Vous êtes sur la page 1sur 5

Gestão Hoteleira

Conceitos Inovadores nos Meios de Hospedagem


A hotelaria mundial encontra-se em um cenário competitivo, onde a oferta é abundante
e o hóspede cada vez mais informado e seletivo. Este cenário não é mais novidade e ao
observar as atuais tendências de consumo pode-se dizer que até mesmo o viajante
menos exigente procura mais que apenas uma cama e um chuveiro. Há, é claro, uma
grande demanda que busca exclusivamente o melhor preço, mas também há aqueles que
escolhem sua hospedagem, por exemplo, pelas rotinas e atitudes sustentáveis
promovidas; ou pelo acesso free à internet; pela possibilidade de serviços customizados
e luxuosos; entre outros. Há, em uma ponta extrema, aqueles consumidores que buscam
o ápice do status e da exclusividade e não se importam, inclusive, em pagar preços
exorbitantes por experiências únicas. Prontos para atender esta necessidade existem
vários meios de hospedagem com estruturas diferenciadas e que investem em temáticas
e conceitos inovadores, que muitas vezes acabam se tornando o único motivo da viagem
do hóspede.

Diversas são as temáticas destes hotéis um tanto inusitados. Há aqueles que baseiam-se
em períodos históricos ou na arte, como o Everland, que como uma obra de arte se
desloca e já foi “estacionado” nos lugares mais inusitados, como o telhado do Museu de
Arte Contemporânea em Leipzig, Alemanha; os que trabalham com a fantasia da
criança que há dentro de todos nós, é o caso do Nicklodeon Suites Resort em Orlando e
tantos outros no Reino Encantado da Disney; aqueles que estão situados em antigas
indústrias, prisões ou meios de transporte desativados, como por exemplo o Hotel Im
Wasserturm, que já foi uma antiga caixa d’água da Europa no século XIX e hoje é
considerado um patrimônio histórico pois a torre ainda preserva sua arquitetura original;
ou ainda os situados underwater ou underground, como o The Village Cave Hotel, na
Capadócia, Turquia, com quartos de pedra do século 18 e corredores por dentro dos
túneis da caverna. As possibilidades são infinitas!

Mas tirar da imaginação de seus criadores e transformar esses locais em


empreendimentos ativos e rentáveis é um desafio e tanto. Um plano de negócios é
fundamental para o sucesso e as pesquisas devem ser ainda mais aprofundadas.

- É preciso conhecer seu público-alvo: quem é ele? O que ele espera do meu
empreendimento? Depoimentos no site tripadvisor.com sobre o Icehotel, na Suécia,
reforçam a afirmação de que mais do que em qualquer outro meio de hospedagem,
quando os hóspedes buscam hotéis extravagantes, eles buscam uma experiência de
hospedagem: “unique experience” (experiência única), “an amazing experience” (uma
experiência incrível), “once in a lifetime” (uma vez na vida).

- É preciso divulgar corretamente: e como divulgar? Onde divulgar? Onde meu público-
alvo busca informações? Quais são seus hábitos de compra? Hoje já existem alguns
sites especializados em divulgar meios de hospedagem excêntricos.
O hotelhaiku.com conta com um portfólio de 44 hotéis de todo o mundo. Já
o unusualhotelsoftheworld.com congrega 240 propriedades de todos os continentes e
permite aos hotéis afiliarem-se ao site, oferecendo vantagens aos clientes que realizam
reservas online.

- É preciso investir no treinamento constante da equipe: os colaboradores mais do que


um atendimento excelente, devem comprar a ideia do lugar, respirar o conceito e
envolver os hóspedes na atmosfera que se deseja criar.

Os diferenciais apresentados por estes hotéis excêntricos são reflexos de tendências


como o eco-status e a busca pela exclusividade no consumo de produtos e serviços. No
Brasil ainda não existem empreendimentos com conceitos tão exclusivos como os
exemplificados acima, no entanto os meios de hospedagens tradicionais podem inspirar-
se e adotar simples medidas adequando seu hotel também às últimas tendências. O
objetivo não é se igualar às práticas estrangeiras e sim inovar através dos recursos e
características da localidade ou do próprio produto.

É importante que os gestores hoteleiros estejam atentos a tudo que se relaciona com a
atividade turística e o ambiente externo para criar produtos e serviços que causem
experiências memoráveis aos clientes. Muitas vezes a localidade do hotel é o que decide
a escolha, em outras é a arquitetura, os serviços ou a gastronomia. O importante é
valorizar o que há de melhor e transformar o que parece trivial em um grande
diferencial. Ideias e sugestões são inúmeras: pratos regionais, check-in diferenciado,
pacotes e promoções, quartos temáticos infantis (que são um grande incentivo na hora
de viajar com os pequenos). Por exemplo, o Sheraton Rio Hotel & Resort que apostou
na ideia e em abril desse ano inaugurou um quarto inspirado em RIO (animação 3D
dirigida pelo brasileiro Carlos Saldanha).

Independente das dificuldades na gestão do empreendimento, não há nada melhor do


que a certeza de que os objetivos foram alcançados e os esforços valeram a pena ao
ouvir de um cliente: "That's an experience for a lifetime!"

