Vous êtes sur la page 1sur 93

INFORMATIVOS TÉCNICOS

Versão de Teste

1
SUMARIO

Informativos Técnicos – CLP – TRSPUX / IHM - TRPMIU ........................................................................ 3


1. Como criar um novo programa no software TRPGM .................................................................... 3
1.1 Programação do CLP SPUX ou IHM PMIU ..................................................................................... 3
1.2 Iniciar um Novo Projeto ............................................................................................................ 3
2. Adicionar um contato .............................................................................................................. 8
3. Adicionar um Temporizador.................................................................................................... 11
3.1 Adicionar um contador ............................................................................................................ 14
4. Instalando o Drive do CLP ...................................................................................................... 17
5. Saída de Pulso do CLP .......................................................................................................... 20
5.1 Programação do ladder .......................................................................................................... 23
5.2 Download do Programa ........................................................................................................... 25
5.3 Ligação da Saída de Pulso ....................................................................................................... 28
6. Função Step ..................................................................................................................... 28
6.1 Teste da Programação ............................................................................................................ 33
7. Configurando os Cartões de Expansão Digitais .......................................................................... 36
7.1 Alterando as Tags ................................................................................................................. 38
7.2 Programação do Ladder .......................................................................................................... 39
7.4 Download do Programa ........................................................................................................... 40
7.5 Teste do Programa ................................................................................................................ 42
7.6 Ligação dos cartões de expansão digitais ..................................................................................... 43
8. Memórias Retentivas ............................................................................................................. 46
8.1 Programação do Lader ........................................................................................................... 49
8.2 Download do Programa ........................................................................................................... 54
8.3 Teste do Programa ................................................................................................................ 56
9. Iniciando um novo projeto na IHM - TRPMIU ............................................................................... 57
10. Configurando os Cartões de Expansão Digitais - IHM ................................................................. 60
10.1 Alterando as Tags ................................................................................................................ 61
10.2 Programação do Ladder da IHM ............................................................................................... 63
10.3 Programação da Tela da IHM .................................................................................................. 64
10.4 Teste do Programa............................................................................................................... 66
10.5 Ligação dos cartões de expansão digitais ................................................................................... 67
11. Ajustando a Data e Hora ...................................................................................................... 69
11.2 Teste do Programa............................................................................................................... 74
12. Função Historical Trend – IHM ............................................................................................... 75
12.2 Criando o Data Logger .......................................................................................................... 83
12.3 Programando a tela da IHM ................................................................................................... 84

2
Informativos Técnicos – CLP – TRSPUX / IHM - TRPMIU
1. Como criar um novo programa no software TRPGM
1.1 Programação do CLP SPUX ou IHM PMIU

Para iniciar a programação do CLP SPUX abra o software TRPGMS01 , após


iniciar o programa siga atentamente os próximos passos.

1.2 Iniciar um Novo Projeto


Para iniciar um novo projeto clique em “New Project” , irá abrir uma
janela descrita como “Select Product”, onde vamos selecionar o CLP
TRSPUX10A ou algum modelo da IHM TRPMIU

Selecionando o CLP TRSPUX10A:

3
Selecionando um modelo da IHM TRPMIU:

Após selecionar o modelo do CLP ou IHM que irá trabalhar, abrirá a janela “Project
Configuration” e na aba “Project information” siga os próximos passos:

1. No campo “Project Title” sempre descreva o nome do projeto com no máximo


quarenta e cinco caracteres. Nesse caso definimos como “TESTE”
2. No campo “Save in Directory” escolha uma pasta em seus sistema para salvar a
programação que irá fazer.

4
3. No campo “Description” sempre insira a descrição do que será realizado no
projeto em que está criando. Nesse caso atribuímos nesse campo a seguinte
frase: “Inicialização do software de programação TRPGMS01”
4. No campo “Author” insira o nome de quem irá programar.
5. No campo “Password” digite uma senha caso seja necessário com no máximo 8
caracteres.
6. Após todos os campos serem preenchidos como nos dois exemplos abaixo, clique
em .

Exemplo utilizando o CLP TRSPUX10A:

5
Exemplo utilizando a IHM TRPMIU:

Após realizar esses procedimentos de inicialização de um projeto, o


software fica pronto para criar um programa, veja abaixo as figuras
utilizando o programa primeiramente para uma programação em um CLP
TRSPUX1
A e depois uma figura mostrando o começo da programação utilizando IHM
TRPMIU

6
Exemplo utilizando CLP TRSPUX10A

Como podemos perceber, nossa inicialização foi feita e está tudo pronto
para programarmos.

7
2. Adicionar um contato

Para inserir um contato, basta fazer uso da barra de ferramentas de acesso rápido que contem
alguns contatos. Como podemos ver a seguir:

Ou então podemos acessar a aba “I/O instructions” e escolher o contato de entrada ou saída
necessário como podemos ver na imagem a seguir:

8
Você também tem como opção contato SET e RESET que ficam na aba “Especial
Instructions” – “Data Processing” “Devide Set” ou “Device Reset”

Device SET – Bobina SET

Device Reset – Bobina RESET

Após escolher o contato que irá utilizar, devemos adicionar o seu respectivo endereço e um
comentário.

