Vous êtes sur la page 1sur 14

MONTEIRO

LOBATO
Professor: Caio Vitor M. Miranda
"os que veem normalmente as coisas
e, em consequência disso, fazem arte
pura" e os que "veem anormalmente
a natureza, e interpretam-na à luz de
teorias efêmeras, sob a sugestão
estrábica de escolas rebeldes".

ANTI-MODERNISTA
José Bento Renato Monteiro Lobato

18/abril/1882Taubaté

Morte:04/julho/1948

Advogado/Escritor

Industria do livro
"Lobato nunca fez literatura por literatura. Poucos
escritores botaram tanta intenção, tanto sofrimento,
tanta preocupação, tão sério amor, nos seus livros e
nos seus artigos, como o fez ele, em sua literatura
combativa e tantas vezes combatida" Orígenes Lessa
1.Os faroleiros
2. O engraçado arrependido
3. A colcha de retalhos
4. A vingança da peroba
5. Um suplício moderno
6. Meu conto de Maupassant
7. Pollice verso
8. Bucólica
9. O mata-pau
10. Boca torta
11. O comprador de fazendas
12. O estigma
13. Velha Praga
14. Urupês
Urupês
 a indolência do caipira

 Situação do caboclo brasileiro, abandonado pelos


poderes públicos às doenças, principalmente a
Ancilostomose (ou Amarelão), seu atraso e à indigência.

 Jeca Tatu era um pobre caboclo Amâncio Mazzaropi


que morava no mato, numa casinha de sapé.

 Vivia na maior pobreza, em companhia da mulher,


muito magra e feia e de vários filhos pálidos e tristes.

 Passava os dias de cócoras, pitando enormes cigarrões


de palha, sem ânimo de fazer coisa nenhuma.
 a figura de Jeca-Tatu;
 a relação do personagem com um urupê (peça
que eles pesquisem o significado dessa palavra
- "um fungo parasita";
 a sua vida preguiçosa;
 o fato de estar sempre de cócoras (agachado);
 o seu dia a dia e a "lei do menor esforço";
 o fato de se alimentar e se curar com tudo de
origem natural;
 o fato de ser alheio a tudo que se passa no
mundo (menos o voto!);
 representação da ignorância e do homem do
campo.
 levando em consideração a forma como
Jeca Tatu é retratado por Monteiro Lobato
e por Mazzaropi, o que você supõe que seja
preconceito social? Levante possíveis
exemplos;
 o modo de falar do caipira é melhor ou pior
que o do homem da cidade?
 os costumes do caipira são tidos como
inteligentes ou ignorantes pelo homem da
cidade? Por quê?
 os diferentes valores entre o homem da
cidade e o caipira.
NEGRINHA
 Relacionamento de opressão
 Castigo constante
 Contato interpessoal
 O papel da boneca
 Revolução burguesa – papel da criança
 Nome de Negrinha?
 Morte da personagem

 Qual o papel da lei para Negrinha?

 Qual a diferença da abolição da escravatura para


Negrinha?
 Por quê do final do livro?
Quando saiu a proclamação da
república e depois abolição dos
escravos, o Brasil ao invés de fazer um
código civil e/ou uma legislação como
incentivo para reorganização da
sociedade, dos escravos, o que demos
aos escravos? Um código penal (1890)
que serve para os que não tem. O
código civil demoramos 27 anos.

Centres d'intérêt liés