Vous êtes sur la page 1sur 3

C

u
r
t
i Histórias africanas

r
A
m
e
Mirimon Arcalimon
i
19 de maio às 15:35 ·
H
·
a
Elenini, o deus da destruição
h
a Elenini ou Èlénìínìí é a divindade da absoluta destruição, discórdia e caos. Seu caos,
diferente do gerado por Èsù, não vem para gerar uma nova ordem, mas sim para por a
U
ordem completamente abaixo.
a
u Ele surgiu depois de todas as demais divindades, mas sua parternidade ou maternidade
T
não é atribuída a ninguém. Ele surgiu junto com a possibilidade da maldade e da
destruição.
r
Elenini não gostava de trabalhas, em vez disso folgava no trabalho das demais divindades,
i
e quando podia, ainda atrapalhava. No entanto, Orunmilá recomendou a todos os outros
s deuses que nunca se enraivecessem com ele, pois era isso que ele desejava, e se o
t fizessem, cederiam à sua corrupção, e ele se tornaria mais forte.
e
Elenini ficou decepcionado e entediado, porque não conseguia causar o caos entre os
G deuses e deixou o mundo espiritual(Òrún), vindo viver no mundo mortal(Aiye). Aqui ele
r encontrou a humanidade, ao qual propôs suas vis ideias. Os humanos aceitaram de bom
r grado, e por isso ele ficou aqui. Sendo assim, Elenini é a única divindade que vive no Ayie
e não no Òrún.

Ele causa as guerras, a desigualdade social, os estupros, roubos e todo o tipo de crime,
para seu deleite, além de sentimentos negativos, pensamentos impuros, desunião, traição,
e etc.
Atualmente, algumas pessoas propõe uma visão mais amenizada desse deus, como a
divindade que impõe obstáculos que permitem ao ser humano tornar-se resiliente e
melhorar a si mesmo. Embora, de fato, ele faça isso, em momento nenhum ele o faz
pensando no bem dos humanos, ele só quer destruir tudo.

Naturalmente, aqueles que se aproximam dos outros Ìmòlé(as demais divindades/seres


veneráveis), se afastam de Elenini, já que ele tem suas forças cortadas por esses seres.
Ele tem poder sobre todos os àjògún(os espíritos destrutivos), e os locais ditos
"assombrados" ou "malditos", pertencem a esse deus.

Elenini destrói tudo, tanto de bom, como de ruim. Quando nos policiamos nas nossas
atitudes, para nos melhorarmos, sobram a ele somente as coisas naturalmente negativas
para digerir. No entanto, ele sempre acha um jeito de entrar nas pessoas, maqueando-se
com mentirar e coisas supostamente "boas".

Por um motivo óbvio, ele não é cultuado. Ele também não é terminantemente banido ou
destruído, porque ele tem a sua função na natureza, já que ele abre caminho para a
construção e o surgimento de novas coisas, ao destruir as coisas antigas. Ele e seus
agentes destruiram sistemas, ideias, religiões e civilizações, dando espaço para o
surgimento de novas, melhores(ou não), que as anteriores.

No entanto, ele pode ser afastado. A sacralidade, a manutenção, o cuidado e a paz


afastam Elenini. Cuidar bem do corpo, da alma, da mente e da sociedade minimizam suas
ações e o afastam de certas pessoas ou lugares. Ele também não pode adentrar locais
sagrados de outras divindades, enquanto estes se mantiverem com as forças sagradas ali
alocadas.
Amei
Comentar
Compartilhar

Centres d'intérêt liés