Vous êtes sur la page 1sur 3

Ministério da Educação

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ


Campus Curitiba

PLANO DE ENSINO
CURSO Licenciatura em Física MATRIZ 596

FUNDAMENTAÇÃO LEGAL (Resolução nº 77/08 - COEPP) - SA

DISCIPLINA/UNIDADE CURRICULAR CÓDIGO PERÍODO CARGA HORÁRIA (horas)


Teórica Prática Total
INTRODUÇÃO À LINGUAGEM C FI6AA 4
0 30 30

PRÉ-REQUISITO Sem pré-requisito


EQUIVALÊNCIA FI7AA

OBJETIVOS
• Ampliar o universo da linguagem, incluindo neste processo a linguagem de programação.
• Desenvolver material didático para o professor educador e pesquisador e de apoio ao professor educador,
gestor e pesquisador.

EMENTA
Uma visão da Linguagem C. Palavras Reservadas (ANSI C). Tipos de dados e modificadores de
tipo de dados. Operadores. Variáveis. Uso de função. Estruturas de controle de fluxo. Vetores e
matrizes. Ponteiros. Strings. Manipulação de arquivo. Tipos de dados definidos pelo usuário. Uso
avançado de funções. Alocação dinâmica de memória.
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
ITEM EMENTA CONTEÚDO
- Introdução. - Uma breve história. Nível de Linguagem. Algumas aplicações.
- Uma visão da linguagem C. - Linguagens estruturadas e não estruturadas. Geração de um
1
executável. Estrutura de um programa em C.
- Palavras reservadas (ANSI C). - ANSI original. Implementações mais comuns.
- Tipos de Dados e Modificadores de Tipos de
2 - Tipos inteiros. Tipos flutuantes.
Dados.
- Operadores aritméticos de atribuição, aritméticos e unários.
- Operadores de incremento e decremento.
3 - Operadores. - Operadores de relação e lógicos.
- Operadores de cast, type casting ou modeladores.
- Operadores lógicos bit a bit.
- Variáveis locais.
- Variáveis estáticas.
4 - Variáveis.
- Variáveis globais.
- Parâmetros formais.
- Funções básicas da biblioteca C. Entrada e saída formatada: printf()
e scanf().
5 - Uso de Funções em C.
- Funções definidas pelo usuário. Protótipo de funções. Função sem
retorno de valores. Funções com retorno de valores.
- if else. if else aninhado.
- Operações ternárias: ? : .
6 - Estruturas de Controle de Fluxo. - switch case e break.
- Controle de laço ou de loop. Laço for. Laço while. Laço do while.
break e continue.

Revisado por: Data: XXX/2008


Aprovado por: Coordenação de Curso Vigora a partir de: Semestre ou ano
FORMULÁRIO UNIFICADO / GERÊNCIA DE ENSINO VERSÃO WEB – NÃO VALE COMO DOCUMENTO
- Vetores ou matrizes unidimensionais.
7 - Vetores e Matrizes. - Matriz ou matrizes bidimensionais.
- Matrizes multidimensionais.
- Declarando ponteiros.
- Manipulando ponteiros.
8 - Ponteiros.
- Ponteiro para ponteiro.
- Ponteiro para matrizes. Manipulando matrizes através de ponteiros.
- Lendo e escrevendo strings: gets() e puts().
- Copiando e adicionando strings: strcpy() e strcat().
9 - Strings.
- Comprimento de strings: strlen().
- Comparando strings: strcmp().
- Abrindo e fechando arquivos: fopen() e fclose().
- Lendo e escrevendo arquivos: getc(), putc(), fgets(), fputs(), fread() e
fwrite().
10 - Manipulação de Arquivos.
- Lendo e escrevendo com formatação: fscanf() e fprintf()
- Outras funções de arquivo: feof(), ferror(), rewind(), fseek() e
remove().
- Estrutura: struct.
- União: union.
11 - Tipos de Dados Definidos Pelo Usuário.
- Enumeração: enum.
- Definição de tipo: typedef.
- Chamada por valor.
- Chamada por referência.
- Funções com matrizes.
12 - Uso Avançado de Funções.
- Funções com estruturas.
- Alguns argumentos da linha de comando: argv[] e argc.
- Recursividade.
- Alocação de memória: malloc() e calloc().
13 - Alocação Dinâmica de Memória. - Liberação de memória: free().
- Realocação de memória: realloc().

