Vous êtes sur la page 1sur 7

LRF

Exercícios V
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

EXERCÍCIOS V

QUESTÕES DE PROVA

61. (CESPE/Técnico Científico – Direito/Banco da Amazônia/2012) Define-se dí-


vida pública consolidada ou fundada como o montante total das obrigações
financeiras do ente da Federação, assumidas em virtude de abertura de cré-
dito, para amortização em prazo inferior a doze meses.

Comentário
[art. 29 da LRF]. A amortização se dá em prazo superior a doze meses.

62. (APO/SP) Ainda sobre a Responsabilidade Fiscal da gestão pública,

a. enquadra-se no conceito de empresa estatal dependente a sociedade de


economia mista estadual que captar os recursos necessários ao seu cus-
teio da venda de mercadorias e serviços ao ente controlador.
b. as despesas de pessoal das sociedades de economia mista estão incluí-
das no cálculo do limite das despesas de pessoal do ente que a controla.
c. no cálculo da dívida do Estado para pagamento de débitos com a União,
feita com base na Receita Corrente Líquida Real, incluem-se os recursos
destinados a Fundo de Desenvolvimento Social criado para financiar pro-
gramas de apoio à inclusão e promoção social.
d. as empresas estatais não dependentes estão sujeitas à Lei de Res-
ponsabilidade Fiscal.
e. o cancelamento de débito, cujo montante seja inferior ao dos respectivos
custos de cobrança, não fere a Lei de Responsabilidade Fiscal se a remis-
são da dívida estiver acompanhada de estimativa do impacto orçamentário-
financeiro, a renúncia tiver sido considerada na estimativa de receita da lei
orçamentária ou ainda estiver acompanhada de medidas de compensação.
ANOTAÇÕES

1
www.grancursosonline.com.br
LRF
Exercícios V
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

Comentário
a. A empresa estatal dependente é aquela que depende de recursos do
orçamento para sua sobrevivência (art. 2º).
b. As sociedades de economia mista, em regra, não estão sujeitas aos
dispositivos da LRF.
c. Há ambiguidade nessa afirmativa.
d. As empresas estatais dependentes estão sujeitas à LRF.
e. Vide art. 14. Quando o custo da cobrança for maior do que o valor
arrecadado, não é necessário fazer acompanhamento de estimativa
de impacto orçamentário.

63. (CESPE/Analista – Planejamento e Orçamento/MPU/2013) De acordo com a


LRF, a administração pública manterá sistema de custos que permita a ava-
liação e o acompanhamento da gestão orçamentária, financeira e patrimonial.

Comentário
Vide art. 50.

64. (ESAF) Com base nos aspectos contábeis contemplados na Lei de Respon-
sabilidade Fiscal (LRF), assinale a opção correta.

a. As operações de crédito e a assunção de compromissos junto a terceiros


devem ser escrituradas de modo a evidenciarem o montante da dívida
acumulado no período e, facultativamente, detalharem a natureza e o tipo
de credor.
b. O governo federal deve manter um sistema de custos que permita a avalia-
ção e o acompanhamento da gestão orçamentária e financeira dos entes
nacionais e subnacionais.
ANOTAÇÕES

2
www.grancursosonline.com.br
LRF
Exercícios V
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

c. As contas apresentadas pelo chefe do Poder Executivo devem ficar dispo-


níveis, no exercício subsequente, no respectivo Poder Legislativo e no ór-
gão técnico responsável pela sua elaboração, para consulta e apreciação
pelos cidadãos e pelas instituições da sociedade.
d. Os tribunais de contas devem emitir parecer final conclusivo sobre contas
no prazo de trinta dias do recebimento, se nada em contrário estiver esta-
belecido nas constituições estaduais ou nas leis orgânicas municipais.
e. A despesa e a assunção de compromisso devem ser registradas segundo
o regime de competência, apurando-se, em caráter complementar, o resul-
tado dos fluxos financeiros pelo regime de caixa.

Comentário
[Observar arts. 49 e 50].
a. O detalhamento da natureza e o tipo de credor é uma exigência mínima.
b. A administração pública deverá manter um sistema de custos que permita
a avaliação e o acompanhamento da gestão orçamentária e financeira dos
entes nacionais e subnacionais.
c. As contas apresentadas pelo chefe do Poder Executivo devem ficar dispo-
níveis, durante todo o exercício, no respectivo Poder Legislativo e no órgão
técnico responsável pela sua elaboração, para consulta e apreciação pe-
los cidadãos e pelas instituições da sociedade.
d. Os tribunais de contas devem emitir parecer prévio conclusivo sobre contas
no prazo de sessenta dias do recebimento, se nada em contrário estiver
estabelecido nas constituições estaduais ou nas leis orgânicas municipais.
e. A despesa e a assunção de compromisso devem ser registradas segundo
o regime de competência. Em caráter complementar, apura-se o resultado
dos fluxos financeiros pelo regime de caixa.
ANOTAÇÕES

3
www.grancursosonline.com.br
LRF
Exercícios V
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

65. (CESPE/Analista Administrativo/ANTT/2013) Conforme a LRF, os orçamen-


tos são considerados instrumentos de transparência da gestão fiscal.

