Vous êtes sur la page 1sur 5

JOGO DE SIMULAÇÃO EMPRESARIAL NO CONTEXTO UNIVERSITÁRIO:

UM ESTUDO DE CASO
BUSINESS SIMULATION GAME IN A UNIVERSITY CONTEXT: A CASE STUDY
Angélica Toffano Seidel Calazans1, Roberto Avila Paldês2

Abstract  The objective of this research is to evaluate a promoção a inclusão de jogos de simulação de negócio em
business simulator in the perception of teacher and students salas de aula [3].
in an Administration undergraduate degree at a higher Considerando o exposto, o presente trabalho visa avaliar
education institution. They were classified the simulation a percepção do professor e alunos quanto ao uso de um
games and identified the needs of the use of them in teaching simulador empresarial em um curso de graduação de
in a university context. The method used was the case study Administração de empresas de uma Instituição de Ensino
and collection techniques, as well literature review, Superior (IES). Foram consideradas as expectativas iniciais
interviews and questionnaires. They were considered the (2013) e a efetiva utilização do produto (2015). Para isso,
initial expectations (2013) and the effective use of the product apresentam-se na próxima seção, os conceitos de jogos de
(2015). The results are consistent with the data obtained from simulação, suas classificações e uma visão sucinta das
literature review prepared. An analysis based on the diretrizes do Curso de Administração. O processo de
importance versus satisfaction it was established that the aprendizagem com jogos de simulação é descrito, na seção
average indicators place the results in a quality dimension. seguinte, onde se identificam as suas principais
The highest rates were in the applicability criteria, funcionalidades. As seções seguintes apresentam a
competitiveness and teamwork, while the lower are related to metodologia, aplicação e resultados da pesquisa e as
the motivation and the reports quality. conclusões da pesquisa.

Index Terms  Management course. Higher education. JOGOS DE SIMULAÇÃO


Teaching evaluation. Business games. Business simulation.
“O jogo de empresa constitui um processo de tomada de
decisão em que grupos criteriosamente formados tomam
INTRODUÇÃO decisões e competem por resultados objetivos” [4]. Jogos que
tratam a simulação da gestão empresarial, também são
Os jogos de simulação empresarial têm sido utilizados, chamados de jogos de gestão, jogos de empresas, jogos
cada vez mais frequentemente, nos cursos superiores, empresariais, jogos de negócios ou business game [2].
principalmente nos cursos de administração. As competências Há uma grande variedade de jogos de simulação
de um administrador, descritas nas DCN - Diretrizes empresariais [5]. Eles podem ser classificados considerando
curriculares do curso de Administração [1], sugerem que os aspectos como: mudança no meio ambiente, regras de jogo e
projetos pedagógicos desses cursos providenciem “modos de tempo. As simulações também podem ser classificadas em
integração entre teoria e prática”. tempo real ou baseadas em turnos [5]. As simulações em
Os jogos de simulação possibilitam a vivência, de tempo real implementam as decisões prontamente quando
maneira simulada, de problemas reais e integrados, levando elas são realizadas. Assim, as simulações em tempo real são
ao aprendizado e o desenvolvimento das habilidades capazes de medir a reação dos jogadores com relação ao
necessárias. São vários os benefícios esperados com a tempo e a situação. Em uma simulação baseado em turnos as
utilização dos jogos [2], tais como: estimulo a criatividade, decisões são processadas e executadas ao final de um período
aquisição de visão empresarial, desenvolvimento de pré-determinado (ciclo) e os participantes têm tempo para
comportamento adaptativo, melhora da comunicação e do analisar o efeito potencial de suas ações nas suas empresas.
trabalho em grupo. Como toda ferramenta, existem aspectos positivos e
Para que esses benefícios ocorram, o envolvimento dos aspectos a melhorar em sua utilização. Existem alguns pontos
professores e alunos é fundamental para a efetividade da fortes na utilização de jogos [6], tais como: a natureza
aprendizagem com jogos de empresas. Embora a decisão de sistêmica dos negócios; a formação de equipes e de
utilizar os jogos de simulação de negócios seja feita pelo comportamento interpessoal; a compreensão da necessidade
professor, a percepção dos alunos é igualmente importante na de informações para melhorar o processo de tomada de
decisão; a aprendizagem da administração de tempo. Além

