Vous êtes sur la page 1sur 28

Chaves de Transferência e

Soluções de controle para


Aplicações de distribuição
de energia crítica

ASCO BR Rev.1 1
Mar/06
Série 7000

Cargas críticas exigem ASCO


! Instalações hospitalares Como cada vez nos Quando a flexibilidade no
tornamos mais chaveamento de energia
! Edifícios comerciais e instalações industriais dependentes da qualidade elétrica é mandatória, a
e da confiabilidade da ASCO oferece uma
! Servidores Web, “data center” para internet
energia elétrica, variedade de soluções para
! Centrais de telecomunicações interrupções ou falhas de praticamente cada
energia podem ocasionar aplicação, incluindo
! Continuidade de processos de fabricação sérias e até devastadoras aplicações de geração de
perdas financeiras ou energia distribuída. Por isso
! Distribuição de energia / gerenciamento de acarretar riscos de vida e a série 7000 é disponível
cargas segurança. para as configurações de
transferência em transição
A ASCO Power aberta, transição fechada,
Technologies fornece as com retardo, em rampa
soluções para executar-se “soft load”. Adicionalmente,
de forma confiável e com com as opções de neutro
um produto de última chaveado ou com
geração a transferência de sobreposição de neutros
cargas críticas para fontes fornece uma operação
de emergência alternativas. confiável para sistemas de
Utilizar chaves de proteção de falta a terra e
transferência ASCO pode redução de transientes de
significar a diferença entre tensão ocasionados pelo
a continuidade da energia chaveamento de cargas
crítica da instalação e uma desbalanceadas.
enorme catástrofe. Você
encontrará uma chave de As chaves de transferência
transferência ASCO onde da ASCO são as primeiras
houver uma carga crítica no mundo a serem
que não possa faltar certificadas pelos padrões
energia. da CE, IEC 60947-6-1
sendo certificada entidades
de reconhecimento
internacional da União
Européia.

ASCO BR Rev.1 2
Mar/06
Líder reconhecido em tecnologia de Chave de Transferência
Oferece a mais avançada Chave de Transferência do Mundo

Série 7000
As chaves de transferência ASCO são o padrão da
industria. Alta velocidade de transferência de cargas
entre fontes de energia alternadas, independente do
tamanho de corrente, por um mecanismo confiável de
operação por solenóide. Quando combinado com um
controlador programável microprocessado com teclado
e display de LCD, oferece o mais avançado método de
transferência de todos os tipos de cargas, assim como
motores, drives eletrônicos, UPS´s e sistemas
baseados em microprocessadores. As Chaves de
Transferência série 7000 estão disponíveis montadas
em cubículos metálicos ou sem proteção, para
montagem em paineis ou quadros de terceiros nas
correntes de 30 até 4000 A com a mais ampla
possibilidade de seleção de acessórios opcionais
disponíveis. Todas as configurações de chaveamento
estão disponíveis para uma montagem integrada da
chave de bypass-isolação e/ou para utilização em
aplicações de serviço de entrada de energia.

FIG.1 – Chave de Transferência Automática série 7000


tripolar de 1600 A (mostrada com terminais conectados
opcionalmente pela parte frontal e Gerenciador de Energia)
Chave de Transferência série 7000
Características do produto

! Configuração de transferência convencional de duas ! Substituição pela parte frontal dos contatos principais
posições, mais modo de operação em transição (600 – 4000 Amp.)
fechada e com retardo. Todas as configurações ! Controlador programável microprocessado com teclado
disponíveis com ou sem controle automático. e display de LCD.
! Certificação UL 1008 – Atende aos padrões da CSA ! Bloco de terminais localizado na parte central para
22.2 No. 178-1978 - Chave de Transferência conexões de controle do usuário (260 – 4000 Amp.)
Automática. ! Chaves de controle e lâmpadas de sinalização padrão
! Certificação IEC 60947-6-1 industrial 16 mm
! Disponível até 600 VAC, de 30 a 4000 A, ou em ! LED indicador de posição da chave e sinalização de
média tensão até 15 kV, de 630 a 3000 A (consultar) aceitabilidade da fonte.
! Mecanismo de operação por solenóide. ! Conexão padrão de condutores de aterramento.
! Altas correntes suportáveis incluindo correntes ! Quatro contatos auxiliares, sendo dois contatos NF,
suportáveis de curta duração para uma ótima quando a chave está na rede e dois contatos NF quando
flexibilidade na coordenação com disjuntores (600 a a chave estiver na posição de emergência.
4000 A) ! Capacidade de comunicação local/remota para interface
o
! Opções de neutro (4 pólo): sólido, chaveado ou com com redes de comunicação e produtos de
®
chaveado com sobreposição. comunicação ASCO PoweQuest ou SiteWeb™ .

ASCO BR Rev.1 3
Mar/06
Soluções em chaveamento de energia da série 7000

CTA de transição fechada


A característica da Chave de Transferência Automática (CTA)
ASCO em transição fechada é a sobreposição dos contatos
principais, permitindo a transferência de cargas elétricas sem a
interrupção da alimentação de energia para a carga. A Chave
transfere em modo fechar antes de abrir, (“make before break”)
caso as duas fontes estejam com parâmetros aceitáveis. O
controle lógico monitora continuamente as condições das fontes
e automaticamente determina se a transferência deve ser
aberta (convencional sem sobreposição) ou transferência
fechada. Disponível de 150 a 4000 A.

A transferência em transição fechada com 5 graus elétricos é


alcançada sem o controle do grupo motor-gerador. Portanto, não
há necessidade de cabos de controle adicionais entre a CTA e o
controlador do grupo motor gerador. Adicionalmente, nenhum
relé de proteção adcional é necessário sob condições normais
de operação uma vez que o tempo de sobreposição dos
contatos é inferior a 100 milisegundos (consulte a
concessionária de energia local sobre os relés de proteção
necessários em função da instalação).

Indicação de falha de sincronismo e proteção contra extensão


do tempo de paralelismo entre as duas fontes superior a 100 ms
FIG.2 – CTA de transição fechada com quatro pólos embutido em todos os controles de transição fechada da Série
de 1000 A em cubículo grau de proteção NEMA 1 7000 para prevenir operações anormais.

CTA com retardo de transição


A CTA ASCO com tempo de retardo são projetadas
para possibilitar a transferência da carga entre fontes
de energia com temporização ajustável. Aplicações
incluem drives antigos de freqüência variável, bancos
retificadores e aplicações de gerenciamento de
carga.

! Disponível de 150 a 4000 A.


! Utiliza um confiável mecanismo de operação a
solenóide.
! Intertravamento mecânico para prevenir-se
contra conexão direta de ambas as fontes.
! Luz indicativa padrão16 mm para indicação da
posição da carga
! Tempo de atraso ajustável para desconexão da
carga

FIG.3 – CTA de 2000 A com retardo de


transição com quatro pólos.

ASCO BR Rev.1 4
Mar/06
Soluções de chaveamento de energia da Série 7000

Chave de transferência não automática

As chaves de transferência não automáticas da


ASCO são operadas eletricamente através de
chaves de controle manual montadas no local ou
remotamente.

! Correntes nominais de 30 a 4000 A.


