Vous êtes sur la page 1sur 13

CONCURSO PÚBLICO 2012

TÉCNICO JUDICIÁRIO − ÁREA ADMINISTRATIVA

TRT-PR
TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DO PARANÁ

1.600 QUESTÕES DA FCC POR TÓPICOS


¾ LÍNGUA PORTUGUESA − Cristina Lopes − (305 Questões)

¾ MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO − André Reis − (235 Questões)

¾ NOÇÕES DE DIREITO DO TRABALHO − Renata Tiveron − (280 Questões)

¾ NOÇÕES DE DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO − Renata Tiveron − (200 Questões)

¾ NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL − Flávio Alencar − (245 Questões)

¾ NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO − Flávio Alencar − (335 Questões)

¾ Organização e Diagramação:
Î Mariane dos Reis

1ª Edição
DEZ − 2012

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É vedada a reprodução total ou parcial deste material, por qualquer meio ou
processo. A violação de direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão e multa (art. 184 e parágrafos
do Código Penal), conjuntamente com busca e apreensão e indenizações diversas (arts. 101 a 110 da Lei nº 9.610,
de 19/02/98 – Lei dos Direitos Autorais).

www.apostilasvirtual.com.br
contato@apostilasvirtual.com.br
apostilasvirtual@hotmail.com
CRISTINA LOPES
LÍNGUA
PORTUGUESA
305 QUESTÕES DE PROVAS DE CONCURSOS GABARITADAS

¾ Seleção das Questões:


Î Prof.ª Cristina Lopes

¾ Organização e Diagramação:
Î Mariane dos Reis

1ª Edição
DEZ − 2012

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É vedada a reprodução total ou parcial deste material, por qualquer meio ou
processo. A violação de direitos autorais é punível como crime, com pena de prisão e multa (art. 184 e parágrafos
do Código Penal), conjuntamente com busca e apreensão e indenizações diversas (arts. 101 a 110 da Lei nº 9.610,
de 19/02/98 – Lei dos Direitos Autorais).

www.apostilasvirtual.com.br
contato@apostilasvirtual.com.br
apostilasvirtual@hotmail.com
SUMÁRIO
1. ORTOGRAFIA OFICIAL .................................................................................................................... 07

2. ACENTUAÇÃO GRÁFICA ................................................................................................................. 10

3. FLEXÃO NOMINAL E VERBAL ......................................................................................................... 11

4. PRONOMES: emprego, formas de tratamento e colocação ...................................................................... 16

5. EMPREGO DE TEMPOS E MODOS VERBAIS.................................................................................. 20

6. VOZES DO VERBO ........................................................................................................................... 26

7. CONCORDÂNCIA NOMINAL E VERBAL .......................................................................................... 32

8. REGÊNCIA NOMINAL E VERBAL..................................................................................................... 40

9. OCORRÊNCIA DE CRASE ................................................................................................................ 47

10. PONTUAÇÃO .................................................................................................................................... 52

11. INTELECÇÃO DE TEXTO. REDAÇÃO (Confronto e Reconhecimento de Frases Corretas e Incorretas)..... 62

GABARITOS ....................................................................................................................................... 77
Língua Portuguesa Questões por Tópicos Prof.ª Cristina Lopes

LÍNGUA PORTUGUESA

1 ORTOGRAFIA OFICIAL
1. [Anal. Jud.-(Ár. Adm.)-(CES03)-(T1)-TRF-2ªREG/2012-FCC].(Q.19) Está correto o emprego de ambos os elementos
sublinhados em:

a) Se o por quê da importância primitiva de Paraty estava na sua localização estratégica, a importância de que
goza atualmente está na relevância histórica porque é reconhecida.
b) Ninguém teria porque negar a Paraty esse duplo mere-cimento de ser poesia e história, por que o tempo a escolheu
para ser preservada e a natureza, para ser bela.
c) Os dissabores por que passa uma cidade turística devem ser prevenidos e evitados pela Casa Azul, porque ela
nasceu para disciplinar o turismo.
d) Porque teria a cidade passado por tão longos anos de esquecimento? Criou-se uma estrada de ferro, eis porque.
e) Não há porquê imaginar que um esquecimento é sempre deplorável; veja-se como e por quê Paraty acabou se
tornando um atraente centro turístico.

