Vous êtes sur la page 1sur 17

www.kairalooro.com | www.balouosalo.com Kaira Looro Architecture Competition to support Balouo Salo .......

1
Kaira Looro
Concurso de Arquitetura
Arquitetura Sagrada

Introdução 1

Design 2

Tema 2

Programa 2

Localição 3

Organição 5

Finalidade 5

Calendario e prazos 5

Inscrição 5

Prêmios 6

Trabalhos 6

Avaliação dos trabalhos 7



FAQ 7

Regras 7

Causas de exclusção 8

Notas e condições 8

Júri 10

Projeto apoio 12

Sponsor 13

www.kairalooro.com | www.balouosalo.com Kaira Looro Architecture Competition to support Balouo Salo


INTRODUÇÃO
Introspecção, espiritualidade e divindade.
São esses os elementos que pertencem
á arquitetura. A luz e a leveza são instru-
mentos que ligam o divino ao terreno,
criando uma arquitectura da paisagem
onde a busca da interioridade é feita atra-
vés do espaço e forma.

www.kairalooro.com | www.balouosalo.com Kaira Looro Architecture Competition to support Balouo Salo ....... 1
DESIGN seguintes condições:
TEMA - A area de superfície máxima da arquite-
tura é de 350 mq e a elevação máxima de
Kaira Looro são duas palavras da língua 30 metros. Tem que ter em consideração
mandinga, maior etnia na área de inter- que as arquiteturas locais não superam
venção, caracterizada por uma altíssima os 6 metros, sejam elas quais forem.
fé e constante pratica na busca de Deus; o - Coerentemente com a vocação de in-
significado das palavras são “Arquitectu- tervenção econômica e sustentável não
ra da paz”. As saudações de boas-vindas precisa renunciar a tecnologias high-te-
ou de despedida, não são cumprimen- ch ou a soluções inovativas que tenham
tos simples do “bom dia” ou “boa noite”, significado e que sejam justificadas.
mas são verdadeiras bênçãos e desejos - Terão que ser consideradas as tempi-
para a paz da outra pessoa. É costume sticas e as problemáticas ligadas com a
falar “ Alma kaira siyaa laa”, que significa realização, para contextualizar em uma
“Que Deus lhe dê paz”. Kaira Looro não é área onde não há operários especializa-
simplesmente “fazer” arquitectura, mas é dos, sendo um país em evolução e a área
também a conexão a uma cultura, a uma carente. Portanto serão favorecidos os
espiritualidade e interioridade para ma- projetos que mostram atenção sobre o
terializar em uma arquitetura. tempo e detalhe da construção, mesmo
O desafio é celebrar a filosofia da religião sendo aproximativo.
em um lugar afastado no planeta, onde - Prefere-se o uso de matérias naturais e/
a carência de matérias e tecnologias fun- ou encontrados em áreas próximas e o
cionastes direciona a arquitetura a uma uso de materiais residuais.
solução sustentável e de integração com - é aconselhado otimizar o uso do recur-
a paisagem e cultura. so idrico para as atividades ligadas ao uti-
lizo do edifício ou a disposição da comu-
nidade.
DESIGN - é recomendado prever um espaço ver-
PROGRAMA sátil para que possa hospedar diversas ti-
pologia de culto (cristãos, muçulmanos,
Realizar uma arquitetura para o culto não ortodoxos, animista) mas também para
significa simplesmente oferecer uma eventuais emergências ambientais ou
nova identidade ao território, mas doar sanitárias (ex. emergência ebola).
corpo á uma cultura, fazendo-se intérp-
retes da sua espiritualidade come delica- Toda a documentação necessária para
deza e elegância. o desenvolvimento do projeto, como
O concurso terá que saber materializar imagens da área, referências, vídeo, de-
e contar o tema através de um desenho senhos CAD etc serão disponíveis no site
surpreendente mas ao mesmo tempo antes e depois da inscrição. Os partici-
integrado, fazendo uma arquitetura de- pantes poderão baixar liberamente todo
stinada a ser símbolo para o inteiro país, o material e serão livre de utilizá-lo unica-
capaz de incidir com humildade sobre a mente para esse concurso.
paisagem marcando o confim que sepa-
ra o terreno com o divino e seguindo as

