Vous êtes sur la page 1sur 5

ESTUDO DIGITALIZADO PELO SITE

WWW.SEMEANDOVIDA.ORG
Projeto exclusivo de resgate de revistas antigas de Escola Bíblica
Dominical. Para mais estudos visite o nosso site.
Página |1

O IDEAL DO CRISTÃO

Texto básico: Sl 119.9-12

INTRODUÇÃO

As fontes da vida estão no coração. Não no órgão físico, que conserva a vida física,
mas na sede dos sentimentos e das emoções, que a Bíblia chama, também, de
coração. Assim como o músculo cardíaco é responsável pela manutenção de nosso
organismo, aquilo que nós somos no interior de nós mesmos, é responsável por uma
vida tranquila aqui, e por nosso destino eterno.

É tão importante o cuidado que devemos ter com o coração, que Salomão, em Pv
4.23, recomenda ao leitor que o guarde, por que dele procedem as fontes da vida. Em
linguagem bem simples, podemos dizer que você é, e será, aquilo que você for na sua
vida interior, e esta vai determinar tudo o que você fizer.

1 - A IMPORTÂNCIA DAS FONTES

As fontes nos dão a água que bebemos, a água do rio e, até, a do imenso mar. Se as
fontes se secarem, o mundo será transformado num gigantesco deserto. De certo
modo, a manutenção da vida da humanidade depende de mantermos as fontes que
nos dão a água.

As fontes das águas estão nas grandes alturas, nas montanhas, cercadas de grandes
matas. Nosso coração pode ser comparado às montanhas, porque é dele que
procedem as fontes da vida.

Quais são as fontes da vida e que influência tem o coração sobre elas?

"Sobretudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as
fontes da vida (Pv 4.23).

a) Saúde — é a fonte da vida física. Quem perder a saúde arrisca-se a perder a vida.
Se você quer viver bem e por muito tempo, cuide de sua saúde.

Sabe-se que muitas pessoas perdem a saúde (e, consequentemente, a vida) por falta
de cuidado com a alma. O vício, o desregramento, a imoralidade, a preguiça, a
negligência, o relaxamento, a indisciplina (todos moradores do coração) podem
ocasionar sérios prejuízos à saúde do corpo. Cuidar do coração ajuda a manter a
saúde (isto é certo tanto física como espiritualmente).

Certa vez, ficaram lado a lado, para exames no Instituto Médico Legal, os corpos de
um jovem e de um ancião, que morreram no mesmo acidente. Ao abrirem o do jovem
constataram que seu organismo parecia ter 70 anos; ao contrário, o do velhinho
parecia mais o de uma pessoa da metade de sua idade.

A diferença foi constatada: o jovem adquirira vários vícios e levara vida indisciplinada;
o ancião era crente antigo, e teve sempre muito cuidado com a saúde.

b) Mente — Nossa cabeça, em grande parte, é influenciada por nossos sentimentos.


Inveja, raiva, ressentimento, malícia, e outras emoções, são fontes de maus
pensamentos, más ideias e más Intenções. Se a pessoa não se cuidar, sua mente
pode ficar de tal modo poluída que nada de bom surgirá dela.

Para mais estudos visite o site


www.semeandovida.org
Página |2

Jesus disse que aquilo que sai do coração é que realmente contamina a pessoa e os
outros: "Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios,
prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias. São estas coisas que
contaminam o homem..." — Mt 15.19,20.

c) Atitudes — Nossa vida são as nossas atitudes. Somos aquilo que nós fazemos. E
os nossos atos são grandemente influenciados pelos nossos sentimentos. A pessoa
pratica atos maus porque é má de coração. Jesus disse que a árvore boa dá bons
frutos, e a árvore má só dá maus frutos — Mt 7.17.

Cuidar do caráter é muito importante, porque aquilo que a pessoa é no coração reflete-
se nos seus atos de cada dia.

2 - A PRESERVAÇÃO DAS FONTES

Hoje, até as crianças estão engajadas nas campanhas contra a poluição de nossas
fontes de água: nascentes, rios, lagoas, mares... Todos sabemos que devemos evitar
a contaminação dessas fontes, porque elas nos garantem um viver sadio.

Igualmente, devemos ter cuidado com as fontes da vida, evitando sua contaminação,
sua poluição. Vejamos alguns fatores que poluem nossa vida:

a) Tentação — A queda do homem começou com a poluição, com o veneno lançado


pelo tentador na mente da mulher, lá na forte da humanidade. As tentações constituem
grave perigo para a nossa Integridade espiritual. Daí, Jesus ter advertido: "Vigiai, para
que não entreis em tentação" — Mt 26.41.

