Vous êtes sur la page 1sur 12

0$1$86(1(5*,$6$

5()(',7$/'(&21&85623Ò%/,&21ž



,16758d®(6

• Você está recebendo do fiscal um caderno de questões com 60 (sessenta) questões que compõem a prova objetiva numeradas
seqüencialmente.
• E receberá também uma Folha de Respostas personalizada para transcrever as respostas da prova objetiva.

$7(1d­2
1- Observe no quadro acima se o caderno de questões é o correspondente ao cargo no qual você fez a inscrição. Caso não esteja
correto solicite a substituição para o fiscal de sala, o qual deverá lhe fornecer o caderno de questões correto.
2- Verifique se esse caderno está completo e se a numeração das questões está correta.
3- Confira seu nome completo, o número de seu documento e a sua data de nascimento na Folha de Respostas, e caso encontre
alguma irregularidade, solicite a um dos fiscais que faça a correção.
4- O candidato deverá transcrever as respostas das provas objetivas para a folha de respostas, que será o único documento válido
para a correção das provas. O preenchimento da folha de respostas é de inteira responsabilidade do candidato.
5- Leia atentamente cada questão da prova e assinale na Folha de Respostas a opção que a responda corretamente.
6- A Folha de Respostas não pode ser dobrada, amassada, rasurada ou conter qualquer marcação fora dos campos destinados às
respostas.
7- Na correção do cartão resposta será atribuída nota 0 (zero) às questões não assinaladas, que contiverem mais de uma
alternativa marcada, emenda ou rasura, ainda que legível.
8- Você dispõe de

   
 para fazer a prova, incluindo a marcação da Folha de Respostas. Faça com tranqüilidade,
mas controle seu tempo.
9- O candidato somente poderá se retirar do local de realização das provas depois de decorrido 90 (noventa) minutos do seu
início.
10- Os 3 (três) últimos candidatos de cada sala só poderão sair juntos, após a conferência de todos os documentos da sala e
assinatura da ata, conforme disposto no item 7.14 do edital 01/2007.
11- O candidato, mesmo terminado a prova, deverá permanecer na sala de provas por 90 (noventa) minutos e, somente após este
período poderá sair da sala. O candidato que quiser levar p caderno de questões só poderá sair com o mesmo após 3h30min
(três horas e trinta minutos) do início da prova, devendo obrigatoriamente devolver ao fiscal o Cartão de Respostas,
devidamente assinado, conforme disposto no item 7.21 do edital 01/2007.
12- Qualquer tentativa de fraude, se descoberta, implicará em imediata denúncia à polícia federal, que tomará as medidas cabíveis,
inclusive com prisão em flagrante dos envolvidos.
 "! 2(45F‘ ( % $ )  : $ S> % V : $ ) $ + % Q W@(  S $  5”“  )  A( K $+*  C R
@(  S  6 -8, 
#$% " & ($ '  % ) $ $+* &
$,) - $,) $.$ $ ,/ ) 0 " 
 $ ( 1 $  a) ela sabia que sentimento era uma coisa que não se podia
23  2(45 guardar, mas pediu para guarda-lo para confundir seu
 )0,$6)7 8 $ $ ,/, )0,$ interlocutor.

9;: $ / $ '  ) < = $> 


? %  @( -A = $ $8 0H$,$ ) % <$ /,  $ :  $ 5
b) ela o aconselhou a jogar fora se ele não soubesse onde

B  $K  $ 0  BDC $ : 6 $ % ,/, )0,$  C )@


0 -EF%  % -G$ / : % @ % $,0 )  0,$A
guardar.

J $ % ( 
L

@ 


  C 
 
  L
 G
- / : ,
 - $+*H% 
 $ - -C ),7I c) ele perguntou onde deveria guardar porque ela apresentou

/ @  - 0 0H$ $,- : N$GM0- % $)$ ) C ,$- :  $ '  ) C ,- 0,$$ ,/$GO
$ 0H$ $+>P$
% )Q % 0 5 $
muitas opções, o que o deixou confuso.
d) ela sabia onde guardar os sentimentos, mas não quis dizer
,  C :  :  ( C  /  O(  : : 
(
$,$) "@() )  $ :  (' /R0 0 0  : $ S  C % $ H/ $ 0, $ ),0 '  )) 0  T $ 0-G/ &> /, $
para ele porque não tinha mais espaço para guardar os
dele junto.
@( P  E ,  U-8 V , C  W P 

/, 
, X Q$ : 5 0
e) ela pediu para guardar porque ela não gostava dele. Isso
% $ )7 $ ) 0 $ foi uma maneira dela ganhar tempo até decidir se valeria a
Q  % (,, 0 ( JC  +%(Y -,-ZC @
- -6% ) .(   C -  )0 . G  % 0 & I  C ) @
  -6C YJ  )0 - pena ficar com ele, ou não.
#$% F 8 ($ '  % ) $ N$ *  Y/, 8 $ H/ ,) 0,$  
i $ ( 1 $  2 $ 2
•,5
 % [8 P 0 C  )0 $ >  0 % J - 0 % C J ),0 0 6-8Q %)  $ @ 0 $ 5 )
$- ,% 0,,$  \ S  
:=  IH -E'J% '@  -8)' 
 8C @($]-6>P% ) ',$  C J[  $_
)  $ -W  ^  -8: ,    C ) 
$ ,/,O( 5  ' , 0  ) "/ % - $%  '  Q$  C $ -GIH P :  0 $ -`,-
// $ : 0H$  $0 ba 0 ( $ : $ c $`$,)(Q : Q$ -dc-8O 7c0,$
e)7  $  ) .a 'C ) Q, $ >  )0 CJ$ : )',$G$F0 $ . :   C $ - $ ,),-60 $ J $^$\QQ H@(f
6,IH F  \(,I gF ( g : g 5
h +8J  H@
f
,IH % C 0,/ $+$ Q > Q- $,$ )0  $iQH% $ : g 0 7 >  )0 Q  $ %H$ % )
Q  $0) % j% "$),  0,C $
@

$  $C ) $ : d k@
J O l(J :  -
/ m  @ 0 5 $ $60% $ $) )0 $80% $ 0 %
,  C :  :  ( C  :  ?  P 
 C -8(
/  0,) $  ) @$ % 0 / $,) % 
 $B) ' % , 0  BD$ C >@($ % -6  $ H'-i n 0 )H% @(/ :$6 Q $ $
/ ( /H  (? j@ g, ./  ,./  , , T " :
 $0 ) % "/$^  $ $ :  5% ) 9 ) 7 $GC $ 0J: $% :  $ $ / $ '  )   Q B )0,$ BD$ o&p % '$ )H/,% >P% %  Q0,$
P$, ) $('  : 6 %  :  $ -b$0H% -8./$  $:   $.C >  %  ) @+ Q 
P  C ,-b - C ,- B &@  BqC : :  
? ,-8 
/ $ '   )) 0, $ 5 $ $ $ $ $ 0,$ $0% $ $ $
$,) $)0H$ o= 0,$ 9  : >  C$  C  -A $ -W  $ \$  ,$NI * / : % @
 F/ J $ C _ -W$ J  $,) % 
$ $$ Q ' 0 0 % ) $,) $ $ 0 $<% )> Q$
0J/, % (  $ :  % -G(/ : $ , - $)  $ r B  ! $8 C)7 8 $ -  $ C , //HO( (C M  '  >   BN: 5-8g : C
)$ $ 0,$6#$ - % ) Hs % 5 e  (O 7 Y/, i@ % -6it
$ @ 9%  $ (-u8I % J*  r+>: g -G'JI% : 5  2 F5 ‘ (  % )  : $ i  : $ )
 % Q i@
J S $  5
vxwNy{z |q}x~Pz z D} € € HHƒ‚ „ |Pz z … ‚ †‡wDˆƒ‚ ‰‹Š € Œ{ Š w‹ŽN… z |P€ „ … ‹Š wx€ Žqw‹x|{‡†‡wxz … ŽN… ŒxyxŒPq‚ ~{z ˆ a) A personagem, ao ser picada pela aranha, recebeu
poderes extra humanos.
23
5F‘$,)  $% )) 0H $: $ " $ : $ ) + % Q @
 S $  5 ! IH $  $N*  C /, 0,$ -6  b) A personagem não foi picada realmente e, no entanto, ela
J c)
desmaiou de medo.
A palavra “bite” presente no segundo quadrinho indica um
a) o eu-lírico, em apenas uma palavra, disse tantas coisas e beijo, pois a aranha se apaixonou pela personagem.
seu interlocutor entendeu tudo muito bem, ao ponto de até d) O texto apresenta uma paródia do Homem-Aranha.
pedir uma dica de onde poderia guardar seus sentimentos. e) A radioatividade da aranha passou para a personagem, que
b) o eu-lírico pediu para que guardasse porque guardado se deitou para descansar enquanto se transforma em algo
estaria seguro, apesar dela mesmo não ter guardado. com super-poderes.
c) o eu-lírico, ao pedir para guardar, disse tanta coisa nessa
única palavra que, quando seu interlocutor pergunta por um
2
•5F‘ ( % )  : $ i  : $ ) 
% Q i@
J S $  5
lugar, ela vê que ele nada tinha entendido. a) O texto está apresentado em forma de história em
d) o eu-lírico sugeriu vários lugares para seu interlocutor quadrinhos.
guardar seus sentimentos, mas nenhum o satisfez. b) O texto é uma charge.
e) o interlocutor do eu-lírico sabe exatamente onde guardar c) O texto é uma tira.
esses sentimentos e não aceitou nenhuma das alternativas d) O texto é uma crônica sobre artes cinematográficas.
que lhe foram propostas. e) O texto é uma obra que mistura charge com tira.
2(’5F‘  % )  : $ F : $ ) + % Q F@(  S $ m 5+“  )  6 i X S : C
a) o autor deixa transparecer que a pergunta feita não é digna
de resposta, apesar de tê-la respondido.
b) podemos dizer que o autor acredita que haja lugares em
que tais perguntas não podem ser respondidas.
c) podemos dizer que se trata de uma fala do interlocutor do
eu-lírico.
d) podemos dizer que se o interlocutor soubesse qual era, ele
não teria perguntado, mas teria ficado curioso.
e) podemos substituí-lo sem comprometer o sentido por “água
mole em pedra dura, tanto bate até que fura”.
e  –˜— 9 e_™ hu9 –&=!k 9  ‘ ™ ! ™ ™ ™ 5  - $
0 *$ -G/  : )H% 0$
* P $ -6> % 0,$ ,-8% Y$ã@ 0H%  $ $Y$ @
) ]- % @
 ) H
9 (     A@  3
ä(’(ä(C -GIR7 -
2(š5 ! JIH $) =@ ',$ $ /HHI : % @
 %0 )  $ ) œ›T $ : $ )  % Q  % I% )  ) $$  $   @(% ) )$,) $ @% >S% % 0 &
 0 @( -6 ' $  )0H$Q 0,$ /H $ ( 7 C ,-8 $ @ $ >$Z )

(H i@(  S : +  C 
(  : F : 
 @
 P  5 $ )  @+%   C ) 0JJ%  ) / $+ >$ H% @(0 J­$ ,-8É

 

 P


@
- i-G  : Y Y/ X 0 5
a) Apenas I está correta.
b) Apenas II está correta.
c) Apenas III está correta.
d) Apenas I e II estão corretas.