1
Angelica Toffano Seidel Calazans, professora da graduação e pós-graduação do Centro Universitário de Brasília – UniCEUB angelica.calazans@uniceub.br
2
Roberto Avila Paldes, professor da graduação e pós-graduação do Centro Universitário de Brasilia – UniCEUB roberto.paldes@uniceub.br
DOI 10.14684/INTERTECH.24.2016.234-238
© 2016 COPEC February 28 – March 02, 2016, Salvador, BRAZIL
XIV International Conference on Engineering and Technology Education
234
disso, utilizam o fator competição para motivar os professores e alunos [3]. A seguir apresentam-se as principais
participantes. São, ainda, identificados os seguintes aspectos funcionalidades dos jogos de simulação.
positivos [7]: assimilar princípios que são integrados e
aplicados em novas situações; submeter os participantes às PRINCIPAIS FUNCIONALIDADES EM JOGOS DE
forças competitivas, econômicas, legais, sociais e políticas; SIMULAÇÃO
proporcionar alto grau de satisfação e aprendizagem pelos
participantes. Atualmente os jogos de simulação de negócios são
Com relação a aspectos a melhorar são citados [6]: a usados para ensinar uma ampla gama de negócios e
dependência do hardware e software e o tempo necessário disciplinas de gestão, tais como, gestão estratégica,
para que os participantes aprendam o jogo. Observa-se, ainda, marketing, gerenciamento de projetos, economia e negócios
que muitos produtos são importados ou representam a internacionais. Normalmente os jogos de empresa geram um
tradução de outras realidades. Para superar esse ponto fraco, ranking de equipes, com a finalidade de demonstrar as
um fator que tem ajudado a alavancar a utilização da técnica posições de cada equipe e gerar maior competição pelos
de jogos no Brasil é o desenvolvimento de simuladores resultados [14].
comerciais no mercado brasileiro, adequando às simulações O simulador Coliseum [14], avaliado por essa pesquisa,
às particularidades brasileiras e facilitando a aquisição pelas dispõe de cinco opções de organizações virtuais. São elas:
IES [8]. Fabrica de Colchões, Escola de Idiomas, Loja de Colchões,
Apesar, entretanto, ainda é baixa utilização de jogos de Loja de Filtros e Loja de Capotas. Essas opções simulam cada
empresas nos processos de formação em Administração [9]. uma um sistema, onde é possível explorar tomadas de
O Censo da Educação do Ensino Superior cita que decisões, estratégias e ações operacionais, contemplanodo as
Administração é um dos cursos com o maior número de áreas de gestão de vendas, gestão de compras, gestão de
matrículas do país. O curso concentra 833.042 do total de pessoas, gestão de propaganda, gestão financeira e gestão
matrículas [10]. Mesmo assim, a intensificação do uso da operacional.
simulação gerencial no Brasil, só ocorreu a partir da metade Algumas características do programa são: esquema de
da década de 90, principalmente depois que o MEC sugeriu a jogadas gerenciadas pelo monitor do jogo pela web, três