Não podemos, às vezes, evitar a tentação. Mas podemos evitar que ela se instale em
nossa mente. Alguém já disse: "Não posso evitar que um passarinho pouse em minha
cabeça; mas posso evitar que ele faça ninho nela".

Cuidado com tudo aquilo que tiver a aparência de tentação. Não se deixe levar.
Resista, se puder. Se não, peça a Deus forças para afastar a tentação.

b) Pecado — Todos nós temos a inclinação para o mal. Nosso velho homem, algumas
vezes, nos leva a ter maus pensamentos, que podem gerar atos maus.

É Importante você se examinar constantemente para verificar se está ou não cedendo


a essa inclinação. Não é difícil fazer isso. Basta você comparar o que está pensando,
falando e fazendo co mos princípios bíblicos. A Bíblia é o melhor espelho para refletir
nossa imagem espiritual. Evite fazer aquilo que notar que é contrário ao ensino da
Palavra de Deus.

c) Ambiente — A poluição ambiental é grandemente prejudicial à saúde. Em algumas


cidades altamente industrializadas, a poluição do ar tem causado sérios problemas à
população.

É importante você examinar o ambiente que frequenta. Se for poluído moralmente,


pode afetar seriamente sua saúde espiritual, atingindo seu coração, e, assim, poluindo
as fontes de sua vida.

Observe as conversas, as preferências e as atitudes dos amigos e colegas. Não se


deixe envolver por insinuações maldosas. Se preciso, evite estar nesses ambientes.
Se insistir, você mesmo será influenciado, e não terá mais condições de se recuperar.

Para mais estudos visite o site


www.semeandovida.org
Página |3

Certo rapaz, que sofria de grave problema respiratório, teve de abandonar os estudos
superiores e o trabalho e mudar-se para outra cidade. Se insistisse em permanecer,
exporia seriamente a sua vida.

Talvez você tenha de tomar atitude semelhante para o seu bem-estar espiritual. Não
seja indeciso nesse particular. Sua alma vale mais do que o mundo inteiro.

Procure fazer amigos e colegas no ambiente da igreja. Enturme-se com os jovens da


igreja. A igreja ainda é o melhor ambiente que existe para você manter a integridade
das fontes da vida.

3 - FINALIDADE DAS FONTES

As fontes existem para dar. Elas não retêm a água, como os poços e as cisternas. As
fontes são sempre uma bênção para o lugar e as pessoas. Onde elas existem, há
água, há verde, há alimento, há vida.

Se você tiver cuidado com seu coração (sua vida espiritual), as fontes que procedem
dele (sua saúde, seus pensamentos, seus atos) irão constituir grande bênção para
você e para as pessoas ao seu redor.

Deus criou as fontes para fornecer água para o mundo. Deus criou você para ser uma
bênção. Você não pode viver uma vida egoísta, se quiser agradar a Deus. É preciso
que as marcas de sua passagem fiquem pelo caminho. Onde você estiver, haja vida,
haja paz, haja alegria.

Do esforço que você fizer para guardar o seu coração, haverá grande recompensa,
primeiro para você e, então, para os outros.

Se você procurar ser cristão sincero, honesto, fiel e humilde, contribuirá para o bem
dos outros, pelo seu exemplo e por seus atos.

Se você quiser reter só para você, suas forças secarão, ou não terão vida. Se distribuir
e repartir, terá saúde e espalhará bênção.

CONCLUSÃO

Li, há algum tempo, alegoria de Sadu Sundar Singh, sobre o Mar da Galiléia e o Mar
Morto, que transferi para este poema:

DOIS MARES

Na Palestina existe um belo rio,


que nasce além, no monte Hermom tão frio,
e desce à Terra Santa pra a regar,
e passa um mar e morre em outro mar.

No Mar Genesaré, de água serena,


as margens são jardins de vida plena.
Do Mar Morto ao redor, desabitada,
a terra não tem vida, não tem nada.

O Mar da Galiléia não retém:


as águas que recebe vão além.
Fica a torrente no outro mar retida.
Por isso no Mar Morto não há vida.

Para mais estudos visite o site


www.semeandovida.org
Página |4

Muitas pessoas há como o Mar Morto:


Só querem receber; não querem dar.
Muita gente só busca o seu conforto;
sobre as águas não quer o pão lançar.

Outras são como o Mar Genesaré:


o que recebem passam adiante;
distribuem seu pão co'amor e fé,
e sempre têm pra si o que é bastante.

AUTOR: REV. THIAGO ROCHA

Para mais estudos visite o site


www.semeandovida.org