2(å5 ! $  I $ æX ) )0% @ $0H$E$ 0,$  $)(Q : Q% ) % - $,) Z,H-8 ) æ ™ p —  $


e) Apenas I e III estão corretas.

 8+,  8@
 S : 
  C 

  : $ F : $ ) 
% Q 8@
 P $  5
a) O propósito básico do desenvolvimento é ampliar as
escolhas das pessoas, criando um ambiente capacitante
para que elas gozem uma vida longa e saudável. Assim, o
avanço da população pode ser medido apenas pela sua
dimensão econômica.
b) Para se chegar ao IDH de um determinado país são
levados em conta três elementos de igual importância:
renda (PIB per capita), longevidade (expectativa de vida ao
a) O cartão corporativo é, em tese, uma espécie de cartão de nascer) e mortalidade infantil (até um ano de idade).
crédito que oferece um conjunto de soluções que c) O IDH é um indicador que oferece um contraponto ao
maximizam a gestão dos processos de pagamento e Produto Interno Bruto (PIB) per capita. Esse indicador
controle de despesas. presume haver um elo entre o crescimento econômico e a
b) Apesar de haver controle dos gastos efetuados com o expansão das opções humanas de um indivíduo.
cartão corporativo, não há um limite estipulado para os d) O PIB per capita, por si só, é capaz de fazer transparecer
mesmos, já que o cartão é para usos emergenciais e, por todas as variáveis qualitativas de vida de uma determinada
isso, o uso indevido do mesmo ganhou espaço na mídia população de um determinado país.
brasileira. e) A escala de medição do IDH de um determinado país é
c) Há opiniões, como a de ONGs brasileiras, de que não há variado de 0 a 2, sendo que os países que possuem valor
justificativa para “esconder” os gastos efetuados com o acima de 1,5 são considerados com alto desenvolvimento

2(ä5 –# Y % ) H@
$ ) $ $G0 @
) ) $+* &/, : X$ % @
Ht $ @( )) ]- % % $ @( 0  ‘ -6$ R% Q % @(
cartão corporativo, já que uma das maiores justificativas humano.
para a criação do mesmo, em 2001, foi a da redução dos

  i(
H i@(  S : +  C   :  (i(
 m 

¶ $('  % $ + % )  : $ \ : $ ) + % Q i@(  S $  5
custos de transações e custo burocrático das aquisições e
não o aumento.

™ 5ç9 - ) ’
2(2($ C   $% )  $,0 % J  e % 
$ % ) =è $ $ ) $ g $)% 0,$ ? 0,$ $œ% 0,éj$,% ) @$& )0 $
d) A ministra da secretaria especial de políticas de promoção
da igualdade racial, Matilde Ribeiro, que é suspeita de usar
  t  ”/H - -G :  Õ : $ ”/H0, $  % % ) 
‘ $ 'H$,) ) % )  % 0 C 0H) $ $,)  ) C -G$  % % l $  ) )b
indevidamente o cartão corporativo dado a altos
 e 
 C
/ m  :  % b@( % -60 ™ ,',I $,) : % ) ê $ 9 QH%   $ ê )
funcionários do poder executivo para pagar despesas
durante eventos e viagens oficiais, pediu demissão do
-8, @+, -¾6 
ê   ‘  5
™ ™ 5K‘Q ( % -É0 @( -6 " % / $  % 0H$ $) $Y# $  :  C e % 
% ) %^) @
% )  Y$)@( $-æ) ,
cargo.
e) Um caso que ganhou as páginas dos jornais e as
   -6 / IH " -6  -`/ @ / : - 

/Q%$  % $,) $ (`@ $N% 0 *, $ 0,$ `@( 0 -6 > $ 
 J 0,$ $ - % )  ) $˜ $­) 0,$ ,%
manchetes de noticiários foi o cartão corporativo utilizado
pelo segurança pessoal da filha de Lula, que gastou cerca
de R$ 55 mil em nove meses no cartão corporativo do ê  C  -G/ : % _)  -G'H$I) R-K S œ' ëj 
 :
% ) V @
 A
@( -ì U
T
ë : (
 K
 
è 
 ^
- X :  C  ‘ /H  -8

 H@ > %  % œ% /HnHI : % @
,˜$ -GIR- > +? $ - 0 HO(1 $  $ - 0% )  $,% 
governo federal que utilizava.
2(5Gž‹ŸF (¡ ¢,£V¤
¥(¢,¦¢,§^¡  ©¨H¢ª§Y«,¦¨H¢(¬­¢®©¯®,°  ¨H¢®²±;¦¡ ¨¢® [
 -^X : (6/ I  5
¡ ¦H¡ ¥
¡  (£S (§u³´(´(µ¶®¢H·Y 
§G¤( ¸
 6¨H¤i«§^ 8¹m¢,£P°m¤\£P¤(¥
¤+®(®,º(¢H»¼; (£S 
¥(¢,¦°¤+£" =¥
£S¡ ®¤_½«H¤_¨H¤
£S£{«·H¢«¾ N® ¿ƒ£P¡ ¦¥+¡ ¿ƒ (¡ ®œ·¢,À ® 
®¾¨¤ ™ ™ ™ 5 –  $ ‘ % 0H-8$R) $ % @( 0 $ !  : C e % 
Q, $% ) bR­$í
S) : - $) % $ $ í% n )H$% @($
 
À ¢,£{¤N®V¨¢­¿TÀ  (¦¤(°  N¬<¢W¼;£S¤N®¡ ¨¤
¦°m¤VÂä(¢,£Ä;¤KÅ8»ÆÇ«®È /H  $ $ 0,$,-G% *  :  C $ -8%  0 ) ?b  e  : Ch @ :
 (Á ¦«¦¥+¡ ¢«”«§É¿ƒ ¥
¢°m¤"¨H¤&±TʔËDÌ(´.·H¡ À ÈÍH¤+®&ÎPË+Ïb¨¢¼JРƾ¨H¢ ëƒ@) 0 : $  )0 </H  $' f @ %  $ >S-% 0,$ ? $ -GIH 0,$ ’(2(2(C
 8 6-8 + ^@ Ji - 5
¿T 
Ñ ®‡Ò¤¢_Ó¤(¨H¤
£S 
ÀÕÔǤ+®,¤+£ Á ¤ Î Ó¤
¨(¬F¢_Æ 
¦¥
¢¾ÖT¤+¦° £S (ÀÕ¨¢®
¯®,°  ¨H¢®±ƒ¦H¡ ¨H¢®xÒ¶¿T£S¢,§G¢ Á ¤(««§c¥(¢,£S°¤.È¡ ®,°m×,£S¡ ¥
¢¦ "°m xØJ  ™ › 5  $ ëj 
 % : $  $ $ -6 ) ( S  G0,$-æ/X 8Q@($ - ' $  )0,$ /) 0J $% 0 ) @ %  : 0 / 
·ÙN®¡ ¥( <¨H¤8ÚD«£{¢®+¬8¨H¤˜´D¬ Û+Ì,Ï`¿T¢H¦H% °m¢ ¿j) ¤+£PQ,¥($ ¤+¦°«$  (ÀÜ΢œT §^#ª  
¡ ¢£ !ƒ Ç# -G — :  $  — $ /$, ) C ,-8$' ?6 C$(Y' @() 0 + ) 0 t
¨¤D®,¨) ¤ª D% ă¢! ®,°m¢d$ ¨H¤Ý$ËNÞ(µ(³SÒq$»mßà$ p H/ X ) : - $ á C : X ( :  C @  E  E S 

9 @( -  5 JIH < -8  (˜((H ˜@(  S : +  C n– : % -8$
) $ $ : $,$ % O
1 $ 6/H % $  % 0H$) @ %  ) %  5  $ — '
 )  : $%  $ 
& >S% -8
% Q +&" $'  % $ + % )  : $  : $ ) + % Q  › 5 ' FQ› $ ) )? $ :  C (( -æ@
-6$ % S $C  % $ e g Q$ ?iRG,$ -
@(  S  5  @
-ª@
, @+ X 
@+
Z/ @ : ,  C @
-© 
IDM ) $ % Q $ % )H% @ %  : 0 0,$ @
,I%  ">S@
% % -î@(  S SH$,/,) O 7 $ 0 æ/X  $ C
™ 5 0H $ $ @ $ $ ( % 7 ) 0 R. / $$ ' % X7 0 0 $ -­ $  0,$ $,@
% * ) 0,- $ %  0,$ $ ,-6$    t 0, $ ,)$- % $ K% -8  $ R Q W'H$ @( -GI
W( ã
@-6 ž : I  : ,-6 8 :  -6ï 5
-  U à/X   @ @ C
% )@
0  P $),% 0 % c $$ 0 O 7 ) 0$ 
­$,+) $% Q% 0 $ ) 0H$ $ `@
- $ % @ %  %  0 $  ) nH- $  0H$ 
( $ m % Q 
8@
J S $ 
iR
(
S   C @
  - C â S-6 
/ $ 0 ,> O 7 0 $F0 $ 8 P ) I : % 5 )0%
™ ™ 5 $ : +$ 0H$G % ) @
$ 0, $ - $,")0 -G) %  : +0, P$  : $ I+ >S% $ , t  $Y$ - a) 0.
$+ * : 
( O(% 0,1 7 U
 $ / % f 7 @  ) C / $ t  $  % ) -8, T@
0,- $
J W S(O  m t - @
 L/
b) 1.