2. [Téc. Jud.-(Ár. Ap. Esp.)-(Espec. Oper. Comp.)-(CI09)-(T1)-TRE-SP/2012-FCC].(Q.26) Os ...... para a conclusão da


pesquisa estavam próximos e exigiam ...... na ...... dos dados já obtidos.

Assinale, na folha de respostas, a alternativa que preenche corretamente, na ordem, as lacunas da frase apresentada.

a) prazos - rapidês - análize


b) prazos - rapidez - análise
c) prazos - rapidez - análize
d) prasos - rapidez - análise
e) prasos - rapidês - análise

3. [Anal. Jud.-(Ár. Adm.)-(CB02)-(T1)-TRE-PR/2012-FCC].(Q.12) A frase correta do ponto de vista da grafia é:

a) Era grande a insidência de casos de enjoo quando era servido aquele alimento, por isso o episódio não foi
tratado como exceção, atitude que garantiu o êxito das providências.
b) Em meio a tanta opulência da mansão leiloada, encontrou a geringonça que, tratada criativamente por ele,
garantiu por anos seu apoio a entidades beneficientes.
c) Seus gestos desarmônicos às vezes eram mal compre-endidos, mas seu jeito afável de falar, sem resquícios de
mágoa, revelava sua intenção de restabelecer a paz entre os familiares.
d) Defendeu-se dizendo que nunca pretendeu axincalhar ninguém, mas as suas caçoadas realmente humilhavam e
incitavam à malediscência.
e) Sempre ansiosos, desenrolaram no saguão apinhado a faixa com que brindavam os recém-formados, com os
seguintes dizeres: “Viagem bastante e divirtam-se, nobres doutores”.

4. [Téc. Jud.-(Ár. Adm.)-(Espec. Segur.-Transp.-(CTS)-(T1)-TRF-1ªREG/2011-FCC].(Q.7) ...porque tudo lá foi feito ali mesmo...

A grafia da palavra destacada acima está correta, como acontece com a sublinhada em:

a) Não sabia porque deveria incriminá-lo, por isso não o culpou de nada.
b) Reconheceram-lhe o mérito porque foi ela quem garantiu o excelente acordo.
c) Perguntou-me a razão de minhas restrições ao programa, mas ele bem sabe porque.
d) Porque haveria de contrariar suas orientações?
e) Busca o porque da polêmica, mas não encontra nada que a justifique.

5. [Téc. Jud.-(Ár. Adm.)-(Espec. Segur.-Transp.-(CTS)-(T1)-TRF-1ªREG/2011-FCC].(Q.16) As palavras estão corretamente


grafadas na seguinte frase:

a) Que eles viajem sempre é muito bom, mas não é boa a ansiedade com que enfrentam o excesso de passageiros
nos aeroportos.
b) Comete muitos deslises, talvez por sua espontaneidade, mas nada que ponha em cheque sua reputação de pessoa
cortês.

www.apostilasvirtual.com.br 7 www.apostilasvirtual.com.br
Língua Portuguesa Questões por Tópicos Prof.ª Cristina Lopes
c) Ele era rabugento e tinha ojeriza ao hábito do sócio de descançar após o almoço sob a frondoza árvore do pátio.
d) Não sei se isso influe, mas a persistência dessa mágoa pode estar sendo o grande impecilho na superação dessa
sua crise.
e) O diretor exitou ao aprovar a retenção dessa alta quantia, mas não quiz ser taxado de conivente na concessão
de privilégios ilegítimos.

6. [Anal. Jud.-(Ár. Adm.)-(CB02)-(T1)-TRE-AP/2011-FCC].(Q.10) A alternativa que apresenta frase correta é:

a) − Senhor Ministro, peço sua licença para advertir que Vossa Excelência se equivocais no julgamento dessa lei tão
polêmica.
b) Seus companheiros, até os recém-contratados, não lhe atribuem nenhum deslize e creem que esse é mais um
injusto empecilho entre tantos com que ele já se defrontou.
c) Se eles não satisfazerem todas as exigências, não se têm como contratá-los sem enveredar pelo caminho da
irregularidade.
d) O traumático episódio gerou grande ansiedade, excitação desmedida que lhe fez xingar e investir contra a pessoa
mais cumpridora com seus deveres.
e) Caso ele venha a se opor, será uma compulsão a que ninguém deve compartilhar, sob perigo de todos os
envolvidos se virem em situação de risco na empresa.

