5 a 10 "kumquats" frescos com 30g de açúcar
em pedra por meia hora e coma um pouco de cada vez, duas vezes ao dia,
para interromper tosse senil e asma.
• Coma alguns "kumquats" frescos para aliviar a indigestão.
• Para preparar "kumquats" secos, coloque os "kumquats" frescos ao
sol para secar.
• Ferva 10 "kumquats" secos em 6 xícaras de água até que esta seja re-
duzida a 3 xícaras; beba 1 xícara do suco por vez, três vezes ao dia,
para tratar dor de estômago.
• Esmague 10 "kumquats" secos e ferva numa mistura de metade água
e metade vinho de arroz. Beba uma xícara do suco por vez, duas vezes
ao dia, para aliviar dor de hérnia.
• Para fazer "kumquats" açucarados, coloque os "kumquats" frescos ao
sol até ficarem meio secos. Embeba-os em xarope.
• Mastigue lentamente 30g de "kumquats" açucarados, como se mas-
casse um chiclete, para estimular apetite pobre devido a resfriado co-
mum ou doença de movimento.
72 Sistema Chi"ês de Curas A limentares

Mamão
Dor de estômago, disenteria, dificuldade nos movimentos
intestinais, reumatismo
Descrição - Neutro; doce; promove a digestão; destrói vermes intestina is.
Aplicações - Ferva 500g de mamões parcialmente maduros com 2 pernas
de porco até ficarem bem macios. Coma mamões e came de porco uma vez
por dia por 3 dias consecutivos para estimular a lactação após o pacto.
o Vaporize 250 a 500g de mamões frescos. Coma mamões uma vez ao
dia para aliviar a sede devido à febre e tosse crônica.
o Prepare alguns mamões verdes: descasque e remova as sementes; em-
beba os mamões em vinagre para fazer mamão azedos (proteja o vina-
gre embebido).
o Coma 30g de mamão azedo ou 60g de mamão fresco duas vezes ao dia
para aliviar indigestão e dor e inchação abdominais.
o Na hora de dormir, coma 250g de mamões azedos e beba 60g do vina-
gre no qual os mamões estavam embebidos, por 3 dias consecutivos,
para destruir tênias, nematódeo, nematódeos afasmídicos e outros
vermes do trato intestinal.
Comentários - O mamão é relatado ser antitumorigênico porque con-
tém carpaína.
o É relatado que o mamão possui um efeito paralítico no sistema nervoso
central, o que pode explicar por que o mamão pode aliviar a dor reumática.

Pêssego
Tosse, dor de hérnia, transpiração excessiva
Descrição - Morno; doce e azedo; obstrutivo; promove a circulação san-
güínea; lubrifica os intestinos; produz líquidos; controla a transpiração.
Aplicações - Descasque 3 pêssegos frescos e vaporize-os com 30g de
açúcar em pedra. Coma uma vez ao dia para tratar asma e tosse.
o Pêssegos verdes frescos podem ser deixados ao sol para secar e prepa-
rar pêssegos secos.
o Ferva 30g de pêssegos secos e uma manga em água. Coma duas vezes
ao dia para aliviar dor de hérnia.
o Frite 30g de pêssegos secos até que a superfície esteja marrom ou ama-
relada. Adicione água imediatamente e então adicione 30g de tãmaras
vermelhas; ferva por poucos mínutos . Coma na hora de dormir para
aliviar emissão seminal, transpiração excessiva e suor noturno.
o Coma 1 a 2 pêssegos por vez, duas vezes ao dia, ou ferva 30g de pêsse-
gos secos em água e beba como chá para tratar hipertensão.
Fruta s e Nozes 73

o Quebre as sementes de pêssego para obter os miolos; deixe-os ao sol


para secar. Os miolos das sementes do pêssego são importantes e am-
plamente usados nos remédios herbais Chineses. Possuem uma ener-
gia neutra e um sabor amargo-doce. São considerados levemente tóxi-
cos e capazes de promover a circulação sangüinea e lubrificar os intes-
tinos.
o Esmague 15g de miolos de sementes de pêssego e ferva com 30g de
mel. Beba para curar constipação.
o Ferva 15g de cada, miolos de semente de pêssego, gengibre fresco e
tâmaras vermelhas com 30g de vinho de arroz e uma quantidade ade-
quada de água. Beba como chá pela manhã e ao anoitecer para aliviar
dor abdominal após o parto e supressão da menstruação.

Pêra
Tosse com muco, constipação, dificuldade de deglutição,
alcoolismo, dificuldade de urinação, indigestão
Descrição - Fresca; doce e levemente azeda; produz líquidos; lubrifica
a secura; elimina o muco; afeta os pulmões e o estômago.
Aplicações - Beba um copo de suco de pêra fresca pela manhã e ao
anoitecer para aliviar a tosse e a sede devido à febre.
o Embeba peras frescas sem casca em vinagre para preparar peras ao
vrnagre.
o Descasque 2 peras ao vinagre e coma-as para aliviar indigestão e al-
coolismo.
o Esmague 2 peras ao vinagre para extrair o suco. Beba o suco lentamen-
te pela manhã e ao anoitecer para curar garganta irritada e dificuldade
de deglutição.
o Ferva 60g de cascas de pêra secas em água. Beba o suco para aliviar
dificuldade de urinação e dor ao urinar.

Caqui
Tosse, vômito de sangue, cancro de boca, dor de estômago,
diarréia, hemorróidas, hipertensão, Mcio endêmico, eliminação
de urina contendo sangue, soluço
Descrição - Frio; doce; obstrutivo; sacia a sede; lubrifica os pulmões;
fortalece o baço; afeta o coração, pulmões e intestino grosso.
Aplicações - Coma um caqui fresco e descascado, por vez, duas vezes
ao dia, para aliviar dor de estômago que piora à exposição ao calor.
74 Sistema Cltinês de Cllras AlimeHtares

• Esmague um caqui parcialmente maduro e extraia o suco. Beba o


suco com água morna uma vez ao dia para tratar hipertensão e bó-
cio endêmico.
• Pique os caquis quando as camadas externas apenas começarem a se
tornar amarelas; descasque os caquis e deixe-os ao sol em dias quentes
e freqüentemente pressione para achatá-los até que a superfície esteja
coberta com pó branco. Na língua Chinesa, o pó é chamado de geada
branca do caqui. Os caquis secos desta maneira são chamados de bolos
de caqui.
• Vaporize 2 bolos de caqui com 30g de mel. Coma pela manhã e ao
anoitecer para tratar asma senil e tosse com muco.
• Cozinhe 2 bolos de caqui em água com 60g de arroz glutinoso (doce) e
2 fatias de casca de laranja seca. Coma nas refeições, uma vez ao dia,
por 3 dias consecutivos, para curar enterite crônica e diarréia.
• Misture um bolo de caqui com um pouco de arroz de grão longo e
água, e esmague-o para fazer uma pasta. Use para alimentar crianças
três vezes ao dia por 2 a 3 dias consecutivos para aliviar a diarréia.
• Ferva 2 bolos de caqui até ficarem bem macios. Coma 2 bolos de caqui
por vez, duas vezes ao dia, para curar hemorróidas.
• Cozinhe caldo de arroz e adicione 2 bolos de caqui ao caldo. Coma
uma vez ao dia por 5 dias consecutivos para aliviar a eliminação de
urina contendo sangue com nenhuma dor na urinação.
• Esmague 3 a 9g de geada branca de caqui; ferva em água e beba lenta-
mente, algumas vezes ao dia, para curar cancro de boca, garganta irri-
tada e tosse seca.
• Apanhe o cálice e o receptáculo de um caqui e deixe-os ao sol para
secar. O cálice e o receptáculo secos, importantes nos remédios herbais
Chineses, possuem uma energia neutra, poder obstrutivo e efeito de
empurrar para baixo.
• Ferva 3 bolos de caqui em água com os cálices e receptáculos até fica-
rem macios. Beba o suco pela manhã e ao anoitecer para tratar tosse e
dor no peito em doença pulmonar.
• Ferva 9g de cálices e receptáculos em água com 3g de gengibre fresco .
Beba como chá para aliviar o soluço; ou frite 3g de cálices e receptácu-
los de caqui até ficarem aromáticos e moa até tornarem-se pó. Dissolva
em vinho de arroz e beba uma vez ao dia para aliviar soluço.

Abacaxi
Edema, indigestão, diarréia, vômito, inchação abdominal
Descrição - Neutro; doce e azedo; promove urinação e digestão; sacia
a sede; cura inchação.
Frutas e Nozes 75

Aplicações - Frite 250g de abacaxi fresco, fatiado, com 60g de galinha


em óleo, temperada com pimenta e sal. Coma todo dia, ou em dias alter-
nados, para aliviar tontura devido à pressão sangüínea baixa.
o Coma 4 fatias de abacaxi fresco ou beba um copo de suco de abacaxi
fresco por vez, duas vezes ao dia, para aliviar indigestão, inchação
abdominal, vômito ou diarréia.
o Beba um copo de suco de abacaxi fresco temperado com um pouco de
sal por vez, duas vezes ao dia, para aliviar a sede devido à febre.
Comentários - É aconselhável comer abacaxi com um pouco de sal
para eliminar prurido leve na ponta da lingua.
o A bromelina no abacaxi tem sido usada para curar vários tipos de in-
flamações, edemas e tromba.
o O abacaxi não é recomendado para pessoas com eczema ou carbúnculo.

Ameixa
Doença hepática, diabetes, ascite
Descrição - Neutra; doce e azeda; produz líquidos; promove urinação
e digestão; afeta o fígado e os rins.
Aplicações - Coma 2 ameixas frescas todo dia pela manhã e ao anoite-
cer para promover digestão e interromper o sangramento da gengiva.
o Para curar cirrose e urinação diminlÚda, esmague 2 ameixas doces com
sementes e misture com água quente. Beba como chá, 1 xícara por vez,
duas vezes ao dia.
o Embeba ameixas frescas em vinagre para preparar ameixas ao vinagre.
o Esmague 2 ameixas ao vinagre com suas sementes, misture com água
fervendo e um pouco de sal; deixe esfriar. Lave sua boca e garganta
com o suco algumas vezes ao dia para curar faringolaringite crônica,
tonsilite, periodontite, cancro de boca e úlcera de língua .
• Esmague 30g de sementes de ameixa e ferva com água. Beba uma xíca-
ra cheia por vez, duas vezes ao dia, para aliviar constipação.
Comentários - A ameixa não é recomendada para pessoas com estô-
mago fraco, úlceras e gastroenterite aguda ou crônica.

Ameixa Azeda
Diarréia, tosse seca, sede
Descrição - Neutra; extremamente azeda; construtiva e obstrutiva; produz
líquidos e destrói vermes; afeta o fígado.
76 Sistema Chinês de Ctlra s Alimentares

Aplicações - Coma 2 ameixas azedas frescas, ou esmague uma ameixa


azeda fresca e misture com açúcar e um pouco de sal para fazer chá. Beba
o chá para aliviar a sede devido à febre e deficiência de ácido gástrico e
apetite pobre.
o Para fazer ameixas azedas em conserva (boas para interromper diar-
réia), coloque ameixas azedas frescas maduras em um recipiente de
cerárnica grande; adicione sal e prepare em escabeche até que as amei-
xas se tornem tão macias que o suco começa a manar.
Comentários - Um amigo que está hoje praticando acupuntura em
Montreal me contou que uma vez se associou a um grupo de pessoas numa
dieta extrema e foi dito para comer todo dia uma grande quantidade de
ameixas em conserva. Depois de alguns dias de consumo de ameixas, ele
tornou-se tão nervoso que enquanto estava trabalhando em uma loja, sen-
tiu um forte ímpeto de correr atrás dos clientes e dizer-lhes para irem ao
inferno. As ameixas podem agir sobre o fígado e assim, comer muitas de-
las pode transtornar O fígado e causar uma explosão emocional.

Damasco e Semente de Damasco


Damasco para sede e asma; semente de damasco amargo para
tosse, garganta irritada, constipação, asma; semente de damasco
doce para tosse, constipação e garganta irritada
Descrição - O damasco é neutro, doce e azedo. Lubrifica os pulmões e
produz líguidos. A semente de damasco amargo é morna, pungente, amarga
e tóxica. E usada para suprimir a tosse, aliviar a asma e lubrificar os intes-
tinos. A semente de damasco doce é morna, pungente e doce. É usada
para lubrificar os intestinos e suprimir tosse, e também como um tônico
energético.
Aplicações - Coma 2 a 3 damascos secos ou frescos pela manhã e ao
anoitecer para aliviar garganta seca e saciar a sede.
o Mastigue 5 a 10 sementes de damasco doce uma vez ao dia para curar
tosse crônica e tremor devido ao frio.
o Combine 15g de sementes de damasco doce, 30g de cada, de arroz e
açúcar; adicione água e esmague-as para fazer um creme. Coma pela
manhã e ao anoitecer para corrigir constipação nos idosos e nas mu-
lheres grávidas.
o Prepare 2 peras e remova as sementes. Esmague 6g de sementes de
damasco amargo e moa até tornarem-se pó; encha as peras com o pó e
vaporize por meia hora. Coma uma vez ao dia para curar tosse seca.
o Ferva 9g de sementes de damasco amargo em água com 6g de gengi-
bre fresco e 2 tárnaras vermelhas. Beba como chá duas vezes ao dia
para curar tosse com muco aquoso.
Frutas e Nozes 77

Comentários - Os damascos frescos não são recomendados para con-


sumo freqüente ou excessivo ou para pessoas com diarréia. As sementes
de damasco amargo são tóxicas e não devem ser consumidas nas formas
fresca ou crua.

Morango
Tosse seca, sede, garganta irritada, rouquidão, indigestão,
dificuldade na urinação, ressaca
Descrição - Fresco; doce e azedo; lubrifica os pulmões; produz líqui-
dos; fortalece o baço; alivia a intoxicação.
Aplicações - Vaporize 60g de morangos frescos com 30g de açúcar em
pedra. Coma três vezes ao dia para tratar tosse seca que prolonga-se can-
sativamente.
• Beba um copo de suco de morangos frescos pela manhã e ao anoitecer,
para aliviar a sede na febre, garganta irritada e rouquidão.
• Coma 60g de morangos frescos antes das refeições, três vezes ao dia,
para aliviar indigestão e dor e inchação abdominais, e para melhorar o
apetite.
• Esmague 60g de morangos frescos e misture com água fria. Beba um
copo do suco por vez, três vezes ao dia, para aliviar a urinação com
dificuldade e dor e eliminação de urina vermelha.
• Coma 8 a 10 morangos frescos de uma vez para aliviar ressaca.
• Misture suco de morango fresco com uma quantidade igual de vi-
nho de arroz. Beba para corrigir desnutrição e fraqueza depois de
uma doença.

Framboesa
Urinação freqüente, tontura
Descrição - Morna; doce e azeda; usada como um tônico hepático e
renal para controlar a urinação.
Aplicações - Beba suco de framboesa fresca para interromper urinação
freqüente e tontura devido à doença de movimento.
• Misture suco de framboesa fresca com mel como um remédio para
curar tosse seca devido ao frio.
Comentários - A framboesa verde seca (imatura) é uma importante
erva Chinesa com uma energia neutra e um sabor doce-azedo. Age no
fígado e rins, é usada para corrigir impotência, emissão seminal, urinação
78 Sistema Chinês de Curas Alimentares

freqüente, visão embaçada, e é relatada por produzir efeitos similares aos


efeitos como aqueles do hormônio sexual feminino.

Tâmara
Estômago fraco, palpitações, nervosidade, histeria nas mulheres,
púrpura alérgica
Descrição - Morna; doce; usada como um tônico esplênico, tônico
energético e tônico sangüíneo; produz líquidos; desintoxica; afeta o baço
e o estômago.
Aplicações - Ferva 30g de tâmaras vermelhas com um ovo de galinha
ínteiro, 4 fatias de gengibre fresco e 30g de açúcar mascavo em água. Coma
nas refeições para aliviar fraqueza após o parto.
• O consumo prolongado de 30g de tâmaras vermelhas todos os dias
ao anoitecer melhora as condições físicas, tais como magreza e fra-
queza.
• Ferva 30g de tâmaras vermelhas com 5 cabeças brancas de cebolas ver-
des. Coma tudo na hora de dormir para aliviar insônia.
• Coma 30 a 60g de tâmaras vermelhas por vez, três vezes ao dia, por 15
dias consecutivos, para curar púrpura alérgica.
• Ferva 30g de tâmaras vermelhas e 30g de inhame com 2 fatias de gen-
gibre fresco até ficarem macios. Coma uma vez ao dia por 10 dias con-
secutivos para tratar dor de estômago fria, dor abdominal e diarréia
devido à fraqueza digestiva.
• Ferva 30g de tâmaras vermelhas secas com 15g de inhame, 15g de tri-
go integral e 15g de alcaçuz processado. Beba o suco pela manhã e ao
anoitecer para tratar histeria nas mulheres e nervosismo nas mulheres
durante a menopausa.
• Ferva 15g de tâmaras pretas com 9g de "longans" e 30g de açúcar mascavo,
Coma as frutas cozidas nas refeições num período a longo prazo para
tratar anemia.
• Para preparar geléia de tâmara, ferva 1.500g de tâmaras frescas,
descaroçadas, ou 500g de tâmaras vermelhas, descaroçadas, até que
elas pareçam geléia; adicione 500g de açúcar e mexa até dissolver.
• Tome uma colherada de geléia de tâmara com água morna num perío-
do a longo prazo para aliviar hepatite, tuberculose pulmonar e fraque-
za após doença.
Comentários - As tâmaras frescas podem ser deixadas ao sol para se-
car até ficarem vermelhas para preparar tâmaras vermelhas secas.
Frutas e Nozes 79

• As tâmaras vermelhas frescas podem ser fervidas e deixadas ao sol


para secar, então vaporizadas e assadas poucas horas até que a super-
fície se torne quase preta; estas são chamadas de tâmaras pretas.

Melancia
Urinação diminuída, garganta irritada, cancro de boca
Descrição - Fria; doce; promove a urinação e lubrifica os intestinos;
afeta o coração, estômago e bexiga.
Aplicações - Beba um copo de suco de melancia fresca para aliviar
tontura em insolação e vômito.
• Coma 500 a 1.000g de melancia fresca por vez, duas vezes ao dia, para
aliviar a sede, gosto amargo na boca, mal hálito, eliminação de urina
amarelada, dor na uretra e ressaca.
• Corte fora as cascas de melancia aproximadamente O,Scm de grossura
e coloque-as ao sol para secar, que tornam-se cascas de melancia secas
amplamente usadas como ervas no herbalismo Chinês.
• Ferva SOg de cascas de melancia secas em água e beba como chá para
tratar hipertensão, diabetes, nefrite e ressaca.

Fruta Estrelar (Carambola)


Tosse e febre decorrentes de resfriado comum, dor de dente,
cálculos renais e na bexiga, hemorróidas, cancro de boca,
indigestão, ressaca
Descrição - Fria; doce e azeda; reduz a febre; produz líquidos; promo-
ve a urinação; desintoxica.
Aplicações - Coma uma fruta estrelar fresca por vez, duas vezes ao
dia, para aliviar a febre e tosse em resfriado comum.
• Ferva 3 frutas estrelares frescas com 2 colheradas de mel. Coma as
frutas e beba o suco uma vez ao dia para aliviar cálculos renais e na
bexiga e dificuldade de urinação.
• Esmague 3 frutas estrelares frescas para fazer suco. Beba o suco duas
vezes ao dia para aliviar faringolaringite, cancro de boca e dor de
dente.
• Esmague 3 frutas estrelares frescas e misture o suco com água fria.
Beba o suco três vezes ao dia para aliviar urinação dolorosa e elimina-
ção de urina vermelha.
• Coma 2 frutas estrelares frescas por vez, duas vezes ao dia, logo pela ma-
nhã de estômago vazio e ao anoitecer, para aliviar hemorróidas.
80 Sistema Chinês de Curas Alimentares

"Longan"
Insônia, esquecimento, palpitações, nervosidade
Descrição - Momo; doce; usado como tônicosesplênico, cardíaco, sangüíneo
e energético; afeta o coração e o baço.
Aplicações - Vaporize 15g de "longans" com 30g de carne de porco ma-
gra, 2 fatias de gengibre fresco e wna quantidade adequada de vinho de ar-
roz. Coma uma vez ao dia para aliviar tontura e peso abaixo do normal.
• Misture 500g de "longans" com 500g de açúcar; vaporize-os para fazer
geléia de "longan".
• Tome lllna colherada de geléia de "longan" com água morna para ali-
viar tontura e edema após o parto; ou ferva 15g de "longans" com 5
tâmaras vermelhas, 30g de açúcar mascavo e 6g de gengibre fresco.
Beba como caldo uma vez ao dia.

Fruta de Lótus, Semente de Lótus e Raiz de


Lótus
Sonolência, emissão seminal, diarréia crônica, sangramento e
corrimento vaginal
Descrição - Neutras; doces; obstrutivas; usadas como tônicos esplêni-
co, cardíaco e renal; a raiz de lótus também é usada como calmante; afeta o
coração, baço e rins.
Aplicações - Ferva 30g de frutas de lótus secas e 30g de açúcar mascavo
em 30g de vinho de arroz; adicione 1 ovo de galinha como no caldo de ovo
batido. Beba o caldo sempre ao anoitecer por 1 mês para melhorar as con-
dições físicas após o parto ou fadiga excessiva devido à velhice.
• Vaporize frutas de lótus até cozinharem. Deixe-as ao sol para secar;
moa até tornarem-se pó. Tome 15g do pó por vez, três vezes ao dia,
para curar diarréia crônica.
• Vaporize 250g de frutas de lótus secas com 6g de vinho de arroz e 6g
de toucinho. Tome a dosagem inteira três vezes ao dia por 1 mês para
curar úlceras, ou durante o estágio de recuperação após sangramento
estomacal.
• Mistme 180g de sementes de lótus e 30g de alcaçuz e moa até torna-
rem-se pó. Tome 3 a 6g do pó por vez com água morna, três vezes ao
dia, para aliviar a eliminação de um fluxo curto de urina vermelha.
• Esmague algumas raízes de lótus frescas; extraia o suco. Beba um copo
do suco por vez para interromper sangramento de vários tipos, in-
cluindo hemorragia nasal, sangramento vaginal, eliminação de san-
gue pelo ânus e vômito de sangue.
Frutas e Nozes 81

Comentários - É interessante notar que o lótus foi referido numa


lenda Grega como uma fruta dócil que induzia a um estado devaneado r
e esquecimento naqueles que comiam-na. Mas nos remédios herbais
Chineses, acredita-se que a fruta de lótus pode ser comida para aliviar
sonolência.

Plúmula de Lótus
Emissão seminal, hipertensão, visão embaçada, inchação e dor
nos olhos
Descrição - Fria; amarga; obstrutiva; suspende o sangramento; inter-
rompe a emissão seminal; também é usada como um tônico cardíaco; afeta
o coração, pulmões e rins.
Aplicações - Ferva 3g de plúmula de lótus e beba tudo de uma vez
para aliviar emissão seminal com ou sem sonhos.
• Mastigue lentamente 1,5g de plúrnula de lótus e lave com água para
aliviar a hipertensão.
• Ferva 3g de plúmula de lótus e 3g de alcaçuz com água. Beba como
chá, duas vezes ao dia, para aliviar ansiedade e cancro de boca.
Experiências - Uma experiência em animais mostra que a plúmula de
lótus pode abaixar a pressão sangüinea.
Comentários - A plúmula de lótus refere-se ao botão verde de uma
semente de lótus seca madura.

Maçã Silvestre Acida


Diarréia, diabetes, emissão seminal
Descrição - Neutra; doce e azeda; sacia a sede; obstrutiva; afeta o cora-
ção, fígado e pulmões.
Aplicações - Ferva 10 maçãs silvestres ácidas parcialmente maduras
numa quantidade adequada de água até que esta seja reduzida à metade.
Beba o caldo e coma as maçãs silvestres ácidas logo pela manhã para curar
diarréia aquosa.
• Esmague 60g de maçãs silvestres ácidas frescas parcialmente madu-
ras; ferva as maçãs silvestres ácidas em água. Beba uma xícara do suco
por vez, três vezes ao dia, para aliviar dor abdominal e diarréia na
enterite e d isenteria.
• Esmague 15 a 30g de maçãs silvestres ácidas frescas; extraia O suco.
Beba três vezes ao dia para curar diarréia nas crianças.
82 Sistema Chinês de Curas Alimen tares

• Frite 30g de maçãs silvestres ácidas secas até ficarem amareladas; fer-
va as maçãs silvestres ácidas em água. Coma-as na hora de dormir
para curar emissão seminal e ejaculação precoce.
Comentários - Não é sensato consumir maçãs silvestres ácidas em grandes
quantidades porque possuem uma natureza obstrutiva. As maçãs silves-
tres ácidas não são recomendadas para pessoas com constipação.

Lechia ("Lychee")
Soluço, dor de estômago, diarréia, asma, dor de hérnia
Descrição - Morna; doce e azeda; produz líquidos; estimula energia;
alivia a dor; afeta o baço e o fígado.
Aplicações - Coma 60 a 150g de lechias frescas para melhorar as con-
dições físicas depois de uma doença prolongada.
• As lechias frescas podem ser deixadas ao sol para secar. As lechias
secas são amplamente usadas na dieta Chinesa.
• Ferva 30 a 60g de lechias secas e 5 tâmaras vermelhas secas com água
adequada. Beba o caldo duas vezes ao dia para curar diarréia crõnica.
• Vaporize 120g de lechias secas e coma uma vez ao dia para curar asma .
• Reúna as sementes de lechia e deixe-as ao sol para secar e ser usadas
em remédios.
• Esmague 30g de sementes de lechia secas; ferva em água com 6g de
gengibre fresco ou cascas de laranja secas. Beba uma vez ao dia para
aliviar dor de estõmago e dor abdominal.
• Esmague 60g de sementes de lechia secas e 15g de sementes de alcaravia;
ferva-as em uma quantidade adequada de água. Beba o caldo uma vez
ao dia para aliviar a dor de hérnia, elefantíase, hidrocele de túnica va-
ginal e inchação e dor nos testículos.

Noz
Tosse, lumbago, impotência, emissão seminal, urinação
freqüente, cálculos renais e na bexiga, constipação
Descrição - Morna; doce; é usada como tônico renal e para lubrificar
os intestinos e controlar a emissão seminal; afeta os rins e os pulmôes.
Aplicações - Vaporize 30g de nozes com 15g de açúcar em pedra e 6g
de sementes de rabanete por meia hora. Coma a mistura duas vezes ao dia
para curar asma crônica e tosse.
• Mastígue lentamente 90g de nozes a cada dia para aliviar garganta
irritada, rouquidão, constipação e úlceras gástricas e duodenais.
Fntlas e Nozes 83

• Ferva 15g de nozes com 15g de gengibre fresco esmagado. Beba duas
vezes ao dia para aliviar dor de cabeça, febre e medo do frio devido ao
resfriado comum, e também para induzir a transpiração no resfriado
comum.
• Vaporize 250g de nozes e bolos de caqlÚ por Ih. Divida em 3 por-
ções e coma I porção de cada vez, três vezes ao dia por I mês, para
aliviar a tosse e peso abaixo do normal devido à tuberculose pul-
monar .
• Prepare 30g de nozes, 2 rins de porco faliados e um pouco de touci-
nho; frite-os juntos. Coma-os quente todos os dias na hora de dormir
por 3 dias para curar emissão seminal com urinação súbita.
• Frite 120g de nozes em óleo vegetal até que estejam crocantes. Misture
as nozes com um pouco de açúcar e água para fazer xarope. Coma
dentro de 2 dias para aliviar cálculos no trato urinário.
Relatório clínico - Para o tratamento de cálculos renais e na bexi-
ga: frite 120g de nozes em óleo vegetal até ficarem crocantes. Adicione
açúcar e moa até obter uma emulsão ou creme. Coma as nozes dentro
de I a 2 dias. (Reduza a dosagem para crianças.) O tratamento continua
até que os cálculos tenham sido expelidos ou os sintomas desapareci-
dos. Em geral, os cálculos são expelidos de uma vez ou várias vezes
dentro de alguns dias. Também parecem menores e mais macios do
que os anteriores ou são dissolvidos na urina para parecer um creme.
Assim, a noz é considerada efetiva para dissolver os cálculos.

Loquat
Faringolaringite, tosse, sede, constipação
Descrição - Fresco; doce e azedo; lubrifica os pulmões; sacia a sede;
empurra para baixo; afeta o baço, pulmões e fígado.
Aplicações - Vaporize 90g de loquats frescos descaroçados com 15g
de açúcar em pedra por meia hora. Coma os loquats e beba o caldo para
curar faringolaringite crõnica e aguda.
• Coma 250g de loquats completamente maduros por vez, pela manhã e
ao anoitecer, para aliviar garganta seca, sede e dificuldade de urinação.
• Esmague 15g de sementes de loquat; ferva em água com 3 fatias de
gengibre fresco. Beba I xícara do suco por vez, duas vezes ao dia, para
aliviar a tosse. Esmague 9 a 15g de sementes de loquat; ferva-as em
água; coe e adicione 30g de mel e misture cuidadosamente. Beba uma
vez ao dia para curar constipação senil, tosse e asma.
Comentários - O loquat não é recomendado para pessoas com diges-
tões fracas .
84 Sistema Cllillês de Curas Alimentares

• A folha do loquat seca é urna importante erva Chinesa com urna ener-
gia fresca e um sabor amargo. É usada para aliviar a tosse, hemorragia
nasal e tosse expelindo sangue.

Melão Almiscarado
Tosse, dificuldade na urinação, constipação, doença hepática
Descrição - Frio; doce; reduz a febre; sacia a sede; promove a urinação;
afeta o coração e o estômago.
Aplicações - Coma 250 a 500g de melão almiscarado por vez, duas
vezes ao dia, para aliviar a sede na febre, dor na urinação e constipação.
• Vaporize 250g de melão almiscarado fresco com urna quantidade ade-
quada de açúcar em pedra. Coma duas vezes ao dia para aliviar a tos-
se na tuberculose pulmonar.
• Para preparar cálice e receptáculo secos de melão almiscarado, retire o
cáhce e o receptáculo de um melão almiscarado e deixe-os à sombra
para secar. Esta é urna importante erva Chinesa, cujos extratos são re-
latados por terem sido feitos em tabletes para hepatite.
Comentários - O melão almiscarado e as sementes não são recomen-
dados para pessoas com diarréia e edema. O cálice e o receptáculo secos
do melão almiscarado não são recomendados para pessoas com doença
cardíaca.

Castanha
Estômago desarranjado, diarréia, pernas fracas, vômito de
sangue, hemorragia nasal, eliminação de fezes contendo sangue
Descrição - Morna; doce; é usada corno tônicos estomacal, esplênico e
renal; promove a circulação sangüínea e suspende o sangramento; afeta o
baço, estômago e rins.
Aplicações - Mastigue lentamente 30 a 60g de castanhas cruas frescas
(com as cascas removidas), corno se mascasse um chiclete, para curar fa-
ringolaringite crônica.
• Ferva 30 a 60g de castanhas secas ou frescas em água com um pouco
de açúcar mascavo. Coma castanhas na hora de dormir para aliviar
fraqueza e entorpecimento dos membros.
• Asse 30g de castanhas secas. Coma-as pela manhã e ao anoitecer para
curar urinação freqüente e pernas fracas devido à fraqueza renal.
• Ferva 60g de castanhas frescas com 4 tâmaras vermelhas e um pouco de
carne de porco magra. Coma tudo de uma vez para curar asma e tosse.
Frut as e Nozes 85

o Esmague 15g de castanhas e misture com um bolo de caqui para fazer


geléia e então cozinhe. Coma para curar diarréia nas crianças.
o As cascas das castanhas podem ser deixadas para secar ao sol e usá-las
para remédios.
o Asse as cascas de castanha secas até que pareçam carvão; moa-as até tor-
narem-se pó. Tome 6g do pó com 30g de mel para aliviar hemorróidas.

Amendoim
Tosse seca, estômago desarranjado, beribéri, escassez de secreção
de leite após o parto
Descrição - Neutro; doce; lubrifica os pulmões; é considerado bom
para dor de estômago; afeta o baço e os pulmões.
Aplicações - Frite 3 xícaras de amendoins torrados até ficarem aromá-
ticos; embeba 1 xícara de arroz (qualquer tipo exceto o doce [glutinoso])
em água por pelo menos 2h; escoe e adicione os amendoins e ferva junto
em água até que se tornem macios para fazer caldo congelado de amen-
doim-arroz. Beba o caldo uma vez ao dia para aliviar beribéri e promover
secreção de leite.
o Torre os amendoins e coma-os para estimular o apetite, lubrificar os
intestinos e aliviar garganta seca.
o Consuma amendoins frescos para aliviar tosse com eliminação muco-
sa.
o Ferva 100g de amendoins frescos com uma quantidade igual de feijões
vermelhos pequenos e tâmaras vermelhas. Beba como sopa nas refei-
ções para aliviar beribéri.
o Ferva 100g de amendoins com luna perna de porco. Coma nas refei-
ções para promover secreção de leite após O parto.
o Ferva 1 copo de amendoins com 3 copos de água sobre fogo baixo por
3h; adicione um pouco de açúcar em pedra, e beba isto de estômago
vazio para aliviar beribéri.
o Consuma amendoins frescos mun período regular para aliviar a surdez.
Experiências - As experiências iniciais indicam que os amendoins sus-
pendem o sangramento em pacientes hemofílicos. Experiências subseqüentes
mostram que os amendoins podem suspender vários tipos de sangramen-
to, exceto sangramento severo. É também descoberto que os amendoins
fritos ou torrados são 20 vezes menos efetivos que os amendoins crus, e os
efeitos das peles marrons externas do amendoim são 50 vezes mais fortes
do que o próprio amendoim.
Relatório clínico - Para o tratamento de traqueíte crônica: ferva
70g das camadas externas dos amendoins em água por aproximada-
86 Sistema Chinês de C uras A limelltares

mente 10h. Coe isto para obter 100ml do líquido; adicione açúcar. Beba
SOml por vez, duas vezes ao dia, por 10 dias como um programa de
tratamento. Entre os 407 casos de traqueíte crônica tratados, 74 casos
mostraram resultados significativos, 230 casos mostraram melhorias,
95 casos não mostraram efeito.
Comentários - As camadas externas dos amendoins não devem ser
removidas se possível quando os amendoins são usados num remédio Chinês,
a menos que seja especificado de outra maneira .
• Comer grandes quantidades de amendoins é considerado nocivo para
as funções digestivas e para a pele .
• O óleo de amendoim é neutro e doce, e é usado para lubrificar os intes-
tinos. Use uma bola de algodão para aplicar óleo de amendoim na re-
gião do escroto para aliviar prurido e sensações úmidas, 5 ou 6 vezes
ao dia, sem lavar com água quente.
6
Verduras, Raízes
e Cabaças

Repolho Chinês
Constipação, sede devido à intoxicação, úlceras
Descrição - Neutro; doce; acetinado; promove a urinação; é benéfico para
os rinsecérebroapósconsumoprolongado;afetaoestômagoeointestino grosso.
Aplicações - Esprema 1 a 2 repolhos Chineses frescos para obter o suco;
aqueça-o. Beba o suco duas vezes ao dia por 10 dias para tra tar úlceras
gástrica e duodenal.
Comentários - É relatado que o repolho Chinês contém vitamina U,
que é efetiva para o tratamento de úlceras, relatadamente melhor do que
vitamina U artificial.
• Ainda que o repolho Chinês seja listado entre os alimentos com ener-
gia neutra, é comumente considerado como um alimento frio, útil para
sintomas quentes, tais como inflamação ou enfermidades de vários ti-
pos. Estas incluem infecções oculares, garganta irritada, dor no peito,
tosse com eliminação de muco amarelado, dificuldade de urinação,
inchação abdominal e constipação. Os sintomas devem ser sintomas
guentes, caso devam ser tratados pelo repolho Chinês .
• E relatado que o suco do repolho Chinês fresco também pode aliviar
envenenamento por gás.

Cenoura
Diarréia crônica, tosse, indigestão, dificuldade ao urinar
Descrição - Neutra; doce; empurra para baixo; é usada como um diu-
rético e digestivo; afeta os pulmões e o baço.
88 Sistema Chinês de Curas Alimentares

Aplicações - Consumo regular de cenouras cozidas ou frescas previne


cegueira noturna .
o Ferva cenoura e tâmaras vermelhas em água para fazer sopa para tra-
tar coqueluche nas crianças.
o A cenoura pode ser cozida com salsa e castanha d'água para facilitar
erupção no sarampo.
o O suco de cenoura fresca pode ser usado para aplicação externa para
sarar queimaduras.
o Ferva 5g de sementes de cenoura em 2 copos de água sobre fogo baixo
até que esta seja reduzida a 1 copo. Beba o caldo para promover a urinação
no tratamento de edema.
o Asse as cascas das cenouras até que pareçam queimadas. Coma as cas-
cas enquanto estiverem quentes para aliviar urinação noturna freqüente.
Di\'ida 1 cenoura em 3 dosagens e coma-as três vezes ao clia.
o Para usar a cenoura como um tônico sangüíneo, cozinhe-a com espi-
nafre e raízes de lótus em sopa; ou, cozinhe com tomates, cebola e car-
ne de boi; ou, cozinhe a cenoura com fígado de porco.
o Para aguçar a visão, cozinhe a cenoura com fígado de galinha ou de
pato.
Experiência - Mostra o efeito da diminuição do açúcar no sangue em
animais.
Comentários - Lembro um dia que um amigo me disse que seu irmão
de 3 anos tinha molhado a cama na noite anterior. Perguntei a ele casual-
mente se seu irmão havia comido alguma cenoura antes de ir para a cama.
Muito inesperadamente, este amigo foi pego de surpresa. "Como você sa-
bia?" Ele perguntou. Disse-lhe que a cenoura pode promover a urinação .
De fato, a cenoura também é boa para promover a erupção no sarampo e
para inflamação da bexiga e dos rins não apenas porque a cenoura é um
diurético, mas também porque ela é um alimento efetivo para sarar infla-
mações.

Aipo
Hipertensão, tontura e dor de cabeça, eliminação de urina
contendo sangue
Descrição - Neutro; doce e amargo; acetinado; afeta o estômago e o
fígado.
Aplicações - Algumas vezes um bebê pode sentir sensações quentes e
ser incapaz de dormir e chorar dia e noite. Se existem sinais de sintomas
quentes (como cancro de boca ou vermelhidão na região que rodeia o ânus
ou urinação freqüente com eliminação de urina escassa e arnarelo-aver-
Verduras, Raízes e Cabaças 89

melhada), então é útil cortar alguns pedaços de aipo, imergi-los em água


fervendo por alguns segundos e extrair O suco. Este suco pode reduzir o
calor na bexiga, um remédio útil para uretrite.
o Existe uma receita Chinesa para melhorar as condições do fígado e
dos rins: frite aipo e rins de porco. O aipo pode acalmar você e preve-
nir distúrbios hepáticos enquanto os rins do porco podem tonificar os
nns.
o O aipo é aromático, razão pela qual a população Chinesa chama-o de
"aipo aromático". O aipo pode ser cozido com vinagre para diminuir a
pressão sangüínea e aliviar a dor de cabeça devido à pressão sangüí-
nea alta.
o O suco de aipo fresco pode ser misturado com mel para aliviar tontura
e dor de cabeça e dor nos ombros associada com hipertensão.
o Em casos de hipertensão de gravidez e hipertensão climatérica, beba
suco de aipo fresco todos os dias para aliviar os sintomas.
Experiência - O aipo diminui a pressão sangüínea nos ratos.
Relatórios clínicos - Um relatório sobre o efeito da diminuição da
pressão sangüínea e o nível de colesterol: lave o aipo fresco (com as
raízes removidas) em água fria. Extraia o suco e misture-o com uma
quantidade igual de melou xarope. Beba 40ml de suco morno por vez,
três vezes ao dia. Entre os 16 casos tratados, 14 casos foram efetivos e 2
casos não tiveram efeitos. Os resultados índicaram efetividade para hipertensào
primária, hipertensão na gravidez e hipertensão climatérica. Em geral,
a pressão sangüínea começa a cair depois de 1 dia de tratamento com
sensações subjetivas, melhora as condições de dormir e urinação au-
mentada.
o Um relatório clínico sobre os efeitos das raizes de aipo: como um pro-
grama de tratamento, 10 raízes de aipo são lavadas, esmagadas e fervi-
das em água com 10 tâmaras vermelhas para consumo oral duas vezes
ao dia por 15 a 20 dias . Entre os 21 casos tratados para hipertensão e
doença cardíaca de esclerose coronária com o nível de colesterol acima
de 200mg%, foi descoberto que o nível de colesterol foi reduzido entre
8 e 75mg% em 14 casos. Foi observado também que as raízes frescas
produzem melhores resultados do que as secas e que as dosagens são
flexíveis.
Comentários - De acordo com a teoria Chinesa, o aipo é efetivo para
hipertensão porque age sobre o fígado; um tipo de hipertensão está asso-
ciada com o fígado.
o Um médico me escreveu sobre o fato de que o aipo contém sódio, que
é considerado ruim para hipertensão. Contudo, pensaria que a quanti-
dade de sódio contida no aipo (25mg em 1 caule) é muito pequena
para causar qualquer dano.
90 Sistema Chinês de Curas Alimwtares

• Uma crença alimentar clássica Chinesa: o aipo pode reduzir O calor


interno nas crianças e também o calor interno em adultos devido à
intoxicação.

