Vous êtes sur la page 1sur 49

Eletrônica industrial para automação

Introdução
Prof. Dr Antonio Marcos de Melo Medeiros
Introdução
A Eletrônica Industrial é uma das áreas mais
novas da Eletrônica. Associa conhecimentos
em diversas áreas como controle,
instrumentação, circuitos elétricos e diversas
outras.
Através dos dispositivos semicondutores de
potência associados à circuitos eletrônicos
discreto,torna-se possível acionar e controlar
diversos tipos de cargas industriais.
Aplicações de eletrônica de potencia

• Controle e acionamentos de máquinas elétricas


• Controladores industriais
• Combina: Potência, Eletrônica e Controle
• Aplicação de eletrônica de estado sólido para controle
e conversão de energia elétrica
• Baseia-se no chaveamento no chaveamento dos
semicondutores de potencia
• Utiliza semicondutores de potencia e microeletrônica
• Controle de sistemas de aquecimento
• Controle de luminosidade
• Fontes de alimentação
Exemplo de aplicação
Representação de um sistema fotovoltaico conectado à rede elétrica.
Principais componentes em
eletrônica de potência

• Diodos de potência
• Transistores de potencia (BPT, IGBT)
• MOSFETs de potencia
• Tiristores (SCR, TRIAC, DIAC)
Componentes
Diodo Semicondutor de potência
Retificadores não controlados
• Valor Médio – VDC

• Valor Médio quadrático - Vrms


• Tensão Média na saída – VDC

• Corrente Média na saída - IDC


• Tensão Média quadrática - Vrms

• Corrente Média quadrática - Vrms

• Potência
Exercícios
Para o retificador da figura a seguir, com fonte
senoidal de 120 V rms frequência de 60 Hz.
Conectado a um resistor de 5 Ohms. Determine:
(a) A corrente média na carga,
(b) A potência média absorvida na carga.
(c) O fator de potência no circuito.
exercícios
Retificadores trifásicos
RETIFICADORES POLIFÁSICOS EM ESTRELA
RETIFICADORES POLIFÁSICOS EM ESTRELA
• Tensão Média

• Corrente Média: Imédio= Vmédio/R


• Tensão RMS

• Corrente RMS
Exercícios
R ETIFICADORES TRIFÁSICOS EM PONTE

• Corrente Média: Imédio= Vmédio/R


Se a carga for puramente resistiva, a corrente máxima através de um diodo será
Im = e o valor eficaz da corrente no díodo será

valor eficaz da corrente secundária do transformador


R ETIFICADORES TRIFÁSICOS EM PONTE
exercícios
1) Eficiência ou razão de retificação
2) Tensão de saída: composta por VCC e
Tensão de ondulação VCA

3) Fator de forma

4) Fator de ondulação ou de riple


ou

5) fator de utilização do transformador


6) fator de Deslocamento
Se φ for o ângulo entre os componentes fundamentais da corrente e tensão de
entrada, φ será chamado ângulo de deslocamento (do inglês displacement angle).

7) Fator harmônico

8) Fator de crista (crest factor)


È uma medida da corrente máxima Is(pico) de entrada comparado ao seu valor eficaz
Is(rms).

• Um retificador ideal deve ter η= 100%, VCA


=0, RF =0, TUF=1, HF =THD =0 e PF=DPF=1 .
Exercícios