! Controlador baseado em microprocessadores
disponível para adição de acessórios opcionais.
! Módulo controlador previne operações sob
condições de subtensão.
! Baixas correntes de operação do circuito de
controle permite percorrer longas distancias entre
controle manual montado remotamente e a chave
de transferência.
! Sinalização de aceitabilidade de fonte informa ao
operador se a fonte está disponível para aceitar
cargas.
! Monitor de fase padrão pode ser ativado para
transferência de motores de indução.
FIG.4 – Chave de tranferência não
automática operada eletricamente, 400 A,
três pólos, grau de proteção NEMA 1

Correntes suportáveis e de chaveamento para todos os produtos da Série 7000(1)(2)


Corrente nominal (A) Correntes suportáveis em 480 VAC Corrente
Chave de Chave de Limitador Máx. fusível Disjuntor “Qualquer” suportável
Duração
transferência Bypass de Amperes Tipo Específico Disjuntor
(3) de curta
ciclos
corrente duração (4)
30 - 100,000 60 J 10,000 10,000 N/A -
70,100,150,200 - 200,000 200 J 22,000 10,000 N/A -
230 - 100,000 300 J 22,000 10,000 N/A -
260, 400 150,260,400 200,000 600 J 42,000 35,000 N/A -
600, 800, 600, 800,
200,000 1600 L 65,000 50,000 36,0005 18
1000, 1200 1000, 1200
1600, 20006 1600, 2000 200,000 3000 L 100,000 100,000 65,000 30
3000 3000 200,000 4000 L 100,000 100,000 65,000 30
4000 4000 200,000 6000 L 100,000 100,000 65,000 30

Notas: 1) Valores de corrente RMS simétrico, ensaiado de acordo com os requisitos UL 1008 para correntes suportáveis
e de fechamento. Para maiores informações sobre correntes suportáveis das chaves de transferência ASCO
veja publicação 1128.
2) Requisitos da aplicação podem permitir correntes suportáveis maiores para certos tamanhos de chaves.
Contate a ASCO para orientações caso as correntes de curto circuito excedam os valores WCR apresentados.
3) Dados nominais de “qualquer” disjuntor são baseados em 1.5 ciclos para 30 a 230 A e 3 ciclos para 260 a
4000 A. Aplicável para disjuntores com elementos de trip instantâneos.
4) Correntes de curta duração são fornecidas para aplicações envolvendo disjuntores que não tenham trip
instantâneo para coordenação de sistemas.
5) Corrente de curta duração aplicável somente ao projeto da chave de transferência
6) Serviço opcional conectado na parte frontal limitado em 85.000 A para um disjuntor específico ou de qualquer
capacidade

ASCO BR Rev.1 5
Mar/06
Soluções de chaveamento de energia da Série 7000

CTA com “bypass” e isolação

As CTA’s ASCO com “bypass” e isolação são disponíveis


em transição aberta, transição fechada e com retardo de
transição. As características do “bypass” e isolação
permitem a inspeção, teste e manutenção da chave de
transferência sem nenhuma interrupção da alimentação
de energia para a carga.
! Disponível de 150 a 4000 A.
! Libera o “bypass” e isolação sem nenhuma
interrupção de energia na carga.
! Chave de “bypass” e chave de transferência com
caracterísiticas elétricas nominais idênticas.
! Intertravamento mecânico de alta robustez previne
contra operações indesejadas.
! Circulação de corrente pelos contatos de “bypass”
somente quando o mesmo estiver ativado.
! A chave de transferência é projetada em gaveta
extraível para fácil manutenção.
! Manivela de acionamento do “bypass” e manivela de
extração do carro da chave são permanentemente
montadas no corpo da chave.
! A chave de “bypass” é completamente adequada para
uso como chave de transferência manual de 3
FIG.5 – Chave de transferência Série 7000 de 1000 A, posições.
três pólos, com bypass e isolação ! As funções de “bypass” e isolação são simples,
requerendo duas manivelas de operação.
! Nenhum interruptor basculante, botão de comando,
chaves seletoras ou alavancas são necessários para a
operação do “bypass” e isolação.
! Indicadores mecânicos mostram as posições da chave
de “bypass” e da chave de transferência.

Características da chave de transferência extraível (600 a 3000 A)

! Desconexão secundária automática


Desconexão
Secundária remove todo o controle de energia
automática com a chave inserida.
! A gaveta extraível proporciona
facilidade de manutenção da chave Garras com
de transferência e/ou remoção via auto
carros comerciais disponíveis de alinhamento
Obturador
extração de disjuntores. dos contatos
automático
(opcional) ! Para anel de içamento opcional,
especificar acessório 82B.
! Para venezianas automáticas
FIG.6 – Desconexão secundária e opcionais que se fecham quando a
obturador automático opcional da chave é inserida para permitir o
chave de transferência com bypass e isolamento do barramento, FIG.7 – Garras com auto
isolação especificar o acessório 82C. alinhamento dos contatos da
(somente chaves de 1600 - 3000 A) chave de transferência com
bypass e isolação

ASCO BR Rev.1 6
Mar/06
Soluções de chaveamento de energia da Série 7000

Manivelas de bypass e isolação – Simples como 1, 2, 3

Posição da
LEDS indicadores Fonte
Bypass para a fonte principal
chave de disponível
bypass Pressione a
manivela de
bypass e gire-a no
sentido horário

Manivela de
Posição da chave Posição da bypass
de transferência manivela de
Manivela de
isolação
isolação

LED Piscante,
posição em
não
automático

FIG.8 – Painel de status


da chave de bypass Posição de teste

Manivela de isolação

Indicadores Gire a manivela no


de posição sentido horário até
da chave aparecer a
mecânica indicação “teste”
de bypass na janela

Posição de isolamento

Manivela de Manivela de isolação


isolação
Gire a manivela no
sentido horário até
aparecer a
indicação “Isolado”
Provisão para na janela
de travamento

LEGENDA:
Representa o fluxo de corrente
Janela de posição da manivela mecânica
de isolação (conectado / teste / isolado)
O painel de controle permanece energizado
na posição de teste para permitir a operação
FIG.9 – Interface com o usuário da elétrica da chave de transferência
chave de bypass-isolação

ASCO BR Rev.1 7
Mar/06
Cubículo de entrada de energia com chave de transferência Série 7000

O cubículo ASCO de entrada de energia com chave de


transferência combina chaveamento automatico de potência com
um dispositivo para desconexão e proteção de sobrecorrente de neutro
no lado da fonte da concessionária.
A chave de transferencia de potência atende a todos os requisitos da
NEC (National Electric Code) para instalação da entrada de
alimentação de concessionárias de energia.
O cubículo de entrada de energia com chave de transferência
geralmente são aplicados em instalações que possuem um único
alimentador e uma única fonte de emergência.
Um disjuntor é utilizado como dispositivo de chaveamento e proteção
do alimentador da concessionária e dispositivos para a desconexão de
ambas as conexões de neutro e de aterramento são previstos.
Este produto possue certificação conforme UL 1008 e UL 891 e pode
ser fornecido para tensões de até 600 V, 50 / 60 Hz e correntes de até
4000 A como padrão, nas configurações de transferência com retardo,
transição fechada, transição suave (“soft load”) e com bypass e
isolação para manutenção.

Características básicas

! Disponível de 150 a 4000 A.


! Chave de transferência ASCO Série 7000 conforme norma UL
1008
! Grau de proteção padrão NEMA 1
! Dispositivo de proteção de sobrecorrente e de desconexão no
circuito da fonte principal; disjuntor em caixa moldada de 150 a
2000 A; caixa isolada de 3000 a 4000 A.
! Elemento de desconexão no neutro
! Elemento de desconexão de terra
! Barramentos de neutro e de terra em cobre banhados em prata
! Terminais isentos de solda tipo parafuso para conexões de
potência
! Excede aos requisitos da UL 891, atende a todos os requisitos
NEC para cubículos de serviço de entrada de energia.
! Comando e controle opcional via internet com ASCO SiteWeb™.

FIG.10 – Elementos de desconexão do neutro e


terra

Diagrama unifilar típico de um cubículo de entrada de energia com


chave de transferência. Disponível com neutro sólido, chaveado ou
neutro chaveado com sobreposição.
*Proteção contra falta a terra incorporada acima de 1000 A.