Veja imagem a seguir:


9
Então clique no contato em que você vai configurar e abrirá uma aba no canto direito da
tela com o nome de “Instruction Properties” nessa aba você pode endereçar, comentar e
nomear cada contato.

Essas mesmas instruções devem ser seguidas para cada contato adicionado ao projeto.

Após realizar a programação, compile a programação, clicando na aba


Project depois em “Compile” ou pressione a tecla “F9”. Deve aparecer a
mensagem “Compilation Sucessful”, como podemos ver na imagem abaixo:

10
3. Adicionar um Temporizador

Para inserir um contato, basta fazer uso da barra de ferramentas de acesso rápido que contem
um temporizador. Como podemos ver a seguir:

Ou então podemos acessar a aba “timer” e escolher o temporizador necessário como podemos
ver na imagem a seguir:

11
TON - Temporizador TOFF - Temporizador

TSS - Temporizador

Temporizadores de T0000 até T0255

Unidade de tempo disponível:


T0000 até T0060  Unidade de 10ms
T0061 até T0190
 Unidade de 100ms
T0191 até T0255  Unidade de 1s

12
Após escolher o temporizador que irá utilizar, devemos adicionar o seu respectivo endereço e
configurá-lo

Veja imagem a seguir:

Então clique no temporizador em que você vai configurar e abrirá uma aba no canto
direito da tela com o nome de “Instruction Properties” nessa aba você pode endereçar,
comentar, nomear e configurar cada temporizador.

Configurações do tipo “constante” ou “registrador” também está disponibilizado nessa


aba.

Essas mesmas instruções devem ser seguidas para cada contato adicionado ao projeto.

Obs.: Caso seja adicionado mais de um temporizador ao programa, lembre-se que o


endereço de um temporizador nunca poderá ser igual ao de um outro temporizador.

Após realizar a programação, compile a programação, clicando na aba


Project depois em “Compile” ou pressione a tecla “F9”. Deve aparecer a
mensagem “Compilation Successful”, como podemos ver na imagem
abaixo:

13
3.1 Adicionar um contador

Para inserir um contador, basta fazer uso da barra de ferramentas de acesso rápido que contem
um contador. Como podemos ver a seguir:

Ou então podemos acessar a aba “Counter” e escolher o contador necessário como podemos ver
na imagem a seguir:

14
Contador

Contador UP/DOWN

Após escolher o contador que irá utilizar, devemos adicionar o seu respectivo endereço e
configurá-lo

Veja imagem a seguir:


15
Então clique no contador em que você vai configurar e abrirá uma aba no canto direito da
tela com o nome de “Instruction Properties” nessa aba você pode endereçar, comentar,
nomear e configurar cada contador.

Configurações do tipo “constante” ou “registrador” também está disponibilizado nessa


aba.

No botão “Constant” onde encontra-se com o valor “100” é o valor em que esse contador
irá estourar.

Essas mesmas instruções devem ser seguidas para cada contador adicionado ao projeto.

Obs.: Caso seja adicionado mais de um contador ao programa, lembre-se que o


endereço não poderá ser igual ao de outro contador.

Após realizar a programação, compile a programação, clicando na aba


Project depois em “Compile” ou pressione a tecla “F9”. Deve aparecer a
mensagem “Compilation Successful”, como podemos ver na imagem
abaixo:

16
4. Instalando o Drive do CLP
Para fazer o download do programa pela porta USB do CLP, é necessário
instalar o drive do CLP, conecte o cabo USB entre o CLP e o Notebook,
então no Windows vá até o menu iniciar, depois painel de controle abra a
pasta sistema, procure a aba hardware e clique em gerenciamento de
dispositivos.

Ao abrir o “Gerenciador de dispositivos” abra a barra “Controladores USB”,


provavelmente terá um drive que não foi reconhecido, então de duplo clique
nele.

Depois que abrir a próxima janela selecione a aba “Driver”, depois clique
em “Atualizar Driver...”

17
Logo após seleciona a opção “Instalar de uma lista ou local específico
(avançado)”, depois clique em .

Na próxima página selecione “Incluir este local na pesquisa”, em seguida


clique em procurar.

Depois entre no Drive Arquivos e Programas (C:), procure a pasta


“Toshiba”, depois o software “TRPGMS01”, em seguida “USB Drivers”, e
por fim “X32_WinXP_WinVista”, depois clique em “OK”.

18
Confira se o endereço esta correto e clique em .

Então o drive irá ser instalado, se apresentar uma mensagem como a figura
abaixo clique em “Continuar assim mesmo”.

Quando for concluída a instalação, irá aparecer o nome do drive “HMI USB
Device”, depois só clique em concluir e o drive estará instalado, agora
podemos fazer o download do CLP.

19
5. Saída de Pulso do CLP
Para criar as Tags do CLP, clique com o botão direito do mouse na pasta
“Tags”, logo em seguida clique em “Add...”, então aguarde abrir a janela
“Add Tag”.

Ao abrir a janela “Add Tag” crie à primeira Tag de entrada, no campo “Tag-
Name” escreva “Liga_Pulso”, depois no campo “Register/Coil Type”
selecione a opção “Internal Coils”, por fim no campo “Coil” preencha com o
valor “0” depois clique em .

Continue criando as tags conforme as ilustrações abaixo.

