Vous êtes sur la page 1sur 4

RG.

6
PREVENÇÃO DE RISCOS
PP. 1/4

FICHAS DE PROCEDIMENTO – PREVENÇÃO DE RISCOS

1 TAREFA

EXPOSIÇÃO ÀS VIBRAÇÕES

2 DESCRIÇÃO

As vibrações mecânicas influenciam quer as estruturas quer o ser humano. Na maioria


dos casos em que as vibrações são originadas em máquinas produzem-se também ruídos
fortes que, por si, ou acumulados com as próprias vibrações mecânicas, podem aumentar
significativamente os danos causados, particularmente nos seres humanos.
As vibrações podem afectar o conforto, reduzir o rendimento do trabalho e causar
desordens das funções fisiológicas, dando lugar ao desenvolvimento de doenças quando a
exposição é intensa.
O homem apercebe-se das vibrações compreendidas entre uma frequência de 10 hertz
(Hz) e 1000 Hz, mas os efeitos diferem segundo a frequência.
As vibrações de frequência superior a 150 Hertz afectam sobretudo os dedos, enquanto
que as vibrações situadas entre 70 e 150 Hz chegam até à mão. As ferramentas que vibram a
muito baixa frequência, como o martelo (30 Hz), provocam lesões nos ossos, enquanto que as
ferramentas que vibram a frequências muito elevadas (superiores a 600 Hertz) têm sobretudo
efeitos neuromusculares. Pelo contrário, a maior parte das ferramentas que se situa nas
zonas de 40 a 125 Hertz provocam efeitos vasculares.
• Vibrações transmitidas ao corpo inteiro
o As vibrações mecânicas transmitidas ao corpo inteiro, que implicam riscos para a
segurança e saúde dos trabalhadores, em especial lombalgias e traumatismos da
coluna vertebral.
• Vibrações transmitidas ao sistema mão – braço
o As vibrações mecânicas transmitidas ao sistema mão – braço, que implicam riscos
para a segurança e saúde dos trabalhadores, em especial perturbações vasculares,
neurológicas ou musculares ou lesões osteoarticulares.

3 ACTIVIDADES

• Aplicável a todas as tarefas que impliquem vibração.

4 PARTICULARIDADES
Dar atenção à ficha:

EDIÇÃO: 1ª
FICHA DE PROCEDIMENTOS – PREVENÇÃO DE RISCOS DATA: 31 / 03 / 010
REVISÃO: 0
RG.6
PREVENÇÃO DE RISCOS
PP. 2/4

• Exposição ao ruído.

5 FOTOS

6 EPC 7 EPI

• Medidas de informação, sensibilização e • Protector auricular.


formação;
• Utilização de máquinas, aparelhos e
ferramentas adequadas à tarefa;
• Planeamento e/ou rotação de
trabalhadores;
• Sinalização de EPI´s /riscos/proibição de
acesso.

8 RISCOS

• Afecção dos membros superiores (em sistemas mão-braço);


• Distúrbios gastrointestinais;
• Esgotamento físico e deficiência circulatória;
• Exposição ao ruído;
• Perda da capacidade auditiva;
• Perturbações do sistema nervoso;
• Perturbações do sistema ossicular;
• Perturbações neuromusculares.

EDIÇÃO: 1ª
FICHA DE PROCEDIMENTOS – PREVENÇÃO DE RISCOS DATA: 31 / 03 / 010
REVISÃO: 0
RG.6
PREVENÇÃO DE RISCOS
PP. 3/4

9 MEDIDAS PREVENTIVAS

• Face à legislação:
o Para as vibrações transmitidas ao sistema mão-braço são fixados os seguintes
valores:

- Valor limite de exposição: 5 m/s2;

- Valor de acção de exposição: 2,5 m/s2.


o Para as vibrações transmitidas ao corpo inteiro são fixados os seguintes valores:

- Valor limite de exposição: 1,15 m/s2;

- Valor de acção de exposição: 0,5 m/s2.

• Nas situações em que forem ultrapassados os valores limite de exposição, o empregador


deve:
o Tomar medidas imediatas que reduzam a exposição de modo a não exceder os
valores limite de exposição;
o Identificar as causas da ultrapassagem dos valores limite;
o Corrigir as medidas de protecção e prevenção de modo a evitar a ocorrência de
situações idênticas;
o Utilizar todos os meios disponíveis para eliminar na fonte ou reduzir ao mínimo os
riscos resultantes da exposição dos trabalhadores a vibrações mecânicas;
o Se o resultado da avaliação dos riscos indicar que os valores de acção de exposição
foram ultrapassados, aplicar um programa de medidas técnicas e organizacionais que
reduzam ao mínimo a exposição dos trabalhadores, nomeadamente:

- Métodos de trabalho alternativos que permitam reduzir a exposição a vibrações


mecânicas;

- Escolha de equipamentos de trabalho adequados, ergonomicamente bem


concebidos e que produzam o mínimo de vibrações possível;

- Instalação de equipamentos auxiliares que reduzam o risco de lesões provocadas

EDIÇÃO: 1ª
FICHA DE PROCEDIMENTOS – PREVENÇÃO DE RISCOS DATA: 31 / 03 / 010
REVISÃO: 0
RG.6
PREVENÇÃO DE RISCOS
PP. 4/4

pelas vibrações, nomeadamente assentos ou punhos que reduzam as vibrações


transmitidas ao corpo inteiro ou ao sistema mão-braço, respectivamente;

- Programas adequados de manutenção do equipamento de trabalho, do local de


trabalho e das instalações neste existentes;

- Informação e formação adequada dos trabalhadores para a utilização correcta e


segura do equipamento com o objectivo de reduzir ao mínimo a sua exposição a
vibrações mecânicas;

- Limitação da duração e da intensidade da exposição;

- Períodos de descanso apropriados;

- Fornecimento aos trabalhadores expostos de vestuário apropriado para a


protecção do frio e da humidade;

- Efectuar vigilância da saúde.

EDIÇÃO: 1ª
FICHA DE PROCEDIMENTOS – PREVENÇÃO DE RISCOS DATA: 31 / 03 / 010
REVISÃO: 0