introdução de metodologias alternativas ao níveis de dificuldade (iniciante, médio e avançado), sistema
ensino/aprendizagem [8]. de auxílio para a avaliação do desempenho de cada equipe,
O efeito reflexo dessa baixa utilização é o baixo nível de possibilidade de jogadas baseadas em metas determinadas
produção de conhecimento nessa área no Brasil [9]. Apesar pelo monitor [14].
de ser encontrada uma centena de artigos sobre jogos de
empresas ao longo das útlimas três décadas [11], este número METODOLOGIA, APLICAÇÃO E RESULTADOS DA
é muito pequeno, quando comparado aos números de outros PESQUISA
países. Nos EUA, “somente a ABSEL – Association for
business simulation and experiential learning - produziu cerca O objetivo geral desta pesquisa é avaliar um simulador
de 2.000 artigos em suas trinta primeiras edições” [11]. empresarial na percepção de professor e alunos de um curso
de graduação de Administração de empresas de uma IES
O PROCESSO DE APRENDIZAGEM E OS JOGOS considerando as expectativas iniciais (2013) e a efetiva
utilização do produto (2015). Para isso foram definidos os
Os participantes de simulação empresarial alternam as seguintes objetivos específicos:
abordagens dedutiva e indutiva [12], ao refletir sobre a  conceituar e classificar jogos de simulação, identificando
experiência vivenciada nas decisões anteriores, e também ao pontos fortes e a desenvolver nesse contexto e suas
perceber que partes de um problema, aparentemente principais funcionalidades;
desconexas, podem formar um todo coerente. Ou seja,  identificar as necessidades da utilização de jogos de
simulações empresariais recriam o modelo de aprendizagem simulação no ensino superior do Curso de
de Kolb onde um jogo gera uma série de experiências Administração;
seguidas de feedback instantâneo e reflexão e a aplicação dos  identificar as expectativas de alunos e professor com
conceitos e generalizações a uma nova situação. relação ao jogo de simulação.
Os jogos de simulação de negócio podem ajudar a  analisar longitudinalmente, no período de 2 anos, a
desenvolver o empreendedorismo e as atitudes gerenciais e percepção de professor e alunos com relação a utilização
facilitar a aprendizagem dos métodos de gestão moderna [13]. de um jogo de simulação empresarial.
Para isso, o envolvimento dos professores e alunos para a Wolf & Byrne (1975 apud [15]) citam que que
efetividade da aprendizagem com jogos de empresas é de abordagens baseadas na vivência dos participantes de
elevada importância. Vários autores pesquisaram a percepção programas educacionais devem envolver quatro fases:
dos alunos [13], [6], apresentando alguns resultados similares  projeto – fase em que se estabelece as fases do programa.
e outros diferenciados. Isso significa que os jogos de Definição dos objetivos educacionais, quais atividades
simulação de negócios podem e devem ser avaliados por serão desenvolvidas e qual o plano de implementação;