20
“D00000  Ajuste_Puso”

“MW0011  Função_Frequencia_Pulso”

“MW0022  Ajuste_Frequencia_Pulso”

21
“M00191  Ajuste_Frequencia_Pulso”

“M00336  Saída_de_Pulso”

22
“Y00000  Saida_Y0_Pulso”

5.1 Programação do ladder


Agora na próxima etapa vamos programar o lader do CLP, então na aba
“Recent Projects”, abra a pasta “Logic Blocks”, depois a pasta “Main” e por
fim clique em “Block 1”. Agora vamos inserir as funções do Lader.

Depois programe o ladder, conforme a figura abaixo. Na sequência será


ilustrado como programar cada Linha e o funcionamento de cada linha.

23
A primeira linha é para mover o valor 3 para o registrador MW0011, quando
a entrada B00000 for acionada. O registrador MW0011, refere-se à saída
de pulso.

Segue abaixo a função do registrador MW0011, que é utilizado para definir


a saída de pulso ou PWM.

24
Na segundo linha o B00000, habilita a variar a frequência dos pulsos de
saída e também liga a saída M00336, esta que libera os pulsos, mas antes
existe um contato fechado de M00191 desabilita a saída M00336 quando
tem algum erro na programação da saída de pulso.

Na terceira linha a saída o contato M00336 que libera os pulsos é ligado à


saída Y00000, porque assim a saída física Y0 vai liberar os pulsos.

Na quarta linha é inserida uma função END, para determinar o fim do


ladder.

5.2 Download do Programa

Depois no software , clique em “Download”, ao abrir a janela


“Download to device” selecione os itens, como na figura abaixo. O download do
Firmware é muito importante, pois como esta sendo feita uma aplicação de
comunicação serial, se o download do firmware não for feito a comunicação com
o inversor não vai funcionar. Após serem selecionadas todas as opções clique
em .

25
2. Teste da Programação
Após o download ser concluído com sucesso, vamos testar a programação
realizada, coloque no modo online, como atalho pode ser pressionado a tecla
“F6” do teclado.

Após entrar no monitoramento online dê duplo clique em B00000, irá abrir uma
caixa escrita Ladder Monitor, insira o valor 1 e depois clique em OK.

26
Depois dê duplo clique no registrador D00000 e altere o valor, conforme o valor
inserido deve ser alterado o valor dos pulsos na saída Y0

Quando o contato M00191 este em nível lógico 1, significa que tem algum
problema na configuração da saída de pulso, neste exemplo é porque o D00000
esta com o valor 0, a saída de pulso não aceita o valor 0.

27
5.3 Ligação da Saída de Pulso

Segue abaixo esquema de ligação da saída de pulso “Y0”

6. Função Step
Agora na próxima etapa vamos programar o ladder do CLP, então na aba
“Recent Projects”, abra a pasta “Logic Blocks”, depois a pasta “Main” e por
fim clique em “Block 1”. Agora vamos inserir as funções do Lader.

28
Então crie uma programação igual à figura abaixo. Deve ser utilizado
apenas o operando “B” (Internal Coil) na função Step, pois esta não aceita
outro tipo de operando.

Agora serão descritos alguns detalhes para ser realizada essa


programação. Na primeira linha insira um contato aberto com o endereço
“B00000” e logo após na aba “Program Control” selecione a opção “Step
Sequence Initialize”, essa função deve ser colocada depois do contato
aberto criado, e nas propriedades desta função, no campo “Size”, insira o
valor 6, pois serão realizados seis passos.

29
Entre a segunda e a sexta linha deve ser inserido um contato aberto com o
endereço M00512, este que fica sempre ativo. A função Step não pode
começar a linha, por isso é inserida esta função.

Depois selecione “Step Sequence Input” e insira em cada linha, estes


devem ser endereçados como “B00400” até “B00404” respectivamente.

A seguir crie um contato aberto na segundo linha e um contato fechado na


terceira linha, e continue criando os contatos dessa maneira até a sexta
linha. Enderece todos como “B00001”.

30
Depois selecione a função “Step Sequence Output” na aba “Program
Control”, insira essa função da segunda a sexta linha e enderece-os de
“B00401” até “B00405”.

Por fim selecione a função “End” e coloque-a na sétima linha para finalizar
a programação.

Agora compile a programação, clicando na aba Project depois em


“Compile” ou pressione a tecla “F9”. Deve aparecer a mensagem
“Compilation Successful”.

31
Download do Programa

Caso o programa tenha compilado com sucesso e o drive do CLP foi instalado,
vamos fazer o download do programa criado. Então conecte o cabo USB 2.0
entre o CLP e o Notebook.
Obs.: Lembrando que para realizar o download o CLP não pode estar
comunicando via rede com nenhum dispositivo eletrônico. Caso for feito o
download no CLP quando ela estiver comunicando com outro dispositivo, pode
ocorrer um problema que na inicialização a CLP não encontrará mais o firmware.
Então sempre fique atento a este detalhe.

Depois no software , clique em “Download”, ao abrir a janela


“Download to device” selecione os itens, como na figura abaixo. O download do
Firmware é muito importante. Após serem selecionadas todas as opções clique
em .