www.kairalooro.com | www.balouosalo.com Kaira Looro Architecture Competition to support Balouo Salo ....... 2
LOCALIZAÇÃO bre uma vale que leva o nome de Tanaf
Bolog, caracterizada por uma inclinação
A partir do 1980 ao 2005, a região do dos bancos eo leito do rio praticamente
Casamance, no estremo sul do Senegal, nulo.
foi atingida por uma guerra que cau- Antes da seca a vale era rica de arrozais
sou 20.000 deslocados e 5.000 mortes. e outras cultivações. Essas foram de-
Desde 1965, a mesma região, sofreu os struídas pela seca e também por causa
efeitos da devastante seca do Sahel que da intrusão salina: as mareias do Oceano
levou á um aumento das temperaturas Atlântico invadem o rio Casamance e a
e a redução das chuvas, que aparecem vale, levando as águas, originariamente
somente nos meses de junho, julho, doces, á ser cinco vezes mais salgadas
agosto e setembro. A inteira região leva do mar e contaminando todas as águas
o nome do omonimo rio Casamance, o subterrâneas. Nessa vale vivem 80.000
qual corta os territórios administrativos pessoas em 350 povoados e comunida-
de Ziguinchor, Kolda e Sedhiou. A área des.
de intervenção situa-se no povoado de Em frente a Tanaf, do outro lado da vale,
Tanaf, na religião de Sedhiou, ao longo ergue-se o povoado de Baghere onde
do confim com a Guinea-Bissau e con- nasceram alguns dos Griot mais conhe-
stitui um ponto de fronteira importante cidos da região, e onde é comemorada
para toda a região. Tanaf se expõe so- uma importante festa religiosa que atrai
senegaleses de todo o território nacio-
www.kairalooro.com | www.balouosalo.com Kaira Looro Architecture Competition to support Balouo Salo ....... 3
nal. O Griot é uma imagem social em- O subsolo da área é caracterizado por
blemática da etnia mandinga (maior et- uma pedra avermelhada laterica rica de
nia da área). Ele é o único que mantém o ferro, e uma alternância de camadas de
conhecimento e o tramanda as gerações areia e argila. Há também várias pedrei-
futuras, contando-o também com o au- ras de laterite e a foresta de Balmadou,
xílio de um instrumento musical chama- rica de espécies de árvores quais Baobab,
do Kora: uma arpa africana. Palmeiras e Mangueiras em prevalencia.
Na bacia hidráulica do vale, Tanaf é o po- O lugar de construção, indicado no ma-
voado de maior importância, seja pelo terial de projeto, é o lugar destinado para
número de população (cerca 4.000) e a construção de uma mesquita, portanto
também por disponibilidades primárias é aconselhado utilizar esse lote.
(mercados, escolas e hospitais). No vila- Todavia, se giustificado, são aceitas ou-
rejo há uma pequena igreja cristã é uma tras localizações, com a condição que
mesquita em má-condicoes. sejam mantidos os mesmos requisitos.

www.kairalooro.com | www.balouosalo.com Kaira Looro Architecture Competition to support Balouo Salo ....... 4
ORGANIZAÇÃO Avaliação da júri : 1-7/05/2017
FINALIDADE Publicação dos resultados 14/05/2017