7. [Téc. Jud.-(Ár. Adm.)-(CG07)-(T1)-TRT-14ªREG-AC-RO/2011-FCC].(Q.10) Das frases abaixo só NÃO há erros de ortografia


em:

a) Carbohidratos ricos em fibras são importantes aliados para manter estável o nivel de energia do organismo.
b) Sabe-se que uma substancia encontrada no guaraná pode estimular a função cerebral e auxiliar na concentrasão.
c) Consumir alimentos ricos em vitaminas e minerais pode ajudar a reduzir os efeitos negativos do estresse.
d) O consumo de proteínas e gorduras em exceço pode ser nossivo para o processo digestivo.
e) Manter o organismo mau hidratado pode prejudicar a eliminação de toxínas e provocar sérios problemas de
saúde.

8. [Escriturário-(CESC)-(T1)-BB/2011.2-FCC].(Q.18) Todas as palavras estão escritas corretamente na frase:

a) Os esforsos para entender os fenômenos da natureza nem sempre conseguem hêsito, como, por exemplo, algumas
pesquisas sobre aves.
b) O crecente desenvolvimento tecnológico permitiu aos pesquisadores analizar as reações provocadas pelo fluxo
de sangue no bico do tucano.
c) O imenso tamanho do bico do tucano sempre causou estranheza naqueles que costumam observar os exemplos
oferecidos pela natureza.
d) Com o tamanho imprecionante de seu bico, o tucano é considerado por estudiosos uma das aves brasileira mais
exquizitas.
e) Os cientistas que se puzeram a estudar os tucanos con-cluíram que existem diverças funções para o enorme bico
dessa ave.

9. [Téc. Jud.-(Ár. Adm.)-(CG07)-(T1)-TRE-RS/2010-FCC].(Q.20) A frase totalmente correta do ponto de vista da grafia


e/ou da acentuação é:

a) É o caso de se por em discussão se ele realmente crê na veracidade dos dados.


b) Referiu-se àquilo que todos esperavam − sua ascensão na empresa −, com um misto de humildade e prepotência.
c) Enquanto construimos esta ala, eles constroem a reser-vada aos aparelhos de rejuvenecimento.
d) Ele é sempre muito cortês, mas não pode evitar que sua ogeriza à ela transpareça.
e) Assinou o cheque, mas ninguém advinha o valor registrado, porisso foi devolvido pelo banco.

10. [Téc. Jud.-(Ár. Adm.)-(CI09)-(T1)-TRE-AM/2010-FCC].(Q.19) A frase em que a grafia respeita totalmente o padrão
culto escrito é:

a) À exceção dos que se abstiveram de opinar sobre a qualidade dos serviços, os participantes da pesquisa puderam
usufruir gratuitamente de um dia de lazer no hotel.
b) A escursão prometida não ocorreu, pois o número de interessados foi excessivo; mas até isso colaborou para o
explendor da viagem, pois o desconto oferecido surpreendeu.
c) Casualmente encontraram-se no saguão; ela parecia advinhar o que ele tinha a lhe dizer, por isso não lhe deu
oportunidade de ser posta em cheque.
d) Considerou ultrage o comentário adivindo do seu sucessor, mas, para preservar-se, abdicou de dar-lhe resposta à
altura.
e) Com a dispensa abarrotada de produtos nobres, não exitou um minuto ao negar um jantar aos participantes do
programa de inclusão social.

www.apostilasvirtual.com.br 8 www.apostilasvirtual.com.br
Língua Portuguesa Questões por Tópicos Prof.ª Cristina Lopes
11. [Ajud. Man.-(Civil)-(C36)-(T1)-METRÔ-SP/2010-FCC].(Q.29) Todas as palavras estão corretamente grafadas em:

a) A denominação de bixo-preguiça, dada à conhecida espécie de mamíferos, tem também origem na ignorância
e no equivoco do julgamento feito pelas aparências.
b) Teiú, entre os indigenas, é não apenas o nome de uma espécie de lagartos, como uma denominação ampla que
abranje todos os lagartos.
c) Os lagartos são animais vertebrados pertencentes à classe dos répteis, que inclui ainda tartarugas, serpentes e
crocodilianos.
d) A palavra lagarta, ainda que muito semelhante a lagarto, desiguina a primeira fase de determinados insetos até a
metamorfose em crisalida.
e) A teoria que esplica o desaparecimento dos dinossauros pela queda de um grande asteróide na Terra tem sido
ultimamente colocada em cheque.