32
Após clicar em download irá abrir uma janela com uma mensagem, se foram
seguidas todas as orientações acima, clique em para iniciar o download.

Quando o download for concluído, irá aparecer no rodapé da janela uma frase
escrita “Download Completed”. Então aguarde o CLP inicializar, depois verifique
se o programa foi transferido corretamente.

6.1 Teste da Programação


Para testar a programação da função step, primeiro aguarde os leds “RUN” e
“PWR” ficarem acionados.

33
Depois coloque o CLP no modo online, para isso clique na aba “Mode”, depois
selecione “Online” e “Without Upload”, ou clique em “F6”.

Ao abrir a programação do ladder online, dê duplo clique no contato “B00000”,


irá abrir uma caixa do endereço “B00000”, então insira o valor “1” depois clique
em OK, para iniciar a sequência de passos.

Note que a bobina interna “B4000” já alterou o seu estado para nível lógico 1.
Agora dê duplo clique no botão “B00001” e altere seu valor para “1”.

34
Note que o nível lógico de “B00400” passou para “0” e o nível de “B00401”
passou para “1”, seguindo a sequência dos contatos. Agora altere o estado de
“B00001” para “0”, depois para “1”. Note que a sequência de acionamentos vai
respeitar a ordem que foi colocada, de “B00400” até “B00405”.

Quando chegar no fim da sequência, será acionado a bobina “B00405”, note que
se for alterado o valor de “B00001”, não irá ter nenhuma alteração. Para
inicializar novamente a sequência, o contato “B00000” deve ser passado para
nível lógico “0” e depois para “1”, assim a sequência vai iniciar novamente.

35
7. Configurando os Cartões de Expansão Digitais

Como primeiro exemplo programe um cartão de expansão digital de


dezesseis entradas e outro de dezesseis saídas. Para isso abra a pasta “IO
Allocation”, depois clique em “Expansion”.

Ao lado irá abrir os oito Slots de expansão, para configurar o primeiro


cartão de expansão, de duplo clique no “Slot1”. Ao abrir a janela “IO
Allocation”, selecione a aba “Slot1”, então no campo “Model”, como
exemplo selecione a opção “TRSDIX1600” (cartão com dezesseis entradas
digitais), para criar as Tags deste cartão automaticamente, marque a opção
“Add tags for XW, YW and MW used for expansion modules”. Feito isso
clique em .

36
Agora de duplo clique no “Slot2” e selecione seu modelo como
“TRSDROX0016 (cartão com dezesseis saídas digitais). Clique em .
Agora vamos visualizar as Tags criadas.

Verifique se os cartões foram criados corretamente como na figura abaixo.


Note que os endereços das Tags já foram criados e podem ser visualizados
no campo “Address range”, onde o “Slot1” mostra que as Tags “X01000”
até “X01015” são do cartão de dezesseis entradas, já o cartão de dezesseis
saídas corresponde as Tags “Y02000” até “Y02015”.

Atenção: Existe uma regra para criar as Tags dos cartões de expansão do
CLP, por exemplo, como o cartão de expansão de dezesseis entradas foi
inserido no “Slot1”, suas Tags são adotas como “X01” que pode ser
entendida como um cartão de entrada no “Slot1” e como são de dezesseis
entradas variam de “X01000” até “X01015”. Se esse mesmo cartão fosse
programado no “Slot2”, as entradas seriam “X02000” até “X02015”,
identificando assim que este é um cartão de dezesseis entradas no “Slot2”.
Para saída é usada a Tag “Y”, por isso no “Slot2”, foram criadas as tags
“Y02000” até “Y02015”.

37
7.1 Alterando as Tags
Agora abra a pasta “Tags” na aba “Recent Projects”.

Após abrir a pasta “Tags” verifique se as Tags do cartão de expansão


foram criadas, conforme a figura abaixo. No próximo passo vamos alterar o
nome da Tag de uma entrada e uma saída, para facilitar a programação.

Para alterar o nome da primeira Tag, de um duplo clique na Tag “X01000”,


ao abrir a pasta “Edit Tag”, altere o campo “Tag-Name” para “Entrada_1”.
Depois clique em .

38
Agora de duplo clique na Tag “Y02000” e altere o campo “Tag-Name” para
“Saída_1”.

7.2 Programação do Ladder

Abra a pasta “Logic Blocks”, depois abra a pasta “Main”, em seguida clique
em “Block 1”. Agora insira um contato aberto, depois uma bobina de saída.
Feito isso altere as propriedades das duas funções que foram criadas.

Clique no contato aberto para alterar as propriedades, depois altere as


propriedades da bobina de saída conforme as figuras abaixo.
39
X01000  Entrada_1

Y02000  Saída_1

7.4 Download do Programa


Caso o programa tenha sido compilado com sucesso e o drive do CLP foi
instalado, vamos fazer o download do programa criado. Então conecte o
cabo USB 2.0 entre o CLP e o Notebook.
Obs.: Lembrando que para realizar o download o CLP não pode estar
comunicando via rede com nenhum dispositivo eletrônico. Caso for feito o
download no CLP quando ela estiver comunicando com outro dispositivo,
pode ocorrer um problema que na inicialização a CLP não encontrará mais
o firmware. Então sempre fique atento a este detalhe.

