Vous êtes sur la page 1sur 2

Alterações bioticas nos ecossistemas

Introdução de espécies
Quando Uma espécie exótica é introduzida em um ecossistema, há a possibilidade de que ela seja mais eficiente do
que as espécies nativas na utilização dos recursos do ambiente. O desvio dos recursos que estavam destinados as
espécies nativas faz com que haja redução na sua abundancia.

Extinçao de espécies

Poluição dos ecossistemas


Poluição sonora
Se origina do alto volume produzido pelos aparelhos de som e outros aparelhos. A curto prazo provoca alterações
nas pessoas, mudando seu comportamento. E a longo prazo prejudica audição levando até a surdez.

Poluição por eutrofização


Ocorre em ambientes aquáticos em função do aumento de nutrientes na agua, especialmente o fosfato e o nitrato.

A aumento desses nutrientes provoca a ploriferação exagerada do fitoplancton. A grande ploriferação vem
acompanhada de grande mortalidade. Quando o zooplancton e o fitoplancton entram em decomposição,
aumentando o numero de bactérias e fungos aeróbios e levando ao esgotamento de oxigênio dissolvido na água, e a
morte aos animais que necessitam dele. Bactérias e fungos anaeróbios, que não precisam de oxigênio, ploriferam.

Poluição térmica
Caracterizado pelo aumento da temperatura da agua provocado alterações no meio.

A poluição térmica desloca a temperatura do meio , interferindo no sucesso de cada espécie em relação as demais.
Com isso, as abundancias das populações da comunidade se altera, caracterizando o desequilíbrio ecológico. A
elevação propicia o desenvolvimento de fungos e bactérias causadores de doenças. Além disso, o aumento da
temperatura também diminui o teor de O2 dissolvido na água.

Poluição do ar
Causada pela aumento de gás carbônico que acentua o efeito estufa, introdução de partículas que ficam em
suspenção no ar e pela introdução de outros gases poluentes.

O monóxido de carbono é um gás originado da combustão incompleta que se mistura com o ar e acaba sendo
inspirado. Ao entrar em contato com o sangue se associa com a hemoglobina formando a carboxi-hemoglobina. Esta
hemoglobina não pode transportar oxigênio, causando asfixia e podendo comprometer a vida.

Combustões incompletas também podem produzir hidrocarbonetos gasosos e óxidos de nitrogênio que combinados
na atmos fera e na presença de luz solar, produzem substancias mais toxicas, como o ozônio e o nitrato
peroxiacetilico (PAN).

O excesso de ozônio aumenta a taxa de respiração das plantas que morrem por consumir desnecessariamente
glicose. O PAN inibe a fotossíntese, causando a morte da planta já que ela não pode sintetizar o próprio alimento.
Aquecimento global

Poluição por elementos radiativos

Poluição por substancias não biodegradáveis


Diferente das substancias biodegradáveis, que são decompostas por organismos, as não biodegradáveis não sofrem
decomposição, caso das substancias organocloradas e dos metais pesados, como o mercúrio. Essas subrancia podem
se acumular nos tecidos dos tecidos dos organismos e vao se concentrando ao longo das cadeias alimentares.

Poluição por derramamento de petróleo


O petróleo derramado forma manchas na camada superficial das aguas, bloqueando a passagem de luz e afetando a
fotossíntese e impedindo troca de gases entre a agua e o ar.

Alguns métodos são usados para conter a dispersão do petróleo, como o uso de barreiras físicas, e sucção por
bombas.

Lixo
Atualmente há formas mais adequadas para lidar com o lixo, como a construção de aterros sanitários, a incineração
e a compostagem.

Nos aterros sanitários, o solo é preparado para ser impermeabilizado e impedir que o lixo o contamine. São postas
cmadas alternadas de lixo e terra, evitando o mal cheiro e a ploriferação de animais. Bactérias anaeróbias realizam a
decomposição, produzindo o gas metano, que é expelido por locais próprios para sua saída, podendo ser usado
como combustível, ou simplimente queimado.

A incineração e usada principalmente quando se trata de lixo hospitalar.

A compostagem consiste em transformar a parte orgânica do lixo em compostos que podem servir para fertilizar o
solo.