Vous êtes sur la page 1sur 9

CADERNO DE QUESTÕES CONCURSO PÚBLICO

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA


SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE - SESAU

DATA: 21/06/2009 - DOMINGO - MANHÃ


CARGO: EST - Estatístico

A T E N Ç Ã O
O Caderno de Questões contém 60 questões de múltipla-escolha, cada uma com 5 opções (A, B, C, D e E).

1. Ao receber o material, verifique no Cartão de Respostas seu nome, número de inscrição, data de nascimento e
cargo. Qualquer irregularidade comunique imediatamente ao fiscal de sala. Não serão aceitas reclamações
posteriores.

2. A prova objetiva terá duração de 4 horas incluído neste tempo o preenchimento do Cartão de Respostas.

3. Leia atentamente cada questão e assinale no Cartão de Respostas a opção que responde
corretamente a cada uma delas. O Cartão de Respostas será o único documento válido para a
correção eletrônica. O preenchimento do Cartão de Respostas e a respectiva assinatura serão de inteira
responsabilidade do candidato. Não haverá substituição do Cartão de Respostas, por erro do candidato.

4. Observe as seguintes recomendações relativas ao Cartão de Respostas:

- A maneira correta de marcação das respostas é cobrir, fortemente, com esferográfica de tinta azul ou
preta, o espaço correspondente à letra a ser assinalada.
- Outras formas de marcação diferentes implicarão a rejeição do Cartão de Respostas.
- Será atribuída nota zero às questões não assinaladas ou com falta de nitidez, ou com marcação de
mais de uma opção, e as emendadas ou rasuradas.

5. O fiscal de sala não está autorizado a alterar qualquer destas instruções. Em caso de dúvida, solicite a
presença do coordenador local.

6. Você só poderá retirar-se definitivamente do recinto de realização da prova após 60 minutos contados
do seu efetivo início, sem levar o Caderno de Questões.

7. Você só poderá levar o próprio Caderno de Questões faltando 60 minutos para o término do horário da
prova, conforme Edital do Concurso.

8. Por motivo de segurança, só é permitido fazer anotação durante a prova no Caderno de Questões.

9. Após identificado e instalado na sala, você não poderá consultar qualquer material, enquanto aguarda o horário de
início da prova.

10. Os três últimos candidatos deverão permanecer na sala até que o último candidato entregue o Cartão
de Respostas.

11. Ao terminar a prova, é de sua responsabilidade entregar ao fiscal o Cartão de Respostas. Não esqueça seus
pertences.

12. O Gabarito Oficial da Prova Objetiva será disponibilizado no site www.funcab.org, no dia
22/06/2009, conforme estabelecido no Cronograma Previsto.