Depois no software , clique em “Download”, ao abrir a


janela “Download to device” selecione os itens, como na figura abaixo. O
download do Firmware é muito importante, pois como esta sendo feita uma
aplicação de comunicação serial, se o download do firmware não for feito a

40
comunicação com o inversor não vai funcionar. Após serem selecionadas
todas as opções clique em .

Após clicar em download irá abrir uma janela com uma mensagem, se
foram seguidas todas as orientações acima, clique em para iniciar
o download.

Quando o download for concluído, irá aparecer no rodapé da janela uma


frase escrita “Download Completed”. Então aguarde o CLP inicializar,
depois verifique se o programa foi transferido corretamente.

41
7.5 Teste do Programa
Para testar a programação, primeiro conecte os cartões de expansão,
depois ligue o CLP e aguarde os leds “RUN” e “PWR” ficarem acionados,
caso o led “ERR” esteja acionado, demonstra que existe um erro no
programa, ou os cartões de expansão não foram inseridos.

42
7.6 Ligação dos cartões de expansão digitais

TRSDIX1600

43
TRSDOX0016P

TRSROX0016

44
TRSDIO0808P

45
TRSDRO0808

8. Memórias Retentivas
Para criar as Tags do CLP, clique com o botão direito do mouse na pasta
“Tags”, logo em seguida clique em “Add...”, então aguarde abrir a janela
“Add Tag”.

46
Ao abrir a janela “Add Tag” crie à primeira Tag de entrada, no campo “Tag-
Name” escreva “Entrada_1”, depois no campo “Register/Coil Type”
selecione a opção “Input Coils”, por fim no campo “Coil” preencha com o
valor “0” depois clique em .

Para a segunda Tag altere apenas o campo “Tag-Name” para “Entrada_2”


e o campo “Coil” escreva o valor “1”.

47
Agora vamos programar as saídas do inversor, no campo “Tag-Name”
escreva “Saída_1”, depois no campo “Register/Coil Type” selecione a
opção “Output Coils” e por fim no campo “Coil” escrvea o valor “2”. Esta que
é a primeira saída a rele.

Para a segunda Tag de saída, escreva “Saída_2” no campo “Tag-Name”,


depois no campo “Coil” altere para “3”.

48
Agora crie a Tag da memória retentiva, para isso no campo “Tag-Name”
escreva “Mem_Retentiva”, depois no campo “Register/Coil Type” selecione
a opção “Retentive Registers”, no campo “Register” insira o valor “0”.

8.1 Programação do Lader


Agora na próxima etapa vamos programar o lader do CLP, então na aba
“Recent Projects”, abra a pasta “Logic Blocks”, depois a pasta “Main” e por
fim clique em “Block 1”. Agora vamos inserir as funções do Lader.

Primeiro insira dois contatos abertos um em cada Rung, conforme ilustrado


na figura abaixo.

49
Agora altere as propriedades dos botões conforme ilustrado abaixo.

1º Rung  Entrada_1

2º Rung  Entrada_2

Depois clique na aba “Data Transfer”, depois insira duas funções “MOV
Word”, cada uma na frente dos contatos criados anteriormente.

Altere as propriedades da função Move conforme as figuras a seguir. Assim


quando fora habilitado à entrada “X00000”, o valor constante “10” é movido
para “R00000”, já se a entrada “X00001” é acionada a constate “0” é
movida para o registrador retentivo “R00000”

50
1º Rung  Mem_Retentiva

2º Rung  Mem_Retentiva

Ao selecionar a memória retentiva é gerado um aviso que esse tipo de


registrador tem que trabalhar no range de “R00000” até “R01399”, pois se
for programado fora desse range pode gerar problema nas outras
memórias.

Crie mais dois contatos abertos nas próximas Rungs e coloque como sua
Tag “M00512”, que define o contato como sempre ativo.

51
Agora insira duas funções de comparação aritmética, para isso abra a aba
“Compare”, depois clique em “Greate than” e coloque na Rung 3, esta
função faz uma comparação de quando o operando A é maior que o
operando B, feito isso de novo na aba “Compare”, clique em “Less than” e
insira na Rung 4, esta função compara quando o valor do operando A é
menor que o operando o carro B. Conforme ilustrado na figura abaixo.

Na Rung 3, altere as propriedades da função maior, primeiro no campo


“Type” altere para “Register” no “Operand A” e “Constant” no campo
“Operand B”, depois no “Operand A” selecione a Tag “Mem_Retentiva”, por
fim no “Operand B” escreva no campo “Constant” o valor “5”.

Já na Rung 4, altere as propriedades da função menor, no campo “Type”


altere para “Register” no “Operand A” e “Constant” no campo “Operand B”,
depois no “Operand A” selecione a Tag “Mem_Retentiva”, por fim no
“Operand B” escreva no campo “Constant” o valor “5”.

52
Agora insira duas saídas, a primeira na RUNG 3 e a segunda na RUNG 4.

Na RUNG 3 defina as propriedades da saída, no campo “Name” selecione


“Saída_1”.

Depois na RUNG 4, altere as propriedades da bobina de saída, no campo


“Name” selecione a Tag “Saída_2”.

