Vous êtes sur la page 1sur 4

ILUSTRÍSSIMO SENHOR TABELIÃO DO 3º OFÍCIO DE NOTAS DE

TAGUATINGA/DF

XXXXXX, brasileira, companheira sobrevivente,


união reconhecida post mortem, conforme escritura pública declaratória,
do livro 0790, folha 196, do 3º ofício de notas, registro civil e protesto de
títulos de Taguatinga/DF, empresária, portadora da CIRG n.º XXXX
SSP/DF, inscrita no CPF/MF sob o n.º XXXXXX, residente e domiciliada
na CSA QD. 2, Lote 9, Apartamento 601, Taguatinga, Brasília/DF, CEP
72015-025, XXXXXX, brasileiro, solteiro, militar, portador da CIRG n.º
XXXX SSP/DF, inscrito no CPF/MF sob o n.º XXXXX, residente e
domiciliado na Rua 09 Norte, Lote 6, Apartamento 1602, Residencial
Easy, Águas Claras, Brasília/DF, CEP 71908-540, XXXXXX, brasileira,
solteira, estudante, portadora da CIRG n.º XXXXXSSP/DF, inscrita no
CPF/MF sob o n.º XXXXX, residente e domiciliada na Rua 09 Norte, Lote
6, Apartamento 1602, Residencial Easy, Águas Claras, Brasília/DF, CEP
71908-540, por intermédio de seu advogado abaixo assinado, Ígor Maia
de Castro, inscrito na OAB/DF sob o n.º 42.674, com escritório
profissional situado na Av. Pau Brasil, Lote 18, Bloco “B”, Apartamento
904, Residencial Pau Brasil, Águas Claras, Brasília/DF, CEP 71926-000,
Telefone: (061) 3435-2316/9663-7888, onde recepciona as pertinentes
intimações/notificações, vêm à presença de Vossa Senhoria, ex vi do
disposto no CPC, artigo 982, caput, segunda parte, apresentar

MINUTA DE INVENTÁRIO E DE PARTILHA


DOS BENS DEIXADOS

por XXXXXX, brasileiro, servidor público aposentado, convivendo sob


união estável, reconhecida post mortem, conforme escritura pública
declaratória, do livro 0790, folha 196, do 3º ofício de notas, registro civil
e protesto de títulos de Taguatinga/DF, portador da CIRG n.º XXXX
SSP/DF, inscrito no CPF/MF sob o n.º XXXX, falecido em 18 de junho de
2015, fazendo-o mediante a argumentação fático-jurídica abaixo
delineada:

O falecido veio a óbito, ab intestato, no dia 18 de


junho de 2015, deixando os herdeiros necessários em concurso com a
companheira supérstite, ora solicitantes, devidamente qualificados
acima, sendo eles maiores e capazes, estando concordes com a partilha
doravante expendida.
O acervo patrimonial do falecido é composto
pelos seguintes bens e direitos a seguir descritos:

DOS BENS:

1 – 100% (cem por cento) dos direitos de propriedade do


Apartamento n.º 704, vinculado a vaga de garagem n.º 4, do prédio
edificado no lote de terreno n.º 09, CSA-02, Taguatinga-DF, com área
privativa real de 74,44m², área de uso comum de 30,2570m², totalizando
a área real de 104,6970m² e cota ideal de 0,033989, avaliado em R$
XXXXX (cento e trinta e nove mil cento e dezessete reais e sete centavos),
adquirido em 05/08/2004;
2 – 50% (cinquenta por cento) de 100% (cem por cento) dos
direitos de propriedade do Imóvel localizado no Lote 39, QNJ-28,
Taguatinga-DF, medindo 10,00m² de frente e fundos e 25,00m² pelas
laterais, ou seja, 250,00m², formando uma figura regular, limitando-se
lateralmente com os lotes 37 e 41 da mesma quadra, avaliado em R$
XXXXX (duzentos e sessenta e três mil e vinte e dois reais e sessenta e
seis centavos), adquirido em 07/01/1980. A cota de 50% de direito de
propriedade do de cujus (escritura em anexo), totaliza o valor de R$
XXXX (cento e trinta e um mil quinhentos e onze reais e trinta e três
centavos);
3 – 100% do direito de propriedade do veículo
FORD/RANGER LTD 13P, ano/modelo 2011/2011, Placa NZM 9475,
avaliado em R$ XXXXX (sessenta e nove mil seiscentos e vinte e quatro
reais), adquirido em 2013;
4 – 100% do direito de propriedade do veículo
TOYOTA/ETIOS HB XS 15, ano/modelo 2013/2013, Placa JKP 7593,
avaliado em R$ XXXXX (trinta e dois mil e quarenta e dois reais),
adquirido em 2013;

Não há ativos a receber nem passivos a pagar.

DA CESSÃO DE DIREITO:

A companheira, XXXXX, conforme comprova


escritura pública declaratória (em anexo), cedeu por livre e espontânea
vontade o seu direito a meação e quinhão hereditário, em favor do monte
mor, beneficiando todos os herdeiros necessários, doravante
cessionários, XXXXXX.

DA PARTILHA:
Por força do disposto no artigo 1.829 do Código
Civil, a cada herdeiro cabe uma cota parte de 1/2 ou 50% (cinquenta por
cento) dos bens deixados pelo de cujus.
Os herdeiros, XXXXXXX, em concordância,
ajustam a partilha assim:

a) Para XXXXX:

A metade ideal (50%) da propriedade do imóvel


referido no item n.º 1.
A metade da propriedade de 50% do imóvel
referido no item n.º 2, perfazendo a cota de 25%.
A propriedade de 100% do automóvel referido no
item n.º 3.

b) Para XXXXX:

A metade ideal (50%), da propriedade do imóvel


referido no item n.º 1.
A metade da propriedade de 50% do imóvel
referido no item n.º 2, perfazendo a cota de 25%.
A Propriedade de 100% do automóvel referido no
item n.º 4.

DOS REQUERIMENTOS:

Pela presente, com apoio nos preceptivos, após


exposição acima, requer a instauração de procedimento administrativo
de inventário consensual dos direitos em voga, estando o caso in concreto
em perfeita harmonia com os pressupostos que dão ensejo ao
procedimento cartorário, para ao final, depois de realizados todos os atos
pertinentes, seja lavrada escritura pública de inventário e de partilha dos
bens do espólio, devendo constar para fins de partilha que corresponde
à cota de cada herdeiro.
No desenrolar do presente petitório de
inventário, os herdeiros nomeiam como INVENTARIANTE a herdeira
XXXXX, declarando ela ter conhecimento dos encargos e
responsabilidades atribuídas ao cargo, bem como se responsabiliza por
todos os atos praticados que contrarie a vontade dos demais.
Para efeitos fiscais, o valor do acervo é de R$
XXXXX (trezentos e setenta e dois mil duzentos e noventa e quatro reais
e quarenta centavos).
Acompanha a presente petição os documentos
pessoais da meeira, dos herdeiros e do falecido, Certidões Negativas de
Tributos de Alçadas Distrital e Federal, Certidões de Ônus, documentos
dos bens, dentre outros.

Pede e espera deferimento.


Brasília, 16 de julho de 2015.

Ígor Maia de Castro


Advogado – OAB/DF n.º 42.674