Vous êtes sur la page 1sur 1
28 20 23 GRUPOII ParteA L€0 texto. Em caso de necessidade, consulta 0 vocabulario apresentado. AComposicao do Ar £ de crer que logo no inicio da sua presenca na Terra os primeiros homens tivessem percebido que viviam mergulhados num meio (0 ar) que Ihes era indispensdvel 4 vida. Na sua mente ainda confusa, mas ja desperta, reconheceriam o prazer de assomar ao buraco da caverna que lhes servia de habitacdo protetora, e de aspirar profundamente o ar circun- dante. Qualquer coisa Ihes penetrava pela boca e pelas narinas, coisa agradavel, reconfortante, e que, segundo Ihes deveria parecer, tomnava a sair pelas mesmas entradas, esvaziando-lhes a taxa tordxica. Reconheceriam também que os mortos j4 nao praticavam essa funcdo (nao respiravam) e que certamente ela estava associada a toda a ativi- dade do homem, pois bastatia tapar-lhe a boca e apertarhe as narinas demoradamente para que a morte se apoderasse dele. Nao admira que durante milénios o ar, que ninguém vé, fosse imagina- do como um ser sobrenatural que penetrava no corpo dos homens e Ihes concedia a vida. Um deus, portanto. Assim foi considerado 0 ar como um deus muito temido, umas vezes protetor, quando se deixava aspirar em haustos' reconfortantes, outras vezes terrivel, quando brarnia?, soprava, assobiava, fazia estremecer as robustas drvores e as arrancava do solo, tombando-as. Um deus que merecia toda a veneracao e respeito. Depois, & medida que os milhares de anos se forem sucedendo, quan- do os homens comecaram a olhar para a Natureza dirigindo-lhes pergun tas de resposta diffcil — quem fez 0 Universo?, como é que tudo foi construido? Que materiais teriam sido utilizados na sua formacao? — 0 ar Passou a ter um papel importante na interpretacdo de muitos factos observados. Assim, ha 25 séculos, pensavam os filésofos que o Universo fora todo construldo a partir de quatro «materiais», dos quais um deles era exatamente 0 ar. Os outros trés eram a Agua, a terra e 0 fogo. Nao pen- savam bem esses homens, como depois se tornou evidente, mas vive- ram-se largas centenas de anos com essa errada conviccdo. Rémula de Canalo, 4 Camposigao do Ar, Coes Cademes de Inacio Gantfica 10, S4 da Costa VOCABULARIO ‘haustos-trago,gole exemple: golede égual. *bramia=ressoava