 >$ , H  0 i ,6/X  $  5


c) 2.
d) 3.
e) 4.
3+25G9 -ð,$ -ñ % % Q - $ $ @
 0 ì
$ @
 0  $àQ' $ ?Ý

Q $ -6)  %  0,' $ : JI : % ?+$  0 $ $ 3+45 –% ) h % @7   > 0 9 7 * @ $ : ’2
22(C % Q$ m 7  J> S)  ' 7 f
L\ëj + % :
@(0H $ -G$/ )
Q QH% C $,) -G/$, ) 
 ) , /X   - (  : O V/ C  í,/ : @
 S-6 ­$   O 0 í÷ $ ) ë 4
 > ) : $ - $ ) % Q @( P  - $,) ) =@( -GI
$ [˜$ / $: % % O 7 $ û ÷ 2ù e 4 û ÷0 2ùmpƒ4 û )H÷ % 2  $ -L ,-8˜@(R :  :  C -ãH- H@H-
H$(-80  % $  : % + $ .0H/$G,' Y,$ ,- ) $
> j$% +G$H("> !@ 
$ @(0, $,-G) ,% >S- % $/ :  $ : ") @ %  0,0 $.) @ $ % -8G $ $ $ -6) % Q  : %$  J 0 ) 5
? j+ - (1  
  Ht 
P  5 JI, ™  í  +b : + + : (  (
% )$ -8 $ $  $ Y((H ) .@
J $ : 
 , C 
( % )  : $ G : $ ) + % Q  ,I % * $5  I( % $ Q Q O 7 $ r  #$ -GI  ),0 ü $  % ö@(R :  : (
@(  S  5 
(H,- -¾    :   C ë 4 ÷^t 3
C e 4 ÷6t 3+CpT4 ÷8t ä
22
2  5
a) O enunciado da questão refere-se às vendas de créditos de a) FALSO
carbonos, que só foram liberados para comercialização a b) VERDADEIRO
partir de janeiro de 2008, quando a lei que regulamentou a c) ###########
atividade, pela Organização Mundial do Comércio (OMC), d) Erro Função não encontrada nesta planilha eletrônica.
passou a ser vigente. e) Nenhuma das alternativas acima está correta.
b) No primeiro leilão para a venda de créditos de carbono na 3 5 –% ) h % @7   > 0 7 9 * @ $ : ’)2
0 24(C QQ $ m 7 $  J S ' )H%f
Lëj + % :
Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), no Brasil, um (  : O / C  .( : t  ,-6./ :  : Y@( -6
banco belgo-holandês pagou à Prefeitura de São Paulo % /$¶ >Se % ! ›  $$ ) /,$  0 /) $ Q 0 X ' 0 : +, 5“  :  0 $ g6 ")@(%  @N $ $
cerca de R$ 34 milhões pelas emissões evitadas em um
aterro sanitário.
 @
 g P ^@( n 
8@
R :  : + 8/ :  :  o
c) Para ingressar no mercado dos créditos de carbono, as a) ,
empresas precisam desenvolver projetos que promovam a b) &
redução dos gases causadores do efeito-estufa e realizar c) :
sua inscrição na Bolsa de Valores. d) *
d) O CO2 é o responsável pela manutenção da temperatura e) ;
terrestre, dessa forma podemos afirmar que o efeito-estufa 3N•5Gp $) S$ $) $œ
+)  : $ $_
) +0H $ % Q 
> ,I % * $ C % 0,$ $,) 7 % >P% J) $ Q"$(' J 0 $ /,$ (,0 $ %
é um fenômeno benéfico ao planeta, no entanto, o seu % ) -$ )$ -  ý¶,      
e)
agravamento é que se faz prejudicial a vida terrestre.
Para alguns países, cumprir o protocolo de Kyoto é
5
sinônimo de diminuir o seu ritmo de desenvolvimento, uma a) PostgreSQL net, Firebird, Netscape Navigator.
vez que, para a diminuição da emissão de gases poluentes, b) FireFox, Opera, Netscape Navigator.
seria necessário que a produção também diminuísse, c) Mozilla FireFox, Opera, Netscape Navigator
ocorrendo uma “reação em cadeia” ou “efeito dominó”. d) Mozilla Thunderbird, Netscape Navigator, Opera.
– œò ó 9 ! p 9 ™ – è ¾ h=ô  ™,e ‘
 e) Mozilla FireFox, Opera, Microsoft Ethernet
# 9  ™ ! # ‘ òþ_ p ç! 9  9 .# ÿ  ™e 
3(3
5 % )  )% 0 ) W V J/O 7 >$ S - $) + C @( )  E/ :  Q 
 ),7
@ :  0 0 ) Q, $+ 0H7 $  0 ,/' R $")  + %0,$^% ) >P% - C ) 7 h % @( 0 ,7 > 3+š5F‘$  % -8 0 % () ­/, 0 f ) @ % ()  ) -)H% 0% )  0,% $ 0  $  % /- $,)  
) %0 $
õ % 0,$, ) % >P’(% 2
2($ 2(C  $ J) m S % Q (f
ë% * 
 ) : (  : O $+* / $ ) $ C : R
S @(  (  :  , ª  $,@() HC ,$+- * / $   C  $ --
  :  : + "I . S +? 
- @( )% 0% O(1 $  0H$ $,) S 0H,$ ) $ - % ),>  0 ) @ % ) -
$+J*$  % A
 $ 
$ + SX 
%> @
+) ã7  0 $U$) 0 % K 7 % )>  -8 0 
A(  : (ý\+ m m8s õ  C R - 
@ , -6  (  O   5 a) carga planejada.
a) Páginas, caracteres (sem espaço), caracteres (com b) carga instalada.
espaço), parágrafos e Linhas. c) carga esperada.
b) Páginas, palavras, caracteres (com espaço), parágrafos e d) carga preparada.
Linhas. e) nenhuma das alternativas está correta.
c) Páginas, palavras, caracteres (sem espaço), caracteres 3+5F‘0,$  % > ¾,/ : % @+g Q$ :  JIH $  0% >$ $) O+u/  % % Q  $,) S $ 
(com espaço) e parágrafos. -8% $ ),0 $ =- $($ 0J$ % 0  % 0 $ _@(0, $) ) S +  % )0  0 C J ),0 $N* @ $0,$ ^ ,
d) Páginas, palavras, caracteres (sem espaço), caracteres
(com espaço), parágrafos e Linhas.
:%-  ( ,I : @ , C R -  
e) Nenhuma das Alternativas está correta. a) tarifa monômia.
3+’5 –% ) h % @7  , > 0 9 7 * @ $ :˜’(0H2(2($ 2C Q$ m 7  > ) P ' $ f
L'ë% + % : b) tarifa binômia.
(  : (O ö/ C / -6 U(  O
1  : ê @

 5 c) tarifa de ultrapassagem.
‘ / : % @
0 )0 $ 
$, )  >  ) 0 O 7 G÷ ! 9 )% ë ä
ø e ä,$ ù BDh  % % ) BN0 ù BDh $,) % B  $ - $ d) tarifa secundária.
H- @,- ²$ / :  Q : ²0H$ : @ % ' ú@ $ -8 e) nenhuma das alternativas está correta.
% ' I $)0 % 0,$-G) IR% >S-V J  :  ë ä R  :• e ä R
$  :T3+Q 2C 0,$ % $  $&) 0,$,) S $ + : $ ) 
% Q +I % *  :
 gF  :   5
a) Erro Função não encontrada nesta planilha eletrônica.
b) Menor
c) Maior
d) ###########
e) #?NOME
3+å5F‘ )  :$ %  $ 
œ(
 $  % Q 
œI, % * $ (
 % )  : $ œ : $ ) + % Q$ e   –˜— 9 e_™ h 9 –&=! 9 !  9 e  è ™e =!
@(  S   5
™ 5ì‘ % ' @(7 ) @ $ $  % ' % ) g7 %  )$ 7 $/ 0H$ ) g @( )% 0% @ % ) $ î  ’3
5Gp $ @( $ 0 .@($ $ -É$ Y, % ' $ Y 0  #% $,) %H)  % 5å
 0 ’ ä(4 á"# %  ‘ ) ! C %
:0H$ O C ' : O C  :) (O(1 7 "@( 0,$ P + P>  ) $ C ,% ,- $,) )  ! H@ :%  : C (R8 ,@
I  P: $ @ 8 >P%  -8I  r , /H @X /   ‘ ( 
f @ 
$ ,/ $ @@
%, %   C  : % @ %  @
0 u 
/  J .O   $ -à $,) 
@ - % $ 
0 RI %  ) ˜- $ ,-6  $ -í   : @+ : 0,$ H g $  ™ 5  )H%) Q$ m : % ?NO 0,7 $ % 0 ) , % 0% $,% 0  W @7 %  %  C  % >S% -$) 0H% $
0H$ @
) @ $ ( 7 C [FJ % O 7 0 6 $+>$ % 0 , 0 R,I %   5   ,) Q $ $ 
0H$ + g %  % O % + 
@  :
™ ™ 5K‘0H$ @
))@% 0 $ (0, $ % ) g ) %  )7 % "0 / 0,$ g6@
' )0% @ $% ) )  ;0, $”: % 0 ' O %7  : @( O+g : / : 
 -8 ^/ : X @+
6/HHI : @