Broto de Bambu
Sarampo, eliminação de muco
Descrição - Frio; doce; acetinado.
Comelltários - O broto de bambu é um ingrediente de valor ao cozinhar
carnes porque possui uma energia fria. Quando é cozido com carne, o broto
de bambu neutraliza os efeitos da energia morna ou quente na carne e, por-
tanto, atinge um equilíbrio entre os dois ingredientes. Como o cogumelo, o
broto de bambu é amplamente usado na arte culinária Chinesa de carne.
• ~ luitos séculos atrás, um célebre poeta Chinês era apreciador da combi-
nação, ele escre\'eu um poema enfatizando que as carnes e os brotos de
bambu eram os dois ingredientes mais apreciados na sua mesa de jantar,
• Como a população Ocidental consome uma grande quantidade de carne
todos os dias, é sensa to usar brotos de bambu ao cozinhar.
• Algumas pessoas sofrem de uma doença de pele que parece estar en-
coberta aba ixo da pele, no entanto, não irá embora nem irá erupcionar
para a superfície, Quando isto acontece, o broto de bambu pode acele-
rar a erupção. Isto explica por que a raiz de bambu é boa para o saram-
po antes da erupção cutânea.
• As folhas do bambu possuem uma energia fria e um sabor levemente doce.
As folhas produzem líquidos, promovem a urinação, são boas para difi-
culdade de urinação com eliminação de fluxos curtos de urina vermelha.

Raiz de Beterraba
Peito congestionado, circulação energética pobre
Descrição - Neutra; doce; promove a menstruação; promove movi-
mentos inferiores.

Aspargo
Tosse, eliminação de muco, inchação, vários tipos de erupções de
pele, escassez de secreção de leite após o parto
Descrição - Levemente momo; amargo e levemente pungente; pro-
move a urinação .
Verduras, Raízes e Cabaças 91

Experiência - Uma experiência animal mostra os efeitos do aspargo na


promoção de urinação, diminuição da pressão sangüínea, expansão dos
vasos sangüíneos terminais e red ução da pulsação.

Cebolinho
Dor no peito; dificuldade na deglutição; estômago desarranjado;
vômito de sangue; hemorragia nasal; eliminação de urina
contendo sangue; prolapso do ânus; lesões devido à queda,
causando coagulações sangüíneas internas
Descrição - Morno; pungente; promove a circulação energética; age
contra coagulações sangüíneas; afeta o fígado, estõmago e rins.
Contra-indicações - Doenças oculares e erupções de pele.
Aplicações - Extraia o suco de cebolinho fresco (folhas ou raizes). Beba
1 colherada do suco morno por vez com leite para tratar de dificuldade na
deglutição. O mesmo suco, frio sem leite, é efetivo para tratar insolação e
também para lavar erupções de pele causadas pelo envenenamento por
verruz.
o Cozinhe cebolinho com fígado de porco ou de cordeiro para curar transpiração
excessiva e estimular o apetite.
o Esmague folhas de cebolinho ou raízes e aplique externamente o suco
no ferimento para aliviar contusões, inchação e dor.
o Corte folhas e raízes de cebolinho em pequenos pedaços; ferva com
vinho. Beba-o quente para aliviar lesões resultantes de torção da cintu-
ra.
o Cozinhe cebolinho com ovo para aliviar diarréia, suor noturno e noctúria.
Comentários - O cebolinho é um alimento importante para lesões exter-
nas porque pode agir contra coagulações sangüineas. Quando uma pessoa se
machuca (como num acidente automobilistico) ele ou ela pode sentir dor pro-
longada após o acidente causada por coagulações sangüineas internas não
diagnosticadas pelo exame de raio X. A coagulação sangüinea que está cau-
sando a dor pode ser tão leve que pode não ser vista no raio X. Um modo útil
de determinar se a coagulação sangüinea ocorreu ou não, entretanto, é deter-
minar se a dor recorre na mesma região do corpo ou se muda ao redor; se o
paciente sempre sente dor na mesma região, é muito provável que a coagula-
ção sangüinea tenha ocorrido, o que pode ser aliviado comendo cebolinho. A
população Chinesa acredita que a dor pode ser causada ou por coagulação
sangüínea ou por congestão energética. (Quando o sangue cai para circular, ele
coagula; quando a energia cai para circular, ela fica congestionada.) Quando a
dor é causada por coagulações sangüineas, ela recorrerá na mesma região;
quando causada por congestão energética, a dor mudará para o arredor.
92 Sistema Chinês de Cu ras Alimen tares

Aqui está um modo conveniente de usar cebolinha para aliviar a dor


causada por coagulações sangüíneas: corte o cebolinha em pequenos pe-
daços; ferva em água com vinho e então beba tudo como sopa. Por exem-
plo, no passado, as autoridades Chinesas costumavam bater severamente
nos prisioneiros para forçar uma confissão, mas a surra severa causava
sangra menta interno e subseqüentemente, coagulações sangüineas inter-
nas. Para prevenir coagulações sangüíneas, tornou-se uma prática rotinei-
ra dar cebolinha nas refeições dos prisioneiros após a surra.
• O cebolinha é morno em energia e age sobre o estômago. Portanto, o cebolinha
é freqüentemente usado para aliviar dor de estômago de natureza fria.
Corno um problema de fato, a população Chinesa sempre insiste em co-
mer cebolinha regularmente, que também é efetivo para enterite, se eles
apresentarem funções digestivas fracas. O suco de cebolinha fresco tam-
bém pode ser bebido para aliviar hemorragia nasal (mas o seu sabor terrÍ-
vel freqüentemente torna O suco difícil de ser administrado).

Semente de Cebolinho
Impotência, emissão seminal com sonhos eróticos, urinação
freqüente, urinação sem controle ou involuntária, diarréia,
corrimen to vaginal
Descrição - Morna; pungente e salgada; afeta o fígado e os rins.
Aplicações - Para homens que possuem ereção forte com dor agulhante
no pênis, tome 1Og por vez de semente de cebolinha em pó com água morna,
três vezes ao dia .
• Para impotência e fraqueza sexual, ferva sobre fogo baixo 15g de se-
mentes de cebolinha em 2 copos de água até que esta seja reduzida a 1
copo. Beba como sopa, três vezes ao dia; alternativamente, tome apro-
ximadamente 20 sementes de cebolinha com água salgada logo pela
manhã (que deve produzir os mesmos resultados).
Comentários - A semente de cebolinha é uma erva importante nos remé-
dios herbais Chineses e é normalmente usada como um tônico Yang.

Raiz de Cebolinho
Dor no peito, vômito de sangue, corrimento vaginal,
hemorragia nasal, coagulações sangüíneas internas causadas
por lesões devido à queda
Descrição - Morna; pungente; aquece a região interna; promove a cir-
culação energética; age contra coagulações sangüíneas.
Verduras, Rai::;es e c,u.. li" Q]

Aplicações - A raiz de cebolinho pode ser aplicada do mesmo modo


que o talo do cebolinho, exceto a raiz não é normalmente usada na cu-
linária.

Chicória
Icteroepatite
Descrição - Afeta o fígado e a vesícula biliar.
Experiência - A planta inteira foi descoberta por excitar o sistema ner-
voso central e aumentar as ações cardíacas nos animais. As raízes foram
descobertas por aumentar o apetite e melhorar as funções digestivas.

Barbas de Milho (Estilete e Estigma de


Milho)
Edema na nefrite, beribéri, icteroepatite, hipertensão, cálculos
biliares, diabetes, vômito de sangue, hemorragia nasal,
colecistite, sinusite, mastite
Descrição - Neutra; doce; promove a urinação; afeta o fígado e a vesí-
cula biliar.
Aplicações - Ferva 40g de barbas de milho e 40g de casca de banana
em água. Beba o suco frio para aliviar hipertensão, hemorragia nasal e
vômito de sangue .
• Ferva barbas de milho com casca de melancia e feijões vermelhos pe-
quenos em água. Beba como sopa para alívio de nefrite crônica com
edema e ascite.
Relatórios clínicos - Um relatório sobre o tratamento de nefrite crônica:
coloque 50g de barbas de milho secas em 600ml de água morna; ferva sobre
fogo baixo por aproximadamente 20 a 30min até que seja reduzida a aprOld-
madamente 300 a 400ml de caldo; coe e beba-o uma vez ao dia; ou divida e
beba algumas vezes ao dia. Este remédio foi usado para tratar 9 casos de
nefrite glomerular crônica sob observação por 10 meses. Os resultados indi-
cam que entre os 9 casos tratados, 3 casos mostraram completa recuperação,
2 melhorias e 4 resultados significativos. As barbas de milho promovem a
urinação, melhoram as funções renais, saram ou reduzem edema e elimi-
nam ou reduzem albumina urinária, de acordo com o relatório.
Experiências - As barbas de milho promovem a urinação, abaixam o
açúcar no sangue, são benéficas para a vesícula biliar e interrompem o
sangramento, de acordo com as experiências nos animais.
94 Sistema Chillês de Curas Alime/ltares

Aplicações - Ferva 40g de barbas de milho e 40g de casca de banana


em água. Beba o suco frio para aliviar a hipertensão, hemorragia nasal e
vômito de sangue.
• Ferva barbas de milho com casca de melancia e feijões vermelhos pe-
quenos em água. Beba como uma sopa para alivio de nefrite crônica
com edema e ascite.

Milho
Dificuldade de urinação, coração fraco
Descrição -1\'eutro; doce; usado como um tônico estomacal; promove
a urinação; afeta o estômago e o intestino grosso.
Comeutários - Cma fonte indica que um consumo regular de milho
torna o coração mais forte e aumenta a capacidade sexual, de acordo com
uma experiência em andorinhas.
• Fen·a 15g de grãos de milho em 3 copos de água sobre fogo baixo até
que esta seja reduzida a 1 copo ou até que se torne vermelho-amarronzada.
Beba meio copo do caldo por vez, duas vezes ao dia, para aliviar doen-
ça renal.
• Fen'a 30g de folhas de milho fresco sobre fogo baixo por 20min. Beba
o caldo para ali\"iar dificuldade de urinação.

Berinjela
Eliminação de sangue pelo ânus, disenteria com eliminação de
sangue, eliminação de urina contendo sangue
Descrição - Fresca; doce; afeta o baço, estômago e intestino grosso.
Aplicações - Ferva berinjelas brancas em água e beba o caldo com mel
para aliviar a tosse.
• Asse algumas cascas de berinjela fresca até que pareça preta como um
carvão na parte externa mas por dentro intacta; misture com mel. Co-
loque na boca como se estivesse mascando uma goma para curar estomatite.
Relatório clínico - Um relatório da China indica que a berinjela con-
tém vitamina P, que pode prevenir endurecimento dos vasos sangüíneos
e é útil no tratamento de arteriosclerose. De acordo com as estatísticas, os
idosos Chineses são muito menos suscetíveis à apoplexia causada por aci-
dente vascular cerebral do que seus correlativos Ocidentais, atribuído aos
hábitos Chineses de comer berinjela. O mesmo relatório salienta duas ra-
zões para os idosos Chineses consumirem mais berinjelas: as berinjelas
são muito menos caras do que outros vegetais ou carnes e podem ser cozi-
Verdll ras, Raí::es e Caba ....ib _5

das mais macias do que outros vegetais ou carnes, portanto mais fácil para
os idosos Chineses comerem (como muitos deles perderam a maioria dos
seus dentes). Além disso, a população Chinesa em geral gosta de berinje-
las por causa do sabor.
Comentários - A berinjela é considerada obstrutiva para algum grau,
o que explica o porquê dela poder curar vários tipos de sangramento. Ademais,
ela possui uma energia fresca que interrompe o sangramento. A berinjela
fresca também pode aliviar intoxicação por cogumelo.

Pepino
Garganta irritada, conjuntivite, inflamação, queimaduras
Descrição - Fresco; doce; desintoxica; promove a urinação e sacia a
sede; afeta o baço, estômago e intestino grosso.
Aplicações - Extraia o suco do pepino ou da folha. Aplique externa-
mente à região afetada para aliviar queimaduras.
• Quando o pepino torna-se velho, parece amarelado. O pepino pode
então ser fervido como sopa para aliviar tosse seca no outono (quando
as pessoas estão mais prováveis de desenvolver tosse devido a clima
seco). A população Chinesa acredita que os pulmões são mais susceti-
veis à energia externa de secura no outono.
Comentários - O pepino é efetivo para aliviar acne comum, porque
esta ocorre devido ao calor excessivo nos pulmões e estômago. Já que o
pepino possui uma energia fresca e age sobre o estômago, o pepino fresco
pode ser comido para curar a acne.
• A população Chinesa conserva o pepino e come como um vegetal para
limpar o sangue, clarear o calor interno para curar diarréia quente ou con-
dições quentes de pele. Corte wn pepino longitudinalmente, remova e
descarte a porção da semente e coloque o pepino ao sol para secar.

Cogumelo Preto
Eliminação de sangue pelo ânus, disenteria com eliminação de
sangue, sangramento vaginal, hemorróidas
Descrição - Neutro; doce; suspende o sangramento; refresca o sangue;
afeta o estômago e o intestino grosso.
Aplicações - Beba cogumelos pretos cozidos em vinho para aliviar ou
prevenir coagulações sangüíneas após lesões externas ou após o parto.
• Cozinhe cogumelos pretos como wna sopa para aliviar as hemorróidas.
• Ferva cogwnelos pretos em água e adicione açúcar mascavo. Beba para
aliviar sangramento vaginal.
96 Sistema Chúlês de Cllras Alimentares

Comentários - É relatado que o cogumelo preto tem sido usado como


um anticoncepcional com resultados: ferva 450g de cogumelos pretos em
água até que fiquem bem macios; misture-os com açúcar mascavo para
fazer um xarope. Tome o xarope com vinho de arroz amarelo, duas vezes
ao dia, por 3 a 7 dias após o parto.

Cogumelo Branco
Tosse, eliminação de muco com sangue, constipação crônica
Descrição - eutro; doce com um leve sabor; acetinado; produz líqui-
dos e lubrifica os pulmões.
Comentários - O cogumelo branco também é chamado de cogumelo da
neve. É considerado um tônico Yil1 importante, bom para insônia, doença
pulmonar, doença hepática e apetite pobre. Como ocogumeJo branco é acetinado,
não é recomendado para aqueles que sofrem de diarréia ou em issão seminal .
• É costumeiro cozinhar cogumelo branco com carne de porco magra
sobre fogo baixo por 3h; ou ferva o cogumelo branco em água com
açúcar em pedra. Algumas pessoas preferem ferver o cogumelo bran-
co em caldo de galinha, que torna-o mais delicioso .
• O cogumelo branco não deve ser usado para aliviar tosse devido a
resfriado comum.

Alface
Urinação diminuída, eliminação de urina com sangue, escassez
de secreção de leite
Descrição - Fresca; amarga e doce; promove a urinação e secreção de
leite; afeta o estômago e o intestino grosso.
Comentários - Acredita-se que o consumo excessivo de alface causará
tontura e dor nos olhos.

Semente de Alface
Escroto inchado, hemorróidas, escassez de secreção de leite após
o parto
Descrição - Fria; amarga; promove secreção de leite e urinação.
Aplicações - Moa 30 sementes até tornarem-se pó e dissolva em vinho.
Beba o caldo para escassez de secreção de leite após o parto; ou cozinhe
quantidades iguais de sementes de alface e arroz doce e adicione um pou-
co de alcaçuz para comer nas refeições.
VerdlmlS, Raízes e Cabaças 97

Cebola
Aplicações externas para úlceras e vaginite por tricomonas
Descrição - Na medicina popular, a cebola é usada como um diurético
e expectorante.
Aplicações - Ferva lOg de cebola sobre fogo baixo. Coma-a para abai-
xar a pressão sangüfnea.
• Coma cebola regularmente para aumentar a força muscular.
Experiências - Passe na manteiga 60g de cebola com óleo vegetal. Ho-
mens saudáveis que comem cebola inibem um aumento no colesterol cau-
sado por um alto nível de ingestão de gordura. A cebola também age para
reduzir atividade de fibrinólise e é considerada benéfica no tratamento de
arteriosclerose.
• Uma experiência em animais indica que a cebola aumenta a tensão
intestinal e a secreção e é considerada benéfica para os intestinos fra-
cos e enterite não disentérica.

Cabeça Branca de Cebola Verde


Dor de cabeça, dor abdominal, constipação, supressão da
urinação, disenteria
Descrição - Morna; pungente; induz a transpiração; afeta os p ulmões
e o estômago.
Aplicações - Para alívio de congestão e corrimento nasais associados
com resfriados comuns em bebês, vaporize uma cabeça branca de cebola
verde e um cogumelo com 30 a SOml de leite materno. Alimente os bebês
com o caldo sem o cogumelo ou a cabeça branca.
• Esmague 4 a 6 cabeças brancas; aqueça-as com vinho . Beba o ca ldo
para curar resfriado comum.
Comentários - A cabeça branca de cebola verde é uma erva importan-
te na Medicina Chinesa. Pode induzir a transpiração e aquecer o organís-
mo. É mais freqüentemente usada para aliviar o resfriado comum nos seus
estágios iniciais.

Folha de Cebola Verde


Dor de cabeça e congestão nasal associados com resfriado
comum
Descrição - Morna; pungente; induz a transpiração.
98 Sistema Chillês de Curas Alimellfares

Alho-porra
Diarréia em enterite de intestino grosso, sangramento, disfagia,
estômago desarranjado
Descrição - Momo; plmgente; obstrutivo; afeta o fígado e os pulmões.

Batata
Falta de energia, caxumba, queimaduras
Descrição - Neutra; doce; sara inflamações; é usada como um tônico
energético e esplênico.
Aplicações - Esmague uma batata e extraia o suco; misture com vina-
gre. Aplique o suco na região afetada para aliviar a caxumba.
• Aplique suco de batata externamente às queimaduras.
• Prepare 5 batatas (do tamanho de ovos), 1 cebola e uma quantidade
adequada de alho e cenouras. Lave e cuidadosamente limpe as batatas
mas não descasque-as. Corte as batatas e a cebola; coloque todos os
ingredientes em aproximadamente algumas xícaras de água; ferva em
fogo baixo até que a água seja reduzida à metade e adicione um pouco
de sal. Beba 2 xícaras do caldo em cada refeição; ou ajuste a quantida-
de e freqüência de acordo com as necessidades individuais. Este caldo
é bom para hipertensão, desnutrição nos bebês, diarréia, asma brôn-
quica, pele alérgica, doença renal e também para obesidade.
• Para aliviar úlceras gástrica e duodenal, beba uma xícara cheia de lí-
quido de batata cozida uma vez ao dia. Para preparar remédio de ba-
tata, lave 30 batatas frescas sem casca e raspe-as para extrair O suco.
Ferva o suco em fogo baixo em um pote de cerânúca (não em um de
metal) sem tampa até que a água evapore completamente para formar
uma camada grossa no fundo do pote. Esta substância é chamada de
grude de batata e é cheio de proteína. Tomando este líquido grosso
você pode aliviar a dor e curar um estômago sensível. É relatado que
as úlceras gástrica e duodenal podem se recuperar dentro de 20 a 30
dias tomando este grude.

Batata-doce
Fraqueza estomacal, fraqueza renal, ejaculação precoce
Descrição - Neutra; doce; é usada como um tônico esplênico e energé-
tico e como um tônico renal Yin.
Verdura s, Raízes e Cabaças 99

Aplicações - Aplique o caldo de batata-doce na região afetada para


curar ulceração produzida pelo frio; ou aplique o vapor da batata-doce à
região ulcerada pelo frio, mantendo-a sobre o vapor.
• Asse a batata-doce até que a superfície esteja tostada; moa até tornar-
se pó. Tome lOg do pó dissolvido em água morna para aliviar resfria-
d o comum. A batata-doce tostada pode induzir a transpiração e redu-
zir a febre.
Comentários - Quando uma criança acidentalmente engole uma moe-
da, alimente a criança com grandes quantidades de batatas-doces fervidas
de uma vez; a moeda será revestida pelas batatas-doces para ser elimina-
da com as fezes.

Abóbora-moranga
Asma brônquica, tosse, edema
Descrição - Neutra; doce e levemente amarga.
Relatório clínico - Para mais de 30 sofredores de asma brônquica fo-
ram dadas a cada dia aproximadamente 1 libra de abóbora-moranga va-
porizada com mel e açúcar. A maioria dos pacientes foi capaz de controlar
os sintomas ou com ausência de ataques de asma ou melhoras significati-
vas. Alguns pacientes não tiveram ataques de recaída durante os períodos
de observação, variando de 6 meses a 2 anos. Observações preliminares
indicaram que os pacientes com asma brônquica simples tiveram os me-
lhores resultados e os pacientes com asma brônquica complicada também
mostraram algumas melhoras.

Rabanete
Inchação abdominal devido à indigestão, laringite devido à tosse
contínua com eliminação de muco, vômito de sangue,
hemorragia nasal, disenteria , dor de cabeça
Descrição - Fresco; pungente e doce; afeta os pulmões e o estômago;
desintoxica; proporciona movimentos para baixo; promove digestão e eli-
mina corrimento mucos o quente.
Aplicações - Beba suco de rabanete fresco misturado com suco de gengibre
para curar laringite.
• Beba suco de rabanete fresco para aliviar intoxicação.
• O consumo regular de rabanetes frescos previne o resfriado comum,
gripe e infecções respiratórias.
IDO Sistema Chinês de Curas Alimentares

Folha de Rabanete
Congestão no peito, soluço, indigestão, diarréia, garganta
irritada, inchação do seio nas mulheres, escassez de secreção de
leite
Descrição - Neutra; pungente e amarga; promove digestão e circula-
ção energética; afeta o baço e o estômago.
Aplicações - Corte folhas de rabanete secas, ferva-as em água e adicio-
ne um pouco de sal. Use o líquido morno para lavar as áreas genitais nas
mulheres para aliviar o prurido, ou derrame o líquido na banheira e se
lave para aliviar sensações frias na região genital.

Folha de Taro
Diarréia, transpiração excessiva, suor noturno
Descrição - Fresca; pungente; controla a transpiração e a diarréia; sara
a inchação.

Flor de Taro
Dor de estômago, vômito de sangue, pro lapso do útero,
hemorróidas, prOlapso do ânus
Descrição - Neutra; sabor adormecedor.
Comentários - Ferva flor de taro fresca em pequenas quantidades.

Taro
Tuberculose de nódulos linfáticos, escrófula, aplicação externa
para aliviar inflamação, inchação e dor
Descrição - Neutro; doce e pungente; acetinado; afeta o estômago e o
intestino grosso.
Aplicações - Descasque aproximadamente 30 taros frescos (raízes); corte
em pedaços e frite em óleo vegetal. Seque o taro ao sol; moa até tornar-se
pó. Tome 15g por vez do pó d issolvido em água morna, duas vezes ao dia,
para curar escrófula.
Verdllra s, Raízes e Cabaças 101

Tomate
Sede, apetite pobre, hipertensão, constipação
Descrição - Levemente frio; doce e azedo; produz líquidos; promove a
digestão.
Aplicações - Coma 1 ou 2 tomates frescos logo pela manhã de estôma-
go vazio para aliviar hipertensão e olhos injetados de sangue.
• Ferva suco de tomate com suco de gengigre e beba como um caldo
para prevenir coagulações sangüíneas após lesões.
• Cozinhe 2 tomates com 60g de fígado de porco para aliviar cegueira
noturna.
• Coma 1 tomate fresco com açúcar duas vezes ao dia para aliviar san-
gramento da gengiva.
• Coma 1 ou 2 tomates frescos duas vezes ao dia; ou cozinhe tomates
com carne de porco e coma para saciar a sede e melhorar o apetite.

Flor-de-lis
Insônia, tosse, nervosidade
Descrição - Fria; doce; lubrifica os pulmões; alivia a nervosidade; afe-
ta os pulmões.
Aplicações - Ferva 40g de flores-de-lis por meia hora e adoce com açú-
car. Beba o suco na hora de dormir para curar insônja.
Comentários - A flor-de-Iis é referida pela população Chinesa como a
"flor do esquecimento da dor" porque ela pode aliviar a nervosidade e
deixar você esquecer a sua dor.

Cabaça Amarga (Pepino Silvestre)


Insolação , disenteria, conjllntivi te e dor nos olhos
Descrição - Fria; amarga; desíntox.ica; aguça a visão; afeta o coração,
baço e estômago.
Aplicações - Frite as sementes de cabaça amarga e moa até tornarem-se
pó. Tome lOg por vez do pó dissolvido em vinho, duas vezes ao dia,
para curar impotência.
• O consumo regular de cabaça amarga melhora a visão.
Comentários - A cabaça amarga é considerada como o rei dos alimen-
tos amargos. É ruim para pessoas com um estômago fraco porque pode
causar vômito. Mas é boa para aqueles com uma constituição física quente
porque pode resfriar a região ínterna e aliviar constipação quente.
102 Sistema Chinês de Curas Alimentares

• De acordo com a teoria médica Chinesa, os alimentos amargos podem


melhorar as condições do fígado (esse é o porquê da cabaça amarga
ser boa para doenças hepáticas).

Espinafre
Hemorragia nasal, eliminação de sangue pelo ânus, sede na
diabetes, constipação, alcoolismo, escorbuto, hemorróidas
Descrição - Frio; doce; acetinado; lubrifica a secura; suspende o san-
gramento; é usado como um tônico sangüíneo; afeta os intestinos grosso e
delgado.
Aplicações - Mergulhe o espinafre em água fervendo por 3min e coma-o
com um pouco de óleo de gergelim para tratar hipertensão, constipação,
dor de cabeça e tontura.
• Ferva grandes quantidades de espinafre em fogo baixo, incluindo raí-
zes e cabeças, por 2 ou 3h. Beba como um chá para aliviar ressaca e
alcoolismo.
Comentários - O espinafre não é recomendado para pessoas com eja-
culação precoce e diarréia porque ele é acetinado (corrediço). Mas é bom
para erupções de pele causadas por uma constituição física quente.
• O espinafre pode limpar o sangue e é bom para muitas erupções de
pele quentes e pele pruriente, que são causadas por sangue quente em
muitas ocasiões. O espinafre também possui uma energia fresca. Para
tratar doenças de pele quentes, o espinafre pode ser cozido com alga
marinha ou "kelp", que também podem limpar o sangue.
• No verão quando o tempo é realmente quente, se algumas pessoas
desenvolverem garganta irritada ou congestão no peito após come-
rem alimentos fritos, é benéfico beber um pouco de caldo de espinafre.

Cogumelo Shiitake
Prevenção de raquitismo, anemia, sarampo
Descrição - Neutro; doce; afeta o estômago.
Aplicações - Ferva alguns cogumelos shÜlake em água até que o caldo
torne-se amarelado. Beba apenas o líquido (sem comer os cogumelos) para
aliviar o vômito causado pelo descuido na hora de comer; uma outra alter-
nativa é colocar os cogumelos shiitake em água fervendo e pôr de molho
até que o caldo torne-se amarelado. Beba como chá.
• Dissolva um pouco de açúcar ou mel no caldo de cogumelo shiitake
para tratar tosse.
Verduras, RaÍ::f'S t Ca - I 1
• Beba o caldo de cogumelo shiitake, ou dissolva o pó de cogumelo shiita.~
em água quente e beba como chá para aliviar intoxicação por peixe.
Acredita-se que um consumo prolongado por este método previne ar-
teriosclerose .
• Em caso de urinação com dificuldade ou eliminação de urina conten-
do sangue, asse alguns cogumelos shiitake até que pareçam queima-
dos na superfície. Coma 10g por vez, duas vezes ao dia, ou coma cogu-
melos shiitake frescos.
Experiência - Estudos com ratos mostram que o cogumelo shiitake
abaixa os níveis de gordura no sangue.
Relatório clínico - Um relatório recente indica que o cogumelo shiitake
age contra o colesterol.
Comentários - Acredita-se que o cogumelo shiitake age contra o cân-
cer de estômago e cervical. (Quando visitei o Japão em outubro de 1985,
aprendi que um novo produto contendo o extrato do cogumelo shiitake
foi aprovado pelo governo Japonês como um agente anticancerígeno.) A
população Chinesa gosta muito de cogumelos, incluindo os cogumelos
shiitake, que são produzidos primariamente no Japão. O cogumelo shiitake
pode ser cozido por si próprio e também pode ser cozido com outros ve-
getais. Em qualquer caso, evite quantidades excessivas de molho de soja e
sal porque são rapidamente absorvidos pelo cogumelo e estragam seu gosto
bom.

Gomo de Cogumelo
Diarréia, eliminação de muco, vômito
Descrição - Fresco; doce; afeta o estômago, pulmões e intestinos.
Aplicações -Cozinhe gomo de cogumelo comum para aliviar leucocitopenia
e hepatite contagiosa e para prevenir metástase após a operação de câncer.
Experiência - De acordo com uma experiência, o gomo de cogumelo
comum possui os efeitos de antibiose e abaixa a gordura no sangue.

Cera da Cabaça (Cabaça do Inverno ou


Melão do Inverno)
Edema, beribéri, insolação, hemorróidas, alcoolismo
Descrição - Fresca; doce e sabor suave; desintoxica; promove a urinação;
elimina o muco; afeta os pulmões, bexiga e intestinos delgado e grosso.
Aplicações - Beba suco de cera da cabaça fresca para aliviar insolação
e sede.
104 Sistema Chin ês de Curas Alimentares

o Cozinhe 100g de casca de cera da cabaça seca até que torne-se xarope.
Beba em grandes quantidades a cada dia para aliviar todos os tipos de
edema associado com urinação ctiminuída, incluindo doença renal, doença
cardíaca, beribéri e ascite cirrótica.
o Ferva 100g de cera da cabaça sobre fogo baixo. Beba como um caldo.
Ou asse uma cera da cabaça até que sua pele pareça tostada. Tome 30g
por vez, duas vezes ao clia. Ou coma cera da cabaça cozida num perío-
do regular para promover urinação e movimentos intestinais, curar
edema, beribéri e hemorróidas.
Comentários - A casca de cera da cabaça Chinesa é comumente usada
na Medicina Chinesa. Pode ser usada como cera da cabaça mas com efei-
tos maiores.

Abóbora
Abscesso pulmonar, bronquiectasia, nematódeos, vício por ópio
Descrição - Morna; doce; sara inflamação; alivia a dor; afeta O baço e o
estômago.
Aplicações - Beba freqüentemente suco de abóbora fresca para aliviar
vício por ópio.
o Cozinhe 400g de abóbora com 200g de carne de boi sem sal ou óleo.
Coma para curar abscesso pulmonar e bronquiectasia.
o Aplique suco de abóbora fresca às queimaduras.
Relató,.;o clínico - O consumo de 400g de abóbora fresca (reduzido
pela metade nas crianças) seguido da ingestão de um purgativo 2h mais
tarde, LUna vez ao dia por 2 dias consecutivos, foi descoberto por expelir
nematódeos (de 2 a mais de 100) em 6 dos 10 casos.
o As sementes de abóbora têm sido descobertas por expelir tênias,
nematódeos e trematódeos sangüíneos.
o Prepare 20g de sementes de abóbora e remova as cascas; embrulhe
as sementes em um pano e esmague-as. Misture com água ou com
um pouco de molho de soja ou açúcar. Beba pela manhã e ao anoi-
tecer por 3 a 5 dias. Isto tem sido descoberto por promover secreção
de leite após o parto; mas sementes totalmente cozidas não têm sido
efetivas.
o As folhas de abóbora são efetivas para disenteria. Ferva 10 folhas com
um pouco de sal. Beba como chá duas vezes ao dia para aliviar a disen-
teria.
o As flores de abóbora podem ser fervidas para beber como chá para
curar icterícia e tosse.
Comentários - A abóbora não é recomendada para pessoas que so-
frem de congestão no peito ou retenção de água.
Verduras, Raízes e Cabaças 105

Couve-rábano
Indigestão, icterícia, diabetes, alcoolismo, hemorragia nasal
Descrição - Neutra; amarga; doce e pungente; desintoxica.
Aplicações - Beba suco de couve-rábano fresca para interromper a he-
morragia nasal.
• Esmague sementes de couve-rábano fresca até tomarem-se pó. Torne
lOg do pó por vez, duas vezes ao dia, para aliviar dificuldade de urinação
após o parto e melhorar a visão.
• Esmague lOg de sementes de couve-rábano até tornarem-se pó. Mistu-
re com um copo de água fervendo. Coe através de talagarça sobre urna
tigela e extraia todo o líquido. Beba o líquido corno chá logo pela ma-
nhã para induzir movimentos intestinais e urinação.

Mostarda Folhosa
Eliminação de muco, tosse, congestão no peito
Descrição - Morna; pungente; afeta os pulmões.
Aplicações - Cozinhe mostarda folhosa em conserva e coma 30g por
dia para curar abscesso pulmonar e bronquiectasia e laringite. Ferva 5g de
sementes de mostarda folhosa fritas com lOg de sementes de rabanete fri-
tas, 5g de cascas de laranja secas e 5g de alcaçuz. Beba corno chá para curar
bronquite crônica e tosse com eliminação de muco.
Comentários - Um consumo prolongado de mostarda folhosa pode
aquecer a região interna. Não é recomendado para pessoas que sofrem de
doenças oculares, hemorróidas ou eliminação de fezes contendo sangue,
que são normalmente consideradas como sintomas quentes.
• A mostarda folhosa pode aliviar congestão porque possui urna ener-
gia morna e sabor pungente, que são os dois componentes importan-
tes dos alimentos que são usados para promover a circulação energéti-
ca e aliviar congestão de vários tipos.

Inhame
Diarréia crônica, tosse, diabetes, emissão seminal, corrimento
vaginal, urinação freqüente
Descrição - Neutro; doce, tõnico esplênico, pulmonar e renal; afeta os
p ulmões, baço e rins.
Aplicações - Prepare 80g de inharne cru e moa até tornar-se pó. Lave
uma quantidade igual de arroz glutinoso (doce) e drene-o; coloque o arroz
106 Sistema Chinês de Curas Alimentares

ao sol para secar. Toste o arroz numa panela, sacudindo ou mexendo, até
ficar amarelado e moa até tomar-se pó. Misture o inhame e o arroz. Torne
a cada manhã 4 colheradas do pó, um pouco de açúcar e pimenta-da-reino
dissolvidos em água morna para tratar diarréia crônica e apetite pobre.
• Ferva inhame com ginsém por 30min e beba como chá. Ou faça um
caldo com inhame e carne de boi ou de porco.

Castanha D'água
Diabetes, icterícia, resistência urinária, conjuntivite, garganta
irritada, hipertensão
Descrição - Fria; doce; alivia febre e indigestão; promove a urinação;
afeta os pulmões e o estômago.
Aplicações - Ferva 5 castanhas d'água em água com 1 casca de tange-
rina fresca. Beba como chá, três vezes ao dia, para aliviar hipertensão.
• Descasque 100g de castanhas d'água e mastigue-as lentamente pela
manhã e ao anoitecer; ou beba suco de castanha d'água para curar gar-
ganta irritada, hemorróidas e cancro de boca.
• Prepare 500g de castanhas d'água; lave em água e seque cuidadosa-
mente; coloque-as em meia garrafa de vinho de arroz; sele e guarde
por alguns dias. Lentamente mastigue 2 castanhas d'água por vez e
lave com vinho de arroz na garrafa, duas vezes ao dia, para curar diar-
réia com eliminacão de substâncias esbranquiçadas ou avermelhadas.
• Aqueça um copo de suco de castanha d'água e misture com 2 colhera-
das de vinho de arroz. Beba para aliviar eliminação de sangue pelo
ânus (corno nas hemorróidas).
7 7

Legumes, Grãos, Oleos


e Sementes

Cevada
Indigestão, diarréia, dor na urinação, edema, queimaduras
Descrição - Fresca; doce e salgada; regula o estômago; expande os in-
testinos; promove a urinação; afeta o baço e o estômago.
Aplicações - Frite a cevada até que fique aromática e levemente mar-
rom. Use isto para fazer chá para aliviar calor de verão, indigestão, fadiga
e transpiração excessiva no verão.
• Frite 1 xícara de cevada até que ela fique aromática e levemente marrom
para fazer chá com poucas fatias de gengibre fresco. Beba como um subs-
tituto para suco ou chá de consumo regular, é bom para pessoas que sen-
tem sede em tempo quente, mas não podem beber chá ou suco por uma
razão ou outra.
• Ferva lOOg de cevada em água e misture com suco de gengibre fresco para
beber antes das refeições para curar dificuldade e dor na urinação.
• Frite a cevada até que esteja tostada; moa até tornar-se pó e misture em
óleo vegetal para aplicação externa no alívio de queimaduras.
• O consumo regular de cevada cura uremia e indigestão.
• Ferva 5g de folhas e caules de cevada macia. Beba como chá para pro-
mover a urinação.