© 2016 COPEC February 28 – March 02, 2016, Salvador, BRAZIL


XIV International Conference on Engineering and Technology Education
235
 condução - engloba a condução e controle do projeto TABELA 1
estabelecido. O objetivo é fazer com que a vivência seja CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO DO SIMULADOR COLISEUM
Nr Critério Dimensão avaliada
estruturada e acompanhada de perto;
1 Motivação O software contribui para a motivação
 avaliação - cujo objetivo é que os participantes avaliem a profissional do aluno
vivência e a aprendizagem decorrente; 2 Ganho no A ferramenta contribui para fortalecer as
 comentários de retroalimentação: processo contínuo ao aprendizad habilidades e competências necessárias a um
o gestor de empresas
longo da vivência. Devem ser reforçados os aspectos Aplicabilid O software exige e “resgata” o conhecimento
3
positivos e atenuados os negativos. ade no anterior de outras disciplinas do curso de
curso administração.
Seguindo essa abordagem, as fases da pesquisa estão 4 Desafio Os desafios oferecidos pelo software às equipes
detalhadas a seguir. intelectual concorrentes são interessantes e constantemente
renovados
5 Qualidade As informações disponibilizadas pelo jogo são de
PROJETO dos fácil acesso e importantes para a tomada de
relatórios decisão das equipes
Nessa fase definiram-se os objetivos geral e específicos 6 Facilidade Os pontos necessários de tomada de decisão e o
da pesquisa. O método adotado para realização do estudo, foi de uso funcionamento geral do software são bem feitos
o estudo de caso. O estudo de caso foi escolhido pela relação e de fácil entendimento
observada entre o objeto e as características básicas do estudo 7 Competitivi O software estimula a busca de melhores
dade resultados para superar as outras equipes
de caso, descritas por [16], tais como: fenômeno observado competidoras
em seu ambiente natural, dados coletados por diversos meios, 8 Simulação As situações e tomadas de decisão abordadas no
estudo exploratório, descritivo ou explanatório, não são jogo estão perto das encontradas em
utilizados controles experimentais ou manipulações, entre organizações reais
outras. 9 Interação Interação com o professor: o software permite
com o uma interação de aprendizagem e colaboração
Foram definidos a população e o ambiente. A população, Professor mútua entre os alunos e o professor da disciplina
para avaliação das expectativas iniciais (2013) foram os 51 10 Trabalho O jogo exige e facilita a coordenação e a
alunos do 7º semestre do Curso de Administração de uma IES em grupo “sinergia” do grupo para a execução das tarefas.
localizada no Distrito Federal. A população para avaliação
efetiva do uso, realizada em 2015, foi composta de 49 alunos Foi utilizada a proposta de Análise de Importância vs
do 7º semestre do Curso de Administração da mesma IES. O Satisfação de [20] para avaliação das duas dimensões: o grau
professor da instituição também participou da avaliação. de Importância e o grau de Satisfação de cada um desses
A instituição possui, aproximadamente, 830 alunos critérios.
matriculados no curso que funciona nos horários matutino e O Quadrante do Desperdício (Figura 1) indica que o
noturno. A instituição nunca havia participado de pesquisas cliente avalia bem o que considera dispensável. O Quadrante
sobre o assunto. do Supérfluo é alcançado quando o cliente não avalia
O software escolhido foi Simulador Coliseum. Suas positivamente um item dispensável. O Quadrante de Falhas é
simulações são baseadas em turnos (ciclos) que são encontrado quando o cliente avaliou mal o que considera
executados ao final de um período determinado. importante. Já o Quadrante da Qualidade é alcançado quando
No primeiro semestre de 2013 foram definidas duas o cliente está satisfeito com o que ele considera importante.
pesquisas preliminares [17],[18], como parte de um Projeto
de Extensão sobre o uso de Tecnologias da Informação e da
Comunicação como suporte pedagógico. Esses dois trabalhos
foram complementados, posteriormente, com a pesquisa
preliminar de [19] para elaboração final e consolidação dos
dados da presente pesquisa.
Os seguintes instrumentos de coleta de dados foram
aplicados: revisão bibliográfica, entrevistas semiestruturadas,
questionários (alunos). Para análise dos dados coletados
utilizaram-se técnicas estatísticas.
Considerando a revisão bibliográfica, foi elaborado um
questionário contendo 10 critérios de avaliação relacionados FIGURA 1
REPRESENTAÇÃO DA ANÁLISE DE IMPORTÂNCIA VS
ao software para jogos de empresa Simulador Coliseum. Para SATISFAÇÃO -FONTE: SOUZA, 2006 [20]
escolha desses critérios, apresentados na Tabela 1, foram
considerados os pontos positivos, a melhorar e benefícios Foi atribuído a cada um dos critérios citados uma escala
encontrados na revisão bibliográfica elaborada. que vai de 1 a 10 (Dispensável 1-2, Desejavel 3-4, Necessário,
5-6, Fundamental 7-8 e Imprescindível 9-10) .