ASCO BR Rev.1 8
Mar/06
Cubículo de entrada de energia com chave de transferência Série 7000

Características opcionais
! Grau de Proteção – cubículo com porta dupla de ! Supressores de surto
segurança ! ASCO 451, 80 KA protetor de surto (veja pág. 14)
! NEMA 3R – com resistência anticondensação e ! Comunicações
termostato ! ASCO 72 A Módulo de interface de comunicação
! NEMA 4X ! ASCO PowerQuest®
! NEMA 12 ! Servidor Web ASCO Série 5500para conexão
! Conexões internet
! Conector para terminal aplicado ! Disjuntores Adicionais
! Elevação de barras para conexão com a fonte ! Disjuntores de emergência
principal, fonte de emergência ou com a carga ! Painel de distribuição de carga
! Relés de proteção e medição
! Gerenciador de energia série 5200 ASCO

Consultar a ASCO para acessórios adicionais

Informações para solicitar um cubículo de entrada de energia com CTA Série 7000
Para solicitar complete o no de catálogo
7 A US + B + 3 + 400 + N + 5X + C .
Código Código
Código do Fases Grau de
Produto Amperes de do
Neutro* Pólos Proteção
tensão grupo
US – Convencional 70
A– Automatica de duas posições -- Sem Neutro 100 C 208 C NEMA 1
2 150 D 220 5
UB – Transição
A Neutro Sólido 200 E 230 5X – M NEMA 3R
N– Não – fechada com bypass
Automatica 225 F 240 Acessórios (Porta dupla)
CUS – Transição B Neutro 3 250 H 380 opcionais
fechada Chaveado 400 J 400
600 K 415 N NEMA 4
CUB – Transição C Neutro com 800 L 440 (Porta dupla)
fechada com bypass sobreposição 1000 M 460
1200 N 480
DUS – Transição
1600 P 550 P NEMA 4X
em rampa
2000 Q 575 (Porta dupla)
DUB – Transição em 3000 R 600
rampa com bypass 4000
*Nota: Chaves de 150, 600 a 3000 A disponíveis com 2, 3 ou neutro chaveado convencional (4 pólos) ou com sobreposição (opcional). Para
aplicações de 4 pólos em chaves de 260 a 400 A e 4000 A especificar neutro com sobreposição (opcional). Neutro chaveado convencional é
fornecido em chaves com retardo na transferência quando especificado.

O exemplo de número de catálogo acima é 7AUSB3400N5XC ( X é utilizado para acessórios opcionais) .


Dimensões e pesos para configurações sem bypass, grau de proteção NEMA 1
Consulte a ASCO para outras configurações de produto
Corrente nominal Largura Altura Profundidade Peso
(A) (mm) (mm) (mm) (Kg)
70 - 225 927 1232 337 188
250, 400 927 1232 337 188
600, 800 965 2311 711 378
1000 – 1200 965 2311 1219 510
1600, 2000 965 2311 1219 1198
3000 965 2311 1829 2148
4000 1168 2311 1829 2609

ASCO BR Rev.1 9
Mar/06
Controlador microprocessado da Série 7000

O controlador microprocessado da Série 7000 é utilizado para todos os


tamanhos de CTA’s de 30 a 4000 A. Representa o mais avançado controle
digital da industria e inclui, como padrão, todas as funções de freqüência,
tensão, controle de partida e parada para aplicações com grupo motor-
gerador, temporizações e diagnósticos necessários para a maioria das
aplicações de energia de emergência.

Por causa da ocorrência de frequentes transientes de tensão encontrados


em sistemas de distribuição industrial, a placa do microprocessador lógico
é separada e isolada da placa de potência conforme mostrado abaixo. Isso
melhora a performance de imunidade a ruídos elétricos e ajuda a
assegurar a conformidade com as rigorosas normas referentes a
supressão de transientes destacadas abaixo.
FIG.11 – Controlador microprocessado
da Série 7000

FIG.12 – Placas de potência e de lógica de controle do microprocesasdor

Controlador microprocessado da Série 7000


Padrão de emissão – Grupo 1, classe A EN 55011: 1991
Padrão genérico de imunidade, sendo: EN 50082-2: 1995
Imunidade a descargas eletrostáticas (ESD) EN 61000-4-2: 1995
Imunidade a campo eletromagnético irradiado ENV 50140: 1993
Imunidade a transientes elétricos rápidos (EFT) EN 61000-4-4: 1995
Imunidade a transientes de surtos EN 61000-4-5: 1995
Imunidade a campos de radiofreqüência conduzidos EN 61000-4-6: 1996
Imunidade a quedas, interrupções e variações de tensão EN 61000-4-11: 1994

ASCO BR Rev.1 10
Mar/06
Controlador microprocessado da Série 7000

Características

! Microprocessador digital ! Senha de proteção para prevenir-se contra


! Teclado de programação configuração das mudanças de configurações não autorizadas
características de operação sem necessidade de ! Placa de comunicação serial (RS-485) para
medidores ou de fontes variáveis. monitoramento remoto e controle através dos
! 16 tensões de operações selecionáveis em um único produtos de comunicação ASCO PowerQuest® e
controlador SiteWeb™. Especificar acessório opcional 72 A.
! Diagnóstico ON-BOARD fornece ao painel de controle ! Opção de seleção de carga para aplicações de
informações de status da CTA para analisar a otimização de barramentos SYNCHROPOWER®.
performance do sistema. Especificar acessório opcional 30B.
! Apresenta e cronometra as funções de temporização
atívas
! Visor com idioma selecionável (Inglês, Alemão,
Português, Espanhol ou Francês. Para outros idiomas
contatar a ASCO)

Sensores de Tensão e Freqüência Tempo de retardo


! Ajustes de subtensões e sobretensões trifásicas ! Tempo de retardo da partida do motor – retarda o
permissíveis na fonte pincipal e na fonte de sinal de partida do motor para falhas momentâneas
emergência. da fonte principal – ajustavel de 0 a 6 seg.
! Ajuste de de subfreqüência e sobrefreqüência na fonte ! Retardo de transferência para a a fonte de
principal e na fonte de emergência emergência – ajustável de 0 a 60 min.
! Sensor de tensão real RMS com precisão de +/- 1%; ! Tempo de retardo de estabilização da fonte de
Precisão do sensor de freqüência de +/- 0.2%. emergência para ignorar transientes momentâneos
! Configuração selecionável: sensores de tensão durante o ajuste inicial de carga do grupo gerador –
monofásica ou trifásica na fonte principal e de ajustável de 0 a 6 seg
emergência; 50 ou 60 Hz. ! Tempo de retardo de retransferência para a fonte
! Detectores de sequência de fase para cargas principal com dois ajustes possíveis:
sensíveis a defasagem de fase. ! Modo de falha de energia – 0 a 60 minutos
! Detectores de desbalanço de tensão entre fases. ! Modo teste – 0 a 60 minutos
! Tempo de funcionamento do grupo gerador em
Características de Controle e Status vazio para resfriamento do motor - ajustável de 0 a
! Contatos auxiliares (N/A ou N/F) para sinal de partida 60 minutos
do motor do grupo gerador. ! Retardo do sinal de pré e pós transferência para
! Confirmação ou não da transferência para fonte de desconexão de carga seletiva com “bypass”
emergência após partida do motor e antes do retorno programável para o caso de falha da fonte -
à fonte principal. ajustável de 0 a 5 minutos. Este sinal pode ser
! Avançado algoritmo de faseamento que utilizado para controlar um relé de fornecimento do
automaticamente mede a diferença de frequência cliente ou para dois conjuntos de contatos de
entre as duas fontes e inicia a transferência dentro de dados nominais 3 A, 480 Vca, especificar acessório
um ângulo de fase apropriado, especialmente quando opcional ASCO 31Z.
transferindo motores de indução. ! Exercitador do motor do grupo gerador totalmente
! Registro de até 99 eventos com hora, data da programável com sete rotinas independentes para
ocorrência, descrição e tipo do evento. exercitar o motor do grupo gerador, com ou sem
! Sinalização para indicação remota de aceitabilidade carga, diariamente, semanalmente,
da fonte principal e da fonte de emergência. quinzenalmente ou mensalmente.
! Sistema de monitoramento estatístico da CTA que ! Contem todos os sinais de alarme, lógicos e
fornece na tela: retardos de tempo para uso em chaves de
! Número total de transferência da CTA. transferência em transição fechada.
! Número total de transferência da CTA ocorridos ! Retardo de sincronismo - 0 a 3 seg.
por falha da fonte. ! Falha de sincronismo - 1 a 5 min.
! Número total de dias da CTA em operação. ! Extensão de paralelismo - 0,1 a 1,0 seg.
! Número total de horas disponíveis da fonte ! Tempo de retardo de desconexão da carga -
principal e da fonte de emergência. ajustável de 0 a 5 minutos.

ASCO BR Rev.1 11
Mar/06
Controladores e indicadores do usuário Série 7000

Chaves de controle e sinalizações para chaves convencionais de 2-posições

! LED’s indicadores da posição da chave, padrão 16 mm.