12. [Executivo Público-(CA01)-(T1)-Governo-SP/2010-FCC].(Q.20) A frase em que a grafia respeita totalmente o


padrão culto escrito é:

a) Sabiam que pouco tempo teriam para descançar, mas ninguém quis alterar o trajeto, minuciosamente pensado e
repensado durante meses.
b) Era tão grande a sua presunsão, que entendia como ato lisonjeiro até um breve aceno do mais distraído dos
transeuntes de seu vilarejo.
c) Tal era sua ogeriza pela política que se excedia em palavras e tons assim que algum desavisado puxava o assunto
tabu, sem intenção alguma de ferí-lo.
d) Muitas eram as reminiscências, algumas esdrúxulas, outras comuns, repetindo-se iguaizinhas de tempo em tempo,
em circuito que não exorbitava os limites da fazenda.
e) O espaço era exiguo, à exceção da cozinha, mas nada impedia que os vizinhos tentassem grangear a simpatia
do padre inflingindo-lhe pratos que excitavam sua gula.

13. [Téc. Jud.-(Ár. Adm.)-(CM10)-(T3)-TRT-16ªREG-MA/2009-FCC].(Q.10) A frase em que há palavras escritas de modo


INCORRETO é:

a) Alguns estudiosos reagem com sensatez às recentes explicações, considerando se o papel da bomba biótica é
realmente crucial na circulação do ar.
b) Se for comprovada a correção da nova teoria, a preservação das florestas torna-se essencial para garantir a
qualidade de vida em todo o planeta.
c) O desmatamento indescriminado, que reduz os índices de chuvas e altera o ciclo das águas, pode transformar um
continente em um estenso e inabitável deserto.
d) Com ventos mais próximos ao mar, o ar úmido resultante da evaporação da água do oceano é puxado para o
continente, distribuindo a chuva ao redor do planeta.
e) A aridez que sempre caracterizou as paisagens do Nordeste brasileiro aparece agora, para assombro de todos,
na região Sul, comprometendo as safras de grãos.

14. [Téc. Jud.-(Ár. Ap. Esp.)-(Esp. Tecnol. Infor.)-(CO11)-(T5)-TRT-16ªREG-MA/2009-FCC].(Q.8) A frase em que há palavras
escritas de modo INCORRETO é:

a) A aridez que sempre caracterizou as paisagens do Nordeste brasileiro aparece agora, para assombro de todos,
na região Sul, comprometendo as safras de grãos.
b) Alguns estudiosos reagem com sensatez às recentes explicações, considerando se o papel da bomba biótica é
realmente crucial na circulação do ar.
c) Se for comprovada a correção da nova teoria, a preservação das florestas torna-se essencial para garantir a
qualidade de vida em todo o planeta.
d) O desmatamento indescriminado, que reduz os índices de chuvas e altera o ciclo das águas, pode transformar
um continente em um estenso e inabitável deserto.
e) Com ventos mais próximos ao mar, o ar úmido resultante da evaporação da água do oceano é puxado para o
continente, distribuindo a chuva ao redor do planeta.

15. [Téc. Ministerial-(Ar. Adm.)-(CA01)-(T1)-MPE-AP/2009-FCC].(Q.19) Está correta a grafia de todas as palavras da


frase:

a) Compadecido com a humilhação de seu velho servo, o rei Psamênito não conteu as lágrimas e as verteu
abundantemente.
b) O príncipe e a princesa ainda poderiam insurgir-se contra os persas, mas não o velho servo, cujas forças esmoresciam.
c) Talvez Psamênito não previlegiasse o velho servo, talvez este tivesse sido a última gota de tanto sofrimento.
d) As forças e a dignidade do rei egípcio apenas titubiaram quando se deparou com a imagem do velho servo.
e) Há divergências quanto à interpretação do porquê de haver chorado o rei Psamênito, sucumbindo à visão do
velho servo.

www.apostilasvirtual.com.br 9 www.apostilasvirtual.com.br
Língua Portuguesa Questões por Tópicos Prof.ª Cristina Lopes
16. [Téc. Sup. Administrador-(C01)-(T2)-PGE-RJ/2009-FCC].(Q.24) É adequado o emprego e correta a grafia de todas
as palavras da frase:

a) Os poetas românticos eram obsecados por imagens que, figurando a distância, expressavam com ela a gososa
inatingibilidade de um ideal.
b) É prazeroso o reconhecimento de uma pessoa que, surgindo longínqua, parece então mais próxima que nunca –
paradoxo pleno de poesia.
c) A abstensão da proximidade de alguém não impede, segundo o cronista, que nossa afetividade aflore e haja
para promover uma aproximação.
d) Nenhuma distância dilui o afeto, pelo contrário: o reconhecimento da amada longeva avisinha-a de nós, fá-la
mais próxima que nunca.
e) O cronista ratifica o que diz um velho provérbio: a distância que os olhos acusam não exclue a proximidade que o
nosso coração promove.