Malte
Indigestão, inchação abdominal, apetite pobre, vômito, diarréia,
inchação dos seios
Descrição - Levemente morno; doce; promove a digestão; empurra
para baixo; afeta o baço e o estômago.
108 Sistema Chinês de Curas Alimentares

Aplicações - Ferva SOg de malte em água e beba como caldo para


curar indigestão, inchação abdominal e inchação dos seios com dor.
o Ferva 50g de malte com 10g de casca de laranja em água. Beba
como chá para aliviar os efeitos secundários de hepatite crônica e
aguda.
o Frite o malte e moa até tornar-se pó. Tome 2 colheradas com vinho por
vez, duas vezes ao dia, para curar inchação abdominal e tensão após o
parto; tome 2 colheradas com água morna por vez, duas vezes ao dia,
para aliviar a febre após o parto, escassez de secreção de leite após o
parto, ou inchação dos seios após o parto.
o Ferva 40g de malte fresco e de malte frito. Beba como sopa uma vez ao
dia por 3 dias consecutivos para curar inchação dos seios no desaleita-
menta; se a inchação, dureza e dor são observadas, dobre as quantida-
des de malte fresco e malte frito.
o Ferva lOg de "hawthorn fruits" e 10g de malte frito (para ser redu-
zido no caso das crianças), e beba como chá três vezes ao dia para
aliviar indigestão.
Relatório clínico - Para tratamento de hepatite aguda e crônica:
prepare raízes tenras de brotos de malte. (Para fazer brotos de malte,
lave a cevada, então mergulhe em água por 12h; drene, então embru-
lhe firmemente em um pano úmido e borrife água neles algumas
vezes diariamente até que eles brotem; seque os brotos ao soL) Seque
e moa até tornarem-se pó e misture com xarope para um remédio.
Tome 10ml (contendo 15g de pó de malte) por vez, três vezes ao dia,
após as refeições; além disso, uma quantidade adequada de levedura
e tabletes de vitamina do complexo B devem ser administrados . Em
geral, um programa de tratamento consiste de 30 dias, e um progra-
ma de tratamento adicional deve ser administrado após a recupera-
ção. Entre os 161 casos tratados, 108 mostraram efeitos e 53 casos não
mostraram efeitos, o que significa que a taxa efetiva é 67,1 %. Entre os
indivíduos tratados, dos 56 casos de hepatite aguda, 48 casos mostra-
ram efeitos do tratamento; dos 105 casos de hepatite crônica, 60 casos
mostraram efeitos. Após os tratamentos, existem diminuições de vários
graus nos sintomas, tais como dor no fígado, anorexia, fadiga e tem-
peratura baixa, particu larmente o sintoma de anorexia. Entre os casos
que mostraram efeitos, existem vários graus de diminuição no tama-
nho de um fígado intumescido e na transaminase . Poucos pacientes
mostraram alguns efeitos colaterais, incluindo sensações secas na
boca, gosto amargo na boca, ansiedade e diarréia. Os efeitos a longo
prazo deste tratamento devem ser determinados pelo exame mais
detalhado.
Legumes, Grãos, Óleos e Sementes 109

Maltose
Fadiga, dor abdominal, tosse seca, sede, vômito de sangue,
garganta irritada, constipação
Descrição - Morna; doce; retarda o ataque de sintomas agudos; pro-
duz líquidos; lubrifica a secura; também é usada como um tônico energé-
tico; afeta o baço, estômago e pulmôes.
Aplicações - Tome algumas colheradas de maltose com água morna
várias vezes ao dia para neutralizar os efeitos de dose excessiva da droga
e para aliviar dor de úlceras gástricas crônicas e duodenais e dor de estô-
mago.
• Forme uma bola de maltose tão grande quanto uma gema de ovo e
engula para desalojar uma espinha de peixe fincada na garganta; algu-
mas bolas podem ser necessárias e o tamanho da bola de maltose pode
ser aumentada gradualmente.
• Asse a maltose até que esteja parcialmente dourada . Tome 1 colhe-
rada dissolvida em água morna por vez, duas vezes ao dia, para
aliviar uma garganta irritada; ou, misture maltose com cenoura esmagada;
ponha em escabeche por toda a noite; no dia seguinte, misture com
água e beba 1 copo de cada vez, três vezes ao dia.

"Hyacinth Bean" (Feijão Jacinto)


Diarréia e vômito no verão, corrimento vaginal, desnutrição nas
crzanças
Descrição - Neutro; doce; é usado como um tônico esplênico; reduz a
retenção de água; afeta o baço e o estômago.
Aplicações - Moa os "hyacinth beans" até tornarem-se pó. Tome 15g
do pó dissolvido em água morna de cada vez, três vezes ao dia, para curar
gastroenterite aguda, vômito e diarréia; ou ferva 50g de "hyacinth beans"
e beba como sopa, três vezes ao dia. O mesmo remédio também pode ser
usado para curar dificuldade na urinação.
• Moa os "hyacinth beans" até tomarem-se pó. Tome 15g do pó dissol-
vido em caldo de arroz por vez, três vezes ao dia, para aliviar agitação
nas mulheres devido à ingestão de drogas; ou, beba suco concentrado
de "hyacinth bean", duas vezes ao dia.
• Cozinhe uma tigela de "hyacinth beans" com açúcar, e coma nas refei-
çôes para curar diarréia crônica.
110 Sistema Chillês de Cu ras Alimenta res

Fava ("Horse Bean")


Edema, tinea capitis
Descrição - Neutra; doce; é usada como tônico esp lênico; elimina re-
tenção de água; afeta o baço e o estômago.
Aplicações - Ferva 70g de favas e 70g de casca de cera da cabaça em
água. Beba como chá para curar edema.
• Esmague favas frescas até formar um creme. Aplique externamente à re-
gião afetada para aliviar tinea capitis; ou use favas secas, se necessário.
• Seque as favas frescas ao sol para moer até tomarem-se pó. Tome 2
colheradas do pó dissolvido em água morna de cada vez, três vezes ao
dia, para curar diarréia e eliminação de fezes contendo sangue.
• Ferva o pó de favas com açúcar em água. Beba como chá para aliviar
apetite pobre e diarréia nas crianças (o açúcar branco deve ser usado
na ausência de eliminação de sangue, mas o açúcar mascavo deve ser
usado na presença de sangue do ânus). Quanto mais velho é o pó,
melhores serão os seus efeitos.

Mamona
Carbúncu!o, inchação, tuberculose de nódulos linfáticos,
garganta irritada, edema, constipação
Descrição - Neutra; doce e pLmgente; cura inchação com os seus efei-
tos de desintoxicação; induz movimentos intestinais; afeta o intestino grosso
e os pulmões.
Aplicações - Moa 20 mamonas sem cozinhar (com as cascas removidas) e
adicione um pouco de sal para aplicar e curar inchação de um carbúnculo.
• Frite mamonas em óleo vegetal até que fiquem totalmente cozidas; descasque
as mamonas. Mastigue 3 mamonas na hora de dormir e gradualmente
aumente para 10 ou mais mamonas de cada vez, para aliviar tubercu-
lose de nódulos linfáticos.
Relatório clínico - Para tratamento de paralisia facial: moa mamonas
(com as cascas removidas) para fazer um creme. Aplique externamente ao
lado afetado da junta mandibular e ângulo da boca (a camada de creme
deve ser de 3mm ou aproximadamente lJs de polegada de espessura) e
cubra com uma bandagem; troque a bandagem uma vez ao dia. Entre os
três casos tratados, todos recuperaram-se dentro de 3 dias.
• Um relatório sobre o envenenamento por mamona e tratamento: as subs-
tâncias tóxicas na mamona são deslnúdas pelo calor. A maioria dos casos
de envenenamento por mamona são devido ao consumo de mamonas
frescas. Um relatório indica que três crianças que comeram 2 a 7 mamonas
Legumes, Grãos, Óleos e Sementes 111

frescas vomitaram continuamente, com dor abdorrtinal; uma criança so-


freu de consciência não clara com desidratação, membros frios, aumento
das pupilas e reações pobres à luz. Todos os casos recuperaram-se após
tratamento pelos procedimentos padrões de tratar envenenamento.
Comentários - O óleo de mamona (óleo de rícino) é bom para consti-
pação, mas ruim para o estõmago. Por esta razão, mulheres grávidas de-
vem evitar o óleo de rícino.

Feijão Vermelho Pequeno (Feijão Azuki)


Edema, beribéri, icterícia, diarréia, eliminação de sangue pelo
ânus, inchação de carbúnculo, caxumba, as cite cirrótica
Descrição - Neutro; doce e azedo; facilita a urinação; cura a inchação;
desintoxica; afeta o coração e o intestino delgado.
Aplicações - Ferva lOOg de feijões vermelhos pequenos em água com
300g de cera da cabeça. Beba corno sopa nas refeições uma vez ao dia para
aliviar nefrite, beribéri e trofedema.
o Moa feijões vermelhos pequenos até tornarem-se pó e misture com
mel. Aplique no carbúnculo para curar inchação.
o Ferva 100g de feijões vermelhos pequenos em água. Coma nas refei-
ções para promover secreção de leite após o parto.
o Frite 300g de feijões vermelhos pequenos até ficarem tostados. Adicio-
ne 6 tigelas cheias de água e ferva até que esta seja reduzida a 3 tigelas.
Adicione um pouco de açúcar mascavo como tempero. Beba 1 tigela
de caldo por vez, três vezes ao dia, para aliviar dor abdominal devido
a coagulações sangüíneas após o parto.
Relatório clínico - Para um tratamento de ascite cirrótica: ferva 1 libra
de feijões vermelhos pequenos com uma carpa comum (mais que 1 libra)
em 2 a 3L de água até que os feijões fragmentem-se. Coma os feijões e o
peixe, e beba o ca ldo separadamente, diariamente ou em dias alternados
até que se cure. Os resultados de 2 casos tratados mosh'aram urinação
aumentada e tamanho abdominal reduzido, com bom estado de espírito e
nenhum efeito colateral.
o Um relatório sobre o tratamento de caxumba: moa 50 a 70 feijões ver-
melhos pequenos até tornarem-se pó; misture com água morna e clara
de ovo ou mel para fazer um creme para aplicar na região afetada;
cubra com uma bandagem. Em geral, a inchação desaparece com um
tratamento; todos os 7 casos tratados mostraram bons resultados.
Comentários - Existem muitos tipos de feijões vermelhos comuns que
devem ser distinguidos dos feijões vermelhos pequenos sob discussão. Os
feijões vermelhos comuns são redondos na forma, enquanto que os feijões
112 Sis tema Ch inês de Curas Alimentares

vermelhos pequenos são longos. Os feijões vermelhos comuns possuem


uma energia neutra, gosto amargo, são normalmente usados para promo-
ver a circulação energética e o fluxo menstrual, e são considerados bons
para hérnia, dor abdominal e supressão da menstruação .

Feijão Comum
Edema, beribéri
Descrição - Neutro; doce e gosto suave; promove a urinação; cura in-
chação.
Aplicação - Ferva lS0g de feijões comuns com 15g de alho e 40g de
açúcar em água. Beba como sopa nas refeições para aliviar edema.

"Sword Bean" (Feijão Espada)


Soluço, vômito, inchação abdominal, lumbago devido à
deficiência renal, eliminação de muco
Descrição - Morno; doce; empurra para baixo; aquece a região inter-
na; é usado como tônico renal; afeta o estômago e o intestino grosso.
Aplicações - Ferva 30g de "sword beans" secos envelhecidos com cas-
ca, junto com 3 fatias de gengibre fresco; coe para obter suco e adicione um
pouco de açúcar mascavo. Beba 1 xícara de cada vez, três vezes ao dia,
para aliviar soluço e tosse.
• Cozinhe 50g de "sword beans" com um rim de porco. Coma-os nas
refeições uma vez ao dia em dias alternados para aliviar o lumbago
devido a rins fracos e durante a gravidez.
• Frite "sword beans" até ficarem marrons; moa até tomarem-se pó. Tome
4g do pó por vez com vinho de arroz, três vezes ao dia, para curar dor
de cabeça, nevralgia intercostal e dor causada por lesões.
• Ferva 20g de "sword beans" em água; coe e adicione açúcar em pedra
ou mel. Beba como chá uma vez ao dia para aliviar coqueluche nas
crianças e asma e tosse nos idosos.

Vagem (Feijão Verde)


Diarréia, vômito, diabetes, emissão seminal, corrimento vaginal
esbranquiçado, urinação freqüente
Descrição - Neutra; doce; é usada como tônicos renal e esplênico; afe-
ta o baço e rins.
Legumes, Grãos, Óleos e Sementes 113

Aplicações - Ferva 50g de vagens secas (com as cascas) em água.


Beba como sopa uma vez ao dia para aliviar diabetes, sede e urinação
freqüente.

"Mung Bean" (Munguba)


Edema, diarréia, envenenamento por droga, erisipela
Descrição - Fresco; doce; desintoxica; reduz sensações quentes do or-
ganismo; promove a urinação; afeta o coração e o estômago.
Aplicações - Ferva 200g de "mung beans" em água; adicione um pou-
co de melou açúcar como um tempero. Beba como sopa nas refeições,
uma vez ao dia, para curar erupções cutâneas vermelhas e dificuldade de
urinação devido à febre; ou moa os "mung beans" até tornarem-se pó e
tome 15g do pó dissolvido em água por vez, duas vezes ao dia .
Relatórios clínicos - Um tratamento de envenenamento por pesticida:
esmague 500g de "mung beans" e misture com 60g de sal em aproximada-
mente 2L de água fria por poucos minutos; coe e beba tanto quanto possí-
vel, mas não mais que 3 a 5L por dia . Dos 15 casos tratados todos recupe-
raram-se dentro de 24h. Nenhum efeito colateral foi observad o com exce-
ção do vômito ocasional.
• Um relatório sobre o tratamento de saturnismo: ferva 15g de "mung
beans" com 16g de alcaçuz para comer duas vezes diariamente com
300mg de vitamina C adicionadas de cada vez. Cada programa de tra-
tamento dura 10 a 15 dias. Um total de 9 casos de envenenamento leve
e 28 casos de absorção de chumbo foram tratados e todos os casos
mostraram recuperação fundamental.
Comentários - Os brotos de "mung beans" possuem uma energia fria e
gosto doce e são usados para agir contra o alcoolismo e calor no organismo .
• O pó de "mung bean" pode ser usado para o mesmo propósito como o
"mung bean". Seus usos particulares são para queimaduras, alcoolis-
mo e intoxicação alimentar.

Farelo de Arroz
Dificuldade de deglutição, beribéri
Descrição - Neutro; doce e pungente; empurra para baixo; afeta o es-
tômago e o intestino grosso.
Aplicações - Misture farelo de arroz com mel e forme tabletes. Mante-
nha 1 tablete por vez na boca apenas como uma pastilha para tosse. Este
remédio alivia a dificuldade de deglutição.
114 Sis tema Chinês de Curas Alimentares

• Frite 2S0g de farelo de arroz até que fique amarelado, mas não quei-
mado. Guarde num jarro para aplicação. Tome 10g do farelo de arroz
amarelado com água de cada vez, duas vezes ao dia, para aliviar beribéri.

Arroz Polido (Branco)


Diarréia, náusea matinal, dificuldade de urinação
Descrição - Neutro; doce; é usado como tônicos energético e esplêni-
co; afeta o baço e o estômago.
Aplicações - Frite 1 tigela cheia de arroz polido com suco de gengibre
fresco até que o arroz tome-se amarelado. Mastigue 20 a 30 grãos antes de
levantar-se pela manhã para aliviar náusea matinal.
• Ferva arroz em água como você faria normalmente, mas cozinhe um pou-
co mais que o normal para deixar uma crosta grossa de arroz tostado no
fundo da panela; o arroz é neutro, amargo e doce.
• Ferva lSOg de crosta tostada de arroz com uma quantidade igual de
frutas de lótus e açúcar em uma quantidade adequada de água. Beba 2
colheradas de cada vez, três vezes ao dia, para curar diarréia, particu-
larmente nas crianças.

Arroz Doce (Glutinoso)


Urinação excessiva, transpiração excessiva, diarréia
Descrição - Momo; doce; é usado como um tônico energético; afeta o
baço, estômago e pulmões.
Aplicações - Frite arroz doce com farelo de trigo e moa até tomar-se
pó. Tome lOg do pó em água morna de cada vez, três vezes ao dia, para
interromper a transpiração excessiva.
• Cozinhe SOg de arroz doce com 60g de lágrimas-de-jó e 8 tâmaras ver-
melhas. Coma nas refeições para aliviar tuberculose pulmonar, neurastenia,
anemia e vários tipos de doenças crônicas.
• Ferva brotos de arroz doce em água com malte. Beba o caldo para ali-
viar indigestão e promover o apetite.

Coalhada de Feijão (Queijo Tipo Totu)


Conjuntivite, diabetes, diarréia periódica, envenenamento por enxofre
Descrição - Fresca; doce; é usada como um tônico energético; produz
líquidos; lubrifica a secura; desintoxica; afeta o baço, estômago e intestino
grosso.
Legumes, Grãos, Óleos e Sementes 115

Aplicações - Prepare 1 tigela de coalhada de feijão, 70g de maltose e


meia xícara de suco de rabanete fresco; combine os 3 ingredientes numa
panela, adicione meia xícara de água e aqueça uma vez até a ebulição.
Divida o caldo em 2 dosagens e beba duas vezes ao dia para tratar asma
com eliminação de muco, incluindo asma brônquica aguda .
• Esmague um número de coalhadas de feijão e aplique a mistura nas
pernas para curar erisipelas; troque o curativo assim que a mistura
secar.

Feijão-de-soja Amarelo
Desnutrição nas crianças, diarréia, inchação abdominal, peso
abaixo do normal, gestose
Descrição - Neutro; doce; é usado como um tônico esplênico; lubri-
fica a secura; elimina líquidos teciduais; afeta o baço e o intestino gros-
so.
Aplicações - Frite feijões-de-soja amarelos até que fiquem aromáticos
para comer nas refeições para promover secreção de leite após o parto .
• Frite os feijões-de-soja amarelos e então ferva-os em água para comer
nas refeições para corrigir o peso abaixo do normal.
Relatório clínico - Um tratamento de gestose aguda: 92 casos de
eclâmpsia potencial e eclâmpsia foram tratados pelo suco de feijão-de-
soja (feijão-de-soja e água na proporção de 1 para 8) cozido com 120g
de açúcar, dividido em 6 dosagens . Coma enquanto bebe água adicio-
nal. Em geral, o tratamento dura 2 a 4 dias, e então, mude para uma
dieta sem sal. No segundo dia de tratamento, frutas ou pó de raiz de
lótus podem ser administrados para aliviar a fome. No grupo de con-
trole, em 41 casos foram dados apenas uma dieta sem sal com outros
fatores idênticos em ambos os grupos, incluindo impedimento do som
e estimulos leves, e administração de sedativos e drogas antiespasmódicas.
Os resultados indicaram que um grupo experimental mostrou um de-
saparecimento mais rápido do edema e normalização mais rápida da
pressão sangüínea que no grupo de controle; a taxa de morte no grupo
experimental foi zero, enquanto que no grupo de controle foi maior
que 2%. O resultado é atribuído ao fato de que o suco de feijão-de-soja
amarelo é baixo em cálcio e sódio, mais alto em vitamina 8 1 e niacina
com maior ingestão de água, que contribui para a diminuição da pres-
são sangüinea e urinação aumentada.
Comentários - Os brotos de feijão-de-soja amarelo são frescos e doces.
São usados para aliviar tosse com eliminação de muco amarelo e para pro-
mover a urinação.
116 Sistema Chinês de Curas Alimentares

Feijão-de-soja Preto
Edema, beribéri, icterícia, reumatismo, cãibras musculares,
trismo, envenenamento por droga
Descrição - Neutro; doce; promove a circulação sangüínea e a passa-
gem de água; age contra reumatismo; desintoxica; afeta o baço e rins.
Aplicações - Ferva Sg de feijões-de-soja pretos frescos em água como 1
dosagem, três vezes ao dia; ou ferva até ficarem macios, então adicione
açúcar e sal como tempero. Coma nas refeições; ou frite e moa até tornar-
se pó. Tome 1 colher de chá cheia do pó de cada vez, dissolvido em água,
duas vezes ao dia, para aliviar tosse, doença renal e peritonite_
• O consumo regular de feijões-de-soja pretos nas refeições promove
urinação, alivia cãibras musculares, reumatismo e dor nos joelhos.
Experiência - Uma experiência em ratos indica que os feijões-de-soja
pretos produzem efeitos que assemelham-se aos hormônios do sexo femi-
nino, e os efeitos de um antiespasmódico no intestino delgado igual a 37%
daqueles produzidos pelo cloridrato de papaverina.

,
Oleo de Feijão-de-soja
Úlcera gástrica, úlcera duodenal, obstrução intestinal
Descrição - Quente; pungente e doce; lubrifica os intestinos.
Aplicações - Prepare 1 colher de chá cheia de óleo de feijão-de-soja
e adicione algumas gotas de suco de limão. Beba de estômago vazio
logo pela manhã; gradualmente aumente a dosagem para 5 ou 6 colhe-
res de chá por vez para curar úlceras gástrica e duodenal, e obstrução
intestinal.
Comentários -O molho de soja (um produto de feijâes-de-soja) pode pro-
mover digestão e também ser usado como um remédio externo para curar
queimaduras. Mas um consumo excessivo de molho de soja causará tosse e
sede e também não é recomendado para pessoas com icterícia.

Farelo de Trigo
Estomatite, herpes oral, reumatismo, beribéri, eliminação de
urina contendo sangue
Descrição - Fresco; doce; afeta o estômago.
Relatório clínico - Um tratamento de diabetes: vaporize 60% de
farelo de trigo e 40% de farinha para todos os propósitos; adicione uma
Legumes, Grãos. Óleos e Sementes 117

quantidade adequada de óleo vegetal, ovos e vegetais. Coma nas refei-


ções para aliviar o diabetes. A proporção de farelo de trigo diminui
assim que as condições melhoram. Nenhum remédio ou suplemento
nutricional são dados neste tratamento. Entre os 13 casos tratados de
diabetes, o açúcar no sangue abaixo de 140mg% em 3 casos e para 180mg%
em 7 casos; após o tratamento (que dura de 4 a 98 dias), o açúcar na
urina mudou de + + + + ou + + + para negativo em 10 casos; mas em
geral, o açúcar na urina mudou para negativo dentro de 1 mês com o
desaparecimento de neurite associada com diabetes.

Trigo Integral
Histeria nas mulheres, diarréia, queimaduras
Descrição - Fresco; doce; é usado como tônicos cardíaco e renal; afeta
o coração, baço e rins.
Aplicações - Ferva 30g de grãos de trigo integral com lOg de alcaçuz e
5 tâmaras vermelhas em água. Coma luna vez ao dia para curar histeria
nas mulheres. Esta é uma receita tradicional freqüentemente usada na Medicina
Chinesa para histeria nas mulheres .
• Frite o trigo até que fique tostado, moa até tornar-se pó e misture com
óleo para aplicações externas para aliviar queimaduras.
Comentários - Os grãos que flutuam na água são usados como um
importante remédio Chinês para os sintomas anteriores.

Lágrimas-de-jó
Diarréia, reumatismo, torção muscular, dificuldade nos
movimentos das juntas, edema, beribéri, doenças pulmonares,
corrimento vaginal esbranquiçado
Descrição - Fresca; doce e sabor suave; desintoxica; é usada
como tônicos esplênico e pulmonar; diurético; afeta o baço, pulmões
e nns.
Aplicações - Ferva uma quantidade igual de lágrimas-de-jó, amen-
doins e açúcar mascavo. Beba como chá para aliviar edema, promover urinação
e tonificar O estômago .
• Ferva 40g de lágrimas-de-jó para serem divididas em 2 dosagens para
consumir duas vezes ao dia, por 10 dias, como um programa de trata-
mento para aliviar verrugas plana e comum.
11 8 Sistema Chinês de Cllras Alimentares

Relatório clínico - Para o tratamento de uma verruga plana: cozi-


nhe 60g de lágrimas-de-jó frescas com arroz descascado em água. Coma
uma vez ao dia até se recuperar. Entre os 23 casos tratados por 7 a 16
dias, 11 casos recupera ram-se completamente, 6 casos não mostraram
resultados claros, e 6 casos não tiveram resultados; a maioria dos pa-
cientes mostrou algumas reações durante os períodos entre o início do
tratamento e o desaparecimento da erupção cutãnea, incluindo aumento
do foco da verruga, que tornou-se vermelho com a inflamação aumen-
tada; mas como o tratamento continuou por vários dias, o foco prejudi-
cado tornou-se seco e descamativo a té d esaparecer completamente.
Comentários - As lágrimas-de-jó são relatadas por inibir o desen-
volvimento e destruir as células cancerígenas. Por exemplo, de acordo
com um relatório na primeira tiragem do JORNAL MÉDICO CHINÊs J1ANGSU
(1962), um paciente que sofria de câncer de garganta foi tratado com
lágrimas-de-jó no hospital, porque o câncer estava local izado na região
profunda da garganta, que era mais precisamente difícil de ser tratada
pela cirurgia. O paciente foi tratado com lágrimas-de-jó todos os dias, e
o tratamento produziu efeitos significativos dentro de 2 meses; o pa-
ciente recuperou-se completamente dentro de 6 meses .

Semente de Girassol
Constipação, diarréia com eliminação de sangue
Descrição - Morna e neutra; doce e sabor suave; interrompe a diarréia;
facilita o estouro da erupção no sarampo.
Aplicações - Esmague 30g de sementes de girassol (com as cascas remo-
vidas); adicione 1 xícara de água fervendo e uma quantidade adequada de
mel e misture. Beba pela manhã e ao anoitecer para curar constipação.
• Esmague 30g de sementes de girassol; adicione 30g de açúcar em pe-
dra e um pouco de água; ferva sobre fogo baixo por Ih. Beba 1 xícara
de cada vez, três vezes ao dia, para curar diarréia com eliminação de
sangue.
• Esmague 5g de sementes de girassol e faça chá. Beba duas vezes ao dia
para promover erupções no sarampo.
• Esmague 30g de sementes de girassol com cascas, adicione 30g de açú-
car em pedra e ferva sobre fogo baixo por meia hora; beba duas vezes
ao dia para curar barulho nos ouvidos.
Experiência - Uma pessoa normal que consome óleo de girassol não
refinado de estõmago vazio amnentará temporariamente o nivel do seu
colesterol; e mulheres jovens que usam óleo de girassol para cozinhar por
7 dias diminuirão levemente seus niveis de colesterol.
Legumes, Grãos, Ó leos e Sementes 119

Caroço de Algodão
Impotência, queda de testículos, enurese, hemorróidas,
pro lapso do ânus, sangramento e corrimento vaginal,
suor noturno
Descrição - Quente; pungente; aquece os rins; suspende o sangramen-
to; é usado como um tônico.
Aplicações - Prepare 300g de caroços de algodão e frite com algumas
colheres de chá cheias de vinho de arroz; separadamente frite 100g de se-
mentes de cebolinho; moa até tornarem-se pó. Tome lOg com vinho de
estômago vazio uma vez ao dia para curar impotência .
• Ferva lOg de caroços de algodão em 1 copo de água sobre fogo baixo
até que esta seja reduzida à metade. Beba como chá de estômago vazio
uma vez ao dia para curar suor noturno.
Comentários - O óleo de caroço de algodão é quente e pungente. Pode ser
usado extemamente para aliviar furúnculos, tillea e ulcerações causadas pelo
frio. Uma experiência em pintinhos mostra que ele pode elevar o nivel de
gordura no sangue mais que o óleo de milho ou o óleo de girassol.

Semente de Gergelim Preta


Constipação, pele seca, cabelo grisalho, escassez de secreção
de leite
Descrição - Neutra; doce; é usada como tônicos hepático e renal; afeta
o fígado e os rins.
Aplicações - Frite 15g de sementes de gergelim pretas; adicione um
pouco de sal. Coma para aumentar a secreção de leite .
• Embeba 1 xícara de arroz por poucas horas; drene e esmague o arroz;
ferva com 1 xícara de sementes de gergelim pretas em água para fazer
sopa. Beba o caldo nas refeições para corrigir constipação.

,
Oleo de Gergelim
Constipação devido à secura, úlceras, pele rachada, escabiose
e tinea
DesC1'ição - Fresco; doce; desintoxica; lubrifica a secura; promove mo-
vimentos intestinais; produz músculos.
Aplicações - Adicione algumas gotas de óleo de gergelim na culinária
para aliviar constipação.
120 Sistema Clti"ês de C Ifras Alimelltares

• Aplique externamente o óleo de gergelim à região afetada e massageie


repetidamente para aliviar dor reumática e fadiga .
Relatório clínico - Para o tratamento de rmite simples crônica: cozi-
nhe óleo de gergelim sobre fogo baixo até ferver. Use como gotas no nariz;
aplique 2 a 3 gotas em cada lado de cada vez, gradualmente aumentando
para 5 a 6 gotas, três vezes ao dia. Entre os 63 casos tratados, 52 casos
mostraram melhoras significativas, 3 casos mostraram progresso ou me-
lhoras, 8 casos não mostraram efeito. A duração do tratamento varia de 10
dias a 3 meses .


8
Carnes, Leite, Frutos
do Mar, Aves
Domésticas e Ovos
Carne de Boi
Peso abaixo do normal, diabetes, edema
Descrição - Neutra; doce; é usada como tônicos esplênico, estomacal,
energético e sangüíneo; afeta o baço e o estômago.
Aplicações - Tome regularmente caldo de carne de boi concentrado para
aliviar diarréia crônica e prolapso do ânus causado por diarréia crônica .
• Misture junto lkg de carne de boi, lOg de pimenta-da-reino moída, 5g
de pó de casca de laranja seca; adicione 1 xícara de suco de gengibre
fresco e uma quantidade adequada de sal; ponha em escabeche por 2h;
cozinhe a carne de boi. Coma nas refeições para melhorar as condições
do estômago e estimular o apetite. Para fazer suco de gengibre, rale o
gengibre fresco e ferva em água .
Comentários - O rim de boi é usado como um tônico renal para melhorar
a capacidade sexual e curar impotência temporária e permanente nos homens;
corte um rim em pequenos pedaços para ferver com uma tigela de arroz, e
quando o rim estiver cozido, adicione cinco cabeças brancas de cebola verde .
• O fígado de boi é neu tro e doce, é usado como um tônico hepático e
para aguçar a visão e aliviar glaucoma e cegueira noturna.

Carne de Cordeiro ou de Carneiro


Fraqueza geral, peso abaixo do normal, dor abdominal, lumbago
Descrição - Morna; doce; é usada como um tõnico energético e para
aquecer a região interna; afeta o baço e os rins.
122 Sistema Chinês de Curas Alimentares

Aplicações - Cozinhe a carne de cordeiro ou de carneiro com alho e


coma nas refeições para fortalecer a ereção do pênis e também para aliviar
estômago desarranjado nos homens e nas mulheres.
• Ferva SOOg de carne de carneiro com 1 tigela de arroz e 1 copo de
suco de mamão; tempere com açúcar e sal. Beba para curar lumba-
go e beribéri.
COlllentários - A carne de carneiro pode aquecer a região interna,
e por esta razão, não é recomendada para pessoas com uma constitui-
ção física quente; além do mais, a carne de carneiro é muito gorduro-
sa, não é recomendada para pessoas com um alto nível de gordura no
sangue.
• A carne de carneiro é benéfica para pessoas fracas e abaixo do peso. Já
que ela não pode ser facilmente digerida, a quantidade consumida de
cada vez deve ser limitada.
• O leite de ovelha é morno e doce, é usado para lubrificar a secura
e aliviar a fadiga, peso abaixo do normal, diabetes e vômito de
ácido .
• O fígado de ovelha é fresco, doce e amargo, é usado como um tôni-
co hepático e para aguçar a visão e aliviar glaucoma e cegueira no-
turna.
• O rim de ovelha é morno e doce, é usado como um tônico renal e
para fortalecer a capacidade sexual e a ereção do pênis.

Leite
Leite de vaca para estômago desarranjado, dificuldade de
deglutição, diabetes, constipação; leite humano para fadiga,
magreza, diabetes, dificuldade de deglutição, fezes secas
Descrição - Leite de vaca é neutro; doce; empurra para baixo; é
usado como tônicos pulmonar e estomacal; e é usado para produzir
líquidos e lubrificar os intestinos; afeta o coração, pulmões e estôma-
go. Leite humano é neutro; doce e salgado; é usado como um tõnico
sangüíneo e para lubrificar a secura; afeta o coração, pulmões e estô-
mago.
Aplicações - Ferva 1 copo de leite de vaca em 4 copos de água sobre
fogo baixo até esta seja reduzida a 1 xícara. Beba lentamente de estô-
mago vazio para melhorar as condições físicas após uma enfermidade
prolongada.
• Misture 1 copo de leite de vaca com meio copo de suco de cebolinho
fresco e 3 colheres de chá cheias de suco de gengibre fresco; es-
quente numa panela pequena. Beba para aliviar um estômago de-
sarranjado.
Cames, Leite, Frutos do Mar, Aves Domésticas e Ovos 123

• Misture quantidades iguais de leite de vaca e de ovelha. Beba o leite


como um substituto para o chá ou suco para melhorar a condição físi-
ca de pacientes diabéticos e urinação freqüente.
Relatório clínico - Para tratamento de oftalmia elétrica por leite de
vaca: extraia diretamente leite humano fresco numa garrafa esterilizada
ou garrafa de líquido oftálmico estéril; aplique 2 a 3 gotas na conjuntiva
bulbar do ângulo lateral de cada olho em intervalos de 5 a 15min; feche os
olhos e descanse por um tempo. Em geral, o desconforto e a dor desapare-
cerão ou diminuirão dentro de 8 a 16h com nenhum efeito colateral ou
desconforto.
Comentários - O leite de vaca não é recomendado para pessoas com
diarréia ou eliminação mucosa.

Pato
Sensações quentes, tosse, edema
Descrição - Neutro; doce e salgado; facilita a passagem de água e sara
inchação; afeta os pulmões e os rins.
Aplicações - Cozinhe um pato com quantidades adequadas de pre-
sunto. Coma nas refeições para aliviar diarréia, particularmente diarréia
crônica após o parto.
• Coloque 4 a 5 dentes de alho dentro de um pato preparado; ferva o
pato em água sobre fogo baixo até que fique bem macio. Coma o
pato e o alho e beba o caldo sem sal para aliviar nefrite crônica e
edema.
Comentários - O pato é bom para sintomas quentes, tais como a pre-
sença de calor interno. Mas não pode ser facilmente digerido e é conside-
rado ruim para hemorróidas.
• O ovo de pata é fresco e doce, é usado para reduzir o calor nos pul-
mões e também para aliviar tosse, garganta irritada, dor de dente e
diarréia.
• O limão-doce, sal e outros ingredientes podem ser usados para conservar
o ovo de pata para fazer ovo de pata em conserva, que possui uma
energia fria e sabores pungente, doce e salgado; coma 2 a 3 ovos
de pata em conserva todos os dias (com açúcar e vinagre, se dese-
jar) para aliviar hipertensão; ou coma 2 ovos de pata em conserva
para suspender a diarréia e aliviar uma ressaca. Os ovos de pata
em conserva estão disponíveis na maior parte das lojas de alimen-
tos Chineses.
124 Sistema Chinês de Curas Alimelltares

Galinha
Peso abaixo do normal, apetite pobre, diarréia, edema, urinação
freqüente, sangramento e corrimento vaginal, escassez de
secreção de leite após o parto, fraqueza após o parto
Descrição - Morna; doce; é usada como um tônico energético; aquece
a região interna; afeta o baço e o estômago.
Aplicações - Corte uma galinha e remova a pele; seque exatamente com
uma toalha de papel; aqueça e lubrifique ligeiramente uma frigideira; derra-
me os cubos de galinha na frigideira, mexendo constantemente; aclicione um
pouco de óleo vegeta I e 5 fatias de gengibre fresco e continue a mexer fritando
por um tempo. Aclicione 1 xícara de água e 1 xícara de vinho de arroz; conti-
nue a cozinhar por aproxímadamente 20min; aclicione mais vinho de arroz,
se desejar. Coma nas refeições para aliviar iacliga e aumentar a secreção de
leite nas mães lactantes.
• Corte uma galinha e remova a pele; lave os cubos de galinha com vi-
nho de arroz e coloque-os numa frigideira; mexa fritando até ficarem
secos. Vaporize os cubos de galinha com 20g de "Iongans" por 3h até
que sejam reduzidos a meia xícara de caldo puro de galinha ede "longan".
Beba o caldo coado (sem comer a galinha ou "longans") para aliviar
neurastenia e esquecimento. Esta é uma receita cara; os "longans" se-
cos estão dispOlúveis na maioria das lojas de alimentos Chineses.
Comentários - O fígado de galinha é levemente morno e possui um
sabor doce; age no fígado e nos rins, é usado como um tônico hepático e
renal, e também para tais sintomas como visão embaçada, desnutrição nas
crianças e aborto habitual.

Ovo de Galinha
Tosse seca, rouquidão, conjuntivite, garganta irritada, agitação,
diarréia, queimaduras
Descrição - Neutro; doce; é usado como um tônico sangüíneo; lubrifi-
ca a secura.
Aplicações - O ovo pode ser comido fresco ou misturado com água quen-
te; ou use uma mistura de clara e gema de ovo para aplicações externas.
• Quebre um ovo numa xícara e misture com algumas colheres de chá cheias
de vinho de arroz. Beba para aliviar dor cardíaca em mulheres grávidas.
• Ferva 20 ovos de galinha com casca até estarem completamente cozi-
dos. Esmague os ovos, incluindo as cascas; ferva-os em água com 500g
de feijões-de-soja pretos por aproxímadamente 2 a 3h até que os ovos e
os feijões estejam completamente misturados e tornem-se pretos; re-
Carnes, Leite, Frutas da Mar, Aves Doméstícas e Ovos 125

mova e descarte os feijões-de-soja pretos. Guarde os ovos num recipi-


ente até que seja necessário. Descasque os ovos e coma 2 a 3 ovos mor-
nos de cada vez, uma vez ao dia, enquanto for necessário, para aguçar
a visão e corrigir visão embaçada.
Relatório clínico - Para tratamento de neurodermatite e psoríase, esterili-
ze 2 ovos de galinha com álcool e coloque-os num jarro ligeiramente maior do
que os ovos; adicione vinagre para cobrir os ovos e sele; guarde por 7 dias.
Quebre os ovos e despeje a clara e a gema num outro jarro esterilizado e sele-
o. Use uma bola de algodão para esfregar o ovo na região afetada por 1 a 2ntin
de cada vez, várias vezes ao dia; o tratamento deve continuar sem interrup-
ção. Em geral, as escamas começam a cair após vários tratamentos; prurido
severo tanto melhora como pára completamente. Se o tratamento continuar,
então o foco da enfermidade da pele irá gradualmente ser reduzido em tama-
nho; mas se o tratamento for interrompido neste ponto, os sintomas voltarão.
Quanto mais tempo tiver a história dos sintomas, mais tempo será necessário
para o tratamento. Entre os 12 casos de neurodermatite tratados, 9 casos recu-
peraram-se completamente e 3 casos melhoraram; entre os 5 casos de psoría-
se tratados, 2 casos recuperaram-se completamente e 3 casos melhoraram.

Clara de Ovo de Galinha


Garganta irritada, conjuntivite, tosse, diarréia, queimaduras
Descrição - Fresca; doce; desintoxica; lubrifica os pulmões; refresca as
sensações quentes; é considerada benéfica para a garganta.
Aplicações - Ferva um ovo de galinha e remova-o da água assim que
começar a ferver; faça um buraco na casca e lentamente sugue a clara atra-
vés da abertura para lubrificar a garganta, uma vez ao dia, por 3 ou 4
meses, para aliviar garganta irritada, rouquidão e perda de voz, e para
proteger a garganta em cantores profissionais .
• Misture a clara de ovo com vinho de arroz e use a mistura para lavar a
região afetada para sarar queimaduras e úlceras de pele .
• Misture a clara de ovo com 3 colheres de chá cheias de vinagre de
arroz. Beba para retomar a menstruação após o parto.
Relatórios clínicos - Para um tratamento de queimaduras: coloque um
ovo de galinha em álcool a 75% e esterilize por 15min; abra dois buracos nas
duas extremidades do ovo usando um instrumento estéril e deixe a clara do
ovo fluir num recipiente esterilizado. Após o debridamento (corte fora as ve-
sículas, se houver), use uma bola de algodão esterilizada para aplicar a clara
de ovo nas áreas queimadas por 2 a 3 vezes no primeiro dia. Em geral, uma
crosta amarelada formar-se-á na ferida dentro de 6 a 15h; neste tempo, a dor
diminuirá e a secreção de líquidos ou cessará ou diminuirá. Se a crosta se
formar incompletamente, com fendas, aplique a clara de ovo novamente até
126 Sistema Chinês de Curas Alimentares

que se forme apropriada e completamente. Se, entretanto, ocorrer supuração


sob a crosta (principalmente vista em queimaduras de terceiro grau), corte a
crosta aberta e incise o pus cuidadosamente, e então aplique a clara de ovo
novamente. Quando as queimaduras envolvem um área ampla, uma lâmpa-
da pode ser usada para manter a temperatura desejada (25 e 31°C). Entre os
100 pacientes extras tratados, a maioria deles com queimaduras de primeiro e
segundo graus (envolvendo áreas menores que 10%) recuperou-se dentro de
10 dias; os pacientes remanescentes recuperaram-se dentro de 12 a 31 dias. A
maioria dos pacientes com queimaduras de primeiro e segundo graus (envol-
vendo áreas entre 10 e 20%) recuperou-se dentro de 7 a 20 dias enquanto que
a minoria recuperou-se dentro de 37 a 60 dias. Leva mais tempo para pacien-
tes recuperarem-se em casos de queimaduras de segundo e terceiro graus
severos com áreas acima de 30% e complicações.
• Um relatório sobre o tratamento de infecções na superfície corpórea mos-
tra que a clara de ovo alivia a dor, sara inflamações e previne supuração
por aplicações externas; e em caso de regiões supuradas, a clara de ovo é
descoberta por controlar a inflamação e localizá-la. Entre os 36 casos trata-
dos, os pacientes com áreas infectadas menos amplas recuperaram-se em
uma simples aplicação; os pacientes com áreas mais amplas recupera-
ram-se dentro de 3 a 4 aplicações. O método de aplicação é similar ao
usado nas queimaduras.
• Um relatório clínico sobre o tratamento de erosão cervical indica que o
método de aplicação é similar ao de queimaduras. Use uma bola de
algodão para aplicar a clara de ovo nas áreas erosivas e então empurre
a bola de algodão repleta de clara de ovo na cérvix para ser removido
no dia seguinte. Cada programa de tratamento dura 3 a 5 dias; um
programa secundário continua se nenhum resultado for obtido, e o
tratamento cessa durante o período da menstruação. Entre os 32 casos
tratados, 18 casos recuperaram-se e 7 casos melhoraram com 7 casos
interrompidos. É indicado que aqueles comsangramento mostram melhores
resultados; além disso, os 7 casos tratados por cervicite e vaginite (de-
senvolvidas após o parto) recuperaram-se completamente.
• Um relatório clinico sobre o tratamento de otite média purulenta mostra
que uma mistura de quantidades iguais de clara de ovo e óleo de gergelim
produz resultados satisfatórios quando aplicada no ouvido.