BOA PROVA

www.pciconcursos.com.br
LÍNGUA PORTUGUESA
por usar as nossas invenções de modo criativo ou destrutivo.
Leia o texto abaixo e responda às questões propostas. Somos nós que descobrimos curas para doenças e gases
venenosos. Daí que o futuro da sociedade está em nossas
Ciência e moralidade mãos e será definido pelas escolhas que fizermos daqui para
a frente. (...) Não é da ciência que devemos ter medo, mas de
A percepção pública da ciência é, com razão, repleta nós mesmos e da nossa imaturidade moral.
de conflitos. Alguns acreditam que a ciência seja a chave para
a liberdade do homem, para a melhora das condições de vida (Marcelo Gleiser, in Folha de São Paulo, 7 de julho de 2002)
de todos, para a cura dos tantos males que afligem pobres e
ricos, desde a fome até as mais variadas doenças. Já outros
veem a ciência com grande desconfiança e até com
desprezo, como sendo a responsável pela criação de várias 1. Assinale a opção que apresenta os sinônimos das
armas de destruição inventadas através da história, da palavras grifadas nos trechos abaixo.
espada à bomba atômica. Para esse grupo, os homens não
são maduros o suficiente para lidar com o grande poder que “O filme 'Inteligência Artificial' ...relata precisamente esse
resulta de nossas descobertas científicas. cenário lúgubre para o nosso futuro...”
No início do século 21, a clonagem e a possibilidade
de construirmos máquinas inteligentes prometem até mesmo “É o velho argumento maquiavélico de que os fins
uma redefinição do que significa ser humano. Na medida em justificam os meios...”
que será possível desenhar geneticamente um indivíduo ou
modificar a sua capacidade mental por meio de implantes “...nós nos tornaremos forçosamente obsoletos...”
eletrônicos, onde ficará a linha divisória entre homem e
máquina, entre o vivo e o robotizado? Entre os vários cenários A) nostálgico - esperado - antiquados;
que vemos discutidos na mídia, o mais aterrorizador é aquele B) incerto - político - ultrapassados;
em que nós nos tornaremos forçosamente obsoletos, uma C) pessimista - previsível - retrógrados;
vez que clones bioeletrônicos serão muito mais inteligentes e D) triste - antiquado - ignorantes;
resistentes do que nós. Ou seja, quando (e se) essas E) soturno - ardiloso - arcaicos.
tecnologias estiverem disponíveis, a ciência passará a
controlar o processo evolutivo: a nossa missão final é criar
seres “melhores” do que nós, tomando a seleção natural em
nossas próprias mãos. O resultado, claro, é que
terminaremos por causar a nossa própria extinção, sendo 2. Na introdução, o autor apresenta a tese que vai defender.
apenas mais um elo na longa cadeia evolutiva. O filme Aponte-a.
“Inteligência Artificial”, de Steven Spielberg, relata
precisamente esse cenário lúgubre para o nosso futuro, a A) A percepção pública da ciência é repleta de controvérsias:
inventividade humana causando a sua destruição final. há os que acreditam que ela é a solução para muitos
É difícil saber como lidar com essa possibilidade. Se problemas e outros, que, devido à imaturidade moral do
tomarmos o caso da tecnologia nuclear como exemplo, ser humano, acreditam que ela pode ser usada para
vemos que a sua história começou com o assassinato de destruir a humanidade.
centenas de milhares de cidadãos japoneses, justamente B) O ser humano, usando os conhecimentos adquiridos
pela potência que se rotula o “lado bom”. Esse rótulo, por mais através dos tempos, é capaz de causar a própria
ridículo que seja, é levado a sério por grande parte da destruição.
população norte-americana. É o velho argumento C) As bombas jogadas em Hiroshima e Nagasaki pelas
maquiavélico de que os fins justificam os meios: “Se não autoridades americanas causaram muita destruição,
jogássemos as bombas em Hiroshima e Nagasaki, os mas, em contrapartida, foram capazes de redefinir o
japoneses jamais teriam se rendido e muito mais gente teria equilíbrio do poder no mundo.
morrido em uma invasão por terra”, dizem as autoridades D) Um conflito nuclear global teria consequências terríveis
militares e políticas norte-americanas. Isso não só não é para a humanidade.
verdade como mostra que são os fins político-econômicos E) Devido à imaturidade moral da raça humana, num futuro
que definem os usos e abusos da ciência: os americanos próximo, a clonagem e as novas tecnologias
queriam manter o seu domínio no Pacífico, tentando transformarão a imagem daquilo que concebemos com
amedrontar os soviéticos que desciam pela Manchúria. As ser humano em seres obsoletos.
bombas não só detiveram os soviéticos como redefiniram o
equilíbrio de poder no mundo. Ao menos até os soviéticos
desenvolverem a sua bomba, o que deu início à Guerra Fria. 3. Em “...o mais aterrorizador é aquele em que nós nos
As consequências de um conflito nuclear global são tornaremos forçosamente obsoletos...”, o pronome nós se
tão horrendas que até mesmo os líderes das potências refere:
nucleares conseguiram resistir à tentação de abusar de seu
poder: criamos uma guerra sem vencedores e, portanto, inútil. A) aos médicos;
Porém, as tecnologias nucleares não são propriedade B) aos cientistas;
exclusiva das potências nucleares. A possibilidade de que um C) aos políticos;
grupo terrorista obtenha ou construa uma pequena bomba é D) aos seres humanos;
remota, mas não inexistente. Em casos de extremismo E) às autoridades militares e políticas norte-americanas.
religioso, escolhas morais são redefinidas de acordo com os
preceitos (distorcidos) da religião: isso foi verdade tanto nas
Cruzadas como hoje, nas mãos de suicidas muçulmanos.
Eles não hesitariam em usar uma arma atômica, caso a
tivessem. E sentiriam suas ações perfeitamente justificadas.
Essa discussão mostra que a ciência não tem uma
dimensão moral: somos nós os seres morais, os que optamos

02

www.pciconcursos.com.br
4. Indique a opção INCORRETA com relação ao texto. 8. Assinale a opção que substitui o trecho grifado sem
alteração de sentido.
A) O autor duvida de que as novas tecnologias capazes de
transformar o ser humano em robô estejam disponíveis. “Entre os vários cenários que vemos discutidos na mídia,
B) O conhecimento científico é manipulado pelos governos o mais aterrorizador é aquele em que nós nos tornaremos
de acordo com seus próprios interesses. forçosamente obsoletos, uma vez que clones bioeletrônicos
C) Mesmo os líderes de potências que detêm o serão muito mais inteligentes e resistentes do que nós.”
conhecimento nuclear temem o poder de destruição de
suas armas. A) já que;
D) O autor reconhece como justificados apenas os atos B) por conseguinte;
cometidos em nome da religião. C) ainda que;
E) O conhecimento científico depende, para o bem ou para o D) posto que;
mal, do uso que fazemos dele. E) apesar de que.