17. [Soldado-(T1)-PM-BA/2009-FCC].(Q.18) Todas as palavras estão escritas corretamente em:

a) O dezempenho musical depende não só de treino, mas também de uma disposição cerebral apta a capitar sons.
b) Em suas pesquisas, cientistas vizualisam uma espécie de orquestração do cérebro a partir da susseção de sons
musicais.
c) O fascínio exercido pela música é explicado pelas conexões cerebrais que ativam as áreas envolvidas na sensação
de prazer.
d) A assossiação entre pesquisas no campo da neurologia e refinados modelos de computador das redes de neurônios
levou a descobertas sobre a produção artistica.
e) Algumas áreas do cérebro mostram atividade mais intença diante da beleza de quadros espostos numa galeria,
enquanto outras preparam o corpo para fugir do grotesco.

2 ACENTUAÇÃO GRÁFICA
1. [Téc. Jud.-(Ár. Adm.)-(CH08)-(T1)-TRE-SP/2012-FCC].(Q.19) É preciso corrigir deslizes relativos à ortografia oficial e à
acentuação gráfica da frase:

a) As obras modernistas não se distinguem apenas pela temática inovadora, mas igualmente pela apreensão do
ritmo alucinante da existência moderna.
b) Ainda que celebrassem as máquinas e os aparelhos da civilização moderna, a ficção e a poesia modernista
também valorizavam as coisas mais quotidianas e prosaicas.
c) Longe de ser uma excessão, a pintura modernista foi responsável, antes mesmo da literatura, por intênsas polêmicas
entre artistas e críticos concervadores.
d) No que se refere à poesia modernista, nada parece caracterizar melhor essa extraordinária produção poética do
que a opção quase incondicional pelo verso livre.
e) O escândalo não era apenas uma consequência da produção modernista: parecia mesmo um dos objetivos
precípuos de artistas dispostos a surpreender e a chocar.

2. [Téc. Jud.-(Ár. Adm.)-(CI09)-(T1)-TRE-AP/2011-FCC].(Q.13) Entre as frases que seguem, a única correta é:

a) Ele se esqueceu de que?


b) Era tão ruím aquele texto, que não deu para distribui-lo entre os presentes.
c) Embora devessemos, não fomos excessivos nas críticas.
d) O juíz nunca negou-se a atender às reivindicações dos funcionários.
e) Não sei por que ele mereceria minha consideração.

3. (TCE-GO) Se ela crê, eles não ________; se ela vê, eles não ________; opostos em tudo,________apenas uma mesma
opinião como liame.

a) creem – vêm – tem


b) crêem – vêm – têm
c) creem – vem – têm
d) creem – veem – têm
e) crêem – vêem – tem

4. (TJ-AM) Depois de passar o ___________ para aliviar a dor no __________ acomodou o braço na ________

a) unguento – hombro – tipóia


b) unguënto – ombro – tipóia
c) ungüento – hombro – tipóia

www.apostilasvirtual.com.br 10 www.apostilasvirtual.com.br
Língua Portuguesa Questões por Tópicos Prof.ª Cristina Lopes
d) unguento – ombro – tipoia
e) ungüento – ombro – tipoia

5. (TCE-DF) Assinale o período que contém erro de acentuação:

a) Esses livros contêm muitas informações.


b) Releem o contrato, e não mantêm a palavra.
c) Estas propostas não nos convêem.
d) Eles nunca intervêm na discussão.

6. (PRF) “ ...pôr nas mãos do moleque um belo quebra cabeça.”