 5
  @
,H-   _/ - % ' % ) 0 R,I $  ™ ™ 5àp % Q  $ : ' O 7 0 , % I $$,) )$
% > X % @ %  C $N* $ $ QH% O
, C /H  ' $ -8+ $
J $ $É)7 7 Z 0 $ M $ 0,$Q@
% J S $,) $u% 0,$ 0,$8> 
$,  b   `/ :  /H  +M  , 
( 
@   @   @ m H
/)7 ( O % G0  $ O( /HnH) I : @( % 0 ))$ '% $ $ : R
S % @
6$  >$ $ @ % ) 0 $ / 7$ :  0,$  nHI : % @( $"0 ,@ % R, % ,/ 
"   ?+ &/ : @
,H-  C &- -6   - Hi@( @ ( 5
J( : 0H H$ @+ : 0,$$ ,7 &g, $  $ 0H$ % @
) @ $ ( 7 C $+* @ $  )  ™ ™ ™ 5 ! H/% $ % -8@ %  $ 0 ì+ $$+)*H0J% ' % - )$H) % k[
0, $ )$ $,@ ) $  %% 0 % 0 0,0H$ $
@

 , ,,@ 
 ^@( - @  : 5 $ H@ )   %  IH 
 f @ ( I : 
™ ™ ™ 5<‘0H$ @
))@% 0 $ (0, $ % ) g ) %  )7 % "0 / 0,$ g6@
' )0% @ $% ) ) , ;0, $”: % 0 ' O %7 @
]- @
 5
  @
,H-   _/ - R,I 
/ $)0H$) $\$ - ) - $F0,$ $ @ $,%   5 a) Apenas I e II estão corretas.
b) Apenas I e III estão corretas.
c) Apenas II e III estão corretas.
a) Apenas a assertiva I está correta.
d) I, II e III estão corretas.
b) Apenas a assertiva II está correta.
e) I, II e III estão incorretas.
’(’5F‘ ( % )  : $ i  >S% -8
% Q  % ) (@  S $  5
c) Apenas as assertivas I e II estão corretas.
d) Apenas as assertivas II e III estão corretas.
e) Todas as assertivas estão corretas.
3+ä5F‘ü: % ' % O 0 7 $ 0,$  $ )H% 0  0,$ ) @( ) H,)- 0 % 0  H0 $i > 0 )$  % H/$ ) ž ëT$ ï C a) As ações de assistência social, no âmbito das entidades e
organizações de assistência social, observarão as normas
: H@
 : ?+  -ug GH SI  C  J @ -  -
$)  7 0,$F0% ( S % IH % O 7 % )(>$ % J  š
ä s‹› C  $ g $
>$ S 0 
expedidas pelo Conselho Nacional de Assistência Social –
CNAS.
b) A União os Estados, o Distrito Federal e os Municípios,
a) em até 2 (dois) dias úteis.
observados os princípios e diretrizes estabelecidos pela Lei
b) em até 3 (três) dias úteis.
Orgânica de Assistência Social, fixarão suas respectivas
c) em até 5 (cinco) dias úteis.
Políticas de Assistência Social.
d) em até 10 (dez) dias úteis.
c) O funcionamento das entidades e organizações de
e) nenhuma alternativa está correta.
’(25F‘0H$ @
) @$($ 0(%  7 % ) g,) %  R )HI% 0 % '  0H0 $   % ) ) (  : , % 0 $ J % /- $+$,* ) $  assistência social depende de prévia inscrição no
respectivo Conselho Municipal de Assistência Social ou no
- O 
k  l@( H,-  
 C @ 
J ),0 Conselho de Assistência Social do Distrito Federal,
conforme o caso.

™ 5 > % )$ @ % -$ $) > >  0H$ ( % ) $  0 $ ü/0 ,  % : $H- % ) (O 7 d) A União, os Estados, os Municípios e o Distrito Federal
podem celebrar Convênios com Entidades e Organizações
/% nHI : % )@+ C 7  -60,g $   ,œ =+( -Q,$): % 0  , C % ) I $ -U @( -6
: ,-)0 O )H % >$ S0 
ª ü%  ) % 
 ) + 0H$ de assistência Social, sem necessitar a aprovação dos
respectivos Conselhos.
@( -^X  @ 6 J ?N   ù
™ ™ 5  % )7 (  0,: $EO 7 0 % >S% 0 u0 - 0H$($ 0J% 0  ) )% 7 æ% /H 0H$$ ) G ) $ >0 $,%  $$ - e) As ações das três esferas de Governo na área de
assistência social realizam-se de forma articulada, cabendo
+? @ :    ê  C @( S  u/ :
@() ) QH$,) - % 0 0 % C: % - $ %  0 &$ ,-K$ / $ X 0H0 $+ <Q-8$ g *% -6Q% 0H$0,) $ % ä2
a coordenação e execução dos programas, em suas
respectivas esferas, aos Estados, ao Distrito Federal e aos
  + C -æ .- -6 /  @ 

 > % ) () $  : %O
$,1 )$  0H> $ ,8 Q$ % ,/ % ) (,I % : % 0  0H$ ù Municípios.
’(45   m % ' 0 3+4  0 –  $ #$,$ % å$,5  ) ’% 0  ä4 $ ( ,I $ $ : $ @ $ > % J r$ @
-G/ $ $
™ ™ ™ 5  @ -  ;/H  ê 5   9 (   5 (  C RF@(  S  6 -8,
a) Apenas a assertiva I está correta. ™ 5çp % $ ( % ) 0,,$ $ @% m%  , 7 >P% ) )  ) @ $%  $,Z % 0  h '  )H% @($X ) / %  0 C 
b) Apenas a assertiva II está correta. P * : % /) , @ % 0 /(0HO $­ $É Y> @)($ ( "$(0/%  ) $ - % % 
,$  X : $  $ % 0 
 :  $   : C -  @ R 

% I : ) @ % !  %/ :  e )  $ :  , 9 
 0 , %  0$
c) Apenas as assertivas I e II estão corretas.
d) Apenas as assertivas II e III estão corretas.
‘ ( 
f @  H@  : 5
™ ™ 5  $ 
)  œ%  $0H $œQ% 0,O
$ W()
0  % 
$) )H@ %%  %% K@DM ,K% >S% @(($  ,W 
e) Todas as assertivas estão corretas.

,$(0,$ f @ $ '% ) 0,-6$  $ ¾Q-G%  @ 0,/$ : MP(


) $)  -ö ,-i
% 0 $  : $ % Q  O
,0  C @( @ P  0  C )
 -GI  G H/ @+ 9 
 5
™ ™ ™ 5_‘ / ' % , i R(@ )H% $ @+ $ >S% )  ) $ @ $,% - 0,$,$í) $,$ )(> <$,)  $ Q$,% O
) , C H0 
/H  $ -8+$  ,K /H  NM   -  
/ JIH ?+ -  -GI % ) @ % )  : 5
a) Apenas I e II estão corretas.
b) Apenas I e III estão corretas.
c) Apenas II e III estão corretas.
d) I, II e III estão corretas.
e) I, II e III estão incorretas.
’ 5 e )> $  - $˜$ ($ ,I $ : $ @ $ $ œ $ , m % ' ',3+7ä  0 0  #$,%Ü0 )  %5 )å(%  ’mä
7 4C ’(5  e % ' ê 0% ' 0,$% ÿ)(> % @
 0 $ ‘ 0(%  % 
% $% )) $ $ ! H@ %  $ : $ 
$ I$ $ : $ $,@ % $)
 IH % AJ$(0H$ @
-G$ / )  A êJ  ‘ 0,- $) (7 S (O 0 , m $ ’
’ Ç>S% 
 r (O(1  @ / : ,  5‘ ( ,/  C R
 I: X : % @
@
à – è % )  : 0H$ H/ g % Q$ : ) / % $ : î ! @(@ H%  J: C R (% ) O @
J S $   @(  S  6 -8,
 
 @  : ‘ (
  (
 
f @ 
 >S% -8, r ™ 5 $e ,-G) /H 0 % C 0 ) Ý/H', 7 +?
$ 
I $ % : 0 $ @ 0,% 0 $” C0 0H$ $ )- % $ ) O 7
$ -8-  h + R % < ê 0,$ <$  0($  %  0,$  $(e'  : $,,)  $ C
a) Coordenar e articular as ações no campo da Assistência
Social. ) , % >S% @
 0 5  
 C /   :  -
b) Prover recursos para o pagamento dos Benefícios de ™ ™ 5 ! ,$ mQH % %@ % /,! 0,$% % ) () %7 S % O $ 7 $  $ % C ) $),% 0 u) /  Y Iq) M $ $
c)
Prestação Continuada.
Proceder à transferência dos recursos destinados à  $( 'J% O()  : 5 H@  : C ( M @  e  : 
Assistência Social. ™ ™ ™ 5 è
? $ 80 ˜$ ,/H0 $  $,) $  ) 0,$ $ @ : , (O 7 ) C $ 0 @, - $$,') % ) >  : 
d) Propor ao Conselho Nacional de Assistência Social – $É0,$   :  C /  e  :   : 
CNAS, a Política Nacional de Assistência Social, suas
normas Gerais, bem como os critérios de prioridade e de
è  : 5
inelegibilidade, além de conceder atestados de registros
para o funcionamento de Entidades. a) I, II e III estão incorretas.
e) Prover recursos para o pagamento dos Benefícios de b) I, II e III estão corretas.
Prestação Continuada. c) Apenas I e III estão corretas.
’
•5G$p $  @
$ J$ 0  @
-L ¾, % ' 4
2  0  #$%\)  5Üå5  ’mä(4(C J $ d) Apenas I e II estão corretas.
$
I :$ @ $ 0,$  $ I $ 
É@
),0% O
1 )H$ %  )% $ @ $ (g, % 
Z0 /, u$ , e) Apenas II e III estão corretas.
% /
(%   $(0,$ @H  6($ , h >S%  @X / r  C  , 9 (   ( (’ å5L p$ 0
i$ @(0  ‘ ^0 @( : $ -E 6$,)  m$ % ' å  0  $ #$%) $  5
$ å
2($ š(ä á 9 $ 
+ P(  0 
p 
P  Gè  : C RF@(  S  6 -8, e $,%  )) 0O+% $! )  Y/, R $ / $ % ) 
C ! ^: 
J(  $(: ' 
  ,0 I 6:[ @',$ 
  J IH) $ C / 
,
 @