Gema de Ovo de Galinha


Insônia, torção muscular, vômito de sangue, soluço, diarréia,
aborto, queimaduras, hepatite, desnutrição nas crianças, eczema
Descrição - Neutra; doce; é usada como um tônico sangüineo; lubrifi-
ca a secura; afeta o coração e os rins.
Aplicações - Tome algumas gemas de ovo para aliviar vômito agudo.
Carne s, Leite, Frutos do Mar , Aves DoméstiClls e ~ 12 -

• Misture a gema de ovo fresca com leite e deixe as crianças beberem


para interromper convulsões.
Relatórios clínicos - Para tratamento de queimaduras: use óleo de gema
de ovo após filtração e alta pressão de esterilização. Aplique o óleo nas
áreas queimadas após debridamento; exposta é preferida. Em mais de 100
casos tratados para queimaduras de primeiro e segundo graus com áreas
pequenas e médias, todos eles mostraram bons resultados e não ocorre-
ram infecções secundárias. Após a aplicação de óleo de gema de ovo, os
pacientes sentem frescor com dor dinúnuída, efusão de líquidos e encrostarnento
mais rápido (que cai por si próprio) com nenhuma cicatriz ou apenas cica-
trizes obscuras.
• Para fazer óleo de gema de ovo, ferva aproximadamente 5 a 10 ovos até
ficarem bem cozidos. Remova as gemas e misture-as cuídadosamente.
Frite as gemas numa panela sobre fogo alto, mexendo constantemente,
até que se tomem gradualmente bem escuras e quase pretas, como se o
óleo estivesse para brotar; use um pano limpo para embrulhar as gemas e
extraia o óleo. Aplique o óleo em queimaduras.
• Um relatório sobre tratamento de úlcera varicosa (úlcera de estase):
use o mesmo método como nas queimaduras para extrair o óleo de
gema de ovo; limpe as áreas afetadas e então aplique uma bandagem
plana de algodão embebida em óleo na região afetada; troque a ban-
dagem em dias alternados ou a cada 3 dias até recuperar-se.
Comentários - Uma fonte indica que a gema de ovo fervida pode ser
usada para deixar de fumar.

Casca de Ovo de Galinha


Dor de estômago, gastrite, raquitismo nas crianças, vários tipos de
sangramento, ceruminose (formação excessiva de cera no ouvido)
Descrição - Restringe o ácido gástrico; interrompe o sangramento.
Aplicações -Esmague uma casca de ovo até tornar-se pó; dissolva 7g
do pó em vinho de arroz. Beba esta quantidade de cada vez, duas vezes ao
dia, para aliviar estômago desarranjado.
• Asse a casca de ovo até ficar seca e esmague até tornar-se pó (quanto
mais fino melhor). Tome 4g de cada vez com água morna antes das
refeições, três vezes ao dia, para reduzir ácido gástrico em excesso e
úlceras gástrica e duodenal.
• Asse 12 ovos de galinha grandes e misture cuidadosamente; adicione
500g de açúcar em pedra e 500g de vinho de arroz; ferva até estarem
tostados e amarelados. Tome uma colher grande de cada vez antes das
refeições, três vezes ao dia, para aliviar espasmos gástricos.
128 Sistema Chillês de ClIras Alimentares

Relatórios clínicos - Um relatório clínico sobre o tratamento de desnutri-


ção nas crianças (56 casos) e raquitismo (139 casos) e torção nas mãos e pés (10
casos) mostra que todos exceto 9 casos de indigestão crônica recuperaram-se
completamente dentro de 20 dias a 3 meses. O tratamento: lave uma casca de
ovo e seque cuidadosamente; moa-a até tomar-se pó e peneire (quanto mais
fino melhor); administre 0,5g de cada vez para uma criança de 1 ano de idade,
19 para crianças acima de 2 anos de idade, duas vezes ao dia.
• Um relatório clínico sobre o tratamento de vários tipos de sangramento:
simplesmente aplique o pó (como feito acima) nas áreas afetadas com
precauções padrão de esterilização; os 600 casos de sangramento traumá-
tico tratados por este método não desenvolveram supuração. Para o trata-
mento de tosse com eliminação de sangue, vômito de sangue, hemorragia
nasal e eliminação de sangue pelo ânus, aplique 6g do pó fino com um
pouco de sal e vitamina C. Administre oralmente três vezes ao dia por 2 a
7 dias. É relatado também que tomando o pó dissolvido em água (2g de
cada vez, três vezes ao dia) alivia erupção cutânea alérgica, urticária, asma
brônquica, ácido estomacal excessivo e mal hálito.

Presunto Fresco
Diarréia, nervosidade, apetite pobre
Descrição - Morno; salgado; é usado como um tônico esplênico; esti-
mula o apetite; produz líquidos; empurra para baixo.
Aplicações - Ferva o presunto em água com pimenta-malagueta para
fazer caldo; desnate e descarte a gordura flutuante . Beba o caldo quente
para aliviar O soluço e dor abdominal que tem durado por 3 a 4 dias.
• Ferva 200g de presunto em água sobre fogo baixo por um dia inteiro
até que fique extremamente tenro; descarte a gordura da superfície.
Beba como sopa para aliviar diarréia crônica.

Carne de Porco
Diabetes, peso abaixo do normal, tosse seca, constipação
Descrição - Neutra; doce e salgada; é usada para lubrificar a secura;
afeta o baço, estômago e rins.
Aplicações - Ferva 500g a lkg de carne de porco; desnate e descarte a
gordura flutuante. Beba o caldo para aliviar tosse seca e constipação.
• Pique 100g de carne de porco magra (carnes vermelhas) para ferver
em água com 100g de lágrimas-de-jó sobre fogo baixo por 2h. Coma
nas refeições para umedecer a pele; isto é considerado um bom remé-
dio para pele seca.
Carnes, Leile, Frut os do Mar, Aves Domésticas e Ovos 129

Comentários - O fígado de porco é morno, doce e amargo, age no


fígado e é usado corno tônicos hepático e sangüíneo, aguça a visão e
é considerado benéfico para cegueira noturna, conjuntivite, edema e
beribéri .
• O rim de porco é neutro e salgado; é usado para aliviar lumbago, ede-
ma, emissão seminal, suor noturno e ensurdecimento nos idosos .
• O toucinho é fresco e doce; o toucinho desintoxica, é usado para lubri-
ficar a secura e é considerado bom para movimentos intestinais difí-
ceis, tosse seca e pele rachada.

Haliote
Sensações quentes, tosse, sangramento e corrimento vaginal,
força urinária, glaucose, catarata
Descrição - Neutro; doce e salgado; desintoxica; aguça a visão.
Comentários - O haliote é difícil de digerir.

Carpa
Carpa comum para edema, beribéri, icterícia, tosse e escassez
de secreção de leite; "grass carp" para dor de cabeça e
reumatismo; carpa dourada para estômago fraco, apetite pobre,
disenteria, eliminação de sangue pelo ânus, edema, força
urinária e úlceras
Descrição - A carpa comum é neutra, doce, empurra para baixo,
facilita a passagem de água, promove a secreção de leite, cura incha-
ção, age no baço e rins; a "grass carp" é morna e doce, age no baço e
estômago; a carpa dourada é neutra e doce, é usada como um tônico
esplênico, facilita a passagem de água, age no baço, estômago e intesti-
no grosso.

Mexilhão
Suor noturno, lumbago, impotência, vômito de sangue,
corrimento vaginal, bócio
Descrição - Morno; salgado; aumenta a energia dos rins e fígado; cura
bócio simples; afeta o fígado e rins.
130 Sistema Chinês de Curas Alimmtares

Aplicações - Asse lOOg de mexilhões e moa até tornarem-se pó. Moa


lOg de casca de laranja seca até tornar-se pó. Misture os dois pós com mel.
Dissolva 3 colheres de chá cheias em água de cada vez, três vezes diaria-
mente, para curar insônia e tontura.
• Use vinho de arroz para lavar os mexilhões e cozinhe com cebolinho.
Coma para curar lumbago e agir contra sensações frias no baixo abdô-
men das mulheres.
• Ferva lOg de mexilhões com30g de aipo. Coma nas refeições para abaixar
a pressão sangüínea.

Molusco Bivalve
Molusco bivalve de água salgada para edema, eliminação
mucosa, bácio, corrimento vaginal, hemorróidas; molusco
bivalve de água doce para sangramento e corrimento vaginal,
conjuntivite, eczema e hemorróidas; pó de carapaça do molusco
bivalve de água salgada para diabetes, edema, báeio e
hemorróidas; saliva de molusco bivalve de água doce para
diabetes, conjuntivite e queimaduras; pó de carapaça do
molusco bivalve de água doce para tosse com eliminação
mucosa, dor de estômago, soluço, vômito, corrimento vaginal
esbranquiçado, eczema, inchação
Descrição - Molusco do mar (de água salgada) é frio, salgado, age no
estômago, promove a passagem de água, elimina muco e amolece a dure-
za; molusco bivalve de água doce é frio, doce e salgado, desintoxica, aguça
a visão, age no fígado e rins. PÓ de carapaça de molusco bivalve do mar é
frio, salgado, promove a passagem de água, amolece a dureza, elimina o
muco, age nos pulmões e rins; saliva de molusco bivalve do rio aguça a
visão; pó de carapaça do molusco bivalve de água doce é frio, salgado,
elimina o muco e seca a umidade, age nos pulmões, fígado e estômago.
Aplicações - A carapaça de molusco bivalve do mar pode ser assada e
moída até tornar-se pó bem fino para fazer pó de carapaça de molusco bivalve
do mar. A carapaça de molusco bivalve de água doce pode ser lavada (com a
pele preta removida) e moída até tornar-se pó ou assada e moída até tornar-se
pó para fazer pó de carapaça do molusco bivalve de água doce. Aplique a
saliva de molusco bivalve de água salgada externarnente à região afetada para
aliviar prurido, dor e inchação do orifício vaginal.
• Esmague alguns alhos para misturar com pó de carapaça de molusco bivalve
e faça tabletes de tamanho normal. Tome 10 tabletes com água morna de
cada vez, uma vez ao dia, para aliviar edema em pessoas fracas.
Canles, Leite, Frutos do Mar, Aves Domésticas e Ovos 131

• Misture o pó de carapaça de molusco bivalve com toucinho para apli-


cação externa na região afetada para aliviar queimaduras.
• Misture o pó de carapaça de molusco bivalve fino com uma quantidade
igual de pó de alcaçuz cru, tome 7g de cada vez com água morna, duas
vezes ao dia, para curar úlcera gástrica e ácido gástrico em excesso.
• O consumo regular de carne de molusco bivalve nas refeições ali" ia
linfadenite, escrófula no pescoço e bócio.
• Cozinhe molusco bivalve com cebolinho. Coma nas refeições para ali-
viar tuberculose pulmonar e suor noturno.
• Ferva 30g de pó de carapaça de molusco bivalve fino com 4g de cama-
da externa de amendoins e 6 tâmaras vermelhas para fazer caldo con-
centrado. Beba o caldo uma vez ao dia para aliviar hemorragia nasal,
sangramento da gengiva e púrpura hemorrágica.
• Asse um molusco bivalve de água doce inteiro até que sua parte exter-
na esteja tostada e a parte interna torne-se amarelo-amarronzada com
sua forma original permanecendo intacta; moa até tornar-se um pó
fino e misture com óleo de gergelim para aplicação externa para alivi-
ar eczema nos bebês.
Relatório clínico - Para tratamento de úlceras gástrica e duodenal: frite o
pó de carapaça do molusco bivalve de água doce numa frigideira de bronze
(ou qualquer outra frigideira de cerâmica) até que se torne amarelo-
amarronzado com o cheiro de peixe morto; coe antes de usar. Tome 1 a 2g de
cada vez misturado com água morna, uma vez por hora durante o dia, 12 a 14
vezes ao dia, por 4 a 8 semanas. Entre os 41 casos tratados de 14 a 79 dias, 28
casos mostraram desaparecimento de dor no abdômen superior e 7 casos uma
diminuição; 23 casos mostraram desaparecimento de dor por pressão no ab-
dômen superior (dor que ocorre na pressão pela mão) e6 casos uma diminui-
ção; 21 casos tiveram um acompanhamento de exame de raio X, que indicou
desaparecimento do nicho em 9 casos, desaparecimento de deformidade em
1 caso e uma redução no tamanho do nicho em 6 casos.

O stra e Concha
Ostra para insônia, tensão e nervosidade; concha de ostra para
transpiração excessiva, suor noturno, ejaculação precoce,
sangramento e corrimento vaginal, tuberculose de nódulos
linfáticos, báeio
Descrição - A ostra é neutra, doce e salgada, é usada como um tôni-
co sangüíneo; a concha de ostra é fresca, salgada, obstrutiva, impede a
transpiração excessiva e a ejaculação precoce, amolece a dureza, age no
fígado e rins.
132 Sistema Chinês de Curas Alimentares

Aplicações - Coma 15 a 25 ostras nas refeições para curar tuberculose


de nódulos linfáticos e bócio; ou use molho de ostra como tempero se a
ostra fresca não estiver prontamente disponível.
• Esmague a concha de ostra até tomar-se pó e embrulhe lSg do pó em um
pano. Ferva em 3 xícaras de água sobre fogo baixo até que esta seja redu-
zida a 1 xícara. Beba como chá antes de uma refeição, uma vez ao dia, para
aliviar ácido gástrico excessivo; ou moa a concha até tomar-se um pó bem
fino e tome 3g do pó cada vez com água morna, três vezes ao dia.
Relatório clínico - Para tratamento de suor noturno na tuberculose
pulmonar: ferva 20g de concha de ostra em SOOml de água até que esta seja
reduzida a 200m!. (Açúcar pode ser adicionado, se desejar.) Divida em 2
dosagens e beba pela manhã e ao anoitecer por alguns dias consecutivos.
Após o suor noturno ter cessado, o tratamento continua por outros 2 a 3
dias para estabilizar os efeitos. A terapia herbal pode ser usada em combi-
nação, se nenhum resultado satisfatório for obtido. Nos 10 casos tratados,
após tomar 2 a 3 doses, o suor noturno desapareceu em 7 casos, 3 não
mostraram resultados óbvios, mas 2 recuperaram-se após serem tratados
em combinação com outras ervas. Nenhum efeito colateral foi observado.

Caranguejo
Fra turas e luxações, tine a, erupções cutâneas causadas por
vernzz
Descrição - Frio; salgado; alivia coagulações sangüíneas; refresca sensa-
ções quentes; facilita a recuperação de luxações; afeta o fígado e o estômago.
Aplicações - Esmague um caranguejo fresco para misturar com caldo
quente. Beba freqüentemente e aplique o caranguejo remanescente na re-
gião afetada para restaurar luxações; ou misture cinza de caranguejo quei-
mado com bebida alcoólica para consumo oral para restaurar luxações e
curar fraturas.
• Esmague um caranguejo fresco e aplique-o na região afetada para ali-
viar erupções cutâneas induzidas por verniz e tinea.
• Asse um caranguejo até estar tostado, moa até tomar-se pó e misture
com vinho de arroz. Tome lOg do pó e vinho de cada vez, duas vezes
ao dia, para aliviar icterícia.
o Asse alguns caranguejos até estarem tostados e moa até tomarem-se
pó. Tome lOg do pó com vinho de arroz de cada vez, duas vezes ao
dia, para aliviar dor hipogástrica após O parto.
o Asse um caranguejo macho e 1 caranguejo fêmea, então moa até torna-
rem-se pó; tome o pó com vinho de uma vez para facilitar a cura do
câncer de mama.
Cames, Leite, Frutos do Mar, Aves Doméstica~ (' ~ 133

o Embrulhe um caranguejo fresco num pano limpo, esmague-o para ex-


trair o suco; aplique o suco na região afetada para alívio de erupções
cutãneas induzidas por verniz, ou beba o suco todo de uma vez p ara
interromper ou suprimir a tosse.
Comentários - Um caranguejo macho possui um umbigo longo en-
quanto a fêmea possui um umbigo redondo.
o Normalmente, os caranguejos de água doce são usados na dieta Chinesa.
o A garra do caranguejo é completamente forte em dissolver coagula-
ções sangüineas, e não é recomendada para mulheres grávidas (ela
pode causar aborto).
o O pó da carapaça do caranguejo também pode ser usado para uma
variedade de propósitos terapêuticos. Para fazer o pó, asse a carapaça
do caranguejo e moa até tornar-se pó. Tome lOg do pó com vinho de
arroz de cada vez, duas vezes ao dia, para aliviar dor hipogástrica após
o parto e mastite aguda.

Camarão
Camarão fresco para impotência e camarão seco para escassez de
secreção de leite
Descrição - Morno; doce; é usado para aumentar a energia Yang.
Aplicações - Esmague SOOg de camarões e misture com vinho de arroz
quente. Beba para aumentar a secreção de leite; ou beba com sopa feita de
perna de porco para reforçar os efeitos.
Comentários - O camarão é ruim para homens com emissão seminal
ou ejaculação precoce.

Enguia
Fadiga, corrimento vaginal, eliminação de fezes contendo
sangue e pus, hemorróidas
Descrição - Morna; doce; é usada como um tônico energético; age
contra o reumatismo; fortalece os ossos; afeta o fígado, baço e rins.
Aplicações - Asse uma enguia depois de descartar os órgãos internos;
frite lOg de açúcar mascavo e moa com a enguia para fazer um pó. Tome o
pó com água morna para aliviar diarréia crônica com eliminação de fezes
contendo sangue e pus.
o Coma enguia nas refeições para interromper o sangramen to de he-
morróidas internas.
134 Sistema Chinês de Cllras Alimentares

• Ferva uma enguia numa quantidade adequada de vinho até que


este se evapore; asse a enguia, incluindo a pele e os ossos, e moa até
tornarem-se pó. Tome lOg de cada vez com uma xícara de vinho em
casos severos, ou tome 7g em casos leves, para aliviar dificuldade
de deglutição. Continue bebendo o caldo de arroz e evitando carne
ou distúrbios emocionais e sexo excessivo.

Siba
Siba para anemia, sangramento e corrimento vaginal e
supressão da menstruação; pó de osso de siba para dor de
estômago, ácido gástrico excessivo, vômito de sangue,
eliminação de sangue pelo ânus, sangramento e corrimento
vaginal, dor abdominal, supressão do fluxo menstrual, diarréia,
úlceras e pústulas
Descrição - A siba é neutra, doce, salgada, é usada como um tônico san-
güíneo, aguça a visão, age no fígado e rins; o pó de osso de siba é levemente
momo, salgado, é usado para facilitar a passagem de água, restringe o ácido e
as pústulas de pele, interrompe o sangramento, age no fígado e rins.
Relatórios clínicos - Para tratamento de úlceras gástrica e duodenal
com pó de osso de siba, use pó de osso de siba como um ingrediente prin-
cipal; o pó de osso de siba é efetivo para sangramento e perfuração devido
a úlceras, restrição de ácido e interrupção de sangramento e diminuição
da dor devido a úlceras .
• Para tratamento de asma, misture 500g do pó de osso de siba e lkg de
açúcar para administração oral. Tome 20g de cada vez para adultos ou
uma quantidade reduzida para crianças, três vezes ao dia; em geral, o
tratamento tem efeito em 2 semanas. Entre os 8 casos tratados com
uma história de 3 a 27 anos (todos tratados muitas vezes pela Medici-
na Ocidental sem resultados), 7 casos foram controlados e os ataques
de asma não têm recorrido a despeito de muitas mudanças no tempo e
1 caso mostrou melhoras.

"S ea Grass" (Grama Marinha)


Tuberculose de nódulos linfáticos, bácio, edema, beribéri, dor
nos testículos
Descrição - Fria; amarga e salgada; amolece a dureza, elimina o muco;
promove a passagem de água; reduz sensações quentes.
Carnes, Leite, Frutos do Mar, Av es Domésticas e Ovos 135

Aplicações - Ferva 20g de "sea grass" em fogo baixo em 4 xícaras de


água até que esta seja reduzida a 2 xícaras. Beba 1 xícara de cada vez, duas
vezes ao dia, para aliviar tuberculose de nódulo linfático e bócio, e para
prevenir hipertensão e arteriosclerose.
• Ferva 50g de "sea grass" com 20g de sementes de laranjas fritas e ISg
de sementes de alcaravia fritas em água. Beba o caldo uma vez ao dia
para aliviar testículos inchados.
Experiências - Uma experiência mostra que o extrato de "sea grass"
pode ser usado como um anticoagulante; uma outra experiência em
ratos indica que vários tipos de "sea grass" podem diminuir o coleste-
rol no soro e nos órgãos internos; uma outra experiência em cachorros
e ratos mostra que quando dosagens altas (O,75g/kg) são usadas, a "sea
grass" pode abaixar a pressão sangüínea por um período prolongado
de tempo; mas dosagens menores elevarão temporariamente a pressão
sangüínea.
Comentários - Uma fonte indica que a "sea grass" pode inibir o
apetite e causar perda de peso. Veja "kelp" para efeitos na glândula
tireóide.

"Kelp" (Tipo de Alga Marinha)


Tuberculose de nódulos linfáticos, bácio, soluço, dificuldade de
deglutição, edema, inchação e dor nos testículos, corrimento
vaginal
Descrição - Fria; salgada; amolece a dureza; facilita a passagem de
água; afeta o estômago.
Aplicações - O consumo regular de "kelp" nas refeições alivia O bócio;
ou coma pó de "kelp" com mel.
Experiências - Uma experiência mostra que a "kelp" é efetiva para
hipotireoidismo devido à deficiência de iodo; a "kelp" também inibe tem-
porariamente a taxa do metabolismo basal no hipertireoidismo e melhora
os sintomas para uma curta duração.
• Uma outra experiência indica que a "kelp" reduz a pressão sangüínea,
os ataques de asma e a tosse.
Comentários - A "kelp" é fria e pode refrescar os sintomas quentes; e
é salgada e pode amolecer a dureza.
• O consumo prolongado de "kelp" causará perda de peso. A "kelp"
não é recomendada para mulheres grávidas e pessoas com digestão
fraca.
• Para fazer pó de "kelp", toste-a; seque e moa até tornar-se pó.
136 Sistema Chil1ês de Curas Alimentares

Alga Marinha
Bócio, edema, beribéri
Descrição - Fria; salgada; amolece a dureza; elimina o muco; promove
a passagem de água.
Aplicações - Prepare 40g de alga marinha e lave tirando o sal; ferva-a
em 2 ou 3 copos de água sobre fogo baixo até que esta seja reduzida à
metade. Beba para curar bócio simples .
• Ferva 20g de cada alga marinha e "sea grass" com 5g de sementes de
alcaravia em uma quantidade adequada de água sobre fogo baixo até
que esta seja reduzida à metade. Beba para aliviar testículos inchados .
• Lave a alga marinha e corte aproximadamente 2,5cm de compri-
mento; embeba a alga marinha em água fervendo três vezes, apro-
ximadamente 305 de cada vez; coe e coma a alga marinha com açú-
car nas refeições por 1 mês para al iviar bronquite crônica senil.
9
Alimentos Variados

Sal
Constipação, sangramento da gengiva, garganta irritada,
dor de dente, carbúncu[o, catarata
Descrição - Frio; salgado; desintoxica; afeta o estômago, rins, intesti-
nos delgado e grosso.
Aplicações - Escove os seus dentes com uma fina superfície de sal pela
manhã e ao anoitecer para interromper o sangramento da gengiva.
• Misture sal com vinagre e beba para aliviar dor abdominal abaixo do
umbigo.
• Massageie as regiões circundantes do carbÚ11culo e erupções cutâneas
com sal para aliviar prurido.
• Beba uma xícara de água salgada logo pela manhã de estômago vazio
para aliviar constipação.
• Gargareje com água salgada para prevenir e aliviar garganta irritada.
• Lamba wn pouco de sal com a ponta da língua antes de fumar para
prevenir a formação do hábito ou para desistir de fumar dentro de 1
mês.
• Frite o sal até ficar marrom; misture-o com água morna. Beba a água
salgada para aliviar intoxicação por peixe e por carne e dor abdominal
devido ao ato de comer alimentos errados.
• Misture o sal com 2 copos de água e lave a região afetada para ali-
viar dermatite localizada, prurido, inchação de pele e veneno em
contato com a pele.
• Lamba um pouco de sal e deixe dissolver na boca e engula-o lenta-
mente para aliviar o soluço devido à comida imprópria.
138 Sistema Cllillês de Cllras Alimentares

Comentários - De acordo com uma fonte, o sal pode agir contra os


efeitos tóxicos do a1calóide vegetal (isto explica por que o sal pode ser
usado para aliviar envenenamento por vegetais e ervas) .
• De acordo com o YELLOW EMPEROR'S CLASS1C OF INTERNAL MEDlCINE:"O
sal caminha para o sangue, e uma pessoa que sofre de doença sangüínea
deve evitar comer alimentos salgados em excesso; 05 rins gostam de ali-
mentos salgados." Como o sabor salgado canUnha primeiro para 05 rins,
ao tomar um tônico renal, é costumeiro adicionar um pouco de sal para
reforçar os efeitos; mas o sal é ruim para edema associado com nefrite.

Geléia Real
Subdesenvolvimento, perda de peso, apetite pobre, hepatite,
neurastenia, flebite nodular, desnutrição, artrite reumatóide,
anemia, úlceras gástricas
Descrição - A geléia real, um produto moderno não registrado nos clássi-
cos dietéticos tradicionais Chineses, é hoje amplamente usada para promover
desenvolvimento, retardar o processo de envelhecimento e previnir perda de
cabelo; é produzida de uma secreção das glândulas salivares de abelhas ope-
rárias e fermentada com pólen de mel e outros ingredientes e especialmente
usada como alimento para as abelhas rainhas. Isto explica por que virtual-
mente todas as abelhas rainhas são capazes de viver mais 5 anos, enquanto as
abelhas operárias podem viver apenas 2 a 4 meses. O melhor disso, no auge
da estação corrente, uma abelha rainha sozinha pode colocar 2.500 a 3.000
óvulos que pesam mais que o próprio corpo da abelha rainha.
Comentários - A geléia real está disponível na forma de tablete.

Mel
Tosse seca, constipação, dor de estômago, sinusite, cancro de
boca, queimaduras, neurastenia, hipertensão, tuberculose
pulmonar, doença cardíaca e hepática
Descrição - Neutro; doce; desintoxica; lubrifica a secura; alivia a dor;
afeta os pulmões, baço e intestino grosso.
Aplicações - Vaporize aproximadamente meia xícara de mel. Coma
tudo de uma vez de estômago vazio, três vezes ao dia, por 2 a 3 semanas
no final, para aliviar úlceras gástrica e duodenal .
• Misture meia xícara de mel com água morna e beba uma vez ao dia
para tratar hipertensão, constipação, dor de estômago, neurastenia, doença
cardíaca e esclerose coronária.
Alimentos Variados 139

• Beba uma xícara de água de mel na hora de dormir para curar insônia
devido à neurastenia.
• Externamente aplique mel na região afetada para aliviar queima-
duras .
• Misture 3 colheres grandes de mel em água fervendo. Beba pela ma-
nhã e ao anoitecer para aliviar insônia, dor de cabeça e anemia; ou
coma mel nas refeições com ou tros alimentos.
• Usando uma bola de algodão esterilizada, aplique mel externamente
ao ãnus para curar pele rachada em hemorróidas; ou aplique externa-
mente ao ouvido para aliviar inchação.
• Misture 2 colheres de chá cheias de mel com água morna. Beba logo pela
manhã de estômago vazio para aliviar constipação crônica.
• Misture 1 colher de chá cheia de mel com água morna e beba 3h
após as refeições, três vezes ao dia, por 5 dias consecutivos, para
aliviar rouquidão causada por fadiga excessiva, mas não relaciona-
da ao resfriado comum, com descanso suficiente para produzir melhores
resultados.
Relatório clínico - Para tratamento de úlceras gástrica e duodenal:
entre 20 casos tratados, o nicho desapareceu em 15 casos, mostrou pro-
gresso em 3 casos (32 dias em média), dor completamente desaparecida
em 18 casos e dor diminuída em 2 casos; a dor foi embora rapidamente em
6 dias e dentro de 22 dias em média. O método de tratamento: cada dia,
coma uma terceira xícara de mel fresco antes das refeições, três vezes ao
dia; após o décimo dia, aumente a quantidade de mel para meia xícara a
cada dia.
• Relatórios clinicos sobre o tratamento de outras doenças mostraram
bons resultados: para tratamento de disenteria bacilar aguda, tome 150g
de mel a cada dia para adultos (divida em 4 doses para crianças); para
tratamento de constipação temporária e! ou crônica nos idosos e em
mulheres grávidas, tome mellogo pela manhã; para tratamento de anemia
hipocrômica, tome 80 a 100g de mel a cada dia, dividas em 3 dosa-
gens; os resultados mostram um aumento óbvio nas células sangüí-
neas e hemoglobina.

Vinagre
Icterícia, vômito de sangue, hemorragia nasal, eliminação de
sangue pelo ânus, prurido na região genital, envenenamento
por peixe, carne e vegetais
Descrição - Morno; azedo e amargo; dispersa coagulações; desintoxica;
interrompe o sangramento; afeta o fígado e o estômago.
140 Sistema ChiJ/ês de Curas Alimentares

Aplicações - Esmague um pedaço pequeno de gengibre fresco e mis-


ture-o com 1 ou 2 xícaras de vinagre de arroz; beba para corrigir indiges-
tão causada por consumo excessivo de peixe, saladas e frutas.
• Adicione um pouco de vinagre nas carnes quando estiver cozinhando
para promover digestão e estimular o apetite.
• Cozinhe aipo com vinagre como um tempero para tratar hipertensão
com dor de cabeça.
• a medicina popular Chinesa, quando uma criança sofre de convul-
sões e desmaios, com temperatura corpórea diminuindo rapidamente,
o vinagre é fervido em fogo alto com as portas fechadas, assim o pa-
ciente inspirará o vapor do vinagre para recuperar a consciência. O
mesmo método pode ser usado para despertar mulheres que desmaiam
logo após o parto.
• Beba uma xícara de vinagre quente para aliviar dor causada por ascaríase
biliar e ascaríase intestinal.
• Combine meia tigela de vinagre, 70g de açúcar mascavo e 35g de gen-
gibre fresco fatiado; aqueça até a ebulição duas vezes, e coe. Beba 1
xícara pequena do líquido de cada vez com água morna, três vezes ao
dia, para aliviar prurido e erupções cutâneas de reações alérgicas após
comer peixe e caranguejo.
• Embeba 10 amendoins em uma pequena xícara de vinagre por toda a
noite. Beba o vinagre e coma os amendoins no clia seguinte para tratar
hipertensão; repita por 10 a 15 clias como um programa de tratamento.
Relatórios clínicos - Uma criança estava sofrendo de encefalite epidêmi-
ca e o médico Chinês disse ao pai do paciente que era necessário usar esterili-
zação de ácido láctico; mas o ácido láctico não estava prontamente disponí-
vel. Assim o pai usou vinagre como um substituto e obteve bons resultados.
• Uma vez uma fábrica alimentar Chinesa relatou uma epidemia de gri-
pe. Todos os trabalhadores na fábrica foram acometidos, exceto os tra-
balhadores na divisão do vinagre; nenhum deles ficou doente.
• De acordo com um relatório de uma fábrica de processamento alimen-
tar Chinesa, uma média de 8% dos trabalhadores da fábrica estão doentes
com infecções respiratórias; mas apenas 1% dos trabalhadores na divi-
são do vinagre tem sofrido de infecções respiratórias a cada ano. Além
disso, quando os trabalhadores na divisão de vinagre sofrem de infec-
ções respiratórias, o ataque é mais leve, também.
• Ferva 500g de ossos de porco e 100g de açúcar branco em 4 xícaras de
vinagre por 30min; coe. Os adultos tomam 30 a 40ml e as crianças tomam
10 a 15m! de cada vez após as refeições, três vezes ao dia por 1 mês como
um programa de tratamento. Os pacientes crônicos suportam 2 a 3 pro-
gramas de tratamento (exceto pacientes com febre alta que não devem ser
tratados por este métodol. Entre os 3 casos de hepatite contagiosa aguda e
crõnica tratados, todos recuperaram-se dentro de 40 a 60 dias.
Alimentos Variados 141

• No Hu BEl YEECANG PEOPLE'S HOSPITAL na China, 51 casos de hepatite


do tipo ictérica contagiosa aguda foram tratados com lOml de vinagre
de arroz e 2 tabletes de vitamina BI' Todos os pacientes recuperaram-
se da enfermidade dentro de uma média de 4 dias e seus apetites po-
bres foram significantemente melhorados.
Experiência - Numa experiência conduzida pelo Instituto de Pesquisa
de Doenças Epidemiológicas na Academia Chinesa de Ciência Médica,
200 colônias de bactérias foram cultivadas, consistindo de 5 bactérias mais
freqüentemente causando infecçôes respiratórias, tais como pneumonia,
catarro e gripe. Foi descoberto que todas, exceto algumas colônias de bactérias
isoladas, foram exterminadas dentro de 30min pelo vinagre vaporizado
em 100°C; a mesma experiência também indicou que o vinagre não possui
poder óbvio de exterminação de bactéria quando vaporizado abaixo de
100°C.
Comentários - O vinagre é chamado de vinho amargo na linguagem
Chinesa, e o vinagre e o vinho são considerados os dois amigos de ervas
Chinesas. Por que? O vinagre e o vinho são muito freqüentemente usados
para processar as ervas Chinesas, não apenas para inibir os efeitos colate-
rais delas, mas também para aumentar os seus efeitos.
• Beba entre 30 e 50ml de vinagre ou mais, de acordo com sua idade, para
aliviar a dor causada pela ascaríase biliar. Este tratamento pode ser repe-
tido até que a dor tenha passado. Depois que a dor estiver significativa-
mente reduzida, aplique anti-helmúltico como normalmente. Entre os 15
casos de ascaríase biliar observados, com um total de 300 a 500ml de vina-
gre administrado em cada caso, a dor parou completamente em 12 casos
dentro de 2 dias e dentro de 3 a 4 cl.ias em 3 casos.

Vinho
Reumatismo, espasmos musculares, dor no peito, dor
abdominal fria
Descrição - Morno; doce, amargo e pungente; promove a circulação
sangüínea; expele energia fria; acelera os efeitos das ervas; afeta o coração,
fígado, pulmões e estômago.
Aplicações - Beba um copo de vinho para aliviar diarréia devido ao
frio e com eliminação de corrente de urina clara e longa, que indica um
sintoma frio.
• Misture mel com vinho de arroz e beba para tratar prurido por todo O
corpo nas mulheres.
• Frite 500g de feijões-de-soja pretos até que eles pareçam superfritos e
comecem a rachar. Coloque num pote de cerâmica e despeje 2 a 4 co-
142 Sistema Chinês de Curas Alimelltares

pos de vinho de arroz no pote; deixe esfriar e coe. Beba uma xícara de
cada vez, duas vezes ao dia, para curar entorpecimento e dor nas jun-
tas, dor reumá tica, nevralgia e anemia.
• Beba 1 copo de vinho de arroz quente ou vinho de uva para aliviar dor
causada por lesões externas.
Relatório clínico - Para tratamento de diarréia simples após o parto: aqueça
3 copos de vinho de arroz até a ebulição; adicione 150g de açúcar mascavo e
continue fervendo por 2 a 3min; deixe esfriar e beba tudo, ou divida em 2
partes para beber 3 a 4h à parte. Entre os 14 casos tratados, 10 casos recupera-
ram-se completamente. Um caso recuperou-se naturalmente após interrom-
per o tratamento, 2 casos mostraram melhoras e 1 caso nenhum resultado
significativo. Alguns casos recuperaram-se completamente dentro de 3 dias.
Apenas 1 caso reclamou sobre dor de cabeça leve durante o tratamento. Ne-
nhum efeito colateral foi mostrado em todos os outros casos.
Comentários - Existem basicamente dois tipos de vinho usados na te-
rapia herbal Chinesa - vinho de arroz (também chamado de vinho amare-
lo) e vinho quente (também chamado de vinho branco ou vinho de fogo).
O vinho amarelo contém apenas 10 a 20% de álcool; o vinho branco con-
tém um IÚvel de álcool muito mais alto. O vinho branco é normalmente
usado para manufaturar vinho herbal medicado. O vinho amarelo é ade-
quado para beber com refeições Chinesas.
• O vinho é algumas vezes considerado mais nocivo do que benéfico,
porque muitas pessoas possuem uma tendência a intoxicarem-se quando
o bebem.

Café
Bronquite, enfisema, cor pulmonale, intoxicação
Descrição - Momo; doce e amargo; é usado como um estimulante,
tônico cardíaco e diurético.
Aplicações - Beba café preto forte para aliviar intoxicação.
• Ferva 10g de feijões de café torrados em água. Beba a cada dia para
aliviar bronquite crônica, enfisema e cor pu/mona/e.