© 2016 COPEC February 28 – March 02, 2016, Salvador, BRAZIL


XIV International Conference on Engineering and Technology Education
236
Além disso, foi apresentada uma pergunta fechada (“você positiva foram os critérios de Aplicabilidade e Desafio
indicaria o software?”) e uma pergunta aberta (“sugestões”). intelectual (avaliação comparativa 2013 – 2015 acréscimo de
Os resultados apontados pelos alunos foram interpretados de 13% e 15%, respectivamente)
acordo com a resultante entre as duas dimensões investigadas.
CONDUÇÃO
Os alunos utilizaram o software no período de agosto a
dezembro de 2013 e de 2015. A pesquisa sobre a análise de
importância vs satisfação foi realizada no final dos mesmos
semestres. Todos os alunos foram convocados a participar
voluntariamente da pesquisa, obtendo-se uma adesão, em
2013, de 82% dos alunos do turno matutino e 83% dos alunos
do turno noturno. A adesão em 2015 foi de 76% para o turno
matutino e 70% para o noturno.
FIGURA 3
AVALIAÇÃO, COMENTÁRIOS E RETROALIMENTAÇÃO PERCEPÇÃO ALUNOS DO TURNO MATUTINO E NOTURNO
COM RELAÇÃO À SATISFAÇÃO – MÉDIA DAS RESPOSTAS POR
Com relação às expectativas, as pesquisas de [19] CRITÉRIOS
indicaram que, para os alunos, as maiores expectativas quanto Com relação aos indicadores de satisfação, verifica-se
a jogos de empresas são: adquirir habilidades e competências uma sensível percepção positiva da Satisfação nos alunos do
de trabalhos em grupo; resolver problemas em um contexto turno matutino em 2013 para 2015. Os critérios
encadeado e solucionar problemas reais vivenciados pelas Aplicabilidade no curso e Ganho de aprendizagem foram os
empresas. que apresentaram significativa diferença (avaliação
As respostas obtidas com relação as expectativas tanto comparativa 2013 – 2015 com acréscimo superior a 42%).
dos alunos como do professor ratificam essas expectativas e Essa diferença não é identificada na maior parte dos
foram citadas como pontos fortes e/ou benefícios da critérios avaliados pelos alunos do período noturno. Os
utilização de jogos [6],[7],[2]. critérios Desafio intelectual e Aplicabilidade no curso foram
As médias dos indicadores de Importância e Satisfação, os que apresentaram significativa diferença (avaliação
de acordo com as avaliações do turno matutino e noturno são comparativa 2013 – 2015 com acréscimo de 58% e 19%
mostrados nas Figuras 2 e 3. respectivamente).
A avaliação pela totalização dos dois turnos demonstra
que a aplicação do software Coliseum se encontra no
Quadrante Qualidade, e essa avaliação teve um aumento
significativo em 2015, conforme Tabela 2.

TABELA 2
ANÁLISE GLOBAL DA IMPORTÂNCIA X SATISFAÇÃO
Turno/ 2013 2015
Dimen Matu Noturno Geral Matu Noturno Geral
são tino tino
Impor 5,6 7,4 6,6 7,9 7,6 7,7
tancia
FIGURA 2 Satisfa 5,4 6,7 6,1 7,1 7,1 7,1
PERCEPÇÃO ALUNOS DO TURNO MATUTINO E NOTURNO ção
COM RELAÇÃO À IMPORTÂNCIA – MÉDIA DAS RESPOSTAS POR Quadr Qualidade Qualidade
CRITÉRIOS ante

Percebe-se uma percepção mais significativa da Considerando o ano de 2015 e a dimensão satisfação,
Importância pelos alunos do turno matutino em 2015 em para os dois turnos, os critérios com melhor avaliação foram
comparaçao com 2013. Os critérios Motivação, Aplicabilidade, Desafio intelectual e Trabalho em grupo,
Aplicabilidade no curso, Ganho de aprendizagem e enquanto que os mais baixos se referem a Interação com o
Simulação foram os que apresentaram significativa diferença professor e a qualidade dos relatórios. Isso permite identificar
(avaliação comparativa 2013 – 2015 com acréscimo superior aspectos que podem ser melhorados tanto no software como
a 45%). na atuação da docência.
Com relação ao turno noturno houve pouca variação da Os resultados obtidos também permitem inferir que as
percepção de importância entre os anos de 2013 e 2015. Os percepções dos discentes sobre a importância e satisfação
únicos critérios que apresentaram diferença significativa e com relação ao uso dos jogos tem se mantido no mesmo

