Vous êtes sur la page 1sur 3

PBC

a) Após realizar o MPS, definem-se as quantidades a serem produzidas dos itens analisados,
atribui-se tempos para cada etapa do processo, como expedição e montagem, entre outras.

b) O PBC é utilizado em processos com lead time pequeno,é adequado para sistemas de
produção repetitivos, e tem uma forte relação com o layout celular.

c) Vantagem: Como trabalha-se com ciclos curtos o sistema se torna mais flexível, e pode
alterar-se rapidamente de acordo com alguma mudança repentina na demanda, utilizando
apenas um pequeno investimento em estoque.

d) Desvantagem: O tempo de processamento de todos os produtos deve ser menor que um


período, que foi decidido no início do processo da aplicação do PBC.

e)

MPS: Para calculo do produto final: Batom com estoque mínimo de 50 unidades
Julho Agosto
1 2 3 4 1 2 3 4
Demanda Prevista 50 50 50 50 60 60 60 60
Demanda Confirmada 55 40 10 5 0 0 0 0
Recebimento programados 100
Estoques projetados 5 50 100 50 100 140 80 120 60
PMP 100 100 100 100

Explosão do MPS para itens: Cera do batom


Julho Agosto
1 2 3 4 1 2 3 4
Demanda Prevista 50 50 50 50 60 60 60 60
Demanda Confirmada 55 40 10 5 0 0 0 0
Recebimento programados 100
Estoques projetados 5 50 100 50 100 140 80 120 60
PMP 100 100 100 100

Explosão do MPS para item: Embalagem "carcaça" do batom


Julho Agosto
1 2 3 4 1 2 3 4
Demanda Prevista 50 50 50 50 60 60 60 60
Demanda Confirmada 55 40 10 5 0 0 0 0
Recebimento programados 100
Estoques projetados 5 50 100 50 100 140 80 120 60
PMP 100 100 100 100

A proporção do componente Cera e embalagem do batom,


para o produto final batom é 1:1.
Cronograma dos tempos em dias
Emissão das ordens 10
Processamento 15
Montagem 7
Distribuição das vendas 7
Total 39

CONWIP

a) CONWIP significa estoque em processo. Esse sistema puxa a produção. Após o estágio final,
o conteúdo do contenedor vai para o estoque juntamente com o cartão (ordem), e esse
contenedor volta vazio para o estagio inicial. Se há o consumo desse conteúdo, o cartão vai
para a lista de pedidos em carteira. Quando houver um contenedor disponível e cartão na lista
de pedidos, o operador começa a processar o primeiro cartão dessa lista. Esse cartão indica o
que produzir, qual quantidade, matéria prima a utilizar.

b) O CONWIP é aplicado em sistemas de produção em linha, com fluxo estável e uniforme.

c) Uma vantagem é sua utilização em ambientes com uma maior variedade de produtos do
que comparado ao Kanban.

d) Desvantagem: O mesmo também pode exigir um maior espaço de armazenamento entre as


fases alternadas do fluxo da linha, porque todos os contenedores cheios podem acumular-se
entre qualquer par de fases alternadas (YANG, 2000 apud OVALLE; MARQUEZ, 2002).

Graves et al. (1995) apud Ovalle e Marquez (2002), apontam uma grave inconveniência do
CONWIP, em que ele não considera o impacto que o gargalo na produção pode ter sobre o
desempenho de uma linha de produção.

e) CONWIP: Parâmetros: Produção de canetas azul.


Calculo de número de cartões para determinar o nivel de
WIP:
N = (D x T) + S
Onde N é o número de cartões
D a demanda diária,
T o tempo total de ciclo (em % do dia)
S o fator de segurança.

N = (20 X 0,80) + 0,6


N = 16,6 aprox = 17 cartões

Cota de produção alvo para um produto


70 unidades/mês

A máxima quantidade de trabalho pela frente: 250 unidades

Gatilho de escassez de capacidade: 45 unidades.

Centres d'intérêt liés