Vous êtes sur la page 1sur 553

Ordem dos Advogados do Brasil

Exame de Ordem Unificado – 2010.2

Caderno de prova

Leia com atenção as instruções a seguir:


01
1. Você está recebendo do fiscal de sala o seguinte material:
a) uma folha destinada às respostas das questões formuladas na prova;
b) um caderno com 100 (cem) questões objetivas, sem repetição ou falha, e o questionário de percepção sobre a prova, com 10 (dez)
questões objetivas.
2. Ao receber a folha de respostas você deve:
a) verificar se o número deste caderno de provas coincide com o registrado em sua folha de respostas e no rodapé de cada página deste
caderno;
b) conferir seu nome, número de identidade e número de inscrição;
c) comunicar imediatamente ao fiscal da sala, qualquer erro encontrado no material recebido;
d) ler atentamente as instruções para a marcação das respostas das questões objetivas;
e) assinar a folha de respostas, no espaço reservado, com caneta esferográfica transparente de cor azul ou preta.
3. Quando autorizado pelo fiscal de aplicação, escreva, no espaço apropriado de sua folha de respostas, com a sua caligrafia usual, a seguinte
frase:
“Juízes, não sois máquinas! Homens é o que sois!”
Conforme previsão editalícia, o descumprimento desta instrução implicará a anulação de sua prova e sua eliminação do Exame de Ordem.
4. As questões são identificadas pelo número que se situa acima do seu enunciado.
5. Durante a aplicação da prova não será permitido:
a) qualquer tipo de comunicação entre os examinandos;
b) levantar da cadeira sem a devida autorização do fiscal de sala;
c) portar aparelhos eletrônicos, tais como bipe, telefone celular, walkman, agenda eletrônica, notebook, palmtop, receptor, gravador,
máquina fotográfica, controle de alarme de carro, etc., bem como relógio de qualquer espécie, óculos escuros ou qualquer acessório de
chapelaria, como chapéu, boné, gorro, etc., e ainda lápis, lapiseira, borracha ou corretivo de qualquer espécie.
6. A FGV realizará a coleta da impressão digital dos examinandos na folha de respostas.
7. Não será permitida a troca da folha de respostas por erro do examinando.
8. O tempo disponível para esta prova será de 5 (cinco) horas, já incluido o tempo para marcação da folha de respostas.
9. Reserve os vinte minutos finais para marcar sua folha de respostas.
10. Para fins de avaliação, serão levadas em consideração apenas as marcações realizadas na folha de respostas.
11. Somente após decorridas duas horas do início da prova, você poderá retirar-se da sala de prova sem levar o caderno de questões.
12. Somente após decorridas quatro horas do início da prova, você poderá retirar-se da sala de prova levando o caderno de questões.
13. Quando terminar sua prova, entregue a folha de respostas devidamente preenchida e assinada ao fiscal da sala.
14. Os 3 (três) últimos examinandos de cada sala só poderão sair juntos, devendo obrigatoriamente testemunhar o lacre da embalagem de
segurança pelo fiscal de aplicação, contendo os documentos que serão utilizados na correção das provas dos examinandos, assinando termo
quanto a esse procedimento. Caso algum desses examinandos insista em sair do local de aplicação antes de presenciar o procedimento
descrito, deverá assinar termo desistindo do Exame e, caso se negue, será lavrado Termo de Ocorrência, testemunhado pelos 2 (dois) outros
examinandos, pelo fiscal de aplicação da sala e pelo Coordenador da unidade de provas.
15. Boa prova!
OAB – Exame de Ordem Unificado 2010.2

PROVA OBJETIVA
As siglas encontradas na prova devem ser interpretadas da seguinte forma:
CF = Constituição Federal de 1988; CLT = Consolidação das Leis do Trabalho; CP = Código Penal; CPC = Código de Processo Civil; CPP = Código
de Processo Penal; CTN = Código Tributário Nacional; OAB = Ordem dos Advogados do Brasil; ONU = Organização das Nações Unidas;
STF = Supremo Tribunal Federal; STJ = Superior Tribunal de Justiça; TRT = Tribunal Regional do Trabalho; ECA = Estatuto da Criança e do
Adolescente.

01 A00413 03 A00426
O Congresso Nacional e suas respectivas Casas se reúnem anualmente A respeito do Conselho Nacional de Justiça é correto afirmar que:
para a atividade legislativa. Com relação ao sistema constitucional
brasileiro, assinale a alternativa correta. (A) é órgão integrante do Poder Judiciário com competência
administrativa e jurisdicional.
(A) Legislatura: o período compreendido entre 2 de fevereiro a 17
(B) pode rever, de ofício ou mediante provocação, os processos
de julho e 1º de agosto a 22 de dezembro.
disciplinares de juízes e membros de Tribunais julgados há
(B) Sessão legislativa: os quatro anos equivalentes ao mandato dos menos de um ano.
parlamentares.
(C) seus atos sujeitam-se ao controle do Supremo Tribunal Federal
(C) Sessão conjunta: a reunião da Câmara dos Deputados e do e do Superior Tribunal de Justiça.
Senado Federal destinada, por exemplo, a conhecer do veto
(D) a presidência é exercida pelo Ministro do Supremo Tribunal
presidencial e sobre ele deliberar.
Federal que o integra e que exerce o direito de voto em todas
(D) Sessão extraordinária: a que ocorre por convocação ou do as deliberações submetidas àquele órgão.
Presidente do Senado Federal ou do Presidente da Câmara
dos Deputados ou do Presidente da República e mesmo por 04 A00424
requerimento da maioria dos membros de ambas as Casas
Em relação aos Ministros de Estado, a Constituição do Brasil
para, excepcionalmente, inaugurar a sessão legislativa e eleger
estabelece que:
as respectivas mesas diretoras.
(A) como delegatários do Presidente da República, podem, desde
02 A00436 que autorizados, extinguir cargos públicos.
A obrigatoriedade ou necessidade de deliberação plenária dos (B) podem expedir instruções para a execução de leis e editarem
tribunais, no sistema de controle de constitucionalidade brasileiro, medidas provisórias.
significa que: (C) somente os brasileiros natos poderão exercer a função.
(A) somente pelo voto da maioria absoluta de seus membros ou (D) respondem, qualquer que seja a infração cometida, perante o
dos membros do respectivo órgão especial poderão os tribunais Superior Tribunal de Justiça.
declarar a inconstitucionalidade de lei ou ato normativo do
Poder Público. 05 A00431

(B) a parte legitimamente interessada pode recorrer ao respectivo Considerando que nos termos dispostos no art. 133 da Constituição do
Tribunal Pleno das decisões dos órgãos fracionários dos Brasil, o advogado é indispensável à administração da justiça, sendo
Tribunais Federais ou Estaduais que, em decisão definitiva, tenha até mesmo inviolável por seus atos e manifestações no exercício da
declarado a inconstitucionalidade de lei ou ato normativo. profissão, é correto afirmar que:
(C) somente nas sessões plenárias de julgamento dos (A) a imunidade profissional não pode sofrer restrições de qualquer
Tribunais Superiores é que a matéria relativa a eventual natureza.
inconstitucionalidade da lei ou ato normativo pode ser
(B) nenhuma demanda judicial, qualquer que seja o órgão do Poder
decidida.
Judiciário pelo qual tramite, independentemente de sua natureza,
(D) a competência do Supremo Tribunal Federal para processar e objeto e partes envolvidas, pode receber a prestação jurisdicional
julgar toda e qualquer ação que pretenda invalidar lei ou ato se não houver atuação de advogado.
normativo do Poder Público pode ser delegada a qualquer tribunal,
(C) a inviolabilidade do escritório ou local de trabalho é assegurada
condicionada a delegação a que a decisão seja proferida por este
nos termos da lei, não sendo vedadas, contudo, a busca e a
órgão jurisdicional delegado em sessão plenária.
apreensão judicialmente decretadas, por decisão motivada,
desde que realizada na presença de representante da OAB,
salvo se esta, devidamente notificada ou solicitada, não
proceder à indicação.
(D) a prisão do advogado, por motivo de exercício da profissão,
somente poderá ocorrer em flagrante, mesmo em caso de
crime afiançável.

Caderno de Prova 01 –2–


OAB – Exame de Ordem Unificado 2010.2

06 A00420 09 A00421
Sabe-se a polêmica ainda existente na doutrina constitucionalista Sobre o instrumento jurídico denominado Medida Provisória que não é
pátria no que se refere à eventual hierarquia da Lei Complementar lei, mas tem força de lei, assinale a afirmativa correta.
sobre a Lei Ordinária. Todavia, há diferenças entre essas duas espécies
(A) A sua eficácia dura sessenta dias contados da publicação,
normativas que podem até gerar vícios de inconstitucionalidade caso
podendo a medida ser prorrogada apenas duas vezes, ambas
não respeitadas durante o processo legislativo.
por igual período.
A partir do fragmento acima, assinale a afirmativa incorreta.
(B) Se a Medida Provisória perder eficácia por decurso de prazo
(A) A Lei Complementar exige aprovação por maioria absoluta, ou, em caráter expresso, for rejeitada pelo Congresso Nacional,
enquanto a lei ordinária é aprovada por maioria simples vedada será sua reedição na mesma sessão legislativa.
dos membros presentes à sessão, desde que presente (C) A não apreciação pela Câmara dos Deputados e, após, pelo
a maioria absoluta dos membros de cada Casa ou de Senado Federal, no prazo de 45 dias contados da publicação,
suas Comissões. tem como consequência apenas o sobrestamento da
(B) As matérias que devem ser regradas por Lei Complementar deliberação dos projetos de emenda à Constituição.
encontram-se taxativamente indicadas no texto constitucional (D) A edição de Medida Provisória torna prejudicado o projeto de
e, desde que não seja assunto específico de normatização lei que disciplina o mesmo assunto e que, a par de já aprovado
por decreto legislativo ou resolução, o regramento de todo o pelo Congresso Nacional, está pendente de sanção ou veto do
resíduo competirá à lei ordinária. Presidente da República.
(C) As matérias reservadas à Lei Complementar não serão objeto
de delegação do Congresso ao Presidente da República. 10 A00435
(D) A discussão e votação dos projetos de lei ordinária devem, Declarando o Supremo Tribunal Federal, incidentalmente, a
obrigatoriamente, ter início na Câmara dos Deputados. inconstitucionalidade de lei ou ato normativo federal em face da
Constituição do Brasil, caberá
07 A00425
(A) ao Procurador-Geral da República, como chefe do Ministério
Em relação à inovação da ordem constitucional que instituiu a
Público da União, expedir atos para o cumprimento da decisão
nominada Súmula Vinculante, é correto afirmar que:
pelos membros do Ministério Público Federal e dos Estados.
(A) somente os Tribunais Superiores podem editá-la. (B) ao Presidente da República editar decreto para tornar inválida
(B) podem ser canceladas, mas vedada a mera revisão. a lei no âmbito da administração pública.
(C) a proposta para edição da Súmula pode ser provocada (C) ao Senado Federal suspender a execução da lei, total ou
pelos legitimados para a propositura da ação direta de parcialmente, conforme o caso, desde que a decisão do
inconstitucionalidade. Supremo Tribunal Federal seja definitiva.
(D) desde que haja reiteradas decisões sobre matéria constitucional, (D) ao Advogado-Geral da União interpor o recurso cabível para
o Supremo Tribunal Federal poderá, de ofício ou por provocação, impedir que a União seja compelida a cumprir a referida
aprovar a Súmula mediante decisão da maioria absoluta de decisão.
seus membros.
11 A00136
08 A00407 A doutrina costuma afirmar que certas prerrogativas postas à
Um determinado Estado-membro editou lei estabelecendo disciplina Administração encerram verdadeiros poderes, que são irrenunciáveis
uniforme para a data de vencimento das mensalidades das instituições e devem ser exercidos sempre que o interesse público clamar. Por tal
de ensino sediadas no seu território. razão são chamados poder-dever.
Examinada a questão à luz da partilha de competência entre os entes A esse respeito é correto afirmar que:
federativos, é correto afirmar que:
(A) o poder regulamentar é amplo, e permite, sem controvérsias, a
(A) mensalidade escolar versa sobre direito obrigacional, portanto, edição de regulamentos autônomos e executórios.
de natureza contratual, logo cabe à União legislar sobre o (B) o poder disciplinar importa à administração o dever de apurar
assunto. infrações e aplicar penalidades, mesmo não havendo legislação
(B) a matéria legislada tem por objeto prestação de serviço prévia.
educacional, devendo ser considerada como de interesse típico (C) o poder de polícia se coloca discricionário, conferindo ao
municipal. administrador ilimitada margem de opções quanto à sanção a
(C) por versar o conteúdo da lei sobre educação, a competência do ser, eventualmente, aplicada.
Estado-membro é concorrente com a da União. (D) o poder hierárquico é inerente à ideia de verticalização
(D) somente competirá aos Estados-membros legislar sobre o administrativa, e revela as possibilidades de controlar atividades,
assunto quando se tratar de mensalidades cobradas por delegar competência, avocar competências delegáveis e invalidar
instituições particulares de Ensino Médio. atos, dentre outros.

–3– Caderno de Prova 01


OAB – Exame de Ordem Unificado 2010.2

12 A00130 15 A00103
Em determinado procedimento administrativo disciplinar, a No Direito Público brasileiro, o grau de autonomia das Agências
Administração federal impôs, ao servidor, a pena de advertência, Reguladoras é definido por uma independência
tendo em vista a comprovação de ato de improbidade. Inconformado,
(A) administrativa total e absoluta, uma vez que a Constituição da
o servidor recorre, vindo a Administração, após lhe conferir o direito
República de 1988 não lhes exige qualquer liame, submissão ou
de manifestação, a lhe impor a pena de demissão, nos termos da Lei
controle administrativo dos órgãos de cúpula do Poder Executivo.
nº 8112/90 e da Lei 9784/98.
Com base no fragmento acima, é correto afirmar que a Administração (B) administrativa mitigada, uma vez que a própria lei que cria cada
Federal uma das Agências Reguladoras define e regulamenta as relações
de submissão e controle, fundado no poder de supervisão dos
(A) agiu em desrespeito aos princípios da eficiência e da Ministérios a que cada uma se encontra vinculada, em razão
instrumentalidade, autorizativos da reforma em prejuízo do da matéria, e na superintendência atribuída ao chefe do Poder
recorrente, desde que não imponha pena grave. Executivo, como chefe superior da Administração Pública.
(B) agiu em respeito aos princípios da legalidade e autotutela, (C) legislativa total e absoluta, visto que gozam de poder normativo
autorizativos da reforma em prejuízo do recorrente. regulamentar, não se sujeitando assim às leis emanadas pelos
(C) não observou o princípio da dignidade da pessoa humana, respectivos Poderes legislativos de cada ente da federação
trazendo equivocada reforma em prejuízo do recorrente. brasileira.
(D) não observou o princípio do devido processo legal, trazendo (D) política decisória, pois não estão obrigadas a seguir as decisões
equivocada reforma em prejuízo do recorrente. de políticas públicas adotadas pelos Poderes do Estado
(executivo e legislativo).
13 A00125
Acerca do tombamento, como uma das formas de o Estado intervir 16 A00113
na propriedade privada, os proprietários passam a ter obrigações Nas hipóteses de desapropriação, em regra geral, os requisitos
negativas que estão relacionadas nas alternativas a seguir, à exceção constitucionais a serem observados pela Administração Pública são
de uma. Assinale-a. os seguintes:

(A) Os proprietários são obrigados a colocar os seus imóveis (A) comprovação da necessidade ou utilidade pública ou de
tombados à disposição da Administração Pública para que interesse social; pagamento de indenização prévia ao ato de
possam ser utilizados como repartições públicas, quando da imissão na posse pelo Poder Público, e que seja justa e em
necessidade imperiosa de utilização, a fim de suprir a prestação dinheiro; e observância de ato administrativo, sem contraditório
de serviços pelo Estado de forma eficiente. por parte do proprietário.
(B) Os proprietários são obrigados a suportar a fiscalização dos (B) comprovação da necessidade ou utilidade pública ou de
órgãos administrativos competentes. interesse social; pagamento de indenização prévia ao ato de
(C) Os proprietários não podem destruir, demolir ou mutilar o imissão na posse pelo Poder Público, e que seja justa e em
bem imóvel e somente poderão restaurá-lo, repará-lo ou dinheiro; e observância de procedimento administrativo,
pintá-lo após a obtenção de autorização especial do órgão com respeito ao contraditório e ampla defesa por parte do
administrativo competente. proprietário.
(D) Os proprietários não podem alienar os bens, ressalvada a (C) comprovação da necessidade ou utilidade pública ou de
possibilidade de transferência para uma entidade pública. interesse social; pagamento de indenização prévia ao ato
de imissão na posse pelo Poder Público, e que seja justa
14 A00138 e em títulos da dívida pública ou quaisquer outros títulos
públicos, negociáveis no mercado financeiro; e observância de
O poder de polícia, conferindo a possibilidade de o Estado limitar o
procedimento administrativo, com respeito ao contraditório e
exercício da liberdade ou das faculdades de proprietário, em prol do
ampla defesa por parte do proprietário.
interesse público
(D) comprovação da necessidade ou utilidade pública ou de
(A) gera a possibilidade de cobrança, como contrapartida, de preço interesse social; pagamento de indenização, posteriormente
público. ao ato de imissão na posse pelo Poder Público, e que seja justa
(B) se instrumentaliza sempre por meio de alvará de autorização. e em dinheiro; e observância de procedimento administrativo,
(C) afasta a razoabilidade, para atingir os seus objetivos maiores, com respeito ao contraditório e ampla defesa por parte do
em prol da predominância do interesse público. proprietário.
(D) deve ser exercido nos limites da lei, gerando a possibilidade de
cobrança de taxa.

Caderno de Prova 01 –4–


OAB – Exame de Ordem Unificado 2010.2

17 A00110 19 A00116
Uma das características dos contratos administrativos é a No âmbito do Poder discricionário da Administração Pública, não
“instabilidade” quanto ao seu objeto que decorre se admite que o agente público administrativo exerça o Poder
discricionário
(A) do poder conferido à Administração Pública de alterar,
unilateralmente, algumas cláusulas do contrato, no curso de sua (A) quando estiver diante de conceitos legais e jurídicos
execução, na forma do artigo 58, inciso I da Lei n. 8.666/93, a parcialmente indeterminados, que se tornam determinados à
fim de adequar o objeto do contrato às finalidades de interesse luz do caso concreto e à luz das circunstâncias de fato.
público, respeitados os direitos do contratado. (B) quando estiver diante de conceitos legais e jurídicos técnico-
(B) da possibilidade do contratado (particular) alterar, científicos, sendo, neste caso, limitado às escolhas técnicas, por
unilateralmente, a qualquer tempo, algumas cláusulas do óbvio possíveis.
contrato, no curso de sua execução, de forma a atender aos seus (C) quando estiver diante de conceitos valorativos estabelecidos
próprios interesses em face das prerrogativas da Administração pela lei, que dependem de concretização pelas escolhas do
Pública. agente, considerados o momento histórico e social.
(C) do poder conferido à Administração Pública de alterar, (D) em situações em que a redação da Lei se encontra insatisfatória
unilateralmente, algumas cláusulas do contrato, no curso ou ultrapassada.
de sua execução, na forma do artigo 58, inciso I da Lei n.
8.666/93, a fim de adequar o objeto do contrato aos interesses 20 A00121
do contratado (particular) em face das prerrogativas da
Uma determinada empresa concessionária transfere o seu
Administração Pública.
controle acionário para uma outra empresa privada, sem notificar,
(D) de não haver qualquer possibilidade de alteração do objeto previamente, o Poder concedente, parte no contrato de concessão.
do contrato administrativo, quer pela Administração Pública,
Assinale a alternativa que indique a medida que o Poder concedente
quer pelo contratado (particular), tendo em vista o princípio da
poderá tomar, se não restarem atendidas as mesmas exigências
vinculação ao edital licitatório, do qual o contrato e seu objeto
técnicas, de idoneidade financeira e regularidade jurídica por esta
fazem parte integrante; e o princípio da juridicidade, do qual
nova empresa.
aquele primeiro decorre.
(A) Poderá o Poder concedente declarar a caducidade da concessão,
18 A00134 tendo em vista o caráter intuitu personae do contrato de
concessão.
Determinada Administração Pública realiza concurso para
(B) Poderá retomar o serviço, por motivo de interesse público,
preenchimento de cargos de detetive, categoria I. Ao final do certame,
através da encampação, autorizada por lei específica, após
procede à nomeação e posse de 400 (quatrocentos) aprovados.
prévio pagamento da indenização.
Os vinte primeiros classificados são desviados de suas funções e
(C) Poderá o Poder concedente anular o contrato de concessão,
passam a exercer as atividades de delegado. Com o transcurso de através de decisão administrativa,, uma vez que a transferência
4 (quatro) anos, estes vinte agentes postulam a efetivação no cargo. acionária da empresa concessionária sem a notificação prévia
A partir do fragmento acima, assinale a alternativa correta. ao Poder concedente gera irregularidade, insusceptível de
convalidação.
(A) Os referidos agentes têm razão, pois investidos irregularmente, (D) Nada poderá fazer o Poder concedente, uma vez que a empresa
estão exercendo as suas atividades há mais de 4 (quatro) anos, concessionária, apesar da alteração societária, não desnatura o
a consolidar a situação. caráter intuitu personae do contrato de concessão.
(B) É inconstitucional toda modalidade de provimento que propicie
ao servidor investir-se, sem prévia aprovação em concurso 21 A00204
público destinado ao seu provimento, em cargo que não integra A respeito das diferenças e semelhanças entre prescrição e
a carreira na qual anteriormente foi investido. decadência, no Código Civil, é correto afirmar que:
(C) Não têm ainda o direito, pois dependem do transcurso do prazo
(A) a prescrição acarreta a extinção do direito potestativo,
de 15 (quinze) anos para que possam ser tidos como delegados,
enquanto a decadência gera a extinção do direito subjetivo.
por usucapião.
(B) os prazos prescricionais podem ser suspensos e interrompidos,
(D) É inconstitucional esta modalidade de provimento do cargo, enquanto os prazos decadenciais legais não se suspendem ou
pois afronta o princípio do concurso público, porém não podem interrompem, com exceção da hipótese de titular de direito
ter alterado os ganhos vencimentais, sedimentado pelos anos, absolutamente incapaz, contra o qual não corre nem prazo
pelo princípio da irredutibilidade. prescricional nem prazo decadencial.
(C) não se pode renunciar à decadência legal nem à prescrição,
mesmo após consumadas.
(D) a prescrição é exceção que deve ser alegada pela parte a quem
beneficia, enquanto a decadência pode ser declarada de ofício
pelo juiz.

–5– Caderno de Prova 01


OAB – Exame de Ordem Unificado 2010.2

22 A00207 26 A00228
Com relação ao regime da solidariedade passiva, é correto afirmar Passando por dificuldades financeiras, Alexandre instituiu uma
que: hipoteca sobre imóvel de sua propriedade, onde reside com sua
família. Posteriormente, foi procurado por Amanda, que estaria
(A) cada herdeiro pode ser demandado pela dívida toda do devedor
disposta a adquirir o referido imóvel por um valor bem acima do
solidário falecido.
mercado. Consultando seu advogado, Alexandre ouviu dele que não
(B) com a perda do objeto por culpa de um dos devedores poderia alienar o imóvel, já que havia uma cláusula na escritura de
solidários, a solidariedade subsiste no pagamento do instituição da hipoteca que o proibia de alienar o bem hipotecado.
equivalente pecuniário, mas pelas perdas e danos somente
A opinião do advogado de Alexandre
poderá ser demandado o culpado.
(C) se houver atraso injustificado no cumprimento da obrigação (A) está incorreta, porque a hipoteca instituída não produz efeitos,
por culpa de um dos devedores solidários, a solidariedade pois, na hipótese, o direito real em garantia a ser instituído
subsiste no pagamento do valor principal, mas pelos juros da deveria ser o penhor.
mora somente poderá ser demandado o culpado. (B) está incorreta, porque Alexandre está livre para alienar o
(D) as exceções podem ser aproveitadas por qualquer dos imóvel, pois a cláusula que proíbe o proprietário de alienar o
devedores solidários, ainda que sejam pessoais apenas a um bem hipotecado é nula.
deles. (C) está incorreta, uma vez que a hipoteca é nula, pois não é
possível instituir hipoteca sobre bem de família do devedor
23 A00215 hipotecário.
Durante dez anos, empregados de uma fabricante de extrato de tomate (D) está correta, porque em virtude da proibição contratual,
distribuíram, gratuitamente, sementes de tomate entre agricultores de Alexandre não poderia alienar o imóvel enquanto recaísse
uma certa região. A cada ano, os empregados da fabricante procuravam sobre ele a garantia hipotecária.
os agricultores, na época da colheita, para adquirir a safra produzida.
No ano de 2009, a fabricante distribuiu as sementes, como sempre fazia, 27 A00237
mas não retornou para adquirir a safra. Procurada pelos agricultores,
a fabricante recusou-se a efetuar a compra. O tribunal competente Jane e Carlos constituíram uma união estável em julho de 2003 e não
entendeu que havia responsabilidade pré-contratual da fabricante. celebraram contrato para regular as relações patrimoniais decorrentes
A responsabilidade pré-contratual é aquela que: da aludida entidade familiar. Em março de 2005, Jane recebeu R$
100.000,00 (cem mil reais) a título de doação de seu tio Túlio. Com os R$
(A) deriva da violação à boa-fé objetiva na fase das negociações
preliminares à formação do contrato. 100.000,00 (cem mil reais), Jane adquiriu em maio de 2005 um imóvel
(B) deriva da ruptura de um pré-contrato, também chamado na Barra da Tijuca. Em 2010, Jane e Carlos se separaram. Carlos procura
contrato preliminar. um advogado, indagando se tem direito a partilhar o imóvel adquirido
(C) surgiu, como instituto jurídico, em momento histórico anterior por Jane na Barra da Tijuca em maio de 2005.
à responsabilidade contratual.
Assinale a alternativa que indique a orientação correta a ser exposta
(D) segue o destino da responsabilidade contratual, como o
acessório segue o principal. a Carlos.

(A) Por se tratar de bem adquirido a título oneroso na vigência da


24 A00234 união estável, Carlos tem direito a partilhar o imóvel adquirido
Em 2004, Joaquim, que não tinha herdeiros necessários, lavrou um por Jane na Barra da Tijuca em maio de 2005.
testamento contemplando como sua herdeira universal Ana. Em 2006,
(B) Carlos não tem direito a partilhar o imóvel adquirido por Jane na
arrependido, Joaquim revogou o testamento de 2004, nomeando como
Barra da Tijuca em maio de 2005 porque, salvo contrato escrito
seu herdeiro universal Sérgio. Em 2008, Sérgio faleceu, deixando uma
filha Catarina. No mês de julho de 2010, faleceu Joaquim. O único entre os companheiros, aplica-se às relações patrimoniais entre
parente vivo de Joaquim era seu irmão, Rubens. os mesmos o regime da separação total de bens.
Assinale a alternativa que indique a quem caberá a herança de Joaquim. (C) Carlos não tem direito a partilhar o imóvel adquirido por Jane
(A) Rubens. na Barra da Tijuca em maio de 2005 porque, em virtude da
(B) Catarina. ausência de contrato escrito entre os companheiros, aplica-
(C) Ana. se às relações patrimoniais entre os mesmos o regime da
(D) A herança será vacante. comunhão parcial de bens, que exclui dos bens comuns entre
os consortes aqueles doados e os sub-rogados em seu lugar.
25 A00221 (D) Carlos tem direito a partilhar o imóvel adquirido por Jane
Sobre o constituto possessório, assinale a alternativa correta. na Barra da Tijuca em maio de 2005 porque, muito embora
o referido bem tenha sido adquirido com o produto de uma
(A) Trata-se de modo originário de aquisição da propriedade. doação, não se aplica a sub-rogação de bens na união estável.
(B) Trata-se de modo originário de aquisição da posse.
(C) Representa uma tradição ficta.
(D) É imprescindível para que se opere a transferência da posse aos
herdeiros na sucessão universal.

Caderno de Prova 01 –6–


OAB – Exame de Ordem Unificado 2010.2

28 A00227 32 A00310
Por meio de uma promessa de compra e venda, celebrada por A incompetência do juízo, tal como prevista no CPC, pode assumir
instrumento particular registrada no cartório de Registro de Imóveis duas feições, de acordo com a natureza do vício e ainda com as
e na qual não se pactuou arrependimento, Juvenal foi residir no consequências advindas de tal reconhecimento. O Código trata, então,
imóvel objeto do contrato e, quando quitou o pagamento, deparou- da incompetência absoluta e da relativa. A respeito dessas modalidades
se com a recusa do promitente-vendedor em outorgar-lhe a escritura
de incompetência, assinale a afirmativa correta.
definitiva do imóvel.
Diante do impasse, Juvenal poderá (A) A incompetência relativa pode ser alegada a qualquer tempo.
(A) requerer ao juiz a adjudicação do imóvel, a despeito de a (B) A incompetência relativa sempre pode ser conhecida de ofício
promessa de compra e venda ter sido celebrada por instrumento pelo juiz.
particular. (C) A incompetência absoluta gera a nulidade de todos os atos
(B) usucapir o imóvel, já que não faria jus à adjudicação compulsória praticados no processo até seu reconhecimento.
na hipótese. (D) A incompetência absoluta é alegada como preliminar da
(C) desistir do negócio e pedir o dinheiro de volta. contestação ou por petição nos autos.
(D) exigir a substituição do imóvel prometido à venda por outro,
muito embora inexistisse previsão expressa a esse respeito no
contrato preliminar.
33 A00322
Com relação ao procedimento da execução por quantia certa, contra
29 A00206 devedor solvente, fundado em título extrajudicial, é correto afirmar que:
João prometeu transferir a propriedade de uma coisa certa, mas (A) o executado é citado para, no prazo de três dias, apresentar
antes disso, sem culpa sua, o bem foi deteriorado. embargos.
Segundo o Código Civil, ao caso de João aplica-se o seguinte regime (B) o credor só pode indicar os bens a serem penhorados se o
jurídico: executado não se manifestar no prazo legal, após ser citado.
(A) a obrigação fica resolvida, com a devolução de valores (C) o juiz pode, de ofício, e a qualquer tempo, determinar a intimação
eventualmente pagos. do executado para indicar bens passíveis de penhora.
(B) a obrigação subsiste, com a entrega da coisa no estado em que (D) o juiz somente fixará os honorários de advogado a serem pagos
se encontra. pelo executado ao fim do processo de execução.
(C) a obrigação subsiste, com a entrega da coista no estado
em que se encontra e abatimento no preço proporcional à 34 A00323
deterioração.
As medidas cautelares estão expressamente previstas no CPC como
(D) a obrigação poderá ser resolvida, com a devolução de valores
eventualmente pagos, ou subsistir, com a entrega da coisa no forma de instrumentalizar a tutela, tendo natureza eminentemente
estado em que se encontra e abatimento no preço proporcional acessória.
à deterioração, cabendo ao credor a escolha de uma dentre as Assinale a alternativa que apresente uma regra que disciplina a
duas soluções. concessão de medidas cautelares.

30 A00223 (A) o Juiz, como regra, deve deferir medidas cautelares sem a
prévia audiência do requerido.
Assinale a alternativa que contemple exclusivamente obrigação
propter rem: (B) o direito brasileiro admite apenas medidas cautelares
incidentais, sendo vedado o uso de medidas prévias.
(A) a obrigação de indenizar decorrente da aluvião e aquela
decorrente da avulsão. (C) interposto recurso nos autos principais, fica vedado o
requerimento de cautelares.
(B) a hipoteca e o dever de pagar as cotas condominiais.
(C) o dever que tem o servidor da posse de exercer o desforço (D) salvo decisão em contrário, a cautelar conserva sua eficácia
possessório e o dever de pagar as cotas condominiais. mesmo durante o período de suspensão do processo principal.
(D) a obrigação que tem o proprietário de um terreno de indenizar
o terceiro que, de boa-fé, erigiu benfeitorias sobre o mesmo. 35 A00336
A Lei n. 9.099/95 disciplina os chamados Juizados Especiais Cíveis no
31 A00301 âmbito Estadual. Nela é possível encontrar diversas regras especiais,
A capacidade é um dos pressupostos processuais. Caso o juiz que diferenciam o procedimento dos Juizados do procedimento
verifique que uma das partes é incapaz ou há irregularidade em sua comum do CPC.
representação, deverá suspender o processo e marcar prazo razoável Segundo a Lei n. 9.099/95, assinale a alternativa que indique uma
para que o defeito seja sanado. dessas regras específicas.
Assinale a alternativa que indique a providência correta a ser tomada (A) Não é cabível nenhuma forma de intervenção de terceiros nem
pelo magistrado, na hipótese de persistência do vício. de assistência.
(A) Se o vício se referir ao autor, deve o juiz aplicar-lhe multa por (B) É vedado o litisconsórcio.
litigância de má-fé. (C) Nas ações propostas por microempresas, admite-se a reconvenção.
(B) Se o vício se referir ao autor, deve o juiz proferir o julgamento
(D) Se o pedido formulado for genérico, admite-se, excepcio-
antecipado da lide.
nalmente, sentença ilíquida.
(C) Se o vício se referir ao réu, deve o juiz reputá-lo revel.
(D) Se o vício se referir ao réu, deve o juiz julgar a causa em seu
desfavor.

–7– Caderno de Prova 01


OAB – Exame de Ordem Unificado 2010.2

36 A00338 40 A00308
O Mandado de Segurança Coletivo, previsto no art. 5º, inciso LXX da Um advogado é procurado em seu escritório por um cliente que
Constituição da República, foi regulamentado pelos artigos 21 e 22 lhe narra que a empresa da qual ele é diretor foi citada pelo poder
da Lei Federal n. 12.016/09. judiciário, em decorrência de um conflito surgido em razão de contrato
de compra e venda no qual inseriram cláusula compromissória cheia,
Acerca desta garantia constitucional é correto afirmar que: estabelecendo que em caso de eventual conflito entre as partes, o
(A) qualquer cidadão tem legitimidade para impetrar o mandado mesmo será apreciado por um tribunal arbitral.
de segurança coletivo. O advogado ao peticionar no referido processo, representando
(B) no mandado de segurança coletivo, a sentença fará coisa os interesses do seu cliente, no sentido de exigir cumprimento da
julgada limitadamente aos membros do grupo substituído pelo cláusula compromissória cheia, deverá:
impetrante.
(A) requerer a designação de audiência de conciliação, pois o juiz
(C) o mandado de segurança coletivo pode ser utilizado na defesa
pode conhecer de ofício da pré-existência da convenção de
de direitos difusos.
arbitragem.
(D) o mandado de segurança coletivo induz litispendência para as
(B) apresentar desde logo contestação, restringindo sua
ações individuais que tenham o mesmo objeto. argumentação ao exame do mérito da causa.
(C) apresentar contestação e alegar expressamente, em preliminar,
37 A00312
a existência de convenção de arbitragem, solicitando a extinção
Acerca da revelia, é correto afirmar que: do feito.
(A) a revelia se dá com a não apresentação de exceção ou de (D) solicitar ao juiz o julgamento antecipado da lide.
reconvenção no prazo da resposta.
(B) ainda que o litígio verse sobre direitos indisponíveis, a revelia 41 A00927
produz seus efeitos normalmente. A respeito do regime de compensação de jornada do banco de horas,
(C) contra o revel, ainda que tenha patrono constituído nos autos, assinale a alternativa correta.
correrão os prazos independentemente de intimação.
(D) o revel pode intervir no processo em qualquer fase, recebendo-o (A) Pode ser instituído mediante acordo, verbal ou por escrito,
no estado em que se encontrar. entre empresa e empregado, facultando-se a participação dos
sindicatos representantes das categorias.
38 A00314 (B) Não admite compensação de jornada que ultrapassar o limite
máximo de 10 horas diárias.
Se, durante a audiência de instrução e julgamento, um advogado,
exercendo seu mister de bem defender os interesses de seu cliente, (C) Pode ser compensado após a rescisão do contrato de trabalho,
entende que a testemunha arrolada pela parte contrária mantém se houver crédito em favor do trabalhador, respeitado o limite
com essa vínculo estreito de amizade e que seu depoimento pode de validade do acordo.
ser tendencioso, esse advogado deverá: (D) O excesso de jornada a ser compensada não pode exceder,
(A) contraditar a testemunha, devendo a audiência, nesse caso, no prazo legal máximo de um semestre, a soma das jornadas
ser necessária e imediatamente interrompida. semanais previstas para o período.
(B) contraditar a testemunha, que mesmo assim poderá ser ouvida
como informante do juízo, desde que o magistrado fundamente 42 A00911
sua decisão de ouví-la. No contexto da teoria das nulidades do contrato de trabalho, assinale
(C) contraditar a testemunha, hipótese em que estará o juiz a alternativa correta.
obrigado a dispensá-la.
(A) Configurado o trabalho ilícito, é devido ao empregado somente o
(D) contraditar a testemunha, que será ouvida após a audiência,
pagamento da contraprestação salarial pactuada.
sem a presença das partes.
(B) Os trabalhos noturno, perigoso e insalubre do menor de 18
39 A00329 (dezoito) anos de idade são modalidades de trabalho proibido
ou irregular.
Com relação ao procedimento da curatela dos interditos, é correto
afirmar que: (C) O trabalho do menor de 16 (dezesseis) anos de idade, que não
seja aprendiz, é modalidade de trabalho ilícito, não gerando
(A) na ausência dos pais, do tutor e do cônjuge, um parente qualquer efeito.
próximo pode requerer a interdição.
(D) A falta de anotação da Carteira de Trabalho e Previdência Social
(B) a sentença proferida pelo juiz faz coisa julgada material.
do empregado invalida o contrato de trabalho.
(C) a realização de prova pericial, consistente no exame do
interditando, é facultativa, podendo o juiz dispensá-la.
(D) o Ministério Público não tem legitimidade para requerer a
interdição.

Caderno de Prova 01 –8–


OAB – Exame de Ordem Unificado 2010.2

43 A00915 46 A00925
Com relação ao Direito Coletivo do Trabalho, assinale a alternativa Marcos foi contratado para o cargo de escriturário de um banco
correta. privado. Iniciada sua atividade, Marcos percebeu que o gerente lhe
estava repassando tarefas alheias à sua função. A rigor, conforme
(A) Acordo coletivo do trabalho é o acordo de caráter normativo
constava do quadro de carreira da empresa devidamente registrado
pelo qual dois ou mais sindicatos representativos de categorias
no Ministério do Trabalho e Emprego, as atribuições que lhe estavam
econômicas e profissionais estipulam condições de trabalho
sendo exigidas deveriam ser destinadas ao cargo de tesoureiro, cujo
aplicáveis, no âmbito das respectivas representações, às
nível e cuja remuneração eram bem superiores.
relações individuais de trabalho.
Esta situação perdurou por dois anos, ao fim dos quais Marcos decidiu
(B) Na greve em serviços ou atividades essenciais, ficam as
ajuizar uma ação trabalhista em face do seu empregador. Nela,
entidades sindicais ou os trabalhadores, conforme o caso,
postulou uma obrigação de fazer – o seu reenquadramento para a
obrigados a comunicar a decisão aos empregadores e aos
função de tesoureiro – e o pagamento das diferenças salariais do
usuários com antecedência mínima de 72 (setenta e duas)
período.
horas da paralisação.
Diante desta situação jurídica, é correto afirmar que:
(C) As centrais sindicais, por força de lei, podem celebrar acordos e
convenções coletivos de trabalho. (A) o pedido está inepto, uma vez que este é um caso típico de
(D) O recolhimento da contribuição sindical obrigatória (“imposto equiparação salarial e não houve indicação de paradigma.
sindical”) somente é exigido dos empregados sindicalizados, (B) o pedido deve ser julgado improcedente, uma vez que a
em face do princípio da liberdade sindical. determinação das atividades, para as quais o empregado está
obrigado, encontra-se dentro do jus variandii do empregador.
44 A00923 (C) o pedido deve ser julgado procedente, se for demonstrado,
O empregado João foi contratado para trabalhar como caixa de um pelo empregado, que as suas atividades correspondiam, de
supermercado. No ato de admissão, foi-lhe entregue o regulamento fato, àquelas previstas abstratamente na norma interna da
da empresa, onde constava a obrigatoriedade do uso do uniforme empresa para o cargo de tesoureiro.
para o exercício do trabalho. Entretanto, cerca de cinco meses após (D) o pedido deve ser julgado procedente em parte, uma vez que só
a contratação, João compareceu para trabalhar sem o uniforme a partir da decisão judicial que determine o reenquadramento
e, por isso, foi advertido. Um mês depois, o fato se repetiu e João é que o empregado fará jus ao aumento salarial.
foi suspenso por 3 dias. Passados mais 2 meses, João compareceu
novamente sem uniforme, tendo sido suspenso por 30 dias. Ao 47 A00930
retornar da suspensão foi encaminhado ao departamento de pessoal,
Joana foi contratada para trabalhar de segunda a sábado na
onde tomou ciência da sua dispensa por justa causa (indisciplina –
residência do Sr. Demétrius, de 70 anos, como sua acompanhante,
art. 482, h da CLT).
recebendo salário mensal. Ao exato término do terceiro mês de
Diante deste caso concreto prestação de serviços, o Sr. Demétrius descobre que a Sra. Joana está
(A) está correta a aplicação da justa causa, uma vez que João grávida, rescindindo a prestação de serviços. Joana, inconformada,
descumpriu reiteradamente as ordens genéricas do empregador ajuíza ação trabalhista para que lhe seja reconhecida a condição
contidas no regulamento geral. de empregada doméstica e garantido o seu emprego mediante
reconhecimento da estabilidade provisória pela gestação.
(B) está incorreta a aplicação da justa causa, uma vez que João
Levando-se em consideração a situação de Joana, assinale a
cometeu ato de insubordinação e não de indisciplina.
alternativa correta.
(C) está incorreta a aplicação da justa causa, uma vez que João
cometeu mau procedimento. (A) A função de acompanhante é incompatível com o
(D) está incorreta a aplicação da justa causa, uma vez que o reconhecimento de vínculo de emprego doméstico.
empregador praticou bis in idem, ao punir João duas vezes pelo (B) Joana faz jus ao reconhecimento de vínculo de emprego como
mesmo fato. empregada doméstica.
(C) Joana não fará jus à estabilidade gestacional, pois este não é
45 A00929 um direito garantido à categoria dos empregados domésticos.
Com relação ao regime de férias, é correto afirmar que: (D) Joana não fará jus à estabilidade gestacional, pois o contrato
de três meses é automaticamente considerado de experiência
(A) as férias devem ser pagas ao empregado com adicional de 1/3
para o Direito do Trabalho e pode ser rescindido ao atingir o
até 30 dias antes do início do seu gozo.
seu termo final.
(B) salvo para as gestantes e os menores de 18 anos, as férias
podem ser gozadas em dois períodos.
(C) o empregado que pede demissão antes de completado seu
primeiro período aquisitivo faz jus a férias proporcionais.
(D) as férias podem ser convertidas integralmente em abono
pecuniário, por opção do empregado.

–9– Caderno de Prova 01


OAB – Exame de Ordem Unificado 2010.2

48 A00913 51 A01015
Paulo, empregado de uma empresa siderúrgica, sofreu acidente do Com relação à execução trabalhista, assinale a afirmativa correta.
trabalho, entrando em gozo de auxílio-doença acidentário, a partir (A) A execução deve ser impulsionada pela parte interessada,
do décimo sexto dia de seu afastamento. Durante este período de sendo vedado ao juiz promovê-la de ofício.
percepção do benefício previdenciário, ele foi dispensado sem justa
(B) O termo de compromisso de ajustamento de conduta firmado
causa por seu empregador.
perante o Ministério Público do Trabalho, para que possa
Diante do exposto, assinale a alternativa correta. ser executado no processo do trabalho, depende de prévia
(A) Paulo tem direito a ser reintegrado, com fundamento na homologação pelo juiz que teria competência para o processo
garantia provisória de emprego assegurada ao empregado de conhecimento relativo à matéria.
acidentado. (C) Conforme disposição expressa na Consolidação das Leis do
(B) Paulo tem direito a ser readmitido, com fundamento na garantia Trabalho, considera-se inexigível o título judicial fundado em lei
provisória de emprego assegurada ao empregado acidentado. ou ato normativo declarados inconstitucionais pelo Supremo
Tribunal Federal ou em aplicação ou interpretação tidas por
(C) Paulo tem direito a ser readmitido, em razão da interrupção do
incompatíveis com a Constituição Federal.
contrato de trabalho que se operou a partir do décimo sexto
dia de afastamento. (D) Garantida a execução ou penhorados os bens, é de 10 (dez)
dias o prazo para o executado apresentar embargos à execução,
(D) Paulo tem direito a ser reintegrado, em razão da suspensão do
cabendo igual prazo ao exequente para impugnação.
contrato de trabalho que se operou a partir do décimo sexto
dia de afastamento.
52 A01005

49 A01012 Assinale a alternativa que apresente requisitos intrínsecos genéricos


de admissibilidade recursal.
Com relação às provas no processo do trabalho, assinale a alternativa (A) Capacidade, legitimidade e interesse.
correta.
(B) Preparo, interesse e representação processual.
(A) As testemunhas devem ser necessariamente arroladas pelas (C) Representação processual, preparo e tempestividade.
partes dentro do prazo estabelecido pelo juiz, a fim de que (D) Legitimidade, tempestividade e preparo.
sejam notificadas para comparecimento à audiência.
(B) Cada uma das partes não pode indicar mais de três testemunhas, 53 A01006
inclusive nas causas sujeitas ao procedimento sumaríssimo, Pedro ajuizou ação em face de seu empregador objetivando a
salvo quando se tratar de inquérito para apuração de falta satisfação dos pedidos de horas extraordinárias, suas integrações
grave, caso em que este número pode ser elevado a seis. e consectárias. O seu pedido foi julgado improcedente. Recorre
ordinariamente, pretendendo a substituição da decisão por outra de
(C) Na hipótese de deferimento de prova técnica, é vedada às diverso teor, tempestivamente.
partes a apresentação de peritos assistentes. Na análise da primeira admissibilidade recursal há um equívoco, e
(D) Nas causas sujeitas ao procedimento sumaríssimo, somente se nega seguimento ao recurso por intempestivo. Desta decisão,
quando a prova do fato o exigir, ou for legalmente imposta, tempestivamente, se interpõe o recurso de agravo por instrumento,
será deferida prova técnica, incumbindo ao juiz, desde logo, que tem seu conhecimento negado pelo Tribunal Regional, por
fixar o prazo, o objeto da perícia e nomear perito. ausência do depósito recursal referente à metade do valor do recurso
principal que se pretendia destrancar, nos termos do artigo 899, § 7º
da Consolidação das Leis do Trabalho.
50 A01013
Quanto à conduta do Desembargador Relator, é corretor afirmar que:
Com relação às despesas processuais na Justiça do Trabalho, assinale
a afirmativa correta. (A) ela está correta, uma vez que o referido artigo afirma que nos
casos de interposição do recurso de agravo por instrumento
(A) As entidades fiscalizadoras do exercício profissional, em face de é necessária a comprovação do depósito recursal de 50% do
sua natureza autárquica, são isentas do pagamento de custas. valor do depósito referente ao recurso que se pretende dar
(B) As custas devem ser pagas pelo vencido, após o trânsito em seguimento.
julgado da decisão. No caso de recurso, estas devem ser pagas (B) ela está correta, uma vez que o preparo é requisito de
e comprovado o recolhimento dentro do prazo recursal. admissibilidade recursal e, por isso, não pode estar ausente,
(C) O benefício da gratuidade de justiça não pode ser concedido de sob pena de não conhecimento do recurso.
ofício pelo juiz, devendo ser necessariamente requerido pela (C) ela está equivocada, pois em que pese haver a necessidade
parte interessada. do preparo para a interposição do recurso de agravo por
instrumento, no problema acima, o pedido foi julgado
(D) A responsabilidade pelo pagamento dos honorários periciais é improcedente sendo recorrente o autor, portanto, dispensável
da parte sucumbente na pretensão objeto da perícia, ainda que o preparo no que se refere a depósito recursal.
beneficiária da gratuidade de justiça.
(D) ela está equivocada, pois o recurso de agravo por instrumento,
na esfera laboral é o único, juntamente com os embargos
por declaração, que não necessita de preparo para a sua
interposição.

Caderno de Prova 01 – 10 –
OAB – Exame de Ordem Unificado 2010.2

54 A01023 57 A00728
Segundo a legislação e a jurisprudência sobre a ação rescisória no Paula Rita convenceu sua mãe adotiva, Maria Aparecida, de 50
Processo do Trabalho, assinale a afirmativa correta. anos de idade, a lhe outorgar um instrumento de mandato para
movimentar sua conta bancária, ao argumento de que poderia ajudá-
(A) A decisão que extingue o processo sem resolução de mérito, la a efetuar pagamento de contas, pequenos saques, pegar talões de
uma vez transitada em julgado, é passível de corte rescisório. cheques etc., evitando assim que a mesma tivesse que se deslocar
(B) É ajuizada independente de depósito prévio, em razão da para o banco no dia a dia. De posse da referida procuração, Paula
previsão específica do Processo do Trabalho. Rita compareceu à agência bancária onde Maria Aparecida possuía
(C) Quando for de competência originária de Tribunal Regional do conta e sacou todo o valor que a mesma possuía em aplicações
Trabalho, admitirá o recurso de revista para o Tribunal Superior financeiras, no total de R$ 150.000,00 (cento e cinquenta mil reais),
do Trabalho. apropriando-se do dinheiro antes pertencente a sua mãe.
(D) A sentença de mérito proferida por prevaricação, concussão ou Considerando tal narrativa, assinale a alternativa correta.
corrupção do juiz, uma vez transitada em julgado, é passível de (A) Paula Rita praticou crime de estelionato em detrimento de Maria
corte rescisório. Aparecida e, pelo fato de ser sua filha adotiva, é isenta de pena.
(B) Paula Rita praticou crime de furto mediante fraude em
55 A01021 detrimento de Maria Aparecida e, pelo fato de ser sua filha
adotiva, é isenta de pena.
No dia 23.05.2003, Paulo apresentou reclamação verbal perante
(C) Paula Rita praticou crime de estelionato em detrimento de
o distribuidor do fórum trabalhista, o qual, após livre distribuição,
Maria Aparecida e, apesar de ser sua filha adotiva, não é isenta
o encaminhou para a 132ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro.
de pena.
Entretanto, Paulo mudou de ideia e não compareceu à secretaria da
(D) Paula Rita praticou crime de furto mediante fraude em
Vara para reduzi-la a termo. No dia 24.12.2003, Paulo retornou ao
detrimento de Maria Aparecida e, apesar de seu sua filha
distribuidor da Justiça do Trabalho e, decidido, apresentou novamente
adotiva, não é isenta de pena.
a sua reclamação verbal, cuja livre distribuição o encaminhou para
a 150ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro. Desta vez, o trabalhador
se dirigiu à secretaria da Vara, reduziu a reclamação a termo e saiu 58 A00730
de lá ciente de que a audiência inaugural seria no dia 01.02.2004. A respeito do regime legal da prescrição no Código Penal, tendo
Contudo, ao chegar o dia da audiência, Paulo mudou de ideia mais por base ocorrência do fato na data de hoje, assinale a alternativa
uma vez e não compareceu, gerando o arquivamento dos autos. correta.
Diante desta situação concreta, é correto afirmar que: (A) A prescrição, depois da sentença condenatória com trânsito
(A) Paulo não poderá ajuizar uma nova reclamação verbal, uma vez em julgado para a acusação, regula-se pela pena aplicada, não
que a CLT proíbe o ajuizamento sucessivo de três reclamações podendo, em nenhuma hipótese, ter por termo inicial data
desta modalidade. anterior à da denúncia ou queixa.
(B) Paulo poderá ajuizar uma nova reclamação verbal, uma vez que (B) A prescrição da pena de multa ocorrerá em 2 (dois) anos,
somente a segunda foi reduzida a termo, gerando apenas um independentemente do prazo estabelecido para a prescrição
arquivamento dos autos por ausência do autor na audiência
inaugural. da pena de liberdade aplicada cumulativamente.
(C) Paulo não poderá ajuizar uma nova reclamação verbal, uma (C) Se o réu citado por edital permanece revel e não constitui
vez que deu ensejo à perempção prevista no CPC, aplicável advogado, fica suspenso o processo, mantendo-se em curso o
subsidiariamente ao processo do trabalho. prazo prescricional, que passa a ser computado pelo dobro da
(D) Paulo poderá ajuizar nova reclamação trabalhista, mas apenas pena máxima cominada ao crime.
na forma escrita e assistido obrigatoriamente por advogado. (D) São causas interruptivas do curso da prescrição previstas no
Código Penal, dentre outras, o recebimento da denúncia ou da
56 A00718 queixa, a pronúncia, a publicação da sentença condenatória ou
Com relação ao concurso de delitos, é correto afirmar que: absolutória recorrível.
(A) no concurso de crimes as penas de multa são aplicadas
distintamente, mas de forma reduzida. 59 A00704
(B) o concurso material ocorre quando o agente, mediante mais Assinale a alternativa que preencha corretamente as lacunas do texto:
de uma ação ou omissão, pratica dois ou mais crimes com “para a ocorrência de __________, não basta a imputação falsa de
dependência fática e jurídica entre estes.
crime, mas é indispensável que em decorrência de tal imputação seja
(C) o concurso formal perfeito, também conhecido como próprio,
instaurada, por exemplo, investigação policial ou processo judicial. A
ocorre quando o agente, por meio de uma só ação ou omissão,
pratica dois ou mais crimes idênticos, caso em que as penas simples imputação falsa de fato definido como crime pode constituir
serão somadas. __________, que, constitui infração penal contra a honra, enquanto
(D) o Código Penal Brasileiro adotou o sistema de aplicação de a __________ é crime contra a Administração da Justiça”.
pena do cúmulo material para os concursos material e formal
imperfeito, e da exasperação para o concurso formal perfeito e (A) denunciação caluniosa, calúnia, denunciação caluniosa.
crime continuado. (B) denunciação caluniosa, difamação, denunciação caluniosa.
(C) comunicação falsa de crime ou de contravenção, calúnia,
comunicação falsa de crime ou de contravenção.
(D) comunicação falsa de crime ou de contravenção, difamação,
comunicação falsa de crime ou de contravenção.

– 11 – Caderno de Prova 01
OAB – Exame de Ordem Unificado 2010.2

60 A00717 63 A00724
Arlete, em estado puerperal, manifesta a intenção de matar o próprio João da Silva, José da Silva e Maria da Silva são os acionistas
filho recém nascido. Após receber a criança no seu quarto para controladores do Banco Silva’s e Família, cada um com 30% das ações
amamentá-la, a criança é levada para o berçário. Durante a noite, Arlete com direito a voto e exercendo respectivamente os cargos de Diretor-
vai até o berçário, e, após conferir a identificação da criança, a asfixia, Presidente, Diretor Comercial e Diretora de Contabilidade. Em razão
causando a sua morte. Na manhã seguinte, é constatada a morte por das dificuldades financeiras que afetaram o Banco Silva’s e Família,
asfixia de um recém nascido, que não era o filho de Arlete. os diretores decidem por em curso as seguintes práticas: (1) adquirir
Diante do caso concreto, assinale a alternativa que indique a no mercado títulos do tesouro nacional já caducos (portanto sem
responsabilidade penal da mãe. valor algum) e, utilizando-os como simulacro de lastro, emitir títulos
do banco para captar recursos financeiros junto aos investidores;
(A) Crime de homicídio, pois, o erro acidental não a isenta de (2) forjar negócios com pessoas jurídicas inexistentes a fim de simular
reponsabilidade. ganhos; e, por fim, (3) fraudar o balanço da instituição simulando
(B) Crime de homicídio, pois, uma vez que o art. 123 do CP trata de lucros no exercício ao invés dos prejuízos efetivamente sofridos.
matar o próprio filho sob influência do estado puerperal, não Os primeiros doze meses demonstraram resultados excelentes, com
houve preenchimento dos elementos do tipo. grande aumento do capital, mas os vinte e quatro meses seguintes
(C) Crime de infanticídio, pois houve erro quanto à pessoa. são marcados por uma perda avassaladora de recursos, levando
(D) Crime de infanticídio, pois houve erro essencial. o banco à beira da insolvência, com um passivo cerca de 50 vezes
maior que o ativo. Nesse momento, o Banco Silva’s e Família sofre
61 A00723 uma intervenção do Banco Central e todos os fatos narrados acima
vêm à tona.
Relativamente à legislação sobre lavagem de capitais (Lei n. 9.613/98),
assinale a alternativa correta. Assinale a alternativa que indique o(s) crime(s) praticado(s) pelos
acionistas controladores.
(A) O crime de lavagem só ocorre quando os bens, direitos ou
valores provenientes, direta ou indiretamente, de um dos (A) Crimes de falsidade ideológica, falsidade documental e
crimes antecedentes completam todo o processo de lavagem estelionato qualificado.
(ocultação, dissimulação e integração). (B) Crime de gestão temerária de instituição financeira.
(B) Não constitui lavagem de dinheiro, mas crime de descaminho, (C) Crime de gestão fraudulenta de instituição financeira.
a importação ou exportação de bens com valores não
correspondentes aos verdadeiros, feita com o propósito de (D) Crime de gestão temerária em concurso com crime de gestão
ocultar ou dissimular a utilização de bens, direitos ou valores fraudulenta de instituição financeira.
provenientes de qualquer dos crimes antecedentes referidos
na Lei n. 9.613/98. 64 A00820
(C) O processo e julgamento dos crimes previstos na Lei n. João da Silva foi denunciado por homicídio qualificado por motivo
9613/98 dependem do processo e julgamento dos crimes fútil. Nos debates orais ocorridos na primeira fase do procedimento
antecedentes. de júri, a Defesa alegou que João agira em estrito cumprimento
(D) Pratica crime de lavagem de dinheiro quem utiliza, na atividade de dever legal, postulando sua absolvição sumária. Ao proferir sua
econômica ou financeira, bens, direitos ou valores que sabe decisão, o juiz rejeitou a tese de estrito cumprimento de dever legal
serem provenientes de qualquer dos crimes antecedentes e o pedido de absolvição sumária, e pronunciou João por homicídio
previstos na Lei n. 9613/98. simples, afastando a qualificadora contida na denúncia. A decisão
de pronúncia foi confirmada pelo Tribunal de Justiça, operando-se
62 A00729 a preclusão.
Fundação Pública Federal contrata o técnico de informática Abelardo Considerando tal narrativa, assinale a afirmativa correta.
Fonseca para que opere o sistema informatizado destinado à
elaboração da folha de pagamento de seus funcionários. Abelardo, (A) Nos debates orais perante os jurados, o promotor de justiça não
ao elaborar a referida folha de pagamento, altera as informações poderá sustentar a qualificadora de motivo fútil, mas a defesa
sobre a remuneração dos funcionários da Fundação no sistema, poderá alegar a tese de estrito cumprimento de dever legal.
descontando a quantia de cinco reais de cada um deles. A seguir, (B) Nos debates orais perante os jurados, o promotor de justiça
insere o seu próprio nome e sua própria conta bancária no sistema,
poderá sustentar a qualificadora de motivo fútil e a defesa
atribuindo-se a condição de funcionário da Fundação e destina
poderá alegar a tese de estrito cumprimento de dever legal.
à sua conta o total dos valores desviados dos demais. Terminada
a elaboração da folha, Abelardo remete as informações à seção (C) Nos debates orais perante os jurados, o promotor de justiça não
de pagamentos, a qual efetua os pagamentos de acordo com as poderá sustentar a qualificadora de motivo fútil e a defesa não
informações lançadas no sistema por ele. poderá alegar a tese de estrito cumprimento de dever legal.
Considerando tal narrativa, é correto afirmar que Abelardo praticou (D) Nos debates orais perante os jurados, o promotor de justiça
crime de: poderá sustentar a qualificadora de motivo fútil, mas a defesa não
(A) estelionato. poderá alegar a tese de estrito cumprimento de dever legal.
(B) peculato.
(C) concussão.
(D) inserção de dados falsos em sistema de informações.

Caderno de Prova 01 – 12 –
OAB – Exame de Ordem Unificado 2010.2

65 A00817 67 A00804
Em uma briga de bar, Joaquim feriu Pedro com uma faca, causando- Antônio Ribeiro foi denunciado pela prática de homicídio qualificado,
lhe sérias lesões no ombro direito. O promotor de justiça ofereceu pronunciado nos mesmos moldes da denúncia e submetido a
denúncia contra Joaquim, imputando-lhe a prática do crime de julgamento pelo Tribunal do Júri em 25/05/2005, tendo sido
lesão corporal grave contra Pedro, e arrolou duas testemunhas que condenado à pena de 15 anos de reclusão em regime integralmente
presenciaram o fato. A defesa, por sua vez, arrolou outras duas
fechado. A decisão transita em julgado para o Ministério Público,
testemunhas que também presenciaram o fato.
mas a defesa de Antônio apela, alegando que a decisão dos Jurados
Na audiência de instrução, as testemunhas de defesa afirmaram é manifestamente contrária à prova dos autos. A apelação é provida,
que Pedro tinha apontado uma arma de fogo para Joaquim, que,
sendo o réu submetido a novo Júri. Neste segundo Júri, Antônio é
por sua vez, agrediu Pedro com a faca apenas para desarmá-lo. Já as
novamente condenado e sua pena é agravada, mas fixado regime
testemunhas de acusação disseram que não viram nenhuma arma
de fogo em poder de Pedro. mais vantajoso (inicial fechado).
Nas alegações orais, o Ministério Público pediu a condenação do réu, A esse respeito, assinale a afirmativa correta.
sustentando que a legítima defesa não havia ficado provada. A Defesa
(A) Não cabe nova apelação no caso concreto, em respeito ao
pediu a absolvição do réu, alegando que o mesmo agira em legítima
princípio da soberania dos veredictos.
defesa. No momento de prolatar a sentença, o juiz constatou que
remanescia fundada dúvida sobre se Joaquim agrediu Pedro em situação (B) A decisão do juiz togado foi incorreta, pois violou o princípio do
de legítima defesa. ne reformatio in pejus, cabendo apelação.
(C) A decisão dos jurados foi incorreta, pois violou o princípio do
Considerando tal narrativa, assinale a afirmativa correta.
tantum devolutum quantum appelatum.
(A) O ônus de provar a situação de legítima defesa era da defesa. (D) Não cabe apelação por falta de interesse jurídico, já que a
Assim, como o juiz não se convenceu completamente da fixação do regime inicial fechado é mais vantajosa do que uma
ocorrência de legítima defesa, deve condenar o réu. pena a ser cumprida em regime integralmente fechado.
(B) O ônus de provar a situação de legítima defesa era da acusação.
Assim, como o juiz não se convenceu completamente da ocorrência 68 A00810
de legítima defesa, deve condenar o réu.
Relativamente às regras sobre ação civil fixadas no Código de
(C) O ônus de provar a situação de legítima defesa era da defesa.
Processo Penal, assinale a alternativa correta.
No caso, como o juiz ficou em dúvida sobre a ocorrência de
legítima defesa, deve absolver o réu. (A) São fatos que impedem a propositura da ação civil: o despacho de
(D) Permanecendo qualquer dúvida no espírito do juiz, ele está arquivamento do inquérito ou das peças de informação, a decisão
impedido de proferir a sentença. A lei obriga o juiz a esgotar que julgar extinta a punibilidade e a sentença absolutória que
todas as diligências que estiverem a seu alcance para dirimir decidir que o fato imputado não constitui crime.
dúvidas, sob pena de nulidade da sentença que vier a ser (B) Sobrevindo a sentença absolutória no juízo criminal, a ação civil
prolatada. não poderá ser proposta em nenhuma hipótese.
(C) Transitada em julgado a sentença penal condenatória, a
66 A00815 execução só poderá ser efetuada pelo valor fixado na mesma,
Em processo sujeito ao rito ordinário, ao apresentar resposta escrita, não se admitindo, neste caso, a liquidação para a apuração do
o advogado requer a absolvição sumária de seu cliente e não propõe dano efetivamente sofrido.
provas. O juiz, rejeitando o requerimento de absolvição sumária, (D) Transitada em julgado a sentença penal condenatória, poderão
designa audiência de instrução e julgamento, destinada à inquirição promover-lhe a execução, no juízo cível, para o efeito da
das testemunhas arroladas pelo Ministério Público e ao interrogatório reparação do dano, o ofendido, seu representante legal ou seus
do réu. Ao final da audiência, o advogado requer a oitiva de duas herdeiros.
testemunhas de defesa e que o juiz designe nova data para que sejam
inquiridas. 69 A00825
Considerando tal narrativa, assinale a afirmativa correta. João foi denunciado pela prática do crime de furto (CP, art. 155), pois
segundo narra a denúncia ele subtraiu colar de pedras preciosas da
(A) O juiz deve deferir o pedido, pois a juntada do rol das
vítima. No decorrer da instrução processual, a testemunha Antônio
testemunhas de defesa pode ser feita até o encerramento da
relata fato não narrado na denúncia: a subtração do objeto furtado se
prova de acusação. deu mediante “encontrão” dado por João no corpo da vítima. Na fase
(B) O juiz não deve deferir o pedido, pois o desmembramento da de sentença, sem antes tomar qualquer providência, o Juiz decide, com
audiência una causa nulidade absoluta. base no sobredito testemunho de Antônio, condenar João nas penas
(C) O juiz só deve deferir a oitiva de testemunhas de defesa do crime de roubo (CP, art. 157), por entender que o “encontrão”
relatado caracteriza emprego de violência contra a vítima. A sentença
arroladas posteriormente ao momento da apresentação da
condenatória transita em julgado para o Ministério Público.
resposta escrita se ficar demonstrado que a necessidade da
oitiva se originou de circunstâncias ou fatos apurados na O Tribunal, ao julgar apelo de João com fundamento exclusivo na
instrução. insuficiência da prova para a condenação, deve:
(D) O juiz deve deferir o pedido, pois apesar de a juntada do rol de (A) anular a sentença.
testemunhas da defesa não ter sido feita no momento correto, (B) manter a condenação pela prática do crime de roubo.
em nenhuma hipótese do processo penal, o juiz deve indeferir
(C) abrir vista ao Ministério Público para aditamento da denúncia.
diligências requeridas pela defesa.
(D) absolver o acusado.

– 13 – Caderno de Prova 01
OAB – Exame de Ordem Unificado 2010.2

70 A00805 72 A01122
Ao final da audiência de instrução e julgamento, o advogado do réu Em Direito Tributário, cumpre à lei ordinária:
requer a oitiva de testemunha inicialmente não arrolada na resposta
(A) estabelecer a cominação ou dispensa de penalidades para as
escrita, mas referida por outra testemunha ouvida na audiência.
ações ou omissões contrárias a seus dispositivos.
O juiz indefere a diligência alegando que o número máximo de
testemunhas já havia sido atingido e que, além disso, a diligência (B) estabelecer a forma e as condições como isenções, incentivos e
era claramente protelatória, já que a prescrição estava em vias de benefícios fiscais serão concedidos em matéria de ISS.
se consumar se não fosse logo prolatada a sentença. A sentença é (C) estabelecer normas gerais em matéria tributária, especialmente
proferida em audiência, condenando-se o réu à pena de 6 anos em sobre adequado tratamento tributário ao ato cooperativo
regime inicial semi-aberto. praticado pelas sociedades cooperativas.
Com base exclusivamente nos fatos acima narrados, assinale a (D) estabelecer normas gerais em matéria tributária, especialmente
alternativa que apresente o que alegaria na apelação o advogado do sobre a definição de tratamento diferenciado e favorecido para
réu, como pressuposto da análise do mérito recursal. as microempresas e empresas de pequeno porte.

