Vous êtes sur la page 1sur 3

TÓPICOS E LIBRAS - AULA 5

ASPECTOS SOCIOLINGUISTICOS DA LINGUA DE SINAIS

OBJETIVOS DESSA AULA:

1. Identificar aspectos culturais relacionados ao sujeito surdo;


2. Reconhecer as diversas nuances da/na identificação cultural do sujeito surdo em sua comunidade
sinalizante e na sociedade em geral.

Ao analisarmos as características principais dos seres humanos, logo destacamos o fato de que o homem é
dotado de faculdade da linguagem. Isto o diferencie dos demais seres em função da complexidade dessa
faculdade em relação à de qualquer outro ser. Aquilo que chamamos de faculdade da linguagem diz respeito
a um sistema inato que, quando ativado, possibilidade o surgimento das diferentes línguas que conhecemos.

LÍNGUA E LINGUAGEM

Antes mesmo de falarmos pela primeira vez já possuímos, portanto, um sistema mental através do qual
estruturamos nosso pensamento, nosso conhecimento de mundo. Dessa forma, cada povo desenvolve uma
língua específica possibilitado pelas infinitas combinações permitidas pelas regras desse sistema inato. Isso
quer dizer que se uma criança nasce no Japão, a faculdade de aprender japonês é a mesma de uma criança
que nasce no Brasil. Apenas cada criança irá desenvolver a língua específica do meio em que vive.
Se buscarmos perguntar às pessoas mais próximas o que elas entendem por língua, poderemos encontrar
uma variedade de respostas que apontam para visões diferenciadas de língua. Cientificamente, também
diversas relações são estabelecidas.

LÍNGUA E SOCIEDADE

Podemos, por isso, estabelecer várias perspectivas para descrever a linguagem que privilegiam alguns de
seus aspectos, suas formas de manifestação etc. Podemos, por exemplo, pensar na língua como um meio de
comunicação, como uma estrutura, como um valor social, entre outras formas.
Nesta aula, ressaltamos os aspectos sociolinguísticos das línguas de sinais. Em outras palavras, fazemos
referência às relações entre linguagem e sociedade que podem nos ajudar a entender as línguas (de sinais)
como valores, produtos de um determinado grupo. Essas possíveis relações nos permitem levantar algumas
questões.

1
2
Saiba mais sobre as línguas de sinais. Visite www.ethnologue.com e clique em Deaf Sign Language
(procure as línguas que são utilizadas no Brasil).
Visite o site http://www.acessobrasil.org.br/libras/ e aprofunde o seu vocabulário.