Vous êtes sur la page 1sur 20
Catarina Ribeiro 1

Catarina Ribeiro

Catarina Ribeiro 1

1

 Vamos Recordar : Circunferência de centro C e raio r é o lugar geométrico

Vamos Recordar:

Circunferência de centro C e raio r é o lugar geométrico de todos os pontos do plano que estão à mesma distância r de um

ponto fixo C.

Círculo de centro C e raio r é o lugar geométrico de todos os pontos do plano que estão a uma distância menor ou igual a r de um ponto fixo C.

Raio é o segmento de recta que une um ponto da circunferência com

o seu centro.

Corda é qualquer segmento de recta cujas extremidades são dois pontos da circunferência.

Diâmetro é acorda que passa pelo centro da circunferência, sendo por isso a maior corda.O diâmetro divide a circunferência em duas semicircunferências.

da circunferência, sendo por isso a maior corda.O diâmetro divide a circunferência em duas semicircunferências .

2

Arco de circunferência é qualquer porção de circunferência compreendida entre dois pontos que se dizem extremidades

do arco.

entre dois pontos que se dizem extremidades do arco. Arco menor é qualquer arco menor que

Arco menor é qualquer arco menor que uma semicircunferência e que se pode

designar com duas letras. De acordo com a fig. seria o arco AF.

Arco maior é qualquer arco maior que uma semicircunferência e que se pode designar com três letras. De acordo com a fig. seria o arco FEA.

3

Posição relativa de uma recta e uma circunferência

 Posição relativa de uma recta e uma circunferência A recta r intersecta a circunferência de
 Posição relativa de uma recta e uma circunferência A recta r intersecta a circunferência de
 Posição relativa de uma recta e uma circunferência A recta r intersecta a circunferência de

A recta r intersecta a circunferência de centro C,

em dois pontos. r é secante à circunferência.

A recta t intersecta a circunferência no ponto T.

t é tangente à circunferência.

A recta s não intersecta a circunferência de centro C.

s é exterior à circunferência.

4

Posição relativa de duas circunferências

 Posição relativa de duas circunferências As circunferências são exteriores As circunferências são tangentes

As circunferências são exteriores

duas circunferências As circunferências são exteriores As circunferências são tangentes exteriores As

As circunferências são tangentes exteriores

As circunferências são exteriores As circunferências são tangentes exteriores As circunferências são secantes 5

As circunferências são secantes

5

Simetrias numa circunferência

O eixo de simetria de uma figura divide-a em duas partes geometricamente iguais.

Toda a recta que passa pelo centro da circunferência é eixo de simetria da circunferência. A circunferência tem uma infinidade de eixos de simetria.

A circunferência tem uma infinidade de eixos de simetria. A tangente a uma circunferência é perpendicular

A tangente a uma

circunferência é

perpendicular ao raio que passa pelo ponto de tangência, T.

perpendicular ao raio que passa pelo ponto de tangência, T. Numa circunferência a recta perpendicular ao

Numa circunferência a recta

perpendicular ao meio de

uma corda passa pelo centro da circunferência.

ao meio de uma corda passa pelo centro da circunferência. Numa circunferencia: arcos (ou cordas) compreendidos

Numa circunferencia:

arcos (ou cordas)

compreendidos entre cordas paralelas são

geometricamente i guais

6

 Ângulo ao centro
 Ângulo ao centro
 Ângulo ao centro Ângulo ao centro é um ângulo que tem o vértice no centro

Ângulo ao centro é um ângulo que tem o vértice no centro da circunferência e cada lado contém um raio dessa circunferência.

AOB

é um ângulo ao centro

7

 Amplitude do ângulo ao centro circunferência.
 Amplitude do ângulo ao centro
circunferência.

A cada ângulo ao centro corresponde um arco, que é a sua intersecção com a

Reciprocamente, a

cada

arco

corresponde um ângulo ao centro

Reciprocamente, a cada arco corresponde um ângulo ao centro A amplitude do ângulo ao centro é

A amplitude do ângulo ao centro é

igual

correspondente.

à

amplitude

do

arco

arco corresponde um ângulo ao centro A amplitude do ângulo ao centro é igual correspondente. à

8

Exercício:

Determine a amplitude do ângulo x e do seu arco correspondente.

1.

2.

amplitude do ângulo x e do seu arco correspondente. 1. 2. A amplitude do arco correspondente
amplitude do ângulo x e do seu arco correspondente. 1. 2. A amplitude do arco correspondente

A amplitude do arco correspondente ao ângulo é 120º.

2. A amplitude do arco correspondente ao ângulo é 120º. x ˆ  60º A amplitude

xˆ 60º

A amplitude do arco correspondente é também 60º.

9

 Ângulo inscrito
 Ângulo inscrito

Ângulo inscrito é um ângulo que tem o vértice na circunferência e os lados contém cordas dessa circunferência.

AVB

é um ângulo inscrito

vértice na circunferência e os lados contém cordas dessa circunferência.   A V B é

10

Na figura, [ABC] é um triângulo equilátero.
Na figura, [ABC] é um triângulo equilátero.

