Vous êtes sur la page 1sur 4

RELATÓRIO DE AUDITORIA COMERCIAL MG

● Enviar evidencia até 15/01/18

● NC

● Observação

Escritório Comercial MG

PPRA: ●
Precisa descrever de onde foram retiradas as informações de quantificação das avaliações
ambientais de todos os GHEs ou Constar o laudo das avaliações com os devidos certificados de
calibração;

Precisa estar melhor descrito ou ser adotado um critério para se estabelecer as exposições do
GHE 02 e 04, tendo em vista que estes GHEs assumiram os riscos do GHE 03, sendo que no
PPRA da REGAP não possui Consultor Técnico e Operador Assistente.

Na avaliação de Ruído consta o mesmo resultado para Q=5 e Q=3, sendo que o próprio
dosimetro expressou resultados diferentes de 90,4 dB(A) e 78,0 dB(A);

Verificar a possibilidade das análises de ruído e químico serem em forma de laudo e


independentes do PPRA da Regap. De forma que possa ser utilizado as informações para o
PPRA do escritório.

PCMSO: ●
Constar o período da avaliação do relatório anual.

ASO: ●
Riscos constantes no ASO da colaboradora Graziella não confronta com o os riscos do PCMSO.

ASO do colaborador Ademilson consta aptidão para trabalho em altura e espaço confinado,
porem estes riscos não contemplam no PPRA e PCMSO.

Nomenclatura de cargos dos ASOs não confrontam com a nomenclatura constante no PCMSO,
exemplos: Ademilson - no ASO consta Assistente Técnico Junior e no PCMSO Assistente
Técnico, Erika - no ASO consta Consultor Técnico Junior e no PCMSO Consultor Técnico e
Graziella - no ASO consta Analista Administrativo Pleno e no PCMSO Analista Administrativo.

PPR: ●
Não evidenciado o teste de vedação do ano de 2017 do colaborador Michael e não consta
assinatura dos colaboradores em diversos testes.
Respirador utilizado pelo colaborador Barny não confronta com o CA constante no teste de
vedação;

PCA: ●
Falta evidência dos relatórios/certificados de calibração da cabine e do audiômetro. Como o PCA
foi emitido em fev/17, estes laudos/certificados devem estar calibrados entre o período entre
fev/16 e fev/17;

Laudo de Periculosidade: ●
Falta ART do Laudo de Periculosidade, o documento anexo consta de forma errada LTCAT.

Analise ergonômica: ●
Solicitar revisão de documento de modo que de alguma forma contemple o cargo de Operador
Assistente.

Treinamento ●
Não evidenciado o treinamento de proteção auditiva e proteção respiratória.

Não evidenciado a lista de participação dos colaboradores nos cursos de EPI/EPC (certificado
datado em 29/06/17) e Ergonomia (certificado datado em 20/07/17).

Não evidenciado a divulgação dos dados do PPRA para os colaboradores;

Higienização dos aparelhos de Ar Condicionado ●


Melhor os controles de higienização dos equipamentos de ar condicionado, de modo que seja
estipulado um mês especifico no ano para a realização deste serviço.

REGAP

Treinamento: ●
Colaboradores não possuem ciência da Avaliação de Perigos e Riscos;

Controle de EPIs: ●
Não evidenciado a anotação na ficha de EPI da colaboradora Shirley a camisa e calça RF (CAs
33184 e 33185).
Laudo Capela: ●
Solicitar do cliente a renovação do laudo que vence no dia 29/12/17

Higienização do Ar Condicionado: ●
Abrir NC interna para traçar ações mais efetivas para tratar o assunto com cliente e monitorar.

USIMINAS

Treinamento: ●
Não evidenciado o treinamento da CIPA do colaborador Samuel;

Não realizado o curso de reciclagem de proteção e combate a incêndio, ultimo realizado em


nov/16;

Colaboradores não possuem ciência da Avaliação de Perigos e Riscos;

Não evidenciado a divulgação dos dados do PPRA para os colaboradores;

Mapa de Risco: ●
Não evidenciado o Mapa de Risco do laboratório.

PCA: ●
Não evidenciado no Programa e data e assinatura do responsável pela elaboração.

PCA: ●
Não evidenciado no Programa e data e assinatura do responsável pela elaboração.

ASO: ●
Não consta no termo de designação do PCMSO o nome e CRM da Medica (Dra. Andrea de
Oliveira Macedo) que assinou os Asos dos colaboradores: Jackson (17/07/17) e Cristiane
(20/07/17).

Falta exames complementares nos ASOs dos seguintes colaboradores:

- Barny e Cristiane – Urina tipo I e Parasitologico de Fezes;


- Jackson - Urina tipo I, Parasitologico de Fezes, Contagem de Plaquenas e EDTA;

Analise ergonômica: ●
Não evidenciado a analise ergonômica do trabalho (NR-17).

Controle de EPIs: ●
Não evidenciado a anotação dos EPIs nas fichas de controle dos colaboradores:

Samuel: Perneira CA 27600, Abafador CA 27971, Botina CA 28488 e Luva 32912;

Barny: Botina CA 28491, Respirador 12011 e Abafador CA 15623.

Verificação de campo: ●
Não evidencia nos locais de dosagem as FISPQs dos produtos químicos da Kurita;

Mangueiras de dosagem estão ressecadas e necessitam de substituição. (Foram inspecionados


de forma amostral os setores: CRATIF 2, CRALIN, TRT, CRA C2).

Laudo Capela: ●
Abrir NC interna para poder monitorar junto com o cliente a regularização da capela e emissão
do analise/laudo.