Vous êtes sur la page 1sur 5

Universidade da Beira Interior Cálculo I

Bioengenharia+Bioquı́mica
Departamento de Matemática 2012/2013

Ficha 2 – Cálculo Diferencial em R

1. Calcule, sempre que possı́vel, as derivadas das funções seguintes nos pontos indicados.
√ √
(a) f (x) = x2 + 9, x = 4 (f) f (x) = x + 1 − 4, x = a ∈ intDf
1
(b) f (x) = , x = 2
 3
x x + 2x2 , x ≥ 0
(g) f (x) = ,x = 0
(c) f (x) = e2x+5 , x = 2 0, x<0
(d) f (x) = x2 − 3x, x = 3 
sin x, x ∈ [0, π2 ] π
(h) f (x) = 2 , x ∈ ] π , π] , x = 2
(e) f (x) = ln x, x = a ∈ Df ( 2x
π ) 2

2. Um balão metereológico é solto e sobe verticalmente de modo que a sua distância s(t) ao solo durante
os 10 primeiros segundos de voo é dada por

s(t) = 6 + 2t + t2

na qual s(t) é expressa em metros e t em segundos. Determine a rapidez do balão:

(a) nos instantes t = 1, t = 4 e t = 8;


(b) no instante em que o balão está a 50m do solo.

3. A posição de uma partı́cula num eixo é dada pela equação do movimento


1
s = f (t) =
1+t
onde t é medido em segundos e s em metros, representa a distância à origem. Encontre a rapidez da
partı́cula 2 segundos após o instante inicial.

4. Determine a derivada de cada uma das seguintes funções.


1
(a) f (x) = x7 − x2 + x + 5 (n) f (x) = ex sin x + e x
√ 1−3x
(b) f (x) = 3 x (o) f (x) = cos x
1
(c) f (x) = e2x (p) f (x) = 2 ln(cosh(2x))
2
(d) f (x) = ln x + ln (x) (q) f (x) = arcsin(ln x)
1
(e) f (x) = x (r) f (x) = ecos x + x sin x
(f) f (x) = 1 sin2 x
x2 (s) f (x) = sin x2

(g) f (x) = sen(πx) (t) f (x) = x3 arccos x2 −1

(h) f (x) = arcsen( x) (u) f (x) = log(arctan x)
(i) f (x) = (x + 3)5 (v) f (x) = sin x+cos x
sin x−cos x
1−x
(j) f (x) = x3 +2
+ 2x (w) f (x) = ex cos x
(k) f (x) = ax−1 2
( x−b ) , a, b ∈ R (x) f (x) = x5 +1
ex −2
4
(l) f (x) = sin (5x) − cos4 (5x) (y) f (x) = x cosh x
1
(m) f (x) = tan(3x2 − 1) (z) f (x) = 2 sen(arccos x2 )

1
5. Analise a diferenciabilidade das seguintes funções.
(
(a) f (x) = |x2 − 2x| (1 − x) ln(x − 1), x > 1
(f) f (x) = 1−x2
2x+1 , x ≤ 1, x 6= − 12
(b) f (x) = |x|3
x2 sin x1 , x 6= 0

(c) f (x) = x|x − 1| (g) f (x) =
0, x=0
(d) f (x) = e−|x| x

 arcsin
  x+1, x≥0
x
(h) f (x) = exp x+1 − 1, x < 0, x 6= −1
 2
x , x≤0
(e) f (x) = 
x, x > 0 −1, x = −1

6. Estude a continuidade e a diferenciabilidade de cada uma das seguintes funções (indique o conjunto
dos pontos onde é diferenciável e determine a função derivada):
 2
3x2 + 1, x ≥ 0

x
(a) f (x) = 2 (x)
 e x−1
 , x<0
esen , x<0 (c) f (x) = 0 , x=0
 x2 sen(ln x) , x > 0

cos x2

, x≤0 
(b) f (x) = 2  (x−π) sen(π−x) , x>π
x · sen(ln x) , x > 0 2
e(x−π) −1
(d) f (x) = 1

 arcsen
x+1−π , x≤π

7. Determine a reta tangente ao gráfico da função f (x) = arcsin x−1


2 , no ponto de interseção da função
com o eixo das abcissas.