5. Na frase abaixo, se flexionarmos o primeiro verbo no 9. Em “Eles não hesitariam em usar uma arma atômica,
pretérito imperfeito do subjuntivo, para mantermos a caso a tivessem.”, a oração adverbial grifada expressa ideia
coerência verbal, o verbo passar deverá assumir a seguinte de:
forma:
A) conformidade;
“...quando (...) essas tecnologias estiverem disponíveis, a B) proporção;
ciência passará a controlar o processo evolutivo...” C) condição;
D) finalidade;
A) passaria; E) concessão.
B) passasse;
C) passava;
D) passar;
E) passara.
10. Em “Essa discussão mostra que a ciência não tem uma
dimensão moral: somos nós os seres morais, os que optamos
por usar as nossas invenções de modo criativo ou destrutivo.”,
identificamos:
6. Indique a opção que apresenta correta e respectivamente
as classes gramaticais a que pertencem as palavras grifadas A) silepse de número;
no trecho abaixo. B) silepse de pessoa;
C) silepse de gênero;
“Se tomarmos o caso da tecnologia nuclear como D) pleonasmo;
exemplo, vemos que a sua história começou com o E) elipse.
assassinato de centenas de milhares de cidadãos japoneses,
justamente pela potência que se rotula o 'lado bom'.”

A) conjunção - pronome - artigo - conjunção - pronome;


B) conjunção - conjunção - artigo - pronome - pronome;
11. Passando a frase abaixo para a voz ativa, encontramos a
C) pronome - pronome - artigo - pronome - conjunção;
forma verbal:
D) pronome - conjunção - preposição - conjunção - pronome;
E) conjunção - pronome - preposição - pronome - conjunção.
“Esse rótulo, por mais ridículo que seja, é levado a sério
por grande parte da população norte-americana.”

A) levará;
7. No período “As consequências de um conflito nuclear B) levaria;
global são tão horrendas que até mesmo os líderes das C) leva;
potências nucleares conseguiram resistir à tentação de D) levasse;
abusar de seu poder...”, a palavra grifada introduz uma oração E) levara.
classificada como:

A) subordinada adjetiva restritiva;


B) subordinada adjetiva explicativa;
12. A palavra grifada no trecho “...tentando amedrontar os
C) subordinada substantiva objetiva direta;
soviéticos...” é formada pelo processo de:
D) subordinada adverbial causal;
E) subordinada adverbial consecutiva.
A) derivação prefixal;
B) derivação sufixal;
C) derivação parassintética;
D) composição por justaposição;
E) composição por aglutinação.

