Vous êtes sur la page 1sur 3

Bacharelado em Administração Pública - UFF / CEDERJ / UAB

Disciplina: Matemática Financeira e Análise de investimento – 1º sem 2015


Coordenador de disciplina: Prof. Rodrigo Carlos Marques Pereira

ATIVIDADE AVALIATIVA 1 – AD1 - GABARITO

1ª QUESTÃO (2,0 pontos)


Você, estudante de Adm. Pública UFF/CEDERJ, pretende destinar um valor único das suas economias de
seu salário/bolsa de estágio/“mesada” no dia 01/02/2015 numa aplicação financeira que atualmente rende
6% a.a. no regime de capitalização simples, para custear as Festas de Fim de Ano. Se seu desejo é
resgatar o montante de R$ 1.000,00 em 01/12/2015, qual seria o valor aplicado e os juros auferidos?
M = R$ 1.000,00
Resolução:
M = R$ 1.000,00 (montante)
i = 6% a.a. / 12 = 0,5% a.m. = 0,005
n= 10 meses (de 01/02 a 01/12)
C=? (valor aplicado) J=?
J=? (juros auferidos) n = 10 meses
* Quando as unidades de tempo de juros (i) e tempo (n) 0 i = 6% a.a.
são diferentes,deve-se ter as duas variáveis com a mesma
unidade. Preferencialmente transformar o tempo. C=?

Para o cálculo do C, utiliza-se a seguinte fórmula:


OBSERVAÇÃO
Ao utilizar a calculadora
científica, é interessante
sempre introduzir todos as
1.000 = C x (1 + 0,005 x 10) operações, sem necessidade de
1.000 = 1,05C discriminar os cálculos
C = 1.000 / 1,05 = R$ 952,38 intermediários. Caso utilize o
modelo da Casio (modelo ao
Para o cálculo de J, utiliza-se a fórmula pela diferença: lado) ou similar, para achar o
montante com a fórmula, você
poderá utilizar parênteses para
J=M–C o seu cálculo, ao digitar as
J = 1.000,00 – 952,38 = R$ 47,62 teclas igual à fórmula:
(1 + 0,005 x 10)

2ª QUESTÃO (2,0 pontos)


Qual o número de bimestres necessários para triplicar um capital aplicado a uma taxa de 150% ao
semestre, em regime de juros simples?
Resolução:
M = $ 300 (triplicar)
C = $ 100
M = $ 300 (três vezes o C)
J = $ 200 (300 – 100)
i = 150% a.sem. = 50% a.bim. (1 sem = 3 bim) = 0,50 i = 150% a.sem.
n = ? (bim) J = $ 200 (300 – 100) n = ? (bim)
0

C = $ 100 (se não há o valor do capital, estipule


um valor de $ 100 – dica)
200 = 100 x 0,50 x n
n = 200/50 = 4 bimestres
* Também se pode encontrar pela fórmula do Montante – M (questão anterior):
300 = 100 x (1 + 0,50 x n)  300 / 100 = 1 + 0,5n  3 = 1 + 0,5n  3 – 1 = 0,5n  2 = 0,5n  n = 2 / 0,5 = 4 bimestres
Bacharelado em Administração Pública - UFF / CEDERJ / UAB
Disciplina: Matemática Financeira e Análise de investimento – 1º sem 2015
Coordenador de disciplina: Prof. Rodrigo Carlos Marques Pereira

3ª QUESTÃO (2,0 pontos)


Um título de R$ 27.000,00 foi descontado faltando 60 dias para o seu vencimento. Sabendo que o
desconto “por fora” foi de R$ 1.800,00, calcule a taxa de desconto e o custo efetivo da operação, ambos
ao ano e em regime de capitalização simples.