Tabaco
Indigestão, inchação abdominal, dor de cabeça, entorpecimento
e dor na artrite
Descrição - Momo; pungente; tóxico; promove a circulação energéti-
ca; alivia a dor; age contra os sintomas frio e úmido.
Alimel1tos Variados 143

Aplicações - Ferva ou extraia suco de tabaco ou fume cigarros para


curar coagulações sangüíneas, dor reumática e para aquecer o corpo e o
útero nas mulheres. (Usar cigarros como uma forma de terapia está longe
do fumo habitual, que é uma forma de vício.)
Experiências - Os fumantes excessivos podem desenvolver faringite
crõnica e outros sintomas respiratórios; os fumantes excessivos (acima d e
20 cigarros por dia) estão 4 a 7 vezes mais suscetíveis ao ataque de bron-
quite do que os não fumantes .
o O fumo também pode estar relacionado ao câncer de pulmão: entre os
pacientes acima dos 45 anos de idade que sofrem de câncer de pul-
mão, existem aproximadamente 50 vezes mais gente fumando mais
que 25 cigarros ao dia quanto não fumantes.
o Os fumantes também estão mais suscetíveis aos distúrbios gastroentéricos
(tais como indigestão, doenças estomacais nervosas, úlceras e consti-
pação).
o Os fumantes excessivos podem desenvolver dor de cabeça e insõnia.
o O ingrediente principal do tabaco é a nicotina, que é muito facilmente
absorvida pelas membranas mucosas. Quando duas gotas são coloca-
das na superfície da lingua dos cachorros, eles morrem dentro de 1 a
2min. A nicotina também pode ser absorvida pela superfície da pele e
causar a morte.
Comentários - A população Chinesa acredita que o câncer de pulmão
pode ser atribuído ao calor excessivo nos pulmões. Isto pode explicar por-
que fumar contribui para o câncer de pulmão, porque o tabaco é conside-
rado capaz de gerar o calor que seca os pulmões. Conseqüentemente, os
pulmões tornam-se alvos do câncer quando estão quentes e secos. Por esta
razão, quando uma pessoa apresenta os sintomas de tosse e võmito de
sangue, fumar poderia ser fatal.
o Muitas pessoas ganham peso depois que desistem de fumar, que pode
ser devido a duas razões possíveis: primeira, muitos médicos atribuem
isso ao ato de comer demais, porque quando uma pessoa desiste de
fumar, necessita de algo mais para compensar o ato de fumar, e comer
é o candidato mais fácil; segwlda, de acordo com a Medicina Chinesa,
fumar pode fazer O corpo secar; muitas pessoas acima do peso pos-
suem uma constituição física úmida, e o fumo pode ajudá-las a perma-
necerem esbeltas; quando elas desistem de fumar, seus corpos come-
çam a reter água e ganhar peso.
o Minha especulação pessoal é de que se uma pessoa possui uma consti-
tuição física úmida (que freqüentemente significa peso acima do nor-
mal), está menos provável de ser prejudicada pelo fumo; por outro
lado, uma pessoa com uma constituição física quente ou seca está mais
provável de ser prejudicada pelo fumo, e é sensato e urgente para tal
pessoa desistir de fumar.
144 Sistema Chinês de Curas Alimentares

Chá
Dor de cabeça, visão embaçada, sonolência, sede, indigestão,
enterite, disenteria bacilar, edema na doença cardíaca,
herpes zóster
Descrição - Amargo; doce; levemente frio; sacia a sede; eleva o estado
de espírito; promove a digestão e a urinação; afeta o coração, pulmões e
estômago.
Aplicações - Moa 10g de folhas de chá e 10g de gengibre seco até tor-
narem-se pó. Tome uma colher de sopa cheia do pó com água morna de
cada vez, duas a três vezes diariamente, para curar gastroenterite aguda .
• Moa as folhas de chá até tornarem-se pó; dissolva o pó em chá forte e
aplique externamente à região afetada duas a três vezeS diariamente
para curar herpes zóster.
Relatórios clí1licos - É relatado que entre 168 casos de disenteria bacilar
tratados tomando 2ml de chá forte três a quatro veZeS diariamente, 40,6%
recuperaram-se dentro de poucos dias a poucas semanas.
o O chá forte também foi usado para tratar 87 casos de enterite aguda e
mais de 90% dos pacientes recuperaram-se dentro de 2 dias; o mesmo
método foi usado para tratar 12 casos de enterite crônica. Dez casos
completamente recuperados dentro de 4 a 21 dias com fezes retornando
ao normal; 2 casos melhoraram para um grau bem significativo. O mé-
todo de tratamento: beba 2 a 5ml de chá bem forte três a quatro vezes
ao dia. (As folhas são fervidas sobre fogo baixo para fazer chá bem
forte, que é diferente do modo normal de fazer chá, ou seja, derramar
água quente sobre as folhas de chá.)

Açúcar Branco
Tosse seca, sede, dor de estômago
Descrição - Neutro; doce; lubrifica os pulmôes; produz líquidos; afeta
o baço.
Aplicações - Ferva 3 colheres de açúcar em 1 copo de vinho de arroz
sobre fogo baixo. Beba para aliviar uma sensação de aperto no abdômen.
o Misture o açúcar com tâmaras vermelhas e mastigue 2 tâmaras após as
refeições como se mastigasse um chiclete para aliviar uma tosse seca.
o Ferva o açúcar em água para fazer xaropes concentrados para tratar dor
de estômago, desconforto abdominal causado pelo ato de comer peixe e
caranguejos e mal hálito causado pelo ato de comer alho e cebola.
Comentários - O açúcar pode ser fervido e produzido em formato de
pedra; isto é chamado de açúcar em pedra (doce em pedra) com uma ener-
Alimentos Va riados 145

gia neutra e sabor doce. O açúcar em pedra é considerado como a melhor


qualidade de açúcar e é freqüentemente usado na combinação com outros
alimentos nos remédios Chineses.

Açúcar Mascavo
Dor abdominal, disenteria, loquiostase
Descrição - Morno; doce; é usado como um tônico energético; promo-
ve a circulação sangüinea; age contra ou elimina coagulações sangüíneas;
afeta o fígado, baço e estômago.
Aplicações - Misture o açúcar mascavo com vinho de arroz. Beba para
aliviar loquíostasee desmaios após o parto devido à perda de sangueexcessiva.
• Ferva o açúcar mascavo com 2 ameixas e beba como chá para aliviar
disenteria.
Comentários - Ambos o açúcar branco (granulado) e o mascavo são
obtidos do suco da cana-de-açúcar.

Cana-de-açúcar
Vômito, tosse seca, constipação, alcoolismo
Descrição - Fria; doce; lubrifica a secura; promove a urinação; produz
líquidos; empurra para baixo; afeta os pulmões e o estômago.
Aplicações - Beba caldo de cana-de-açúcar para aliviar febre, dificul-
dade de urinação e sede.
• Misture meio copo de caldo de cana-de-açúcar com 3 colheres de chá
cheias de suco de gengibre fresco. Beba para aliviar o vômito.
• Beba 1 copo de caldo de cana-de-açúcar fresco, três vezes ao dia, para
curar edema leve durante a gravidez.

Fruto do Lúpulo
Indigestão, inchação abdominal, edema, cistite, tuberculose
pulmonar, insônia
Descrição - Levemente fresco; amargo; é usado como um tôrúco esto-
macal, digestivo e diurético.
Aplicações - Ferva 15g de fruto do lúpulo em 2 copos de água sobre
fogo baixo até que esta seja reduzida à metade. Beba uma vez ao dia para
aliviar o estágio irúcial de tuberculose pulmonar e febre baixa à tarde.
146 Sistema Chinês de Curas A limentares

• Use 4g de fruto do lúpulo para fazer chá todos os dias para aliviar
neurastenia, insônia e apetite diminuido.
Relatório clínico - No tratamento de lepra, tuberculose pulmonar, silicose,
silicotuberculose, tuberculose de nódulos liIúáticos e disenteria bacilar
aguda, todas indicaram resultados positivos.
Comentários - Um rela tório revela que as mulheres Chinesas ao apa-
nharem fruto do lúpulo no campo normalmente começam a apresentar
fluxo menstrual no segundo ou terceiro dia após começarem a colher o
fruto, mas não apresentaram a dor menstrual. As ações do fruto do lúpulo
e aquelas de um hormônio sexual feminino são similares.
10
Prevenindo e Curando
Doenças

CONDIÇÕES INTERNAS
Hoje na China, as doenças são tratadas ou pela Medicina Ocidental ou
pela Medicina Tradicional Chinesa ou ambas, dependendo da natureza
das doenças e da escolha do paciente. Quando visitei a China em 1983,
nosso motorista de ônibus me contou os seus planos de ver um médico no
dia seguinte, e perguntei-lhe que médico ele gostaria de ver, um médico
de Medicina Ocidental ou um médico de Medicina Chinesa. Ele tinha marcado
urna consulta com o último, disse. Perguntei-lhe corno ele fez essa escolha.
Normalmente, ele respondeu, um paciente Chinês confia na recomenda-
ção de um amigo ou conhecido, por causa disso, alguém que tinha sofrido
de urna doença similar e se curou.

Resfriado Comum
• Cozinhe o macarrão de acordo com o gosto do paciente, e adicione 25g
de cabeças brancas de cebolas frescas e 25g de gengibre fresco; misture
cuidadosamente. O paciente pode começar a transpirar posteriormen-
te e deve permanecer na cama após comer isso.
• Descasque e esmague 15g de alho; adicione 15ml de vinagre de arroz.
Use esta mistura da mesma forma corno a dos macarrões (acima).
• Fatie 30g de gengibre fresco ou envelhecido e ferva em 300ml de água
até que esta seja reduzida a 100ml; adicione um pouco de açúcar mascavo
e ferva novamente até que o açúcar dissolva. Beba tudo e permaneça
na cama para transpirar.
148 Sistema ClJinês de Curas Alimentares

• Ferva 30g de "hyacinth beans" em água até que eles se rompam; adi-
cione 30g de açúcar e ferva novamente até que o açúcar dissolva. De-
pois de comer, permaneça na cama para transpirar.
• Ferva lOg de hortelã-pimenta e 10g de cabeças brancas de cebolas ver-
des em água para fazer chá para aliviar dor de cabeça devido ao res-
friado comum.
• Outros alimentos considerados benéficos para o resfriado comum são
a casca de laranja, hortelã-pimenta, bulbo de cebola verde e rabanete.
• Esmague lOOg de gengibre fresco e extraia o suco; misture-o com vi-
nho de arroz e aqueça numa panela pequena. Beba a bebida para indu-
zir a transpiração.
• Frite alguns dentes de alho e moa até tornarem-se pó; misture 2 colhe-
res de chá cheias de pó de alho com um pouco de açúcar e coma para
aliviar a tosse devido ao resfriado comum.
• Quebre um ovo num copo de vinho de arroz e misture com uma co-
lher; aqueça sobre fogo baixo até que o ovo esteja quase cozido; ac1icio-
ne um pouco de açúcar. Beba como uma sopa para aliviar a dor de
cabeça e estremecimento devido ao resfriado comum.
• Como qualquer outra doença, o tratamento do resfriado comum varia
com sintomas diferentes. No estágio inicial, o paciente pode tremer com
frio mas sem febre, que deve ser aliviada pelos alimentos com uma ener-
gia morna ou quente e sabor pungente (alimentos com uma energia mor-
na ou quente aliviarão o estremecimento e alimentos com um sabor pun-
gente induzirão a transpiração). Quando o paciente com um resfriado
comum começa a desenvolver febre, os alimentos consumidos devem possuir
uma energia fria ou fresca para reduzir a febre (a doença mudou de uma
doença fria para uma quente); portanto, para reduzir a febre o paciente
deve comer alimentos com uma energia fria ou fresca no lugar de alimen-
tos com uma energia morna ou quente. Mas os alimentos com um sabor
pungente devem ainda ser usados para induzir a transpiração. Por outro
lado, o resfriado comum com garganta irritada ou qualquer outra infla-
mação deve ser tratado como um sintoma quente.

Gripe
• Ferva lOg de feijões-de-soja amarelos em água por 15min; ac1icione
30g de salsa e ferva novamente por 15min. Beba o caldo e permaneça
na cama para transpirar.
• Fatie 250g de rabanete fresco e embeba em uma quantidade adequada
de vinagre por algumas horas. Coma como salada.
• Coloque algumas cabeças brancas de cebolas verdes fatiadas ou alho numa
máscara respiratória; inale para prevenção e recuperação de gripe.
Prevenindo e Curando Doenças 149

• Rale 150g de rabanete fresco e misture com mel num jarro. Sele o jarro por
1 semana. Coma wna xícara pequena de cada vez, três vezes ao dia.

Diabetes
• o açúcar na urina como um dos mais importantes sintomas do diabe-
tes foi incluído no clássico médico Chinês, UMA COLEÇÃO DE DOENÇAS,
por W ANG SHOU, publicado em 752. Pela primeira vez na história mé-
dica Chinesa, o diabetes foi listado entre as 1.100 doenças no livro. O
autor recomendou pâncreas de porco como tratamento para esta doença,
e também tinha usado wn método especial para testar o açúcar na uri-
na: o paciente urinou completamente, achate o tijolo para ver se formi-
gas reúnem-se para coletar o açúcar. Este método de testar a urina per-
maneceu por mais de dez séculos à frente de RrCHARD THOMAS
WlLLIAMSON (1862-1937), que inventou um teste para o mesmo pro-
pósito. O tratamento do autor Chinês usando pâncreas de porco foi
similar ao tratamento moderno pela insulina, wn hormônio secreta do
pelas células ~ das ilhotas de Langerhans do pâncreas.
Na Medicina Chinesa, entretanto, sede, perda de peso, fadiga e açúcar
na urina são considerados os sintomas principais do diabetes. Quando
um paciente se recupera de qualquer um desses sintomas, o tratamen-
to de diabetes é considerado bem-sucedido.
• Vinte e cinco pacientes diabéticos foram tratados no "Canton College
of Traditional Chinese Medicine" por fatias de melão amargo seco,
cada dosagem por dia consistia em 250g de fatias de melão amargo
seco fervido em água. Os níveis do seu açúcar no sangue medidos 2,5h
após as refeiçôes e do seu açúcar na urina medidos 24h após as refei-
ções foram ambos estatisticamente muito significativos; o mesmo mé-
todo tem sido subseqüentemente aplicado na dieta dos ratos, que tam-
bém resultou nwna diminuição significativa no nível do açúcar no sangue;
o mesmo relatório concluiu que os efeitos do melão amargo seco são
comparáveis àqueles da insulina. É também sugerido que quando lOOg
de moluscos bivalves frescos são fervidos em água com as fatias de
melão amargo seco, os resultados devem ser melhores.
• Uma clinica na Província de Jiangxi na China relatou o tratamento de
wn paciente diabético com bons resultados, no qual o total de 100g de
milho fresco são fervidos de cada vez como wna dosagem. O paciente
sofria de diabetes há mais de 2 anos com açúcar na urina, inchaço no
corpo, urinação freqüente e foi tratado pela Medicina Ocidental com
nenhwn resultado. Sob o tratamento por mi1l10, o paciente tinha se
recuperado após tomar apenas 4 dosagens. Subseqüentemente, um outro
médico Chinês, ao ler este relatório de um jornal médico, usou o mes-
150 Sistema Cl!ines de Curas A li mentares

mo remédio para tratar um paciente diabético de 63 anos de idade e


descobriu ser igualmente efetivo - o paciente mostrou uma diminui-
ção mwto significativa no nível de açúcar no sangue após ser submeti-
do a menos de 10 tratamentos. Uma outra clínica na mesma província
desenvolveu uma cura alimentar para diabetes que consiste de 60% de
farelo de trigo e 40% de pó de trigo, misturados com ovos de galinha
para fazer um remédio de bolo (sem açúcar). No começo, os pacientes
foram tratados com 500g deste remédio de bolo a cada dia, com a pro-
porção de farelo de trigo gradualmente diminuída conforme os sinto-
mas melhoravam. Entre os 15 casos tratados por este método, O nível
de açúcar no sangue foi testado em 10 casos, entre eles, o açúcar no
sangue reduziu para menos que 140mg/100ml de sangue em 3 casos e
reduziu para menos que 180mg/ 100ml de sangue em 7 casos. Todos
os 13 casos mostraram uma melhora geral em todos os outros sintomas.
• No Simpósio Internacional sobre os Efeitos do Ginsém presidido na
União Soviética em 1954, um relatório indicou que o ginsém é capaz
de abaixar os níveis de açúcar no sangue; e um médico Chinês tam-
bém salientou que de acordo com suas experiências, o ginsém é capaz
de reduzir os níveis de açúcar no sangue por até 40 a 50mg/lOOml de
sangue; tais efeitos podem continuar por mais de 2 semanas depois do
paciente parar de tomar ginsém. Além do mais, em alguns casos, o
consumo de insulina pode ser reduzido enquanto o paciente está to-
mando ginsém.
• Pique 50g de folhas de batatas frescas e 100g de cera da cabaça; vapo-
rize-as sobre água como uma dosagem para consumo diário.
• Embeba 100g de cebola fresca em água fervendo por 1min; tempere-a
com um pouco de sal. Coma duas vezes ao dia.
• Beba 1 xícara de leite de égua como uma dosagem diária. Beba o leite
duas vezes ao dia. O leite de égua possw uma energia fresca e um sabor
doce; pode lubrificar a secura, reduzir o calor e saciar a sede; é usado para
fadiga e diabetes. Um clássico de dieta Chinesa diz:"O leite de égua pos-
swa mesma função que o leite de vaca, mas não é tão gorduroso; é efetivo
para redução de calor na vesícula biliar e no estômago, considerado bené-
fico para garganta irritada, bom para a cabeça e os olhos e também é efe-
tivo para o alivio do diabetes".
• De acordo com os remédios herbais Chineses, o pâncreas de porco possw
uma energia neutra e um sabor doce; é usado para tratar traqueíte crô-
nica, tosse, escassez de secreção de leite e enfisema. Ferva um pâncre-
as de porco, de boi ou de cordeiro em água com 200g de inhame; tem-
pere com um pouco de sal. Divida em 4 partes. Coma cada parte uma
vez ao dia por 4 dias. Ou corte um pâncreas de porco e asse até secar
sobre fogo baixo; moa até tomar-se pó. Tome 3 a 5g em água moma de
cada vez, três vezes ao dia. Ou lave o pâncreas de porco, remova e
PrevenÍlldo e Curando Doenças 151

descarte toda a gordura branca, e corte em pedaços finos; ferva sobre


fogo baixo em água com 20g de barbas de milho; tempere com um
pouco de sal. Coma diariamente. O uso do pâncreas de porco como
um ingrediente na fórmula dietética para tratar diabetes na China foi
originalmente publicada em 1846 no clássico da dieta Chinesa, NOVA
COLETÂNEA DE RECEITAS DIETÉTICAS APROVADAS.
o Misture 50g de pó de inhame com 10g de pó de ginsém (prontamente
disponível nas lojas). Tome três vezes ao dia, 15g de cada vez, dissolvi-
do em água morna.
o Ferva 30g de casca de melancia fresca em 2 copos de água. Beba 1 copo
de cada vez, duas vezes ao dia.
o Embeba 100g de "mung beans" a noite inteira; ferva em 3 copos de
água sobre fogo baixo até que os feijões se rompam. Tome como sopa
em um dia.
o Ferva 250 a 300g de rabanete fresco em água com 20 a 25g de haliote.
Tome como sopa em dias alternados. Repita 6 a 7 vezes como um pro-
grama de tratamento (esta é uma receita tradicional na medicina po-
pular Chinesa para diabetes).
o Ferva 150g de cebolinho (ou brotos de cebolinho) com 200g de moluscos
bivalves e tempero adequado. Coma em um dia. Este remédio tam-
bém é bom para transpiração excessiva e tuberculose pulmonar.

Hipertensão
o Na "Ping-Yang Seaweed Culture Unit" na Província de Zhejiang, Chi-
na, 110 casos de hipertensão foram tratados pelo pó de raiz de alga
marinha; em 19 casos (17,3%), a pressão sangüínea diastólica foi redu-
zida por mais de 20mmHg, e em 65 casos (59,1 %), a pressão sangüínea
diastólica foi reduzida por 10 a 19mmHg ou para menos de 90mmHg,
e a pressão sangüínea sistólica foi reduzida por mais de 20mmHg. O
relatório concluiu que a taxa efetiva total de 76,4% foi alcançada e que
as raízes de alga marinha são materiais excedentes, prontamente dis-
poníveis sem nenhum efeito colateral, conseqüentemente tornando a
terapia tanto efetiva como econõmica.
o Num relatório clínico, 30 a 40g de plantas de amendoins secos foram
fervidas para fazer chá como uma dosagem diária por 2 semanas; os
pacientes foram instruídos a beber o chá de plantas de amendoins de
forma regular após a pressão sangüínea ter retornado ao normal. Vin-
te casos de hipertensão foram tratados por este método; a maioria mostrou
melhoras dentro de 3 dias com uma diminuição signíficativa na pres-
são sangüínea (o valor médio - a pressão sistólica foi reduzida para
29mmHg e a pressão diastólica para 30rnmHg).
152 Sistema CTlillês de Cllras Alimentares

o Um paciente hipertenso em Tianjin, China, escreveu para um editor


para dizer que sofria de hipertensão com tontura e constipação há muitos
anos, mas era incapaz de descobrir uma cura; subseqüentemente, co-
meçou a comer 5 bananas todos os dias, o que eventualmente curou
sua doença.
o Um médico Chinês relatou uma paciente de 49 anos de idade que so-
fria de hipertensão com constipação ocasional, dor de cabeça e tontu-
ra; ela tomou mel por 2 meses, que reduziu a sua pressão sangüinea ao
normal e também curou sua constipação.
o Existem basicamente três modos de enfrentar a hipertensão de acordo
com o sistema dietético Chinês. Primeiro, coma mais alimentos que pos-
sam amolecer os vasos sangüíneos, tais como "kelp", "sea grass", brotos
de "mung bean", frutas e outros, para prevenir arteriosclerose. Segundo,
use óleos vegetais, tais como óleo de gergelim, de amendoim e de milho,
no lugar de óleos e gorduras animais para reduzir o nível de colesterol; e
evite alimentos com LUn nível de colesterol alto, tais como gema de ovo,
fígado e rins. Terceiro, coma mais alimentos que possam reduzir a pres-
são sangüínea, tais como aipo, "hawthom fruit", banana e caqui.
o Lave 500g de aipo fresco e extraia o suco; misture o suco com SOml de mel
e aqueça-o numa pequena panela. Divida e beba duas vezes ao dia.
o Embeba os "mung beans" em água durante toda a noite; no dia se-
guinte, ferva com uma quantidade igual de alga marinha e um pouco
de arroz (para consumo a longo prazo).
o Coma 1 a 2 tomates frescos de estômago vazio, logo pela manhã por 15
dias. Repita de vez em quando como um programa de tratamento. Isto
também é bom para constipação.
o Cozinhe tomates com aipo como sopa; tempere com um pouco de sal.
o Pique 750g de castanhas d'água e 750g de rabanetes; extraia o suco;
misture com algumas colheradas de mel. Beba o suco duas vezes ao
dia, metade da porção de cada vez.
o Frite 20g de "kelp" com 20g de feijões-de-soja pretos; ferva a "kelp" e
os feijôes-de-soja em 3 xícaras de água até que esta seja reduzida à
metade. Tome como sopa.
o Coma regularmente alga marinha, "mung beans", "hawthom fruit",
moluscos bivalves e brotos de "mung beans".

Doença Renal
o Lave e descasque 300g de gengibre velho; esmague-o para extrair o
suco; embeba 50g de tâmaras vermelhas em água por meia hora até
ficarem macias; esmague-as depois de descascá-las e remova as se-
mentes. Combine o suco de gengibre e esmague as tâmaras num reci-
Prevenindo e C1mmdo Doenças 153

piente; adicione lOOg de açúcar mascavo e vaporize até que se tomem


como um pudim. Coma três vezes ao dia por 5 dias.
o Os Chineses em aldeias pequenas possuem o hábito de comer "açúcar
de melancia" como um alimento para tratar doença renal. Fatie a me-
lancia (apenas a parte vermelha) em pedaços finos e cozinhe sobre fogo
baixo; então adicione um pouco de açúcar e coe; depois de 4 ou 5 dias,
o suco engrossará como mel, que é chamado de açúcar de melancia.
Tome 1 colherada de cada vez, duas vezes ao dia.

Nefrite
o Usando uma faca afiada, faça um buracotriangularnumamelancia de 1,5kg
para remover um pouco de polpa; coloque 70g de dentes de alho descasca-
dos dentro da melancia; cubra o buraco com um pedaço cortado da casca;
vaporize a melancia com o alho; e coma tudo enquanto estiver quente.
o Ferva 30g de casca de melancia seca em água. Beba como chá. Ou ferva
2 espigas de milho em água e beba como chá.
o Coma 1 ou 2 pepinos frescos; ou esmague os pepinos para extrair o
suco. Beba como chá; ou ferva os pepinos secos em água como sopa.
o Prepare uma carpa grande removendo os órgãos internos; não raspe as
escamas; use um pano para secar O peixe. Ferva a carpa em água com 1
xícara de feijões vermelhos pequenos sem sal. Beba o caldo, que também
é bom para edema devido à nefrite durante a gravidez nas mulheres.
o Para dificuldade ao urinar, coma mais alimentos que possam promo-
ver a urinação, tais como raízes de berinjela, pepino, sementes e casca
de melão ceroso, espiga de milho, casca de melancia, feijões vermelhos
pequenos, "sea grass", flor-de-lis, rabanete, feijões-de-soja pretos.
o Evite alho fresco, cebola verde, cebolinho, pimenta-malagueta, nicoti-
na, álcool.

Bronquite
o Esmague 500g de rabanete sem casca ou pêra e embeba em 2 colheres
de chá cheias de mel por algumas horas antes de comer.
o Em caso de rouquidão devido à bronquite, ferva um pouco de alcaçuz
em água sobre fogo baixo. Tome como sopa.
o Limpe uma galinha e descasque uma toranja; recheie a toranja na cavi-
dade da galinha, coloque numa panela e adicione um pouco de água;
vaporize a galinha com a toranja dentro. Coma a galinha e beba o cal-
do. Repita este remédio três vezes, em semanas alternadas.
o Os pacientes idosos que sofrem de bronquíte crônica devem ficar mais
energéticos comendo peixe, frutos do mar e inhame.
154 Sistema Chinês de Curas Alimentares

Asma Brônquica
• Lave e ferva uma abóbora-moranga com 2 colheres de chá cheias de
mel em água até que a abóbora-moranga torne-se extremamente ma-
cia; use um caldo condensado de abóbora-moranga para misturar com
10g de suco de gengibre fresco. Ferva a nova mistura por alguns minu-
tos. Beba 1 xícara de cada vez com água morna, três vezes ao dia.
• Ferva junto 200g de coalhada de feijão, 60g de maltose ou mel e 30g de
rabanete fresco. Coma em 1 dia para aliviar os sintomas.
• Ferva 2g de semente de erva-doce ou semente de anis, 10g de semente
de damasco, 5g de casca de laranja seca e 8g de alga marinha em 3
xícaras de água até que esta seja reduzida a 1 xícara. Beba 1 xícara
como chá de cada vez, três vezes ao dia.

Tuberculose de Nódulos Linfáticos


• Ferva junto 50g de lechia seca, 15g de alga marinha, 15g de "kelp" e 1
colher de chá cheia de vinho em água. Coma a mistura em 1 dia.
• Ferva um pouco de macarrão em água até que fique meio cozido; adi-
cione 50g de carnes de ostras frescas e 15g de alho fresco, esmagado;
ferva novamente por alguns minutos e tempere com um pouco de sal.
Coma todo o cozido em 1 dia.
• Descasque90g de dentes de alho; ferva-os em água com 2 ovos de pata
sem casca; quando os ovos estiverem bem cozidos, descasque-os e co-
zinhe novamente por um tempo. Beba o caldo e coma os ovos e o alho.
(Ovos de pata devem ser usados no lugar de ovos de galinha, porque
podem tonificar a energia Yin e refrescar os pulmões.)
• Ferva 120g de "kelp" fresca ou 60g de "kelp" seca com uma quantidade
adequada de vinagre de arroz. Tome como sopa. Isto não é recomendado
para pessoas com úlceras gástrica e duodenal ou ácido estomacal excessivo.

Caxumba
• Ferva 50g de flor-de-lis fresca ou 20g de flor-de-lis seca; adicione um
pouco de sal. Beba como um caldo.
• Esmague lOg de dentes de alho descascados em 10ml de vinagre de
arroz para aplicação externa na região afetada; ou embeba 50g de fei-
jões vermelhos pequenos em água por 30min e esmague-os para apli-
cação externa na região afetada; ou embeba 50g de feijões vermelhos
pequenos durante toda a noite; ferva até que fiquem tenros no dia se-
guinte. Tome como sopa em 1 dia.
Prevenindo e CIfrando Doenças 155

Hepatite Contagiosa
• Ferva junto 4 xícaras de vinagre de arroz, 500g de ponta de costela de
porco, 125g de açúcar mascavo e 125g de açúcar branco por 30min ou
menos sem adicionar água. Coe e beba de cada vez como segue: 10 a 15ml
para crianças de 5 a 10 anos de idade; 20 a 30ml para 11 a 15 anos de idade;
30 a 40ml para adultos; três vezes ao dia após as refeições por 1 mês como
um programa de tratamento; e 2 a 3 programas de tratamento para pa-
cientes crônicos.
• Lave 100 a 150g de aipo fresco e extraia o suco; vaporize o suco com
mel. Coma quente uma vez ao dia.

Gastroenterite
• Asse 100g de folhas de chá e 50g de gengibre fresco; quando secar,
moa até tornarem-se pó. Tome 3g do pó de cada vez, três vezes ao dia,
com água morna. Este é um remédio bom para gastroenterite aguda.
• Ferva 50g de "hyacinth beans" em água como uma dosagem diária; divi-
da e coma duas vezes ao dia. Ou asse os "hyacinth beans" até secar e moa
até tornarem-se pó. Tome 15g do pó em água morna de cada vez, duas
vezes ao dia. Um outro remédio bom para gastroenterite aguda.
• Vinho feito de uvas é considerado bom para gastroenterite crônica.
• Misture grandes pitadas de noz-moscada moída, canela moída e uma
pitada pequena de cravo-da-índia moído; divididos em três porções
iguais. Tome 1 porção em água morna de cada vez, três vezes ao dia:
bom para gastroenterite crônica e estômago frio .

,
Ulceras Gástrica e Duodenal
• Um médico Japonês bem conhecido relatou que um professor alemão
na Universidade de Berlim usava pó de alcaçuz para tratar pacientes
com úlceras gástricas com resultados notáveis. De acordo com este re-
latório num jornal médico Alemão, 38 pacientes foram tratados com
20 a 25g de alcaçuz todos os dias por 6 semanas; as úlceras gástricas
passaram completamente em 32 casos, verificadas pelo exame de raio X;
sensações subjetivas de desconforto estomacal foram eliminadas em 3
casos. Os 3 casos restantes não mostraram efeitos, mas quando subse-
qüentemente tratados por cirurgia foi descoberto que possuiam cân-
ceres de estômago.
• Durante o tratamento, o consumo de sal deve ser controlado e os pa-
cientes devem receber dietas altamente protéicas e vitamínicas. O pro-
156 Sistema Chinês de Curas Alimentares

fessor destacou que se um paciente com úlcera gástrica não responder


ao tratamento com pó de alcaçuz, a possibilidade do câncer de estô-
mago pode ser indicada. Subseqüentemente, um professor e dois as-
sistentes da Universidade de Kyushu no Japão também relataram seus
tratamentos com pó de alcaçuz para 6 pacientes Japoneses com úlcera
gástrica; os resultados indicaram que a dor abdominal e a azia acaba-
ram completamente dentro de 1 semana, os sucos gástricos retomaram
ao normal e as fezes estavam livres de sangue dentro de 2 semanas. Os
exames de raio X depois de 1 mês verificaram que os pacientes esta-
vam completamente curados.
Esta cura drástica de úlceras gástricas, que eles salientaram, nunca ti-
nha ocorrido no passado, exceto por cirurgia.
o Embeba 50g de amendoins frescos em água por 30min, drene e esma-
gue-os; aqueça 200ml de leite fresco até a ebulição e adicione os amen-
doins; aqueça novamente até a ebulição; remova do fogo para esfriar;
adicione 30ml de mel. Coma uma vez ao dia, Ih antes de dormir.
o Pique e esmague 50g de batatas frescas sem casca; extraia o suco e
adicione uma quantidade adequada de mel ao suco. Beba o suco de
estômago vazio logo pela manhã por 20 dias. O sabor azedo das bata-
tas será neutralizado pelo mel.
o Evite alimentos irritantes (bebida alcoólica, café, pimenta-malagueta e
pimenta-do-reino, gengibre), alimentos com uma energia fria (caran-
guejo, molusco bivalve, alga marinha, "mung beans", cera da cabaça)
e alimentos com um sabor azedo (vinagre, limão, ameixa, "hawthorn
fruits" ).
o Ferva 3 coalhadas de feijão com 60g de açúcar mascavo num copo de
água por 10rnin. Beba como uma sopa. Este remédio é recomendado
para sangramento, vômito de sangue ou eliminação de fezes pretas
causadas por úlceras gástrica e duodenal.
o Ferva 50g de lágrimas-de-jó e lOg de alcaçuz em 2 xícaras de água.
Beba como sopa.
o Ferva raízes de lótus frescas em água sobre fogo baixo para fazer um
suco concentrado. Beba 1 xícara ao dia por 2 semanas como um pro-
grama de tratamento.

Gastroxia (Hipercloridria)
o Tome 5g de pó de osso de haliote com água morna de cada vez, meia
hora antes das refeições, três vezes ao dia. Evite ficar muito faminto,
muito cheio ou muito cansado. Para fazer pó de osso de haliote, lave
os ossos e asse até secarem; raspe a camada mais externa e moe até
tomar-se pó. Guarde o pó num jarro.
Prevetl;"do e Curando Doellças 157

• Coma um pouco de gengibre fresco ou frutas doces ou chá forte ou algu-


mas fatias de alho 2 ou 3h após as refeições para aliviar dor ou azia.
• Toste conchas de ostras e moa-as até tornarem-se pó. Torne 2g do pó
em água morna de cada vez, três vezes ao dia.

Dor de Estômago
• Um médico Chinês relatou que tratou 34 casos de doenças frias com
resultados notáveis; estes incluem dor de estômago fria, vômito de
ácido, inchação abdominal, ruído intestinal, diarréia, dor peitoral,
tosse e dor abdominal durante a menstruação nas mulheres. As doenças
anteriores são classificadas como doenças frias, porque todos os pacientes
mostraram três sintomas frios básicos: aversão pelo frio por fazer
os seus sintomas piorarem, ausência de febre e nenhuma sensação
de sede. O remédio consiste de 10 a 15g de alcaçuz e gengibre seco
misturados juntos corno urna dosagem para 1 dia.
• Um médico Chinês relatou seu tratamento bem-sucedido de 20 casos
de dores de estômago frias. Para fazer este remédio: combine 10 grãos
de pimenta-do-reino crus, 3 tãmaras vermelhas descaroçadas, 5 se-
mentes de damasco (doce ou amargo) e mergulhe em água morna por
2 dias (troque a água 5 vezes durante esse período); drene e esmague
os três ingredientes, misture-os com uma pequena quantidade de água
morna para fazer um caldo grosso. Beba o caldo com água para uma
dosagem (reduza para as crianças).
Um paciente com 75 anos de idade tratado neste programa que tinha
uma história de dor de estômago de 10 anos veio à clínica porque sua
dor de estômago crônica foi provocada por uma refeição fria no anoi-
tecer do dia anterior. Sua dor de estômago sumiu apenas 30min de-
pois de beber o caldo. O médico Chinês visitou-o 1 mês depois e en-
controu o paciente em bom estado de saúde.
• Aqueça 3;' de xícara de leite fresco com 1 colher de chá cheia de suco de
gengibre fresco e um pouco de açúcar; beba tudo. Isto também é bom
para vômito, arroto e dificuldade de deglutição.
• Dissolva 4g de canela moída em uma xícara de água morna; cubra-a
por 15min. Beba como chá.

Dor Abdominal
• Ferva alguns dentes de alho em água com açúcar demerara sobre
fogo baixo. Beba uma xícara de cada vez, três vezes ao dia, após as
refeições.
158 Sistema Chinês de Cura s Alime/1tares

• Mastigue lentamente algumas ameixas azedas secas como se masti-


gasse um chiclete.
• Consuma uma grande quantidade de cebolinhas cozidos.

Disenferia Bacilar
• Numa clínica Chinesa, 24 pacientes de disenteria bacilar foram cu-
rados por plantas de tomate. Para fazer o remédio: lave os caules
do tomate, ramos e folhas de 2 a 3 plantas de tomate (aproximada-
mente 1kg); ferva-os em água por 3h e faça suco extraindo através
de um pano limpo. Beba 1 a 2 xícaras de cada vez, 6 a 10 vezes ao
dia.
• Dois hospitais Chineses na Província de Sandong relataram que de
91 pacientes, 34 com disenteria bacilar e 57 com enterite, foram tra-
tados por um simples remédio com resultados notáveis. O remé-
dio: "hawthom fruits" tostadas e flores de "hyacinth beans"; os pacientes,
divididos em três grupos, foram tratados separadamente por três
remédios - "hawthorn fruits" tostadas, flores de "hyacinth beans"
e uma combinação dos dois ingredientes; 24 casos de disenteria bacilar
(83,33%) foram curados por apenas "hawthorn fruits" tostadas, 35
casos de enterite aguda (71,43%) por apenas flores de "hyacinth bean".
Destaca-se também "hawthom fruits" cruas e tostadas que não possuem
diferenças significativas nos resultados de tratamento, o que signi-
fica que um ou outro pode ser usado para o tratamento.
• Corte rabanetes frescos descascados; adicione um pouco de vinagre
de arroz e açúcar. Coma duas vezes ao dia.
• Coma batatas vaporizadas com mel, três vezes ao dia.
• Coloque 100g de foll1as de má verdes em 700ml de água; aqueça até a
ebulição e cozinhe por 20min ou até que esteja reduzida a 75m! de
água; remova do calor para esfriar; adicione 25m! de vinho branco.
Beba 2m! de cada vez, três vezes ao dia.

Disenferia Amebiana Crônica


• Mastigue 1 dente de aTho de cada vez, três vezes ao dia por 7 dias,
junto com outros alimentos.
• Ferva 50g de casca de goiaba fresca em água como uma dosagem diária.
• Os dois remédios anteriores não são adequados para disenteria ame-
biana aguda.
Prevenindo e Ctlrando Doenças 159

Nematódeo no Trato Biliar


• Uma paciente de 27 anos de idade com ascarÍase biliar foi curada por
uma fórmula de três ingredientes: 15g de alcaçuz, 12g de mel e lOg de
arroz moído não glutinoso. Para fazer o remédio, ferva o alcaçuz em
água; então despeje o suco de alcaçuz quente na mistura de mel e pó
de arroz. Beba quente.
Quando a paciente com 10 nematódeos foi admitida à clínica, estava
com dor severa no abdômen superior direito e vômito freqüente. Ela foi
tratada por ambas Medicinas Chlnesa e Ocidental por 3 dias sem resul-
tados, mas com dor severa (os médicos absteram-se de usar analgésicos
fortes devido a sua gravidez). Ao tomar este reméclio, a dor da paciente
desapareceu dentro de 1 dia e recuperou-se completamente dentro de 6
dias quando algumas ervas Chlnesas comparáveis à piperazina também
foram administradas; ela deu à luz a um menino poucos meses depois.
• Misture 40ml de vinagre de arroz com uma quantidade igual de água
morna para 1 dosagem. Beba três vezes ao dia por 3 dias.
• Beba lOmI de suco de gengibre fresco com água morna de cada vez, uma
vez a cada hora por quatro vezes; repita três vezes ao dia por 2 dias.
• Moa 10 grãos de pimenta-do-reino; adicione 100ml de água e ferva por
30min. Coe e beba todo o líquido de cada vez, duas vezes ao dia.
• As três receitas anteriores podem ser usadas alternativamente; depois
dos sintomas serem eliminados, a piperazina deve ser usada para pre-
venir urna recaída.

Anemia por Deficiência de Ferro


• Ferva 50g de "mung beans" e 50g de tâmaras vermelhas secas em água
até que os feijões se rompam; adicione um pouco de açúcar mascavo.
Beba uma vez ao dia por 15 dias como um programa de tratamento.
• Coloque 100g de arroz doce ou arroz integral e 30g de feijões-de-soja pretos
em água fervendo; ferva em fogo baixo a té que fiquem meio cozidos; aclicio-
ne 30g de tâmaras vermelhas e continue cozinhando até estarem bem cozi-
dos; adicione açúcar mascavo como tempero. Coma uma vez ao dia.