Logo,

ˆ

A C B 60º

é um triângulo equilátero. Logo, ˆ A C B  60º O arco AB tem de

O arco AB tem de amplitude 120º, porque

ˆ

A O B 120º

C

60° O 120° B A
60°
O
120°
B
A

Portanto,

porque ˆ A O B  120º C 60° O 120° B A Portanto, ˆ 1

ˆ 1

2

A amplitude do ângulo inscrito é igual a metade da amplitude do ângulo ao centro correspondente.

OU

A amplitude do ângulo inscrito é igual a metade da amplitude

do arco que ele contém.

11

A C B

AÔB

Alguns Exemplos:

Alguns Exemplos: 12
Alguns Exemplos: 12
Alguns Exemplos: 12

12

Exercícios: determine a amplitude dos ângulos pedidos. 1. yˆ  86º 86º  43º xˆ
Exercícios: determine a amplitude dos ângulos pedidos.
1.
yˆ  86º
86º
 43º
xˆ
2
2.
40º
 20º
xˆ 
2
yˆ  40º
13

Propriedades

1. Ângulos inscritos que contêm o mesmo arco

A C ˆ B A D ˆ B A E ˆ B

,

porque os três ângulos contêm o mesmo

E ˆ B   , porque os três ângulos contêm o mesmo arco AB .

arco AB.

Então,

Os ângulos inscritos que

contêm o mesmo arco são

geometricamente iguais.

o mesmo arco AB . Então, Os ângulos inscritos que contêm o mesmo arco são geometricamente
50º 50º 50º
50º
50º
50º

14

2. Ângulos inscritos numa semi-circunferência

A C ˆ B A D ˆ B A E ˆ B 90º

Então,

Um ângulo inscrito

numa semi-circunferência

é um ângulo recto.

 A E ˆ B  90º Então, Um ângulo inscrito numa semi-circunferência é um ângulo
90º 90º 90º
90º
90º
90º

15

4. Ângulos opostos de um quadrilátero inscrito numa circunferência

ˆ

a ˆ2 A B C

ˆ A D C

b

2

ˆ

ˆ

aˆb A B ˆ C A D ˆ C )

2(

Mas,

ˆ

aˆb 360º

Portanto,

Logo,

2( A B ˆ C A D ˆ C

)

360º

A B ˆ C A D ˆ C 180º

ˆ C  ) 360º A B ˆ C  A D ˆ C  180º

Então, A soma dos ângulos opostos de um quadrilátero inscrito numa

circunferência é 180º.

16

3. Ângulo ao centro, arcos e cordas

Na figura estão representados dois ângulos ao centro iguais, as cordas e os arcos correspondentes.

ao centro iguais, as cordas e os arcos correspondentes. C D  A B  40º
ao centro iguais, as cordas e os arcos correspondentes. C D  A B  40º

C D A B 40º

Então,

C D A B

Numa circunferência, as

cordas correspondentes a dois ângulos

ao centro iguais são geometricamente

iguais, e reciprocamente.

centro iguais são geometricamente iguais, e reciprocamente. Numa circunferência, os arcos correspondentes a dois
centro iguais são geometricamente iguais, e reciprocamente. Numa circunferência, os arcos correspondentes a dois

Numa circunferência, os arcos correspondentes a dois ângulos ao centro iguais são geometricamente iguais, e reciprocamente.

17

4. Ângulo ao centro, arcos e cordas

4. Ângulo ao centro, arcos e cordas Um arco de amplitude 50º corresponde a um ângulo

Um arco de amplitude 50º corresponde a um

ângulo ao centro de amplitude de 50º.

corresponde a um ângulo ao centro de amplitude de 50º. Embora os três arcos tenham 50º
corresponde a um ângulo ao centro de amplitude de 50º. Embora os três arcos tenham 50º
corresponde a um ângulo ao centro de amplitude de 50º. Embora os três arcos tenham 50º
corresponde a um ângulo ao centro de amplitude de 50º. Embora os três arcos tenham 50º

Embora os três arcos tenham 50º de amplitude, os seus comprimentos são diferentes. O comprimento de cada um depende do raio da circunferência que o contém. Quanto maior for o raio da circunferência, maior é o comprimento do arco.

Se o raio da circunferência que contém o arco EF, de amplitude 50º, for 2 cm o seu comprimento é:

do arco. Se o raio da circunferência que contém o arco EF, de amplitude 50º, for

18

1.

2.

Exercícios: determine a amplitude dos ângulos pedidos.

Exercícios: determine a amplitude dos ângulos pedidos. Pela propriedade 1 vêm: x ˆ  6 2

Pela propriedade 1 vêm:

xˆ 62º

yˆ 2 62º 124º

 6 2 º y ˆ  2  62º  1 2 4 º A

A amplitude do arco correspondente ao ângulo

(inscrito) de 130º é de 260º.

Logo,

xˆ360º260º

100º

19

3. Usando a propriedade 2 vêm: xˆ  180º(90º30º )    180º120º 60º
3.
Usando a propriedade 2 vêm:
xˆ  180º(90º30º ) 
  180º120º 60º 
4.
O A ˆ B A B ˆ O
B O A 
ˆ
180º
84º
96º
Então,
Logo,
96º
xˆ
 48º
2
20