Vous êtes sur la page 1sur 2

PERGUNTA 1

1. Os direitos obrigacionais ou pessoais, são também chamados de direitos de crédito e se


distinguem dos direitos reais por estabelecerem uma prestação existente entre dois polos, em
que o polo ativo se obriga para com o polo passivo.

Verdadeiro

Falso

0,2 pontos
PERGUNTA 2
1. O direito das obrigações é o responsável pela organização e suporte econômico da sociedade,
pois permite que os bens e serviços necessários para a satisfação dos interesses dos seres
humanos circulem, daí sua importância.

Verdadeiro

Falso

0,2 pontos
PERGUNTA 3
1. São três os elementos constitutivos das relações jurídicas obrigacionais: a) sujeito ativo; b)
sujeito passivo; e c) o vínculo jurídico.

Verdadeiro

Falso

0,2 pontos
PERGUNTA 4
1. O vínculo jurídico estabelecido entre duas ou mais pessoas (físicas ou jurídicas), mediante o
qual uma se compromete para com a outra em satisfazer o interesse desta, por meio de uma
prestação pessoal de valor econômico e cujo descumprimento permite a responsabilidade
patrimonial do inadimplente.

Verdadeiro

Falso

0,2 pontos
PERGUNTA 5
1. As fontes das obrigações são os fatos jurídicos que dão origem aos vínculos obrigacionais, em
conformidade com as normas jurídicas. Ou melhor, os fatos jurídicos que condicionam o
aparecimento das obrigações; desse conceito infere-se que a lei é a fonte primária de todas as
obrigações; as fontes mediatas, são aqueles fatos constitutivos das relações obrigacionais, isto
é, os fatos que a lei considera suscetíveis de criar relação creditória.

Verdadeiro

Falso

0,2 pontos
PERGUNTA 6
1. Obrigação ilíquida é aquela, incerta quanto à sua quantidade, que se torna certa pela
liquidação, que é o ato de fixar o valor da prestação momentaneamente indeterminada, para
que esta se possa cumprir. Assim, sem liquidação dessa obrigação, o credor não terá
possibilidade de cobrar seu crédito. Se o devedor não puder cumprir a prestação na espécie
ajustada, pelo processo de liquidação fixa-se o valor, em moeda corrente, a ser pago ao
credor.

Verdadeiro

Falso

0,2 pontos
PERGUNTA 7
1. O Código Civil Brasileiro de 1916 caracterizou-se por sua feição individualista e patrimonialista,
que, por sua vez, caracterizam-se pela ampla aplicação do princípio da autonomia da vontade
(autonomia privada), com uma intervenção mínima do Estado nas relações individuais.

Verdadeiro

Falso

0,2 pontos
PERGUNTA 8
1. Marilda contraiu com Paulo a obrigação de entregar seu carro em determinada data, ou, assim
pactuado, poderiam substituí-la pela entrega do carro da mãe de Marilda, e, na total
impossibilidade cumpri-la, poderia Paulo receber o valor do carro. Trata-se de uma situação
que envolve obrigação cumulativa.

Verdadeiro

Falso

0,2 pontos
PERGUNTA 9
1. A responsabilidade decorrente do descumprimento de uma obrigação, por vezes, se confundiu
com a vingança privada e a responsabilidade penal. Hoje, somente o patrimônio do devedor é
que responde pelo inadimplemento.

Verdadeiro

Falso

0,2 pontos
PERGUNTA 10
1. Quando da explicação do fenômeno obrigacional, a doutrina se dedicou ao vínculo enquanto
elemento da sua estrutura. Neste sentido, a teoria dualista distingue como vínculos
obrigacionais o débito e a responsabilidade, mas por valorizar a responsabilidade e dar pouca
importância ao dever de prestar do devedor, corrompe a ideia de cumprimento voluntário das
obrigações e, portanto, é criticada pelas demais teorias. Para amenizar e desenvolver esta
teoria, surgiu a teoria eclética.

Verdadeiro

Falso