Comentário
[Vide art. 48].

66. (CESPE/Analista/INPI/2013) De acordo com a LRF, a transparência na ges-


tão fiscal é assegurada mediante a liberação das informações sobre a exe-
cução da receita e da despesa ao conhecimento público.

Comentário
Conferir art. 48, com a correção da LC 131/2009.

67. (CESPE/Administração/ABIN/2010) Incluem-se entre os instrumentos


de transparência da gestão fiscal o relatório resumido da execução or-
çamentária, de periodicidade trimestral, e o relatório de gestão fiscal, de
periodicidade semestral.

Comentário
O RREO é bimestral e o RGF é quadrimestral.

68. (CESPE/Auditor de Controle Externo/TCE/ES/2012) A destinação de recur-


sos obtidos com a receita de capital oriunda da alienação de ativos é um dos
objetos de fiscalização dos tribunais de contas.

Comentário
Observar os artigos 56 a 59 tratam das atribuições dos Tribunais de Contas.
ANOTAÇÕES

4
www.grancursosonline.com.br
LRF
Exercícios V
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

69. (CESPE/Analista – Contabilidade/ECB/2011) A adoção de sistema integrado


de administração financeira e de controle que atenda a padrão mínimo de
qualidade estabelecido pelo Poder Executivo da União é requisito essencial
para se assegurar a transparência da gestão fiscal nos municípios.

Comentário
Observar o que dispõe o art. 48 da LRF, com a correção da LC 131/2009, sobre
a transparência pública.

70. (CESPE/Analista Jud.–Administrativo/2013) É estabelecido pela LRF que


deverão ser disponibilizadas, em tempo real, para assegurar a transparência,
informações relacionadas aos empenhos, liquidações e pagamentos realiza-
dos pelas unidades gestoras, em meios eletrônicos de acesso público.

Comentário
Com o advento da LC 131/2009, todas as informações sobre processos
licitatórios passaram a ser de conhecimento público, com um lapso de 1 dia,
em média.

71. (CESPE/Procurador/ALES/2011) As normas gerais para consolidação das


contas públicas nacionais são atualmente editadas pelo Conselho de Gestão
Fiscal, órgão criado pela LRF.

Comentário
[Art. 51 da LRF]. O Conselho de Gestão Fiscal não edita normas gerais para
consolidação de contas públicas.
ANOTAÇÕES

5
www.grancursosonline.com.br
LRF
Exercícios V
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

72. (CESPE/Analista/INPI/2013) De acordo com a LRF, a transparência na ges-


tão fiscal é assegurada mediante o incentivo à participação popular e a re-
alização de audiências públicas durante a discussão e elaboração do plano
plurianual (PPA), da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e da Lei Orça-
mentária Anual (LOA).

Comentário
Verificar o que dispõe o art. 48 da LC 131/2009.

73. (CESPE/Analista Administrativo/ANCINE/2013) As operações financeiras de


captação ou a assunção de compromissos junto a terceiros deverão ser es-
crituradas de modo a evidenciar o montante e a variação da dívida pública no
período, detalhando-se, pelo menos, a natureza e o tipo de credor.

Comentário
As operações financeiras de captação ou a assunção de compromissos junto
a terceiros deverão ser escrituradas de modo a evidenciar o montante e a
variação da dívida pública no período, contando, como requisito mínimo, com
o detalhamento da natureza e o tipo de credor.

74. (CESPE/Analista em Ciência e Tecnologia/CNPq/2011) Se um ente federa-


tivo deixar de publicar, no prazo legal, relatório resumido de execução orça-
mentária, ficará impossibilitado de receber transferências voluntárias e de
contratar operações de crédito, excetuando-se as destinadas ao refinancia-
mento do principal atualizado da dívida mobiliária.

Comentário
O ente federativo que não publicar o relatório no prazo legal ficará
impossibilitado de receber transferências voluntárias (com exceção para as
áreas de educação, saúde e assistência social) e de contratar operações de
crédito (com exceção àquelas destinadas ao refinanciamento do principal
atualizado da dívida imobiliária).
ANOTAÇÕES

6
www.grancursosonline.com.br
LRF
Exercícios V
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

GABARITO

61. E
62. c – cabe recurso.
63. C
64. e
65. C
66. C
67. E
68. C
69. C
70. C
71. E
72. C
73. C
74. C

Este material foi elaborado pela equipe pedagógica do Gran Cursos Online, de acordo com
a aula preparada e ministrada pelo professor Flávio José de Assis.

ANOTAÇÕES

7
www.grancursosonline.com.br