03

www.pciconcursos.com.br
13. Assinale a opção que completa corretamente as lacunas 17. A ferrovia Madeira-Mamoré, importante ponto de
da frase abaixo. escoamento da produção da borracha no início do século XX,
encontra-se atualmente quase toda abandonada. A
Ainda hoje, no Japão, ____ cerca de 350 mil pessoas que, construção dessa ferrovia no território de Rondônia deveu-se,
na época, ficaram expostas ___ radiação gerada pela entre outros motivos à:
explosão das bombas. Essas pessoas, ____ que o texto se
refere, sofrem de males causados pela inconsequência dos A) necessidade de povoar a Amazônia;
americanos. B) desordenada demanda populacional;
C) produção de látex no Sudeste Asiático;
A) à - a - à; D) ocupação de asiáticos e europeus;
B) a - à - à; E) ocupação pelos seringueiros do território boliviano.
C) a - à - a;
D) há - a - a;
E) há - à - a.
18. Em sua vasta extensão territorial, o Brasil situa sua
economia entre as metrópoles do Sudeste e áreas quase
despovoadas, que começam agora, a integrarem-se à
14. No período abaixo, dois termos grifados apresentam a economia nacional. Entre estas áreas, podemos citar estados
mesma função sintática. Aponte-os. como Tocantins, Acre e Rondônia entre outros. Esta
integração é feita atualmente por:
"As bombas não só detiveram os soviéticos como
redefiniram o equilíbrio de poder no mundo. Ao menos até os A) vasta área de lazer e cultura;
soviéticos desenvolverem a sua bomba, o que deu início à B) extensa rede de transportes;
Guerra Fria." C) expansão das fronteiras agrícolas;
D) investimento em conservação ambiental;
A) As bombas - o equilíbrio; E) aumento considerável do transporte hidroviário.
B) o equilíbrio - a sua bomba;
C) no mundo - à Guerra Fria;
D) os soviéticos - à Guerra Fria;
E) o equilíbrio - os soviéticos. 19. Embora na Amazônia as temperaturas sejam elevadas o
ano todo, em alguns pontos de seu território como no sul do
Amazonas, no Acre e em Rondônia, ocorrem quedas bruscas
de temperatura conhecidas como fenômeno da friagem. Isto
15. Assinale a opção INCORRETA quanto à concordância ocorre devido:
verbal, de acordo com a norma culta da língua.
A) à evaporação das águas dos rios e dos lagos;
A) Mais de uma cidade foi bombardeada no Japão em 1945. B) ao deslocamento de massa de ar polar vinda do Sul;
B) O ódio e a guerra que declaramos aos outros nos gasta e C) a intensas chuvas chamadas de inverno;
consome a nós mesmos. D) à grande quantidade de rios na região;
C) A ignorância ou errada compreensão da lei não o eximem E) à temperatura quente e úmida vinda da floresta.
de pena.
D) Cada um dos concorrentes devem preencher
corretamente as fichas de inscrição. 20. Em 1966, no governo do marechal Castelo Branco, foi
E) Eram oito horas da manhã quando as bombas definida uma nova região de planejamento para os estados do
explodiram. Norte entre eles Rondônia, além dos estados do Maranhão e
Mato Grosso. Este projeto denominou a região como
“Amazônia Legal” e foi criado pelo órgão chamado:
CONHECIMENTOS REGIONAIS
(HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE RONDÔNIA) A) Suframa;
B) Sudene;
C) Cadevasf;
16. O período compreendido entre 1877 e 1910 ficou D) Sudam;
conhecido no Brasil como “Primeiro Ciclo da Borracha”. E) Sudeco.
Extraía-se a borracha na Amazônia, principalmente entre o
Brasil e a Bolívia, onde está situado o Estado de Rondônia.
Um pouco depois, a produção brasileira entrou em
decadência. Podemos apontar como causa principal do 21. No ano de 1956 a Lei nº 2.731 mudou o nome “Território de
declínio desta produção: Guaporé” para “Território Federal de Rondônia”.
Posteriormente, a Lei Complementar nº 41 elevou Rondônia à
A) o isolamento da Região Norte; condição de Estado. Isto ocorreu durante o governo do
B) a falta de mão-de-obra para a exploração; presidente:
C) a produção de látex feita pelo Reino Unido;
D) a preocupação com a preservação ambiental; A) João Batista de Figueiredo;
E) a proposta de internacionalização da Amazônia. B) Getúlio Vargas;
C) Eurico Gaspar Dutra;
D) Juscelino Kubitschek;
E) João Goulart.

04

www.pciconcursos.com.br
NOÇÕES DE SUS
27. Segundo a Lei nº 8.080/90, a execução dos serviços de
22. Em outubro de 2008, a Secretaria de Estado da Saúde Vigilância Epidemiológica é de competência:
(SESAU) promoveu a Semana do Sorriso Saudável com uma
programação abrangente que reuniu alunos de várias escolas A) do Ministério da Saúde, com colaboração do Ministério do
e comunidades da Capital e interior do Estado, onde foi Meio Ambiente;
divulgada a necessidade de se zelar pela saúde bucal. As B) da Fundação Nacional de Saúde e das Secretarias
atividades da semana contaram ainda com a participação de Estaduais de Saúde;
entidades como o SESC, a Polícia Militar, o Centro de Atenção C) da Direção Municipal e, em caráter complementar, da
Psicossocial (CAPS), diversos hospitais e o Sindicato dos Direção Estadual do SUS;
Dentistas. Esta iniciativa agrega dois princípios das ações do D) das Secretarias Municipais de Saúde e da iniciativa
Sistema Único de Saúde (SUS), a saber: privada;
E) de Fundações e Sociedades Beneficentes.
A) universalidade e hierarquização;
B) equidade e controle social;
C) descentralização e gratuidade;
D) integralidade e intersetorialidade;
E) equidade e regionalização.
28. A Lei nº 8.142/90 estabelece que a Conferência Estadual
de Saúde terá como um dos seus objetivos:
23. À direção municipal do Sistema Único de Saúde,
A) estabelecer critérios e valores para a remuneração de
compete:
serviços de saúde;
B) aprovar parâmetros de cobertura assistencial;
A) a execução de serviços de saúde do trabalhador;
C) propor as diretrizes para a formulação da política de
B) a vigilância sanitária de portos e aeroportos;
saúde estadual;
C) a coordenação da rede de laboratórios de saúde pública e
D) deliberar sobre o cronograma financeiro para os distritos
hemocentros;
sanitários;
D) o financiamento pleno dos recursos para o setor de saúde
E) aprovar o plano plurianual de assistência.
local;
E) a formulação de políticas de alimentação e nutrição.