(A) A redução da pena ou a fixação de um regime de cumprimento


73 A01108
de pena mais vantajoso.
Pizza Aqui Ltda., empresa do ramo dos restaurantes, adquiriu o
(B) A anulação da sentença para que outra seja proferida em razão
estabelecimento empresarial Pizza Já Ltda., continuando a exploração
da violação do princípio da ampla defesa.
deste estabelecimento, porém sob razão social diferente – Pizza Aqui
(C) A reinquirição de todas as testemunhas em sede de apelação. Ltda. Neste caso, é correto afirmar que:
(D) A anulação da sentença para que outra seja proferida em razão
(A) a Pizza Aqui responde solidariamente pelos tributos devidos
da violação do princípio da ampla defesa, com a correspondente
pela Pizza Já, até a data do ato de aquisição do estabelecimento
suspensão do prazo da prescrição de modo que o órgão
empresarial, se a Pizza Já cessar a exploração da atividade.
ad quem se sinta confortável para anular a sentença sem gerar
impunidade no caso concreto. (B) caso a Pizza Já prossiga na exploração da mesma atividade dentro
de 6 (seis) meses contados da data de alienação, a Pizza Aqui
71 A01104 responde subsidiariamente pelos tributos devidos pela Pizza Já
Ltda. até a data do ato de aquisição do estabelecimento.
Mauro Ricardo decidiu não pagar o imposto de renda do último ano,
pois sua esposa Ana, servidora pública, sofreu acidente de carro e (C) caso a Pizza Já mude de ramo de comércio dentro de 6 (seis)
foi declarada absolutamente incapaz, em virtude de traumatismo meses contados da data de alienação, então a Pizza Aqui será
craniano gravíssimo. integralmente responsável pelos tributos devidos pela Pizza Já
até a data do ato de aquisição desta.
Ocorre que a Receita Federal efetuou o lançamento e notificou
Mauro, nos termos da lei, acerca do crédito tributário em aberto. (D) caso o negócio jurídico não fosse a aquisição, mas a
Quando Mauro recebeu a notificação, ele se dirigiu à Receita e incorporação da Pizza Já pela Pizza Aqui, esta última estaria
confessou a infração, prontificando-se a pagar, de imediato, o tributo isenta de qualquer responsabilidade referente aos tributos
devido, sem multa ou juros de mora. devidos pela Pizza Já até a data da incorporação.
A partir do exposto acima, assinale a afirmativa correta.
74 A01113
(A) A confissão de Mauro tem o condão de excluir a sua Delta Ltda. teve sua falência decretada em 11/01/2010. Delta
responsabilidade, sem a imposição de qualquer penalidade. possuía um imóvel hipotecado ao Banco Junior S/A, em garantia de
Entretanto, ele deve pagar o tributo devido acrescido dos juros dívida no valor de R$ 1.000.000,00 O imóvel está avaliado em R$
de mora. 1.200.000,00.
(B) Mauro somente se apresentou à Receita após a notificação, o A Fazenda Pública Estadual tem créditos a receber de Delta
que exclui qualquer benefício oriundo da denúncia espontânea, Ltda. relacionados ao ICMS não pago de vendas ocorridas em
devendo ele recolher o tributo devido, a penalidade imposta e 03/01/2008.
os juros de mora.
Com base no exposto acima, assinale a afirmativa correta.
(C) A incapacidade civil de Ana tem reflexo direto na sua capacidade
tributária, o que significa dizer que, após a sentença judicial de (A) A Fazenda tem direito de preferência sobre o credor com
interdição, Ana perdeu, igualmente, a sua capacidade tributária, garantia real, em virtude de seus privilégios.
estando livre de quaisquer obrigações perante o fisco. (B) A Fazenda não pode executar o bem, em função de ter havido a
(D) Caso Mauro tivesse procedido com mera culpa, ou seja, se quebra da empresa, prevalecendo o crédito com garantia real.
a sonegação tivesse ocorrido por mero esquecimento, ele (C) A Fazenda tem direito de preferência uma vez que a dívida
poderia pagar somente o tributo e os juros de mora, excluindo tributária é anterior à hipoteca.
o pagamento de multa. (D) A Fazenda respeitará a preferência do credor hipotecário, nos
limites do valor do crédito garantido pela hipoteca.

Caderno de Prova 01 – 14 –
OAB – Exame de Ordem Unificado 2010.2

75 A01118 80 A01138
Semprônio dos Santos é proprietário de um sítio de recreio, local A Cia. de Limpeza do Município de Trás os Montes, empresa pública
destinado ao lazer, na área de expansão urbana, na região serrana municipal, vendeu um imóvel de sua titularidade situado na rua
de Paraíso do Alto. Dois, da quadra 23, localizado no nº 06.
A área é dotada de rede de abastecimento de água, rede de
Neste caso, o novo proprietário
iluminação pública e esgotamento mantidas pelo município, embora
não existam próximos quer escola, quer hospitais públicos. (A) não paga o imposto de transmissão de bens imóveis, em função
Neste caso Semprônio deve pagar o seguinte imposto: de ser bem público.
(B) fica isento do imposto predial e territorial urbano, ante a
(A) o IPTU, por ser área de expansão urbana, dotada de
imunidade do patrimônio público.
melhoramentos.
(B) o ITR, por ser sítio de recreio, não inserido em área urbana. (C) paga o IPTU, mas não paga o ITBI, uma vez que, nesta última
hipótese, quem transmite a propriedade do bem é empresa
(C) o IPTU, por ser sítio, explorado para fins empresariais.
pública.
(D) o ITR, por não haver escola ou hospital próximos a menos de
(D) fica obrigado a pagar todos os tributos que recaiam sobre o
3km do imóvel.
bem.
76 A01124
81 A00629
De acordo com o Código Tributário Nacional, aplica-se retroativamente
Renato, advogado em início de carreira, é contactado para defender
a lei tributária na hipótese de:
os interesses de Rodrigo que está detido em cadeia pública. Dirige-
(A) analogia, quando esta favorecer o contribuinte. se ao local onde seu cliente está retido e busca informações sobre
(B) extinção do tributo, ainda não definitivamente constituído. sua situação, recebendo como resposta do servidor público que
(C) graduação quanto à natureza de tributo aplicável, desde que estava de plantão que os autos do inquérito estariam conclusos com
não seja hipótese de crime. a autoridade policial e, por isso, indisponíveis para consulta e que
deveria o advogado retornar quando a autoridade tivesse liberado
(D) ato não definitivamente julgado, quando a lei nova lhe comine
os autos para realização de diligências.
penalidade menos severa que a prevista na lei vigente ao
tempo de sua prática. À luz das normas aplicáveis,

(A) o advogado, diante do seu dever de urbanidade, deve aguardar


77 A01126 os atos cabíveis da autoridade policial.
Caso determinado município venha a atualizar o valor monetário da (B) o acesso aos autos, no caso, depende de procuração e de prévia
base de cálculo do IPTU, tal hipótese autorização da autoridade policial.
(A) deve vir regulada por lei. (C) no caso de réu preso, somente com autorização do juiz pode o
(B) deve vir regulada por lei complementar. advogado acessar os autos do inquérito policial.
(C) enquadra-se como majoração de tributo. (D) o acesso aos autos de inquérito policial é direito do advogado,
mesmo sem procuração ou conclusos à autoridade policial.
(D) poderá ser disciplinada mediante decreto.

78 A01127
82 A00624
Mauro, advogado com larga experiência profissional, resolve
O emprego da analogia, em matéria tributária, resultará na
contratar com emissora de televisão, um novo programa, incluído
(A) majoração de tributo. na grade normal de horários da empresa, cujo titulo é “o Advogado
(B) instituição de tributo. na TV”, com o fito de proporcionar informações sobre a carreira, os
seus percalços, suas angústias, alegrias e comprovar a possibilidade
(C) exclusão do crédito tributário.
de sucesso profissional.
(D) impossibilidade de exigência de tributo não previsto em lei.
No curso do programa, inclui referência às causas ganhas, bem
79 A01133 como àquelas ainda em curso e que podem ter repercussão no meio
jurídico, todas essas vinculadas ao seu escritório de advocacia.
Considere a seguinte situação hipotética: lei federal fixou alíquotas
aplicáveis ao ITR e estabeleceu que a alíquota relativa aos imóveis Consoante as normas aplicáveis, é correto afirmar que:
rurais situados no Rio de Janeiro seria de 5% e a relativa aos demais
(A) a participação em programa televisivo está vedada aos
Estados do Sudeste de 7%.
advogados.
Tal enunciado normativo viola o princípio constitucional
(B) a publicidade, como narrada, é compatível com as normas do
(A) da uniformidade geográfica da tributação. Código de Ética.
(B) da legalidade tributária. (C) o advogado, no caso, deveria se limitar ao aspecto educacional
(C) da liberdade de tráfego. e instrutivo da atividade profissional.
(D) da não diferenciação tributária entre a procedência e o destino (D) programas televisivos são franqueados aos advogados, inclusive
do produto. para realizar propaganda dos seus escritórios.

– 15 – Caderno de Prova 01
OAB – Exame de Ordem Unificado 2010.2

83 A00622 86 A00621
Fábio, advogado com mais de dez anos de efetiva atividade, obtém Dentre as sanções cabíveis no processo disciplinar realizado pela
a indicação da OAB para concorrer pelo quinto constitucional à vaga OAB no concernente aos advogados estão a censura, a suspensão,
reservada no âmbito de Tribunal de Justiça. a exclusão e a multa.
No curso do processo também obtém a indicação do Tribunal e vem Dentre as circunstâncias atenuantes para a aplicação do ato
a ser nomeado pelo Governador do Estado, ingressando nos quadros sancionatório, encontra-se, consoante o Estatuto,
do Poder Judiciário. Diante disso, à luz das normas estatutárias (A) exercício assíduo e proficiente em mandato realizado na OAB.
ocorrerá:
(B) ser reincidente em faltas da mesma natureza.
(A) o cancelamento da inscrição como advogado. (C) prestação de serviços à advocacia, mesmo irrelevantes.
(B) a suspensão até que cesse a incompatibilidade. (D) ter sido o ato cometido contra outro integrante de carreira
(C) o licenciamento do profissional. jurídica.
(D) a passagem para a reserva do quadro de advogados.
87 A00627

84 A00626 Eduardo, advogado, é contratado para defender os interesses de


João Vítor e Ana Beatriz, ambos advogados, contraem núpcias, Otávio, próspero fazendeiro, em diversas ações, de natureza civil,
mantendo o estado de casados por longos anos. Paralelamente, empresarial, criminal, bem como em processos administrativos que
também mantêm sociedade em escritório de advocacia. Por motivos tramitam em numerosos órgãos públicos.
vários, passam a ter seguidas altercações, com acusações mútuas de Antes de realizar os atos próprios da profissão, apresenta ao cliente
descumprimento dos deveres conjugais. os termos de contrato de honorários, que divide em valores fixos,
acrescidos dos decorrentes da eventual sucumbência existente nos
Ana Beatriz, revoltada com as acusações desfechadas por João Vítor,
processos judiciais.
requer que a OAB promova sessão de desagravo, uma vez que sua
honra foi atingida por seu marido, em discussões conjugais. À luz das normas aplicáveis,

À luz das normas estatutárias, (A) os honorários sucumbenciais e os contratados são naturalmente
excludentes, devendo o profissional optar por um deles.
(A) nenhum ato poderá ser realizado pela OAB, tendo em vista que as
(B) os honorários contratuais devem ser sempre em valor fixo.
ofensas não ocorreram no exercício da profissão de advogado.
(C) os honorários de sucumbência podem, ao alvedrio das partes,
(B) o ato de desagravo depende somente da qualidade de
sofrer desconto dos honorários pactuados contratualmente.
advogado do ofendido.
(D) os honorários sucumbenciais acrescidos dos honorários
(C) sendo o ofensor advogado, o desagravo é permitido pelo
contratuais podem superar o benefício econômico obtido pelo
estatuto.
cliente.
(D) o desagravo poderá ocorrer privadamente.
88 A00601
85 A00605
Caio, advogado, inscrito na OAB-SP, após aprovação em concorrido
Francisco, advogado, dirige-se, com seu cliente, para participar de Exame de Ordem, atua em diversos ramos do Direito. Um dos seus
audiência em questão cível, designada para a colheita de provas e
clientes possui causa em curso perante a Comarca de Tombos/MG,
depoimento pessoal. O ato fora designado para iniciar às 13 horas.
tendo o profissional comparecido à sede do Juízo para praticar ato
Como é de praxe, adentraram o recinto forense com meia hora de
antecedência, sendo comunicados pelo Oficial de Justiça que a pauta em prol do seu constituinte. Estando no local, foi surpreendido por
de audiências continha dez eventos e que a primeira havia iniciado designação do Juiz Titular da Comarca para representar Tício, pessoa
às dez horas, já caracterizado um atraso de uma hora, desde a de parcos recursos financeiros, diante da ausência de Defensor
audiência inaugural. Público designado para prestar serviços no local, por falta de efetivo
A autoridade judicial encontrava-se presente no foro desde as nove suficiente de profissionais. Não tendo argumentos para recusar o
horas da manhã, para despachos em geral, tendo iniciado a primeira encargo, Caio participou do ato.
audiência no horário aprazado. Após duas horas de atraso, Francisco Diante desse quadro
informou, por escrito, ao Chefe do Cartório Judicial, que, diante do
ocorrido, ele e seu cliente estariam se retirando do recinto. (A) o ato deveria ter sido adiado diante da exclusividade da atuação
da Defensoria Pública.
Diante do narrado, à luz das normas estatutárias
(B) o advogado deveria ter recusado o encargo, mesmo sem
(A) qualquer atraso superior a uma hora justifica a retirada do justificativa plausível.
recinto, pelo advogado. (C) a recusa nesses casos poderá ocorrer, com justo motivo.
(B) o advogado deveria, no caso narrado, peticionar ao Magistrado (D) a recusa poderia ocorrer diante da ausência de sanção
e retirar-se do recinto. disciplinar.
(C) o atraso que justifica a retirada do advogado está condicionado
à ausência da autoridade judicial no evento.
(D) meros atrasos da autoridade judicial não permitem a retirada
do advogado do recinto.

Caderno de Prova 01 – 16 –
OAB – Exame de Ordem Unificado 2010.2

89 A00606 92 A00504
Michel, Philippe e Lígia, bacharéis em Direito recém-formados e No que se refere à cessão de quotas de sociedade empresária
colegas de bancos universitários, comprometem-se a empreender a limitada, assinale a alternativa correta.
atividade advocatícia de forma conjunta logo após a aprovação no
Exame de Ordem. Para gáudio dos bacharéis, todos são aprovados no (A) O cedente responde solidariamente com o cessionário perante
certame e obtém sua inscrição no Quadro de Advogados da OAB. a sociedade e terceiros pelas obrigações que tinha como sócio
Assim, alugam sala compatível em local próximo ao prédio do Fórum até 3 anos após averbado no registro competente a modificação
do município onde pretendem exercer sua nobre função. De início, as do contrato social.
causas são individuais, por indicação de amigos e parentes. Logo, no (B) Na omissão do contrato, o sócio pode ceder sua quota, total
entanto, diante do sucesso profissional alcançado, são contactados ou parcialmente, a quem já seja sócio, independentemente da
por sociedades empresárias ansiosas pela prestação de serviços
audiência dos demais.
profissionais advocatícios de qualidade. Uma exigência, no entanto,
é realizada: a prestação deve ocorrer por meio de sociedade de (C) A cessão de quotas, consubstanciada na respectiva alteração
advogados. contratual, terá eficácia entre cedente e cessionário somente
No concernente ao tema, à luz das normas aplicáveis após a sua averbação perante o órgão competente.
(A) a sociedade de advogados é de natureza empresarial. (D) Na omissão do contrato, o sócio pode ceder sua quota, total ou
(B) os advogados sócios da sociedade de advogados respondem parcialmente, para terceiro, estranho ao quadro de sócios, somente
limitadamente por danos causados aos clientes. se houver a concordância da unanimidade dos demais sócios.
(C) o registro da sociedade de advogados é realizado no Conselho
Seccional da OAB onde a mesma mantiver sede. 93 A01506

(D) não é possível associação com advogados, sem vínculo de Jogador de futebol de um importante time espanhol e titular da
emprego, para participação nos resultados. seleção brasileira é filmado por um celular em uma casa noturna na
Espanha, em avançado estado de embriaguez. O vídeo é veiculado
90 A00608 na internet e tem grande repercussão no Brasil. Temeroso de ser
Joel é experiente advogado, inscrito há muitos anos nos quadros cortado da seleção brasileira, o jogador ajuíza uma ação no Brasil
da OAB. Em atividade profissional, comparece à sessão de tribunal contra o portal de vídeos, cuja sede é na Califórnia, Estados Unidos.
com o fito de sustentar, oralmente, recurso apresentado em prol O juiz brasileiro
de determinado cliente. Iniciada a sessão de julgamento, após a
leitura do relatório, pelo magistrado designado para tal função no (A) não é competente, porque o réu é pessoa jurídica estrangeira.
processo, dirige-se à tribuna e, regularmente, apresenta sua defesa (B) terá competência porque os danos à imagem ocorreram no
oral. No curso do julgamento há menção, pelo Relator de data e fls. Brasil.
constantes dos autos processuais que se revelam incorretas. (C) deverá remeter o caso, por carta rogatória, à justiça norte-
No concernente ao tema, à luz das normas estatutárias, o advogado americana.
(A) deve aguardar o final do julgamento, com a proclamação do (D) terá competência porque o autor tem nacionalidade brasileira.
resultado, para apresentar questão de ordem.
(B) poderá usar a palavra, pela ordem, para esclarecer questão de 94 A01507
fato, que influencie o julgamento.
Um contrato internacional entre um exportador brasileiro de laranjas
(C) não possui instrumento hábil para interromper o julgamento.
e o comprador americano, previu que em caso de litígio fosse utilizada
(D) após o final do julgamento deverá, mediante nova sustentação a arbitragem, realizada pela Câmara de Comércio Internacional.
oral, indicar os erros cometidos.
O exportador brasileiro fez a remessa das laranjas, mas estas não
atingiram a qualidade estabelecida no contrato. O comprador entrou
91 A00503
com uma ação no Brasil para discutir o cumprimento do contrato. O
Antônio e Joana casaram-se pelo regime da comunhão parcial de bens. juiz decidiu:
Após o casamento, Antônio tornou-se sócio de sociedade simples
com 1.000 quotas representativas de 20% do capital da sociedade. (A) extinguir o feito sem julgamento de mérito, em face da cláusula
Passados alguns anos, o casal veio a se separar judicialmente. arbitral.

Assinale a alternativa que indique o que Joana pode fazer em relação (B) deferir o pedido, na forma requerida.
às quotas de seu ex-cônjuge. (C) indeferir o pedido porque o local do cumprimento do contrato
é nos Estados Unidos.
(A) Solicitar judicialmente a partilha das quotas de Antônio, ingressando
na sociedade com 500 quotas ou 10% do capital social. (D) deferir o pedido, em razão da competência concorrente da
(B) Requerer a dissolução parcial da sociedade de modo a receber justiça brasileira.
o valor de metade das quotas de Antônio calculado com base
em balanço especialmente levantado, tomando-se como base
a data da separação.
(C) Participar da divisão de lucros até que se liquide a sociedade,
ainda que não possa nela ingressar.
(D) Requerer a dissolução da sociedade e a liquidação dos bens
sociais para que, apurados os haveres dos sócios, possa receber
a parte que lhe pertence das quotas de seu ex-cônjuge.

– 17 – Caderno de Prova 01
OAB – Exame de Ordem Unificado 2010.2

95 A01402 98 A01219
Dentre os direitos de toda criança ou todo adolescente, o ECA Diante das disposições estabelecidas pela Lei n. 9.605/98 sobre as
assegura o de ser criado e educado no seio de sua família e, sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades
excepcionalmente, a colocação em família substituta, assegurando- lesivas ao meio ambiente, assinale a alternativa correta.
lhe a convivência famíliar e comunitária.
(A) A desconsideração da pessoa jurídica somente será admitida se
Fundando-se em tal preceito, acerca da colocação em família a pena restritiva de direitos se revelar inócua para os fins a que
substituta, é correto afirmar que: se destina.
(A) a colocação em família substituta far-se-á, exclusivamente, por (B) A pena restritiva de direitos da pessoa jurídica, no que tange
meio da tutela ou da adoção. a proibição de contratar com o poder público, terá duração
(B) a guarda somente obriga seu detentor à assistência material a equivalente ao tempo de permanência dos efeitos negativos
criança ou adolescente. da conduta delituosa sobre o meio ambiente.
(C) o adotando não deve ter mais que 18 anos à data do pedido, (C) Constitui inovação da lei de crimes ambientais a excludente de
salvo se já estiver sob a guarda ou tutela dos adotantes. antijuridicidade relativamente ao comércio não autorizado de
animais da fauna silvestre voltado exclusivamente à subsistência
(D) desde que comprovem seu estado civil de casados, somente os
da entidade familiar.
maiores de 21 anos podem adotar.
(D) Os tipos penais ambientais, em regra, descrevem crimes de
96 A01408 perigo abstrato, que se consumam com a própria criação do
risco, efetivo ou presumido, independentemente de qualquer
Tendo por substrato legal as alterações promovidas pela Lei n.
resultado danoso.
12.010, de 2009 no tocante à adoção, assinale a afirmativa correta.

(A) A morte dos adotantes não restabelece o poder familiar dos 99 A01307
pais naturais. Sobre o tratamento da publicidade no Código de Defesa do
(B) Para viabilizar a celeridade no processo de adoção, a legislação Consumidor, é correto afirmar que:
específica – ECA – admite a representação do adotante por
(A) a publicidade somente vincula o fornecedor se contiver
procuração.
informações falsas.
(C) Uma vez falecido o adotante no curso do procedimento
(B) a publicidade que não informa sobre a origem do produto é
de adoção e antes de prolatada a sentença, não poderá o
considerada enganosa, mesmo quando não essencial para o
juiz deferir a adoção, mesmo que tenha havido inequívoca
produto.
manifestação de vontade do adotante.
(C) o ônus da prova da veracidade da mensagem publicitária cabe
(D) Os cartórios de registros públicos de pessoas naturais deverão
ao veículo de comunicação.
fornecer certidão a qualquer requisitante, independentemente,
de justificativa de seu interesse, em que conste o vínculo da (D) é abusiva a publicidade que desrespeita valores ambientais.
adoção constituído por sentença judicial.
100 A01308
97 A01203 Nas ações coletivas, o efeito da coisa julgada material será:
Considerando a repartição de competências ambientais estabelecida (A) Tratando-se de direitos individuais homogêneos, efeito erga
na Constituição Federal, assinale a alternativa correta. omnes, se procedente, mas só aproveita aquele que se habilitou
(A) Deverá ser editada lei ordinária com as normas para a até o trânsito em julgado.
cooperação entre a União e os Estados, o Distrito Federal e os (B) Tratando-se de direitos individuais homogêneos, julgados
Municípios para o exercício da competência comum de defesa improcedentes, o consumidor, que não tiver conhecimento da
do meio ambiente. ação, não poderá intentar ação individual.
(B) A exigência de apresentação, no processo de licenciamento (C) Tratando-se de direitos difusos, no caso de improcedência
ambiental, de certidão da Prefeitura Municipal sobre a por insuficiência de provas, não faz coisa julgada material,
conformidade do empreendimento com a legislação de uso podendo, qualquer prejudicado, intentar nova ação com os
e ocupação do solo decorre da competência do município mesmo fundamentos, valendo-se de novas provas.
para o planejamento e controle do uso, do parcelamento e da (D) Tratando-se de direitos coletivos, no caso de improcedência
ocupação do solo urbano. do pedido de nulidade de cláusula contratual, o efeito é ultra
(C) Legislar sobre proteção do meio ambiente e controle da partes e impede a propositura de ação individual.
poluição é de competência concorrente da União, dos Estados,
do Distrito Federal e dos Municípios, com fundamento no
artigo 24 da Constituição Federal.
(D) A competência executiva em matéria ambiental não alcança a
aplicação de sanções administrativas por infração à legislação
de meio ambiente.

Caderno de Prova 01 – 18 –
OAB – Exame de Ordem Unificado 2010.2

CRONOGRAMA OPERACIONAL
Gabarito preliminar da prova obejtiva ......................................................................................................................... 28 de setembro de 2010
Prazo recursal................................................................................................................................de 29 de setembro a 01 de outubro de 2010
Divulgação do resultado final da prova objetiva ......................................................................................................... 01 de novembro de 2010
Aplicação da prova prático-profissional ...................................................................................................................... 14 de novembro de 2010

QUESTIONÁRIO DE PERCEPÇÃO SOBRE A PROVA

Este questionário é de preenchimento facultativo pelo examinando,


por se tratar de mera pesquisa, não influindo no resultado final do exame

As questões têm como objetivo avaliar a qualidade e a adequação da prova que você acabou de realizar. Assinale suas
respostas nos espaços próprios (canto inferior direito) da sua folha de respostas.

Questão 01 Questão 05: Questão 08:


Na sua avaliação, o grau de dificuldade desta As questões das diversas áreas do Direito Considerando a sua preparação para esta prova,
prova, quanto ao conteúdo programático (Civil, Penal, Trabalho, Administrativo, etc.) você conclui que:
abordado, foi: apresentavam o mesmo nível de dificuldade e (A) não estudou a maioria dos conteúdos
(A) muito fácil. (B) fácil. compreensão? abordados.
(C) médio. (D) difícil. (A) Sim, todas. (B) estudou a maioria dos conteúdos abordados,
(B) Sim, a maioria. mas não os assimilou.
Questão 02: (C) Não houve este nivelamento (C) estudou e assimilou muitos dos conteúdos
Assinale a alternativa que indique a sua abordados.
(D) Não tenho como opinar.
avaliação quanto à capacidade crítica e
(D) estudou e assimilou todos os conteúdos
interpretativa desta prova em relação Questão 06: abordados.
ao cenário e ao ordenamento jurídico As informações / instruções fornecidas para
contemporâneo. a resolução da prova foram suficientes e Questão 09:
(A) Plenamente satisfatória. adequadas? Qual foi o tempo gasto para concluir a prova?
(B) Satisfatória. (A) Sim, até excessivas. (A) Menos de três horas.
(C) Pouco satisfatória. (B) Sim, todas elas. (B) Entre três e quatro horas.
(D) Insatisfatória. (C) Sim, somente algumas. (C) Entre quatro e cinco horas.
(D) Não, nenhuma delas. (D) Não consegui terminar.
Questão 03:
Considerando a extensão da prova em relação Questão 07: Questão 10:
ao tempo total, você considera que ela foi: Assinale o tipo de dificuldade que você Você considera o layoutt (formatação e
(A) muito longa. (B) longa. encontrou ao responder a prova. Indique a diagramação) desta prova:
(C) adequada. (D) curta. preponderante. (A) muito bom.
(A) Desconhecimento do conteúdo. (B) bom.
Questão 04: (B) Forma diferente de abordagem do conteúdo. (C) regular.
Os enunciados das questões da prova estavam
(C) Falta de motivação para fazer a prova. (D) ruim.
claros e objetivos?
(D) Não tive qualquer tipo de dificuldade para
(A) Sim, todos. (B) Sim, a maioria.
responder a prova.
(C) Poucos. (D) Não, nenhum.

A OAB e a FGV agradecem sua colaboração.

– 19 – Caderno de Prova 01
Realização
Exame da Ordem Unificado – 2010.2
Prova objetiva – 26/09/2010
Gabarito preliminar

Caderno de Prova nº 01

001 – C; 002 – A; 003 – B; 004 – A; 005 – C; 006 – D; 007 – C; 008 – A; 009 – B; 010 – C; 011 – D; 012 – B;
013 – A; 014 – D; 015 – B; 016 – B; 017 – A; 018 – B; 019 – D; 020 – A; 021 – B; 022 – B; 023 – A; 024 – A;
025 – C; 026 – B; 027 – C; 028 – A; 029 – D; 030 – D; 031 – C; 032 – D; 033 – C; 034 – D; 035 – A; 036 – B;
037 – D; 038 – B; 039 – A; 040 – C; 041 – B; 042 – B; 043 – B; 044 – D; 045 – C; 046 – C; 047 – B; 048 – D;
049 – D; 050 – B; 051 – C; 052 – A; 053 – C; 054 – D; 055 – B; 056 – D; 057 – A; 058 – A; 059 – A; 060 – C;
061 – D; 062 – D; 063 – C; 064 – A; 065 – C; 066 – C; 067 – B; 068 – D; 069 – D; 070 – B; 071 – B; 072 – A;
073 – B; 074 – D; 075 – A; 076 – D; 077 – D; 078 – D; 079 – A; 080 – D; 081 – D; 082 – C; 083 – A; 084 – A;
085 – C; 086 – A; 087 – C; 088 – C; 089 – C; 090 – B; 091 – C; 092 – B; 093 – B; 094 – A; 095 – C; 096 – A;
097 – B; 098 – D; 099 – D; 100 – C.
Ordem dos
Advogados
do Brasil
EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2010.3

Atenção!
TIPO 1 – BRANCO
Você está recebendo um caderno de provas do tipo 1. Portanto, verifique se sua folha de respostas é, também, do
tipo 1. Verifique se o número deste caderno de provas coincide com o registrado no rodapé de cada página. Caso
contrário, notifique imediatamente o fiscal de sala para que sejam tomadas as devidas providências.
Informações gerais
 Você receberá do fiscal de sala o material descrito a seguir:
a) uma folha destinada às respostas das questões objetivas formuladas na prova de tipo 1;
b) este caderno de prova tipo 1, com o enunciado das 100 (cem) questões, sem repetição ou falha, e o questionário
de percepção sobre a prova, com 10 (dez) questões objetivas.
 Ao receber a folha de respostas você deve:
a) conferir seu nome, número de identidade e número de inscrição;
b) ler atentamente as instruções para a marcação das respostas das questões objetivas;
c) assinar a folha de respostas, no espaço reservado, com caneta esferográfica transparente de cor azul ou preta.
 As questões são identificadas pelo número que se situa acima do seu enunciado.
 Durante a aplicação da prova não será permitido:
a) qualquer tipo de comunicação entre os examinandos;
b) levantar da cadeira sem a devida autorização do fiscal de sala;
c) portar aparelhos eletrônicos, tais como bipe, telefone celular, walkman, agenda eletrônica, notebook, palmtop,
receptor, gravador, máquina fotográfica, controle de alarme de carro, etc., bem como relógio de qualquer espécie,
óculos escuros ou qualquer acessório de chapelaria, como chapéu, boné, gorro, etc., e ainda lápis, lapiseira, borracha
ou corretivo de qualquer espécie.
 A FGV realizará a coleta da impressão digital dos examinandos na folha de respostas.
 Não será permitida a troca da folha de respostas por erro do examinando.
 O tempo disponível para esta prova será de 5 (cinco) horas, já incluído o tempo para marcação da folha de
respostas.
 Reserve os vinte minutos finais para marcar sua folha de respostas.
 Para fins de avaliação, serão levadas em consideração apenas as marcações realizadas na folha de respostas.
 Somente após decorridas duas horas do início da prova você poderá retirar-se da sala de prova sem levar o
caderno de questões.
 Somente após decorridas quatro horas do início da prova você poderá retirar-se da sala de prova levando o
caderno de questões.
 Quando terminar sua prova, entregue a folha de respostas devidamente preenchida e assinada ao fiscal da sala.
 Os 3 (três) últimos examinandos de cada sala só poderão sair juntos, devendo testemunhar o lacre da embalagem
de segurança pelo fiscal de aplicação, contendo os documentos que serão usados na correção das provas dos
examinandos, assinando termo quanto a esse procedimento. Caso algum desses examinandos insista em sair do
local de aplicação antes de presenciar o procedimento descrito, deverá assinar termo desistindo do Exame. Caso se
negue, será lavrado Termo de Ocorrência, testemunhado pelos 2 (dois) outros examinandos, pelo fiscal de aplicação
da sala e pelo Coordenador da unidade de provas.
 Boa prova!

EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2010.3 – TIPO 1 – BRANCO


Página 1
EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2010.3 – TIPO 1 – BRANCO
Página 2
1 4
O prefeito de um determinado município resolve, por decreto Sendo o contrato administrativo nulo, é correto afirmar que
municipal, alterar unilateralmente as vias de transporte de (A) a declaração de nulidade não opera retroativamente,
ônibus municipais, modificando o que estava previsto nos obrigando o contratado a indenizar a Administração
contratos de concessão pública de transportes municipais pelos danos por esta sofridos.
válidos por vinte anos. O objetivo do prefeito foi favorecer (B) seu reconhecimento não exonera a Administração do
duas empresas concessionárias específicas, com que mantém dever de indenizar o contratado de boa-fé, por tudo o
ligações políticas e familiares, ao lhes conceder os trajetos e que este houver executado e por outros prejuízos
linhas mais rentáveis. As demais três empresas comprovados.
concessionárias que também exploram os serviços de (C) a declaração não opera retroativamente, respeitando o
transporte de ônibus no município por meio de contratos de direito adquirido ao término do contrato, caso tenha o
concessão sentem-se prejudicadas. contratado iniciado sua execução.
Na qualidade de advogado dessas últimas três empresas, qual (D) que essa nulidade só produzirá efeitos se o contrato
deve ser a providência tomada? for de valor superior a 100 (cem) salários mínimos,
(A) Ingressar com ação judicial, com pedido de liminar caso o contratado tenha iniciado a sua execução.
para que o Poder Judiciário exerça o controle do ato
administrativo expedido pelo prefeito e decrete a sua 5
nulidade ou suspensão imediata, já que eivado de vício Um policial militar, de nome Norberto, no dia de folga,
e nulidade, por configurar ato fraudulento e quando estava na frente da sua casa, de bermuda e sem
atentatório aos princípios que regem a Administração camisa, discute com um transeunte e acaba desferindo tiros
Pública. de uma arma antiga, que seu avô lhe dera.
(B) Ingressar com ação judicial, com pedido de indenização Com base no relatado acima, é correto afirmar que o Estado
em face do Município pelos prejuízos de ordem (A) será responsabilizado, pois Norberto é agente público
financeira causados. pertencente a seus quadros.
(C) Nenhuma medida merece ser tomada na hipótese, (B) será responsabilizado, com base na teoria do risco
tendo em vista que um dos poderes conferidos à integral.
Administração Pública nos contratos de concessão é a (C) somente será responsabilizado de forma subsidiária,
modificação unilateral das suas cláusulas. ou seja, caso Norberto não tenha condições
(D) Ingressar com ação judicial, com pedido para que os financeiras.
benefícios concedidos às duas primeiras empresas (D) não será responsabilizado, pois Norberto, apesar de
também sejam extensivos às três empresas clientes. ser agente público, não atuou nessa qualidade; sua
conduta não pode, pois, ser imputada ao Ente Público.
2
São considerados agentes públicos todas as pessoas físicas 6
incumbidas, sob remuneração ou não, definitiva ou Determinado servidor público foi acusado de ter recebido
transitoriamente, do exercício de função ou atividade pública. vantagens indevidas valendo-se de seu cargo público, sendo
Assim, é correto afirmar que os notários e registradores são denunciado à justiça criminal e instaurado, no âmbito
(A) agentes públicos ocupantes de cargo efetivo e se administrativo, processo administrativo disciplinar por ter
aposentam aos 70 (setenta) anos de idade. infringindo seu estatuto funcional pela mesma conduta.
(B) agentes públicos vitalícios, ocupantes de cargo efetivo, Ocorre que o servidor foi absolvido pelo Poder Judiciário em
e não se aposentam compulsoriamente. razão de ter ficado provada a inexistência do ato ilícito que
(C) delegatários de serviços públicos aprovados em lhe fora atribuído.
concurso público. Nessa situação, é correto afirmar que
(D) os notários e registradores são delegatários de serviços (A) a decisão absolutória não influirá na decisão
públicos, investidos em cargos efetivos após aprovação administrativa do processo administrativo disciplinar,
em concurso. por serem independentes.
(B) haverá repercussão no âmbito do processo
3 administrativo disciplinar, não podendo a
A revogação da licitação pressupõe administração pública punir o servidor pelo fato
(A) mero juízo de conveniência e oportunidade da decidido na esfera penal.
Administração, podendo se dar a qualquer tempo. (C) em nenhuma hipótese a decisão penal surtirá efeito na
(B) mero juízo de conveniência e oportunidade da esfera administrativa, mesmo que a conduta praticada
Administração, podendo ocorrer até antes da pelo servidor seja prevista como ilícito penal e ilícito
assinatura do contrato. administrativo.
(C) prévia, integral e justa indenização, podendo, por isso, (D) a punição na instância administrativa nunca poderá ser
se dar por qualquer motivo e a qualquer tempo. anulada, caso tenha sido aplicada.
(D) razões de interesse público decorrentes de fato
superveniente, devidamente comprovado, pertinente
e suficiente para justificar essa conduta.

EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2010.3 – TIPO 1 – BRANCO


Página 3
7 10
É correto afirmar que a desconcentração administrativa Mathias, solteiro e capaz, com 65 anos de idade, e Tânia,
ocorre quando um ente político solteira e capaz, com 60 anos de idade, conheceram-se há um
(A) cria, mediante lei, órgãos internos em sua própria ano e, agora, pretendem se casar.
estrutura para organizar a gestão administrativa. A respeito da situação narrada, é correto afirmar que Mathias
(B) cria, por lei específica, uma nova pessoa jurídica de e Tânia
direito público para auxiliar a administração pública (A) deverão, necessariamente, celebrar pacto antenupcial
direta. optando expressamente pelo regime da separação de
(C) autoriza a criação, por lei e por prazo indeterminado, bens.
de uma nova pessoa jurídica de direito privado para (B) poderão casar-se pelo regime da comunhão parcial de
auxiliar a administração pública. bens, desde que obtenham autorização judicial,
(D) contrata, mediante concessão de serviço público, por mediante a prévia demonstração da inexistência de
prazo determinado, uma pessoa jurídica de direito prejuízo para terceiros.
público ou privado para desempenhar uma atividade (C) poderão optar livremente dentre os regimes de bens
típica da administração pública. previstos em lei, devendo celebrar pacto antenupcial
somente se escolherem regime diverso da comunhão
8 parcial de bens.
Com relação à intervenção do Estado na propriedade, assinale (D) somente poderão se casar pelo regime da separação
a alternativa correta. obrigatória de bens, por força de lei e
(A) A requisição administrativa é uma forma de independentemente da celebração de pacto
intervenção supressiva do Estado na propriedade que antenupcial.
somente recai em bens imóveis, sendo o Estado
11
obrigado a indenizar eventuais prejuízos, se houver
Josefina e José, casados pelo regime da comunhão universal
dano.
de bens, tiveram três filhos: Mário, Mauro e Moacir. Mário
(B) A limitação administrativa é uma forma de intervenção
teve dois filhos: Paulo e Pedro. Mauro teve três filhos: Breno,
restritiva do Estado na propriedade que consubstancia
Bruno e Brian. Moacir teve duas filhas: Isolda e Isabel. Em um
obrigações de caráter específico e individualizados a
acidente automobilístico, morreram Mário e Mauro. José,
proprietários determinados, sem afetar o caráter
muito triste com a perda dos filhos, faleceu logo em seguida,
absoluto do direito de propriedade.
deixando um patrimônio de R$ 900.000,00. Nesse caso
(C) A servidão administrativa é uma forma de intervenção
hipotético, como ficaria a divisão do monte?
restritiva do Estado na propriedade que afeta as
(A) Josefina receberia R$ 450.000,00. Os filhos de Mário
faculdades de uso e gozo sobre o bem objeto da
receberiam cada um R$ 75.000,00. Os filhos de Mauro
intervenção, em razão de um interesse público.
receberiam R$ 50.000,00 cada um. E, por fim, as filhas
(D) O tombamento é uma forma de intervenção do Estado
de Moacir receberiam R$ 75.000,00 cada uma.
na propriedade privada que possui como característica
(B) A herança seria dividida em três partes de R$
a conservação dos aspectos históricos, artísticos,
300.000,00. Paulo e Pedro receberiam cada um R$
paisagísticos e culturais dos bens imóveis,
150.000,00. Breno, Bruno e Brian receberiam, cada
excepcionando-se os bens móveis.
um, R$ 100.000,00. E, por fim, Isabel e Isolda
9 receberiam cada uma a importância de R$ 150.000,00.
Maria celebrou contrato de compra e venda do carro da (C) Paulo e Pedro receberiam cada um R$ 150.000,00.
marca X com Pedro, pagando um sinal de R$ 10.000,00. No Breno, Bruno e Brian receberiam, cada um, R$
dia da entrega do veículo, a garagem de Pedro foi invadida 100.000,00. E, por fim, Moacir receberia R$
por bandidos, que furtaram o referido carro. 300.000,00.
A respeito da situação narrada, assinale a alternativa correta. (D) Josefina receberia R$ 450.000,00. Paulo e Pedro
(A) Haverá resolução do contrato pela falta superveniente receberiam cada um R$ 75.000,00. Breno, Bruno e
do objeto, sendo restituído o valor já pago por Maria. Brian receberiam cada um R$ 50.000,00. Moacir
(B) Não haverá resolução do contrato, pois Pedro pode receberia R$ 150.000,00.
alegar caso fortuito.
12
(C) Maria poderá exigir a entrega de outro carro.
Ricardo, buscando evitar um atropelamento, realiza uma
(D) Pedro poderá entregar outro veículo no lugar no
manobra e atinge o muro de uma casa, causando um grave
automóvel furtado.
prejuízo.
Em relação à situação acima, é correto afirmar que Ricardo
(A) não responderá pela reparação do dano, pois agiu em
estado de necessidade.
(B) responderá pela reparação do dano, apesar de ter
agido em estado de necessidade.
(C) responderá pela reparação do dano, apesar de ter
agido em legítima defesa.
(D) praticou um ato ilícito e deverá reparar o dano.

EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2010.3 – TIPO 1 – BRANCO


Página 4
13 15
João foi registrado ao nascer com o gênero masculino. Em Félix e Joaquim são proprietários de casas vizinhas há cinco
2008, aos 18 anos, fez cirurgia para correção de anomalia anos e, de comum acordo, haviam regularmente delimitado
genética e teve seu registro retificado para o gênero feminino, as suas propriedades pela instalação de uma singela cerca
conforme sentença judicial. No registro não constou viva. Recentemente, Félix adquiriu um cachorro e, por essa
textualmente a indicação de retificação, apenas foi lavrado razão, o seu vizinho, Joaquim, solicitou-lhe que substituísse a
um novo termo, passando a adotar o nome de Joana. Em cerca viva por um tapume que impedisse a entrada do
julho de 2010, casou-se com Antônio, homem religioso e de cachorro em sua propriedade. Surpreso, Félix negou-se a
família tradicional interiorana, que conheceu em janeiro de atender ao pedido do vizinho, argumentando que o seu
2010, por quem teve uma paixão fulminante e correspondida. cachorro era adestrado e inofensivo e, por isso, jamais lhe
Joana omitiu sua história registral por medo de não ser aceita causaria qualquer dano.
e perdê-lo. Em dezembro de 2010, na noite de Natal, a tia de Com base na situação narrada, é correto afirmar que Joaquim
Joana revela a Antônio a verdade sobre o registro de (A) poderá exigir que Félix instale o tapume, a fim de
Joana/João. Antônio, não suportando ter sido enganado, evitar que o cachorro ingresse na sua propriedade,
deseja a anulação do casamento. contanto que arque com metade das despesas de
Conforme a análise da hipótese formulada, é correto afirmar instalação, cabendo a Félix arcar com a outra parte das
que o casamento de Antônio e Joana despesas.
(A) só pode ser anulado até 90 dias da sua celebração. (B) poderá exigir que Félix instale o tapume, a fim de
(B) poderá ser anulado pela identidade errônea de evitar que o cachorro ingresse em sua propriedade,
Joana/João perante Antônio e a insuportabilidade da cabendo a Félix arcar integralmente com as despesas
vida em comum. de instalação.
(C) é inexistente, pois não houve a aceitação adequada, (C) não poderá exigir que Félix instale o tapume, uma vez
visto que Antônio foi levado ao erro de pessoa, o que que a cerca viva fora instalada de comum acordo e
tornou insuportável a vida em comum do casal. demarca corretamente os limites de ambas as
(D) é nulo; portanto, não há prazo para a sua arguição propriedades, cumprindo, pois, com a sua função, bem
como não há indícios de que o cachorro possa vir a lhe
14 causar danos.
Danilo celebrou contrato por instrumento particular com (D) poderá exigir que Félix instale o tapume, a fim de
Sandro, por meio do qual aquele prometera que seu irmão, evitar que o cachorro ingresse em sua propriedade,
Reinaldo, famoso cantor popular, concederia uma entrevista cabendo a Félix arcar com as despesas de instalação,
exclusiva ao programa de rádio apresentado por Sandro, no deduzindo-se desse montante metade do valor,
domingo seguinte. Em contrapartida, caberia a Sandro efetuar devidamente corrigido, correspondente à cerca viva
o pagamento a Danilo de certa soma em dinheiro. Todavia, inicialmente instalada por ambos os vizinhos.
chegada a hora do programa, Reinaldo não compareceu à
rádio. Dias depois, Danilo procurou Sandro, a fim de cobrar a 16
quantia contratualmente prevista, ao argumento de que, Em relação aos alimentos, assinale a alternativa correta.
embora não tenha obtido êxito, envidara todos os esforços no (A) Eles não servem apenas para garantir as necessidades
sentido de convencer o seu irmão a comparecer. básicas do alimentando, mas também para preservar a
A respeito da situação narrada, é correto afirmar que Sandro condição social de quem os pleiteia.
(A) não está obrigado a efetuar o pagamento a Danilo, pois (B) No atual Código Civil, o cônjuge eventualmente
a obrigação por este assumida é de resultado, sendo, declarado culpado pela separação não sofre qualquer
ainda, autorizado a Sandro obter ressarcimento por restrição em seu direito de pedir alimentos ao outro
perdas e danos de Danilo. cônjuge.
(B) não está obrigado a efetuar o pagamento a Danilo, por (C) A obrigação alimentar possui como característica
ser o contrato nulo, tendo em vista que Reinaldo não é básica ser irrenunciável, não poder ser restituída ou
parte contratante. compensável e ser intransmissível.
(C) está obrigado a efetuar o pagamento a Danilo, pois a (D) A possibilidade de os filhos maiores pedirem alimentos
obrigação por este assumida é de meio, restando a aos pais continua a existir após se atingir a maioridade,
Sandro o direito de cobrar perdas e danos diretamente em razão da continuação do poder familiar que esses
de Reinaldo. exercem sobre os filhos necessitados.
(D) está obrigado a efetuar o pagamento a Danilo, pois a
obrigação por este assumida é de meio, sendo
incabível a cobrança de perdas e danos de Reinaldo.

EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2010.3 – TIPO 1 – BRANCO


Página 5
17 20
João deverá entregar quatro cavalos da raça X ou quatro Em um processo que observa o rito comum ordinário, o juiz
éguas da raça X a José. O credor, no momento do profere decisão interlocutória contrária aos interesses do réu.
adimplemento da obrigação, exige a entrega de dois cavalos É certo que, se a decisão em questão não for rapidamente
da raça X e de duas éguas da raça X. apreciada e revertida, sofrerá a parte dano grave, de difícil ou
Nesse caso, é correto afirmar que as prestações impossível reparação. Assim sendo, o advogado do réu
(A) alternativas são inconciliáveis, havendo indivisibilidade prepara o recurso de agravo de instrumento, cuja petição de
quanto à escolha. interposição contém a exposição dos fundamentos de fato e
(B) alternativas são conciliáveis, havendo divisibilidade de direito, as razões do pedido de reforma da decisão
quanto à escolha. agravada, além do nome e endereço dos advogados que
(C) facultativas são inconciliáveis, quando a escolha atuam no processo. A petição está, ainda, instruída com todas
couber ao credor. as peças obrigatórias que irão formar o instrumento do
(D) facultativas são conciliáveis, quando a escolha couber agravo. Contudo, o agravante deixou de requerer a juntada,
ao credor. no prazo legal, aos autos do processo, de cópia da petição do
agravo de instrumento e do comprovante de sua interposição,
18 assim como a relação dos documentos que instruíram o
Sônia, maior e capaz, decide doar, por instrumento particular, recurso, fato que foi arguido e provado pelo agravado.
certa quantia em dinheiro em favor se seu sobrinho, Com base no relatado acima, assinale a alternativa correta a
Fernando, maior e capaz, caso ele venha a se casar com Leila. respeito da consequência processual decorrente.
Sônia faz constar, ainda, cláusula de irrevogabilidade da (A) Haverá prosseguimento normal do recurso, pois tal
doação por eventual ingratidão de seu sobrinho. Fernando, juntada caracteriza mera faculdade do agravante.
por sua vez, aceita formalmente a doação e, poucos meses (B) Não será admitido o agravo de instrumento.
depois, casa-se com Leila, conforme estipulado. No dia (C) O agravo de instrumento será julgado pelo tribunal,
seguinte ao casamento, ao procurar sua tia para receber a inviabilizando-se, apenas, o exercício do juízo de
quantia estabelecida, Fernando deflagra uma discussão com retratação pelo magistrado.
Sônia e lhe dirige grave ofensa física. (D) Estará caracterizada a litigância de má-fé, por força de
A respeito da situação narrada, é correto afirmar que prática de ato processual manifestamente protelatório,
Fernando devendo a parte agravante ser sancionada, e o feito,
(A) não deve receber a quantia em dinheiro, tendo em extinto sem resolução do mérito.
vista que a doação é nula, pois deveria ter sido
realizada por escritura pública.
(B) deve receber a quantia em dinheiro, em razão de o
21
O mandado de segurança é um importante instrumento de
instrumento de doação prever cláusula de
proteção a direitos líquidos e certos, individuais ou coletivos,
irrevogabilidade por eventual ingratidão.
que não estejam amparados por habeas corpus ou habeas
(C) não deve receber a quantia em dinheiro, pois dirigiu
data, sempre que, ilegalmente ou com abuso de poder,
grave ofensa física à sua tia Sônia.
qualquer pessoa física ou jurídica sofrer violação ou tiver justo
(D) deve receber a quantia em dinheiro, em razão de ter se
receio de sofrê-la por parte de autoridade.
casado com Leila e independentemente de ter dirigido
Acerca do mandado de segurança coletivo, é correto afirmar
grave ofensa física a Sônia.
que
19 (A) pode ser impetrado em defesa de direitos líquidos e
A ação popular é um importante instrumento para a certos que pertençam a apenas parte dos membros de
promoção da tutela coletiva de direitos. uma categoria ou associação, substituídos pelo
Acerca da coisa julgada formada pelas sentenças de mérito impetrante.
proferidas em tais ações, é correto afirmar que (B) a sentença de procedência produz efeitos erga omnes,
(A) só se forma coisa julgada em ações populares julgadas não limitando seus efeitos aos membros da categoria
procedentes, após a aplicação do duplo grau de substituídos pelo impetrante.
jurisdição, medida que tem por objetivo preservar os (C) não induz litispendência para as ações individuais, de
interesses da Fazenda Pública eventualmente forma que os efeitos da coisa julgada beneficiam o
condenada. impetrante individual, ainda que não requeira a
(B) a produção de efeitos erga omnes não ocorre se o desistência de seu mandado de segurança.
pedido for julgado improcedente por insuficiência de (D) a interposição de embargos infringentes é admitida
provas. para fins de exercício da ampla defesa.
(C) produz efeitos erga omnes, exclusivamente nos casos
de procedência meritória, ficando seus efeitos, em
todos os casos de improcedência, limitados às partes
do processo.
(D) produz, como regra, efeitos inter partes, cabendo aos
interessados em se beneficiarem de eventual
procedência na ação requererem sua habilitação até a
prolação da sentença.

EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2010.3 – TIPO 1 – BRANCO


Página 6
22 24
Na ação proposta por Jofre em face de Catarina, em trâmite A inspeção judicial está prevista no Código de Processo Civil
sob o rito comum ordinário, devidamente citada, a ré oferece como uma das modalidades de produção de provas no
contestação e reconvenção. Em preliminar de contestação, processo de conhecimento.
Catarina informa a existência de causa que poderá produzir a A respeito de tal medida, assinale a alternativa correta.
extinção do processo sem resolução do mérito. (A) A inspeção judicial poderá ser realizada em qualquer
Intimado o recovindo para se manifestar, ele deverá fase do processo a fim de esclarecer fato que interesse
(A) apresentar contestação à reconvenção no prazo de 15 à decisão da causa, mas o juiz somente poderá agir a
dias, visto que a extinção da ação proposta por Jofre requerimento da parte.
não obsta o prosseguimento da reconvenção aforada (B) A inspeção judicial de coisa será realizada quando não
por Catarina. puder ser apresentada em juízo sem consideráveis
(B) aguardar a manifestação do juiz, já que, se a alegada despesas ou graves dificuldades, não se admitindo,
causa de extinção assim for reconhecida, a portanto, a inspeção de pessoas.
reconvenção obrigatoriamente será extinta sem (C) O juiz poderá ser assistido de um ou de mais peritos
resolução do mérito em razão da conexão entre essa e quando realizar a inspeção direta, assim como as
a ação principal. partes podem assistir ao ato, prestar esclarecimentos e
(C) peticionar ao juiz da causa alegando inexistência de fazer observações que reputem de interesse para a
citação do reconvindo, requerendo que ela seja causa.
regularizada para que possa responder à reconvenção. (D) O auto circunstanciado que será lavrado tão logo seja
(D) requerer a extinção da reconvenção, visto ser medida concluída a inspeção judicial terá valor de prova e, por
incompatível com o rito processual ordinário, que, por isso, a inspeção somente poderá ser realizada na fase
sua própria natureza, destina-se às ações dúplices, probatória do processo cognitivo.
alegando ainda que Catarina deveria ter formulado
pedido contraposto. 25
A sentença liminar, acrescida à legislação processual civil por
23 meio da Lei 11.277/06, assegura ao juiz a possibilidade de
O Código de Processo Civil regulamenta como se dará a dispensar a citação e proferir desde logo sentença, nas
atuação das partes e dos procuradores em juízo. Além de hipóteses em que o juízo já tenha proferido sentença de total
dispor sobre a capacidade processual e dos deveres de cada improcedência em casos idênticos.
um, disciplina sobre a constituição de representante Considerando tal instituto jurídico, assinale a alternativa
processual e substituição das partes e dos procuradores. correta.
A respeito dessa temática, assinale a alternativa correta. (A) Será facultado ao autor agravar da sentença, caso em
(A) Ao advogado é admitido procurar em juízo sem que o réu será intimado para oferecer contrarrazões.
instrumento de mandato a fim de praticar atos (B) Interposto o recurso de apelação contra a sentença
reputados urgentes. Mas, para tanto, deverá prestar liminar, o juiz poderá exercer juízo de retratação no
caução e exibir o instrumento de mandato no prazo prazo de cinco dias.
improrrogável de quinze dias. (C) É cabível a sentença liminar quando a matéria
(B) O instituto da sucessão processual ocorrerá quando controvertida for de fato e de direito e guardar
houver a morte de qualquer das partes, que será identidade com outros casos anteriormente julgados
substituída pelo espólio ou por seus sucessores, pelo juízo.
suspendendo-se o processo e sendo defesa a prática (D) Proferida sentença liminar, o réu somente será citado a
de atos processuais, salvo atos urgentes a fim de evitar responder à ação em caso de provimento de eventual
dano irreparável. recurso.
(C) O advogado poderá a qualquer tempo renunciar ao
mandato, devendo, entretanto, assistir o mandante 26
nos dez dias subsequentes a fim de lhe evitar prejuízo, Nos autos de ação indenizatória ajuizada por Alfredo em face
salvo na hipótese de ter comprovado que cientificou o de Thales, é prolatada sentença de procedência do pleito
mandante para que nomeasse substituto. autoral, condenando o réu ao pagamento de determinada
(D) Caso o advogado deixe de declarar na petição inicial o quantia em dinheiro. Ainda na pendência do julgamento da
endereço em que receberá intimação, poderá fazê-lo apelação interposta contra a sentença, Alfredo constata que
até a fase de saneamento, mas as intimações somente Thales está adotando uma série de providências destinadas a
informarão o nome do advogado quando tal dado alienar todos os seus bens, o que poderá frustrar o
estiver regularizado. cumprimento da sentença, caso esta seja confirmada pelo
tribunal.
A medida cautelar específica que deverá ser requerida por
Alfredo é o(a)
(A) justificação.
(B) sequestro.
(C) arresto.
(D) produção antecipada de provas.

EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2010.3 – TIPO 1 – BRANCO


Página 7
27 30
Ronaldo passeava com seu carro novo, na cidade onde reside, A respeito da disciplina constitucional da Administração
quando bateu em um buraco deixado pela Prefeitura. O Pública, é correto afirmar que
prejuízo ficou em R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais), e (A) as funções de confiança e os cargos em comissão se
ele pretende ser ressarcido. destinam apenas às atribuições de direção, chefia e
Com base no problema apresentado, assinale a alternativa assessoramento.
correta. (B) os atos de improbidade administrativa importarão a
(A) Ronaldo pode escolher entre propor a ação no Juizado cassação de direitos políticos, a perda da função
Especial da Fazenda Pública ou uma Vara da Fazenda pública, a indisponibilidade de bens e o ressarcimento
Pública, ambos existentes na comarca onde reside e ao erário, na forma e gradação previstas em lei, sem
ocorreu o evento. prejuízo da ação penal cabível.
(B) Após o trânsito em julgado da sentença de procedência (C) a vinculação de espécies remuneratórias no serviço
do pedido, Ronaldo deverá inscrever seu título para público é vedada, mas admite-se a equiparação salarial
pagamento na forma de precatório. entre carreiras públicas.
(C) Eventual sentença de procedência proferida em (D) o direito de greve é assegurado ao servidor público
primeira instância será submetida ao reexame civil, devendo ser exercido nos termos e nos limites
necessário, pois sucumbente a Fazenda Pública. definidos em lei complementar.
(D) O Município não gozará de prazo em dobro para
recorrer na demanda proposta por Ronaldo. 31
A Constituição da República de 1988 reclama lei
28 complementar para dispor sobre
O Governador de um Estado membro da Federação pretende (A) o estatuto jurídico das empresas públicas e sociedades
se insurgir contra lei de seu Estado editada em 1984 que de economia mista.
vincula a remuneração de servidores públicos estaduais ao (B) as formas de participação do usuário na administração
salário mínimo. Os fundamentos de índole material a serem pública.
invocados são a ofensa ao princípio federativo e a vedação (C) finanças públicas.
constitucional de vinculação do salário mínimo para qualquer (D) contratação por tempo determinado na administração
fim. pública.
A ação constitucional a ser ajuizada pelo Governador do
Estado perante o Supremo Tribunal Federal, cuja decisão terá 32
eficácia contra todos e efeito vinculante relativamente aos Assinale a alternativa que contemple matéria para cuja
demais órgãos do Poder Público, é a(o) disciplina é vedada a edição de medida provisória.
(A) ação direta de inconstitucionalidade. (A) Instituição ou majoração de impostos.
(B) mandado de injunção. (B) Abertura de crédito extraordinário, ainda que para
(C) arguição de descumprimento de preceito fundamental. atendimento a despesas imprevisíveis e urgentes.
(D) mandado de segurança coletivo. (C) Normas gerais de licitações e contratos
administrativos.
29 (D) Partidos políticos e direito eleitoral.
O controle externo financeiro da União e das entidades da
administração federal direta e indireta é atribuição do 33
Congresso Nacional, que o exerce com o auxílio do Tribunal Leia com atenção a afirmação a seguir, que apresenta uma
de Contas da União. INCORREÇÃO.
É competência do Tribunal de Contas da União O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) tem competência, entre
(A) apreciar as contas prestadas anualmente pelo outras, para rever, de ofício ou mediante provocação, os
Presidente da República, mediante a emissão de processos disciplinares de juízes e membros de tribunais (se
parecer prévio, que só deixará de prevalecer por tiverem sido julgados há menos de um ano), zelar pela
decisão de dois terços dos membros do Congresso observância dos princípios que regem a administração pública
Nacional. e julgar os magistrados em caso de crime de abuso de
(B) sustar contratos administrativos em que seja autoridade.
identificado superfaturamento ou ilegalidade e Assinale a alternativa em que se indique o ERRO na afirmação
promover a respectiva ação visando ao ressarcimento acima.
do dano causado ao erário. (A) O CNJ, sendo órgão do Poder Judiciário, atua apenas
(C) aplicar aos responsáveis por ilegalidade de despesa ou mediante provocação, não podendo atuar de ofício.
irregularidade de contas multa sancionatória, em (B) Não cabe ao CNJ, órgão que integra o Poder Judiciário,
decisão dotada de eficácia de título executivo judicial. zelar por princípios relativos à Administração Pública.
(D) fiscalizar a aplicação de quaisquer recursos repassados (C) O CNJ não pode julgar magistrados por crime de abuso
pela União, mediante convênio, ajuste ou outros de autoridade.
instrumentos congêneres, a Estado, ao Distrito Federal (D) O CNJ pode rever processos disciplinares de juízes
ou a Município. julgados a qualquer tempo.

EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2010.3 – TIPO 1 – BRANCO


Página 8
34 38
Projeto de lei estadual de iniciativa parlamentar concede “É a operação que consiste na tomada de uma posição no
aumento de remuneração a servidores públicos estaduais da mercado futuro aproximadamente igual – mas em sentido
área da saúde e vem a ser convertido em lei após a sanção do contrário – àquela que se detém ou que se pretende vir a
Governador do Estado. tomar no mercado à vista. É uma forma de o investidor se
A referida lei é proteger contra os feitos da oscilação de preço.”
(A) compatível com a Constituição da República, desde O conceito acima, extraído do Vocabulário do Mercado de
que a Constituição do Estado-membro não reserve à Capitais, expedido pela Comissão Nacional de Bolsas de
Chefia do Poder Executivo a iniciativa de leis que Valores em 1990, corresponde a que tipo de contrato
disponham sobre aumento de remuneração de relacionado à compra e venda empresarial?
servidores públicos estaduais. (A) Hedging ou hedge.
(B) constitucional, em que pese o vício de iniciativa, pois a (B) Contrato estimatório.
sanção do Governador do Estado ao projeto de lei teve (C) Venda com reserva de domínio.
o condão de sanar o defeito de iniciativa. (D) Preempção.
(C) inconstitucional, uma vez que os projetos de lei de
iniciativa dos Deputados Estaduais não se submetem à 39
sanção do Governador do Estado, sob pena de ofensa à As Sociedades Anônimas têm uma pesada estrutura,
separação de poderes. necessitando, assim, de vários órgãos para atingir seu
(D) inconstitucional, uma vez que são de iniciativa privativa desiderato, cada um com sua função específica. Um desses
do Governador do Estado as leis que disponham sobre órgãos é a Diretoria, sendo seus diretores efetivamente os
aumento de remuneração de servidores públicos da administradores da companhia. Esses diretores possuem
administração direta e autárquica estadual. alguns deveres para com a sociedade empresarial e para com
o mercado.
35 Entre esses deveres encontra-se o desclosure, que é o dever
A Constituição garante a plena liberdade de associação para (A) que os diretores possuem de convocar os acionistas
fins lícitos, vedada a de caráter paramilitar (art. 5°, XVII). para deliberar sobre determinado assunto ou vários
A respeito desse direito fundamental, é correto afirmar que a assuntos que devem constar de uma pauta
criação de uma associação previamente escolhida.
(A) depende de autorização do poder público e pode ter (B) de fiscalizar os gastos da sociedade e se ela está
suas atividades suspensas por decisão administrativa. cumprindo o que está disposto no estatuto social.
(B) não depende de autorização do poder público, mas (C) que os administradores têm para com o mercado de
pode ter suas atividades suspensas por decisão informar todas as operações em que a companhia
administrativa. estiver envolvida e que possam influir na cotação das
(C) depende de autorização do poder público, mas só pode suas ações, das debêntures e dos valores mobiliários.
ter suas atividades suspensas por decisão judicial (D) que os administradores possuem de agir de forma
transitada em julgado. diligente, respeitando o estatuto social, de forma a não
(D) não depende de autorização do poder público, mas só causar prejuízos aos acionistas, podendo responder de
pode ter suas atividades suspensas por decisão judicial. forma pessoal com seu patrimônio caso violem esse
dever.
36
De acordo com a Constituição da República, são inalistáveis e 40
inelegíveis A sociedade empresária denominada KLM Fábrica de Móveis
(A) somente os analfabetos e os conscritos. Ltda. teve a sua falência decretada. No curso do processo,
(B) os estrangeiros, os analfabetos e os conscritos. restou apurado que a sociedade, pouco antes do ajuizamento
(C) somente os estrangeiros e os analfabetos. do requerimento que resultou na decretação de sua quebra,
(D) somente os estrangeiros e os conscritos. havia promovido a venda de seu estabelecimento,
independentemente do pagamento de todos os credores ao
37 tempo existentes, ou do consentimento destes, de modo
Um juiz federal proferiu uma sentença em processo relativo a expresso ou tácito, e sem que lhe restassem bens suficientes
crime político e outra sentença em processo movido por para solver o seu passivo.
Estado estrangeiro contra pessoa residente no Brasil. Os Diante desse quadro, é correto afirmar que a alienação é
recursos interpostos contra essas duas sentenças serão (A) revogável por iniciativa do administrador judicial.
julgados pelo (B) ineficaz em relação à massa falida.
(A) STF, no primeiro caso, e pelo TRF, no segundo caso. (C) nula de pleno direito.
(B) TRF em ambos os casos. (D) anulável por iniciativa do administrador judicial.
(C) STF, no primeiro caso, e pelo STJ, no segundo caso.
(D) TRF, no primeiro caso, e pelo STF, no segundo caso.

EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2010.3 – TIPO 1 – BRANCO


Página 9
41 43
Com relação à exclusão do sócio da sociedade por justa causa, Em relação aos Títulos de Crédito, é correto afirmar que,
assinale a alternativa correta. quando
(A) Como o sócio majoritário possui a maioria do capital (A) presente na letra de câmbio, a cláusula “não à ordem”
social, ele não poderá ser expulso em razão da vontade impede a circulação do crédito.
dos demais sócios, ainda que haja justo motivo para tal (B) insuficientes os fundos disponíveis, o portador de um
expulsão. cheque pode requerer a responsabilidade cambiária do
(B) A deliberação para exclusão do sócio majoritário não banco sacado pelo seu não pagamento.
remisso deve ocorrer por assembleia convocada (C) firmado em branco, o aval na nota promissória é
especificamente para tal fim, sendo a deliberação entendido como dado em favor do sacador.
comunicada ao sócio que se visa excluir, e este deverá, (D) não aceita a duplicata, o protesto do título é a
em 48 horas, deixar a sociedade, podendo após esse providência suficiente para o ajuizamento da ação de
prazo ser feita a devida alteração contratual. execução contra o sacado.
(C) Se for ajuizada ação para se efetivar a expulsão do
sócio, o juiz somente poderá verificar os aspectos 44
formais que levaram à exclusão, como, por exemplo, se Homero, advogado especializado em Direito Público, após
se respeitou o quórum necessário, não podendo longos anos, obtém sentença favorável contra a Fazenda
examinar o mérito do ato expulsório. Pública Estadual. Requer a execução especial e apresenta,
(D) A justa causa é a violação ou falta de cumprimento das após o decurso normal do processo, requerimento de
obrigações sociais, sendo que o sócio excluído não expedição de precatório, estabelecendo a separação do
perde o valor patrimonial de sua participação principal, direcionado ao seu cliente, dos honorários de
societária. sucumbência e postulando o desconto no principal de vinte
por cento a título de honorários contratuais, cujo contrato
42 anexa aos autos. O pedido é deferido pelo Juiz, mas há
A Lei das Sociedades por Ações estabelece responsabilidades recurso do Ministério Público, que não concorda com tal
para os administradores, membros do Conselho Fiscal e para desconto. De acordo com as normas estatutárias aplicáveis, é
o acionista controlador. A violação a tais deveres pode causar correto afirmar que
responsabilidade civil, administrativa e penal. (A) os honorários devidos no processo judicial se resumem
Em relação aos deveres e responsabilidades dos aos sucumbenciais, vedado o desconto de quaisquer
administradores, conselheiros e acionistas, assinale a outros valores a esse título.
alternativa correta. (B) os honorários advocatícios, que gozam de autonomia,
(A) O acionista controlador é sempre o acionista quer sucumbenciais, quer contratuais, devem ser
majoritário, ou seja, aquele com maior número de cobrados em via própria diretamente ao cliente.
ações da companhia, devendo usar seu poder de (C) é possível o pagamento de honorários advocatícios
controle para fazer, a qualquer custo, com que a contratuais no processo em que houve condenação,
companhia tenha uma maior margem de lucro. havendo precatório, desde que o contrato seja escrito.
(B) Somente nas companhias fechadas é que todos os (D) seja o contrato escrito ou verbal, pode o advogado
administradores são responsáveis pelos prejuízos que requerer o pagamento dos seus honorários contratuais
causarem pelo não cumprimento dos deveres impostos mediante desconto no valor da condenação.
pela lei para assegurar o funcionamento normal da
companhia, ainda que, de acordo com o estatuto, tais 45
deveres não sejam de competência de todos eles. Tertúlio, advogado, testemunha a ocorrência de um acidente
(C) A única obrigação do acionista é a integralização de de trânsito sem vítimas, envolvendo quatro veículos
suas ações, não tendo qualquer outra responsabilidade automotores. Seus dados e sua qualificação profissional
para com a companhia. constam nos registros do evento. Posteriormente, em ação de
(D) Para que os administradores sejam responsabilizados responsabilidade civil, o advogado Tertúlio é arrolado como
pela prática de seus atos, há necessidade de se testemunha por uma das partes. No dia designado para o seu
causarem prejuízos efetivos à companhia, e apenas se depoimento, alega que estaria impossibilitado de realizar o
seus atos forem comissivos. ato porque uma das pessoas envolvidas poderia contratá-lo
como profissional, embora, naquele momento, nenhuma
delas tivesse manifestado qualquer intenção nesse sentido. A
respeito do tema, é correto dizer que
(A) o advogado é suspeito para prestar depoimento no
caso em tela.
(B) a possibilidade decorre da ausência de efetiva atuação
profissional.
(C) o depoimento do advogado, no caso, é facultativo.
(D) somente poderia prestar depoimento após a
intervenção de todas as partes no processo.

EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2010.3 – TIPO 1 – BRANCO


Página 10
46 49
O magistrado Mévio, de larga experiência forense, buscando O advogado Ademar é surpreendido por mandado de busca e
organizar o serviço do seu cartório, edita Portaria apreensão dos documentos guardados no seu escritório, de
disciplinando o horário de atendimento das partes e dos forma indiscriminada. Após pesquisa, verifica que existe
advogados não coincidente com o horário forense. Os processo investigando um dos seus clientes e a ele mesmo.
processos passam a ser distribuídos, por numeração, com a Apesar disso, os documentos de toda a sua clientela foram
responsabilização individual de determinados servidores. apreendidos.
Estabeleceu-se que os autos de final 0 a 3 teriam atendimento Diante do narrado, é correto afirmar que
ao público, aí incluídos advogados, das 11h às 13h, e daí (A) a prática é correta, em função de a investigação atingir
sucessivamente. Com tal organização, obteve o cumprimento o advogado.
de todas as metas estabelecidas pela Corregedoria do (B) a inviolabilidade do escritório de advocacia é absoluta.
Tribunal. À luz da legislação estatutária, assinale a alternativa (C) a proteção ao escritório do advogado não se inclui na
correta quanto a essa atitude. hipótese versada.
(A) O ato normativo do magistrado colide frontalmente (D) houve excesso na apreensão de todos os documentos
com o direito dos advogados de serem atendidos a da clientela do advogado.
qualquer momento pelo Magistrado e servidores
públicos. 50
(B) A Administração dos órgãos do Poder Judiciário é Terência, jovem advogada, conhecida pela energia com que
autônoma, podendo ocorrer ato do magistrado defende os seus clientes, obtém sucesso em ação
impondo restrições ao advogado. indenizatória, com proveito econômico correspondente a
(C) O princípio da eficiência sobrepõe-se aos interesses R$ 3.000.000,00 (três milhões de reais). Buscando adequação
das partes e dos advogados, seguindo moderna dos seus honorários, marca reunião com seu cliente, e este
tendência da Administração Pública. exige detalhada prestação de contas, o que é negado pela
(D) As metas de produção determinadas pelos órgãos de advogada. Nesse momento, há amplo desentendimento. O
controle do Poder Judiciário justificam a restrição dos valor da indenização fora levantado pela advogada e
direitos dos advogados de acesso aos autos e aos depositado em caderneta de poupança, no aguardo do
agentes públicos. desfecho da discussão sobre os valores que deveriam ser
repassados. Terência não apresentou as contas ao cliente
47 nem direta, nem judicialmente.
Xisto, advogado, é convidado a ocupar o prestigiado cargo de Analisando-se a solução para o caso concreto acima, é correto
Procurador-Geral de um município, cargo de confiança do afirmar que
Prefeito Municipal passível de exoneração ad nutum. O cargo (A) a prestação de contas é um dos deveres do advogado.
é privativo de advogado. No entanto, ao assumir o referido (B) enquanto o cliente não apresentar postulação judicial,
cargo, ocorrerá o (a) a prestação de contas é inexigível.
(A) cancelamento da sua inscrição. (C) o advogado, exercendo mandato, não necessita prestar
(B) exercício limitado da advocacia. contas.
(C) suspensão do exercício da atividade advocatícia. (D) essa questão é dirimida pelo juiz da causa em que
(D) anotação de impedimento. ocorreu a condenação.

48 51
O advogado Caio resolve implementar mudanças Marcelo promove ação de procedimento ordinário em face de
administrativas no seu escritório, ao passar a compor o grupo Paus e Cupins Ltda. com o fito de compelir a ré à prestação de
de profissionais escolhido para gerenciá-lo. Uma das determinado fato, diante de contrato anteriormente
atividades consiste na elaboração de um boletim de notícias estabelecido pelas partes e descumprido pela ré. Houve
comunicando aos clientes, parceiros e advogados, a mudança regular citação, com a apresentação de defesa, tendo o
na legislação e os julgamentos de maior repercussão. Para processo permanecido paralisado por oito anos por inércia
ampliar a divulgação, contrata jovens de ambos os sexos para das partes. Dez anos após a paralisação, o réu ingressa no
distribuição gratuita, nos cruzamentos das mais importantes processo requerendo a declaração de prescrição
capitais do País. Diante do narrado, é correto afirmar que intercorrente, que é declarada, não tendo havido recurso do
(A) se trata de publicidade moderada. autor. Após consultas processuais, o autor descobre a real
(B) o boletim de notícias é meio adequado de publicidade situação do processo e apresenta representação disciplinar à
quando o público-alvo são clientes do escritório. OAB contra o seu advogado. Nos termos da legislação
(C) a distribuição indiscriminada, se for gratuita, é estatutária e do Código de Ética, é correto afirmar que
permitida. (A) o advogado não pode ser sancionado pela demora do
(D) é admissível a distribuição do boletim mediante processo, mesmo que tenha sido inerte.
pagamento de anuidade. (B) está perfeitamente caracterizado o abandono da
causa.
(C) os atos referidos se esgotam no processo judicial.
(D) a inércia das partes não pode atingir os advogados,
como no enunciado.

EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2010.3 – TIPO 1 – BRANCO


Página 11
52 55
Heitor, advogado regularmente inscrito na OAB, é Ao concluir o curso de Engenharia, Arli, visando fazer uma
surpreendido com a notícia de que seu ex adverso havia sido brincadeira, inseriu, à caneta, em seu diploma, declaração
suspenso em processo disciplinar regular, mas que não havia falsa sobre fato juridicamente relevante.
devolvido os documentos oficiais nem comunicado a punição A respeito desse ato, é correto afirmar que Arli
ao juiz dirigente do processo. (A) praticou crime de falsificação de documento público.
Em relação à atuação de profissional suspenso das atividades, (B) praticou crime de falsidade ideológica.
à luz do Estatuto, é correto afirmar que (C) praticou crime de falsa identidade.
(A) caracteriza infração disciplinar. (D) não praticou crime algum.
(B) constitui mera irregularidade.
(C) viola o sigilo profissional. 56
(D) gera a exclusão da OAB. Guiando o seu automóvel na contramão de direção, em
outubro de 2010, Tício é perseguido por uma viatura da
53 polícia militar. Após ser parado pelos agentes da lei, Tício
O advogado Rodrigo é surpreendido com notificação do realiza, espontaneamente, o exame do etilômetro e fornece
Conselho de Ética da OAB para esclarecer determinados fatos aos militares sua habilitação e o documento do automóvel.
que foram comunicados ao órgão mediante denúncia No exame do etilômetro, fica constatado que Tício
anônima. Apresenta sua defesa e, desde logo, postula a apresentava concentração de álcool muito superior ao
extinção do processo, que não poderia ser instaurado por ter patamar previsto na legislação de trânsito. Além disso, os
sido a denúncia anônima. policiais constatam que o motorista estava com a habilitação
Em tal hipótese, à luz das normas do Código de Ética, é vencida desde maio de 2009.
correto afirmar que Com relação ao relatado acima, é correto afirmar que o
(A) se admite a instauração do processo disciplinar por promotor de justiça deverá denunciar Tício
denúncia anônima. (A) pela prática dos crimes de embriaguez ao volante e
(B) não pode ocorrer a instauração, de ofício, do processo direção sem habilitação
disciplinar. (B) apenas pelo crime de embriaguez ao volante, uma vez
(C) há necessidade de identificação do representante. que o fato de a habilitação estar vencida constitui mera
(D) é instaurado exclusivamente por representação do infração administrativa.
interessado. (C) apenas pelo crime de direção sem habilitação, uma vez
que o perigo gerado por tal conduta faz com que o
54 delito de embriaguez ao volante seja absorvido, em
Em 7 de fevereiro de 2010, Ana, utilizando-se do emprego de razão da aplicação do Princípio da Consunção.
grave ameaça, constrange seu amigo Lucas, bem-sucedido (D) apenas pelo crime de direção sem habilitação, pois o
advogado, a com ela praticar ato libidinoso diverso da delito de embriaguez ao volante só se configura
conjunção carnal. Em 7 de agosto de 2010, Lucas comparece à quando ocorre acidente de trânsito com vítima.
delegacia policial para noticiar o crime, tendo sido instaurado
inquérito a fim de apurar as circunstâncias do delito. 57
A esse respeito, é correto afirmar que o promotor de justiça Marcus, visando roubar Maria, a agride, causando-lhe lesões
(A) deverá oferecer denúncia contra Ana pela prática do corporais de natureza leve. Antes, contudo, de subtrair
crime de atentado violento ao pudor, haja vista que, qualquer pertence, Marcus decide abandonar a empreitada
por se tratar de crime hediondo, a ação penal é pública criminosa, pedindo desculpas à vítima e se evadindo do local.
incondicionada. Maria, então, comparece à delegacia mais próxima e narra os
(B) nada poderá fazer, haja vista que os crimes sexuais, fatos à autoridade policial.
que atingem bens jurídicos personalíssimos da vítima, No caso acima, o delegado de polícia
só são persequíveis mediante queixa-crime. (A) deverá instaurar inquérito policial para apurar o crime
(C) deverá pedir o arquivamento do inquérito por ausência de roubo tentado, uma vez que o resultado pretendido
de condição de procedibilidade para a instauração de por Marcus não se concretizou.
processo criminal, haja vista que a ação penal é pública (B) nada poderá fazer, uma vez que houve a desistência
condicionada à representação, não tendo a vítima se voluntária por parte de Marcus.
manifestado dentro do prazo legalmente previsto para (C) deverá lavrar termo circunstanciado pelo crime de
tanto. lesões corporais de natureza leve.
(D) deverá oferecer denúncia contra Ana pela prática do (D) nada poderá fazer, uma vez que houve
crime de estupro, haja vista que, com a alteração do arrependimento posterior por parte de Marcus.
Código Penal, passou-se a admitir que pessoa do sexo
masculino seja vítima de tal delito, sendo a ação penal
pública incondicionada.

EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2010.3 – TIPO 1 – BRANCO


Página 12
58 61
Tomás decide matar seu pai, Joaquim. Sabendo da intenção A tortura, conduta expressamente proibida pela Constituição
de Tomás de executar o genitor, Pedro oferece, Federal e lei específica,
graciosamente, carona ao agente até o local em que ocorre o (A) pode ser praticada por meio de uma conduta comissiva
crime. (positiva, por via de uma ação) ou omissiva (negativa,
A esse respeito, é correto afirmar que Pedro é por via de uma abstenção).
(A) coautor do delito, respondendo por homicídio (B) é crime inafiançável, imprescritível e insuscetível de
agravado por haver sido praticado contra ascendente. graça ou anistia.
(B) partícipe do delito, respondendo por homicídio (C) exige, na sua configuração, que o autor provoque
agravado por haver sido praticado contra ascendente. lesões corporais na vítima ao lhe proporcionar
(C) coautor do delito, respondendo por homicídio sem a sofrimento físico com o emprego de violência.
incidência da agravante. (D) se reconhecida, não implicará aumento de pena, caso
(D) partícipe do delito, respondendo por homicídio sem a seja cometida por agente público.
incidência da agravante.
62
59 Com relação às modalidades de prisão, assinale a alternativa
Pedro, não observando seu dever objetivo de cuidado na correta.
condução de uma bicicleta, choca-se com um telefone público (A) A prisão em flagrante delito somente poderá ser
e o destrói totalmente. realizada dentro do período de vinte e quatro horas,
Nesse caso, é correto afirmar que Pedro contadas do momento em que se inicia a execução do
(A) deverá ser responsabilizado pelo crime de dano crime.
simples, somente. (B) A prisão temporária poderá ser decretada a qualquer
(B) deverá ser responsabilizado pelo crime de dano tempo, desde que se mostre imprescindível para a
qualificado, somente. produção da prova.
(C) deverá ser responsabilizado pelo crime de dano (C) A prisão preventiva poderá ser decretada durante o
qualificado, sem prejuízo da obrigação de reparar o inquérito policial.
dano causado. (D) Em caso de descumprimento de medida protetiva
(D) não será responsabilizado penalmente. prevista na Lei 11.340/06, o juiz não poderá decretar a
prisão preventiva do acusado.
60
Joaquim, desejoso de tirar a vida da própria mãe, acaba 63
causando a morte de uma tia (por confundi-la com aquela). Ao proferir sentença, o magistrado, reputando irrelevantes os
Tendo como referência a situação acima, é correto afirmar argumentos desenvolvidos pela defesa, deixa de apreciá-los,
que Joaquim incorre em erro vindo a condenar o acusado.
(A) de tipo essencial escusável – inevitável – e deverá Com base no caso acima, assinale a alternativa correta.
responder pelo crime de homicídio sem a incidência da (A) Como é causa de nulidade da sentença, a falta de
agravante relativa ao crime praticado contra fundamentação deve ser arguida inicialmente por meio
ascendente (haja vista que a vítima, de fato, não era a de embargos de declaração, que, se não forem
sua genitora). opostos, gerarão a preclusão da alegação, pois a
(B) de tipo acidental na modalidade error in persona e nulidade decorrente da falta de fundamentação do
deverá responder pelo crime de homicídio com a decreto condenatório importa em nulidade relativa.
incidência da agravante relativa ao crime praticado (B) Como é causa de nulidade absoluta da sentença, a falta
contra ascendente (mesmo que a vítima não seja, de de fundamentação não precisa ser arguida por meio de
fato, a sua genitora). embargos de declaração, devendo necessariamente,
(C) de proibição e deverá responder pelo crime de no entanto, ser sustentada no recurso de apelação
homicídio qualificado pelo fato de ter objetivado para poder ser conhecida pelo Tribunal.
atingir ascendente (preserva-se o dolo, independente (C) Como é causa de nulidade absoluta da sentença, a falta
da identidade da vítima). de fundamentação não precisa ser arguida nem por
(D) de tipo essencial inescusável – evitável –, mas não meio de embargos de declaração, nem no recurso de
deverá responder pelo crime de homicídio qualificado, apelação, podendo ser conhecida de ofício pelo
uma vez que a pessoa atingida não era a sua Tribunal.
ascendente. (D) Como reputou irrelevantes as alegações feitas pela
defesa, o magistrado não precisava tê-las apreciado na
sentença proferida, não havendo qualquer nulidade
processual, pois não há nulidade sem prejuízo.

EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2010.3 – TIPO 1 – BRANCO


Página 13
64 66
Em relação aos procedimentos previstos atualmente no Tendo como referência a competência ratione personae,
Código de Processo Penal, assinale a alternativa correta. assinale a alternativa correta.
(A) No rito ordinário, oferecida a denúncia, se o juiz não a (A) Caio, vereador de um determinado município, pratica
rejeitar liminarmente, recebê-la-á e designará dia e um crime comum previsto na parte especial do Código
hora para a realização do interrogatório, ocasião em Penal. Será, pois, julgado no Tribunal de Justiça do
que o acusado deverá estar assistido por defensor. Estado onde exerce suas funções, uma vez que goza do
(B) No rito sumário, oferecida a denúncia, se o juiz não a foro por prerrogativa de função.
rejeitar liminarmente, recebê-la-á e designará dia e (B) Tício, juiz estadual, pratica um crime eleitoral. Por ter
hora para a realização do interrogatório, ocasião em foro por prerrogativa de função, será julgado no
que o acusado deverá estar assistido por defensor. Tribunal de Justiça do Estado onde exerce suas
(C) No rito ordinário, oferecida a denúncia, se o juiz não a atividades.
rejeitar liminarmente, recebê-la-á e ordenará a citação (C) Mévio é governador do Distrito Federal e pratica um
do acusado para responder à acusação, por escrito, no crime comum. Por uma questão de competência
prazo de 15 (quinze) dias. originária decorrente da prerrogativa de função, será
(D) No rito sumário, oferecida a denúncia, se o juiz não a julgado pelo Superior Tribunal de Justiça.
rejeitar liminarmente, recebê-la-á e ordenará a citação (D) Terêncio é prefeito e pratica um crime comum,
do acusado para responder à acusação, por escrito, no devendo ser julgado pelo Tribunal de Justiça do
prazo de 10 (dez) dias. respectivo Estado. Segundo entendimento do STF, a
situação não se alteraria se o crime praticado por
65 Terêncio fosse um crime eleitoral.
José é denunciado sob a acusação de que teria praticado o
crime de roubo simples contra Ana Maria. Na audiência de 67
instrução e julgamento, o magistrado indefere, Como se sabe, a prisão processual (provisória ou cautelar) é a
imotivadamente, que sejam ouvidas duas testemunhas de decretada antes do trânsito em julgado de sentença penal
defesa. Ao proferir sentença, o juiz condena José a pena de condenatória, nas hipóteses previstas em lei.
quatro anos de reclusão, a ser cumprida em regime aberto. A respeito de tal modalidade de prisão, é correto afirmar que
Após a sentença passar em julgado para a acusação, a defesa (A) em nosso ordenamento jurídico, a prisão processual
interpõe recurso de apelação, arguindo, preliminarmente, a contempla as seguintes modalidades: prisão em
nulidade do processo em razão do indeferimento imotivado flagrante, preventiva, temporária, por pronúncia e em
de se ouvirem duas testemunhas, e alegando, no mérito, a virtude de sentença condenatória recorrível.
improcedência da acusação. Analisando o caso, o Tribunal de (B) a prisão temporária tem como pressupostos a
Justiça dá provimento ao recurso e declara nulo o processo existência de indícios de autoria e prova da
desde a Audiência de Instrução e Julgamento. Realizado o ato materialidade, e como fundamentos a necessidade de
e apresentadas novas alegações finais por meio de memoriais, garantia da ordem pública, a conveniência da instrução
o juiz profere outra sentença, desta vez condenando José a criminal, a necessidade de garantir a futura aplicação
pena de quatro anos de reclusão a ser cumprida em regime da lei penal e a garantia da ordem pública.
inicialmente semiaberto, pois, sendo reincidente, não poderia (C) o prazo de duração da prisão temporária é de cinco
iniciar o cumprimento de sua reprimenda em regime aberto. dias, prorrogável por mais cinco em caso de extrema e
Com base no relatado acima, é correto afirmar que o juiz agiu comprovada necessidade. Em se tratando, todavia, de
(A) equivocadamente, pois a primeira sentença transitou crime hediondo, a prisão temporária poderá ser
em julgado para a acusação, de sorte que não poderia decretada pelo prazo de trinta dias, prorrogável por
a segunda decisão trazer consequência mais gravosa igual período.
para o réu em razão da interposição de recurso (D) são requisitos da prisão preventiva a sua
exclusivo da defesa. imprescindibilidade para as investigações do inquérito
(B) equivocadamente, pois, por ser praticado com policial e o fato de o indiciado não ter residência fixa
violência ou grave ameaça contra a pessoa, o crime de ou não fornecer elementos necessários ao
roubo impõe o início do cumprimento da pena em esclarecimento de sua identidade.
regime fechado.
(C) corretamente, pois a pena atribuída proíbe a
imposição do regimento aberto para o início do
cumprimento de pena.
(D) corretamente, pois, embora a pena atribuída permita a
fixação do regime aberto para o início do cumprimento
de pena, o fato de ser o réu reincidente impede tal
providência, não se podendo falar em prejuízo para o
réu uma vez que o recurso de apelação da defesa foi
provido pelo Tribunal de Justiça.

EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2010.3 – TIPO 1 – BRANCO


Página 14
68 70
Assinale a alternativa correta à luz da doutrina referente ao Em se tratando de salário e remuneração, é correto afirmar
Tribunal do Júri. que
(A) São princípios que informam o Tribunal do Júri: a (A) o salário-maternidade tem natureza salarial.
plenitude de defesa, o sigilo das votações, a soberania (B) as gorjetas integram a base de cálculo do aviso prévio,
dos veredictos e a competência exclusiva para das horas extraordinárias, do adicional noturno e do
julgamento dos crimes dolosos contra a vida. repouso semanal remunerado.
(B) A natureza jurídica da sentença de pronúncia (em que (C) o plano de saúde fornecido pelo empregador ao
o magistrado se convence da existência material do empregado, em razão de seu caráter contraprestativo,
fato criminoso e de indícios suficientes de autoria) é de consiste em salário in natura.
decisão interlocutória mista não terminativa. (D) a parcela de participação nos lucros ou resultados,
(C) O rito das ações de competência do Tribunal do Júri se habitualmente paga, não integra a remuneração do
desenvolve em duas fases: judicium causae e judicium empregado.
accusacionis. O judicium accusacionis se inicia com a
intimação das partes para indicação das provas que 71
pretendem produzir e tem fim com o trânsito em Com relação às estabilidades e às garantias provisórias de
julgado da decisão do Tribunal do Júri. emprego, é correto afirmar que
(D) Alcançada a etapa decisória do sumário da culpa, o juiz (A) o servidor público celetista da administração direta,
poderá exarar quatro espécies de decisão, a saber: autárquica ou fundacional não é beneficiário da
pronúncia, impronúncia, absolvição sumária e estabilidade prevista na Constituição da República de
condenação. 1988, que se restringe ao ocupante de cargo de
provimento efetivo em virtude de concurso público.
69 (B) a empregada gestante tem direito à estabilidade
Paulo possuía uma casa de campo, situada em região rural da provisória na hipótese de admissão mediante contrato
cidade de Muzambinho – MG, onde costumava passar todos de experiência, uma vez que se visa à proteção do
os finais de semana e as férias com a sua família. Contratou instituto da maternidade.
Francisco para cuidar de algumas cabeças de gado destinadas (C) os membros do Conselho Curador do FGTS
à venda de carne e de leite ao mercado local. Francisco representantes dos trabalhadores, efetivos e
trabalhava com pessoalidade e subordinação, de segunda a suplentes, têm direito à estabilidade no emprego, da
sábado, das 11h às 21h, recebendo um salário mínimo nomeação até um ano após o término do mandato de
mensal. Dispensado sem justa causa, ajuizou reclamação representação, somente podendo ser dispensados por
trabalhista em face de Paulo, postulando o pagamento de motivo de falta grave, regularmente comprovada por
horas extraordinárias, de adicional noturno e dos respectivos processo sindical.
reflexos nas verbas decorrentes da execução e da ruptura do (D) o registro da candidatura do empregado a cargo de
contrato de trabalho. Aduziu, ainda, que não era observada dirigente sindical durante o período de aviso prévio
pelo empregador a redução da hora noturna. não obsta a estabilidade sindical, porque ainda vigente
Diante dessa situação hipotética e considerando que as o contrato de trabalho.
verbas postuladas não foram efetivamente pagas pelo
empregador, assinale a alternativa correta. 72
(A) Francisco tem direito ao pagamento de horas Relativamente à alteração do contrato de trabalho, é correto
extraordinárias e de adicional noturno, não lhe afirmar que
assistindo o direito à redução da hora noturna. (A) é considerada alteração unilateral vedada em lei a
(B) Francisco tem direito ao pagamento de horas determinação ao empregador para que o empregado
extraordinárias, mas não lhe assiste o direito ao com mais de dez anos na função reverta ao cargo
pagamento de adicional noturno, já que não houve efetivo.
prestação de serviços entre as 22h de um dia e as 5h (B) o empregador pode, sem a anuência do empregado
do dia seguinte. exercente de cargo de confiança, transferi-lo, com
(C) Francisco não tem direito ao pagamento de horas mudança de domicílio, para localidade diversa da que
extraordinárias e de adicional noturno, por se tratar de resultar do contrato, independentemente de real
empregado doméstico. necessidade do serviço.
(D) A redução da hora noturna deveria ter sido observada (C) o empregador pode, sem a anuência do empregado
pelo empregador. cujo contrato tenha como condição, implícita ou
explícita, transferi-lo, com mudança de domicílio, para
localidade diversa da que resultar do contrato, no caso
de real necessidade do serviço.
(D) o adicional de 25% é devido nas transferências
provisórias e definitivas.

EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2010.3 – TIPO 1 – BRANCO


Página 15
73 75
João da Silva decidiu ampliar o seu consultório médico e, para Uma Fundação Municipal de Direito Público decidiu
isso, contratou o serviço do empreiteiro Vivaldo Fortuna. implementar uma reestruturação administrativa, a fim de
Ambos ajustaram o valor de R$ 5.000,00, cujo pagamento produzir melhores resultados, com proveito para a sociedade
seria feito da seguinte maneira: metade de imediato e a outra como um todo, prestigiando a sua função social e o princípio
metade quando do encerramento do serviço. Logo no início da eficiência. Para tanto, desenvolveu um Plano de Incentivo
dos trabalhos, Vivaldo contratou os serventes Reginaldo à Demissão Voluntária (PIDV), por meio do qual o empregado
Nonato e Simplício de Deus, prometendo-lhes o pagamento que aderisse receberia as verbas resilitórias, acrescidas de um
de um salário mínimo mensal. Ocorre que, passados três bônus de 80% sobre o seu valor. Ao ler atentamente os
meses, Reginaldo e Simplício nada receberam. Tentaram termos do PIDV, o empregado Josué de Souza constatou a
entrar em contato com Vivaldo, mas este tinha desaparecido. existência de uma cláusula em que se previa a expressa e
Por conta disso, abandonaram a obra e ajuizaram uma ação geral quitação das obrigações oriundas do contrato de
trabalhista em face de João da Silva, pleiteando os três meses trabalho, nada mais havendo a reclamar depois de efetuado o
de salários atrasados, além das verbas resilitórias decorrentes ajuste. Após refletir cuidadosamente sobre a questão, Josué
da rescisão indireta provocada por Vivaldo. resolveu aderir ao PIDV. Ocorre que, tão logo recebeu as
Diante desse caso concreto, é correto afirmar que João da verbas resilitórias e o bônus de 80%, Josué ajuizou uma ação
Silva trabalhista em face da Fundação, pleiteando o pagamento de
(A) deve ser condenado a pagar os salários atrasados e as horas extraordinárias e os reflexos delas decorrentes, sob o
verbas resilitórias decorrentes da rescisão indireta, argumento de que essas parcelas não foram englobadas
uma vez que é o sucessor trabalhista de Vivaldo expressamente pelo PIDV. Em defesa, o antigo empregador
Fortuna. reconheceu a existência de trabalho extraordinário, mas
(B) deve ser condenado a pagar apenas os salários afirmou que as querelas oriundas do contrato de emprego já
atrasados, mas não as verbas resilitórias, uma vez que haviam sido definitivamente solucionadas pelo PIDV.
não foi ele quem deu causa à rescisão indireta. Diante dessa situação concreta, é correto afirmar que o
(C) não deve ser condenado a pagar os salários atrasados pedido de pagamento de horas extraordinárias e reflexos
e as verbas resilitórias decorrentes da rescisão indireta, deve ser julgado
uma vez que a obra não foi devidamente encerrada. (A) procedente, uma vez que o PIDV efetua a quitação
(D) não deve ser condenado a pagar os salários atrasados exclusivamente das parcelas e valores dele constantes.
e as verbas resilitórias decorrentes da rescisão indireta, (B) improcedente, haja vista a cláusula de quitação geral
uma vez que é o dono da obra e não desenvolve prevista no PIDV.
atividade de construção ou incorporação. (C) improcedente, haja vista a natureza jurídica de
renúncia do PIDV.
74 (D) procedente, uma vez que Josué de Souza possui prazo
O empregado Vicente de Morais foi dispensado sem justa de cinco anos após o término do contrato para pleitear
causa. Sete dias depois, requereu a liberação do cumprimento tudo o que entender cabível.
do aviso prévio, pois já havia obtido um novo emprego. O
antigo empregador concordou com o seu pedido, exigindo 76
apenas que ele fosse feito por escrito, junto com a cópia da Em relação aos embargos de terceiro na execução por carta
sua CTPS registrada pelo novo empregador, o que foi precatória, é correto afirmar que
realizado por Vicente. (A) devem ser oferecidos no juízo deprecante, exceto
Diante dessa situação, o antigo empregador deverá quando se tratar de vício ou irregularidade de penhora,
(A) integrar o aviso prévio ao pagamento de todas as avaliação ou alienação dos bens, praticados pelo juízo
verbas rescisórias por ele devidas, uma vez que o aviso deprecado.
prévio é irrenunciável. (B) devem ser oferecidos no juízo deprecado, que possui
(B) deduzir o aviso prévio do pagamento de parte das competência por delegação para a execução em outra
verbas rescisórias devidas, uma vez que o empregado localidade.
renunciou livremente a esse direito, mas o aviso prévio (C) devem ser oferecidos no juízo deprecante, pois a carta
continuará incidindo sobre as parcelas de natureza precatória se presta apenas para que se pratiquem
salarial. atos em outra localidade, mantida a competência para
(C) deduzir o aviso prévio do pagamento de parte das atos decisórios no juízo principal da execução.
verbas rescisórias devidas, uma vez que o empregado (D) podem ser oferecidos no juízo deprecante ou
renunciou livremente a esse direito, mas o aviso prévio deprecado, sendo do juízo deprecante a competência
continuará incidindo sobre as parcelas de natureza para julgamento, exceto quando se tratar de vício ou
indenizatória. irregularidade de penhora, avaliação ou alienação dos
(D) pagar as verbas rescisórias, excluindo o valor bens, praticados pelo juízo deprecado.
equivalente ao dos dias remanescentes do aviso
prévio.

EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2010.3 – TIPO 1 – BRANCO


Página 16
77 79
Tício, gerente de operações da empresa Metalúrgica O sindicato representante de determinada categoria
Comercial, foi eleito dirigente sindical do Sindicato dos profissional ajuizou ação civil pública em face da Construtora
Metalúrgicos. Seis meses depois, juntamente com Mévio, Beta Ltda., postulando sua condenação na obrigação de se
empregado representante da CIPA (Comissão Interna para abster de coagir seus empregados a deixarem de se filiar ao
Prevenção de Acidentes) da empresa por parte dos respectivo ente sindical. A pretensão foi julgada procedente,
empregados, arquitetaram um plano para descobrir tendo transitado em julgado a decisão condenatória.
determinado segredo industrial do seu empregador e repassá- Diante dessa situação hipotética, assinale a alternativa
lo ao concorrente mediante pagamento de numerário correta.
considerável. Contudo, o plano foi descoberto antes da (A) Seria obrigatória a intervenção do Ministério Público
venda, e a empresa, agora, pretende dispensar ambos por do Trabalho como fiscal da lei nesse processo.
falta grave. (B) O ajuizamento dessa ação civil pública visou à tutela de
Você foi contratado como consultor jurídico para indicar a interesses ou direitos meramente individuais.
forma de fazê-lo. (C) A sentença fará coisa julgada às partes entre as quais é
O que deve ser feito? dada (inter partes), não beneficiando nem
(A) Ajuizamento de inquérito para apuração de falta grave prejudicando terceiros.
em face de Tício e Mévio, no prazo decadencial de 30 (D) A competência funcional para julgamento dessa ação
dias, caso tenha havido suspensão deles para apuração civil pública é do Tribunal Regional do Trabalho que
dos fatos. tenha jurisdição no local onde se situa a sede da
(B) Simples dispensa por falta grave para ambos os empresa.
empregados, pois o inquérito para apuração de falta
grave serve apenas para a dispensa do empregado 80
estável decenal. Contratado para trabalhar no Município de Boa-Fé pela
(C) Ajuizamento de inquérito para apuração de falta grave empresa X, Marcos da Silva, residente no Município de Última
em face de Tício, no prazo decadencial de 30 dias, caso Instância, estava obrigado a utilizar duas linhas de ônibus para
tenha havido suspensão dele para apuração dos fatos; e ir e para voltar do trabalho para casa, ao custo de R$ 16,00
e simples dispensa por justa causa em relação a Mévio, por dia. Em virtude dos gastos com as passagens, Marcos
independentemente de inquérito. requereu ao seu empregador que lhe fornecesse vale-
(D) Ajuizamento de inquérito para apuração de falta grave transporte, ao que lhe foi dito que seria providenciado.
em face de Tício, no prazo decadencial de 30 dias, Passados oito meses, Marcos foi dispensado sem justa causa,
contados do conluio entre os empregados; e simples recebendo as verbas resilitórias, sem qualquer menção ao
dispensa por justa causa em relação a Mévio, vale-transporte. Inconformado, Marcos ajuizou ação
independentemente de inquérito. trabalhista pleiteando o pagamento de vale-transporte, pois
nunca recebeu essa prestação. Em contestação, o
78 empregador alegou que Marcos nunca fez qualquer
Determinada turma do Tribunal Superior do Trabalho não requerimento nesse sentido, apesar de morador de outro
conheceu de recurso de revista interposto pela empresa Alfa município da região metropolitana.
Empreendimentos Ltda. em razão de a decisão recorrida Em face dessa situação concreta, assinale a alternativa correta
(proferida por Tribunal Regional do Trabalho em sede de relativa à distribuição do ônus da prova.
recurso ordinário, em dissídio individual) estar em perfeita (A) Cabe ao empregador apresentar todos os
consonância com enunciado de súmula de direito material requerimentos de vale-transporte feitos pelos seus
daquela Corte Superior. Transcorrido in albis o prazo recursal, empregados, a fim de comprovar que Marcos não
essa decisão transitou em julgado. efetuou o seu próprio requerimento.
Na condição de advogado contratado pela respectiva (B) Cabe a Marcos demonstrar que satisfez os requisitos
empresa, para ajuizamento de ação rescisória, é correto indispensáveis à obtenção do vale-transporte.
afirmar que a decisão rescindenda será a proferida pelo (C) Cabe ao Juiz determinar de ofício que o empregador
(A) Tribunal Regional do Trabalho, em recurso ordinário, apresente todos os requerimentos de vale-transporte
tendo competência originária para o seu julgamento o feitos pelos seus empregados, a fim de comprovar que
próprio Tribunal Regional do Trabalho. Marcos não o efetuou.
(B) Tribunal Superior do Trabalho, que não conheceu do (D) Não há mais provas a serem produzidas, devendo o juiz
recurso de revista, tendo competência originária uma indeferir qualquer requerimento nesse sentido.
das turmas do próprio Tribunal Superior do Trabalho.
(C) Tribunal Regional do Trabalho, em recurso ordinário,
tendo competência originária para o seu julgamento a
Seção Especializada em Dissídios Individuais do
Tribunal Superior do Trabalho.
(D) Tribunal Superior do Trabalho, que não conheceu do
recurso de revista, tendo competência originária a
Seção Especializada em Dissídios Individuais do próprio
Tribunal Superior do Trabalho.

EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2010.3 – TIPO 1 – BRANCO


Página 17
81 86
Segundo o texto da Consolidação das Leis do Trabalho, é Determinada pessoa, havendo arrematado imóvel em leilão
correto afirmar que a lei de execução fiscal judicial ocorrido em processo de execução fiscal para a
(A) é fonte subsidiária para a aplicação das normas na cobrança de Imposto Predial Urbano, vem a sofrer a exigência
execução trabalhista. pelo saldo devedor da execução não coberto pelo preço da
(B) somente é fonte subsidiária para aplicação das normas arrematação.
na execução trabalhista caso não exista regramento Essa exigência é
sobre o assunto no Código de Processo Civil, que é a (A) legal, pois o arrematante é sucessor do executado em
primeira fonte subsidiária da legislação processual do relação ao imóvel, e em sua pessoa fiscal ficam sub-
trabalho. rogados os créditos dos tributos incidentes sobre o
(C) somente é fonte subsidiária do Processo do Trabalho mesmo imóvel.
na execução das contribuições previdenciárias. (B) ilegal, pois o crédito do exequente se sub-roga sobre o
(D) somente é fonte subsidiária do Processo do Trabalho preço da arrematação, exonerando o arrematante
na execução das contribuições previdenciárias e quanto ao saldo devedor.
sindicais. (C) legal, pois o valor pago pelo arrematante não foi
suficiente para a cobertura da execução.
82 (D) legal, pois a arrematação não pode causar prejuízo ao
Segundo o Código Tributário Nacional, remissão é Fisco.
(A) uma modalidade de extinção dos créditos tributários e
consiste na liberação da dívida por parte do credor, 87
respaldada em lei autorizativa. Nos autos de uma ação de divórcio, os ex-cônjuges, casados
(B) a perda do direito de constituir o crédito tributário em regime de comunhão total de bens, dividiram o
pelo decurso do prazo. patrimônio total existente da seguinte maneira: o imóvel
(C) uma modalidade de exclusão dos créditos tributários situado no Município X, no valor de R$ 50.000,00, pertencerá
com a liberação das penalidades aplicadas ao sujeito ao ex-marido, enquanto o imóvel situado no Município Y, no
passivo, respaldada em lei autorizativa. valor de R$ 30.000,00, pertencerá à ex-esposa.
(D) uma modalidade de extinção dos créditos tributários Assinale a alternativa correta quanto à tributação incidente
em razão da compensação de créditos entre o sujeito nessa partilha.
ativo e o sujeito passivo, respaldada em lei (A) O tributo a ser recolhido será o ITCMD, de
autorizativa. competência do Estado, e incidirá sobre a base de
cálculo no valor de R$ 10.000,00.
83
(B) O tributo a ser recolhido será o ITBI, sobre ambos os
Na denúncia espontânea, o sujeito passivo tem direito à
imóveis, cada qual para o município de localização do
exclusão
bem.
(A) da multa e dos juros.
(C) O tributo a ser recolhido será o ITBI, de competência
(B) da multa e da correção monetária.
do Município, e incidirá sobre a base de cálculo no
(C) apenas dos juros.
valor de R$ 10.000,00.
(D) apenas da multa.
(D) Não há tributo a ser recolhido, pois, como o regime de
84 casamento era o da comunhão total de bens, não há
Conforme a Constituição Federal, o veículo legislativo transferência de bens, mas simples repartição do
adequado para dispor sobre conflitos de competência entre patrimônio comum de cada ex-cônjuge.
os entes políticos em matéria tributária é a
(A) medida provisória. 88
(B) lei complementar. Uma construtora com sede no Município do Rio de Janeiro
(C) emenda constitucional. constrói um edifício sob regime de empreitada na cidade de
(D) lei ordinária. Nova Iguaçu, onde não possui estabelecimento. A
competência para a imposição do Imposto Municipal Sobre
85 Serviços (ISS) caberá à municipalidade
Visando fomentar a indústria brasileira, uma nova lei, (A) do Rio de Janeiro, porque é o município onde a
publicada em 18/02/2010, majorou a alíquota do Imposto construtora tem a sua sede social.
sobre Produtos Industrializados (IPI), bem como majorou a (B) de Nova Iguaçu, porque é o local onde foi construído o
alíquota do Imposto sobre Exportação (IE). edifício.
A partir de que data a nova alíquota poderá ser exigida para o (C) do Rio de Janeiro, porque construção civil não é
IPI e para o IE? prestação de serviços.
(A) Imediatamente para ambos. (D) do Rio de Janeiro, porque a construtora não tem
(B) No exercício financeiro seguinte para ambos. estabelecimento em Nova Iguaçu e, em razão do
(C) 90 dias após a publicação da lei para o IPI e princípio da territorialidade, não pode ser exigido o
imediatamente para o IE. tributo sobre contribuintes estabelecidos fora do
(D) 90 dias após o exercício financeiro seguinte para o IPI e território de cada Ente Federado.
no exercício financeiro seguinte para o IE.

EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2010.3 – TIPO 1 – BRANCO


Página 18
89 93
A imunidade recíproca impede que A supressão de vegetação primária e secundária no estágio
(A) a União cobre Imposto de Renda sobre os juros das avançado de regeneração somente poderá ser autorizada em
aplicações financeiras dos Estados e dos Municípios. caso de utilidade pública, sendo que a vegetação secundária
(B) o Município cobre a taxa de licenciamento de obra da em estágio médio de regeneração poderá ser suprimida nos
União. casos de utilidade pública e interesse social, em todos os
(C) o Estado cobre contribuição de melhoria em relação a casos devidamente caracterizados e motivados em
bem do Município valorizado em decorrência de obra procedimento administrativo próprio, quando inexistir
pública. alternativa técnica e locacional ao empreendimento proposto,
(D) o Estado cobre tarifa de água consumida em imóvel da conforme o disposto no art. 14 da Lei 11.428/2006, que
União. dispõe sobre a utilização e proteção da vegetação nativa do
bioma Mata Atlântica.
90 A esse respeito, assinale a alternativa correta.
A Lei 9.985/2001, que instituiu o Sistema Nacional de (A) Um advogado de proprietário de terreno urbano
Unidades de Conservação – SNUC, previu que as unidades de afirma ser possível a obtenção de licença ambiental
conservação devem dispor de uma zona de amortecimento para edificação de condomínio residencial com
definida no plano de manejo. supressão de Mata Atlântica com base em utilidade
A esse respeito, assinale a alternativa correta. pública.
(A) Os parques, como unidades de conservação de uso (B) A licença ambiental de empreendimento de relevante
sustentado, não têm zona de amortecimento. e significativo impacto ambiental localizado em terreno
(B) As Áreas de Proteção Ambiental – APAs não precisam recoberto de Mata Atlântica não pode ser concedida
demarcar sua zona de amortecimento. em hipótese alguma.
(C) Tanto as unidades de conservação de proteção integral (C) Um produtor de pequena propriedade ou posse rural
como as de uso sustentado devem elaborar plano de entende que é possível a obtenção de licença
manejo, delimitando suas zonas de amortecimento. ambiental para atividade agroflorestal sustentável,
(D) As Reservas Particulares do Patrimônio Natural – RPPN tendo como motivo o interesse social.
são obrigadas a elaborar plano de manejo delimitando (D) Desde que obtida a autorização de supressão de
suas zonas de amortecimento, por conta própria e vegetação de Mata Atlântica, com base na Lei
orientação técnica particular. 11.428/2006, não é aplicável a legislação que exige a
licença ambiental, de acordo com a CRFB/88, a Lei
6.938/81 e o Decreto 99.274/90.
91
O Estudo de Impacto de Vizinhança – EIV é uma espécie do
gênero Avaliação de Impacto Ambiental e está disciplinado no 94
Estatuto da Cidade, que estabelece e enumera os Em sua primeira viagem com seu carro zero quilômetro,
instrumentos da política de desenvolvimento urbano, de Joaquim, fechado por outro veículo, precisa dar uma freada
acordo com seus arts. 4º e 36 a 38. brusca para evitar um acidente. O freio não funciona, o que
A esse respeito, assinale a alternativa correta. leva Joaquim, transtornado, a jogar o carro para o
(A) As atividades de relevante e significativo impacto acostamento e, em seguida, abandonar a estrada. Felizmente,
ambiental que atingem mais de um Município são nenhum dano material ou físico acontece ao carro nem ao
precedidas de estudo de impacto de vizinhança. motorista, que, muito abalado, mal consegue acessar seu
(B) O estudo de impacto de vizinhança só pode ser exigido celular para pedir auxílio. Com a ajuda de moradores locais, se
em área rural pelo órgão ambiental municipal. recupera do imenso susto e entra em contato com seus
(C) A Avaliação de Impacto Ambiental é exigida para familiares.
analisar o adensamento populacional e a geração de Na qualidade de advogado de Joaquim, qual seria a
tráfego e demanda por transporte público advindos da orientação correta a ser dada em relação às providências
edificação de um prédio. cabíveis?
(D) A elaboração de estudo de impacto de vizinhança não (A) Propositura de ação de responsabilidade civil pelo fato
substitui a elaboração de estudo prévio de impacto do produto em face do fabricante do veículo.
ambiental, requerida nos termos da legislação (B) Não há ação a ser proposta porque não houve dano.
ambiental. (C) Propositura de ação de responsabilidade civil pelo fato
do produto em face da concessionária que vendeu o
veículo a Joaquim.
92
(D) Propositura de ação de responsabilidade civil pelo vício
O prazo para reclamar sobre vício oculto de produto durável é
do produto em face do fabricante e da concessionária,
de
uma vez que a responsabilidade é solidária.
(A) 90 (noventa) dias a contar da aquisição do produto.
(B) 90 (noventa) dias a contar da entrega do produto.
(C) 30 (trinta) dias a contar da entrega do produto.
(D) 90 (noventa) dias a contar de quando ficar evidenciado
o vício.

EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2010.3 – TIPO 1 – BRANCO


Página 19
95 97
Considerando a prática de ato infracional por criança ou Com relação aos procedimentos para a perda e a suspensão
adolescente, é correto afirmar que do poder familiar regulados pelo Estatuto da Criança e do
(A) a prestação de serviços comunitários consiste na Adolescente, é correto afirmar que
realização de tarefas gratuitas de interesse geral, por (A) a autoridade judiciária, ouvido o Ministério Público,
período não excedente a 1 (um) ano, em entidades poderá decretar liminar ou incidentalmente a
assistenciais, hospitais, escolas e outros suspensão do poder familiar, independentemente da
estabelecimentos congêneres, bem como em gravidade do motivo.
programas comunitários ou governamentais. (B) o procedimento para perda ou suspensão do poder
(B) em se tratando de ato infracional com reflexos familiar dispensa que os pais sejam ouvidos, mesmo se
patrimoniais, a autoridade poderá determinar, se for o estes forem identificados e estiverem em local
caso, que o adolescente restitua a coisa, promova o conhecido.
ressarcimento do dano, ou, por outra forma, compense (C) o procedimento para perda ou suspensão do poder
o prejuízo da vítima. familiar terá início por provocação do Ministério
(C) a internação, por constituir medida privativa de Público ou de quem tenha legítimo interesse.
liberdade do menor, não poderá exceder o período de (D) em conformidade com a nova redação dada pela Lei
5 (cinco) anos. 12.010, de 3 de agosto de 2009, o prazo máximo para a
(D) entre as garantias processuais garantidas ao conclusão do procedimento de perda ou suspensão do
adolescente encontra-se o direito de solicitar a poder familiar será de 180 (cento e oitenta) dias.
presença de seus pais ou responsável em qualquer fase
do procedimento. Contudo, não poderá o menor ser 98
ouvido pessoalmente pela autoridade competente, Em relação aos princípios previstos no Código de Defesa do
devendo em todo o caso ser assistido pelos genitores. Consumidor, assinale a alternativa correta.
(A) O CDC é uma norma tipificadora de condutas,
96 prevendo expressamente o comportamento dos
Pierre de Oliveira nasceu na França, filho de pai brasileiro consumidores e dos fornecedores.
(que à época se encontrava em viagem privada de estudos) e (B) A boa-fé prevista no CDC é a boa-fé subjetiva.
mãe francesa. Viveu até os 25 anos em Paris, onde se formou (C) O princípio da vulnerabilidade, que presume ser o
em análise de sistemas e se pós-graduou em segurança de consumidor o elo mais fraco da relação de consumo,
rede. Em 2007, Pierre foi convidado por uma universidade diz respeito apenas à vulnerabilidade técnica.
brasileira para fazer parte de um projeto de pesquisa (D) O princípio da transparência impõe um dever
destinado a desenvolver um sistema de segurança para uso comissivo e um omissivo, ou seja, não pode o
de instituições financeiras. Embora viajasse com frequência fornecedor deixar de apresentar o produto tal como
para a França, Pierre passou a residir no Brasil, optando, em ele se encontra nem pode dizer mais do que ele faz;
2008, pela nacionalidade brasileira. No início de 2010, uma não pode, portanto, mais existir o dolus bonus.
investigação conjunta entre as polícias brasileira e francesa
descobriu que Pierre fez parte, no passado, de uma quadrilha 99
internacional de hackers. Detido em São Paulo, ele confessou A Conferência de Bretton Woods (1944), realizada no ocaso
que, entre 2004 e 2005, quando ainda vivia em Paris, invadiu da Segunda Guerra Mundial, é considerada um marco na
mais de uma vez a rede de um grande banco francês, história do Direito Internacional no século XX porque
desviando recursos para contas localizadas em paraísos (A) estabeleceu as bases do sistema econômico e
fiscais. financeiro internacional, por meio da criação do Banco
Com relação ao caso hipotético acima, é correto afirmar que Mundial – BIRD, do Fundo Monetário Internacional –
(A) se a França assim requerer, Pierre poderá ser FMI e do Acordo Geral de Tarifas Aduaneiras e
extraditado, pois cometeu crime comum sujeito à Comércio – GATT.
jurisdição francesa antes de optar pela nacionalidade (B) inaugurou uma nova etapa na cooperação política
brasileira. internacional ao extinguir a Liga das Nações e transferir
(B) a critério do Ministério da Justiça, Pierre poderá ser a Corte Internacional de Justiça para a estrutura da
expulso do território nacional pelo crime cometido no então recém-criada Organização das Nações Unidas –
exterior antes do processo de aquisição da ONU.
nacionalidade, a menos que tenha filho brasileiro que, (C) criou o sistema internacional de proteção aos direitos
comprovadamente, esteja sob sua guarda e dele humanos, a partir da adoção da Declaração Universal
dependa economicamente. dos Direitos Humanos, do Pacto Internacional de
(C) Pierre poderá ser deportado para a França, a menos Direitos Civis e Políticos e do Pacto Internacional de
que peça asilo político. Direitos Econômicos, Sociais e Culturais.
(D) Pierre não poderá ser extraditado, expulso ou (D) criou o Tribunal de Nuremberg, corte ad hoc
deportado em qualquer hipótese. responsável pelo julgamento dos principais
comandantes nazistas e seus colaboradores diretos
pelos crimes de guerra cometidos durante a Segunda
Guerra Mundial.

EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2010.3 – TIPO 1 – BRANCO


Página 20
100
Em junho de 2009, uma construtora brasileira assina, na
Cidade do Cabo, África do Sul, contrato de empreitada com
uma empresa local, tendo por objeto a duplicação de um
trecho da rodovia que liga a Cidade do Cabo à capital do país,
Pretória. As contratantes elegem o foro da comarca de São
Paulo para dirimir eventuais dúvidas. Um ano depois, as
partes se desentendem quanto aos critérios técnicos de
medição das obras e não conseguem chegar a uma solução
amigável. A construtora brasileira decide, então, ajuizar, na
justiça paulista, uma ação rescisória com o objetivo de colocar
termo ao contrato.
Com relação ao caso hipotético acima, é correto afirmar que
(A) o Poder Judiciário brasileiro não é competente para
conhecer e julgar a lide, pois o foro para dirimir
questões em matéria contratual é necessariamente o
do local onde o contrato é assinado.
(B) o juiz brasileiro poderá conhecer e julgar a lide, mas
deverá basear sua decisão na legislação sul-africana,
pois os contratos se regem pela lei do local de sua
assinatura.
(C) o juiz brasileiro poderá conhecer e julgar a lide, mas
deverá basear sua decisão na legislação brasileira, pois
um juiz brasileiro não pode ser obrigado a aplicar leis
estrangeiras.
(D) o juiz brasileiro poderá conhecer e julgar a lide, mas
deverá se basear na legislação brasileira, pois em
litígios envolvendo brasileiros e estrangeiros aplica-se a
lex fori.

EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2010.3 – TIPO 1 – BRANCO


Página 21
QUESTIONÁRIO DE PERCEPÇÃO SOBRE A PROVA 5
As questões das diversas áreas do Direito (Civil, Penal,
Este questionário é de preenchimento facultativo pelo Trabalho, Administrativo, etc.) apresentavam o mesmo
examinando. Como se trata de mera pesquisa, não nível de dificuldade e compreensão?
influi no resultado final do exame. (A) Sim, todas.
(B) Sim, a maioria.
As questões têm como objetivo avaliar a qualidade e a (C) Não houve esse nivelamento.
adequação da prova que você acabou de realizar. (D) Não tenho como opinar.

Assinale suas respostas nos espaços próprios (canto 6


inferior direito) da sua folha de respostas. As informações/instruções fornecidas para a resolução
da prova foram suficientes e adequadas?
A OAB e a FGV agradecem sua colaboração. (A) Sim, até excessivas.
(B) Sim, todas elas.
1 (C) Sim, somente algumas.
Na sua avaliação, o grau de dificuldade desta prova, (D) Não, nenhuma delas.
quanto ao conteúdo programático abordado, foi
(A) muito fácil. 7
(B) fácil. Assinale o tipo de dificuldade que você encontrou ao
(C) médio. responder à prova. Indique a preponderante.
(D) difícil. (A) Desconhecimento do conteúdo.
(B) Forma diferente de abordagem do conteúdo.
2 (C) Falta de motivação para fazer a prova.
Assinale a alternativa que indique a sua avaliação (D) Não tive qualquer tipo de dificuldade para responder
quanto à capacidade crítica e interpretativa desta prova à prova.
em relação ao cenário e ao ordenamento jurídico
contemporâneo. 8
(A) Plenamente satisfatória. Considerando sua preparação para esta prova, você
(B) Satisfatória. conclui que
(C) Pouco satisfatória. (A) não estudou a maioria dos conteúdos abordados.
(D) Insatisfatória. (B) estudou a maioria dos conteúdos abordados, mas
não os assimilou.
3 (C) estudou e assimilou muitos dos conteúdos
Considerando a extensão da prova em relação ao tempo abordados.
total, você considera que ela foi (D) estudou e assimilou todos os conteúdos abordados.
(A) muito longa.
(B) longa. 9
(C) adequada. Qual foi o tempo gasto para concluir a prova?
(D) curta. (A) Menos de três horas.
(B) Entre três e quatro horas.
4 (C) Entre quatro e cinco horas.
Os enunciados das questões da prova estavam claros e (D) Não consegui terminar.
objetivos?
(A) Sim, todos. 10
(B) Sim, a maioria. Você considera o layout (formatação e diagramação)
(C) Poucos. desta prova
(D) Não, nenhum. (A) muito bom.
(B) bom.
(C) regular.
(D) ruim.

EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2010.3 – TIPO 1 – BRANCO


Página 22
EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2010.3 – TIPO 1 – BRANCO
Página 23
CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL
EXAME DE ORDEM 2010.3 – GABARITOS – PROVAS DO DIA 13/02/2011

GABARITOS PRELIMINARES APÓS ERRATA DE 15/02/2011

EXAME DE ORDEM 2010.3 – TIPO 1 – BRANCO


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
A C D B D B A C A C D B B A B A A D B B
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
A A B C B C D C D A C D C D D D C A C B
41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60
D B C C B A B B D A B A C C D B C D D B
61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80
A C C D A C C B A D C C D D A D C D A B
81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100
A A D B C B A B A B D D C A B D C D A B

EXAME DE ORDEM 2010.3 – TIPO 2 – VERDE


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
D D A A C C D B B C B C C A B A D C C D
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
A C A D B A C D A D C B D D B A C D A B
41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60
D B A B D B B C D B C A D B A B A B D C
61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80
C B A D C D A D A B C A D B D D B C A B
81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100
C A C D A D A C D B A D B A B D C A C C

1
CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL
EXAME DE ORDEM 2010.3 – GABARITOS – PROVAS DO DIA 13/02/2011

EXAME DE ORDEM 2010.3 – TIPO 3 – AMARELO


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
A C B A D A B D C A D A B D B B A C A B
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
C A A D B B A B A B A D D A A B C B D B
41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60
D B D A D D C D D C A C D C A B B D B A
61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80
A D B D C D D A A C A C B A C A B C D B
81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100
D C C C B C A C C A A C B C B D B C C D

EXAME DE ORDEM 2010.3 – TIPO 4 – AZUL


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
B B C D C D A B C B D B A C B D C B C A
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
D B D A D D C B D A D A C C C D A D A D
41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60
C A D A C A B C B C A D A B C A A A A C
61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80
C D B C D C D D A D A C B A C A A B B C
81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100
A B C B C A B D D C A B B D D B D B B A

2
CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL
EXAME DE ORDEM 2010.3 – GABARITOS – PROVAS DO DIA 13/02/2011

TABELA DE CORRESPONDÊNCIA DE QUESTÕES


TIPO 1 TIPO 2 TIPO 3 TIPO 4 TIPO 1 TIPO 2 TIPO 3 TIPO 4
1 2 4 7 51 52 50 49
2 4 5 1 52 48 48 47
3 8 6 2 53 47 53 50
4 3 8 5 54 58 58 59
5 6 3 8 55 55 56 54
6 5 1 3 56 57 61 56
7 7 2 4 57 56 57 58
8 1 7 6 58 61 54 57
9 10 13 16 59 60 55 55
10 17 11 12 60 59 59 61
11 15 14 13 61 54 60 60
12 9 12 9 62 67 67 65
13 14 10 11 63 66 66 68
14 11 17 14 64 63 65 64
15 13 18 10 65 64 68 63
16 18 9 18 66 68 64 66
17 12 15 15 67 65 63 62
18 16 16 17 68 62 62 67
19 25 19 26 69 74 74 74
20 26 20 25 70 69 75 72
21 28 23 23 71 73 70 75
22 20 22 22 72 75 69 70
23 21 21 21 73 72 71 73
24 22 27 24 74 71 72 69
25 23 26 20 75 70 73 71
26 24 24 19 76 79 77 79
27 19 25 27 77 76 78 78
28 33 33 35 78 77 80 77
29 32 35 37 79 80 79 81
30 30 32 29 80 81 81 76
31 34 37 31 81 78 76 80
32 37 29 33 82 85 82 89
33 36 30 30 83 83 87 87
34 35 28 34 84 84 83 82
35 29 31 28 85 88 88 84
36 27 36 32 86 86 89 85
37 31 34 36 87 82 84 88
38 43 43 38 88 87 85 86
39 38 39 40 89 89 86 83
40 40 38 42 90 91 91 100
41 42 40 39 91 98 98 99
42 39 41 41 92 99 93 91
43 41 42 43 93 96 99 94
44 50 49 53 94 95 100 96
45 53 45 46 95 92 96 95
46 44 44 44 96 94 92 92
47 49 46 48 97 93 94 90
48 45 51 51 98 90 95 93
49 46 47 45 99 97 90 98
50 51 52 52 100 100 97 97

3
Ordem dos
Advogados
do Brasil
IV EXAME DE ORDEM UNIFICADO

Atenção!
TIPO 1 – BRANCO
Você está recebendo um caderno de provas do tipo 1. Portanto, verifique se sua folha de respostas é, também, do
tipo 1. Verifique se o número deste caderno de provas coincide com o registrado no rodapé de cada página. Caso
contrário, notifique imediatamente o fiscal de sala para que sejam tomadas as devidas providências.
Informações gerais
 Você receberá do fiscal de sala o material descrito a seguir:
a) uma folha destinada às respostas das questões objetivas formuladas na prova de tipo 1;
b) este caderno de prova tipo 1, com o enunciado das 80 (oitenta) questões, sem repetição ou falha, e o questionário
de percepção sobre a prova, com 10 (dez) questões objetivas.
 Ao receber a folha de respostas você deve:
a) conferir seu nome, número de identidade e número de inscrição;
b) ler atentamente as instruções para a marcação das respostas das questões objetivas;
c) assinar a folha de respostas, no espaço reservado, com caneta esferográfica transparente de cor azul ou preta.
 As questões são identificadas pelo número que se situa acima do seu enunciado.
 Durante a aplicação da prova não será permitido:
a) qualquer tipo de comunicação entre os examinandos;
b) levantar da cadeira sem a devida autorização do fiscal de sala;
c) portar aparelhos eletrônicos, tais como bipe, telefone celular, walkman, agenda eletrônica, notebook, palmtop,
receptor, gravador, máquina fotográfica, controle de alarme de carro, etc., bem como relógio de qualquer espécie,
óculos escuros ou qualquer acessório de chapelaria, como chapéu, boné, gorro, etc., e ainda lápis, lapiseira, borracha
ou corretivo de qualquer espécie.
 A FGV realizará a coleta da impressão digital dos examinandos na folha de respostas.
 Não será permitida a troca da folha de respostas por erro do examinando.
 O tempo disponível para esta prova será de 5 (cinco) horas, já incluído o tempo para marcação da folha de
respostas.
 Reserve os vinte minutos finais para marcar sua folha de respostas.
 Para fins de avaliação, serão levadas em consideração apenas as marcações realizadas na folha de respostas.
 Somente após decorridas duas horas do início da prova você poderá retirar-se da sala de prova sem levar o
caderno de questões.
 Somente no término do horário da prova você poderá retirar-se da sala de prova levando o caderno de questões.
 Quando terminar sua prova, entregue a folha de respostas devidamente preenchida e assinada ao fiscal da sala. A
não entrega da folha de respostas implica a eliminação do examinando.
 Os 3 (três) últimos examinandos de cada sala só poderão sair juntos, após entregarem ao fiscal de aplicação os
documentos que serão utilizados na correção das provas. Estes examinandos poderão acompanhar, caso queiram, o
procedimento de conferência da documentação da sala de aplicação, que será realizada pelo Coordenador da
unidade, na Coordenação do local de provas.
 Boa prova!

IV EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 1
IV EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO
Página 2
1 4
Esculápio, advogado, inscrito, há longos anos, na OAB, após O advogado Walter recebe correspondência eletrônica
aprovação em Exame de Ordem, é surpreendido com a notícia relatando fatos que o seu cliente apresentou como
de que o advogado Sófocles, que atua no seu escritório em importantes para constar em processo judicial a ser iniciado.
algumas causas, fora entrevistado por jornalista profissional, Expressamente, em outra mensagem também eletrônica,
tendo afirmado ser usuário habitual de drogas. A entrevista autorizou a utilização das informações nas peças judiciais.
foi divulgada amplamente. Após conversas reservadas entre Proposta a ação, os fatos foram publicizados, vindo o cliente a
os advogados, os termos da entrevista são confirmados, bem se arrepender da autorização dada. Com isso, busca reverter a
como o vício portado. Não há acordo quanto a eventual situação por ele criada. Diante da informação de que, uma vez
tratamento de saúde, afirmando o advogado Sófocles que nos autos processuais, não poderia haver retirada das
continuaria a praticar os atos referidos. petições apresentadas, ameaça o profissional com futura
Diante dessa narrativa, à luz da legislação aplicável aos representação disciplinar. O cliente não negou ter autorizado
advogados, é correto afirmar que a utilização das informações.
(A) não há penalidade prevista, uma vez que se trata de Diante de tal quadro, é correto afirmar que
questão circunscrita à Saúde Pública. (A) mesmo com autorização, fatos considerados
(B) o advogado pode ser excluído dos quadros da OAB. confidenciais na relação cliente-advogado não podem
(C) a sanção disciplinar se aplica a eventual uso de drogas. ser divulgados judicialmente.
(D) no caso em tela, há sanção disciplinar aplicável. (B) as confidências epistolares são protegidas pela
imunidade absoluta quanto à sua publicidade.
2 (C) essa divulgação depende de autorização judicial.
Os advogados Pedro e João desejam estabelecer sociedade de (D) ao advogado é permitida a divulgação de confidências,
advogados com o fito de regularizar o controle dos seus fluxos com autorização do cliente.
de honorários e otimizar despesas. Estabelecem contrato e
requerem o seu registro no órgão competente. À luz da 5
legislação aplicável aos advogados, é correto afirmar que Juvenal, estagiário regularmente inscrito nos Quadros da OAB,
(A) é possível a participação de advogados em sociedades em processo no qual se encontra indicado como tal, retira do
sediadas em áreas territoriais de seccionais diversas. cartório os autos do processo, deixando de devolvê-los no
(B) o Código de Ética não se aplica individualmente aos prazo legal. Regularmente intimado, mantém a sua inércia.
profissionais que compõem sociedade de advogados. Em termos disciplinares, é correto afirmar que
(C) podem existir sociedades mistas de advogados e (A) o estagiário não sofre sanções disciplinares.
contadores. (B) o advogado responsável pelo estagiário é o
(D) a procuração é sempre coletiva quando atuante destinatário das sanções nesse caso.
sociedade de advogados. (C) não há diferença na atuação do estagiário e do
advogado para efeito de sanções disciplinares.
3 (D) no caso em tela, não haverá qualquer sanção nem ao
Hércules, advogado recém-formado, é procurado por advogado nem ao estagiário.
familiares de uma pessoa que descobriu, por vias transversas,
estar sendo investigada em processo sigiloso, mas não tem 6
ciência do objeto da investigação. Sem portar instrumento de Túlio, advogado, é surpreendido ao praticar crime
procuração, dirige-se ao órgão investigador competente para inafiançável, sendo preso em flagrante pela autoridade
obter informações, identificando-se como advogado do policial. A OAB é comunicada, e, por meio de membro da
investigado. A autoridade competente, em decisão escrita, Comissão de Prerrogativas, acorre advogado ao local onde
indefere o postulado, por estar ausente o instrumento do estão sendo realizados os trâmites procedimentais.
mandato e, ainda, ser a investigação sigilosa. Diante dessas Nos termos das normas estatutárias, é correto afirmar que
circunstâncias, à luz da legislação aplicável, é correto afirmar (A) a prisão do advogado que demanda a intervenção da
que OAB é a originária do exercício profissional.
(A) o acesso a processo sigiloso é possível aos advogados (B) o fato de a prisão atingir advogado indica a presença
somente quando requeiram a prática de ato. do representante da OAB.
(B) o acesso dos advogados dos interessados a processos (C) só a prisão determinada pelo juiz é que permite a
sigilosos romperia com a proteção que eles participação dos representantes da OAB.
mereceriam. (D) a prisão preventiva é aquela que está circunscrita na
(C) o processo sigiloso é acessível a advogado portando atuação da OAB.
instrumento de mandato.
(D) mesmo sem urgência, a atuação do advogado poderia
ocorrer, sem mandato, em processo sigiloso.