$,% 0 -
™ 5ç0H9 $>$ % Q  %™ ) ( ) % S % % O 7 ! $ % èH ) 0H@ %$ ) - $) % 0 7 e )  % $ : % - % ( $ -8  )H% @
0H$ n 0,$ C Ri@(  S $  6 >S% -8, r
$,) P ‘$F('  Q($ f ) @ $  H @ @% $0 : C 0,$ @ % Q@
% : 5 -G/  O L/, g,  ™5 ™ ) %@,$,-G) I $  'H $ 0,$ ) $  $ I : % @( ) /H  % / % @ %  ² ,/ %
™ ™ 5î9– >$ % % Q ) ™ ) 0H($ % ! S $ % O QH7 % $=! >  ) % @ % ) - $,)  0 e )  $ :  ):$ - $ % ,$ ©[ (  [ ( S ?  $ 0,$ : $
@  : O
@  : 5 @ 
 - 5
™ ™ ™ 59 >$ % % Q  ) ™ ) (% % S!  % O 7 % $˜>  ) @ % % $,) ) - $7 ) $ 0 ) èH )0 $ 0 0,$ ™ ™ 5A‘ $ /, m P, % $) $( 0$ %  $ gY
$ $,)0% 0 &/H $
>)$ $) @ % ) : - $,> ) $$ / $ :
‘ $  
$ f % Q @  ) @  $ : C @( - 0H$  % O ) % !@( S% :  -) -6 æ- @( J ¾@( -G/    + /H Rt
H/ @+  e  :  , ‘ ( 
f @  H@  : 5 
 : 5
™ ™ ™ 5_‘0,$ 'H$ (  $,) ) 0$ %  $ $ ) g $,) @
- $('% ) ) 0 0 ^  % 0% >$% $,) $  ) 0X Q% $,% 
a) Apenas I e II estão corretas. $ ,/ $ @(
X >S% @(  -C )7   C  $) 0  )$ @ $ @g, %  E R  $(0H$ -8$ R @
,
JI @ Y( H
b) Apenas II e III estão corretas. /!H % % ) $ @X / %  0,$ $'% )  : % ?+(O 7 $  % $  J % ?NO 7 0
c)
d)
Apenas I e III estão corretas.
I, II e III estão corretas.

-8 5
e) I, II e III estão incorretas.
  ÿ %% ) @X / 0 % èH )0% $,- ) $,)$  ! %  $ %( ,I $ : $ % @ ) % 0  $ )
’(š56“ 0J )% '  (0H ,$V a) Apenas I e III estão corretas.
eê @
 ‘ ( ( H@  : C R
@ J S  b) Apenas I e II estão corretas.
 >S% -8, r c)
d)
Apenas II e III estão corretas.
I, II e III estão corretas.
a) Defesa intransigente dos direitos humanos do arbítrio e do e) I, II e III estão incorretas.
autoritarismo. ’(ä5Gp $ % ) @(  $ 0 ^@
>S % -E %9 Q ( 
% ) S
0 $  e %  ) O
 F$ 0 ‘ 0 : $  @ $) $ C
b) Ampliação e consolidação da cidadania considerada tarefa
primordial de toda a sociedade, com vistas à garantia dos

(  : \ -8
 @
J S  5
direitos civis sociais e políticos das classes trabalhadoras. a) A colocação em família substituta far-se-á mediante
c) Compromisso com a qualidade dos serviços prestados à guarda, tutela ou adoção.
população e com aprimoramento intelectual, na perspectiva b) Não se deferirá colocação em família substituta à pessoa
da competência profissional. que revele, por qualquer modo, incompatibilidade com a
d) Opção por um projeto profissional vinculado ao processo de natureza da medida ou não ofereça ambiente familiar
construção de uma nova ordem societária, sem dominação adequado;
– exploração de classe, etnia e gênero. c) A colocação em família substituta não admitirá
e) Garantia do pluralismo através do respeito às correntes transferência da criança ou do adolescente a terceiros ou a
profissionais democráticas existentes e suas expressões entidades governamentais, sem autorização judicial.
teóricas, e compromisso com o constante aprimoramento d) A colocação em família substituta estrangeira constitui
intelectual. medida excepcional, não sendo admissível à modalidade
de adoção.
e) Ao assumir a guarda ou a tutela, o responsável prestará
compromisso de bem e fielmente desempenhar o encargo,
mediante termo nos autos.
4(25Gp $0 @
$ J 0 $ G) @
$ -E ^Q , m) % ' 6  0  0 9 0 

7 S(  0  ) e % %  )% O($ $i0 4
•5F‘ % )0  0H$ 0 @(  0 ”% @
) -` $V,0 % ' ä(0   $ 0  $,#) $%ƒ$ )  5Jå5 2() š(ä ä(2 t
‘ $) : $,) @ 0C % % X @ $ : $  % ) HO % K) @( ($( 'J S% t  /% Q % 9 () 
% 0 S
0H $ –  7 e   Q$O
 ) $,) % ‘ : @ C J  A[+
 $0 % ) O
< MP @  : C   g @  ­ ( É@ : 9   t -   C R % ) @
J S $ 8 >P% -8
-– $ $  $,$ ) -8% 0  ),0  0 0 $ ”J>P % : )7 r  $">  )$ @ $ g&@ $ m % 0,7 5

 C Ri@
 S  6 -8 a)
b)
Advertência.
Suspensão total ou parcial do repasse de verbas públicas.
™ 5ì‘ % ) @ % O% 7 K @
)  % ') , g ) - $ 0 c 0 ,  ) $  c) Interdição de Unidades ou suspensão de programas.
@( -6 Y/), 0  0C $+* @ $ 0 ^% % ) - $F0$ $  $$ F
@ $,)% 0HQ $,0) $  5)7 d) Não poderá haver cassação de registro.
™ ™ 5 ) -8$   L$('MS% @  : C % '% )  0  0gà 0   e) Cassação do registro.
@
 @ : , gF Y ( S  ^   : 6   5 4(š5G!p $ % @
 0 c @
-²)  $  : 7 X % @+ 0,$ – @ % % )  :) 0H% $ ‘ ( % % 
f ) @ % 
™ ™ ™ 5<‘ 0  $)) $,$i) $ O
L@($( 0J)(% 0 >$ 0H% $ gA$ U)(7  0   0H0 $ à 0,$ ) $ H- %$ã 0 ) Q
: C  $ @(7 @ /,O % $ (( 
' f ) @ $+>$ % @  : –@( $ -6 $
0% H @$,%  É
 0 % >S% 7 C ,0 / $ ) ($ C "/ g - ) , ; [É/H  O É H@  : C gE :    5 

-6 @+O Y/H - 5  $) % 0 C Ri@
J S $  6 >S% -8 r
™ 5 ! $ H/$ % ç  I 0  0 / 0 7 /H Rt 0H$+>P% )% 0 ,-
a) Apenas I e III estão corretas. $ @ $I )% -Q $)Q, $ 5
b) Apenas I e II estão corretas. ™ ™ 5àÿp  % 0 : J@
0/$ @$%)(0 Q  0HQH$ 6% /$H,) i-8 % J ,) ( ) $ H- %  5 %
c) Apenas II e III estão corretas. ™ ™ ™ 5 $  :  0 ­($ %  $,) % : % -  W-8  H@  : C
d)
e)
I, II e III estão corretas.
I, II e III estão incorretas.
S( :  J  
( 
@  : 
 5
43
5Gp $0 @
$ J 0 $ G) @
$ -E ^, m %$ ' ’(’ $  $ 0 $ 9 

$ S(  0  % e % % ) ) O( $i$ 0
‘0H$NQ, $ : @ 0,$ C Y$)  : 
' I 0 : @ $V $0  G/,7   0 @,-G>P% I a) Apenas I e II estão corretas.
H(
 C ,  @((O  : ,  b) Apenas I e III estão corretas.
- $,) % '  $ 7 C @
0,,$ I $,)0 t : %  $ $Ü=>  % $ ),0  C ) % % ) $ $ 
 $=0,$ 
$  C  c) Apenas II e III estão corretas.
JIH O @,-G/H +? J@,-G/H d)
e)
I, II e III estão corretas.
I, II e III estão incorretas.
a) as tarefas domésticas. 4(5 !e -U% $ á : O 7  =(! $ e $ ) S ! $ 0HQH$ %  $+>$ 0H $ f )  @ %  0  ‘ ( % 
f ) @ % 
b)
c)
suas vontades.
seus interesses pessoais. % ) H@(@  S : $  6e > % ‘ -8, r  O(   , $ O 7 uIg
 % @
 C R
d) as determinações judiciais.
e) as sentenças condenatórias. a) É uma unidade pública estatal de base territorial localizado
4(’5 $  m % $ ' $ å($ ä  0 $ 9 ( 
> S()  7 0  0,e $ %  ) $ O+ $0 0 ‘ 0 : $ ) @ $$ ) $ em áreas de vulnerabilidade social que abrange um total de

