Vous êtes sur la page 1sur 1

SEMELHANTE ATRAI SEMELHANTE

Só para lembrar que: incorporam espíritos densos ou com baixa vibração, apenas
quem tenha afinidade com isso, chega dessa ideia de dizer que manifestou um espírito
denso, porque ficou "carregado" com o trabalho mediúnico, Porque o culto estava
pesado, denso etc., pois nenhum trabalho nos induz ao mesmo padrão vibratório de
um trevoso qualquer e sim quando não estamos em sintonia com o trabalho que está
sendo feito por nossas entidades.
É importante lembrar que o médium deve ter sempre em mente que há uma lei básica
ao lidar com entidades do plano espiritual. "Semelhantes se atraem, diferentes se
repelem".
Portanto, é imprescindível que o médium fique sempre atento à sua sintonia
vibratória. Qualquer um que esteja determinado a trabalhar como médium precisa ter
sua aura a mais equilibrada possível. Se assim não for, poderá atrair apenas baixas
energias, além transmiti-las á quem estiver recebendo passes, por exemplo.

De acordo com seu grau de evolução, as entidades têm seus corpos astrais vibrando
em frequências diferentes. Os médiuns, por sua vez, possuem cada qual um padrão
vibratório que atua em determinada frequência. “Para que a entidade incorpore é
preciso que o médium “AUMENTE” seu padrão vibratório se tiver um padrão muito
baixo, ou “DIMINUA”, no caso de ter um padrão muito alto.
" Em mediunidade, a sintonia é tudo, pois atraímos os Espíritos que se afinizam
conosco e também por eles somos atraídos".
Por isso a importância de sempre mantermos nossos pensamentos enriquecidos por
dons morais e culturais, pois estes são os únicos a nos possibilitar que a luz que vem
das esferas mais altas de sabedoria e de amor possa se fixar em nós. O médium que
deseja ser um bom instrumento para manifestação de suas entidades deve procurar
manter sempre limpo seu ambiente psíquico, buscando a paz interior, trazendo assim
a pureza e a força necessárias para defender-se do ataque das entidades de "baixa
vibração".