Resolução:
Cálculo da taxa do desconto: FV = R$ 27.000
Desconto “por fora” = desconto comercial
FV = R$ 27.000,00
n = 60 dias = 60/360 ano
Dc = R$ 1.800,00
iC = ?
PV = FV - Dc = 27.000 – 1.800 = R$ 25.200,00
iC = ?
0 Dc = R$ 1.800,00 n = 60d = 2meses

PV = R$ 25.200
1.800 = 27.000 x i x 60/360
1.800 = 4.500 i
iC = 0,4 = 40% a.a.

Cálculo do custo efetivo (juros):


Para o cálculo da taxa efetiva da operação, deve-se M = R$ 27.000
considerar com o valor descontado do título (PV)
fosse um capital C, que aplicado à taxa iC rendesse
um total de juros de R$ 1.800 (mesmo valor do des-
conto), somando um montante de R$ 27.000 (M).
iC = ?
M = R$ 27.000,00
n = 60 dias = 60/360 ano
J = R$ 1.800,00 0 J = R$ 1.800,00 n = 60d = 2meses
C = 27.000 – 1.800 = R$ 25.200,00
i=?
C = R$ 25.200

1.800 = 25.200 x i x 60/360


1.800 = 4.200 i
i = 0,4286 = 42,86% a.a.
Bacharelado em Administração Pública - UFF / CEDERJ / UAB
Disciplina: Matemática Financeira e Análise de investimento – 1º sem 2015
Coordenador de disciplina: Prof. Rodrigo Carlos Marques Pereira
4ª QUESTÃO (2,0 pontos)
Um poupador realizou dois investimentos junto à sua instituição financeira, o primeiro com taxa de 20%
a.a e o segundo com 40% a.a., ambos em regime de juros simples. Determine os valores dos dois capitais
aplicados e respectivos juros, ao saber que o somatório dos dois capitais é igual a R$ 1.000,00 e que
renderam juntos um total de juros de R$ 260,00 no período de um ano.
Resolução:
C1 + C2 = 1.000 (I)
M1
J1 + J2 = 260 (II)
M2
J1
J2
Pela fórmula dos juros: i1 = 20% a.a.
J1 = C1 x 0,20 x 1 = 0,20C1 i2 = 40% a.a.
J2 = C2 x 0,40 x 1 = 0,40C2 n = 1 ano
Ao substituir esses dois valores em II: 0
J1 + J2 = 260  0,20C1 + 0,40C2 = 260 C1
De I, se tira que C2 = 1.000 - C1 C2
0,20C1 + 0,40C2 = 260
0,20C1 + 0,40x(1.000 - C1) =260
0,20C1 - 0,40C1 = 260 – 400
- 0,20C1 = -140  C1 = R$ 700,00
* Ao substituir em I, encontra-se C2 = R$ 300,00
* Como: J1 = 0,20C1 e J2 = 0,40C2  J1 = 0,20C1 = 0,20 x 700 = R$ 140,00 / e J2 = 0,40C2 = 0,40 x 300 = R$ 120,00.

5ª QUESTÃO (2,0 pontos)


Um indivíduo deve R$ 800,00 no prazo de nove meses e R$ 1.000,00 no de dezoito meses. Qual é o valor
do pagamento único a ser efetuado hoje que liquidaria os dois débitos, com taxa de juros de 24% a.a.?

Resolução:
As dívidas de R$ 800 (em t=9 meses) e R$ 1.000 (em t=18)
são equivalentes à dívida única X em t=0. Pela equivalência
de capitais e fórmula do desconto comercial e mantendo
a data focal no tempo 0:

i = 24% a.a. = 2% a.m.


0 9 18 meses
X = 800 x (1 – 0,02 x 9) + 1.000 x (1 – 0,02 x 18)
X = 800 x 0,82 + 1.000 x 0,64
X = 656,00 + 640,00 = R$ 1.296,00
X R$ 800,00 R$ 1.000,00
Outra possibilidade: caso seja utilizado o modelo racional,
poderíamos encontrar o valor PV através da fórmula:

X= 800 + 1.000 = 677,97 + 735,29 = R$ 1.413,26


(1 + 0,02 x 9) (1 + 0,02 x 18)