Vous êtes sur la page 1sur 1
TESTES NOME: TURMA: Ne: Unidade 5 - Apanha-me também um poeta 1° PARTE Léotexto A atentamente. Texto A SU P 2 Atriste historia do zero poeta / E Numa certa conta havia 25 e ainda as chaves do carro K um zero dado & poesia que tinha urn sonho secreto: fugir para o alfabeto Sonhava tornar-se um O nem que fosse um dia s6, so ou ainda menos: sé tempo de dizer: «Oh!» (Nos livros e nas seletas* 10 oque mais 0 comovia eram os «Ohsl» que os poetas 8 metiam nas poesias!) Um «Ohb liico & profundo, um sé «Ohby Ihe bastaria 15 para ele dizer ao mundo 0 que na alma Ihe ia! 4 E 0 que na alma lhe ia! Sonhos de glorias, esperancas, ansias, melancolia, 20 recordagées de ctianca; além de um grande vazio de tipo existencial ede uma caixa que 0 tio Ihe pedira para guardar, \VOCABULARIO "seleta livre que redne textos de vérios autres *melancoli tristeza, e uma mascara de entrudo... Nao tinha bolsos, coitado, guardava na alma tudo! alma! Como queria grité-la num «Ohb sincero! Mas nao passava de um zero que, ohl, nao se pronuncia. Daf que andasse doente de grave doenca postica e em estado permanente de ansiedade alfabética E se indignasse & etc. contra o destino severo que fizera dele um zero com uma alma de letra! Tanta ambigdo desmedida, tanto sonho feito pé! E aquele zero dava a vida para poder dizer «Ohty 45