Vous êtes sur la page 1sur 23

Contabilidade Avançada

Prof. Esp. Geovane Camilo dos Santos


Mestrando em Contabilidade e Controladoria UFU
E-mail: geovane_camilo@yahoo.com.br
Avaliação de Investimentos

Questões – Sala de aula – Avaliação de Investimentos

1. Quais são os três tipos de avaliação de investimentos abordados na lei 6.404/76


devidamente alterada pelas Leis 11.638/07 e 11.941/09, nos artigos 183 e 248?

2. O que são investimentos?

3. Cite 3 exemplos de investimentos.


Grupos do Balanço Patrimonial

BALANÇO PATRIMONIAL
ATIVO PASSIVO
CIRCULANTE CIRCULANTE
NÃO CIRCULANTE NÃO CIRCULANTE
REALIZÁVEL A LONGO PRAZO EXIGÍVEL A LONGO PRAZO
INVESTIMENTOS CAPITAL
IMOBILIZADO RESERVAS
INTANGÍVEL PREJUÍZO ACUMULADO

3
Avaliação de Investimentos

Introdução

• A lei 6.404/76, devidamente alterada pelas Leis 11.638/07 e 11.941/09,


apresenta nos artigos 183 e 248 três métodos para avaliação (mensuração) dos
investimentos:

a) Método do Custo;
b) Método do Valor Justo;
c) Método da Equivalência Patrimonial.

A avaliação de investimentos é disciplinada pela lei 6.404/76, NBC TG


Convergentes com as normas internacionais, CVM e BACEN

(BRASIL, 1976; MARTINS et al, 2013)


Avaliação de Investimentos

Investimentos

• “e as participações permanentes em
outras sociedades os direitos de qualquer
natureza, não classificáveis no ativo circulante,
e que não se destinem à manutenção da
atividade da companhia ou da empresa.”.
(BRASIL, 1976, p. 20). “e não classificáveis
também no Realizável a Longo Prazo” (MARTINS
et al., 2013, p. 188).

• Permanentes – para gerar benefícios pela sua


permanência na empresa.
• Classificados no grupo INVESTIMENTOS.

(MARTINS et al., 2013)


Avaliação de Investimentos
Esquema de classificação de participações

Investidora detém Não


mais de 50% do Não é
capital votante da Controlada
20% ou mais do
investida? capital votante e
influência
significativa
Sim
Investidora detém
Sim 20% ou mais do
Controlada Coligada capital votante da
investida não
Sim controlada?

Investidora tem influência Não


Outras Não significativa na
administração da
participações investida não controlada
Indeterminada
com menos de 20% do
capital votante

Adaptado de Perez Júnior e Oliveira (2010, p. 34).


Avaliação de Investimentos
Esquema de classificação de participações

Investida é Não
controlada (50%
Indeterminado
ou mais do capital
votante?

Sim Investida é coligada


Sim (20% do capital
Método da votante ou
influência
Equivalência significativa)?
Patrimonial
Não

Método de
Custo ou
Valor Justo

Adaptado de Perez Júnior e Oliveira (2010, p. 36).


A participação é exclusivamente com o
objetivo de venda subsequente? (12
meses)

Não Sim

A investidora exerce
Aplica CPC 38
controle?

Sim Não

Aplica o CPC 18 para A investidora exerce influência significativa


contabilizar o
investimento
(controlada) Sim Não

Aplica CPC 19 para contabilizar o Existe acordo contratual


investimento (coligada) especificando controle conjunto

Sim Não

Aplica CPC 19 Aplica CPC 38

Almeida (2013)
Avaliação de Investimentos

Questões – Sala de aula – Avaliação de Investimentos

1. Qual é o conceito do método de avaliação de investimentos denominado método


de equivalência patrimonial?
2. Qual é o mecanismo de avaliação inicial de Investimentos pelo Método de
Equivalência Patrimonial?
3. Cite 03 exemplos de como o lucro pode ser destinado.
4. Quais são as sociedades que devem adotar o método de investimento MEP?
5. Defina o que são sociedades Coligadas
6. Do que se trata o termo influência significativa?
7. O que é um sociedade controlada?
8. O que é uma sociedade Controlada em conjunto?
9. O que são empresas que fazem parte de um mesmo grupo?
10.O que é controle comum?
Avaliação de Investimentos

Método da Equivalência Patrimonial

Investimentos Sujeitos ao MEP: Quem deve aplicar a Equivalência


Patrimonial?

Artigo 248 Lei 6.404/1976 – Sociedades por ações que, na data do balanço,
tiverem investimentos em coligadas ou em controladas e em outras sociedades que
façam parte de um mesmo grupo ou estejam sob controle comum.

NBC TG 18 item 10 – Entidades que tiverem investimentos em coligadas, em


controladas e em empreendimentos controlados em conjunto (joint venture).

BRASIL (1976); CPC (2012).


Avaliação de Investimentos

Coligada: é uma entidade sobre a qual o investidor tem influência significativa


(CPC 18 (R2)).

(Redação anterior: Coligada é uma entidade, incluindo aquela não constituída sob
a forma de sociedade tal como uma parceria, sobre a qual o investidor tem
influência significativa e que não se configura como controlada ou participação em
empreendimento sob controle conjunto (joint venture).

Influência significativa: é o poder de participar das decisões sobre políticas


financeiras e operacionais de uma investida, mas sem que haja o controle
individual ou conjunto dessas políticas.

CPC (2012)
Avaliação de Investimentos

Conceitos legais (Lei 6.404/76 e CPC 18)

Presunção de influência significativa.

