Vous êtes sur la page 1sur 1

DIA NACIONAL DO

DOENTE CORONÁRIO
14 de fevereiro
Anatomia do coração

Artéria aorta
Veia cava
superior
Artéria pulmonar
esquerda
Artéria pulmonar
direita

O coração é Veias pulmonares


esquerdas
um órgão Em Veias pulmonares
direitas
muscular que repouso, o
Aurícula esquerda
bombeia o coração bombeia Aurícula direita

5 litros de Em
sangue através Válvula Válvula pulmonar
sangue por tricúspide
dos vasos esforço, o Válvula bicúspide
minuto!
sanguíneos coração pode Ventrículo esquerdo
Ventrículo
do sistema bombear 20 litros direito
Septo

cardiovascular. de sangue por


minuto!
Artérias coronárias Veia cava inferior Aorta descendente

Algumas patologias do coração


Aterosclerose Arritmias Valvulopatias

As artérias
coronárias ficam Ocorrem batimentos Uma ou mais válvulas –
bloqueadas ou irregulares do coração. que controlam o fluxo
estreitadas pela sanguíneo entre as
acumulação de diferentes cavidades do
placas (depósitos coração – não funcionam.
Artérias de gordura).
coronárias

Principal causa do enfarte Cardiomiopatia Pericardite

agudo do miocárdio (EAM)


O EAM ocorre quando a irrigação sanguínea do músculo cardíaco diminui ou
é suprimida, na sequência da oclusão de uma ou mais artérias coronárias.
Se a oclusão durar mais do que uns minutos, as células podem sofrer danos
irreversíveis e morrer.
É a deterioração do É a inflamação do
Sintomas do EAM miocárdio. pericárdio – membrana
Tontura e que envolve o coração.
ansiedade

Dor no pescoço

Dor nas costas Dor no peito


e falta de ar

Enjoo e dor de Dores nos braços


estômago (geralmente
o esquerdo)
+ suor

Modo de atuação em caso de EAM


❤ Ligar 112.
❤ Não fazer esforços.
❤ Manter um ambiente calmo.
❤ Posicionar a vítima numa posição confortável.
❤ Manter a temperatura corporal.
❤ Não dar nada a beber/comer.

Fatores de risco modificáveis do EAM


e
e obesidad Diab
o
e pes ete
s
d
sso
ce
Ex
l
ria
rte

Tab
oa

aco
ensã
Hipert

Sabias que? CIÊNCIA


TECNOLO
A angioplastia coronária é um GIA
do

SOCIEDA
ele v a

procedimento cirúrgico para a DE


Sede

desobstrução de uma artéria


uito
nta

ol m

coronária.
ris m

ter
o

les
Co

Co
ns
um TAXAS DE MORTALIDADE
oe
xce e
s siv
o de ess
Str-6,3%
álc o ol
22,2% 20,8%
2011 2016

Estatísticas do EAM
TAXAS DE MORTALIDADE MORTES INTERNAMENTOS
-19,2% -4,8%
-6,3%
22,2% 20,8% 1051 849 12 093 11 510
2011 2016 2011 2016 2011 2016

MORTES INTERNAMENTOS Fonte: Direção-Geral da Saúde , 2017 https://www.youtube.com/watch?v=5_QFlY9r41Y


-19,2% -4,8%

1051
2011
849
2016
12 093
2011
11 510
2016 d