– 
 @ % I ) :  : @ $ 0    e  )   $ : O  - -GIH e  :  até 1000 famílias/ano.
9 
$  0 $,)  $%  $ h )  )H% 0H% @ $ % / 0 %  0 0H ,$  b) O CRAS atua com famílias e indivíduos em seu contexto
p % $,%  0  e %  ) O
 $F0 ‘ 0 : ,@ RF@
   c)
comunitário.
É uma unidade pública-privada, de base territorial
a) relevante interesse e deverá ser remunerada. localizada em áreas rurais, que abrange um total de até
b) relevante interesse nacional e deverá ser remunerada. 20.000 famílias/ano.
c) interesse público relevante e não será remunerada. d) É responsável pela oferta do programa de Atenção Integral
d) relevante interesse pessoal e não será remunerada. às Famílias.
e) interesse social relevante e será remunerada. e) Executa serviços de proteção social básica, organiza e
4(45F‘  % 0)  : $ # G$,%^ >S) % -8
% Q  % ) @( á S $  C 0H$ @(  0 $ @
-É "$ $  m $ % ' coordena a rede de serviços sócio-assistenciais locais da
ä($ ’  $% 0  58% å) 5 2(š(ä%  ä(2 0 9 e 0 ‘ÃC Z$  : ) (% 0 ,I 0,$ : @ $ política de assistência social.
 /H ' @X /  0,$   % ' / : 
 9  J
0H $ H / $)
Q : Q$ -u 4(å5 e -ö $+>$ f )! @ %=  , ! $ QH% O  0,$   , $ O 7 uëTg( % @
 0$
/H  -8
 IH 5 ‘ ( %
 f ) @ %  H@ %  : C R % ) @(  S $  6 >S% -8, r
a) Integração em família substituta quando esgotados os a) Programa de Atenção Integral às Famílias;
recursos de manutenção na família de origem. b) Programa de inclusão produtiva e projetos de
b) Atendimento personalizado e em pequenos grupos. enfrentamento da pobreza.
c) Realizar sempre que possível, a transferência para outras c) Serviços para crianças de 0 a 6 anos, que vivem o
entidades de crianças e adolescentes abrigadas. fortalecimento dos vínculos familiares, o direito de brincar,
d) Participação na vida da comunidade local. ações de socialização e de sensibilização para a defesa
e) Não desmembramento de grupos de irmãos. dos direitos das crianças.
4 G5 p $0 @
$ J 0 $ ^) @($ -E$F 6$  % ' $ ä
$  $0 9 
+$( P0
% 0 0  e % %  ) QO+$ % $i0 d) Centros de formação para crianças, visando à educação
‘ ) % 0 : 0,@ $ 0H$ J $,)0
% I $,) : @ +$F60,- $ 
i,% / $ : @(g F[( para o trabalho.
9   ‘ -  ^ @,-G/H - e) Programas de incentivo ao protagonismo juvenil e de
J$ IH % ' ) O 7 ^ @
% % 0 ) 
0H $ ) % $FQ% 0 6$ , m % % ' % ) ä 0,C $ $ -u$ /H $ 0MP% ,%X ',?+ $,) 0 $ fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários.
H$ / I : % ) @ $ : >P@% - r  :   i 
/ /, 
 C R @(  6 S-i

 9 ) % 0  0,$   Q,$ ) - $,)  %  r

a) Advertência.
b) Afastamento provisório de seus dirigentes.
c) Afastamento definitivo de seus dirigentes.
d) Fechamento de Unidade ou interdição de programa.
e) Fechamento de Unidade exceto interdição de programa.
4(ä5F‘ % ) $( ' : X 0 % @
 0H$ ‘ ( % (% f ) @ %  $ ! H@ % %  % : $  : % ?+) t % 0,$E$ 0H$¾ 
) 0
> J -8 45   ' )H % $ 0Q% O(  $(' @ % ,0 
 % ( $,) @ %  $% '  % ) ) $ !j$+ >‘ $ ! ) % 7 r
0H$  % '   : ú 0  0,[
$ d /, : X @
+% ²$  %   %  %  C @( QH%  )0  Ý$(   ?+     $ 7 ( !  %  $  $+>$ ! f @% 
 $
$,)(> $) - $) $  ' ,@  ) %  0  ,   -^C X )H% -6 (  H@ %  %  5 !  I
 › ) % '% %:  ) @ % %  ) ! @ %  % : C )  $ü  , O H@  : p  @  :
$ (8/ $ mH/ $ @+ % Q  $  $ 8 IqM $ % Q iRi@
J S $  8 >S% -8, r ™ >S(% S@ r  : 5Ép  0,$ (ú/ $ m,/ $ @+ % Q  C Rú@
 P $
 -8
™ 5 0H $ Q$ Ü $ $ 7 Q% O
, C /H%  ' -8% 
 C $/H  NM $  , $ $ $ I $% )$+> X @ % , ™ 5 › % % '% $ :  ) @ % % 7 ! @ 0,%  $d : r % )(> $+>$ $ t  $ $ [% )0J% /H0  0 $ O 7 $ C
 )(0 % -8$ + ?N$ O % % % 0  -i(O(0 1  C % @
 $   0H$
> -^X /H: % +  C O V % ),0% Q HX @0  ,:  Ig
 $ @( ' SC ,/  ,  H/  $ @  : 0,/$ ,: $  QX  : )@ $  I % : % 0  S0H $   $  : ?+ % @
 ²  $ (  $ PO
1 %  $
)$ @ $ ( % , $ - 5 % ) @ % 0H$ -  I $í> -^X : % 
A/ / $   H+ : ) ,  0@ % >$ : $)  $ 
™ ™ 5K‘!  $% ' H , œ+V$ O
$1 ) $  ) $, ) -GI % % 0 0,0 $  ) ‘ >  % 
f % ) @ % $ @ % @ : ,$  70  QH% 0 !  5 % r $
>$ $ $
'   @  ) : /-, F”@(  )
Q% Q f ) @ %  -W> @ - % : % ,  : $ @( -G )H % g -6%  X5 :  C ™ ™ 5   $+O QH% Q ) % @  : 0,$ $) 0Jt%  $,) [ $_ 0,$($ ' H  ) O
)  0% $
™ ™ ™ 5 e ) %% I, % $8 É' @
-  $ % ) $ @ : (>S % 7 $  % $ J),0 % 0  0$ã$ 0   IH Q 0,f $ @ $,<)$+ >  % ) % -) 0  $G$
Q$,,) (  % H-  $ C

S  $(' R( $ I X $ @ 7 "@
%  , % P .
,g,  SH/ , H/ @(X @( , C -G/ :  Y G(@  
($   - C /H0H $
>S % O % ) K%  $+@ *  : $ Ig
 $ @
c $¶% 0 >  , % $
$ _$ I $% ) %  $ $  $ $Q% O
   H) @ % H$++Q%  % (), 0 $,) @ % $  % _I$g( % @
, $
,/ @   -Eg,  PI  C  t  Fg 8 S  : 5 Q/ % (% -8 ,
(8!0H@
$ @
-  : - % 0 @  f 0,$ @   $FC $ - @ $ ' Yf /) @ 
% ( H5 
 -^X : (
™ ™ ™ 5E$p $+>$ $  % 0,@$
Q%  $ : $ $ ™ ) ( % P' @ )H% % )  0 : r  0,$”/H >  $ O 7 =I' g+ % @
) % $
,/ @  :  8   ?+   -8  , 
0 % "$,%  $ ,% g, % % &$, ) @ % $ % (,$  @(0, $
)>$  $ @ % - $,) 0 
a) Apenas I e III estão corretas.
b) Apenas I e II estão corretas.
c) Apenas II e III estão corretas.  F H@ ,
 ( @   ,  5
d) I, II e III estão corretas.
e) I, II e III estão incorretas.
25 eH0 $ - 0J$ %: O 7 & $+ *H! % 0 $ 0,QH$% O
H % ) 0H$  $  $ O 7 >P% ! @ r %  :J9 ,/ $ @ %  :
a) Apenas I e III estão corretas.
b) Apenas I e II estão corretas.
8- R 8@
-G/ :  C R @(  S  6 S-8 c) Apenas II e III estão corretas.
d) I, II e III estão corretas.
a) Serviço de Orientação e apoio sócio-familiar.
( 5  $' p $ @ $ $ ) )  5.3+š
2()•0 0H–$ ’(%• ) 0,$ 0, $ ' (  % 0H$ ) 3
% ä
ä(•! C %  $
e) I, II e III estão incorretas.
b) Plantão Social.
c) Abordagem de Rua.  : -  ¾èH (@  : ‘ ( ( f @  H@  : C
d) Serviço de Habilitação e Reabilitação na Comunidade das 
S $ Q R( ) 0 <%  $ %  7  m % ' 4 )0 $  ,– I $ : $ % @ ) $  0,I$ $ (˜ % $ @ $,) % 
% 
! H@ %  @
: è – 
‘ P!   5 – K $  èH$ ) % 0 C R (% ) @ @(  S $ :  6 > % ‘ -8(, r
f @ 
$ ( U
pessoas com deficiência.
e) Casa Lar.
3
5 eH0 $ - $ : O 7 &$+* %  0 ! $ QH% O
H 0H$   $ O 7 ! @ %  :J9 ,/ $ @ %  :
 : F@
 -G/ :  0H$ C R % )
@ J S $ 6 >P% -8 r a)
b)
Dotações orçamentárias da União;
Contribuição Social dos empregadores, incidentes sobre o
a) Atendimento Integral Institucional. faturamento e o lucro;
b) Abordagem de Rua. c) Doações, contribuições em dinheiro, valores bens móveis e
c) Albergue. imóveis, que venha receber de pessoas físicas e jurídicas,
d) Família substituta. exceto entidades nacionais e internacionais ou
e) Casa de passagem. estrangeiras;
’5 !e -A% $ : (O % )7 < $ !j ‘ >P% !  ! % r 
$ -8  H) % (@ ,0 $ ‘ ( %
 f ) @ %  d) Recursos provenientes dos concursos de prognósticos,
@  :  C R @(  S 6 -8 sorteios e loterias, no âmbito do Governo Federal;
e)
–T ë – á $ j!  $ ‘ ! $ ) ,/H% 0 $  $,) % ) F : ' $  )  >S$% % * , r
Transferência de outros Fundos;
a) O SUAS, cujo modelo de gestão é descentralizado e
participativo, constitui-se na regulação e organização em $ 
• P5 S
SH  ‘ ) $  5 (  8R @(  S  6 -8,
todo o território nacional das ações socioassistenciais.
b) O SUAS materializa o conteúdo da Lei nº. 8742/93 – LOAS. a) Precedência da gestão Publica da Política.
c) Trata das condições para a extensão e universalização da b) Alcance de direitos socioassistenciais pelos usuários.
proteção social aos brasileiros através da Política da Saúde c) Matricialidade sociofamiliar.
e para organização da mesma. d) Monitoramento de recursos humanos.
e) Valorização da presença do Controle Social.
š5F‘ ( % )%  % : $ % 0 .0H: $ $ ) 
% % Q >  % ) % @(%  S $  ) $ 7  % ) @X / % % 0H,0 $$
d) O SUAS define e organiza os elementos essenciais e
imprescindíveis à execução da Política de Assistência
h 
@  :   @ - : , ^/, </   O < @  :
‘ ( % 
f ) @ %  ! H@ %  : 5
Social.
e) O SUAS possibilita a normatização dos padrões nos
serviços.
a) A família é o núcleo social básico de acolhida, convívio,
autonomia, sustentabiliade e protagonismo social.
b) A defesa do direito à convivência familiar, na Proteção de
Assistência Social, supera o conceito de família como
unidade econômica, mera referência de cálculo de
rendimento per capita e a entende como núcleo afetivo.
c) A família deve ser apropriada e ter acesso a condições
para responder ao seu papel no sustento na guarda e na
educação de suas crianças, adolescentes, idosos e
portadores de deficiência.
d) O fortalecimento de probabilidades de convívio, educação e
proteção social, na própria família, não restringe as
responsabilidades publicas.
e) O fortalecimento de possibilidades de convívio, educação e
proteção social, na própria família, restringe as
responsabilidades públicas.
5G!p $ %  @
J$ 0 c@( -Ý #   !  : X %% )@+ $ – @ >S% % )  : % 0HQ $ ‘  $ % 
f ) @ %  •25G$p $) S $$ $ 
% 0  $ $ ,/ –ƒ)  (,I á % : % !0  0,$ !  á H0 $ % )  $ ( 7  : ,$ )  C
@  : (@ - ‘ C +  : \ -8
i@
 P  5 % ) 
@(  I S $ :  @ 5 
G/ :  ë ‘ 
  : $ 8 : $ ) 
% Q 
™ 5  ' $ -8+$ ) r @($ -G/H $($),0 0,$ - ) O
1 $  0 % ) # $'  ! 0 
 $
@( -G$ / % Q: - $   C S$ +  $ 
 0$ . m 5)’ ' )  % 0‘ $+>P% C)@
% 0 - a) Alimentar e manter atualizadas as bases de dados dos
JIqM  C % >P % -G/, % ) $g) % Q ,IH$ )  % f % @  $ C $  subsistemas e aplicativos da REDE SUAS, componentes
/  : @
, C @ , C /  @  : ?+ - :    do sistema nacional de informação.
,œI $,)$ $+%> X @ %) 0  $ ,< $ QH$% O( ,_
) (% ) % ( $,0 ) @ %  %  )7 = $ b) Inserir, no Cadastro Único, as famílias em situação de
@
 @+ ?N ^@( -6 6O
1 8@(  + 5 vulnerabilidade Social e risco conforme critérios do
™ ™ 5  NM $  $  r $) @( -G$ /, $($),0,0$ - ) (O(1 $  % ' % ) $(' 0  0 # + ! $ programa de Treinamento Familiar.
@( -G/ : - $ % Q   C $ S +  
 $ ¾$ , m 0,$ ’  )' ) ‘ % C c) Participar da Gestão B.P.C., integrando-o à Política de
@(0H $+>P- % )% 0 JIqM  C -G% >S% / % ) g,$, )  % Q ,IH$, )  % f % @  $ C Assistência Social do Município, garantindo o acesso às