8. Determine as retas tangente e normal ao gráfico de f (x) = x, no ponto de abcissa 4.

9. Considere a função f (x) = 1 + 3ex+3 definida em R.

(a) Calcule f 0 (−3).


(b) Escreva a equação da reta tangente ao gráfico de f cujo declive é 3e.
2π π
10. Mostre que a reta de equação y − 3x + 3 = 0 é tangente ao gráfico da função f (x) = 3 − 2 arccos 3x
2
e determine o ponto de tangência.

11. Considere a função definida, em R, por g(x) = e x+3 + ln(arctanx).

(a) Calcule o domı́nio de g.


(b) Calcule a derivada de g no ponto de abcissa x = 1.
(c) Determine a equação da reta tangente ao gráfico de g no ponto de abcissa x = 1.

12. Calcule a derivada de ordem n, para o valor de n indicado, das seguintes funções.

(a) f (x) = cos x, n=4 (b) f (x) = log x, n=6

13. Seja f : R → R a função definida por f (x) = x4 e−x e g : R → R uma função diferenciável. Calcule
(g ◦ f )0 (x).

14. Seja f : [−2, 0] → [− π2 , π2 ] definida por f (x) = arcsin(x + 1). Determine (f −1 (x))0 dos seguintes modos:

i. Calcule a função inversa e de seguida a respetiva derivada;


ii. Diretamente.

2
2 −1
15. Considere a função f (x) = ex + 1.

(a) Mostre que em [−1, 1] se verificam as condições do teorema de Rolle.


(b) Calcule c ∈] − 1, 1[: f 0 (c) = 0.

16. Mostre que a equação x − cos x = 1 tem uma única solução no intervalo [0, π2 ].

17. Mostre que a equação 2x3 + 4x + 8 = 3 tem uma única solução real.

18. Considere a função f (x) = 3x − 3 + sin(x − 1).

(a) Calcule f (1).


(b) Prove que f tem um único zero em R.
19. Prove que a equação 4x3 − 6x2 + 1 = 0 tem três zeros distintos.

20. Seja f , definida em R por f (x) = arcsin(x + 1). Determine o valor intermédio a que se refere o teorema
de Lagrange em [−2, 0].

21. Considere a função f : R → R definida por


3−x2

2 , x≤1
f (x) = 1
x, x>1

(a) Mostre que é possı́vel aplicar o teorema de Lagrange à função f no intervalo [0, 2].
(b) Determine os números reais c tais que f (2) − f (0) = 2f 0 (c).

22. Aplique o teorema de Cauchy às seguintes funções:

(a) f (x) = (x + 1)2 e g(x) = 3x2 em [1, 3]; (b) f (x) = cos(2x) e g(x) = sin x em [− π2 , π2 ]

23. Considere a função h(x) = ln |2x − 1| e q(x) = x2 − 3x.

(a) Calcule o domı́nio da função h.


(b) Justifique que, embora sejam ambas contı́nuas em [1, 2] e diferenciáveis em ]1, 2[ não se pode
aplicar o teorema de Cauchy às funções h e q, no intervalo ]1, 2[.

24. Utilize a regra de Cauchy para levantar as indeterminações dos seguintes limites.

sin 4x
  √
1 1 (i) lim ( 3 x2x )
(a) lim (e) lim − x→−∞
x→0 2x x→0 sin x x
esin x − ecos x 1 (j) lim xx
(b) limπ x
(f) lim (e + x) x x→0+
x→ 4 sin x − cos x x→+∞
  2x
ln(sin x) cos x 1 x+2
(c) lim (g) lim (tan x) (k) lim
x→ π2 x→+∞ x2
x→0+ ln(tan x)
2 π
(d) lim (xe−x ) (h) lim (xe1−x ) (l) lim xtan( 2x )
x→−∞ x→+∞ x→1

25. Estude a continuidade e a diferenciabilidade de cada uma das seguintes funções (indique o conjunto
dos pontos onde é diferenciável e determine a função derivada):
  2x
sen x ln x , x > 0 e , x≤0
(a) f (x) = (b) f (x) =
arctg x , x≤0 sen2 x · ln(x2 ) , x > 0

3
26. Considere a função f : R −→ R definida por

ln(ex + 1), x ≥ 0

f (x) =
sin x, x<0

(a) Mostre que a reta de equação y = x é uma assı́ntota ao gráfico de f .