! LED’s indicadores da aceitabilidade real de cada fonte
determinada pelos ajustes de tensão, freqüência, desbalanço de
tensão e configurações de seqüência de fase no painel de
controle.
! Chave seletora 3 posições, padrão industrial 16 mm.
! Automática: mantém chave de transferência na fonte principal
! Teste: posição momentânea para simular uma falha da fonte
principal para efeito de teste do sistema.
! Bypass reset de retardo: posição momentânea para o tempo de
retardo de transferência e re-transferência do bypass FIG.13 – Controladores e indicadores do
usuário da Série 7000

Chaves de controle e sinalização para chaves de transição fechada


! Tempo de paralelismo estendido – Fornece indicação
visual quando o tempo de paralelismo pré ajustado for
excedido. Automaticamente se abrem os contatos da fonte
principal ou da fonte de emergência. Contato auxiliar em
separado também é disponível para utilizar-se em paralelo
com contatos de “trip” do disjuntor externo.
! Falha de sincronismo – demonstra visualmente o alarme
de falha de sincronismo caso os ajustes de tempo de
retardo forem excedidos durante a operação de
transferência em transição fechada.
! Travamento da CTA – Inibe a transferência em ambas as
direções caso o tempo de paralelismo estendido for
excedido.
FIG.14 – Controladores e indicadores do
usuário da Série 7000 ! Alarme de reset – Reinicializa os alarmes de falha de
tempo de paralelismo e falha de sincronismo.
! Bypass de transição fechada – Um botão de comando
permite transferência entre fontes em transição aberta.

Centro de controle microprocessado de transferência da Série 7000

O controlador microprocessado da Série 7000 é um centro de


controle de transferência que permite ao usuário acessar
facilmente as informações detalhadas de status do sistema,
parâmetros da fonte de energia, tensão, freqüência e ajustes de
tempo de retardo; configurações de características opcionais;
registro histórico de eventos; e diagnósticos do sistema. Uma tela
LCD de quatro linhas, 20 caracteres com luz de fundo que
permite fácil visualização sob quaisquer condições. O usuário
pode navegar por todas as telas utilizando apenas seis botôes,
que também permitem a seleção de: (18) configurações de
diferentes parâmetros de fonte; (16) tempos de retardo padrões;
(12) configurações das características padrões; até sete rotinas
independentes de exercício do motor do grupo gerador; e vários
idiomas (Português, Inglês, Alemão, Espanhol, Francês, etc.) que
aparecem no display.

Uma vez que o centro de controle de transferência deve estar


visível e operável através da porta do gabinete ou cubículo, a
FIG.15 - Centro de controle microprocessado chave foi qualificada para aplicações industriais e ao tempo. Isto
de transferência da Série 7000 inclui instalações em painéis com grau de proteção NEMA 3R (ao
tempo / a prova de chuva), NEMA 4 (a prova d’água) e NEMA 12
(interno / industrial).
ASCO BR Rev.1 12
Mar/06
Telas do centro de controle de transferência da Série 7000

Status
Status do sistema Status das fontes

Display de status do sistema em linguagem clara e concisa. Apresenta o valor da tensão entre fases, freqüência, sentido de
Mensagem indica que a fonte principal está aceitável e que a rotação de fase e desbalanço de tensão para ambas as fontes,
carga está conectada na fonte principal . principal e de emergência.

Status do tempo de retardo Modo de transferência em fase

Tempo de retardo ativo indica tempo restante até o próximo Mostra o ângulo de fase relativo entre fontes e diferencial de
evento de controle freqüência para indicar que o controlador está aguardando uma
condição de sincronismo.
Ajustes
Ajustes de Tensão e Freqüência Ajustes do Tempo de Retardo

Ajustes dos valores de tensão e freqüência para fonte principal Oferece leitura direta para configuração do tempo de retardo
e de emergência. Ajustes da tensão de “pick-up” (captação),
“dropout” (falha) e ajustes de “trip” são configuradas em
porcentagem da tensão nominal e são apresentadas em
valores RMS.

Exercitador do motor do grupo gerador Configurações de características

Sete programas independentes, seleção com carga / sem Podem ser ativadas pelo teclado. Como exemplo, quando a opção
carga, tempos flexíveis de funcionamento e rotinas de “shed load” estiver ativada faz a chave de transferência transferir a
exercícios diária, semanal, quinzenal ou mensal. carga desconectada da fonte especificada. Se desejado, a
transferência seletiva de carga pode ser feita com sincronismo de
fase

Registro de informações
Estatísticas da CTA Registro histórico de eventos

Informações estatísticas instantâneas, número de Últimos 99 eventos, horário da ocorrência, duração, data e motivo
transferências, número de transferências por falhas de energia
e número total de dias que o controlador esteve energizado e
muito mais.
ASCO BR Rev.1 13
Mar/06
Acessórios opcionais da Série 7000

Tempo de retardo Opções do condutor de neutro


2C O padrão de ajuste do tempo de retardo é de 0 a 6 ! Neutro sólido, com terminais em liga de AL-CU atendendo
segundos em relação a partida do motor do grupo aos padrões UL.
gerador. Se necessário, pode ser disponibilizado um ! Pólo de chaveamento de neutro convencional
tempo de retardo estendido, ajustável de 0 a 60 ! Contatos de transferência de neutro com sobreposição.
minutos em passos de um segundo. A fábrica Permite detectar faltas a terra e evita transientes de
configura em 5 minutos.
tensão do gerador durante a transferência.
1G Similar ao acessório 2C utilizando sinal de entrada
externo em 24 Vcc. Nota: Especificar opção do neutro no nº de catálogo, veja instruções na página 21.

Controles manuais da CTA Extensão para cabo de controle


6C Chave “reset”para retransferência manual para a fonte 37B Extensão de 1,8 m para o cabo de controle para
principal com retransferência automática no evento de permitir aumento da distancia entre chave de
uma falha da fonte de emergência. transferência e painel de controle para unidades sem
6D Chave seletora para retransferência automática / proteção (IP-00).
manual para a fonte principal. “Bypass” é automático
para o caso de falha da fonte de emergência. Medidores analógicos opcionais para a carga
23B Amperímetro trifásico com chave seletora (com
Controle e acessórios do grupo motor gerador transformadores de corrente e bornes para curto-
12 Chave seletora três posições para o motor: circuito)
Posições:1 – Parar, 2 – Automática, 3 – Teste do motor 24B Voltímetro trifásico com chave seletora
Nota: Chaves com acessório 12 devem ser denominadas como chaves de Nota: Verifique o monitor de dados ASCO Série 7000 na página 15 que fornece
transferência não automáticas de acordo com a norma UL 1008. monitoramento de tensão , freqüência e potência.
Controles de motor que contenham posição de “parada do motor” devem ser
localizados no grupo motor gerador. (Consulte a ASCO para assistência de Comunicações seriais
aplicações.)
72 A Módulo de comunicação serial para comunicação
Indicadores remota com produtos ASCO PoweQuest®.
14A/14BJogo de contatos auxiliares adicional para indicar a
posição da chave. Dois jogos é padrão. Especificar o Proteção contra surto
número total de conjuntos caso mais sejam necessários. ASCO Pulsar 450, característica nominal 40KA
18B Contatos de dois pólos duplo comando operam quando a 73AC1 Proteção da fonte principal. (3Φ, 4 cabos, Y)
tensão da fonte de emergência está presente nos 73AC2 Proteção da fonte de emergência. (3Φ, 4 cabos, Y)
terminais da chave 73AC3 Proteção do lado da carga (3Φ, 4 cabos, Y)
18G Contatos de dois pólos duplo comando operam quando a
Nota: Disponível para outras tensões de distribuição (contate a ASCO)
tensão da fonte principal está presente nos terminais da
chave
99 Botão de teste para todas as lâmpadas indicadoras Aplicações especiais
111 A Aplicações de Standby Gerador-para-Gerador.
Circuitos de controle do usuário 111 B Aplicações Prime Power de Gerador-para-Gerador.
30 A Seletividade de carga “Load-Shedding” iniciado pela
abertura de um contato fornecido pelo usuário. Opções da chave de bypass e isolação
30 B Seletividade de carga “Load-Shedding” iniciado pela 14 A1 Contato auxiliar para fechar na posição de “Bypass da
remoção da tensão de controle fornecida pelo usuário fonte principal”.
(Especificar a tensão de controle). 14 B1 Contato auxiliar para fechar na posição de “Bypass da
31Z Contatos de controle de desconexão seletiva de carga fonte de emergência”.
(dois fornecidos) que operam com tempo de retardo pré 14 T Contato auxiliar para fechar quando a chave de
e / ou pós a transferência e retransferência da carga. transferência estiver na posição “automática”.
43R Bloco terminal para todas as conexões de controle do 14 U Contato auxiliar para fechar quando a chave de
usuário apenas para chaves de 30 a 150 A (padrão em transferência estiver posição “isolada”.
todos os outros tamanhos). 14 V Contato auxiliar para fechar quando a chave de
transferência estiver na posição “teste”.

