Vous êtes sur la page 1sur 5

APOSTILA PRÁTICA

BIOFERTILIZANTES

GUARULHOS 2011
1- Introdução:

A presente apostila foi desenvolvida por técnicos da Universidade Federal de


São Carlos – UFSCAR em conjunto com técnicos da Secretaria de Agricultura
Urbana e Periurbana de Guarulhos.
O objetivo desta apostila é fornecer apoio gráfico ao feitio e à utilização de
biofertilizantes, mais especificamente para a cultura de hortaliças, principal
atividade desenvolvida pelos produtores rurais do município.

1.1 – Biofertilizantes:

O biofertilizante é um fertilizante líquido de aplicação foliar obtido da


degradação da matéria orgânica (estercos de aves e gado ou restos vegetais), em
condições aeróbicas (com presença de ar) ou anaeróbicas (ausência de ar). O
preparo também fornece um resíduo sólido que pode ser aplicado no solo
(Penteado, S.R., 2000). Na agricultura orgânica os biofertilizantes são importantes
aliados para a produção de hortaliças.

2 – Porque utilizar biofertilizantes?

 Fornece os macronutrientes e micronutrientes necessários para as


plantas se desenvolver.

* macronutrientes: Nitrogênio (N), Fósforo (P), Potássio (K), Enxofre (S), Magnésio (Mg)
e Cálcio (Ca).

* micronutrientes: Cobalto (Co), Cobre (Cu), Molibdênio (Mo), Ferro (Fe), Manganês
(Mn), Boro (B) e Zinco (Zn).

 Aumenta a resistência das plantas contra as doenças e pragas.

 Diversos estudos comprovam que a planta que possui uma nutrição


balanceada (com todos os nutrientes necessários e não somente o NPK)
desenvolve uma maior resistência contra as doenças e as pragas (Teoria
da Trofobiose).

 Contém microrganismos benéficos para as plantas.

 Em estudos feitos com biofertilizantes líquidos de esterco bovino foi


observado a presença de inúmeros microrganismos como as leveduras e
os bacilos (tipos de bactérias), principalmente um tipo de bactéria com o
nome de Bacillus subtilis que tem uma eficiente ação contra as doenças
de plantas.
3 – Como Fazer:

Biofertilizante Supermagro

 Materiais:

- Tambor ou caixa d'água de 200 litros


- 40kg de esterco fresco de gado
- 5 litros de leite
- 10 litros de garapa de cana

- 2kg de sulfato de zinco


- 2,4kg de fosfato natural
- 300g de enxofre ventilado (puro)
- 1kg de sulfato de magnésio ou sal amargo
- 500g de fosfato bicálcico
- 100g de molibdato de sódio
- 50g de sulfato de cobalto
- 300g de sulfato de ferro
- 300g de sulfato de manganês
- 300g de sulfato de cobre
- 4 kg de calcário
- 1kg e meio de bórax ou ácido bórico
- 160g de cofermol (cobaldo, ferro e molibdênio)
- 1,2kg de gramas de cinza

 Preparo:

 Misture no tambor 35 litros de água com o esterco a garapa e o leite.


 Acrescente os demais nutrientes um de cada vez misturando bem.
 Acrescente mais 35 litros de água sempre misturando muito bem a
solução.
 Deixe o tambor semi-aberto para a saída dos gases provenientes da
fermentação.
 Em 60 dias o biofertilizante estará pronto para o uso.
 Coar a solução antes de misturá-la na bomba de aplicação

IMPORTANTE: Mexer bem a solução a cada semana e mantê-la em lugar


sombreado e protegido da chuva.

APLICAÇÃO: Utilizar 400 ml de biofertilizante Supermagro por Bomba de


20 litros a cada 15 dias. É importante que o produtor faça testes de dosagens para
a adequação à sua realidade não ultrapassando a dosagem de 1 litro por bomba
para hortaliças.
DICA: Caso a solução não estiver com espuma e bolhas significa que será
necessário colocar mais esterco para reativar o processo de fermentação.
BIOFERTILIZANTE VAIRO
(Fornece nitrogênio e substitui a uréia)

 Materiais:

 Tambor ou caixa d'água de 200 litros


 80 Kg de esterco bovino fresco
 10 litros de garapa de cana
 5 litros de leite
 1 balde
 1,5 metros de mangueira de jardim (3/4”)

 Preparo:

 Misture o esterco a garapa e o leite com água


 Complete com água até 20 cm da borda do tambor
 Feche o tambor para que não entre ar
 Para evitar a expansão dos gases dentro do tambor deve-se inserir uma
mangueira na tampa do mesmo, bem vedada, onde a outra ponta é
submergida em um balde com água, para que ar possa escapar
(borbulhar) mas não entrar.
 Em 40 dias o biofertilizante estará pronto para o uso.
 Coar a solução antes de misturá-la na bomba de aplicação

APLICAÇÃO: Utilizar 400 ml de biofertilizante Vairo por Bomba de 20 litros


semanalmente. É importante que o produtor faça testes de dosagens para a
adequação à sua realidade não ultrapassando a dosagem de 1 litro por bomba
para hortaliças.

DICA: Caso não houver a possibilidade da utilização do tambor fechado


também pode-se fazer o Vairo em uma caixa d'água, pois a parte superior da
solução terá reação aeróbica (com ar) mas a parte inferior terá a reação desejada,
a anaeróbica (sem ar).

Imagem do preparo do biofertilizante Supermagro


Referências bibliográficas

Penteado, S. R. Adubação orgânica – preparo fácil de compostos orgânicos e


biofertilizantes. Campinas-SP, Ed.Agrorgânica, 2000.
Betiol, H.; Tratch, R.; Galvão, J. A. H. Controle de doenças de plantas com
biofertilizantes. Jaguariúna, Embrapa-CNPMA, 1997.
Resumo do 10 encontro de processos de proteção de plantas: controle ecológico de
pragas e doenças/ [organização de Marcia Hein]. Botucatu: Agroecológica, 2001.
Mayer, P. H.; Burg, I. C. Alternativas ecológicas para prevenção de pragas e doenças.
Francisco Beltrão-PR, Grafit Gráfica Editora Ltda, 2006.

Fotos extraídas de:

http://tiojuca.wordpress.com/2009/09/02/biofertilizante/
http://sitiosantamaria.blogspot.com/2009/11/biofertilizante-na-pratica-organicos.html