 
/ 
 

 
 
  :

@ 
 @ ,
 C 
/ 
@  : ?+ informações sobre os seus beneficiários.
- $ :  $ , Ç% I $))0 $+> X @ %  $ ,^$  $ Q% )O( % G) ((0  % ( $,) @ %  %  C  $ d) Preencher o Plano de Ação no sistema SUAS – WEB e
@
 @+ ?N ^@( -6 6O
1 8@(  + 5 apresentar o relatório de gestão como forma de prestação
™ ™ ™ 5 ! $ Q0 % O( ,#  r ‘ ! % QH% 0  0H$E$ .Q%@( ) % )  0 
$  C 0,$
% >S% )H0 % 0 
 QH% ) 0 ",0 m 5 de contas.
’(4  7 ‘ $ C  $-ü$ æ$ - : ,Q   0    e) Prestar os Serviços de Proteção Social Especial.
/,)$ /H$  : O % 0 0,$ @DM("% O(1 0  ( M- 7 :  
/ Y( •,3
5 $ H/  H$ @ $ $ % 0 0,$ $ I % –T: %  O 7 !jC  ) +6! @
),0% O
1 $
$$,)0,0H$ $i',$' ( 7
@ (  ^Ig
 @+( 8/, J/H : O 5 $ 
, /I
 :5 – @ $
 
$ 6 / $,) :  % 0 6R ë %  ) @
 S‘ $ 6@
 -G>S% /-8  r  : ,-8

a) I, II e III estão corretas. a) Preparação dos documentos comprobatórios de habilitação
b) I, II e III estão incorretas. pelo Gestor Municipal.
c) Apenas I e II estão corretas. b) Encaminhamento dos documentos comprobatórios à
d) Apenas II e III estão corretas. Secretaria de Estado de Assistência Social ou congênere.
e) Apenas I e III estão corretas. c) Avaliação pela Secretaria de Estado de Assistência Social
å 5 e - % $ % : ($ O ) 7 % ( $ , ' /H) H%  - $ % )  J$  $ >P%  r $0,$ ou congênere do cumprimento das responsabilidades e
 H@ + 
@  :    +?  g C R
@  P 6 -8 d)
requisitos pertinentes à condição de Gestão pleiteada.
Encaminhamento para a Secretaria Técnica da CIT
a) Oferta, de maneira integrada de serviços, programas, (Comissão Intergestora Tripartite) de cópia da publicação a
projetos e benefícios de proteção social para cobertura de habilitação pactuada pela CIB (Comissão Intergestora
riscos, vulnerabilidades, danos, vitimizações, agressões ao Bipartite).
ciclo de vida e à dignidade humana e à fragilidade das e) Análise e deliberação dos documentos comprobatórios pelo
famílias. Conselho Municipal de Saúde.
b) Caráter público de responsabilidade e complementaridade •’5 $e - $ $ $ %: 0 O 7 $ [ ƒ–  p !j$  I ! % : % O % ) 7 $ 0  >P% h  )Hr % @X / % ,
entre as ações governamentais e não governamentais de
Assistência Social incentivando o paralelismo, a

I : @ 8/ :  ë  ‘ C R @(  S  6 S-8
fragmentação e dispersão de recursos. a) Abertura de processo de desabilitação pela CIB (Comissão
c) Hierarquização da rede pela complexidade dos serviços e Intergestora Bipartite), a partir de solicitação fundamentada;
abrangência territorial de sua capacidade em face da b) Comunicação, ao município da abertura do processo de
demanda. desabilitação;
d) Caráter contínuo e sistemático, planejado com recursos c) Elaboração de defesa pelo Município;
garantido em orçamento publico, bem como com recursos d) Apreciação e pactuação da defesa do município somente
próprios da rede não – governamental. pelo (TRT) Tribunal Regional do Trabalho;
e) Porta de entrada unificada dos serviços para a rede de e) Apreciação da defesa do Município pela CIB (Comissão
proteção social básica, por intermédio de unidades de Intergestora Bipartite).
referência e para a rede de proteção social especial por •45 ƒë) 
 $  0  ) á  !j; ! % ) @(X / %  $ $ p >P% % $ % ? $ r ˜@( ) % 0 , )  #$%
centros de acolhimento e controle de vagas.  +5 å5 2(å(2 ä(2 t C Ri@
 P  6 -8
ä5G!jp $ ! @(  0 ˜@
) -í –  -8$   $ % ) % @( á –T ë á
% / %   @ 0   : H' ëT$ ( g
 7 `
% ) @(‘  S $ t 6C J>S%  -8  Z  b  Ig( % @
 C R a) Organização dos serviços públicos de modo a evitar
r b)
desperdícios de funcionários.
Organização dos serviços públicos de modo a incentivar a
a) Não há necessidade dos Conselhos (CMAS, CMDCA e CT) duplicidade de atendimentos.
estarem em pleno funcionamento. c) Organização dos serviços públicos de modo a evitar
b) Realizar diagnóstico de áreas de risco e vulnerabilidade duplicidade de meios para fins idênticos.
social. d) Organização dos serviços públicos de modo a incentivar
c) Alocar e executar recursos financeiros próprios no Fundo desperdício de horas extras.
de Assistência Social, como Unidade Orçamentária, para e) Organização dos serviços públicos de modo a incentivar
as ações de Proteção Social Básica. desperdícios de medicamentos controlados.
d) Estruturar Centros de Referencia de Assistência Social
(CRAS), de acordo com o porte do município.
e) Manter estrutura para recepção, identificação,
encaminhamento, orientação e acompanhamento dos
beneficiários do BPC e dos Benefícios Eventuais.
• 5F‘ 0 0 % $ O $ 7 >$ 0 ! 0,% $c ( $ ' -8 Q$  )H) % @( 0,$ $ ! ,n 0H$ $  $ $ g % Q $N*,$ @ % 0 ', 7 $ - •5 ™ ,0 $,) % >S$ %  ) $% 0,$) 0 $ 
% : $ 0 ) 
% )(Q > +)  % $(' $  % 0) $ JQ$, ) % 0,($ 
@
   $ $  $ $ $ ã% /' : K0 ,/#$,@+%Ü ) ,Vê  á C @( $+-GQ/%  f )@ 
 % ' H) ( O+ 0  #™ $,%( ) @  0,$ , 0$ S C
!j@( ƒ)(! > 5 – $ - (˜ ( ,I : @ œ, m ä  
$  $ ) % 0 6R % ) @(  $  6 >P% S-i, r
 5 å(2
å2 ä(2
0,/H$ 3+ä(ä
2
C  $\$ ^ -¾, m $'  % 0  F5(
3 (å % )  : $ F : 5+$ å 2() š(
ä % Q i@
3+ J4 S $  MPr : 
™ 5 ––  -GI % %  0 0   )% 7 C 0 / $ : $h 0 % )H% ( R,% % %  ,I $(: % 0,@
$ ù $ ™ 5 e % )H) %  $ @ $ %  0,$ % $ / $  $) O(1 $  7 /H0H $ -6 Q%% )
0 > + % / $) :
™ ™ 5 $  $ -GI % Q  !  $ 9 ($  %  0,$ p ! 
S 0, $ è  : C / 'H7 :  h ( R nI : @( C / F/H O + (@  :
$ – H / % Q @+ : $)  $ ù @ ,  n J ê 
S % I,Q,,$X 0 % ãV 0 : $ ,@ $,) $ C ,/ : % @
 )0 ã
A- $0% 0 (
@
I,X  5
™ ™ ™ 5 ! $ $  -GI% % 0H $ ! 0 , 0,$ h  )% @',X 7 / % $  C % Q / $ : $, ) $ $ H/ $ @N % Q  ™ ™ 5 $e )  $ @ ) $ % 0 0,0,$ $ O(1 $ 0, $ 0H$ @
$ J) S 0J$,% ) $,$ ) 0,$&% P $(' %  : ) 0 % 0  0,$ 
@   n 8êJ   : ù - 9   + - C / : @
 ì(
-– 7 $0% 0 +6) @
,$I,0,X Q$ $,%  5 $ % 7
™ ™ ™ 5 ç$) @
7 @ $+ à â - ( C @
-6 >  -8 0H$
a)
b)
Apenas II e III estão corretas
Apenas I e II estão corretas
H(,/  ^ J * % ) O 7 0 Y/H H@ $ ( 5
c) Apenas I e III estão corretas
d) I, II e III estão corretas a) Apenas I e III estão corretas.
e) I, II e III estão incorretas b) Apenas I e II estão corretas.
•(•5Gp $ @
$ J 0 ^$ @( $ -E$ 6 % $ ' 3N  0  #$ $%) )  5
% å
2å
0 2mä(2 % á $ !j7 ;! C c) Apenas II e III estão corretas.
J : 0 ( ,I 0 : ! @ % $ I ()H8% @
0H-G$ / ! f 0,@ $ 
 % )  p $ O d) I, II e III estão corretas.
9 (   : ( -8  @
n R @(  S  e) I, II e III estão incorretas.
 >S% -8, r •å5Gp $$ 0,$ @
 0 0, ^$ @
- 6, % ' ’($ 2(4 0  $ ) $ Q $  e $ ) 
% S % % O 7 ) %
a) Promover a descentralização para os Municípios dos !è H@ %  :  : $ M63(/H5 ä($ å
å( C  ^0 iF :  $ (- ,I 0H$ : :  @ )$ @  $ (  % ‘ ,(  ( f @ 
serviços e das ações de saúde. % )0,$ / $,)0,$,) $i0,$ @( ) P % I % O 7 6[¶ $('  % 0  0,$  @ %  : $ 
b) Acompanhar, controlar e avaliar as redes hierarquizadas do
sistema Único de Saúde (SUS).
$ ,/ $%  0 ,\ $ 8 IqM $ % Q  C R % ) @(  S $  6 >P% S-8 r
c) Prestar apoio técnico e financeiro aos municípios e a) A Proteção à família, a maternidade à infância á
executar supletivamente ações e serviços de saúde. adolescência e à velhice.
d) Identificar e insimular estabelecimentos hospitalares de b) O amparo às crianças e adolescentes carentes.
referência estadual e nacional. c) A promoção da integração ao mercado de trabalho.
e) Coordenar a rede estadual de laboratórios de saúde pública d) A garantia de meio salário mínimo de beneficio mensal à
e hemocentros, e gerir as unidades que permaneçam em pessoa portadora de deficiência e ao idoso que comprovem
sua organização administrativa. não possuir meios de prover à própria manutenção ou de
•š5G0Hp $ $ @( % 0 ) @
% - !  –T%  ë á ! ! ‘ ! C $ e )  $ :  h $  )H)% @ % /%  : tê-la provida por sua família conforme dispuser a lei.