53
Para finalizar a programação insira uma função “End” na RUNG 5.

8.2 Download do Programa


Caso o programa tenha sido compilado com sucesso e o drive do CLP foi
instalado, vamos fazer o download do programa criado. Então conecte o
cabo USB 2.0 entre o CLP e o Notebook.
Obs.: Lembrando que para realizar o download o CLP não pode estar
comunicando via rede com nenhum dispositivo eletrônico. Caso for feito o
download no CLP quando ela estiver comunicando com outro dispositivo,
pode ocorrer um problema que na inicialização a CLP não encontrará mais
o firmware. Então sempre fique atento a este detalhe.

54
Depois no software , clique em “Download”, ao abrir a
janela “Download to device” selecione os itens, como na figura abaixo. O
download do Firmware é muito importante, pois como esta sendo feita uma
aplicação de comunicação serial, se o download do firmware não for feito a
comunicação com o inversor não vai funcionar. Após serem selecionadas
todas as opções clique em .

Após clicar em download irá abrir uma janela com uma mensagem, se
foram seguidas todas as orientações acima, clique em para iniciar
o download.

55
Quando o download for concluído, irá aparecer no rodapé da janela uma
frase escrita “Download Completed”. Então aguarde o CLP inicializar,
depois verifique se o programa foi transferido corretamente.

8.3 Teste do Programa


Para testar a programação das memórias retentivas, primeiro aguarde os
leds “RUN” e “PWR” ficarem acionados.

Depois acione a entrada X0, conforme esquema abaixo.

56
Assim na primeira Rung, quando for acionada a entrada “X00000”, a
constante “10” é movida para o registrador “R00000”.

Então como o valor do registrador será maior que “10”, a saída ”Y00002”
será acionada.

Após acionar a saída “Y00002”, desligue a entrada “X00000”, em seguida


desligue o CLP, após ligá-lo novamente, note que a entrada “Y00002”
continua ligada. Isso mostra que o registrador “R00000” foi programado
como uma memória retentiva.

9. Iniciando um novo projeto na IHM - TRPMIU

Para iniciar a programação da IHM PMIU abra o software TRPGMS01 ,


após iniciar o programa siga atentamente os próximos passos.

57
Para iniciar um novo projeto clique em “New Project” , irá abrir uma
janela descrita como “Select Product”, onde vamos selecionar a IHM
TRPMIU.

Como exemplo, vamos programar o modelo TRPMIU0300A. Após ser


selecionado o modelo clique em .

Após selecionar o modelo da IHM, abrirá a janela “Project Configuration”,


no campo “Project Title” como exemplo dê o nome do projeto de
“Cartao_Expansao_IHM”, no campo “Description” insira a descrição do que
será realizado no projeto, no caso a programação dos cartões de expansão
da IHM, em seguida insira o nome do autor do programa no campo “Author”.
Caso o programa necessite de senha, insira uma senha no campo
“Password” com no máximo oito caracteres. Após todos os campos serem
preenchidos como na figura abaixo clique em .

58
No canto esquerdo do software existe uma janela descrita como “Recent
Projects”, note que logo após clicar em “OK” o projeto será criado nessa
janela. Nela podemos navegar nas funções do projeto, como entrar na
programação Ladder do projeto, configurar as portas de comunicação e etc.
Após confirmar que o projeto foi criado corretamente, vamos configurar os
cartões de expansão da IHM.

59
10. Configurando os Cartões de Expansão Digitais - IHM

Como exemplo programe um cartão de expansão digital de oito entradas e


oito saídas. Para isso abra a pasta “IO Allocation”, depois clique em
“Expansion”.

Ao lado irá abrir os três Slots de expansão, para configurar o primeiro


cartão de expansão, de duplo clique no “Slot1”. Ao abrir a janela “IO
Allocation”, selecione a aba “Slot1”, então no campo “Model”, como
exemplo selecione a opção “TRPDIO0808P” (cartão com oito entradas
digitais e oito saídas digitais), para criar as Tags deste cartão
automaticamente, marque a opção “Add tags for XW, YW and MW used for
expansion modules”. Feito isso clique em .

60
Verifique se os cartões foram criados corretamente como na figura abaixo.
Note que os endereços das Tags já foram criados e podem ser visualizados
no campo “Address range”, onde o “Slot1” mostra que as Tags “X01000”
até “X01007 e Y01000 até Y01007”.

Atenção: Existe uma regra para criar as Tags dos cartões de expansão da
IHM, por exemplo, como o cartão de expansão de oito entradas foi inserido
no “Slot1”, suas Tags são adotas como “X01 e Y01” que pode ser
entendida como um cartão de entradas e saídas no “Slot1” e como são de
oito entradas e oito saídas variam de “X01000 até X010007 e Y01000 até
Y01007”. Se esse mesmo cartão fosse programado no “Slot2”, as entradas
seriam “X02000 até X02007” e as saídas “Y02000 até Y02001”.

10.1 Alterando as Tags


Agora abra a pasta “Tags” na aba “Recent Projects”.

Após abrir a pasta “Tags” verifique se as Tags do cartão de expansão


foram criadas, conforme a figura abaixo. No próximo passo vamos alterar o
nome da Tag de uma entrada e uma saída, para facilitar a programação.

