Vous êtes sur la page 1sur 20

The Leipzig Glossing Rules

Jessé Mourão

UFC, 2017
The Leipzig Glossing Rules


Instituto Max Planck de Antropologia Evolutiva

Departamento de Linguística da Universidade de Leipzig

2
The Leipzig Glossing Rules

O documento com as regras de glosas interlineares


de Leipzig compreende dez regras para a “sintaxe” e
“semântica” para a apresentaçao de glosas
interlineares e um apêndice com um “léxico” de
etiquetas abreviadas para as categorias.

3
The Leipzig Glossing Rules

Regra 1 – Alinhamento palavra-por-palavra

We are studying Semantics.


nós estamos estudando Semântica

‘Nós estamos estudando Semântica.’

Are you studying Semantics?


estão vocês estudando Semântica

‘Vocês estão estudando Semântica?’

4
The Leipzig Glossing Rules

Regra 2 – Alinhamento morfema-por-morfema

The soldier-s return-ed from the bigg-est war of Hystory.

os soldado-PL retornar-PST de a grande-SUP guerra de História


‘Os soldados retornaram da maior guerra da História.’

5
The Leipzig Glossing Rules

Regra 2 – Alinhamento morfema-por-morfema

Limites de clíticos são marcados por um sinal de igualdade,


tanto na língua-objeto quanto na glosa.

I=’ve known Mary=’s Husband.


eu=tenho conhecido Maria=POSS esposo

‘Eu conheci o esposo da Maria.’

6
The Leipzig Glossing Rules

Regra 3 – Etiquetas de categorias gramaticais



Morfemas gramaticais são normalmente representados com etiquetas
abreviadas (SMALL CAPS).

Categorias muito frequentes podem ter etiquetas abreviadas reduzidas,
enquato categorias raras não precisam ser abreviadas.
(PRF → PF; COMP → CPL)

Em muitos casos, tanto uma etiqueta quanto uma palavra da
metalinguagem podem ser aceitas.

I can help yout tomorrow.


1SG AUX ajudar você amanhã
‘Eu posso te ajudar amanhã.’

I can help yout tomorrow.


eu posso ajudar você amanhã
‘Eu posso te ajudar amanhã.’
7
The Leipzig Glossing Rules

Regra 4 – Correspondência um-para-muitos

Quando um único elemento da língua-objeto corresponde a


vários elementos da metalinguagem (palavras ou abreviaturas),
tais elementos são separados por ponto. (p. 4)

Latin
insul-arum
ilha-GEN.PL
'das ilhas'

Francês
aux chevaux
a.ART.PL cavalo.PL
‘aos cavalos’

8
The Leipzig Glossing Rules

Regra 4A – (Opcional)

Se um elemento da língua-objeto não é segmentável formal


nem semanticamente e apenas a metalinguagem não tem uma
palavra única equivalente, o underscore pode ser usado no
lugar do ponto.

Turkish
çik-mak
come_out-INF
‘to come out’

9
The Leipzig Glossing Rules

Regra 4B – (Opcional)
Se um elemento da língua-objeto não for formalmente
segmentável, mas tiver propriedades gramaticais ou
significados claramente distintos, o ponto e virgula pode ser
usado.
Latin
insul-arum
Ilha-GEN;PL
'das ilhas'

Francês
aux chevaux
a;ART;PL cavalo;PL
‘aos cavalos’

10
The Leipzig Glossing Rules

Regra 4C – (Opcional)

Se um elemento da língua-objeto for formalmente


segmentável, mas não for relevante mostrar essa
segmentação, os dois-pontos podem ser usados.

She seemed to be crying.


Ela parecer:PST INF estar chorar:PRG
‘Ela parecia estar estar chorando.’

11
The Leipzig Glossing Rules

Regra 4D – (Opcional)
Se uma propriedade gramatical na língua-objeto é sinalizada
por uma mudança morfofonológica (ablaut, mutação,
alternância tonal, etc), a barra invertida é usada para separar a
etiqueta da categoria e o resto da glosa.

Alemão
unser-n Väter-n
nosso-DAT.PL pai\PL-DAT.PL
‘aos nossos pais’

feet
pé\PL
‘pés’ 12
The Leipzig Glossing Rules

Regra 4E – (Opcional)
Se uma língua tem afixos de pessoa e número que
expressam simultaneamente os argumentos agentes e
pacientes de um verbo transitivo, o símbolo “>” pode ser
usado na glosa para indicar que o primeiro é o agente e o
segundo é o paciente. (p. 5)

Jaminjung (Schultze-Berndt 200:92)


Nanggayan guny-bi-yarluga?
who 2DU>3SG-FUT-poke

‘Who do you two want to speak?’

13
The Leipzig Glossing Rules

Regra 5 – Etiquetas de pessoa e número

Quando pessoa e número coocorrem nessa ordem, as


etiquetas não são separadas por ponto.

Italiano
and-iamo
ir-PRS.1PL (não: ir-PRS.1.PL)
'nós vamos'

14
The Leipzig Glossing Rules

Regra 5A – (Opcional)

Marcas de gênero e número combinadas com pessoa,


podem ser representadas por abreviações reduzidas,
minúsculas e sem ponto.

Her name is Dora.


3SG.POSS nome ser.3SG.PRS Dora
3sPOSS nome ser.3sPRS Dora

‘O nome dela é Dora.’

15
The Leipzig Glossing Rules

Regra 6 – Elementos sem expressão


Se a glosa do tipo morfema-por-morfema contem um
elemento sem expressão correspondente no exemplo, ele
pode ser apresentado entre colchetes, ou pode ser
acrescentado o símbolo “ø” no local do elemento não
expresso na língua-objeto.

Latin
puer
boy[NOM.SG]
‘boy’

puer-Ø
boy-NOM.SG
‘boy’
16
The Leipzig Glossing Rules

Regra 7 – Categorias inerentes

Categorias inerentes sem expressão, como gênero, podem ser


indicadas na glosa, mas devem ser apresentadas entre
parênteses.

Espanhol
el lunes
o segunda-feira(M)
‘a segunda-feira’

17
The Leipzig Glossing Rules

Regra 8 – Elementos bipartidos

Elementos lexicais ou gramaticais que consitem de duas


partes que são tratadas como entidades morfológicas
distintas podem ser tratadas de duas formas:

Alemão
ge-seh-en
PTCP-ver-PTCP
'visto'

ge-seh-en
PTCP-ver-CIRC
'visto'
18
The Leipzig Glossing Rules

Regra 9 – Infixos

Infixos são apresentados entre parênteses angulares, tanto


na língua-objeto quanto na glosa.

Latin
reli<n>qu-ere (stem: reliqu-)
deixar<PRS>-INF
‘deixar’

19
The Leipzig Glossing Rules

Regra 10 – Reduplicação

Reduplicação é tratada como afixação, mas o item


copiado é separado da base por um til e não por hífen.

Indonésio (ARAÚJO, 2002)


kamina~kamina
menina~P
‘meninas’

ARAÚJO, Gabriel. Truncamento e reduplicação no português brasileiro. Revista de


Estudos da Linguagem, Belo Horizonte, v. 10, n.1, p. 61-90, jan.-jun. 2002.
20