Nota: Um manual de operação de consulta rápida é fornecido para os produtos da Série 7000
(Consulte a ASCO para informações)

ASCO BR Rev.1 14
Mar/06
Acessórios opcionais da Série 7000

Gerenciador de energia

O gerenciador de energia da ASCO é um dispositivo de


medição baseado em microprocessador que fornece
medições em tempo real de sistemas de energia
trifásicos e monofásicos. O gerenciador de energia
utiliza tecnologia de processamento digital de sinais
para medir tensão e corrente por fase, potência ativa,
reativa e aparente, e fluxo bidirecional de energia.
Todas as medições podem ser visualizadas localmente
em display de cristal líquido e / ou apresentadas
remotamente através dos produtos ASCO
®
PowerQuest ou SiteWeb™.
Entrada direta de tensão para sistemas até 600 Vca
podem ser monitoradas sem o uso de transformadores FIG.16 – Gerenciador de energia ASCO
de potencial (TP´s) externos. Mede a corrente nas três
fases e uma quarta entrada de corrente é disponível Designações configuráveis
para medição da corrente de neutro. O gerenciador de ! Local – display LCD, quatro linhas de 20 caracteres.
energia inclui uma entrada discreta para posição da ! Remoto – Com acessório opcional 72 A módulo de
chave de transferência, oito entradas discretas de comunicação e sistema de monitoramento do gerenciador de
propósito geral, e quatro saídas de relés para controle
energia.
e monitoramento de dispositivos externos.
! Fornece uma programação de ajuste ao usuário baseada na
demanda (kW) e pode ser usado para controlar uma das
Medidor de energia
quatro saídas de relés. Utilizado para aplicações em horário
! Tensão:
de ponta.
Fase-Fase: VAB, VBC, VCA, VFFmédia;
Fase-Neutro: VAN, VBN, VCN, VFNmédia;
Características integradas da CTA
! Freqüência: 45,0 a 66,0 Hz;
! Quando configurado na carga da CTA:
! Corrente: IA, IB, IC, Imédia;
! Indica posição da CTA
! Desbalanço %: de Tensão e de Corrente.
! Indica dados da energia em função da posição da CTA
! Potência ativa: KWA, KWB, KWC, KW_REDE
(normal/emergência).
! Potência reativa: KVARA, KVARB, KVARC,
! Acumula dados de energia separadamente para a fonte
KVAR_REDE;
principal e de emergência.
! Potência aparente: KVAA, KVAB, KVAC,
KVA_REDE;
Configurações opcionais e
! Energia ativa: KWh consumido, KWh fornecido,
KWh_REDE;
Arranjos de conexão
Conectado na: Com display: Sem Display:
! Energia reativa, KVARH consumida, KVARH
Carga Acess. 85L Acess. 75L
fornecida, KVARH_REDE
Fonte Principal Acess. 85N Acess. 75N
! Fator de Potência: FPA, FPB, FPC, FP_REDE Fonte de Emergência Acess. 85M Acess. 75M
Carga (apenas chave Acess. 85R* Acess. 75R*
Acesso a dados de bypass)
! Oito entradas digitais, quatro saídas para relés. Adicionar o sulfixo “A” para os itens acima se houver necessidade de
! Tela sinais Entrada / Saída de 15 caracteres monitoramento do condutor neutro
Nota: Acessório 75 e 85 incluem componente de montagem, TC´s,
definida pelo usuário para identificação dos sinais bornes de curto-circuito e todos cabos interconexão.
E/S. * Contatos da chave de bypass & isolação com cabeamento
para entradas discretas do gerenciador de energia.

Nota: O gerenciador de energia ASCO também é disponível como uma unidade avulsa para monitoramento
de parâmetros elétricos em qualquer parte de um sistema de distribuição.

ASCO BR Rev.1 15
Mar/06
Monitoramento & controle de energia da Série 7000

Soluções em conectividade ASCO


Os produtos de comunicação ASCO PowerQuest® e SiteWeb™ permitem o monitoramento e controle de
chaves de transferência ASCO no seu sistema de distribuição de energia de emergência ou de “standby”.
Redes locais (LAN’s) e remotas são suportadas com um ou vários pontos de acesso, e com a comunicação via
Web ativada permite o acesso ao seu sistema de transferência de qualquer parte do mundo.

Características
! Monitora e controla a chave de transferência de energia e o grupo motor-gerador.
! Monitora a tensão e a freqüência da fonte principala e da fonte de emergência.
! Indica a posição da chave de transferência e disponibilidade das fontes.
! Fornece transferência e retransferência de carga para teste do sistema.
! Visualização dos ajustes de tensão e freqüência da fonte principal e da fonte de emergência.
! Visualização dos ajustes de tempo de retardo da chave de transferência.
! Fornece informação dos dados nominais da chave de transferênciae identificação
! Envia automaticamente mensagens por e-mail ou bip, de alarmes selecionados do sistema.
! Visualização da corrente, potência e fator de potência com os gerenciadores de energia ASCO conectados
ao sistema.
! Ajusta e configura os parâmetros de controle da chave de transferência.
! Ativa as funções de controle da chave de transferência, tais como transferência em fase, apresentação do
tempo de desconexão seletiva de carga e programação do exercitador do motor do grupo gerador.
! Visualização do registro de eventos.
! Fornece o plano de teste da chave de transferência.

Comunicação Típica de Rede PowerQuest®

Para
Chaves de
Transferência
adicionais

Para
Chaves de
Transferência
adicionais

ASCO BR Rev.1 16
Mar/06
Monitoramento & controle de energia da Série 7000

®
Powerquest é um pacote de software baseado em PC. Quando combinado com o módulo de interface de comunicação
ASCO (acessório 72A), o módulo de interface para telefone ASCO 5120 e o gerenciador de energia ASCO série 5200,
como mostrado acima, representa o sistema de comunicação mais econômico para monitoramento e controle de chaves de
transferência de energia e grupos motor-gerador.

A rede local RS-485 permite comunicação com até 32 chaves de transferência e quatro grupos motor-gerador. Uma
conexão telefônica analógica e módulo ASCO de interface para telefone permite discagem direta, monitoramento e controle
em locais distantes. O gerenciador de energia ASCO não só permite a leitura de energia e fator de potência, como também
o valor de KW programado para iniciar a transferência de cargas para uma fonte alternativa para operações no sistema
“peak-shaving” (Grupo gerador em paralelo com a rede suprindo energia excedente à demanda pré-fixada para a rede)

Módulo Serial 5110


O módulo serial (5110) é utilizado para permitir comunicação local ou remota com os
produtos de comunicação ASCO PowerQuest® ou SiteWeb™ . O módulo é utilizado
para conectar as chaves de transferência da série 7000, e gerenciadores de energia
ASCO a uma rede serial via interface RS-485. O módulo tem duas portas de
conectores utilizados para conectividade com a CTA e gerenciador de energia. A
conexão serial é composta de um bloco terminal de 5 pinos. O módulo é projetado
para comunicar-se com até 32 dispositivos.

FIG. 17 – Módulo Serial 72 A

Módulo de conectividade 5150


O módulo de conectividade (5150) é utilizado para trazer diversos dispositivos seriais
diferentes que comunicam-se com taxas de velocidade diferentes e protocolos
diferentes com uma rede Ethernet comum. O módulo é utilizado para conectar CTA’s
da série 7000, e o anunciador remoto ASCO com uma rede Ethernet padrão TCP/IP
através de um conector padrão 10base T(RJ-45). O módulo foi construído
customizado em liguagem JAVA (programa de aplicações para o navegador da
internet) para cada dispositivo monitorado que carrega automaticamente para um
navegador WEB padrão. O módulo é projetado para comunicar-se com até oito
®
clientes simultaneamente com aplicações Web (páginas Web), PowerQuest ou
®
dispositivos Modbus de terceiros atravé de ma conexão Ethernet.