(b) Calcule f 0 (x).
(c) Existe um intervalo fechado contido em [0, +∞[ onde seja possı́vel aplicar o teorema de Rolle?
Justifique.
 x+1
xe , x ≤ 0
27. Considere a função f : R −→ R definida por f (x) = x
x−2 , x>0

(a) Determine as assı́ntotas ao gráfico de f .


(b) Calcule a expressão de f 0 (x).
(c) Mostre que ∃ c ∈ ] − 1, 0[ : f 0 (c) = 1.
(d) Determine os pontos de inflexão.

28. Determine o polinómio de Mac-Laurin de grau m associado às funções dadas por

(a) f (x) = ex ; (d) f (x) = ln(1 + x);


(b) f (x) = sen x; 1
(c) f (x) = cos x; (e) f (x) = .
1+x

29. Calcule

(a) e0,1 com erro inferior a 10−6 ;


(b) sen(0, 2) com erro inferior a 10−4 ;
(c) cos(0, 1) com erro inferior a 10−5 .

30. Determine o polinómio de Taylor de cada uma das seguintes funções reais de variável real em torno
do ponto a indicado

(a) f (x) = x3 + 1 e a = 1;
1
(b) f (x) = e a = 1;
x
1
(c) f (x) = e a = 0;
(x − 1)(x − 2)
(d) f (x) = ln(x + 3) e a = 0;
(e) f (x) = ex e a = 1.

31. Determine a aproximação linear das funções indicadas nos pontos a indicados.

(a) f (x) = x3 , a=1 (c) f (x) = e−2x , a = 0



(b) f (x) = ln(x), a=1 (d) f (x) = 3 x, a = −8

32. Encontre a aproximação linear da função f (x) = 1 − x em a = 0 e use-a para aproximar os números
√ √
0, 9 e 0, 99.

4
33. Verifique que no ponto a = 0 as funções seguintes verificam a aproximação linear dada e determine os
valores de x para os quais a aproximação linear indicada tem um erro inferior a 0, 1.
√ x
(a) 1+x≈1+ (c) ex ≈ 1 + x
2
1
(b) ≈ 1 − 8x (d) tg x ≈ x
(1 + 2x)4

34. Calcule as coordenadas do ponto do gráfico f (x) = x3 +2x+1 onde é mı́nimo o declive da reta tangente
ao gráfico.

35. Mostre que entre todos os retângulos de perı́metro dado, o de área máxima é o quadrado.

36. Esboce o gráfico de uma função contı́nua f que verifique todas as condições indicadas:

(a) • f (0) = 1 e f (2) = 3 (b) • f (0) = 4 e f (2) = f (−2) = 1


• f 0 (0) = f 0 (2) = 0 • f 0 (0) = 0
• f 0 (x) < 0 se |x − 1| > 1 • f 0 (x) < 0 se x > 0
• f 0 (x) > 0 se x − 1 > 1 • f 0 (x) > 0 se x < 0
• f 00 (x) < 0 se x > 1 • f 00 (x) < 0 se |x| < 2
• f 00 (x) > 0 se x < 1. • f 00 (x) > 0 se |x| < 2.

37. Estude cada uma das seguintes funções. Para tal determine

i. o domı́nio; vi. os intervalos de monotonia;


ii. os zeros; vii. a segunda derivada;
iii. as assı́ntotas;
iv. a primeira derivada; viii. os pontos de inflexão;
v. os extremos; ix. o sentido da concavidade.

De seguida esboce o gráfico.

(a) f (x) = x3 − 3x2 (e) f (x) = xe−x


x2 −4
(b) f (x) = x
5
(f) f (x) = xe1/x
(c) f (x) = 1+4e −x

(d) f (x) = xe x (g) f (x) = ln(x2 − 1)