Vous êtes sur la page 1sur 7

Engenharia da Computação

Física II

Antonio Carlos Ribeiro Nascimento/3000001/ ENG171

RELATÓRIO 1 – CENTRO DE GRAVIDADE

Birigui – SP
2018
EXPERIMENTO 1 FÍSICA II

Relatório para a disciplina de física do curso


Engenharia da Computação, sob a
orientação do Prof. Me. Allan Victor, como um
dos pré-requisitos para a avaliação da
disciplina de Física experimental 2.

Birigui – SP
2018

RESUMO:

Este relatório contém o procedimento prático para determinação de centro de massa


de um objeto de madeira no formato de um paralelepípedo contendo o cálculo do centro de
gravidade do objeto a partir da massa e tamanho do objeto analisado; podendo ser adaptado
o mesmo procedimento para encontrar o centro de massa de diferentes corpos ou sistemas.

Palavras-chave: Física, centro de massa, centro de gravidade.

Abstract:

This report contains the practical procedure for determining the center of mass of a
wooden object in the shape of a parallelepiped containing the calculation of the center of
gravity of the object from the mass and size of the object analyzed; the same procedure can
be adapted to find the center of mass of different bodies or systems. Key words: Physics,
center of mass, center of gravity.
INTRODUÇÃO:

Centro de gravidade de um corpo é o ponto onde se concentra a massa total de um


corpo ou sistema e que nele estejam aplicadas todas as forças externas, ou seja, ponto onde
pode ser considerada a aplicação da força de gravidade de todo um corpo formado por um
conjunto de partículas; essas partículas são atraídas para o centro da terra, cada qual com a
sua força peso.

OBJETIVO:

O objetivo desse experimento foi encontrar o centro de gravidade (ponto onde se


concentra a massa total do corpo) do nosso objeto de madeira em formato de paralelepípedo
do por meio de integrais simples.

MATERIAIS UTILIZADOS:

Escalimetro
Objeto de madeira – formato de paralelepípedo
Balança
Barbante
PROCEDIMENTO:

De princípio foi medido as dimensões do objeto usando o escalimetro e então


encontrando as seguintes medidas X = 19,5 cm, Y = 4,5 cm e Z = 5,5 cm, depois com
auxílio de uma balança foi medida o peso do objeto que é 428 g.
Após termos os dados necessários para encontrar o centro de massa aplicamos a
partir da forma da densidade encontramos o nosso centro de gravidade então:

Para encontramos o centro de massa em em X então nosso = x, usamos a seguinte


formula:

Substituindo nosso dm, temos:


M x ∫
Xcm = 1 x M dx

Xcm= 1
x ∫ xdx
Xcm= 1
x ∫ x² dx
2

Xcm = 1
∫ x dx
2
19 ,5

│x dx
Xcm =
0
2
Xcm = 19,5
2
Xcm = 9, 75cm

Aplicando o mesmo processo para Y = 4,5 cm e Z = 5,5 cm; encontramos os


respectivos valores Y = 2,25 cm e Z= 2,75 cm.
PROCEDIMENTO:

De princípio foi medido as dimensões do objeto usando o escalimetro e então


encontrando as seguintes medidas X = 19,5 cm, Y = 4,5 cm e Z = 5,5 cm, depois com
auxílio de uma balança foi medida o peso do objeto que é 428 g.
Após termos os dados necessários para encontrar o centro de massa aplicamos a
partir da forma da densidade encontramos o nosso centro de gravidade então:

Para encontramos o centro de massa em em X, usamos a seguinte formula:

Substituindo nosso dm, temos:


Aplicando o mesmo processo para Y = 4,5 cm e Z = 5,5 cm; encontramos os
respectivos valores Y = 2,25 cm e Z= 2,75 cm.

CONCLUSÃO:

Os dados obtidos para as massas através das equações possibilitaram determinar o


centro de massa do objeto nos quais foram coerentes com a aplicação teórica em sala de
aula. Nota-se que a artifício utilizado é bastante eficiente para a visualização e
confiabilidade para localização do centro de massa de um corpo ou sistema.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Livros: Sears & Zemansky, Young & Freedman. FÍSICA I: Mecânica. – 12ª. Ed –
Rio de Janeiro, 2008. PEARSON, Addison Wesley.