24. Das estratégias propostas pelo governo federal, aquela 29. Os recursos destinados ao custeio de transplantes são
que tem o financiamento previsto no componente variável do pagos através:
Piso da Atenção Básica (PAB) é:
A) do Piso Assistencial Básico (PAB) variável;
A) agentes comunitários de saúde; B) do Fundo de Ações Estratégicas e Compensação
B) farmácia popular; (FAEC);
C) educação permanente; C) da Autorização de Procedimento de Alto Custo (APAC);
D) vigilância em saúde; D) do Piso Estadual de Vigilância Sanitária (PEVISA);
E) bolsa família. E) da Fração Assistencial Especializada (FAE).

25. O SUS conta, em cada esfera do governo, sem prejuízo 30. Entre as características da organização do Programa de
das funções do Poder Legislativo, com as seguintes Saúde da Família (PSF) encontra-se:
instâncias colegiadas:
A) priorização de ações curativas;
A) Conferência de Saúde e Comissão Gestora de Saúde; B) ampliação da necessidade de leitos hospitalares;
B) Conferência de Saúde e Conselho de Saúde; C) funcionamento baseado na demanda espontânea;
C) Conselho de Saúde e Assembleia Deliberativa de D) ausência de encaminhamento para consultas
Usuários; especializadas;
D) Conferência de Saúde e Assembleia Deliberativa de E) cadastramento de famílias com adscrição de clientela.
Usuários;
E) Conselho de Saúde e Comissão Gestora de Saúde.

26. O Pacto pela Vida é o compromisso entre os gestores do 31. A implantação de um sistema de referência e
Sistema Único de Saúde em torno de prioridades que contrarreferência entre os serviços que compõem a rede do
apresentam impacto sobre a situação de saúde da população SUS local busca viabilizar:
brasileira. Estão entre as prioridades pactuadas, EXCETO:
A) a integração com outros setores da economia;
A) saúde do idoso; B) a conjugação de recursos financeiros e tecnológicos;
B) fortalecimento da atenção básica; C) a preservação da autonomia das pessoas;
C) redução da mortalidade infantil e materna; D) a hierarquização da rede de serviços de saúde;
D) promoção da saúde; E) a participação da comunidade.
E) controle do câncer de colorretal.

05

www.pciconcursos.com.br
NOÇÕES DE INFORMÁTICA CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
32. No Word, você pode realizar rapidamente as tarefas 37. Um teste é constituído de 10 questões de múltipla
executadas com frequência usando teclas de atalho. Qual a escolha, onde apenas uma é correta. Quantas questões
função executada ao se pressionar as teclas “CTRL” e “Y” acerta, em média, um aluno que nada sabe sobre a matéria e
simultaneamente na versão em português do Microsoft Office qual é a variância da distribuição, respectivamente?
Word 2003?
A) 2 e 1,6;
A) Substituir. B) 5 e 2,5;
B) Localizar. C) 1,6 e 2;
C) Selecionar Tudo. D) 2,5 e 5;
D) Ir para. E) 2,5 e 2.
E) Recortar.
38. O Departamento Pessoal da Secretaria de Saúde do
Estado de Rondônia fez um levantamento dos salários de
todos funcionários, obtendo um salário médio de 3,65 salários
33. Considere a seleção de endereços dos destinatários de mínimos (s.m.) e variância igual a 5,13. Suponha que foi
uma mensagem de correio eletrônico sendo criada no Outlook concedido um aumento de 100% para todos os funcionários.
Express. Qual campo deverá ser preenchido para que os Quais serão os valores da média e da variância depois do
nomes e endereços de e-mail sejam invisíveis para todos que aumento, respectivamente?
receberem a mensagem?
A) 3,65 e 5,13;
A) o campo “Cco”. B) 7,3 e 5,13;
B) o campo “Cc”. C) 7,3 e 10,26;
C) o campo “Para”. D) 3,65 e 20,52;
D) o campo “Assunto”. E) 7,3 e 20,52.
E) o corpo do e-mail.