Anemia Macrocítica
• Lave 150g de espinafre; corte 50g de fígado de porco. Aqueça a água até a
ebulição; adicione o espinafre e o fígado de porco e ferva por mais alguns
minutos; tempere com sal. Coma uma vez ao clia até recuperar-se.
160 Sistema Chinês de Curas Alimentares

• Prepare um rim de porco corno você faria normalmente; embeba-o em


água morna por 30min; corte-o em pedaços finos e ferva os pedaços
em água. Adicione sal corno tempero. Coma uma vez ao dia ou todo
dia até recuperar-se. (Rim de boi, de vitela ou de cordeiro podem ser
usados como substitutos.)

Anemia Aplásica
• Embeba 30g de cogumelos pretos em água por 30min; drene. Ferva os
cogumelos com 30 tâmaras vermelhas e um pouco de açúcar mascavo.
Coma uma vez ao dia até recuperar-se.

Granulopenia
• Ferva 50g de cogumelos frescos; adicione sal corno tempero. Coma
diariamente até recuperar-se.

Hemofilia
• Coma 50g de amendoins frescos com casca, incluindo o amendoim e a
pele, três vezes ao dia por 2 semanas corno um programa de tratamento.

Púrpura Anafilactáide (Púrpura Alérgica)


• Dois médicos Chineses relataram que curaram 6 casos de púrpura
atrombopênica, incluindo púrpura simples e alérgica, usando tâmaras
vermelhas. Para o remédio, lave tâmaras vermelhas frescas (ou secas).
Coma 10 tâmaras de cada vez, três vezes diariamente, até que a púr-
pura tenha passado completamente.
Nenhwn outro remédio é usado, exceto em um caso, que também é dado
vitaminas C e K e "benadryl". A púrpura desapareceu dentro de 2 dias
em 1 caso,3 dias em 3 casos, 7 dias em 2 casos, com uma média de 4 dias.
Urna visita freqüente indicou nenhuma recaída em 5 casos e recaída em 1
caso, possivelmente causada por terminação prematura do tratamento.
O médico indicou que o tratamento deveria continuar por alguns dias
depois da púrpura ter desaparecido, para prevenir uma recaída.
• Ferva 100g de cevada com l5g de tâmaras vermeUlas em 500ml de água
até que esta seja reduzida a l50ml. Coma tudo como uma dosagem diária.
• Coloque 250g de tâmaras vermelhas em 1.500ml de água e aqueça até
a ebulição; esmague as tâmaras assim que elas incl1arem; continue fer-
Prevenindo e Curando Doenças 161

vendo por 40min, então drene sobre uma tigela e guarde o suco. Adi-
cione 300m] de água nas tâmaras e ferva sobre fogo baixo por 20min;
drene novamente e guarde o suco. Ferva o suco guardado até que seja
reduzido a 750ml . Beba 1 xícara do suco de cada vez, três vezes ao dia.
o Prepare 30g de cascas de amendoim e30g de tâmaras vermelhas. Ferva os 2
ingredientes; drene e guarde o caldo. Beba todo o caldo de uma vez como
uma dosagem diária; repita por 5 dias como um programa de tratamento.

Doença Cardíaca Arterosclerótica Coronária


o Ferva 50g de feijões-de-soja amarelos em água; adicione sal como tem-
pero. Coma em 1 dia; repita sempre que for necessário.
o Ferva 30 "hawthom fruits" em água; tempere com açúcar e coma esta
quantidade a cada dia do tratamento; repita sempre que for necessário.

Bócio Simples
o Asse 500g de alga marinha e 500g de "sea grass" até secar; moa até toma-
rem-se pó. Tome lOg do pó em água morna de cada vez, uma vez ao dia .
o Ferva lOg de alga marinha e lOg de "kelp" em água. Beba o caldo como chá.

Insolação
o Ferva 50g de "hyacinth beans" em SOOml de água até que esta seja
reduzida a 300m I; adicione sal como tempero. Beba metade do suco
resfriado de cada vez, duas vezes ao dia, e coma os feijões .
o Descasque uma cera da cabaça pesando SOOg; esmague-a para extrair
o suco; tempere com sal. Beba lentamente.
o Lave e descasque um rabanete; raspe-o para extrair o suco. Beba-o com
água fria.
o Fatie um melão amargo em pedaços pequenos; cozinhe em água como
sopa ou como um ingrediente numa receita.

Alcoolismo
o Despeje água fervendo num bule de chá contendo 15g de folhas de
chá; aguarde por lOmin. Beba tudo de uma vez.
o Ferva 60g de feijões-de-soja pretos em água. Beba como uma sopa.
o Coloque lSg de açúcar em 30ml de vinagre de arroz; adicione um pou-
co de água quente para dissolver o açúcar. Beba tudo de uma vez.
162 Sistema Chin ês de Curas Alimentares

o Ferva 30g de "hyacinth beans" em água. Beba como um caldo.


o Corte finamente 2g de casca de laranja seca; adicione 2 ameixas
descaroçadas fatiadas; ferva a casca e as ameixas em 2 copos de água
sobre fogo baixo por 30min; drene sobre urna tigela; adicione suco
de gengibre fresco e chá forte ao líquido. Beba como chá.
o Lave 20g de feijões-de-soja pretos; abra um coco (guardando o líqui-
do) e coloque os feijões-de-soja pretos e feche-o novamente; vaporize
o coco numa tigela por 4h; adicione sal ao líquido do coco.
o Use o ginsém Americano ou o Ocidental (não o ginsém Coreano ou o
Chinês, que possuem conjuntamente ações diferentes) ou em forma de
caldo ou de pó, uma vez ao dia.

Fumo
o Rale um rabanete fresco e misture com 2 colheres de chá cheias de mel.
Beba como suco.
o Prepare lOOg de coalhada de feijão fresco e 50g de açúcar demerara;
faça alguns buracos nas coalhadas de feijão e coloque açúcar demerara
nos buracos; vaporize as coalhadas de feijão. Quando uma pessoa tem
desejo de fumar, coma algumas colheradas de coalhada de feijão com
açúcar demerara dentro para desistir de fumar. Isto fará o fumante
habitual querer vomitar à exposição do cheiro de tabaco.

DOENÇAS E CONDIÇÕES FEMININAS

Distúrbios Menstruais
o Prepare 120g de fígado de cordeiro, 90g de cebolinho, 1 colher de sopa de
óleo de amendoim e um pouco de molho de soja leve. Corte os cebolinhos
e o fígado como você faria na culinária normal. Aqueça uma"wok"ou
frigideira sobre fogo alto e despeje o óleo na panela; aclicione os cebolinhos e
frite mexendo por um tempo; despeje o fígado na "wok" e frite mexendo
novamente por um tempo; tempere com molho de soja leve e cozinhe por
alguns segundos a mais. Bom para menstruação irregular e sangramento
vaginal; também é bom para corrimento vaginal.
o Frite 30g de cogumelo preto sobre fogo baixo; adicione uma tigela de
água e continue a cozinhar; adicione 15g de açúcar como tempero. É
bom para fluxo menstrual excessivo que somente pertence a um sinto-
ma quente. Este remédio não é recomendado para tratamento de fluxo
menstrual excessivo devido à deficiência de sangue.
Prevenindo e Curando Doenças 163

o Raspe e fatie 120g de aipo fresco e 120g de raizes de lótus como você faria
na culinária normal; coloque uma "wok" ou frigideira sobre fogo alto e
despeje 1 colher de sopa de óleo de amendoim na panela; quando estiver
quente, acticione o aipo e as raízes de lótus e frite mexendo por Smin antes
de adicionar o sal como tempero. É bom para menstruação irregular e
sangramento vaginal de nahrreza quente.
o Ferva 30g de gengibre seco em água junto com 30g de açúcar mascavo
e 30g de tâmaras vermelhas descaroçadas. É bom para dor menstrual
de natureza fria.
o Prepare 24g de gengibre fresco, 30g de tâmaras vermelhas e 9g de pimen-
ta-malagueta. Corte o gengibre e a pimenta como você faria na culinária
normal; ferva os três ingredientes em 3 copos de água até que esta seja
reduzida à metade. Beba quente para aliviar dor menstrual fria.
o Cozinhe 60g de feijões-de-soja pretos, 2 ovos com casca e 120g de vi-
nho de arroz sobre fogo baixo; descasque os ovos depois de cozinhar e
então cozinhe-os novamente; adicione vinho de arroz. Coma os ovos e
beba o caldo quente para aliviar dor menstrual devido à deficiência
energétka e sangüínea.
o Ferva 5g de galhinhos de canela, 15g de "hawthorn fruits" e 30g de açúcar
mascavo em 3 copos de água até que esta seja reduzida à metade; acticio-
ne açúcar mascavo e continue a ferver por alguns segundos. Beba quente
para aliviar a dor menstrual devido a frieza e coagulações sangüíneas.
o Ferva 50g de salsa fresca em 3 xícaras de água até que esta seja reduzida a
1 xícara; quebre 1 ovo na água fervendo (o ovo coagula para parecer flo-
res); acticione algum tempero. Coma para aliviar dor menstrual. Esta re-
ceita também é boa para dor de estõmago e dor de cabeça nervosa.
o Frite uma siba de 250g em óleo vegetal com 40g de gengibre fresco
fatiado finamente; tempere com sal. Este é um remédio para aliviar a
supressão da menstruação.

Leucorréia
o Ferva 15g de "hyacinth beans", 30g de inhame, 60g de arroz doce em
SOOml de água sobre fogo baixo. Beba como sopa para aliviar corri-
mento vaginal esbranquiçado. Ou ferva 60g de "hyacinth beans" em
água; adicione um pouco de açúcar como tempero. Beba como chá para
aliviar corrimento vaginal esbranquiçado. Ou, frite urna quantidade
igual de "hyacinth beans" e inhame e faça chá para interromper o cor-
rimento vaginal esbranquiçado.
o Ferva 30g de lágrimas-de-jó em 750mJ de água com 30g de tâmaras ver-
melhas descaroçadas e 60g de arroz doce sobre fogo baixo. Beba como
sopa para aliviar corrimento vaginal esbranquiçado devido à fraqueza.
164 Sistema Chin ês de Curas Alimenlares

• Ferva 2 sibas com 2S0g de carne de porco magra em água; tempere


com sal. Coma uma vez ao dia por 5 dias como um programa de trata-
mento para aliviar corrimento vaginal esbranquiçado.
• Ferva 10 folhas secas de rabanete em 3 copos de água; adicione um
pouco de sal. Beba o caldo quente para induzir a transpiração, duas
vezes ao dia, por 1 a 2 meses para aliviar corrimento vaginal esbran-
quiçado.

Sintomas Associados com a Gravidez


• Limpe uma carpa dourada de 2S0g como você faria na culinária nor-
mal; vaporize-a junto com 90g de feijões vermelhos pequenos até que
estes estejam macios. Em geral, o edema durante a gravidez deve ser
curado depois de comer a mistura 5 ou 7 vezes.
• Ferva SOg de casca de cera da cabaça e SOg de feijões vermelhos peque-
nos em água sem adicionar sal. Beba como chá para aliviar edema du-
rante a gravidez.
• Prepare 12Sg de amendoins frescos, 10 tâmaras vermelhas, 30 dentes
de alho fatiados finamente e lSg de óleo de amendoim. Aqueça uma
"wok" ou frigideira sobre fogo alto; despeje o óleo de amendoim na
"wok" e frite mexendo o alho; então adicione amendoins e tâmaras
com 1.000ml de água; ferva até que os amendoins estejam bem macios.
Este prato deve produzir efeitos para edema durante a gravidez de-
pois de comer a mistura por 7 a 10 vezes.
• Vaporize 9g de casca de toranja e 12g de azeitonas marrons salgadas
Chinesas em 600 a 700ml de água até que estas estejam completamen-
te cozidas. Em geral, este remédio deve aliviar náusea matinal depois
de comer a mistura por 5 a 7 vezes.
• Ferva 15 a 20g de casca de toranja em água. Beba como chá para aliviar
náusea matinal.
• Aqueça 1.000ml de água até a ebulição sobre fogo alto; adicione
100g de feijões-de-soja pretos, 30g de dentes de alho fatiados e
30g de açúcar mascavo; ferva sobre fogo baixo até que os feijões-
de-soja estejam completamente cozidos. Em geral, o edema durante
a gravidez deve ser curado depois de comer a mistura por 5 ou 7
vezes .
• Frite 2S0g de arroz doce com 30ml de suco de gengibre fresco até que o
arroz se rompa; moa até tornar-se pó. Tome 10 a 20g em água morna
de cada vez, duas vezes ao dia, para curar náusea matinal.
• Aqueça 60ml de vinagre de arroz até a ebulição; adicione 30g de açú-
car e mexa até dissolver; quebre os ovos no vinagre fervendo. Quando
o ovo estiver cozido, beba tudo para aliviar náusea matinal.
Prevellilldo e Cllnmdo Doenças 165

o Frite 1 xícara de farelo de arroz; então embrulhe numa sacola de pano


ou em tala garça; adicione água e ferva sobre fogo baixo; adicione um
pouco de açúcar, se desejar. Beba como chá para curar beribéri duran-
te a gravidez.
o Embeba 100g de feijões vermelhos pequenos por toda a noite; no dia se-
guinte, ferva em 3 copos de água até que os feijões comecem a romper.
Beba como sopa para curar edema e retenção de água durante a gravidez.

Sintomas Pós-parto
o Ferva 150g de coalhada de feijão com 50g de açúcar mascavo em 3
xicaras de água; adicione 50ml de vinho de arroz quando o açúcar dis-
solver. Beba tudo de uma vez, uma vez ao dia por 5 dias, para aumen-
tar o fornecimento de leite após o parto.
o Esmague um caranguejo de rio; ferva-o com 60ml de vinho de arroz.
Coma em 1 dia. Em geral, este prato deve produzir resultados no au-
mento do fornecimento de leite seguido do parto depois de comer a
mistura por 3 a 5 vezes.
o Prepare 30g de flor-de-lis e 60g de carne de porco magra como você
faria na culinária normal; vaporize os dois ingredientes sobre fogo alto
até que a carne de porco esteja bem cozida. Coma tudo para aumentar
o fornecimento de leite após o parto e também para aliviar mastite.
o Ferva 500g de mamão junto com 500ml de vinagre de arroz e 30g de
gengibre fresco sobre fogo baixo por 40min. Beba como chá, duas
vezes ao dia, 1 copo pequeno de cada vez, para aumentar o forneci-
mento de leite após o parto e também para aliviar loquiostase.
o Frite 120g de malte sobre fogo baixo por alguns segundos; adicione
750rnl de água e aqueça até a ebulição e cozinhe até que o malte esteja
completamente cozido; adicione 30g de açúcar mascavo. Beba como
sopa uma vez ao dia por 5 a 7 dias para interromper a secreção de leite.
o Ferva 30g de "hawthorn fruits" em água até estarem bem macios; adi-
cione 30g de açúcar mascavo. Beba como chá para aliviar loquiostase e
coagulações sangüíneas após o parto.
o Frite 500g de feijões-de-soja pretos sobre fogo baixo até que se tornem
meio queimados, adicione 350ml de vinho de arroz e ponha em esca-
beche por toda a noite. No dia seguinte, coe e beba meio copo de vinho
de cada vez, três vezes ao dia, para aliviar dor reumática após o parto.
o Coma trigo rachado e arroz integral de forma regular para promover
a secreção de leite.
o Ferva 10g de semente de anis em água para fazer sopa; adicione um
pouco de vinho. Beba para promover a secreção de leite.
166 Sistema Chinês de Curas Alimentares

Outras Doenças de Mulheres


• Coloque lkg de lechias frescas com sementes (ou lechias secas na
quantidade reduzida) em 1L de vinho de arroz; sele o recipiente e guarde
por 1 semana. Beba duas vezes ao dia, dependendo do seu apetite,
para curar prolapso do útero.
• Lave e vaporize alguns caranguejos; quando estiverem completamen-
te cozidos, adicione 2 colheres de chá cheias de vinho de arroz e vapo-
rize por mais lmin. Beba o caldo e coma o caranguejo com molho de
soja para aliviar dor abdominal após o parto.
• Coloque uma toranja ou sua casca na banheira enquanto toma banho;
isto desprenderá um cheiro aromático, é considerado bom para aque-
cer sensações frias nas mulheres.
• Vaporize feijões-de-soja pretos e seque-os ao sol; moa até tornarem-se
pó; adicione uma quantidade igual de sementes de gergelim moído e
um pouco de mel; beba os três ingredientes com água morna para cu-
rar frigidez nas mulheres.

OUTROS PROBLEMAS DE SAÚDE

Pro lapso do Anus


• Ferva 200g de salsa fresca em água. Lave o ânus com o líquido uma
vez ao dia.
• Ferva folhas de figueira em água. Use o líquido para lavar a região
afetada ou quando estiver tomando banho.

Hemorróidas
• Frite 250g de moluscos bivalves em um pouco de óleo de amendoim;
adicione lOg de gengibre fresco fatiado e um pouco de água e cozinhe
até que os moluscos bivalves estejam bem macios; adicione um pouco
de sal. Coma de estômago vazio, em dias alternados, 7 vezes como um
programa de tratamento.
• Coma 1 a 2 bananas com a casca, de estômago vazio, preferencial-
mente logo de manhã.
• Coma 1 a 2 figos de estômago vazio logo pela manhã. Ou ferva folhas
de figueira em água; use o líquido para lavar a região afetada ou quan-
do estiver tomando banho.
Prevenindo e Cural1do Doenças 167

• Vaporize 60g de figos secos numa quantidade adequada de água com


100g de carne de porco magra; tempere a seu gosto. Coma por um mês
como um programa de tratamento.
• Um médico do exército Chinês escreveu um relatório sobre seu tratamen-
to bem-sucedido de 27 casos de hemorróidas por um remédio simples de
figos. Para usar o seu remédio, prepare 10 figos frescos ou secos e ferva
sobre fogo baixo em 1L de água por 30min depois que esta começar a
ferver; a água deve ser reduzida a aproximadamente 0,7L. Coma S figos
de cada vez, duas vezes ao dia; também, repetidamente lave a região afe-
tada com a água quente dos figos por 20min. Durante o tratamento, o
paciente deve abster-se de comer alimentos pungentes ou quentes. A his-
tória das hemorróidas entre os 27 casos curados é como segue: 3 casos
mais de 10 anos; 7 casos entre 6 e 10 anos; 17 casos entre 1 e S anos; os
pacientes recuperaram-se dentro de 12 tratamentos em 4 casos, dentro de
S tratamentos em 9 casos e dentro de 6 a 11 tratamentos em 14 casos, com
a média sendo de 7,6 tratamentos.
• Ferva 30g de cogumelos pretos com 30 tãmaras vermelhas sobre fogo bai-
xo. Coma urna vez ao dia por 10 dias como um programa de tratamento.
• Ferva 60g de flor-de-lis em água com urna quantidade adequada de
açúcar mascavo. Coma antes do café da manhã por 1 semana como
urn programa de tratamento.
• Descasque 2 bananas e vaporize-as com uma quantidade adequada de
açúcar em pedra. Coma-as duas vezes ao dia por 1 semana.

Mastite
• Ver SINTOMAS PÓS-PARTO.
• Ferva lS0g de cabeças brancas de cebolas verdes e 60g de malte em
SOOml de água por 20min; embrulhe as cabeças de cebola e o malte
num pano branco limpo. Use quente para esfregar ao longo do seio até
o mamilo, particularmente na área dura, até que o seio torne-se ver-
melho e macio. Este tratamento é aplicável apenas nos estágios iniciais
de mastite aguda previamente à supuração.

Carbúnculo
• Ver o remédio de feijão em ERlSIPELAS.
• Asse alguns feijões vermelhos pequenos e moa-os até tornarem-se pó;
misture com mel para fazer um ungüento. Aplique externamente na
região afetada até curar; mude de curativo assim que secar.
168 Sistema CIJ illês de Clira s Alimentares

Erisipelas
o Embeba 1kg de trigo integral em 1.500m! de água por 3 dias; esmague
o trigo para extrair o suco; armazene o suco num recipiente até que ele
assente, descarte o líquido claro; seque o sedimento ao sol. Frite o sedi-
mento seco sobre fogo baixo até ficar amarelado; moa até tomar-se pó.
Misture o pó com vinagre de arroz. Aplique externamente na região
afetada e nas suas áreas circundantes antes da erupção; após a erup-
ção, aplique somente nas áreas circundantes deixando o meio aberto
para drenagem de pus.
o Moa 50g de feijões vermelhos pequenos até tornarem-se pó; adicione 3
claras de ovos para fazer um ungüento. Aplique externamente na re-
gião afetada, uma a duas vezes ao dia . Este tratamento também pode
ser aplicado na inchação do carbúnculo e queimaduras.

Queimadura
o Um médico Chinês relatou: "Nos últimos 20 anos, tenho aplicado
suco de gengibre fresco para tratar 400 ou 500 casos de queimadu-
ras por água quente ou fogo, e não tenho falhado um único caso."
Para usar este método de tratamento, esmague gengibre fresco e
extraia o suco. Aplique para queimaduras com uma bola de algo-
dão, que deve interromper a dor instantaneamente; e também pode
curar inflamação, reduzir inchação e eliminar pústulas depois das
queimaduras terem pustulado.
o Aplique suco de a/oe fresco na queimadura .
o Esmague a polpa da abóbora-moranga fresca e aplique externamente
na queimadura.
o Esmague a polpa de cera da cabaça fresca e aplique externamente na
queimadura.

Ulceração Produzida pelo Frio


o Pique e esmague 5 pimentas vermelhas, fervendo em 100m! de água.
Lave a ulceração produzida pelo frio duas vezes ao dia .
o Misture 70ml de mel com 30m! de toucinho para fazer um ungüento.
Aplique externamente na ulceração produzida pelo frio.
o Aqueça pimentas em óleo de gergelim. Aplique o óleo frio na ulcera-
ção causada pelo frio.
Prevenindo e Curando Doenças 169

• Embeba pimentas vermelhas em álcool. Use uma bola de algodão para


aplicar na região afetada, três vezes ao dia, ambos para curar e preve-
nir ataques futuros.

Vitiligo
• Fatie um pedaço de gengibre fresco ou dente de alho. Esfregue a re-
gião afetada até que o suco acabe; repita o mesmo procedimento com
uma fatia nova de gengibre ou alho até que as sensações quentes sejam
geradas na pele, três a quatro vezes ao dia, até que a pele retorne ao
normal. Este tratamento também pode ser aplicado para alopecia areada
e alopecia prematura.

Alopecia Areada e Alopecia Prematura


• Cozinhe sementes de gergelim até que estejam meio queimadas; moa
até tornarem-se pó e misture com toucinho frio para fazer um ungüen-
to. Aplique externamente na região afetada, algumas vezes diariamente,
até que o cabelo comece a crescer novamente.
• Pique e esmague lOg de pimentas vermelhas; embeba em SOml de vi-
nho branco (álcool a 60%) por 10 dias; coe e aplique o vinho na região
afetada, algumas vezes diariamente.
• Trate do mesmo modo como no vitiligo.

Infecção por Cogumelo, Queimadura, Tinea


Corporis e Psoríase
• Pique e esmague 2S0g de gengibre fresco e embeba-o em SOOml de
vinho branco por 2 dias. Use uma bola de algodão para aplicar exter-
namente na região afetada, várias vezes ao dia.
• Esmague d entes de alho descascados; misture com óleo de gergelim
ou toucinho para fazer um ungüento. Corte o cabelo na área afeta-
da antes da aplicação, uma vez ao dia, e aplique externamente na
região afetada.
• Misture 20g de cravos inteiros com álcool a 70% para fazer 100ml. Aplique
externamente na região afetada.
• Aplique vinagre na região afetada, três vezes ao dia. Ou encha um
saco plástico com vinagre e amarre o saco envolta da mão por toda a
noite para curar unhas acizentadas.
170 Sistema Cld1lês de Cums Alimel1 tares

o Ferva alguns ovos e remova a clara do ovo; frite as gemas até ficarem
secas e queimadas; misture as gemas com água fervendo de modo que
o óleo da gema flutue sobre a superfície. Esfrie e use para esfregar na
região afetada.

Insônia
o Esmague uma cebola e coloque-a num jarro. Aspire o vapor através do
nariz enquanto estiver na cama. Normalmente, você sentirá sono den-
tro de 15min.
o Embrulhe 30g de farelo de trigo num pano limpo como um saco de chá;
faça chá com o farelo . Beba tudo de uma vez na hora de dormir.
o Prepare 50g de flor-de-lis fresca (reduzida à metade se a flor-de-lis seca
for usada) e 15g de açúcar em pedra; ferva em água por 30min; remova as
flores-de-lis; adicione 15g de açúcar em pedra ao liquido e ferva por 2rrUn.
Beba Ih antes de dormir, uma vez ao dia, por 1 semana.
o Coma gema de ovo cozida todos os dias por algumas semanas.
o Frite 20g de trigo até ficar amarelado; adicione 5g de alcaçuz e 10 tâ-
maras vermelhas; ferva os três ingredientes em água sobre fogo baixo
até que esta seja reduzida à metade. Beba como sopa.

Neurastenia
o Ver o último remédio em INSÓNlA.
o Consumo regular de mel com leite no café da manhã é um bom remé-
dio.
o Coma alho regularmente.
o Coma nozes regularmente.

Soluço
o Um médico Chinês no Hospital Provincial Hebei na China relata que
curou mais de 30 casos de soluço com fatias de gengibre fresco. Mas
ele adverte que quando o paciente sob tratamento também está so-
frendo de infecções bucais agudas ou laringite, este método deve ser
aplicado com muito cuidado. O método é como se segue: selecione
gengibre fresco suculento e corte-o em fatias; quando o soluço ocorrer,
coloque 1 fatia de gengibre na boca e mastigue-a lentamente e engula
o suco; em geral, 1 a 3 fatias devem interromper o soluço.
Preven indo e Curando Doenças 171

• Ferva 15g de "sword beans" em água. Beba como sopa.


• Asse lechias frescas com cascas até que fiquem meio queimadas; moa
até tomarem-se pó. Beba com água morna.
• Prepare 30g de gengibre fresco e extraia o suco; misture com 30ml de
mel. Beba tudo lentamente.
• Misture 20rnl de vinagre de arroz com uma quantidade igual de água
fria . Beba tudo lentamente.

Constipação Crônica
• Descasque e pique 500g de batatas-doces como você faria na culinária
normal: ferva as batatas em água; adicione sal ou açúcar como tempe-
ro. Coma antes de dormir.
• Pique 100g de rabanete branco e extraia o suco; misture com um pouco
de mel. Coma todos os dias.
• Misture 2 colheres de chá cheias de mel com um copo de água morna.
Beba de estômago vazio logo pela manhã.
• Pique e esmague batatas com casca frescas e extraia o suco. Beba 2
colheres de chá cheias de suco com mel de estômago vazio logo pela
manhã por 2 a 3 semanas. Este remédio também aplica-se para úlceras
gástrica e duodenal.
• Esmague 7 "star anise", 20g de cânhamo e 7 cabeças brancas de cebo-
las verdes; ferva em água. Coma duas vezes ao dia. Isto também apli-
ca-se para dificuldade de urinação.
• Coma algumas bananas bem maduras ou figos secos de estômago va-
zio logo pela manhã (bananas duras podem produzir resultados nega-
tivos).
• Beba leite regularmente logo pela manhã de estômago vazio.
• Embeba 1 copo de arroz em água por toda a noite. No dia seguinte, ferva
10 nozes por 5min; moa-as num liquidificador; despeje o arroz e a água
embebida no liquidificador e moa-os novamente; adicione mais água e
um pouco de açúcar e continue fervendo as nozes e o arroz sobre fogo
baixo até que tomem-se grudentos. Coma este prato regularmente.
• Beba um copo de suco de toranja logo pela manhã de estômago vazio.

Enurese e Urinação Freqüente


• Mastigue algumas castanhas frescas (não cozidas) pela manhã e ao
anoitecer para reduzir urinação freqüente, particularmente nas pesso-
as idosas.
172 Sistema Chillês de Curas Alimentares

o Misture meia colher de galhinhos de canela moída com maltose e um


pouco de pó de alcaçuz. Beba duas vezes ao dia para interromper a
molhadeira de cama pelas crianças.
o Embeba 30 cogumelos secos em água até que estejam bem macios; co-
zinhe com algumas cabeças brancas de cebolas verdes, adicione mo-
lho de soja como tempero para consumo normal nas refeições.
o Vaporize 2 fígados de galinha com 3g de canela moída e um pouco de
água. Coma os fígados para aliviar urinação freqüen te e enurese nas
crianças. Isto não pode ser tornado por mulheres grávidas, pois a cane-
la é muito pungente e quente, que poderia causar dano à energia do
feto.
o Ferva 150g de vagem em água; adicione um pouco de sal corno tempe-
ro quando os feijões estiverem bem macios. Beba corno sopa de estô-
mago vazio para interromper urinação freqüente .

Diarréia
o Um hospital Chinês em Shanghai apresenta este remédio simples
efetivo para tratamento de diarréia: descasque 2 dentes de alho (apro-
ximadamente 15g) e esmague-os; adicione 2 colheres de chá cheias
de açúcar mascavo e ferva os dois ingredientes em meio copo de
água. Beba o caldo quente d e cada vez, duas a três vezes diaria-
mente .
o Coma 1 maçã silvestre ácida logo pela manhã de estômago vazio; ou-
tra depois do almoço e outra depois do jantar.
o Frite gengibre fresco sem óleo até que torne-se seco e queimado na
parte externa; moa até tornar-se pó. Tome 8g de gengibre moído de
cada vez, três vezes ao dia, com água morna.
o Esmague alguns rabanetes frescos para extrair o suco. Beba uma xíca-
ra do suco de cada vez, duas vezes ao dia .
o Ferva 60g de "hyacinth beans" fritos com 60g de inhame e 50g de arroz
branco de grão longo (não arroz integral) em água. Beba corno sopa.
o Ferva um ovo de galinha até ficar bem cozido; descasque e guarde
a clara de ovo em outro prato; coloque a gema numa frigideira
para fritar sobre fogo baixo para extrair o óleo. O óleo de lavo
pode ser usado como urna dosagem diária para bebês abaixo de
um ano de idade, dividido em 3 dosagens; crianças acima de um
ano de idade podem tornar o óleo de 2 ovos em 1 dia; cada progra-
ma de tratamento dura 4 a 5 dias . Esta receita é designada parti-
cularmente para diarréia ou vômito em bebês devido à indigestão
simples; não é boa para indigestão ou diarréia crônica. Em geral,
Prevellilldo e Cu rnlldo Doellças 173

melhoras nas fezes devem aparecer em 2 a 3 dias; senão, interrom-


pa O tratamento.
• Frite 3 coalhadas de feijão em óleo de amendoim sobre fogo baixo;
adicione um pouco de sal e 60ml de vinagre de arroz e ferva por um
tempo. Coma para alívio da diarréia .
• Aqueça um copo de água até a ebulição; quebre um ovo de pata na
água fervendo e mexa-o; adicione 1 colher de chá cheia de suco de
gengibre fresco e um pouco de sal como tempero. Coma as coalhadas
de feijão e beba o caldo.

Rouquidão
• Esmague algumas peras e extraia o suco. Beba lentamente.
• Ferva 50 amendoins frescos em água. Coma todos os dias.
• Misture uma colher de chá cheia de mel com um copo de água mor-
na. Beba 3h após as refeições, três vezes ao dia por 1 semana. Isto é
benéfico para perda repentina da voz ou rouquidão devido à fadi-
ga excessiva, mas não é benéfico para perda de voz no resfriado
CQnlum.

Tosse
• Fatie 2 peras em pedaços pequenos; adicione 3 tigelas de água e ferva
até que esta seja reduzida a 2 tigelas; coe e descarte as peras; adicione
30g de arroz branco ao líquido e ferva novamente até cozinhar. Beba o
caldo de arroz .
• Descasque 200g de rabanetes frescos e corte em pequenos pedaços;
prepare 1 ou 2 carpas douradas removendo os órgãos internos sem
raspar as escasmas; ferva os rabanetes e as carpas em fogo baixo e adi-
cione algum tempero. Beba o caldo.
• Descasque 50g de gengibre fresco e corte em fatias pequenas; ferva as
fatias de gengibre com 100g de maltose em 2 copos de água por 30min.
Beba quente, duas vezes ao dia, em 1 dia.
• Ferva 20 tâmaras vermelhas com 60g de maltose numa quantidade
adequada de água. Coma uma vez ao dia.
• Misture 150ml de suco de lótus fresco com 30g de mel. Beba como
suco, uma vez ao dia, por alguns dias.
• Faça um buraco no lado de uma pêra ou de uma maçã; derrame um
pouco de mel no buraco; vaporize a pêra ou a maçã. Esmague e coma.
174 Sistema Chinês de Curas A/filieI/l ares

Edema
o Use I5g das cascas de favas secas e 6g de folhas de chá vermelhas para
fazer chá ou para ferver sobre fogo baixo. Beba o suco regularmente.
o Remova e descarte os órgãos internos de uma galinha; comprima 60g
de feijões vermelhos pequenos na cavidade da galinha; ferva em água
sobre fogo baixo e tempere a galinha. Coma a galinha e os feijões e
beba o caldo.
o Ferva 60g de "mung beans" em água com 100g de fígado de porco e uma
quantidade adequada de arroz branco. Tempere e coma a mistnra.
o Ferva 60g de lágrimas-de-jó em água com uma quantidade adequada
de arroz branco. Tempere o caldo antes de comê-lo.

Vômito
o Três médicos Chineses relatam que conjuntamente trataram 20 casos de
vómito com resultados extraordinários. Para usar O remédio deles, pri-
meiro, frite 20 a 30g de arroz de grão longo até ficarem amarelados; se-
gundo, pique um pouco de gengibre fresco, adicione um pouco de sal,
então embrulhe-os numa toalha de papel úmida e aqueça numa panela;
terceiro, prepare 30g de mel; quarto, frite 1 a 2g de sal em fogo alto. De-
pois desses ingredientes estarem prontos, ferva o arroz amarelado em 1
xícara de água até que o arroz se rompa para parecer flores. Adicione
gengibre, sal e mel. Primeiro, deixe o paciente tomar 3 a 5 colheres de chá
cheias deste remédio, e então continue a tomar bem devagar, aproxima-
damente 10min mais tarde; em geral, o vômito deve parar em meia hora.
o Vaporize 2 colheres de chá cheias de suco de cebolinho fresco com 1
colher de chá cheia de suco de gengibre fresco e 250m! de leite fresco.
Beba morno antes das refeições.
o Ver os remédios em SOLUÇO.
o Mastigue lentamente algumas ameixas em conserva, como se mascas-
se um chiclete.
o Rale 50g de gengibre fresco e faça chá com 100g de casca de laranja
seca e água; beba lentamente. Isto é particularmente recomendado para
pessoas que desenvolvem o impulso de vomitar à vista de alimentos.
o Em caso de vômito seco, misture uma colher de chá cheia de mel com
uma xícara pequena de suco de gengibre fresco. Beba lentamente.
o Para vômito crônico com sensações frias, prepare 7 tâmaras pretas e
alguns cravos inteiros; esmague os cravos e ferva com as tâmaras em
água. Coma as tàmaras e beba o caldo de estômago vazio, uma vez ao
dia por 1 semana, como um programa de tratamento.
Prevenindo e Curando Doenças 175

Hemorragia Nasal
o Um médico Chinês escreveu: "Nos últimos anos, tenho tratado ca sos
de hemorragia nasal persistente com um remédio simples e obtive re-
sultados imediatos usualmente com um tratamento único. Prepare uma
folha de cebola tenra fresca e abra-a, use uma bola de algodão para
esfregar a superfície interna da folha da cebola até que a bola de algo-
dão fique embebida com líquidos de cebola; esprema a bola de
algodão no nariz sangrando, o qual deve interromper o sangramento.
Este método é efetivo para hemorragia nasal de causas variadas. "
o Lave raízes de lótus frescas com água fria; descasque e esmague-as
para extrair o suco. Beba 2 XÍcaras ao dia; esta receita também é um
bom remédio para tosse com eliminação de sangue devido à tubercu-
lose pulmonar.
o Esmague alguns dentes de alho e faça um bolo. Coloque-o na sola do
pé como um tratamento externo.
o Extraia o suco de cebolinhos frescos. Beba uma xícara pequena do suco
de cada vez, duas vezes ao dia.
11
Dieta Chinesa Para
Perda de Peso

TEORIA CHINESA DO EXCESSO DE PESO


Qualquer teoria útil ou científica deve ser baseada em fatos; de outro
modo, a teoria é especulação pura. Mas quais são os fatos?
É um fato que os emigrantes Chineses não apresentam excesso de peso
tão facilmente quanto suas crianças nascidas no Ocidente. Este fenômeno
é ôbvio no Hawai aonde existem tantos Orientais com excesso de peso
quanto Caucasianos, que permite-nos raciocinar que a obesidade possui
nenhuma discriminação racial. Em outras palavras, qualquer um - Orien-
tal ou Caucasiano - nascido no Ocidente possui uma oportunidade igual
de apresentar excesso de peso. Mas não tenho encontrado nenhum imi-
grante Oriental que ganhou mais que 10 libras depois que chegou ao Oci-
dente. Tenho visto muitos imigrantes ganhando 8 libras durante o primei-
ro ano depois de suas chegadas. Mas seus pesos normalmente declinaram
novamente dentro de 1 ano para manter mais ou menos o mesmo dos seus
pesos no Oriente. Uma dramática mudança nas suas dietas causou um
ganho inicial de peso. É claro, um pequeno número de imigrantes Chine-
ses permanecem com excesso de peso porque estavam acima do peso an-
tes de emigrarem.
Já uma pessoa nativa do pais não deve influenciar seu peso, acredita-se
que o excesso de peso na vida mais avançada é prontamente determinado
quando uma pessoa alcança os 10 anos de idade. Similar à teoria na psicologia
que a personalidade é prontamente determinada antes dos 10 anos de idade
(ou até mais cedo), acredita-se que este conceito é aplicável também para obe-
sidade. Indubitavelmente, algumas pessoas possuem uma tendência maior a
adquirirem excesso de peso devido a fatores hereditários; a hereditariedade
desempenha um papel na psicologia e fisiologia. Os fatores cruciais, entretan-
178 Sistema Chinês de Curas Alimentares

to, não são os fatores hereditários (pré-determinados), mas os meios ambien-


tes que podem ser alterados e influenciados. Isto não significa que depois dos
10 anos, uma pessoa permanecerá com excesso de peso ou abaixo do peso,
nenhum problema com o que ela come ou faz; apenas significa que depois
dos 10 anos, uma pessoa obesa estará na direção da obesidade e que uma
pessoa não obesa estará se afastando dela, a menos que alguma coisa seja feita
para mudar a direção.