O objetivo do concurso é doar vida a Notas:


uma arquitetura sagrada e simbólica A diferencia entre inscrição “early”, “nor-
para toda a região e dedicada a melhorar mal” ou “late” não leva a alguma dife-
as condições precárias da área de inter- rencia sobre o prazo de entrega dos
venção. trabalho, que continua de mesma data
O projeto vencedor será entregue para para todos.
organização internacional sem fins lucra-
tivos (OINP) Balouo Salo, que o doará para
a comunidade de Tanaf, onde poderá ORGANIZAÇÃO
ser construído em autonomia ou com a INSCRIÇÃO
ajuda das comunidades religiosas, insti-
tuições ou ONG. A mesma organização A taxa de inscrição varia de acordo com
Balouo Salo não exclui a possibilidade de o periodo de cadastrmanto da equipe, e
adotar o projeto vencedor como futuro está dividida da seguinte forma:
projeto de beneficência com a possibili-
dade de participação dos vencedores na Early registration - 60€/team
fase de construção. Normal registration - 90€/team
Também, essa iniciativa é organizada Late registration - 120€/team
para contribuir economicamente aos
projetos umanitario da ONG Balouo Salo, Como se cadastrar:
pois as cotas de participação ao concur- • acessar ao site: www.kairalooro.com/
so serão inteiramente doadas ao projeto competition.html ;
“Um ponte para a vida” (www.balouosa- • accessar a área de inscrições;
lo.com). • preencher com as informações neces-
sárias sobre o team e pagar a taxa de in-
scrição através cartão de crédito ;
ORGANIZAÇÃO • ao concluir da inscrição o primeiro
CALENDÁRIO E PRAZOS membro da equipe receberá um e-mail
de confirmação que contém o código
Inscrições de equipe para ser usado para a partici-
Early inscrições pação no concurso e um link onde você
Abertura : 20/01/2017 pode enviar o trabalho final no tempo de
Encerramento: 13/02/2017 (h 23.59 GMT) prazo.

Normal inscrições N.B.


Abertura : 14/02/2017 Controllar em “spam” caso não tenham
Encerramento: 10/03/2017 (h 23.59 GMT) recebido o e-mail.
Recomenda-se a realizar os procedimen-
Late inscrições tos com antecedência dos prazos.
Abertura 11/03/2017
Encerramento: 2/04/2017 (h 23.59 GMT)

Prazo de entrega dos trabalhos :


23/04/2017
ORGANIZAÇÃO
www.kairalooro.com | www.balouosalo.com Kaira Looro Architecture Competition to support Balouo Salo ....... 5
PRÊMIOS ORGANIZAÇÃO
TRABALHOS
1°PRÊMIO
2.500€ para cobrir as despesas Os participantes terão que presentar os
Estágio no estúdio Kengo Kuma Associa- seguintes matérias:
tes de Tokyo • n.1 prancha em tamanho A1 (841x594
Placa de reconhecimento mm) em PDF, 300 dpi, máximo 10 MB,
Possibilidade de realização do projeto em língua inglesa, orientado em hori-
Publicação em sites e plataformas de ar- zontal. A prancha deve ilustrar:
quitetura a. A ideia do projeto ;
Exposição em eventos de arquitetura b. desenhos gráficos (plantas, Correa e
elevações), em escala e tipo suficiente
2°PRÊMIO para descrever o projeto;
1.000€ para cobrir as despesas c. Vistas 3D (render, croquis ou foto ma-
Placa de reconhecimento quete) ;
Publicação em sites e plataformas de ar- Nome arquivo: A1_<TeamID>.pdf (ex. se
quitetura o número da equipe é 123, o documen-
Exposição em eventos de arquitetura to deve ser nomeado: A1_123.pdf).

3°PREMIO • n.1 relatório em A4, máximo 2.000 BAT-


500€ para cobrir as despesas TUTE em inglês, em arquivo pdf
Placa de reconhecimento Nome arquivo: A4_<TeamID>.pdf (ex. se
Publicação em sites e plataformas de ar- o número da equipe é 123, o documen-
quitetura to deve ser nomeado: A4_123.pdf). Não
Exposição em eventos de arquitetura é permitido por imagens no relatório.

