Vous êtes sur la page 1sur 3

Curso de extensão – EAD (UNEMAT)

Professor: Ilário
Aluno: Thiago Silvestre da Silva

Atividade 1

1) Com base na leitura dos textos, faça uma resenha crítica sobre a "Relevância da EAD nos Dias
Atuais”.

A Educação à Distância (EAD) é certamente o setor educacional que mais cresce no mundo
atual. Nos últimos anos, temos assistido à proliferação de uma gama de cursos na modalidade EAD,
sobretudo nos níveis de especialização, capacitação profissional e extensão universitária.

A contragosto do crescimento do setor no Brasil, observamos uma certa rejeição em relação


à EAD, principalmente nas camadas mais altas da população residentes em áreas metropolitanas.
Podemos dizer que essa parte da população comunga do discurso daqueles que Umberto Eco
denominou “apocalípticos”, isto é, os indivíduos que acredita tecnologia da informação vai destruir
a cultura. Eco escreve publica seu livro Apocalípticos e integrados pela primeira vez em 1965,
discutindo problemas da época ligados à difusão cada vez mais massiva da indústria cultural,
materializada na televisão.

Logo na introdução do livro, o crítico literário italiano problematiza a apropriação do


conceito de indústria cultural pelos ditos “apocalípticos”, de modo que ele contextualiza
historicamente o desenvolvimento dos meios-de-comunicação de massa, argumentando que muitas
características da indústria cultural moderna podem ser vistas parcialmente em revoluções
anteriores na comunicação social, como, por exemplo, na prensa de Gutenberg do século XVI.

O mesmo Umberto Eco foi em 2008 chamado para compor o quadro de professores
eméritos da tradicional Universidade de Burgos, na Espanha. No discurso de sua posse, Eco criticou
a propagação de cursos à distância na educação superior espanhola e chegou a insinuar que talvez
fosse melhor a educação voltar a ser apenas para uma elite, como o era na Idade Média. O mesmo
que escreveu em 1965 Apocalípticos e integrados foi aquele que em 2008 voltou atrás e assumiu
uma postura “apocalíptica” e elitista.

Acredito que aqui chegamos no “x” da questão, porque acredito que a educação à
distância, devido ao seu custo mais baixo que os cursos presenciais, tem relevância maior nas
classes mais populares. Por isso, há muitos ainda que assumem posturas elitistas como a de
Umberto Eco. Há de se convir que a ausência da necessidade de deslocamento geográfico na EAD
aumenta o custo-benefício desta modalidade, visto o problema da mobilidade urbana no Brasil
constituído por transportes coletivos caros e ineficientes. Somado a isso, há a questão dos longos
trajetos casa-trabalho feitos pelo trabalhador que mora na periferia das regiões metropolitanas ou
das cidades médias.

Em suma, acredito que a EAD envolve muitos atores sociais e possibilita a muitos
indivíduos serem sujeitos de seu destino, de modo que essa modalidade propicia meios legítimos e
mais acessíveis de acesso a um conhecimento sistematizado. Num país como o Brasil, marcado por
uma grave crise urbana e uma alta desigualdade social, a educação à distância não deve mais ser
vista como uma opção a ser descartada, mas como um universo potencial de novas possibilidades
educativas.

2) Apresente as experiências que já tivestes em cursos a distância.

Durante minha graduação em geografia na UERJ, duas professoras usaram o Ambiente


Virtual de Aprendizagem (AVA) da universidade. Eu sei que não chega a ser uma educação à
distância propriamente dita, mas evidencia a rejeição a tecnologias de apoio educacional que
possam vir a “substituir” o trabalho do professor.

Atualmente, faço um curso de pós-graduação na modalidade EAD. Tenho gostado muito e


acredito que essa modalidade seja bastante apropriado no nível de pós-graduação, porque o aluno já
possui teoricamente um autonomia mais desenvolvida que um aluno de ensino que entra na
graduação EAD.

Atividade 2 - Questionário Avaliativo

1 - Na sua interpretação, o conhecimento disponibilizado através deste curso apresenta qualidade


científico-ditático-formativo? Explicite.

Sim. Os conhecimentos do curso foram produzidos com uma mistura de rigor científico
e discussão crítica no tratamento do objeto.

2 - O curso acrescentou novos conhecimentos aos que já possuía? Comente.

Com certeza o curso serviu para ampliar meu repertório cultural como profissional da
educação.

3 - Este curso contribui na sua qualificação profissional? Comente.

Sim, acreditou que foi muito importante para me colocar a par de questões-chave
envolvendo a educação à distância nos dias de hoje.
4 - A tecnologia de informação (plataforma on line) utilizada para este curso, supriu as
suas necessidades? Comente.

Acredito que sim, de maneira integral.

5 - O curso que estás concluindo, considera relevante? Em quais aspectos?

Acredito que é relevante para qualquer profissional da educação preocupado com as


mudanças técnicas na sociedade. Assim, acredito que o curso serve a uma necessidade
crescente colocada para os profissionais da educação de constante atualização dos
saberes técnicos relacionados à sua função.

6 - Caso tiver disponibilidade e vontade de fazer um outro curso de extensão, qual o


tema/área de conhecimento que sugere para que o CEACD organize um novo curso?

Educação inclusiva.