Para alterar o nome da primeira Tag, de um duplo clique na Tag “X01000”,


ao abrir a pasta “Edit Tag”, altere o campo “Tag-Name” para “Entrada_1”.
Depois clique em .

61
Agora de duplo clique na Tag “Y02000” e altere o campo “Tag-Name” para
“Saída_1”.

62
10.2 Programação do Ladder da IHM

Abra a pasta “Logic Blocks”, depois abra a pasta “Main”, em seguida clique
em “Block 1”.
Agora como exemplo, na primeira rung insira um contato aberto, um
temporizador tipo TON, e uma bobina de saída. Abaixo será descrito como
alterar as propriedades de cada função.

Clique no contato aberto para alterar as propriedades, depois altere as


propriedades da bobina de saída conforme as figuras abaixo.
X01000  Entrada_1

Y01000  Saída_1

T00191

63
Programe as propriedades do temporizador conforme ilustrado acima, caso
tenha alguma dúvida procure o informativo técnico sobre temporizadores.

10.3 Programação da Tela da IHM

Para programar a tela da IHM, abra a pasta “Screens”, depois clique na


pasta “Screen1”.

Depois insira dois textos, o primeiro como “Entrada X0” e outro como
“Saída Y0”.

Em seguida crie duas funções “Bit Lamp”, onde cada uma deve estar
abaixo de um texto.

64
Defina a função “Bit Lamp” que ficou abaixo da “Entrada X0” com a
seguinte propriedade, em “Tag Name” selecione “Entrada_1”

Já a função “Bit Lamp” que ficou abaixo da “Saida Y0” com a seguinte
propriedade, em “Tag Name” selecione “Saída_1”

Assim é possível monitorar na tela da IHM os estados da entrada X0 e


saída Y0.

65
10.4 Teste do Programa
Para testar a programação, primeiro conecte o cartão de expansão, depois
ligue a IHM, e aguarde a inicialização da IHM.

Se a entrada não “X01000” não for acionada, a tela da IHM deve mostrar
que as duas funções “Bit Lamp” estão OFF, ou seja a entrada e a saída
estão desligadas.

Se a entrada “X01000” for acionada e passar cinco segundos, a tela da IHM


deve mostrar que a entrada e saída foram acionados. Abaixo estão
ilustrados os esquemas para ligar as entradas e saídas de cada cartão de
expansão.

66
10.5 Ligação dos cartões de expansão digitais

TRPDIO0808P

Entradas

67
Saídas

TRPDIX1600

68
11. Ajustando a Data e Hora

Para ajustar a função de data e hora da IHM PMIU, primeiro clique na pasta
“Sreen1”.

Ao abrir a tela Screen1, clique na aba “Clock Objects” e insira na tela as


duas funções “Time” e “Date”, que são respectivamente data e hora.

69
Ao inserir as duas funções altere suas propriedades de acordo com a figura
abaixo. Assim fica mais fácil a visualização das duas funções.

Agora vamos inserir os botões para incrementar e decrementar cada


unidade. Então na aba “Advanced Objects” clique em “Avanced Bit Button”
e insira doze botões com esta função na tela.

70
Feito isso organize os botões em duas fileiras de seis e insira os textos
conforme a figura abixo. Na fileira de cima teremos os botões para

incremento e na fileira de baixo os botões para decremento, agora vamos


programar a função de cada botão.

Nos botões da fileira de incremento escreva no campo “On Text” o sinal “+”
e nos botões de decremento “-“.

Agora clique no primeiro botão do incremento, nas suas propriedades


clique em Tasks, depois clique no ícone .

71
Irá abrir a janela “Touch Screen Tasks List”, então na aba “Select Task”
selecione a opção “Set RTC”.

Após selecionar a função “Set RTC”, selecione a opção “Increment” e


depois “Date”, então clique em . Note que a função deve estar
criada na operação “Press Tasks”, então quando este botão for
pressionado irá ser executada a função “Increment Date by 1”, que é
incrementar um dia na data. Feitos isso clique em OK.

72
Agora programe os outros botões também com a opção de incremento
(Increment) selecionada e cada um com sua respectiva função de mês, ano,
hora, minuto e segundo. Não se esqueça de quando selecionar a função
clique em “Add” como foi feito no passo anterior.

73
Agora faça a mesma operação para os botões de decremento, apenas
selecione a opção “Decrement” para cada função.

Após configurar todos os botões, vamos fazer o download do programa e


testá-lo.

11.2 Teste do Programa


Para realizar o teste da programação clique em cada botão e veja se são
alterados os valores da data e hora que foram programados.

74
12. Função Historical Trend – IHM

Para criar as Tags que serão utilizadas para gerar o gráfico da função
Historical Trend, clique com o botão direito do mouse na pasta “Tags”,
depois clique em “Add...”.

Ao abrir a janela “Add Tag” no campo “Tag – Name” escreva


“Reg_Hist_Trend_1”, em “Register/Coil Type” selecione a opção “Data
Register”, marque “Register” nas opções do “Tag – Type”, por fim escreva
em “Register” a tag “D00000”. Após preencher todos os campos clique em
.