5 MENÇÃO HONROSA • n. 1 COVER em arquivo .jpg ou pdf, ou


Certificado digital seja uma imagem representativa do
Publicação em sites e plataformas de ar- projeto que será L’ICONA nas exposições
quitectura e publicações. O tamanho tem que ser
Exposição em eventos de arquitectura 1920x1080 pixel e 10 MB no máximo.
Nome arquivo: Cover_<TeamID>.jpg
10 FINALISTAS (ex. se o número da equipe é 123, o do-
Certificado digital cumento deve ser nomeado: Cover_123.
Publicação em sites e plataformas de ar- jpg).
quitectura
Exposição em eventos de arquitectura Os textos terão que ser sintéticos e em
língua inglês. Os trabalhos não poderão
Todos os projetos premiados serão en- ter nomes ou indicações sobre os proje-
viados aos sites e plataformas de arqui- tistas do team. Os trabalhos conter que
tetura, serão expostos em eventos de ter todos o “ TeamID”, ou seja o código de
arquitetura e podem ser publicados em identificação da equipe. Tal código deve
revistas nacionais e internacionais de ar- necessariamente aparecer também no
quitetura. nome de cada arquivo. O inserimento de
N. B. O modo de entrega dos prémios nomes ou referências ás pessoa do time
são definidos nas notas. levará a exclusão do concurso.