IV EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 3
7 11
Em termos de processo disciplinar perante a OAB, é correto Caio, professor vinculado à Universidade Federal, ministrando
dizer que, havendo representação contra presidente de aulas no curso de Direito, resolve atuar, em causa própria,
seccional, o órgão competente será o pleiteando benefícios tributários em face da União Federal.
(A) próprio Conselho Seccional, impedido o presidente. Nos termos do Estatuto, é correto afirmar que
(B) Conselho Federal da OAB. (A) é situação peculiar que permite o exercício da
(C) Conselho Federal da OAB, quando houver advocacia mesmo contra entidade vinculada.
impedimento de dois terços do Conselho Seccional de (B) a situação caracteriza impedimento, uma vez que há
origem para o julgamento. vínculo da Universidade com a União Federal.
(D) Conselho Seccional que for escolhido pelo Conselho (C) o docente em cursos de Direito não pode exercer a
Federal da OAB, por maioria absoluta. advocacia, sendo circunstância de incompatibilidade.
(D) enquanto durar o exercício do magistério, a inscrição
8 na OAB permanecerá suspensa.
Semprônio reside no Estado W, onde mantém o seu escritório
de advocacia, mas requer sua inscrição principal no Estado K, 12
onde, em alguns anos, pretende estabelecer domicílio. No Mévio aceita defender um cliente. Após ampla pesquisa,
concernente ao tema, à luz das normas estatutárias, é correto verifica que a legislação ordinária não acolhe a pretensão
afirmar que dele. Elabora, pois, a tese de que a legislação que não permite
(A) o advogado pode eleger qualquer seccional para o acolhimento da pretensão do seu constituído padeceria do
inscrição principal ao seu arbítrio. vício de inconstitucionalidade e recomenda que não haja o
(B) o Conselho Federal pode autorizar a inscrição principal cumprimento da referida norma. À luz das normas
fora da sede do escritório do advogado. estatutárias, é correto afirmar que
(C) na dúvida entre domicílios, prevalece o da sede (A) a situação é permitida, diante do possível vício alegado
principal do exercício da advocacia. pelo advogado.
(D) a inscrição principal está subordinada ao domicílio (B) se caracteriza a hipótese de postulação com má-fé
profissional do advogado. contra literal disposição de lei.
(C) mesmo sendo a lei eivada de vício, não seria possível
9 presumir boa-fé.
A prescrição para a cobrança de honorários advocatícios tem (D) ao pleitear contra expressa disposição de lei no caso
como termo inicial, consoante as normas estatutárias, referido, presume-se a má-fé.
(A) o início do contrato de prestação de serviços.
(B) a sentença que julga procedente o pedido em favor do 13
cliente do advogado. Em 2010, o Congresso Nacional aprovou por Decreto
(C) a data da revogação do mandato. Legislativo a Convenção Internacional sobre os Direitos das
(D) o dia do primeiro ato extrajudicial. Pessoas com Deficiência. Essa convenção já foi aprovada na
forma do artigo 5º, § 3º, da Constituição, sendo sua
10 hierarquia normativa de
Caio é eleito Senador da República e escolhido para compor a (A) lei federal ordinária.
mesa do referido órgão legislativo. Como advogado (B) emenda constitucional.
regularmente inscrito nos quadros da OAB, pretende atuar (C) lei complementar.
em causa própria e realiza consulta nesse sentido à OAB. (D) status supralegal.
Quanto ao tema em foco, de acordo com as regras
estatutárias, é correto afirmar que a atuação de Caio 14
(A) é possível, pois a função exercida caracteriza mero Com relação aos chamados “direitos econômicos, sociais e
impedimento. culturais”, é correto afirmar que
(B) não é possível, sendo o caso de incompatibilidade (A) são direitos humanos de segunda geração, o que
mesmo em causa própria. significa que não são juridicamente exigíveis,
(C) em causa própria constitui uma exceção aplicável ao diferentemente do que ocorre com os direitos civis e
caso. políticos.
(D) poderá ocorrer, nessa situação, mediante autorização (B) são previstos, no âmbito do sistema interamericano,
especial. no texto original da Convenção Americana sobre
Direitos Humanos (Pacto de San José da Costa Rica).
(C) formam, juntamente com os direitos civis e políticos,
um conjunto indivisível de direitos fundamentais, entre
os quais não há qualquer relação hierárquica.
(D) incluem o direito à participação no processo eleitoral, à
educação, à alimentação e à previdência social.

IV EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 4
15 17
Determinado congressista é flagrado afirmando em entrevista Com relação à chamada “norma imperativa de Direito
pública que não se relaciona com pessoas de etnia diversa da Internacional geral”, ou jus cogens, é correto afirmar que é a
sua e não permite que, no seu prédio residencial, onde atua norma
como síndico, pessoas de etnia negra frequentem as áreas (A) prevista no corpo de um tratado que tenha sido
comuns, os elevadores sociais e a piscina do condomínio. ratificado por todos os signatários, segundo o direito
Ciente desses atos, a ONG TudoAfro relaciona as pessoas interno de cada um.
prejudicadas e concita a representação para fins criminais (B) reconhecida pela comunidade internacional como
com o intuito de coibir os atos descritos. À luz das normas aplicável a todos os Estados, da qual nenhuma
constitucionais e dos direitos humanos, é correto afirmar que derrogação é permitida.
(A) o crime de racismo é afiançável, sendo o valor fixado (C) aprovada pela Assembleia Geral das Nações Unidas e
por decisão judicial. aplicável a todos os Estados membros, salvo os que
(B) o prazo de prescrição incidente sobre o crime de apresentarem reserva expressa.
racismo é de vinte anos. (D) de direito humanitário, expressamente reconhecida
(C) nos casos de crime de racismo, a pena cominada é de pela Corte Internacional de Justiça, aplicável a todo e
detenção. qualquer Estado em situação de conflito.
(D) o crime de racismo não está sujeito a prazo extintivo
de prescrição. 18
A respeito do regime de responsabilidade do Presidente da
16 República, assinale a alternativa correta.
Roberta Caballero, de nacionalidade argentina, está no Brasil (A) O ato do Presidente da República que atenta contra o
desde 2008, como correspondente estrangeira do jornal “El livre exercício do Poder Legislativo, do Poder Judiciário,
Diário”, sediado em Buenos Aires. Roberta possui visto do Ministério Público e dos Poderes constitucionais das
temporário, válido por quatro anos. Em 2011, pouco antes do unidades da Federação é considerado crime de
vencimento do visto, Roberta recebe um convite do editor de responsabilidade.
um jornal brasileiro, sediado em São Paulo, para ali trabalhar (B) O Presidente ficará suspenso de suas funções nos
na condição de repórter, sob sua supervisão, mediante crimes de responsabilidade somente após a
contrato de trabalho. condenação pelo órgão competente.
Para continuar em situação regular, é correto afirmar que (C) Compete ao Congresso Nacional processar e julgar o
Roberta Presidente da República nos crimes de
(A) deverá renovar, a cada quatro anos, o visto temporário responsabilidade.
VI (correspondente estrangeiro) e requerer autorização (D) Só se admite acusação contra o Presidente da
de trabalho a estrangeiro com vínculo empregatício. República por três quintos da Câmara dos Deputados.
(B) não poderá aceitar o emprego, pois a Constituição
Federal, em seu artigo 222, veda a atuação de 19
repórteres estrangeiros em qualquer meio de A respeito da garantia constitucional do acesso ao Poder
comunicação social. Judiciário, assinale a alternativa correta.
(C) deverá apenas renovar, a cada quatro anos, o visto (A) O Poder Judiciário admitirá ações relativas à disciplina
temporário VI (correspondente estrangeiro), pois e às competições desportivas paralelamente às ações
pessoas de nacionalidade de países do Mercosul não movidas nas instâncias da justiça desportiva.
precisam de autorização de trabalho. (B) De acordo com posição consolidada do Supremo
(D) deverá transformar seu visto temporário VI Tribunal Federal, não ofende a garantia de acesso ao
(correspondente estrangeiro) em visto temporário V Poder Judiciário a exigência de depósito prévio como
(mão de obra estrangeira) e requerer autorização de requisito de admissibilidade de ação judicial na qual se
trabalho a estrangeiro com vínculo empregatício. pretenda discutir a exigibilidade de crédito tributário.
(C) A todos, no âmbito judicial e administrativo, são
assegurados a razoável duração do processo e os
meios que garantam a celeridade de sua tramitação.
(D) É assegurado a todos, mediante pagamento de taxas, o
direito de petição aos Poderes Públicos em defesa de
direitos ou contra ilegalidade ou abuso de poder.

IV EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 5
20 24
Em relação ao controle de constitucionalidade em face da Considere a hipótese de Deputado Federal que cometeu
Constituição Estadual, assinale a alternativa correta. crime (comum) após a diplomação. Nesse caso, é correto
(A) Compete aos Estados a instituição de representação de afirmar que
inconstitucionalidade de leis ou atos normativos (A) a Câmara dos Deputados pode sustar o andamento da
estaduais ou municipais em face da Constituição ação penal.
Estadual, reconhecida a legitimação para agir aos (B) o STF só pode receber a denúncia após a licença da
mesmos órgãos e entidades legitimados a propositura Câmara dos Deputados.
de ação direta de inconstitucionalidade. (C) o STF só pode receber a denúncia após a licença do
(B) A decisão do Tribunal de Justiça que declara a Congresso Nacional.
inconstitucionalidade de lei local em face da (D) o Congresso Nacional pode sustar o andamento da
Constituição Estadual é irrecorrível, ressalvada a ação penal.
oposição de embargos declaratórios.
(C) Não ofende a Constituição da República norma de 25
Constituição Estadual que atribui legitimidade para a Washington, adolescente com 14 (quatorze) anos, movido
propositura de representação de inconstitucionalidade pelo desejo de ajudar seus genitores no sustento do núcleo
aos Deputados Estaduais e ao Procurador-Geral do familiar pobre, pretende iniciar atividade laborativa como
Estado. ensacador de compras na pequena mercearia Tudo Tem, que
(D) Não é possível o controle de constitucionalidade no funciona 24h, localizada em sua comunidade. Recentemente,
plano estadual, no modo concentrado, se a norma esta foi pacificada pelas Forças de Segurança Nacional.
constitucional estadual tomada como parâmetro Tendo como substrato a tutela do Estatuto da Criança e do
reproduzir idêntico conteúdo de norma constitucional Adolescente no tocante ao Direito à Profissionalização e à
federal. Proteção no Trabalho, assinale a alternativa correta.
(A) Washington poderá ser contratado como ensacador de
21 compras, mesmo não sendo tal atividade de
As alternativas a seguir apontam diferenças entre a ADI e a aprendizagem, pois, como já possui 14 (quatorze) anos,
ADC, À EXCEÇÃO DE UMA. Assinale-a. tem discernimento suficiente para firmar o contrato de
(A) Rol de legitimados para a propositura da ação. trabalho e, assim, prestar auxílio material aos seus
(B) Objeto da ação. pais, adotando a louvável atitude de preferir o trabalho
(C) Exigência de controvérsia judicial relevante. às ruas.
(D) Manifestação do Advogado-Geral da União. (B) Como a comunidade onde reside Washington foi
pacificada pelas forças de paz, não há falar em local
22 perigoso ou insalubre para o menor; assim, poderá o
A respeito da distribuição de competências adotada pela adolescente exercer a carga horária laborativa no
Constituição brasileira, assinale a alternativa correta. período das 22h às 24h, sem qualquer restrição legal,
(A) A competência material da União pode ser delegada desde que procure outra atividade laborativa que seja
aos Estados, por lei complementar. de formação técnico-profissional.
(B) À União compete legislar sobre direito processual e (C) Washington não poderá trabalhar na mercearia como
normas gerais de procedimentos. ensacador de compras, pois tal atividade não é
(C) A competência para legislar sobre direito urbanístico é enquadrada como de formação técnico-profissional;
privativa dos Municípios, pois é matéria de interesse portanto, não se pode afirmar que o menor exercerá
local. atividade laborativa na condição de aprendiz.
(D) A competência para legislar sobre defesa dos recursos (D) Na condição de aprendiz, não é necessário que o
naturais é privativa da União, pois é matéria de adolescente goze de horário especial compatível com a
interesse nacional. garantia de acesso e frequência obrigatória ao ensino
regular.
23
Os direitos políticos não podem ser cassados. Podem, no
entanto, sofrer perda ou suspensão à luz das normas
constitucionais pelo seguinte fundamento:
(A) condenação cível sem trânsito em julgado.
(B) incapacidade civil relativa, declarada judicialmente.
(C) cancelamento de naturalização por decisão
administrativa.
(D) improbidade administrativa.

IV EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 6
26 30
No tocante às normas contidas no Estatuto da Criança e do Ao tomar conhecimento de que o serviço público de
Adolescente, é correto afirmar que transporte aquaviário concedido estava sendo prestado de
(A) a medida socioeducativa de internação aplicada em forma inadequada, causando gravíssimos transtornos aos
razão do descumprimento reiterado e injustificável da usuários, o ente público, na qualidade de poder concedente,
medida anteriormente imposta ao adolescente infrator instaurou regular processo administrativo de verificação da
não poderá ser superior a três meses. inadimplência da concessionária, assegurando-lhe o
(B) o adolescente apreendido em flagrante de ato contraditório e a ampla defesa. Ao final do processo
infracional será imediatamente encaminhado ao Juiz administrativo, restou efetivamente comprovada a
de Direito em exercício na Vara da Infância e inadimplência, e o poder concedente deseja extinguir a
Juventude, que decidirá sobre a necessidade ou não de concessão por inexecução contratual.
seu acautelamento provisório. Qual é a modalidade de extinção da concessão a ser
(C) a concessão da remissão, que prescinde da observada no caso narrado?
homologação da Autoridade Judiciária, é medida que o (A) Encampação.
membro do Ministério Público atribuído poderá adotar (B) Caducidade.
no processamento de ato infracional. (C) Rescisão.
(D) ao ato infracional praticado por crianças (D) Anulação.
corresponderão as seguintes medidas socioeducativas:
advertência, obrigação de reparar o dano, prestação de 31
serviços à comunidade, liberdade assistida e inserção A Lei 11.107, de 6 de abril de 2005, dispõe sobre normas
em regime de semiliberdade. gerais para a União, os Estados, o Distrito Federal e os
Municípios contratarem consórcios públicos para a realização
27 de objetivos de interesse comum. A respeito do regime
Em âmbito federal, o direito de a Administração Pública jurídico aplicável a tais consórcios públicos, assinale a
anular atos administrativos eivados de vício de ilegalidade, alternativa correta.
dos quais decorram efeitos favoráveis para destinatários de (A) É vedada a celebração de contrato de consórcio
boa-fé público cujo valor seja inferior a R$ 20.000.000,00
(A) não se submete a prazo prescricional. (vinte milhões) de reais.
(B) não se submete a prazo decadencial. (B) Os consórcios públicos na área de saúde, em razão do
(C) prescreve em 10 (dez) anos, contados da data em que regime de gestão associada, são dispensados de
praticado o ato. obedecer aos princípios que regulam o Sistema Único
(D) decai em 5 (cinco) anos, contados da data em que de Saúde.
praticado o ato. (C) É vedada a celebração de contrato de consórcio
público para a prestação de serviços cujo período seja
28 inferior a 5 (cinco) anos.
A qualificação como Organizações da Sociedade Civil de (D) A União somente participará de consórcios públicos em
Interesse Público (OSCIPs) de pessoas jurídicas de direito que também façam parte todos os Estados em cujos
privado, sem fins lucrativos, cujos objetivos sociais e normas territórios estejam situados os Municípios
estatutárias atendam aos requisitos previstos na respectiva lei consorciados.
é ato
(A) vinculado ao cumprimento dos requisitos 32
estabelecidos em lei. Antônio, vítima em acidente automobilístico, foi atendido em
(B) complexo, uma vez que somente se aperfeiçoa com a hospital da rede pública do Município de Mar Azul e, por
instituição do Termo de Parceria. imperícia do médico que o assistiu, teve amputado um terço
(C) discricionário, uma vez que depende de avaliação de sua perna direita. Nessa situação hipotética, respondem
administrativa quanto à sua conveniência e pelo dano causado a Antônio
oportunidade. (A) o Município de Mar Azul e o médico, solidária e
(D) composto, subordinando-se à homologação da Chefia objetivamente.
do Poder Executivo. (B) o Município de Mar Azul, objetivamente, e o médico,
regressivamente, em caso de dolo ou culpa.
29 (C) o Município de Mar Azul, objetivamente, e o médico,
O contrato de prestação de serviços de que a Administração subsidiariamente.
Pública seja a usuária direta ou indireta, ainda que envolva a (D) o Município de Mar Azul, objetivamente, e o médico,
execução de obra ou fornecimento e instalação de bens, solidária e subjetivamente.
denomina-se concessão
(A) comum.
(B) patrocinada.
(C) administrativa.
(D) de uso de bem público.

IV EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 7
33 35
Noêmia, proprietária de uma casa litorânea, regularmente Rodolfo, brasileiro, engenheiro, solteiro, sem ascendentes ou
constituiu usufruto sobre o aludido imóvel em favor de Luísa, descendentes, desapareceu de seu domicílio há 11 (onze)
mantendo, contudo, a sua propriedade. Inesperadamente, meses e até então não houve qualquer notícia sobre seu
sobreveio uma severa ressaca marítima, que destruiu por paradeiro. Embora tenha desaparecido, deixou Lisa, uma
completo o imóvel. Ciente do ocorrido, Noêmia decidiu amiga, como mandatária para a finalidade de administrar-lhe
reconstruir integralmente a casa às suas expensas, tendo em os bens. Todavia, por motivos de ordem pessoal, Lisa não quis
vista que o imóvel não se encontrava segurado. exercer os poderes outorgados por Rodolfo em seu favor,
A respeito da situação narrada, assinale a alternativa correta. renunciando expressamente ao mandato.
(A) O usufruto será mantido em favor de Luísa, tendo em De acordo com os dispositivos que regem o instituto da
vista que o imóvel não fora destruído por culpa sua. ausência, assinale a alternativa correta.
(B) O usufruto será extinto, consolidando-se a propriedade (A) O juiz não poderá declarar a ausência e nomear
em favor de Noêmia, independentemente do curador para Rodolfo, pois Lisa não poderia ter
pagamento de indenização a Luísa, tendo em vista que renunciado o mandato outorgado em seu favor, já que
Noêmia arcou com as despesas de reconstrução do só estaria autorizada a fazê-lo em caso de justificada
imóvel. impossibilidade ou de constatada insuficiência de
(C) O usufruto será extinto, consolidando-se a propriedade poderes.
em favor de Noêmia, desde que esta indenize Luísa em (B) A renúncia ao mandato, por parte de Lisa, era possível
valor equivalente a um ano de aluguel do imóvel. e, neste caso, o juiz determinará ao Ministério Público
(D) O usufruto será mantido em favor de Luísa, que nomeie um curador encarregado de gerir os bens
independentemente do pagamento de qualquer do ausente, observando, no que for aplicável, o
quantia por ela, tendo em vista que Noêmia somente disposto a respeito dos tutores e curadores.
poderia ter reconstruído o imóvel mediante (C) Os credores de obrigações vencidas e não pagas de
autorização expressa de Luísa, por escritura pública ou Rodolfo, decorrido 1 (um) ano da arrecadação dos
instrumento particular. bens do ausente, poderão requerer que se determine a
abertura de sua sucessão provisória.
34 (D) Poderá ser declarada a sucessão definitiva de Rodolfo
Jonas, maior e capaz, confiou em depósito a Silas, também 10 (dez) anos depois de passada em julgado a sentença
maior e capaz, por instrumento particular, dois automóveis de que concedeu a sucessão provisória, mas, se nenhum
sua propriedade para serem conservados por seis meses, interessado promover a sucessão definitiva, nesse
estabelecendo, como remuneração, o pagamento de certa prazo, os bens porventura arrecadados deverão ser
quantia em dinheiro a Silas. Findo o prazo, caberia a Silas doados a entidades filantrópicas localizadas no
restituir os automóveis na residência de Jonas. Na vigência do município do último domicílio de Rodolfo.
depósito, Silas decidiu, certo dia, utilizar um dos automóveis
para ir ao trabalho e, quando já regressava, foi abalroado, 36
sem culpa sua, por seu vizinho Francisco, em uma moto, O negócio jurídico depende da regular manifestação de
amassando a porta lateral direita. Transcorrido o prazo vontade do agente envolvido. Nesse sentido, o art. 138 do
ajustado, Silas providenciou a entrega dos dois automóveis no Código Civil dispõe que “são anuláveis os negócios jurídicos
local estipulado. quando as declarações de vontade emanarem de erro
A respeito da situação narrada, é correto afirmar que Jonas substancial que poderia ser percebido por pessoa de
(A) não deve pagar a Silas as despesas relativas à diligência normal, em face das circunstâncias do negócio”.
manutenção dos dois automóveis durante o período Relativamente aos defeitos dos negócios jurídicos, assinale a
ajustado. alternativa correta.
(B) deve cobrar diretamente de Francisco as despesas (A) O falso motivo, por sua gravidade, viciará a declaração
referentes ao conserto da porta lateral direita. de vontade em todas as situações e, por consequência,
(C) deve arcar com as despesas referentes à restituição gerará a anulação do negócio jurídico.
dos dois automóveis no local estipulado. (B) O erro não prejudica a validade do negócio jurídico
(D) poderá reter integralmente o valor da contraprestação quando a pessoa, a quem a manifestação de vontade
em dinheiro devido a Silas, tendo em vista a ocorrência se dirige, se oferecer para executá-la na conformidade
do acidente com um dos automóveis. da vontade real do manifestante.
(C) O erro é substancial quando concerne à identidade ou
à qualidade essencial da pessoa a quem se refira a
declaração de vontade, ainda que tenha influído nesta
de modo superficial.
(D) O erro de cálculo gera a anulação do negócio jurídico,
uma vez que restou viciada a declaração de vontade
nele baseada.

IV EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 8
37 39
Gustavo tornou-se fiador do seu amigo Henrique, em razão de Suponha que tenha sido publicada no Diário Oficial da União,
operação de empréstimo bancário que este tomou com o do dia 26 de abril de 2011 (terça-feira), uma lei federal, com o
Banco Pechincha. No entanto, Gustavo, apreensivo, descobriu seguinte teor:
que Henrique está desempregado há algum tempo e que “Lei GTI, de 25 de abril de 2011.
deixou de pagar várias parcelas do referido empréstimo. Sem Define o alcance dos direitos da personalidade previstos no
o consentimento de Gustavo, Henrique e o Banco Pechincha Código Civil.
aditaram o contrato original, tendo sido concedida moratória O Presidente da República
a Henrique. Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a
Com base no relato acima e no regime legal do contrato de seguinte Lei:
fiança, assinale a alternativa correta. Art. 1º: Os direitos da personalidade previstos no Código Civil
(A) Por ter a fiança o objetivo de garantir o débito aplicáveis aos nascituros são estendidos aos embriões
principal, sendo acessória a este, deve ela ser de valor laboratoriais (in vitro), ainda não implantados no corpo
igual ao da obrigação principal e ser contraída nas humano.
mesmas condições de onerosidade de tal obrigação. Art. 2º: Esta lei entra em vigor no prazo de 45 dias.
(B) Gustavo não poderá exonerar-se da fiança que tiver Brasília, 25 de abril 2011, 190º da Independência da República
assinado sem limitação de tempo, ficando obrigado e 123º da República.”
por todos os efeitos da fiança até o efetivo pagamento Ante a situação hipotética descrita e considerando as regras
do débito principal. sobre a forma de contagem do período de vacância e a data
(C) A concessão da moratória pelo Banco Pechincha a em que a lei entrará em vigor, é correto afirmar que a
Henrique, tal como narrado, não tem o condão de contagem do prazo para entrada em vigor de lei que contenha
desobrigar o fiador. período de vacância se dá
(D) Se o Banco Pechincha, sem justa causa, demorar a (A) pela exclusão da data de publicação da lei e a inclusão
execução iniciada contra Henrique, poderá Gustavo do último dia do prazo, entrando em vigor no dia
promover-lhe o andamento. subsequente à sua consumação integral, que na
situação descrita será o dia 13/06/2011.
38 (B) pela inclusão da data de publicação e do último dia do
Acerca da servidão de aqueduto, assinale a alternativa prazo, entrando em vigor no dia subsequente à sua
correta. consumação integral, passando a vigorar no dia
(A) Não se aplicam à servidão de aqueduto as regras 10/06/2011.
pertinentes à passagem de cabos e tubulações. (C) pela inclusão da data de publicação e exclusão do
(B) O aqueduto deverá ser construído de maneira que último dia do prazo, entrando em vigor no dia
cause o menor prejuízo aos proprietários dos imóveis 09/06/2011.
vizinhos, e a expensas do seu dono, mas a quem não (D) pela exclusão da data de publicação e do último dia do
incumbem as despesas de conservação. prazo, entrando em vigor no dia 11/06/2011.
(C) Se o uso das águas não se destinar à satisfação das
exigências primárias, o proprietário do aqueduto não 40
deverá ser indenizado pela retirada das águas Quando a sentença que reconhece obrigação de pagar não
supérfluas aos seus interesses de consumo. determina o valor devido, procede-se à sua liquidação, para
(D) O proprietário do prédio serviente, ainda que que, então, possa dar-se o seu cumprimento.
devidamente indenizado pela passagem da servidão do Em relação à sistemática da liquidação no direito brasileiro,
aqueduto, poderá exigir que seja subterrânea a assinale a alternativa correta.
canalização que atravessa áreas edificadas, pátios, (A) A liquidação de sentença tem natureza jurídica de ação
jardins ou quintais. autônoma.
(B) A liquidação pode ser requerida mesmo na pendência
de recurso ainda não julgado pelo tribunal, hipótese
em que deve ser processada em autos apartados no
juízo de origem.
(C) Requerida a liquidação, deve a parte contrária ser
pessoalmente intimada.
(D) Sempre que o pedido for genérico, o juiz pode proferir
sentença ilíquida.

IV EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 9
41 43
Júlia ingressou com ação de indenização por danos morais e O rito comum sumário tem suas hipóteses de incidência
materiais em face da Gráfica Bela Escrita, bem como do Ateliê expressamente disciplinadas no sistema processual civil
Alta-Costura, sob a alegação de que o seu casamento não pátrio. Tal rito apresenta trâmite mais célere que o observado
pôde ser realizado tendo em vista que a Gráfica escreveu o pelo rito comum ordinário, e, exatamente por isso, as causas
endereço errado do local da cerimônia em todos os convites que o observam têm menor complexidade se comparadas às
confeccionados, e o Ateliê, por sua vez, não entregou o que tramitam pelo rito comum ordinário.
vestido de noiva no dia do casamento. Tendo sido ambos os Acerca do rito comum sumário, é correto afirmar que
réus regularmente citados, o Ateliê Alta-Costura apresentou (A) podem observar o rito comum sumário causas cujo
contestação tempestiva, em que afirmou se isentar de valor corresponda a trezentos vezes o valor do salário
responsabilidade, uma vez que o vestido de noiva já estava mínimo e que versem acerca da cobrança ao
praticamente pronto, quando, na véspera da cerimônia, a condômino de quantias devidas ao condomínio.
noiva subitamente decidiu solicitar inúmeras alterações no (B) ações que seguem o rito comum sumário são dúplices,
modelo da roupa, o que inviabilizou a sua tempestiva entrega. razão pela qual pode o réu valer-se da reconvenção
A Gráfica Bela Escrita, por seu turno, não se manifestou nos para formular pedidos contra o autor em seu favor.
autos. (C) no rito comum sumário, têm as partes que comparecer
A respeito da situação descrita, é correto afirmar que a pessoalmente à audiência de conciliação, jamais
contestação apresentada pelo Ateliê Alta-Costura podendo se fazer representar por preposto com
(A) automaticamente aproveita à Gráfica Bela Escrita, não poderes para transigir.
se operando o efeito material da revelia contra este (D) no rito comum sumário, não é admissível a ação
réu. declaratória incidental. Da mesma forma não se
(B) reabre automaticamente o prazo para a apresentação admitem nesse rito, em nenhuma hipótese, quaisquer
de contestação pela Gráfica Bela Escrita, operando-se o das espécies de intervenção de terceiros.
efeito material da revelia somente se este réu, mesmo
assim, permanecer inerte. 44
(C) não aproveita à Gráfica Bela Escrita, operando-se o Em uma ação fundada na responsabilidade civil por suposto
efeito material da revelia contra este réu. erro médico praticado por Cláudio, este foi regularmente
(D) aproveita à Gráfica Bela Escrita, não se operando o citado e, no prazo legal, ofereceu contestação. Em razão do
efeito material da revelia contra este réu, desde que o seu falecimento, no curso da lide, foi determinada a
Ateliê Alta-Costura, uma vez intimado, manifeste suspensão do processo e a habilitação de seus herdeiros ou
expressa concordância. sucessores no polo passivo. Sendo certo que tal irregularidade
não foi sanada no prazo fixado pelo juízo, é correto afirmar,
42 em relação ao processo, que
No âmbito do Direito Processual Civil, os legitimados ativos (A) deve ser julgado extinto, sem resolução do mérito, por
que proponham ação e interponham recursos poderão falta de pressupostos de constituição e de
desistir deles, desde que respeitados os seguintes termos: desenvolvimento válido e regular.
(A) o credor poderá desistir de toda execução ou apenas (B) deve ter regular prosseguimento, com a declaração da
de algumas medidas executivas, desde que suporte as revelia e a consequente presunção de veracidade dos
custas e honorários advocatícios decorrentes da fatos alegados na inicial.
extinção dos embargos que versarem somente sobre (C) deve prosseguir, com a declaração da revelia, cuja
questões processuais e, nos demais casos, quando consequência ficará restrita à fluência de prazos
houver anuência do embargante. independentemente de intimação.
(B) o recorrente poderá desistir do recurso interposto a (D) deve ser julgado extinto, sem resolução do mérito, por
qualquer tempo, desde que não se trate de falta de uma das condições da ação.
litisconsórcio e que a parte contrária, uma vez
intimada, manifeste expressamente sua anuência. 45
(C) na intervenção de terceiros, a assistência obsta a que a A respeito das ações possessórias, assinale a alternativa
parte principal desista da ação, que somente poderá correta.
ocorrer com a anuência expressa do assistente. Nesse (A) A propositura da ação de reintegração de posse,
caso, a desistência independe de homologação por quando cabível manutenção de posse, torna impossível
sentença. o acolhimento do pedido, impondo a extinção sem
(D) a desistência da ação, que produz efeitos somente resolução do mérito.
depois de homologada por sentença, implica extinção (B) Quando for ordenada a justificação prévia, o prazo
do processo com resolução do mérito. Caso tenha para contestar contar-se-á da intimação do despacho
transcorrido o prazo para resposta do réu, o pedido de que deferir ou não a medida liminar.
desistência estará sujeito ao seu consentimento. (C) É vedada a cumulação de pedidos com o pedido
possessório.
(D) O possuidor tem direito a ser mantido na posse em
caso de esbulho e reintegrado no de turbação.

IV EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 10
46 51
No âmbito do Código de Defesa do Consumidor, em relação Em relação à modificação do capital social das sociedades
ao princípio da boa-fé objetiva, é correto afirmar que limitadas, assinale a alternativa correta.
(A) sua aplicação se restringe aos contratos de consumo. (A) Há direito de preferência do sócio no caso de aumento
(B) para a caracterização de sua violação imprescindível se do capital social, exercendo, primeiro, esse direito o
faz a análise do caráter volitivo das partes. sócio majoritário, que poderá adquirir todas as quotas
(C) não se aplica à fase pré-contratual. ou quantas lhe interessarem. Após exercido esse
(D) importa em reconhecimento de um direito a cumprir direito, caso restem quotas a serem adquiridas, terá
em favor do titular passivo da obrigação. preferência sobre os demais quem tiver maior número
de quotas, e assim sucessivamente.
47 (B) Para que haja aumento do capital social, não há
Analisando o artigo 6º, V, do Código de Defesa do necessidade de os sócios terem integralizado
Consumidor, que prescreve: “São direitos básicos do totalmente suas quotas.
consumidor: V – a modificação das cláusulas contratuais que (C) Uma das hipóteses para que haja diminuição do capital
estabeleçam prestações desproporcionais ou sua revisão em social é que a sociedade tenha tido prejuízos que não
razão de fatos supervenientes que as tornem excessivamente serão mais recuperados, devendo-se, nesse caso, haver
onerosas”, assinale a alternativa correta. diminuição proporcional do valor das quotas,
(A) Não traduz a relativização do princípio contratual da tornando-se efetiva essa diminuição a partir do
autonomia da vontade das partes. momento em que for feita a averbação no cartório
(B) Almeja, em análise sistemática, precipuamente, a competente da ata da assembleia que a aprovou.
resolução do contrato firmado entre consumidor e (D) A diminuição do valor do capital social é direito da
fornecedor. sociedade, não podendo haver objeção por parte dos
(C) Admite a incidência da cláusula rebus sic stantibus. credores.
(D) Exige a imprevisibilidade do fato superveniente.
52
48
A sociedade empresária XYZ Computação Gráfica S.A. teve sua
Contrato oneroso, em que alguém assume, em caráter
falência decretada. Na correspondente sentença, foi
profissional e sem vínculo de dependência, a obrigação de
autorizada a continuação provisória das atividades da falida
promover, em nome de outrem, mediante retribuição, a
com o administrador judicial, fato esse que perdurou por um
efetivação de certos negócios, em determinado território ou
período de 10 (dez) meses.
zona de mercado.
Como são juridicamente qualificados os titulares dos créditos
A definição acima corresponde a que tipo de contrato
trabalhistas relativos a serviços prestados durante esse
empresarial?
interregno posterior à decretação da falência?
(A) Agência.
(A) Credores concursais.
(B) Mandato.
(B) Credores concorrentes prioritários.
(C) Comissão mercantil.
(C) Credores reivindicantes.
(D) Corretagem.
(D) Credores extraconcursais.
49
É uma cláusula acessória ao contrato de comissão, no qual o 53
comissário assume o gravame de responder solidariamente A Empresa ABC Ltda. foi incorporada pela Empresa XYZ Ltda.,
pela insolvência das pessoas com quem contratar em nome em 15/06/2011, sendo que os sócios da empresa incorporada
do comitente. se aposentaram 7 (sete) dias após a data da realização do
Essa cláusula é denominada negócio jurídico. Em 30/06/2011, a Fiscalização da Secretaria
(A) del credere. da Receita Federal apurou crédito tributário, anterior à data
(B) pacto comissório. da incorporação, resultante do não recolhimento de IRPJ,
(C) venda com reserva de domínio. CSLL, entre outros tributos devidos da responsabilidade da
(D) hedge. Empresa ABC Ltda.
Pelo exposto, o crédito tributário deverá ser cobrado
50 (A) da Empresa XYZ Ltda.
Em relação ao Direito Cambiário, é correto afirmar que (B) da Empresa ABC Ltda.
(A) o aceite no cheque é dado pelo banco ou instituição (C) dos sócios da Empresa ABC Ltda.
financeira a ele equivalente, devendo ser firmado no (D) solidariamente da Empresa ABC Ltda. e da Empresa
verso do título. XYZ Ltda.
(B) a duplicata, quando de prestação de serviços, pode ser
emitida com vencimento a tempo certo da vista.
(C) o protesto é necessário para garantir o direito de
regresso contra o(s) endossante(s) e o(s) avalista(s) do
aceitante de uma letra de câmbio.
(D) o aval dado em uma nota promissória pode ser parcial,
ainda que sucessivo.

IV EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 11
54 57
O Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de O inciso VII do §1º do art. 225 da Constituição da República
Mercadorias e sobre a Prestação de Serviços de Transporte prevê a proteção da fauna e da flora, vedadas as práticas que
Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação tem seus coloquem em risco sua função ecológica, enquanto que o §1º
princípios delineados na Constituição, que é complementada do art. 231 do referido texto constitucional estabelece que
pela Lei Complementar 87/1996, com as alterações são terras indígenas as habitadas por eles em caráter
posteriores. permanente e que podem ser utilizadas por esses povos,
A respeito desse imposto é correto afirmar que desde que necessárias ao seu bem-estar e à sua reprodução
(A) é autorizada a sua cobrança sobre bens importados do física e cultural.
exterior por pessoa física que tenha intuito de A esse respeito, assinale a alternativa correta.
comercializá-los, mas é vedada a sua incidência quando (A) Os indígenas têm o usufruto exclusivo das riquezas do
esses bens, importados do exterior, são destinados ao solo, dos rios e dos lagos nas terras ocupadas em
consumo próprio da pessoa natural. caráter permanente por eles e, portanto, podem
(B) ele tem função precipuamente fiscal, podendo ser explorá-las, sem necessidade de licenciamento
seletivo em função da essencialidade, incide sobre o ambiental.
valor agregado, em obediência ao princípio da não (B) Os indígenas podem suprimir vegetação de mata
cumulatividade, mas não incide sobre o ouro, quando atlântica sem autorização do órgão ambiental
definido em lei como ativo financeiro. competente porque são usufrutuários das terras que
(C) ele incide sobre operações que destinem a outros habitam.
Estados petróleo, inclusive lubrificantes, combustíveis (C) A exploração dos recursos florestais em terras
líquidos e gasosos dele derivados, e energia elétrica, indígenas somente poderá ser realizada pelas
assim como nas prestações de serviço de radiodifusão comunidades indígenas em regime de manejo florestal
sonora e de sons e imagens de recepção livre e sustentável, para atender à sua subsistência,
gratuita. respeitado o Código Florestal.
(D) suas alíquotas aplicáveis às operações e prestações (D) Os indígenas são proprietários das terras que ocupam
interestaduais e de exportação são estabelecidas por em caráter permanente, mas devem explorá-las
meio de resolução do Senado Federal, por iniciativa do segundo as normas ambientais estabelecidas na Lei da
seu Presidente ou de um terço dos Senadores da casa, Política Nacional do Meio Ambiente e do Código
com aprovação dada pela maioria absoluta de seus Florestal.
membros.
58
55 Assinale a alternativa correta quanto ao licenciamento
José dos Anjos ajuíza ação anulatória de débito fiscal após ambiental e ao acesso aos dados e informações existentes nos
realizar depósito do montante integral do crédito que busca a órgãos e entidades integrantes do Sisnama.
anulação. Nesse sentido, é correto afirmar que (A) Caso a área que sofrerá o impacto ambiental seja
(A) o depósito prévio do montante integral é requisito de considerada estratégica para o zoneamento industrial
admissibilidade da ação ajuizada por José dos Anjos. nacional de petróleo e gás e em áreas do pré-sal, o
(B) o depósito do montante objeto de discussão judicial órgão ambiental poderá elaborar estudo prévio de
poderá ser levantado caso José dos Santos tenha seu impacto ambiental sigiloso.
pedido julgado procedente perante o juízo de primeiro (B) Um cidadão brasileiro pode solicitar informações sobre
grau. a qualidade do meio ambiente em um município aos
(C) o depósito prévio do montante integral produz os órgãos integrantes do Sisnama, mediante a
efeitos de impedir a propositura da execução fiscal, apresentação de título de eleitor e comprovação de
bem como evita a fluência dos juros e a imposição de domicílio eleitoral no local.
multa. (C) A exigência de Estudo Prévio de Impacto Ambiental
(D) caso o contribuinte saia vencido, caberá à Fazenda para aterros sanitários depende de decisão
promover execução fiscal para fins de receber o discricionária do órgão ambiental, que avaliará no caso
crédito que lhe é devido. concreto o potencial ofensivo da obra.
(D) Uma pessoa jurídica com sede na França poderá
56 solicitar, aos órgãos integrantes do Sisnama, mediante
A redação da Súmula Vinculante 28 ("É inconstitucional a requerimento escrito, mesmo sem comprovação de
exigência de depósito prévio como requisito de interesse específico, informações sobre resultados de
admissibilidade de ação judicial na qual se pretenda discutir a monitoramento e auditoria nos sistemas de controle
exigibilidade do crédito tributário") tem por escopo impedir a de poluição e de atividades potencialmente poluidoras
adoção de que princípio jurídico? das empresas brasileiras.
(A) Venire Contra Factum Proprium.
(B) Exceção de contrato não cumprido.
(C) Solve et Repete.
(D) Contraditório e ampla defesa.

IV EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 12
59 62
Com relação aos critérios para substituição da pena privativa Osíris, jovem universitária de Medicina, soube estar gestante.
de liberdade por restritiva de direitos, assinale a alternativa Todavia, tratava-se de gravidez indesejada, e Osíris queria
correta. saber qual substância deveria ingerir para interromper a
(A) A substituição nunca poderá ocorrer se o réu for gestação. Objetivando tal informação, Osíris estimulou uma
reincidente em crime doloso. discussão em sala de aula sobre o aborto. O professor de
(B) Somente fará jus à substituição o réu que for Osíris, então, bastante animado com o interesse dos alunos
condenado a pena não superior a 4 (quatro) anos. sobre o assunto, passou também a emitir sua opinião, a qual
(C) Em caso de descumprimento injustificado da pena era claramente favorável ao aborto. Referido professor
restritiva de direitos, esta será convertida em privativa mencionou, naquele momento, diversas substâncias capazes
de liberdade, reiniciando-se o cumprimento da de provocar a interrupção prematura da gravidez, inclusive
integralidade da pena fixada em sentença. fornecendo os nomes de inúmeros remédios abortivos e
(D) Se superior a um ano, a pena privativa de liberdade indicando os que achava mais eficazes. Além disso, também
pode ser substituída por uma pena restritiva de afirmou que as mulheres deveriam ter o direito de praticar
direitos e multa ou por duas restritivas de direitos. aborto sempre que achassem indesejável uma gestação.
Nesse sentido, considerando-se apenas os dados
60 mencionados, é correto afirmar que o professor de Osíris
À luz da lei que dispõe sobre os Juizados Especiais Criminais praticou
(Lei 9.099/95), assinale a alternativa correta. (A) a contravenção penal prevista no art. 20 do Decreto-
(A) A competência do juizado será determinada pelo lugar Lei 3.688/41, que dispõe: “anunciar processo,
em que se consumar a infração penal. substância ou objeto destinado a provocar aborto”.
(B) A citação será pessoal e se fará no próprio juizado, (B) o crime previsto no art. 286 do Código Penal, que
sempre que possível, ou por edital. dispõe: “incitar, publicamente, a prática de crime”.
(C) O instituto da transação penal pode ser concedido pelo (C) o crime previsto no art. 68 da Lei 8.078/90, que dispõe:
juiz sem a anuência do Ministério Público. “fazer ou promover publicidade que sabe ou deveria
(D) Tratando-se de crime de ação penal pública saber ser capaz de induzir o consumidor a se
incondicionada, não sendo caso de arquivamento, o comportar de forma prejudicial ou perigosa à sua
Ministério Público poderá propor a aplicação imediata saúde ou segurança”.
de pena restritiva de direitos ou multas, a ser (D) fato atípico.
especificada na proposta.
63
61 Em relação ao cálculo da pena, é correto afirmar que
Tício praticou um crime de furto (art. 155 do Código Penal) no (A) a análise da reincidência precede à verificação dos
dia 10/01/2000, um crime de roubo (art. 157 do Código Penal) maus antecedentes, e eventual acréscimo de pena com
no dia 25/11/2001 e um crime de extorsão (art. 158 do base na reincidência deve ser posterior à redução pela
Código Penal) no dia 30/5/2003. Tício foi condenado pelo participação de menor importância.
crime de furto em 20/11/2001, e a sentença penal (B) é defeso ao juiz fixar a pena intermediária em patamar
condenatória transitou definitivamente em julgado no dia acima do máximo previsto, ainda que haja
31/3/2002. Pelo crime de roubo, foi condenado em circunstância agravante a ser considerada.
30/01/2002, com sentença transitada em julgado (C) o acréscimo de pena pela embriaguez preordenada
definitivamente em 10/06/2003 e, pelo crime de extorsão, foi deve se feito posteriormente à redução pela confissão
condenado em 20/8/2004, com sentença transitando espontânea.
definitivamente em julgado no dia 10/6/2006. (D) é possível que o juiz, analisando as circunstâncias
Com base nos dados acima, bem como nos estudos acerca da judiciais do art. 59 do Código Penal, fixe pena-base em
reincidência e dos maus antecedentes, é correto afirmar que patamar acima do máximo previsto.
(A) na sentença do crime de furto, Tício é considerado
portador de maus antecedentes e, na sentença do
crime de roubo, é considerado reincidente.
(B) na sentença do crime de extorsão, Tício possui maus
antecedentes em relação ao crime de roubo e é
reincidente em relação ao crime de furto.
(C) cinco anos após o trânsito em julgado definitivo da
última condenação, Tício será considerado primário,
mas os maus antecedentes persistem.
(D) nosso ordenamento jurídico-penal prevê como tempo
máximo para configuração dos maus antecedentes o
prazo de cinco anos a contar do cumprimento ou
extinção da pena e eventual infração posterior.

IV EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 13
64 67
Configura modalidade de peculato prevista no Código Penal Em relação ao incidente de falsidade, é correto afirmar que
(A) o peculato por erro de outrem, consistente na (A) se reconhecida a falsidade por decisão irrecorrível,
apropriação de bem ou valores que o funcionário mandará desentranhar o documento e remetê-lo, com
tenha recebido pela facilidade que seu cargo lhe os autos do processo incidente, ao Ministério Público.
proporciona. (B) arguida, por escrito, a falsidade de documento
(B) o peculato eletrônico, modalidade anômala de constante dos autos, o juiz observará o seguinte
peculato, consistente em inserir dados falsos, alterar processo: mandará autuar em apartado a impugnação
ou modificar dados no sistema de informações da e em seguida ouvirá a parte contrária, que, num prazo
administração pública. de 24 (vinte a quatro) horas, oferecerá resposta.
(C) o peculato-culposo, consistente na apropriação de (C) a arguição de falsidade, feita por procurador, não exige
bens ou valores que o funcionário tenha recebido por poderes especiais.
erro de outrem em razão do cargo público que exerce. (D) o juiz não poderá, de ofício, proceder à verificação da
(D) o peculato-desvio, consistente no desvio de bens ou falsidade.
valores, pelo funcionário público, em benefício de
terceiro. 68
Em relação às exceções previstas na legislação processual
65 penal, assinale a alternativa correta.
Levando em consideração as modificações trazidas pela Lei (A) A arguição de suspeição sempre precederá a qualquer
11.719/08, assinale a alternativa correta. outra.
(A) O Código de Processo Penal admite a figura da citação (B) Se for arguida a suspeição do órgão do Ministério
com hora certa, tal como ocorre no Código de Processo Público, o juiz, depois de ouvi-lo, decidirá, sem recurso,
Civil. podendo antes admitir a produção de provas no prazo
(B) O rito comum ordinário é o reservado aos crimes de 10 (dez) dias.
apenados com reclusão, independentemente do (C) Poderá se opor suspeição às autoridades policiais nos
montante da pena para eles prevista. atos do inquérito.
(C) Na mutatio libelli (em que a denúncia descreve (D) As exceções serão processadas em autos apartados e
determinado fato, mas as provas apontam que o fato não suspenderão, em regra, o andamento da ação
delituoso é diverso), o Ministério Público deverá, após penal.
encerrada a instrução probatória, aditar a denúncia no
prazo de 5 (cinco) dias sob pena de se operar a 69
preclusão temporal. Acerca das disposições contidas na Lei Processual sobre o
(D) O rito sumário é o reservado para as infrações penais Inquérito Policial, assinale a alternativa correta.
de menor potencial ofensivo. (A) Nos crimes de ação privada, a autoridade policial
poderá proceder a inquérito a requerimento de
66 qualquer pessoa do povo que tiver conhecimento da
A Lei 7.492/86 define os Crimes contra o Sistema Financeiro existência de infração penal.
Nacional. Acerca do procedimento previsto para tais crimes, é (B) Do despacho que indeferir o requerimento de abertura
correto afirmar que de inquérito caberá recurso para o tribunal
(A) quando a denúncia não for intentada no prazo legal, o competente.
ofendido poderá representar ao Procurador-Geral da (C) Para verificar a possibilidade de haver a infração sido
República, para que este a ofereça, designe outro praticada de determinado modo, a autoridade policial
órgão do Ministério Público para oferecê-la ou poderá proceder à reprodução simulada dos fatos,
determine o arquivamento das peças de informações desde que esta não contrarie a moralidade ou a ordem
recebidas. pública.
(B) nos crimes previstos nessa lei, cometidos em quadrilha (D) A autoridade policial poderá mandar arquivar autos de
ou coautoria, o coautor ou partícipe que, por meio de inquérito.
confissão espontânea, revelar à autoridade policial ou
judicial toda a trama delituosa terá sua pena reduzida
de 1 (um) a 2/5 (dois quintos).
(C) a ação penal será promovida perante a Justiça Federal
quando a infração for praticada em detrimento de
bens e serviços de entes federais. Nos demais casos,
será proposta perante a Justiça Estadual.
(D) os órgãos dos Ministérios Públicos Federal e Estadual,
sempre que julgarem necessário, poderão requisitar, a
qualquer autoridade, informação, documento ou
diligência relativa à prova dos crimes previstos na Lei
7.492/86.

IV EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 14
70 72
João da Silva ajuizou reclamação trabalhista em face da José Antônio de Souza, integrante da categoria profissional
empresa Alfa Empreendimentos Ltda., alegando ter sido dos eletricitários, é empregado de uma empresa do setor
dispensado sem justa causa. Postulou a condenação da elétrico, expondo-se, de forma intermitente, a condições de
reclamada no pagamento de aviso prévio, décimo terceiro risco acentuado.
salário, férias proporcionais acrescidas do terço constitucional Diante dessa situação hipotética, e considerando que não há
e indenização compensatória de 40% (quarenta por cento) norma coletiva disciplinando as condições de trabalho,
sobre os depósitos do FGTS, bem como na obrigação de assinale a alternativa correta.
fornecimento das guias para levantamento dos depósitos do (A) José Antônio não tem direito ao pagamento de
FGTS e obtenção do benefício do seguro-desemprego. Na adicional de periculosidade, em razão da intermitência
peça de defesa, a empresa afirma que o reclamante foi da exposição às condições de risco.
dispensado motivadamente, por desídia no desempenho de (B) José Antônio tem direito ao pagamento de adicional de
suas funções (artigo 482, alínea “e”, da CLT), e que, por essa periculosidade de 30% (trinta por cento) sobre o seu
razão, não efetuou o pagamento das verbas postuladas e não salário básico.
forneceu as guias para a movimentação dos depósitos do (C) José Antônio tem direito ao pagamento de adicional de
FGTS e percepção do seguro-desemprego. periculosidade de 30% (trinta por cento) sobre a
Considerando que, após a instrução processual, o juiz se totalidade das parcelas salariais.
convenceu da configuração de culpa recíproca, assinale a (D) José Antônio tem direito ao pagamento de adicional de
alternativa correta. periculosidade de forma proporcional ao tempo de
(A) A culpa recíproca é modalidade de resilição unilateral exposição ao risco.
do contrato de trabalho.
(B) O reclamante tem direito a 50% do valor do aviso 73
prévio, do décimo terceiro salário e das férias Paulo, empregado da empresa Alegria Ltda., trabalha para a
proporcionais. empresa Boa Sorte Ltda., em decorrência de contrato de
(C) O reclamante não poderá movimentar a conta prestação de serviços celebrado entre as respectivas
vinculada do FGTS. empresas. As atribuições por ele exercidas inserem-se na
(D) O reclamante não tem direito ao pagamento de atividade-meio da tomadora, a qual efetua o controle de sua
indenização compensatória sobre os depósitos do jornada de trabalho e dirige a prestação pessoal dos serviços,
FGTS. emitindo ordens diretas ao trabalhador no desempenho de
suas tarefas.
71 Diante dessa situação hipotética, assinale a alternativa
Assinale a alternativa correta em relação ao Fundo de correta.
Garantia do Tempo de Serviço – FGTS. (A) A terceirização é ilícita, acarretando a nulidade do
(A) Durante a prestação do serviço militar obrigatório pelo vínculo de emprego com a empresa prestadora e o
empregado, ainda que se trate de período de reconhecimento do vínculo de emprego diretamente
suspensão do contrato de trabalho, é devido o com a empresa tomadora.
depósito em sua conta vinculada do FGTS. (B) A terceirização é ilícita, acarretando a responsabilidade
(B) Na hipótese de falecimento do empregado, o saldo de subsidiária da empresa tomadora pelas obrigações
sua conta vinculada do FGTS deve ser pago ao trabalhistas inadimplidas pela empresa prestadora.
representante legal do espólio, a fim de que proceda à (C) A terceirização é lícita, acarretando a responsabilidade
partilha entre todos os sucessores do trabalhador subsidiária da empresa tomadora pelas obrigações
falecido. trabalhistas inadimplidas pela empresa prestadora.
(C) Não é devido o pagamento de indenização (D) A terceirização é lícita, não acarretando a
compensatória sobre os depósitos do FGTS quando o responsabilidade subsidiária da empresa tomadora
contrato de trabalho se extingue por força maior pelas obrigações trabalhistas inadimplidas pela
reconhecida pela Justiça do Trabalho. empresa prestadora.
(D) A prescrição da pretensão relativa às parcelas
remuneratórias não alcança o respectivo recolhimento 74
da contribuição para o FGTS, posto ser trintenária a Com relação ao contrato de aprendizagem, assinale a
prescrição para a cobrança deste último. alternativa correta.
(A) É um contrato especial de trabalho que pode ser
ajustado de forma expressa ou tácita.
(B) É um contrato por prazo determinado cuja duração
jamais poderá ser superior a dois anos.
(C) Salvo condição mais favorável, ao menor aprendiz deve
ser assegurado o salário mínimo hora.
(D) A duração do trabalho do aprendiz não pode exceder
de quatro horas diárias, sendo vedada a prorrogação e
a compensação de jornada.

IV EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 15
75 78
Foi celebrada convenção coletiva que fixa jornada em sete Assinale a alternativa correta no que diz respeito à execução
horas diárias. Posteriormente, na mesma vigência dessa trabalhista.
convenção, foi celebrado acordo coletivo prevendo redução (A) As partes devem ser previamente intimadas para a
da referida jornada em 30 minutos. Assim, os empregados das apresentação do cálculo de liquidação, exceto da
empresas que subscrevem o acordo coletivo e a convenção contribuição previdenciária incidente, que ficará a
coletiva deverão trabalhar, por dia, cargo da União.
(A) 8 horas, pois a CRFB prevê jornada de 8 horas por dia e (B) Tratando-se de prestações sucessivas, por tempo
44 horas semanais, não podendo ser derrogada por indeterminado, a execução compreenderá inicialmente
norma hierarquicamente inferior. as prestações devidas até a data do ingresso na
(B) 7 horas e 30 minutos, porque o acordo coletivo, por ser execução.
mais específico, prevalece sobre a convenção coletiva, (C) Na execução por carta precatória, os embargos de
sendo aplicada a redução de 30 minutos sobre a terceiro serão oferecidos no juízo deprecante ou no
jornada de 8 horas por dia prevista na CRFB. juízo deprecado, mas a competência para julgá-los será
(C) 7 horas, pois as condições estabelecidas na convenção sempre do juízo deprecante.
coletiva, por serem mais abrangentes, prevalecem (D) Em se tratando de execução provisória, não fere direito
sobre as estipuladas no acordo coletivo. líquido e certo do impetrante a determinação de
(D) 6 horas e 30 minutos, pela aplicação do princípio da penhora em dinheiro, quando nomeados outros bens à
prevalência da norma mais favorável ao trabalhador. penhora, uma vez que obedece à gradação prevista em
lei.
76
A respeito do recurso de revista, é correto afirmar que 79
(A) é cabível para corrigir injustiças de decisões em recurso Em audiência de conciliação, instrução e julgamento, o
ordinário, havendo apreciação das provas produzidas reclamado não respondeu ao pregão, mas compareceu o seu
nos autos do processo. advogado, munido de procuração e dos atos constitutivos da
(B) é cabível nas causas sujeitas ao procedimento empresa. Dada a palavra ao reclamante, seu advogado
sumaríssimo, somente por contrariedade à súmula de requereu que a empresa fosse considerada revel e confessa,
jurisprudência uniforme do Tribunal Superior do pelo que o juiz indeferiu a juntada da defesa escrita que o
Trabalho e violação direta à Constituição da República. advogado da parte reclamada pretendia apresentar.
(C) é cabível em sede de execução, de decisão em Assinale a alternativa correta, indicando como deve o
embargos à execução, nas mesmas hipóteses de advogado da parte reclamada proceder.
cabimento das decisões decorrentes de recurso (A) Deve lançar em ata o protesto, alegando que, no
ordinário. processo do trabalho, a revelia decorre da falta de
(D) não é cabível para reforma de decisão visando à apresentação de defesa, pelo que a presença do
uniformização de jurisprudência e restabelecimento da advogado, munido de procuração, supre a ausência da
lei federal violada. parte.
(B) Deve conformar-se, pois, no processo do trabalho, a
77 revelia decorre da ausência da parte ré, importando
Quanto ao cabimento do mandado de segurança na Justiça do em confissão quanto a qualquer matéria, pelo que a
Trabalho, assinale a alternativa correta. presença do advogado da parte ausente, munido de
(A) O mandado de segurança impetrado contra decisão procuração e defesa, é irrelevante.
liminar que concedeu a tutela antecipada perde o (C) Deve lançar em ata o protesto, alegando que, no
objeto quando da superveniência de sentença nos processo do trabalho, a revelia decorre da ausência da
autos originários. parte ré, importando em confissão quanto à matéria
(B) É permitido o exercício do jus postulandi das partes de fato, pelo que o juiz deve receber a defesa
quando da impetração do mandado de segurança na apresentada pelo advogado da parte ausente, desde
Justiça do Trabalho. que munido de procuração, para o exame das questões
(C) Tratando-se de execução provisória, não fere direito de direito.
líquido e certo do impetrante a determinação de (D) Deve conformar-se, pois, no processo do trabalho, a
penhora em dinheiro, ainda que nomeados outros revelia tanto pode decorrer da ausência da parte ré
bens à penhora, uma vez que obedece à gradação da quanto da falta de apresentação da defesa, estando ou
lei processual. não presente o advogado da parte ausente (ainda que
(D) Cabe a impetração de mandado de segurança da munido de procuração) e sempre importa em confissão
decisão que indefere liminar ou homologação de quanto a qualquer matéria, de fato ou de direito.
acordo.

IV EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 16
80
Lavrado auto de infração contra uma empresa por alegada
violação às normas da CLT, o valor da multa importa em R$
5.000,00. Pretendendo recorrer administrativamente da
multa, a empresa
(A) deverá recolher o valor da multa, que ficará retida até
o julgamento do recurso administrativo.
(B) não precisará recolher qualquer multa para ter
apreciado o seu recurso administrativo.
(C) para ser isenta do depósito da multa, deverá valer-se
de ação própria requerendo judicialmente a isenção
até o julgamento do recurso administrativo.
(D) não precisará depositar a multa, pois isso somente será
obrigatório se desejar ajuizar ação anulatória perante a
Justiça do Trabalho.

IV EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 17
QUESTIONÁRIO DE PERCEPÇÃO SOBRE A PROVA 5
As questões das diversas áreas do Direito (Civil, Penal,
Este questionário é de preenchimento facultativo pelo Trabalho, Administrativo, etc.) apresentavam o mesmo
examinando. Como se trata de mera pesquisa, não nível de dificuldade e compreensão?
influi no resultado final do exame. (A) Sim, todas.
(B) Sim, a maioria.
As questões têm como objetivo avaliar a qualidade e a (C) Não houve esse nivelamento.
adequação da prova que você acabou de realizar. (D) Não tenho como opinar.

Assinale suas respostas nos espaços próprios (canto 6


inferior direito) da sua folha de respostas. As informações/instruções fornecidas para a resolução
da prova foram suficientes e adequadas?
A OAB e a FGV agradecem sua colaboração. (A) Sim, até excessivas.
(B) Sim, todas elas.
1 (C) Sim, somente algumas.
Na sua avaliação, o grau de dificuldade desta prova, (D) Não, nenhuma delas.
quanto ao conteúdo programático abordado, foi
(A) muito fácil. 7
(B) fácil. Assinale o tipo de dificuldade que você encontrou ao
(C) médio. responder à prova. Indique a preponderante.
(D) difícil. (A) Desconhecimento do conteúdo.
(B) Forma diferente de abordagem do conteúdo.
2 (C) Falta de motivação para fazer a prova.
Assinale a alternativa que indique a sua avaliação (D) Não tive qualquer tipo de dificuldade para responder
quanto à capacidade crítica e interpretativa desta prova à prova.
em relação ao cenário e ao ordenamento jurídico
contemporâneo. 8
(A) Plenamente satisfatória. Considerando sua preparação para esta prova, você
(B) Satisfatória. conclui que
(C) Pouco satisfatória. (A) não estudou a maioria dos conteúdos abordados.
(D) Insatisfatória. (B) estudou a maioria dos conteúdos abordados, mas
não os assimilou.
3 (C) estudou e assimilou muitos dos conteúdos
Considerando a extensão da prova em relação ao tempo abordados.
total, você considera que ela foi (D) estudou e assimilou todos os conteúdos abordados.
(A) muito longa.
(B) longa. 9
(C) adequada. Qual foi o tempo gasto para concluir a prova?
(D) curta. (A) Menos de três horas.
(B) Entre três e quatro horas.
4 (C) Entre quatro e cinco horas.
Os enunciados das questões da prova estavam claros e (D) Não consegui terminar.
objetivos?
(A) Sim, todos. 10
(B) Sim, a maioria. Você considera o layout (formatação e diagramação)
(C) Poucos. desta prova
(D) Não, nenhum. (A) muito bom.
(B) bom.
(C) regular.
(D) ruim.

IV EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 18
IV EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO
Página 19
CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL
IV EXAME UNIFICADO – GABARITOS – PROVAS DO DIA 17/07/2011

GABARITOS PRELIMINARES

IV EXAME UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
D A C D B A B D C B A A B C D D B A C C
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
A B D A C A D A C B D B B C C B D D B B
41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60
C A A C B D C A A D C D A B C C C D D D
61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80
B D B B A A A D C B A C A C D B A B C B

IV EXAME UNIFICADO – TIPO 2 – VERDE


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
A D B D C A C B B D A B A B A A D D B D
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
D B C C D D B C A B D A D B A A A A C B
41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60
D B A C C D A C B B C B C C D D B D B A
61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80
C C C A C B D B D C B B D C D D B A A C

1
CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL
IV EXAME UNIFICADO – GABARITOS – PROVAS DO DIA 17/07/2011

IV EXAME UNIFICADO – TIPO 3 – AMARELO


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
C D A B A A D D C B B C C C A C A D A D
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
C C A B C A A A B B A A B C D C B B B D
41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60
D D C C C C A B B A D A B B C D A B D C
61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80
D B A A B D B B D D D A A A D D D B D C

IV EXAME UNIFICADO – TIPO 4 – AZUL


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
B D A A D D A C D A C C A A C C D D A D
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
B B C C C D C D A B B B A B B D B D C D
41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60
B A D D A C A B A A D B C C A C C D C C
61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80
B C D C B B D A B A A D B B B D A A D D

2
CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL
IV EXAME UNIFICADO – GABARITOS – PROVAS DO DIA 17/07/2011

TABELA DE CORRESPONDÊNCIA DE QUESTÕES

TIPO 1 TIPO 2 TIPO 3 TIPO 4 TIPO 1 TIPO 2 TIPO 3 TIPO 4


1 9 11 10 41 42 44 45
2 8 7 8 42 41 40 43
3 10 5 12 43 40 43 44
4 6 12 1 44 43 41 42
5 4 10 6 45 45 42 41
6 11 9 9 46 47 47 47
7 1 8 2 47 46 46 46
8 12 3 7 48 52 52 50
9 7 1 11 49 51 50 51
10 3 4 3 50 49 48 52
11 5 2 5 51 48 51 48
12 2 6 4 52 50 49 49
13 13 15 15 53 55 56 55
14 15 14 13 54 56 54 53
15 14 13 14 55 54 55 54
16 16 16 16 56 53 53 56
17 17 17 17 57 58 58 58
18 24 24 20 58 57 57 57
19 21 20 24 59 59 62 60
20 20 22 22 60 60 60 64
21 23 23 23 61 63 59 63
22 18 21 21 62 62 64 61
23 22 19 19 63 61 61 59
24 19 18 18 64 64 63 62
25 26 26 26 65 69 67 65
26 25 25 25 66 65 65 67
27 32 32 27 67 66 69 69
28 31 29 31 68 68 68 66
29 28 27 30 69 67 66 68
30 30 30 29 70 73 75 71
31 29 31 32 71 74 74 72
32 27 28 28 72 75 70 75
33 37 33 39 73 71 71 74
34 34 39 34 74 72 72 73
35 33 38 36 75 70 73 70
36 36 35 33 76 79 77 76
37 35 34 35 77 80 80 80
38 38 37 37 78 77 78 78
39 39 36 38 79 76 76 79
40 44 45 40 80 78 79 77

3
Ordem dos
Advogados
do Brasil
V EXAME DE ORDEM UNIFICADO

Atenção!
TIPO 1 – BRANCO
Você está recebendo um caderno de provas do tipo 1. Portanto, verifique se sua folha de respostas é, também, do
tipo 1. Verifique se o número deste caderno de provas coincide com o registrado no rodapé de cada página. Caso
contrário, notifique imediatamente o fiscal de sala para que sejam tomadas as devidas providências.
Informações gerais
 Você receberá do fiscal de sala o material descrito a seguir:
a) uma folha destinada às respostas das questões objetivas formuladas na prova de tipo 1;
b) este caderno de prova tipo 1, com o enunciado das 80 (oitenta) questões, sem repetição ou falha, e o
questionário de percepção sobre a prova, com 10 (dez) questões objetivas.
 Ao receber a folha de respostas você deve:
a) conferir seu nome, número de identidade e número de inscrição;
b) ler atentamente as instruções para a marcação das respostas das questões objetivas;
c) assinar a folha de respostas, no espaço reservado, com caneta esferográfica transparente de cor azul ou preta.
 As questões são identificadas pelo número que se situa acima do seu enunciado.
 Durante a aplicação da prova não será permitido:
a) qualquer tipo de comunicação entre os examinandos;
b) levantar da cadeira sem a devida autorização do fiscal de sala;
c) portar aparelhos eletrônicos, tais como bipe, telefone celular, walkman, agenda eletrônica, notebook, palmtop,
receptor, gravador, máquina fotográfica, controle de alarme de carro, etc., bem como relógio de qualquer espécie,
óculos escuros ou qualquer acessório de chapelaria, como chapéu, boné, gorro, etc., e ainda lápis, lapiseira, borracha
ou corretivo de qualquer espécie.
 A FGV realizará a coleta da impressão digital dos examinandos na folha de respostas.
 Não será permitida a troca da folha de respostas por erro do examinando.
 O tempo disponível para esta prova será de 5 (cinco) horas, já incluído o tempo para marcação da folha de
respostas.
 Reserve tempo suficiente para marcar sua folha de respostas.
 Para fins de avaliação, serão levadas em consideração apenas as marcações realizadas na folha de respostas.
 Somente após decorridas duas horas do início da prova você poderá retirar-se da sala de prova sem levar o
caderno de questões.
 Somente no decorrer dos últimos 30 (trinta) minutos do período da prova você poderá retirar-se da sala levando
o caderno de questões.
 Quando terminar sua prova, entregue a folha de respostas devidamente preenchida e assinada ao fiscal da sala,
momento em que deverá também assinar em campo específico da lista de presença, ato que servirá de prova da
entrega do referido documento. A não entrega da folha de respostas implica a eliminação do examinando.
 Os 3 (três) últimos examinandos de cada sala só poderão sair juntos, devendo testemunhar o lacre da embalagem
de segurança pelo fiscal de aplicação, contendo os documentos que serão usados na correção das provas dos
examinandos, assinando termo quanto a esse procedimento. Caso algum desses examinandos insista em sair do
local de aplicação antes de presenciar o procedimento descrito, deverá assinar termo desistindo do Exame. Caso se
negue, será lavrado Termo de Ocorrência, testemunhado pelos 2 (dois) outros examinandos, pelo fiscal de aplicação
da sala e pelo Coordenador da unidade de provas.

V EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 1
V EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO
Página 2
1 4
Alcides, advogado de longa data, resolve realizar concurso Manoel, empresário, promove ação de separação judicial
para o Ministério Público, vindo a ser aprovado em primeiro litigiosa em face de Maria, sua esposa, alegando graves
lugar. Após os trâmites legais, é designada data para a sua violações aos deveres do casamento, entre as quais abandono
posse, circunstância que acarreta seu requerimento para material e moral das duas filhas do casal. Anexa documento
suspender sua inscrição nos quadros da OAB, o que vem a ser comprovando que sua esposa deixara as menores em casa
indeferido. No caso em comento, em relação a Alcides, para comparecer a festas em locais distantes, o que lhes
configura-se situação de causou riscos à saúde física e mental. Apesar de as normas
(A) cancelamento da inscrição por assunção de cargo sobre o tema determinarem o sigilo, o processo tramita como
incompatível. se fosse público. O advogado do autor comunica o fato ao juiz
(B) suspensão da inscrição até a aposentadoria do que preside o processo e ao escrivão que chefia o cartório
membro do Ministério Público. judicial. Baldados foram os seus esforços.
(C) suspeição enquanto permanecer no cargo. Em relação ao caso acima, à luz das normas estatutárias, é
(D) incompatibilidade, podendo atuar, como advogado, correto afirmar que
em determinadas situações. (A) a publicidade do processo constitui mera
irregularidade, infensa a medidas de qualquer naipe.
2 (B) o advogado atuou corretamente ao reclamar do
Na Secretaria Municipal de Fazenda, tramita procedimento descumprimento de lei.
administrativo relacionado à imposição do IPTU em (C) a reclamação deve ser escrita.
determinada área urbana. O proprietário do imóvel contrata o (D) não pode reclamar para outra autoridade, já tendo
advogado Juliano para solucionar a questão. Portando apresentado a primeira ao juiz da causa.
mandato extrajudicial, o advogado dirige-se ao local e, em
face dos seus conhecimentos pessoais, obtém o ingresso no 5
recinto da secretaria e recebe as informações pertinentes, A Administração Pública, por meio de determinado órgão,
apresentando, por petição, os esclarecimentos necessários. promove processo administrativo de natureza disciplinar em
Em um dos dias em que atuava profissionalmente, viu-se face do servidor público Francisco. O servidor contrata o
interpelado por um dos chefes de seção, que questionou sua advogado Sócrates para defendê-lo. Munido do instrumento
permanência no local, proibida por atos regulamentares. de mandato, Sócrates requer vista dos autos do processo
Diante disso, é correto afirmar que administrativo e posteriores intimações. O requerimento foi
(A) as características especiais dos órgãos fazendários indeferido pela desnecessidade de advogado atuar no
limitam os direitos dos advogados. referido processo.
(B) o ingresso em quaisquer recintos de repartições Com base no relatado acima, à luz das normas estatutárias, é
públicas, no exercício da profissão, é direito dos correto afirmar que
advogados. (A) o advogado não tem direito de atuar em processo
(C) a questão em tela está vinculada à proteção do sigilo administrativo.
profissional. (B) a atuação do advogado é obrigatória nos processos
(D) o advogado não pode ter acesso a procedimentos administrativos.
administrativos, salvo com autorização da autoridade (C) o direito de vista é aplicável ao processo
competente. administrativo.
(D) nos processos disciplinares, a regra é a da presença do
3 advogado.
A empresa Frios e Gelados S.A. promove ação de
responsabilidade civil em face da empresa Calor e Chaud Ltda. 6
No curso do processo, surge decisão judicial, atacada por José foi condenado criminalmente, com sentença transitada
recurso apresentado pelo representante judicial da empresa em julgado, e, paralelamente, punido também em processo
autora, o advogado Lúcio. Tal recurso não tem previsão legal disciplinar perante a OAB em função dos mesmos atos que
de sustentação oral. Apesar disso, o advogado comparece à resultaram naquela condenação criminal.
sessão de julgamento e requer ao tribunal o tempo necessário Nos termos das normas estatutárias, é correto afirmar que
para a sustentação referida. (A) a reabilitação administrativa independe da criminal.
Nos termos das normas estatutárias, é correto afirmar que (B) ambas as reabilitações podem tramitar paralelamente.
(A) é direito do advogado a sustentação oral em todos os (C) a reabilitação administrativa é pressuposto da criminal.
recursos. (D) é pressuposto da reabilitação à OAB o deferimento da
(B) o direito à sustentação oral está vinculado à sua criminal.
previsibilidade recursal.
(C) a sustentação oral dependerá do relator do recurso.
(D) o direito à sustentação oral será por trinta minutos.

V EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 3
7 10
Conceição promove ação possessória em face de vários réus O advogado Antônio é convocado para prestar depoimento
que ocuparam imóvel sem construção, de sua propriedade, como testemunha em ação em que um dos seus clientes é
em área urbana. Houve a designação de audiência de parte. Inquirido pelo magistrado, passa a tecer considerações
conciliação, com a presença dos réus e dos seus advogados. sobre fatos apresentados pelo seu cliente durante as
Na audiência, visando organizar o ato, o magistrado proibiu consultas profissionais, mesmo sobre estratégias que havia
que os advogados se mantivessem de pé, bem como saíssem sugerido para a defesa do seu cliente. Não omitiu quaisquer
do local durante a sua realização. informações. Posteriormente à audiência, foi notificado da
Com base no que dispõe o Estatuto da Advocacia e as leis abertura de processo disciplinar pelo depoimento prestado.
regentes, é correto afirmar que Em relação ao caso acima, com base nas normas estatutárias,
(A) o advogado deve permanecer sentado na sala de é correto afirmar que
audiências até o final do ato. (A) no caso em tela, houve justa causa, capaz de permitir a
(B) caso o advogado necessite retirar-se do local, deve revelação de dados sigilosos.
postular licença à autoridade. (B) inquirido pelo magistrado, o advogado não pode se
(C) o advogado pode permanecer sentado ou de pé nos escusar de depor e prestar informações.
recintos do Poder Judiciário. (C) a quebra do sigilo profissional, ainda que
(D) pode permanecer de pé, caso autorizado pela judicialmente, como no caso, é infração disciplinar.
autoridade competente. (D) o sigilo profissional é uma faculdade do advogado.

8 11
No julgamento da ação envolvendo Manoel e Joaquim, o Tício é advogado regularmente inscrito nos quadros da OAB e
relator do processo assacou diversas acusações contra os conhecido pela energia e vivacidade com que defende a
representantes judiciais das partes, inclusive relacionadas à pretensão dos seus clientes. Atuando em defesa de um dos
litigância de má-fé. Os advogados requereram a palavra, que seus clientes, exalta-se em audiência, mas mantém, apesar
foi indeferida, sendo retirados do recinto por servidores do disso, a cortesia com o magistrado presidente do ato e com o
Tribunal. Requereram, então, as medidas próprias à OAB. advogado da parte contrária. Mesmo assim, sofreu
Com base nesse cenário, à luz das regras estatutárias, é representação perante o órgão disciplinar da OAB. Em relação
correto afirmar que a tais fatos, é correto afirmar que
(A) inexistem medidas administrativas a realizar no âmbito (A) a atuação de Tício desborda os limites normais do
da OAB. exercício da advocacia.
(B) esses litígios devem ser resolvidos no âmbito do (B) inexistindo atividade injuriosa, os atos do advogado
processo judicial. são imunes ao controle disciplinar.
(C) a separação entre a atividade do juiz e a do advogado (C) a defesa do cliente deve ser pautada pelo dirigente da
bloqueia a atividade da OAB. audiência, o magistrado.
(D) é situação típica de desagravo pela atuação (D) no processo judicial, os atos do advogado constituem
profissional dos advogados. múnus privado.

9 12
Ademir, formado em Jornalismo e Direito e exercendo ambas Crésio é procurado por cliente que já possui advogado
as profissões, publica, em seu espaço jornalístico, alegações constituído nos autos. Prontamente recusa a atuação até que
forenses por ele apresentadas em juízo. Instado por outros seu cliente apresente a quitação dos honorários acordados e
profissionais do Direito a também apresentar os trabalhos dos proceda à revogação dos poderes que foram conferidos para
colegas, Ademir alega que o espaço é exclusivamente o exercício do mandato. Após cumpridas essas formalidades,
dedicado à divulgação dos seus próprios trabalhos forenses. comprovadas documentalmente, Crésio apresenta sua
Com base no relatado, à luz das normas estatutárias, é procuração nos autos e requer o prosseguimento do
correto afirmar que a divulgação promovida por Ademir é processo. À luz das normas aplicáveis, é correto afirmar que
(A) perfeitamente justificável, por ser pertinente a outra (A) a revogação do mandato exime o cliente do
profissão. pagamento de honorários acordados.
(B) justificado pelo interesse jornalístico dos trabalhos (B) permite-se o ingresso do advogado no processo
forenses. mesmo que atuando outro, sem sua ciência.
(C) punível, por caracterizar infração disciplinar. (C) o advogado deve, antes de assumir mandato, procurar
(D) é equiparado a ato educacional permitido. a ciência e autorização do antecessor.
(D) a verba de sucumbência deixa de ser devida após a
revogação do mandato pelo cliente.

V EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 4
13 16
A respeito da internacionalização dos direitos humanos, A embaixada de um estado estrangeiro localizada no Brasil
assinale a alternativa correta. contratou um empregado brasileiro para os serviços gerais.
(A) Já antes do fim da II Guerra Mundial ocorreu a No final do ano, não pagou o 13º salário, por entender que,
internacionalização dos direitos humanos, com a em seu país, este não era devido. O empregado, insatisfeito,
limitação dos poderes do Estado a fim de garantir o recorreu à Justiça do Trabalho. A ação foi julgada procedente,
respeito integral aos direitos fundamentais da pessoa mas a embaixada não cumpriu a sentença. Por isso, o
humana. reclamante solicitou a penhora de um carro da embaixada.
(B) A limitação do poder, quando previsto na Constituição, Com base no relatado acima, o Juiz do Trabalho decidiu
garante por si só o respeito aos direitos humanos. (A) deferir a penhora, pois a Constituição atribui
(C) A criação de normas de proteção internacional no competência à justiça brasileira para ações de
âmbito dos direitos humanos possibilita a execução contra Estados estrangeiros.
responsabilização do Estado quando as normas (B) indeferir a penhora, pois o Estado estrangeiro, no que
nacionais forem omissas. diz respeito à execução, possui imunidade, e seus bens
(D) A internacionalização dos direitos humanos impõe que são invioláveis.
o Estado, e não o indivíduo, seja sujeito de direitos (C) extinguir o feito sem julgamento do mérito por
internacional. entender que o Estado estrangeiro tem imunidade de
jurisdição.
14 (D) deferir a penhora, pois o Estado estrangeiro não goza
As Constituições brasileiras se mostraram com avanços e de nenhuma imunidade quando se tratar de ações
retrocessos em relação aos direitos humanos. A esse respeito trabalhistas.
assinale a alternativa correta.
(A) A Constituição de 1946 apresentou diversos 17
retrocessos em relação aos direitos humanos, Em janeiro de 2003, Martin e Clarisse Green, cidadãos
principalmente no tocante aos direitos sociais. britânicos domiciliados no Rio de Janeiro, casam-se no
(B) A Constituição de 1967 consolidou arbitrariedades Consulado-Geral britânico, localizado na Praia do Flamengo.
decretadas nos Atos Institucionais, caracterizando Em meados de 2010, decidem se divorciar. Na ausência de um
diversos retrocessos em relação aos direitos humanos. pacto antenupcial, Clarisse requer, em petição à Vara de
(C) A Constituição de 1934 se revelou retrógrada ao Família do Rio de Janeiro, metade dos bens adquiridos pelo
ignorar normas de proteção social ao trabalhador. casal desde a celebração do matrimônio, alegando que o
(D) A Constituição de 1969, mesmo incorporando as regime legal vigente no Brasil é o da comunhão parcial de
medidas dos Atos Institucionais, se revelou mais atenta bens. Martin, no entanto, contesta a pretensão de Clarisse,
aos direitos humanos que a Constituição de 1967. argumentando que o casamento foi realizado no consulado
britânico e que, portanto, deve ser aplicado o regime legal de
15 bens vigente no Reino Unido, que lhe é mais favorável.
No âmbito dos direitos humanos, a respeito do Incidente de Com base no caso hipotético acima e nos termos da Lei de
Deslocamento de Competência, instituído pela Emenda Introdução às Normas do Direito Brasileiro, assinale a
Constitucional 45, assinale a alternativa correta. alternativa correta.
(A) Para assegurar o cumprimento de obrigações (A) O juiz brasileiro não poderá conhecer e julgar a lide,
decorrentes de tratados internacionais de direitos pois o casamento não foi realizado perante a
humanos de que o Brasil seja parte, o Procurador-Geral autoridade competente.
da República pode suscitar, perante o Superior (B) Clarisse tem razão em sua demanda, pois o regime de
Tribunal de Justiça, incidente de deslocamento de bens é regido pela lex domicilli dos nubentes e, ao
competência para a Justiça Federal, nas hipóteses de tempo do casamento, ambos eram domiciliados no
graves violações aos direitos humanos. Brasil.
(B) O incidente de deslocamento de competência, embora (C) Martin tem razão em sua contestação, pois o regime
garanta o cumprimento de obrigações do Estado de bens se rege pela lei do local da celebração (lex loci
brasileiro em relação aos tratados internacionais de celebrationis), e o casamento foi celebrado no
direitos humanos, não está relacionado com a razoável consulado britânico.
duração do processo para a consecução da finalidade (D) O regime de bens obedecerá à lex domicilli dos
de efetiva proteção dos direitos humanos. cônjuges quanto aos bens móveis e à lex rei sitae (ou
(C) Pelo incidente de deslocamento de competência, a seja, a lei do lugar onde estão) quanto aos bens
Justiça Federal só julgaria os casos relativos aos imóveis, se houver.
direitos humanos após o Brasil ser responsabilizado
internacionalmente.
(D) O incidente de deslocamento de competência se
efetiva contrariamente ao princípio do federalismo
cooperativo por não obedecer à hierarquia de
competência para julgamento dos crimes comuns,
mesmo no âmbito de ferimento aos direitos humanos.

V EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 5
18 23
Se Governador de Estado desejar se insurgir contra súmula A iniciativa popular é uma das formas de exercício da
vinculante que, a seu juízo, foi formulada com enunciado soberania previstas na Constituição da República. O projeto
normativo que extrapolou os limites dos precedentes que a de lei resultante de iniciativa popular deve
originaram, poderá, dentro dos instrumentos processuais (A) ser dirigido à Mesa do Congresso Nacional.
constitucionais existentes, (B) ser subscrito por, no mínimo, 2% do eleitorado
(A) ajuizar ADI contra a súmula vinculante. nacional.
(B) ajuizar ADPF contra a súmula vinculante. (C) ser subscrito por eleitores de cinco Estados da
(C) interpor reclamação contra a súmula vinculante. Federação.
(D) requerer o cancelamento da súmula vinculante. (D) dispor sobre matéria de lei ordinária.

19 24
Os Estados são autônomos e compõem a Federação com a O habeas data não pode ser impetrado em favor de terceiro
União, os Municípios e o Distrito Federal. À luz das normas PORQUE
constitucionais, quanto aos Estados, é correto afirmar que visa tutelar direito à informação relativa à pessoa do
(A) podem incorporar-se entre si mediante aprovação em impetrante.
referendo.
(B) a subdivisão não pode gerar a formação de novos A respeito do enunciado acima é correto afirmar que
territórios. (A) ambas as afirmativas são verdadeiras, e a primeira
(C) o desmembramento deve ser precedido de autorização justifica a segunda.
por lei ordinária. (B) a primeira afirmativa é verdadeira, e a segunda é falsa.
(D) se requer lei complementar federal aprovando a (C) a primeira afirmativa é falsa, e a segunda é verdadeira.
criação de novos entes estaduais. (D) ambas as afirmativas são falsas.

20 25
No processo de impedimento do Presidente da República, Com nítida inspiração na doutrina da proteção integral, o ECA
ocorre a necessidade de preenchimento de alguns requisitos. garantiu à criança e ao adolescente o mais amplo acesso à
Com base nas normas constitucionais, é correto afirmar que Justiça, como forma de viabilizar a efetivação de seus direitos,
(A) a Câmara autoriza a instauração do processo pelo voto consagrou-lhes o acesso a todos os órgãos do Poder
da maioria absoluta dos seus membros. Judiciário, assim como lhes assegurou o acesso a órgãos que
(B) o julgamento ocorre pelo Senado Federal, cuja decisão exercem funções essenciais à Justiça, como o Ministério
deverá ocorrer pela maioria simples. Público e a Defensoria. Tendo em conta tal ampla proteção,
(C) condenado o Presidente, cumprirá sua pena privativa assinale a alternativa correta.
de liberdade em regime semiaberto. (A) As custas e emolumentos nas ações de destituição do
(D) no julgamento ocorrido no Senado, funcionará como poder familiar, perda ou modificação da tutela deverão
Presidente o do Supremo Tribunal Federal. ser custeadas pela parte sucumbente ao final do
processo.
21 (B) Na hipótese de colisão de interesses entre a criança ou
Lei estadual que regulamenta o serviço de mototáxi é adolescente e seus pais ou responsável, a autoridade
(A) constitucional porque se trata de competência judiciária lhes dará curador especial, o mesmo
legislativa reservada aos Estados. ocorrendo nas hipóteses de carência de representação
(B) constitucional porque se trata de competência ou assistência legal, ainda que eventual.
legislativa remanescente dos Estados. (C) Em obediência ao princípio da publicidade, é permitida
(C) inconstitucional porque se trata de competência a divulgação de atos judiciais e administrativos que
legislativa dos Municípios. digam respeito à autoria de ato infracional praticado
(D) inconstitucional porque se trata de competência por adolescente, podendo ser expedida certidão ou
legislativa privativa da União. extraída cópia dos autos, independentemente da
demonstração do interesse e justificativa acerca da
finalidade. Tais fatos, no entanto, se noticiados pela
22
imprensa escrita ou falada, devem conter apenas as
No que tange ao direito de nacionalidade, assinale a
iniciais do nome e sobrenome do menor, sendo
alternativa correta.
vedadas as demais formas expositivas, como
(A) O brasileiro nato não pode perder a nacionalidade.
fotografia, referência ao nome, apelido, etc.
(B) O filho de pais alemães que estão no Brasil a serviço de
(D) A assistência judiciária gratuita será prestada aos que
empresa privada alemã será brasileiro nato caso venha
dela necessitarem por defensor público, sendo
a nascer no Brasil.
admitida a nomeação pelo juiz de advogado se o
(C) O brasileiro naturalizado pode ser extraditado pela
adolescente não tiver defensor, não podendo,
prática de crime comum após a naturalização.
posteriormente, o adolescente constituir outro de sua
(D) O brasileiro nato somente poderá ser extraditado no
preferência.
caso de envolvimento com o tráfico de entorpecentes.

V EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 6
26 29
Fernando e Eulália decidiram adotar uma menina. Iniciaram o A revogação representa uma das formas de extinção de um
processo de adoção em maio de 2010. Com o estágio de ato administrativo. Quanto a esse instituto, é correto afirmar
convivência em curso, o casal se divorciou. que
Diante do fim do casamento dos pretendentes à adoção, é (A) pode se dar tanto em relação a atos viciados de
correto afirmar que ilegalidade ou não, desde que praticados dentro de
(A) a adoção deverá ser suspensa, e outro casal adotará a uma competência discricionária.
menor, segundo o princípio do melhor interesse do (B) produz efeitos retroativos, retirando o ato do mundo,
menor, pois a adoção é medida geradora do vínculo de forma a nunca ter existido.
familiar. (C) apenas pode se dar em relação aos atos válidos,
(B) a adoção poderá prosseguir, contanto que o casal opte praticados dentro de uma competência discricionária,
pela guarda compartilhada no acordo de divórcio, produzindo efeitos ex nunc.
mesmo que o estágio de convivência não tenha sido (D) pode se dar em relação aos atos vinculados ou
iniciado na constância do período de convivência. discricionários, produzindo ora efeito ex tunc, ora
(C) a adoção será deferida, contanto que o casal acorde efeito ex nunc.
sobre a guarda, regime de visitas e desde que o estágio
de convivência tenha sido iniciado na constância do 30
período de convivência e que seja comprovada a Tendo o agente público atuado nesta qualidade e dado causa
existência de vínculo de afinidade e afetividade com a dano a terceiro, por dolo ou culpa, vindo a administração a
aquele que não seja o detentor da guarda que ser condenada, terá esta o direito de regresso.
justifique a excepcionalidade da concessão. A respeito da ação regressiva, é correto afirmar que
(D) a lei não prevê tal hipótese, pois está em desacordo (A) em regra deve ser exercida, sob pena de afronta ao
com os ditames constitucionais da paternidade princípio da indisponibilidade.
responsável. (B) o prazo prescricional tem início a contar do fato que
gerou a ação indenizatória contra a Administração.
27 (C) a prescrição será decenal, com base na regra geral da
No que tange à chamada ação de improbidade administrativa, legislação civil.
assinale a definição correta segundo a doutrina do Direito (D) o prazo prescricional será o mesmo constante da
Administrativo. esfera penal para o tipo criminal correspondente.
(A) Trata-se de ação de natureza civil e penal, uma vez que
a Lei 8.429/92 prevê sanções de ambas as naturezas. 31
(B) Trata-se de ação meramente administrativa, uma vez O art. 37, II, da Constituição da República Federativa do Brasil
que a Lei 8.429/92 prevê apenas sanções de caráter de 1988, condiciona a investidura em cargo ou emprego
administrativo. público à prévia aprovação em concurso público de provas ou
(C) Trata-se de ação civil, muito embora as sanções de provas e títulos, ressalvadas as nomeações para os cargos
previstas pela Lei 8.429/92 ultrapassem o âmbito da em comissão.
simples ação de ressarcimento e importem em Em relação a concurso público, segundo a atual jurisprudência
penalidades de natureza penal e administrativa. dos tribunais superiores, é correto afirmar que
(D) Não se trata de uma ação judicial e sim de uma ação (A) os candidatos aprovados em concurso público de
administrativa, com a previsão legal (Lei 8.429/92) de provas ou de provas e títulos e classificados entre o
sanções penais e administrativas. número de vagas oferecidas no edital possuem
expectativa de direito à nomeação.
28 (B) os candidatos aprovados em concurso público de
A estruturação da Administração traz a presença, necessária, provas ou de provas e títulos devem comprovar a
de centros de competências denominados Órgãos Públicos habilitação exigida no edital no momento de sua
ou, simplesmente, Órgãos. Quanto a estes, é correto afirmar nomeação.
que (C) o prazo de validade dos concursos públicos poderá ser
(A) possuem personalidade jurídica própria, respondendo de até dois anos prorrogáveis uma única vez por
diretamente por seus atos. qualquer prazo não superior a dois anos, iniciando-se a
(B) suas atuações são imputadas às pessoas jurídicas a que partir de sua homologação.
pertencem. (D) os candidatos aprovados em concurso público de
(C) não possuem cargos, apenas funções, e estas são provas ou de provas e títulos e classificados dentro do
criadas por atos normativos do ocupante do respectivo limite de vagas oferecidas no edital possuem direito
órgão. subjetivo a nomeação dentro do prazo de validade do
(D) não possuem cargos nem funções. concurso.

V EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 7
32 35
De acordo com o critério da titularidade, consideram-se Heitor, solteiro e pai de dois filhos também solteiros (Roberto,
públicos os bens do domínio nacional pertencentes com trinta anos de idade, e Leonardo, com vinte e oito anos
(A) às entidades da Administração Pública Direta e de idade), vem a falecer, sem deixar testamento. Roberto,
Indireta. não tendo interesse em receber a herança deixada pelo pai, a
(B) às entidades da Administração Pública Direta, às ela renuncia formalmente por meio de instrumento público.
autarquias e às empresas públicas. Leonardo, por sua vez, manifesta inequivocamente o seu
(C) às pessoas jurídicas de direito público interno e às interesse em receber a herança que lhe caiba. Sabendo-se
pessoas jurídicas de direito privado prestadoras de que Margarida, mãe de Heitor, ainda é viva e que Roberto
serviços públicos. possui um filho, João, de dois anos de idade, assinale a
(D) às pessoas jurídicas de direito público interno. alternativa correta.
(A) Roberto não pode renunciar à herança, pois acarretará
33 prejuízos a seu filho, João, menor de idade.
Em relação à união estável, assinale a alternativa correta. (B) Roberto pode renunciar à herança, o que ocasionará a
(A) Para que fique caracterizada a união estável, é transferência de seu quinhão para João, seu filho.
necessário, entre outros requisitos, tempo de (C) Roberto pode renunciar à herança, e, com isso, o seu
convivência mínima de cinco anos, desde que durante quinhão será acrescido à parte da herança a ser
esse período a convivência tenha sido pública e recebida por Leonardo, seu irmão.
duradoura. (D) Roberto pode renunciar à herança, ocasionando a
(B) Quem estiver separado apenas de fato não pode transferência de seu quinhão para Margarida, sua avó,
constituir união estável, sendo necessária, antes, a desde que ela aceite receber a herança.
dissolução do anterior vínculo conjugal; nesse caso, 36
haverá simples concubinato. Durante assembleia realizada em condomínio edilício
(C) Não há presunção legal de paternidade no caso de filho residencial, que conta com um apartamento por andar,
nascido na constância da união estável. Giovana, nova proprietária do apartamento situado no andar
(D) O contrato de união estável é solene, rigorosamente térreo, solicitou explicações sobre a cobrança condominial,
formal e sempre público. por ter verificado que o valor dela cobrado era superior
àquele exigido dos demais condôminos. O síndico
34 prontamente esclareceu que a cobrança a ela dirigida é
João trafegava com seu veículo com velocidade incompatível realmente superior à cobrança das demais unidades, tendo
para o local e avançou o sinal vermelho. José, que atravessava em vista que o apartamento de Giovana tem acesso exclusivo,
normalmente na faixa de pedestre, foi atropelado por João, por meio de uma porta situada em sua área de serviço, a um
sofrendo vários ferimentos. Para se recuperar, José, pequeno pátio localizado nos fundos do condomínio,
trabalhador autônomo, teve que ficar internado por 10 dias, conforme consta nas configurações originais do edifício
sem possibilidade de trabalhar, além de ter ficado com várias devidamente registradas. Desse modo, segundo afirmado
cicatrizes no corpo. Em virtude do ocorrido, José ajuizou ação, pelo síndico, podendo Giovana usar o pátio com
pleiteando danos morais, estéticos e materiais. exclusividade, apesar de constituir área comum do
Com base na situação acima, assinale a alternativa correta. condomínio, caberia a ela arcar com as respectivas despesas
(A) José não poderá receber a indenização na forma de manutenção.
pleiteada, já que o dano moral e o dano estético são Em relação à situação apresentada, assinale a alternativa
inacumuláveis. Assim, terá direito apenas ao dano correta.
moral, em razão do sofrimento e das cicatrizes, e ao (A) Não poderão ser cobradas de Giovana as despesas
dano material, em razão do tempo que ficou sem relativas à manutenção do pátio, tendo em vista que
trabalhar. este consiste em área comum do condomínio, e a
(B) José terá direito apenas ao dano moral, já que o tempo porta de acesso exclusivo não fora instalada por
que ficou sem trabalhar é considerado lucros iniciativa da referida condômina.
cessantes, os quais não foram expressamente (B) Poderão ser cobradas de Giovana as despesas relativas
requeridos, e não podem ser concedidos. Quanto ao à manutenção do pátio, tendo em vista que ela dispõe
dano estético, esse é inacumulável com o dano moral, de seu uso exclusivo, independentemente da
já estando incluído neste. frequência com que seja efetivamente exercido.
(C) José terá direito a receber a indenização na forma (C) Somente poderão ser cobradas de Giovana as despesas
pleiteada: o dano moral em razão das lesões e do relativas à manutenção do pátio caso seja
sofrimento por ele sentido, o dano material em virtude demonstrado que o uso por ela exercido impõe
do tempo que ficou sem trabalhar e o dano estético deterioração excessiva do local.
em razão das cicatrizes com que ficou. (D) Poderá ser cobrada de Giovana metade das despesas
(D) José terá direito apenas ao dano moral, em razão do relativas à manutenção do pátio, devendo a outra
sofrimento, e ao dano estético, em razão das cicatrizes. metade ser repartida entre os demais condôminos,
Quanto ao tempo em que ficou sem trabalhar, isso se tendo em vista que a instalação da porta na área de
traduz em lucros cessantes, que não foram pedidos, serviço não foi de iniciativa da condômina, tampouco
não podendo ser concedidos. da atual administração do condomínio.

V EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 8
37 39
O decurso do tempo exerce efeitos sobre as relações jurídicas. A dação em pagamento é
Com o propósito de suprir uma deficiência apontada pela (A) modalidade de obrigação facultativa, na qual o credor
doutrina em relação ao Código velho, o novo Código Civil, a consente em receber objeto diverso ao da prestação
exemplo do Código Civil italiano e português, define o que é originariamente pactuada.
prescrição e institui disciplina específica para a decadência. (B) modalidade de adimplemento direto, na qual o credor
Tendo em vista os preceitos do Código Civil a respeito da consente em receber objeto diverso ao da prestação
matéria, assinale a alternativa correta. originariamente pactuada.
(A) Se a decadência resultar de convenção entre as partes, (C) causa extintiva da obrigação, na qual o credor
o interessado poderá alegá-la, em qualquer grau de consente em receber objeto diverso ao da prestação
jurisdição, mas o juiz não poderá suprir a alegação de originariamente pactuada.
quem a aproveite. (D) modalidade de obrigação alternativa, na qual o credor
(B) Se um dos credores solidários constituir judicialmente consente em receber objeto diverso ao da prestação
o devedor em mora, tal iniciativa não aproveitará aos originariamente pactuada.
demais quanto à interrupção da prescrição, nem a 40
interrupção produzida em face do principal devedor Numa ação de reintegração de posse em que o esbulho
prejudica o fiador dele. ocorreu há menos de 1 ano e 1 dia, ao examinar o pedido de
(C) O novo Código Civil optou por conceituar o instituto da liminar constante da petição inicial, o juiz
prescrição como a extinção da pretensão e estabelece (A) deve sempre realizar a inspeção judicial no local, sendo
que a prescrição, em razão da sua relevância, pode ser tal diligência requisito para a concessão da liminar.
arguida, mesmo entre os cônjuges enquanto casados (B) deve deferir de plano, sem ouvir o réu, se a petição
pelo regime de separação obrigatória de bens. inicial estiver devidamente instruída e sendo a ação
(D) Quando uma ação se originar de fato que deva ser entre particulares.
apurado no juízo criminal, não correrá a prescrição até (C) deve sempre designar audiência prévia ou de
o despacho do juiz que tenha recebido ou rejeitado a justificação, citando o réu, para, então, avaliar o
denúncia ou a queixa-crime. pedido liminar.
(D) pode deferir a liminar de plano, sem ouvir o réu, desde
38 que haja parecer favorável do Ministério Público.
Em instrumento particular, subscrito por duas testemunhas,
um menor de 16 anos, sem bens, não estabelecido com 41
economia própria nem exercendo atividade laborativa e Considerando a ação de execução de título extrajudicial, é
sendo apenas estudante do curso secundário, tomou por correto afirmar que
empréstimo a uma vizinha, sua amiga, a quantia de R$ (A) caso a petição inicial se ache desacompanhada do
5.000,00 (cinco mil reais) para participar de uma campanha de título executivo, deverá ser indeferida de plano, não se
doação de fundos para seu time de futebol, autorizando que a admitindo prazo para correção, dada a natureza
referida mutuante entregasse, em nome do mutuário, a sumária das ações executivas.
referida importância diretamente ao clube esportivo, o que (B) caberá ao devedor indicar a espécie de execução que
foi feito. Não foi fixado prazo para pagamento do mútuo, nem prefere, quando de mais de um modo puder ser
houve previsão de juros, exigindo, entretanto, a credora, a efetuada.
fiança de dois amigos do mutuário, solteiros, maiores e (C) deverá ser extinta se o título não corresponder a
capazes. Recusando-se a pagar o empréstimo, foram obrigação certa, líquida e exigível.
procurados o pai e a mãe do mutuário, os quais se negaram a (D) cabe ao devedor provar que o credor não adimpliu a
ratificar o empréstimo e se negaram a honrá-lo, sob o contraprestação, quando a satisfação da obrigação do
argumento de que não o haviam autorizado. Em face disso, executado estiver condicionada à realização daquela.
assinale a alternativa correta.
(A) Esse mútuo não pode ser reavido nem do mutuário, 42
nem de seus fiadores. O Ministério Público ajuizou ação rescisória a fim de
(B) Presumem-se devidos os juros pelo mutuário e por desconstituir sentença transitada em julgado, ao argumento
seus fiadores. de que teria havido colusão entre ambas as partes do
(C) Esse mútuo é uma obrigação que apenas vincula o processo originário no intuito de fraudar a lei. Diante disso,
menor e, assim, quando vencido e não restituído, requereu o Ministério Público, na petição inicial da ação
poderá ser cobrado apenas do mutuário, não sendo rescisória, a citação tanto da parte autora quanto da parte ré
exigível dos fiadores, perante os quais é absolutamente do processo originário.
ineficaz. Assinale a modalidade de litisconsórcio verificada na hipótese
(D) Não é válida, no caso, a negativa dos pais em honrar o acima.
empréstimo, que poderá ser cobrado deles, mas sem (A) Litisconsórcio ativo necessário e unitário.
juros. (B) Litisconsórcio passivo necessário e simples.
(C) Litisconsórcio ativo facultativo e simples.
(D) Litisconsórcio passivo necessário e unitário.

V EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 9
43 45
Zélia e Joaquim são vizinhos há cerca de sete anos. A respeito da liquidação de sentença, assinale a alternativa
Determinada parede foi construída por Joaquim, mas, por correta.
defeitos na execução da obra, está permitindo a infiltração da (A) Para que a sentença arbitral seja liquidada, será
água da chuva, gerando danos à parede limítrofe construída necessária a instauração de processo judicial, com a
por Zélia. Inconformada, Zélia procura você como citação da parte sucumbente.
advogado(a) a fim de ingressar com a medida judicial cabível. (B) É cabível a liquidação de sentença no procedimento
Analisando a hipótese e, estando Zélia de acordo com o seu dos Juizados Especiais Cíveis Estaduais.
parecer técnico, você afora ação judicial para o desfazimento (C) É incabível a liquidação de sentença antes do trânsito
da construção ou a reparação da obra defeituosa. Nessa em julgado da sentença liquidanda.
hipótese, como será fixado o valor da causa? (D) A liquidação por artigos corresponde à espécie de
(A) Deverá ser considerado o menor valor, por se tratar de liquidação de sentença em que não poderá ser
pedido subsidiário. produzida prova pericial para a apuração do valor da
(B) Será a soma dos valores de todos os pedidos, por se condenação.
tratar da hipótese de cumulação de pedidos.
(C) Por se tratar de pedidos alternativos, será considerado 46
o de maior valor. Quando a contratação ocorre por site da internet, o
(D) Por se tratar de ação para cumprimento do negócio consumidor pode desistir da compra?
jurídico, será considerado o valor da soma do principal, (A) Sim. Quando a compra é feita pela internet, o
da pena e dos juros vencidos. consumidor pode desistir da compra em até 30 dias
depois que recebe o produto.
44 (B) Não. Quando a compra é feita pela internet, o
No curso dos processos, os juízes são dotados de poderes que consumidor é obrigado a ficar com o produto, a menos
lhes permitem conduzir os feitos de maneira adequada, que ele apresente vício. Só nessa hipótese o
garantindo, ao término do processo, a prestação da tutela consumidor pode desistir.
jurisdicional de maneira eficaz. (C) Não. O direito de arrependimento só existe para as
Um dos poderes atribuídos aos magistrados pelo compras feitas na própria loja, e não pela internet.
ordenamento jurídico pátrio é o chamado poder geral de (D) Sim. Quando a compra é feita fora do estabelecimento
cautela, que decorre da evidente impossibilidade de abstrata comercial, o consumidor pode desistir do contrato no
previsão da totalidade das situações de risco para o processo prazo de sete dias, mesmo sem apresentar seus
que podem vir a ocorrer em concreto. motivos para a desistência.
Acerca desse importante instrumento processual de
concessão da tutela cautelar, é correto afirmar que 47
(A) se trata de autorização concedida ao Estado-Juiz para Ao instalar um novo aparelho de televisão no quarto de seu
que conceda não apenas as medidas cautelares típicas filho, o consumidor verifica que a tecla de volume do controle
previstas no Código de Processo Civil ou em outras leis, remoto não está funcionando bem. Em contato com a loja
mas também medidas cautelares inominadas. onde adquiriu o produto, é encaminhado à autorizada.
(B) o poder geral de cautela é exercido pelo juiz, a quem O que esse consumidor pode exigir com base na lei, nesse
caberá, com base em tal poder, optar livremente por momento, do comerciante?
prestar a tutela adequada por meio das medidas (A) A imediata substituição do produto por outro novo.
cautelares nominadas existentes e aplicáveis ao caso (B) O dinheiro de volta.
concreto ou por meio de medidas cautelares (C) O conserto do produto no prazo máximo de 30 dias.
inominadas. (D) Um produto idêntico emprestado enquanto durar o
(C) o sistema processual pátrio não prevê, no Código de conserto.
Processo Civil, nenhum caso de medida cautelar
inominada a ser deferida pelo juiz com base em seu
48
poder geral de cautela, razão pela qual cabe ao
A respeito da deliberação dos sócios na Sociedade Limitada, é
magistrado decidir, em cada caso concreto, a medida
correto afirmar que
cautelar atípica que pretende conceder.
(A) a assembleia somente pode ser convocada pelos
(D) o poder geral de cautela pode ser exercido pelo
administradores eleitos no contrato social.
magistrado mesmo que inexista qualquer processo em
(B) as formalidades legais de convocação são dispensadas
curso, uma vez que se pauta no princípio da
quando todos os sócios se declararem, por escrito,
efetividade das decisões judiciais. Além disso, por força
cientes do local, data, hora e ordem do dia.
do seu caráter de urgência, dispensa qualquer tipo de
(C) a deliberação em assembleia será obrigatória se o
fundamentação por parte do magistrado que profere a
número dos sócios for superior a cinco.
decisão.
(D) as deliberações tomadas de conformidade com a lei e
o contrato vinculam os sócios ausentes, mas não os
dissidentes.

V EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 10
49 52
Conforme art. 4º da Lei 6404/76, as companhias podem ser A respeito do Administrador Judicial, no âmbito da
classificadas em abertas ou fechadas, dependendo se seus recuperação judicial, é correto afirmar que
valores mobiliários podem ou não ser negociados no Mercado (A) somente pode ser destituído pelo Juízo da Falência na
de Valores Mobiliários. Em relação aos valores mobiliários das hipótese de, após intimado, não apresentar, no prazo
companhias abertas e fechadas, assinale a alternativa correta. de 5 (cinco) dias, suas contas ou os relatórios previstos
(A) Valores mobiliários são títulos que concedem a seu na Lei 11.101/2005.
titular certos direitos em relação à companhia. São (B) o Administrador Judicial, pessoa física, pode ser
exemplos de valores mobiliários as ações, as formado em Engenharia.
debêntures, os bônus de subscrição e o certificado de (C) será escolhido pela Assembleia Geral de Credores.
valores mobiliários. (D) perceberá remuneração fixada pelo Comitê de
(B) O Mercado de Valores Mobiliários (MVM) compreende Credores.
as bolsas de valores, o mercado de balcão e o mercado
de balcão organizado. Para a companhia poder 53
negociar no MVM, deverá preencher certos requisitos No exercício de 1995, um contribuinte deixou de recolher
e obter autorização da Comissão de Valores determinado tributo. Na ocasião, a lei impunha a multa
Mobiliários e da Junta Comercial. moratória de 30% do valor do débito. Em 1997, houve
(C) As companhias abertas, caso queiram negociar suas alteração legislativa, que reduziu a multa moratória para 20%.
ações, devem sempre fazê-lo por meio do mercado de O contribuinte recebeu, em 1998, notificação para pagamento
valores mobiliários, ou seja, suas negociações serão do débito, acrescido da multa moratória de 30%.
sempre por oferta ao público em geral. A exigência está
(D) Partes beneficiárias são títulos emitidos tanto pela (A) correta, pois aplica-se a lei vigente à época de
companhia aberta quanto pela fechada que dão a seu ocorrência do fato gerador.
titular direito a percentual no lucro da companhia. (B) errada, pois aplica-se retroativamente a lei que defina
penalidade menos severa ao contribuinte.
50 (C) correta, pois o princípio da irretroatividade veda a
Em relação à incapacidade e proibição para o exercício da aplicação retroagente da lei tributária.
empresa, assinale a alternativa correta. (D) errada, pois a aplicação retroativa da lei é regra geral
(A) Caso a pessoa proibida de exercer a atividade de no direito tributário.
empresário praticar tal atividade, deverá responder
pelas obrigações contraídas, podendo até ser 54
declarada falida. A respeito do ICMS, é correto afirmar que
(B) Aquele que tenha impedimento legal para ser (A) é não cumulativo, significando que, em qualquer
empresário está impedido de ser sócio ou acionista de hipótese, deverá ser assegurado o crédito para
uma sociedade empresária. compensação com o montante devido nas operações
(C) Entre as pessoas impedidas de exercer a empresa está ou prestações seguintes.
o incapaz, que não poderá exercer tal atividade. (B) incide sobre prestação de serviços de transporte
(D) Por se tratar de matéria de ordem pública e interestadual e intermunicipal e de comunicação,
considerando que a continuação da empresa interessa assim como sobre o valor total da operação, quando as
a toda a sociedade, quer em razão da arrecadação de mercadorias forem fornecidas com serviços não
impostos, quer em razão da geração de empregos, compreendidos na competência impositiva municipal.
caso a pessoa proibida de exercer a atividade (C) sendo de competência tributária do Estado-Membro,
empresarial o faça, poderá requerer a recuperação somente a legislação estadual pode excluir da
judicial. incidência do imposto, nas exportações para o exterior,
serviços e produtos determinados.
51 (D) tem as suas alíquotas estabelecidas pelo Senado
A respeito da sociedade em comum, é correto afirmar que Federal, aplicáveis às operações e prestações internas,
(A) os sócios respondem individual e ilimitadamente pelas interestaduais e de exportação.
obrigações sociais.
(B) são regidas pelas disposições das sociedades simples. 55
(C) na relação com terceiros, os sócios podem comprovar A obrigação tributária principal tem por objeto
a existência da sociedade de qualquer modo. (A) a escrituração de livros contábeis.
(D) os sócios são titulares em comum das dívidas sociais. (B) o pagamento de tributo ou penalidade pecuniária.
(C) a prestação de informações tributárias perante a
autoridade fiscal competente.
(D) a inscrição da pessoa jurídica junto ao Cadastro
Nacional de Pessoa Jurídica – CNPJ.

V EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 11
56 58
Determinada Lei Municipal, publicada em 17/01/2011, fixou o A Lei 9.605/98, regulamentada pelo Decreto 6.514/2008, que
aumento das multas e alíquotas relativo aos fatos jurídicos dispõe sobre sanções penais e administrativas derivadas de
tributáveis e ilícitos pertinentes ao ISS daquele ente condutas e atividades lesivas ao meio ambiente, trouxe
federativo. Considerando que determinado contribuinte novidades nas normas ambientais.
tenha sido autuado pela autoridade administrativa local em Entre elas está a
23/12/2010, em razão da falta de pagamento do ISS dos (A) desconsideração da pessoa jurídica, que foi
meses de abril de 2010 a novembro de 2010, assinale a estabelecida para responsabilizar a pessoa física
alternativa correta a respeito de como se procederia a sempre que sua personalidade for obstáculo ao
aplicação da legislação tributária para a situação em tela. ressarcimento de prejuízos causados à qualidade do
(A) Seriam mantidas as alíquotas e multas nos valores meio ambiente.
previstos na data do fato gerador. (B) possibilidade de assinatura de termos de ajustamento
(B) Seriam aplicadas as alíquotas previstas na lei nova e as de conduta, que somente é possível pelo cometimento
multas seriam aplicadas nos valores previstos na data de ilícito ambiental.
do fato gerador. (C) responsabilidade penal objetiva pelo cometimento de
(C) Seriam mantidas as alíquotas nos valores previstos na crimes ambientais.
data do fato gerador e as multas seriam aplicadas nos (D) substituição da pena privativa de liberdade pela
valores previstos de acordo com a nova lei. restritiva de direito quando tratar-se de crime doloso.
(D) Seriam aplicadas as alíquotas e multas nos valores
previstos de acordo com a nova lei. 59
Ao tomar conhecimento de um roubo ocorrido nas
57 adjacências de sua residência, Caio compareceu à delegacia
João adquiriu em maio de 2000 um imóvel em área rural, de polícia e noticiou o crime, alegando que vira Tício, seu
banhado pelo Rio Formoso. Em 2010, foi citado para inimigo capital, praticar o delito, mesmo sabendo que seu
responder a uma ação civil pública proposta pelo Município desafeto se encontrava na Europa na data do fato. Em
de Belas Veredas, que o responsabiliza civilmente por ter decorrência do exposto, foi instaurado inquérito policial para
cometido corte raso na mata ciliar da propriedade. João alega apurar as circunstâncias do ocorrido.
que o desmatamento foi cometido pelo antigo proprietário da A esse respeito, é correto afirmar que Caio cometeu
fazenda, que já praticava o plantio de milho no local. Em (A) delito de calúnia.
razão do exposto, é correto afirmar que (B) delito de comunicação falsa de crime.
(A) a responsabilidade por dano ambiental é objetiva, mas, (C) delito de denunciação caluniosa.
como não há nexo de causalidade entre a ação do novo (D) crime de falso testemunho.
proprietário e o corte raso na área, verifica-se a
excludente de responsabilidade, e João não será 60
obrigado a reparar o dano. As regras do concurso formal perfeito (em que se adota o
(B) a responsabilidade civil por dano ambiental difuso sistema da exasperação da pena) foram adotadas pelo Código
prescreve em cinco anos por força da Lei 9.873/99. Penal com o objetivo de beneficiar o agente que, mediante
Logo, João não será obrigado a reparar o dano. uma só conduta, praticou dois ou mais crimes. No entanto,
(C) João será obrigado a recuperar a área, mas, como não quando o sistema da exasperação for prejudicial ao acusado,
poderá mais utilizá-la para o plantio do milho, terá deverá prevalecer o sistema do cúmulo material (em que a
direito a indenização, a ser paga pelo Poder Público, soma das penas será mais vantajosa do que o aumento de
por força do princípio do protetor-recebedor. uma delas com determinado percentual, ainda que no
(D) a manutenção de área de mata ciliar é obrigação patamar mínimo).
propter rem; sendo obrigação de conservação, é A essa hipótese, a doutrina deu o nome de
automaticamente transferida do alienante ao (A) concurso material benéfico.
adquirente. Logo, João terá que reparar a área. (B) concurso formal imperfeito.
(C) concurso formal heterogêneo.
(D) exasperação sui generis.

V EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 12
61 64
Joaquim, conduzindo seu veículo automotor (que se Jefferson, segurança da mais famosa rede de supermercados
encontrava sem as placas de identificação) em velocidade do Brasil, percebeu que João escondera em suas vestes três
superior à máxima permitida para a via – 50km/h –, pratica o sabonetes, de valor aproximado de R$ 12,00 (doze reais). Ao
crime de lesões corporais culposas em virtude da sua não tentar sair do estabelecimento, entretanto, João é preso em
observância ao dever objetivo de cuidado no trânsito. flagrante delito pelo segurança, que chama a polícia.
Com base na situação acima e à luz do Código de Trânsito A esse respeito, assinale a alternativa correta.
Brasileiro, assinale a alternativa correta. (A) A conduta de João não constitui crime, uma vez que
(A) Por se tratar a lesão corporal culposa praticada na este agiu em estado de necessidade.
direção de veículo automotor de uma infração de (B) A conduta de João não constitui crime, uma vez que o
menor potencial ofensivo, Joaquim responderá pelo fato é materialmente atípico.
seu crime no Juizado Especial Criminal. (C) A conduta de João constitui crime, uma vez que se
(B) Sem prejuízo da pena de detenção correspondente, enquadra no artigo 155 do Código Penal, não estando
Joaquim estará sujeito à suspensão ou proibição de se presente nenhuma das causas de exclusão de ilicitude
obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo ou culpabilidade, razão pela qual este deverá ser
automotor. condenado.
(C) Pelo fato de Joaquim praticar o fato na condução de (D) Embora sua conduta constitua crime, João deverá ser
veículo automotor sem placas de identificação, o Juiz absolvido, uma vez que a prisão em flagrante é nula,
poderá, caso entenda necessário, agravar a penalidade por ter sido realizada por um segurança particular.
do crime.
(D) A pena a que Joaquim estará sujeito não se alterará se 65
a lesão corporal culposa for praticada em faixa de Tendo em vista o enunciado da súmula vinculante n. 14 do
pedestres ou mesmo na calçada. Supremo Tribunal Federal, quanto ao sigilo do inquérito
policial, é correto afirmar que a autoridade policial poderá
62 negar ao advogado
Acerca da aplicação da lei penal no tempo e no espaço, (A) a vista dos autos, sempre que entender pertinente.
assinale a alternativa correta. (B) a vista dos autos, somente quando o suspeito tiver sido
(A) Se um funcionário público a serviço do Brasil na Itália indiciado formalmente.
praticar, naquele país, crime de corrupção passiva (art. (C) do indiciado que esteja atuando com procuração o
317 do Código Penal), ficará sujeito à lei penal acesso aos depoimentos prestados pelas vítimas, se
brasileira em face do princípio da extraterritorialidade. entender pertinente.
(B) O ordenamento jurídico-penal brasileiro prevê a (D) o acesso aos elementos de prova que ainda não
combinação de leis sucessivas sempre que a fusão tenham sido documentados no procedimento
puder beneficiar o réu. investigatório.
(C) Na ocorrência de sucessão de leis penais no tempo,
não será possível a aplicação da lei penal intermediária
mesmo se ela configurar a lei mais favorável. 66
(D) As leis penais temporárias e excepcionais são dotadas Quando se tratar de acusação relativa à prática de infração
de ultra-atividade. Por tal motivo, são aplicáveis a penal de menor potencial ofensivo, cometida por estudante
qualquer delito, desde que seus resultados tenham de direito, a competência jurisdicional será determinada
ocorrido durante sua vigência. pelo(a)
(A) natureza da infração praticada e pelo local em que
63 tiver se consumado o delito.
Apolo foi ameaçado de morte por Hades, conhecido matador (B) local em que tiver se consumado o delito.
de aluguel. Tendo tido ciência, por fontes seguras, que Hades (C) natureza da infração praticada.
o mataria naquela noite e, com o intuito de defender-se, (D) natureza da infração praticada e pela prevenção.
Apolo saiu de casa com uma faca no bolso de seu casaco.
Naquela noite, ao encontrar Hades em uma rua vazia e escura 67
e, vendo que este colocava a mão no bolso, Apolo precipita-se Aristóteles, juiz de uma vara criminal da justiça comum,
e, objetivando impedir o ataque que imaginava iminente, profere sentença em processo-crime cuja competência era da
esfaqueia Hades, provocando-lhe as lesões corporais que justiça militar.
desejava. Todavia, após o ocorrido, o próprio Hades contou a Com base em tal afirmativa, pode-se dizer que a não
Apolo que não ia matá-lo, pois havia desistido de seu intento observância de Aristóteles à matriz legal gerará a
e, naquela noite, foi ao seu encontro justamente para dar-lhe (A) inexistência do ato.
a notícia. Nesse sentido, é correto afirmar que (B) nulidade relativa do ato.
(A) havia dolo na conduta de Apolo. (C) nulidade absoluta do ato.
(B) mesmo sendo o erro escusável, Apolo não é isento de (D) irregularidade do ato.
pena.
(C) Apolo não agiu em legítima defesa putativa.
(D) mesmo sendo o erro inescusável, Apolo responde a
título de dolo.

V EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 13
68 72
A respeito da prova no processo penal, assinale a alternativa Maria da Silva foi contratada para trabalhar como cozinheira
correta. na residência de Márcio dos Santos, percebendo um salário
(A) A prova objetiva demonstra a existência/inexistência mínimo. Passados dois anos, Márcio ficou desempregado e
de um determinado fato ou a veracidade/falsidade de decidiu iniciar um negócio próprio de venda de doces e
uma determinada alegação. Todos os fatos, em sede salgados. Para atingir seu objetivo, aproveitou-se dos serviços
de processo penal, devem ser provados. de Maria, oferecendo-lhe um acréscimo de R$ 100,00 na
(B) São consideradas provas ilícitas aquelas obtidas com a remuneração. Assim, além de preparar as refeições da família
violação do direito processual. Por outro lado, são de Márcio, a empregada Maria também dedicava parte de seu
consideradas provas ilegítimas as obtidas com a tempo preparando os doces e salgados que seriam vendidos
violação das regras de direito material. por ele posteriormente. Durante três anos, Márcio
(C) As leis em geral e os costumes não precisam ser desenvolveu essa atividade comercial com base em sua
comprovados. residência. Contudo, em virtude de uma proposta de
(D) A lei processual pátria prevê expressamente a emprego, Márcio encerrou a venda de quitutes e retirou o
inadmissibilidade da prova ilícita por derivação, acréscimo de R$ 100,00 da remuneração de Maria.
perfilhando-se à “teoria dos frutos da árvore Inconformada, Maria reclamou ao longo de seis meses com o
envenenada” (“fruits of poisonous tree”). seu empregador, a fim de ver restabelecida a gratificação.
Entretanto, depois de tanta insistência, Márcio decidiu
69
dispensá-la sem justa causa. Dois meses depois, Maria ajuizou
Da sentença que absolver sumariamente o réu caberá(ão)
ação trabalhista, pleiteando o pagamento de aviso prévio, 13º
(A) recurso em sentido estrito.
salário, férias e terço constitucional, FGTS e indenização de
(B) embargos.
40%, além de seis meses de diferença salarial, tudo com base
(C) revisão criminal.
na sua remuneração total (salário mínimo acrescido de R$
(D) apelação.
100,00).
70 Com base na situação acima descrita, assinale a alternativa
A respeito do pagamento das verbas rescisórias, assinale a correta.
alternativa correta. (A) Maria não faz jus à permanência do acréscimo
(A) No caso de pedido de demissão em contrato por prazo remuneratório, uma vez que, por se tratar de salário-
indeterminado, o prazo para pagamento das verbas condição vinculado à confecção de doces e salgados,
rescisórias é de 10 dias contados da data da notificação seu empregador poderia suprimi-lo quando a situação
da demissão, quando dispensado o empregado do especial deixasse de existir.
cumprimento do aviso prévio pelo empregador. (B) Maria faz jus ao pagamento de FGTS, mas sem
(B) O empregador que descumpre o prazo de pagamento indenização de 40%, uma vez que voltou a ser
das verbas rescisórias deverá pagá-las posteriormente empregada doméstica.
acrescidas de 50% de multa, nos termos do artigo 467 (C) Maria faz jus à permanência do acréscimo
da Consolidação das Leis do Trabalho. remuneratório, uma vez que, por se tratar de parcela
(C) O pagamento das verbas rescisórias ocorrerá no de natureza salarial, não poderia ser reduzida
primeiro dia útil imediato ao término do contrato de unilateralmente pelo empregador.
trabalho quando o empregador indenizar o aviso (D) Maria não faz jus ao pagamento de FGTS e indenização
prévio. de 40%, uma vez que era empregada doméstica.
(D) As verbas rescisórias devidas após decurso normal de
prazo de contrato a termo deverão ser pagas até o 73
décimo dia contado do término, em face da Uma empresa põe anúncio em jornal oferecendo emprego
inexistência do aviso prévio. para a função de vendedor, exigindo que o candidato tenha
71 experiência anterior de 11 meses nessa função. Diante disso,
João da Silva, empregado da empresa Alfa Ltda., exerce suas assinale a alternativa correta.
atribuições funcionais em dois turnos de trabalho alternados (A) A exigência é legal, pois a experiência até 1 ano pode
de oito horas cada, que compreendem o horário diurno e o ser exigida do candidato a qualquer emprego, estando
noturno. Considerando que a atividade de seu empregador inserida no poder diretivo do futuro empregador.
não se desenvolve de forma ininterrupta e que não existe (B) A exigência não traduz discriminação no emprego, de
norma coletiva disciplinando a jornada de trabalho, assinale a modo que poderia ser exigido qualquer período de
alternativa correta. experiência anterior.
(A) João não tem direito ao pagamento de horas extras e à (C) A exigência é ilegal, pois o máximo que o futuro
redução da hora noturna. empregador poderia exigir seriam 3 meses de
(B) João tem direito ao pagamento de horas extras, mas experiência.
não tem direito à redução da hora noturna. (D) A exigência é ilegal, pois o máximo que o futuro
(C) João não tem direito ao pagamento de horas extras, empregador poderia exigir seriam 6 meses de
mas tem direito à redução da hora noturna. experiência.
(D) João tem direito ao pagamento de horas extras e à
redução da hora noturna.

V EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 14
74 76
O sindicato dos empregados de empresa de transporte e o A respeito das nulidades no processo do trabalho, é correto
sindicato das empresas de transporte firmaram convenção afirmar que
coletiva, na qual foi estipulado aviso prévio de 60 dias por (A) declarada a nulidade, por qualquer fundamento, todos
tempo de serviço, no caso de dispensa sem justa causa. Dois os atos processuais posteriores serão nulos.
meses depois de esse instrumento normativo estar em vigor, (B) as partes poderão alegar nulidade enquanto estiver
o motorista Sílvio de Albuquerque foi despedido aberta a instrução, mesmo que já tenham tido
imotivadamente pela Transportadora Carga Pesada Ltda. Em oportunidade de manifestação nos autos.
virtude de não ter a CTPS assinada e de não terem sido pagas (C) é desnecessária a provocação da parte para a
suas verbas rescisórias, Sílvio ajuizou ação trabalhista, declaração de nulidade.
pleiteando o reconhecimento do vínculo de emprego, assim (D) só serão considerados nulos os atos que alegadamente
como o pagamento das verbas rescisórias, observando-se o causarem manifesto prejuízo às partes litigantes.
aviso prévio de 60 dias, bem como a projeção de 2/12 nas
suas férias proporcionais, 13º proporcional e FGTS, além da 77
contagem desse período no registro do termo final do A respeito da prova testemunhal no processo do trabalho, é
contrato em sua CTPS. Em contestação, a transportadora correto afirmar que
impugnou a pretensão de Sílvio, sob o argumento de que ele (A) em se tratando de ação trabalhista pelo rito ordinário
era autônomo e, ainda que não o fosse, o instituto do aviso ou sumaríssimo, as partes poderão ouvir no máximo
prévio, tal como previsto no art. 7º, XXI, da CRFB, é de trinta três testemunhas cada; sendo inquérito, o número é
dias, inexistindo lei que o regulamente. Argumentou, ainda, elevado para seis.
que convenção coletiva não é lei em sentido formal e que, (B) apenas as testemunhas arroladas previamente
portanto, seria inválida a regulamentação da Constituição por poderão comparecer à audiência a fim de serem
meio da autonomia coletiva sindical. ouvidas.
Com base na situação acima descrita, é correto afirmar que (C) no processo do trabalho sumaríssimo, a simples
Sílvio ausência da testemunha na audiência enseja a sua
(A) não faz jus ao aviso prévio de 60 dias, uma vez que o condução coercitiva.
art. 7º, XXI, da CRFB é norma de eficácia limitada, (D) as testemunhas comparecerão à audiência
inexistindo lei que a regulamente. independentemente de intimação e, no caso de não
(B) faz jus ao aviso prévio de 60 dias, uma vez que o art. comparecimento, serão intimadas ex officio ou a
7º, XXI, da CRFB não é empecilho para a ampliação do requerimento da parte.
período de 30 dias por meio de norma coletiva.
(C) não faz jus ao aviso prévio de 60 dias, uma vez que não
78
teve a CTPS assinada.
No dia 22/7/2009 (quarta-feira), foi publicada a sentença de
(D) faz jus ao aviso prévio de 60 dias, uma vez que era
improcedência do pedido. O advogado do autor tomou
trabalhador autônomo.
ciência da decisão, mas, como estava viajando, localizando-se
em outro Estado da federação, interpôs recurso ordinário via
75 fac-símile no dia 27/7/2009 (segunda-feira). Ao retornar de
Para equiparação salarial, é necessário que viagem, o advogado do autor requereu a juntada do recurso
(A) haja identidade de funções, trabalho de igual valor original no dia 04/8/2009 (terça-feira). Entretanto, após este
para o mesmo empregador, na mesma localidade, com último ato do advogado do autor, o juiz considerou
contemporaneidade na prestação dos serviços na intempestiva a interposição do recurso ordinário, negando-
mesma função e a qualquer tempo, inexistindo quadro lhe seguimento.
de carreira organizado. Diante dessa situação concreta, é correto afirmar que o
(B) haja identidade de funções, trabalho com a mesma advogado do autor deve
produtividade e perfeição técnica, para o mesmo (A) interpor agravo de instrumento, uma vez que atendeu
empregador, na mesma região metropolitana, com o prazo de oito dias para a interposição do recurso
contemporaneidade na prestação de serviços na ordinário e o prazo de cinco dias para a juntada do
mesma função e a qualquer tempo, e quadro de original.
carreira homologado pelo Ministério do Trabalho e (B) impetrar mandado de segurança, uma vez que o juiz
Emprego. violou o seu direito líquido e certo de interpor recurso
(C) haja identidade de funções, trabalho de igual valor ordinário no prazo de oito dias a contar da publicação.
para o mesmo empregador, na mesma região (C) ingressar com uma reclamação correicional, uma vez
metropolitana, sendo a prestação de serviços entre o que o juiz praticou um ato desprovido de amparo legal.
empregado e o modelo contemporânea na mesma (D) ajuizar uma ação rescisória, uma vez que a sentença
função, mas com diferença não superior a 2 anos, judicial se tornou irrecorrível diante da decisão judicial
inexistindo quadro de carreira organizado. que negou seguimento ao recurso ordinário.
(D) os empregados comparados tenham a mesma função,
pois todo trabalho deve ser igualmente remunerado de
acordo com o princípio da isonomia consagrado
constitucionalmente.

V EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 15
79
Caio, metalúrgico, ajuizou ação trabalhista em face da
empresa Ômega postulando sua reintegração ao emprego,
pois, segundo suas alegações, teria sido dispensado no curso
de estabilidade sindical. Postulou ainda a concessão de
medida liminar visando a tal reintegração até o final do
processo, com base no art. 659, X, da CLT. O juiz, ao apreciar o
pedido de medida liminar antes da citação da ré, decidiu pela
sua denegação, dando prosseguimento ao feito.
A esse respeito, assinale a alternativa correta.
(A) A natureza jurídica da decisão denegatória da liminar é
de decisão interlocutória, não cabendo interposição de
recurso imediato, devendo ser deferida a liminar.
(B) A natureza jurídica da decisão denegatória da liminar é
de decisão interlocutória, não cabendo interposição de
recurso imediato, razão pela qual é cabível a
impetração de mandado de segurança.
(C) A natureza jurídica da decisão denegatória da liminar é
de decisão terminativa, cabendo interposição de
recurso ordinário, razão pela qual é incabível a
impetração de mandado de segurança por haver
recurso próprio.
(D) A natureza jurídica da decisão denegatória da liminar é
de decisão definitiva, cabendo impetração de mandado
de segurança, pois não há recurso próprio no caso.

80
Com relação à competência material da Justiça do Trabalho, é
correto afirmar que
(A) não compete à Justiça do Trabalho, mas à Justiça
Federal, o julgamento de ação anulatória de auto de
infração lavrado por auditor fiscal do trabalho.
(B) é da competência da Justiça do Trabalho o julgamento
das ações ajuizadas em face da Previdência Social que
versem sobre litígios ou medidas cautelares relativos a
acidentes do trabalho.
(C) de acordo com o entendimento do Superior Tribunal
de Justiça, é da competência da Justiça do Trabalho
processar e julgar a ação de cobrança ajuizada por
profissional liberal contra cliente.
(D) a Justiça do Trabalho é competente para julgar ação
ajuizada por sindicato de categoria profissional em face
de determinada empresa para que esta seja
condenada a repassar-lhe as contribuições assistenciais
descontadas dos salários dos empregados
sindicalizados.

V EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 16
QUESTIONÁRIO DE PERCEPÇÃO SOBRE A PROVA 5
As questões das diversas áreas do Direito (Civil, Penal,
Este questionário é de preenchimento facultativo pelo Trabalho, Administrativo, etc.) apresentavam o mesmo
examinando. Como se trata de mera pesquisa, não nível de dificuldade e compreensão?
influi no resultado final do exame. (A) Sim, todas.
(B) Sim, a maioria.
As questões têm como objetivo avaliar a qualidade e a (C) Não houve esse nivelamento.
adequação da prova que você acabou de realizar. (D) Não tenho como opinar.

Assinale suas respostas nos espaços próprios (canto 6


inferior direito) da sua folha de respostas. As informações/instruções fornecidas para a resolução
da prova foram suficientes e adequadas?
A OAB e a FGV agradecem sua colaboração. (A) Sim, até excessivas.
(B) Sim, todas elas.
1 (C) Sim, somente algumas.
Na sua avaliação, o grau de dificuldade desta prova, (D) Não, nenhuma delas.
quanto ao conteúdo programático abordado, foi
(A) muito fácil. 7
(B) fácil. Assinale o tipo de dificuldade que você encontrou ao
(C) médio. responder à prova. Indique a preponderante.
(D) difícil. (A) Desconhecimento do conteúdo.
(B) Forma diferente de abordagem do conteúdo.
2 (C) Falta de motivação para fazer a prova.
Assinale a alternativa que indique a sua avaliação (D) Não tive qualquer tipo de dificuldade para responder
quanto à capacidade crítica e interpretativa desta prova à prova.
em relação ao cenário e ao ordenamento jurídico
contemporâneo. 8
(A) Plenamente satisfatória. Considerando sua preparação para esta prova, você
(B) Satisfatória. conclui que
(C) Pouco satisfatória. (A) não estudou a maioria dos conteúdos abordados.
(D) Insatisfatória. (B) estudou a maioria dos conteúdos abordados, mas
não os assimilou.
3 (C) estudou e assimilou muitos dos conteúdos
Considerando a extensão da prova em relação ao tempo abordados.
total, você considera que ela foi (D) estudou e assimilou todos os conteúdos abordados.
(A) muito longa.
(B) longa. 9
(C) adequada. Qual foi o tempo gasto para concluir a prova?
(D) curta. (A) Menos de três horas.
(B) Entre três e quatro horas.
4 (C) Entre quatro e cinco horas.
Os enunciados das questões da prova estavam claros e (D) Não consegui terminar.
objetivos?
(A) Sim, todos. 10
(B) Sim, a maioria. Você considera o layout (formatação e diagramação)
(C) Poucos. desta prova
(D) Não, nenhum. (A) muito bom.
(B) bom.
(C) regular.
(D) ruim.

V EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 17
V EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO
Página 18
V EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO
Página 19
CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL
V EXAME UNIFICADO – GABARITOS – PROVAS DO DIA 30/10/2011

GABARITOS PRELIMINARES

V EXAME UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
A B B B C D C D C C B C C B A B B D D D
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
D B C A B C C B C A D D C C C B A A C B
41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60
C D C A A D C B A A D B B B B A D A C A
61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80
B A A B D A C D D A D C D B C D D A A D

V EXAME UNIFICADO – TIPO 2 – VERDE


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
B A D D A D B D B C B D A B C C A C D A
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
C C D D A A C D D D C B C B D B D C A D
41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60
B A A D B B C C B C A B C C A A C A B C
61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80
B D B D D D B A B A C A C B B A B A A D

1
CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL
V EXAME UNIFICADO – GABARITOS – PROVAS DO DIA 30/10/2011

V EXAME UNIFICADO – TIPO 3 – AMARELO


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
A C A D B D D C D C A A D D C A A B B C
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
C B B C D B C C C B A D D D C A D B D D
41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60
A A B C D B B A B A C B A D B B A C A D
61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80
B D A C A C C C D B A B C C A D C B A D

V EXAME UNIFICADO – TIPO 4 – AZUL


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
D D D A A B B B C B D B C C D C D A C A
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
B C D D A A C A D C D D D C D A B B B A
41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60
B C B B C B B A B B A D D D D A A B A B
61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80
A C D D B C C A D A C D A C C A A C C C

2
CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL
V EXAME UNIFICADO – GABARITOS – PROVAS DO DIA 30/10/2011

TABELA DE CORRESPONDÊNCIA DE QUESTÕES

TIPO 1 TIPO 2 TIPO 3 TIPO 4 TIPO 1 TIPO 2 TIPO 3 TIPO 4


1 4 9 10 41 40 44 41
2 11 7 6 42 43 41 40
3 1 2 3 43 45 40 43
4 5 10 9 44 41 42 42
5 10 6 5 45 42 43 45
6 2 5 8 46 47 47 47
7 8 8 7 47 46 46 46
8 7 12 4 48 49 49 49
9 12 11 12 49 52 48 51
10 9 1 11 50 48 51 52
11 3 4 1 51 50 50 50
12 6 3 2 52 51 52 48
13 14 13 14 53 54 53 53
14 15 14 15 54 55 54 55
15 13 15 13 55 56 55 56
16 17 16 17 56 53 56 54
17 16 17 16 57 57 58 57
18 18 18 21 58 58 57 58
19 24 20 20 59 62 59 59
20 22 21 18 60 61 60 62
21 20 24 19 61 64 62 64
22 19 19 22 62 60 63 63
23 23 22 23 63 59 64 61
24 21 23 24 64 63 61 60
25 25 25 25 65 68 66 65
26 26 26 26 66 67 69 66
27 27 28 31 67 66 68 68
28 29 32 29 68 65 67 67
29 30 27 32 69 69 65 69
30 28 30 28 70 70 70 74
31 31 29 30 71 75 72 75
32 32 31 27 72 74 71 70
33 34 35 37 73 71 75 73
34 35 38 34 74 72 74 72
35 36 33 35 75 73 73 71
36 33 36 36 76 78 77 78
37 39 34 38 77 77 78 79
38 37 39 33 78 80 79 80
39 38 37 39 79 79 76 76
40 44 45 44 80 76 80 77

3
Ordem dos
Advogados
do Brasil
VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO

Atenção!
TIPO 1 – BRANCO
Você está recebendo um caderno de provas do tipo 1. Portanto, verifique se sua folha de respostas é, também, do
tipo 1. Verifique se o número deste caderno de provas coincide com o registrado no rodapé de cada página. Caso
contrário, notifique imediatamente o fiscal de sala para que sejam tomadas as devidas providências.
Informações gerais
 Você receberá do fiscal de sala o material descrito a seguir:
a) uma folha destinada às respostas das questões objetivas formuladas na prova de tipo 1;
b) este caderno de prova tipo 1, com o enunciado das 80 (oitenta) questões, sem repetição ou falha, e o
questionário de percepção sobre a prova, com 10 (dez) questões objetivas.
 Ao receber a folha de respostas você deve:
a) conferir seu nome, número de identidade e número de inscrição;
b) ler atentamente as instruções para a marcação das respostas das questões objetivas;
c) assinar a folha de respostas, no espaço reservado, com caneta esferográfica transparente de cor azul ou preta.
 As questões são identificadas pelo número que se situa acima do seu enunciado.
 Durante a aplicação da prova não será permitido:
a) qualquer tipo de comunicação entre os examinandos;
b) levantar da cadeira sem a devida autorização do fiscal de sala;
c) portar aparelhos eletrônicos, tais como bipe, telefone celular, walkman, agenda eletrônica, notebook, palmtop,
receptor, gravador, máquina fotográfica, controle de alarme de carro, etc., bem como relógio de qualquer espécie,
óculos escuros ou qualquer acessório de chapelaria, como chapéu, boné, gorro, etc., e ainda lápis, lapiseira, borracha
ou corretivo de qualquer espécie.
 A FGV realizará a coleta da impressão digital dos examinandos na folha de respostas.
 Não será permitida a troca da folha de respostas por erro do examinando.
 O tempo disponível para esta prova será de 5 (cinco) horas, já incluído o tempo para marcação da folha de
respostas.
 Reserve tempo suficiente para marcar sua folha de respostas.
 Para fins de avaliação, serão levadas em consideração apenas as marcações realizadas na folha de respostas.
 Somente após decorridas duas horas do início da prova você poderá retirar-se da sala de prova sem levar o
caderno de questões.
 Somente no decorrer dos últimos 30 (trinta) minutos do período da prova você poderá retirar-se da sala levando
o caderno de questões.
 Quando terminar sua prova, você deverá, OBRIGATORIAMENTE, entregar a folha de respostas devidamente
preenchida e assinada ao fiscal da sala. Quem descumprir esta regra será ELIMINADO.
 Os 3 (três) últimos examinandos de cada sala só poderão sair juntos, após entregarem ao fiscal de aplicação os
documentos que serão utilizados na correção das provas. Esses examinandos poderão acompanhar, caso queiram, o
procedimento de conferência da documentação da sala de aplicação, que será realizada pelo Coordenador da
unidade, na Coordenação do local de provas. Caso algum desses examinandos insista em sair do local de aplicação
antes de autorizado pelo fiscal de aplicação, deverá assinar termo desistindo do Exame e, caso se negue, será
lavrado Termo de Ocorrência, testemunhado pelos 2 (dois) outros examinandos, pelo fiscal de aplicação da sala e
pelo Coordenador da unidade de provas.

VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 1
VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO
Página 2
1 5
Mévio é advogado empregado de empresa de grande porte Caio, próspero comerciante, contrata, para prestação de
atuando como diretor jurídico e tendo vários colegas serviços profissionais de advocacia, Mévio, que se apresenta
vinculados à sua direção. Instado por um dos diretores, escala como advogado. O cliente outorga a devida procuração com
um dos seus advogados para atuar em processo judicial poderes gerais para o foro. Usando o referido instrumento,
litigioso, no interesse de uma das filhas do referido diretor. À ocorre a propositura de ação judicial em face de Trácio. Na
luz das normas estatutárias, é correto afirmar que contestação, o advogado do réu alega vício na representação,
(A) a defesa dos interesses dos familiares dos dirigentes da uma vez que Mévio não possui registro na OAB, consoante
empresa está ínsita na atuação profissional do certidão que apresenta nos autos judiciais. Diante de tal
advogado empregado. circunstância, é correto afirmar que
(B) a atuação do advogado empregado nesses casos pode (A) os atos praticados pelo suposto advogado não
ocorrer voluntariamente, sem relação com o seu ofendem qualquer dispositivo legal.
emprego. (B) verificada a ausência de inscrição profissional, deverá
(C) a relação de emprego retira do advogado sua ser outorgado prazo para sua regularização.
independência profissional, pois deve defender os (C) os atos praticados por Mévio são nulos, pois foram
interesses do patrão. praticados por pessoa não inscrita na OAB.
(D) em casos de dedicação exclusiva, a jornada de trabalho (D) a declaração de nulidade dos atos processuais esgota o
máxima do advogado será de quatro horas diárias e de rol de atos sancionatórios.
vinte horas semanais.
6
2 Raul, advogado, é acusado, em processo disciplinar, de ter
Terêncio, após intensa atividade advocatícia, é acometido por perdido prazos em diversos processos, de ter atuado contra
mal de origem psiquiátrica, mas diagnosticado como passível os interesses dos seus clientes e de ter um número exagerado
de cura após tratamento prolongado. Não podendo exercer de indeferimento de petições iniciais, por ineptas,
os atos da vida civil, apresenta requerimento à OAB. No desconexas, com representações sucessivas à OAB.
concernente ao tema, à luz das normas aplicáveis, é correto Em relação a tais circunstâncias, à luz das normas
afirmar que é caso de estatutárias, é correto afirmar que as condutas imputadas a
(A) cancelamento da inscrição como advogado. Raul
(B) impedimento ao exercício profissional, mantida a (A) não caracterizam infração disciplinar.
inscrição na OAB. (B) são consideradas desvios processuais exclusivamente.
(C) licença do exercício da atividade profissional. (C) demandam atuação da OAB no sentido educativo.
(D) penalidade de exclusão por doença. (D) caracterizam inépcia da atuação profissional.

3 7
Mévio, advogado, é procurado por Eulâmpia, que realiza Caio ajuíza ação em face da empresa Toupeira e Lontra S.A.
consulta sobre determinado tema jurídico. Alguns meses buscando a devolução de numerário por ter recebido produto
depois, o advogado recebe uma intimação para prestar com defeito oculto. O pedido é julgado improcedente por
depoimento como testemunha em processo no qual Eulâmpia ausência de provas. Houve recurso de apelação. No início do
é ré, pelos fatos relatados por ela em consulta profissional. No julgamento, o relator apresentou críticas à atuação do
concernente ao tema, à luz das normas estatutárias, é correto advogado do recorrente, que não teria instruído o processo
afirmar que adequadamente. Presente no julgamento, o advogado pediu a
(A) o advogado deve comparecer ao ato e prestar palavra, que lhe foi negada, por já ter apresentado sua
depoimento como testemunha dos fatos. sustentação oral.
(B) é caso de recusa justificada ao depoimento por ter tido Com base no relato acima, de acordo com as normas
o advogado ciência dos fatos em virtude do exercício estatutárias, é correto afirmar que
da profissão. (A) a sustentação oral esgota a atividade do advogado no
(C) a simples consulta jurídica não é privativa de julgamento.
advogado, equiparada a mero aconselhamento (B) só esclarecimentos de situação de fato serão admitidos
protocolar. no caso.
(D) o advogado poderá prestar o depoimento, mesmo (C) somente em momento posterior poderá o advogado
contra sua vontade, desde que autorizado pelo cliente. tomar providências.
(D) é assegurado ao advogado o direito de usar a palavra
4 para replicar a acusação feita contra ele, ainda que já
Após recebida representação disciplinar sem fundamentos, proferida sua sustentação oral.
cabe ao relator designado pelo presidente do Conselho
Seccional da OAB, à luz das normas aplicáveis,
(A) arquivar o processo ato contínuo.
(B) propor ao presidente o arquivamento do processo.
(C) designar data para a defesa oral pelo advogado.
(D) julgar improcedente a representação.

VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 3
8 11
Mévio, advogado recém-formado com dificuldades de iniciar No caso de arbitramento judicial de honorários, pela ausência
sua atividade profissional, propõe a colegas de bairro e de de estipulação ou acordo em relação a eles, é correto afirmar,
escola a participação percentual nos honorários dos clientes à luz das regras estatutárias, que
que receber para consultas ou que pretendam ajuizar ações (A) os valores serão livremente arbitrados pelo juiz, sem
judiciais. Consoante as normas aplicáveis, assinale a parâmetros, devendo o advogado percebê-los.
alternativa correta em relação à conduta de Mévio. (B) a fixação dos honorários levará em conta o valor
(A) Caracteriza agenciamento de causas com participação econômico da questão.
dos honorários. (C) a tabela organizada pela OAB não é relevante para essa
(B) É possível, desde que conste em contrato escrito entre forma de fixação.
as partes. (D) havendo acordo escrito, poderá ocorrer o
(C) O agenciamento de clientela é admitido em situações arbitramento judicial de honorários.
peculiares como essa.
(D) Desde que os serviços advocatícios sejam prestados 12
por Mévio, inexiste infração disciplinar. Mévio, advogado de longa data, pretendendo despachar uma
petição em processo judicial em curso perante a Comarca Y, é
9 surpreendido com aviso afixado na porta do cartório de que o
Daniel, advogado, resolve divulgar seus trabalhos contratando magistrado somente receberia para despacho petições que
empresa de propaganda e marketing. Esta lhe apresenta um reputasse urgentes, devendo o advogado dirigir-se ao
plano de ação, que inclui a contratação de jovens, homens e assessor principal do juiz para uma prévia triagem quanto ao
mulheres, para a distribuição de prospectos de propaganda assunto em debate. À luz das normas estatutárias, é correto
do escritório, coloridos, indicando as especialidades de afirmar que
atuação e apresentando determinados temas que seriam (A) a organização do serviço cartorário é da competência
considerados acessíveis à multidão de interessados. O projeto do juiz, que pode estabelecer padrões de atendimento
é realizado. aos advogados.
Em relação a tal projeto, consoante as normas aplicáveis aos (B) a triagem realizada por assessor do juiz permite melhor
advogados, é correto afirmar que eficiência no desempenho da atividade judicial e não
(A) a moderna advocacia assume características colide com as normas estatutárias.
empresariais e permite publicidade como a (C) o advogado tem direito de dirigir-se diretamente ao
apresentada. magistrado no seu gabinete para despachar petições
(B) atividades moderadas como as sugeridas são sem prévio agendamento.
admissíveis. (D) a duração razoável do processo é princípio que permite
(C) desde que autorizada pela OAB, a propaganda pode a triagem dos atos dos advogados e o exercício dos
ser realizada. seus direitos estatutários.
(D) existem restrições éticas à propaganda da advocacia,
entre as quais as referidas no texto. 13
A respeito da Convenção sobre Eliminação de Todas as
Formas de Discriminação contra a Mulher, ratificada pelo
10 Brasil, assinale a alternativa correta.
Semprônia, advogada há longos anos, é contratada para
(A) Uma vez que a Convenção tem como objetivo proteger
representar os interesses de Esculápio, que está preso à
um grupo específico, não pode ser considerada como
disposição da Justiça criminal. Ao procurar contatar seu
um documento de proteção internacional dos direitos
cliente, verifica que ele está em penitenciária, considerado
humanos.
incomunicável, por determinação de normas regulamentares
(B) A Convenção possui um protocolo facultativo, que
do sistema. Apesar disso, requer o acesso ao seu cliente, que
permite a apresentação de denúncias sobre violação
foi indeferido. Consoante as normas legais e estatutárias, é
dos direitos por ela consagrados.
correto afirmar que
(C) A Convenção permite que o Estado-parte adote, de
(A) a atuação do advogado deve estar submetida aos
forma definitiva, ações afirmativas para garantir a
regulamentos penitenciários, para a sua própria
igualdade entre gêneros.
segurança.
(D) A Convenção traz em seu texto um mecanismo de
(B) os estabelecimentos penitenciários civis devem
proteção dos direitos que consagra, por meio de
organizar as visitas dos advogados por ordem de
petições sobre violações, que podem ser protocoladas
chegada.
por qualquer Estado-parte.
(C) o advogado, quando for contatar o seu cliente em
prisão, deve ser acompanhado por representante da
OAB.
(D) é ilegal vedar a presença do advogado no contato com
seu cliente, ainda que considerado incomunicável.

VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 4
14 18
O Pacto Internacional dos Direitos Econômicos, Sociais e Suponha que o STF, no exame de um caso concreto (controle
Culturais e o Pacto Internacional dos Direitos Civis e Políticos difuso), tenha reconhecido a incompatibilidade entre uma lei
preveem em seu texto mecanismos de proteção, efetivação e em vigor desde 1987 e a Constituição de 1988. Nesse caso, é
monitoramento dos Direitos Humanos consagrados em seus correto afirmar que
respectivos textos. É correto afirmar que, em ambos os (A) após reiteradas decisões no mesmo sentido, o STF
pactos, encontra-se o seguinte mecanismo: poderá editar súmula vinculante.
(A) envio de relatórios sobre medidas adotadas e (B) o STF deverá encaminhar a decisão ao Senado.
progressos alcançados. (C) os órgãos fracionários dos tribunais, a partir de então,
(B) acusação de regresso de proteção dos direitos, que ficam dispensados de encaminhar a questão ao pleno.
poderá ser protocolada por qualquer Estado-parte, (D) a eficácia da decisão é erga omnes.
inclusive o próprio analisado.
(C) sistemática de petições, que deverão ser elaboradas e 19
protocoladas por um Estado-parte diferente daquele João, residente no Brasil há cinco anos, é acusado em outro
que está sendo acusado. país de ter cometido crime político. Nesse caso, o Brasil
(D) envio de relatórios sobre medidas adotadas e (A) pode conceder a extradição se João for estrangeiro.
progressos alcançados, que deverão ser elaborados e (B) pode conceder a extradição se João for brasileiro
protocolados por um Estado-parte diferente daquele naturalizado e tiver cometido o crime antes da
que está sendo analisado. naturalização.
(C) não pode conceder a extradição, independentemente
15 da nacionalidade de João.
A Convenção Interamericana de Direitos Humanos dispõe que (D) não pode conceder a extradição apenas se João for
toda pessoa tem direito à vida, que deve ser protegida por lei, brasileiro nato.
e que ninguém dela poderá ser privado arbitrariamente.
A respeito da pena de morte, o documento afirma que 20
(A) é inadmissível a aplicação da pena de morte em A respeito dos direitos políticos, assinale a alternativa correta.
qualquer circunstância, já que o direito à vida deve ser (A) O cancelamento de naturalização por decisão do
protegido por lei desde a concepção. Ministério da Justiça é caso de perda de direitos
(B) não se pode aplicar pena de morte aos delitos políticos.
políticos, exceto se forem conexos a delitos comuns (B) A condenação criminal transitada em julgado,
sujeitos a tal pena. enquanto durarem seus efeitos, é caso de cassação de
(C) a pena de morte não pode ser imposta àquele que, no direitos políticos.
momento da perpetração do delito, for menor de (C) A improbidade administrativa é caso de suspensão de
dezoito anos, nem aplicada à mulher em estado direitos políticos.
gestacional. (D) A incapacidade civil relativa é caso de perda de direitos
(D) não se admite que Estados promulguem pena de políticos.
morte, exceto se já a tiverem aplicado e a tenham
abolido, hipótese em que a tal pena poderá ser
21
restabelecida.
A Constituição assegura, entre os direitos e garantias
individuais, a inviolabilidade do domicílio, afirmando que “a
16 casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo
A respeito dos Procuradores-Gerais de Justiça nos Estados e penetrar sem o consentimento do morador” (art. 5º, XI,
no Distrito Federal, é INCORRETO afirmar que CRFB).
(A) podem ser destituídos pela Assembleia Legislativa (nos A esse respeito, assinale a alternativa correta.
Estados) e pela Câmara Legislativa (no Distrito Federal). (A) O conceito de “casa” é abrangente e inclui quarto de
(B) podem ser reconduzidos somente uma vez. hotel.
(C) devem ser integrantes da carreira e exercem o cargo (B) O conceito de casa é abrangente, mas não inclui
por mandato de dois anos. escritório de advocacia.
(D) são nomeados pelo Governador (nos Estados) e pelo (C) A prisão em flagrante durante o dia é um limite a essa
Presidente da República (no Distrito Federal). garantia, mas apenas quando houver mandado judicial.
(D) A prisão em quarto de hotel obedecendo a mandado
17 judicial pode se dar no período noturno.
NÃO pode ser objeto de ação direta de inconstitucionalidade
(A) decreto que promulga tratado.
(B) decreto legislativo que aprova tratado.
(C) resolução.
(D) súmula vinculante.

VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 5
22 24
Assinale a alternativa que relacione corretamente o cargo Arnaldo Butti, cidadão brasileiro, falece em Roma, Itália, local
político e o sistema eleitoral adotado. onde residia e tinha domicílio. Em seu testamento, firmado
(A) Governador: sistema proporcional de dois turnos. em sua residência poucos dias antes de sua morte, Butti, que
(B) Prefeito: sistema majoritário de maioria simples para não tinha herdeiros naturais, deixou um imóvel localizado na
municípios com menos de 200 mil eleitores. Avenida Atlântica, na cidade do Rio de Janeiro, para Júlia, neta
(C) Congressista: sistema proporcional. de sua enfermeira, que vive no Brasil. Inconformada com a
(D) Vereador: sistema distrital. partilha, Fernanda, brasileira, sobrinha-neta do falecido, que
há dois anos vivia de favor no referido imóvel, questiona no
23 Judiciário brasileiro a validade do testamento. Alega, em
A sociedade empresária do ramo de comunicações A Notícia síntese, que, embora obedecesse a todas as formalidades
Brasileira, com sede no Brasil, celebrou contrato internacional previstas na lei italiana, o ato não seguiu todas as
de prestação de serviços de informática com a sociedade formalidades preconizadas pela lei brasileira.
empresária Santiago Info, com sede em Santiago. O contrato Com base na hipótese acima aventada, assinale a alternativa
foi celebrado em Buenos Aires, capital argentina, tendo sido correta.
estabelecido como foro de eleição pelas partes Santiago, se (A) Fernanda tem razão em seu questionamento, pois a
porventura houver a necessidade de resolução de litígio entre sucessão testamentária de imóvel localizado no Brasil
as partes. rege-se, inclusive quanto à forma, pela lei do local
Diante da situação exposta, à luz das regras de Direito onde a coisa se situa (lex rei sitae).
Internacional Privado veiculadas na Lei de Introdução às (B) Fernanda tem razão em questionar a validade do
Normas do Direito Brasileiro (LINDB) e no estatuto processual testamento, pois a Lei de Introdução às Normas do
civil pátrio (Código de Processo Civil – CPC), assinale a Direito Brasileiro veda a partilha de bens imóveis
alternativa correta. situados no Brasil por ato testamentário firmado no
(A) No tocante à regência das obrigações previstas no exterior.
contrato, aplica-se a legislação chilena, já que Santiago (C) Fernanda não tem razão em questionar a validade do
foi eleito o foro competente para se dirimir eventual testamento, pois o ato testamentário se rege, quanto à
controvérsia. forma, pela lei do local onde foi celebrado (locus regit
(B) Nos contratos internacionais, a lei que rege a actum).
capacidade das partes pode ser diversa da que rege o (D) O questionamento de Fernanda não será apreciado,
contrato. É o que se verifica no caso exposto acima. pois a Justiça brasileira não possui competência para
(C) Como a execução da obrigação avençada entre as conhecer e julgar o mérito de ações que versem sobre
partes se dará no Brasil, aplica-se, obrigatoriamente, atos testamentários realizados no exterior.
no tocante ao cumprimento do contrato, a legislação
brasileira. 25
(D) A Lei de Introdução às Normas do Direito Brasileiro Considerando os princípios norteadores do Estatuto da
veda expressamente o foro de eleição, razão pela qual Criança e do Adolescente, a prática de atos infracionais fica
é nula ipso jure a cláusula estabelecida pelas partes sujeita a medidas que têm objetivos socioeducativos. Nesse
nesse sentido. sentido, é correto afirmar que
(A) se Aroldo, que tem 11 anos, subtrair para si coisa
alheia pertencente a uma creche, deverá cumprir
medida socioeducativa de prestação de serviços
comunitários, por período não superior a um ano.
(B) a obrigação de reparar o dano causado pelo ato
infracional não é considerada medida socioeducativa,
tendo em vista que o adolescente não pode ser
responsabilizado civilmente.
(C) o acolhimento institucional e a colocação em família
substituta podem ser aplicados como medidas
protetivas ou socioeducativas, a depender das
características dos atos infracionais praticados.
(D) a internação, como uma das medidas socioeducativas
previstas pelo ECA, não poderá exceder o período
máximo de três anos, e a liberação será compulsória
aos 21 anos de idade.

VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 6
26 28
Um famoso casal de artistas residente e domiciliado nos Durante competição esportiva (campeonato estadual de
Estados Unidos, em viagem ao Brasil para o lançamento do futebol), o clube “A” foi punido com a perda de um ponto em
seu mais novo filme, se encantou por Caio, de 4 anos, a quem virtude de episódios de preconceito por parte de sua torcida.
pretende adotar. Caio teve sua filiação reconhecida Com essa decisão de primeira instância da justiça desportiva,
exclusivamente pela mãe Isabel, que, após uma longa o clube “B” foi declarado campeão naquele ano. O clube “A”
conversa com o casal, concluiu que o melhor para o filho era apresentou recurso contra a decisão de primeira instância.
ser adotado, tendo em vista que o famoso casal possuía Antes mesmo do julgamento desse recurso, distribuiu ação
condições infinitamente melhores de bem criar e educar Caio. ordinária perante a Justiça Estadual com o objetivo de reaver
Além disso, Isabel ficou convencida do amor espontâneo e o ponto que lhe fora retirado pela Justiça arbitral. Diante de
sincero que o casal de imediato nutriu pelo menino. Ante a tal situação, é correto afirmar que
situação hipotética, é correto afirmar que (A) como o direito brasileiro adotou o sistema de
(A) a adoção só é concedida quando for impossível manter jurisdição una, tendo o Poder Judiciário o monopólio
a criança ou o adolescente em sua família, razão pela da apreciação, com força de coisa julgada, de lesão ou
qual o consentimento de Isabel é irrelevante para a ameaça a direito, é cabível a apreciação judicial dessa
apreciação do pedido do famoso casal, que será matéria a qualquer tempo.
deferido caso represente o melhor interesse de Caio. (B) as decisões da Justiça Desportiva são inquestionáveis
(B) independentemente da manifestação de vontade de na via judicial, uma vez que vige, no direito brasileiro,
Isabel, o famoso casal terá prioridade na adoção de sistema pelo qual o Poder Judiciário somente pode
Caio, depois de esgotadas todas as possibilidades de decidir matérias para as quais não exista tribunal
colocação de Caio em uma família brasileira. administrativo específico.
(C) tendo em vista o consentimento da mãe de Caio, o (C) como regra, o ordenamento vigente adota o Princípio
famoso casal terá prioridade em sua adoção em face da Inafastabilidade da Jurisdição (art. 5º, XXXV, da
de outros casais já previamente inscritos nos cadastros CRFB); todavia, as decisões da Justiça Desportiva
de interessados na adoção, mantidos pela Justiça da consubstanciam exceção a essa regra, já que são
Infância e da Juventude. insindicáveis na via judicial.
(D) a adoção internacional é medida excepcional; (D) o Poder Judiciário pode rever decisões proferidas pela
entretanto, em virtude do consentimento de Isabel Justiça Desportiva; ainda assim, exige-se,
para a adoção de seu filho pelo famoso casal, este só anteriormente ao ajuizamento da ação cabível, o
não terá prioridade se houver casal de brasileiro, esgotamento da instância administrativa, por se tratar
residente no Brasil, habilitado para a adoção. de exceção prevista na Constituição.

27 29
Luiz Fernando, servidor público estável pertencente aos Joana D´Arc, beneficiária de pensão por morte deixada por ex-
quadros de uma fundação pública federal, inconformado com fiscal de rendas, falecido em 5/1/1999, ajuizou ação ordinária
a pena de demissão que lhe foi aplicada, ajuizou ação judicial em face da União, alegando que determinado aumento
visando à invalidação da decisão administrativa que remuneratório genérico concedido aos fiscais de renda em
determinou a perda do seu cargo público. A decisão judicial atividade não lhe teria sido repassado. Assim, isso teria
acolheu a pretensão de Luiz Fernando e invalidou a violado a regra constitucional da paridade remuneratória
penalidade disciplinar de demissão. Diante da situação entre ativos, inativos e pensionistas. Acerca de tal alegação, é
hipotética narrada, Luiz Fernando deverá ser correto afirmar que é manifestamente
(A) reintegrado ao cargo anteriormente ocupado, ou no (A) procedente, pois, embora a regra da paridade
resultante de sua transformação, com ressarcimento remuneratória entre ativos, inativos e pensionistas
de todas as vantagens. tenha sido revogada pela EC 41/2003, a pensão por
(B) aproveitado no cargo anteriormente ocupado ou em morte rege-se pela lei vigente à época do óbito,
outro cargo de vencimentos e responsabilidades quando ainda vigia tal regra.
compatíveis com o anterior, sem ressarcimento das (B) improcedente, pois, nos termos do verbete 339 da
vantagens pecuniárias. Súmula de Jurisprudência do STF, não cabe ao Poder
(C) readaptado em cargo de atribuições e Judiciário, que não tem função legislativa, aumentar
responsabilidades compatíveis, com ressarcimento de vencimentos de servidores públicos sob fundamento
todas as vantagens. de isonomia.
(D) reconduzido ao cargo anteriormente ocupado ou em (C) improcedente, pois a regra da paridade remuneratória
outro de vencimentos e responsabilidades compatíveis entre ativos, inativos e pensionistas foi revogada pela
com o anterior, com ressarcimento de todas as EC 41/2003, sendo absolutamente irrelevante o fato de
vantagens pecuniárias. o ex-servidor ter falecido antes da edição da referida
emenda.
(D) procedente, pois a CRFB garante o reajustamento da
pensão por morte dos benefícios para preservar-lhes,
em caráter permanente, o valor real, conforme
critérios estabelecidos em lei.

VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 7
30 33
Quatro municípios celebram um consórcio público para Francis, brasileira, empresária, ao se deslocar do Rio de
desenvolverem um projeto comum para o tratamento Janeiro para São Paulo em seu helicóptero particular, sofreu
industrial de lixo coletado em suas respectivas áreas, criando terrível acidente que culminou com a queda do aparelho em
uma pessoa jurídica para gerenciar as atividades do consórcio. alto-mar. Após sucessivas e exaustivas buscas, feitas pelas
À luz da legislação aplicável, assinale a alternativa correta. autoridades e por empresas privadas contratadas pela família
(A) Como se trata de atividade tipicamente estatal, essa da vítima, infelizmente não foram encontrados os corpos de
pessoa jurídica administrativa deverá ser Francis e de Adilson, piloto da aeronave. Tendo sido
obrigatoriamente uma autarquia, criada por lei oriunda esgotados os procedimentos de buscas e averiguações, de
do maior município celebrante do pacto. acordo com os artigos do Código Civil que regulam a situação
(B) O ordenamento jurídico brasileiro admite, no caso, supramencionada, é correto afirmar que o assento de óbito
tanto a criação de uma pessoa jurídica de direito em registro público
público (a chamada associação pública) quanto de (A) independe de qualquer medida administrativa ou
direito privado. judicial, desde que seja constatada a notória
(C) O ordenamento jurídico brasileiro não admite a criação probabilidade de morte de pessoa que estava em
de uma entidade desse tipo, pois as pessoas jurídicas perigo de vida.
integrantes da Administração Indireta são apenas as (B) depende exclusivamente de procedimento
indicadas no art. 5º do Decreto-Lei 200/67. administrativo quanto à morte presumida junto ao
(D) A pessoa jurídica oriunda de um consórcio público não Registro Civil das Pessoas Naturais.
poderá ser, em hipótese alguma, uma pessoa jurídica (C) depende de prévia ação declaratória judicial quanto à
de direito privado, pois isso não é admitido pela morte presumida, sem necessidade de decretação
legislação aplicável. judicial de ausência.
(D) depende de prévia declaração judicial de ausência, por
31 se tratar de desaparecimento de uma pessoa sem dela
Ambulância do Corpo de Bombeiros envolveu-se em acidente haver notícia.
de trânsito com automóvel dirigido por particular, que
trafegava na mão contrária de direção. No acidente, o 34
motorista do automóvel sofreu grave lesão, comprometendo A condição, o termo e o encargo são considerados elementos
a mobilidade de um dos membros superiores. Nesse caso, é acidentais, facultativos ou acessórios do negócio jurídico, e
correto afirmar que têm o condão de modificar as consequências naturais deles
(A) existe responsabilidade objetiva do Estado em esperadas. A esse respeito, é correto afirmar que
decorrência da prática de ato ilícito, pois há nexo (A) se considera condição a cláusula que, derivando da
causal entre o dano sofrido pelo particular e a conduta vontade das partes ou de terceiros, subordina o efeito
do agente público. do negócio jurídico a evento futuro e incerto.
(B) não haverá o dever de indenizar se ficar configurada a (B) se for resolutiva a condição, enquanto esta se não
culpa exclusiva da vítima, que dirigia na contramão, realizar, não vigorará o negócio jurídico, não se
excluindo a responsabilidade do Estado. podendo exercer desde a conclusão deste o direito por
(C) não se cogita de responsabilidade objetiva do Estado ele estabelecido.
porque não houve a chamada culpa ou falha do (C) o termo inicial suspende o exercício, mas não a
serviço. E, de todo modo, a indenização do particular, aquisição do direito e, salvo disposição legal ou
se cabível, ficaria restrita aos danos materiais, pois o convencional em contrário, computam-se os prazos,
Estado não responde por danos morais. incluindo o dia do começo e excluindo o do
(D) está plenamente caracterizada a responsabilidade civil vencimento.
do Estado, que se fundamenta na teoria do risco (D) se considera não escrito o encargo ilícito ou impossível,
integral. salvo se constituir o motivo determinante da
liberalidade, caso em que se invalida o negócio
32 jurídico.
A autorização de uso de bem público por particular
caracteriza-se como ato administrativo
(A) discricionário e bilateral, ensejando indenização ao
particular no caso de revogação pela administração.
(B) unilateral, discricionário e precário, para atender
interesse predominantemente particular.
(C) bilateral e vinculado, efetivado mediante a celebração
de um contrato com a administração pública, de forma
a atender interesse eminentemente público.
(D) discricionário e unilateral, empregado para atender a
interesse predominantemente público, formalizado
após a realização de licitação.

VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 8
35 37
Diogo, proprietário de um terreno urbano localizado no José, solteiro, possui três irmãos: Raul, Ralph e Randolph. Raul
Município de Vila Formosa, autorizou Rafael, dono de uma era pai de Mauro e Mário. Mário era pai de Augusto e
transportadora, a utilizar parte desse terreno como garagem. Alberto. Faleceram, em virtude de acidente automobilístico,
Passados alguns meses de uso, Rafael, sem autorização de Raul e Mário, na data de 15/4/2005. Posteriormente, José
Diogo, construiu um galpão coberto com objetivo de proteger veio a falecer em 1º/5/2006. Sabendo-se que a herança de
sua frota da chuva e do sol. Com o crescimento dos negócios, José é de R$ 90.000,00, como ficará a partilha de seus bens?
Rafael ampliou o galpão e ali montou uma oficina para (A) Como José não possui descendente, a partilha deverá
realizar a manutenção dos seus veículos. Verificando uma ser feita entre os irmãos. E, como não há direito de
oportunidade de negócio, Rafael passou a prestar serviços representação entre os filhos de irmão, Ralph e
mecânicos a terceiros. Randolph receberão cada um R$ 45.000,00.
Considerando a situação hipotética e as regras atinentes à (B) Ralph e Randolph devem receber R$ 30.000,00 cada. A
acessão artificial, assinale a alternativa correta. parte que caberá a Raul deve ser repartida entre
(A) Configurará aquisição por acessão invertida se o valor Mauro e Mário. Sendo Mário pré-morto, seus filhos
das construções realizadas por Rafael ultrapassar Alberto e Augusto devem receber a quantia que lhe
consideravelmente o valor do terreno. caberia. Assim, Mauro deve receber R$ 15.0000,00, e
(B) Mesmo que Rafael estivesse agindo de má-fé quando Alberto e Augusto devem receber R$ 7.500,00 cada
da realização da construção no terreno de Diogo, teria um.
direito à indenização das benfeitorias úteis para evitar (C) Ralph e Randolph receberão R$ 30.000,00 cada um. O
enriquecimento sem causa deste. restante (R$ 30.000,00) será entregue a Mauro, por
(C) A acessão decorrente de construção é forma de direito de representação de seu pai pré-morto.
aquisição derivada da propriedade. (D) Ralph e Randolph receberão R$ 30.000,00 cada um. O
(D) As acessões artificiais podem ser equiparadas às restante, na falta de outro colateral vivo, será entregue
benfeitorias úteis, sobretudo quando representarem ao Município, Distrito Federal ou União.
instrumento apropriado para conservação do bem
principal. 38
Marcelo, brasileiro, solteiro, advogado, sem que tenha
36 qualquer impedimento para doar a casa de campo de sua livre
Mirtes gosta de decorar a janela de sua sala com vasos de propriedade, resolve fazê-lo, sem quaisquer ônus ou
plantas. A síndica do prédio em que Mirtes mora já advertiu a encargos, em benefício de Marina, sua amiga, também
moradora do risco de queda dos vasos e de possível dano aos absolutamente capaz. Todavia, no âmbito do contrato de
transeuntes e moradores do prédio. Num dia de forte doação, Marcelo estipula cláusula de reversão por meio da
ventania, os vasos de Mirtes caíram sobre os carros qual o bem doado deverá se destinar ao patrimônio de
estacionados na rua, causando sérios prejuízos. Rômulo, irmão de Marcelo, caso Rômulo sobreviva à
Nesse caso, é correto afirmar que Mirtes donatária. A respeito dessa situação, é correto afirmar que
(A) poderá alegar motivo de força maior e não deverá (A) diante de expressa previsão legal, não prevalece a
indenizar os lesados. cláusula de reversão estipulada em favor de Rômulo.
(B) está isenta de responsabilidade, pois não teve a (B) no caso, em razão de o contrato de doação, por ser
intenção de causar prejuízo. gratuito, comportar interpretação extensiva, a cláusula
(C) somente deverá indenizar os lesados se tiver agido de reversão em favor de terceiro é válida.
dolosamente. (C) a cláusula em exame não é válida em razão da relação
(D) deverá indenizar os lesados, pois é responsável pelo de parentesco entre o doador, Marcelo, e o terceiro
dano causado. beneficiário, Rômulo.
(D) diante de expressa previsão legal, a cláusula de
reversão pode ser estipulada em favor do próprio
doador ou de terceiro beneficiário por aquele
designado, caso qualquer deles, nessa ordem,
sobreviva ao donatário.

VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 9
39 42
Rejane, solteira, com 16 anos de idade, órfã de mãe e No curso de um processo, todos os participantes, a qualquer
devidamente autorizada por seu pai, casa-se com Jarbas, filho título, devem agir de forma leal, litigando de boa-fé e tendo
de sua tia materna, sendo ele solteiro e capaz, com 23 anos por paradigma uma atuação ética.
de idade. A relação entre advogados, partes e o magistrado deve
A respeito do casamento realizado, é correto afirmar que é obedecer, de forma bastante acentuada, essas premissas, sob
(A) nulo, tendo em vista o parentesco existente entre pena de se estabelecer, conforme o caso, uma série de
Rejane e Jarbas. responsabilidades de ordem processual e/ou pessoal em face
(B) é anulável, tendo em vista que, por ser órfã de mãe, daquele que faltou com os deveres que lhe cabiam.
Rejane deveria obter autorização judicial a fim de Especificamente acerca da atuação dos magistrados nos
suprir o consentimento materno. processos judiciais, é correto afirmar que
(C) válido. (A) é dever do magistrado declarar-se impedido ou
(D) anulável, tendo em vista o parentesco existente entre suspeito de ofício. Em caso de abstenção por parte do
Rejane e Jarbas. juiz, poderá a parte que desejar fazê-lo arguir o
impedimento ou a suspeição do magistrado por meio
40 de exceção.
Os atos processuais não dependem de forma determinada, (B) o magistrado tem, entre outros deveres, a obrigação
salvo se a lei expressamente o exigir e, ainda que realizados de sentenciar e de garantir o contraditório. Conforme
de outro modo, serão reputados válidos se preencherem a previsto pelo sistema processual, só pode o magistrado
finalidade essencial. A respeito do tema, é correto afirmar que se abster de julgar se alegar e comprovar a existência
(A) compete às partes alegar nulidade dos atos na primeira de lacuna na lei.
oportunidade que lhes couber falar nos autos, sob (C) o juiz é dotado de independência funcional, podendo,
pena de preclusão, exceto se a parte provar justo como regra geral, decidir conforme seu
impedimento ou se a nulidade tiver que ser conhecida convencimento, sem que de sua atuação surja o dever
de ofício. de indenizar qualquer das partes. Tal dever só surgirá
(B) é defesa a distribuição da petição inicial que não esteja quando o juiz agir com culpa, dolo ou fraude, gerando
acompanhada do instrumento de mandato, ainda que prejuízo a uma das partes.
haja procuração junta aos autos principais. (D) a atuação do magistrado encontra claros limites no
(C) na hipótese de o réu apresentar reconvenção, sistema processual, a fim de permitir que a própria
dispensa-se a determinação de anotação pelo sociedade exerça o devido controle sobre sua atuação.
distribuidor, visto que será julgada simultaneamente à Um desses limites está refletido na regra que veda a
ação principal, na mesma sentença. produção de provas de ofício pelo juiz.
(D) se um ato for anulado, ou a nulidade afetar apenas
parte do ato, nenhum efeito terão os atos 43
subsequentes, prejudicando todos os que com aquele A respeito dos atos e responsabilidades das partes e dos
ou com a parte nula guardem ou não dependência. procuradores, de acordo com o Código de Processo Civil,
assinale a alternativa correta.
41 (A) É defeso ao autor intentar novamente a ação que, a
A Lei Civil afirma que, a despeito de a personalidade civil da requerimento do réu, foi extinta sem resolução do
pessoa começar com o nascimento com vida, ao nascituro mérito por abandono da causa por mais de trinta dias,
serão assegurados os seus direitos desde a concepção. Para se não pagar ou depositar em cartório as despesas e
tanto, é correto afirmar que, na ação de posse em nome de honorários a que foi condenado.
nascituro, (B) O prazo para interposição de recurso será contato da
(A) a nomeação de médico pelo juiz para que emita laudo data em que os advogados são intimados da decisão,
que comprove o estado de gravidez da requerente, da sentença ou do acórdão, sendo vedada a intimação
assim previsto na lei processual civil, não poderá ser em audiência, ainda que nessa seja publicada a
dispensado em qualquer hipótese. sentença ou a decisão.
(B) por se tratar de mera expectativa de nascimento com (C) A arguição de incompetência absoluta de juízo deverá
vida, portanto, não tendo o nascituro personalidade ser alegada pela parte em preliminar de contestação
civil, fica dispensada a intervenção do Ministério ou por meio de exceção no prazo de resposta do réu,
Público na causa. sob pena de prorrogação de competência. Em sendo
(C) reconhecida a gravidez, a sentença declarará que seja a aquela declarada, somente os atos decisórios serão
requerente investida na posse dos direitos que nulos.
assistam ao nascituro; não cabendo àquela o exercício (D) Aquele que detenha a coisa em nome alheio,
do pátrio poder, o juiz nomeará curador. demandado em nome próprio, deverá nomear à
(D) são documentos indispensáveis à ação o laudo autoria o proprietário ou possuidor. Instado a se
comprobatório do estado gestacional emitido pelo manifestar, caso o autor se mantenha inerte, findo o
médico nomeado pelo juiz e a certidão de óbito da prazo legal, presume-se que a nomeação à autoria não
pessoa de quem o nascituro é sucessor. foi aceita.

VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 10
44 47
Fábio, que ocupa há mais de vinte anos um terreno em uma Franco adquiriu um veículo zero quilômetro em novembro de
valorizada área urbana e preenche os requisitos para usucapir 2010. Ao sair com o automóvel da concessionária, percebeu
o referido bem, decidiu, em 2011, ajuizar uma ação de um ruído todas as vezes em que acionava a embreagem para
usucapião. Com base nas disposições sobre a ação de a troca de marcha. Retornou à loja, e os funcionários disseram
usucapião, é correto afirmar que que tal barulho era natural ao veículo, cujo motor era novo.
(A) as Fazendas Públicas municipal, estadual e federal Oito meses depois, ao retornar para fazer a revisão de dez mil
serão intimadas para manifestar interesse na causa e o quilômetros, o consumidor se queixou que o ruído persistia,
Ministério Público se manifestará se identificar mas foi novamente informado de que se tratava de
hipótese de sua intervenção no feito. característica do modelo. Cerca de uma semana depois, o
(B) a planta do imóvel acompanhará a petição inicial, para veículo parou de funcionar e foi rebocado até a
que se individualize o imóvel que se pretende usucapir. concessionária, lá permanecendo por mais de sessenta dias.
(C) o autor requererá a citação por edital daquele em cujo Franco acionou o Poder Judiciário alegando vício oculto e
nome estiver o imóvel usucapiendo. pleiteando ressarcimento pelos danos materiais e indenização
(D) a usucapião não poderá ser alegada como matéria de por danos morais. Considerando o que dispõe o Código de
defesa em outros procedimentos. Proteção e Defesa do Consumidor, a respeito do narrado
acima, é correto afirmar que, por se tratar de vício oculto,
45 (A) o prazo decadencial para reclamar se iniciou com a
Maria ingressou, na vara cível da comarca XYZ, com uma ação retirada do veículo da concessionária, devendo o
de responsabilidade civil em face de André, observando o rito processo ser extinto.
comum ordinário. André é regularmente citado para oferecer (B) o direito de reclamar judicialmente se iniciou no
resposta. Com base nas modalidades de citação previstas pelo momento em que ficou evidenciado o defeito, e o
Direito Processual Civil, assinale a alternativa correta. prazo decadencial é de noventa dias.
(A) Se o oficial de justiça, após comparecer três vezes ao (C) o prazo decadencial é de trinta dias contados do
local, não conseguir citá-lo, mas tiver suspeita de que momento em que o veículo parou de funcionar,
André se oculta, será feita a citação por edital. tornando-se imprestável para o uso.
(B) Se a citação ocorrer por meio eletrônico e seu (D) o consumidor Franco tinha o prazo de sete dias para
conteúdo não for acessado no prazo de dez dias, desistir do contrato e, tendo deixado de exercê-lo,
deverá ocorrer a citação ficta do réu. operou-se a decadência.
(C) Se André for pessoa absolutamente incapaz, não será
cabível a citação feita pelo correio. 48
(D) Se for necessário realizar a citação em comarca A respeito das sociedades limitadas, assinale a alternativa
contígua, deverá ser expedida carta precatória para correta.
que o juízo deprecante realize a citação. (A) A sociedade limitada, nas omissões das normas
estabelecidas pelo Código Civil, será regida pela Lei
46 6.404/1976.
A empresa Cristal Ltda., atendendo à solicitação da cliente (B) A cessão de quotas de um quotista de uma sociedade
Ruth, realizou orçamento para prestação de serviço, limitada para outro quotista da mesma sociedade
discriminando material, equipamentos, mão de obra, dependerá de prévia autorização estatutária.
condições de pagamento e datas para início e término do (C) A sociedade limitada é administrada por uma ou mais
serviço de instalação de oito janelas e quatro portas em pessoas designadas no contrato social ou em ato
alumínio na residência da consumidora. separado.
Com base no narrado acima, é correto afirmar que (D) Não dependerá de deliberação dos quotistas a
(A) o orçamento terá validade de trinta dias, nomeação ou a destituição dos administradores.
independentemente da data do recebimento e
aprovação pela consumidora Ruth. 49
(B) Ruth não responderá por eventuais acréscimos não A respeito das invenções ou modelos de utilidade, é correto
previstos no orçamento prévio, exceto se decorrente afirmar que
da contratação de serviço de terceiro. (A) podem incluir os programas de computador em si.
(C) o valor orçado terá validade de dez dias, contados do (B) podem consistir em técnicas e métodos operatórios ou
recebimento pela consumidora; aprovado, obriga os cirúrgicos.
contraentes, que poderão alterá-lo mediante livre (C) bastam atender aos requisitos de novidade e atividade
negociação. inventiva para serem patenteáveis.
(D) uma vez aprovado, o orçamento obriga os contraentes (D) são considerados novos quando não compreendidos
e não poderá alterado ou negociado pelas partes, que, no estado da técnica.
buscando mudar os termos, deverão fazer novo
orçamento.

VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 11
50 53
Com relação ao instituto do aceite de títulos de crédito, Fulano de Araújo, proprietário de um único imóvel em que
assinale a alternativa correta. reside com sua esposa, no Município do Rio de Janeiro, é réu
(A) A duplicata pode não ser aceita, sem qualquer em ação de execução fiscal promovida pela Fazenda Pública
fundamentação pelo sacado; neste caso, ele não será Municipal por falta de pagamento do IPTU. Tendo em vista as
responsável pelo pagamento do título. disposições gerais contidas no Código Tributário Nacional
(B) Para a cobrança de uma duplicata não aceita, é acerca do crédito tributário, assinale a alternativa correta.
necessária apenas a realização de seu protesto. (A) O imóvel residencial próprio do casal é impenhorável,
(C) O aceite de cheque é condição essencial para que o não devendo responder por qualquer tipo de dívida.
beneficiário possa executar o sacado. (B) Os bens e rendas do sujeito passivo respondem pelo
(D) O aceite de uma letra de câmbio torna o sacado pagamento de todo crédito de natureza tributária, sem
devedor direto do título. comportar exceções.
(C) Bens gravados por ônus real ou por cláusulas de
51 inalienabilidade não podem ser alcançados para saldar
ABC Indústria S.A. é uma companhia em crise econômico- dívidas tributárias.
financeira, sendo devedora de salários em atraso a seus (D) A impenhorabilidade do bem de família não é oponível
empregados, tributos ao governo federal e créditos a diversos em face da cobrança do Imposto Predial Territorial
fornecedores decorrentes do fornecimento de matéria-prima. Urbano.
A ABC obteve o deferimento do processamento do seu pedido
54
de recuperação judicial, e, na decisão, o juiz determinou a
Determinado contribuinte, devedor de tributo, obtém o seu
suspensão de todas as ações e execuções contra a ABC, na
parcelamento e vem efetuando o pagamento conforme
forma do artigo 6° da Lei 11.101/2005. Não obstante, diversas
deferido. Apesar disso, sofre processo de execução fiscal para
reclamações trabalhistas, ainda em fase de conhecimento em
a cobrança do referido tributo.
curso perante a Justiça do Trabalho, e duas execuções fiscais,
Nos embargos de devedor, o contribuinte poderá alegar
em curso perante a Justiça Federal, das quais a ABC era ré,
(A) a carência da execução fiscal, em face da novação da
prosseguiram normalmente após o referido deferimento do
dívida, que teria perdido a sua natureza tributária pelo
processamento de sua recuperação judicial.
seu parcelamento.
A respeito da situação da recuperação judicial da ABC, é
(B) a improcedência da execução fiscal, por iliquidez do
correto afirmar que
título exequendo, pelo fato de que parte da dívida já
(A) o juízo da recuperação deverá oficiar aos juízos em que
foi paga.
estão sendo processadas as reclamações trabalhistas e
(C) o reconhecimento do direito apenas parcial à execução
as execuções fiscais para determinar a suspensão
fiscal, por parte do Fisco, em face da existência de
imediata de tais feitos.
saldo devedor do parcelamento.
(B) não há qualquer irregularidade no prosseguimento das
(D) a carência da execução fiscal em face da suspensão da
reclamações trabalhistas e execuções fiscais
exigibilidade do crédito tributário.
mencionadas no enunciado, pois tais ações não são
suspensas pelo deferimento do processamento da 55
recuperação judicial. A competência tributária não se confunde com a capacidade
(C) apenas as execuções fiscais deverão ser suspensas; as tributária ativa. Aquela se traduz na aptidão para instituir
reclamações trabalhistas em fase de conhecimento tributos, enquanto esta é o exercício da competência, ou seja,
poderão prosseguir até a sentença que tornar líquido o a aptidão para cobrar tributos. Nesse sentido, é correto
crédito do trabalhador reclamante. afirmar que
(D) apenas as reclamações trabalhistas em fase de (A) compete à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos
conhecimento deverão ser suspensas; as execuções Municípios instituir impostos, taxas, contribuições de
fiscais deverão prosseguir normalmente. melhoria, assim como as contribuições para o custeio
do serviço de iluminação pública.
52 (B) em virtude do princípio federativo, que, entre outras
A respeito das debêntures, é correto afirmar que consequências, delimita entre os entes políticos o
(A) as debêntures da mesma série terão igual valor poder de tributar, ao Distrito Federal compete apenas
nominal e conferirão a seus titulares os mesmos instituir espécies tributárias próprias dos Estados-
direitos. membros da federação.
(B) o pagamento das debêntures sempre será estipulado (C) a União pode instituir, via lei ordinária, impostos além
em moeda nacional. dos previstos na Constituição, mediante dois
(C) a debênture não constitui valor mobiliário, sendo requisitos: que eles sejam não cumulativos e que não
classificada tão somente como título de crédito. tenham fato gerador próprio dos impostos já previstos
(D) a companhia é obrigada a realizar a amortização das constitucionalmente.
debêntures por meio de um único pagamento a seus (D) em Território Federal, os impostos estaduais são de
titulares. competência da União. Caso o Território não seja
dividido em Municípios, cumulativamente, os impostos
municipais também são de competência da União.

VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 12
56 58
A empresa ABC ingressou com medida judicial destinada a A Lei 9.985/2000 instituiu a compensação ambiental,
questionar a incidência da contribuição social sobre o lucro. posteriormente julgada pelo Supremo Tribunal Federal.
Em sede de exame liminar, o juiz concedeu a medida liminar A respeito do tema, é correto afirmar que
para que a empresa não recolhesse a contribuição. Durante a (A) a compensação ambiental será concretizada, pelo
vigência da medida judicial, a Receita Federal iniciou empreendedor, pelo plantio de mudas de espécies
procedimento de fiscalização visando à cobrança da nativas no entorno de unidades de conservação,
contribuição social sobre o lucro não recolhida naquele visando reduzir os impactos ambientais dos
período. empreendimentos potencialmente poluidores,
Com base no relatado acima, assinale a alternativa correta. especialmente aqueles que emitem gases causadores
(A) A Receita Federal não pode lavrar auto de infração, em do efeito estufa.
virtude da liminar concedida na medida judicial em (B) a compensação ambiental é exigida nos processos de
questão. licenciamento ambiental de empreendimentos
(B) A Receita Federal pode lavrar auto de infração, mas potencialmente causadores de impactos significativos
somente com a exigibilidade suspensa para prevenir a no meio ambiente, e será exigida em espécie,
decadência. apurando-se o seu valor de acordo o grau de impacto
(C) A empresa ABC, diante da abertura do procedimento causado, sendo os recursos destinados a uma unidade
de fiscalização, pode solicitar ao juiz nova medida de conservação do grupo de proteção integral.
liminar, a fim de que determine o encerramento de tal (C) a compensação ambiental é exigida nos processos de
procedimento. licenciamento ambiental de empreendimentos
(D) A Receita Federal pode lavrar auto de infração, já que a potencialmente causadores de impactos significativos
medida liminar possui caráter provisório. no meio ambiente, e será exigida em espécie,
apurando-se o seu valor de acordo com o grau de
57 impacto causado, sendo os recursos destinados a uma
Com relação ao sistema nacional de unidades de conservação, unidade de conservação à escolha do empreendedor,
assinale a alternativa correta. em razão do princípio da livre iniciativa.
(A) As unidades de conservação do grupo de proteção (D) a compensação ambiental foi considerada
integral são incompatíveis com as atividades humanas; inconstitucional, por violar frontalmente o princípio do
logo, não se admite seu uso econômico direto ou poluidor-pagador, uma vez que permitia ao
indireto, não podendo o Poder Público cobrar empreendedor compensar os possíveis danos
ingressos para a sua visitação. ambientais de seu empreendimento por meio de um
(B) A ampliação dos limites de uma unidade de pagamento, em espécie, destinado a uma unidade de
conservação, sem modificação dos seus limites conservação do grupo de proteção integral. Logo, não
originais, exceto pelo acréscimo proposto, pode ser pode mais ser exigida ou mesmo oferecida pelo órgão
feita por instrumento normativo do mesmo nível ambiental competente.
hierárquico do que criou a unidade. O Poder Público
está dispensado de promover consulta pública e 59
estudos técnicos novos, bastando a reanálise dos Ana Maria, aluna de uma Universidade Federal, afirma que
documentos que fundamentaram a criação da unidade José, professor concursado da instituição, trai a esposa todo
de conservação. dia com uma gerente bancária.
(C) O parque nacional é uma unidade de conservação do A respeito do fato acima, é correto afirmar que Ana Maria
grupo de proteção integral, de posse e domínios praticou o crime de
públicos. É destinado à preservação ambiental e ao (A) calúnia, pois atribuiu a José o crime de adultério, sendo
lazer e à educação ambiental da população; logo, não cabível, entretanto, a oposição de exceção da verdade
se admite seu uso econômico direto ou indireto, não com o fim de demonstrar a veracidade da afirmação.
podendo o Poder Público cobrar ingressos para a sua (B) difamação, pois atribuiu a José fato desabonador que
visitação. não constitui crime, sendo cabível, entretanto, a
(D) As unidades de conservação do grupo de Uso oposição de exceção da verdade com o fim de
Sustentável podem ser transformadas total ou demonstrar a veracidade da afirmação, uma vez que
parcialmente em unidades do grupo de Proteção José é funcionário público.
Integral, por instrumento normativo do mesmo nível (C) calúnia, pois atribuiu a José o crime de adultério, não
hierárquico do que criou a unidade, desde que sendo cabível, na hipótese, a oposição de exceção da
respeitados os procedimentos de consulta pública e verdade.
estudos técnicos. (D) difamação, pois atribuiu a José fato desabonador que
não constitui crime, não sendo cabível, na hipótese, a
oposição de exceção da verdade.

VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 13
60 63
José dispara cinco tiros de revólver contra Joaquim, jovem de Nise está em gozo de suspensão condicional da execução da
26 (vinte e seis) anos que acabara de estuprar sua filha. pena. Durante o período de prova do referido benefício, Nise
Contudo, em decorrência de um problema na mira da arma, passou a figurar como indiciada em inquérito policial em que
José erra seu alvo, vindo a atingir Rubem, senhor de 80 se apurava eventual prática de tráfico de entorpecentes. Ao
(oitenta) anos, ceifando-lhe a vida. saber de tal fato, o magistrado responsável decidiu por bem
A esse respeito, é correto afirmar que José responderá prorrogar o período de prova. Atento ao caso narrado e
(A) pelo homicídio de Rubem, agravado por ser a vítima consoante legislação pátria, é correto afirmar que
maior de 60 (sessenta) anos. (A) não está correta a decisão de prorrogação do período
(B) por tentativa de homicídio privilegiado de Joaquim e de prova.
homicídio culposo de Rubem, agravado por ser a vítima (B) a hipótese é de revogação facultativa do benefício.
maior de 60 (sessenta) anos. (C) a hipótese é de revogação obrigatória do benefício.
(C) apenas por tentativa de homicídio privilegiado, uma (D) Nise terá o benefício obrigatoriamente revogado se a
vez que ocorreu erro quanto à pessoa. denúncia pelo crime de tráfico de entorpecentes for
(D) apenas por homicídio privilegiado consumado, uma vez recebida durante o período de prova.
que ocorreu erro na execução.
64
61 No dia 18/10/2005, Eratóstenes praticou um crime de
Otelo objetiva matar Desdêmona para ficar com o seguro de corrupção ativa em transação comercial internacional (Art.
vida que esta havia feito em seu favor. Para tanto, desfere 337-B do CP), cuja pena é de 1 a 8 anos e multa. Devidamente
projétil de arma de fogo contra a vítima, causando-lhe a investigado, Eratóstenes foi denunciado e, em 20/1/2006, a
morte. Todavia, a bala atravessa o corpo de Desdêmona e inicial acusatória foi recebida. O processo teve regular
ainda atinge Iago, que passava pelo local, causando-lhe lesões seguimento e, ao final, o magistrado sentenciou Eratóstenes,
corporais. Considerando-se que Otelo praticou crime de condenando-o à pena de 1 ano de reclusão e ao pagamento
homicídio doloso qualificado em relação a Desdêmona e, por de dez dias-multa. A sentença foi publicada em 7/4/2007. O
tal crime, recebeu pena de 12 anos de reclusão, bem como Ministério Público não interpôs recurso, tendo, tal sentença,
que praticou crime de lesão corporal leve em relação a Iago, transitado em julgado para a acusação. A defesa de
tendo recebido pena de 2 meses de reclusão, é correto Eratóstenes, por sua vez, que objetivava sua absolvição,
afirmar que interpôs sucessivos recursos. Até o dia 15/5/2011, o processo
(A) o juiz deverá aplicar a pena mais grave e aumentá-la de ainda não havia tido seu definitivo julgamento, ou seja, não
um sexto até a metade. houve trânsito em julgado final. Levando-se em conta as datas
(B) o juiz deverá somar as penas. descritas e sabendo-se que, de acordo com o art. 109, incisos
(C) é caso de concurso formal homogêneo. III e V, do Código Penal, a prescrição, antes de transitar em
(D) é caso de concurso formal impróprio. julgado a sentença final, verifica-se em 12 (doze) anos se o
máximo da pena é superior a quatro e não excede a oito anos
62 e em 4 (quatro) anos se o máximo da pena é igual a um ano
Ares, objetivando passear com a bicicleta de Ártemis, desfere ou, sendo superior, não exceda a dois, com base na situação
contra esta um soco. Ártemis cai, Ares pega a bicicleta e a apresentada, é correto afirmar que
utiliza durante todo o resto do dia, devolvendo-a ao (A) não houve prescrição da pretensão punitiva nem
anoitecer. Considerando os dados acima descritos, assinale a prescrição da pretensão executória, pois desde a
alternativa correta. publicação da sentença não transcorreu lapso de
(A) Ares praticou crime de roubo com a causa de tempo superior a doze anos.
diminuição de pena do arrependimento posterior. (B) ocorreu prescrição da pretensão punitiva retroativa,
(B) Ares praticou atípico penal. pois, após a data da publicação da sentença e a última
(C) Ares praticou constrangimento ilegal. data apresentada no enunciado, transcorreu lapso de
(D) Ares praticou constrangimento legal com a causa de tempo superior a 4 anos.
diminuição de pena do arrependimento posterior. (C) ocorreu prescrição da pretensão punitiva
superveniente, que pressupõe o trânsito em julgado
para a acusação e leva em conta a pena concretamente
imposta na sentença.
(D) não houve prescrição da pretensão punitiva, pois,
como ainda não ocorreu o trânsito em julgado final,
deve-se levar em conta a teoria da pior hipótese, de
modo que a prescrição, se houvesse, somente
ocorreria doze anos após a data do fato.

VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 14
65 68
Tício está sendo investigado pela prática do delito de roubo Trácio foi denunciado pela prática do delito descrito no artigo
simples, tipificado no artigo 157, caput, do Código Penal. 333 do Código Penal. A peça inaugural foi recebida pelo Juiz
Concluída a investigação, o Delegado Titular da 41ª Delegacia Titular da Vara Única da Comarca X, que presidiu a Audiência
Policial envia os autos ao Ministério Público, a fim de que este de Instrução e Julgamento. Encerrada a instrução do feito, o
tome as providências que entender cabíveis. O Parquet, após processo foi concluso ao juiz substituto, que proferiu
a análise dos autos, decide pelo arquivamento do feito, por sentença condenatória, tendo em vista que o juiz titular havia
faltas de provas de autoria. A vítima ingressou em juízo com sido promovido e estava, nesse momento, na 11ª Vara
uma ação penal privada subsidiária da pública, que foi Criminal da Comarca da Capital. De acordo com a Lei
rejeitada pelo juiz da causa, que, no caso acima, agiu Processual Penal, assinale a alternativa correta.
(A) erroneamente, tendo em vista a Lei Processual admite (A) A sentença é nula, porque foi prolatada por juiz que
a ação privada nos crimes de ação pública quando esta não presidiu a instrução do feito, em desacordo com o
não for intentada. princípio da identidade física do juiz.
(B) corretamente, pois a vítima não tem legitimidade para (B) A sentença é nula, porque ao juiz substituto é vedada a
ajuizar ação penal privada subsidiária da pública. prolação de decisão definitiva ou terminativa.
(C) corretamente, já que a Lei Processual não admite a (C) Não há nulidade na sentença, porque não se faz
ação penal privada subsidiária da pública nos casos em exigível a identidade física do juiz diante das
que o Ministério Público não se mantém inerte. peculiaridades narradas no enunciado.
(D) erroneamente, já que a Lei Processual admite, (D) A sentença é nula, porque viola o princípio do juiz
implicitamente, a ação penal privada subsidiária da natural.
pública.
69
66 Com base no Código de Processo Penal, acerca dos recursos,
Caio, Mévio e Tício estão sendo acusados pela prática do assinale a alternativa correta.
crime de roubo majorado. No curso da instrução criminal, (A) Todos os recursos têm efeito devolutivo, e alguns têm
ficou comprovado que os três acusados agiram em concurso também os efeitos suspensivo e iterativo.
para a prática do crime. Os três acabaram condenados, e (B) O recurso de apelação sempre deve ser interposto no
somente um deles recorreu da decisão. A decisão do recurso prazo de cinco dias a contar da intimação, devendo as
interposto por Caio razões ser interpostas no prazo de oito dias.
(A) aproveitará aos demais, sempre. (C) Apesar do princípio da complementaridade, é defeso
(B) se fundado em motivos que não sejam de caráter ao recorrente complementar a fundamentação de seu
exclusivamente pessoal, aproveitará aos outros. recurso quando houver complementação da decisão
(C) sempre aproveitará apenas ao recorrente. recorrida.
(D) aproveitará aos demais, desde que eles tenham (D) A carta testemunhável tem o objetivo de provocar o
expressamente consentido nos autos com os termos reexame da decisão que denegar ou impedir
do recurso interposto. seguimento de recurso em sentido estrito, agravo em
execução e apelação.
67
A Constituição do Estado X estabeleceu foro por prerrogativa 70
de função aos prefeitos de todos os seus Municípios, Após 23 anos de trabalho numa empresa, Renato é
estabelecendo que “os prefeitos serão julgados pelo Tribunal dispensado sem justa causa, no dia 31 de janeiro de 2012. Na
de Justiça”. José, Prefeito do Município Y, pertencente ao hipótese, ele fará jus ao aviso prévio de
Estado X, está sendo acusado da prática de corrupção ativa (A) 90 dias.
em face de um policial rodoviário federal. (B) 30 dias.
Com base na situação acima, o órgão competente para o (C) 96 dias.
julgamento de José é (D) 99 dias.
(A) a Justiça Estadual de 1ª Instância.
(B) o Tribunal de Justiça. 71
(C) o Tribunal Regional Federal. No direito brasileiro, a redução do salário é
(D) a Justiça Federal de 1ª Instância. (A) impossível.
(B) possível, em caso de acordo entre empregado e
empregador, desde que tenha por finalidade evitar a
dispensa do empregado sem justa causa.
(C) possível mediante autorização da Superintendência
Regional do Trabalho e Emprego.
(D) possível mediante convenção ou acordo coletivo de
trabalho.

VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 15
72 75
Determinada empresa encontra-se instalada em local de difícil Com relação às normas de duração do trabalho, assinale a
acesso, não servida por transporte público regular. Em razão alternativa correta.
disso, fornece condução para o deslocamento dos seus (A) A concessão de intervalos para repouso e alimentação
empregados, da residência ao trabalho e vice-versa, mas durante a jornada de seis horas descaracteriza o
cobra deles 50% do valor do custo do transporte. Na hipótese, regime de turno ininterrupto de revezamento.
é correto afirmar que (B) Considera-se de “prontidão” o empregado que
(A) o tempo de deslocamento será considerado hora in permanecer em sua própria casa, aguardando a
itinere. qualquer momento o chamado para o serviço, com
(B) o tempo de deslocamento não será considerado hora escala de, no máximo, vinte e quatro horas, sendo
in itinere porque é custeado pelo empregado, ainda contadas as respectivas horas à razão de 1/3 (um
que parcialmente. terço) do salário normal.
(C) o empregado tem direito ao recebimento do vale- (C) A compensação de jornada de trabalho pode ser
transporte. ajustada por acordo individual escrito, acordo coletivo
(D) metade do tempo de deslocamento será considerada ou convenção coletiva.
hora in itinere porque é a proporção da gratuidade do (D) A mera insuficiência de transporte público regular
transporte oferecido. enseja o pagamento de horas in itinere.