39. Suponha que a demanda por certa peça, numa loja de


autopeças, siga o seguinte modelo:
34. No Excel 2003, a opção de menu Visualizar impressão
a 2k
oferece algumas funcionalidades, com EXCEÇÃO de: P( X = k) = k = 1, 2, 3, 4.
k!
A) alterar margens; Qual é o valor de a?
B) visualizar quebra de página;
C) configurar impressão; A) 2/3;
D) ampliar a visualização; B) 4/3;
E) alterar o conteúdo de uma célula. C) 1/2;
D) 1/8;
E) 1/6.

35. Qual o nome da função que permite ao usuário copiar um


arquivo de um site da Internet para o seu próprio computador?

A) Upload. 40. Um time paulista de futebol tem probabilidade 0,9 de


B) Transfer. vitória sempre que joga. Se o time atuar 4 vezes, determine a
C) Download. probabilidade de que vença no máximo 3 partidas.
D) Copy.
E) Paste. A) 0,292;
B) 0,900;
C) 0,073;
D) 0,344;
E) 0,656.
36. Sobre as funcionalidades de pastas do Windows Explorer
do Windows XP, qual das afirmativas é INCORRETA?

A) A função Propriedades exibe diversas informações da


pasta como, tipo, localização e tamanho. 41. Uma distribuição binomial tem média 12 e variância 8.
B) O Windows Explorer não permite copiar e colar uma Qual é o valor de n?
subpasta na mesma pasta onde se encontra.
C) A função Criar Atalho cria um atalho para a subpasta na A) 96;
mesma pasta onde se encontra. B) 20;
D) A função Abrir tem o mesmo comportamento que o duplo- C) 30;
clique sobre a pasta selecionada. D) 24;
E) A função Excluir exibe uma mensagem solicitando a E) 36.
confirmação do usuário, caso exista arquivos na pasta a
ser excluída.

06

www.pciconcursos.com.br
42. Sejam A e B duas V.A. independentes com P(A)=x, 47. Em problemas de controle de qualidade, lotes com 100
c c
P(B)=y e P(A∩B)=z, calcule P(A B ).
∩ peças, sendo 10 defeituosas, são examinados. Colhemos
uma amostra aleatória simples de 5 peças sem reposição.O
A) x+y-z; número de peças defeituosas na amostra tem distribuição:
B) x+y;
C) 1-z; A) Binomial com n=5 e p=0,1;
D) 1-x-y-z; B) Poisson com parâmetro λ=0,1;
E) 1-x-y+z. C) Hipergeométrica com parâmetros 100, 10 e 5;
D) Binomial negativa com parâmetros 5 e 0,1;
E) Geométrica com parâmetro 0,1.

43. Uma loja de brinquedos emprega 4 mulheres para


fazerem embrulhos durante a época de Natal. Camila
embrulha 20% dos presentes e esquece de tirar os preços em 48. Uma indústria de tintas recebe pedidos de seus
3% dos embrulhos. Júlia embrulha 15% e esquece de tirar o vendedores através de fax, telefone e Internet. O número de
preço em 5% dos casos. Mariana é responsável por 40% dos pedidos que chegam por qualquer meio (no horário comercial)
embrulhos dos quais 4% permanecem com preço e,
finalmente, Sofia embrulha os presentes restantes e esquece é uma variável aleatória discreta com distribuição Poisson
dos preços em 3,5% das vezes. Suponha que tivesse ido a com taxa de 5 pedidos por hora.
- 5
essa loja e verificado em casa que o seu presente tinha preço. Sabendo que e = 0,0067, calcule a probabilidade de haver
Qual é a probabilidade de ter sido Mariana quem cometeu o mais de 2 pedidos por hora (aproxime o resultado final para 4
esquecimento? casas decimais).

A) 0,016; A) 0,1239;
B) 0,160; B) 0,8760;
C) 0,418; C) 0,0837;
D) 0,400; D) 0,9598;
E) 0,040. E) 0,0402.