PROFESSOR TURMA
Cristóvão Renato Morais Rincoski S81

ANO/SEMESTRE CARGA HORÁRIA ()


AT AP APS AD Total
2010/2o
0 34 2 0 36
AT: Atividades Teóricas, AP: Atividades Práticas, APS: Atividades Práticas Supervisionadas, AD: Atividades a Distância.

DIAS DAS AULAS PRESENCIAIS


Dia da semana Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado
Número de aulas no semestre 0 0 0 0 36 0

PROGRAMAÇÃO E CONTEÚDOS DAS AULAS (PREVISÃO)


Dia/Mês ou Número de
Conteúdo das Aulas
Semana Aulas
1a Semana Item 1 e 2 do conteúdo programático 2
2a Semana Item 3 (primeira metade) do conteúdo programático. 2
3a Semana Item 3 (segunda metade) do conteúdo programático. 2
4a Semana Item 4 (primeira metade) do conteúdo programático. 2
5a Semana Item 4 (segunda metade) do conteúdo programático. 2
6a Semana Item 5 do conteúdo programático. 2
7a Semana Item 6 do conteúdo programático. 2
8a Semana Item 7 do conteúdo programático. 2
9a Semana Primeira prova parcial 2
10a Semana Item 8 do conteúdo programático. 2
11a Semana Item 9 do conteúdo programático. 2
12a Semana Item 10 (primeira metade) do conteúdo programático. 2
13a Semana Item 10 (segunda metade) do conteúdo programático. 2
14a Semana Item 11 do conteúdo programático. 2
15a Semana Item 12 (primeira metade) do conteúdo programático. 2
16a Semana Item 12 (segunda metade) do conteúdo programático. 2
17a Semana Item 13 do conteúdo programático. 2
18a Semana Segunda prova parcial. 2
Revisado por: Data: XXX/2008
Aprovado por: Coordenação de Curso Vigora a partir de: Semestre ou ano
FORMULÁRIO UNIFICADO / GERÊNCIA DE ENSINO VERSÃO WEB – NÃO VALE COMO DOCUMENTO
PROGRAMAÇÃO E CONTEÚDOS DAS AULAS (PREVISÃO)
Dia/Mês ou Número de
Conteúdo das Aulas
Semana Aulas

PROCEDIMENTOS DE ENSINO
AULAS TEÓRICAS

AULAS PRÁTICAS
AULAS MINISTRADAS EM LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA.

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS


1. Propor um problema de movimento parabólico.
2. Usar o recurso da linguagem C para calcular o alcance máximo para o movimento parabólico proposto.
ATIVIDADES A DISTÂNCIA

PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO
Provas presenciais constituídas de duas partes.
Primeira parte: Questões de avaliação geral (teórica).
Segunda parte: Questões de avaliação local (prática).

REFERÊNCIAS
Referencias Básicas:
1. RINCOSKI, Cristóvão R. M; Material de Apoio de Informática Básica; Curitiba, 2008.
2. SCHILDT, Herbert; C Completo e Total; Makron Books do Brasil Editora Ltda; São Paulo, 1997.
3. MIZRAHI, Victorine V.; Treinamento em Linguagem C; Módulo 1 e 2; McGraw-Hill; São Paulo; 1990–1993.
Referências Complementares:
1. KERNIGHAN, Brian W.; Ritchie, Dennis M.; C, a linguagem de programação: padrão ANSI; Elsevier; Rio de Janeiro, 1989.
2. SUCHEUSKI, Maurício; Linguagem C; Lisias; Curitiba; 1998.
3. PUGH, Kenneth; Programando em linguagem C; McGraw-Hill; São Paulo; 1990.
4. SCHILDT, Herbert; C avançado: guia do usuário; McGraw-Hill; São Paulo; 1989
5. SOBELMAN, Gerald E; Krekelberg, David E; C avançado: técnicas e aplicações; Rio de Janeiro; 1989.
ORIENTAÇÕES GERAIS

Assinatura do Professor Assinatura do Coordenador do Curso

Revisado por: Data: XXX/2008


Aprovado por: Coordenação de Curso Vigora a partir de: Semestre ou ano
FORMULÁRIO UNIFICADO / GERÊNCIA DE ENSINO VERSÃO WEB – NÃO VALE COMO DOCUMENTO