www.kairalooro.com | www.balouosalo.com Kaira Looro Architecture Competition to support Balouo Salo ....... 6
ORGANIZAÇÃO ORGANIZAÇÃO
AVALIAÇÃO DOS TRABALHOS REGRAS
Cada membro do júri irá avaliar cada 1. Os participantes devem respeitar os
projeto, atribuindo uma pontuação total prazos e modalidade mostrados em este
de cada projeto, de 1 a 30, e uma possível documento, seguindo também todas as
menção útil para estabelecer um ranking instruções sobre o material requerido.
em caso de empate. 2. Os participantes podes ser estudantes,
A pontuação de 1 a 30 é atribuído de formados e também profissionais; não é
acordo com os seguintes parâmetros, necessário ter uma formação de arquite-
cada parâmetro pode ter uma pon- tura ou ser cadastrado em algum registro
tuação máxima de 10 pontos: profissional.
3. Os participantes podem se cadastrar
- sustentabilidade e processo construti- como grupo ou singolarmente.
vo 4. Em caso sejam um grupo, a equipe
- qualidade arquitetônica pode ser de 5 pessoas no máximo, com
- flexibilidade e contextualização pelo menos uma pessoa de idade entre
18 e 35 anos. Para os projetos finalistas
A atribuição da menção ocorrerá para será necessária uma documentação para
aqueles projetos que não estão entre os validar os requisitos, pena a exclusão do
vencedores, que fazem parte dos finali- prêmio.
stas e receberão um número de menções 5. Não há limitações para os participan-
em pelo menos 80% do júri. tes em termos de nacionalidade, local de
No final da avaliação dos projectos pelo estadia ou universidade.
júri será elaborado um ranking que vai 6. Para cada cota de inscrição é permiti-
decidir os vencedores e finalistas. Se o do presentar somente um projeto.
ponto do projeto serà igual, irá preva- 7. É possível presentar mais de um proje-
lecer com mais menções e em caso de to pagando novamente a cota de in-
empate ainda, o projeto vencedor será scrição, porém é aconselhado mudar o
decretada pelo presidente do júri. nome do responsável do projeto.
8. O montante de cada prémio em
dinheiro inclui as taxas bancárias e impo-
ORGANIZAÇÃO stos e não varia dependendo do núm-
FAQ ero de membros de um grupo. Ele será
entregue ao representante da equipe
Durante todo o tempo da competição, e deve ser entendido como cobertu-
até a entrega dos projetos, definida no ra para as despesas de participação na
calendário, os participantes vão poder competição.
pedir esclarecimentos por escrito para: 9. O prêmio correspondente ao estágio
info@kairalooro.com . será destinado somente a três partici-
A organização vai continuar a atender os pante da mesma equipe, regulamente
candidatos e dar publicação semanal das cadastrados no momento da inscrição.
respostas na seção “FAQ” no website do A duração o período de estágio será
concurso. As respostas serão publicadas concordado com a disponibilidade do
em Inglês. Questões semelhantes aos já estúdio, deve ocorrer no prazo de um
presentes no FAQ não serão respondi- ano a partir do encerramento do con-
das. curso e deverá concordar com as datas
decididas pelo escritório do qual serão
www.kairalooro.com | www.balouosalo.com Kaira Looro Architecture Competition to support Balouo Salo ....... 7
fornecidos contatos. As despesas de material ligado ao projeto antes da pu-
viagem são pagos pelo vencedor, mas blicação dos resultados.
o escritório contribuirá para o custo de
vida em Tóquio. Não é possível transferir
o prêmio a uma pessoa que está fora da ORGANIZAÇÃO
equipe do projeto. NOTAS E CONDIÇÕES
10. A avaliação da júri não é contestável.
11. É proibido publicar ou propagar os a. O projeto vencedor é doado para a
matérias dos trabalhos do concurso an- organização, que adquire assim uma
tes que sejam declarados os vencedores. licença perpétua e exclusiva, que é in-
12. Os participantes são concientes da ternacional, de validade permanente, ili-
finalidade umanitaria desta iniciativa é mitada e irrevogável para usar, executar,
que todas as cotas será inteiramente do- adaptar, modificar, publicar em qualquer
ada para a Associação Balouo Salo, por- canal de mídia, exibir, reproduzir e di-
tanto está é uma doação. stribuir o projeto , incluindo para fins de
13. Em caso não sejam respeitadas todas
marketing e publicidade, para fazer vi-
as regras estabelecidas, os participantes
sões editoriais, criar trabalhos derivados
serão automaticamente excluídos da
com base nele. Como também conce-
competição sem possibilidade de recu-
perar o valor da cota de inscrição. der a sub-licença a terceiros do projeto,
14. A autoria de cada projeto é atribuída ou partes dele, de toda maneira, forma
em partes iguais entre todos os mem- ou tecnologia sem limitação de tempo
bros da equipe. ou lugar.
15. Em nenhum caso é previsto um re- b. A possível realização do projeto ven-
embolso. cedor será sob a organização dos vo-
16. Ao participar, você concorda com as luntários da organização ou a terceiros
regras, termos e condições do concurso. idôneos. Nesse caso, os projetistas ven-
cedores terão de qualquer forma comu-
nicação sobre essa possibilidade.
ORGANIZAÇÃO c. Os projetistas vencedores terão que
CAUSAS DE EXCLUSÃO ser disponíveis na eventual concessão
de documentos adicionais, exposições e
a. Trabalhos que tenham textos em líng- / ou publicações.
ua diferente do inglês. d. A organização, em caso de realização,
b. Trabalhos que contenham nomes ou reserva-se a possibilidade de fazer alte-
indicações sobre os projetistas. O Team rações no projeto para melhorar a efi-
ID é considerado como indicação sobre
cácia de viabilidade e custo.
a equipe, portanto è aceito.
e. De todos os projetos participantes, a
c. Arquivos nomeados de maneira não
organização terá direitos de utilização
conforme a indicação.
d. Material incompleto ou não conforme para exposições e publicações.
ao requisitos do concurso. f. Os projetos devem ser novos e origi-
e. Material recebido fora do tempo de nais, resultado da atividade intelectual
prazo e de maneira não conforme as in- dos participantes, que devem abster-se
dicações. da apresentação de trabalhos que não
f. A equipe não possui um partecipante correspondem a essas características,
de idade inferior a 35 anos. então liberar que qualquer responsabi-
i. Qualquer participante que propague lidade a Organização Balouo Salo, que