Para que você conheça, a Mapie separou alguns empreendimentos que, atentos às
tendências, criaram conceitos inovadores para atrair um seleto grupo de hóspedes.
Inspire-se!

Ice Hotel

Hotéis de gelo precisam ser construídos a cada nova temporada de inverno, o que torna
a hospedagem um verdadeiro privilégio. O Ice Hotel na Suécia, foi o primeiro hotel de
gelo do mundo e é esculpido cuidadosamente todos os anos desde 1990. Em média são
construídos 60 apartamentos, cada um idealizado por diferentes arquitetos e designers
de todo o mundo.

Para que a experiência do hóspede seja excepcional é realizado um tour explicativo na


chegada dos clientes comentando sobre o dress code e outras situações que podem
ocorrer. O hotel disponibiliza também chalés, afinal nem todos acostumam-se com a
temperatura abaixo de zero na hora de dormir. Logo no início da manhã os hóspedes são
despertados, um a um e bebidas quentes são servidas para aquecê-los.

Assista neste link um documentário em inglês da National Geographic sobre a


construção do Ice Hotel desde seu início. http://migre.me/5aFSw

Onde? Suécia, região da Lapônia.

Quanto? Em média 800 dólares, a diária para o casal.

Website: http://www.icehotel.com/

Eccleston Square Hotel

Como impressionar o hóspede corporativo que está sempre conectado? Este hotel viu
que somente tablets, docks para mp3 e internet wireless disponíveis no apartamento não
eram suficientes. O Eccleston Hotel que será inaugurado no mês de julho deste ano já é
conhecido como o hotel do James Bond, por seu design e inovações tecnológicas.

Todos os quartos estarão altamente equipados: Ipads 2 servirão como controle remoto
de todo o apartamento e também podem ser utilizados para agendar todos os serviços do
hotel; televisões 3D e uma variedade de filmes disponíveis; piso de todo o quarto
aquecido e para completar amenities L’occitane e cafeteira Nespresso com cápsulas
cortesia. Além disso, ainda existe uma cama de 12.000 libras que pode ser programada
para massagear os hóspedes e o box do banheiro, que ao ser tocado muda de
transparente para uma cor opaca, garantindo a privacidade do usuário.

Veja neste link o vídeo de apresentação do hotel: http://migre.me/5aG0Q

Onde? Londres, Inglaterra.

Quanto? 450 dólares, a diária para o casal.

Website: http://www.ecclestonsquarehotel.com

Sala Silvergruva

A hospedagem aqui é para aqueles que buscam exclusividade em local inusitado. Existe
uma única suíte e o quarto é conhecido como o mais profundo do mundo, são 155
metros de profundidade dentro de uma mina na Suécia. A hospedagem está disponível
durante todo o ano e atualmente já acontecem casamentos, aniversários e festas infantis.

A decoração é rústica, mas charmosa. O hóspede fica cercado por lagos em uma das
mais bem preservadas minas da Europa. Telefones celulares não funcionam, mas são
fornecidos rádios para que os hóspedes possam se comunicar com a recepção. O café da
manhã é servido no “apartamento”, onde um funcionário fica disponível durante toda
noite.

Onde? Sala, Suécia.

Quanto? Em média 200 dólares, a diária para o casal.

Website: http://www.salasilvergruva.se (veja vídeos na seção “About us” >> “Movies”)

Palacio de Sal

Apenas 16 apartamentos integram o primeiro hotel de sal do mundo. No


estabelecimento, localizado na região dos Andes, tudo é feito de sal: cadeiras, camas e
paredes. Oferece spa e campo de golf na área do hotel, visto que os arredores são mais
tranquilos no quesito entretenimento. Em contrapartida, a experiência e as paisagens são
únicas, pois o hotel está situado no Salar do Uyuni, uma imensa planície de sal puro no
sudoeste da Bolívia.

Onde? Potosí, Bolívia

Quanto? Em média 140 dólares, a diária para o casal.

Website: http://www.palaciodesal.com.bo/

Poseidon Undersea Resort

A última data divulgada para inauguração do resort foi o ano de 2012, que já foi adiada
algumas vezes desde 2009. Isso se dá, pois o estabelecimento quer garantir a segurança
de todos os futuros hóspedes que terão a oportunidade de se hospedar no primeiro resort
com o “sea floor”, ou seja, um andar situado no fundo do mar.

Serão 24 apartamentos em forma de cápsula projetados para serem facilmente levados à


superfície para manutenção. As paredes transparentes são feitas do mesmo acrílico
utilizado em submarinos e permitem uma visão panorâmica das águas límpidas, repletas
de fauna marinha e coloridos corais. Através de um botão será possível enviar comida
para os peixes, o que os atrairá para perto das “janelas” do apartamento.

Entenda como funcionará o hotel através deste vídeo: http://migre.me/5aKIZ

Onde? Ilhas Fiji

Quanto? Para o início das operações, o resort venderá somente pacotes de 7 dias por
30.000 dólares o casal – 2 diárias nas suítes embaixo do mar e as outras nas vilas
localizadas na praia.

Website: http://www.poseidonresorts.com/poseidon_main.html