© 2016 COPEC February 28 – March 02, 2016, Salvador, BRAZIL


XIV International Conference on Engineering and Technology Education
237
patamar, com algumas variações positivas no período de 2103 ser a diferença de perfil dos dois públicos, aspectos como
para 2015. maturidade e comprometimento podem ser investigados.
Mais da metade dos entrevistados em 2013 (67%) e em
2015 (75%) recomenda o uso do simulador na disciplina REFERÊNCIAS
Jogos Empresariais. A opinião é corroborada pela avaliação
[1] Brasil. “Resolução nº 4, de 13 de julho de 2005. Diretrizes Curriculares
individual do professor da disciplina. O que permite inferir Nacionais do Curso de Graduação em Administração, bacharelado, e dá
que as expectativas obtidas na pesquisa inicial e posterior outras providências”, 2005.
foram parcialmente atendidas. Os percentuais de não [2] Pretto, F.& Filardi, F. (2008). “Jogos de empresas: Uma estratégia de
motivação no processo de ensino e aprendizagem dos cursos de
recomendação de utilização do software caíram Administração”. Working paper. globADVANTAGE Center of Research
substancialmente de 55% em 2013 para inferior a 20% em in International Business & Strategy, 13, 2008.
2015 para ambos os turnos. [3] Tao, Y., Cheng, C. & Sun, S. , “What influences college students to
O questionamento aberto sobre sugestões para o Curso de continue using business simulation games? The Taiwan experience”.
Computers & Education Elsevier, 53, 2009, 929–939.
Administração em relação à disciplina Jogos de Empresas ou
[4] Sauaia, A. C. A., “Laboratório de gestão: simulador organizacional, jogo
em relação ao Software obteve respostas como: maiores de empresas e pesquisa aplicada”. Barueri: Manoela, 2010.
informações sobre os relatórios, treinamento mais detalhado [5] Bozsik, S. ,”Business simulation game as a tool of practice-oriented
para os alunos sobre o software, oferecer empresas com perfis education”. Practice and Theory in Systems of Education, 8 (2), 2013,
126-134.
diferentes etc.
[6] Johnson, M. E. ,“Jogos de empresas: Modelo para identificação e análise
Da pesquisa aplicada ao professor, algumas experiências de percepções da prática de Habilidades Gerenciais”. Tese (Doutorado
e sugestões servem de importante referência para a aplicação em Engenharia da Produção). Universidade Federal de Santa Catarina.
da ferramenta: Método de avaliação (o professor optou por Florianópolis, 2006.
[7] Sauaia, A. C. A. ,” Gestão Empreendedora em IES´s: Aculturamento do
avaliar os alunos semanalmente), atribuindo 5 pontos por Corpo Docente com Jogos de Empresas”. In: Colóquio Internacional
participação, e 5 pontos pelos diários de bordo. A disciplina sobre Gestão Universitária na América do Sul. VI, Blumenau, 2006.
exige maturidade pessoal e professional e alguns alunos desse [8] Santos, M. R. G. F.& Lovato, S. L., “Os Jogos de Empresas como
semestre não revelaram a maturidade necessária para Recurso Didático na Formação de Administradores”. CINTED-UFRGS
Novas Tecnologias na Educação, 5 (2), 2007.
trabalhar individualmente ou em grupo de modo. [9] Motta, G. da S., “Panorama da aplicação da técnica de jogos de empresas
para a formação em Administração nas Instituições de Ensino Superior
CONCLUSÕES da Bahia”, Dissertação .Universidade Federal da Bahia – Escola de
Administração, 2009.
O objetivo geral desta pesquisa foi avaliar um simulador [10] Inep/Mec. “Resultados do Censo da Educação Superior 2012”.