DIRIGINDO-SE PARA A OBESIDADE


OU MAGREZA
o que faz uma pessoa tomar rumo para a obesidade e outra para a
magreza? O desenvolvimento do corpo humano pode ser comparado àquele
de uma árvore. Quando os alicerces da árvore são construidos solidamen-
te, a árvore será forte e mais difícil de destruir num estágio mais adianta-
do. De um modo similar, quando os órgãos internos de uma pessoa são
formados solidamente numa idade precoce, a pessoa será forte e mais di-
fícil de enfraquecê-la mais tarde. Em outras palavras, quando os órgãos
internos são bem nutridos na infância, eles tendem a trabalhar duro poste-
riormen te e fazê-lo ganhar mais peso; este é o porquê os imigrantes Chine-
ses no Ocidente não adquirem facilmente excesso de peso; seus órgãos
internos não foram supernutridos quando eles eram jovens.
Existem sempre dois fatores no trabalho quando a obesidade é consi-
derada: o que você é e o que você come. Algumas pessoas comem muito,
mas permanecem magras; outras comem pouco, mas adquirem excesso
de peso. Lembro-me de ter conversado com um cavalheiro excessivamen-
te acima do peso na minha clínica em Vancouver que me disse estar to-
mando vitaminas como suplementos alimentares todos os dias. Não vi
nenhuma razão do porquê ser necessário para ele tomar vitaminas, parti-
cularmente quando estava tão pesado. Mas este cavalheiro enfaticamente
respondeu: "Eu não acredito que as vitaminas farão ganhar peso, você
acredita?" A questão é, as vitaminas contribuem para a obesidade?
Se você pensa que apenas um fator (os alimentos que você come) con-
tribui para a obesidade, é óbvio que as vitaminas não têm nada a fazer
com a obesidade; o conhecimento moderno das vitaminas indica que elas
não contribuirão para a obesidade. Mas se você dar-se conta que existem
dois fatores contribuindo para a obesidade (o que você é e o que você come),
então saberá que as vitaminas podem contribuir para a obesidade. Se as
vitaminas valem qualquer coisa no todo, devem contribuir para o organis-
mo de uma maneira positiva. Por exemplo, a vitamina B1 pode aumentar
o apetite e a absorção e a vitamina D pode promover o crescimento nor-
mal de osso e dente. Isto significa que as vitaminas melhoram as condi-
Dieta ClJinesa Para Perda de Peso 179

ções do organismo e indiretamente contribuem para a obesidade, porque


quando as condições orgânicas são mais fortes, possuem uma capacidade
maior de trabalhar durante o processo de digestão e de absorção.
Mas não é minha intenção atacar as vitaminas como culpadas pela
obesidade; meu propósito aqui apenas é de destacar os dois fatores que
contribuem para o problema de obesidade e que ambos os fatores devem
ser considerados. Quando uma pessoa é supernutrida na idade precoce,
os órgãos internos em geral e o sistema digestivo em particular desenvol-
verão uma capacidade muito grande para digestão e absorção, que faz
esta pessoa se direcionar para a obesidade mais tarde na vida. Uso delibera-
damente a palavra supernutrido (como oposto de subnutrido) porque in-
dica algo indesejável. Sob circunstâncias normais, naturalmente pensamos
em termos de "quanto mais, melhor. " Por exemplo, acreditamos que quanto
mais forte é o nosso corpo, melhor, que quanto mais dinheiro temos, me-
lhor, e que yuanto mais vivemos, melhor. E assim, possuímos uma ten-
dência natural para pensar que quanto mais nutrido é nosso corpo, me-
lhor. Este é um erro crucial que fazemos na nutrição e na saúde humana.
Não é sempre verdade que quanto mais nutrido é nosso corpo, melhor;
devemos adicionar outras condições para tornar essa afirmação verdadei-
ra: quanto mais nutrido é o seu organismo, melhor, estabelecido que o
organismo está bem balanceado. Um organismo desequilibrado, forte, é
exatamente tão ruim quanto um organismo equilibrado, fraco.

UM ORGANISMO BEM EQUILIBRADO


Um organismo bem equilibrado significa que o organismo está igualmente
em forma em todos os aspectos. Por exemplo, uma pessoa com um es-
tômago forte, mas com um coração fraco, ou um coração forte, mas um
fígado fraco, ou alguém que é forte e energético, mas que de repente
morre de ataque cardíaco não é bem equilibrado; uma pessoa em que
os órgãos internos permanecem em boa forma, mas sofre de hepatite
não é bem equilibrada.
É interessante ver que nossos órgãos internos não são sempre coope-
rativos um com o outro; quando um dado órgão é excessivamente forte,
enfraquecerá um outro órgão ou até causará dano a um outro. Seria bom
se todos os nossos órgãos internos pudessem ser igualmente nutridos ou
até igualmente supernutridos, porque neste caso, seríamos muito fortes e
viveríamos mais tempo uma vida feliz. Tnfeli 7.mente, isto não aconteceu
antes e não está acontecendo hoje, até na sociedade rica; ao contrário, muito
mais casos de diabetes, hipertensão, cânceres e o que não tem se desenvol-
vido, tudo isso aponta para o fato de como isso é,nosso organismo é supemutrido,
mas não é equilibrado. Isto significa que nossos órgãos internos não são
180 Sistema ClJillês de CUrtlS Alimentares

supernutridos igualmente. Temos nosso sistema digestivo supernutrido à


custa de outros órgãos internos, e este é o porquê de termos mais casos de
doenças cardíacas, renais e hepáticas, que não estão diretamente relacio-
nadas ao sistema digestivo.
De acordo com a teoria Chinesa de órgãos internos, quando o estômago e
o baço são supernutridos, enfraquecem os rins e a bexiga; quando os rins e a
bexiga são supemutridos, enfraquecem os pulmôes e o intestino grosso; quando
os pulmôes e o intestino grosso são supemutridos, enfraquecem o fígado e a
vesícula biliar; quando o fígado e a vesícula biliar são supernutridos, enfra-
quecem o estômago e o baço. Sob circunstãncias normais, comemos o que
mais gostamos, e a boca é o juiz final da nossas preferências, e assim, come-
mos de acordo com nosso paladar imposto pela língua ou pela boca. Mas a
boca é apenas um representante do estômago; ela não representa outros ór-
gãos, tais como o fígado, o coração ou os pulmões.
Idealmente, todos os órgãos internos devem possuir representação igual
na boca para garantir eqüidade na seleção dos alimentos, como num siste-
ma político democrático, no qual as regiões da nação devem ter represen-
tação no governo central. Já que não existe representação igual dos órgãos
internos na boca, comemos exatamente para dar prazer à boca e ao estô-
mago que ela representa. Poucos preocupam-se que comemos apenas por
prazer e para ganhar peso. Os alimentos doces são prazeirosos para a boca,
assim comemo-los mais freqüentemente e em grandes quantidades; os ali-
mentos amargos são bons para o coração, mas raramente comemo-los, porque
não são prazeirosos para a boca; os alimentos pungentes são bons para os
pulmões, mas não comemo-los tão freqüentemente quanto os alimentos
doces, porque não são particularmente prazeirosos para a boca; os alimentos
salgados são bons para os rins e para a vesícula biliar, mas particularmen-
te não gostamos deles, porque não são muito prazeirosos para a boca; os
alimentos azedos são bons para o fígado e para a vesícula biliar, mas não
comemo-los freqüentemente, porque não são particularmente prazeirosos
para a boca. Em resumo, comemos apenas para dar prazer à boca e ao
estômago, o que significa desfrutar o sabor e ganhar peso como um resul-
tado. Isto costumava ser bom no passado quando nossos estômagos eram
subnutridos devido à pobreza, mas hoje, na sociedade rica moderna, tor-
na-se fU1ll1.

APRECIANDO AS REFEIÇÕES E
PERMANECENDO ESBELTO
Não é a penas possível, mas também real apreciar suas refeições e per-
manecer esbelto ao mesmo tempo. Existem muitas maneiras possíveis de
perder peso, mas a maioria é irreal e não manejável na vida real: por exemplo,
Dieta Chillesa Para Perda de Peso 181

perder peso por jejum é possível e efetivo, mas irreal e perigoso na prática;
perder peso seguindo esses livros de dieta rigorosa é possível e pode ser
efetivo, mas não é real porque você eventualmente adoece disso, e sem
dúvida, você desistirá; perder peso indo para controle de peso e clínicas
de dieta é possível e efetivo, mas também irreal, porque depois de um
tempo, você desistirá e ganhará novamente todo o peso antes de tomar
conhecimento. Até aonde posso ver, uma abordagem real e a longo prazo
de pesar menos é ser capaz de apreciar as refeições e perder peso ou per-
manecer esbelto ao mesmo tempo. Mas isto pode ser feito? A resposta é
sim enfaticamente.
Alimentos onerosos agradam o nosso paladar e supernutrem o nosso
estômago, porque a boca (ou paladar) é um representante do estômago.
Existem maneiras pelas quais os alimentos podem ser nUsturados p ara
agradar a boca sem supernutrir o estômago, entretanto, e isto é chamado
de arte culinária. Vamos assunUr que possuímos três ingredientes: o pri-
meiro é agradável, o segundo é neutro e o terceiro é repugnante para o
paladar. Os três ingredientes podem ser cozidos juntos de modo que eles
se tornem agradáveis ao paladar, e ainda nâo supernutrem o estômago.
Darei alguns exemplos para demonstrar como isto é possível e também
real.
Molho de carne Chinês - Esta receita padrão para molho de carne pos-
sui 10 ingredientes listados a seguir com suas energias, sabores e ações
orgânicas:
Casca de laranja seca - morna, pungente e amarga - afeta o baço e os
pulmões.
"Star anise" - morna, pungente e doce - afeta o baço e os rins.
Casca de canela - quente, pungente e doce - afeta o fígado e os rins.
Cravos - morno, pungente - afeta o estômago, baço e rins.
Cabeças brancas de cebolas verdes - morna, pungente - afeta os pulmões
e o estômago.
Erva-doce - morna, pungente - afeta os ríns, bexiga e estômago.
Pimenta vermelha - quente, pungente - afeta o coração e o baço.
Pimenta-da-reino - quente, plUlgente - afeta o estômago e o intestino
grosso.
Noz-mascada - morna, pungente - afeta o baço e o intestino grosso.
Alcaçuz - neutro, doce - afeta os pulmões, estômago e baço.
Cubra os ingredientes do molho num pano limpo; ferva em água com
vinho, molho de soja, e um pouco de açúcar. Depois do molho estar pronto, a
carne pode ser ou embebida no molho por algumas horas ou fervida no mo-
lho sobre fogo baixo durante 2h, que deve nUsturar completamente a carne
com o molho. Mas o molho da carne não é sopa de carne e não pode ser
bebido. O molho restante deve ser usado nos dias seguintes, mas para conservá-
lo, é sensato ferver o mesmo molho diariamente.
182 Sistema Chinês de Curas Alimentares

Como você pode ver, militos dos ingredientes anteriores por eles pró-
prios não são agradáveis para o paladar. Por exemplo, alguns de nós gos-
tará do sabor dos cravos ou da erva-doce ou do "star anise". Mas quando
misturados com carne, fazem um prato delicioso. Além do mais, virtual-
mente todos os órgãos internos e a maior parte dos sabores e energias são
assistidos. Quando este molho é usado para cozinhar carnes, a carne não
será apenas deliciosa, mas não ganhará peso porque os ingredientes mor-
no, quente e pungente tornam-na muito Yang. Este é o porquê que acredi-
to que não é apenas possível, mas também real apreciar as refeições e per-
manecer esbelto ao mesmo tempo.
Sopas - Um outro exemplo é o hábito Chinês de fazer sopas deliciosas
- cogumelo, gali..nha, carne de boi, ovo, carne de porco, peixe, sopa ue
molusco bivalve e muitos outros. As sopas são deliciosas e ajudarão você
também a perder peso. Tenho destacado que é a qualidade dos alimentos
não suas quantidades que realmente contribuem para seu ganho de peso,
mas quando os mesmos alimentos estão para ser consumidos, a qualidade
faz a diferença. Por exemplo, 1 libra de carne de boi (450g) é certamente
diferente de 100g, em termos dos efeitos no controle de peso. Tudo mais
sendo igual, comer 1 libra de carne de boi ganhará mais peso do que co-
mer 100g; e beber sopas fará você consumü menos alimentos sem sacrifi-
car seu prazer pelas refeições boas. Por exemplo, lOOg de carne de boi
pode parecer uma quantidade muito pequena quando for usada para um
bife, mas quando se faz uma sopa, a sua quantidade é aumentada signifi-
cativamente.
Para fazer sopa de carne de boi, pique 100g de carne de boi em pequenos
pedaços; coloque numa tigela, adicione um pouco de vinho e cinco fatias
pequenas de gengibre fresco e uma quantidade adequada de água. Ferva
a sopa em fogo baixo por Ih. Isto deve fazer uma deliciosa sopa de carne
de boi. Ou, você pode vaporizar os ingredientes por 2h. Esta sopa de carne
de boi não engordará. Ao contrário, acredita-se que ela fará você perder
peso e permanecer esbelto, porque, como um resultado, fará você comer
menos. Além do mais, esta sopa de carne de boi contém vinho e gengibre,
que agem sobre muitos outros órgãos internos, além disso para o estõma-
go, um dos melhores modos de comer carne de boi sem ganhar peso. O
mesmo princípio aplica-se para fazer outras sopas para perder peso ou
permanecer esbelto.
Como as sopas podem promover boa saúde?
• Sopa de carne de boi - Boa para fraqueza e anemia .
• Sopa de galinha - Boa para fadiga e neurastenia.
• Sopa de "mlmg bean" - Boa para inflamação dos órgãos internos.
• Sopa de cogumelo - Boa para fígado fraco.
• Sopa de molusco bivalve - Boa para hipertensão.
Dieta Chinesa Para Perda de Peso 183

• Sopa da IOllgevidade - Feita de ossos de pernas de galinha e de porco. Os


ossos devem ser esmagados para extrair o tutano, a essência dos ossos,
que é considerada a parte mais preciosa da sopa de osso. Ao fazer a sopa
de osso, embeba os ossos no molho de carne Chinês (descrito anterior-
mente) e então ferva em fogo baixo com outros ingredientes, tais como
amendoins, cogumelos, feijões vermelhos, ou rabanetes, e então tempere
com pó de pimenta vermelha ou pimenta-do-reino.

ELIMINANDO GORDURAS DAS CARNES


Existem métodos externos e internos de eliminar gorduras das carnes.
Os métodos externos incluem cortar e descartar a gordura antes de comer;
e o uso de molho de carne é parcialmente planejado para neutralizar os
efeitos da gordura. Também, na preparação de carne de porco (que con-
tém uma porcentagem mais alta de gordura), ferva-a por 20 a 30min; re-
mova a carne de porco e lave-a com água fria. Este é um meio de reduzir a
gordura da carne de porco. Algumas gorduras entrarão no nosso organis-
mo e algo precisa ser feito a respeito disso, e este é o método interno de
remover ou reduzir gorduras das carnes.
A população Mongol, que consome mais carnes do que outras popula-
ções, contam com beber grandes quantidades de chá forte para agir contra
os efeitos da gordura nas carnes. Em Pequim, por exemplo, indivíduos
que se servem de carne assada mongólica são rotineiramente presentea-
dos com vinho especial, pois pensam ter um efeito forte em dissolver a
gordura no organismo; após a refeição, uma xícara de chá forte é servida
como um modo de reduzir os efeitos da gordura. Como um teste, da pró-
xima vez que você tomar chá, não jogue fora as folhas do chá. Como subs-
tituto, use-as para limpar alguma gordura das suas mãos para ver quão
efetivas as folhas de chá são na remoção de gordura. Então você pode
facilmente imaginar os mesmos efeitos tomando lugar dentro do seu or-
ganismo depois de beber chá. Portanto, o consumo regular de chá forte é
um outro modo efetivo de perder peso e permanecer esbelto. Um amigo
médico que recentemente retornou da Inglaterra disse que estava muito
surpreso por descobrir que a população britânica geralmente é muito mais
esbelta do que seus correlativos americanos e canadenses, que pode ser
atribuído ao hábito britânico de beber chá.
Para perda de peso, o chá verde é melhor que o chá preto, porque os
efeitos do chá preto são enfraquecidos pela fermentação . Ao fazer chá, a água
deve estar fervendo; primeiro, despeje um pouco de água fervendo para
aquecer o bule de chá; então, ajuste as folhas de chá no bule e rapidamente
despeje a água fervendo. Espere alguns minutos antes de beber o chá. Chá
oneroso, como alimentos onerosos, não é bom para perda de peso; o chá deve
184 Sistema Olinês de Curas Alimentares

ser forte e amargo, o qual é menos caro. Folhas de chá caras podem ser usadas
apenas uma vez, mas as folhas de chá menos caras podem ser usadas duas ou
três vezes num dia, então descartadas.
Estes princípios gerais podem ser geralmente úteis para pessoas com ex-
cesso de peso, mas existem constituições físicas inclividuais que devem tam-
bém ser consideradas para uma melhor solução do problema de obesidade.
Duas pessoas podem comer alimentos idênticos em quantidades idênticas,
mas uma pode estar com excesso de peso, enquanto que a outra pode estar
abruxo do peso, devido à diferença nas suas constituições físicas.

CONSTITUIÇÕES FíSICAS E OBESIDADE


Dois tipos de constituições físicas possuem uma tendência a tornarem-
se obesas: os tipos quente-úmida e fria-úmida. Pessoas com constituições
físicas quente-seca nunca adquirem excesso de peso sem problema com O
que ou com quanto elas comem; como um grupo, elas estão praticamente
livres de obesidade. Um galo é uma criatura típica com uma constituição
física quente-seca. Você já viu um galo gordo? Eu não. Quando era um
menininho, costumava alimentar nossas galinhas (e sempre alimentava-
as igualmente sem discriminação sexual, porque simplesmente espalhava
o arroz no chão e deixava-as comer; tanto galos como galinhas estavam
fora do meu controle). Eu notava que os ga los sempre comiam mais rápi-
do que as galinhas, eram mais agitados e mais agressivos. Mas para meu
desapontamento, as galinhas facilmente tornavam-se gordas, enquanto que
os galos sempre permaneciam magros. Gostaria que todos eles ganhas-
sem peso rápido então poderíamos vendê-los e ganharíamos muito di-
nheiro. Hoje você vê, alimentos sozinhos não podem ser responsáveis pela
obesidade; somente quando certos alimentos são consumidos por certas
pessoas nas quais ocorre a obesidade.
O objetivo final, portanto, é de tornar as constituições físicas de pesso-
as com excesso de peso quentes e secas. Pessoas com excesso de peso nor-
malmente possuem uma constituição física úmida; elas retêm uma quan-
tidade excessiva de água no organismo, deixando-as acima do peso.

LIDANDO COM A OBESIDADE


Médicos Chineses desenvolveram quatro métodos de secar o organis-
mo, um requisito prévio em lidar com a obesidade: o primeiro é promover
a urinação, que pode ser comparada aos diuréticos na Medicina Ociden-
tal. Feijões vermelhos pequenos, milho e barbas de milho, lágrimas-de-jó e
casca de cera da cabaça promovem significantemen te a urinação.
Dieta Chillesa Para Perda de Peso 185

Os feijões vermelhos pequenos podem ser comidos freqüentemente


como um alimento, mas é freqüentemente usado no herbalismo Chinês
como uma erva efetiva para promover a urinação, particularmente no tra-
tamento de edema na nefrite e beribéri. Os feijões vermelhos pequenos
parecem feijões vermelhos normais mas são de tamanho mais longo e mais
efetivos. Podem ser fervidos com malte ou tâmaras vermelhas e alguns
dentes de alho.
Algumas pessoas pensam que quanto mais você come, mais peso ga-
nhará, o que não é verdade. De acordo com a Teoria Tradicional Chinesa,
depende do que está comendo. Quanto mais feijões vermelhos pequenos
você come, por exemplo, mais peso perderá. Portanto, os feijões verme-
lhos pequenos são absolutamente não recomendados para pessoas ma-
gras, particularmente crianças, porque um consumo prolongado deles os
fará perder peso. Se você olhar um livro de nutrição normal, você lê que
100g de feijões vermelhos pequenos contêm 319 calorias, que é aproxima-
damente o mesmo de um bife. Existe uma diferença básica entre os dois,
entretanto, no que os feijões e o bife podem fazer, não no que cada um
deles possui. É verdade que ambos os feijões vermelhos pequenos e o bife
possuem aproximadamente 300 calorias por 100g, mas é importante lem-
brar que os feijões vermelhos pequenos podem promover a urinação e
secar o organismo, o que não ocorre com o bife.
Lágrimas-de-jó também é usada pela população Chinesa tanto como
um alimento quanto uma erva para promover a urinação. No herbalismo
Chinês, a lágrimas-de-jó é considerada um diurético efetivo como os fe i-
jões vermelhos pequenos. A população Chinesa frita lágrimas-de-jó, usa-a
para fazer chá e beber de forma regular, particularmente quando têm difi-
culdade de urinar, têm edema ou sentem-se extraordinariamente nervo-
sos. A lágrimas-de-jó pode acalmar seus nervos.
O milho e as barbas de milho também são efetivos na promoção da
urinação, particularmente as barbas de milho, que, de acordo com uma
experiência, podem ser usadas quando coar o café para promover a urinação
com efeitos maiores e mais duradouros.
Os feijões-de-soja e o alho também podem ser usados para promover a
urinação. Ferva 200g de feijões-de-soja com 100g de alho até ficarem ma-
cios. Coma-os nas refeições. Se você não gosta de alho, os feijões verme-
lhos pequenos podem ser usados como um substituto, mas o alho é um
tônico energético, que pode fazê-lo sentir-se mais energético, e os feijões
vermelhos pequenos não possuem tais efeitos.
O segundo método de desfazer-se de água no organismo: absorva lí-
quidos teciduais no organismo. Absorver água no organismo é corno usar
uma bola de algodão para embeber água num copo; promover urinação
remove água do organismo através da excreção. A maioria dos alimentos
e ervas que podem absorver a água dentro do organismo são aromáticos,
186 Sistema Ch inês de Curas Alimentares

e os dois usados mais freqüentemente são favas e "hyacinth beans". Os


alimentos aromáticos não apenas podem absorver água dentro do orga-
nismo, mas podem interromper diarréia pela mesma razão. A diarréia significa
eliminação de fezes ex tremamente aguadas, e quando a água é absorvida,
as fezes secam e não haverá mais diarréia.
As favas podem ser moídas até tornarem-se pó para serem tomadas
com água morna, mas também podem ser fritas com óleo e sal até que elas
se rompam e fiquem aromáticas; use os feijões sem remover as vagens,
pois estas possuem um efeito melhor de absorver água dentro do organis-
mo e promover a urinação.
Como para os "hyacinth beans", use-os igualmente às favas. Na tera-
pia herbal Chinesa, os "hY'iCinth beans" são muito freqüentemente usa-
dos para aliviar diarréia e dor abdominal devido à água excessiva no in-
testino. Podem ser usados na sopa ou em forma de pó.
O terceiro método para eliminar água é esfriar o corpo para facilitar a
passagem de água . Uma constituição física quente-seca não é propensa à
obesidade como uma constituição física úmida-quente. Isto é como funcio-
na. O que acontece se você põe fogo em lenha molhada? Não queimará rapi-
damente, mas poderá apenas produzir fumaça, o que é ruim. Similarmente,
quando a água e o calor misturam-se no organismo, nenhum irá embora. O
resultado é difícil quando urinação ou eliminação de urina avermelhada se
encontra em pequenas quantidades. A estratégia, portanto, é esfriar o orga-
nismo, permitindo O fluxo de água. Os alimentos ou ervas com uma energia
fria e sabor amargo são usados para este propósito, porque a energia fria
pode esfriar o organismo e o sabor amargo pode secá-lo.
A cabaça amarga, que tem sabor extremamente amargo, pode esfriar
significantemente o organismo, reduzir a tensão nervosa devido a sua energia
fria e também pode amolecer as fezes devido a seu sabor amargo. Pessoas
com uma constituição física quente-úmida freqüentemente sofrem de
constipação, que pode ser efetivamente aliviada usando cabaça amarga
na sopa, como um vegetal ou como um chá. Cabaça amarga seca ou em
conserva pode ser usada como substituta.
üs "mung beans", brotos de "mwlg beans" ou o pó também podem
ser usados por pessoas com uma constituição física quente-úmida para O
organismo livrar-se da água excessiva. Ainda que o "mung bean" possua
uma energia fresca e um sabor doce, é mais precisamente efetivo em re-
mover a água e reduzir o calor corpóreo. O "mung bean" também possui
um efeito desintoxicante extremamente forte, útil para lidar com os sinto-
mas quentes, tais como erupções cutâneas de natureza quente e inflama-
ção de órgãos internos.
O quarto método de eliminar a água corpórea em excesso é aquecer o
corpo. Este método pode ser usado por pessoas com uma constituição físi-
ca fria-úmida, que pode ser comparada com uma montanha de gelo. A
Dieta Chinesa rara Perda de Peso 187

estratégia é aquecer o corpo então a água pode brotar do organismo, ou


através da urinação ou transpiração. Os alimentos que produzem melho-
res resultados devem ter uma energia quente ou morna e um sabor pun-
gente-doce. A energia quente ou morna aumenta o calor corpóreo, o sabor
pungente aumenta a transpiração e um sabor doce ou suave promove a
urinação. O galhinho de canela satisfaz estas três condições. Uma fórmula
herbal tradicional Chinesa chamada cinco diuréticos contém cinco ingre-
dientes: dois absorvem água do organismo, dois promovem a urinação e o
último ingrediente, o galhinho de canela, é incluído para aquecer o orga-
nismo e facilitar a passagem de água.
O consumo regular de gengibre fresco pode aquecer o organismo e
induzir a transpiração simultaneamente. O gengibre fresco é usado fre-
qüentemente para agir contra o frio particularmente no inverno, e quando
é usado junto com a casca de laranja seca para fazer chá, os seus efeitos são
significantemente reforçados.
Depois da água excessiva no organismo ter sido removida e o organis-
mo estar seco, a pessoa deve estar esbelta e permanecer em boa forma.
Mas como uma pessoa mantém-se esbelta e permanece em boa forma, a
menos que o organismo possa parar de reter água?

EVITANDO A RETENÇÃO DE ÁGUA


E PERMANECENDO ESBELTO

Uma pessoa com excesso de peso possui dois inimigos no organismo:


gordura e água. Uma coisa importante é livrar-se desses inimigos e a ou-
tra é mantê-los fora do organismo. Pode e como pode isto ser feito? Os
Chineses acreditam que uma coisa pode fazer o trabalho e é chamado fogo.
Muitos de meus alunos na terapia herbal estão, em primeiro lugar, con-
fundidos pelo conceito de fogo na Medicina Chinesa. Eles gradualmente tor-
nam-se habituados a isso, e finalmente gostam e apreciam como um conceito
muito importante e útil. Toda ciência consiste de conceitos e teorias; cada con-
ceito é definido então pode ser usado para representar uma teoria. O fogo é
um conceito na Medicina Chinesa, e um conceito muito importante também.
O que é fogo? É um certo elemento no organismo que funciona como fogo na
culinária. Como o fogo pode livrar-se da gordura? Queimando-a. Como o
fogo pode livrar-se da água? Fervendo-a.
Na culinária, o fogo pode queimar o óleo e ferver a água em fogo bai-
xo, então eventualmente esta evaporar-se-á . Este é um fenômeno comum
que também ocorre no corpo humano. Isto é realmente absurdo para a
população Chinesa acreditar que existe fogo no organismo que mantém a
gordura em excesso queimando e a água em excesso vaporizando do or-
ganismo? Existe algum fato para provar que este é o caso? Já que tenho
188 Sistema Chinês de Cllras Alimentares

muitas experiências na criação de galinhas, as usarei agora para provar o


ponto que estou discutindo sobre perda de peso.
Quando você cria galinhas para uma subsistência como fiz quando era
um garoto, você gostaria que suas galinhas crescessem rapidamente grandes
e gordas para produzir um negócio lucrativo. Mas como você pode alcançar
este objetivo? Uma galinha crescerá gorda mais facilmente, mas a população
Chinesa não gosta muito de comer galinhas (suas carnes duras não são fáceis
de mastigar, e seus preços são muito mais baixos por esta razão) . Por outro
lado, um galo permanecerá magro e leve assim que cresce. Existe um meio de
fazer um galo crescer gordo, entretanto, removendo os seus testículos. O galo
ganhará en tão peso sigrUficativo em pouco tempo, tomando-o até mais gordo
do que uma galinha. Isto era um conhecimento comum e uma prática comum
compartilhada por toda a população Chinesa quando eu criava galinhas. Eu
certamente não realizava isto a algumas décadas atrás, usaria este conheci-
mento sobre galos castrados para provar um ponto importante para meus
leitores Ocidentais.
O fato crucial é que um galo castrado é aproximadamente duas vezes
mais pesado que um galo não castrado, e o peso extra é adquirido logo
após a castração. Cada galo possui um testículo, mas a presença deste num
galo é crucial no controle de peso. Todos nós sabemos que os testículos
humanos e animais são responsáveis pelas funções sexuais. Os homens
não podem executar o sexo sem testículos. Mas como os testículos contri-
buem para a perda de peso? Em um homem, os testículos aquecem o orga-
nismo como um aquecedor aquece um quarto. O médico Chinês chama
esta ação de fogo ardente dos rins.
Os testículos, portanto, são o fogo ardente dos rins. Os médicos Chine-
ses diferenciam entre rins internos (os dois rins dentro do corpo) e exter-
nos (os dois testículos fora do corpo). Já que nas mulheres faltam os testÍ-
culos e seus ovários não queimam tão violentamente como os testículos
dos homens, poucos acham que existem mais mulheres com excesso de
peso do que homens, e é muito mais fácil para mulheres ganhar peso que
para os homens.
Tudo pode ser classificado em Yin e Yang, incluindo os rins. Existe rim
Yin e rim Yang; o rim Yil1 refere-se à água no rim, enquanto que o rim Yang
refere-se ao fogo no rim. O conceito de fogo é um conceito muito importante
na Medicina Chinesa como foi mencionado anteriormente, mas o que se quer
dizer por "fogo renal"? Refere-se à capacidade do rim de tomar-se energético,
ativo tanto no desempenho do estilo de vida quanto sexual. Portanto, na Me-
dicina Chinesa, quando um homem toma-se sexualmente impotente, isto é
atribuído ao "fogo renal insuficiente"; quando um homem é sexualmente
superativo, isto é atribuído ao "fogo renal excessivo".
Quando um homem possuí um nível mais alto de fogo ardente dos rins,
ele permanece magro e possui uma capacidade sexual forte. Para ser esbelto
Dieta C/linesa Para Perda de Peso 189

deve ser sensual. Um companheiro gordo não terá uma capacidade sexual
forte, e um companheiro com uma capacidade sexual forte não será gordo; a
natureza não mistura sexo com obesidade. O fogo ardente dos rins permane-
cerá queimando gordura e vaporizando água do organismo, mantendo-o li-
vre da obesidade. Permanecer esbelto e em boa forma significa que você deve
aumentar o fogo ardente dos rins.

AUMENTANDO O FOGO ARDENTE DOS RINS


Quando sugiro aos pacientes na minha clínica que eles tentem aumen-
tar o fogo ardente de seus rins para perder peso, muitos por brincadeira
me perguntam se eles necessitam de um testículo adicional para perder
peso mais efetivamente. De fato, se isto pudesse ser feito, imagino que isto
funcionaria no controle de peso; se alguém quer perder peso, um testículo
extra é necessário, e para ganhar peso, um dos testículos deve ser removi-
do. Estou impressionado que nossos cirurgiões, tão capazes em "picar" o
organismo, não tenham considerado a possibilidade da transplantação de
testículos, que deve curar a obesidade e a impotência ao mesmo tempo e
fazer da profissão médica muito mais respeitável. Algumas pessoas pen-
sam que a obesidade e a impotência estão zombando dos médicos, assim
como muitos pacientes obesos e impotentes são desviados todos os dias
como incuráveis por nossos médicos.
Os alimentos chamados tônicos Yang podem aumentar o fogo ardente
dos rins. Na Medicina Chinesa, existem quatro tônicos básicos: tônicos ener-
géticos, sangüineos, Yin e Yang. Um tônico é algo que fortalece e o tônico
energético refere-se a algo que fortalece a energia, o tônico sangüíneo a algo
que fortalece o sangue, o tônico Yin a algo que fortalece os líquidos, tônico
Yang a algo que fortalece o fogo ardente dos rins, também chamado de ener-
gia Yang no organismo. Em alguns casos, tipos diferentes de tônicos são usa-
dos intercambiavelmente, ou porque um certo alimento simultaneamente
desempenha duas ou mais funções ou porque um alimento pode ser usado
como um substituto do outro.
Os rins dos animais são tônicos Yang altamente recomendados, basea-
do na crença tradicional Chinesa que quando órgãos internos humanos
estão enfraquecendo, é benéfico comer os órgãos correspondentes dos ani-
mais. Conseqüentemente, quando nosso fígado está fraco, você deve co-
mer fígado de animal; quando os rins estão fracos, coma rins de animal, e
assim por diante. Em uma conferência, lembro-me que uma senhora quase
por brincadeira me perguntou se é benéfico comer testículos de animal ou
pênis quando se sofre de impotência. Minha resposta foi enfaticamente sim,
o que não foi uma piada. De fato, quando as mulheres Chinesas com ne-
nhum defeito fisiológico não são capazes de conceber, elas comem testícu-
190 Sistema Chinês de Curas Alimentares

los de animal cozidos em vinho de arroz (particularmente testículos de porco,


que estão prontamente disponíveis). E quando uma mulher Chinesa con-
sulta um herbalista Chinês para iniertilidade ou um homem para impotên-
cia, é usual para o herbalista presenteá-los com a seguinte receita: prepare
dois testículos de cordeiro, de porco ou de boi, quatro rins e 50g de tâmaras
pretas; mexa-os em vinho de arroz até que estejam completamente embebi-
dos; então vaporize-os. Coloque os ingredientes vaporizados numa garra-
fa de vinho e guarde por 3 meses antes que esteja pronto para beber. Isto é
chamado de vinho tônico Yang.
Comer rins (de porco, de boi, de cordeiro ou de galinha) tem três van-
tagens: os rins possuem pouca gordura, são facilmente digeridos e tonifi-
cam as funções renais. Para pessoas que não gostam de comer rins por
causa do seu gosto, o aroma pode ser melhorado. Primeiro, corte o rim na
metade, remova todas as partes indesejáveis e lave-o; aqueça a água até a
ebulição e adicione um pouco de vinho; despeje no rim e ferva em fogo
baixo até que esteja completamente cozido; drene e fatie em pequenos
pedaços. Prepare um molho com gengibre, cebola verde, pimenta verde,
molho de soja, açúcar, óleo de gergelim e vinagre. Despeje o molho sobre
o rim e está pronto para comer.
Um outro modo de cozinhar rins: corte o rim em fatias grandes; colo-
que 1 colher de sopa cheia de óleo numa "wok" ou frigideira e assim que
a panela estiver quente, adicione gengibre fatiado, alho e cebolinha; frite
mexendo com o rim por alguns minutos. Alho, gengibre e cebolinha são
condimentos e também tônicos Yang.
Para tratar impotência nos homens e frigidez nas mulheres, existe uma
outra receita Chinesa: corte 2 ou 3 dentes de alho em pequenos pedaços;
frite com 30g de gengibre fresco. De fato, se você quer perder peso e per-
manecer esbelto, use gengibre e alho de forma regular.
Fígado (de galinha, de porco e de boi) é o segundo alimento recomen-
dado como um tônico Yang para aumentar o fogo ardente dos rins. O fíga-
do também pode ser cozido para fazê-lo agradável para O paladar. Frite o
fígado bem rapidamente em óleo vegetal com condimentos, tal como gen-
gibre, alho ou aipo; use pimenta-da-reino e vinho como temperos.
Camarões são o terceiro alimento recomendado como um tônico Yang.
Um célebre herbalista Chinês no século XVI recomendava os maridos a
não comerem camarões numa viagem, planejado como uma observação
engraçada para subentender que os camarões podem aumentar drastica-
mente os desejos sexuais e eles podem se desesperar sem um parceiro se-
xual quando separados de suas esposas. É claro, este conselho pode não
ser válido hoje, porque os meios sociais têm mudado no curso dos quatro
séculos passados. Alguns herbalistas Chineses acreditam que se alguém
consome muito camarão sem relação sexual, pode desenvolver hemorra-
gia nasal devido ao fogo excessivo desenvolvido no organismo.
Dieta Chinesa Para Perda de Peso 191

Os camarões possuem a maior capacidade de reprodução, acredita-se


nisso porque uma única relação sexual produzirá milhares de ovos, muito
além da capacidade humana. Existem diferentes modos de comer cama-
rões. Prove esta receita tradicional Chinesa chamada camarões intoxica-
dos: lave os camarões vivos e coloque-os numa panela; despeje conhaque
ou whisky o suficiente para cobrir todos os camarões; então adicione al-
guns temperos favoritos, tais como gengibre, alho e óleo de gergelirn. Ime-
diatamente cubra a panela porque os camarões pularão como loucos. Quando
os camarões se acalmarem depois de alguns minutos estão prontos para
comer. Os camarões também podem ser fritos com alho para fazer um
forte tônico Ynng. Os Chineses estão particularmente interessados em cé-
rebros de camarão (que parecem amarelados), testículos de camarões (lo-
calizados nas costas), fígado de camarão (torna-se imediatamente verme-
lho ao cozinhar) e ovos de camarão. O intestino preto fino nas costas do
camarão deve ser removido antes de cozinhar. Se os camarões frescos não
estiverem disponíveis, camarões secos podem ser usados e cozidos com
outros alimentos mais como um condimento do que como um ingredien-
te principal.
O mexilhão também é considerado como um tônico Yal1g efetivo. O
mexilhão possui uma energia morna, diferente do molusco bivalve (mo-
lusco bivalve de mar ou de rio), que possui uma energia fria. O mexilhão é
um tônico Yang; o molusco bivalve é um tônico Yin. Um clássico de dieta
Chinesa diz: "Mexilhão cozido pode promover ereção e curar lumbago."
De fato, dificuldade de ereção e lumbago são, em muitos casos, atribufdos
à fraqueza dos rins, e já que o mexilhão é um tônico Yal1g, deve ser benéfi-
co para dificuldade de ereção e lumbago. Acredita-se que o mexilhão pode
aumentar a temperatura corpórea, particularmente nos genitais, este é o
porquê dele ser benéfico para impotência sexual nos homens e frigidez
nas mulheres.
Na China, muitas mulheres cozinham mexilhão com vinho de arroz,
gengibre e feijões-de-soja pretos para regular o fluxo menstrual, porque o
fluxo menstrual irregular é freqüentemente causado por frio no útero, e
mexilhão cozido com vinho pode aumentar significantemente a tempera-
tura do útero. A mesma receita pode ser usada para aquecer as áreas geni-
tais nos homens. De fato, o mexilhão seco é um importante alimento na
Medicina Chinesa e é normalmente moído até tomar-se pó para adminis-
tração oral. Quando usar mexilhão seco, lave tirando o sal, frite e moa o
mexilhão até tornar-se pó, tome lOg do pó de mexilhão com água morna
ou conhaque de cada vez, duas vezes ao dia, para corrigir impotência e
aumentar a capacidade sexual.
Além dos tônicos Yal1g de animais, as frutas seguintes e os vegetais
também podem ser usados como tônicos Yang, incluindo framboesa (deve
ser framboesa verde seca). Na China, quando começa o verão, as crianças
192 Sistema Chinês de ClIras Alimen tares

apanham framboesas verdes para serem usadas como ervas. Elas limpam
as framboesas e embebem-nas em água fervendo por 1 a 2min, e então
espalham-nas no chão para secar sob o sol forte.
As framboesas podem produzir efeitos similares àqueles dos hormô-
nios femininos, de acordo com uma experiência em coelhos e ratos. (Um
herbalista Chinês muitos séculos atrás avisou os homens que se eles tives-
sem ereções excessivamente fortes que duram muito tempo, deveriam fi-
car longe das framboesas.) Como o mexilhão, a framboesa pode aumentar
a temperatura corpórea, particularmente nos genitais, e por esta razão, é
benéfica para mulheres que são incapazes de conceber devido à frieza no
útero. Os Chineses também acreditam que um consumo prolongado de
framboesas pode melhorar as condições de pele de uma mulher e prevenir
o engrisalhamento do cabelo.
Outros alimentos usados como tônicos Yang incluem o inhame (que
também age nos rins e interrompe a emissão seminal nos homens e o cor-
rimento vaginal nas mulheres, e interrompe a urinação freqüente em am-
bos os sexos), anoz (que tonifica os rins e beneficia os pulmões), a semente
de cebolinha e a semente de cabaça amarga (ambas boas para uma ampla
variedade de propósitos, particularmente na fraqueza de relação sexual).
Se minhas experiências clínicas têm me ensinado alguma coisa, é que
um grande número de pessoas com excesso de peso não está muito inte-
ressados na teoria da obesidade como em perder peso. Muitas delas me
perguntam: "Você pode simplesmente me dizer quais alimentos comer
para perder peso? "Por esta razão ofereço uma simples e prática resposta
para a pergunta na forma de um quadro, ApÊNDICE A. Para fazer uso des-
te quadro, determine seu tipo de constituição física (como esboçado no
Capítulo 3), selecione alimentos que são bons e evite os que são ruins para
seu tipo; assim como para alimentos listados como neutros, coma-os sem-
pre que lhe agradar.
Apêndice A
N úmeros de Pon tos Y de Alimentos e Mo vimentos dos
Alimentos em Relação às Estações
(Alimentos sem indicações de nlÍmero de pontos Y estão ainda indeterminados nos movimentos
em relação às es tações.)

