Vous êtes sur la page 1sur 2

Novela 'Tempo de Amar'

“SINOPSE”

O que acontece quando um amor, que nasce de forma genuína, é interrompido por acontecimentos?
O tempo é capaz de apagar esse sentimento ou, pelo contrário, aumenta a saudade e alimenta a
vontade do reencontro? Em Tempo de Amar, nova trama das 6, escrita por Alcides Nogueira, com
direção artística de Jayme Monjardim e direção geral de Adriano Melo, o público é convidado a
conhecer a história dos jovens Maria Vitória (Vitória Strada) e Inácio (Bruno Cabrerizo). Após o
amor à primeira vista, eles sofrerão com a inevitável separação e as armações de quem não deseja
a felicidade do casal.
Maria Vitória é uma jovem letrada e de mente aberta, moradora de Morros Verdes, em Portugal,
que ficou orfã de mãe muito cedo e foi criada pelo pai. Durante uma procissão religiosa, ela
conhece Inácio, um rapaz simples, que mora no vilarejo vizinho, e vive de trabalhos temporários.
Eles começam a namorar, mas o casal logo se separa - ele tem viagem marcada para o Brasil, onde
conseguiu um emprego no Rio de Janeiro. O problema é que, ao partir, Inácio não deixou apenas
Maria Vitória, mas também sua filha, fruto desse grande amor.
José Augusto (Tony Ramos) é um simples, porém influente produtor de vinhos e azeites de Morros
Verdes. Dono da Quinta da Carrasqueira, é pai de Maria Vitória e cria a filha com mais liberdade do
que as demais meninas da região. Pouco se sabe sobre seu passado amoroso, mas há notícias
sobre um envolvimento com a empregada da família, Delfina(Letícia Sabatella). Ele é amigo e
muito próximo do Padre João (José Augusto Branco), pároco superquerido da região. Mais do
que ninguém, ele deseja a felicidade da filha.
Delfina chegou à Quinta com apenas 12 anos, contratada para cuidar dos porcos, cabras e aves.
Desde então, ela se apaixonou por José Augusto e vive para agradá-lo e fazê-lo feliz. Ela é mãe
de Tereza (Olívia Torres), uma jovem muito afável. A empregada sempre cuidou de Maria Vitória,
embora seja falsa como uma cobra! Sua maior insatisfação é o fato de José Augusto nunca ter
reconhecido a filha que tiveram juntos.
Fernão (Jayme Matarazzo) será responsável por um dos primeiros obstáculos na vida do casal
protagonista. O médico recém-formado em Coimbra revela um ciúme doentio por Maria Vitória, pois
ele deseja a jovem e acredita que ela é sua prometida. E essa rivalidade renderá grandes embates
na trama.
Brasil x Portugal
Morando no Brasil e feliz com o novo emprego, Inácio recebe uma carta com a informação sobre a
gravidez da sua amada. Quando decide voltar para Portugal, ele sofre um assalto e vai parar na casa
de Lucinda(Andreia Horta), filha do médico Reinaldo (Cássio Gabus Mendes), que se apaixona
por ele e fará de tudo para que o jovem não volte para os braços de Maria Vitória!
Em Portugal, Maria Vitória é enviada ao Convento dos Santos Anjos, após a descoberta da sua
gravidez. Assim que nasce, a bebê da jovem é dado para adoção, o que faz com que Maria Vitória
fuja para o Brasil atrás de Inácio. A partir daí, a trama se desenrola entre encontros e desencontros
e mostra a esperança do casal em viver esse grande amor.
Em Morros Verdes, José Augusto buscará de todas as maneiras descobrir o paradeiro da neta
Mariana, que foi adotada por um casal. Ele também não desiste de encontrar novamente a filha
Maria Vitória, e uma viagem para o Brasil talvez seja inevitável. Enquanto isso, Delfina segue
armando para que o patrão jamais encontre filha e neta.
No Rio de Janeiro
Alzira (Deborah Evelyn), a tia que Maria Vitória descobriu que tinha pouco antes de sair de Portugal,
mora no Rio de Janeiro com o marido Bernardo (Nelson Freitas) e a filha Celina (Barbara França).
Mas eles perderam muito dinheiro por conta do vício em jogo de Bernardo e saíram do endereço
que Maria Vitória tinha. O casal veio para o Brasil há muitos anos junto com a amiga Celeste
Hermínia (Marisa Orth), conhecida cantora de fado e que se tornou muito querida na cidade.
Celeste Hermínia, que conta com a fiel escudeira Eunice (Lucy Alves), costuma reunir em sua casa
os amigos que fez no país. Entre eles está o Conselheiro Francisco (Werner Shünemann), que é
também seu grande amor. Os dois vivem um relacionamento sincero, mas cheio de culpa, já que o
Conselheiro é casado com Odete (Karine Teles), que vive em casa sem convívio com a sociedade
após um surto psiquiátrico ocasionado pelo parto de um filho morto. Celeste Hermínia, que conta
com a fiel escudeira Eunice (Lucy Alves), costuma reunir em sua casa os amigos que fez no país.
Entre eles está o Conselheiro Francisco (Werner Shünemann), que é também seu grande amor.
Os dois vivem um relacionamento sincero, mas cheio de culpa, já que o Conselheiro é casado
com Odete (Karine Teles), que vive em casa sem convívio com a sociedade após um surto
psiquiátrico ocasionado pelo parto de um filho morto.
Conselheiro e Odete criaram como filhos os sobrinhos Vicente (Bruno Ferrari) e Olímpia (Sabrina
Petraglia), que ficaram órfãos de pai e mãe. Os dois foram educados da melhor forma e chegaram
a estudar fora do país. Vicente é pianista e poeta, e muito ligado a questões políticas. Ele tem como
objetivo a criação do Grêmio Cultural Brazileiro, onde serão realizadas apresentações, palestras e
outras atividades. Vicente também está às voltas do lançamento de um jornal que reflita as
discussões do Grêmio, o Manifestum.
Olímpia, irmã de Vicente, acaba de voltar de Paris. Ela morava com uma tia materna na cidade
francesa e namorava um brasileiro. Mas terminou o namoro e voltou para o Brasil. O ex-namorado
inconformado vem atrás da jovem e descobre que ela está apaixonada por Edgar (Marcello Melo
Jr.), filho de um alemão abastado com uma descendente de escravos. Os dois enfrentarão muito
preconceito da sociedade, que não aceitará o romance. E, ao lado de Vicente e outros personagens,
farão isso não somente em suas vidas pessoais, como também no âmbito social. Lutarão por
igualdade racial, liberdade política, e pelo direito das mulheres.
Baseada em um argumento de Rubem Fonseca, a trama de Alcides Nogueira é escrita em
parceria com Bia Corrêa do Lago e conta com a colaboração de Tarcísio Lara Puiati e Bíbi Da
Pieve. Tempo de Amar tem estreia prevista para setembro.