A palavra pôr leva acento gráfico pela mesma razão que nos leva a acentuar:

a) você;
b) retém;
c) fácil;
d) nó;
e) pôde;

7. (TTN) Assinale o período incorreto quanto à acentuação gráfica.

a) A funcionária remeterá os formulários até o início do próximo mês.


b) Ninguém poderia prever que a catástrofe traria tamanho ônus para o país.
c) O voo está atrasado; os senhores tem que viajar pela ponte aérea para conexão no Rio.
d) O pronunciamento feito pelo diretor na assembleia revestia-se de caráter inadiável.
e) Segundo o regulamento, o órgão competente tomará as providências cabíveis.

3 FLEXÃO NOMINAL E VERBAL


1. [Téc. Jud.-(Ár. Adm.)-(CU21)-(T1)-TRT-6ªREG-PE/2012-FCC].(Q.6) ... que já detestava a jovem...

O verbo empregado nos mesmos tempo e modo que o grifado acima está em:

a) A Inveja habita o fundo de um vale...


b) ... todos os que falaram desse sentimento...
c) ... porque esta a espionara...
d) ... que interceda junto a Hersé...
e) Não admitia que a mortal...

2. [Téc. Jud.-(Ár. Adm.)-(Espec. Segurança)-(CV22)-(T1)-TRT-6ªREG-PE/2012-FCC].(Q.7) Os livros de história sempre


tiveram dificuldade em...

O verbo empregado nos mesmos tempo e modo que o grifado acima está em:

a) ... por mais desagradável que essa verdade soe.


b) ... que liderou uma das mais sangrentas revoltas...
c) ... que não respeitam os padrões de gênero.
d) ... no que se refere ao manejo de armas.
e) ... as guerreiras que atuam como simples soldados...

3. [Téc. Jud.-(Ár. Adm.)-(C08)-(T1)-TRT-11ªREG-AM-RR/2012-FCC].(Q.38) ... acentua seu significado estético, cívico e


moral.

O verbo conjugado nos mesmos tempo e modo que o grifado na frase acima está em:

a) Ainda que existam estudos modernos levantando a hipótese...


b) Duas figuras merecem atenção na fase primitiva do teatro grego...
c) De forma competitiva, passaram a ser realizadas durante seis dias na primavera.
d) Aristóteles deixou-nos o primeiro documento básico de teoria teatral...
e) ... de que a tragédia grega teria tido sua origem em rituais fúnebres...

www.apostilasvirtual.com.br 11 www.apostilasvirtual.com.br
Língua Portuguesa Questões por Tópicos Prof.ª Cristina Lopes

GABARITOS (305 QUESTÕES)

1 ORTOGRAFIA OFICIAL
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17
C B C B A B C C B A C D C D E B C

2 ACENTUAÇÃO GRÁFICA
1 2 3 4 5 6 7
C E D D C E C

3 FLEXÃO NOMINAL E VERBAL


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
E B B D E A D D B C E A D A E A E E C C

4 PRONOMES: emprego, formas de tratamento e colocação.


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21
D E A D D C D D B B D A B C A B B A E C B

5 EMPREGO DE TEMPOS E MODOS VERBAIS


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24
E A E A A B D A B A D E A D C A D E D A C B A A
25 26 27 28 29 30
C C C C E A

6 VOZES DO VERBO
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24
B C C D D A E E B E E C B E E C C A B B D D B A
25 26 27 28 29 30
B A B A A D

7 CONCORDÂNCIA NOMINAL E VERBAL


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24
C B E A C C E E C D C B D B E E D B D C C C E A
25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44
B B E B C D D D C D A A E E D A A C B E

www.apostilasvirtual.com.br 77 www.apostilasvirtual.com.br
Língua Portuguesa Questões por Tópicos Prof.ª Cristina Lopes

8 REGÊNCIA NOMINAL E VERBAL


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24
C B B E A E E D B B C B A B B B C A B C C B C B
25 26 27 28 29 30
B D B E D A

9 OCORRÊNCIA DE CRASE
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24
C D B B E E C A C A B A C A C E A B B B C B C A
25
A

10 PONTUAÇÃO
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24
D A A C B C A A D B A D A B B B C A D E A C E C
25 26 27 28 29 30 31
E E C E D C B

INTELECÇÃO DE TEXTO.
11
REDAÇÃO (Confronto e Reconhecimento de Frases Corretas e Incorretas).
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24
E A A A D C A A D B B A C E D A E D C C E A C D
25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48
A E A C C B E B D E A C A E D B E A B D E A B A
49 50
E A

www.apostilasvirtual.com.br 78 www.apostilasvirtual.com.br