75
Após adicionar à primeira Tag, crie outra Tag para ser registrada na função
historical.
“Reg_Hist_Trend_2  D00001”

Agora vamos criar as tags para definir o tempo que será gerado o gráfico,
no campo “Tag – Name” escreva “Inicio_Dia”, em “Register/Coil Type”
selecione a opção “Retentive Register”, por fim escreva em “Register” a tag
“R00000”. Feito isso clique em “Add”, após adicionar esta tag vamos criar
outras onze tags, conforme ilustrado abaixo.

76
“Inicio_Mes  R00001”

“Inicio_Ano  R00002”

77
“Inicio_Hora  R00003”

“Inicio_Minuto  R00004”

78
“Inicio_Segundo  R00005”

“Fim_Dia  R00006”

79
“Fim_Mes  R00007”

“Fim_Ano  R00008”

80
“Fim_Hora  R00009”

“Fim_Hora  R00009”

81
“Fim_Hora  R00010”

“Fim_Segundos  R00011”

Após criar todas as Tags descritas acima, pode ser fechada a janela “Add
Tag” e depois confira se as Tags estão criadas correntamente, conforme
figura abaixo.

82
12.2 Criando o Data Logger
Para realizar a função “Historical Trend”, os registradores que irão
reproduzir o gráfico devem ser inseridos na função “Data Logger”, para isso
clique em sua pasta, conforme figura abaixo.

Após abrir a pasta “Data Logger”, selecione no campo “No. Of Groups” o


número “1”, note que é criado o “Group1” no campo dos “Grupos”, então
clique em “Group1” e selecione as seguintes opções, em “Logging Mode”
selecione “Power up”, depois em “Log at Every” escreva “00:00:01”. Após
ajustar todos os parâmetros no campo “Define Tags” selecione a tag
“D00000” depois clique em “Add” e repita o mesmo procedimento para a
tag “D00001”.

Feito isso veja se as “D00000” e “D00001” foram inseridas no campo “Tags


to be Loggerd”, se sim clique em “OK”, se não adicione novamente as Tags.

83
12.3 Programando a tela da IHM

Após inserir as tags na função “Data Logger”, vamos programar a tela da


IHM, abra a pasta “Screens” e depois clique em “Screen1”.

84
Agora clique em “Advanced Objects” e veja se a função “Historical Trend”
esta habilitada, se não estiver, significa que a função “Data Logger” não foi
criada, então volte alguns passos e crie esta função novamente, caso a
função “Historical Trend” esteja habilitado clique e insira na tela.

Após criar a função “Historical Trend” na tela, altere suas propriedades, na


aba “Tag Attributes”, escreva “2” em “Number of Tags”, em “Selected Tag
Colour” selecione a cor “232”, no campo “Tag” defina primeiro como “Tag1”
e em “Tag Name” escolha a tag “Reg_Hist_Trend_1”. Feito isso veja abaixo
como definir a segunda tag.

Para definir a segunda Tag, no campo “Tag” selecione “Tag2”, depois no


campo “Selected Tag Colour” selecione a cor “105”, depois em “Tag Name”
defina como “Reg_Hist_Trend_2”.

85
Agora na aba “Time Scale Properties”, clique no campo “Start/End Time
Tags settings”, depois clique em .

Irá abrir a janela “Start / End TimeTag Settings”, então selecione as tags
conforme a figura abaixo. Feito isso clique em “OK”

86
Agora devem ser criados os textos e registradores para inserir a data e
hora de inicio e fim do gráfico. Insira os textos conforme a figura abaixo,
para alterar cada texto escreva no campo “Text”

Agora na aba “Edit Data” clique na opção “Numerical” e insira conforme a


figura abaixo.

Altere as propriedades de cada função “Data Entry” que foi criada conforme
a figura abaixo. Estão sendo ilustradas as propriedades completas de uma
função, para as outras apenas altere o campo “Tag Name” ou “Tag
Address”.

87
Crie mais dois textos e duas funções “Data Entry” e dois textos conforme a
figura abaixo.

Altere as propriedades do primeiro registrador conforme a figura abaixo. No


campo “Tag Name” é definida a tag “Reg_Hist_Trend_1”, esta que vai
variar a linha de cor azul no gráfico.

88
Agora defina o segundo registrador como “Reg_Hist_Trend_2”.

89
Agora vamos criar o botão para atualizar o gráfico, então na aba “Advanced
Objects” clique em “Advanced Bit Button” e o insira na tela.

Após inseri-lo na tela, altere suas propriedades igual à figura abaixo e no


campo Tasks clique em , para definirmos a função do botão.

Ao abrir a janela “Touch Screen Tasks List” no campo “Select Task”


selecione a opção “Key’s Specific Task”, depois marque a opção “Refresh
All Trends”, esta função que atualiza os dados do gráfico, então clique em
“Add”, note que a função irá aparecer no campo “Press Tasks”, então
finalize clicando em “Ok”.

90
Por fim insira uma função de data “Date” e outra de hora “Time”, na aba
“Clock Objects”.

Agora para testar o programa, insira a data e hora de inicio e fim da coleta
de dados para gerar o gráfico, para ajustar a data e hora da IHM veja o
informativo técnico “Data_Hora”.

91
Quando estiver no intervalo de tempo selecionado, altere os registradores 1
e 2 para variar sua função no gráfico.

Quando estiver no intervalo de tempo selecionado,pressione o botão


“Refresh” para atualizar o gráfico.

92
93