empresarial na percepção de professor e alunos de um curso Ministério da Educação Aloizio Mercadante, Acesso em: Dezembro 12,
2013, Disponivel em
de graduação de Administração de empresas considerando as
http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&task, 2012
expectativas iniciais (2013) e a efetiva utilização do produto [11] Neves, J. P. ,”Jogos de empresas: um estudo da utilização em cursos de
(2015). graduação em administração no estado de São Paulo”, Dissertação
Para atender aos objetivos específicos foram aplicados (Mestrado em Administração) - Centro de Ciências Sociais Aplicadas da
Universidade Estadual de Maringá/ Universidade Estadual de
entrevistas e questionários aos alunos do Curso de
Londrina. Maringá/P, 2007.
Administração do Uniceub. Identificaram-se as expectativas [12] Rosas, A. R. & Azuaya, A. C. A. ,” Jogos de Empresas na Educação
iniciais e atuais de alunos e professores com relação ao jogo Superior no Brasil: Perspectivas para 2010”. In: EnANPAD.,2006.
de simulação empresarial. Essas perspectivas estão [13] Wawer, M., Miosz, M., Muryjas, P.& Rzemieniak, M. , “Business
Simulation Games in Forming of Students Entrepreneurship”.
consistentes com os dados obtidos na revisão bibliográfica
International journal of euro- mediterranien studies, 3 (1), 2010.
elaborada. Foram mapeados a importância vs a satisfação para [14] Coliseum, Acesso em Dezembro 02, 2013, Disponivel em http://www.
identificar os critérios mais importantes na percepção dos Simuladorcoliseum.com.br, 2013.
alunos e professores. A análise global da percepção da [15] Sauaia, A. C. A. , “Satisfação e Aprendizagem em Jogos de Empresas:
Contribuições para a Educação Gerencial”. Tese (Doutorado em Adm. de
Importância versus a Satisfação pelos alunos permite perceber
Empresas) – FEA/USP, São Paulo, 1995
que a média de todos os indicadores colocou a percepção dos [16] Yin, R. K. , “Estudo de caso: Planejamento e métodos”. 2ª. Ed., Porto
alunos com relação ao software avaliado no Quadrante da Alegre: Bookman, 2001.
Qualidade e que essa percepção (comparação dos anos de [17] Bezerra, L. V. O. L. B. ,” Instrumento para Avaliação da Disciplina
Jogos de Empresa no Curso de Administração”. Trabalho de conclusão
2013 e 2015) foi positiva. Os índices mais altos foram obtidos
de curso. Brasília: UniCEUB/DF, 2013.
nos critérios de Aplicabilidade, Desafio intelectual e Trabalho [18] Lopes, A. A. , “Identificação das expectativas da disciplina Jogos de
em grupo, enquanto que os mais baixos se referem a Interação Empresa no Curso de Administração”. Trabalho de conclusão de curso.
com o professor e a qualidade dos relatórios. Esse processo Brasília: UniCEUB, 2013.
[19] Oliveira, B.A.R. , “ Grau de evolução da pespectiva dos alunos sobre a
de melhoria contínua é necessário pois, possibilita a
utilização do software na disciplina de jogos empresarias”. Trabalho de
identificação de aspectos positivos e a melhorar. conclusão de curso. Brasília: UniCEUB, 2015.
Cabe a investigação, em trabalhos futuros, sobre a [20] SOUZA, C.A., “Introdução ao Comércio Internacional”. Brasília:
diferença de percepção entre os alunos do turno matutino e do Católica Virtual,. v. 1. 130p ,2006
turno noturno. Uma hipótese para essas novas pesquisas pode

© 2016 COPEC February 28 – March 02, 2016, Salvador, BRAZIL


XIV International Conference on Engineering and Technology Education
238