73 76
A empresa X pagou em 10/6/2011 as parcelas do rompimento No processo trabalhista, a compensação ou retenção
do contrato do empregado Tício, após dação de aviso prévio, (A) só poderá ser arguida como matéria de defesa.
datado de 30/5/2011, de cujo cumprimento o trabalhador foi (B) poderá ser arguida em qualquer fase do processo,
dispensado. À época da dispensa, o trabalhador, que tinha 11 mesmo na execução definitiva da sentença.
(onze) anos de tempo de serviço, recebia salário de R$ 700,00 (C) poderá ser arguida em qualquer momento, até que a
mensais, com forma de pagamento semanal. sentença seja proferida pelo juiz de 1ª instância.
Com base no exposto, é correto afirmar que o empregado (D) poderá ser arguida em qualquer momento, até que a
(A) não faz jus a uma indenização no valor do salário, sentença tenha transitado em julgado.
porque o empregador teria até o dia seguinte ao prazo
de 30 (trinta) dias do aviso prévio do qual foi 77
dispensado para fazer o pagamento das verbas Numa reclamação trabalhista, o autor teve reconhecido o
resilitórias. direito ao pagamento de horas extras, sem qualquer reflexo.
(B) faz jus a uma indenização no valor do salário, por ter Após liquidado o julgado, foi homologado o valor de R$
superado o prazo de 10 (dez) dias previsto em lei para 15.000,00, iniciando-se a execução. Em seguida, as partes
o pagamento. comparecem em juízo pleiteando a homologação de acordo
(C) faz jus a uma indenização no valor do salário, por ter no valor de R$ 10.000,00.
superado o prazo de 8 (oito) dias para o pagamento de Com base no narrado acima, é correto afirmar que
quem recebe por semana. (A) o juiz não pode homologar o acordo porque isso
(D) faz jus a aviso prévio em dobro, porque contava com significaria violação à coisa julgada.
mais de 10 (dez) anos de tempo de serviço à época da (B) é possível a homologação do acordo, mas o INSS será
dispensa e a uma indenização no valor do salário, recolhido sobre R$ 15.000,00.
porque superado o prazo para o pagamento das (C) a homologação do acordo, no caso, dependeria da
parcelas decorrentes do rompimento do contrato. concordância do órgão previdenciário, pois inferior ao
valor homologado.
74 (D) é possível a homologação do acordo, e o INSS será
Uma empresa que atua no ramo gráfico, com jornada de recolhido sobre R$ 10.000,00.
trabalho de 8 horas diárias, pretende reduzir o intervalo para
refeição de seus empregados para 30 minutos diários. De 78
acordo com a Lei e o entendimento do TST, a pretensão Uma ação é movida contra duas empresas integrantes do
(A) não poderá ser atendida porque a norma é de ordem mesmo grupo econômico e uma terceira, que alegadamente
pública, tratando da higiene, salubridade e conforto, foi tomadora dos serviços durante parte do contrato. Cada
não passível de negociação. empresa possui um advogado. No caso de interposição de
(B) poderá ser efetivada, mas dependerá da realização de recurso de revista,
acordo ou convenção coletiva nesse sentido. (A) o prazo será computado em dobro porque há
(C) poderá ser efetivada se autorizada pelo Ministério do litisconsórcio passivo com procuradores diferentes.
Trabalho e Emprego, que verificará se o local tem (B) o prazo será contado normalmente.
refeitório adequado e se o empregador não exige (C) o prazo será de 10 dias.
realização de horas extras. (D) fica a critério do juiz deferir a dilação do prazo para
(D) poderá ser efetivada se houver autorização judicial. não prejudicar os réus quanto à ampla defesa.

VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 16
79
Cíntia Maria ajuíza reclamação trabalhista em face da
empresa Tictac Ltda., postulando o pagamento de horas
extraordinárias, aduzindo que sempre labutou no horário das
8h às 19h, de segunda a sexta-feira, sem intervalo
intrajornada. A empresa ré oferece contestação, impugnando
o horário indicado na inicial, afirmando que a autora sempre
laborou no horário das 8h às 17h, com 1 hora de pausa
alimentar, asseverando ainda que os controles de ponto que
acompanham a defesa não indicam a existência de labor
extraordinário. À vista da defesa ofertada e dos controles
carreados à resposta do réu, a parte autora, por intermédio
de seu advogado, impugna os registros de frequência porque
não apresentam qualquer variação no registro de entrada e
saída, assim como porque não ostentam sequer a pré-
assinalação do intervalo intrajornada. Admitindo-se a
veracidade das argumentações do patrono da parte autora e
com base na posição do TST acerca da matéria, é correto
afirmar que
(A) compete ao empregado o ônus de comprovar o
horário de trabalho indicado na inicial, inclusive a
supressão do intervalo intrajornada, a teor do disposto
no art. 818 da CLT.
(B) diante da impugnação apresentada, inverte-se o ônus
probatório, que passa a ser do empregador,
prevalecendo o horário da inicial, se dele não se
desincumbir por outro meio probatório, inclusive no
que se refere à ausência de intervalo intrajornada.
(C) em se tratando de controles de ponto inválidos, ao
passo que não demonstram qualquer variação no
registro de entrada e saída, não poderá a ré produzir
qualquer outra prova capaz de confirmar suas
assertivas, porquanto a prova documental é a única
capaz de demonstrar a jornada de trabalho cumprida.
(D) diante da impugnação apresentada, inverte-se o ônus
probatório, que passa a ser do empregador,
prevalecendo o horário da inicial, se dele não se
desincumbir, exceto quanto ao intervalo intrajornada,
cujo ônus probatório ainda pertence à parte autora.

80
Quanto à nomeação de advogado na Justiça do Trabalho, com
poderes para o foro em geral, é correto afirmar que
(A) na Justiça do Trabalho, a nomeação de advogado com
poderes para o foro em geral poderá ser efetivada
mediante simples registro na ata de audiência, a
requerimento verbal do advogado interessado e com a
anuência da parte representada.
(B) as partes que desejarem a assistência de advogado
sempre deverão outorgar poderes para o foro em geral
por intermédio de instrumento de mandato, com firma
devidamente reconhecida.
(C) na Justiça do Trabalho, o advogado pode atuar sem
que lhe sejam exigidos poderes outorgados pela parte,
haja vista o princípio do jus postulandi.
(D) somente o trabalhador poderá reclamar na Justiça do
Trabalho sem a necessidade de nomeação de
advogado, uma vez que o princípio do jus postulandi
somente se aplica à parte hipossuficiente.

VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 17
QUESTIONÁRIO DE PERCEPÇÃO SOBRE A PROVA 5
As questões das diversas áreas do Direito (Civil, Penal,
Este questionário é de preenchimento facultativo pelo Trabalho, Administrativo, etc.) apresentavam o mesmo
examinando. Como se trata de mera pesquisa, não nível de dificuldade e compreensão?
influi no resultado final do exame. (A) Sim, todas.
(B) Sim, a maioria.
As questões têm como objetivo avaliar a qualidade e a (C) Não houve esse nivelamento.
adequação da prova que você acabou de realizar. (D) Não tenho como opinar.

Assinale suas respostas nos espaços próprios (canto 6


inferior direito) da sua folha de respostas. As informações/instruções fornecidas para a resolução
da prova foram suficientes e adequadas?
A OAB e a FGV agradecem sua colaboração. (A) Sim, até excessivas.
(B) Sim, todas elas.
1 (C) Sim, somente algumas.
Na sua avaliação, o grau de dificuldade desta prova, (D) Não, nenhuma delas.
quanto ao conteúdo programático abordado, foi
(A) muito fácil. 7
(B) fácil. Assinale o tipo de dificuldade que você encontrou ao
(C) médio. responder à prova. Indique a preponderante.
(D) difícil. (A) Desconhecimento do conteúdo.
(B) Forma diferente de abordagem do conteúdo.
2 (C) Falta de motivação para fazer a prova.
Assinale a alternativa que indique a sua avaliação (D) Não tive qualquer tipo de dificuldade para responder
quanto à capacidade crítica e interpretativa desta prova à prova.
em relação ao cenário e ao ordenamento jurídico
contemporâneo. 8
(A) Plenamente satisfatória. Considerando sua preparação para esta prova, você
(B) Satisfatória. conclui que
(C) Pouco satisfatória. (A) não estudou a maioria dos conteúdos abordados.
(D) Insatisfatória. (B) estudou a maioria dos conteúdos abordados, mas
não os assimilou.
3 (C) estudou e assimilou muitos dos conteúdos
Considerando a extensão da prova em relação ao tempo abordados.
total, você considera que ela foi (D) estudou e assimilou todos os conteúdos abordados.
(A) muito longa.
(B) longa. 9
(C) adequada. Qual foi o tempo gasto para concluir a prova?
(D) curta. (A) Menos de três horas.
(B) Entre três e quatro horas.
4 (C) Entre quatro e cinco horas.
Os enunciados das questões da prova estavam claros e (D) Não consegui terminar.
objetivos?
(A) Sim, todos. 10
(B) Sim, a maioria. Você considera o layout (formatação e diagramação)
(C) Poucos. desta prova
(D) Não, nenhum. (A) muito bom.
(B) bom.
(C) regular.
(D) ruim.

VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


Página 18
VI EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO
Página 19
CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL
VI EXAME UNIFICADO – GABARITOS – PROVAS DO DIA 5/2/2012

GABARITOS PRELIMINARES

VI EXAME UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
B C B B C D D A D D B C B A C A D A C C
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
A B B C D D A D A B B B C D A D C A C A
41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60
C A A B C C B C D D D A D D D B D B D D
61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80
B C A C C B C C A A D A B C C A D B B A

VI EXAME UNIFICADO – TIPO 2 – VERDE


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
B A A D B D B B A A C D C D D D D C D C
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
D B D A B C D B D A B D D B C C A C B A
41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60
D C B D A A D D A C C C D A C A D B B A
61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80
A A B D B C B B B A B A C A C C A C C C

1
CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL
VI EXAME UNIFICADO – GABARITOS – PROVAS DO DIA 5/2/2012

VI EXAME UNIFICADO – TIPO 3 – AMARELO


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
B A D A A B C D C B D A C C A D A B B C
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
D B A D A C D C B B B C D A B B C D A C
41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60
B B B D A A D B A C C A C A D B C A A B
61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80
A D D B A D D A C A C C D C D D D C C B

VI EXAME UNIFICADO – TIPO 4 – AZUL


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
A A A C D A C C A C A B A B A B D A B C
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
B D A B C C B D B C B D B A D C D D B C
41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60
D A B A B C A D C D A C A C B D A D A D
61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80
D B C B C A A B D B A C C B D D C D C B

2
CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL
VI EXAME UNIFICADO – GABARITOS – PROVAS DO DIA 5/2/2012

TABELA DE CORRESPONDÊNCIA DE QUESTÕES

TIPO 1 TIPO 2 TIPO 3 TIPO 4 TIPO 1 TIPO 2 TIPO 3 TIPO 4


1 4 7 6 41 44 45 40
2 2 8 7 42 45 43 42
3 6 10 5 43 42 42 41
4 10 1 4 44 41 44 43
5 12 2 1 45 43 40 44
6 11 5 10 46 46 46 46
7 5 6 2 47 47 47 47
8 3 3 11 48 50 52 49
9 1 9 8 49 52 51 48
10 8 12 3 50 51 49 51
11 9 4 12 51 49 50 50
12 7 11 9 52 48 48 52
13 15 13 13 53 55 53 55
14 14 15 15 54 56 54 54
15 13 14 14 55 54 56 53
16 17 19 17 56 53 55 56
17 22 17 20 57 58 58 58
18 16 16 22 58 57 57 57
19 21 18 19 59 60 60 59
20 18 22 16 60 59 59 64
21 20 20 18 61 64 61 60
22 19 21 21 62 62 64 63
23 24 24 24 63 61 62 62
24 23 23 23 64 63 63 61
25 25 25 26 65 67 66 69
26 26 26 25 66 66 69 68
27 31 29 27 67 68 68 65
28 28 28 31 68 69 65 67
29 30 31 29 69 65 67 66
30 29 27 28 70 73 71 71
31 27 30 32 71 72 74 72
32 32 32 30 72 70 70 75
33 37 37 35 73 71 73 73
34 39 34 38 74 74 72 70
35 33 35 34 75 75 75 74
36 35 36 37 76 78 76 80
37 36 38 33 77 76 79 77
38 38 33 36 78 77 77 78
39 34 39 39 79 80 80 79
40 40 41 45 80 79 78 76

3
Questão 1  Questão 3 
   
Paulo,  bacharel  em  Direito,  exerceu  relevantes  cargos  no  João,  advogado  inscrito  há  muitos  anos  na  OAB,  decide 
Poder  Executivo  das  três  esferas  de  Governo,  adquirindo  candidatar‐se, pelo quinto constitucional, ao cargo de Juiz do 
profundo  conhecimento  sobre  as  atividades  internas  da  Tribunal  Regional  Federal.  Em  razão  dessa  iniciativa,  é 
Administração  Pública.  Após  aposentar‐se,  sem  requerer  submetido  a  exame  curricular  e  sabatina  perante  o  Conselho 
inscrição  nos  quadros  da  OAB,  estabelece  serviço  de  Federal  da  OAB.  Após  longo  processo  avaliatório,  vem  a  ser 
consultoria  jurídica,  tendo  angariado  vários  clientes  desde  o  escolhido  para  integrar  a  lista  sêxtupla  a  ser  remetida  ao 
período da inauguração da sua atividade.   Tribunal Regional Federal.  
   
De  acordo  com  o  narrado  e  observadas  as  normas  Diante  dessa  narrativa,  à  luz  da  legislação  aplicável  aos 
estatutárias, assinale a afirmativa correta.  advogados, assinale a afirmativa correta. 
   
A) Dentre as atividades privativas do advogado incluem‐se a  A) O  advogado,  ao  ser  incluído  em  lista  sêxtupla  para 
postulação  judicial  e  a  assessoria  jurídica,  mas  não  a  integrar  os  quadros  de  tribunal,  deve  requerer  licença 
consultoria.  para tratamento de questões particulares. 
B) O  bacharel  em  Direito  aposentado  não  tem  vedado  B) O  advogado  que  integra  lista  sêxtupla  ou  tríplice  para 
qualquer prática de atividade jurídica, mesmo não inscrito  ingresso  pelo  quinto  constitucional  pode  continuar 
nos quadros da OAB.  exercendo livremente suas atividades. 
C) O  advogado  atua  na  atividade  judicial  pugnando  pela  C) O  advogado  que  integra  lista  sêxtupla  ou tríplice  passa a 
defesa  dos  interesses  dos  seus  clientes  e  na  consultoria  ser  considerado  incompatibilizado  para  o  exercício  da 
jurídica   advocacia. 
D) As atividades privativas do advogado incluem a assessoria  D) O advogado que pretende ingressar na magistratura pelo 
jurídica,  a  direção  jurídica  e  a  atuação  nos  Juizados  quinto  constitucional  passa  a  ser  considerado  impedido 
Especiais.  ao compor lista sêxtupla. 
   
Questão 2  Questão 4 
   
O  advogado  “Y”,  recém  formado,  diante  da  dificuldade  em  José,  general  de  brigada,  entusiasmado  com  a  opção  do  seu 
conseguir  clientes,  passa  a  distribuir  panfletos  em  locais  filho pelo curso de Direito, resolve acompanhá‐lo nos estudos. 
próximos  aos  fóruns  da  cidade  onde  reside,  oferecendo  seus  Presta exame vestibular e matricula‐se em outra instituição de 
serviços  profissionais.  Nos  panfletos  distribuídos  por  “Y”  ensino,  também  no  curso  de  Direito.  Ambos  alcançam  o 
constam  informações  acerca  da  sua  especialização  técnico‐ período  letivo  em  que  há  necessidade  de  realizar  o  estágio 
científica,  localização  e  telefones  do  seu  escritório.  Por  outro  forense.  
lado, “Y” instalou placa na porta de seu escritório, na qual fez  José, desejando acompanhar seu filho nas atividades forenses 
constar  os  valores  cobrados  por  seus  serviços  profissionais,  nas  horas  de  folga,  vez  que  continua  na  ativa,  agora  como 
fixados,  aliás,  em  patamares  inferiores  àqueles  estipulados  General  de  Divisão,  requer  o  seu  ingresso  no  quadro  de 
pela tabela de honorários da OAB.   estagiários da OAB.  
   
Quanto à conduta de “Y”, assinale a afirmativa incorreta.  A partir do caso apresentado, assinale a afirmativa correta. 
   
A) “Y”  incorre  em  infração  disciplinar,  consistente  na  A) Militar  não  pode,  enquanto  permanecer  na  ativa, 
captação  irregular  de  causas,  ao  distribuir  panfletos  ao  inscrever‐se  no  quadro  de  advogados,  mas  se  permite  a 
público oferecendo seus serviços como advogado.                                                                                        
ele a inscrição no quadro de estagiários. 
B) “Y”  viola  dispositivo  do  Código  de  Ética  e  Disciplina  da  B) Militar  não  pode,  enquanto  na  ativa,  obter  inscrição  no 
OAB,  ao  fixar  honorários  em  valores  inferiores  aos  quadro de advogados nem no quadro de estagiários. 
estipulados na tabela de honorários da OAB.  C) Militar  da  ativa  pode  atuar  na  Justiça  Militar 
C) “Y” pode distribuir panfletos ao público, oferecendo seus  especializada,  porque  se  inscreve  no  quadro  especial  de 
serviços  profissionais,  desde  que  neles  não  conste  sua  estagiários. 
especialização técnico‐científica.  D) Militar  de  alta  patente  pode  obter  inscrição  tanto  no 
D) “Y”  viola  dispositivo  do  Código  de  Ética  e  Disciplina  da  quadro  de  estagiários  como  no  de  advogados,  mediante 
OAB, ao fazer constar de sua placa referências aos valores  permissão especial do Presidente da OAB. 
cobrados por seus serviços profissionais.   
   
   
   
   
   
   
   
   

VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 01 – BRANCA 
Questão 5  Questão 8 
    
O  advogado  “X”,  regularmente  constituído  pelo  seu  cliente  Osvaldo é vereador do município “K” e ocupa cargo vinculado 
“Z”,  retira  os  autos  de  cartório  para  realizar  peça  defensiva  à Mesa da Câmara de Vereadores. Necessitando propor ação 
dos  interesses  do  seu  cliente.  Os  autos  permanecem  no  cominatória  em  face  do  seu  vizinho  Marcos,  e  sendo 
escritório profissional de “X”. Um incêndio no prédio em que  advogado,  apresenta‐se  em  Juízo  postulando  em  causa 
se  localiza  o  escritório  destruiu  numerosos  documentos,  própria.  
 
inclusive  os  autos  referidos.  Com  base  no  ocorrido,  “X” 
Nos  termos  das  normas  estatutárias,  assinale  a  afirmativa 
comunica o fato ao Juízo e ao seu cliente. 
  correta. 
 
Diante  dessa  narrativa,  à  luz  da  legislação  aplicável  aos 
A) A  função  de  membro  do  Poder  Legislativo  impede  o 
advogados, assinale a afirmativa correta. 
  advogado de atuar, mesmo em causa própria. 
A) O  extravio  de  autos  é  caracterizado  como  infração,  com  B) A  eleição  para  a  Mesa  Diretora  do  Poder  Legislativo 
pena de suspensão.   impede  o  advogado  de  atuar,  gerando  uma 
B) O advogado deverá receber pena de advertência, por não  incompatibilidade. 
prever o incêndio.  C) O mandato de vereador não se inclui dentre as situações 
C) O extravio de autos deve ser doloso ou culposo, para ser  de  incompatibilidade,  ocupe  ou  não  cargo  na  Mesa 
punível disciplinarmente.  Diretora. 
D) O extravio de autos seria punível, caso fosse recebido em  D) As  incompatibilidades  dos  membros  do  Poder  Legislativo 
confiança.  estão  circunscritas  aos  integrantes  do  Senado  e  da 
  Câmara dos Deputados Federal. 
Questão 6   
  Questão 9 
João postulou, por meio de representação de advogado, ação   

condenatória  em  face  da  sociedade  Cacos  e  Cacos  Ltda.,  Além  de  advogado,  João  é  professor  da  Universidade  pública 
obtendo  sentença  favorável,  condenando  a  ré  ao  pagamento  “M”,  com  natureza  de  autarquia,  onde  exerce  as  funções  de 
da quantia de R$ 100.000,00 (cem mil reais), acrescida de R$  coordenador  acadêmico  da  graduação  do  Curso  de  Direito. 
15.000,00 (quinze mil reais) de honorários advocatícios. Após  Diante  do  prestígio  acumulado,  o  seu  escritório  de  advocacia 
o trânsito em julgado da decisão judicial, João e seu advogado  vem a ter renome, atuando em diversas causas nas comarcas 
Pedro  são  cientificados  de  que  a  sociedade  está  falida,  de influência da universidade.  
 
devendo os seus créditos sofrer procedimento de habilitação.   Essas  circunstâncias  indicam  que  o  cargo  ocupado  pelo 
 

Nesse  caso,  a  natureza  dos  créditos  correspondentes  a  advogado seria um caso 


 
honorários  advocatícios,  nos  termos  do  Estatuto,  é  A) abrangido  pelas  normas  que  criam  regras  de 
considerada como  incompatibilidade para administradores públicos. 
 

A) quirografária.  B) não  previsto,  vez  que  a  atuação  como  dirigente  de 


B) real.  entidade  pública  é  irrelevante  para  o  sistema  de 
C) privilegiada.  incompatibilidades. 
D) natural.  C) excepcionado diante da característica que o vincularia ao 
  magistério jurídico. 
Questão 7   D) incluído no rol de incompatibilidades por não permitir que 
 

João  é  contratado  para  propor  ação  de  cobrança  pela  o advogado exerça cargo administrativo nas universidades 


sociedade M e P Ltda., em face da sociedade C e L Ltda., sendo  públicas. 
 
o valor da causa, correspondente ao débito, de R$ 200.000,00  Questão 10 
(duzentos  mil  reais).  Após  iniciada  a  ação,  mas  antes  do  ato   

citatório, a sociedade autora vem a desistir da mesma. Houve  O advogado Rubem, em causa em que patrocina os interesses 
contrato de honorários subscrito pelas partes aventando que,  da  sociedade  Só  Fácil  Ltda.,  cita  fatos  delituosos,  por  escrito, 
nesse  caso,  seriam  devidos  honorários  fixos  de  R$  10.000,00  contra  a  honra  do  réu,  sem  autorização  do  seu  cliente.  Dias 
(dez  mil  reais).  A  sociedade  notificada  regularmente  não  depois,  é  surpreendido  com  ação  criminal  em  virtude  dos 
pagou os honorários contratuais.   fatos apresentados no processo judicial.  
   

Nesse caso, o prazo para a prescrição da ação de cobrança de  A descrição acima amolda‐se à seguinte infração disciplinar: 
 
honorários passa a contar da data   A) locupletar‐se,  por  qualquer  forma,  à  custa  do  cliente  ou 
 

A) do trânsito em julgado da decisão judicial.  da parte adversa, por si ou interposta pessoa. 
B) da desistência judicial formulada.  B) incidir  em  erros  reiterados  que  evidenciem  inépcia 
C) do término do mandato judicial.   profissional. 
D) da ultimação do serviço judicial.  C) prestar concurso a cliente ou a terceiro para realização de 
  ato contrário à lei ou destinado a fraudá‐la. 
  D) fazer,  em  nome  do  constituinte,  sem  autorização  escrita 
  deste, imputação a terceiro de fato definido como crime. 

VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 01 – BRANCA 
Questão 11  Questão 14 
   
Pedro,  advogado  regularmente  inscrito  nos  quadros  da  OAB,  A  competência  para  processar  e  julgar  originariamente 
após  regular  processo  administrativo  disciplinar,  é  apenado  Governador de Estado por crime comum é do 
com a sanção de exclusão por ter sido condenado pela prática   

de  crimes  contra  o  patrimônio,  tendo  a  decisão  judicial  A) Supremo Tribunal Federal. 


transitada  em  julgado.  Após  cumprir  a  pena  e  tendo  sido  a  B) Superior Tribunal de Justiça. 
mesma  julgada  extinta  pelo  Juízo  competente,  apresenta  C) Órgão Especial do Tribunal de Justiça. 
requerimento de retorno à OAB.  D) Juizo  Criminal  da  capital  onde  se  situa  o  Tribunal  de 
  Justiça do Estado respectivo. 
Nos termos do Estatuto, deve o requerente    
  Questão 15 
A) apresentar  a  documentação  prevista  para  inscrição   
inaugural no quadro de advogados, além de submeter‐se  Lei estadual de iniciativa do Deputado “X” previu a criação de 
a novo Exame de Ordem.  300  cargos  de  fiscal  de  rendas  e  determinou  o  seu 
B) requerer  a  restauração  da  sua  inscrição  anterior  com  os  preenchimento  no  mesmo  ano,  sem  indicar  a  previsão  da 
documentos  previstos  para  a  inscrição  inaugural,  sem  receita necessária para fazer frente a tal despesa. Realizado o 
submissão a novo Exame de Ordem.  concurso  público  e  depois  da  posse  e  exercício  dos  100 
C) indicar  provas  para  a  inscrição  nos  quadros  da  OAB  que  primeiros  aprovados,  o  Governador  ajuíza  ação  direta  de 
comprovem  a  sua  capacidade  civil  apta  a  permitir  o  inconstitucionalidade  perante  o  Supremo  Tribunal  Federal, 
retorno, e os documentos para inscrição inaugural.  arguindo a invalidade do diploma legal, por vício de iniciativa e 
D) comprovar a sua reabilitação e apresentar os documentos  por não indicar a fonte de receita necessária. 
relacionados à idoneidade moral.   
   Considerando as normas existentes a respeito do controle de 
Questão 12   constitucionalidade, assinale a alternativa que indica o correto 
 
As  alternativas  a  seguir  apresentam  algumas  das  posicionamento do STF. 
competências do Conselho Federal da Ordem dos Advogados   
do Brasil, à exceção de uma. Assinale‐a.  A) Não  terá  alternativa  senão  declarar  a 
  inconstitucionalidade  da  lei,  por  vício  de  iniciativa,  com 
A) Representar, em juízo ou fora dele, os interesses coletivos  efeitos  ex  tunc,  e  julgar  de  plano  inválido  o  concurso 
dos advogados.  público,  determinando  a  exoneração  de  todos  os  fiscais 
B) Velar  pela  dignidade,  independência,  prerrogativas  e  aprovados e a anulação dos atos por eles praticados. 
valorização da advocacia.  B) Não poderá acatar os argumentos da ação direta, uma vez 
C) Representar, sem exclusividade, os advogados brasileiros  que  o  Governador  foi  quem  autorizou  a  realização  do 
nos órgãos e eventos internacionais da advocacia.  concurso  e  deu  posse  aos  candidatos,  de  modo  que  a 
D) Editar e alterar o Regulamento Geral, o Código de Ética e  ação  proposta  por  ele  mesmo  viola  a  segurança  jurídica, 
Disciplina, e os Provimentos que julgar necessários.  denotando conduta contraditória. 
  C) Deverá  realizar  uma  ponderação  de  princípios  e  poderá, 
Questão 13  ao final, decidir pela constitucionalidade da lei e pela sua 
  manutenção no ordenamento jurídico, apesar da afronta 
No  intuito  de  garantir  o  regular  exercício  da  prestação  à Constituição, caso em que julgará improcedente a ação. 
jurisdicional,  a  Constituição  da  República  conferiu  aos  D) Poderá,  ao  declarar  a  inconstitucionalidade,  e  pelo  voto 
magistrados algumas prerrogativas.  de  dois  terços  dos  ministros,  restringir  os  efeitos  da 
 
decisão ou decidir que ela só tenha eficácia a partir de seu 
A respeito dessas prerrogativas, assinale a afirmativa correta. 
  trânsito  em  julgado  ou  de  outro  momento  que  venha  a 
A) A  inamovibilidade  pode  ser  excepcionada  no  caso  de  ser fixado, preservando os atos já praticados pelos fiscais. 
relevante  interesse  público  e  desde  que  a  remoção  seja   
aprovada pela maioria absoluta do tribunal ou do CNJ.   
B) A irredutibilidade de subsídios consiste na impossibilidade   
de redução do poder aquisitivo do subsídio do magistrado   
e não somente do seu valor nominal.   
C) O  magistrado,  apesar  da  vitaliciedade,  pode  perder  o   
cargo  por  decisão  administrativa  da  maioria  absoluta  do   
tribunal ou do CNJ.   
D) A  aposentadoria  dos  magistrados  seguirá  regime  jurídico   
diverso  daquele  aplicável  aos  servidores  públicos  em   
geral.   
   
   
   
4

VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 01 – BRANCA 
Questão 16  Questão 18 
   

O  Presidente  da  República  encaminhou  ao  Senado  Federal  Pode  o  Presidente  da  República  editar  medida  provisória 
projeto  de  Lei  Ordinária  para  provimento  de  cargos  de  contrária à súmula vinculante editada pelo STF? 
 
servidores da União. Após os debates, o projeto foi aprovado 
A) Não, pois o STF é o guardião da Constituição. 
pelo plenário do Senado Federal e, em seguida, encaminhado 
B) Não,  pois  a  súmula  vincula  todos  os  Poderes  (Executivo, 
para  a  Câmara  dos  Deputados  que,  em  apenas  um  turno  de 
Legislativo e Judiciário). 
discussão  e  votação,  o  aprovou  e  o  enviou  ao  Presidente  da 
C) Sim,  pois  a  súmula  vincula  a  Administração  Pública,  mas 
República, que o sancionou. 
  não o chefe do Poder Executivo. 
Sobre o fato acima, assinale a afirmativa correta.  D) Sim,  pois  o  Presidente  da  República  estaria,  nesse  caso, 
  exercendo função legislativa. 
A) A lei é inconstitucional, pois a iniciativa de projetos de lei   
para  provimento  de  cargos  de  servidores  da  União  é  da  Questão 19 
 
Câmara dos Deputados.  Sabendo‐se  que  o  Município  integra  a  Federação,  assinale  a 
B) A  discussão  e  a  votação  do  projeto  deveriam  ter  se  afirmativa correta, à luz das normas constitucionais. 
iniciado  na  Câmara  dos  Deputados,  havendo,  por  isso,   
vício no processo legislativo.  A) O município será regido por Lei Orgânica própria, votada 
C) A  ocorrência  de  dois  turnos  de  discussão  e  votação  do  pela Assembleia Estadual. 
projeto  de  lei  ordinária,  pressuposta  no  adequado  B) A  organização  municipal  conterá  previsão  de  eleições 
processo legislativo, não ocorreu no caso narrado.  para mandato de cinco anos, sem reeleição. 
D) A  lei  é  constitucional,  pois  o  processo  legislativo  foi  C) Um  projeto  de  lei  de  iniciativa  popular,  baseado  em 
hígido.  interesse local, depende de, pelo menos, cinco por cento 
  do eleitorado. 
Questão 17  D) O limite máximo de dez vereadores deverá ser observado 
  para localidades com até 15.000 (quinze mil) habitantes. 
A  Assembleia  Legislativa  do  Estado  “M”,  verificando  que  o   
Estado  jamais  regulamentou  a  aposentadoria  especial  dos  Questão 20 
servidores  públicos  cujas  atividades  sejam  exercidas  sob   

condições especiais que prejudiquem a saúde ou a integridade  A  Convenção  sobre  os  Direitos  da  Criança  estabelece  que  os 
física (art. 40, § 4º, III da Constituição da República), edita lei  Estados‐partes reconheçam a importância da função exercida 
complementar, de iniciativa do deputado “X”, que determina  pelos  órgãos  de  comunicação  social,  devendo  assegurar  o 
a aplicação dos mesmos critérios aplicados aos trabalhadores  acesso  da  criança  à  informação.  Do  mesmo  modo  o  Estatuto 
da  iniciativa  privada  (previstos  na  Lei  n.  8.213/91).  O  da Criança e do Adolescente assegura que a informação é um 
Governador  do  Estado  sanciona  a  lei,  que  é  publicada  dias  direito da criança e do adolescente.  
 
depois.   Acerca  da  política  de  informação  envolvendo  menores, 
 
Sobre  o  caso  concreto  apresentado,  assinale  a  afirmativa  assinale a afirmativa correta. 
 
correta.  A) No  que  concerne  às  Medidas  Específicas  de  Proteção,  é 
 
A) Há  vício  de  iniciativa,  devendo  a  regulamentação  do  incabível, qualquer que seja o estágio de compreensão da 
regime dos servidores públicos ser estabelecida em lei de  criança,  prestar‐lhe  informações  sobre  os  motivos  que 
iniciativa  do  Chefe  do  Poder  Executivo  –  no  caso,  o  determinam a intervenção, o que será informado apenas 
Governador do Estado.  aos pais e responsáveis. 
B) Ainda  que  houvesse  vício  de  iniciativa,  a  sanção  pelo  B) Deve haver o encorajamento dos órgãos de comunicação 
Governador  do  Estado  supre  tal  vício,  uma  vez  que  se  social  a  levar  em  conta  as  necessidades  linguísticas  das 
considera  que  a  autoridade  originalmente  atribuída  do  crianças  indígenas  ou  que  pertençam  a  um  grupo 
poder de iniciativa ratificou as disposições da lei.  minoritário. 
C) Não há vício de iniciativa, pois as matérias com reserva de  C) Os proprietários das lojas que explorem a locação de fitas 
iniciativa  são  somente  aquelas  que  devem  ser  tratadas  de  programação  respondem  pela  falta  de  informação  no 
por  meio  de  lei  ordinária;  as  leis  complementares,  pela  invólocro sobre a natureza da obra e faixa etária a que se 
exigência  de  quorum  qualificado,  podem  ser  destinam, isentando os funcionários e gerentes.  
encaminhadas pelo Poder Executivo ou pelo Legislativo.  D) A  criança  tem  direito  à  liberdade  de  expressão,  que 
D) Somente  existe  vício  de  iniciativa  se  não  tiver  havido  compreende,  inclusive,  liberdade  de  procurar,  receber  e 
tempo  razoável  para  o  Poder  Executivo  encaminhar  à  expandir  informações  e  ideias,  sem  restrições,  de  forma 
Assembleia  Legislativa  o  projeto  de  lei.  Diante  da  inércia  oral ou por qualquer outro meio à escolha da criança. 
 
do  Governador  por  diversos  anos,  pode  a  Assembleia   
suprir a mora, elaborando o projeto.   
   
   
   
5

VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 01 – BRANCA 
Questão 21  Questão 23 
   
O  Pacto  de  São  José  da  Costa  Rica  estabelece  que  todas  as  A  respeito  da  autorização  de  trabalho  a  estrangeiro  com 
pessoas  são  iguais  perante  a  Lei,  não  se  admitindo  qualquer  vínculo empregatício no Brasil, assinale a afirmativa correta. 
discriminação, sendo assegurada a proteção legal.    
  A) Trata‐se  de  ato  administrativo  de  competência  do 
No  que  tange  ao  direito  indigenista,  segundo  a  norma  Ministério  do  Trabalho,  para  efeito  de  requerimento  de 
brasileira, assinale a afirmativa correta.   visto  permanente  e/ou  temporário,  a  estrangeiros  que 
 
desejem trabalhar no Brasil. 
A) As  terras  tradicionalmente  ocupadas  pelos  índios 
B) O empregador deve se comprometer com o treinamento 
destinam‐se  a  sua  posse  permanente,  cabendo‐lhes  o 
profissional, mas não é necessário haver correlação entre 
usufruto  exclusivo  das  riquezas  do  solo,  dos  rios  e  dos 
a  atividade  que  o  estrangeiro  exercerá  e  sua 
lagos,  irrelevante  o  interesse  público  da  União,  sendo 
qualificação/experiência anterior. 
nulos  e  não  produzindo  efeitos  jurídicos  os  atos  que 
C) O  empregador  que  pretender  importar  mão  de  obra 
tenham por  objeto  a  ocupação, o  domínio  e  a  posse  das 
deverá manter pelo menos metade das vagas da empresa 
terras. 
ocupadas  por  brasileiros,  que  também  devem  responder 
B) Os  índios  e  as  comunidades  indígenas  ainda  não 
por, pelo menos, metade da folha de salários. 
integrados à comunhão nacional ficam sujeitos ao regime 
D) Trata‐se  de  ato  administrativo  de  competência  do 
tutelar,  mas  qualquer  índio  poderá  requerer  ao  juiz 
Ministério da Educação, que dispensa a autorização para 
competente  a  sua  liberação  do  regime  tutelar,  mesmo 
o estrangeiro que haja concluído curso de pós‐graduação 
que não conheça a língua portuguesa.  
stricto  sensu  no  Brasil  ou  tiver  seu  diploma  estrangeiro 
C) O  Ministério  Público  Federal,  com  exclusão  de  qualquer 
revalidado. 
outro  órgão  público  ou  privado,  deve  promover  a  plena   
assistência ao índio e a defesa judicial ou extrajudicial dos  Questão 24 
direitos dos silvícolas e das comunidades indígenas.   
D) Os  atos  praticados  entre  um  índio  não  integrado  e  Jean  Pierre,  cidadão  estrangeiro,  foi  preso  em  flagrante  em 
qualquer  pessoa  estranha  à  comunidade  indígena,  razão  de  suposta  prática  de  crime  de  falsificação  de 
quando  não  tenha  havido  assistência  do  órgão  tutelar  passaporte  com  o  objetivo  de  viabilizar  sua  permanência  no 
competente,  são  nulos,  salvo  se  o  índio  revelar  Brasil.  
 
consciência e conhecimento do ato praticado, desde que 
não  lhe  seja  prejudicial,  diante  da  extensão  dos  seus  Diante dessa situação hipotética, assinale a afirmativa correta. 
 
efeitos.  A) A fraude para obter a entrada e permanência no território 
 
Questão 22  brasileiro  constitui  motivo  suficiente  para  a  expulsão  do 
  estrangeiro,  cabendo,  exclusivamente,  ao  Presidente  da 
A  Declaração  Universal  dos  Direitos  Humanos  idealizou  a  República,  de  forma  discricionária,  resolver  sobre  a 
figura  do  “ser  humano  livre”,  caso  fossem  atendidos  os  conveniência e oportunidade da sua retirada compulsória 
elementos  que  criassem  condições  que  permitissem  que  os  do País. 
indivíduos  usufruíssem  de  direitos  econômicos,  sociais  e  B) O  ilícito  deverá  ser  apurado  no  âmbito  do  Ministério  da 
Relações  Exteriores,  tornando  desnecessária  a 
culturais,  além  dos  civis  e  políticos.  No  Brasil,  a  Lei                     
n.  10.098/2003  criou  mecanismos  para  a  promoção  da  instauração de processo administrativo ou inquérito para 
acessibilidade  das  pessoas  portadoras  de  deficiência  ou  com  fins de apuração dos fatos que ensejam a expulsão. 
mobilidade reduzida.   C) O  mérito  do  ato  de  expulsão  é  analisado  mediante  juízo 
  de  conveniência  e  oportunidade  (discricionariedade), 
A  respeito  de  tais  disposições  legais,  as  afirmativas  a  seguir  sendo  descabido  o  ajuizamento  de  ação  judicial  para 
estão corretas, à exceção de uma. Assinale‐a.  impugnar  suposta  lesão  ou  ameaça  de  lesão  a  direito, 
 
devendo,  nesse  caso,  o  juiz  rejeitar  a  petição  inicial  por 
A) A  pessoa  portadora  de  deficiência  ou  com  mobilidade 
impossibilidade jurídica do pedido. 
reduzida é aquela que em caráter permanentemente, não 
D) A fraude para obter entrada e permanência no território 
temporário, tenha limitada sua capacidade de relacionar‐
brasileiro não é motivo para fundamentar ato de expulsão 
se com o meio e de utilizá‐lo.  
de estrangeiro. 
B) O Programa Nacional de Acessibilidade dispõe de dotação 
 
orçamentária  específica  a  fim  de  tratar  de  medidas  de 
 
acessibilidade  das  pessoas  portadoras  de  deficiência  ou 
 
com mobilidade reduzida. 
 
C) O  Programa  Nacional  de  Acessibilidade  foi  instituído  no 
 
âmbito  da  Secretaria  de  Estado  de  Direitos  Humanos  do 
 
Ministério da Justiça.  
 
D) Os  edifícios  de  uso  público,  em  que  seja  obrigatória  a 
 
instalação de elevadores,  devem  atender ao  requisito  de 
 
percurso  acessível  que  una  a  edificação  à  via  pública, 
 
exigindo‐se o mesmo de edifícios de uso privado.
6

VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 01 – BRANCA 
Questão 25  Questão 28 
   
A respeito dos impostos, assinale a afirmativa correta.  O imposto cuja alíquota é invariável e se aplica sobre base de 
 
A) O  Imposto  de  Transmissão  Causa  Mortis  e  Doação  cálculo variável, é classificado como 
(ITCMD) de  quaisquer  bens  e  direitos  terá  suas  alíquotas   
máximas  fixadas  pelos  Estados  competentes  para  a  sua  A) progressivo. 
instituição.  B) proporcional. 
B) As  alíquotas  máximas  e  mínimas  do  Imposto  sobre  C) indireto. 
Serviços  de  Qualquer  Natureza  (ISS)  deverão  ser  fixados  D) pessoal. 
por lei complementar nacional.   
C) O  Imposto  sobre  Operações  relativas  à  Circulação  de  Questão 29 
 
Mercadorias  e  Prestação  de  Serviços  de  Transporte  Quanto  às  pessoas  jurídicas  que  compõem  a  Administração 
Interestadual  e  Intermunicipal  e  de  Comunicação  (ICMS)  Indireta, assinale a afirmativa correta. 
incidirá  sobre  as  operações  que  destinem  mercadorias  e   
serviços ao exterior.  A) As  autarquias  são  pessoas  jurídicas  de  direito  público, 
D) A  União  Federal  deverá  instituir,  mediante  lei  criadas por lei. 
complementar,  na  iminência  ou  no  caso  de  guerra  B) As  autarquias  são  pessoas  jurídicas  de  direito  privado, 
externa, impostos extraordinários, compreendidos ou não  autorizadas por lei.  
em sua competência tributária, os quais serão suprimidos,  C) As  empresas  públicas  são  pessoas  jurídicas  de  direito 
gradativamente, cessadas as causas de sua criação.  público, criadas por lei. 
  D) As  empresas  públicas  são  pessoas  jurídicas  de  direito 
Questão 26  privado,  criadas  para  o  exercício  de  atividades  típicas  do 
  Estado. 
Mário inscreveu‐se no programa de incentivo à aposentadoria   
mediante  indenização,  promovido  pela  empresa  em  que  Questão 30  
trabalha.  A  respeito  do  caso  proposto,  assinale  a  afirmativa   
correta.  Uma  concessionária  de  serviço  público,  em  virtude  de  sua 
  completa inadequação na prestação do serviço, não consegue 
A) Mário  pagará  imposto  de  renda,  já  que  o  valor  recebido  executar o contrato.  
tem natureza salarial.   
B) Mário  não  pagará  imposto  de  renda,  já  que  se  trata  de  Nesse caso, segundo a Lei n. 8.987/95, poderá ser declarada, a 
verba especial.  critério do poder concedente, a extinção do contrato por 
C) Mario  não  pagará  imposto  de  renda,  já  que  o  valor   

recebido tem caráter indenizatório.  A) caducidade. 
D) Mário  pagará  imposto  de  renda,  em  homenagem  ao  B) encampação. 
princípio da isonomia.  C) anulação. 
  D) revogação. 
Questão 27   
  Questão 31 
O  Sr. Afrânio dos  Santos,  administrador  da  empresa  “X”, que   

atua no ramo industrial, percebeu ter efetuado pagamento do  A  União,  após  regular  licitação,  realiza  concessão  de 


IPI  maior  que  o  efetivamente  devido,  ao  longo  de  certo  determinado  serviço  público  a  uma  sociedade  privada. 
período.  Entretanto,  para  a  efetiva  prestação  do  serviço,  é  necessário 
  realizar algumas desapropriações.  
Com  base  no  cenário  acima,  para  fins  de  aconselhar  o   
administrador  acerca  da  possibilidade  de  obtenção  da  A respeito desse caso concreto, assinale a afirmativa correta. 
restituição  do  montante  recolhido  a  maior,  assinale  a   
afirmativa correta.  A) A  sociedade  concessionária  poderá  promover 
  desapropriações  mediante  autorização  expressa, 
A) Não  é  possível  a  restituição,  pois  o  pagamento  foi  constante de lei ou contrato. 
espontâneo,  incidindo  a  máxima  “quem  paga  mal  paga  B) As  desapropriações  necessárias  somente  poderão  ser 
duas vezes”.  realizadas  pela  União,  já  que  a  concessionária  é  pessoa 
B) Não  é  possível  a  restituição,  pois,  embora  pago  jurídica de direito privado. 
indevidamente, não cabe restituição de tributo indireto.  C) O  ingresso  de  autoridades  administrativas  nos  bens 
C) Cabe  apenas  pedido  administrativo  de  restituição,  em  desapropriados,  declarada  a  utilidade  pública,  somente 
razão do pagamento indevido.  será lícito após a obtenção de autorização judicial. 
D) Cabe pedido judicial de repetição de indébito, desde que  D) Os  bens  pertencentes  ao(s)  Município(s)  inserido(s)  na 
a  empresa  comprove  ter  assumido  o  referido  encargo,  área  de  prestação  do  serviço  não  poderão  ser 
sem tê‐lo transferido a terceiro.  desapropriados, mesmo que haja autorização legislativa. 
   

VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 01 – BRANCA 
Questão 32  Questão 34  
   
Com  a  finalidade  de  minimizar  as  consequências  dos  O  Presidente  da  República,  considerando  necessária  a 
problemas de trânsito na cidade “X”, o  Prefeito estabeleceu,  realização  de  diversas  obras  de  infraestrutura,  decide  pela 
por  meio  de  decreto  de  natureza  genérica  e  abstrata,  criação de uma nova Sociedade de Economia Federal e envia 
restrições à circulação de veículos na região central, proibindo  projeto  de  lei  para  o  Congresso  Nacional.  Após  a  sua  regular 
a  circulação  de  veículos  e  as    operações  de  carga  e  descarga  tramitação, o Congresso aprova a criação da Companhia “X”. 
no período compreendido entre 6h e 22h, de segunda a sexta‐  

feira, em dias úteis, na área de abrangência especificada.Face  Considerando  a  situação  apresentada,  assinale  a  afirmativa 


a  esse  fato,  a  Associação  Empresarial  do  ramo  de  transporte  correta. 
 
de  mercadorias  procura  um  advogado  para  orientá‐la  na  A) A  Companhia  “X”  poderá  editar  os  decretos  de  utilidade 
proteção de seus interesses.  pública das áreas que necessitam ser desapropriadas para 
 
Com base na hipótese apresentada, assinale a alternativa que  consecução do objeto que justificou sua criação. 
indica  a  linha  de  atuação  mais  apropriada  proposta  pelo  B) A  Companhia  “X”  está  sujeita  à  licitação  e  à  contratação 
advogado.  de  obras,  serviços,  compras  e  alienações,  observados  os 
  princípios da administração. 
A) Impetração  de  mandado  de  segurança  contra  o  Decreto,  C) A Companhia “X” será necessariamente uma sociedade de 
ao  argumento  de  que  faltaria  ao  Município  competência  propósito  específico  (SPE)  e  a  maioria  do  capital  social 
normativa para estabelecer a referida restrição.  deverá sempre pertencer à União. 
B) Ajuizamento  de  ação  de  conhecimento  com  pedido  de  D) A  Companhia  “X”  possui  foro  privilegiado  e  eventuais 
antecipação  dos  efeitos  da  tutela  jurisdicional  com  a  demandas judiciais correrão perante a Justiça Federal. 
finalidade  de  suspender  os  efeitos  do  Decreto,  ao   
argumento de vício de razoabilidade/proporcionalidade.  Questão 35 
C) Impetração  de  mandado  de  segurança  contra  o  Decreto,   

ao  argumento  de  vício  de  Sobre  a  Reserva  Particular  do  Patrimônio  Natural  (RPPN), 
razoabilidade/proporcionalidade.  assinale a afirmativa correta. 
 
D) Ajuizamento  de  ação  de  conhecimento  com  pedido  de  A) As RPPN’s são unidades de conservação criadas em áreas 
antecipação  dos  efeitos  da  tutela  jurisdicional  com  a  de  posse  e  domínios  privados,  gravadas  com 
finalidade  de  suspender  os  efeitos  do  Decreto,  ao  perpetuidade,  e  deverão  ser  averbadas,  por  intermédio 
argumento  de  que  faltaria  ao  Município  competência  de  Termo  de  Compromisso,  no  Registro  Público  de 
normativa para estabelecer a referida restrição.  Imóveis 
  B) As RPPN’s são unidades de conservação criadas em áreas 
Questão 33  de  posse  pública  e  domínio  privado,  e  deverão  ser 
 
Sílvio,  servidor  público,  durante  uma  diligência  com  carro  averbadas, por intermédio de Termo de Compromisso, no 
oficial  do  Estado  X  para  o  qual  trabalha,  se  envolve  em  Registro Público de Imóveis 
acidente de trânsito, por sua culpa, atingindo o carro de João.   C) As RPPN’s são unidades de conservação criadas em áreas 
  de posse e domínios privados, deverão ser averbadas, por 
Considerando a situação acima e a evolução do entendimento  intermédio  de  Termo  de  Compromisso,  no  Registro 
sobre o tema, assinale a afirmativa correta.  Público de Imóveis. Porém não serão perpétuas, em razão 
  do direito fundamental à propriedade privada. 
A) João deverá demandar Sílvio ou o Estado X, à sua escolha,  D) As RPPN’s são unidades de conservação criadas em áreas 
porém,  caso  opte  por  demandar  Sílvio,  terá  que  de posse pública e domínio privado. Em razão do princípio 
comprovar  a  sua  culpa,  ao  passo  que  o  Estado  responde  da  defesa  do  meio  ambiente  são  instituídas 
independentemente dela.  automaticamente,  sem  necessidade  de  avaliação  do 
B) João poderá demandar Sílvio ou o Estado X, à sua escolha,  órgão  ambiental,  bastando  o  interesse  do  proprietário 
porém, caso opte por demandar Sílvio, presumir‐se‐á sua  privado  e  a  averbação,  por  intermédio  de  Termo  de 
culpa,  ao  passo  que  o  Estado  responde  Compromisso, no Registro Público de Imóveis. 
independentemente dela.   
C) João  poderá  demandar  apenas  o  Estado  X,  já  que  Sílvio   
estava  em  serviço  quando  da  colisão  e,  por  isso,  a   
responsabilidade objetiva é do Estado, que terá direito de   
regresso contra Sílvio, em caso de culpa.   
D) João  terá  que  demandar  Sílvio  e  o  Estado  X,  já  que  este   
último  só  responde  caso  comprovada  a  culpa  de  Sílvio,   
que,  no  entanto,  será  presumida  por  ser  ele  servidor  do   
Estado (responsabilidade objetiva).   
   
   
   
8

VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 01 – BRANCA 
Questão 36  Questão 39 
   
Luísa, residente e domiciliada na cidade de Recife, após visitar  João  dirigia  seu  veículo  respeitando  todas  as  normas  de 
a  Austrália,  traz  consigo  para  a  sua  casa  um  filhote  de  coala,  trânsito,  com  velocidade  inferior  à  permitida  para  o  local, 
animal típico daquele país e inexistente no Brasil.   quando  um  bêbado  atravessou  a  rua,  sem  observar  as 
  condições  de  tráfego.  João  não  teve  condições  de  frear  o 
Tendo em vista tal situação, assinale a afirmativa correta.  veículo ou desviar‐se dele, atingindo‐o e causando‐lhe graves 
  ferimentos. 
A) Ao  trazer  o  animal,  Luísa  não  cometeu  qualquer  ilícito   

ambiental já que a propriedade de animais domésticos é  A partir do caso apresentado, assinale a afirmativa correta. 
 
livre no Brasil.  A) Houve  responsabilidade  civil,  devendo  João  ser 
B) Ao  trazer  o  animal,  Luísa,  em  princípio,  não  cometeu  considerado culpado por sua conduta.  
qualquer  ilícito  ambiental,  pois  o  crime  contra  o  meio  B) Faltou  um  dos  elementos  da  responsabilidade  civil,  qual 
ambiente  só  se  configuraria  caso  Luísa  abandonasse  ou  seja,  a  conduta  humana,  não  ficando  configurada  a 
praticasse  ações  de  crueldade  contra  o  animal  por  ela  responsabilidade civil. 
adotado.  C) Inexistiu  um  dos  requisitos  essenciais  para  caracterizar  a 
C) Ao trazer o animal, Luísa cometeu crime ambiental, pois o  responsabilidade civil: o dano indenizável e, por isso, não 
introduziu no Brasil sem prévio licenciamento ambiental,  deve ser responsabilizado. 
sendo a Justiça estadual de Pernambuco competente para  D) Houve rompimento do nexo de causalidade, em razão da 
julgar a eventual ação.  conduta  da  vítima,  não  restando  configurada  a 
D) Ao trazer o animal, Luísa cometeu crime ambiental, pois o  responsabilidade civil. 
introduziu  no  Brasil  sem  licença  e  sem  parecer  técnico   
oficial favorável, sendo a Justiça Federal competente para  Questão 40 
julgar a eventual ação.   
  Utilizando‐se  das  regras  afetas  ao  direito  das  obrigações, 
Questão 37  assinale a alternativa correta. 
   
Com  relação  ao  direito  sucessório,  assinale  a  afirmativa  A) Quando  o  pagamento  de  boa‐fé  for  efetuado  ao  credor 
correta.  putativo,  somente  será  inválido  se,  em  seguida,  ficar 
 
demonstrado que não era credor. 
A) O  cônjuge  sobrevivente,  mesmo  se  constituir  nova  B) Levando  em  consideração  os  elementos  contidos  na  lei 
família, continuará a ter direito real de habitação sobre o  para  o  reconhecimento  da  onerosidade  excessiva,  é 
imóvel em que residiu com seu finado cônjuge.  admissível  assegurar  que  a  regra  se  aplica  às  relações 
B) A  exclusão  por  indignidade  pode  ocorrer  a  partir  da  obrigacionais de execução diferida ou continuada. 
necessidade  de  que  o  herdeiro  tenha  agido  sempre  com  C) Possui a quitação determinados requisitos que devem ser 
dolo e por uma conduta comissiva.   obrigatoriamente observados, tais como o valor da dívida, 
C) A  deserdação  é  forma  de  afastar  do  processo  sucessório  o nome do pagador, o tempo e o lugar do adimplemento, 
tanto o herdeiro legítimo quanto o legatário.  além da assinatura da parte credora, exigindo‐se também 
D) Os  efeitos  da  indignidade  não  retroagem  à  data  da  que a forma da quitação seja igual à forma do contrato.  
abertura da sucessão, tendo, portanto, efeito ex nunc.  D) O  terceiro,  interessado  ou  não,  poderá  efetuar  o 
  pagamento  da  dívida  em  seu  próprio  nome,  ficando 
Questão 38  sempre sub‐rogado nos direitos da parte credora. 
 
Em  relação  aos  defeitos  dos  negócios  jurídicos,  assinale  a   
afirmativa incorreta.   
   
A) A emissão de vontade livre e consciente, que corresponda   
efetivamente  ao  que  almeja  o  agente,  é  requisito  de   
validade dos negócios jurídicos.   
B) O  erro  acidental  é  o  que  recai  sobre  características   
secundárias  do  objeto,  não  sendo  passível  de  levar  à   
anulação do negócio.   
C) A simulação é causa de anulação do negócio, e só poderá   
ocorrer se a parte prejudicada demonstrar cabalmente ter   
sido prejudicada por essa prática.   
D) O objetivo da ação pauliana é anular o negócio praticado   
em fraude contra credores.   
   
   
   
   
9

VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 01 – BRANCA 
Questão 41  Questão 43 
   
Embora  sujeito  às  constantes  mutações  e  às  diferenças  de  Eduardo e Mônica, casados, tinham um filho menor chamado 
contexto em que é aplicado, o conceito tradicional de contrato  Renato.  Por orientação de um advogado, Eduardo e Mônica, 
sugere que ele representa o acordo de vontades estabelecido  em  2005,  fizeram  os  respectivos  testamentos  e  nomearam 
com a finalidade de produzir efeitos jurídicos.  Lúcio,  irmão  mais  velho  de  Eduardo,  como  tutor  do  menor 
 
Tomando  por  base  a  teoria  geral  dos  contratos,  assinale  a  para  o  caso  de  alguma  eventualidade.  Pouco  antes  da 
afirmativa correta.  nomeação  por  testamento,  Lúcio  fora  definitivamente 
  condenado  pelo  crime  de  dano  (art.  163  do  Código  Penal), 
A) A  celebração  de  contrato  atípico,  fora  do  rol  contido  na  mas  o  casal  manteve  a  nomeação,  acreditando  no 
legislação,  não  é  lícita,  pois  as  partes  não  dispõem  da  arrependimento de Lúcio, que, desde então, mostrou conduta 
liberdade  de  celebrar  negócios  não  expressamente  socialmente adequada.  
regulamentados por lei.  Em 2010, Eduardo e Mônica morreram em um acidente aéreo. 
B) A atipicidade contratual é possível, mas, de outro lado, há  Dois  anos  depois  do  acidente,  pretendendo  salvaguardar  os 
regra específica prevendo não ser lícita a contratação que  interesses do menor colocado sob sua tutela, Lúcio, prevendo 
tenha por objeto a herança de pessoa viva, seja por meio  manifesta  vantagem  negocial  em  virtude  do  aumento  dos 
de contrato típico ou não.  preços  dos  imóveis,  decide  alienar  a  terceiros  um  dos  bens 
C) A liberdade de contratar é limitada pela função social do  imóveis  do  patrimônio  de  Renato,  depositando, 
contrato  e  os  contratantes  deverão  guardar,  assim  na  imediatamente, todo o dinheiro obtido na negociação em uma 
conclusão,  como  em  sua  execução,  os  princípios  da  conta de poupança, aberta em nome do menor. 
 
probidade  e  da  boa‐fé  subjetiva,  princípios  esses  ligados 
ao  voluntarismo  e  ao  individualismo  que  informam  o  Diante do caso narrado, assinale a afirmativa correta. 
 
nosso Código Civil.  A) A nomeação de Lúcio como tutor é inválida em razão de 
D) Será  obrigatoriamente  declarado  nulo  o  contrato  de  ter  sido  condenado  criminalmente,  independentemente 
adesão que contiver cláusulas ambíguas ou contraditórias.  do  cumprimento  da  pena,  mas  a  alienação  do  imóvel  é 
  lícita,  pois  atende  ao  princípio  do  melhor  interesse  do 
Questão 42  menor.  
 
Em janeiro de 2010, Nádia, unida estavelmente com Rômulo,  B) A  nomeação  de  Lúcio  como  tutor  é  válida,  apesar  da 
após dez anos de convivência e sem que houvesse entre eles  condenação criminal, e a alienação do imóvel é lícita, pois 
contrato  escrito  que  disciplinasse  as  relações  entre  atende ao princípio do melhor interesse do menor. 
companheiros, abandona definitivamente o lar. Nos dois anos   C) A  nomeação  de  Lúcio  como  tutor  é  válida,  apesar  da 
seguintes,  Rômulo,  que  não  é  proprietário  de  outro  imóvel  condenação  criminal,  mas  a  alienação  do  imóvel,  sem 
urbano ou rural, continuou, ininterruptamente, sem oposição  prévia avaliação e autorização judicial, é ilícita. 
de quem quer que fosse, na posse direta e exclusiva do imóvel  D) A  nomeação  de  Lúcio  é  inválida  em  razão  de  ter  sido 
urbano  com  200  metros  quadrados,  cuja  propriedade  dividia  condenado  criminalmente,  mas  a  alienação  do  imóvel  é 
com  Nádia  e  que  servia  de  moradia  do  casal.  Em  março  de  lícita, pois somente bens móveis de alto valor necessitam 
2012, Rômulo – que nunca havia ajuizado ação de usucapião,  de prévia avaliação e autorização judicial. 
de qualquer espécie, contra quem quer que fosse ‐ ingressou   
com  ação  de  usucapião,  pretendendo  o  reconhecimento   
judicial  para  adquirir  integralmente  o  domínio  do  referido   
imóvel.   
   
Diante dessa situação hipotética, assinale a afirmativa correta.   
   
A) A  pretensão  de  aquisição  do  domínio  integral  do  imóvel   
por  Rômulo  é  infundada,  pois  o  prazo  assinalado  pelo   
Código Civil é de 10 (dez) anos.   
B) A  pretensão  de  aquisição  do  domínio  integral  do  imóvel   
por Rômulo é infundada, pois a hipótese de abandono do   
lar,  embora  possa  caracterizar  a  impossibilidade  da   
comunhão de vida, não autoriza a propositura de ação de   
usucapião.   
C) A  pretensão  de  aquisição  do  domínio  integral  do  imóvel   
por Rômulo é infundada, pois tal direito só existe para as   
situações em que as pessoas foram casadas sob o regime   
da comunhão universal de bens.   
D) A  pretensão  de  aquisição  do  domínio  integral  do  imóvel   
por  Rômulo  preenche  todos  os  requisitos  previstos  no   
Código Civil.   
10

VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 01 – BRANCA 
Questão 44  Questão 45 
   
João e Maria, ambos adolescentes, com dezessete e dezesseis  Acerca  das  atribuições  do  Conselho  Tutelar  determinadas  no 
anos,  respectivamente,  resolvem  realizar  uma  viagem  para  Estatuto  da  Criança  e  do  Adolescente,  assinale  a  alternativa 
comemorar  o  aniversário  de  um  ano  de  namoro.  Como  correta.  
destino,  o  jovem  casal  elege  Armação  dos  Búzios,  no  estado   

do  Rio  de  Janeiro,  e  efetua  a  reserva,  por  telefone,  em  uma  A) O  Conselho  Tutelar,  considerando  sua  natureza  não 
pousada do balneário.   jurisdicional,  destaca‐se  no  aconselhamento  e  na 
  orientação  à  família  ou  responsável  pela  criança  ou 
Considerando  a  normativa  acerca  da  prevenção  especial  adolescente,  inclusive  na  hipótese  de  inclusão  em 
contida  na  Lei  n.  8.069,  de  13  de  julho  de  1990,  assinale  a  programa  oficial  ou  comunitário  de  auxilio,  orientação  e 
afirmativa correta.  tratamento a alcoólatras e toxicômanos.  
  B) O  Conselho  Tutelar,  em  consequência  de  sua  natureza 
A) O  casal  poderá  hospedar‐se  na  pousada  reservada  sem  não  jurisdicional,  não  é  competente  para  encaminhar  ao 
quaisquer  restrições,  já  que  ambos  são  maiores  de  Ministério  Público  as  ocorrências  administrativas  ou 
dezesseis anos e, portanto, relativamente capazes para a  criminais que importem violação aos direitos da criança e 
prática  desse  tipo  de  ato  civil,  não  podendo  ser  exigido  do adolescente. 
que  estejam  acompanhados  dos  pais  ou  responsáveis  C) O  Conselho  Tutelar  pode  assessorar  o  Poder  Executivo 
nem que apresentem autorização destes.  local na elaboração da proposta orçamentária para planos 
B) O  Estatuto  da  Criança  e  do  Adolescente  proíbe  apenas  a  e programas de atendimento dos direitos da criança e do 
hospedagem  de  crianças  e  adolescentes  em  motel,  adolescente, em decorrência de sua natureza jurisdicional 
desacompanhadas  de  seus  pais  ou  responsável,  sendo  não autônoma.  
permitida  a  hospedagem  em  hotéis  ou  estabelecimentos  D) O  Conselho  Tutelar  não  poderá  promover  a  execução  de 
congêneres,  uma  vez  que  estes  são  obrigados  a  manter  suas decisões, razão pela qual só lhe resta encaminhar ao 
regularmente o registro de entrada de seus hóspedes.    Ministério  Público  notícia  de  fato  que  constitua  infração 
C) A  proibição  da  legislação  especial  refere‐se  apenas  às  administrativa  ou  penal  contra  os  direitos  da  criança  ou 
crianças,  na  definição  do  ECA  consideradas  como  as  adolescente. 
pessoas  de  até  doze  anos  de  idade  incompletos,  sendo,   
portanto,  dispensável  que  os  adolescentes  estejam  Questão 46 
acompanhados  dos  pais  ou  responsáveis,  ou,  ainda,   

autorizados por estes para a regular hospedagem.   João celebrou contrato de seguro de vida e invalidez, aderindo 
D) O  titular  da  pousada,  ou  um  de  seus  prepostos,  pode,  a plano oferecido por conhecida rede particular. O contrato de 
legitimamente e fundado na legislação especial que tutela  adesão,  válido  por  cinco  anos,  prevê  a  possibilidade  de 
a  criança  e  o  adolescente,  negar‐se  a  promover  a  cancelamento,  em  favor  da  seguradora,  antes  de  ocorrer  o 
hospedagem  do  jovem  casal,  já  que  ambos  estão  sinistro, por alegação de desequilíbrio econômico‐financeiro.  
 
desacompanhados dos pais ou responsável e desprovidos, 
A esse respeito, assinale a afirmativa correta. 
igualmente, da autorização específica exigida pelo ECA.   

  A) Os  contratos  de  seguro  ofertados  no  mercado  de 


  consumo,  apesar  de  serem  de  adesão,  são  regidos  pelo 
  Código  Civil,  e  a  eles  se  aplica  o  Código  de  Defesa  do 
  Consumidor apenas subsidiariamente e em casos estritos. 
  B) A  cláusula  prevista,  que  estipula  a  possibilidade  de 
  cancelamento  unilateral  do  contrato  em  caso  de 
  desequilíbrio  econômico,  seria  viável  desde  que  exercida 
  na primeira metade do contrato. 
  C) O  Ministério  Público  tem  legitimidade  para  ajuizar 
  demanda  contra  a  seguradora,  buscando  ser  declarada  a 
  nulidade  da  cláusula  contratual  celebrada  com  os 
  consumidores, e que seja proibido à seguradora continuar 
  a ofertá‐la no mercado de consumo. 
  D) A cláusula prevista no contrato celebrado por João não é 
  abusiva,  pois  o  seguro  deve  atentar  para  a  equação 
  financeira atuarial, necessária ao equilíbrio econômico da 
  avença e à própria higidez e continuidade do contrato. 
   
   
   
   
   
   

11

VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 01 – BRANCA 
Questão 47  Questão 50 
   
Determinado consumidor, ao mastigar uma fatia de pão com  A  Assembleia  Geral  de  S.A.  Empreendimentos  Turísticos, 
geleia,  encontrou  um  elemento  rígido,  o  que  lhe  causou  companhia  aberta  sediada  em  “X”,  delegou  ao  Conselho  de 
intenso desconforto e a quebra parcial de um dos dentes. Em  Administração  a  deliberação  sobre  a  oportunidade  de 
razão  do  fato,  ingressou  com  medida  judicial  em  face  do  emissão,  época  e  condições  de  vencimento  de  debêntures 
mercado que vendeu a geleia, a fim de ser reparado. No curso  conversíveis  em  ações.  Petrossian  Participações  Ltda., 
do  processo, a  perícia constatou que  o  elemento  encontrado  acionista  minoritário,  consultou  seu  advogado  sobre  a 
era  uma  pequena  porção  de  açúcar  cristalizado,  não  legalidade da deliberação.  
oferecendo risco à saúde do autor.    
  Com  relação  ao  fato  acima,  assinale  a  alternativa  que 
Diante desta narrativa, assinale a afirmativa correta.  apresenta a resposta correta à consulta. 
   