www.kairalooro.com | www.balouosalo.com Kaira Looro Architecture Competition to support Balouo Salo ....... 8
não será de forma alguma responsável pela veracidade e exactidão dos dados
caso os trabalhos não sejam de perten- indicados, mesmo pessoais, e o Promo-
cia ao time e/ ou pessoas cadastradas e/ tor não assume alguma responsabilida-
ou estes não foram proprietário de todos de pela indicação de dados falsos. Em
os direitos de utilização, incluindo o di- qualquer caso, o promotor, em confor-
reito de participar do concurso nos ter- midade com os regulamentos de priva-
mos previstos aqui. cidade, reserva-se o direito de verificar os
g. Todo o material disponível e neces- dados inseridos solicitando uma cópia
sário para a competição pode ser encon- do documento de identidade indicando
trado no site, www.kairalooro.com/com- os dados pessoais utilizados durante o
petition.html , independentemente da cadastramento.
inscrição ao concurso. m. A Organização Balouo Salo não é re-
h. A organização do concurso reserva-se sponsável pela declaração de dados fal-
o direito de fazer mudanças em relação sos dos participantes.
datas ou maior detalhes, a fim de garantir n. Ao entrar na competição, os partici-
um melhor desenvolvimento do concur- pantes aceitam os termos e as regras de
so, dando aviso prévio e compartilhando participação.
a comunicação através de todos os ca-
nais de comunicação disponíveis para a
associação.
i. A Organização Balouo Salo não é re-
sponsável por qualquer mal funciona-
mento, dificuldades técnicas ou não-rec-
ebimento do material. Ao fim de evitar
sobrecarga do sistema, convidamos os
participantes a executar o procedimen-
to de cadastramento e carregamento
dos arquivos com boa antecedência dos
prazos e comunicar por e-mail quaisquer
dificuldades técnicas.
j. O tratamento de dados pessoais, sejam
utilizando manualmente ou de forma in-
formatizada, vão ter como único propós-
ito a participação ao concurso, de acordo
com as regras aplicáveis de acordo com
o Decreto Legislativo 196/03 e alterações
posteriores por parte da Organização Ba-
louo Salo, que irá tratá-los como um pro-
prietário independente. O fornecimento
de dados é opcional, mas a recusa de for-
necimento tornará impossível participar
na competição.
k. Este concurso é em nenhum caso um
evento de premiação nos termos do art.
6º do Decreto Presidencial 430/2001.
l. Os participantes serão responsáveis
www.kairalooro.com | www.balouosalo.com Kaira Looro Architecture Competition to support Balouo Salo ....... 9
JÚRI

www.kairalooro.com | www.balouosalo.com Kaira Looro Architecture Competition to support Balouo Salo ....... 10
www.kairalooro.com | www.balouosalo.com Kaira Looro Architecture Competition to support Balouo Salo ....... 11
PROJETO APOIO terreno e de-contaminará as águas dos
BALOUO SALO poços, resolvendo essa emergência.
O logo Kaira Looro ê caraterizado por um
Todas as cotas de inscrição são doadas nome ao lado de teres simples traços
para a associação Balouo Salo e serão que hão dois significados. Os traços na
empregadas na vale de Tanaf em um esquerda do texto são as mareias que
projeto de arquitetura e engenharia so- mudam de trajetória ao encontrar Kaira
lidária, para resolver a emergência que Looro, ma também indicam a finalidade
está levando morte, doenças e pobreza de Balouo Salo em devolver saúde, nu-
a 80.000 pessoas. trição e riqueza.
As mareias do oceano atlântico estão in- Para mais informações sobre o projeto
vadindo o rio Casamance e inundando os “Um ponte para vida” visitem nosso site
terrenos cultivados, destruindo as RISAIE www.balouosalo.com .
e contaminando a água dos poços. Com
o projeto “Um ponte para a vida” o obje-
tivo é a construção de um ponte-barra-
gem que recuperará mais de 100km2 de
www.kairalooro.com | www.balouosalo.com Kaira Looro Architecture Competition to support Balouo Salo ....... 12
SPONSOR

ORGANIZATION PARTNER

OFFICIAL MEDIA- PARTNER

www.kairalooro.com | www.balouosalo.com Kaira Looro Architecture Competition to support Balouo Salo ....... 13
PARTNERS & PRESS

www.kairalooro.com | www.balouosalo.com Kaira Looro Architecture Competition to support Balouo Salo ....... 14
Organized by Association Balouo Salo
to support of humanitarian project
A bridge for life