FIG. 18 – Módulo de
conectividade 72 E

Módulo de Interface via Telefone série 5100


(para uso com PowerQuest®)
O módulo de interface para telefone (TIM) da ASCO permite ao usuário conectar-
se diretamente para dentro da rede de comunicação ASCO para monitoramento
e/ou controle. O TIM se conecta com a rede de comunicação ASCO via RS-485 e
a porta telefônica conecta diretamente através de um plugue telefônico. O TIM
também possui um conector RS-232 que permite que o módulo seja usado como
um modem discado.

Fornecido em 120 VCA a 18 VCC (nominal) aprovado pela UL, fonte de energia
classe 2.

FIG. 19 – Módulo de interface para telefone

ASCO BR Rev.1 17
Mar/06
PowerQuest®

Sumário da tela

Diagrama unifilar conveniente


! Itens coloridos e iluminados para mostrar a disponibilidade de fonte e qual fonte está conectada a
carga.
! Contatos se movem sobre o ícone para indicar posição do contato principal da chave de
transferência e bypass. (Chaves de transferência automática e de bypass e isolação devem ser
fornecidas com acessório opcional 14 – contatos auxiliares – descrito na página 11)
! Contatos da chave de bypass aparecem como ícone quando configurado o dado de entrada pelo
usuário.

ASCO BR Rev.1 18
Mar/06
PowerQuest®

Detalhes da tela do gerenciador de energia


! Tensão: entre fases, fase e neutro, e desbalanço de tensão.
! Corrente das três fases e de neutro (opcional).
! Frequência
! KWH – fonte principal e de emergência
! Status e controle de quatro saídas para relés
! Status de oito entradas digitais
! Características nominais TP’s e relação TC’s

Detalhe da tela para chave de transferência


! Apresenta dados nominais e identificação da CTA.
! Permite teste remoto e tempo de retardo do bypass
! Ajustes de tensão, freqüência, seqüência de fase,
desbalanço de tensão e tempo de retardo podem ser
verificados.
! Visualização da programação do exercitador do motor do
grupo gerador.
! Apresenta atensão entre fases da fonte principal e da fonte
de emergência.
! Fornece mensagem completa de status do sistema a partir
do controlador microprocessado da Série 7000
! Visualiza os últimos 99 registros de eventos para cada CTA.
! Organiza os cronogramas de teste para chaves de
transferência.
! Fornece monitoramento local ou remoto de instalações

Detalhes do grupo motor-gerador


! Tensão: entre fases, fase e neutro.
! Corrente de cada fase.
! KW e KWH total
! Freqüência e fator de potência
! Status e controle de quatro saídas digitais que
podem ser customizadas pelo usuário.
! Status de oito entradas digitais.
! Seleção “alarme ativado”. Este alarme faz piscar
oicone do “grupo motor-gerador” na tela
! Entradas digitais para mau funcionamento do
motor derivadas dos sensores montados no
motor (sensores fornecidos por terceiros)

ASCO BR Rev.1 19
Mar/06
SiteWeb™

Para Para
Chaves de Chaves de
Transferência Transferência
adicionais adicionais

ASCO BR Rev.1 20
Mar/06
SiteWeb™

SiteWeb™ é uma aplicação cliente-servidor que não requer a instalação de nenhum software no computador do cliente.
Quando combinado com os módulos de interface de comunicação ASCO (acessório 72 A, 72 E), o servidor Web ASCO
Série 5500 e o gerenciador de energia ASCO série 5200, como mostrado na figura, fornecem o mais compreensível
sistema de comunicação via internet e intranet para monitoramento e controle de chaves de transferência automática
ASCO e grupos motor-gerador instalados no seu sistema de distribuição de energia de emergência ou de standby.

O sistema de comunicação Siteweb™ permite o acesso de vários clientes em condições locais ou remota,
proporcionando o monitoramento de até 64 chaves de transferência automática e oito grupos motor gerador.
Adicionalmente é fornecido o envio de bips automáticos para todos os sinais de alarme.

Servidor Web série 5500


(para utilizar com produtos SiteWeb™ )
O servidor Web da ASCO permite monitorar e controlar chaves
de transferência e grupos motor-gerador a qualquer hora através
da Internet ou Intranet de qualquer ponto do mundo. Também
transmite mensagens avisando que o alarme foi acionado por
uma ou mais chaves de transferência, assim fica possível do seu
computador pessoal ou de qualquer lugar onde haja serviços de
internet, utilizar o servidor Web da ASCO e SiteWeb™ .

FIG. 20 – Servidor Web

Produtos de comunicação para chaves de transferência da Série 7000


Opção de
Descrição Número de catálogo
acessório
Módulo serial 72 A 5110
Módulo de conectividade 72 E 5150
Módulo de interface para telefone para monitoramento remoto* ----- 5120
Gerenciamento de energia com Display* ----- 5200D
Servidor Web* ----- 5510E
Servidor Web com modem* ----- 5510M
Pacote de software PowerQuest VPi * ----- VPi 32.15
* Nota: Estes produtos estão disponíveis somente como items separados. Podem ser pedidos através do número de catálogo conforme
mostrado acima.

Módulos de Conectividade
PowerQue Módulo de
Características do Guia de soluções de Conectividade ASCO Web Server com conectividade
st SiteWeb
Vpi 32.15 Série 5150
Quantidade de CTA’s monitorada / controlada por LAN 32 64 1024+
Número de grupos motor-gerador monitorado / controlado 4 8 1024+
Capacidade de monitoramento & controle Sim Sim Não
Páginas Web associadas Não Sim Sim
Compatibilidade rede Ethernet Sim Sim Sim
Múltiplos Protocolos & Taxas de Velocidade (ASCO I, ASCO II, Modbus) Não Não Sim
Monitora múltiplos sites Dial-up Internet Intranet
Acesso de vários clientes Não Até 8 Até 8
Software requerido pelo cliente Sim Internet Explorer Internet Explorer
Monitora controladores diferentes da ASCO em redes de LAN comuns Não Não Sim
Comunica com anunciadores remotos ASCO Não Não Sim
Alarmes via e-mail / “pagers” Não Sim Não
Histórico das opções de alarmes Não Sim Não

ASCO BR Rev.1 21
Mar/06
Informações de solicitação para a Série 7000

Para solicitar uma CTA ASCO Série 7000 complete o no de catálogo:

7 A + TS + A + 3 + 400 + N + 5X + C .
Fases Corrente Código de Grau de
Produto Código de neutro Pólos Nominal (A) Tensão Grupo Proteção
Convencional 30 -- Sem cubículo
A Automática TS de duas --- Sem neutro 2 70 A 115 5 C NEMA 1
posições 100 B 120 5X- E NEMA 2
Transição A Neutro 3 150 C 208 Acessórios NEMA 3R
TB F
aberta com Sólido 200* D 220 opcionais
G NEMA 4
N Não- Bypass 230* E 230
Automática B Neutro 260 F 240 NEMA 4X
CTS Transição H (aço inoxidável)
fechada Chaveado 400 H 380
600 J 400 K NEMA 7
CTB Transição NEMA 12
M Operação fechada com C Neutro com 800 K 415 L
manual bypaas sobreposição 1000 L 440 NEMA 3R
M (porta dupla segura)
DTS Retardo na
1200 M 460
transição 1600 N 480 NEMA 4
N (porta dupla segura)
2000 P 550
DTB Retardo na NEMA 4X
Transição
3000 Q 575
P (porta dupla segura)
e bypass 4000 R 600
Q NEMA 12

*Nota: Chaves de 30 a 230 A, e de 600 a 3000 A disponível com 2, 3 e até neutro chaveado convencional (4 pólos) ou neutro com sobreposição (opcional).
Para aplicações de 4 pólos em chaves de 260 a 400 A e 4000 A especificar neutro chaveado com sobreposição (opcional).
Neutro chaveado convencional é fornecido, quando especificado, em produtos de transferência com transição com tempo de retardo.
Chaves de 200 e 230 A são limitadas em no máximo 480 V.

O exemplo de nº de catálogo acima é 7ATSA3400N5XC


(X é utilizado para especificar a existência de acessórios opcionais)

Configurações da chave de transferência Configurações da transferência/bypass


7A TS, 7N TS, 7A DTS, 7A CTS, 7N DTS, 7N CTS 7A TB, 7N TB, 7A DTB, 7A CTB, 7N DTB, 7N CTB
Tamanhos certificados pela UL de terminais tipo parafuso Tamanhos certificados pela UL de terminais tipo
isento de solda para conexões externas de energia. parafuso isento de solda para conexões de energia.