44. Os quartis das idades dos funcionários de uma repartição 49. Considere a função de probabilidade conjunta:
pública foram calculados e estão apresentados a seguir.
X \ Y 0 1 2
Q1 = 27, Q2 = 33 e Q3 = 39 0 1/18 1/9 1/6
1 1/9 1/18 1/9
Um funcionário com idade de 27 anos está entre os: 2 1/6 1/6 1/18

A) 15% mais jovens; A esperança condicional de x dado que Y é igual a 1 é:


B) 25% mais jovens;
C) 35% mais jovens; A) 1/3;
D) 50% mais jovens; B) 1/2;
E) 75% mais jovens. C) 7/6;
D) 5/6;
E) 1.

45. Sejam X1 e X2 duas variáveis aleatórias com distribuição


Normal. Suponha A= X1 + X2 e B= X1 − X2. A condição
necessária e suficiente para que A e B sejam não
correlacionadas é que:

A) Var (X1 + X2) = Var (X1 - X2);


B) Var (X1) = Var (X2);
C) E(X1 * X2) = 0;
D) Cov (X1, X2) = 0;
E) 2 Var (X1) = Var (X2).

46. Suponha que X seja uma variável aleatória assumindo os


seguintes valores -2, -1, 0, 1 e 2, todos com igual
probabilidade. Sabendo que Y = X/2, qual é o valor da função
de distribuição acumulada de Y quando y=0,5?

A) 0,25;
B) 0,6;
C) 0;
D) 0,8;
E) 0,4.

07

www.pciconcursos.com.br
50. Sejam X e Y duas variáveis aleatórias independentes com 52. A partir de uma tabela de análise da variância, podemos
distribuição de Poisson de parâmetros λ1 e λ2 obter uma estatística que representa a proporção de variação
respectivamente. Sejam Z=X+Y e k ≥ 0. A probabilidade de Z explicada pelo modelo. Como se chama esta estatística?
assumir o valor k será: Ou será < ou igual a k?
A) Soma de quadrados dos erros;
B) Fonte de variação;
(l )
A) e- +1 l 2 C) Coeficiente de explicação;
D) Soma de quadrados dos resíduos;
k! E) Graus de liberdade.

e- l 1- l 2 k
æ kö n
B)
k!
å n=
çç ÷÷ l 1 l
0 è nø
k- n
2
53. Uma amostra de 200 indivíduos foi selecionada de um
estudo de sobrevida de pacientes após período em unidade
de terapia intensiva. O principal objetivo do estudo é avaliar a
probabilidade de um indivíduo morrer após a UTI. A saída de
æ kö n computador abaixo mostra um resultado do modelo linear
e- (l 1 + l 2)
çç ÷÷ l 1 l k- n
2 generalizado para este estudo, usando apenas uma
è nø
k
C)
å n= 0 k!
covariável age, que representa a idade em anos do paciente.
Podemos interpretar o efeito da covariável age na variável
resposta como:

Call
e- (l 1 + l 2) k
æ kö glm(formula = sta ~ age, family = binomial , data = uti)
å çç ÷÷ ( l 1 + l )2 k- n
D)
k! 0 è nø
Deviance Residuals:
n= Min 1Q Median Q3 Max
-0,9536 -0,7391 -0,6145 -0,3905 2,2854

Coefficients:
- (l 1+ l )
E) e
2 k

å
Estimate Std. Error Z value P(>|z|)
k- n
l ln
1 2 -3,05851 0,69608 -4,394 1,11E-05 ***
k! n= 0 (Intercept) 0,02754 0,01056 2,607 0,00913 **

Signif. Codes: 0 '***' 0,001 '**' 0,01 '*' 0,05 '.' 0,1 '_' 1

A) a chance de morrer é acrescida de exp(0,02754) para


cada ano de acréscimo na idade;
51. Considere a seguinte tabela de Análise da Variância. B) a chance de morrer é diminuida de exp(0,02754) para
cada ano de acréscimo na idade;
ANOVA C) a chance de morrer é acrescida de 0,02754 para cada ano
de acréscimo na idade;
F.V. g.l. SQ QM F D) a chance de morrer é diminuída em -3,05851 para cada
Entre 1 135,20 135,20 1,97 ano de acréscimo na idade;
Dentro 18 1.237,80 68,77 E) a chance de morrer é diminuída em exp(-3,05851) para
Total 19 1.373,00 72,26 cada ano de acréscimo na idade.
Qual é o desvio padrão do modelo completo?