0H$+>P‘% )% 0  +


 f ) – @ #  ‘ H! @ C  $ :  @(e hÕ-Y‘ / : $  C - $)-b  H0 

_/@(   -G: /$('J % f : (@ O 7( 
e) A habilitação e reabilitação das pessoas portadoras de
deficiência e a promoção de sua integração à vida
$ ,/ $ @ % >P% @+ 5 $ ( $  $,) % 0 C R % ) @(  S $ 6 >P% -8 r comunitária.
— % % $) $
•ä5 $ 

P  +   R @+'J% 
- b @ % C )   0 (‘ `  % ($ f ) @ % à 0 $ -  % 0 $,)(,> -8$ ) 0 (
a) Elaborar e publicar seu Regimento Interno. / : 0% 9 
 % c0 /  $ $  $
b) Aprovar a Política Municipal de Assistência social,  $ ( 7 $ E%  @ %  : C $ ),7 % $0  $E 0H$²(0,$ @ @  : (

 u $  5æ: ‘ O(² 1 E$
elaborada em consonância com a Política Estadual de @
 @N% ?+0$< - $)ª 
 
@  O(1 
Assistência Social na perspectiva do SUAS, e as diretrizes /H%n0 I : @
+ ) > 0 $,) - $) 0  % 0 œ/,$ IH $ ?+ $ ) $ ëj + )(% >: $ f$ -
estabelecidas pelas Conferencias de Assistência Social.  .$ @
>P%-G/% %  0 
$ /  ('   O(1 –  $ C $  : $, ) .% 0 @( 0,$,) - $
c) Regular a prestação de serviços de natureza pública e
$,
-² / :G: -  -GIHX  5 ( 
privada no campo da Assistência Social, no seu âmbito,
considerando as normas da Política Estadual de

 0J% (  J O
1 $ iRi@
 P $ 6 >S% -8 r
Assistência Social, as proposições da Conferência ™ 5 $ æ0 /,% ) % C -G$) % 
 0 Q$ ? $ % $, ) C $ ) æ -8
S % ? 0 >  Q  C 0
Municipal de Assistência Social e os padrões de qualidade >,/ $) - % 0 C ) @ : : % -6 $&0 ˜% -8 0)0 C  7
para a prestação dos serviços.  -8+  ?+ ( W@ : S, A/$ : X @+ $ L) /X  C
d) Aprovar a proposta orçamentária dos recursos destinados  IH$ $ S 0 0 ) ” + % 0 ˜0@
-í 
@ : 
( &HHI : 
 C
às ações finalísticas de Assistência Social, alocados no 0,$ $,/H) 0 ) 
?”%  ž @   )%  % )(Q$ m % 0 ï $ $ : O
1 $  0$
Fundo Nacional de Assistência Social. / f @ 5
e) Propor ao CNAS (Conselho Nacional de Assistência Social) ™ ™ 5 >S! %  ) QH% %) @ : QO 7 )  % % ( $ ê % @
ð @(% - 0 $,,) I :$ 
cancelamento de registro das Entidades e organizações de :  Q êJ% 0 / @
$ C :  % g,$( 0 0H$  : % 0 g, $u , -  -
Assistência Social que incorrerem em descumprimento dos H% 0,$, ) % >S%  - %) H$@ Q$ ) 7 C J )H% Q,$ -d/ $ - % % )07
Q! :  ) g,@
%  b5  O ü R@ @
ö@( - àO
princípios no artigo 4º da LOAS e em irregularidades na
aplicação dos recursos que lhes forem repassados pelos
™ ™ ™ 5 0,$ Ý )(> -8O 7 ìIH  H@ m
% ?+ 0  $l% ) J/ $  ) $ C
$ - @(% )  0 `
poderes públicos.
$ ' $ % )
 : X % @
  nHI : % @+/  $ : / $ :  :  ,$ , ˜@+(
  $ ? H@0,$ / b
$ @ m , H.@ / : 6
g, $  5
a) I, II e III estão corretas.
b) I, II e III estão incorretas.
c) Apenas I e II estão corretas.
d) Apenas I e III estão corretas.
e) Apenas II e III estão corretas.
š(25F‘$+*  $ $)0 f ) @ % + 0  QH% ! $,$() ' H % 0  0,% $ ',$ ! H@ %  :0H$ ë$ + % )% : $,0% 
/ (-ì,- -8 -  W-8   : C - 
/ $ $ : " )H$ % : O 7 $,) P0 $ .0 @ %  $Y$ @
) ]- % @+$ 0 ,$.) > ) $, ,)  å2 $,$ ) 
- @
 -6 ,ö   ,©/H à ©  -  C
 $),0 % ­ 0$ - $ % 0 ÉQ%[u$,)  $ ( 7 0 0 $ ! ) $' H % % 0  $ 0,$ 0 ! H@ %  : % (
$,)  ) É-8-6( @  - 0H$ $  -  % )  O 7 @($  - 0  , /Hæ  /,@ $ : (X @+   C
 -GI 

 H$ @ %  $ %  C Q $$  )% $ ),0 ,-u@($ ) MS >S) %  0,$Fr Q$  $  5 e -É $ : O 7


    J iRi@
J S  8 -8,
™ 5ì‘$,)  $)-G0J% 0 0  ) O(
 ) -G )0$ 0 0 S ,I $:  C (0H $ %
+ @
-6 /, m /H  H@ (
0H$
$ $ 
P S
P$ , O 7 7 0 /  0 ( 0H% Q $  $ > /H 00 % 
0 $+, ),$ $ 
% P +) R 'J$ % 

>  Q , 0 / F ((@O ,-G  :  ¾O 7 -6 > : $N* : X Q,$ J: 5 + ts   C -
™ ™ 5K‘ % )(L 0 ) ) % ) $ Q$,) 7 0 0
> : $N*,-G7  ”R-8O

, @
 0  ”/ $ :  @ %  O $& 0 ˜s $ )9 $ (  %  )H % C,-6@ qM $
/ $ :  $ - $ ' f ) @ %  0 )$ Q: $% I ) $ 7  : % 0 -6 5 0 )',$0,$
™ ™ ™ 5A‘ $ -G 0  ) 0 O
( $ )  % ) $% $= O 9 (  :
$ Y$ -8' , ) @
 % ¾0 / ): $ =@% $  %0 s $H)$  %  )H% ,-8 $ / $ : 
- f @  : I  : ,-6 5
a) I, II e III estão corretas.
b) I, II e III estão incorretas.
c) Apenas I e III estão corretas.
d) Apenas II e III estão corretas.
e) Apenas I e II estão corretas.
CARGO: TÉCNICO DE NÍVEL SUPERIOR
FUNÇÃO: ASSISTENTE SOCIAL
QUESTÃO

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30

C A B D C B E C C A D C A E C B C D B E B D A D C A E B D E

QUESTÃO

31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60

D C C E D A C D B E B C A C D E E B A B E D C A D D B D A E