Máx # (bitola) Máx # (bitola)


Corrente Bitola do condutores de Corrente Bitola dos condutores
de condutores de condutores
nominal (A) Al-Cu nominal (A) de Al-Cu
por terminal por terminal
30-2303 Um #14 até 4/0 AWG Um #4 AWG até 600 MCM
150, 260, 400
Um #4 AWG até 600 MCM Dois #1/0 AWG até 250 MCM
260-400 4
Dois #1/0 AWG até 250 MCM 600 Dois #2 AWG até 600 MCM
600 Dois #1/0 AWG até 600 MCM 800-1000-12004 Quatro #1/0 AWG até 600 MCM
800-12001 Quatro #1/0 AWG até 600 MCM 1600-20004 Seis #1/0 AWG até 600 MCM
1600-2000 Seis #1/0 AWG até 600 MCM 30004 Dez #2 AWG até 600 MCM
3000 Doze #1/0 AWG até 600 MCM 40004 Doze #2 AWG até 600 MCM
4000 Adequada para conexão de barramentos
ou conectores modificados em campo
Notas: 1. A unidade é projetada para entrada de cabos da fonte de 3. Correntes de 200 e 230 A somente para condutores de cobre
emergência e carga pela parte superior e da rede pela 4. Todos os terminais principais são conectados pela parte
parte inferior. Opcionalmente, a chave pode ser fornecida traseira. Conexão pela parte frontal disponível somente em
com entradas invertidas, quando especificado. chaves de 600 e 800 A com entrada de cabos apenas pela
2. Todos os terminais principais são conectados pela parte parte superior. Veja páginas 24 e 25 para dados dimensionais.
traseira. A chave de 4000 A é ajustada para conexão via
barramento. Contate a ASCO caso seja necessário
ajustes para conexão via cabo.

ASCO BR Rev.1 22
Mar/06
A Série 7000 foi projetada para atender qualquer instalação

Chave de Transferência em Transição Aberta de 2-posições 7A TS, 7N TS (Sem Bypass)

Corrente nominal (A) Pólos Largura (mm) Altura (mm) Profundidade (mm)

Grau de Proteção NEMA 12


30, 70, 100, 150, 200, 230 2, 3 ou 3 com neutro A/B/C 457 1219 330
260, 400 2, 3 ou 3 com neutro A/C 559 1219 330
600, 800, 1000 2, 3 ou 3 com neutro A/B/C 864 1829 508
1200 2, 3 ou 3 com neutro A/B/C 965 2210 584
1600, 20001 2, 3 ou 3 com neutro A/B/C 965 2311 1219
30001 2, 3 ou 3 com neutro A/B/C 965 2311 1524
40001 2, 3 ou 3 com neutro A/C 1168 2311 1829
Sem cubículo
30, 70, 100, 150, 200, 230 2, 3 ou 3 com neutro B/C 260 260 140
260, 400 2 ou 3 305 470 175
260, 400 2 ou 3 com neutro C 368 470 175
600, 800, 1000, 1200 2, 3 ou 3 com neutro B/C 686 787 327
1600, 2000 2, 3 ou 3 com neutro B/C 845 711 667
3000 2, 3 ou 3 com neutro B/C 845 711 781
4000 2, 3 ou 3 com neutro C 1041 1321 648
Notas: 1. Cubículos para chaves de 1600 a 4000 A são de livre acesso com parte superior, inferior e traseira removíveis.
2. Consulte a ASCO para obter dimensões de outros cubículos com diferentes graus de proteção.

Pesos para Transporte


Chave de Transferência em Transição Aberta de 2-posições 7A TS, 7N TS (Sem Bypass)

Corrente nominal (A) Pólos Em cubículo (Kg) Sem cubículo (Kg)*


30, 70, 100 2 31 7
30, 70, 100 3 32 8
30, 70, 100 3 com B/C 33 10
150, 200, 230 (aberta) 2 32 8
150, 200, 230 (aberta) 3 33 9
150, 200, 230 (aberta) 3 com B/C 34 11
230, 260, 400 2 53 17
230, 260, 400 3 57 21
230, 260, 400 3 com C 61 24
600, 800, 1000 2 182 68
600, 800, 1000 3 192 78
600, 800, 1000 3 com B/C 203 90
1200 2 312 68
1200 3 321 78
1200 3 com B/C 333 90
1600, 2000 2 503 167
1600, 2000 3 525 190
1600, 2000 3 com B/C 548 213
3000 2 620 184
3000 3 649 213
3000 3 com B/C 679 243
4000 2 1002 443
4000 3 1104 545
4000 3 com C 1149 590
Notas: *Pesos sem cubículos incluem a chave de transferência e o painel de controle.
Cubículos de 1200 a 4000 A necessitam aberturas para ventilação, consulte o desenho para detalhes
Transportes de exportação podem exigir caixa de madeira, contate a ASCO para pesos e dimensões.

ASCO BR Rev.1 23
Mar/06
A Série 7000 foi projetada para atender qualquer instalação

Chave de Transferência em Transição Fechada e com Retardo de Transição


7A DTS, 7A CTS, 7N DTS, 7N CTS

Corrente nominal (A) Pólos Largura (mm) Altura (mm) Profundidade (mm)

Grau de Proteção NEMA 13


150, 260, 4001 2, 3 ou 3 com neutro A/C 610 1600 445
600, 800, 1000 2, 3 ou 3 com neutro A/B 864 1829 508
1200 2, 3 ou 3 com neutro A/B 965 2210 584
1600, 20002 2, 3 ou 3 com neutro A/B 965 2311 1219
30002 2, 3 ou 3 com neutro A/B 965 2311 1524
40002 2, 3 ou 3 com neutro A/C 1168 2311 1829
Sem cubículo
150, 260, 400 2, 3 ou 3 com neutro C 375 762 149
600, 800, 1000, 1200 2, 3 ou 3 com neutro B 686 787 327
1600, 2000 2, 3 ou 3 com neutro B 845 711 667
3000 2, 3 ou 3 com neutro B 845 711 781
4000 2, 3 ou 3 com neutro C 1041 1321 749
Notas: 1. Para chaves 7A DTS e 7N DTS de 400 A com código de neutro B; as dimensões são 864 x 1829 x 508 mm.
2. Cubículos para correntes de 1600 a 4000 A são de livre acesso com parte superior, inferior e traseira removíveis.
3. Consulte a ASCO para obter dimensões de outros cubículos com diferentes graus de proteção.

Pesos para Transporte


Chave de Transferência em Transição Fechada e com Retardo de Transição
7A DTS, 7A CTS, 7N DTS, 7N CTS

Corrente nominal (A) Pólos Em cubículo (Kg) Sem cubículo (Kg)*

150, 260, 400 2 62 21


150, 260, 400 3 66 24
150, 260, 400 3 com C 69 28
600, 800, 1000 2 192 80
600, 800, 1000 3 205 94
600, 800, 1000 3 com B 219 108
1200 2 324 80
1200 3 337 94
1200 3 com B 351 108
1600, 2000 2 590 229
1600, 2000 3 612 252
1600, 2000 3 com B 635 274
3000 2 706 245
3000 3 735 300
3000 3 com B 765 329
4000 2 1071 511
4000 3 1171 611
4000 3 com C 1217 657
Notas: * Pesos sem cubículos incluem a chave de transferência e o painel de controle.
Cubículos de 1200 a 4000 A necessitam de aberturas de ventilação, consulte o desenho para detalhes
Transportes de exportação podem exigir caixa de madeira, contate a ASCO para obter pesos e dimensões.

