Vous êtes sur la page 1sur 43

SANGUE

(TECIDOS HEMATOPOÉTICO e SANGUÍNEO)


SANGUE
• QUAIS SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS?

• Equivale aproximadamente à 7 a 8% do peso corporal:

Homem jovem (~ 70kg) – 5 a 6 litros de sangue


Mulher jovem (~ 60kg) – 4 a 5 litros de sangue

• O volume sanguíneo reduz


com a idade e com a
diminuição do índice de massa
corporal (IMC).
SANGUE
CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

• É formado por:

 células do sangue (elementos figurados):


1. glóbulos vermelhos/eritrócitos/hemácias
2. glóbulos brancos/leucócitos
3. plaquetas/trombócitos

 matriz extracelular líquida (plasma)


SANGUE
CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

• As células sanguíneas têm vida curta e são


constantemente renovadas pela proliferação mitótica de
células-tronco localizadas nos órgãos hematopoéticos;
SANGUE
• QUAIS SUAS FUNÇÕES?

• Via de transporte de gás oxigênio (O2) e GLÓBULOS


nutrientes para todas as células do corpo,
VERMELHOS
recolhendo gás carbônico (CO2) e excreções
metabólicas;
• Via de transporte dos hormônios produzidos
pelas glândulas endócrinas, levando-os ao
seu local de atuação;
• Regulação da temperatura corporal PLASMA
(distribuição de calor);
• Manutenção do equilíbrio hídrico e osmótico;

• Proteção contra agentes infecciosos, GLÓBULOS


promovendo a defesa imunológica. BRANCOS
TECIDO HEMATOPOÉTICO
TECIDO HEMATOPOÉTICO
• QUAIS SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS?
• Tecido produtor das células sanguíneas (processo chamado
de hematopoese);
• Localiza-se na medula óssea vermelha (osso esponjoso);
• Também está presente no timo, baço, tonsilas e linfonodos
(órgãos linfáticos – produz linfócitos);
• Nos embriões, os principais
locais de hematopoese é
o fígado e o baço.
TECIDO HEMATOPOÉTICO
CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS
TECIDO HEMATOPOÉTICO
CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

• Composto por células-tronco pluripotentes: capazes de


originar todos os tipos de células do sangue

• Originam duas linhagens celulares:

1. células-tronco mieloides: origina hemácias, plaquetas e


maioria dos leucócitos (monócitos, neutrófilos,
basófilos e eosinófilos)
2. células-tronco linfoides: origina leucócitos do tipo
linfócito (B e T)
TECIDO HEMATOPOÉTICO
CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS
TECIDO HEMATOPOÉTICO
CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

• Conforme o tipo de glóbulo formado, o processo recebe os


seguintes nomes:

 Eritropoese: forma eritrócitos/hemácias


 Granulocitopoese: forma granulócitos (neutrófilos, basófilos
e eosinófilos)
 Monocitopoese: forma monócitos
 Linfocitopoese: forma linfócitos
 Megacariocitopoese: forma megacariócitos (seus fragmentos
são chamados de plaquetas)
HEMATOPOESE
Célula-tronco pluripotente
ERITROPOESE

MEGACARIOCITOPOESE

GRANULOCITOPOESE
LINFOCITOPOESE

Célula-tronco Célula-tronco
mieloide linfoide

MONOCITOPOESE

Linfócitos

Monócito
Eritrócitos Plaquetas Neutrófilo Eosinófilo Basófilo
TECIDO HEMATOPOÉTICO
CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

• As células sanguíneas passam por diferentes estágios de


diferenciação e maturação na medula óssea vermelha, antes
de migrarem para o sangue.
MEDULA
ÓSSEA

MEDULA
ÓSSEA
• Durante sua diferenciação, os linfócitos são transportados
pelo sangue para os órgãos linfáticos, onde se multiplicam;
• Os linfócitos B se diferenciam na própria medula óssea,
enquanto os linfócitos T provém de células que migram da
medula para o timo e ali se diferenciam.
TECIDO SANGUÍNEO
TECIDO SANGUÍNEO
• QUAIS SEUS COMPONENTES?

 HEMATÓCRITO:
É a porcentagem de volume
ocupada pelos glóbulos
vermelhos no volume total
de sangue.

55% plasma
43% hemácias
2% leucócitos e plaquetas
PLASMA≠ SORO
Em virtude da presença do FIBRINOGÊNIO
(proteína que realiza a coagulação sanguínea)
TECIDO SANGUÍNEO
COMPONENTES

• PLASMA:

• COMPONENTES:
• Mais de 90% do plasma é água;
• Restante é constituído por proteínas, sais,
hormônios, nutrientes, gases e excreções;

• FUNÇÃO: transportar essas substâncias pelo corpo,


permitindo às células receber os nutrientes necessários à
vida e eliminar toxinas geradas pelo metabolismo.
TECIDO SANGUÍNEO
COMPONENTES

• PLASMA:

• PROTEÍNAS:

 Albumina: viscosidade do sangue e


potencial osmótico;
 Imunoglobulinas: atuam como anticorpos
 Proteínas da coagulação: protrombrina e
fibrinogênio
TECIDO SANGUÍNEO
COMPONENTES

• CÉLULAS:
LINFÓCITO MONÓCITO

NEUTRÓFILO EOSINÓFILO

BASÓFILO
ESFREGAÇO SANGUÍNEO:

E: eritrócitos (hemácias)
SETA: plaquetas
TECIDO SANGUÍNEO
CÉLULAS

• ERITRÓCITOS:

• Também chamados de hemácias ou glóbulos vermelhos;


• Células mais abundantes do sangue;
• Forma de disco bicôncavo (↑ superfície de contato);
• Em seu interior há moléculas de hemoglobina: proteína de
cor vermelha que se liga às moléculas de oxigênio (O2);
• Não possuem núcleo (eliminado durante processo de
diferenciação) – não consome oxigênio enquanto o carrega;
• Vivem em média de 120 dias e quando estão velhas são
destruídas no fígado e baço.
TECIDO SANGUÍNEO
CÉLULAS

• Há cerca de 250 milhões de moléculas de hemoglobina em


cada hemácia, capazes de transportar até 1 bilhão de
moléculas de gás oxigênio;
• Hemoglobina contém ferro – deficiência desse íon pode
causar anemia ferropriva.
TECIDO SANGUÍNEO
CÉLULAS
• LEUCÓCITOS:

• Também chamados de glóbulos brancos;


• Células esféricas e nucleadas (maiores que as hemácias);
• Defendem o organismo contra microrganismos ou substâncias
estranhas que penetram nos tecidos;
• Durante uma infecção, o número
de leucócitos aumenta muito
(dobra ou triplica);
• Grande mobilidade: saem dos vasos sanguíneos e entram
nos tecidos infeccionados (diapedese).
TECIDO SANGUÍNEO
CÉLULAS
• LEUCÓCITOS:

• Dependendo da sua aparência no microscópio óptico, são


classificados em 2 grandes grupos:

• GRANULÓCITOS: apresentam grânulos evidentes no seu


citoplasma
Ex: neutrófilos, basófilos e eosinófilos

• AGRANULÓCITOS: não apresentam grânulos


Ex: monócitos e linfócitos
• LEUCÓCITOS: TECIDO SANGUÍNEO
CÉLULAS

• GRANULÓCITOS:

1. Neutrófilos

• Leucócitos mais abundantes (50 a 70%);


• Núcleo geralmente trilobado ou tetralobado com dois a três
estrangulamentos;
• Apresentam grânulos de cor clara no citoplasma;
• FUNÇÃO: fagocitam bactérias e partículas estranhas (ativos
no início da infecção);
• Pus: grande quantidade de neutrófilos que
morreram combatendo agentes infecciosos.
• LEUCÓCITOS: TECIDO SANGUÍNEO
CÉLULAS
• GRANULÓCITOS:

2. Eosinófilos

• Representam 1 a 5% dos leucócitos;


• Núcleo geralmente bilobado devido a um estrangulamento
central;
• Grânulos se coram em rosa ou vermelho (corante eosina);
• FUNÇÃO: combater invasores de grande tamanho por meio
da liberação de íons e enzimas (ex: vermes parasitas);
• Secretam substâncias anti-histamínicas capazes de bloquear
processos alérgicos.
TECIDO SANGUÍNEO
• LEUCÓCITOS:
CÉLULAS

• GRANULÓCITOS:

3. Basófilos

• Representam apenas 0,5 a 1% dos leucócitos;


• Núcleo de forma irregular;
• Grânulos de grande tamanho que preenchem quase todo o
citoplasma e se coram de azul ou roxo (corante hematoxilina);
• FUNÇÃO: Liberam histamina (facilita saída dos neutrófilos e
anticorpos para os locais infecciosos) e heparina (ação
anticoagulante).
• LEUCÓCITOS: TECIDO SANGUÍNEO
CÉLULAS

• AGRANULÓCITOS:

1. Monócitos

• Representam 2 a 8% dos leucócitos;


• Maiores células do sangue;
• Núcleo em forma de rim ou ferradura;
• Citoplasma quase não possui grânulos;
• Permanecem na circulação por poucas horas, logo migram
para os tecidos e se transformam em macrófagos – células
ativas na fagocitose;
• Nos ossos, os monócitos dão origem aos osteoclastos.
• LEUCÓCITOS: TECIDO SANGUÍNEO
CÉLULAS

• AGRANULÓCITOS:

2. Linfócitos

• Representam 20 a 40% dos leucócitos;


• Núcleo arredondado;
• Pouca ou nenhuma granulação no citoplasma;
• FUNÇÃO: imunidade do organismo (memória imunológica)
• Classificados em 2 tipos:
 LINFÓCITO B: produzem anticorpos
 LINFÓCITO T: atacam células cancerosas ou infectadas por vírus
TECIDO SANGUÍNEO
CÉLULAS
• PLAQUETAS:

• Também chamadas de trombócitos;


• Originam-se a partir dos megacariócitos;
• Megacariócitos maduros (presentes na medula óssea)
emitem prolongamentos citoplasmáticos que penetram nos
capilares sanguíneos e se fragmentam – são as plaquetas;
• FUNÇÃO: coagulação sanguínea.
COAGULAÇÃO DO SANGUE

Proteína fibrosa cujas


moléculas se entrelaçam
formando uma rede
As hemácias são incapazes de atravessar a rede de fibrina que se forma no local do
ferimento, acumulando-se e originando o coágulo (que estanca a hemorragia)
COAGULAÇÃO DO SANGUE

FIBRINA

PLAQUETAS