A) O  fabricante  e  o  fornecedor  do  serviço  devem  ser  A) A  deliberação  é  válida,  porque  a  deliberação  sobre  a 
excluídos  de  responsabilidade,  visto  que  o  material  não  oportunidade  de  emissão,  a  época  e  as  condições  de 
ofereceu  qualquer  risco  à  integridade  física  do  vencimento  de  debêntures  conversíveis  em  ações  pode 
consumidor, não merecendo reparação.  ser delegada ao Conselho de Administração. 
B) O  elemento  rígido  não  característico  do  produto,  ainda  B) A  deliberação  é  anulável,  porque  a  deliberação  sobre  a 
que  não  o  tornasse  impróprio  para  o  consumo,  violou  oportunidade  de  emissão,  a  época  e  as  condições  de 
padrões  de  segurança,  já  que  houve  dano  comprovado  vencimento  de  debêntures  conversíveis  em  ações  é 
pelo consumidor.   privativa da assembleia geral nas companhias abertas. 
C) A  responsabilidade  do  fornecedor  depende  de  apuração  C) A  deliberação  é  nula,  porque  a  emissão  de  debêntures 
de  culpa  e,  portanto,  não  tendo  o  comerciante  agido  de  conversíveis em ações depende da autorização prévia dos 
modo  a  causar  voluntariamente  o  evento,  não  deve  titulares  de  ações  preferenciais  reunidos  em  assembleia 
responder pelo resultado.  especial convocada para esse fim. 
D) O comerciante não deve ser condenado e sequer caberia  D) A  deliberação  é  ineficaz  em  relação  aos  acionistas 
qualquer  medida  contra  o  fabricante,  posto  que  não  há  minoritários,  pois  a  emissão  de  debêntures  conversíveis 
fato  ou  vício  do  produto,  motivo  pelo  qual  não  deve  ser   em  ações  acarretará  aumento  de  capital  com  diluição 
responsabilizado pelo alegado defeito.  injustificada de participação desses acionistas. 
   
Questão 48  Questão 51 
   
Com  relação  ao  instituto  do  cheque,  assinale  a  afirmativa  A  respeito  da  recuperação  judicial,  assinale  a  afirmativa 
correta.  correta. 
   
A) O  cheque  pode  ser  sacado  contra  pessoa  jurídica,  A) O juiz somente poderá conceder a recuperação judicial do 
instituições financeiras e instituições equiparadas.  devedor  cujo  plano  de  recuperação  tenha  sido  aprovado 
B) O  portador  não  pode  recusar  o  pagamento  parcial  do  pela assembleia geral de credores. 
cheque.  B) O  devedor  poderá  desistir  do  pedido  de  recuperação 
C) O  cheque  pode  consubstanciar  ordem  de  pagamento  à  judicial a qualquer tempo, desde que antes da concessão 
vista ou a prazo.  da  recuperação  judicial  pelo  juiz,  bastando,  para  tanto, 
D) A ação de execução do cheque contra o sacador prescreve  comunicar sua desistência ao juízo da recuperação. 
em  1  (um)  ano  contado  do  prazo  final  para  sua  C) O juiz decretará falência, caso o devedor não apresente o 
apresentação.  plano  de  recuperação  no  prazo  de  60  (sessenta)  dias  da 
 
publicação  da  decisão  que  deferir  o  processamento  da 
Questão 49 
  recuperação.  
A  respeito  do  sócio  ostensivo  da  sociedade  em  conta  de  D) O  plano  de  recuperação  apresentado  pelo  devedor,  em 
participação, assinale a afirmativa correta.  hipótese alguma, poderá sofrer alterações. 
   
A) É também chamado de sócio oculto.   
B) É  o  único  responsável  pela  atividade  constitutiva  do   
objeto social.   
C) É  o  novo  sócio  admitido,  mesmo  que  sem  o   
consentimento  dos  demais,  quando  a  sociedade   
necessitar de um aporte de capital.   
D) É  o  único  sócio  ostensivo  da  sociedade,vedada  a   
pluralidade de sócios dessa natureza.   
   
   
   
   
12

VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 01 – BRANCA 
Questão 52  Questão 55 
   
José  decidiu  constituir  uma  Empresa  Individual  de  A uniformização de jurisprudência é um instituto jurídico que 
Responsabilidade  Limitada  (EIRELI)  para  atuar  no  município  tem por objetivo diminuir os impactos das divergências entre 
“X”  e  consultou  um  advogado  para  obter  esclarecimentos  julgamentos do mesmo assunto.  
sobre a administração da EIRELI.   
  A  respeito  da  uniformização  de  jurisprudência,  asinale  a 
Assinale  a  alternativa  que  apresenta  a  informação  correta  afirmativa correta. 
dada pelo advogado.   
  A) A uniformização de jurisprudência é um recurso capaz de 
A) A  designação  de  administrador  não  sócio  depende  do  provocar  a  votação  acerca  do  melhor  entendimento 
voto  favorável  de  2/3  (dois  terços)  do  capital  social,  se  sobre  determinado  assunto  a  ser  utilizado,  quando 
este não estiver integralizado.  houver no tribunal dois ou mais precedentes divergentes 
B) A  administração  atribuída  pelo  contrato  a  qualquer  dos  sobre o tema em questão. 
sócios da EIRELI não se estende de pleno direito aos que  B) A  uniformização  de  jurisprudência  é  um  procedimento 
posteriormente adquirirem essa qualidade.  que só será instaurado, levando à suspensão do processo 
C) O  administrador  da  EIRELI,  seja  o  próprio  instituidor  ou  que  está  no  tribunal  até  sua  resolução,  se  houver 
terceiro,  responde  por  culpa  no  desempenho  de  suas  expresso requerimento das partes nesse sentido. 
atribuições perante terceiros prejudicados.  C) A divergência que permite a instauração da uniformização 
D) O  titular  da  EIRELI  poderá  usar  a  firma  ou  denominação,  de  jurisprudência  é  sempre  verificada  entre  órgãos 
sendo  vedado  seu  uso  pelo  terceiro,  ainda  que  seja  diversos do mesmo tribunal. 
designado administrador.  D) A decisão do órgão fracionário que reconhece a existência 
  de divergência acerca da matéria ou deixa de fazê‐lo pode 
Questão 53  ser impugnada por agravo de instrumento. 
   
A parte que, no curso do processo comum ordinário, suscitar  Questão 56 
questão  prejudicial  e  requerer  ao  juiz  não  apenas  o  exame,   
mas  o  julgamento  dessa  questão,  que  passará  a  integrar  o  Nos  autos  de  ação  indenizatória  movida  por  Henrique  em 
dispositivo da sentença, deverá requerer  face  de  Paulo,  ambos  prósperos  empresários,  transitou  em 
  julgado  sentença  de  procedência  do  pleito  autoral, 
A) sua  declaração  incidental  por  ação,  mas  mesmo  assim,  condenando  o  réu  ao  pagamento  de  indenização,  no 
quanto  a  essa  questão  prejudicial,  se  formará  apenas  montante  equivalente  a  500  salários  mínimos,  na  data  da 
coisa julgada formal.  prolação  da  sentença,  acrescidos  de  juros  legais  e  correção 
B) sua  declaração  incidental  por  ação,  para  que  se  forme,  monetária. 
quanto  a  essa  questão  prejudicial,  a  coisa  julgada   
material.  Assinale  a  alternativa  que  apresenta  a  providência  a  ser 
C) o julgamento dessa questão ao Tribunal, após a sentença  imediatamente adotada pelo advogado de Henrique. 
do juiz que examinar a questão principal.   

D) o  julgamento  antecipado  dessa  questão,  por  meio  de  A) Instauração  da  fase  de  liquidação  de  sentença  por 
decisão  interlocutória,  no  momento  do  despacho  arbitramento, a fim de apurar o valor da condenação em 
saneador.  moeda corrente. 
  B) Instauração da fase de cumprimento de sentença, com a 
Questão 54  apresentação  da  memória  de  cálculo  contemplando  o 
  valor da condenação em moeda corrente. 
O  procedimento  sumário  deve  ser  adotado  em  causas  cujo  C) Instauração  da  fase  de  liquidação  de  sentença  por 
valor  não  supere  sessenta  salários  mínimos  ou  em  situações,  cálculos do contador, a fim de que o magistrado remeta 
qualquer que seja o valor da causa, em que se debata um dos  os  autos  ao  contador  judicial,  para  que  seja  apurado  o 
assuntos previstos na lei.  valor da condenação em moeda corrente. 
  D) Ajuizamento  de  ação  rescisória,  a  fim  de  que  o  tribunal 
Indique,  dentre  as  alternativas  abaixo,  a  que  contém  espécie  apure o valor da condenação em moeda corrente. 
de  resposta  que  não  pode  ser  apresentada  pelo  réu  no  rito   
comum sumário.  Questão 57 
 
 
A) Reconvenção. 
Vinícius foi demandado em uma ação de cobrança por ter sido 
B) Exceção. 
fiador de sua sogra, Francisca. Assinale a alternativa que indica 
C) Contestação. 
a medida a ser adotada por Vinícius para trazer Francisca para 
D) Impugnação ao valor da causa. 
o pólo passivo desse processo. 
   
  A) Reconvenção. 
  B) Denunciação à lide. 
  C) Chamamento ao processo. 
  D) Nomeação à autoria. 
13

VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 01 – BRANCA 
Questão 58  Questão 61 
   
O  sistema  processual  pátrio  estabelece  duas  espécies  de  Analise detidamente as seguintes situações: 
incompetência:  a  incompetência  absoluta  e  a  incompetência   

relativa.   Casuística 1: Amarildo, ao chegar a sua casa, constata que sua 
  filha  foi  estuprada  por  Terêncio.  Imbuído  de  relevante  valor 
Acerca do tema, assinale a afirmativa correta.  moral,  contrata  Ronaldo,  pistoleiro  profissional,  para  tirar  a 
 

A) Os  critérios  absolutos  de  fixação  de  competência  são  vida do estuprador. O serviço é regularmente executado. 


 
previstos em lei com a finalidade de promover a proteção,  Casuística  2:  Lucas  concorre  para  um  infanticídio  auxiliando 
precipuamente, de interesses privados.  Julieta, parturiente, a matar o nascituro – o que efetivamente 
B) Em  litígios  que  envolvam  nunciação  de  obra  nova,  é  acontece. Lucas sabia, desde o início, que Julieta estava sob a 
defeso ao autor optar por fazer o ajuizamento da ação no  influência do estado puerperal. 
foro de domicílio do réu ou no foro de eleição.   
C) Em  demanda  proposta  perante  juízo  absolutamente  Levando  em  consideração  a  legislação  vigente  e  a  doutrina 
incompetente,  pode  haver  prorrogação  da  competência  sobre  o  concurso  de  pessoas  (concursus  delinquentium),  é 
do  juízo,  caso  deixe  o  réu  de  apresentar,  no  momento  correto afirmar que 
processual oportuno, a exceção de incompetência.   

D) A  incompetência  relativa  ocorre,  por  exemplo,  quando  o  A) no  exemplo  1,  Amarildo  responderá  pelo  homicídio 
critério  de  fixação  de  competência  em  razão  do  valor  da  privilegiado  e  Ronaldo  pelo  crime  de  homicídio 
causa  é  desrespeitado,  hipótese  em  que  tanto  as  partes  qualificado  por  motivo  torpe.  No  exemplo  2,  Lucas  e 
quanto  o  magistrado,  de  ofício,  poderão  suscitar  a  Julieta responderão pelo crime de infanticídio.  
incompetência do juízo.  B) no  exemplo  1,  Amarildo  responderá  pelo  homicídio 
  privilegiado  e  Ronaldo  pelo  crime  de  homicídio  simples 
Questão 59  (ou seja, sem privilégio pelo fato de não estar imbuído de 
  relevante valor moral). No exemplo 2, Lucas, que não está 
Em relação ao princípio da insignificância, assinale a afirmativa  influenciado  pelo  estado  puerperal,  responderá  por 
correta.  homicídio, e Julieta pelo crime de infanticídio. 
  C) no  exemplo  1,  Amarildo  responderá  pelo  homicídio 
A) O  princípio  da  insignificância  funciona  como  causa  de  privilegiado  e  Ronaldo  pelo  crime  de  homicídio  simples 
exclusão  da  culpabilidade.  A  conduta  do  agente,  embora  (ou seja, sem privilégio pelo fato de não estar imbuído de 
típica e ilícita, não é culpável.  relevante valor moral). No exemplo 2, tanto Lucas quanto 
B) A  mínima  ofensividade  da  conduta,  a  ausência  de  Julieta  responderão  pelo  crime  de  homicídio  (ele  na 
periculosidade  social  da  ação,  o  reduzido  grau  de  modalidade  simples,  ela  na  modalidade  privilegiada  em 
reprovabilidade  do  comportamento  e  a  inexpressividade  razão da influência do estado puerperal).  
da  lesão  jurídica  constituem,  para  o  Supremo  Tribunal  D) no  exemplo  1,  Amarildo  responderá  pelo  homicídio 
Federal,  requisitos  de  ordem  objetiva  autorizadores  da  privilegiado  e  Ronaldo  pelo  crime  de  homicídio 
aplicação do princípio da insignificância.  qualificado  pelo  motivo  fútil.  No  exemplo  2,  Lucas,  que 
C) A jurisprudência predominante dos tribunais superiores é  não  está  influenciado  pelo  estado  puerperal,  responderá 
acorde  em  admitir  a  aplicação  do  princípio  da  por homicídio e Julieta pelo crime de infanticídio. 
insignificância  em  crimes  praticados  com  emprego  de   
violência ou grave ameaça à pessoa (a exemplo do roubo).  Questão 62 
D) O  princípio  da  insignificância  funciona  como  causa  de   
diminuição de pena.  Analise  as  hipóteses  abaixo  relacionadas  e  assinale  a 
  alternativa  que  apresenta  somente  causas  excludentes  de 
Questão 60  culpabilidade. 
   
Trata‐se  de  causa  extintiva  da  punibilidade  consistente  na  A) Erro  de  proibição;  embriaguez  completa  proveniente  de 
exclusão,  por  lei  ordinária  com  efeitos  retroativos,  de  um  ou  caso fortuito ou força maior; coação moral irresistível. 
mais  fatos  criminosos  do  campo  de  incidência  do  Direito  B) Embriaguez  culposa;  erro  de  tipo  permissivo; 
Penal,   inimputabilidade  por  doença  mental  ou  por 
  desenvolvimento mental incompleto ou retardado. 
A) o indulto individual.  C) Inimputabilidade  por  menoridade;  estrito  cumprimento 
B) a anistia.  do dever legal; embriaguez incompleta. 
C) o indulto coletivo.  D) Embriaguez  incompleta  proveniente  de  caso  fortuito  ou 
D) a graça.  força maior; erro de proibição; obediência hierárquica. 
   
   
   
   
   
 
14

VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 01 – BRANCA 
Questão 63  Questão 66 
   
José conversava com Antônio em frente a um prédio. Durante  O  deputado  “M”  é  um  famoso  político  do  Estado  “Y”,  e  tem 
a conversa, José percebe que João, do alto do edifício, jogara  grande  influência  no  governo  estadual,  em  virtude  das 
um  vaso  mirando  a  cabeça  de  seu  interlocutor.  Assustado,  e  posições que já ocupou, como a de Presidente da Assembleia 
com  o  fim  de  evitar  a  possível  morte  de  Antônio,  José  o  Legislativa.  Atualmente,  exerce  a  função  de  Presidente  da 
empurra com força. Antônio cai e, na queda, fratura o braço.  Comissão  de  Finanças  e  Contratos.  Durante  a  reunião 
Do  alto  do  prédio,  João  vê  a  cena  e  fica  irritado  ao  perceber  semestral  com  as  empresas  interessadas  em  participar  das 
que,  pela  atuação  rápida  de  José,  não  conseguira  acertar  o  inúmeras contratações que a Câmara fará até o final do ano, o 
vaso na cabeça de Antônio.   deputado  “M”  exigiu  do  presidente  da  empresa  “Z”  R$ 
  500.000,00  (quinhentos  mil  reais)  para  que  esta  pudesse 
Com base no caso apresentado, segundo os estudos acerca da  participar da concorrência para a realização das obras na sede 
teoria da imputação objetiva, assinale a afirmativa correta.  da Câmara dos Deputados. 
 
A) José praticou lesão corporal culposa.  O  presidente  da  empresa  “Z”,  assustado  com  tal  exigência, 
B) José praticou lesão corporal dolosa.  visto  que  sua  empresa  preenchia  todos  os  requisitos  legais 
C) O  resultado  não  pode  ser  imputado  a  José,  ainda  que  para participar das obras, compareceu à Delegacia de Polícia e 
entre a lesão e sua conduta exista nexo de causalidade.  informou ao Delegado de Plantão o ocorrido, que o orientou a 
D) O  resultado  pode  ser  imputado  a  José,  que  agiu  com  combinar  a  entrega  da  quantia  para  daqui  a  uma  semana, 
excesso e sem a observância de devido cuidado.  oportunidade em que uma equipe de policiais estaria presente 
  para efetuar a prisão em flagrante do deputado. No dia e hora 
Questão 64  aprazados  para  a  entrega  da  quantia  indevida,  os  policiais 
  prenderam  em  flagrante  o  deputado  “M”  quando  este 
Jaime, conhecido pelos colegas como “Jaiminho mão de seda”,  conferia o valor entregue pelo presidente da empresa “Z”. 
utilizando‐se  de  sua  destreza,  consegue  retirar  a  carteira  do  Na qualidade de advogado contratado pelo Deputado, assinale 
bolso  traseiro  da  calça  de  Ricardo  que,  ao  perceber  a  a  alternativa  que  indica  a  peça  processual  ou  pretensão 
subtração, sai ao encalço do delinquente. Ocorre que, durante  processual, exclusiva de advogado, cabível na hipótese acima. 
 
a  perseguição,  Ricardo  acaba  sendo  atropelado,  vindo  a  A) Liberdade Provisória. 
falecer em decorrência dos ferimentos.   B) Habeas Corpus. 
 
Nesse  sentido,  com  base  nas  informações  apresentadas  na  C) Relaxamento de Prisão. 
hipótese,  e  a  jurisprudência  predominante  dos  tribunais  D) Revisão Criminal. 
 
superiores, assinale a afirmativa correta.  Questão 67 
   
A) Jaime  praticou  delito  de  furto  em  sua  modalidade  Um Delegado de Polícia determina a instauração de inquérito 
tentada.  policial  para  apurar  a  prática  do  crime  de  receptação, 
B) Jaime consumou a prática do delito de furto simples.  supostamente  praticado  por  José.  Com  relação  ao  Inquérito 
C) Jaime consumou a prática do delito de furto qualificado.  Policial,  assinale  a  afirmativa  que  não  constitui  sua 
D) Jaime consumou a prática de latrocínio.  característica. 
   

Questão 65  A) Escrito. 
  B) Inquisitório. 
Adão  ofereceu  uma  queixa‐crime  contra  Eva  por  crime  de  C) Indispensável. 
dano  qualificado  (art.  163,  parágrafo  único,  IV).  A  queixa  D) Formal. 
preenche  todos  os  requisitos  legais  e  foi  oferecida  antes  do   

fim do prazo decadencial. Apesar disso, há a rejeição da inicial  Questão 68 
 
pelo  juízo  competente,  que  refere,  equivocadamente,  que  a  Paulo  reside  na  cidade  “Y”  e  lá  resolveu  falsificar  seu 
inicial  é  intempestiva,  pois  já  teria  transcorrido  o  prazo  passaporte. Após a falsificação, pegou sua moto e viajou até a 
decadencial.  cidade “Z”, com o intuito de chegar ao Paraguai. Passou pela 
 
cidade  “W”  e  pela  cidade  “K”,  onde  foi  parado  pela  Polícia 
Nesse caso, assinale a afirmativa que indica o recurso cabível. 
  Militar.  Paulo  se  identificou  ao  policial  usando  o  documento 
A) Recurso em sentido estrito.  falsificado  e  este,  percebendo  a  fraude,  encaminhou  Paulo  à 
B) Apelação.  delegacia. O Parquet denunciou Paulo pela prática do crime de 
C) Embargos infrigentes.  uso de documento falso.  
D) Carta testemunhável.  Assinale  a  afirmativa  que  indica  o  órgão  competente  para 
  julgamento. 
 
  A) Justiça Estadual da cidade “Y”. 
  B) Justiça Federal da cidade “K”. 
  C) Justiça Federal da cidade “Y”. 
  D) Justiça Estadual da cidade “K”. 
   
15

VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 01 – BRANCA 
Questão 69  Questão 71 
   
Pedro  foi  denunciado  pela  prática  de  homicídio  triplamente  A respeito da estabilidade, assinale a afirmativa correta. 
 
qualificado. Como se trata de um crime doloso contra a vida, 
A) A  estabilidade  da  gestante  dura  de  28  dias  antes  até  92 
será julgado pelo Tribunal do Júri. O processo seguiu seu curso 
dias após o parto. 
normal, tendo Pedro sido pronunciado.  
  B) A estabilidade do membro da CIPA dura da eleição até 1 
Acerca da 2ª fase do procedimento, assinale a afirmativa que  ano  após  o  término  do  mandato,  servindo  para  os 
não corresponde à realidade.  representantes dos empregados, inclusive suplentes. 
  C) A  estabilidade  do  dirigente  sindical  dura  do  registro  da 
A) Encerrada  a  instrução,  será  concedida  a  palavra  ao  candidatura  até  1  ano  após  o  término  do  mandato, 
Ministério  Público,  que  fará  a  acusação,  nos  limites  da  servindo para os representantes dos empregados eleitos e 
pronúncia  ou  das  decisões  posteriores  que  julgaram  seus  suplentes,  estando  limitada  ao  número  de  7 
admissível  a  acusação,  sustentando,  se  for  o  caso,  a  dirigentes sindicais. 
existência de circunstância agravante.  D) De acordo com o entendimento uniformizado do Tribunal 
B) À medida que as cédulas forem sendo retiradas da urna, o  Superior  do  Trabalho,  o  empregado  poderá  adquirir  a 
juiz  presidente  as  lerá,  e  a  defesa  e,  depois  dela,  o  estabilidade no curso do aviso prévio, pois este integra o 
Ministério Público poderão recusar os jurados sorteados,  contrato  de  trabalho  para  todos  os  efeitos,  inclusive 
até 3 (três) cada parte, sem motivar a recusa.  pecuniários. 
C) Prestado  o  compromisso  pelos  jurados,  será  iniciada  a   
instrução  plenária  quando  o  juiz presidente,  o Ministério  Questão 72 
Público,  o  assistente,  o  querelante  e  o  defensor  do   
acusado  tomarão,  sucessiva  e  diretamente,  as  Segundo expressa previsão em nossa ordem jurídica, assinale 
declarações  do  ofendido,  se  possível,  e  inquirirão  as  a afirmativa que indica o trabalhador que possui igualdade de 
testemunhas arroladas pela acusação.  direitos com os que têm vínculo empregatício permanente. 
 
D) Durante  o  julgamento  não  será  permitida  a  leitura  de  A) Trabalhador doméstico. 
documento  ou  a  exibição  de  objeto  que  não  tiver  sido  B) Trabalhador voluntário. 
juntado aos autos com a antecedência mínima de 3 (três)  C) Trabalhador avulso. 
dias úteis, dando‐se ciência à outra parte, salvo jornais ou  D) Trabalhador eventual. 
revistas.   
  Questão 73 
Questão 70   
  João, após completar 21 anos e dois meses de vínculo jurídico 
Acerca  do  Fundo  de  Garantia  por  Tempo  de  Serviço  (FGTS),  de  emprego  com  a  empresa  EGEST  ENGENHARIA,  foi 
assinale a afirmativa correta.  injustificadamente  dispensado  em  11/11/2011.  No  mesmo 
 
A) A movimentação de conta vinculada do FGTS não poderá  dia,  seu  colega  de  trabalho  José,  que  contava  com  25  anos 
ocorrer  nos  casos  de  aposentadoria  espontânea  completos  de  vínculo  de  emprego  na  mesma  empresa, 
concedida  pela  Previdência  Social  em  que  o  empregado  também  foi  surpreendido  com  a  dispensa  sem  justo  motivo, 
titular da conta continua com o contrato de trabalho em  sendo  certo  que  o  ex‐empregador  nada  pagou  a  título  de 
vigor.  parcelas  resilitórias  a  ambos.  Um  mês  após  a  rescisão 
B) O  empregado  doméstico  passou  a  ser  beneficiário  contratual,  João  e  José  ajuízam  reclamação  trabalhista, 
obrigatório do FGTS.  postulando,  dentre  outras  rubricas,  o  pagamento  de  aviso 
C) Os  diretores  não  empregados  de  empresas  sujeitas  ao  prévio.  
 
regime  da  legislação  trabalhista  não  poderão  estar  À  luz  da  Lei  n.  12.506/2011,  introduzida  no  ordenamento 
sujeitos  ao  regime  do  FGTS,  em  razão  da  ausência  de  jurídico  em  11/10/2011,  que  regula  o  pagamento  do  aviso 
vínculo empregatício.  prévio proporcional ao tempo se serviço, assinale a afirmativa 
D) Nos termos da lei específica que regulamenta o FGTS, os  correta. 
empregadores  deverão  depositar  nas  contas  vinculadas   

dos  empregados  o  valor  correspondente  a  8%  da  A) João é credor do pagamento de aviso prévio na razão de 


remuneração  de  cada  empregado  do  mês  anterior,  93  dias,  enquanto  que  José  fará  jus  ao  pagamento  de 
incluídas  na  remuneração  as  comissões,  gorjetas  e  aviso prévio de 105 dias. 
prestações in natura e, ainda, o 13º salário.  B) Tanto João quanto José farão jus ao pagamento de aviso 
  prévio na razão de 90 dias. 
  C) Uma vez que ambos foram admitidos em data anterior à 
  publicação  da  Lei  n.  12.506/2011,  ambos  farão  jus  tão‐
  somente ao pagamento de aviso prévio de 30 dias. 
  D) João é credor do pagamento de aviso prévio na razão de 
  63  dias,  enquanto  José  fará  jus  ao  pagamento  de  aviso 
  prévio de 75 dias, uma vez que o aviso prévio é calculado 
  proporcionalmente ao tempo de serviço. 

16

VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 01 – BRANCA 
Questão 74  Questão 78 
   
Um  determinado  empregador  paga  os  salários  dos  seus  Em  30/7/2008  foi  efetuada  a  penhora  de  um  veículo  BMW, 
empregados no primeiro dia útil do mês seguinte ao vencido.  modelo X1, por meio de carta precatória executória. Depois de 
Encontrando‐se  em  situação  financeira  delicada,  pretende  devolvida  a  carta,  o  executado  Eliezer  Filho,  proprietário  do 
passar  a  honrar  esta  obrigação  no  5º  dia  útil  do  mês  veículo,  opôs  embargos  à  execução  em  4/8/2008,  dirigindo 
subsequente  ao  vencido,  como  normalmente  fazem  os  seus  essa  ação  incidental  ao  juízo  deprecante. Em  seus  embargos, 
concorrentes.   alegando  a  existência  de  um  grosseiro  vício,  o  embargante 
A  partir  da  hipótese  apresentada,  assinale  a  afirmativa  apontou  para a  irregularidade  na  avaliação  do  bem,  uma  vez 
correta.  que  constou  do  auto  da  constrição  judicial  sua  avaliação  em 
 
R$  15.000,00,  montante  muito  abaixo  do  valor  de  mercado. 
A) A  alteração  contratual,  por  ser  lesiva  à  classe 
Logo,  por  força  do  princípio  da  execução  menos  onerosa  ao 
trabalhadora, é inválida diante do princípio da proteção. 
devedor,  requereu  a  reavaliação  do  bem,  sob  pena  de 
B) A  alteração  é  válida,  pois  a  nova  data  pretendida 
nulidade da execução. 
encontra‐se no limite legal.   
C) A  alteração  somente  pode  ser  realizada  se  houver  Com  base  nesse  caso  concreto,  é  correto  afirmar  que  o  juiz 
previsão em acordo coletivo.  deprecante 
D) A  alteração  de  data  somente  prevalecerá  para  os   
admitidos posteriormente à mudança pretendida.  A) deve remeter os autos ao juízo deprecado, uma vez que o 
  ato  de  avaliação  foi  por  ele  praticado,  sendo  sua  a 
Questão 75  competência para decidir. 
 

Um cientista é contratado como empregado para trabalhar no  B) deve realizar o julgamento antecipado da lide e acolher os 
setor  de  pesquisa  de  uma  empresa,  visando  desenvolver  embargos, haja vista o notório erro de avaliação. 
atividade inventiva. Após três anos, com uso de equipamentos  C) deve determinar a realização de perícia, a fim de aferir o 
e  insumos  da  empresa,  o  trabalhador  inventa  um  novo  correto valor de mercado do bem. 
maquinário, cuja patente é requerida e, em breve, introduzida  D) não  deve  conhecer  dos  embargos  e  extinguir  o  processo 
no processo de produção, com previsão de alto lucro.   sem  julgamento  do  mérito,  haja  vista  a  sua 
Na  hipótese,  caso  nada  tenha  sido  disposto  a  respeito,  intempestividade. 
 
assinale a afirmativa correta.  Questão 79 
 
 
A) A invenção pertence exclusivamente ao empregado, mas  A  respeito  do  procedimento  sumaríssimo  no  processo  do 
os lucros deverão ser divididos.  trabalho, assinale a afirmativa correta. 
B) A  invenção  pertence  exclusivamente  ao  empregador,   
dada a atividade para a qual foi contratado o empregado.  A) A apreciação da reclamação trabalhista deverá ocorrer no 
C) A invenção pertence ao empregado e ao empregador, que  prazo máximo de quinze dias da data de seu ajuizamento.  
dividirão os lucros.  B) A citação por edital somente é cabível se esgotadas todas 
D) A  invenção  pertence  ao  empregador,  mas  é  dado  ao  as tentativas de se localizar o reclamado. 
empregado  pedir  indenização  por  dano  material,  a  ser  C) As  partes  devem  ser  intimadas  da  sentença  por 
arbitrado pela justiça.  notificação postal. 
 
D) Não cabe a interposição de recurso de revista. 
Questão 76   
 

A  respeito  do  preposto  no  Processo  do  Trabalho,  de  acordo  Questão 80 
 
com a legislação, assinale a afirmativa correta.  Em  relação  ao  valor  das  custas  no  processo  do  trabalho, 
 
A) Não precisa ter conhecimento dos fatos, uma vez que tal  assinale a afirmativa correta. 
 
característica é própria das testemunhas.  A) Quando  houver  acordo,  incidirão  à  base  de  10%  sobre  o 
B) Não precisa ter conhecimento dos fatos, já que atua como  valor respectivo. 
representante do empregador.  B) Quando  o  pedido  for  julgado  improcedente,  sempre 
C) Deve ter conhecimento dos fatos.  haverá a isenção de pagamento. 
D) Deve  ter  conhecimento  da  interpretação  do  empregador  C) Quando  for  procedente  o  pedido  formulado  em  ação 
quanto aos fatos ocorridos.  declaratória,  incidirão  à  base  de  2%  sobre  o  valor  da 
 
Questão 77  causa. 
  D) Quando  o  valor  for  indeterminado,  incidirão  à  base  de 
Se  for  instalado  conflito  de  competência  positivo  entre  dois  20% sobre o que o juiz fixar. 
juízes  do  Trabalho  do  Estado  de  Pernambuco,  qual  será  o   
órgão competente para julgá‐lo?   
 

A) O TST.   
B) O STJ.   
C) O TRT de Pernambuco.   
D) O STF. 
17

VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 01 – BRANCA 
QUESTIONÁRIO DE PERCEPÇÃO SOBRE A PROVA  6 
  As  informações/instruções  fornecidas  para  a  resolução  da 
Este  questionário  é  de  preenchimento  facultativo  pelo  prova foram suficientes e adequadas? 
examinando. Como se trata de mera pesquisa, não influi no  (A) Sim, até excessivas. 
resultado final do exame.   (B) Sim, todas elas. 
  (C) Sim, somente algumas. 
As  questões  têm  como  objetivo  avaliar  a  qualidade  e  a  (D) Não, nenhuma delas. 
adequação da prova que você acabou de realizar.    
  7 
Assinale  suas respostas nos espaços próprios  (canto  inferior  Assinale  o  tipo  de  dificuldade  que  você  encontrou  ao 
direito) da sua folha de respostas.  responder à prova. Indique a preponderante. 
  (A) Desconhecimento do conteúdo. 
A OAB e a FGV agradecem sua colaboração.  (B) Forma diferente de abordagem do conteúdo. 
  (C) Falta de motivação para fazer a prova. 
1  (D)  Não  tive  qualquer  tipo  de  dificuldade  para  responder  à 
Na sua avaliação, o grau de dificuldade desta prova, quanto ao  prova. 
conteúdo programático abordado, foi   
(A) muito fácil.  8 
(B) fácil.  Considerando  sua  preparação  para  esta  prova,  você  conclui 
(C) médio.  que 
(D) difícil.  (A) não estudou a maioria dos conteúdos abordados. 
  (B)  estudou  a  maioria  dos  conteúdos  abordados,  mas  não  os 
2  assimilou. 
Assinale  a  alternativa  que  indique  a  sua  avaliação  quanto  à  (C) estudou e assimilou muitos dos conteúdos abordados. 
capacidade crítica e interpretativa desta prova em relação ao  (D) estudou e assimilou todos os conteúdos abordados. 
cenário e ao ordenamento jurídico contemporâneo.   
(A) Plenamente satisfatória.  9 
(B) Satisfatória.  Qual foi o tempo gasto para concluir a prova? 
(C) Pouco satisfatória.  (A) Menos de três horas. 
(D) Insatisfatória.  (B) Entre três e quatro horas. 
  (C) Entre quatro e cinco horas. 
3  (D) Não consegui terminar. 
Considerando a extensão da prova em relação ao tempo total,   
você considera que ela foi  10 
(A) muito longa.  Você  considera  o  layout  (formatação  e  diagramação)  desta 
(B) longa.  prova 
(C) adequada.  (A) muito bom. 
(D) curta.  (B) bom. 
  (C) regular. 
4  (D) ruim. 
Os  enunciados  das  questões  da  prova  estavam  claros  e   
objetivos?   
(A) Sim, todos.   
(B) Sim, a maioria. 
(C) Poucos. 
(D) Não, nenhum. 
 

As  questões  das  diversas  áreas  do  Direito  (Civil,  Penal, 
Trabalho,  Administrativo,  etc.)  apresentavam  o  mesmo  nível 
de dificuldade e compreensão? 
(A) Sim, todas. 
(B) Sim, a maioria. 
(C) Não houve esse nivelamento. 
(D) Não tenho como opinar. 
 
 
 
 

18

VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 01 – BRANCA 
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL 
VIII EXAME UNIFICADO – GABARITOS – PROVAS DO DIA 09/09/2012 

                                           GABARITOS PRELIMINARES 
 
VIII EXAME UNIFICADO – TIPO 1 – BRANCO 
 
1  2  3  4  5  6  7  8  9  10 11 12 13 14 15 16  17  18 19 20
C  C  B  B  C  C  B  B  C  D  D  C  A  B  D  B  A  D  C  B 
21  22  23  24  25  26 27  28  29 30 31 32 33 34 35 36  37  38 39 40
D  A  A  A  B  C  D  B  A  A  A  B  C  B  A  D  A  C  D  B 
41  42  43  44  45  46 47  48  49 50 51 52 53 54 55 56  57  58 59 60
B  D  C  D  A  C  B  B  B  A  C  C  B  A  C  B  C  B  B  B 
61  62  63  64  65  66 67  68  69 70 71 72 73 74 75 76  77  78 79 80
A  A  C  B  A  C  C  B  D  D  C  C  B  B  B  C  C  A  A  C 
 
 
VIII EXAME UNIFICADO – TIPO 2 – VERDE 
 
1  2  3  4  5  6  7  8  9  10 11 12 13 14 15 16  17  18 19 20
C  C  B  B  C  D  D  C  C  C  B  B  B  A  D  C  A  B  D  A 
21  22  23  24  25  26 27  28  29 30 31 32 33 34 35 36  37  38 39 40
D  B  A A D  B  B  C  B  B  C  A  A  A  D  A  D  B  B  D 
41  42  43  44  45  46 47  48  49 50 51 52 53 54 55 56  57  58 59 60
C  A  C  A  D  B  C  A  C  C  B  B  C  B  C  B  B  A  A  A 
61  62  63  64  65  66 67  68  69 70 71 72 73 74 75 76  77  78 79 80
C  B  B  B  C  B  D  A  C  C  B  B  B  D  C  A  A  C  C  C 
 
 
 
 
 
 
CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL 
VIII EXAME UNIFICADO – GABARITOS – PROVAS DO DIA 09/09/2012 
 
 
                                       
GABARITOS PRELIMINARES 
 
VIII EXAME UNIFICADO – TIPO 3 – AMARELO 
 
1  2  3  4  5  6  7  8  9  10 11 12 13 14 15 16  17  18 19 20
B  B  C  D  D  C  C  C  B  B  C  C  C  A  B  B  D  D  A  D 
21  22  23  24  25  26 27  28  29 30 31 32 33 34 35 36  37  38 39 40
A  B  A A C  B  D  B  A  C  B  A  A  B  A  D  B  D  C  A 
41  42  43  44  45  46 47  48  49 50 51 52 53 54 55 56  57  58 59 60
C  D  B  D  A  C  B  C  B  B  A  C  C  B  B  A  C  B  C  B 
61  62  63  64  65  66 67  68  69 70 71 72 73 74 75 76  77  78 79 80
B  B  A  A  B  D  A  C  C  B  B  D  C  C  B  C  C  C  A  A 
 
 
VIII EXAME UNIFICADO – TIPO 4 – AZUL 
 
1  2  3  4  5  6  7  8  9  10 11 12 13 14 15 16  17  18 19 20
C  D  D  C  C   C  B  B  C  C  B  B  B  D  C  B  A  D  A  B 
21  22  23  24  25  26 27  28  29 30 31 32 33 34 35 36  37  38 39 40
A  D  A A B  B  C  D  B  A  A  A  C  B  D  A  D  C  A  C 
41  42  43  44  45  46 47  48  49 50 51 52 53 54 55 56  57  58 59 60
D  B  B  A  D  B  C  B  A  C  C  B  B  C  A  C  B  B  B  C 
61  62  63  64  65  66 67  68  69 70 71 72 73 74 75 76  77  78 79 80
A  A  B  B  C  C  B  D  A  B  D  C  C  B  B  C  A  A  C  C 
 
 
 
 
 
 
CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL 
VIII EXAME UNIFICADO – GABARITOS – PROVAS DO DIA 09/09/2012 

TABELA DE CORRESPONDÊNCIA DE QUESTÕES 
 
TIPO 1  TIPO 2  TIPO 3  TIPO 4   TIPO 1 TIPO 2  TIPO 3  TIPO 4
1  8  7  5    41  39  37  43 
2  10  8  6    42  40  38  37 
3  11  9  7    43  41  39  38 
4  12  10  8    44  45  44  45 
5  1  11  9    45  44  45  44 
6  2  12  10    46  47  46  47 
7  3  1  11    47  46  47  46 
8  4  2  12    48  51  49  52 
9  5  3  1    49  52  50  48 
10  6  4  2    50  48  51  49 
11  7  5  3    51  49  52  50 
12  9  6  4    52  50  48  51 
13  17  14  19    53  57  55  58 
14  18  15  13    54  58  56  55 
15  19  17  14    55  53  57  56 
16  13  16  16    56  54  58  57 
17  14  19  17    57  55  53  54 
18  15  18  18    58  56  54  53 
19  16  13  15    59  63  61  64 
20  22  22  20    60  64  62  63 
21  21  20  22    61  59  64  61 
22  20  21  21    62  60  63  62 
23  24  23  24    63  61  59  60 
24  23  24  23    64  62  60  59 
25  27  28  26    65  68  67  69 
26  28  25  27    66  69  69  65 
27  25  27  28    67  65  68  66 
28  26  26  25    68  66  65  67 
29  32  32  30    69  67  66  68 
30  33  29  31    70  74  72  71 
31  34  33  32    71  75  73  72 
32  30  34  34    72  70  74  73 
33  31  30  33    73  72  75  74 
34  29  31  29    74  71  70  75 
35  36  35  36    75  73  71  70 
36  35  36  35    76  79  77  80 
37  42  40  39    77  80  78  76 
38  43  41  40    78  77  79  77 
39  37  42  41    79  76  80  78 
40  38  43  42    80  78  76  79 
Ordem dos Advogados
do Brasil F U N D A Ç Ã O
GETULIO VARGAS
FGV PROJETOS

IX EXAME DE ORDEM UNIFICADO

TIPO 1 - BRANCA
Atenção!
Você está recebendo um caderno de provas do tipo 1. Portanto, verifique se sua folha de respostas é, também, do tipo 1.
Verifique se o número deste caderno de provas coincide com o registrado no rodapé de cada página. Caso contrário,
notifique imediatamente o fiscal de sala para que sejam tomadas as devidas providências.

Informações gerais

 Você receberá do fiscal de sala o material descrito a seguir:


a) uma folha destinada às respostas das questões objetivas formuladas na prova de tipo 1;
b) este caderno de prova tipo 1, com o enunciado das 80 (oitenta) questões, sem repetição ou falha, e o questionário de
percepção sobre a prova, com 10 (dez) questões objetivas.
 Ao receber a folha de respostas você deve:
a) conferir seu nome, número de identidade e número de inscrição;
b) ler atentamente as instruções para a marcação das respostas das questões objetivas;
c) assinar a folha de respostas, no espaço reservado, com caneta esferográfica transparente de cor azul ou preta.
 As questões são identificadas pelo número que se situa acima do seu enunciado.
 Durante a aplicação da prova não será permitido:
a) qualquer tipo de comunicação entre os examinandos;
b) levantar da cadeira sem a devida autorização do fiscal de sala;
c) portar aparelhos eletrônicos, tais como bipe, telefone celular, walkman, agenda eletrônica, notebook, palmtop,
receptor, gravador, telefone celular, máquina fotográfica, controle de alarme de carro etc., bem como relógio de qualquer
espécie, protetor auricular, óculos escuros ou quaisquer acessórios de chapelaria, tais como chapéu, boné, gorro etc., e
ainda lápis, lapiseira, borracha e/ou corretivo de qualquer espécie.
 A FGV realizará a coleta da impressão digital dos examinandos na folha de respostas.
 Não será permitida a troca da folha de respostas por erro do examinando.
 O tempo disponível para esta prova será de 5 (cinco) horas, já incluído o tempo para marcação da folha de respostas.
 Reserve tempo suficiente para marcar sua folha de respostas.
 Para fins de avaliação, serão levadas em consideração apenas as marcações realizadas na folha de respostas.
 Somente após decorridas duas horas do início da prova você poderá retirar-se da sala de prova sem levar o caderno de
questões.
 Somente no decorrer dos últimos 60 (sessenta) minutos do período da prova você poderá retirar-se da sala levando o
caderno de questões.
 Quando terminar sua prova, você deverá, OBRIGATORIAMENTE, entregar a folha de respostas devidamente preenchida
e assinada ao fiscal da sala. Aquele que descumprir esta regra será ELIMINADO.
  Os 3 (três) últimos examinandos de cada sala só poderão sair juntos, após entregarem ao fiscal de aplicação os
documentos que serão utilizados na correção das provas. Esses examinandos poderão acompanhar, caso queiram, o
procedimento de conferência da documentação da sala de aplicação, que será realizada pelo Coordenador da unidade, na
Coordenação do local de provas. Caso algum desses examinandos insista em sair do local de aplicação antes de autorizado
pelo fiscal de aplicação, deverá assinar termo desistindo do Exame e, caso se negue, será lavrado Termo de Ocorrência,
testemunhado pelos 2 (dois) outros examinandos, pelo fiscal de aplicação da sala e pelo Coordenador da unidade de provas.
Questão 1 Questão 4

Um advogado é contratado por um empresário para atuar em Laura, advogada na área empresarial, após concluir o
causas na área empresarial, formalizando contrato escrito e mestrado em renomada instituição de ensino superior, é
emitindo fatura para pagamento dos honorários ajustados. A convidada para integrar a equipe de assessoria jurídica da
partir de determinado momento o empresário passou a não empresa K S/A . No dia da entrevista final, é inquirida pelo
pagar os honorários ajustados. Gerente Jurídico da empresa, bacharel em Direito, sem
inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil, apesar de o
Consoante as regras do Código de Ética, o advogado para
mesmo ter logrado êxito no Exame de Ordem.
buscar o recebimento dos honorários pactuados, deverá
Observado tal relato, consoante as normas do Regulamento
A) emitir duplicatas decorrentes da fatura apresentada.
Geral do Estatuto da Advocacia e da OAB, assinale a afirmativa
B) levar o contrato de honorários a protesto.
correta.
C) emitir debêntures em decorrência do contrato firmado.
D) cobrar os valores por meio de ação judicial. A) O bacharel em Direito pode exercer as funções de
Gerência Jurídica mesmo que não tenha os requisitos para
Questão 2 ingresso na Ordem dos Advogados.
B) A função de Gerente Jurídico é privativa de advogados com
O advogado Carlos é Presidente da empresa XYZ, com sede no regular inscrição nos quadros da Ordem dos Advogados.
Município Q. Em determinada data, a empresa é notificada C) O bacharel em Direito, caso preencha os requisitos legais,
para apresentar defesa em processo trabalhista ajuizado por inclusive aprovação em Exame de Ordem, pode exercer
antigo empregado da empresa. No dia da audiência funções de Gerente Jurídico antes da inscrição na Ordem
designada, Carlos apresenta-se como preposto, vez que dos Advogados.
dirigente da empresa e advogado, por possuir habilitação D) A função de Gerente Jurídico, como é de confiança da
profissional regular. empresa, pode ser exercida por quem não tem formação
Observados tais fatos, de acordo com as normas do na área.
Regulamento Geral do Estatuto da Advocacia e da OAB,
assinale a afirmativa correta. Questão 5

A) Por economia processual admite-se a atuação do Sávio, aluno regularmente matriculado em Escola de Direito,
advogado como preposto e advogado no mesmo processo. obtém a sua graduação e, logo a seguir, aprovação no Exame
B) Essa é uma situação excepcional que permite a atuação do de Ordem. Por força de movimento grevista na sua instituição,
advogado como preposto da empresa e seu representante o diploma não pode ser expedido.
judicial. A respeito da inscrição no quadro de advogados, consoante as
C) É vedada a atuação como preposto e como advogado da normas do Regulamento Geral do Estatuto da Advocacia e da
empresa ao mesmo tempo. OAB, assinale a afirmativa correta.
D) Não havendo oposição da parte adversa, pode ocorrer a
atuação do advogado nas duas funções: preposto e A) O diploma é essencial para a inscrição nos quadros da
representante judicial. Ordem dos Advogados.
B) O bacharel, diante do impedimento de apresentar o
Questão 3 diploma, deve apresentar declaração de autoridade
certificando a conclusão do curso.
Marcos, Letícia e Cristina, advogados, resolvem formar C) A Ordem, diante do movimento grevista comprovado,
sociedade, para atuar na área cível, campo profissional da poderá acolher declaração de próprio punho do
preferência de todos. No entanto, não regularizam a requerente afirmando ter obtido grau.
sociedade perante a Ordem dos Advogados do Brasil. D) O bacharel em Direito deve apresentar certidão de
Observado tal relato, consoante as normas do Regulamento conclusão de curso e histórico escolar autenticado.
Geral do Estatuto da Advocacia e da OAB, assinale a afirmativa
correta.
A) A ausência de registro da sociedade de advogados na
Ordem dos Advogados do Brasil constitui mera
irregularidade.
B) Os atos das sociedades de advogados devem ser restritos
às atividades de consultoria jurídica.
C) Os atos praticados pelos advogados que integram
sociedades irregulares são nulos de pleno direito.
D) A prática de atos privativos de advocacia por sociedade
irregular tipifica exercício irregular da profissão.

IX EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 01 – BRANCA


Questão 6 Questão 9

Marcio é estagiário de Direito regularmente inscrito na Ordem O advogado João, regularmente contratado para defender os
dos Advogados do Brasil e atua sob supervisão da advogada interesses de José em Juízo, realiza a defesa regular em
Helena. Atuando em determinado processo, a advogada primeiro grau, mas não apresenta recurso de apelação contra
substabelece ao estagiário os poderes que lhe foram sentença que julgou improcedente o pedido, mesmo havendo
conferidos pelo cliente. sólida fundamentação para modificar o decidido. O prejuízo
causado ao cliente foi de R$ 10.000,00, parcialmente coberto
A respeito do caso apresentado, consoante as normas do
por seguro realizado pela sociedade de advogados integrada
Regulamento Geral do Estatuto da Advocacia e da OAB,
por João.
assinale a afirmativa correta.
Consoante as regras estatutárias, os prejuízos causados ao
A) O estagiário poderá retirar os autos do cartório
cliente acarretam a responsabilidade pessoal do sócio
conjuntamente com a advogada.
advogado de forma
B) Os atos do estagiário ocorrem sob a supervisão e
responsabilidade da advogada. A) limitada à responsabilidade decorrente de contrato de
C) As petições apresentadas no processo terão a subscrição seguro.
conjunta da advogada inclusive de juntada de documentos. B) ilimitada, mas subsidiária em relação à sociedade.
D) O estagiário poderá realizar audiências judiciais C) limitada e principal, sendo a da sociedade subsidiária.
autonomamente sem a presença da advogada. D) ilimitada e vinculada ao resultado do processo disciplinar
instaurado.
Questão 7
Questão 10
Assinale a afirmativa que indica como ocorrerá, em havendo
necessidade, a criação de novos Conselhos Seccionais, de O advogado Cândido, conhecido pelas soluções criativas para
acordo com as normas do Regulamento Geral do Estatuto da resolver os problemas dos seus clientes, aduz, como tese
Advocacia e da OAB. defensiva, em ação de despejo por falta de pagamento, que a
norma que autoriza tal desocupação forçada seria
A) Por meio de Lei aprovada pelo Congresso Nacional.
inconstitucional, pois caberia ao Estado fornecer habitação
B) Por meio de Medida Provisória Federal.
gratuita ou a preços módicos aos necessitados e, em caso de
C) Por Provimento do Conselho Federal.
impossibilidade financeira, custear a moradia, pagando ao
D) Por meio de Resolução do Conselho Federal
locador os valores devidos, a título de aluguel social.

Questão 8 Essa defesa foi considerada como contrária à disposição de lei


que determina, como consequência do não pagamento dos
José da Silva, advogado renomado, é acometido por doença alugueres, o despejo por falta de pagamento. Em razão disso,
mental considerada pela unanimidade dos médicos como foi proferida sentença determinando a desocupação do imóvel
incurável, perdendo suas faculdades de discernimento e sendo e condenando o cliente do advogado Cândido ao pagamento
considerado absolutamente incapaz por sentença judicial. dos alugueres devidos, bem como as demais verbas
Nos termos das regras estatutárias, sua inscrição como decorrentes da sucumbência. Além disso, determinou o
advogado será magistrado a expedição de ofício à Ordem dos Advogados do
Brasil para abertura de processo disciplinar.
A) suspensa até laudo médico sobre a doença portada.
B) cancelada diante da incurabilidade da doença. Consoante as regras do Estatuto da Advocacia, assinale a
C) extinta por decisão de junta médica convocada para tal afirmativa correta.
fim. A) O fato de advogar contra literal disposição de lei sem
D) suspensa temporariamente para avaliação pelo Conselho exceções, não constitui infração disciplinar.
Seccional. B) A alegação de inconstitucionalidade descaracteriza a
infração disciplinar invocada.
C) A infração disciplinar não está prevista no sistema por
caracterizar delito de hermenêutica.
D) A referida infração somente pode ser considerada quando
causar prejuízo ao cliente o que não foi o caso.

IX EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 01 – BRANCA


Questão 11 Questão 14

Caio é advogado que atua em três estados da federação, O Estado W, governado por dirigente progressista, pretende
possuindo uma inscrição principal e duas suplementares, realizar uma ampla reforma agrária no seu território para
tendo em vista o número elevado de causas que possui. Em melhor dividir a terra, incluindo diversos desempregados na
decorrência de conflitos ocorridos em função dos processos vida produtiva, apresentando, ainda, amplo programa de
em que atua, foram instaurados três processos disciplinares, financiamento das atividades agrícolas. Com essa proposta
um em cada seccional onde atua. política, resolve apresentar projeto de lei, criando formas de
desapropriação e inovando nos procedimentos, dando
De acordo com as normas do Estatuto da Advocacia, a
característica sumária e permitindo o ingresso nos imóveis
competência para julgamento desses processos cabe ao
sem pagar indenização.
A) Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil.
Quanto ao tema em foco, legislação sobre desapropriação,
B) Conselho Seccional em que o advogado possui inscrição
nos termos da Constituição Federal, assinale a afirmativa
principal.
correta.
C) Conselho Seccional de cada infração disciplinar.
D) Conselho Nacional de Justiça. A) Trata-se de competência privativa da União
B) Trata-se de competência da União em comum com os
Questão 12 Estados.
C) Trata-se de competência privativa dos Estados
Mário advogou, por muitos anos, para a empresa “X”, D) Trata-se de competência dos Estados em comum com os
especializada no ramo de cosméticos. Por problemas pessoais, Municípios.
afastou-se da advocacia empresarial por um período de dois
anos. No retorno, passou a representar os interesses da Questão 15
empresa “Y”, também do ramo de cosméticos, e concorrente
direta da empresa para quem anteriormente prestara O Congresso Nacional aprova tratados internacionais por meio
serviços. de:
Quando da prestação de seus serviços à empresa “X”, Mário
atuou em vários contratos em que constavam informações A) Decreto.
submetidas a segredo industrial, a que teve acesso B) Resolução.
exclusivamente em decorrência da sua atuação como C) Decreto-Lei.
advogado. D) Decreto Legislativo.
Observado tal relato, em consonância com as normas do
Código de Ética da Advocacia, assinale a afirmativa correta. Questão 16

A) Os segredos advindos da prática profissional, após João ingressa com ação individual buscando a repetição de
determinado período de recesso, podem ser livremente indébito tributário, tendo como causa de pedir a
utilizados pelo advogado. inconstitucionalidade da Lei Federal “X”, que criou o tributo.
B) O advogado, ao atuar contra antigos clientes, não pode
Sobre a demanda, assinale a afirmativa correta.
lançar mão de informações reservadas que lhe tenham
sido confiadas. A) João não possui legitimidade para ingressar com a
C) O advogado não pode ser contratado por concorrentes de demanda, questionando a constitucionalidade da Lei
antigos clientes, pois o impedimento de com eles contratar Federal “X”, atribuída exclusivamente às pessoas e
não tem prazo. entidades previstas no art. 103 da Constituição.
D) O advogado, diante do conflito de interesses entre o antigo B) Caso a questão seja levada ao Supremo Tribunal Federal,
e o novo cliente, deve renunciar ao mandato. em sede de recurso extraordinário, e este declarar a
inconstitucionalidade da Lei Federal “X” pela maioria
Questão 13 absoluta dos seus membros, a decisão terá eficácia contra
todos e efeitos vinculantes.
A respeito da ação de habeas corpus, assinale a afirmativa C) O órgão colegiado, em sede de apelação, não pode
incorreta. declarar a inconstitucionalidade da norma, devendo
A) Pode ser impetrado por estrangeiro residente no país. submeter a questão ao Pleno do Tribunal ou ao órgão
B) É cabível contra punição disciplinar militar imposta por especial (quando houver), salvo se já houver prévio
autoridade incompetente. pronunciamento deste ou do plenário do STF sobre a sua
C) Não é meio hábil para controle concreto de inconstitucionalidade.
constitucionalidade. D) O juiz de primeiro grau não detém competência para a
D) A Constituição assegura a gratuidade para seu declaração de inconstitucionalidade de lei ou ato
ajuizamento. normativo, mas somente o Tribunal de segundo grau e
desde que haja prévio pronunciamento do plenário do
Supremo Tribunal Federal sobre a questão.

IX EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 01 – BRANCA


Questão 17 Questão 20

José da Silva, prefeito do Município “X”, integrante do Estado A Resolução 96 (I), de 11 de dezembro de 1946, da Assembleia
“Y”, possui familiares que pretendem concorrer a cargos Geral da Organização das Nações Unidas declarou que o
elegíveis nas próximas eleições. genocídio é um crime contra o Direito Internacional.
Sobre essa situação, assinale a afirmativa correta. Nesse passo, a Convenção para a Prevenção e Repressão do
A) José da Silva Junior, filho de José da Silva, que terá 18 anos Crime de Genocídio afirmou que
completos na época da eleição, poderá se candidatar ao A) as partes contratantes da Convenção confirmam que o
cargo de deputado estadual de “Y”, desde que José da Silva genocídio configura crime contra o Direito Internacional,
tenha se desincompatibilizado seis meses antes do pleito.
exceto se cometido em tempo de guerra.
B) Maria da Silva, esposa de José da Silva, vereadora do
município “X”, só poderá concorrer novamente ao cargo B) o genocídio é entendido como o assassinato de membros
de vereadora, se José da Silva se desincompatibilizar seis de um grupo nacional, étnico, racial ou religioso, com a
meses antes do pleito. intenção de destruí-lo no todo, não se entendendo como
C) José da Silva poderá concorrer ao cargo de governador do tal, dano grave à saúde do grupo.
estado “Z”, não sendo necessário que renuncie ao C) os atos tentados ou consumados, bem como a
mandato até seis meses antes do pleito. cumplicidade para cometer genocídio, serão punidos, mas
D) Pedro Costa, sobrinho de José da Silva, poderá concorrer a incitação ao cometimento de genocídio, ainda que direta
ao cargo de Vereador do Município “X” mesmo que José da e pública, não será punida.
Silva não tenha se desincompatibilizado seis meses antes D) a transferência forçada de menores de um grupo religioso
do pleito. para outro grupo religioso, cometida com a intenção de
destruir aquele, considera-se genocídio.
Questão 18

O Estado ”X” possui Lei Ordinária, que dispõe sobre regras de Questão 21
trânsito e transporte. Determina essa lei a instalação de cinto
O Pacto de São José da Costa Rica prevê que os Estados
de segurança em veículos de transporte coletivo de
signatários devem cumprir com as decisões emanadas pela
passageiros, impondo penalidades em caso de
Corte Interamericana de Direitos Humanos. Uma das
descumprimento. Inconformado com este diploma legal, o
hipóteses de condenação consiste no pagamento, pelo Estado,
Governador do Estado deseja propor ação direta de
de indenização compensatória à vítima da violação de direitos
inconstitucionalidade.
humanos.
Neste caso, assinale a afirmativa correta.
Assinale a afirmativa que indica o procedimento a ser
A) A ação não poderá ser ajuizada pelo Governador sem adotado, caso o Estado brasileiro não cumpra
prévia autorização da Assembleia Legislativa do Estado X, espontaneamente a sentença internacional que o obriga a
já que se trata de ação contra lei do próprio Estado. pagar a indenização.
B) O Governador não poderá propor a ADI, como pretende,
A) Como é considerada título executivo judicial, poderá ser
pois a lei não possui vício de inconstitucionalidade.
C) A lei é inconstitucional, pois viola a competência privativa executada perante o Superior Tribunal de Justiça, uma vez
da União para legislar sobre trânsito. que goza de status internacional.
D) Não haveria vício de inconstitucionalidade, caso a lei B) Como é considerada título executivo judicial, poderá ser
estadual tivesse status de lei complementar, ao invés de lei executada perante a Vara Federal competente
ordinária. territorialmente.
Questão 19 C) A Corte Interamericana, em razão do princípio da
soberania, obrigará o Estado brasileiro a cumprir a
Com relação às diretrizes e normas constitucionais referentes sentença, sendo necessária a propositura de processo de
à prestação da saúde, assinale a afirmativa correta. execução, autônomo, pela parte interessada na Corte.
A) É permitida a destinação de recursos públicos para auxílios D) A Corte Interamericana, em razão do princípio da
ou subvenções às instituições privadas com fins lucrativos. soberania, não poderá obrigar o Brasil a cumprir a
B) Ao sistema único de saúde compete, dentre outras sentença, mas o descumprimento poderá fundamentar
atribuições, colaborar na proteção do meio ambiente, nele uma advertência da Assembleia Geral da Organização das
compreendido o do trabalho. Nações Unidas, pelo descumprimento da Convenção
C) É admitida a participação indireta de empresas ou capitais Americana de Direitos Humanos.
estrangeiros na assistência à saúde no País,
independentemente de previsão legal.
D) As instituições privadas poderão participar de forma
complementar do sistema único de saúde, segundo
diretrizes deste, mediante contrato de direito privado,
vedada qualquer preferência ou distinção entre elas.
5

IX EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 01 – BRANCA


Questão 22 Questão 24

Com relação à Convenção Interamericana para Prevenir e José, de nacionalidade brasileira, era casado com Maria, de
Punir a Tortura, ratificada pelo Brasil em 20 de julho de 1989, nacionalidade sueca, encontrando-se o casal domiciliado no
assinale a afirmativa correta. Brasil. Durante a viagem de “lua de mel”, na França, Maria,
após o jantar, veio a falecer, em razão de uma intoxicação
A) Os funcionários públicos que ordenem a execução da
alimentar. Maria, quando ainda era noiva de José, havia
tortura ou a cometam diretamente são responsáveis pelo realizado testamento em Londres, dispondo sobre os seus
delito de tortura, exceto se houverem agido por ordens bens, entre eles dois imóveis situados no Rio de Janeiro.
superiores, o que eximirá o agente da responsabilidade
À luz das regras de Direito Internacional Privado, assinale a
penal correspondente. afirmativa correta.
B) O Estado Parte somente tomará as medidas necessárias
para conceder a extradição, em conformidade com sua A) Se houver discussão acerca da validade do testamento, no
legislação e suas obrigações internacionais, de pessoa que diz respeito à observância das formalidades, deverá
condenada pela prática de delito de tortura, não bastando ser aplicada a legislação brasileira, pois Maria encontrava-
a acusação pela prática do delito. se domiciliada no Brasil.
C) As declarações obtidas por meio de tortura não podem ser B) Se houver discussão acerca da validade do testamento, no
admitidas como prova em processo, salvo em processo que diz respeito à observância das formalidades, deverá
instaurado contra a pessoa acusada de havê-las obtido ser aplicada a legislação inglesa, local em que foi realizado
mediante atos de tortura e unicamente como prova de o ato de disposição de última vontade de Maria.
C) A autoridade judiciária brasileira não é competente para
que, por esse meio, o acusado obteve tal declaração.
proceder ao inventário e à partilha de bens, porquanto
D) Esgotado o procedimento jurídico interno do Estado e os Maria faleceu na França, e não no Brasil.
recursos que este prevê para a investigação sobre caso de D) Se houver discussão acerca do regime sucessório, deverá
tortura, o processo deverá ser submetido a instâncias ser aplicada a legislação sueca, em razão da nacionalidade
internacionais, mesmo que o Estado não tenha aceitado tal do de cujus.
competência.
Questão 25
Questão 23
Acerca do Imposto sobre Produtos Industrializados, de
Com base da Carta das Nações Unidas, assinale a afirmativa
competência da União, assinale a afirmativa que contempla
correta.
duas de suas características.
A) A Assembleia Geral pode expulsar um Estado membro que
A) É imposto ordinário e caracterizado pela seletividade.
tenha persistentemente violado os princípios da Carta das
B) É imposto real e caracterizado por ser direto.
Nações Unidas, ouvido o Conselho de Segurança. C) É imposto monofásico e qualificado como indireto.
B) Os principais órgãos das Nações Unidas são a Assembleia D) É imposto interno e lançado por declaração.
Geral, o Conselho de Segurança, a Organização Mundial do
Comércio e a Corte Internacional de Justiça. Questão 26
C) As principais atribuições do Conselho de Segurança são a De acordo com as regras contidas no Código Tributário
manutenção da paz internacional e a liberalização dos Nacional, considera-se fraude à execução fiscal
fluxos internacionais de comércio.
A) a alienação dos direitos reais do patrimônio do devedor,
D) Um Estado não pode se tornar membro da Corte
efetivada a qualquer tempo, para terceiro de má-fé.
Internacional de Justiça sem antes se tornar membro nas
B) a alienação do patrimônio do devedor, feita após ciência
Nações Unidas.
inequívoca da regular inscrição de crédito da Fazenda
contra si constituído.
C) a aquisição, de má-fé, por terceiro, de parte do patrimônio
devedor, refletindo tal situação presunção absoluta de
fraude.
D) a alienação de qualquer parcela do patrimônio do devedor,
mesmo que feita a terceiro de boa-fé, após notificação do
lançamento fiscal.

IX EXAME DE ORDEM UNIFICADO – TIPO 01 – BRANCA


Questão 27 Questão 30

Concessionária de veículos se insurge contra aumento da A desapropriação é um procedimento administrativo que


alíquota do IPI sobre automóveis nacionais e, antes mesmo da possui duas fases: a primeira, denominada declaratória e a
ocorrência do lançamento do tributo em questão, ajuíza ação segunda, denominada executória.
declaratória e efetua o depósito judicial do montante do valor Quanto à fase declaratória, assinale a afirmativa correta.
tributado que considera devido. Após cinco anos e oito meses,
A) Acarreta a aquisição da propriedade pela Administração,
ocorre o trânsito em julgado da decisão judicial proferida em
gerando o dever de justa indenização ao expropriado.
favor da Fazenda Pública, a qual entende como devido o IPI
B) Importa no início do prazo para a ocorrência da
integral.
caducidade do ato declaratório e gera, para a
Considerando que a Fazenda Pública não adotou qualquer Administração, o direito de penetrar no bem objeto da
providência quanto ao lançamento do imposto devido durante desapropriação.
o trâmite da ação judicial, tem-se que C) Implica a geração de efeitos, com o titular mantendo o
direito de propriedade plena, não tendo a Administração
A) o IPI é devido e coincide com o valor depositado.
direitos ou deveres.
B) o IPI é devido no valor cobrado pela Fazenda Pública.
D) Gera o direito à imissão provisória na posse e o
C) o IPI não é devido, uma vez que ocorreu a prescrição.
D) o IPI não é devido, em razão da decadência. impedimento à desistência da desapropriação.

Questão 28 Questão 31

O procurador do município Gama decide contestar De acordo com o Art. 2º, inciso XIII, da Lei n. 9.784/98, a
judicialmente a cobrança do ICMS discriminada na fatura da Administração deve buscar a interpretação da norma que
conta de luz do imóvel onde funciona a sede da prefeitura, melhor garanta o atendimento do fim público a que se dirige,
alegando a condição de ente político para livrar-se da exação. vedada a aplicação retroativa da nova interpretação.

A demanda da municipalidade deverá ser Assinale a alternativa que indica o princípio consagrado por
esse dispositivo, em sua parte final.
A) acolhida, em razão da imunidade recíproca, que impede
que os entes da federação instituam impostos sobre bens A) Legalidade.
e serviços uns dos outros. B) Eficiência.
B) rejeitada, pois na situação apresentada o município se C) Moralidade.
apresenta na condição de contribuinte de direito do ICMS. D) Segurança das relações jurídicas.
C) acolhida, pois a empresa concessionária prestadora do
serviço de fornecimento de energia não tem competência Questão 32
para cobrar ICMS.
Atento à crescente especulação imobiliária, e ciente do
D) rejeitada, pois o município não goza de imunidade com
sucesso econômico obtido pelas construtoras do País com a
relação a imposto que incide apenas indiretamente sobre construção de imóveis destinados ao público de alta renda, o
seus bens e serviços. Estado “X” decide ingressar nesse lucrativo mercado. Assim,
edita uma lei autorizando a criação de uma empresa pública e,
Questão 29 no mesmo ano, promove a inscrição dos seus atos
constitutivos no registro das pessoas jurídicas.
Acerca dos serviços considerados como serviços públicos uti
singuli, assinale a afirmativa correta. Assinale a alternativa que apresenta a alegação que as