ASCO BR Rev.1 24
Mar/06
A Série 7000 foi projetada para atender qualquer instalação

Chave de Transferência Automática em Transição Aberta com Bypass e Isolação


7A TB, 7N TB

Corrente nominal (A) Pólos Largura (mm) Altura (mm) Profundidade (mm)

Grau de Proteção NEMA 13


150, 260, 4001 2, 3 ou 3 com neutro A/C 724 1588 483
600, 800 (Conexão frontal)2,5 2, 3 ou 3 com neutro A/B/C 965 2311 813
600, 800, 1000, 12002,3 2, 3 ou 3 com neutro A/B/C 965 2311 1219
1600, 20002,3 2, 3 ou 3 com neutro A/B/C 965 2311 1524
30002,3 3 ou 3 com neutro A/B/C 965 2311 1829
4
4000 3 ou 3 com neutro A/C 2451 2311 1829
Sem cubículo
150, 260, 4001 2 ou 3 375 946 565
150, 260, 4001 2 ou 3 com neutro C 500 1553 565
600, 800, 1000, 12002,3 2, 3 ou 3 com neutro B/C 965 1829 965
1600, 20003, 30002,3 2, 3 ou 3 com neutro B/C 965 1829 965
Notas: 1. Manivela se estende 89 mm
2. Manivela se estende 159 mm
3. Vão livre recomendado para o cubículo: 914 mm da parte traseira, 1219 mm da parte frontal (635 mm para extração da gaveta
com a chave de transferência). Acesso lateral ou traseiro requerido.
4. Para correntes de 4000 A, as seções da CTA e bypass podem ser invertidas, contate a ASCO. Vão livre recomendado para o
cubículo: 914 mm da parte traseira, 1524 mm da parte frontal (914 mm requeridos para deslizamento do carro extraível).
5. Especificar acessório opcional 40HY para chaves de 600 A de conexão frontal e 40JY para chaves de 800 A. Todos os cabos
de entrada de energia e de conexão com a carga somente para entrada pela parte superior.

Pesos para Transporte


Chave de Transferência Automática em Transição Aberta com Bypass e Isolação
7A TB, 7N TB

Corrente nominal (A) Pólos Em cubículo (Kg) Sem cubículo (Kg)*

150, 260, 400 2 154 61


150, 260, 400 3 158 66
150, 260, 400 3 com C 163 70
600, 800, 1000, 1200 2 685 417
600, 800, 1000, 1200 3 717 449
600, 800, 1000, 1200 3 com B/C 748 481
1600, 2000 2 989 589
1600, 2000 3 1070 702
1600, 2000 3 com B/C 1152 815
3000 3 1240 768
3000 3 com B/C 1525 899
4000 3 2858 ---
4000 3 com C 3130 ---
Notas: * Pesos sem cubículos incluem chave de transferência, chave de bypass e isolação e painel de controle.
Cubículos de 1600 a 4000 A necessitam de entradas de ventilação, consulte o desenho para detalhes.
Transportes de exportação podem exigir caixa de madeira, contate a ASCO para obter pesos e dimensões.

ASCO BR Rev.1 25
Mar/06
A Série 7000 foi projetada para atender qualquer instalação

Chave de Transferência Automática em Transição Fechada com Bypass e Isolação e com Retardo
7A DTB6, 7A CTB, 7N DTB6, 7N CTB

Corrente nominal (A) Pólos Largura (mm) Altura (mm) Profundidade (mm)

Grau de Proteção NEMA 13


150, 260, 4001,5 2, 3 ou 3 com neutro A/C 724 1588 483
600, 800 (Conexão frontal)2,7 2, 3 ou 3 com neutro A/B 965 2311 813
600, 800, 1000, 12002,3 2, 3 ou 3 com neutro A/B 965 2311 1219
1600, 20002,3 2, 3 ou 3 com neutro A/B 965 2311 1524
30002,3 3 ou 3 com neutro A/B 965 2311 1829
4
4000 3 ou 3 com neutro A/C 2451 2311 1829
Sem cubículo
150, 260, 4001,5 2 ou 3 375 1553 565
150, 260, 4001,5 2 ou 3 com neutro C 500 1553 565
600, 800, 1000, 12002,3 2, 3 ou 3 com neutro B 965 1829 965
1600, 20003, 30002,3 2, 3 ou 3 com neutro B 965 1829 965
Notas: 1. Manivela se estende 89 mm.
2. Manivela se estende 154 mm.
3. Vão livre recomendado para o cubículo: 914 mm da parte traseira, 1219 mm da parte frontal (635 mm requeridos para
extração da gaveta com a chave de transferência). Acesso lateral ou traseiro requerido.
4. Para correntes de 4000 A, as seções da CTA e bypass podem ser invertidas, contate a ASCO. Vão livre recomendado para o
cubículo: 914 mm da parte traseira, 1524 mm da parte frontal (914 mm para deslizamento do carro extraível).
5. Dimensões para a chave de 400 A, 7A DTB e 7N DTB com código de neutro B são 965(L) x 2311(A) x 1219 (P) mm.
6. Neutro chaveado convencional é fornecido nos arranjos das chaves 7A DTB e 7N DTB quando especificado (código opcional B).
7. Especificar acessório opcional 40HY para chaves de 600 A de conexão frontal e 40JY para chaves de 800 A. Todos os cabos
de entrada de energia e de conexão com a carga somente para entrada pela parte superior.

Pesos para Transporte


Chave de Transferência Automática em Transição Fechada com Bypass e Isolação e com Retardo
7A DTB6, 7A CTB, 7N DTB6, 7N CTB

Corrente nominal (A) Pólos Em cubículo (Kg) Sem cubículo (Kg)*

150, 260, 400 2 154 66


150, 260, 400 3 158 70
150, 260, 400 3 com C 163 75
600, 800, 1000, 1200 2 708 440
600, 800, 1000, 1200 3 739 472
600, 800, 1000, 1200 3 com B 771 503
1600, 2000 2 1055 651
1600, 2000 3 1132 764
1600, 2000 3 com B 1213 878
3000 3 1240 768
3000 3 com B 1525 899
4000 3 2858 ---
4000 3 com C 3130 ---
Notas: * Pesos sem cubículos incluem chave de transferência, chave de bypass e isolação e painel de controle.
Cubículos de 1600 a 4000 A necessitam de entradas de ventilação, consulte o desenho para detalhes.
Transportes de exportação podem exigir caixa de madeira, contate a ASCO para obter pesos e dimensões.

ASCO BR Rev.1 26
Mar/06
Start-up, Comissionamento Serviços & Contratos de Manutenção

A divisão de serviços da Os serviços da ASCO clientes tenham um Cada região é


ASCO fornece uma ampla incluem contratos de controle mais apurado composta por pessoas
gama de serviços manutenção que detalha dos custos e das experientes que
técnicos para os usuários a preocupação programações de recebem suportes
de chaves de preventiva necessária manutenção. atualizados e
transferência da ASCO e para manter o seu Relatórios periódicos treinamentos de
demais equipamentos em sistema de emergência fornecem informações conceito,
sistemas de energia sempre pronto para detalhadas assim como desenvolvimento e
crítica e de emergência. responder. Um contrato atividade, manutenção controle, nos mais
Estes serviços incluem de serviço é um modo realizada e ações modernos
contratos de manutenção, efetivo de orçar corretivas. equipamentos. Pelo fato
modificações, upgrades, antecipadamente e dos nossos produtos
melhorias e reparos de evitar gastos A divisão de serviços poderem ser utilizados
emergência. Os serviços inesperados. da Emerson Network por vários anos, nossos
abrangem desde uma Power emprega no técnicos de campo
única até diversas chaves Uma lista de checagem Brasil mais de 500 também recebem
de transferência, grupos de 35 pontos é usada colaboradores treinamento de
motor-gerador e para assegurar sistemas estrategicamente equipamentos de linhas
equipamentos críticos e que os localizados ao longo de anteriores.
associados. componentes sejam todo o território
mantidos nas suas nacional para fornecer Service
Atender as necessidades melhores condições de 24 horas de
dos clientes é o foco operação. atendimento em
principal da divisão de situações de
serviços da ASCO. Estes contratos emergência.
permitem que nossos

ASCO BR Rev.1 27
Mar/06
ASCO POWER TECHNOL OGIES
o
Av. Embaixador Macedo Soares, 10735 – 4 . andar
(Marg. Tietê) – Vila Anastácio
CEP 05095-035 – São Paulo - SP
Fone: 11 3618 6600 – Fax 11 3618 5902
e-mail: ascopower@emersonnetworkpower.com

www.ascopower.com.br

ASIA
AUSTRÁLIA
BRASIL
CANADA
ALEMANHA
JAPÃO
MÉXICO
AFRICA DO SUL
AMÉRICA DO SUL
EMIRADOS ÁRABES
INGLATERRA
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

ASCO BR Rev.1 28
Mar/06