Vous êtes sur la page 1sur 2

Aristóteles nasceu em Estágira, colônia no reino da Macedônia, no ano de 384 a.C.

;
filho de Nicômaco, médico do rei Amintas (pai de Filipe II), teve condições
altamente favoráveis para seus estudos, e a profissão de seu pai pode ter
influenciado em seu gosto pela natureza e pelo método de observação e
experimentação.
Com 17 anos foi para a Academia de Platão em Atenas, o maior centro cultural e
intelectual da Grécia, onde permaneceu por 20 anos (primeiro como discípulo,
depois como mestre) até a morte de Platão, em 347 a.C. Quando este morreu, a
Academia passou a adotar um viés matemático para ensinar filosofia –método que
Aristóteles discordou, deixando assim Atenas e seguindo em direção a Assos, uma
cidade comandada por discípulos de Platão, em cuja corte passou 3 anos. Durante
esse tempo, dirigiu uma escola com Xenócrates, Erasto e Corisco; depois, conheceu
Teofrasto e juntos dirigiram uma escola na ilha de Lesbos, onde conheceu e se
casou com Pítias, neta do tirano Hérmias, com quem teve uma filha, que levou o
nome da mãe, e um filho, Nicômaco – a quem dedicou o livro “Ética a Nicômaco“.
Em 343 a.C., o rei Filipe II escolheu Aristóteles como tutor e mestre de seu filho, o
pequeno Alexandre (que mais tarde seria Alexandre, O Grande, o maior imperador
da História), na época com 13 anos. Não se sabe muito sobre esse período, nem por
quanto tempo Aristóteles educou Alexandre – há um salto na história do filósofo,
que reaparece em 335 a.C. em Atenas, onde fundou sua própria escola, sob o nome
de Liceu, em homenagem ao deus Apolo Lykeios. Historiadores acreditam que
Aristóteles saiu da corte após o assassinato de Filipe II, quando Alexandre subiu ao
trono e partiu em conquista da Ásia e em guerra contra o império persa.
No Liceu se realizavam pesquisas em múltiplas áreas, como botânica, lógica,
música, matemática, ética, psicologia, física, artes, teoria política, retórica e muitas
outras. Em todas as áreas foram coletados manuscritos, podendo-se dizer que essa
foi a primeira grande biblioteca da antiguidade.
Quando Alexandre morreu, em 323 a.C., uma forte reação antimacedônica tomou
conta de Atenas, que já vinha descontente com o imperador e os poucos privilégios
que este concedia à nobreza da cidade. Por sua ligação com o ex-imperador,
Aristóteles fugiu de Atenas, indo para Cálcides, na ilha Eubéia, onde morreu
naquele mesmo ano de causas naturais, aos 62 anos de idade.
O pai das ciências naturais e da lógica

Aristóteles é, até hoje, um dos maiores filósofos da civilização ocidental e uma das
pessoas mais influentes da História; dele herdamos nossa maneira de pensar,
herdamos a lógica, o modo de produzir conhecimento. Seus ensaios sobre política e
ética são até hoje fundamentais para discutir as relações do homem em sociedade,
principalmente no que concerne à virtude e à democracia. Para o filósofo, o
propósito da vida do homem é conquistar a ‘vida boa‘, sendo feliz e útil para o bem
público; todo o trabalho e todo o conhecimento visam algum bem. Nessa
concepção, o melhor governo seria “aquele em que cada um melhor encontra o que
necessita para ser feliz”.
Aristóteles segue Sócrates e Platão ao colocar a virtude no centro da boa vida. Ele
considera a justiça, a coragem e outras virtudes éticas como habilidades complexas
emocionais e racionais; para vivermos bem, precisamos apreciar os bens como a
amizade, o prazer e a honra e as formas como esses bens se encaixam,
reconhecendo casos particulares a partir do quadro mais abrangente.
No campo da lógica, o filósofo desenvolveu o que ficou conhecida como “lógica
dedutiva“; sistematizou-a a partir da teoria dos silogismos, fundamental para a
racionalização do pensamento – que, por sua vez, foi de extrema importância
durante a revolução científica. Além disso, Aristóteles é considerado o pai das
ciências naturais como conhecemos hoje, em especial a biologia e a zoologia, sendo
pioneiro nos estudos de ambas.

Principais Obras de Aristóteles

 Obras de Lógica ou Organon: incluem Categorias, Sobre a Interpretação, os


Analíticos ( Primeiros e Segundos) e os Tópicos.
 Obras sobre física e a concepção do universo: compreendem Física, Sobre o
Céu, Sobre a Geração e a Corrupção e Meteorológicos.
 Obras psicológicas e biológicas: abrangem Sobre a Alma, além de pequenos
textos reunidos sobre o título de Parva Naturalia e História dos Animais (
com partes de autoria duvidosa).
 Tratados de metafísica: Andronico denominou Metafísica (literalmente
“depois da física) a estas partes dos apontamentos de Aristóteles.
 Obras ético-políticas: compreendem a Ética a Eudemo (organizados por
Eudemo, discípulo de Aristóteles), a Ética a Nicómaco (organizada por
Nicómaco, filho de Aristóteles), a Grande Moral ( de autoria duvidosa), a
Política e a Constituição de Atenas.
 Obras sobre a linguagem e a estética: incluem a Retórica e Poética.

Frases de Aristóteles

 “O sábio nunca diz tudo o que pensa, mas pensa sempre tudo o que diz”.
 “O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete”.
 “A dúvida é o principio da sabedoria”.
 “Que vantagem têm os mentirosos? A de não serem acreditados quando
dizem a verdade”.