A) S = 72,26
54. A tabela abaixo apresenta uma distribuição hipotética de
frequência do número de anos trabalhados, em uma amostra
B) S = 68,77 de 100 aposentados.
Classe Frequência
0 |- 10 10
C) S = 72,26 = 8,5 10 |- 20 20
20 |- 30 30
30 |- 40 40
D) S = 68,77 = 8,29
Assinale a única alternativa correta:

E) S = 1,97 A) a média aritmética da distribuição é 20;


B) a distribuição tem moda menor que a média;
C) a mediana da distribuição vale aproximadamente 26,7;
D) o primeiro quartil é aproximadamente 18,5;
E) a distribuição é simétrica.

08

www.pciconcursos.com.br
55. Suponha duas variáveis aleatórias quaisquer, tais que 58. Um provedor de acesso à internet está monitorando a
Var(X) = 1, Var(Y) = 2 e ρ(X,Y) = 1/2, então Var(X-2Y) é igual duração do tempo das conexões de seus clientes, com o
aproximadamente a:
objetivo de dimensionar seus equipamentos. São
A) 11,83; desconhecidas a média e a distribuição de probabilidade
B) 6,17; desse tempo, mas o desvio padrão, por analogia a outros
C) 9;
serviços, é considerado igual a 50 minutos. Uma amostra de
D) 7,59;
E) 10,41. 500 conexões resultou num valor médio observado de 25
minutos. O intervalo de confiança [24,45 ; 25,55], para o
tempo médio das conexões, tem nível de confiança de:

56. A tabela a seguir apresenta, parcialmente, os resultados A) 92,0%;


de um determinado teste de análise de variância. B) 92,4%;
C) 96,0%;
Anova
Fonte de variação SQ GL QM F Valor-P F crítico
D) 96,2%;
Entre grupos 10.897,09 11 990,65 183,7 0,0000 1,8967 E) 97,7%.
Dentro dos grupos 485,35 x 5,393
Total 11.382,44 y

59. Uma clínica de emagrecimento recebe 500 pacientes


O valor de y é:
adultos com peso seguindo uma distribuição Normal de média
A) 102; 130Kg e desvio padrão 20Kg. Para efeito de determinar o
B) 90; tratamento mais adequado, os 25% pacientes de menor peso
C) 101; são classificados como “magros”, enquanto os 25% de maior
D) 91; peso de “obesos”. Determine, respectivamente, os valores
E) 95.
que delimitam cada uma dessas classificações.

A) 127 e 133;
B) 125 e 135;
Usar a tabela abaixo para responder às questões 57, 58 e 59, C) 125 e 143,4;
que dá os valores das funções de distribuição da variável D) 116,6 e 143,4;
normal reduzida. E) 125 e 133.

Tabela Normal: Valores de p tais que P(0 ≤ Z ≤ zc) = p


Segunda decimal de z
0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 60. Num processo de amostragem estratificada, uma
0,6 0,2257 0,2291 0,2324 0,2357 0,2389 0,2422 0,2454 0,2486 0,2517 0,2549
população de tamanho 10.000 foi dividida em quatro estratos
primeira decimal
Parte inteira e

1,7 0,4554 0,4564 0,4573 0,4582 0,4591 0,4599 0,4608 0,4616 0,4625 0,4633
de tamanho 4.000, 2.000, 3.000 e 1.000. Nos estratos foram
de z

1,9 0,4713 0,4719 0,4726 0,4732 0,4738 0,4744 0,4750 0,4756 0,4761 0,4767
observadas amostras de tamanhos 40, 22, 36 e 10,
2,0 0,4772 0,4778 0,4783 0,4788 0,4793 0,4798 0,4803 0,4808 0,4812 0,4817
respectivamente, que fornecem médias amostrais iguais a 25,
2,5 0,4938 0,4940 0,4941 0,4943 0,4945 0,4946 0,4948 0,4949 0,4951 0,4952
20, 24 e 22, respectivamente. Se as médias amostrais nos
estratos são estimativas não tendenciosas das médias
populacionais dos estratos, então a estimativa não
tendenciosa da média populacional global, a ser usada na
57. Suponha que o tempo médio de permanência em um amostragem estratificada, é igual a:
hospital para doenças crônicas sejam 50 dias, com um desvio
A) 23,4;
padrão igual a 10 dias. Se for razoável pressupor que o tempo B) 23,1;
de permanência tem distribuição aproximadamente normal, C) 24,4;
qual é a probabilidade de um paciente permanecer no hospital D) 23,8;
mais de 30 dias? E) 24,1.

A) 97,72%;
B) 2,28%;
C) 47,72%;
D) 52,28%;
E) 23,24%.

09

www.pciconcursos.com.br