Vous êtes sur la page 1sur 2

Turma: Psicologia 10º Período

 1909: Primeiros fundamentos da terapia familiar encontraram-se no


atendimento do Pequeno Hans realizado por Freud. O processo terapêutico
ocorreu através do pai do menino, criando mudanças significativas na
dinâmica familiar.
 1917: Atendimento familiar dos assistentes sociais, como foco de trabalho o
grupo familiar, inovando o olhar terapêutico para a família.
 1930: surgimento do aconselhamento conjugal. Um dos pioneiros foi Nathan
Ackerman, psiquiatra e psicanalista infantil, passou a observar as famílias
junto com o paciente em sua clínica.
 1946: Carl Whitaker iniciou experiência com o tratamento de grupos familiares,
com um interesse especial por esquizofrênicos e suas famílias.
 1950: Vários grupos estudaram, pesquisaram e trataram esquizofrênicos e
suas famílias. Grande parte dos fundamentos da terapia familiar partiu do
interesse que os profissionais mostraram pelo atendimento de seus pacientes
esquizofrênicos nas relações e comunicações trocadas com suas respectivas
famílias.
 1954, Bowen ingressou no National Institute of Menta Health (NIMH), onde
desenvolveu o conceito de simbiose mãe-criança, incluindo a figura paterna.
Isso o levou ao conceito de triângulos – envolver uma terceira pessoa com a
finalidade de desviar um conflito entre dois membros de uma família. Ele
trabalhou sobre o conceito de esquizofrenia como um processo que requer
três gerações para ser desenvolvida.
 1955: Iniciou a prática privada, e ele e seus colaboradores desenvolveram na
Atlanta Psychiatric Clinic uma forma de psicoterapia “experiencial”, com
técnicas provocativas no tratamento de indivíduos, casais, famílias e grupos.
 1959: Don Jackson fundou o Mental Research Institute (MRI), em Palo Alto,
tornando-se seu diretor, no momento em que o movimento da terapia familiar
começa a ganhar um espaço importante no campo das terapias, despertando
o interesse de outros profissionais, como Jules Riskin, Virginia Satir, Jay
Haley, John Weakland, Paul Watzlawick e Janet Beavin.
 1962: Jay Haley vincula-se ao MRI. Haley e Weakland levaram para o MRI as
ideias cibernéticas de Bateson e as ideias de Milton Erickson, com quem
haviam estudado anteriormente em Phoenix. Este grupo, MRI, iniciou um dos
primeiros programas de treinamento oficial em terapia familiar, desenvolvendo
algumas das primeiras pesquisas em interação familiar.
 1965: Salvador Minuchin, começa a integrar o movimento de terapia familiar.
Ele pesquisou famílias de classe social baixa com filhos delinquentes, além de
trabalhar com elas.
 1967: O Centro de Terapia Breve do MRI inicia suas atividades. A terapia
breve é focalizada sobre os sintomas que a família traz e limita-se a sessões
(é conhecida como o modelo MRI).
 1970: Houve um importante movimento que veio proporcionar o interesse pela
terapia de casal e de família em nosso meio. A terapia de casal e família
recebeu a influência de vários grupos religiosos, sob a égide da Pastoral da
Igreja Católica.
 1974: É criada a Sociedade Italiana de Terapia Familiar.
 1977: Instituiu-se no Brasil a lei do divórcio, contribuindo para o incremento
desses grupos de casais como uma forma de prevenir a dissolução dos casais
e famílias.
 1980: Introduziu a terapia familiar a ideia de objetividade. A terapia narrativa
foi muito significativa para a terapia familiar no Brasil.
 1982: I Encontro Nacional de Terapia Familiar, considerado o marco do
movimento da terapia familiar entre nós.
 1984: realizou-se o II Encontro.
 1986: realizou-se o III Encontro.
 1988: I Encontro Brasileiro de Terapia Familiar em Salvador.
 1990: II Encontro Brasileiro de Terapia Familiar realizou-se em Belo Horizonte.
 1992: Em Brasília, foi realizado o III Encontro Brasileiro de Terapia Familiar.
 1994: I congresso brasileiro de terapia familiar em São Paulo. E a criação da
associação de terapia familiar ABRATEF.
 1995: É fundada no Rio de Janeiro a Associação de Terapia de Família ATF-
RIO.
 1996: II congresso de terapia familiar em Gramado.
 1998: III Congresso Brasileiro de Terapia Familiar foi realizado no Rio de
Janeiro.
 1999: II Encontro de Formadores promovido ABRATEF e pela Associação
Regional de Terapia Familiar – ARTEF-BA.
 2000: III Encontro de Formadores aconteceu em Curitiba. IV congresso
brasileiro de terapia familiar e II Encontro Latino-Americano de Terapia
Familiar em Brasília.
 2002: V congresso brasileiro de terapia familiar em Salvador.
 2004: VI congresso brasileiro de terapia familiar em Florianópolis.
 2006: VII congresso brasileiro de terapia familiar em São Paulo.
 2008: VIII congresso brasileiro de terapia familiar em Gramado.