É presumida influência significativa quando a investidora for titular de 20%


(vinte por cento) ou mais do capital votante da investida, sem controlá-la (art.
243, § 4o).

BRASIL (1976); CPC (2012)


Avaliação de Investimentos

Controladas – CPC 36

É a entidade, incluindo aquela não constituída sob a forma de sociedade tal


como uma parceria, na qual a controladora, diretamente ou por meio de
outras controladas, é titular de direitos de sócio que lhe assegurem, de
modo permanente, preponderância nas deliberações sociais e o poder de
eleger a maioria dos administradores.

CPC (2012)
Avaliação de Investimentos

Método da Equivalência Patrimonial

• O Método de Equivalência Patrimonial (MEP) consiste na atualização dos


valores dos investimentos feitos em coligadas ou em controladas e em outras
sociedades que façam parte de um mesmo grupo ou estejam sob controle
comum, com base na variação ocorrida no Patrimônio Líquido das
sociedades.

• NBC TG 18 “MEP é o método de contabilização por meio do qual o investimento


é inicialmente reconhecimento pelo custo e, a partir daí, é ajustado para
refletir a alteração pós-aquisição na participação do investidor sobre os ativos
líquidos da investida”

ALMEIDA (2013); CPC (2012)


Avaliação de Investimentos

Método da Equivalência Patrimonial

• Mensuração Inicial: Quando ingressam no patrimônio devem ser avaliados pelo


Método do Custo.

• Mensuração Posterior: Verificar lucro ou prejuízo e fazer o ajuste

CPC (2012); RIBEIRO (2014)


Avaliação de Investimentos

Método da Equivalência Patrimonial

Caso de Distribuição de Dividendos

O Lucro Líquido do exercícios poderá ter várias destinações: Constituição de


Reservas, compensação de Prejuízos Acumulados apurados em exercícios
anteriores e distribuição de dividendos.

A destinação do lucro líquido por dividendos não figurará no seu PL – No caso


dividendos a pagar.

CPC (2012)
Avaliação de Investimentos

Questões – Sala de aula – Avaliação de Investimentos – Método de Valor


Justo

1. Qual é o conceito do método de avaliação de investimentos denominado método


do valor justo?
2. Qual é o mecanismo de avaliação inicial de Investimentos pelo Método do valor
justo?
3. Em uma situação final de um exercício social onde o custo inicial do
investimento é maior que o valor justo de realização como deve ser a
contabilização?
Avaliação de Investimentos

Método do Valor Justo

• Consiste em avaliar o investimento atribuindo-lhe o respectivo valor de


mercado.
• Valor justo - preço que seria recebido pela venda de um ativo ou que seria pago
pela transferência de um passivo em uma transação não forçada entre
participantes do mercado na data de mensuração.

Mecanismo de Avaliação pelo Método do Valor Justo

Mensuração Inicial

Deve ser contabilizado pelo valor de entrada, isto é, pelo custo de aquisição
constante do documento que comprova o ingresso do respectivo investimento,
acrescido dos demais encargos com a transação (Custos de Transação),
Corretagens, emolumentos, tributos etc. Contudo, há situações em que a norma
determina valor diferente que poderá ser inferior ou superior ao custo.

(CPC, 2011a; 2011b; 2012)


Avaliação de Investimentos

Questões – Sala de aula – Avaliação de Investimentos

1. Qual é o conceito do método de avaliação de investimentos denominado método


de custos?

2. Qual é o mecanismo de avaliação inicial de Investimentos pelo Método do


Custo?

3. Em uma situação final de um exercício social onde o custo inicial do


investimento é menor que o valor provável de realização como deve ser a
contabilização do ajuste pelo método do custo?
Avaliação de Investimentos
Investimentos Sujeitos a avaliação pelo Método do Custo

Lei 6.404/76: Todos os investimentos classificados no Ativo Circulante e nos


subgrupos ARLP e Investimentos do Ativo Não Circulante, exceto aqueles sujeitos
aos métodos que serão tratados por Valor Justo e por Equivalência Patrimonial.

Artigo 183

Inciso I: Aplicações em instrumentos financeiros, inclusive derivativos, e em


direitos e títulos de créditos, classificados no ativo circulante ou no realizável a
longo prazo;
Inciso III: Investimentos permanentes em participação no capital social de outras
sociedades; e
Inciso IV: Outros investimentos como obras de arte, propriedade para
investimentos (Exemplo Compra de um prédio que não utilizará na operação) etc.

BRASIL (1976)
Avaliação de Investimentos

Método de Custo

• Também conhecido como Método do Custo de Aquisição ou do Custo


Histórico, consiste em avaliar os componentes do patrimônio tendo como base os
valores das transações que lhe deram origem.

Mecanismo de Avaliação de Investimentos pelo Método do Custo

Mensuração Inicial

Deve ser contabilizado pelo valor de entrada, isto é, pelo custo de aquisição
constante do documento que comprova o ingresso do respectivo investimento,
acrescido dos demais encargos com a transação (Custos de Transação),
Corretagens, emolumentos, tributos etc.

RIBEIRO (2014)
Avaliação de Investimentos

Mensuração Posterior

No final do exercício por ocasião do resultado e elaboração das demonstrações


contábeis, esse investimento será avaliado com base na regra “custo ou valor de
realização, dos dois o MENOR”, contida no inciso III do artigo 183 da Lei 6.404/76.

Podem haver duas situações no final do exercício: (Vamos assumir que estes títulos
não são cotados no mercado de capitais).

BRASIL (1976); CPC (2012); RIBEIRO (2014)


Exercícios postado no site do professor