YANG N° de pontos Y YIN


Q
Para fo ra Para cima Para baixo
-", Para dentro
A LIM ENTO (V erão) (Primavera) •
Z (Outono) (Inverno)

+8 +7 +6 +5 +4 +3 +2 +1 O -1 -2 -3 --4 - 5 --6 -7 -8
Abacaxi x
Abóbora x
Abóbora-moranga x

Açafrão x
Açúcar branco x

Açúcar mascavo x
Aipo x
Alcaçuz x
Alcaravia x
AJecrim X

Alface x
Alface (caule)
Alface (folha) x
Alga marinha x
Alho x
Alho-porro x
Ameixa azeda x
Ameixa x
Amendoim x
A rroz doce x
Arroz polido x
Aspargo x
Azeitona x

Banana x

(Continua)
194 Sistema Chinês de Curas Alimen.tares
(Col1l)
YANG N° de pontos Y YIN

Para fora Para cima o Para baixo Para dentro


,
lo
ALIMENTO
(Verão) (Primavera) •
Z (Outono) (Inverno)
+8 +7 +6 +5 +4 +3 +2 +1 O -1 -2 -3 -4 -s --6 -7 -8
Barbas de milho x
Batata-doce x
Batata x
Berinjela x
Broto de bambu x

Cabaça amarga x

Cabeça branca de
cebola verde x
Café x
Camarão x
Cana-de-açúcar x
Caqui x
Caranguejo x
Carapaça de molusco
bivalve (de rio) x
Carapaça de molusco
bivalve (marinho) x
Carne de boi x
Carne de carneiro x
Carne de porco x
Caroço de algodão x
Carpa (comum) x
Carpa (dourada) x
Carpa (grama) x
Casca de canela x
Casca de tangerina
seca x
Casca de toranja x
Casca do coco x
Castanha d'águCl x
Castanha x
Cebola
Cebolinha x
Apêndice A 195

YANG N° de po ntos Y YIN

ALIMENTO
Para fo ra
(Verâo)
Para cima
(Primavera)
-
-Z,•
c Para baixo
(Outono)
Para den tro
(Inverno)
+8 + 7 +6 +5 +, +3 +2 +1 O -1 -2 -3 -4 - 5 -6 -7 - 8
Cenoura x
Cera da cabaça
chinesa x
Cereja x
Cevada x
Chicória
Clara de ovo de
galinha x
Coa lhada de feijão x
Coentro (salsa
chinesa) x
Cogumelo branco x
Cogumelo preto x
Cogumelo shiitake x
Concha de ostra x
Couve-rábano x
Cravo-da-índ ia x

Damasco x

Engu.ia x

Erva-doce x
Espinafre x

Farelo de arroz x

Farelo de trigo x
Feijão comum x
Feijão vermelho
pequeno x
Feijão-de-soja
(amarelo) x
Feij ão-d~a (preto) x
Fígado (de boi) x
Fígado (de galinha) x
Fígado (de ovelha) x

(Continua)
196 Sistema Chinês de Curas Alimentares
(Conl )

YANG N° de pontos Y YIN

ALIMENTO
Para fora
(Verão)
Para cima
(Primavera)
-•"e
Z
Para baixo
(Outono)
Para dentro
(Inverno)
+8 +7 +6 +5 +4 +3 +2 +1 O -1 -2 -3 -4 -5 -6 -7 -8
Fígado (de porco) x
Figo x
Flor de taro x
Flor-de-lis x
Folha de cebola
verde x
Folha de goiabeira x
Folha de rabanete x
Folha de tara x
Framboesa x
Fruta estrelar (caram-
bola) x
Fruto do lúpulo x

Galhinho de canela x

Galinha x
Geléia real x
Gema de ovo de
ga linha x
Gengibre (fresco) x
Gengibre (seco) x
Ginsém x
Goiaba x
Gomo de cogumelo
comum x

Ha liote x

"Hawthom fruit" (fruta


do espinheiro
branco) x
"H orse bean" (fava) x
Hortelã x
Hortelã-pimenta x
"Hyacinth bean" (feijão
jacinto) x
Apêndice A 197

YANG N° de pontos Y YIN


Para fora Para cima o Para baixo Para dentro
AUMENTO
(Verão) (Primavera) ",
Z• (Outono) (Inverno)
+8 +7 +6 +5 +4 +3 +2 +1 O -1 -2 -3 -4 -5 -6 - 7 --1l
Inhame x

"Kelp" x

"Kumquat" x

Lágrimas-de-jó x

Lechia x
Leite (de ovelha) x
Leite (de vaca) x
Leite (humano) x
Limão x
Líquido do coco x
"Longan" x
"Loquat" x
Lótus (fruta, semente,
raiz) x

Maçã x

Maçã silvestre ácida x


Malte x
Maltose x
Mamão x
Mamona x
Manga x
Manjericão doce x
Manjerona x
Manteiga x
Mel x
Melancia x
Melão almiscarado x
Mexilhão x
Milho x
Molusco bivalve
(de água doce) x
(Continua)
198 Sistema Chi"És de Curas Alimelltares
(Conl)
YANG N° d e pontos Y Y/N
Para fora Para cima ~ Para b aixo Para dentro
ALIMENTO (Verão) (Primavera) "
Z"
(Outono) (Inverno)
+8 +7 +6 +5 +, +3 +2 +1 O -1 -2 -3 -4 -5 -6 -7 -8
Molusco bivalve
(de água salgada) x
Morango x

Mostarda folhosa x
"Mung bean" x

Noz x

Noz-mascada x
Óleo de gergelim x

Óleo de soja x
Ostra x
Ovo (pa ta) x
Ovo de galinha x

Parte comestível
do coco x

Pato x
Pepino x
Pêra x

Pêssego x
Pimenta-do-reino e
branca x
Pimenta-malagueta ou
verde x
Plúmula de lótus x

Pó de osso de siba x

Presunto x

Rabanete x

Raiz de beterraba x
Raiz de figueira
Raízes de cebolinha x
Repolho (chinês) x
Rim (de boi) x
Rim (de ovelha) x
Rim (de porco) x
Apêndice A 199

~________Y~A~~T'~G______~N~·~de~ponr'O~5~Y______~Y,nv~________--1
Paca tora Para cima Para baixo Paca dentro
ALIMENTO
(Verão) (Primavera) (Outono) (Inverno)

+8 +7 +6 +5 +4 +3 +2 +1 O -1 -2 -3 -4 -5 -6 -7 --8
Sal x
Sangue de enguia x
"Sea grass" (grama
marinha)
Semente de cereja x
Semente de damasco
(amargo) x
Semente de damasco
(doce) x

Semente de endro x
Semente de ger-
gelim preta x
Semente de girassol x
Sementesdecebolinho x
Siba x
"Star anise" (anis
estrelar) x
"Sword bean" (feijão
espada) x

Tabaco x

Támara (vermelha e
preta) x

Tangerina x
Tangerina ("mandarin
orange") x
Tara x
Timo
Tomate x
Toranja x
Trigo x

Uva x

Vagem x

Vinagre x
Vinho x
Apêndice B
Alimentos em Relação a Energias, Sabores e 6rgãos Internos
(Alimentos sem indicações de números de pontos Y estão ainda indetenninados em energias
e sabores.)
O símbolo"-" indica "levemente", por exemplo, levemente morno 01/ levemente frio.
O símbolo" +" indica" extremamente", por exemplo, exlremmnenfe azedo 011 extremame/lte frio.

o -§
~ ~ "-
$ -o'q; .::l
ALIMENTO -S'
::: " " .o ..$ " c ~
~ " c ~
'OqJ :.§ ~t::" '2;"a' 'tt
& ,$ $"
&~-§~~~ 8 o.s rz.",r.; ~
"
-:-.,$ ~ ~ ;;.CJ ~6iJ Ji t1 é? ~r..;,:..o(>
§or.;;~S""'qz,
"'.Q"t"~f"J:;"e' ""~ c:J ~ ~ ;:: ~.::;. . .~. ~ :::,.fl. ,Q:;;r:.. 4.$ó~ ,Q:;;':- çJ ~ Outros
Abacaxi x x x
Abóbora x x x x
Abóbora-mo-
canga x -x
Açafrão x x x x
Açúcar branco x x x
Açúcar mascavo x x x x x
Aipo x x x x x
Alcaçuz x x x x x
Alcaravia -x x x x
Alecrim x x
Alface x x x x x
Alface (caule)
Alface (folha) x x x x x
Alga marinha x x
Alho x x x x x
Alho-porro x x x x obstrutivo
ohstrutivae
..
Ameixa azeda +x x x

Ameixa x x x x x
Amendoim x x x x
Arroz doce x x x x
Arroz polido x x x x
Aspargo -x x -x
Azeitona x x x x x obstrutiva

Banana x x

(Contmua)
202 Sistema Chinês de Curas Alimentares
(Conl.)

o 't§'
~tZ'"
~o -l.:!
A LIMENTO
,f
.s-
,,~ -§ ..$-'" o ~
~ o o
IOq;:§:§~~ ~ "
~
1",0
&
",
~
,,'::' -Q0
Ç.,Q, ;;S ~ i$ ." ê
~ '1;'$ "'~ ~~ 6 ~
t ",çI<I ~S' ~"J ..s-!Ii ~C *Cõ J5
;p é; ~t;,;l
4.~ ,~..$'.:::.,.t:; ~q; 4.:~~ ~~ (5) c.(J Outros
Barbas de milho x x x x
Batata-doce x x
Batata x x
Berinjela x x x x x
Broto de bambu x x acetinado

Cabaça amarga x x x x x

Cabeça branca de
cebola verde x x x x
Café x x x
Camarão x x
Cana - de~açúcar x x x x
Caqui x x x x x obstrutivo
Caranguejo x x x x
Carapaça de molus-
co bivalve (de rio) x x x x x
Carapaça de molus-
co bivalve (marl-
nho) x x x
Carne de boi x x x x
Carne de carneiro x x x x
Carne de porco x x x x x x
Caroço de algodão x x
Carpa (comum) x x x x
Carpa (dourada) x x x x x
Carpa (grama) x x x x
Casca de canela x x x x x x
Casca de tangerina
50ca x x x x x
Casca de toranja x x x x x x x
Casca do coco x
Castanha d'água x x x x
Castanha x x x x x
Cebola
Cebolinha x x x x x
Apêndice B 203

ALIMENTO

Cenoura x x x x
Cera da caba<;» minesa x x x x x x
Cereja x x
Cevada x x x x x
Chicória x x
Clara de ovo de
galinha x x
Coalhada de feijão x x x x x
Coentro (salsa
chinesa) x x x x
Cogumelo branco x x acetinado
Cogumelo preto x x x x
Cogumelo shiitake x x x
Concha de ostra x x x x obstrutiva
Cotlve~rábano x x x x
x x x x x

Damasco x x x

Enguia x x x x x

Erva~doce x x x x x
Espinafre x x x x acetinado

Farelo de arroz x x x x x

Farelo de trigo x x x
Feijão comum x x
Feijão vermelho
pequeno x x x x x
Feijão~de~soja
(amarelo) x x x x
Feijão~de~5oja
(preto) x x x x

Fígado (de boi) x x x


Fígado (de galinha) x -x x x
Fígado (de ovelha) x x x x
(ContInua)
204 Sistema Chinês de Curas Alimentares
rCont.)
o .,,0
~ ~,I,.
...0 ~.~
qo 'tr .~
A UMENTO ~ ~ o o ~ o
;:; ~"!f ..$' oo ~ "0~ ·$·$ ''O' 'O' o ,~ ~
~ '!J "''O'
~Q.o""~ It''O'~ ~ ~ ",t; ~ $" f $, 8 .~ ~ r" o ~.!
,,-" (:f .,;; l ","<ii «;~O;.§'~o «;.;-;!
.... ..,;; ..,;; ~.. ~,~.~ t;; , '<.;
,,:;:' .....~ ....~ .:::..~ ~~ ~ ~ ~r::- (;04! Outros
Fígado (de porco) x x x x
Figo x x x x
saoo,
Flor de tara x ~ntocpecid
Flor-de-l is x x x
Folha de cebola
verde x x
Folha de goiabeira x x obstrutiva
Folha de rabanete x x x x x

Folha de tara x x
Framboesa x x x
Fruta estrelar (ca-
rambola) x x x
Fruto do lúpulo x -x

Galhinho de canela x x x x x x

Galinha x x x x
Geléia real x
Gema de ovo de
galinha x x x x
Gengibre (fresco) x x x x x
Gengibre (seco) x x x x x
Ginsém x -x x x x
Goiaba x x lobstrutivo
conshitivo
Gomo de cogumelo
comum x x x x x x

H aliote x x x

"Hawthorn fruit"
(fruta do
espinheiro branco) x x -x x x x
"Horse bean" (fava) x x x x
Hortelã x x x
Hortelã-pimenta x x x x
"Hyacinth bean"
(feijão jacinto) x x x x

lnhame x x x x x
Apêndice B 205

ALIMENTO

"Kelp" x x x
"Kurnquat H
x x x x

x x x x x

Lechia x x x x x
Leite (de oveUla) x x
Leite (de vaca) x x x x x
Leite (hu mano) x x x x x x
Limão +x
Líquido do coco -x x
"Longan" x x x x
"Loquat" x x x x x x
Lótus (fruta, semen- obstrutiva
te, ra iz) x x x x x

Maçã x x x

Maçã silvestre ácida x x x x x x


Malte x -x x x
Maltose x x x x x
Mamão x x
Mamona x x x x x
Manga x x x
Manjericão
doce x x x x x
Manjerona x x
Manteiga x x
Mel x x x x x
Melancia x x x x x
Melão a lmiscarado x x x x
Mexilhão x x x x
Milho x x x x

Molusco bivalve (de


água doce) x x x x x
Molusco bivalve (de
água salgada) x x x
(Contimta)
206 Sistema Chinês de CllrflS Alimentares
(ColIl.)

A LIMENTO

Morango x x x
Mosta rda folhosa x x x
'·Mung bean" x x x x
Noz x x x x

Noz-moscada x x x x

Óleo de gergelim x x

Óleo de soja x x x
Ostra x x x
Ovo (pata) x x
Ovo de gallnha x x

Parte comestível do
obstrutiva
coco x

Pato x x x x x
Pepino x x x x x
Pêra x -x x x x
Pêssego x x x
Pimenta-do-reino e
branca x x x x
Pimenta-malagueta
Oll verde x x x x
Plúmula de lótus x x x x x obstrutiva
PÓ de osso de siba x -x x x
PresW1!O x x

Rabanete x x x x x

Raiz de beterraba x x
Raiz de figueira
Raízes de ceboUnho x x
Repolho (chi nês) x x x x acetinado
Rim (de boi) x x
Rim (de ovelha) x x x
Rim (de porco) x x x
x x x x x x
Apêl/dice B 207

ALIMENTO

Sangue de enguia x x x x
"Sea grass" (grama
marinha) x x x

Semen te de cereja x x x
Semente de damas-
co (amargo) x tóxico
x x
Semente de damas-
co (doce) x x x
Semente de endro x x x x
Semente de gerge-
Um preta x x x x
Semente de giras-
sol x x x
Sementes de cebo-
linho x x x x x
Siba x x x x
"Star anise" (anis
estrelar) x x x x x x
"Sword bean"
(feijão espada) x x x x
Tabaco x x

Tâmara (vermelha
e preta) x x x x
Tangerina x x x x x
Tangerina ("manda-
rin orange") x x x
Taro x x x x x acetinado
Timo
Tomate x x -x
Toranja x x x
Trigo x x x x x

Uva x x x x x x

Vagem x x x x

Vinagre x x x x x
Vinho x x x x x x x
BIBLIOGRAFIA *

Chinese Medical fOllmal (mensalmente). Peking, 1959-1984.


Chinese Scientific Nutritional Research Institute. Nutritional Chart of
Chinese Foods, Peking: People's Health Press, 1963.
Dai Yin-Fong and Liu Cheng-Jun.Medicinal UsesofFruits. Peking: Guang-Xi
People' s Press, 1982.
Jiangsu New Medicai College. A Complete Dictionary of Chinese Herbs.
Shanghai: Shanghai Technical Press, 1977.
fOtlmal ofNew Chinese Medicine (mensalmente). Canton, 1956--1985.
Li Shih-Chen. An Olltline of Materia Medica, 1578.
Li Yan. Self Healing of Cancers and TI/mors btJ Herbs and Diet. Peking:
People's Health Press, 1982.
Luo He-Sheng. Common Herbs for Prevention and Cure of Cancers and
Tumors. Canton: Canton Technical Press, 1981.
Sun Shu Mao. One Thousand Ounces of Gold Classic, seventh century
A.D.
YehJu-Quan. Chinese Diet and Herbal Formulas. Hong Kong: Shang-Wu
Press, 1978.
Yellow Emperor's C/assic Df InternaI Medicine, third century B.e.

• Todos os artigos foram publicados na China e na própria LÚlgua Chinesa.


/

Indice Remissivo

A Alimentos (Cont.)
Cinco
Abacaxi, 74 Energias dos, 5
Abóbora, 104 sabores, 2
-moranga, 99, 154 com movimento, lI, 12
Abscesso pulmonar, 104 de acordo com as suas energias, 20
Açafrão,57 Diferentes energias, 8
Acalmar o espírito, 16 doces, 3, 18, 19
Acidez, 16 e a dieta balanceada, Ações dos, 13
Açúcar e movimentos dos alimentos em relação
branco, 144 às estações, 193-199
de melancia, 153
efetivos, 16
mascavo,145
em relação a energias, sabores e órgãos
na urina, 149
internos, 201-207
Agitação,124
Energias e sabores dos, 1
Aipo, 19, 88, 152, 163
irritan tes, 156
fresco,155
Movimentos dos, 9
Alcaçuz, 58
ocidentais, 19
Alcoolismo, 60, 68, 73, 102, 103, 145, 161
AlecriJ;n, 57 pungentes, 3, 19
A lergias e tipos de organismos, 34
salgados, 2, 4
Alface, 19,96 tônicos Yang, 189, 192
Semente de, 96 variados, 137
Alga marinha, 19, 135, 136, 152, 161 Alopecia
Alho, 46, 147, 157, 169, 170, 172, 185 areada, 169
-porro,98 prematura, 169
Alimentos Ameixa, 75, 174
Ações comuns, 16 azeda, 75
Ações orgânicas, 13-15 Amendoi ns, 85,160,164
amargos, 2, 4 frescos, 156, 173
azedos, 2, 4 secos, 151
210 Sistema Chinês de Curas Alimentares
Jlnernia, 102, 134, 138 c
aplásica, 16O
hipocrôrnica, 139 Cabaça amarga, 101, 186, 192
macrocítica, 159 Cabelo grisalho, 119
por deficiência de ferro, 159 Café, 6, 142
Cãibra s musculares, 116
Apetite, 17
pobre, 56,58,64, 71, 10], ]07, 124, Cálculos
biliares, 93
129,138
renais, 79, 82
Arroz
Camarão, 133, 190, 191
de grão, 174
Cana-de-açúcar, 145
doce, 19, 114, 163, 164
Câncer, 54
integral, 165
de pulmão, ] 43
polido,114
Cancro de boca, 73, 79, 138
Artrite, 31
Ca nela, 46, 163, 172
reumatóide,138
Casca de, 44
Ascaríase, 140
Contra-indicações, 45
Ascite,75 Caqui, 73, 152
crrrótica, 111 Carambola, 79
Asma, 17,49,82 Caranguejo, 132, 165, 166
brônquica, 99, 154 CarbéU1culo, 110, 111,137,167
Aspargo,90 Carne, 121
A ves domésticas, 12] de boi, 19, 121
Azeitona, 68 de cordeiro ou de carneiro, 121
de porco, 128, 164
Caroço de algodão, 119
B Carpa, 129, 164
dourada, 129
Bambu, Broto de, 90
Casca
Banana, 19,60, 152, 166, ]67, 171 de amendoim, 161
Batata(s), ]9,98,150, 171 de cera da cabaça, 164
-doce, 98,171 de favas secas, 174
frescas, 156 de goiaba, 158
Bebida alcoólica, 6 de laranja, 148
Beribéri, 41, 42, 85, 93, 103, 111-113, 116, de melancia, 151
117,129,134,136 de ovo de galinha, 127
Berinjela, 94 de toranja, 64, 164
Beterraba, Raiz de, 90 Castanha(s),84
Bexiga, 79 d'água, 106, 152
Boa saúde, Sopa, 182 frescas, 171
Bócio, 129-131, 134-136 Catarata, 129, 137
endêmico, 73 Catarro, 16
simples, 161 Caxurnba,98,111,154
Bronquiectasia, 104 Cebolas,97, 170
Bronquite, 142, 153 verdes,2,148, 167
aguda, 58 Cabeça branca de, 97
crônica, 153 Folha de, 97
Brotos Cebolinho(s), 2, 91, 151
de cebolinho, 151 frescos, 175
de mung bean, 152 Raiz de, 92
Bulbo de cebola verde, 148 Semente de, 92
flldice Remiss ivo 211
Cenoura, 87 Cravo, 169,174
Cera da cabaça, 103, 161 -da-índia, 2, 48
Cereja, 60
Ceruminose, 127
Cevada, 107
D
Chá,6,144 Damasco,76
verde, 183 Deficiência
Chicória, 93 de secreção de leite, 44
Cicatriz, 61 energética, 18
Cinco sangüínea, 18
energias dos alimentos, 5 e energética, 63
sabores dos alimentos, 2 Deglutição, 113,135
Circulação Dentes de alho, 154, 175
energética, 17, 90 Desnutrição, 138
sangüínea, 17 nas crianças, 51,109,115,126
Cistite, 145 Diabetes, 56, 65, 67, 75, 81, 93,105,106,
Clara de ovo de galinha, 125 112,114,121,122,128,130,149
Coagulação sangüínea, 16, 57, 143 Diarréia, 17,44, 46, 48-53, 56, 62, 64, 65, 68,
Coalhada de feijão, 114, 154, 156, 162, 165, 173 73-75,81,82,84,87,92,98,100,103,
Coceira na região genital, 47 105, 107, 109, 111-115, 117, 124-126,
Coco,61 134,141,157,172
Coentro, 2, 51 com eliminação de sangue, 118
Cogumelo, 160 crônica, 80
branco, 96 indigestiva,53
preto, 95, 162, 167 periódica, 114
seco, 172 simples após o parto, 142
sruitake, 102 Dicotomia quente/fria, 32
Colecistite,93 Dieta
Conchas, 131 balanceada, 18
de ostras, 157 individual, 20
Congestão chinesa, I, 177
nasal, 97 ocidental, Diferenças da, 1
no peito, 64, 69, 71, 100, 105 orgânica balanceada, 23
Conjuntivite, 95, 101, 106, 114, 124, 125, 130 para equilíbrio orgânico, 23
Constipação, 60-62, 73, 82-84, 87, 97, 101, Dietistas ocidentais, 3
102,109,110,118,119,122,128, Dificuldade
137-139,143,145 ao urinar, 63, 87
crônica, 171 de deglutição, 73, 122
Constituição física, 184 de urinação, 73, 94, 114
deficiente, 21 Digestão,17
fria, 21, 24 Disenteria, 46, 62, 72, 94, 95, 97, 99, 101,
quente, 21, 24 129,145
úmida, 21 amebiana crônica, 158
Convulsões, 58 bacilar, 139, 144, 158
Coqueluche, 46, 58, 71 aguda, 146
Cor plllmol1flle, 142 crônica, 64
Coração fraco, 94 Disfagia,98
Corrimento vaginal, 56, 80, 92, 105, 109, Dispersar o frio, 16
119, 129, 130, 133, 135 Distúrbios
esbranquiçado,45, 112, 117, 130 gastroentéricos,143
Couve-rábano,105 menstruais, 162
212 Sistema Chi"es de Curas Alimenfares
Doença(s) Eliminação
cardíaca de fezes, 84
arteroscler6tica coronária, 161 de muco, 90, 103, 105, 112
e hepática, 138 de sangue pelo ânus, 65,111,139
de mulheres, 166 de urina, 73, 88, 91
e condições femininas, 162 mucosa, 64, 130
e números de pontos V, 35 Embriaguez, 18
estomacais nervosas, ]43 Emissão seminal, 80-82, 92, 105, 112
hepática,75,84 Encefalite epidêmica, 140
Prevenindo e curando, 147 Endro, Semente de, 44
pulmonares, 117 Energias
renal, 152, 153 dos alimentos, 5-7
Dor, 18,50 e sabores dos alimentos, 1
abdominal, 41, 44, 48, 53-55, 57, 58, 97, sabores e órgãos internos, Alimentos,
109,121,134,145,157 201-207
durante a menstruação, 157 Enfisema, 70, 142, 150
fria, 46, 50, 52,141 Enguia, 133
de cabeça, 24, 31, 44, 54, 55, 57, 88, 97, Enterite, 62, 144
99,142-144,152 crônica, 59
de dente, 54, 79, 137 de intestino grosso, 98
de estômago, 42, 44, 54, 72, 73, 82, 100, Entorpecimento, 142
127,130,134,138,144,157 dos braços e pernas, 60
de hérnia, 71, 72, 82 Enurese, 119, 171
fria no abdômen inferior, 42 Envelhecimento prematuro, 61
menstrual, 55 Envenenamento
na artrite, 142
por droga, 113, 116
na urinação, 107
por enxofre, 114
nas costas e no ombro, 46
por peixe, carne e vegetais, 139
neurálgica, 25
Equilíbrio orgânico, Restaurando o, 24
no peito, 46, 91, 92,141
Erisipela, 113, 168
no pescoço, 65
Erupção(ães)
nos músculos e ossos, 63
cutânea,51,54,132
nos olhos, 81, 101
de reações alérgicas, 140
nos testículos, 134
de pele, 24
peitoral, 157
do sarampo, 17
reumática, 24, 143
Erva
-doce
E estrelar, 41, 42
de elevação, 10
Eczerna,64, 126, 130 Esbelto, Permanecendo, 180
Edema, 46, 61, 63, 74, 99, 103, 107, 110-113, Escabiose,119
116,117,121,123, 124,129,130,134- Escassez de secreção de leite, 85, 90, 96,
136, 145, 174 100,119,124,129,133,150
na doença cardíaca, 144 Escorbuto, 102
na nefrite, 93 Escrófula, 100
Efeitos tóxicos, 16 Escroto,96
Ejaculação Espasmos musculares, 141
precoce, 98, 131 Especiarias e ervas, 41
seminal, 16 Espinafre, 19, 102, 159
Elefantíase, 43 Esqueclinento,56,80
fl1dice Remissivo 213
Estações Força urinária, 129
Alimentos e movimentos dos alimentos Framboesa, 77, 192
em relação às, 193-199 Fraqueza
Estômago após o parto, 124
desarranjado, 48, 52, 56, 84, 85, 91, 98, 122 estomacal, 98
fraco,78 geral, 121
Estomatite,116 renal,98
Excesso Fraturas, 132
de peso, Teoria Chinesa, 177 Fruta(s), 140, 152
e deficiência, 33 do espinheiro branco, 65
e nozes, 59
e vegetais, 191
F estrelar, 79
Fadiga, 56,58, 109,133 Fruto(s)
Falta de do lúpulo, 145
apente,70 do mar, 121, 153
energia, 98 Fumo, 162
Farelo
de arroz, 113, 165
de trigo, 116, 170
G
Faringolaringite, 67, 83 Galinha, 124
Fasciolopsíase,61 Garganta irritada, 54, 58, 62, 68, 77, 79, 95,
Fava, 110, 186 106,109,110,124,125,137
Febre, 17,24,51,58,79 Gastrite, 127
Feijão(ões) Gastroenterite, 144, 155
-de-soja, 148, 152, 161, 163, 165, 166, 185 Gastroxia, 156
amarelo, 115 Geléia real, 138
preto, 116 Gema de ovo, 170
azuki,111 de galinha, 126
comum, 112 Gengibre, 163, ]64, 169-171
espada, 112 fresco, 49,155,157,168,169,173,174
jacinto, 109 ou envelhecido, 147
verde, 112 seco, 50
vermelhos, 111, 165, 167, 168, 185 velho, 152
Fezes Gergelim, 169
contendo sangue e pus, 133 preta, Semente de, 119
secas, 122 Gestose, 115
Fígado Ginsém, 56, 150
de cordeiro, 162 Glaucose, 129
de galinha, 172 Goiaba, 65
de porco, 159 Gomo de cogumelo, 103
Figo, 62, 166 Gorduras das carnes, 183
Flebite nodular, 138 Grama marinha, 134
Flor(es) Granulopenia, 160
-de-Iis, 101, 154, 165, 167, 170 Grãos, 107
de hyacinth beans, 158 Gravidez, Sintomas associados com a, 164
Fogo ardente dos rins, 189 Gripe, 148
Folha(s)
de cebola, 175 H
de figueira, 166
de goiabeira, 64 HaLiote, 129
214 Sistema Chinês de Curas Alimentares
Hawthorn fruit, 152, 158, 161, 165 L
Hemofilia, 160
Hemorragia nasal, 84, 91-93, 99, 102, 139, 175 Lágrimas-de-jó, 117, 156, 163, 174, 185
Hemorróidas, 7, 60, 62, 63, 65, 73, 79, 95, Laringite, 58,99
96,100,102,103,119,130,133,166 Lechia, 82, 166, 171
Hepatite, 126, 138 seca, 154
contagiosa, 155 Legumes, 107
do tipo ictérica contagiosa, 141 Leite, 121, 122, 171
Hérnia, 41, 42, 48, 54, 65 de égua, 150
Herpes humano para fadiga, 122
oral, 116 Lepra, 146
z6ster,l44 Lesões
Hidrocele,43 decorrentes de quedas, 57, 92
Hiperdoridria, 156 Leucorréia, ]63
Hipertensão, 60, 73, 81, 88, 93, 101, ]06, Limão, 19, 25, 67
138,151,152 Longan,80
Histeria nas mulheres, 78, 117 Loquat,83
Hortelã, 55 Loquiostase, 145
-pimenta, 54, 148 Lótus, 80
Hyacinth beans, 148, 161-163, 172 Plúmula de, 81
Lubrificar a secura , 17
Lumbago, 41, 42, 54, 60, 65, 82,112,
I 121,129
Luxações, 132
Icterícia, 51, 106, 111, 116, 129, 139
Icteroepatite,93
Impotência, 56, 82, 92, 119, 129, 133 M
Inchação, 64, 65, 70, 74, 81, 90, 110, 130
Maçã, 59
abdomina l, 50, 99, 107, 112, 115, 142,
silvestre ácida, 81, 172
145,157
Macarrão, 147, 154
do seio, 100, 107
Magreza, 122, 178
e dor, 100
Mal hálito, 64
nos testícu los, 135 Malte, 107, 165
Indigestão, 44, 50, 51, 54, 59, 64, 67, 71, 73, Maltose,l09
74,77,87,100,107,142-145 Mamão, 72, 165
por carne, 65 Mamona, 110
Infecção por cogumelo, 169 Manga, 67
Inflamação,95 Manjericão doce, 44
Inhame, 105, 151, 153, 163, 192 Manjerona, 51
Insolação, 101, 103, 161 Manteiga, ]9
Insônia, 80, 101, 126, 131, 143, 145, 170 Mastite, 93, 167
Intestinos, 17 Mel, 19,138,152,171, 174
Intoxicação, 52,64,70,142 com lei te, 170
alimentar, 58 Melancia, 79,153
por droga, 58 Melão
por peixe e caranguejo, 70 almiscarado, 84
amargo, 149, 16]
K do inverno, ]03
Membros frios, 44, 50
Kelp, 152 Menopausa, 46
Kumquat,71 Menstruação irregular, 44
indice Remissivo 215

Método para eliminar água, 186 Ovo, 121, 170


Mexilhão, 129,191 de galinha, 124, 172
Milho, 19, 94,149,185 de pata, 154, 173
Barbas de, 93
Molho de carne Chinês, 181
Molusco bivalve, 130,152,166 p
Morango, 77
Paciente diabético, 149, 150
Mostarda folliosa, 105
Palpitações, 58, 63, 78, 80
Movimentos
Pâncreas de porco, 150
das juntas, 117
Paralisia, 60
dos alimentos, 9, 31
Pato, 123
Pontos Y dos, 30
Peito congestionado, 57, 90
Sintomas tratados pelos, 10
Peixe, 140, 153
intestinais, 17
Pele
Mung beans, 151, 152, 174, 186
rachada, 119
Munguba, 113
5eca,119
Pepino, 4, 95, 153
silvestre, 101
N Pêra, 73, 153, 173
Nariz pingante, 25 Perda de peso, 138, 177, 183
Náusea matinal, 59, 114 Pernas fracas, 84
Nefrite, 53, 153 Peso
Nematódeo,104 abaixo do normal, 115, 121, 124, 128
no trato biliar, 159 Excesso de, 187
Nervosidade, 78, 80, 101, 131 Pêssego,72
Neurastenia, 138, 170 Pimenta(s)
Noz(es), 82, 170 -do-reino,52
-mascada, 50 -malagueta, 53
Números de pontos Y, 28 branca, 52
verde, 53
vermelhas, 168, 169
o Plantas de tomate, 158
Pneumonia 10bar,47
Obesidade, 184 PÓ
Lidando com a, 184 de alcaçuz, 155
ou magreza, 178 de osso de haliote, 156
Obstrução intestinal, 116 Polpa de cera da cabaça, 168
Óleo,107 Pontos Y, 27
de feijão-de-soja, 116 dos alimentos, 29
de gergelim, 119, 168 Presunto fresco, 128
de amendoim e de milho, 152 Princípios Yitl- YmIg, 27
Olhos prurientes, 25 Problemas de saúde, 166
Organismo(s) Produzir líquidos, 17
bem equilibrado, 179 Prolapso
Determinar o seu tipo de, 32 do ânus, 100,119,166
Seu tipo de, 31 do útero, 100
YÍI1 e Yallg, Tipos de, 32 Prurido, 140
Órgãos internos, 18 na região genital, 139
de galinha, 174 Psoríase, 169
Ostra, 131 Pulmões, 17
216 Sistema Chinês de Curas Alimentares
Púrpura Sal,137
alérgica, 78, 160 Saladas, 140
anafilactóide,160 Salsa, 2, 166
Pústulas, 134 chinesa, 51
&esca, 163
Sangramento, 80,98,119,127
Q da gengiva, 67, 137
Queda de testículos, 119 e corrimento vagina l, 124, 129-131, 134
Queijo tipo tofu, 114 Interromper, 16
Queimaduras, 95, 98, 107, 117, 124-126, vaginal,95
130,138,168,169 Sangue pelo ânus, 94, 95,102,129,134
Sarampo, 51, 61, 90, 102
Sea grass, 152
R Secreção de leite, 17
Sede, 17,70,71,75,83,87, 101, 109, 144
Rabanete, 99, 148, 152, 161, 162, 164, 172
na diabetes, 102
branco, 171
Semente, 107
Folha de, 100
de alcaravia, 54
&esco,148,149,151,173
de anis, 165
sem casca, 153
Radix bupleuri, 10 de cebolinha, 192
Raiz(ízes) de cereja, 61
de erva-doce, 154
de alga marinha, 151
de figueira, 63
de girassol, 118
Sensações
de lótus, 175
de calor no corpo, 17
Raquitismo,102
quentes, 123, 129
nas crianças, 127
Siba,134
Refeições, Apreciando as, 180
Si Iicose, 146
Repolho dtinês, 87
Resfriado, 54, 55
Silicotuberculose, 146
Sintomas pós-parto, 165
comum, 49, 51, 97, 147
Sinusite, 93, 138
Tratamento, 148
Resistência(s)
Soluço, 48, 69, 73,82,100,112,126,130,
135,170
e fraquezas orgânicas pessoais, 23
urinária, 106
Sonolência, 80, 144
Ressaca, 77 Sopa
Carne de boi, 182
Retenção de água, Evitando a, 187
Cogumelo, 182
Reumatismo, 24, 50, 60, 63, 116, 117, 129, 141
da longevidade, 183
RJuzoma cimicifugae, 10
Galinha, 182
Rim(ns)
Molusco bivalve, 182
Comer, 190
Mung bean, 182
de porco, 160
Subdesenvolvimento, 138
dos animais, 189
Suco
Rouquidão, 77, 124, 173
de aloe, 168
Ruído intestinal, 157
de cebolinha, 174
de lótus, 173
s de toranja, 171
Suor noturno, 63, 100, 119, 129, 131
Sabor(es) Supressão
doce, 3 da menstruação, 134
dos alimentos, 3 da urinação, 97
e energias dos alimentos, 11, 13 Sword beans, 171
Illdice Remissivo 217

T Trismo, 116
Tuberculose de nódulos, 63, 100
Tabaco,1 42 linfáticos, 110, 131, 134, 135, 146, 154
Tâmaras, 78 pulmonar, 138, 145, 146
pretas, 174
vermeUlas, 152, 161, 173
Tangerina, 69, 70 u
Casca de, 70 Úlcera(s), 87, 97,119,129,134, 143
Taro digestivas, 58
Flor de, 100 duodenal,116
Folha d e, 100 gástrica, 116, 138
Temperamentos, 33 e duodenal, 139, 155
Tênia , 61 Ulceração, 60
Tensão, 18, 131 produzida pelo frio, 168
Teoria Chinesa, Dieta ba Lanceada na, 18 Urina contendo sangue, 94, 96
Te rçol na pálpebra, 61 Urinação, 16, 17, 56, 77, 82, 84, 92, 96, 112,
Timo,58 114,124
Tillea, 119, 132 diminu ída, 79
capitis, 110 freqüente, 105, 171
corporis, 169 sem controle, 92
Tipo de organismo, 27, 34 Urticá ria, 7
Tomates, 19, 101 Uva, 63
frescos, 152
Tônicos básicos, 189
Tonificar
v
° baço, 18 Vagem, 112, 172
o coração, 18 Vaginite por tricomonas, 97
o estômago, 18 Verdu ras, raízes e cabaças, 87
° fígado, 18 Vício por ópio, 104
os pulmões, 18 Vida sexual, 33
os rins, 18 Vinagre, 139
Tontura, 77, 88, 152 de arroz, 171
Toranja, 64, 166 Vinho, 141, 155
Torção muscular, 117, 126 amarelo, l42
Tosse, 17,49,55,56,58,63,64,67,68, branco,142
71-73,75,77,79,82-85,87,90,99,101, de arroz, 142, 148
105, 123, 125, 129, 150, 157, 173 quente, 142
com muco, 73 Visão,18
seca, 109, 124, 128,138, 144, 145 embaçad a, 81,144
Toucinho,l68 Vitamina C, 25
Tóxicos do a1calóide vegetal. 138 Vititi go, 169
Transprração, 16, 17,56, 114 Vôm ito, 24, 41, 42, 48-51, 53, 61, 69, 70, 74,
excessiva, 72, 100, 131 103,107,112, 130,145,157,174
Traqueíte crônica, 150 de água clara, 52
Trigo de sangue, 57, 73, 84, 91-93, 99, 100, 109,
in tegral, 117, 168 126,129,134, 139
rachado, 165 no verão, 109
ISBN 10: 85-7241- 192-5
ISBN 13: 978-85-7241-.192-9